Issuu on Google+

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

BELO HORIZONTE Quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 Edição nº 1.328, ano 6 MÍN: 20°C MÁX: 31°C

Monte Fuji é um dos símbolos do país asiático

www.metrojornal.com.br | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_BH

Supremo nega pedido de liberdade a Cunha Por 8 votos a 1. Ex-presidente da Câmara dos Deputados está preso desde outubro no Paraná acusado de receber propina em contratos da Petrobras, na África. Defesa de Cunha alega que juiz Sérgio Moro, responsável pela operação Lava Jato, descumpriu decisão do STF PÁG. 06

VITÓRIA REDONDA Fora de casa, Cruzeiro bate o Voltaço por 2 a 1 e avança na Copa do Brasil PÁG. 16

Lula lidera para 2018; Temer cai em pesquisa Apenas 10,3% dos brasileiros aprovam o atual governo do presidente, de acordo com CNT/MDA PÁG. 08

Tradicional no Carnaval, venda de catuaba é liberada Prefeitura e patrocinadora chegam a consenso e autorizam venda da bebida por ambulantes cadastrados PÁG. 04

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Invasões prejudicam setor de construção civil na Grande BH Alisson comemora o primeiro gol da Raposa na partida decisiva de ontem contra o Volta Redonda | RUDY TRINDADE/LIGHT PRESS/CRUZEIRO

Empresários deixaram de investir no ano passado cerca de R$ 1,5 bilhão em novos empreendimentos PÁG. 09


02|

1 FOCO

Marcio Lacerda

Apoiar Aécio seria difícil Essa foi a resposta dada pelo ex-prefeito de BH Marcio Lacerda (PSB) ao ser perguntado sobre um eventual apoio à candidatura do senador Aécio Neves (PSDB) à Presidência, em 2018. “Tenho que pensar com o PSB, e essa possibilidade de apoio condicional, com esse rompimento que teve aqui em Belo Horizonte, acho difícil”, disse Lacerda em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo.

Campainha salvadora de vidas supera expectativas Saúde. Onda vermelha salvou da morte 79 pacientes nos últimos três anos. Taxa de sobrevida do sistema de atendimento a pacientes em estado grave do Pronto Socorro João XXIII, em BH, está entre as melhores do mundo Eficiência é uma qualidade que pode ser atribuída ao atendimento do Pronto Socorro João XXIII na sala de emergência mais conhecida como ‘Onda Vermelha’. O sistema de atendimento a pacientes em estado grave do principal pronto-socorro do Estado (antes conhecido como HPS), na região hospitalar de Belo Horizonte, já salvou 79 pessoas da morte nos últimos três anos. Com uma taxa de sobrevida de 36% dos pacientes atendidos, a Onda Vermelha do HPS registra hoje média superior aos melhores hospitais de traumatologia no mundo, onde a sobrevida de casos de pacientes graves fica em torno dos 20%. “É um sistema simples, prático e muito eficaz em que uma campainha é tocada antes da chegada do paciente ao hospital e, quando ele chega, toda a equipe médica já está pronta para qualquer procedimento na sala da Onda Vermelha”, expli-

Análise política CARLOS LINDENBERG LINDENBERG@BAND.COM.BR

Cotações Dólar - 0,94% (R$ 3,067) Bovespa + 1,89% (67.975 pts) Euro - 0,68% (R$ 3,241) Selic (13,00% a.a.)

Salário mínimo (R$ 937)

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Carlos Lindenberg é colunista do Metro Jornal. Escreve neste espaço às quintas.

pital completa, em 2017, 13 anos e funcionamento. A princípio, o sistema especial de atendimento deveria ser usado apenas para traumas ou ferimentos penetrantes (tiros, facadas e outros). Entretanto, com o passar dos anos, passou a ser adotado também para alguns casos de trauma contusos ou fechados como forma de agilizar as intervenções cirúrgicas nos pacientes. “Os pacientes chegam hoje em estado cada vez mais grave, sobretudo pela violência no trânsito”, aponta a cirurgiã.

Maioria dos pacientes da Onda Vermelha é de vítimas de acidentes de trânsito | FLÁVIO TAVARES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

ca a cirurgiã Patrícia Cabral. Por mês, cerca de 12 pessoas passam pela Onda Vermelha do hospital. Para os médicos desta ala, 4 minutos, ou 240 segundos é o espaço de tempo que pode separar vida e morte em condições clínicas extremas.

“Caso o paciente for levado para um hospital particular, ele não vai ter toda a estrutura especializada de imediato, com médicos especializados e preparados. Esse atendimento da Onda Vermelha dá a ele uma chance de vida

CUNHA FICA PRESO A decisão do Supremo Tribunal Federal de manter na cadeia o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha mostra que o STF não vai aliviar a situação dos principais acusados na Operação Lava Jato, sobretudo dos que já estão presos. Na semana passada, Cunha prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro e se deu mal ao tentar envolver o presidente Temer no esquema de indicação de diretores da Petrobras, do qual se beneficiaram de fato muitos pemedebistas e cardeais do PP. Ocorre que Moro entendeu que Cunha estava mandando um recado enviesado ao presidente da República e cortou o assunto. Pior: Moro, na inquirição, criticou sem citar nomes a posição do ministro Gilmar Mendes, que, dias antes, numa reunião do STF, atacou indiretamente o juiz de Curitiba pelas sucessivas prisões provisórias a que ele submete os envolvidos na Lava Jato. Moro rebateu dizendo que se não fossem as prisões não haveria as delações premiadas que tem levados dezenas de executivos e políticos à prisão. Esse, digamos, bate-boca entre Gilmar, Moro e Cunha deu a primeira impressão de que o juiz de Curitiba estava blindando o presidente Temer, ao tirá-lo da história que Cunha começou a ensaiar no seu depoimento. Depois, viu-se que, na verdade, o alvo era a posição de alguns ministros do Supremo, senão

FALE COM A REDAÇÃO leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719 COMERCIAL: 031/3508.5720

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Espírito Santo e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

por menor ela seja. Antigamente, muitos pacientes na Grande BH morriam nos locais do acidente. Com o surgimento da Onda Vermelha, eles chegam ao João XXIII com chance de sobreviver”, pontua Patrícia. A Onda Vermelha do hos-

Ranking Na Onda Vermelha, a metade dos pacientes recebidos pelo João XXIII hoje são politraumatizados (com várias fraturas e ferimentos) vítimas dos acidentes automobilísiticos. Em segundo lugar, 30% dos casos são de atendimento a pessoas que levaram tiros e, na terceira posição, estão as pessoas vítimas de facadas. METRO BH

Gilmar Mendes, que, ao que se supunha, estava criticando a prisão de Cunha para preparar os demais ministros para o julgamento de ontem, em que o Supremo decidiu mantê-lo preso. Eduardo Cunha teve a prisão decretada em outubro de 2016por Sérgio Moro, após perder o foro privilegiado que o mantinha sob a proteção, legal, claro, do Supremo. Mas se o julgamento do caso Eduardo Cunha não surpreendeu, também não parece ter supreendente o resultado da pesquisa da CNT/MDA que confere ao ex-presidente Lula a liderança nas pesquisas para as eleições de 2018, em todos os cenários. Lula encabeça a pesquisa com 30,5% das intenções de voto, enquanto o presidente Michel Temer aparece em último, com 3,7%. Temer, por sinal, vem perdendo pontos não apenas na intenção de votos, mas sua popularidade também caiu para 10,3%, enquanto a negativa subiu para 44,1%. Vem pesando contra Temer uma série de medidas que de alguma forma choca a opinião pública, como a nomeação de Moreira Franco ou a indicação de Alexandre de Moraes para o STF. De qualquer forma, sua base no Congresso continua firme, tanto que ontem o senador Romero Jucá apresentou projeto para colocar na mesma condição do presidente da República os presidentes da Câmara e do Senado. Se o projeto for aprovado eles não serão responsabilizados por eventuais crimes praticados antes do exercício do cargo. Coincidência ou não, ambos estão citados na operação Lava-Jato.

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB: 12.331) Editor de Arte: Cleber Machado e Pablo Tavares Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Chefe de Jornalismo: André Vasconcelos

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O Metro Jornal Belo Horizonte é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


04|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Sul de Minas

CMBH. Gilson Reis deixa a liderança do governo

Cidade cancela Carnaval por risco de febre amarela A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso, no Sul de Minas Gerais, cancelou o Carnaval deste ano na cidade por causa da febre amarela. Segundo a prefeitura, a medida foi adotada considerando o surto da doença na região. O levantamento que mede a quantidade de casas infestadas pelo Aedes aegypti constatou que, 2,3% dos imóveis na cidade registraram a presença do mosquito, que pode transmitir a febre amarela em áreas urbanas. O ideal do índice é abaixo de 1%. Além de São Sebastião do Paraíso, Cássia e Delfinópolis, na mesma região, também cancelaram a festa pelo mesmo motivo. Polêmica entre a patrocionadora oficial do evento e a restrição da venda de bebidas teve desfecho ontem | RODNEY COSTA/ELEVEN/FOLHAPRESS

METRO BH

Suspeito preso

Polícia apreende decodificadores clandestinos POLÍCIA CIVIL/DIVULGAÇÃO

Material foi apreendido no bairro Cidade Nova

A Polícia Civil apreendeu 136 decodificadores clandestinos de TV a cabo, conhecidos como “decoders” ou “Azbox”. Uma pessoa foi presa no bairro Cidade Nova, região Nordeste de BH, suspeita de distribuir os equipamentos para lojas da cidade. Segundo a investigação da polícia, os equipamentos seriam fornecidos a shoppings populares da capital. O aparelho era vendido por cerca de R$ 400, a unidade. O suspeito alegou que a mercadoria vinha do Paraguai. METRO BH

Em BH

Comércio pode abrir na segunda de Carnaval A CDL/BH informou o ontem que comércio poderá funcionar normalmente na cidade no dia 27, segunda-feira do Carnaval. Quem trabalhou no feriado de 8 de dezembro poderá folgar. METRO BH

Carnaval vai ter

CATUABA!

Deu o que falar. Após proibirem a venda da tradicional bebida durante o Carnaval de BH e revoltar blocos e foliões, prefeitura e patrocinadora oficial da festa mudam de ideia A polêmica em torno da venda de catuaba durante o Carnaval deste ano, em Belo Horizonte, durou pouco e teve um final feliz na noite de ontem quando a Prefeitura de BH recuou e garantiu que a bebida poderá ser vendida pelos ambulantes nos dias de folia. A proibição estava prevista no edital de chamamento dos ambulantes que vão trabalhar durante a festa sob o risco de perderem a credencial, além de terem produtos apreendidos e serem autuados pela prefeitura. Segundo a PBH, foi preciso um acordo com a Ambev – patrocinadora do evento – para que a venda fosse liberada. “Apesar de o edital de patrocínio do Carnaval de rua estipular que os ambulantes credenciados pela Belotur só poderiam vender as bebidas do patrocinador vencedor do chamamento público, a Prefeitura, atendendo ao apelo dos foliões em relação à Catuaba, e, em comum acordo com a Ambev, patrocinadora do Car-

9,4 mil R$ 5 ambulantes estão cadastrados para trabalhar no Carnaval deste ano na cidade. Em 2016, foram cerca de 3,4 mil.

é o preço tabelado da cerveja vendida pelos ambulantes durante o Carnaval em BH. Só as cervejas da Ambev poderão ser vendidas.

naval, permitirá a comercialização dessa bebida pelos ambulantes credenciados”, explicou em nota. A única regra estipulada pela PBH é que o produto não seja vendido em garrafas de vidro, por questões de segurança. Até que a decisão fosse divulgada muita gente se revoltou com a proibição. O ambulante Bruno Coelho, conhecido por vender a Catuçaí, – famosa mistura de catuaba e açaí – foi um dos que puxaram o movimento. “Antes mesmo do Carnaval ser o que é, a catuaba já era sucesso em Belo Horizonte, é o ‘drink do amor’, a cara da festa, uma tradição na cidade. Perder isso séria como perder parte da nossa identidade”, protesta-

va. “A catuaba está presente nos ensaios de Carnaval, e em eventos públicos da cidade durante o ano todo. As pessoas fizeram um investimento para o Carnaval, não tem como eu largar tudo a essa altura do campeonato”, lamentava. Jogada de marketing Nas redes sociais, uma das marcas que produz a catuaba chegou a publicar uma carta criticando o veto a bebida. “Vamos fazer um Carnaval sem rótulos em Belo Horizonte. Liberte o grito Selvagem que existe dentro de você! Não deixe o samba morrer, não deixe a Catuaba faltar. O Carnaval é feito de samba e Catuaba pra gente se amar”, postou a

marca. A restrição da catuaba foi tão mal recebida que, alguns blocos de rua de BH, chegaram a se mobilizar para fazer um protesto hoje contra a decisão na porta da prefeitura. Foi parar na Câmara A polêmica sobre o assunto foi parar até na Câmara Municipal, as vereadoras Áurea Carolina e Cida Falabela (PSOL) chegaram a divulgar um requerimento encaminhado à Belotur solicitando o esclarecimento dos termos de contrato entre a Ambev e a prefeitura. Ontem, a Ambev não se manifestou sobre o assunto.

O vereador Gilson Reis (PCdoB) não é mais o líder do governo na Câmara Municipal de Belo Horizonte. Ele entregou o cargo oficialmente ontem após atuar por menos de 20 dias como responsável pela interlocução do prefeito Alexandre Kalil (PHS) com a Câmara. Segundo a prefeitura, o novo líder deverá ser anunciado em breve. Desde a semana passada, vários vereadores tem criticado o parlamentar e a PBH pela falta de diálogo com a Casa. Quem também não tem sido poupado de críticas é o vice-prefeito Paulo Lamac (Rede). Na segunda-feira, o projeto da que previa a criação do Fundo Municipal de Esporte e Lazer, proposto pela PBH, foi rejeitado na Casa. A sessão foi marcada por muito bate-boca. METRO BH

Violência. Mais um ônibus é incendiado Apesar dos esforços da Polícia Militar para tentar coibir os ataques a ônibus, criminosos voltaram a incendiar um coletivo, na noite de ontem, no bairro Belo Vista, em Mário Campos, na Grande BH. Segundo a PM, os bandidos cercaram o veículo, obrigaram o motorista e os passageiros a descer, e jogaram combustível dentro do ônibus antes de atear fogo no veículo. Os militares foram chamados por moradores já que as chamas ameaçavam atingir imóveis na região. Neste ano, 21 ônibus foram queimados em ações criminosas, 12 somente na capital. Desde o sábado, até o começo da noite desta quarta-feira, 30 suspeitos foram detidos. METRO BH

R$ 10 milhões investidos Neste ano, foram R$ 10 milhões investidos para a produção do Carnaval em Belo Horizonte. Segundo a estimativa da prefeitura, quase a metade do dinheiro teria vindo da cervejaria. PEDRO NASCIMENTO METRO BELO HORIZONTE

21 ônibus já foram incendiados | DOUGLAS MAGNO/O TEMPO/FOLHAPRESS


06|

Por 8 a 1, STF decide manter Cunha preso

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

PMS BRIGAM POR CARGOS CIVIS PARA APOSENTAR CEDO. Militares, policiais

militares e até bombeiros disputam a tapa, em todo o país, oportunidades de serem colocados à disposição de governos municipais, estaduais e até federal, em razão de uma portaria bizarra de 2012, do Comando do Exército. Pela portaria 871, é transferido automaticamente para reserva remunerada (aposentadoria) quem ocupar por mais de dois anos cargos fora da sua unidade militar. OUTRA MAMATA. Se a

ideia era inibir a transferência para trabalhar fora dos quartéis, a portaria bizarra acabou criando outra mamata no serviço público.

OBJETOS DE DESEJO. Gabinetes de políticos policiais ou militares como Jair Bolsonaro são os mais procurados por milicos para antecipar aposentadoria integral.

“PARA NÃO TER DISPUTA.” PRESIDENTE DA CÂMARA, RODRIGO MAIA, JUSTIFICA A DEMORA NA DEFINIÇÃO DAS COMISSÕES

PM e vai ganhar aposentadoria. ZAP NUNCA MAIS. Chan-

tageada por WhatsApp pelo hacker Silvonei José de Jesus Souza, a primeira-dama Marcela Temer deixou de utilizar o aplicativo em 11 de maio de 2016, mesmo dia em que o bandido foi preso.

RECORDE NEGATIVO. Já são

106 os policiais sequelados por “disparos acidentais” de armas da Taurus que resolveram processar a empresa. Mas a Taurus celebra o recorde da venda de 2 mil pistolas. Uma lei marota obriga nossas polícias a comprar armas “made in Brasil”, que só a Taurus produz.

NOME DE MINAS. Aécio

Jair Bolsonaro | FÁBIO RODRIGUES /AGÊNCIA BRASIL

FESTA NO GABINETE. Um

major lotado no gabinete de Bolsonaro esfrega as mãos: no domingo (19) completa 2 anos fora da

Neves levou até Michel Temer a sugestão de Carlos Velloso para ministro da Justiça, mas sabe que o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal não é o “nome do PSDB”. De Minas Gerais, certamente.

PODER SEM PUDOR

PAC e POC A polêmica causada pelo “sincericídio” do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, contando como o número de votos de um partido na Câmara ou no Senado é o que determina a escolha de um ministro, faz lembrar a ironia do ex-depu-

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

tado federal Beto Albuquerque (RS), então líder do PSB, que usou um paralelo com o PAC para definir a paixão do PT por boquinhas: - Eles (petistas) defendem é o POC, Programa de Ocupação de Cargos. O resto é salamaleque.

COM ANDRÉ BRITO, GABRIEL GARCIA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

Lava Jato. Pedido de liberdade feito pela defesa do ex-presidente da Câmara foi rejeitado ontem pelos ministros do Supremo. Eduardo Cunha está detido desde outubro de 2016 Por 8 votos a 1, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu ontem manter na prisão o deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). A defesa apresentou recurso contra a decisão de dezembro dada por Teori Zavascki, morto no mês passado, contrária a liberdade. Relator da Lava Jato, Edson Fachin manteve o entendimento do ex-ministro e afirmou que a reclamação não é instrumento adequado para o pedido, uma vez que ainda existem recursos pendentes na Justiça Federal do Paraná e no STJ (Superior Tribunal de Justiça). “O recurso é inapto à decisão. É prematura a manifestação desse STF sobre o tema antes de esgotadas instância antecedentes”, afirmou. Acompanharam o voto os ministros Roberto Barroso, Luiz Fux, Rosa Weber, Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Celso de Mello e Cármen Lúcia. Apenas o ministro Marco Aurélio votou pela concessão de habeas corpus e fez uma crítica ao que chamou de ‘excessos’

de prisão provisória. “Não estamos julgando o acusado, muito embora já crucificado pela opinião pública. A provisória tornou-se uma regra atropelando o rito do processo-crime”, protestou o ministro Marco Aurélio. Aneurisma A defesa de Cunha reclamou que o pedido de prisão não apresenta novidades e que o juiz Sérgio Moro usou os argumentos rejeitados pelo STF para negar o pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, quando ele ainda era deputado. O advogado Ticiano Figueiredo fez críticas também ao tratamento dado à notícia que seu cliente tem um aneurisma. “Foi usado como um reality show macabro”, avaliou o defensor do ex-deputado cassado. Ontem, Figueiredo disse que o Supremo não entrou no mérito sobre a prisão está correta ou não e que confia que o STJ concederá a soltura do ex-deputado. E caso isso não ocorra, vai recorrer ao STF novamente. METRO BRASÍLIA

Cunha teve pedido de habeas corpus negado | PAULO LISBOA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Carnaval no ES terá apoio de Exército e Força Nacional A Força-Tarefa Conjunta Capixaba, composta por pela Força Nacional de Segurança, Exército, Marinha, Aeronáutica e polícias Civil e Militar, será responsável pela segurança dos foliões durante o Carnaval de Vitória. A ação terá reforço da guarda municipal da capital e dos municípios vizinhos, que atuarão no entorno do Sambão do Povo. A festa começa amanhã, às 21h. De acordo com o general responsável pela força-tarefa, Adilson Carlos Katibe, os preparativos para a segurança estão definidos. “O local do carnaval (Sambão do Povo) já faz parte do nosso dispositivo de segurança. Tudo aquilo que já foi montado de patrulhamento, tanto motorizado quanto a pé, será empregado”, afirmou.

Movimentação do Exército é intensa desde a semana passada | CHICO GUEDES/METRO ES

Segundo o general, após a festa na capital, a força-tarefa deve levar o plano de segurança para o Carnaval para outros municípios do Estado. O prazo de permanência da Forças Nacional no Estado se encerraria hoje, mas uma

decisão publicada ontem no Diário Oficial da União prorrogou o período para até 5 de março. O governo do Estado também solicitou ao governo Federal que as Forças Armadas permaneçam por mais 20 dias. METRO ES

Primeira-dama

Justiça do DF suspende liminar que fazia censura A Justiça de Brasília derrubou liminar que proibia a divulgação do conteúdo de uma chantagem feita por um hacker, acusado de clonar o celular da primeira-dama, Marcela Temer. Na decisão, tomada em recurso impetrado pelo jornal “Folha de S.Paulo”, o desembargador Arnoldo Camanho de Assis apontou para violação da liberdade de expressão. O mérito da suspensão da censura ainda será julgado por um colegiado do TJ-DF. O criminoso foi condenado a 5 anos e 10 meses. A defesa de Marcela não irá recorrer. METRO BRASÍLIA


08|

Repatriação. Aprovada a reabertura do prazo A Câmara aprovou ontem o projeto que reabre o prazo para regularização de bens e recursos mantidos ilegalmente no exterior. O texto foi aprovado por 303 votos a favor, 124 contra e 7 abstenções. Como houve mudança, a proposta volta a ser analisada pelo Senado. O relator, Alexandre Baldy (PTN-GO), alterou as alíquotas a serem pagas para legalização: 15% de imposto e 20,25% de multas. Os senadores propuseram 17,5% para multas e 17,5% para impostos. “A mudança vai equalizar o imposto e manter o resultado final de 35%”, justificou. A repatriação foi tratada como tema prioritário da reunião dos governadores, ocorrida na residência oficial do governador do DF, uma vez que parte dos re-

cursos será distribuída entre os Estados e municípios. O primeiro programa de regularização, concluído em outubro de 2016, permitiu arrecadação de R$ 46,8 bilhões. A previsão da nova edição é de arrecadar R$ 16,2 bilhões. O prazo de vigência será de quatro meses. Polêmica Um destaque proposto pelo PCdoB e aprovado pelo plenário tirou do texto a permissão para que parentes de políticos possam repatriar valores. O artigo havia sido incluído pelos senadores, numa manobra patrocinada pelo líder do governo no Congresso, Romero Jucá (PMDB-RR). Como o texto volta ao Senado, poderá haver nova reviravolta nessa polêmica. METRO BRASÍLIA

OUT/16

10,3 POSITIVO 6,7 NÃO SABE FEV/17

31,5 16,1

Maior no governo Temer

27,3

Maior no governo Dilma

24,2

46,8

Está maior

39,9

Menor

Executivo Judiciário

4,2 10,9

Sim

Não

5,7

91

Sim

Não

89,3

10,7

Impacto da Lava Jato na corrupção 33,3

Igual nos três poderes Legislativo

Empresários

23,7 19,4 10,2

Vai acabar

4,9

Vai diminuir muito Vai diminuir um pouco Vai continuar igual

28,5 39,6 23,6

FONTE: PESQUISA DO INSTITUTO MDA ENCOMENDADA PELA CNT (CONFEDERAÇÃO NACIONAL DOS TRANSPORTES) FEITA ENTRE 7 E 11 DE FEVEREIRO COM 2.002 PESSOAS DE 138 MUNICÍPIOS DE 25 UNIDADES DA FEDERAÇÃO

Confronto com fuzileiros no Rio deixa um morto No segundo dia de patrulhamento de militares das Forças Armadas nas zonas sul, oeste e região metropolitana do Rio, um confronto envolvendo fuzileiros navais deixou um morto na manhã de ontem, nas imediações da rodoviária Novo Rio. O tiroteio começou quando dois homens que praticavam roubos na zona portuária dispararam contra um caminhão da Marinha. Os militares reagiram e acertaram um dos criminosos, que morreu no local. O outro conseguiu fugir com uma moto. A ação começou quando dois homens tentaram roubar uma moto na zona portuária. “O bandido perguntou: ‘Tem alarme na moto?’. Falei ‘tem’ e entreguei o alarme. Mas entreguei o da minha garagem. Foi o que me deu tempo de

AÉCIO NEVES (PSDB) MARINA SILVA (REDE) BRANCO/NULO INDECISOS

28,6% 28,3% 31,9% 11,2%

LULA (PT) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

42,9% 19,0% 29,3% 8,8%

MARINA SILVA (REDE) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

34,4% 16,8% 35,2% 13,6%

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) BRANCO/NULO INDECISOS

32,8% 13,9% 12,1% 12,0% 18,6% 10,6%

2º TURNO:

11,1

Onde há mais corrupção

34,1% 13,1% 39,9% 12,9%

58,6 25,1

População em geral

Conhece a Lava Jato

Percepção geral da corrupção

AÉCIO NEVES (PSDB) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

SOUBERAM

FEV/17

Algum partido livre de corrupção 40,1

Igual nos dois governos

LULA (PT) AÉCIO NEVES (PSDB) BRANCO/NULO INDECISOS

13,2 NÃO

Outros

Combate à corrupção

Igual

APROVAM

16,9

Políticos 48,8

Maior no governo Dilma Maior no governo Temer

24,4

Maiores corruptos

Igual nos dois governos

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) AÉCIO NEVES (PSDB) JAIR BOLSONARO (PSC) BRANCO/NULO INDECISOS

DESAPROVAM

51,4

OUT/16

Percepção sobre corrupção governos Dilma e Temer

31,8% LULA (PT) 12,1% MARINA SILVA (REDE) 11,7% JAIR BOLSONARO (PSC) GERALDO ALCKMIN (PSDB) 9,1% 5,3% CIRO GOMES (PDT) 1,0% JOSUÉ ALENCAR (PMDB) 17,1% BRANCO/NULO 11,9% INDECISOS

62,4

31,7 13,6 12,6

CENÁRIO 1

44,1 NEGATIVO 38,9 REGULAR

CENÁRIO 2

36,7 36,1

POPULARIDADE DO PRESIDENTE

CENÁRIO 3

AVALIAÇÃO DO GOVERNO

30,5% 11,8% 11,3% 10,1% 5,0% 3,7% 16,3% 11,3%

LULA (PT) MARINA SILVA (REDE) JAIR BOLSONARO (PSC) AÉCIO NEVES (PSDB) CIRO GOMES (PDT) MICHEL TEMER (PMDB) BRANCO/NULO INDECISOS

CENÁRIO 1

Perspectivas Quase metade da população ouvida considera que a corrupção é igual tanto no governo Temer quanto no governo Dilma Rousseff (PT). A projeção para os próximos seis meses é de manutenção do atual cenário nas áreas de emprego, renda mensal, saúde e educação. Na segurança pública, a perspectiva, contudo, é de piora para 46,6% dos entrevistados. METRO BRASÍLIA

Popularidade do presidente Michel Temer e do governo despencam. Abaixo os principais resultados da pesquisa CNT/MDA:

CENÁRIO 2

Eleições 2018 A pesquisa também fez simulações para a corrida presidencial do próximo ano. Na consulta espontânea, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve um

salto de 11,4% para 16,6% nas intenções de voto. O petista também lidera todos os cenários de primeiro e segundo turnos, independentemente dos adversários: 42,9% a 19%, contra o atual presidente Michel Temer (PMDB); 38,9% a 27,4% contra Marina Silva (Rede); e 39,7% a 27,5% se o candidato for o senador Aécio Neves (PSDB). O tucano vence nos cenários contra Temer e Marina. A fundadora da Rede só venceria na disputa contra o atual presidente da República. O deputado Jair Bolsonaro (PSC) teve índices entre 11,3% a 12% nos cenários de primeiro turno, mas o levantamento não simula uma eventual presença dele no segundo turno.

ELEIÇÕES 2018

CENÁRIO 3

O presidente Michel Temer (PMDB) viu a popularidade, já em baixa, ruir nos últimos quatro meses. Pesquisa do Instituto MDA, encomendada pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e divulgada ontem, aponta aumento de 11 pontos percentuais na avaliação pessoal negativa do presidente em fevereiro, na comparação com outubro do ano passado. Só 24,4% o aprovam. O desempenho do governo também apresentou piora na avaliação de ruim e péssimo – que aumentou de 36,7% para 44,1%. Os que classificam a gestão como ótima ou boa caíram de 13,6% para 10,3%. “A situação envolvendo a popularidade é muito crítica. Mas, por outro lado, tem uma base política muito forte no Congresso Nacional. Provavelmente, essa é a questão que mais sustenta o governo, o que poderá ajudar nas reformas”, analisou o presidente da CNT, Clésio Andrade.

LADEIRA ABAIXO

CENÁRIO 4

METRO RIO COM BANDNEWS FM

Pesquisa CNT. Presidente vê desaprovação subir 11 pontos percentuais. Avaliação negativa do governo também cresce. Na projeção de 2018, Lula derrota todos os adversários

CENÁRIO 5

Cardápio próprio, colchão diferenciado, gelo, refrigerante, jornais e até um cooler dentro da cela. Essas são algumas das regalias que o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB), preso na Cadeia Pública Pedrolino Werling de Oliveira, conhecida como Bangu 8, usufrui diariamente. A denúncia é de um ouvinte da BandNews FM, que esteve detido no local e revelou, com exclusividade, detalhes sobre a rotina do político. Segundo ele, que pediu para não ter a identidade revelada, os privilégios se estendem aos comparsas de Cabral. “Todas as manhãs, ele recebe na cela dele dois sacos de gelo e muita água mineral. Isso aí é um luxo. Chegava refrigerante para eles também. Eu via porque sempre pedia o jornal para ler, porque eles têm diariamente, outro luxo. Cada preso da cela dele tem um cooler e até carne eu vi lá. Todos os dias, ele não come a comida da cadeia”, relatou. Ainda segundo o ouvinte, Cabral fica fora da cela quase que o dia inteiro: “Eles têm acesso à academia, uma biblioteca e o banho de sol deles é livre”. A Seap (Secretaria de Estado de Administração Penitenciária) negou as mordomias. A pasta ressaltou ainda que a unidade prisional é fiscalizada constantemente pelo Ministério Público e pela Vara de Execuções Penais, que não identificaram irregularidades.

Temer tem rejeição de 62%

CENÁRIO 6

Preso. Cabral teria regalias em Bangu 8

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

39,7% 27,5% 25,5% 7,3%

38,9% 27,4% 25,9% 7,8%

Segurança Pública GUTEMBERG GONÇALVES/SIGMAPRESS/FOLHAPRESS

Ato no Palácio do Governo

Familiares de policiais de SP fazem protestos

Militares em patrulha em local onde homem foi morto | REPRODUÇÃO/ BAND

sair correndo”, relatou o advogado Geraldo Freire, vítima do assalto. Os bandidos fugiram e abordaram outro motociclista. “Eles me soltaram para levar a moto, aí um deles subiu na garupa e já atirou contra o caminhão da Marinha que

estava passando. Os soldados reagiram e conseguiram derrubá-lo da garupa”, contou o rapaz, que não se identificou. O Ministério da Defesa informou, em nota, que vai instaurar inquérito policial militar para apurar o caso. METRO RIO COM BAND

Familiares de policiais militares realizaram ontem dois protestos na cidade de São Paulo reivindicando melhorias para a categoria. Os atos – em frente ao Palácio do Governo, no Morumbi (zona sul), e na avenida Tiradentes, na região da Luz (centro) – não impediram o trabalho dos policiais e provocaram apenas interdições no trânsito. O secretário da Segurança Pública, Mágino Alves, se reuniu com os sindicatos. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

09|

Invasões de terrenos prejudicam a Grande BH Efeito ruim. No ano passado, R$ 1,5 bilhão em investimentos deixaram de ser feitos pelo setor da construção civil por conta das ocupações Além de colocarem vidas em risco, as invasões de terrenos na região metropolitana de Belo Horizonte, cada vez mais rotineiras, estão prejudicando o aquecimento da economia da capital e cidades no entorno. Só em 2016, cerca de R$ 1,5 bilhão deixaram de ser investidos na cidade devido ao impedimento da construção de novas moradias, segundo levantamento feito pelo Sinduscon-MG (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais). “Além de ser uma afronta à Justiça, essas invasões ainda provocam uma enorme insegurança jurídica, que acaba prejudicando a

“Quando há uma ocupação irregular, a impressão que temos é de que a lei não vale para os invasores” ANDRÉ CAMPOS, PRES. DO SINDUSCON-MG

sociedade como um todo. Cria-se uma situação que não beneficia ninguém, em especial os menos favorecidos. Famílias ficam sem moradias dignas, empresas têm prejuízos, empregos e tributos deixam de ser gerados, reduz a renda, cresce a violência no entorno e desestimula novos investimentos na região”, afirma Andre Campos, presiden-

Reintegração de posse ontem no bairro Maria Conceição, em Contagem, terminou em confronto

| MOISES SILVA/O TEMPO/FOLHAPRESS

te do Sinduscon-MG. Segundo ele, somente em um empreendimento que está parado por conta das ocupações ilegais, na região Norte de BH, poderia gerar cerca de R$ 800 milhões com a construção de cerca de 13 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV). Isso corresponde a 21% do deficit habitacional da cidade. “Isso é um desrespeito às políticas públicas de habitação e às pessoas que se cadastraram nos programas sociais para garantir o seu direito à moradia. Inclusive, há vários casos de invasores que já possuem imóvel próprio”, reclama Campos. METRO BH


10|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

FGTS: abril deve ser o mês com mais saques Contas inativas. No período, 26% poderão retirar o dinheiro do fundo. Quem não sacar até 31 de julho perde direito ao resgate Os aniversariantes de março, abril e maio são maioria (26%) entre os titulares de contas inativas do FGTS com direito a sacar os recursos. Com isso, um volume maior de saques deve ocorrer em abril, a partir do dia 10, segundo a Caixa. Maio e julho também serão meses de grande movimentação. Os saques autorizados a partir de 12 de maio (aniversariantes de junho, julho e agosto) e de 16 de julho (aniversariantes de setembro, outubro e novembro) representam 25% das contas

Agências abriram ontem com duas horas de antecedência | JOKA MADRUGA/FUTURA PRESS

inativas, cada um. Já os nascidos entre janeiro e fevereiro, que representam 16% das contas, poderão sacar já a partir de 10 de março. Trabalhadores que fazem aniversário em dezembro, que po-

derão sacar a partir de 14 de julho, têm apenas 8% das contas. Mais de 30 milhões de pessoas têm saldo possível de ser sacado. O montante total é de R$ 43 bilhões. A Caixa reforçou on-

tem que a janela para saque das contas inativas do FGTS vai de 10 de março a 31 de julho. Depois desse prazo, valerão as regras normais para saque, em casos como demissão sem justa causa, aposentadoria e aquisição de moradia própria. Dessa forma, os primeiros beneficiados, aqueles que nasceram entre janeiro e fevereiro, terão mais de quatro meses para resgatar o dinheiro. Já os que nasceram em dezembro terão apenas o mês de julho. As agências da Caixa abriram ontem duas horas mais cedo para esclarecer dúvidas dos trabalhadores. O horário continua estendido hoje e amanhã. Além disso, 1.891 agências funcionarão em um sábado por mês até julho, com exceção de abril (18 de fevereiro, 11 de março, 13 de maio, 17 de junho e 15 de julho). METRO

Mercados. Dólar fecha em R$ 3,067 e Bolsa atinge o maior nível em cinco anos O dólar recuou 0,94%, a R$ 3,0670 na venda, menor patamar de fechamento desde 18 de junho de 2015 (3,0588 reais). Na véspera, a moeda norte-americana já havia ido abaixo de R$ 3,10. O dia foi marcado pelo otimismo dos investidores em relação ao cenário político no Brasil e por nova atuação do Banco Central no mercado de câmbio. Ajudou também no movimento de queda do dólar o ingresso de recursos no país, parte dele para aplicação em Bolsa. Nas casas de câmbio, o dólar turismo era negociado, por volta das 19h20, entre R$ 3,20 e R$ 3,30, em espécie, e entre R$ 3,35 e R$ 3,40, no cartão pré-pago, segundo o site Melhor Câmbio. Com os ganhos de ações de bancos entre as principais influências positivas e em sessão marcada por vencimento de opções, o Ibovespa, principal índice

0,94% foi o recuo do dólar ontem, menor patamar de fechamento desde 18 de junho de 2015 da Bolsa brasileira, subiu 1,89%, a 67.975 pontos. Foi o maior patamar de fechamento desde 14 de março de 2012 (68.257 pontos). Na terça-feira, o ministro Celso de Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal), decidiu manter Moreira Franco como ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, devolvendo a prerrogativa de foro ao peemedebista, que já foi citado em delações na operação Lava Jato. A decisão foi vista pelo mercado como demonstração de força do governo do presidente Michel Temer e que pode facilitar a aprovação de importantes reformas, como a da Previdência, segundo a Reuters. METRO

MUNDO

Reprodução do “2016 WF9” feita pela Nasa | NASA/JPL-CALTECH

Fique calmo! Nasa afirma que mundo não vai acabar hoje Depois de os maias arriscarem uma data em 2012, a nova promessa de fim do mundo é russa. O novo messias da catástrofe tão temida por muita gente é o astrônomo russo Dyomin Damir Zakharovich. Em entrevista publicada em janeiro pelo jornal inglês Daily Mail, o cientista cravou: o mundo acaba no dia 16 de fevereiro (hoje!). A cena prevista pelo russo não é novidade no cinema. Um meteoro atinge o oceano, gera ondas gigantes e dizima a vida na Terra. Zakharovich afirmou que um corpo celeste de cerca de 1 km de diâme-

tro, batizado de “2016 WF9’’ e monitorado pela Nasa, está em rota de colisão com a Terra. Perfis falsos surgiram nas redes sociais ironizando a profecia do astrônomo. O mais curioso é que o “2016 WF9” realmente está em órbita. A Nasa afirma monitorá-lo desde novembro passado. A agência espacial americana diz, porém, que o mais perto que esse possível cometa passará da Terra será no dia 25 deste mês, a uma distância de 51 milhões de km. “A trajetória é bem nítida, e o objeto não é uma ameaça à Terra”, frisa. METRO

Trump ataca agências de inteligência após vazamentos na mídia Sem provas. Em meio a novas reportagens sobre a relação entre EUA e Rússia, presidente disse ontem que FBI e NSA entregam informações sigilosas de forma ilegal para os jornais A divulgação de novas interceptações de ligações telefônicas entre russos e membros do governo Donald Trump levou o presidente norte-americano a atacar as agências de inteligência do país. Usando sua conta pessoal no Twitter, ele afirmou que FBI e NSA são responsáveis por vazar informações sigilosas de forma ilegal para a imprensa. “O verdadeiro escândalo aqui é que a informação confidencial é dada ilegalmente pela ‘inteligência’ como doces. Muito anti-americano!”, tuitou. Trump aproveitou para criticar os principais jornais do país. “Informação

é dada ilegalmente aos ineficientes @nytimes e @washingtonpost pelas agências de inteligência (NSA e FBI?). Assim como a Rússia faz.” As acusações, feitas sem provas pelo presidente, acontecem após nova reportagem do “New York Times” sobre ligações telefônicas entre membros da campanha presidencial de Trump e autoridades de alto escalão russo no ano anterior à eleição. De acordo com o jornal, as agências de inteligência americanas tentaram descobrir se a campanha de Trump estava ao lado dos russos no ataque cibernético ao Comitê Nacio-

nal Democrata, o que não foi comprovado. As ligações interceptadas entre russos e americanos levaram à saída de Michael Flynn do cargo de conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos. Senadores republicanos afirmaram ontem que querem investigação aprofundada sobre o tema. “A Rússia precisa pagar um preço quando se trata de interferir na nossa democracia e em outras democracias, e qualquer pessoa de Trump que trabalhou com os russos de forma inaceitável precisa pagar um preço”, disse ontem o senador Lindsey Graham.

Encontro Trump e o premier de Israel, Benjamin Netanyahu, se reuniram ontem pela primeira vez desde que o republicano foi eleito. O conflito entre israelenses e palestinos foi tema central entre os líderes. “Os Estados Unidos vão incentivar a paz”, disse Trump. Diferentemente de outros presidentes norte-americanos, ele não defendeu a criação de dois Estados na região. “Por muito tempo, pensei que a solução de dois Estados era a mais fácil. Mas, honestamente, se Israel e os palestinos estão felizes, eu estou feliz com o que eles prefirem.” METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FGTS}

11|

Saia do vermelho Com a liberação do dinheiro de contas inativas do FGTS, e a divulgação da agenda de saques na última terça, cerca de R$ 43 bilhões devem ser injetados na economia. Pessoas nascidas em janeiro e fevereiro já poderão sacar a partir do dia 10 de março. O saldo pode ser consultado pelo site da Caixa Econômica Federal e por meio de aplicativo para smartphones e tablets. Em tempos de crise, essa pode ser uma boa e bem-vinda ajuda para quitar dívidas. Ou, se não for o caso, uma oportunidade de fazer um pé-de-meia, investindo em alguma aplicação. O importante é fazer o dinheiro render mais, certo? Quem pensa em zerar dívidas deve antes verificar se o valor resgatado será suficiente para quitar o débito em sua totalidade, do contrário, é mais interessante investir o dinheiro para ter força para negociar no futuro, orienta Reinaldo Domingos, doutor em educa-

FGTS na mão! Ainda não sabe como gastar o dinheiro das contas inativas? Calma! Ajudamos você a usar melhor o recurso

Se o valor resgatado não for suficiente para zerar débitos, melhor opção é investir o dinheiro | ALOISIO MAURICIO/FOTOARENA/FOLHAPRESS

ção financeira e presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros). “O inadimplente deve buscar descontos nessa negociação, para diminuir boa parte da dívida e então fazer o pagamento à vista”. O profissional orienta, por exemplo, negociar juros exorbitantes, como no caso dos cartões de crédito.

Propor o pagamento de apenas 10% ou 15% da dívida, para talvez chegar a algo em torno de 20% do valor, também pode ser uma opção, sugere Domingos. “Como as empresas querem receber, especialmente neste momento de crise econômica, tendem a oferecer descontos mais atrativos para quem está inadimplente.”

E vale também redobrar a atenção com a documentação, alerta o advogado Eros Romaro, sócio do escritório Romaro e Paixão Advogados. “O devedor deve sempre exigir que lhe sejam fornecidas cópias das propostas de renegociação e originais dos comprovantes de pagamento e termos de quitação.”

Devo, não nego Na pressa de pagar as dívidas em atraso, cuidado para não se enrolar ainda mais. A dica dos especialistas é não procurar o credor antes de fazer uma análise cuidadosa de sua situação financeira. “É importante ter paciência e dizer ‘devo, não nego, pago, como e quando puder’”, sugere o educador financeiro, Reinaldo Domingos. Na opinião do profissional, é preciso conhecer primeiro todas as dívidas e fazer um diagnóstico por 30 dias para identificar quais despesas podem ser reduzidas – e até eliminadas –, para só então partir para uma renegociação parcelada. Endividado ou não, considerando que o dinheiro aplicado no FGTS tem rendimento abaixo da inflação, o melhor mesmo é sacar logo tudo de uma vez e destinar o valor resgatado para uma nova finalidade. Parado nas contas inativas, a única garantia é que ele valerá cada vez menos. METRO

+ ESPECIAL Dívidas

Qual pagar? Se não for possível pagar todas as contas, qual pagar? As mais caras, diz o advogado Eros Romaro, sócio do escritório Romaro e Paixão Advogados. “Pague as de juros mais altos, como cheque especial, cartão de crédito, empréstimos bancários e financiamentos”. Dívidas condominiais também devem ser priorizadas, pois o condomínio pode penhorar o imóvel para receber o crédito. O mesmo vale para as dívidas fiscais.


12|

2 CULTURA

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Busca pelas origens guia trama de ‘Lion’ Estreia hoje. Baseado em história real, filme narra jornada de menino que procura sua família biológica 25 anos após se perder dela na Índia O drama retratado em “Lion – Uma Jornada para Casa”, que estreia hoje, é desses que imploram para se tornarem filme. Baseado em uma história real, ele apresenta elementos que agradam ao público mainstream: há uma criança carismática, a busca dela por seu lugar no mundo, uma missão aparentemente impossível e um desfecho para apaziguar corações. Revelado em “Quem Quer Ser um Milionário?” (2008), Dev Patel vive a versão adulta de Saroo, um menino de um pobre vilarejo indiano que se perde da família após dormir em um trem que o leva para o outro lado do país. Sem falar a língua domi-

INDICADO A MELHOR Ʉ Filme Ʉ Ator coadjuvante (Dev Patel) Ʉ Atriz coadjuvante (Nicole Kidman) Ʉ Roteiro adaptado Ʉ Fotografia Ʉ Trilha sonora original

nante, sem documentos e sem qualquer forma de contato com a família, ele acaba vagando pelas ruas até ir a um orfanato e ser adota-

do por um casal australiano interpretado por Nicole Kidman e David Wenham. Vinte e cinco anos depois, Saroo se vê impelido a buscar suas origens e, com a ajuda de ferramentas da internet, tenta rastrear sua família. Dirigido por Garth Davis, o filme é cheio de boas intenções, mas carece de ritmo. O primeiro ato empolga com a espontaneidade do ator-mirim Sunny Pawar diante das adversidades, mas a segunda parte deixa a desejar ao não acertar o tom do drama vivido pelo protagonista. O que salva “Lion” é a sensação de acompanhar uma história incrível – e saber que ela é real. METRO

Dev Patel vive Saroo, que usa a internet para rastrear sua mãe | DIVULGAÇÃO GETTY IMAGES

Três estreias de Oscar Indicados ao prêmio da Academia chegam em massa aos cinemas

‘Minha Vida de Abobrinha’

1

Filmado com técnica stop motion, na qual bonecos são manipulados quadro a quadro, a animação francesa narra a história de Abobrinha, um garoto que, após perder a mãe, se muda para um orfanato.

Que susto!

3

‘‘Eu não Sou seu Negro’ O documentário de Raoul Peck trata da questão racial nos EUA ao dar forma ao último projeto do escritor James Baldwin (19241987), que se propunha a fazer uma narrativa pessoal da vida e da morte de

ROBERT ZEMECKIS Cineasta americano fala sobre ‘Aliados’, em que Brad Pitt contracena com Marion Cotillard

INDICADO A MELHOR Ʉ Longa de animação

2

‘Um Homem Chamado Ove’ O longa do sueco Hannes Holm põe o foco sobre o aposentado e viúvo Ove (Rolf Lassgård), que, amargurado, não vê mais sentido na própria vida. Tudo muda quando

metrojornal.com.br

O ator Harrison Ford, 74, escapou de um acidente com seu avião privado na noite da última segunda. Ele tentava aterrissar no aeroporto de John Wayne, na Califórnia, quando errou a pista e quase atingiu um avião da American Airlines.

A princípio hostil, o lugar e seus habitantes vão se revelar uma família amorosa, com a qual Abobrinha vai amadurecer.

três grandes amigos seus: Medgar Evers, Malcolm X and Martin Luther King Jr.

INDICADO A MELHOR Ʉ Documentário em longa-metragem

INDICADO A MELHOR Ʉ Filme estrangeiro Ʉ Maquiagem e cabelo

uma família de imigrantes se torna vizinha dele, dando vazão a uma improvável amizade.

Em “Aliados”, que estreia hoje, Robert Zemeckis dirige a história de espiões (Brad Pitt e Marion Cotillard) que se apaixonam durante uma missão em plena Segunda Guerra Mundial. Eles se casam e se mudam para Londres. Pouco depois, o personagem de Pitt é informado que sua mulher pode ser uma espiã nazista. Ele se recusa a acreditar e fará tudo para provar a inocência da amada. Que desafios você buscou ao fazer um filme de guerra concentrado nos personagens, e não nas batalhas? O fato no qual mais me concentrei foi o de esses personagens estarem completamente apaixonados um pelo outro. Eu sempre voltava a eles. Todo o aspecto visual do filme

tinha que falar disso. O personagem de Pitt está tão apaixonado que se convence da inocência dela. Sim. Ele sente uma necessidade desesperada de provar isso, mas essa é uma missão quase impossível. Ele começa a perceber que está delirando quando coloca a si mesmo e outras pessoas em perigo. Os personagens não falam muito, é a câmera que revela a psicologia deles... Definitivamente. O que pedi ao meu câmera foi que o mundo daquele casal começasse a se fechar nele mesmo. A imagem começa a ficar cada vez mais claustrofóbica. No início do filme, tudo é amplo, panorâmico, e essa perspectiva se fecha ao longo da história. METRO INTERNACIONAL


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

Os entusiastas da milenar cultura japonesa podem reservar este fim de semana para prestigiar o melhor da tradição nipônica durante mais edição do Festival do Japão. Pelo sexto ano consecutivo, o evento vai trazer o melhor da gastronomia, artesanato, danças e artes marciais da Terra do Sol Nascente para os saguões do Expominas, no bairro Gameleira, na Região Oeste. O festival tem como objetivo propagar o intercâmbio social, cultural e econômico entre Brasil e Japão. Neste ano são esperadas cerca de 25 mil pessoas. Durante três dias – sexta, sábado e domingo –, crianças e adultos poderão prestigiar shows musicais como taikos, espetáculos, coreografias folclóricas e artes marcias (sumô, aikidô, karatê e judô), além de exposições, workshops, karaokê, cerimônia do chá, culinária regional das províncias japonesas e oficinas de artesanato. Entre os destaques da edição deste ano do festival está a presença do casal de youtubers Prit e Lohgann, do canal Japão Nosso de Cada Dia, que possui mais de 1,5 milhão de inscritos. Com inscrições gratuitas, o público ainda poderá experimentar as práticas de

Oshiê, composição de figuras com papéis e tecidos com a artista Alice Saguti, Origami, dobra em papel com a artista Kennya Luz, de Mangá com o quadrinista Ricardo Tokumoto, de Ikebana por Lina Kawamura e de Pipamodelismo, com o engenheiro de pipas Ken Yamazato. Também será ministrada palestra com degustação de Saquê, pela sommelier Yasumin Yonashiro. Além da agenda cultural, haverá estandes de vendas de mimos e artigos típicos japoneses. Como nos anos anteriores, a edição 2017 do Festival tem como programação paralela o 6º Encontro Internacional Brasil-Japão. A programação completa do evento pode ser acessadoa pelo site festivaldojapaominas.com.br. METRO BH

{CULTURA}

13|

BH

nipônica

Serviço No Expominas (av. Amazonas 6200 – Gameleira). Na sexta, sábado e domingo. Ingressos de R$ 8 a R$ 16. Mais informações pelos telefones 3657-4811 e 3657-4813.

Cultura. 6ª edição do Festival do Japão em Minas toma os pavilhões do Expominas neste fim de semana

Evento celebra amizade entre Brasil e Japão

Danças folclóricas, workshops e artes marciais fazem parte da programação do festival

BUDDHIKA WEERASINGHE/GETTY IMAGES

KOICHI KAMOSHIDA/GETTY IMAGES

Jojo Moyes explora leveza narrativa em livro de contos

‘The Other Side of Hope’ é um dos dois filmes que chocou o Berlinale | DIVULGAÇÃO

Berlinale entre risos e lágrimas Um deixa você preso e impotente, no meio de uma guerra civil, e o outro usa o humor para retratar como é começar uma nova vida na Europa depois de escapar do mesmo conflito. “Insyriated” e “The Other Side of Hope” são dois filmes sobre a Síria, e causaram lágrimas e risos no Festival Internacional de Cinema de Berlim. O primeiro foi rodado quase inteiramente dentro das paredes de um apartamento que se torna parecido a uma prisão para Oum Yazan, uma mãe determinada a sobreviver a uma guerra cuja brutalidade é expressa sobretudo através dos sons de bombas e de dispa-

ros de franco-atiradores. “Ele chocou as pessoas de uma maneira muito inteligente. Os ocidentais viram imagens suficientes da destruição em suas televisões. Mas poucos deles sabem o que os sírios estão passando ou como se sentem estando presos lá”, disse o crítico de cinema iraquiano Kais Kasim. O diretor belga Philippe Van Leeuw disse que o silêncio que se seguiu à exibição, assim como ver alguns de seus atores e membros da plateia em prantos no final, o fez pensar: “Missão cumprida”. “É difícil para mim dizer que fiquei feliz quando vi o filme pela primeira

vez com o público”, disse a atriz Hiam Abbass, que interpreta Oum Yazan. “The Other Side of Hope”, do diretor finlandês Aki Kaurismaki, utiliza a comicidade para retratar as experiências vividas em Helsinque pelo postulante a asilo sírio Khaled, que decide continuar no país ilegalmente depois que seu pedido é rejeitado. Seu destino é conhecer o protagonista da segunda história do filme, o vendedor finlandês Wikstrom, que compra um restaurante na capital e ali oferece a Khaled um emprego e uma cama. “Ele usa a comédia para transmitir a tragédia”, opinou Kasim. METRO

A escritora inglesa Jojo Moyes se tornou um fenômeno literário mundial em 2015, principalmente pelo sucesso de seu romance açucarado “Como eu era antes de você”. Uma das autoras mais lidas no Brasil no ano passado, ela mostra, todavia, em seu lançamento mais recente uma faceta menos explorada e mais leve de seu estilo. “Paris para um e outras histórias” reúne uma série de contos. Embora o tema central de quase todos eles seja o romantismo e como a mulher moderna lida com esse ideal, o livro aborda o assunto com menos sentimentalismo. O conto que dá título ao livro, por exemplo, narra a trajetória de uma mulher que é abandonada pelo namorado durante o que seria uma viagem romântica. Em vez de se lamentar, a personagem aborda tudo com ironia – e acaba entrando em uma jornada de autodescoberta. Essa porém, não é a melhor história do livro, que apresenta ainda outros nove textos. O melhor deles,

Contos românticos e divertidos mostram outra faceta da escritora | DIVULGAÇÃO

‘PARIS PARA UM E OUTRAS HISTÓRIAS’ JOJO MOYES INTRÍNSECA R$ 39,90

“Sapato de couro de crocodilo” constrói uma metáfora sobre a dificulade da mulher para corresponder às expectativas sociais, a partir da história de uma mulher que passa o dia se tor-

turando enquanto usa os sapatos de outra pessoa. Outros destaques são “Assalto” e “Um pássaro na mão”. Os contos do fim do livro, porém, esbarram em uma menor criatividade, em especial o último deles, ‘Lua de Mel em Paris’, que retoma, desnecessariamente, os protagonistas do livro “A garota que você deixou para trás”, em uma trama um tanto forçada. METRO BRASÍLIA


14|

{PUBLIMETRO}

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

Os invasores

Leitor fala

Na ponta do lápis

Greve da PM

MARCOS SILVESTRE

Com o salário que esses caras ganham, é um absurdo falar em greve. Nenhum operário; de qualquer empresa neste país; ganha o que um PM ganha. Um motorista de caminhão fora de estrada que custa a bagatela de R$ 4 milhões de dólares não recebe nem 1% disso para operar uma máquina que tem uma manutenção caríssima. Que os policiais militares me desculpem, mas quem escolhe ser militar sabe que não pode fazer greve. Alguém já viu as forças armadas ameaçarem greve? Quero meu direito de usar arma, já que o estado não consegue mais garantir minha segurança e de minha família.

MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

PROBLEMAS DE GRANA? ACERTE A VIDA..., E ELES SUMIRÃO!

Cruzadas

Problema$$$? Mais de duas décadas de experiência como coach financeiro me levaram a constatar: a quase totalidade dos problemas financeiros não é eminentemente financeira. Trata-se de problemas que têm suas causas nas mais diversas áreas da vida prática, e a falta de abordagem adequada resulta em consequências negativas para a vida como um todo, daí se refletindo também na vida financeira. O problema financeiro está muito mais para “consequência” em si do que para “causa”: se a raiz das questões da vida for identificada e tratada, os problemas financeiros serão naturalmente encaminhados.

GUSTAVO ANDRADE– BELO HORIZONTE, MG

Calote atleticano Eu sinceramente não entendo essa política de caloteiro do Galo. Deve Ronaldinho, Jô, Grêmio com a vinda do Victor, e olha que o Victor já está no Galo há mais de quatro anos e até hoje nada. Diretoria sem vergonha essa. Não demora vão confiscar o CT de Vespasiano, a Sede de Lourdes. Sei que deve entrar muita grana no clube, agora, onde ele vai parar isso eu não sei. Não demora os salários de atletas começam a entrar em atraso, encargos também porque essa administração fuleira só sabe enterrar o clube.

Gastos descontrolados. Sabemos que nossa vida é limitada, tanto no tempo quanto no espaço. O fato é que vivemos em um mundo em que tudo é finito e limitado. A única forma responsável de lidar com essas limitações, de não ser dominado e engolido por elas, é realisticamente enxergá-las, reconhecê-las, e daí refletir, usar nossa inteligência e capacidade de análise para fazer boas escolhas e então contorná-las. Só assim será possível ter uma vida plena, realizada, uma vida de abundância em meio à natural escassez que nos cerca. Isso vale para todas as áreas da vida, vale também para os gastos.

WILSON PINHEIRO – BELO HORIZONTE, MG

Dívidas imprudentes. Cada um deve aprender a viver com o que é seu, privando-se daquilo que não é, e ainda encontrando meios de viver bem e feliz. Tem gente que não aceita essa realidade e, entre ingenuidade e gula descomedida, quer avançar no que é de outros. O mercado, sempre ávido de bons negócios, produziu a oferta “perfeita” para esse tipo de vivente: dinheiro alugado! Mas custa caro demais... Nessa linha, boa parte da propaganda das instituições financeiras vendeu uma mentira prontamente comprada pelos afoitos: viver alugando dinheiro como estilo de vida... é normal! Não é.

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

Investimentos escassos. Por que ninguém esvazia a geladeira comendo tudinho no mesmo dia em que volta do supermercado? Oras, parece ridículo usufruir hoje de algo mais que a correta medida, apenas para amanhã ficar sem nada! Em várias outras áreas da vida, porém, esse mesmo raciocínio de bom senso é ignorado. Vive-se queimando a vela nas duas pontas, sacando contra o futuro para maximizar satisfação no presente. A vida não está sujeita a emergências que podem lhe pedir dinheiro? E nossos sonhos, que exigem grana pronta?! Sábios resolvem tudo isso antes: com bons investimentos!

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Economista com MBA em Finanças (USP), atua como orientador de famílias e educador em empresas (Metodologia PROFE®). Comentarista econômico do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV, é autor de “Os 10 Mandamentos da Prosperidade” e dirige o site www.educarparaprosperar.com.br.

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

O momento é indicado para pesquisas e cautela antes de decisões financeiras. Dia propício para se dedicar a crenças e temas espirituais.

O empenho a assuntos domésticos será mais frequente, tanto para ajustes do lar quanto para questões junto a familiares.

Tenha mais atenção com seu ritmo para não sobrecarregar a mente, o corpo e a saúde. Terapia, temas espirituais e exercícios farão bem.

Cuide para que a atenção aos problemas de outras pessoas não tire o foco dos seus assuntos. Solidariedade é importante, mas com bom senso.

O envolvimento com estudos, leitura, atividades culturais e temas diferentes que façam bem ao intelecto fará muito bem ao seu dia.

A dedicação a novos círculos sociais tende a ser mais intensa. Ocasiões que envolvam amizades e grupos farão bem ao dia.

Momento para valorizar o que tem e evitar consumismo com interesses apenas pela aparência ou por falsa impressão de eficiência.

Atente-se para que a dedicação com suas obrigações cotidianas não impeça os momentos especiais da vida afetiva.

Tendências a resgatar lembranças especiais e a retomar assuntos afetivos, esteja solteiro (a) ou mesmo se for comprometido (a).

Momento propício para esclarecer pendências jurídicas, assim como burocracias que envolvam temas materiais e negociações.

sempre bem-vindos.

Período de atenção dobrada para evitar críticas e esclarecer equívocos nas relações. Gestos prestativos são

Às vezes expressar sentimentos é necessário para que a pessoa amada ou a atual paquera não tenha que adivinhar tudo aquilo de que você gosta.

Soluções


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

El Pibe deixa hotel em Madri | SERGIO PEREZ/REUTERS

Após briga. Maradona é interrogado Diego Maradona foi interrogado no Hotel Mirasierra Suites, após supostamente agredir a sua noiva, Rocío Oliva, informou a agência EFE, baseada em relatos dos policiais. Ele foi à Espanha para acompanhar o jogo entre Real Madrid e Napoli. A denúncia partiu do diretor do hotel após a própria Rocío ir à recepção reclamar da agressividade do ex-jogador. Policiais e médicos não encontraram lesões físicas em nenhum deles e nenhuma queixa foi prestada. “Foi apenas uma discussão e ela pediu outro quarto”, disse o Pibe. METRO

A noite começou um tanto assustadora para o Real Madrid. Com menos de 10 minutos de jogo, perdia por 1 a 0 para o Napoli, no primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões, em pleno Santiago Bernabéu. Mas nada como contar com estrelas inspiradas e um brasileiro no auge de seu futebol para reverter o placar e vencer, por 3 a 1. Aos 8 minutos, Hamsik deu passe entre os zagueiros madrilenhos para Insigne, que avançou e aproveitou Navas adiantado. Ele chutou colocado e surpreende o goleiro. Dez minutos depois Carvajal fez um lindo cruzamento para a área, de trivela, e Benzema cabeceou firme para empatar. Cristiano Ronaldo não marcou – e não foi por falta de chances –, mas se destacou nos 90 minutos com belos passes e assistências perfeitas que deixavam seus companheiros na cara do gol, como foi no tento marcado por Tony Kross, na virada por 2 a 1, na segunda etapa. O melhor surgiu minutos depois. James é desarmado dentro da área, e a bola sobe, indo na direção

{ESPORTE}

z e f ço? m a e l u Q go m u

de Casemiro. O brasileiro pega de primeira, na veia, e marca um lindo gol. A partir daí foi uma sequência de gols claros perdidos pelos espanhóis, que não deram espaço para a reação dos italianos. Os dois clubes voltam a se encontrar no dia 7 de março, quando o Napoli recebe o Real MAdrid no

Será?

Rafael Carioca esteve muito perto de deixar o Galo, no fim do ano passado. Ao ser colocado no banco de reservas, ele assumiu estar insatisfeito e cogitou uma possível transferência. Mas, como no futebol tudo é muito rápido, o jogador retomou o posto e

ESPORTE

Aquele 1%

Casemiro comemora seu golaço com a torcida do Real | F JUAN MEDINA/REUTERS

Atacante treinou ontem na Cidade do Galo | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Carioca diz que confiança está de volta

3

Liga dos Campeões. Real Madrid sai atrás no placar, mas com gols de Benzemá e Kross, e um golaço de Casemiro, vence o Napoli por 3 a 1

Robinho não sente dores e está de volta ao batente O técnico Roger Machado recebeu na manhã de ontem uma excelente notícia. Robinho, o principal jogador no elenco alvinegro, está recuperado de contusão nas costas e ficará à disposição para o duelo do fim de semana pelo Campeonato Mineiro. Ontem, ele treinou na Cidade do Galo, não sentiu dores e foi liberado pelo departamento médico. Por conta da lesão, sofrida no jogo entre Brasil e Colômbia, o atacante ficou de fora de cinco partidas oficiais do Galo. Com seu retorno – Roger ainda não confirmou se ele será usado já neste fim de semana – Otero ou Cazares podem perder vaga no time alvinegro. Danilo, que de forma surpreendente, assumiu a titularidade no Galo, avaliou a importância de Robinho para o time atleticano. “Os números falam por si só. É um jogador de Seleção e de Copa do Mundo. Seu nome faz muita diferença e os números comprovam a força que ele dá ao time”, afirmou. Hoje, Roger comanda nova atividade física. METRO BH

15|

afirmou que a confiança está de volta. “A confiança voltou. Eu, falando de mim, me sinto muito mais seguro do que ano passado. A gente vê toda a hora, um perto do outro. Tenho o Elias, o Otero, o Cazares perto de mim. O Roger conseguiu rapidamente organizar o time. A tendência é melhorar. Ele prioriza não tomar gol. Foi assim no Grêmio, aqui está sendo assim”, declarou. METRO BH

estádio San Paolo precisando vencer, pelo menos, por 2 a 0. Se o placar de ontem se repetir, a disputa vai para os pênaltis. Massacre alemão No outro jogaço de ontem, o Bayern de Munique não tomou conhecimento do Arsenal e aplicou uma sonora goleada de 5 a 1 no rival in-

glês. O primeiro tempo até foi equilibrado, terminando em 1 a 1, com gols de Robben e Alexis Sánchez. Porém, na segunda etapa, só deu o time alemão. Lewandovski fez 2 a 1 e o brasileiro Thiago Alcântara brilhou, marcando outros dois. Deu tempo ainda de Müller marcar um no final do jogo. METRO

Neymar Após a derrota por 4 a 0 do Barcelona diante do PSG, Neymar postou uma mensagem: “Enquanto houver 1% de chance, teremos 99% de fé”


16|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Sem surpresas, Raposa avança na Copa do Brasil Cruzeiro. Time celeste abusou da sorte e perdeu muitos gols ontem contra o Volta Redonda. Alisson e Robinho garantiram o triunfo celeste Em uma noite de vários gols perdidos, a força do elenco do Cruzeiro prevaleceu de novo em campo e a Raposa avançou com tranquilidade ontem na Copa do Brasil vencendo o Volta Redonda por 2 a 1. Na próxima etapa da competição, a Raposa vai enfrentar o São Francisco (PA), que eliminou o Botafogo (PB). O dia e o local da partida única e decisiva serão definidos em sorteio pela CBF. Na cidade de Volta Redonda, no Sul Fluminense, a partida ontem começou animada. Com menos de 1 minuto de jogo, Alisson e Sóbis tiveram a chance de abrir o placar, mas erraram. Depois de alguns lances de perigo para ambos os lados, aos 14 minutos Arrascaeta deixou Alisson frente a frente com goleiro Douglas Borges e, dessa vez,

12 VOLTA REDONDA

CRUZEIRO

ele não errou: 1 a 0 Cruzeiro. O gol animou a Raposa, que continou insistindo no ataque com destaque para o entrosamento do quarteto formado por Arrascaeta, Sóbis, Robinho e Alisson, que cansaram de pecar na hora da finalização. O time da casa também encontrava certa facilidade em chegar ao gol de Rafael, mas quause empatou o jogo em duas oportunidades em que brilhou a estrela do substituto de Fábio. O segundo tempo do jogo começou com a mesma intensidade, mas, dessa vez, com mais oportunidades pa-

ra o Volta Redonda. O time de Mano Mezenes soube lidar com pressão e chegou ao segundo gol, aos 15 minutos, com Robinho. Só que após o chute, o jogador celeste sentiu a parte posterior da coxa direita e deixou o gramado. Apesar do 2 a 0, o gol não intimidou os donos casa, que continuavam insistindo. A recompensa veio aos 22 minutos, com Higor Leite, que aproveitou um rebote na trave para diminuir: 2 a 1. O Voltaço passou a acreditar na virada, enquanto o Cruzeiro diminuia o ritmo aos poucos, passando a explorar os contra-ataques e desperdiçando novas chances. Nos últimos minutos, a Raposa conseguiu neutralizar o adversário e assegurar vaga para a segunda fase da Copa do Brasil. METRO BH

Botafogo sai na frente no mata-mata contra o Olimpia

10 BOTAFOGO

Primeira Liga. América Paulistão. São enfrenta o Fla em Brasília Paulo vence o

x FLAMENGO

OLIMPIA

Faltam apenas 90 minutos para o torcedor do Botafogo saber se estará na fase de grupos da Libertadores da América. Ontem à noite, com 30 mil pessoas no estádio Nilton Santos, o Botafogo superou o Olimpia por 1 a 0. Na próxima quarta-feira, no Paraguai, o Glorioso joga por um empate ou derrota por um gol de diferença, desde que marque ao menos um gol fora de casa. Antes de a bola rolar, a dúvida era se o meia Montillo estaria em campo. O argentino, que se recupera de problemas musculares na coxa direita, até começou a partida, mas foi substituído por João Paulo com 13 minutos de jogo. A troca esfriou uma pressão inicial que quase resultou em um gol. O Botafogo não encontrou facilidade no ataque. Ainda que não seja um time brilhante, o Olimpia tem de-

Alisson aproveitou o passe de Arrascaeta para marcar abrir o placar da partida | CELSO PUPO /FOTOARENA/FOLHAPRESS

Rodrigo Pimpão marcou o gol solitário do jogo | VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO

terminação defensiva e segurou o empate até o fim do primeiro tempo. Aos 36, depois de um lateral cobrado na área, a bola sobrou para Rodrigo Pimpão. O atacante acertou uma linda bicicleta e abriu o placar. Além de Montillo, o Botafogo também perdeu Bruno Silva por problemas musculares. No intervalo, ele deixou o campo para a entrada de Guilherme. Com a vantagem e o nítido cansaço dos jogadores, o time tentou utilizar a velocidade da dupla

Pimpão e Camilo para armar os contra-ataques. Porém, foram poucas as vezes que a equipe conseguiu armar chances claras de gol. Roger até teve oportunidades de marcar, mas falhou praticamente na pequena área. O fim foi um sufoco só. O Olimpia pressionou, aproveitando o recuo do Botafogo. O jovem zagueiro Marcelo mostrou segurança novamente e ajudou o time a conseguir um extremamente importante para o Glorioso. METRO RIO

AMÉRICA

O América tem uma parada duríssima nesta noite, em Brasília. A partir das 21h30, o time comandado por Enderson Moreira irá duelar contra o poderoso Flamengo, no segundo confronto do time pela Primeira Liga. Na última atividade da equipe em Belo Horizonte, o treinador do Coelho preferiu esconder a escalação da equipe. Os únicos nomes confirmados para o jogo são de João Ricardo, Rafael Li-

ma, Gustavo Blanco, Auro, Tony e Hugo Almeida. Questionado se os atletas estão motivados por conta da grandiosidade do jogo, Enderson foi direto. “Claro que há uma motivação enorme por se tratar de Flamengo. Um clube que nos últimos dois anos vem bem, com um ótimo treinador que é o Zé Ricardo. Ele é um treinador jovem, com boas ideias, com comando e fazendo o time jogar de uma maneira muito interessante no aspecto coletivo. Os nossos atletas estão muito motivados, sabem da importância desse confronto, e espero que possamos fazer uma boa partida”. METRO BH

Enderson quer um time forte na marcação | AMÉRICA/DIVULGAÇÃO

Santos na Vila

13 SANTOS

SÃO PAULO

Foram oito anos e 11 jogos sem vitórias, mas o São Paulo quebrou ontem esse tabu na Vila Belmiro, ao derrotar o Santos por 3 a 1. Logo aos 10 minutos o Santos abriu o placar. Vitor Bueno deu um lindo drible em Buffarini, deixando no chão. Na linha de fundo, cruzou na cabeça de Copete, que mandou a bola pra dentro. O jogo era igual e o São Paulo foi pra cima. Na pressão, aos 36 minutos Cueva empatou em cobrança de pênalti. No segundo tempo Luiz Araújo entrou no lugar de Neilton e o jogo foi outro. O atacante botou fogo no ataque tricolor e, logo aos 10 minutos, virou a partida Aos 27, outro dele. Cueva recebeu a bola dentro da área, driblou três santistas e rolou para Araújo, que botou nas redes. METRO


20170216_br_metrobh