Issuu on Google+

Motores Fomos experimentar para a estrada o novo Renault Captur pág. 14 Celebridades Johnny Depp, um ator com um lado solidário bem vincado pág. 09 PUB

PORTUGAL quarta-feira 29 maio 2013 ano 6, nº 1885 Lisboa 12° | 19°

Porto 10° | 15°

www.readmetro.com Diretor: Diogo Torgal Ferreira

Uma crise que adia a decisão de ter filhos Nacional. Portugueses adiam o primeiro nascimento. A precariedade económica e as dificuldades com os custos da educação são as principais razões para a decisão pág. 03 Economia

Sport

BEI acusa Comissão Europeia Linha de crédito para Portugal estará à espera de aval de Bruxelas pág. 05

Mundo

Uma gripe ultrarresistente Medicamentos antivirais sem efeito em três doentes com H7N9 pág. 07

Cronista

Filme de animação infantil que se preze tem uma rainha. O novo “Epic – O Reino Secreto” tem Beyoncé Knowles. págs. 10 e 11 GETTY

Sérgio H. Coimbra Um português na capital dos EUA pág. 02

Liga. Pelo menos cinco clubes jogam próxima época com treinadores novos José Peseiro acertou ontem a rescisão amigável com o Sp. Braga. Jorge Jesus (Benfica) e Vítor Pereira (FC Porto) ainda sem contrato renovado. pág. 15


1

JORNAL

Mia Couto

“O prémio não me desvia. Estou a escrever uma coisa já há algum tempo, um ano, mais ou menos, e é sobre um personagem histórico da nossa resistência nacionalista [moçambicana], digamos assim, o Gungunhana” Palavras do escritor moçambicano, citado pela agência Lusa, vencedor do prémio Camões 2013. GETTY IMAGES

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

02

Opinião

SÉRGIO H. COIMBRA

ONLINE

JORNALISTA

Um português em Washington Nesta segunda-feira, Memorial Day, milhares de motards invadiram a cidade como é costume na data: são os “Rolling Thunder”, por causa do barulho ensurdecedor que as Harleys fazem, mimificando o constante trovejar dos bombardeamentos da Operação Rolling Thunder na guerra do Vietname. O grupo homenageia os mortos, mas também os prisioneiros de guerra e os desaparecidos em combate nas dezenas de conflitos em que os EUA intervieram no último século. Quando, uns dias antes, Barack Obama disse que era tempo de pôr fim ao constante estado de guerra em que o país se encontra desde 1917, toda a gente sabe que isso é mais fácil de dizer do que fazer, por mais pacifista que seja o presidente de serviço. Nem sempre o Comandante-em-Chefe se pode retirar de cena do teatro internacional só porque sim. Como bem insinua Gore Vidal na sua coletânea de ensaios “Perpetual War for Perpetual Peace”, a política externa dos Estados Unidos é muitas vezes

ditada por interesses materiais (recursos naturais), mas outras porque se sentem na obrigação de defender uma ordem moral (“liberdade” e “democracia”). O mundo gosta de ser crítico das intervenções militares norte-americanas, mas, na verdade, que interesses obscuros teriam os EUA em enviar tropas para a Europa nas duas guerras mundiais? Ou para intervir nos Balcãs e na Somália?

“O mundo gosta de ser crítico das intervenções militares norte-americanas” Ou para colaborar na captura de criminosos na selva africana ou nas ondas do Índico? Aos europeus como nós, que nos reunimos à mesa do café a debitar farpas contra o “militarismo” norte-americano, devia ser mandatória uma viagem de estudo na disciplina de Educação Cívica pela ala ortopédica do Walter Reed Hospital, seguida de outro pela extenuante Cemitério de Arlington.

facebook www.facebook.com/Gigwise “Psy foi vaiado no domingo no Estádio Olímpico de Roma, enquanto cantava ‘Gangnam Style’ na final da Taça de Itália. No final, o sul-coreano ainda agradeceu ao público. Terão terminado os seus 15 minutos de fama?”

twitter @GaelGarciaB [Gael Garcia Bernal] “No chão do avião dorme-se muito melhor. O problema é que as hospedeiras têm inveja e passam o tempo a acordar-te.”

vídeo do dia

Neymar está confirmado no Barcelona e Santos não quis deixar de fazer um vídeo-homenagem ao seu menino de ouro. Venha escrever connosco. Entre em facebook.com/metroportugal

Herge del Rio. De visita a Marrocos

A menos de duas horas de avião de Lisboa eis-me chegado à cidade das mil e uma noites, um lugar mítico e místico que se renova a cada instante e onde os sentidos nos transportam para uma atmosfera de fantasia. Marraquexe está a revelar-se uma cidade contagiante pelas suas gentes – que nos invadem o espírito e a alma com a sua maneira diferente de viver –, pelas suas ruas de terra batida, as paredes de adobe e os vibrantes e coloridos mercados onde a animação é constante. Marraquexe é uma cidade enigmática e de contrastes que convive paredes meias entre o rústico e o sofisticado, o tradicional e o cosmopolita. Marraquexe é uma cidade para se ir descobrindo devagar e eu estou a adorar. Sigam-me no Facebook!


PUB

NACIONAL | 03

Deixar a decisão de ser mãe e pai para mais tarde resulta de um conjunto de razões, mas, para a especialista, “a insegurança financeira é a questão central em jogo”. GETTY IMAGES

Primeiro filho fica para depois Família. Os portugueses estão a adiar o nascimento do primeiro filho, principalmente por razões económicas, aproximando-se assim do perfil dos restantes europeus do sul. A sociedade portuguesa “não tinha um adiamento tão grande do primeiro [filho], mas tinha um adiamento mais intenso do segundo, o que faz com que tivéssemos a visibilidade do filho único já desde os anos 90”, disse à Lusa Vanessa Cunha do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Lisboa. Esta é uma constatação do projeto “A intenção de ter crianças e o adiamento em tempos de incerteza”, a decorrer até 2014 e que vai ajudar a compreender o “duplo adiamento”. Segundo o estudo, Portugal “é dos países da Europa com incidência mais elevada de filhos únicos”. Deixar a decisão de ser mãe e pai

Citação

“Cria-se uma profunda desigualdade no acesso à parentalidade e passa a ter filhos quem pode e não quem quer” Vanessa Cunha Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

para mais tarde resulta de um conjunto de razões, mas, para a especialista, “a insegurança financeira é a questão central em jogo”, relacionando-se com a precariedade económica e as dificuldades ligadas ao custo de educação dos filhos.

Estudo. Portugueses entre os mais insatisfeitos com a vida Os portugueses continuam a ser dos povos mais insatisfeitos com a vida, ficando em 28.º lugar na classificação global do índice interativo de bem-estar produzido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). A classificação justifica-se pelas fracas pontuações nos indicadores de envolvimento cívico, comunidade, rendimento, emprego e grau de satisfação com a vida.

Ranking

36 países foram avaliados pelo novo índice interativo de bem-estar produzido pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). O ranking é liderado pela Austrália, nação seguida da Suécia, Canadá e Noruega. No outro extremo, no polo negativo, encontram-se países como Turquia, México, Chile e Brasil.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

NACIONAL | 04

Meteorologia

Pior verão? Ou não? Calor? Só lá para setembro e outubro, diz o canal francês Météo, que se referiu ao “pior verão dos últimos 200 anos”. Já o Instituto Português do Mar e da Atmosfera diz “não ter conhecimento do fundamento técnico e científico” das previsões.

Autarquias

TC chumba normas O Tribunal Constitucional (TC) declarou ontem inconstitucionais todas as normas referidas no pedido de fiscalização preventiva do Presidente da República a respeito do estatuto das entidades intermunicipais e da transferência de competências do Estado para as autarquias locais.

Incêndio na Av. António Augusto Aguiar sob investigação Um incêndio deflagrou na madrugada passada num prédio desabitado de oito andares na Avenida António Augusto Aguiar, em Lisboa, sem causar feridos. No combate ao incêndio estiveram 51 bombeiros, apoiados por 15 veículos de socorro, tendo sido dado como extinto às 06h19. De acordo com o comandante do Regimento de Sapadores de Bombeiros de Lisboa, Joaquim Leitão, as causas do incêndio estão a ser investigadas. FOTO: LUSA

Saúde. Menos 40M€ gastos com fármacos Os gastos dos portugueses com medicamentos caíram 40M€ no primeiro trimestre de 2013, apesar de naquele período terem sido adquiridas mais 200 mil embalagens, disse ontem em Fátima o ministro da Saúde. Na sessão de abertura do XXV Encontro Nacional da Pastoral da Saúde, Paulo Macedo reafirmou a aposta do Governo na “redução concreta” do preço dos fármacos.

Estudo. Miomas uterinos em 25% das mulheres Um estudo realizado pela Universidade da Beira Interior (UBI), na Covilhã, aponta para que cerca de 25% das portuguesas tenham miomas uterinos, ou seja, tumores pélvicos mais frequentes. A investigação decorreu ao longo do último ano, envolvendo 624 mulheres observadas, tendo sido detetados miomas uterinos em 161 mulheres, o que representa uma prevalência de 25,8%.

6.500 mortes por overdose Toxicodependência. O consumo de droga é uma das principais causas de morte entre os jovens na Europa, diz o Relatório Europeu sobre Drogas 2013, divulgado ontem em Lisboa. A canábis é a droga ilícita mais experimentada pelos estudantes europeus, embora esse consumo tenha diminuído ligeiramente em relação ao início do século XXI, diz o documento divulgado ontem em Lisboa pela European Monitoring Centre for Drugs and Drug Addiction (EMCDDA). A taxa de mortalidade, provocada diretamente pelo consumo de droga, por overdoses, ou indiretamente – por doenças várias, sobretudo infectocontagiosas e acidentes, violência e suicídio – é de 1 a 2% por ano. Os últimos dados apontam para uma descida do número de mortes por overdose, registando-se, ainda assim, 6.500 casos.

Mesmo assim, os especialistas estimam que 15,4 milhões de jovens europeus, entre os 15 e os 34 anos, tenham consumido canábis no último ano. A canábis é a droga mais apreendida na Europa, com cerca de 2.500 toneladas por ano, seguida da cocaína, que registou o dobro das apreensões notificadas para as anfetaminas e para a heroína. O relatório indica ainda que a quantidade, o tipo e a disponibilidade de novas drogas sintéticas na Europa aumentaram em 2012, proliferando sobretudo através da Internet e acarretando fortes desafios para a saúde pública, aplicação de lei e tomada de decisões políticas.

José Goulão “dixit” O presidente do Observatório Europeu da Droga e Toxicodependência garantiu ontem que as medidas de austeridade em Portugal não afetaram os programas de intervenção, mas alertou para o crescimento de uma “adictofobia” entre a população. “Houve uma discreta redução em Portugal, mas não houve cortes significativos. Ainda temos os mínimos olímpicos”, afirmou João Goulão, durante a apresentação do relatório, em Lisboa. “No essencial, temos condições para dar continuidade às intervenções que vínhamos fazendo”, acrescentou ainda o responsável.


PUB

ECONOMIA | 05

BEI acusa CE de bloqueio UE. O presidente do Banco Europeu de Investimento (BEI) diz que há uma linha de crédito aprovada para Portugal a que falta o aval da Comissão Europeia (CE) exigido pela concorrência. Em Paris, há margem do seminário “Europa: as próximas etapas”, Werner Hoyer disse ontem que há mais de 1.000 M€ com juros atrativos, destinados às PME, que estão travados em Bruxelas. As linhas de crédito mais baratas têm de ser aprovadas pela Direção-geral da Concorrência, liderada pelo espanhol Joaquin Almunia. “No ano passado assinámos um contrato muito inovador de financiamento que está travado na CE por questões de concorrência. Precisamos de ultrapassar este obstáculo muito rapidamente porque o dinheiro está à espera [no BEI]”, disse o alemão à RTP/Antena1. O responsável salientou ainda que os Tratados da UE preveem que “em circunstâncias extraordinárias estas preocupações podem ser ultrapassadas se a situação especial for reconhecida como tal” e se houver “urgência” e “boa vontade”.

Investimento

País tem “todas as condições, quer em competitividade, quer ao nível fiscal, para que as empresas invistam já” Álvaro Santos Pereira Ministro da Economia

Horas antes, o ministro da Economia tinha pedido o investimento do BEI em Portugal para ajudar a combater o desemprego jovem. Santos Pereira explicou, citado pela agência Lusa, que “não é possível lutarmos de uma forma sustentada contra o desemprego jovem se não tivermos, não só políticas ativas de emprego (...) mas principalmente temos que ter investimento”. O ministro considera ainda que “a Europa só pode ultrapassar a situação atual se tiver mais investimento”.

BdP

Dívida pública detida pelos bancos subiu 250% A dívida pública detida pelos bancos aumentou 250% entre final de 2009 e março de 2012, diminuindo desde então, mas continuando em níveis que deixam os bancos em risco devido a problemas no Estado, segundo o Relatório de Estabilidade Financeira divulgado ontem pelo Banco de Portugal (BdP). Nessa altura, os títulos de dívida na carteira dos bancos ascendiam a cerca de 36.000 M€.

O dia a dia dos mercados Petróleo

Euribor 6m Psi-20

$104,31 (+1,64%)

0,297 (+0,68%)

6.103,12 (+0,63%)

Euro para: Dólar 1,286; Libra 0,854; Real 2,666

Transportes. Menos 10% de passageiros no ano passado Os transportes públicos perderam mais de 10% dos passageiros em 2012, com destaque para o metropolitano de Lisboa. A exceção foram os aviões com um aumento de 1,3%, divulgou ontem o Instituto Nacional de Estatística (INE). Segundo valores provisórios do INE, o metropolitano de Lisboa foi o meio de transporte que mais passageiros perdeu, ao registar uma quebra de 13,4% em termos homólogos. Já o metro do Porto foi utilizado por 54,5 milhões de passageiros, correspondente a uma quebra de 2,2%. Já os comboios foram usados em 2012 por 132,2 milhões de passageiros, menos 11,3% face a 2011. Por sua vez, o transporte fluvial também manteve a redução no número de passageiros, com 27,4 milhões de pessoas transportadas, uma queda de 12%. O movimento de passageiros nos aeroportos escapou à regra, ao aumentar 1,3%, correspondente a 31,1 milhões de pessoas.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

FOCUS | 06

Os protestantes juntam-se na Llewellyn Avenue, em Fort Meade, Maryland, a 17 de dezembro de 2012. Uma audiência ao soldado Bradley Manning, ao abrigo do Artigo 32, determinou um tribunal marcial geral para Manning, que revelou documentos confidenciais das guerras do Iraque e Afeganistão e ainda relatórios do departamento de Estado dos EUA ao WikiLeaks. GETTY IMAGES

Bradley Manning tornou-se um ícone EUA. O informador do WikiLeaks é comparado a Martin Luther King e tem a sua própria mercadoria. Porque é que ele é tão popular? A sua aparência jovem vai decorar cartazes enquanto o ex-soldado vai a julgamento com acusações de traição que lhe podem valer 50 anos na prisão. Desde que Manning, 25 anos, revelou mais de um milhão de documentos classificados dos EUA à WikiLeaks em 2010, os seus seguidores têm aumentado. Dezenas de cidades organizaram protestos no seu pré-julgamento, a 21 de maio, e voltam a fazê-lo dia 3 de junho, segunda-feira, data do tribunal marcial. Foram recolhidos quase 800 M€ para apoio jurídico e a “Rede de Apoio Bradley Manning” vende autocolantes, posters e t-shirts pretas que são vistas cada vez que o denunciante vai a tribunal.

O soldado Bradley E. Manning é escoltado para uma audiência em Fort Meade, Maryland. É acusado de ajudar o inimigo e permitir que informação confidencial tenha sido publicada na Internet. É ainda acusado de ter enviado milhares de documentos classificados para o site WikiLeaks. GETTY IMAGES

Uma aliança, improvável, de veteranos, hacktivistas e grupos de direitos dos homossexuais, está unida no apoio a Manning. “As pessoas são atraídas pelas suas ações, vistas como uma forma de desobediência civil”, diz o seu biógrafo, Denver Nicks, ao metro. “Manning tornou-se cartaz para todas as coisas que estão mal com a nossa sociedade, desde a disfuncionalidade dos segredos de Estado à tragédia da guerra do Iraque e à homofobia – agrada a grupos díspares porque há muita gente que se revê na sua história.” Este agrado é profundo e alargado. “Ele é sem dúvida o principal ‘resistente à guerra’ da história”, diz Ben Griffin, membro de um grupo de apoio desde 2010. “Manning mostrou um enorme sentido de integridade e justiça para alguém tão novo, além de compaixão”, acrescenta Emma Cape, organizadora da campanha, argumentando que o soldado honra o princípio de Martin Luther King: “quem viola uma lei

que a sua consciência diz ser injusta... está de facto a mostrar o maior respeito pela lei.” Um apoio tão fervoroso deu a Manning uma atração que é quase um culto. “Parte tem a ver com não conseguir deixar de ser intensamente enigmático. Não se pode falar com ele, por isso tudo o que se possa dizer sobre os seus motivos é especulação”, diz Tom Payne, autor de um livro sobre o culto de famosos. No entanto, também há uma campanha antiManning, com grupos nacionalistas a exigirem a sua KIERON MONKS/MWN execução.

Atração

“As pessoas são atraídas pelas suas ações, vistas como uma forma de desobediência civil. Agrada a grupos díspares” Denver Nicks Biógrafo de Bradley Manning


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

MUNDO | 07

Rússia “ataca” UE devido à Síria Conflito. O vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russos critica a decisão tomada pela União Europeia de levantar o embargo de armas aos rebeldes sírios. “Vocês não podem dizer: e a Federação da Rússia? Primeiro, a Rússia fornece armas ao regime legítimo. Isto não é uma discussão abstrata, quais os poderes legítimos e porque é que eles têm direito a receber estes ou aqueles armamentos, mas a outra parte não tem direito”, argumentou Serguei Ryabkov, em conferência de imprensa em Moscovo. Para reforçar a posição dos russos, Ryabkov explicou que o governo do seu país vai continuar a enviar mísseis antiaéreos S-300 para a Síria, uma maneira de evitar uma intervenção armada externa no país. “É um fator de estabilização, que pode impedir algumas cabeças quentes de entrarem no conflito.” Israel está a preparar a sua defesa dos mísseis S-300. “Os mísseis são uma ameaça e tenho fé que não se acelere a venda. Esperemos que ela

Posição portuguesa Paulo Portas lamentou ontem, em Bruxelas, a ausência de uma posição comum da UE sobre a Síria. “É politicamente desajeitado que os europeus, na preparação da conferência de paz para a Síria, em vez de se empenharem em ter um papel central nessa conferência, optem por relaxar um embargo de armamento”. O ministro português dos Negócios Estrangeiros acrescentou que “no fundo, a Europa acaba por dar um sinal de fornecimento de armas que os EUA têm evitado dar”. Para Portas “é preocupante que a UE não tenha chegado a consenso sobre o embargo de armas”, em 12 horas de reunião, na “questão internacional mais importante do momento”.

Militares e população israelita estão em exercícios de preparação para um eventual ataque sírio com mísseis ao seu território. Em Israel teme-se ainda um ataque com armas químicas. GETTY IMAGES

não se concretize, mas se acontecer, saberemos o que fazer”, afirmou o ministro israelita da Defesa, Moshe Yaalon, ao jornal Yediot Aharonot. Entretanto, a Rússia deu ontem o aval à participação do Irão na conferência internacional de paz sobre

FAO

China. Gripe aviária resiste e mata Especialistas confirmaram, pela primeira vez, a existência de casos clínicos de gripe aviária H7N9 resistentes a fármacos antivirais ha-

Cientistas provaram que vírus é transmitido das aves de capoeira às pessoas. GETTY IMAGES

bitualmente utilizados em seres humanos. Num estudo, publicado ontem na revista The Lancet, o especialista Zhenghong Yuang e outros peritos chineses descrevem três casos de resistência a antivirais em doentes infetados com o vírus H7N9 no território chinês. A equipa estudou um grupo de 14 doentes hospitalizados em Xangai, em abril, infetados com a nova estripe do vírus da gripe aviária (H7N9). Em três doentes graves, o tratamento antiviral não reduziu a carga viral e os especialistas confirmaram a resistência aos fármacos. Os peritos encontraram uma mutação caraterística da resistência aos fármacos antivirais e dois pacientes morreram. “A aparente facilidade do surgimento da resistência antiviral no vírus H7N9 é preocupante”, sublinharam os autores do estudo.

a Síria. “O Irão é uma das nações mais importantes”, declarou o ministro russo dos Negócios Estrangeiros, Sergei Lavrov, em Paris. Já o governo dos EUA “aplaude a ação da UE” disse Jay Carney, porta-voz da Casa Branca. LUÍS CARMO

França

Mais mandioca no futuro

Coronavírus mata

Um modelo de agricultura ecológica promovido pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) pode aumentar de forma sustentável a produção de mandioca em até 400%, divulgou ontem o organismo da ONU. A FAO pretende que este produto deixe de ser visto como alimento de pobres e passe a ser considerado a cultura do século XXI. A produção de mandioca aumentou 60% desde 2000.

Um homem, de 65 anos, morreu ontem em França infetado com o coronavírus, associado à Síndroma Respiratória Aguda Severa. Suspeita-se que a vítima contraiu o vírus no Dubai. O seu companheiro de quarto, com 50 anos, está hospitalizado em Lille, desde a 9 de maio.

EUA

Segredos desvendados “Hackers” chineses acederam a mais de 20 projetos de sistemas bélicos dos EUA, avança o jornal Washington Post. Entre o equipamento “descoberto” estão aviões e navios de guerra e mísseis.

PUB


2

www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

08

CULTO

Jared Followill

“O sentimento e a vibração [do disco] podem ser comparados com os primeiros. Mas, musicalmente, este é muito mais complexo” O baixista dos Kings of Leon respondeu a algumas questões dos fãs via Twitter e aproveitou para dar algumas luzes sobre o novo disco da banda. O grupo vai estar em Portugal, talvez a apresentar já algumas das suas novas canções, no Optimus Alive, no dia 14 de julho.

GUADALUPE PLATA

blues? O blues do Mississippi tem O trio espanhol vem mostrar as suas canções umas caraterísticas em 2007, na altura fortemente inspiradas nas sonoridades do Mississippi. muito específicas: era um formato de pessoas Hoje, à borla, no Lounge (Lisboa); amanhã no Primavera as duo: guitarra e batecantavam as suas Sound, no Porto. O baterista Carlos Jimena conta tudo. alegrias, as suas ria. Foi assim que fizemos o primeiro tristezas, o seu traregisto de estúdio, balho, as bebedeium EP que saiu ras, a sua fé... no início de 2009. Percebemos que Depois disso entrou em Espanha tamo Paco Luis [Martos], bém é assim com o porque pensámos flamenco: expressa que precisávamos o mesmo, o quotide linhas de baixo. diano das nossas Mas não queríamos vidas. Mas nós não quase primos, ficámos encantados o tradicional: experimentámos fazemos flamenco, fazemos blues! com a música. Começámos a tocar, As nossas idas aos EUA foram mao washtub bass, que era o que se usava antigamente, no início do com mais gente da nossa cidade ravilhosas: estivemos em Austin, blues. Como o Paco se mostrou dis- [Ubeda], sempre com vontade no Texas, subimos a Costa Este ponível para isso, juntou-se a nós! de fazer puro blues. e é uma cultura impressionante, em que as pessoas vivem com Esse washtub bass é um baixo basHá uma coisa que gosto muito no o rock ‘n’ roll desde a infância. Há tante simples: um pau e uma corda. estilo delta blues e que também se uma naturalidade muito grande na E tem uma sonoridade muito própria nota nas vossas canções: com poucos música que é bastante inspiradora. e caraterística do delta blues. Era instrumentos e sem grandes artifícios o que queríamos, mesmo. Não pro- fazem um som muito rico e profundo. Esta semana fazem dois concertos em Portugal: hoje no Lounge, em Lisboa, Sem dúvida. E digo-te que somos curámos nenhuma base rítmica um espaço pequeno; e amanhã a favor de fazer música sem convencional. Tem essa caraterísno Optimus Primavera Sound. artefactos em volta dela. Há muita tica simples, mas funciona muito São dois formatos muito diferentes, gente que gasta mil euros numa bem e faz as vezes do contrabaixo. pelo menos em dimensão. Para ser guitarra quando se pode fazer Como é que começaram a ganhar músico temos que tocar! Eu toco muito com coisas simples. interesse por este tipo de som, A música pode ser feita de qualquer da mesma forma para 50 ou para o delta blues? No meu caso, foi lá 5.000. Mas é verdade que a música forma. Nós não queremos meter para os 14 ou 15 anos, houve uma é mais cómoda em barezinhos, nem eletrónica nem outros espécie de revelação: o meu irmão com as pessoas perto. Mas o festiacompanhamentos porque isso deu-me um disco de Sonny Terry, val é uma excelente oportunidade: desvirtua o que procuramos. um músico da Carolina do Norte. ótimo som, bons palcos e tocar Também viajaram até aos EUA para E eu e o Pedro [de Dios Barcelo, para gente que nunca nos viu! conhecerem melhor esta cultura do BRUNO MARTINS guitarrista e vocalista] somos A começar pelo início: como é que a banda se fundou? Foi

O BLUES EM CASTELHANO


09

Johnny Depp, o ator altruísta Celebridades. Johnny Depp convenceu o diretor de casting do seu novo filme, “Transcendence”, a contratar dois sem-abrigo para trabalhar como figurantes. A história é contada pelo jornal inglês The Sun: o ator norte-americano conheceu dois homens na rua, em Albuquerque, no Novo México, e decidiu recrutá-los na hora. Uma fonte da produção disse ao jornal inglês: “O Johnny gosta, sempre que pode, de ajudar as comunidades locais onde faz os seus filmes.”

Depp encontrou dois homens a morar na rua, quando estava a falar com o diretor de casting junto a uma cabine telefónica, e chamou-os de imediato. Os dois sem-abrigo – que, muito provavelmente, deixaram de o ser – integram um elenco que conta com Cillian Murphy, Paul Bettany, Rebeca Hall, Morgan Freeman e Kate Mara. “Transcendence” é o filme que marca a estreia na realização de Wally Pfister, o diretor de fotografia de obras como “Memento”, “Inception – A Origem”, “Moneyball” e “Dark Knight Rises”. Com o argumento de Jack Paglen, “Transcendence” tem estreia prevista para 25 de abril de 2014 e

Estrela norte-americana gosta de ajudar as comunidades onde filma. GETTY IMAGES

segue a história de um cientista (protagonizado por Depp) que, após ser assassinado, tem o seu cérebro implantado num computador. Esta não é a primeira vez que o ator ajuda as pessoas que vivem nas ruas. Já em 2011 circulou uma notícia de um “negócio” que Depp fez com um sem-abrigo: comprou-lhe um chapéu para integrar a sua vasta coleção. Ao que parece, a ex-mulher, Vanessa Paradis, ao fim de 14 anos, ainda se irritava com o ator por comprar tantos chapéus. Uma fonte relatou: “Ela estava furiosa. Dizia-lhe: ‘Ou deitas isso fora ou então deito eu!’ Como tinha muito carinho pela coleção, passou-a para uma das suas outras casas.”

Música. Damon com álbum a solo Damon Albarn já concluiu o seu novo disco a solo. O músico revelou à Rolling Stone que o álbum foi produzido por Richard Russell, da XL Recordings, com quem o vocalista dos Blur trabalhou aquando da produção de “The Bravest Man In The Universe”, de Bobby Womack. O trabalho ainda não tem título, mas, na mesma entrevista, Albarn descreve-o como sendo “folk-soul”. Albarn estará em Portugal esta sexta-feira, com os seus Blur, no Optimus Primavera Sound.

Disco. Byrne e St. Vincent oferecem EP A parceria entre David Byrne e Annie Clark, mais conhecida na música como St. Vincent, continua a dar frutos. Depois de terem editado, o ano passado, o disco conjunto “Love This Giant”, a dupla disponibilizou ontem, para download grátis no site da Pitchfork, um EP com cinco temas. “Brass Tactics” inclui uma faixa não editada no disco, chamada “Cissus”, bem como versões que a dupla fez ao vivo de “Marrow”, de St. Vincent, e de “Road to Nowhere”, dos Talking Heads, e mais dois temas remisturados.

Jamie Cullum com regresso marcado a Portugal Depois de atuar dia 26 de julho no festival EDP CoolJazz, o cantor inglês Jamie Cullum vai regressar a Portugal para um concerto no Coliseu do Porto, mas só a 26 de novembro. O concerto servirá para apresentar as novas canções de “Momentum”. Os bilhetes para o concerto começam a ser vendidos na próxima sexta-feira. Entretanto, o músico continua a sua digressão europeia e ontem esteve em Madrid para falar do novo trabalho. GETTY IMAGES

Internet

Pussy Riot

Apresentação

Recorde no Spotify

Cantora internada

Syana ao vivo no País

Os Daft Punk bateram um recorde com “Random Access Memories”: o de maior número de streamings do Spotify. Ainda sem dados certos, está confirmado que o álbum já foi escutado mais de oito milhões de vezes.

Maria Alyokhina, uma das cantoras da banda russa Pussy Riot, foi internada num hospital depois de ter passado uma semana a fazer greve de fome na prisão. Alyokhina foi condenada por “hooliganismo”.

O álbum de estreia do projeto soul-funk Syana vai ser apresentado amanhã no Clube Ferroviário, em Lisboa, e sexta-feira no Hard Club, Porto. O metro oferece bilhetes em www.facebook.com/metroportugal.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

10

“Era o legado que queria deixar à minha filha” Cinema. A atual maior estrela da pop é de uma versatilidade impressionante. Beyoncé não nos aparece em “Epic – O Reino Secreto” a cantar – bom, só mais ou menos. Dá voz à rainha Tara, uma guardiã da floresta. Uma autêntica tara! JOHN-MIGUEL SACRAMENTO EM HOLLYWOOD

As pessoas perguntam-me se, daquela vez em que toquei na Beyoncé, tive oportunidade de recolher algum vestígio de ADN. Não vou dizer que não tive vontade de lhe vasculhar a lapela do casaco, à cata de uma pestana ou de uma sobrancelha caída, mas, infelizmente para quem vive de migalhas, a resposta é não. Não tenho ADN

de Mrs. Carter em stock, não vendo, não faço ideia se é mais caro que o ouro ou se já tenho recebido licitações praticamente irrecusáveis vindas dos sultanatos do Golfo. A verdade é só uma: no caso de Beyoncé, nunca há tempo para lhe roubar sequer um cabelo da aura. Desta vez, estava já eu preparado para a entrevista (ler: agachado atrás de um vaso de hotel a ver se

lhe conseguia extrair uma unha que ela talvez tivesse roído até meio em nervosismos secretos) e reparo que os meus olhos se encontram subitamente encadeados pelo verde tropical daquele casaquito de verão Barbara Bui, a tal vietnamita de Paris que desenha monções de frescura. Quando a Imperatriz do Texas e Super Bowl me apareceu na frente com tal sorriso e a trote de chuvada que se aproxima para nos renovar – isto quando faltavam duas horas para o concerto de Londres e três dias para a estreia de “O Grande Gatsby” em Cannes, um filme espetacular cuja banda sonora fora composta pelo marido, Jay-Z – percebi que a veia clorofílico-rejuvenes-

cente desta criatura não se adquire apenas com ADN. Basta sorver os raios nucleares feitos de alegria e simpatia. Não, não vi ADN nenhum. Mrs. Carter aparece agora a fazer de rainha Tara no filme “Epic”, uma maravilha de coloratura e defesa ambiental que fala do mundo invisível. Mas, espera aí, não recolheste sequer o papelinho que ela embrulhou e desembrulhou enquanto falava, os traços de batom na chávena de onde ela bebeu o chá, o bonequito que desenhou no guardanapo? Resposta: nunca! Mas podemos agendar cimeira noutra ocasião menos pública, quando subirem os preços das estrias Beyoncé mais vintage, daqui a dez anos, quando


CINEMA | 11

a imperatriz já tiver feito uma versão nova de “O Guarda-Costas” e se tiver transformado em mega estrela que não acaba. Depois falamos. Vamos começar pelo filme. Lindo de morrer. Mas conte-me como escreveu o tema “Rise Up”. Que mensagem queria transmitir? É uma canção

que escrevi com a Sia. Há tanto tempo que sou fã dela. Que voz incrível. Mas o filme cativou-me,

Bio Beyoncé Giselle Knowles nasceu a 4 de setembro de 1981 (31 anos) em Houston, Texas, nos EUA. • Origens: O pai, Mathew Knowles, um empresário musical. A mãe, Tina Knowles, uma designer de moda e empresária; • Carreira: Desde pequena que teve aulas de dança: ballet e jazz. Cantava na escola e na igreja, participando em vários concursos. Em 1995 junta-se à girls band Destiny’s Child; • Fama: A carreira a solo tem sido de luxo: quatro discos e 30 milhões de exemplares vendidos. • Pessoal: É casada com o rapper Jay-Z, de quem tem uma filha, Blue Ivy.

primeiro, por aquilo que dizia. Lembro-me que, da primeira vez que fui ver o trabalho de animação que estava a ser feito nos estúdios Blue Sky, nessa fase andava grávida. Achei que era o tipo de legado que gostaria de deixar à minha filha. Foi uma sorte ter encontrado uma personagem animada capaz de mostrar tanta emoção e uma tendência para acreditar nas leis do coração. Foi a primeira coisa que fiz depois do parto. A cena em que seleciono a semente que vai dar continuidade à vida foi um daqueles momentos em que, cheia de hormonas, chorei baba e ranho. OK, só um momento. Porque é que teve essa reação? Porque, nessa

mesma cena, há uma menina na companhia da mãe, ambas observando a pompa e circunstância da rainha e da cerimónia. A filha deixa sair um gritinho “Ela é... fantástica!” Ao que a mãe, assim meio a enrolar os olhos, só lhe diz “Queridinha, deixa-me explicar: ela é, hmmm, a rainha. Estás a perceber? Claro que é fantástica. Mas tu, minha querida, não sei se algum dia vais ser rainha.” Fez-me mesmo lembrar a minha mãe, quando a Whitney Houston cantou o hino nacional. Eu só disse “Meu Deus, mas que coisa incrível!” E lembro-me de ter acrescentado: “Um dia ainda me vão ver a cantar o hino, como ela.”

De um canto, a minha mãe só disse: “Pois. Já estou mesmo a ver, minha querida. Olha, boa viagem de regresso ao planeta Terra.” Mas uma pessoa nunca sabe o que nos vai acontecer a seguir. Adorei que o filme fosse uma ode ao planeta. É necessária uma grande campanha de sensibilização entre nós, humanos, a ver se percebemos que isto não é, simplesmente, tudo nosso. Não vê a mesma necessidade?

Estamos todos ligados uns aos outros. Até a rainha Tara percebeu isso, ao ver nesta mulher jovem, uma humana, algo que ela mesmo sente e defende. Há uma natureza que é comum a ambas. Há ali uma força enorme. A canção vem daí, de duas mulheres que se entendem, quando uma passa o archote à outra em sinal de que, sim, é verdade que há muitas coisas na vida pelas quais vale a pena lutar. Geralmente a Beyoncé é retratada como a mulher perfeita. Mas suponho que, pelo menos do seu ponto de vista, haja pelo menos uma falha. Onde é que a situaria? Tenho mui-

tos pontos fracos. Mas, agora, o que me interessa é explorar áreas que talvez não sejam tão bem assentes pela polícia dos politicamente corretos. Quero começar a expressar ideias e situações que me provocam desconforto. Acho que o nascimento da minha filha também despoletou uma maior necessidade de me redescobrir, verificar e garantir que os meus sonhos se mantêm intactos, que ainda sei tomar conta de mim, que as minhas necessidades como mulher continuam a ser respeitadas. Tudo isso era uma área em que me movimentava com dificuldade. Mas, agora, é importante garantir que me mantenho forte. Que tenho a minha própria carreira e negócio. Que sei tomar da minha criança, que sei ser mãe. Para já, a maior dificuldade é encontrar equilíbrio entre família e carreira. Estou consciente que tenho de me sentir privilegiada. Agora só preciso de arranjar tempo para fazer uma pausa, descansar, aproveitar esta bênção.

A maternidade

“O nascimento da minha filha também despoletou uma maior necessidade de me redescobrir, verificar e garantir que os meus sonhos se mantêm intactos”


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

nº3 1549-023 LISBOA - PORTUGAL

METRO PORTUGAL Título licenciado a Transjornal – Edição de Publicações, SA pertencente à PROPRIEDADE Metro International, SA, EDITORA Transjornal – Edição de Publicações, SA., Capital Social €4.048.845,00, Contribuinte 505338602, registada na C.R.C de Cascais _nº 505338602, Principal acionista Metro News – Publicações, S.A (100%) CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Francisco Pinto Barbosa, Luís Santana, Pedro Araújo e Sá, Gonçalo Sousa Uva e António Zilhão. Depósito Legal: 220825/04, ERC nº 124635, Periodicidade Diária Distribuição Gratuita Impressão Sogapal – Sociedade Gráfica de Paiã, Lda., Av. dos Cavaleiros, 35-35ª, Portela da Ajuda, 2795-625 Carnaxide DEPARTAMENTO COMERCIAL DIRETOR COMERCIAL Ricardo Branco Diretora Adjunta Ana Silveira Agências Adriana Macedo, Margarida Rego, Paula Tavares, Raquel Pinto, Daniel Barata; Diretos Eva Oliveira, Filomena Mestre, João Rodrigues, Luís Farinha, Ricardo Afonso Planeamento Maria da Luz Veiga Tel. 210494204/210494815; Fax 21 049 31 34 PORTO Tiago Medeiros, Gabriela Raposo Tel. 22 532 23 00 Fax 22 532 23 99 E-mail publicidade@metroportugal.com DESIGN GRÁFICO Rui Gonçalves, António Garcia MARKETING João Aleixo, Rita Costa Passatempos Marta Tavares (passatempos@metroportugal.com) Ativações e Eventos João Aleixo (coordenador) Joana Gil, Marta Brigham CHEFE DE DISTRIBUIÇÃO José Magalhães Distribuição António Caldeira, Orlando Lopes (Porto) DIRETOR Diogo Torgal Ferreira Editor Executivo Magalhães Afonso Coordenador Bruno Martins Redação Luís Carmo, Patrícia Tadeia, Rui Alexandre Coelho, Raquel Madureira (Porto) Editora gráfica Sónia Santos Grafismo Filipa Rosa, Rita Alves Fotografia Laura Haanpää Assistente Ana Rodrigues Revisão Catarina Poderoso. PUB

Horizontais: 1. Aqueles. Atormentada. 2. Pequena argola

Palavras cruzadas

com que se enfeitam os dedos. Madrugada. 3. Possui. Variedade de carbonato de cálcio, usado especialmente para escrever no quadro preto. Patrão. 4. O espaço aéreo. Altar cristão. 5. Grande embarcação. Erro, culpa. 6. Relativo aos campos cultivados. Habitual. 7. Causa inquietação. Levanta. 8. Junta. Aquelas. 9. Época notável. Espaço de 12 meses. Órgão excretor que tem a função de formação da urina. 10. Corja. Mamífero carnívoro da América, da família dos felídeos, com afinidades com o leão. 11. Sinal para começar alguma coisa. A mim.

Afinal, quantos palhaços existem em Portugal? O concidadão Nuno Morais Sarmento, um dos muitos ex-políticos e um ex-mais não sei quê, um das muitas dezenas de opinadores de meia e tigela inteira, comentadores, críticos políticos, fazedores de não sei o quê, foi instado a pronunciar-se sobre o que o jornalista e escritor Miguel Sousa Tavares (...) terá chamado de PALHAÇO ao atual inquilino de Belém – Sr. Aníbal Cavaco Silva, que vai no seu segundo mandato como PR. O bem intencionado comentador achou não ser de bom-tom serem rebaixados e julgados na praça pública os detentores de cargos públicos, pois é menosprezar tais membros empossados em lugares de grande destaque nacional, que todos nós deveríamos respeitar. Também acho que sim, mas ‘quem não quer ser lobo não lhe veste a pele’ e retira proveitos e proventos de muitas malfeitorias que nunca deveriam ser praticadas. (...) JOSÉ AMARAL, V. N. GAIA

Verticais: 1. Curtir com atanado. Sobre (prep.). 2. Sobrecarregar com ónus. Verbal. 3. Designa carência ou ausência (prep.). Bago do cacho da videira. Fruto da ateira. 4. Parte inferior ou pendente de certas peças de vestuário. A unidade. 5. Germina. Naquele lugar. 6. Meter entrelinhas tipográficas em. Relativo à Lua. 7. Claridade produzida por qualquer fonte luminosa. Ruão. 8. Caminhar. As vossas pessoas. 9. Corda de reboque. Nome próprio masculino. Bebida alcoólica, proveniente da destilação do melaço. 10. Qualquer instrumento de ataque ou defesa. O m. q. açaimo. 11. Contr. da prep. a com o art. def. o. A parte líquida do sangue e da linfa, na qual as células sanguíneas e as plaquetas circulam em suspensão.

Sudoku

•••••

Solução cruzadas

Horizontais: 1. Os, Aflita. 2. Anel, Aurora. 3. Tem, Giz, Amo. 4. Ar, Ara. 5. Nau, Error. 6. Arval, Usual. 7. Abala, Iça. 8. Une, As. 9. Era, Ano, Rim. 10. Matula, Puma. 11. Lamiré, Me.

Metro Portugal Arruamento D à Rua José Maria Nicolau,

Correio do leitor

Verticais: 1. Atanar, Em. 2. Onerar, Oral. 3. Sem, Uva, Ata. 4. Aba, Um. 5. Grela, Ali. 6. Faiar, Lunar. 7. Luz, Ruano. 8. Ir, Vos. 9. Toa, Rui, Rum. 10. Arma, Açaime. 11. Ao, Plasma.

Ficha técnica

LAZER | 12

Solução sudoku


PEQUENOS ANÚNCIOS

ALUGA-SE

CAMPO DE O OURIQUE LOJA

PARA ESCRITÓRIO RIO OU SEMELHANTE NTE

500€

CONTACTOS:

AZEVEDO, PINHO & JESUS, LDA Desde 1951

Somos uma empresa de confiança

Avaliador Oficial credenciado pela Casa da Moeda

PENHORES E COMPRA E VENDA DE OURO • PRATA • JÓIAS MOEDAS • RELÓGIOS

COMPRAMOS CAUTELAS DE PENHOR Rua dos Sapateiros, 115 - 1.º esq.º, Lisboa (saída do metro da Baixa/Chiado)

Tels.: 21 346 54 11 • 21 342 94 83 • 21 321 93 46 Fax: 21 321 14 97 | E-mail: geral@apj.com.pt

T0

REMODELADO

350€

96 806 02 68 OU 96 279 81 40


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

MOTORES | 14

O programa de personalização assenta em três temas distintos: ‘Arizona’, ‘Azur’ e ‘Manhattan’, em que cada um expressa uma temática específica: aventura, elegância ou vida citadina.

Captur(ar) todos os sentidos O novo Renault Captur é definido pela própria marca como uma conjugação de monovolume, SUV e berlina. O crossover oferece um extenso programa de personalização, com as várias opções de carroçaria a dois tons, cores das jantes, tecidos dos estofos e padrões. O Captur é espaçoso. O banco traseiro deslizante equilibra o espaço para passageiros e bagagem (capacidade e bagageira até 455 litros). No habitáculo, realce para duas inovações práticas: uma grande gaveta no

lugar do porta-luvas com capacidade de 11 litros; e a disponibilidade de capas de estofos removíveis e laváveis à máquina. A Renault destaca ainda o tablet digital multimédia integrado, a funcionalidade R-Link e um catálogo de aplicações em permanente expansão. A posição de condução é elevada e a segurança passiva, o comportamento dinâmico e o desempenho da travagem inspiram confiança, assegura a marca francesa. O Captur herda ainda o conforto do novo Clio.

Ficha técnica • O novo crossover da marca francesa tem três motorizações: • Gasolina: Energy TCe 90 (0.9 litros): 90CV – 4.9 l/100km, 113g de CO2/km; • Diesel: Energy dCi 90 (1.5 litros): 90CV / 3.6 l/100km 95g de CO2/km – dCi 90 EDC (disponível no segundo semestre de 2013).

Citroën. Nova gama C3 traz novidades

Os níveis de equipamento do C3 são Attraction, Seduction, Seduction16 e Exclusive. GETTY IMAGES

A nova geração do Citroën C3, que vai ser comercializada nos próximos dias, tem novidades interessantes como o para-brisas Zénith que oferece a melhor visibilidade do segmento. Conta ainda com novas e mais eficientes motorizações (emissões

• Preço: O Renault Captur começou a ser comercializado este mês, a partir de €15.450.

a partir de 87g/km de CO2), nomeadamente os blocos a gasolina PureTech, com 15% mais potência e 25% menores consumos. O design do carro também foi alterado: tem uma nova secção frontal e novos faróis traseiros. Já o interior evoluiu, com novos revestimentos mais quentes e equipamentos visando o bem-estar, como a câmara de visão traseira. Os níveis de equipamento são quatro, associados de modo diferente aos vários motores, que são cinco. A partir de €14.154.


www.readmetro.com QUARTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2013

Olimpismo

Bubka a presidente? O ucraniano Sergei Bubka, antigo atleta de salto com vara, anunciou a candidatura à presidência do Comité Olímpico Internacional, tornando-se o sexto candidato para suceder ao belga Jacques Rogge. “Após uma longa reflexão, decidi avançar”, afirmou Bubka à imprensa ucraniana.

Mercado

Carvalho no Monaco Ricardo Carvalho já é jogador do Monaco, com quem assinou ontem contrato por uma época, com outra de opção. Adquirido ao Real Madrid, a custo zero, o central português de 35 anos junta-se aos reforços ex-FC Porto, James e Moutinho. Aos dragões chegará hoje Licá, do Estoril, escreveu a imprensa desportiva.

15

Treinador, profissão de risco no G16

3 SPORT

Futebol. José Peseiro acertou ontem a rescisão amigável com o Sp. Braga, tornando-se no mais recente dos técnicos da Liga portuguesa a perder o emprego. Finda a época, pelo menos cinco dos 16 clubes da prova vão atacar 2013/2014 com outro técnico. Inácio iniciou a debandada em março, quando Bruno de Carvalho venceu as eleições do Sporting. O técnico do Moreirense estava na sua lista de dirigentes. Despromovidos, os minhotos já têm substituto: Vítor Oliveira. Seguiu-se Jesualdo Ferreira, que deixou Alvalade no fim da Liga. Substituto: Leonardo Jardim. Paulo Alves também já não treina o Gil Vicente, o mesmo sucedendo a Costinha no Beira-Mar, a outra equipa que desceu. Os cargos continuam vagos. Ontem, segundo a agência Lusa, foi a vez de José Peseiro, a quem a direção do Sp. Braga não per-

Aviso

“Não renovar com Jesus seria um erro histórico. Foi um dos melhores treinadores que tive na minha carreira” Bruno César, jogador do Al Ahli, da Arábia Saudita, citado pela sua assessoria de imprensa

doou a ausência do clube no playoff da Champions. A saída deverá ser hoje oficializada. Mas a razia poderá crescer. No pódio da Liga, por exemplo, Vítor Pereira (FC Porto) e Jesus (Benfica) continuam sem renovar, e Paulo Fonseca (P. Ferreira) vai repetindo R.A.C. que deseja dar o salto.

Ténis. Koehler afastada à primeira em Roland Garros

“Eternos” Spurs nas finais da NBA Seis anos depois, já com algumas estrelas a caminho dos 40 anos – Ginobili (de frente na foto), 35; Duncan, 37 –, os San Antonio Spurs estão de volta à final da NBA. Ontem venceram em Memphis (93-86), “arrumaram” a final de Oeste por 4-0 e já esperam pelo campeão de Este (Miami ou Indiana). EPA

A tenista portuguesa Maria João Koehler foi eliminada na sua estreia absoluta em Roland Garros, culpa da francesa Alize Cornet, por 7-5 e 6-2. Num encontro que durou 1h34m, o primeiro set foi equilibrado, mas acabou com vitória da francesa, n.º 27 do ranking mundial. Já a segunda partida foi superada com outra facilidade por Cornet, que se mostrou muito mais agressiva do que a portuguesa. Maria João Koehler, 105.ª da hierarquia WTA, cedeu os dois break points que enfrentou e terminou o seu primeiro confronto em Paris com 45 erros não forçados, contra 19 da gaulesa. A muita chuva que caiu na capital gaulesa forçou o adiamento de vários jogos, mas não evitou a entrada triunfal do líder mundial masculino, Novak Djokovic – vitória frente ao belga David Goffin, pelos parciais de 7-6 (5), 6-4 e 7-5.

Leonardo Jardim

“O atual projeto é o de um clube grande em Portugal, um clube que no presente não vive a fogosidade que teve em anos anteriores, mas acreditamos que o podemos reerguer” Em declarações à RTP Madeira, o novo técnico do Sporting mostrou-se esperançado em conquistar o sucesso em Alvalade. GETTY IMAGES


PUB


20130529_pt_lisbon