Page 1

PUB


PUB


RITA BRAGA INQUILINA DA TORRE DE BABEL

GRANDE PORTO sexta-feira 9 Setembro 2011 ano 6, nº 1499 Hoje 17° | 23°

Amanhã 16° | 23°

www.readmetro.com

{pág. 10}

Director: Diogo Torgal Ferreira

Cinema Documentário sobre “Senna” estreia por cá no Douro {pág. 12}

11 de Setembro

O primeiro dia do resto das nossas vidas Próximo domingo marca o 10.º aniversário dos maiores atentados terroristas de que há memória Saiba como o mundo mudou ao longo de uma década Relatos do dia fatídico na primeira pessoa {págs. 6 a 9}

Guantanamo via Lajes Wikileaks divulga telegrama que expõe ex-governante {pág. 4}

Djaló terá de ter paciência

10 anos GETTY IMAGES

FIFA veta transferência para França. Nice recorre {pág. 16}

Carla H. Quevedo Pessoas com garra precisam-se para enfrentar a crise {pág. 2}


www.readmetro.com

02

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

1 jornal

Não perca hoje!

CONCERTO GENERAL LEVY Hard Club, Porto, Bilhetes €10-€13, 00h00 O carismático veterano da cena reggae/ragga londrina sobe ao palco da sala portuense para uma noite seguramente preenchida por sons e batidas provenientes da ilha da Jamaica. Um concerto imperdível para os fãs do género.

metro online

Começa hoje o Campeonato do Mundo de Rugby na Nova Zelândia e os fãs locais estão ao rubro!

Dor de Cabeça www.facebook.com/ HollywoodReporter “Reese Witherspoon está a recuperar depois de ter sido atropelada por um carro durante o seu ‘jogging’, quarta-feira, em Santa Monica. O agente contou ao ‘Access Hollywood’ que a actriz está ‘a descansar confortavelmente em casa’. Foi levada para o hospital, mas sem ‘ferimentos graves’. Reese foi atropelada por uma senhora de 84 anos que não conseguiu travar o automóvel.”

CARLA H. QUEVEDO BOMBA-INTELIGENTE. BLOGS.SAPO.PT

LIBERDADE INDIVIDUAL oi uma surpresa quando a Ana entregou a carta de demissão no supermercado onde trabalhava. O chefe não queria acreditar. O grupo de raparigas que geria ficou desorientado. “Viam-me como um ídolo e eu não queria ser ídolo nenhum. Queria que pensassem por elas próprias”, disse-me quando lhe pedi que me contasse o que a tinha levado a abrir um lugar de fruta. O lugar é concorrido sobretudo por causa da qualidade excelente dos produtos. Quando os clientes têm braços fracos para levar as compras e moram perto, a Ana arranja maneira de entregar a encomenda em casa. Tem multibanco, porque sabe que as pessoas gostam de pagar com cartão. Sabe que o cliente está primeiro, porque desde os dezoito anos que trabalha nesta área. Não foi só a experiência que lhe deu segurança para mudar aos 28 anos. “Estava cansada da minha vida”, admitiu. Andava sobrecarregada de trabalho, o seu esforço não era reconhecido, e ainda aturava os mexericos das raparigas, aborrecidamente mais interessadas em falar da vida alheia do que em cuidar da vida própria. “Tenho de gostar de mim e fazer aquilo de que gosto”, concluiu há quatro anos. A aventura de abrir o lugar compensou

F

porque tem o dia-a-dia que sonhou para si. Tem tempo para estar sozinha e com os outros, para gostar de si própria, dar dois dedos de conversa com as pessoas que ali vão, “observar os passarinhos nas árvores” se lhe apetecer. Aos 32 anos, a Ana tem o quotidiano doce que escolheu e pelo qual lutou. Não foi um mar de rosas até chegar à paz desejada, mas sabia que valia a pena, porque o seu objectivo era o mais nobre: ser feliz. Confesso que quando lhe pedi para me contar a sua história, não estava à espera

www.facebook.com/ Hollyscoop “Pedimos desculpas, senhoras. Mas George Clooney ainda namora com Stacy Keibler, a antiga estrela da WWE (luta-livre americana). Houve rumores que teriam terminado a relação, mas não é verdade.”

www.facebook.com/ Gigwise “Hugh Jackman confessou que ficou muito satisfeito por ter ganho alguns quilos para fazer o filme ‘Real Steel’. Jackman faz o papel de um boxeur numa história do futuro, em que robots substituem atletas.”

Venha escrever connosco, entre em facebook.com/jornalmetro

Aos 32 anos, a Ana tem o quotidiano doce que escolheu e pelo qual lutou. Não foi um mar de rosas até chegar à paz desejada, mas sabia que valia a pena, porque o seu objectivo era o mais nobre: ser feliz de um diamante destes. Imaginara que tinha aberto o negócio por uma urgência prática da vida, o que seria admirável. A Ana, porém, deu um passo que poucos dão: entre a infelicidade da certeza pequena e o desconhecido, decidiu apostar nas suas capacidades para viver a sua vida. Mesmo que não queira, a Ana é inspiradora. Feliz, sem colegas nem chefes ingratos. Mas não sozinha.

@piersmorgan “Dia mais quente do ano em LA e em Beverly Hills houve um corte de energia brutal, e assim não houve ar condicionado no trabalho. Como sofro pela minha arte.”

http://content. usatoday.com/ communities/ entertainment “Karl Lagerfeld e Snoop Dogg formam um duo improvável.”

Ver para crer

Boa notícia do dia

Vinhos portugueses arrecadam prémios Três vinhos portugueses foram eleitos para o grupo dos 25 melhores a nível mundial pela revista especializada Decanter, que anunciou na passada quarta-feira à noite os vencedores dos Prémios Mundiais do Vinho. O Bacalhoa Moscatel 2004 foi eleito o melhor vinho licoroso a menos de 10 libras (cerca de 11 euros), o Tagus Creek Shiraz e Trincadeira 2010 o melhor tinto de mistura a menos de 10 libras e o Madeira Verdelho Henriques & Henri-

ques 15 anos o melhor vinho licoroso a mais de 10 libras. Este ano, Portugal igualou a França, país tradicionalmente reconhecido pela qualidade dos seus vinhos, no número de prémios internacionais e chegou mesmo a ultrapassá-la no total de medalhas atribuídas este ano. O júri da Decanter avaliou no total 12.254 candidatos, dos quais 237 foram distinguidos com medalhas de ouro e 118 receberam troféus regionais.

Veja mais fotografias sobre esta iniciativa em http://comunidade.xl.pt/Metro/ JAN KRUGER/GETTY IMAGES

Dia Internacional Paralímpico A menos de um ano de organizar os Jogos Olímpicos de 2012, Londres, capital britânica, comemorou com toda a pompa e circunstância o Dia Internacional Paralímpico. A icónica Trafalgar Square foi o centro de todas as actividades.

Metro Portugal Estrada da Outurela, 118 Parque Holanda / Edifício Holanda 2790-114 Carnaxide

http://comunidade.xl.pt/metro

METRO Portugal Titulo licenciado a Transjornal – Edição de Publicações, S.A pertencente à Propriedade Metro International, S.A, Editora : Transjornal – Edição de Publicações, S.A, Capital Social : € 4.048.845,00, Contribuinte: 505338602, registada na C.R.C de Cascais nº 505338602, Principal accionista: Metro News – Publicações, S.A (100%) CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Francisco Pinto Barbosa, Luís Santana, Pedro Araújo e Sá, Gonçalo Sousa Uva e António Zilhão. Depósito Legal: 220825/04, ERC nº 124635, Periodicidade: Diária, Distribuição: Gratuita, Impressão: Sogapal- Sociedade Gráfica de Paiã, Lda., Av. dos Cavaleiros, 35-35ª, Portela da Ajuda, 2795-625 Carnaxide DEPARTAMENTO COMERCIAL DIRECTOR COMERCIAL Ricardo Branco Agências Joana Santana e Ana Silveira (coordenadoras), Adriana Macedo, Daniel Barata, Margarida Rego, Paula Tavares, Ruben Casimiro, Sónia Andana; Directos Luís Filipe (coordenador), Eva Oliveira, Filomena Mestre, João Rodrigues, Luis Farinha, Nuno Ferraz, Ricardo Afonso, Sónia Andrade; Tel.: 214 169 210 / Porto: Tiago Medeiros (Coordenador); Directos: Rui Saraiva, Victor Machado; Agências: Ivone Pinheiro; Assistente: Susana Matias Tel.: 225 322 201 Fax: 225322399 E-mail: publicidade@metroportugal.com Design gráfico Rui Gonçalves, Joana Túlio Director de Marketing Luís Rebola Gestor de Produto João Aleixo Passatempos Ana Barbado, Marta Tavares (passatempos@metroportugal.com) Chefe de Distribuição José Magalhães Distribuição António Caldeira, Hugo Castanheira (assistente), Orlando Lopes (Porto) | DIRECTOR Diogo Torgal Ferreira Editor executivo Magalhães Afonso Coordenador Bruno Martins Redacção Luís Carmo, Patrícia Tadeia, Rui Alexandre Coelho, Raquel Madureira (Porto) Editora gráfica Sónia Santos Gráfica Filipa Rosa Fotografia André Nacho Assistente Manuela Manique Revisão Catarina Poderoso.


PUB


04

Nacional

Concessões suspensas ESTRADAS. O Governo de-

verá suspender mais uma concessão rodoviária. Desta vez deverá suspender a construção do IC3, entre Condeixa e Coimbra, que se junta à suspensão de seis troços da subconcessão da Baixo Tejo. Com as duas suspensões, o Governo deverá poupar cerca de 840 milhões de euros.

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

grar nas forças de segurança funcionários dos governos civis é uma medida “muito positiva”.

Mundo

António Costa é o nº2 de Assis

Tiros para calar o povo

CONGRESSO. O presidente da Câmara de Lisboa, António Costa, será o “número dois” da lista que Francisco Assis, candidato derrotado à liderança do PS, apresentará domingo para a Comissão Nacional do partido. A comissão será eleita por voto secreto dos delegados no último dia do Congresso Nacional do PS em Braga.

ANGOLA. Testemunhos recolhidos pela agência Lusa dão conta de que o regime travou a tiro a realização de uma manifestação em frente à embaixada dos EUA. Durante o dia várias pessoas foram detidas junto ao tribunal onde decorre o julgamento de 21 jovens que participaram na manifestação do último sábado, exigindo que o líder José Eduardo dos Santos deixe o poder. O Secretário de Estado dos Direitos Humanos, António Bento Bembe, frisou que serão aceites protestos “educados”.

Governos civis chegam ao fim Aborto pode aumentar POUPAR. O fim dos gover-

nos civis traz uma poupança para o Estado superior a 3,5ME, disse ontem o ministro da Administração Interna, Miguel Macedo. Para o director nacional da PSP, Guedes da Silva, a decisão do Governo de inte-

www.readmetro.com

notícias

PÍLULA. A Associação para o Planeamento Familiar condena o fim da comparticipação da pílula e da vacina contra o vírus do cancro do colo do útero e teme que a medida vá aumentar o recurso ao aborto.

Luís Amado prometeu “convencer” Sócrates Um telegrama diplomático dos EUA divulgado pelo portal Wikileaks indica que o ex-ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, prometeu em 2006 tentar persuadir o primeiro-ministro para usar a Base das Lajes como escala no repatriamento de detidos de Guantanamo. Segundo o telegrama, Amado disse que seria “difícil convencer” o então chefe do Governo, José Sócrates, e frisou que a cooperação por-

tuguesa implicaria “total transparência”. O documento da embaixada norte-americana em Lisboa, de 8 de Setembro de 2006 e classificado como secreto, relata um encontro do embaixador dos EUA, Alfred Hoffman, com o então chefe da diplomacia portuguesa, onde entre vários assuntos foi analisada a “situação de suspensão” de muitos detidos em Guantanamo, uma preocupação então manifestada pelo presidente Bush.

Terror: detidos dois suspeitos ALEMANHA. Investigados há dois meses pelas autoridades, um jovem alemão de origem libane-

sa (24 anos) e outro (28) oriundo da Faixa de Gaza foram detidos em Berlim após terem comprado substâncias passíveis de serem utilizadas no fabrico de explosivos. A polícia de Berlim suspeita que planeavam “um grande acto criminoso”.

Khadafi nega ter fugido LÍBIA. Enquanto, no terreno, já começou a batalha em Bani Walid entre as forças pró-Khadafi, ali estacionadas, e as tropas do Conselho Nacional de Transição, o coronel negou à televisão Arrai TV que tenha fugido para o Níger, e voltou a apelar à resistência. “Estão a tentar tirar-vos a nossa terra ancestral: é impossível!”.

PUB

Grande Porto

Economia

em Trollhaettan, pretendia proceder a uma reestruturação sob protecção judicial.

Defesa avança para tribunal

Fed pondera estímulos

PALÁCIO DE CRISTAL. O

RETOMA. O presidente do

Movimento de Defesa dos Jardins já interpôs um acção junto do Tribunal Constitucional a “pedir a anulação da sessão da Assembleia Municipal do Porto”, em que foi chumbado o referendo sobre a construção de um centro de congressos no espaço.

banco central norte-americano disse ontem que a Reserva Federal irá analisar, a 20 e 21 de Setembro, as ferramentas de que dispõe para ajudar a impulsionar a economia do país. Bernanke acrescentou que a Fed está pronta a usá-las de forma a promoverem uma retoma económica mais forte, num contexto de estabilidade dos preços”.

Cartaz acaba em processo DÍVIDAS. Os Juízos Crimi-

nais do Porto vão julgar o administrador de um prédio por ter afixado um cartaz a publicitar as dívidas da vizinha do 4.º andar ao condomínio, decidiu a Relação.

Medidas de emergência DOURO. O PCP entregou

no Parlamento um projecto de resolução a defender a implementação de seis medidas de emergência para o Douro, para resolver a crise dos vitivinicultores.

Trichet elogia Portugal EURO. O presidente do Banco Central Europeu elogiou ontem a “determinação” das autoridades portuguesas na implementação do programa de assistência financeira assinado com o Fundo Monetário Internacional e UE. Trichet disse ainda que o problema nesta altura se prende com o crescimento económico na região.

Insolvência rejeitada SAAB. O Tribunal Distrital de Vaenersborg rejeitou o pedido voluntário de reorganização que lhe foi endereçado ontem pela Saab. A marca sueca já disse que cai recorrer da decisão. A construtora automóvel, sedeada

O dia-a-dia dos mercados Petróleo

Euribor 6m

$114,60 (-1%)

1,732 (+0,06%)

Psi-20

6.203,58 (+1,10%)

Euro para: Dólar 1,389 Libra 0,870 Real 2,303


PUB


06

11/9

O dia que ninguém esquece – mas que todos gostavam de esquecer – traçou uma nova cronologia na sociedade dos EUA: a vida antes e a vida depois dos atentados terroristas

A 11 de Setembro de 2001, quatro aviões comerciais foram sequestrados por terroristas nos EUA, tirando a vida a quase 3.000 pessoas Al-Qaeda apelidou os atentados de “operação do século” e disse que era a paga pelos crimes cometidos pelos norte-americanos Nesse dia, a América prometeu vingança ao inimigo

Há 10 anos o Mundo mudou para sempre 11 de Setembro de 2001. Quatro aviões comerciais foram sequestrados por operacionais da rede terrorista al-Qaeda nos EUA. Dois chocaram contra o World Trade Center, em Nova Iorque, outro contra o Pentágono, em Washington, e um quarto despenhou-se no estado da Pensilvânia, deixando um total de quase três mil mortos. Depois deste dia, o mundo nunca mais foi o mesmo. Eram 05h53 na costa leste dos EUA. O comandante operacional da al-Qaeda no 11 de Setembro, Mohammed Atta, e Abdulaziz Alomari passam o controlo de segurança no aeroporto Logan, em Boston, Massa-

chusetts, para embarcar no voo 11 da American Airlines. Às 07h59, o Boeing 767-223ER viria a descolar de Logan rumo a Los Angeles, Califórnia, com 15 minutos de atraso. Pouco menos de uma hora depois, às 08h13, o avião é tomado pelos terroristas e sai da rota. Às 08h46, o Boeing da American Airlines atinge a torre norte do World Trade Center entre o 95.º e o 103.º andares. Morrem os 92 passageiros – incluindo nove assistentes de bordo, ambos os pilotos e cinco terroristas – e muitas pessoas que se encontravam no edifício. Carros de bombeiros acorrem de imediato ao local,

descendo a 7ª Avenida em grande velocidade, e a torre começa a ser evacuada. Com a torre norte em chamas, às 09h03, o voo 175 da United Airlines, um Boeing 757-222 rumo a São Francisco, Califórnia, embate na torre sul do World Trade Center, ao nível do 80.º andar. Morrem os 65 passageiros, incluindo pilotos e assistentes de bordo e muitas mais pessoas que estavam no edifício. Um terceiro voo, um Boeing 757 da American Airlines, choca com a ala oeste do Pentágono, a sede das Forças Armadas norte-americanas, em Washington, às 09h37, matando 59 pessoas a bordo, mais 125

Memórias Canções de esperança, de alegria e tristeza foram seleccionadas pelos ouvintes da rádio pública WNYC para assinalar os atentados. Ficam aqui algumas: Hallelujah, interpretada por Leonard Cohen ou por Jeff Buckley Imagine, de John Lennon, e Comfortably Numb, dos Pink Floyd

Bombeiros, polícias e civis tentaram o quase impossível

Words I never said, do rapper Lupe Fiasco, Don’t Look Back in Anger, Oasis, e Wake me up when September ends, Green Day


07

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

IMAGENS: GETTY IMAGES

militares e civis em terra. Num dia em que os minutos pareciam horas, o terror não ficava por aqui e três minutos depois das 10h00 o Boeing 757 da United Airlines, correspondente ao voo 93, despenha-se, após uma luta entre piratas aéreos e passageiros no cockpit, numa zona rural da Pensilvânia, a 128km de Pittsburgh. Morrem as 45 pessoas a bordo, incluindo cinco assistentes e dois pilotos. O alvo seria provavelmente Washington, a Casa Branca ou o Capitólio. Às 12h05 é declarado o estado de emergência nos EUA. Ao final da tarde, a televisão iraquiana classifica os ataques contra as torres gémeas como “a operação do século” e diz que os EUA os mereciam pelos crimes que cometeram. Numa primeira declaração à nação a partir da Casa Branca, o presidente Bush promete punir o inimigo: “Hoje, os nossos cidadãos, o nosso modo de vida e a nossa liberdade foi atacada”. Dez anos depois, a segurança é uma das maiores obsessões dos dias de hoje. Dos EUA e do MunRAQUEL MADUREIRA do.

Cerimónias ‘reflectem a ausência’ As cerimónias de homenagem às vítimas em Nova Iorque vão juntar no domingo o presidente norteamericano Barack Obama e o seu antecessor, George W. Bush, junto ao novo World Trade Center. Irão apenas ler poemas e citações, não havendo lugar a discursos. A cerimónia será reservada aos familiares das vítimas, a quem caberá ler os quase 3.000 nomes dos que morreram em Nova Iorque, e também dos que perde-

ram a vida no Pentágono e na queda do quarto avião, em Shanksville, estado da Pensilvânia. Para as famílias, será também a primeira oportunidade de ver em privado o monumento às vítimas, “Reflectindo a Ausência”, uma praça de quase seis hectares arborizada com mais de 200 castanheiros, com duas fontes de grandes dimensões no local onde assentavam as Torres Gémeas e água a correr nas paredes interiores e os nomes das vítimas gravados em bronze no rebordo. Além de Nova Iorque, Obama estará também nas homenagens do Pentágono e em Shanksville.

Homenagem às vítimas repete-se todos os anos

PUB


08

11/9

“82% do corpo ficou queimado” MWN

* Lauren quase morreu no dia 11 de Setembro No seu diário descreve a sobrevivência como um milagre As queimaduras quase lhe causaram a morte, quando o World Trade Center foi atacado há 10 anos. Mas, sobreviveu. Para a funcionária de serviços financeiros Lauren Manning, foi a imagem do filho que fez com que lutasse contra todas as adversidades naquele dia fatídico. Lauren descreve os momentos chave da sua recuperação num diário exclusivo para o metro. 11 de Setembro de 2001

Apanho um táxi para o World trade Center, onde trabalho. Estou chateada porque estou atrasada. Assim que entro na torre norte, sou atingida por uma parede de fogo que me queima 82% do corpo. Começo a correr e a vontade de simplesmente desistir é enorme. Mas a visão do meu filho de 10 meses ajuda-me a encontrar forças para lutar. É óbvio que fiz uma escolha: decidi viver. Consegui entrar no centro de queimados William Randolph Hearst. Fui sedada, fiquei em coma induzido durante mais de seis semanas até abrir os olhos. Lutei pela minha vida durante dois meses.

11 de Setembro de 2002

Com a ajuda do Greg, consigo chegar a horas para falar na cerimónia. Ainda estou numa fase inicial de cura e fico cansada a cada passo que dou.

11 de Novembro de 2001

Enquanto não consigo andar ou sentar-me, começo a falar de novo e surpreendo o meu marido Greg, quando lhe sussurro “Olá”.

Outono de 2002

Em Novembro sou nomeada uma das mulheres Glamour Magazine’s of the Year for 2002 e recebo o prémio da senadora Hillary Clinton.

12 de Dezembro de 2001

Chego ao Hospital Burke, de reabilitação, onde continuo a fisioterapia e terapia ocupacional. Vejo a minha cara no espelho pela primeira vez. Apenas os olhos estão iguais. Parecia a cara de um lutador de boxe depois de uma derrota.

Primavera de 2007

O Tyler entra na primeira classe. Depois de anos de cirurgias, finalmente sintome mais forte. Estou a tentar engravidar de novo desde 2004, mas já estamos a perder a esperança...

Março de 2002

O Tyler, que tinha 10 meses quando sofri o acidente, já me visita no hospital e tenta caminhar pelos corredores intermináveis. À medida que a minha história fica conhecida recebo cartas encorajadoras de milhares de desconhecidos. Seis meses e quatro dias depois de ter saído para o trabalho, regresso a casa. Estou de pé na minha rua. Caminho de braço dado com o Greg e entramos no apartamento. O meu filho dorme uma sesta. Como uma fatia do bolo do seu primeiro aniversário, que ficou no congelador até eu voltar.

25 Agosto de 2009

Numas férias em família Roma, contamos ao Tyler que ele vai ter um irmão.

11 Setembro em números

1.283 biliões de dólares aprovados pelo Congresso para “operações militares, segurança de base, reconstrução, ajuda externa, custos de embaixada e saúde dos veteranos” após o 11/9

10 mil Bombeiros, polícias e civis que responderam ao ataque terrorista no World Trade Center têm stress pós-traumático

4.3 mil milhões de dólares aprovados pelo Congresso para tratamento doenças relacionados com o 11 de Setembro

83.100 empregos perdidos em Nova Iorque entre Setembro de 2001 e Julho de 2002

19 de Junho de 2010

Lauren lançou o livro “Unmeasured Strength”

No dia do Pai, o Tyler, o Greg e eu voltámos ao Central Park Zoo, desta vez levando também o Jagger na sua primeira visita. O milagre é que agora os dez meses do Tyler se tornaram dez anos, eu ainda aqui estou ao seu lado, e fico maravilhada com a capacidade que cada um de nós tem para sobreviver e curar-se a si próprio.

6,7 mil milhões de dólares foi o custo estimado em 2002 para a reconstrução da Torres Gémeas

10.858 pedaços de corpos humanos encontrados no dia dos ataques

MWN

“Temos de pensar além do que vemos”

Jim McCaffrey, um dos heróis do 11/9

Jim McCaffrey, bombeiro há 26 anos, foi um dos milhares de polícias e bombeiros que estiveram no Ground Zero a 11 de Setembro 11/9. Os ataques introduziram o conceito de terrorismo como possível ameaça. “Não se falava de terrorismo”, diz ao metro. “Antes do 11/9 treinava-se para todo o tipo de enventualidades possíveis, mas nin-

“Treinava-se para todo o tipo de enventualidades , mas não aviões a bater nas torres” JIM MCCAFFREY

guém imaginou aviões a baterem nas torres.” Antes os bombeiros preparavam-se para acidentes como um grande desastre do metro ou a queda de um

edifício. “Agora tentamos ser mais proactivos uma vez que há pessoas a tentar, de forma intencional, fazer mal à cidade”, diz. O terrorismo obrigou a abordar um qualquer incidente como potencial grande ameaça. “A forma de pensar mudou”, diz. “Agora temos sempre de pensar se há alguma coisa além daquilo que vemos”. MARY ANN GEORGANTOPOULOS, MWN

1.506 toneladas de destroços removidas do local

1,4 mil milhões de dólares doados para caridade relacionada com o 11/9

40.2 mil milhões de dólares de seguros relacionados com o 11 de Setembro pagos em todo o mundo


09

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

GETTY IMAGES

Contra o terrorismo, rápido e em força Ataques de 11/9 marcaram década EUA reagiram em causa própria

Guerra ao terror Cronologia fundamental.

Guerras preventivas foram a resposta dos EUA ao 11/9

“Os Estados Unidos vão perseguir e punir os autores destes actos cobardes.” Nestes termos reagiu George W. Bush aos ataques terroristas de 11 de Setembro de 2001 em Nova Iorque e Washington. Com poucos meses de mandato, o presidente norte-americano enfrentava um povo em pânico. E se Bush disse, o sucessor Obama fez. Quase dez anos depois, em Maio passado, tropas dos EUA encontraram e mataram bin-Laden, líder do grupo terrorista al-Qaeda e mentor dos ataques. Para trás ficou uma década de resposta corrosiva de um povo ferido no seu or-

gulho histórico. Menos de um mês após os atentados já os EUA iniciavam a guerra do Afeganistão, com o apoio da NATO. Objectivos: ceifar a rede da al-Qaeda ali activa, impedir bin-Laden de usar o país como base de operações e derrubar o regime talibã no poder. A vitória militar foi depressa anunciada, mas Bush estava apenas a começar a “Guerra ao Terror”, que definiria a sua política externa de guerras preventivas. Primeiro desenhou o “Eixo do Mal”, formado pelo Iraque, Irão e Coreia do Norte, acusados de patrocinar o terrorismo. Depois, em 2003, inva-

11/9 de 2001: al-Qaeda ataca quatro aviões nos EUA e mata 3.000 pessoas 7/10 de 2001: EUA iniciam guerra no Afeganistão 11/1 de 2002: EUA abrem prisão de Guantanamo 19/3 de 2003: EUA invadem Iraque 6/5 de 2011: bin-Laden morto por tropas dos EUA

diu o seu elo mais fraco, o Iraque, a pretexto de que teria em seu poder armas de destruição maciça e apoiava a al-Qaeda.

A decisão teve a oposição de vários aliados (França, Alemanha ou Rússia). A ONU não foi ouvida. E os fundamentos da invasão revelar-se-iam falsos. Saddam Hussein foi derrubado. Entre guerras foi aberta a prisão de Guantanamo, criticada por violar convenções sobre o tratamento a prisioneiros. Inabaláveis, os EUA agiam em causa própria e fortaleciam também os mecanismos de segurança internos. Elogioso, o embaixador do país em Portugal, Allan Katz, diz que, hoje, “os “EUA estão mais fortes e o mundo é mais seguro”. A morte de bin-Laden fez os norte-americanos respirar de alívio. Mas, como lembrou o actual líder Obama, a ameaça da al-Qaeda ainda perdura. R.A.C. PUB


2

BARBARA ANASTACIO

Entrevista Metro

weekend

Justiça

Declarações de Galliano valem multa John Galliano foi condenado por um tribunal francês a pagar uma multa de seis mil euros por causa de declarações antisemitas que foram publicadas no YouTube. De recordar que esse episódio polémico já tinha custado o emprego do estilista na casa Dior. Ainda assim, a multa ficou em suspenso.

Fala a estrela Em entrevista ao NME.com, a cantora Jessie J confessa nunca ter escutado uma única canção de PJ Harvey. Diz que “vive numa bolha”. Mas quer ganhar um prémio Mercury...

Nunca ouvi nada da PJ Harvey (vencedora, pela segunda vez, do prémio Mercury Prize). Então ela é boa? Não vi a cerimónia, estava com ‘jet-lag’. Também posso concorrer?

Rita canta e toca ukulele. Depois pediu aos amigos de longe para a ajudarem, sem qualquer tipo de restrições

Há muito talento na autora do disco “Cherries That Went To The Police” Um álbum internacional, com músicas em português, inglês, russo e grego e com convidados que vêm de muito longe

RITA BRAGA: CANÇÕES DE UMA POLIGLOTA A Rita sempre cantou em várias línguas. De onde vem essa vontade de se exprimir em diferentes idiomas.

Mais calminho!

“Em algum ponto da minha vida vou ter de me sentar com o Liam numa sala. Espero que o tempo sare algumas das feridas” NOEL GALLAGHER

Sempre tive músicas em várias línguas: algumas americanas, outras francesas, também portuguesas e até covers de músicas de Bollywood. E sempre gostei de ouvir outras sonoridades, assimilar outras línguas e musicalidades. E comecei a fazer versões de outras músicas. Vivi na Polónia e ensinaram-me uma canção popular de lá e quis logo fazer uma versão. Tenho um repertório em dez línguas diferentes, talvez (ri-se).

sões que já venho a tocar há alguns anos. Mas, habitualmente, toco a solo só com voz e ukulele. Aqui convidei vários músicos. Como não tenho banda foi feito por camadas: pri-

“Como não tenho banda, o disco foi feito por camadas: voz, ukulele e o resto à distância”

Daí dizer que foi gravado em Lisboa, Filadélfia, Gent, Los Angeles e Buenos Aires.

Exactamente! Com cada um dos músicos convidados. Enviava aquilo que gravava e os músicos acrescentavam o que queriam. Então ficava à espera dos temas já re-musicados. Foi sendo uma surpresa para si.

Pois, fui-me surpreendendo à medida que recebia os temas! E ao vivo, também está sozinha em palco?

Na maioria dos casos toco a solo. Só se tiver um músico convidado da cidade onde estou.

Neste seu novo disco, “Cherries that went to the police”, também se foi “apropriando” de temas e musicando-os à sua maneira?

O disco partiu dessas ver-

meiro a voz e ukulele e depois foi tudo colaborações à distância.

CLAUDE CARDENAS

Sei que começou, quando era mais nova, por ouvir muito

Ao vivo Rita está em França a apresentar “Cherries that went to the police”. Mas diz ao Metro que regressa a Portugal “a partir do final de Setembro, em showcases da Fnac”. A 15 de Outubro, no Teatro do Bairro, “é o lançamento do disco, onde vão estar vários convidados”. rock, mais pesado. Só com um ukulele também consegue dar um outro poder às canções?

Tenho de arranjar forma de prender as pessoas, até porque o ukulele nem sequer é eléctrico. Foi enriquecedor estar muito tempo nos EUA, aprendi muito ao ver outras bandas a captar a atenção do público. BRUNO MARTINS


www.readmetro.com

11

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

DR

Especialista

A CANÇÃO DO BANDIDO

Sexta

PEDRO RAMOS RADIALISTA & ETC.

Segunda-feira é editado um dos melhores discos do ano: “Strange Mercy”, 3º álbum de St. Vincent, alter-ego de Annie Clark. Entrevistei-a por telefone, antes de jantar com um dos meus melhores amigos, por coincidência ex-namorado dela na universidade. Ele descreveuma como a menina mais bonita da escola pela qual todos se apaixonavam, alunos e professores. O efeito perdura. Não escondo que senti ciúmes ao saber do romance adolescente entre os dois. Do outro lado da linha uma voz frágil, hesitante. Respostas pausadas. Responde “É segredo” quando tento saber mais de “Cruel”, segunda canção num alinhamento pop que tanto evoca Jobim como Battles ou Robert Fripp. Esforço-me cada vez mais para arranjar referências em Annie. David Lynch ou Woody Allen são também boas bússolas. Mesmo povoando a obra de imagens fortes próximas da ficção, nos alicerces estão ainda confissões, por vezes tão auto-biográficas que custam à autora admiti-las ou querer des-

vendá-las. Na canção que dá título ao disco jura vingança a um polícia e sobre isso responde, “tudo o que está nessa é verdade, por acaso.” Em “Cheerleader”, o refrão “não quero ser mais uma cheerleader” espelha uma busca pela imperfeição, pelo acaso. Na guitarra conseguimos ver a aluna exemplar a fugir ao brilho e a aproximar-se da liberdade, através da distorção. Embora na voz permaneça um anjo. Sinto-a honesta, ainda longe dos mecanismos habituais de quem já deu triliões de entrevistas diferentes. Temo que dure pouco até ser inundada pela norma no trato, e será difícil manter-se impermeável aos que querem fazer dela uma estrela. Sente-se em cada capa de revista, em cada crítica: o jogo está a seu favor. Ainda assim, longe disso e de olhos fechados, este é o melhor trabalho. Não pensei que o conseguisse depois do sonho anterior, “Actor”, mas como canta na 8ª faixa: “Vai ser um ano de Champagne”. E se há quem mereça a explosão de espumante, é ela.

A Culturgest acolhe esta noite (22h) o músico Ben Chasny e o seu projecto Six Organs of Admittance

STORYBOARD Sábado PARA O SEU FIM-DE-SEMANA

Almoce ou jante no Al Forno Foz, na Rua Adro da Foz 4, e experimente boa comida italiana: as pizzas, por exemplo, são feitas à vista do cliente em forno de lenha

Telex

Nick Jonas na Broadway TEATRO. Nick Jonas, dos Jonas Brothers, vai substituir Daniel Radcliffe na peça da Broadway, “How To Succeed In Business Without Really Trying”. O actor de Harry Potter já estava há quase um ano a fazer a personagem J. Pierrepont Finch.

Richards em filme? ROLLING STONES. A bem

sucedida autobiografia de Keith Richards, “Life”, pode vir a ganhar um tratamento cinematográfico. O guitarrista dos Rolling Stones diz que há interessados, “mas não há muita pressa nesta altura”.

Assista a um espectáculo ao contrário, ou seja, o público está ao centro e é a Orquestra Sinfónica do Porto Casa da Música que o rodeia (18h00 e 19h30) LUCIANO GUIMARÃES

Xbox está mais barata VIDEOJOGOS. A Microsoft

anunciou uma baixa de €50 nas consolas Xbox 360 4GB e Xbox 360 250GB. Os entusiastas dos videojogos podem agora comprar a consola de 4 GB por €149,99€ (antes €199,99) e a de 250 GB por €219,99 (antes €269,99€).

“Nunca levei a carreira de músico pop muito a sério. Faço música pop, não estou a salvar o mundo” JUSTIN TIMBERLAKE

Com as centenárias Feiras Novas a decorrer em Ponte de Lima, sábado à noite todos os caminhos vão dar ao centro da vila mais antiga do País

Na Taken, na rua de S. Catarina estão à venda desenhos e roupa de Filipa Malho

Domingo

No Espaço Fundação EDP está patente a exposição “A Caçadora Furtiva”, de Paula Rego. Das 12h00 às 19h00.

No centro da Maia, a partir das 10h, tentará bater-se o recorde para o maior logótipo moto-humano do Mundo


PUB

12

www.readmetro.com SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

“Senna” em filme arranca no Douro Documentário do lendário piloto é hoje apresentado no Douro Film Harvest E já se por aí fala em Óscar GETTY IMAGES

O Douro Film Harvest, festival que este ano homenageia o cinema brasileiro, dedica uma das sessões do programa de hoje à estreia nacional do documentário “Senna”, sobre o malogrado piloto de Fórmula 1, falecido em 1994. O documentário, realizado pelo inglês Asif Kapadia, conta o trajecto de Ayrton Senna dentro e fora das pistas, desde as primeiras acelerações nos seus karts, no Brasil, até ao trágico acidente mortal de 1 de Maio

Um dos melhores

de 1994, no polémico Grande Prémio de São Marino. Tricampeão mundial de Fórmula 1 (1988, 1990 e 1991), Senna continua a ser um dos ícones do desporto brasileiro e apontado como um dos melhores pilotos de sempre. O filme – realizado com o recurso a variado material de arquivo e com a colaboração da família Senna – é já apontado por muitos como um forte candidato ao Óscar de Melhor Documentário deste ano. LUSA

Smashing Pumpkins em Lisboa

Clássicos dos EUA no Nimas

A festa da RFM em Espinho

A banda de Billy Corgan está de volta a Portugal. Os Smashing Pumpkins tocam no Campo Pequeno no próximo dia 8 de Dezembro, numa digressão por altura da reedição de discos míticos como “Gish”, “Siamese Dream” e “Pisces Iscariot”. Bilhetes entre os €25 e os €35.

O Espaço Nimas, em Lisboa, inicia amanhã um ciclo de clássicos norte-americanos, em que mostrará obras de Orson Welles ou Vincente Minelli. O ciclo, com sessões marcadas para as 21h30, inicia-se com “Casamento escandaloso”, com Cary Grant e Katharine Hepburn.

A rádio RFM organiza, este fim-de-semana, a Festa de Apresentação dos Ernestos, prémios de música. O evento vai acontecer nas Piscinas de Espinho, sábado, a partir das 22h. O bilhete custam €10 hoje e €15 amanhã. Mikkel Solnado, André Sardet ou o DJ Frank Maurel vão estar presentes.

Cinema. Festival

David Schwimmer também é realizador FRANCOIS DURAND/GETTY IMAGES

Muitos americanos em Deauville David Schwimmer participou ontem na 37ª edição do festival francês de Deauville, em França, certame dedicado ao cinema norte-americano. O popular “Ross” da série “Friends” foi apresentar o novo filme por si realizado, “Trust”, obra que versa sobre o problema dos menores e predadores sexuais nas redes sociais.


PAGO A DINHEIRO

OURO - PRATA - JÓIAS - MOEDAS CAUTELAS - RELÓGIOS (pulso/bolso) PINTURA * AVALIAÇÕES * SIGILO * DOMICÍLIO A ÚNICA CASA COM AVALIADOR OFICIAL

Rua de Cedofeita, 27, 1.º Frente (à Pr. Carlos Alberto) Tlm. 919 722 457 - 220 968 429 N.º VERDE: 800 916 314

OURIVESARIA

OURO E ARTE COMPRA OURO USADO 9 JÓIAS 9 MOEDAS 9 PRATAS 9 ANTIGUIDADES 9 RELÓGIOS 9 CAUTELAS DE PENHOR 9

Aberto à hora de almoço Rua Sta. Catarina, 1546 (ao Marquês) - PORTO

Telef.: 225 092 980 93 634 33 16

AVALIAÇÕES GRATUITAS

PUB


PUB


www.readmetro.com

lazer

15

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

Palavras Cruzadas Correio

Horizontais 1. Estabelecimento de caridade para albergar pessoas necessitadas. Brotar. 2. Espécie de polme de legumes que se utiliza para a sopa ou para acompanhar outras iguarias. Solução de resina ou goma resinosa em álcool, empregada para polir móveis e outros objectos ou para os preservar da acção do ar e da humidade. 3. Sobre (prep.). Auroque. Qualquer parte do esqueleto dos vertebrados. 4. Antiga possessão portuguesa na costa da Índia. Letra grega correspondente ao e longo dos latinos. Vazia. 5. Designar. 6. Modalidade desportiva praticada numa embarcação a remos. Perfume. 7. Solenizar, recordando. 8. Suf. diminutivo. Época notável. Germe (fig.). 9. Jazigo de minérios. Protecção (fig.). Aquelas. 10. Encaracolar. Pequeno fruto carnudo indeiscente, de endocárpio mole. 11. Empunhar. Refulgir.

Aproveite as promoções As feiras de vinho aí estão nas grandes superfícies. É uma oportunidade de comprar vinhos a melhores preços, mas tenha em atenção pormenores como a data de colheita. Apesar dos preços atractivos, avalie sempre com ponderação o que vai adquirir. No supermercado Os dias de correria constante que vivemos muitas vezes não nos deixam alternativa a não ser a compra de vinhos por entre um corredor de supermercado. Felizmente, por lá já podemos encontrar boas opções qualidade/preço, como é o caso deste vinho do grupo Symington. Altano 2010 Douro | Branco Symington Family Estates 3,99 €| *garrafas |11ºC Cor aberta. Notas de maçã e pera, suave compota de laranja, subtil mineral e fumados. Na boca é refrescante, suave, envolvente e muito cativante. Bom final com notas cremosas.

Digo sem ponta de ironia que aprecio as crónicas de Eduardo Moniz num conhecido matutino lisboeta. É incisivo, tem oratória vertical e não se esconde em falácias. Mas estes predicados não fazem dele o homem perfeito e senhor da razão! [...] Moniz questiona: “Acredita mesmo Passos Coelho que quem ganha 150.000 euros anuais é rico?” Resposta: [...] se me coubesse em sorte “metade” desse montante, assumiria de bom grado o papel de filantropo e não regateava o corte a 50%. Feitas as deduções, ainda me sobravam 37.500, o equivalente ao triplo da minha declaração de rendimentos [...] Portanto, ser ou não ser rico, pode apenas depender do conceito!

Sudoku

•••••

Verticais 1. Aferro. Estado patológico caracterizado pela inércia física e intelectual. 2. Suco. Hábito de fazer as mesmas coisas ou sempre da mesma maneira. 3. Caminhar. Trejeitos afectados. 4. Ócio. Nome da letra M. Naquele lugar. 5. Boa reputação. O espaço aéreo. 6. Juramento. Discursar. 7. A si mesmo. Frutos silvestres. 8. Qualquer abertura circular. Jornada. Parte inferior ou pendente de certas peças de vestuário. 9. Que não emite som. Grito de dor ou de alegria. 10. Fazer riscos ou traços em. Grande onda. 11. Fazer zoada. Regular por dose.

Solução Cruzadas

Sudoku

Rico conceito

Solução

www.essenciadovinho.com

HORIZONTAIS: 1. Asilo, Sair. 2. Puré, Verniz. 3. Em, Uro, Osso. 4. Goa, Eta, Oca. 5. Denominar. 6. Remo, Odor. 7. Comemorar. 8. Ota, Era, Ovo. 9. Mina, Asa, As. 10. Anelar, Baga. 11. Asir, Raiar. VERTICAIS: 1. Apego, Coma. 2. Sumo, Rotina. 3. Ir, Ademanes. 4. Léu, Eme, Ali. 5. Renome, Ar. 6. Voto, Orar. 7. Se, Amoras. 8. Aro, Ida, Aba. 9. Insonoro, Ai. 10. Riscar, Vaga. 11. Zoar, Dosar.

Nuno Guedes Vaz Pires Director Executivo

FERNANDO MARQUES *INFORMAÇÃO NÃO DISPONÍVEL

PUB


www.readmetro.com

16

SEXTA-FEIRA, 9 DE SETEMBRO DE 2011

GETTY IMAGES

3 sport

Top/Flop

Luisão O Benfica renovou o contrato com o seu capitão por três anos, até 2016. É um bom negócio para o clube segurar um atleta que às vezes está com um pé fora da Luz. A rescisão custa 20 milhões.

Líder cheio de ausências Hulk foi convocado, mas não é certo que jogue no FC Porto-V. Setúbal desta noite Sapunaru, Otamendi, Guarín e Varela de fora da convocatória Benfica recebe V. Guimarães moralizado Sporting procura um triunfo O FC Porto recebe esta noite o V. Setúbal (20h15, SPTV1) com a dúvida se Hulk, lesionado, vai ou não a jogo. “Vamos ver, temos tempo até amanhã [hoje] para termos a certeza se pode jogar ou não”, afirmou ontem o treinador portista, Vítor Pereira, que, apesar de reconhecer que “é um jogador importante” para a equipa, desvalorizou a sua eventual ausência: “Se ele não jogar, temos alternativas de grande qualidade. Isso não irá afectar a nossa dinâmica.” Com ou sem Hulk, Vítor Pereira espera um jogo “complicado” com uma equipa “experiente e perigosa, nomeadamente nos lances de bola parada e nas transições”. “Vai querer marcar o ritmo de jogo”.

Jogadas

Clássico no arranque

Rafael Nadal foi mais um dos que criticou a organização do US Open por obrigarem os tenistas a entrarem nos courts quando está a chover. “É inaceitável”, disse o espanhol.

Quem ficou de fora opção foi o extremo Varela. Outros ausentes são Sapunarau, que se lesionou na selecção romena, Guarín, que ainda não chegou de pois de ter representado a Colômbia, e Otamendi. À espera de um tropeção do FC Porto está o Ben-

Soares Franco confirma FPF

fica, que ocupa o 2.º lugar da Liga. Os encarnados enfrentam amanhã o V. Guimarães (18h30, SPTV1), equipa motivada pelo triunfo no terreno do Nacional (1-4), conseguida já com Rui Vitória no banco. A última vitória que os minhotos obtiveram na Luz

em jogos da liga aconteceu na época 2008/09. Na temporada seguinte os vimaranenses também derrotaram os encarnados na Luz em jogo da Taça. O Sporting é o dito “grande” que está mais pressionado a conseguir uma vitória, até porque seria a primeira da época. Os leões têm, sábado, uma deslocação complicada a P. Ferreira (no ano passado perderam na Mata Real) e já deverão apostar na sua mais recente estrela, o internacional brasileiro Elias – a partida disputa-se às 20h30 (TVI). Destaque ainda para o derby minhoto entre Sp. Braga (3.º) e Gil Vicente (8.º) e para a deslocação do Nacional (15.º), que ainda não venceu, a L.C. Coimbra (4.º).

Nice não desiste de Djaló Os responsáveis do clube francês Nice reiteraram a vontade de contar com Yannick Djaló, apesar de a FIFA ter deliberado ontem que a transferência do avançado do Sporting foi inválida. “O clube vai recorrer a todas as vias de recurso existentes para que sejam reconhecidos os seus direitos, boa-fé e a realidade da transferência, registada pela Liga de Futebol Profissional (francesa) antes do fim do período de transacções fixado pela FIFA”, lê-se em comunicado do clube. O Sporting ainda não confirmou oficialmente a transferência do avançado, que poderá significar o encaixe de 4,5 milhões de euros.

Tailândia. Sepaktakraw

FUTEBOL. Filipe Soares

ANDEBOL. Arranca já

amanhã o campeonato nacional. Destaque para o Benfica-FC Porto, domingo, na Luz (15h, RTP2).

Leões e águias começam fora

TÉNIS. Frederico Gil passou ontem aos quartos-de-final do challenger de Génova, depois de ter batido Kristijan Mesaros.

... para o começo da ronda Hoje FC Porto-V. Setúbal Amanhã Benfica-V. Guimarães P. Ferreira-Sporting Domingo Beira-Mar-U. Leiria Olhanense-Feirense Sp. Braga-Gil Vicente Marítimo-Rio Ave Segunda-feira Académica-Nacional

Franco, ex-presidente do Sporting, confirmou ontem a sua candidatura à Presidência da Federação Portuguesa de Futebol.

Gil já está nos “quartos” US Open

Hulk em risco...

Yannick está em França

FUTSAL. Começa amanhã o campeonato nacional. O campeão, Sporting, defronta o AMSAC, em S. António dos Cavaleiros; o Benfica joga com o Módicus, em Sandim.

Mourinho não fala de Ricardo SELECÇÃO. José Mourinho disse ontem em entrevista à agência Lusa que não comenta o afastamento de Ricardo Carvalho da Selecção porque nunca viu “Paulo Bento comentar problemas” que se passam no Real Madrid.

Modalidade mistura elementos do voleibol e futebol QUINN ROONEY/GETTY IMAGES

Os desportistas que são acrobatas Imagens com movimentos espectaculares como estes são o pão nosso de cada dia num jogo de Sepaktakraw, jogo ancestral originário do sudoeste da Ásia praticado na região há 500 anos. Por estes dias disputa-se em Banguecoque, capital da Tailândia, a conceituada International Super Series da modalidade.


PUB


PUB

20110909_pt_porto  

PUB PUB Cinema Documentáriosobre “Senna”estreiapor cánoDouro {pág.12} GRANDEPORTO Próximodomingomarcao 10.ºaniversáriodosmaiores atentadoste...