Page 1

PUB

Nacional

Sport

Reino do leão vai a eleições Num momento em que o Sporting se encontra em situação de grave crise, sócios do clube escolhem entre três futuros diferentes. pág. 19

Cronista

Sócrates na RTP: a bat@lha

Inquérito do Alvim

Anúncio do ex-primeiro-ministro como comentador da TV pública causa alvoroço na Internet. pág. 11

André Pereira, cómico e humorista, é o senhor que se segue. pág. 10

Tecnologias YouTube regista mil milhões de utilizadores pág. 13 Celebridades Princesas Kardashian: à conversa com Kim e Kourtney pág. 14 PORTUGAL sexta-feira 22 março 2013 ano 6, nº 1840 Lisboa 12° | 16°

porto 12° | 14°

www.readmetro.com Diretor: Diogo Torgal Ferreira PUB

Saiba como este macaco pode salvar o mundo Especial Green. Toda a gente adora vídeos de animais pequenos e fofos. Vídeos que o fazem exclamar: “Aaaahhhh!” Não tenha vergonha! A atenção que dá a esses animais irresistíveis pode salvá-los, salvar outras espécies e às vezes até salvar humanos. págs. 02 a 08 PUB


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

02

SÃO LINDOS E AINDA Salvar a vida animal. Todos adoramos animais “bonitinhos” e estamos dispostos a fazer esforços para os salvar. Isso são boas notícias para as outras espécies, também, e claro, para o Universo. As exuberantes florestas da Indonésia formam o habitat de uma variedade enorme de espécies: 12% dos mamíferos do mundo, 16% dos répteis e 17% das aves vivem por lá. Mas à medida que a exploração da madeira e a extração de minerais tem vindo a destruir as florestas, o orangotango veio salvar as árvores e outras espécies. É isso mesmo: os animais bonitos podem salvar o planeta. “O corte e a mineração são ameaças enormes para a floresta, e há muitas pessoas que dependem das florestas para a sua subsistência”, diz Teguh Surya, ativista do Greenpeace na floresta da Indonésia. “Mas vamos falar sobre o orangotango enquanto espécie ameaçada em vez da floresta em geral. O orangotango é uma espécie icónica.” Por todo o mundo, animais “carismáticos” – e bonitos – desempenham, cada vez mais, um papel des-

Especialista

“Espécies adoráveis têm um grande impacto” PETER KAREIVA, CIENTISTA CHEFE, THE NATURE CONSERVANCY

Muitas vezes é o coração que nos faz preocupar com a preservação.

Poder Panda. Grupos reconhecem quando os animais bonitos atraem a atenção e o financiamento. “WWF usou-o porque apela ao coração e às carteiras”, diz o especialista Dilys Roe. FOTO: THINKSTOCK

te género, agindo como celebridades embaixadoras de boas causas. Essa causa é, claro, a sobrevivência de espécies mais feias, do seu ecossistema e, consequentemente, do planeta. “As pessoas gostam dos animais grandes e peludos com olhos grandes, não dos insetos e dos que rastejam”, observa Dr. Dilys Roe, investigador principal do Grupo de Recursos Naturais do Instituto Internacional para o Ambiente e Desenvolvimento. “A WWF sempre usou o panda porque apela ao coraDurante algum tempo, a palavra de ordem era “biodiversidade”, mas não tocava tanto as pessoas. Salvar animais fofos é algo poderoso; as crianças pensam nisso. Há já algum tempo que os ativistas usam espécies bonitas em busca de apoio e é muito eficaz. Além disso, e porque estas espécies são geralmente grandes – para despertar a atenção das pessoas têm de o ser – e estão no topo da cadeia alimentar, quando as salvamos, estamos a salvar grandes habitats e outras espécies. Por exemplo, no Noroeste do Pacífico a águia careca

ção das pessoas e às suas carteiras, e outros grupos começaram a fazer o mesmo.” A Greenpeace divulga agora sempre a mesma espécie nas suas campanhas. “Um tema importante para a preservação do oceano é a sobrepesca e a captura acidental dos tubarões e tartarugas”, observa Oliver Knowles, do Greenpeace. “A sobrepesca teve um enorme impacto sobre a população de tubarões. E não há dúvida de que ser capaz de falar sobre tubarões e tartarugas ajuda-nos a fazer o nosso trabalho.” estava em risco por causa dos pesticidas. Porque é uma espécie icónica, as pessoas tomaram medidas, e foi salva, e todo o ecossistema beneficiou. Outro caso é o do salmão: requer água realmente limpa. Temos tomado medidas para o preservar, o que ajudou o ecossistema. Podemos fazer mais para salvar o planeta com a ajuda dos animais. Apenas algumas espécies, como o urso polar, são ícones numa escala global, mas podemos agir regionalmente com espécies locais. Israel, por exemplo, está a concentrar-se nos animais bíblicos.

ANIMAIS EXTINTOS POR MÃO HUMANA

Dodó, Ilhas Maurícias

Dugongo-de-steller, Oceano Pacífico Norte

Antílope-azul, África do Sul

Arau-gigante, Atlântico Norte

No Uganda e Ruanda, os gorilas, tornados celebridades internacionais, salvaram florestas cruciais. Sem eles, as florestas teriam desaparecido, dizem os especialistas. Nas florestas tropicais do Brasil, o mico-leão-dourado, uma espécie encantadora de macacos pequenos (e a estrela da nossa capa), ajudou a parar o desflorestação, e, assim, a salvar outras espécies da floresta igualmente ameaçadas. E melhor: cada árvore salva significa mais CO2 capturado. Recentemente, grupos ambientalistas têm realizado pesquisas para entender quais as espécies que mais sensibilizam a população, e – surpreendentemente – todas apresentam uma beleza pouco ortodoxa. O grupo Rare, por exemplo, fala numa rã castanha e branca na luta pela conservação da América Latina, depois de ter descoberto que esta apela aos moradores. “Usar animais locais um pouco diferentes é uma forma eficaz de atrair as pessoas que vivem na zona e fazer com que se envolvam na conservação”, observa Roe. É claro, os moradores beneficiam quando as florestas e os oceanos são salvos. Tal como todos nós. ELIZABETH BRAW/MWN

Macacos, florestas e negócios Salvar o planeta já não é só para os amantes das árvores. Mesmo as empresas conhecidas por serem mais pragmáticas já apoiam ativamente a conservação da natureza. Houve a perceção de que aquilo que for bom para o planeta também será, a longo prazo, bom para as iniciativas empresariais. Exemplo disso é a IKEA, que já só vende lâmpadas LED e tem mais de 450 mil painéis solares a fornecer energia às suas lojas. A Puma publi-

O dodó, uma ave que existia em abundância e desapareceu da extinção causada por influência do Homem. O metro recorda

Urso-do-atlas, Marrocos/Líbia

Quagga, África do Sul

Lobo japonês, Japão

Pombo-passageiro, EUA


GREEN | 03

SALVAM O PLANETA LEOPARDO AMUR

OS ATIVISTAS MAIS ADORADOS São fofinhos e preciosos – e ao salvar estas espécies ameaçadas, ajudam-nos a salvar a Terra. Sudeste da Rússia e da província de Jilin, nordeste da China

PORCO PIGMEU

EVITAR CHEIAS

Planícies do monte sul do Himalaia, Índia Europa do Norte e Ocidental MACACO-FOLHA

Um campo húmido para os animais serve como proteção contra inundações na época das chuvas e mantém níveis freáticos elevados na estação seca.

ECOTURISMO

Província de Sichuan, China

Vietname

Líbia, Egito

OURIÇO CAIXEIRO

PANDA

Uma maior população de macaco-folha-de-françois fora da China convida a um aumento do investimento. TARTARUGA

IDEIA DE NEGÓCIO Os lucros com a venda do artesanato de tartaruga vão para as pessoas que protegem a espécie. RINOCERONTES

ECOTURISMO Namíbia

Os turistas que querem ver os rinocerontes fazem safaris para ver estes animais. LONTRAS

OS GUARDIÕES UM HERÓI LOCAL

AMIGO DO JARDINEIRO

DIPLOMACIA PANDA

O maior e mais raro gato do mundo (estima-se que existem menos de 40 na floresta) é fonte de orgulho local (o festival Amur leopard, que decorre todos os anos, é muito popular).

Tem um apetite voraz (principalmente lesmas). Pode comer 200 gramas de insetos por noite.

A China usa o urso como um gesto de boa vontade desde o séc. VIII. Um jornalista do Irish Times sugeriu-o para Nobel da Paz.

ca um relatório ambiental de receitas e perdas e está a desenvolver vestuário a partir de material composto. Recentemente inauguraram uma loja sustentável em Bangalore, na Índia. A Boeing tem mais uma missão: ajudar a proteger a floresta da Indonésia. Depois há muitas companhias que estão focadas em ajudar a salvar animais. Por exemplo, a Disney, que criou o Fundo de Conservação Mundial, que ajuda a proteger habitats. “As mudanças climáticas são um verdadeiro risco para o planeta”, diz Simon Lee, presidente da multinacional de seguros

RSA. “A prevenção é sempre melhor que a cura. Quanto mais uma empresa como a nossa conseguir fazer perceber que todos beneficiamos, melhor vamos conseguir informar os opinion makers.” Johan Kuylenstierna, diretor executivo do Instituto do Ambiente de Estocolmo, tem analisado o envolvimento de empresas com o ambiente: “Tornaram-se, em geral, mais ativas nos assuntos de conservação e ambientais”, explica. “As grandes empresas são um pouco mais ativas, mas também estão mais expostas à pressão dos consumidores e ONG E.B./MWN de todo o mundo.”

menos de 100 anos após ser descoberta, tornou-se no símbolo os animais que desapareceram para sempre por nossa causa.

Especialista

“Negócio além do lucro” SIMON LEE, CEO DA RSA, EMPRESA DE SEGUROS

Porque está a gastar dinheiro com o meio ambiente? De todos os seto-

res, o dos seguros, é dos que está mais ligado ao meio ambiente. Claramente, o que está a acontecer ao clima tem impacto nos nos-

As lontras alimentam-se dos ouriços-do-mar, que comem vorazmente algas da floresta. Assim, mantém-se a floresta de algas e o habitat para o peixe.

sos negócios. Da mesma forma, cada empresa tem de fazer com que clientes e funcionários entendam que há negócio para lá do lucro. As empresas são responsáveis em ajudar o meio ambiente? Sim. Para

nós, as mudanças climáticas são um risco muito direto, e uma área em que vale a pena se envolver o nosso pessoal. É por isso que temos uma competição dentro da empresa para chegar à ideia de negócio mais verde. Acho que cada empresa pode minimizar a sua pegada ecológica.

FONTES: IUCN RED LIST; EXTINCTANIMALS. PETERMAAS.NL GRÁFICO: MIA KORAB

Caça

Poluição

Envenenamento Tigre-da-tasmânia, Austrália

Tigre-do-cáspio, Ásia Central

Caracol Aldabra, Ilhas Seychelles

Íbex-dos-Pirenéus, Golfinho-lacustre chiEspanha nês, Rio Yangtze, China

Rinoceronte preto do Oeste, Camarões.

Perda de habitat

Aquecimento global Concorrência de outros animais trazidos pelo homem Expansão industrial e económica Caça furtiva do chifre do rinoceronte Doença


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

04

Exploradores evoluem de observadores para defensores Natureza. Os exploradores da vida selvagem já não se dedicam só ao estudo das espécies. Também as ajudam a salvar e ao ecossistema.

Hora de ponta das tartarugas. A bióloga marinha e jovem exploradora da National Geographic Society, Vanessa Bezy, desfruta do momento junto de uma praia cheia de tartarugas no norte da Costa Rica. No entanto, os fungos, batérias e outros patogénicos representam uma ameaça para os ovos não vigiados na praia. NATIONAL GEOGRAPHIC

Vanessa Bezy Bióloga marinha, Costa Rica

Dr. Matthew Becker. Chefe do programa carnívoro da Zâmbia

John Mittermeier. Ornitólogo, Ilhas Maluku, Indonésia

Dr. Mark Elbroch. Chefe do projeto Pumas Teton, Wyoming, EUA

Trabalha numa costa do norte da Costa Rica. Todos os meses, milhares de tartarugas marinhas desovam aqui. É incrivelmente confuso uma vez que são muitos os buracos abertos para deixar os ovos. Há ovos espalhados em todo o lado. E devido à confusão, muitos ovos são infetados com fungos e batérias. O resultado é que o sucesso da eclosão é de facto muito baixo. E há muita erosão em praias como esta, o que significa que a área onde as tartarugas podem desovar é ainda mais pequena. E se as temperaturas globais aumentarem, os ovos decompõem ainda mais, o que vai afetar as tartarugas marinhas globalmente. Estudam-se formas de tratar a areia para melhorar o sucesso da eclosão.

Um terço do território da Zâmbia está reservado à vida selvagem e a maior parte deste é contíguo. Um dos maiores problemas no salvamento de ecossistemas nestas zonas é que estas são muito cortadas e há grandes limitações ao que se consegue fazer numa área pequena. Os grandes predadores são muito carismáticos e por isso é mais fácil salvá-los do que às espécies mais pequenas, mas isso beneficia estas últimas.

Aqui, a indústria da madeira e a mineração de níquel são muito grandes. As pessoas raspam o fundo das rochas até ao limite e mandam grandes quantidades de solo – com níquel – para a China. Olha-se para isso e pensa-se: isto é ridículo. Mas, como qualquer pessoa numa sociedade moderna, usa níquel constantemente, por isso também faz parte. O resultado é que o chão desta ilha está a ser destruído a escavadeira. E transformar selva tropical sem savana significa que quase nenhuma espécie sobrevive. As ilhas são sempre muito suscetíveis à extinção das espécies, porque a população de cada espécie é muito pequena. O desafio numa ilha é saber qual ou quais as espécies a salvar.

Trabalha na região sul do ecossistema do parque Yellowstone. Os lobos foram reintroduzidos aqui na década de 90 e estão a tentar perceber como é que isso afeta os leões da montanha. Nos anos de 1990 havia por aqui quatro ou cinco lobos. Agora há 84. Nesse mesmo período, o número de leões da montanha caiu para metade: agora há 18 adultos e cerca de 30-35 crias, mesmo tendo menos ameaça humana. Neste momento, tenta-se perceber o porquê: será que os lobos estão a alimentar-se das crias de leões da montanha? É que os leões da montanha contribuem mais para o ecossistema: fornecem comida aos ursos. Depois de matarem, por exemplo, um veado, os ursos seguem-nos e roubam a comida. Os humanos têm de parar de caçar, caso contrário as espécies vão extinguir-se. E.B./MWN

Predadores

“Os grandes predadores – como os leões, os cães selvagens e as chitas – são os primeiros a ir quando há impacto humano” Dr. Matthew Becker, do programa carnívoro da Zâmbia.


GREEN | 05

Mico-leão-dourado, um exemplo de sobrevivência Brasil. São animais pequenos, adoráveis e arranjaram maneira de enganar o fim. Há décadas que os micos-leão-dourados pareciam condenados à extinção na floresta brasileira. Agora estão a caminho da salvação. É como se estivéssemos num zoo. No primeiro contacto, o mico-leão-dourado é tímido, mas rapidamente ganha curiosidade para observar os seus visitantes. Depressa os macacos ruivos, com uma cara semelhante à de um avô, começam a comer as bananas que lhes são oferecidas. Mas isto não é um zoo. É a floresta Atlântica do Brasil, uma floresta tropical que é a casa de 2.200 espécies de animais e de 20.000 espécies de plantas. Infelizmente, já tem muito pouco de floresta. “Só ocupa 7,3% da sua área original”, diz Jennifer Mickelberg, curadora de primatas do Zoo de Atlanta, EUA, que pas-

sa muito do seu tempo com os micos no Brasil. “E isso acontece por causa da expansão do Rio de Janeiro e de São Paulo.” Nos anos de 1980 a desflorestação – e o facto de muitos brasileiros usarem os micos como animais de estimação –, reduziu a espécie a meros 200 indivíduos. Mas hoje, cerca de 1.600 exemplares habitam nesta floresta e já não se trata de uma espécie em extinção. Só em risco. E pessoas como Ademilion de Oliveira ajudaram à recuperação. Todas as manhãs, Ademilion e o seu colega, Elisaman Moraes, equipados com um rádio com antena, dirigem-se para a floresta para ver

O mico-leão-dourado tem este nome por causa da sua juba ruiva, similar à do rei da selva. MARCELA BELTRÃO

o estado da população de micos. “Pintamos a cauda de cada macaco e cada um recebe também uma tatuagem permanente, que nos permite manter o registo deles”, explica. “O casal-alfa em cada grupo também transporta rádio-transmissores à volta do pescoço para que os encontremos.” De Oliveira e Moraes verificam cada grupo de 10-15 indivíduos e vigiam a sua saúde. Estes macacos são um enorme sucesso: nenhuma outra espécie conseguiu recuperar da quase extinção tão depressa. A sua recuperação é um marco ainda maior, dado que os biólogos brasileiros tiveram que recrutar micos de todo o mundo. Os macacos que hoje habitam esta floresta são seus descendentes. “Esta espécie é pouco comun entre mamíferos pois tem sempre gémeos em vez de filhos únicos”, diz Mickelberg. “Isso ajudou a espécie a recuperar.” Um animal fofinho tem mais probabilidades de apelar ao coração das pessoas que um animal feio. Num estudo recente, o mico-leão-dourado ganhou nota 20. Na realidade, estes simpáticos animais já fizeram mais pela floresta do que qualquer política alguma vez conseELIZABETH BRAW/MWN guiu fazer. PUB


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

06

KRISTEN BELL Procura abrigos para animais e adota espécies em extinção: esta estrela não brinca em serviço.

“ADOTEI UMA PREGUIÇA” As provas do amor de Kristen Bell pelos animais estão bem documentadas graças a um vídeo, que se tornou viral, da atriz a perder a cabeça com uma preguiça bébé. E no que toca a ativismo, a estrela da série “Veronica Mars” não revela qualquer preguiça, trabalhando com várias organizações para ajudar no que pode, desde procurar abrigos para cães a animais em extinção. Qual a sua causa favorita?

Acho que é seguro dizer que sempre que ouço que um animal está em sofrimento, quero ajudar. É difícil escolher! Sou uma enorme

5

estrelas amantes de animais

defensora da adoção de animais abandonados. Ultimamente ando muito preocupada com a caça furtiva. O tráfico ilegal de animais é um negócio que envolve 10 mil milhões de dólares (7 mil M€) anuais e está a empurrar para a extinção várias espécies. O que tem feito?

Recentemente envolvi-me na campanha handsoffmyparts.org (“mãos fora das minhas partes”, em português), da WWF, que consciencializa as pessoas para a questão da caça furtiva e da venda ilegal de partes de animais.

Qual a organização que recomendaria a alguém que queira envolver-se?

Recomendo uma visita ao site worldwildlife.org para perceber como participar. São credíveis e as pessoas podem apoiar as suas causas através das redes sociais ou adotando simbolicamente um animal (worldwildlife.org/adopt). De cada dólar doado, 84 cêntimos seguem para ajudar na conservação de animais. Acho que estas adoções são ótimas para dar de presente a sobrinhos ou afilhados. Calculo que não seja surpresa para ninguém, mas eu adotei simbolicamente uma NED EHRBAR/MWN preguiça.

Michelle Williams

Hayden Panettiere

A estrela de “A Minha Semana com Marilyn” admite que em sua casa não é a maior ativista dos direitos dos animais. “É uma paixão da minha filha, logo também minha”, explica a atriz ao metro. Organização favorita: Sociedade Americana para a Prevenção de Crueldade para com os Animais (aspca.org), a primeira no hemisfério norte (foi fundada em 1866) a dedicar-se a animais domésticos maltratados e negligenciados.

Embora seja porta-voz da organização focada nas baleias, a Whaleman Foundation, a atriz de “Nashville” e a sua organização andam mais ocupadas no combate contra a caça de golfinhos no Japão – Panettiere até teve um confronto com caçadores furtivos que ficou para a história e registado no documentário “The Cove – A Baía da Vergonha”. Organização favorita: não adivinha? A Whaleman Foundation (whaleman.org).

Ouvimos sempre falar de celebridades que amam o mundo animal. Mas estas gostam mesmo da bicharada...

Miley Cyrus A antiga estrela da Disney é uma apaixonada (e vocal) apoiante de causas amigas dos animais, algo que também se reflete em casa: ela e o namorado, Liam Hemsworth, já adotaram cinco cães. Além disso, usa regularmente a sua popularidade nas redes sociais para encorajar pessoas a doarem dinheiro para instituições de defesa de animais. Organização favorita: Saving SPOT! Dog Rescue (spotlosangeles.com/rescue), uma organização que reabilita cães abandonados.

Katherine Heigl A atriz da série “A Anatomia de Grey” é particularmente apaixonada pela luta contra a “ignóbil matança diária de mais de 10 mil animais de companhia que se verifica nos EUA”. Para isso, criou a Fundação Jason Debus Heigl e “milhões de dólares têm sido doados através dessa estrutura para programas de educação, treino e transporte” de animais, diz a atriz ao metro. Organização favorita: a Fundação Jason Debus Heigl... claro!

Leonardo DiCaprio Conhecido ativista ambiental, DiCaprio aprecia particularmente a causa das espécies de tigres em extinção, chegando mesmo a doar 1 milhão de dólares para a conservação destas espécies na Ásia. “A caça furtiva, o tráfico de partes e uma enorme diminuição do espaço de habitat natural destes tigres está a levar estas espécies à extinção”, disse o ator aquando da doação que fez. Organização favorita: Save Tigers Now (savetigersnow.org).


GREEN | 07

Como um animal selvagem “Uma rotina de exercícios físicos baseada em movimentos animais deveria focar-se em imitar a essência da criatura”, diz ao metro o personal trainer de Nova Iorque, Kamar McKay. Para estimular o seu lado animal, tente estes exercícios.

Chimpanzé: trabalhe os braços

Chita: subir rápido Caraterística: O animal mais veloz na terra atinge 120 km/h. Movimento: Subir. Coloque-se numa posição de impulsão. Um pé diante do outro, flita um joelho e ascenda-o até ao peito. Troque de pé, dobre o outro joelho e fortaleça a perna fixa. “Faça 20 sprints de 10 segundos,” sugere Kamar McKay.

Característica: Os chimpanzés são o animal mais próximo aos humanos. Têm agilidade e força: sobem às árvores para construir ninhos e enquanto os grandes macacos não conseguem saltar de árvore em árvore, a estrutura óssea dos chimpanzés permite-lhes fazê-lo. Movimento: Elevação. Será necessária uma barra de elevação e bastante espaço em cima da sua cabeça. Comece numa posição de flexão de braços na barra fixa. Depois, puxe o peito até à barra.

Sapo: agachar e elevar Caraterística: Os sapos têm tendões enrolados que lhes permitem saltar longe. Antes do salto, os músculos contraem e colocam a energia nos tendões. A tensão é libertada e projetam-se. Movimento: Elevações à sapo. De cócoras, vire os dedos dos pés para fora 45 graus. Rode os dedos das mãos para dentro, com os cotovelos acima dos joelhos. Tra-

ga o corpo ao chão e pressione-o com braços e pernas. Bata palmas no topo das elevações.

Canguru: fugir aos pulos... sem correr Caraterística: A flexibilidade nas articulações é fundamental para os músculos das pernas dos cangurus. Em vez de correrem para fugir dos predadores, os cangurus evoluem para pular. Movimento: O salto à canguru, que visa a distância e não altura.

PUB


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

GREEN | 08

A nova escola de preservação oceânica Ambiente. “Os Velhos do Oceano”, um outro grupo de conservação, começa a ver algum sucesso. Ameaça Estas são as espécies que estão sob ameaça severa, quase extintas. 1 Alabote do Atlântico 2 Tamboril 3 Robalo chileno 4 Tubarão 5 Atum rabilho 6 Tubarão (devido à caça) 7 Tartaruga (devido à caça) 8 Golfinho (devido à caça) 9 Baleia (devido à caça)

Além da sobrepesca, as emissões de carbono e a poluição são as maiores ameaças aos oceanos e as mais difíceis de resolver. GETTY IMAGES

Emissões de CO2. Lixo, Poluição. Até cápsulas espaciais e bombas atómicas. O que os humanos não querem despejam nos oceanos – e ao mesmo tempo roubam o seu peixe. A boa notícia é que um cada vez maior número de entidades oficiais, indivíduos e grupos de conservação oceânica como os “Velhos do Oceano” estão a mexer-se. Os “Velhos do Oceano”, financiados por Richard Branson, são compostos por cientistas e exploradores oceânicos de topo, como Sylvia Earle, a oceanógrafa e heroína da TIME. “Há muito bom trabalho a ser feito por muitas organizações, mas não estava a ter a atenção que merece”, diz a fundadora e CEO d’ “Os Velhos do Oceano”, Gigi Brisson, ao metro. “Os nossos integrantes são uma mistura de cientistas, músicos e empresários, e através das nossas ligações somos capazes de abrir por-

Resolução

“A sobrepesca é o maior problema mundial resolúvel e resolvê-lo não tem nenhum lado negativo” tas aos conservacionistas marítimos e amplificar a sua mensagem.” Em pelo menos um tópico os resultados de todos estes esforços já emergem. “Há uma mudança notória na atitude das pessoas em relação à sobrepesca”, diz George Duffield, o conhecido fotógrafo subaquático. “A sobrepesca é o maior problema mundial resolúvel e resolvê-lo não tem nenhum lado negativo. Não é como o aquecimento global, em que as pessoas sentem que não conseguem fazer nada para o resolver.” Duffield co-produziu “The

End Of The Line”, um documentário de 2009 que colocou a sobrepesca na esfera pública. “Os supermercados mudaram completamente a forma de escolher o peixe que vendem”, acrescenta Duffield, co-fundador da Fundação Blue Marine. “Agora, muitos escolhem a sustentabilidade e os restaurantes estão a segui-los. Os recursos piscatórios saudáveis são essenciais para a sobrevivência dos oceanos.” Segundo o Worldwatch Institute, no ano passado foi pescado um recorde de 154 milhões de toneladas de peixe, mas apenas 64 milhões de toneladas vieram dos oceanos; o resto foi de aquacultura. Em 1989, ano do máximo de pesca oceânica, 90 milhões de toneladas de peixe foram tiradas aos mares. “Mas ainda assim os oceanos estão a ficar vazios muito depressa”, explica Oliver Knowles, especialista em oceanos

da Greenpeace. “A cada ano os navios de pesca ficam mais rápidos e mais eficientes. Noventa por cento das maiores espécies predatórias, como o alabote, já foram pescadas.” As emissões de carbono e a poluição, as duas outras maiores ameaças aos oceanos, continuam complicadas de resolver. Os rios levam o lixo tóxico das fábricas até aos oceanos, onde grandes quantidades de restos de plástico também acabam por ser atirados dos navios ou nas costas. “O plástico precisa de uma resposta tecnológica”, diz Duffield. “Os cientistas têm de encontrar uma forma de tornar o plástico biodegradável”, e não só por causa dos oceanos.” Claro que as emissões continuam a ser objeto de negociações internacionais sobre alterações climatéricas. “Só agora começamos a perceber a seriedade do impacto das mudanças climatéricas nos oceanos”, nota. Hoje em dia, o consenso científico é que as reservas marinhas são a melhor hipótese dos oceanos recuperarem. “A Austrália acabou de anunciar uma área marítima protegida”, diz Brisson. ELIZABETH BRAW/MWN

Consumo

115.1 toneladas das espécies pescadas em 2008 foram usadas como comida para as pessoas enquanto 27.7 toneladas foram usadas para outros fins. Isto equivale a quase 17 kg de pescado per capita.


PUB


1

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

10

André Pereira, humorista Uma pergunta? Quando é a próxima greve da CP e do Metro de Lisboa?

JORNAL

Uma resposta? A resposta vai demorar devido a perturbações consequentes do plenário. Um problema? Aqueles seres que, independentemente do tráfego, conduzem sempre na faixa do meio da autoestrada. Mais do que um problema, eles são uma doença. Grave.

“Uma pergunta? Quando é a próxima greve da CP e do Metro de Lisboa?” Umas férias? Auschwitz. Bom alojamento, ótimos acessos ferroviários e uma rica variedade climática: ora um gelo, ora um forno. Ou uma série deles. Uma ideia? Substituir o Vítor Gaspar pelo Renato Seabra. Se é para continuar com os cortes, ao menos que se tenha em vista a melhoria da sociedade. Uma asneira? Nuno Luz.

Vicente Del Bosque

“É uma coisa de miúdos. Só penso no confronto contra a Finlândia. Não quero esboçar nem um sorriso sobre isso. Tenho muitos amigos e todos me recomendam manter o silêncio” Comentário do selecionador espanhol às acusações feitas por José Mourinho à UEFA, a propósito do já polémico processo de eleição do melhor treinador do mundo de 2012 por parte da organização que rege o futebol europeu. GETTY IMAGES

Uma paixão? Sport Lisboa e Benfica.

Uma curiosidade? Tenho narcolepsia. Um distúrbio do sono caracterizado por três pontos essenciais: 1) passo o dia a dormir, como o Cavaco; 2) tenho alucinações, como a Irmã Lúcia tinha; 3) entro muito rapidamente no sono profundo, como o Angélico. OK, ele entrou a duzentos e tal quilómetros por hora. Eu não sou assim tão rápido. E, sempre que quero adormecer, uso comprimidos, não uso alcatrão.

Uma aventura? Viagem com eles por Praga, Amesterdão, Budapeste, Viena, Bratislava, Corfu, Bari e Madrid. Com eles, mas sempre acompanhado por elas.

Inquérito do

FERNANDO ALVIM DIRETOR DA WWW.SPEAKYTV.TV | WWW.ESPEROBEMQUENÃO.BLOGSPOT.COM

Boa notícia do dia

Mais 32 mil novas árvores nas serras de Portugal Arranca este domingo o projeto de reflorestação das serras portuguesas. O Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas vai assim, em nome da Água Serra da Estrela e da IKEA, plantar, em 2013, 32.000 novas árvores em todo o País. O arranque da ação decorre domingo pelas 10h no Parque Nacional de Sintra, com a plantação simbólica das primeiras 200 árvores. “As zonas privilegiadas para a plantação destas árvores são a Serra da Estrela e outras serras fortemente atingidas pelos incêndios do último verão”, informa a organização em comunicado enviado ao metro. As espécies serão escolhidas de acordo com as caraterísticas das regiões a plantar.

As marcas de um trágico acidente Na foto é possível ver o grau de destruição resultante de um choque entre dois helicópteros, ontem, em Berlim. Segundo dados oficiais, a colisão verificou-se na zona do estádio Olímpico da capital alemã durante um exercício da polícia local. Do acidente resultou um morto e vários feridos. GETTY IMAGES


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

NACIONAL | 11

Sócrates na RTP cria guerra na Net Televisão. A notícia lançou o caos nas redes sociais e no universo das petições. De um lado os que criticam a presença de José Sócrates na RTP. Do outro, os que concordam. O número não parou de aumentar durante todo o dia de ontem. À hora de fecho desta edição eram mais de 66 mil as pessoas que assinaram a petição contra a presença do ex-primeiro-ministro José Sócrates como comentador político na RTP. E como manda a lei, a partir das 4.000 assinaturas, o tema tem de ser discutido em plenário da Assembleia da República. Os signatários da petição “Recusamos a presença de José Sócrates como comentador da RTP” alegam que se trata de uma televisão paga com dinheiros públicos. “Os contribuintes sofrem do resultado da má gestão deste senhor” e recusam “liminarmente o branqueamento das ações deste senhor através da TV dos atos de despesismo e gestão danosa, que fez com

Belém. Baixos salários não vão resolver os problemas O Presidente da República afirmou ontem, em Lousado, que “não é pela via” dos salários baixos que se resolvem os problemas da economia apontando o “investimento privado” e a “aposta” na capacidade de “produzir com qualidade” como solução. Cavaco Silva disse ainda “esperar” que as anunciadas rescisões na Função Pública sejam “voluntárias” e que os trabalhadores sejam “devidamente indemnizados”. Cavaco classificou ainda como “dramáticos” os números avançados para o desemprego em 2013 e que a solução está no turismo ou nas exportações.

www.pordata.pt

Sabia que... José Sócrates terá um programa de comentário político na RTP, a partir do mês de abril. Ao ex-primeiro-ministro junta-se também o ex-governante Nuno Morais Sarmento. FOTO: LUSA

este país andasse para trás, e não para a frente”, lê-se. Ao mesmo tempo que o assunto inundou as redes sociais, com inúmeras críticas, surgia outra petição, desta feita a favor da presença do ex-líder socialista na RTP: “O balanço da sua governação, positivo

ou negativo, depende da avaliação de cada um e do que valoriza em cada prato da balança, houve atitude, obra feita, houve erros, mas também muitos benefícios”, sustentam. Esta petição contava à hora de fecho da edição com pouco mais de 3.000 signatários. PATRÍCIA TADEIA

... o número de pensões por reforma antecipada da segurança social bateu o seu recorde histórico em 2012, equivalendo a 175 mil? Em 1990 rondava os 12 mil e no ano 2000, os 51 mil. Caminho: Pordata>Portugal>Proteção Social> Seg. Social – Pensionistas>Funções de sobrevivência e velhice por tipo de atribuição

SAIBA MAIS SOBRE PORTUGAL E A EUROPA NA BASE DE DADOS PORDATA.PT

Segurança

Desporto profissional com policiamento O Governo aprovou ontem um decreto-lei que torna obrigatório o policiamento dos espetáculos desportivos profissionais, continuando a caber aos clubes o pagamento do policiamento realizado dentro dos respetivos recintos.

Animais perigosos

Treino de socialização e obediência obrigatório Os donos dos cães perigosos ou potencialmente perigosos vão ter de os treinar a partir dos seis meses de idade, “com vista à sua socialização e obediência que não pode, em caso algum, ter em vista a sua participação em lutas”, refere uma proposta de lei do Conselho de Ministros.

Porto. Universidade oferece propinas aos melhores alunos A Universidade do Porto (UP) celebra hoje o seu 102.º aniversário com a oferta de um ano de propinas aos 19 melhores estudantes do primeiro ano de cada faculdade. A constituição formal da UP realizou-se a 22 de março de 1911, mas as origens da instituição remontam a 1762, ano da fundação da Aula de Náutica, primeira manifestação de ensino superior no Porto. A cerimónia para assinalar o aniversário está marcada para as 15h00 no Salão Nobre da UP e conta com Ricardo Pais, encenador, e Odete Patrício, diretora-geral da Fundação Serralves, para falarem sobre os cortes orçamentais que a área da cultura tem sofrido. O reitor Marques dos Santos encerrará a cerimónia com um balanço do ano que passou e com a projeção dos futuros desafios.

Constituição da UP foi em 22 março de 1911, mas as origens da instituição remontam a 1762. FOTO: DR

Educação. Portugal entre os que mais cortaram O investimento na educação caiu mais de 5% em Portugal desde 2010 por causa da crise, segundo um estudo ontem divulgado, em Bruxelas, pela Comissão Europeia. O estudo, que abrange 25 países, mostra que nove Estados-membros da União Europeia (UE) reduziram o investimento, sendo que, além de Portugal, também a Grécia, a Hungria, a Itália e a Lituânia aplicaram cortes acima dos 5% nos orçamentos da educação. Na Estónia, Polónia, Espanha e Reino Unido os cortes foram entre 1 e 5%. Por outro lado, Áustria, Dinamarca, Luxemburgo, Malta, Suécia e Bélgica aumentaram em mais de 1% a sua despesa no setor.


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

MUNDO | 12

“Que as armas se calem e a política prevaleça” Turquia. O líder e fundador do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) lançou um histórico apelo ao cessar-fogo com a Turquia, com quem os curdos estão em conflito desde 1984. Preso numa cadeia turca desde 1999, Abdullah Ocalan aproveitou a celebração do Noruz – festa tradicional iraniana igualmente celebrada pelos curdos – para, via carta, dar ordens aos combatentes do PKK no sentido de que larguem as armas e abandonem solo turco. “Que as armas se calem e a política prevaleça”, afirmou Ocalan, citado por agências. Na ótica do militante “não é o fim”, mas “o início de uma nova era”. Milhares de pessoas estavam presentes em Diyarbarkir, cidade no sudeste da Turquia, de maioria curda, para ouvir Ocalan. A mensagem do líder separatista foi lida por dois deputados curdos. PUB

O apelo ao fim do conflito foi recebido com agrado por Ancara, com quem o PKK luta desde 1984 pela criação de um Estado autónomo no sudeste da Turquia. Recep Erdogan, o PM turco, falou de “um desenvolvimento positivo” no mais abrangente dos sentidos, recordando os grupos “que se alimentam do terror” na Turquia. “Este processo [que poderá conduzir à paz entre turcos e curdos] vai arruiná-los”, previu. Ao mesmo tempo, desconfiado, Erdogan lamentou que na maré de cidadãos presente em Diyarbarkir não tenha encontrado bandeiras turcas, apenas curdas. Uma abordagem que, disse, foi “provocatória”. R.A.C.

Apelo a cessar-fogo de Ocala poderá encerrar conflito armado que começou em 1984 e já fez mais de 40.000 mortos. FOTO: EPA

Cisjordânia. Obama: Estado da Palestina deve existir O líder dos EUA voltou a sair em defesa de uma solução de dois Estados que possa encerrar as hostilidades no conflito israelo-palestiniano. Se Israel já tem um, desde 1948 – alterações fronteiriças entretanto verificadas à parte –, cabe à Palestina ter igualmente o seu Estado “independente” e “soberano”, disse ontem Barack Obama numa visita a Rammallah, no coração da Faixa de Gaza. Ladeado em conferência de imprensa pelo presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, Obama admitiu que a continuada construção de colonatos judaicos na Cisjordânia “não tem sido construtiva”, mas também criticou o disparo de rockets contra Israel. Abbas secundou-o. “Condenamos a violência contra civis, qualquer que seja a sua origem, e isso inclui rockets”, declarou o conselheiro político do presidente palestiniano, Nimr Hammad, que citou Abbas.

Inglaterra

Anglicanos já têm líder Justin Welby, ex-gestor na área petrolífera de 57 anos, foi ontem entronizado novo líder da Igreja Anglicana. Welby assume os papéis de bispo da Cantuária, chefe da igreja de Inglaterra e líder espiritual de cerca de 80 milhões de anglicanos.

Coreia do Sul

“Hackers” eram chineses O recente ataque cibernético contra três redes de televisão e dois bancos sul-coreanos teve origem num endereço IP chinês, informou ontem Seul. Já a identidade dos hackers continua por apurar. O ataque foi perpetrado na quarta-feira e teve por alvo os sistemas informáticos das televisões KBS, MBC e YTN e dos bancos Shinhan e Nonghyu. Inicialmente suspeitava-se que a Coreia do Norte estivesse por trás do ataque.

Itália. Berlusconi propõe coligação com o centro-esquerda O líder do bloco centro-direita em Itália, Silvio Berlusconi, disse estar “absolutamente preparado para a criação de um governo de coligação que intervenha imediatamente com medidas económicas”. Por seu lado, Pier Luigi Bersani, líder da coligação centro-esquerda vencedora da câmara baixa do Parlamento, mas derrotada no Senado, rejeitou dialogar com “Il Cavaliere” e não se pronunciou sobre a recente abordagem. Com a Itália ainda à procura de formar um governo maioritário, o Movimento 5 Estrelas, do ex-comediante Beppe Grillo, pediu ontem ao presidente Giorgio Napolitano um mandato para formar governo depois de ter sido o primeiro em número de votos e a principal força política nas últimas eleições.

Sondagem

31% das intenções de voto foi quanto arrecadou a coligação centro-direita liderada por Berlusconi num inquérito publicado pela RAI1. Em segundo, com 28,9%, situou-se o bloco centro-esquerda, vencedor das últimas eleições.


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

ECONOMIA | 13 Mercado Puro

Mais de 1.000 milhões de utilizadores mensais YouTube. Mais de 1.000 milhões de pessoas utilizam todos os meses a plataforma de vídeo na Internet YouTube. O número reflete um forte crescimento estimulado pelos smartphones. A direção do YouTube revelou ontem que cerca de um utilizador da Internet em cada dois visita o seu portal, que se tornou num sucesso mundial desde o seu lançamento em 2005. “Se o YouTube fosse um país, seria o terceiro maior do mundo depois da China e da Índia”, indicou a empresa, citada pela agência Lusa. A Google adquiriu o YouTube em 2006 por 1.65 mil milhões de dólares (1.3 mil M€), mas ainda não revelou se a plataforma gera lucro. Além dos inúmeros vídeos publicados por amadores, o YouTube acrescentou pouco a pouco um conteúdo profissional à sua oferta para captar publicidade. A empresa

Twitter Site nasceu a 21 de março de 2006 Sétimo aniversário assinalado

1ontem com anúncio de 200

milhões de utilizadores ativos. “tweet” (mensagem de 140 carac-

2teres) ou “hastag” (palavra-chave antecedida de “#” que designa um assunto) já são vocabulário global. A rede social que se afirmou por

3só permitir mensagens de 140 caracteres, já permite difundir vídeos.

anunciou em janeiro que estava a ponderar oferecer conteúdos pagos e já oferece uma série de canais temáticos gratuitos, uma forma de preparar o terreno para a criação de canais pagos. “Dezenas de milhares de parceiros criaram canais que encontraram e construíram negócios para audiências empenhadas e apaixonadas. Os anunciantes tomaram boa nota”, revelou a empresa, citada pela BBC. Segundo o YouTube, as 100 principais marcas listadas pela revista Advertising Age têm campanhas publicitárias na plataforma. A plataforma de partilha de vídeo indicou que pretende “aliar o melhor da televisão com o melhor da Internet”. O site foi lançado na Califórnia por três antigos trabalhadores do PayPal e o primeiro vídeo foi colocado pelo co-fundador. Chamava-se “Eu no Jardim Zoológico”.

Sócrates e o serviço público FILIPE GARCIA ECONOMISTA DA IMF

José Sócrates como comentador da RTP está a dar que falar. No Facebook e no Twitter circulam petições contra. Uns terão motivações políticas, outros invocam o facto de a RTP ser paga “por todos”. A parte política não me merece discussão. Há liberdade de expressão e ninguém é obrigado a ver, podendo mudar de canal. Financeiramente, será um bom negócio para a RTP em termos de audiências e publicidade. Sócrates tem legiões de fãs e opositores que garantem bom share. Mas o “serviço público” contempla estas entrevistas? A resposta é difícil porque continua a não se definir de forma clara o propósito dos canais públicos de TV e rádio. E há também a hipótese a RTP estar ela própria a fazer política.

PUB

Concorrência: CE processa Portugal A Comissão Europeia (CE) avançou ontem com uma queixa contra Portugal no Tribunal de Justiça da UE. Segundo um comunicado da CE, as regras relativas à assistência à bagagem, ao correio, à carga e às operações em pista não estão a ser cumpridas nos aeroportos de Lisboa, Porto e Faro, por falta de abertura do setor à livre concorrência do mercado. FOTO: LAURA HAANPÄÄ

Foxconn

Heliportugal

Perda de milhões

Concurso ganho no Brasil

A fabricante chinesa de estruturas eletrónicas, uma das principais fornecedoras da Apple, perdeu 316,4 milhões de dólares (quase 250 M€), no ano passado, depois de um resultado líquido de 72,6 milhões de dólares em 2011.

A Heliportugal, maior operadora aérea portuguesa de helicópteros, ganhou um concurso da petrolífera brasileira Petrobras, no valor de 39 M€. A Helibarra participada local da empresa vai fazer 60 horas mensais de voo nos próximos cinco anos.


2 CULTO

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

KIM & KOURTNEY As manas Kardashian regressam ao mundo empresarial da loja D-A-S-H no reality show “Kourtney and Kim Take Miami”. E conversaram com o metro sobre o segredo do seu êxito.

SUCESSO EM MIAMI! O que se pode esperar desta nova temporada de “Kourtney and Kim Take Miami”?

Kim – Creio que está muito ligada ao facto de eu me meter nos assuntos de muitas pessoas quando não o devia fazer! Tenho boas intenções, preocupo-me, mas depois acabam sempre por se chatear comigo! Kourtney – É uma temporada muito entusiasmante, porque estamos à procura de uma nova localização para a nossa loja, D-A-S-H. E é também aqui que ficamos a saber que a Kim está grávida, enquanto estamos em Miami! E é fácil trabalharem juntas como irmãs? Existe mais confiança?

Kim – Sim, é muito confortável trabalhar com a família. Parece que estamos no nosso estado natural. Divertimo-nos muito quando trabalhamos. Porque é que decidiram ir para Miami à procura

Matt Berninger

“A nossa busca foi sempre na tentativa de refutar as nossas próprias inseguranças. Depois da digressão de ‘High Violet’, conseguimos chegar lá. Agora podemos relaxar: já não temos que provar a nossa identidade” Os The National vão chamar ao próximo disco “Trouble Will Find Me” e o seu vocalista falou da busca que a banda fez para o novo álbum, a editar a 20 de maio.

14

do espaço para a loja? O que é que gostam mais na cidade?

Kim – Miami é uma cidade muito divertida. E há muitos turistas que a visitam e por isso conseguimos muito trânsito na loja. Kourtney – Tem uma energia fantástica. As pessoas são muito divertidas e relaxadas. Foi ótimo viver lá durante alguns meses. Vamos poder ver algumas das roupas do Kanye West (namorado de Kim e que também é um grande fã de moda) na vossa loja?

ngo, Domi 0h, às 2 nal no ca! E

Kim – Não sei, porque não faço ideia de qual serão os seus custos (risos). Mas adoro usar as roupas dele, os sapatos que ele cria. Mas se a linha de roupa dele estiver dentro dos preços da nossa loja, adorava! Com tantos spin-off é difícil não “acompanhar” as Kardashians (“Keeping Up With the Kardashians”). Mas como é que lidam com essa exposição?

Kim – Tiramos muitas férias! Mas adoramos filmar. E nessa série já estamos a fazer a 8.ª temporada, com a família toda reunida em Los Angeles! Qual é o segredo para o vosso sucesso?

Kim – Tem tudo

que ver com perceber qual é a verdadeira paixão e focar nela. Depende sempre de muito trabalho, embora possa não parecer. Uma boa ética de trabalho. Kourtney – É importante ser responsável, motivado, aparecer sempre a horas... Quais são os limites da vossa exposição? Que partes da vida privada nunca vemos nos programas?

Kim – São diferentes para cada um. Por exemplo: a minha mãe não gosta de aparecer à noite. Não mostro muito o meu namorado, prefiro manter a relação privada. A Kourtney não mostra muito os filhos, por exemplo. Mostramos bocadinhos das nossas vidas, acho que é mais isso. Kourtney – E depende muito do dia de cada um: há dias em que estamos menos à vontade e aí conta muito a qualidade da nossa equipa, que terá de respeitar as nossas fronteiras.

Se pudessem escolher uma localização para abrir uma nova loja, onde seria?

Kim – Temos falado sobre isso. Temos muitos pedidos nos EUA, incluindo Boston e Chicago. Noutros países ando obcecada com uma loja em Paris. B.M.


PUB

15 ANTÓNIO GAMITO

Sexta-feira

JP Simões vai estar, a partir das 22h, na Sociedade de Instrução e Recreio Barreirense “Os Penicheiros”. O músico começa a mostrar as canções do novo “Roma”, que sai em maio.

STORYBOARD PARA O SEU FIM DE SEMANA Sábado

Um pouco de desporto: porque não ir dar uma corridinha – ou caminhada – no parque mais perto de sua casa antes do almoço?

Os Deolinda apresentam, às 19h00, na FNAC do Colombo (em Lisboa), o novo “Mundo Pequenino” – a entrada é grátis!

Domingo

Este é o fim de semana da Festa do Cinema Italiano, em Lisboa, e o cinema São Jorge projeta “Il Gattopardo”, clássico de Visconti de 1963 com Claudia Cardinale e Burt Lancaster (17h30).


PEQUENOS ANÚNCIOS

U.P.P.S.S.

OURIVESARIA ZURIQUE

S. João de Deus - Alvalade - Alcântara

Apoio Domiciliário

COMPRAMOS OURO • JÓIAS • PRATAS RELÓGIOS • MOEDAS PAGAMENTO EM DINHEIRO Largo D. Estefânia, 6 – E / F - 1000-268 Lisboa 213 147 616 - 910 834 167

Alameda D. Afonso Henriques, 72 - 2.º esq. Lisboa - TE

Avaliador Oficial Imprensa Nacional Casa da Moeda

AZEVEDO, PINHO & JESUS, LDA Desde 1951 Somos uma empresa de confiança Avaliador Oficial credenciado pela Casa da Moeda

PENHORES E COMPRA E VENDA

DE

OURO • PRATA • JÓIAS • MOEDAS • RELÓGIOS

COMPRAMOS CAUTELAS DE PENHOR

Rua dos Sapateiros, 115 - 1.º esq.º, Lisboa (saída do metro da Baixa/Chiado)

Tels.: 21 346 54 11 • 21 342 94 83 • 21 321 93 46 Fax: 21 321 14 97 | E-mail: geral@apj.com.pt

VENDO Opel Astra GTC 1.7 CDTI 125cv (Gasóleo) de Junho 2007, C/63.500km, cor Preto Metalizado, Sensores: Estacionamento; Chuva e Iluminação Jantes 17, Rádio MP3, Ar Cond.; Computador de bordo.

Preço 13.000€ Telf.: 96 780 41 69

M.A. Escola de Formação Técnica Especializada, Lda Especializada na Área da Saúde e Educação

BRAGA • VILA REAL • VISEU • AVEIRO • CASTELO BRANCO LEIRIA • TOMAR • SANTARÉM • TORRES VEDRAS • LISBOA SETÚBAL • ÉVORA • BEJA • PORTIMÃO • FARO

CURSOS COM ESTÁGIO GARANTIDO

10% de desconto na segunda mensalidade*

(Assistente Operacional) 18 meses + 560 horas estágio hospitalar Inscrição 55€ / Mensal 150€

TÉCNICO AUXILIAR DE FARMÁCIA

TÉCNICO AUXILIAR DE FISIOTERAPIA

TÉCNICO DE MASSAGEM DESPORTIVA E DE REABILITAÇÃO

14 meses + 160 horas de estágio Inscrição 65€ / Propina mensal 150€

8 meses (s/ estágio) Inscrição 40€ / Propina mensal 135€



210 195 260 | 918 529 149 | 918 249 897 | 962 261 651 geral@formacaotma.net www.formacaotma.net

QUERES TRABALHAR COM CRIANÇAS? Entidade Certificada

AUXILIAR TÉCNICO DE ACÇÃO EDUCATIVA Curso Estágio Garantido Duração: 12 meses + 160 Horas de estágio Lisboa: Aulas aos Sábados das 9H às 13 horas Outras Localidades: Quinzenalmente aos Sábados das 10H das 19:30 Horas

ÁREAS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 761 – Serviços de Apoio a Crianças e Jovens 726 – Serviços de Saúde – Terapia e Reabilitação 727 – Serviços de Saúde – Ciências Farmacêuticas

210 195 260 | 918 529 149 | 918 249 897 geral@formacaotma.net www.formacaotma.net

AUXILIAR DE ACÇÃO MÉDICA

16 meses + 160 horas de estágio Inscrição 50€ / Propina mensal 150€

M.A Escola de Formação Técnica Especializada na Área da Saúde e Educação M

ÁREAS DE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO 761 – Serviços de Apoio a Crianças e Jovens 726 – Serviços de Saúde – Terapia e Reabilitação 727 – Serviços de Saúde – Ciências Farmacêuticas

* na apresentação deste folheto no acto da inscrição – promoção válida até 31 de Março de 2013


AMI: 1827 – Val.: 06/06/2015

PEQUENOS ANÚNCIOS

LEILÃO

IMOBILIARIO LOJAS E ESPAÇOS COMERCIAIS

PORTO

LISBOA

23 DE MARÇO 2013 – 15 H

24 DE MARÇO 2013 – 15 H

HOTEL IPANEMA PARK

CORINTHIA HOTEL LISBON

RUA DE SERRALVES, 124 PORTO

AV. COLUMBANO BORDALO PINHEIRO, 105 – LISBOA

IMÓVEIS A PARTIR DE 3.000 € NO LEILÃO DO PORTO Valor do sinal do contrato de promessa a partir de 1.750 €

C DE FINONDIÇÕES A DISPO NCIAMENT MILLEN NÍVEIS NO O NIUM BCP

CONTACTOS LISBOA 21 301 31 41 / 2 • 21 382 84 60 PORTO 22 606 02 09 • 22 608 18 24 Horário de atendimento: 2ª a 6ª feira das 9H30 às 19H geral@euroestates.pt • www.euroestates.pt www.facebook.com/EuroEstates


3 SPORT

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

Estoril passa a Portugal Open Ténis. O mais internacional torneio português da modalidade foi rebatizado. João Lagos, o fundador e organizador do evento, explicou que o ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, o “encorajou” para este seu “desejo antigo”. João Lagos começou a conferência de imprensa de ontem, no Jamor, com ar grave, anunciando o “funeral” do Estoril Open! Para de seguida explicar que a morte do torneio deu lugar ao renascimento do Portugal Open, em nome da “internacionalização da marca” e do País. O Portugal Open 2013 terá um bom leque de tenistas. Em masculinos, destaque para as presenças dos argentinos Del Potro, bicampeão da prova e 7.º classificado no ATP, Juan Monaco e Horacio Zeballos. Estarão também nos courts do Jamor o francês Julien Benneteau ou o suíço Stanislas Wawrinka.

PUB

18

Já no quadro feminino estarão presentes sete tenistas do top 30 do WTA. A 1.ª cabeça de série será a francesa Marione Bartoli, 11.ª do ranking WTA. Francesca Schiavone, que já venceu Roland Garros, ou a bela romena Sorana Cirstea, são outros nomes a ter em atenção. Quanto a portugueses, estes serão escolhidos mais perto do torneio, que se joga de 27 de abril a 5 de maio. O prize-money é de €467 mil para os homens e de €181 mil para as mulheres. A Eurosport e a RTP transmitirão os jogos. Para informações sobre os ingressos conL.C. sultar www.portugalopen.pt

O tenista argentino Juan Martín del Potro vai tentar chegar ao “tri” no Jamor, mas concorrência não lhe falta. GETTY IMAGES


19

Sporting vai amanhã a votos Eleições. O metro colocou quatro perguntas aos candidatos à presidência leonina. José Couceiro e Bruno de Carvalho responderam. Carlos Severino não. Por que motivo os sócios do Sporting devem votar na sua candidatura? José Couceiro, da Lista C, responde que a sua candidatura é “de rutura com os atuais modelos de gestão que têm sido apanágio nos últimos anos”. Garante uma “direção pequena e coesa” e que fará “a diferença, porque é um projeto real e credível.” Já Bruno de Carvalho, da Lista B, frisa que tem um “programa sólido e uma equipa competente”, que acrescenta o que tem faltado ao clube: “Paixão, rigor e competência.” Questionados sobre como os seus projetos são viáveis, atendendo à atual situação financeira do clube, Bruno de Carvalho afirma que “é ne-

cessária a reestruturação financeira e da dívida”, através de rigor nos planos de gestão e financeiros e anuência dos bancos, que “implicam resolver os problemas de tesourarias prementes como pagamentos de salários e dividendos”. Na reestruturação financeira, Bruno de Carvalho realça: “A fusão da SPM [Sporting Património e Marketing] na SAD para resolver os capitais próprios negativos e o Fair Play financeiro; alargar prazo de pagamento entre 40 a 60 anos; possibilitar investimento na próxima época.” José Couceiro avança que tem “tem de haver um entendimento

O FC Porto recebe amanhã, no Dragão Caixa, o Sporting, na 3.ª jornada da fase final do Andebol 1. Além do embate entre portistas e sportinguistas, às 17h30, uma nota para o ABC-Benfica, que se joga no pavilhão Flávio Sá Leite, às 15h30.

Futebol

Leões confirmam à CMVM negócio holandês O Sporting confirmou ontem, através de um comunicado enviado à CMVM, que está a negociar a transferência do holandês Wolfswinkel com o Norwich, de Inglaterra. O negócio faz-se por 10 M€, mas nos cofres de Alvalade entram 3,5 M€, por 35% do passe. O avançado só sai no fim da época. Entretanto, o defesa central Tiago Ilori renovou o vínculo com os leões até 2015.

“O Sporting deve ser competitivo, mas não prometo qualquer título porque temos de construir uma equipa” Resposta à questão: por que objetivos lutará a equipa principal de futebol na época 2013/4?

Bruno de Carvalho

“Seja no futebol ou em qualquer outra modalidade, o objetivo [no Sporting] têm que ser sempre ganhar” Resposta à questão: por que objetivos lutará a equipa principal de futebol na época 2013/4?

Anúncio do novo líder (Severino, Carvalho ou Couceiro) pode atrasar: receção de votos por correspondência é permitida até 26 de março, desde que com carimbo de hoje. GETTY IMAGES

com os credores”. “Se se conseguir injeção de capital que possa amortizar parte da dívida, isso implica a renegociação dos encargos financeiros. Temos encargos que nos sufocam e a reestruturação deve passar pelo grupo e não só pela SAD, pois parte da dívida não está aí.” No que toca ao pavilhão João Rocha, para as modalidades, ambos os candidatos garantiram que é para avançar. Não obstante, José Couceiro e Bruno de Carvalho ressalvaram que tal projeto – sempre junto ao estádio – só avançará quando houver “as condições financeiras” para L.C. E R.A.C. a sua construção. PUB

Andebol

Amanhã há clássicos

José Couceiro

Seleção. “Moutinho só joga se estiver a 100%” Ponto assente: João Moutinho só joga hoje com Israel se estiver “a 100% e apto para poder competir”. A garantia foi deixada ontem por Paulo Bento, na antevisão da partida com a seleção israelita. “Esperaremos até à última hora para ver se o João Moutinho está em condições de poder jogar. Mas não correremos riscos. Se nos disser que está a 99% ou que tem alguma dúvida, não jogará”, afirmou o selecionador no estádio Ramat Gan, em Telavive. Paulo Bento afirmou que para si “não há jogos de vida ou de morte”. Reconheceu que o encontro é “importante, mas não decisivo” e que vai ser disputado “num ambiente difícil”. Seja como for, é para “ganhar o jogo para continuar no 2.º lugar”.

Horário

12h45 é a hora do jogo, hoje, entre Israel e Portugal (RTP), da 5.ª jornada do grupo F de qualificação para o Mundial 2014. Portugal e Israel têm os mesmos sete pontos, menos cinco do que a líder Rússia.


www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 22 DE MARÇO DE 2013

Banco central propõe uma reestruturação Chipre. Fusão dos maiores bancos e recuperação da proposta de uma taxa extraordinária sobre os depósitos acima dos €100.000 em cima da mesa. O parlamento cipriota preparava-se para votar ontem à noite, já depois da hora de fecho desta edição, uma proposta de reestruturação do setor bancário apresentada pelo governador do banco central do Chipre, Panicos Demetriades. Na prática, segundo o JdN, a proposta funde os dois maiores bancos dos país, criando um “banco bom”, com os depósitos até €100.000 – os únicos que serão garantidos – e um “banco tóxico” com os depósitos acima deste valor. Apesar de ainda não serem conhecidos detalhes, a agência espanhola EFE adianta que este “plano B”

Perdas

40% será o valor a que poderão chegar as perdas dos maiores depositantes com a reestruturação bancária, o que permitirá gerar receitas de quase 2,5 mil M€.

20 Mundo

Atentado matou 42 Um atentado suicida numa mesquita do centro de Damasco provocou ontem 42 mortos, incluindo um dignitário sunita pró-regime, e 84 feridos, segundo um novo balanço divulgado pelo Ministério sírio da Saúde.

Culto

FATAL está de volta A 14.ª edição do Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa (FATAL) vai realizar-se, de 7 a 25 de maio, na capital portuguesa, foi ontem anunciado pela Universidade de Lisboa.

Sport inclui a criação de um Fundo de Investimento, a criação de um banco ‘bom’ e outro ‘mau’ e a introdução de uma taxa extraordinária sobre depósitos (não especificada) acima de €100.000, valor que coincide com o limiar europeu de garantia de depósitos.

blog do fecho

http://www.guardian.co.uk/film/filmblog “Talvez gostassem de se vestir como superheróis, mas o grupo de vigilantes ‘Pais pela Justiça’ nunca teve um apoio de produção de filmes, tanto quanto se saiba. Mas olha-se para as salas de cinema e percebe-se: Hollywood já está a fazer um bom trabalho. O cinema de ação parece obcecado com pais a liderarem o resgate das filhas em apuros.”

Bolsa

O dia a dia dos mercados Petróleo

Euribor 6m Psi-20

$107.22 (+0,03%)

0,334 (-0,30%)

Suécia bate Portugal A seleção portuguesa de futebol sub-21 perdeu ontem com a Suécia, por 1-0, em jogo de preparação para a qualificação para o Europeu 2015, disputado em Viseu. Mikael Ishak marcou o golo da partida.

6.095,88 (-0,28%)

Euro para: Dólar 1,289; Libra 0,850; Real 2,588

Celebrar o Ano Novo (do calendário persa) Um popular vende balões em Cabul, capital do Afeganistão, durante a celebração do Noruz, o Ano Novo do calendário persa. Celebrada há mais de 3.000 anos, a data é a mais reverenciada na antiga Grande Pérsia ou em países que sofreram a influência persa. Fora do atual Irão, é sobretudo assinalada no Afeganistão, Índia ou Turquia, em ex-repúblicas soviéticas como o Quirguistão e em povos como o curdo. A tradição está nomeada pela UNESCO como Património Cultural Imaterial da Humanidade e merece da ONU a proclamação do Dia Internacional Noruz, ontem celebrado. FOTO: EPA

Metro Portugal Arruamento D à Rua José Maria Nicolau, nº3 1549-023 LISBOA - PORTUGAL METRO PORTUGAL Título licenciado a Transjornal – Edição de Publicações, SA pertencente à PROPRIEDADE Metro International, SA, EDITORA Transjornal – Edição de Publicações, SA., Capital Social €4.048.845,00, Contribuinte 505338602, registada na C.R.C de Cascais nº 505338602, Principal acionista Metro News – Publicações, S.A (100%) CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Francisco Pinto Barbosa, Luís Santana, Pedro Araújo e Sá, Gonçalo Sousa Uva e António Zilhão. Depósito Legal: 220825/04, ERC nº 124635, Periodicidade Diária Distribuição Gratuita Impressão Sogapal – Sociedade Gráfica de Paiã, Lda., Av. dos Cavaleiros, 35-35ª, Portela da Ajuda, 2795-625 Carnaxide DEPARTAMENTO COMERCIAL DIRETOR COMERCIAL Ricardo Branco Diretora Adjunta Ana Silveira Agências Adriana Macedo, Margarida Rego, Paula Tavares, Raquel Pinto, Daniel Barata; Diretos Eva Oliveira, Filomena Mestre, João Rodrigues, Luís Farinha, Ricardo Afonso Planeamento Maria da Luz Veiga Tel. 210494204/210494815; Fax 21 049 31 34 PORTO Tiago Medeiros, Gabriela Raposo Tel. 22 532 23 00 Fax 22 532 23 99 E-mail publicidade@metroportugal.com DESIGN GRÁFICO Rui Gonçalves, António Garcia MARKETING João Aleixo, Rita Costa Passatempos Marta Tavares (passatempos@metroportugal.com) Ativações e Eventos João Aleixo (coordenador) Joana Gil, Marta Brigham CHEFE DE DISTRIBUIÇÃO José Magalhães Distribuição António Caldeira, Orlando Lopes (Porto) DIRETOR Diogo Torgal Ferreira Editor Executivo Magalhães Afonso Coordenador Bruno Martins Redação Luís Carmo, Patrícia Tadeia, Rui Alexandre Coelho, Raquel Madureira (Porto) Editora gráfica Sónia Santos Grafismo Filipa Rosa, Rita Alves Fotografia Laura Haanpää Assistente Ana Rodrigues Revisão Catarina Poderoso.

20130322_pt_lisbon  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you