Issuu on Google+

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

DIVULGAÇÃO/ MARIANA VIANNA

Com diversos disfarces, Neil Patrick Harris dá vida ao cruel vilão Conde Olaf

Legenda de recortes

Crianças, cheguei! Versão de ‘Desventuras em Série’ está no Netflix

PÁG. 13

ENTRE TANTAS RAÍZES

BAILARINO DO ROYAL BALLET, O BRASILEIRO THIAGO SOARES TRAZ ‘ROOTS’ AO RIO PÁG. 12

RIO DE JANEIRO Sexta-feira, 13 de janeiro de 2017 Edição nº 1.542, ano 7 MÍN: 21°C MÁX: 32°C

www.metrojornal.com.br | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_RJ

Para evitar arrastões, ônibus serão revistados Em direção às praias. Medida polêmica é negociada com o Ministério Público e pode começar já neste fim de semana, conta o secretário de Ordem Pública. Nova comandante da Guarda Municipal toma posse e diz que vai trabalhar de forma preventiva e integrada com a PM PÁG. 02 Vista aérea de ontem do estádio

Pedro Ernesto tem 500 leitos, mas só 92 ativos Servidores do hospital e da Uerj, apoiados por alunos, protestaram contra abandono pelo Estado PÁG. 03

Baixas temperaturas na Europa ameaçam grupos de refugiados

MARACANÃ VIRA VÁRZEA

Milhares ainda estão abrigados em barracas sem infraestrutura para suportar a intensa onda de frio PÁG. 10

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Ferj tenta força-tarefa para resgatar o estádio

IBRA NO ÍBIS?

PÁG. 15

OS MELHORES TUÍTES DO ‘PIOR DO MUNDO’ PÁG. 16 NACHO DOCE/ REUTERS


02|

1 FOCO

Mensalão tucano

Bens bloqueados O desembargador Jair Varão, da 3ª Câmara Cível do TJMG, determinou o bloqueio de bens do exgovernador de Minas Gerais Eduardo Azeredo. A decisão se refere à ação de improbidade administrativa que apura o repasse de R$ 3 milhões de estatais mineiras para agências de publicidade de Marcos Valério. A denúncia tem origem na investigação sobre o mensalão mineiro, um esquema de arrecadação ilegal de recursos para campanha de Azeredo ao governo de Minas, em 1998. O ex-governador já foi condenado a 20 anos e dez meses de prisão pelo caso, mas recorre em liberdade.

Cotações Dólar - 0,50% (R$ 3,175) Bovespa + 2,41% (63.954 pts)

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Ônibus em direção às praias serão revistados Prevenção. Se não houver acordo com MP para medida começar neste fim de semana, GM fará revistas nos pontos finais O secretário municipal de Ordem Pública, coronel Paulo Cezar Amêndola, afirmou ontem que a Guarda Municipal pode iniciar, neste fim de semana, a revista nos ônibus que seguem para as praias. O objetivo é evitar furtos, roubos e arrastões. Para isso, o coronel ainda aguarda as instruções do Ministério Público, que tem se reunido com as polícias Civil e Militar, além da Guarda Municipal (GM). “Medidas operacionais serão traçadas para que as revistas sejam feitas estritamente dentro da lei, para promover uma proteção maior aos banhistas. Se não ocorrer, nós não faremos a prevenção na raiz”, disse o secretário, durante a cerimônia de posse da comandante-geral da GM, Tatiana Mendes. Se não houver entendimento com o MP para que a medida entre em vigor de imediato, ele explicou que as revistas vão ocorrer nos pontos finais, depois que passageiros com comportamento suspeito descerem dos ônibus. O secretário disse ainda que, dentro de 60 dias, espera que a Justiça se pronuncie sobre o uso de armas não letais. No entanto, Amêndola ressaltou que 80% dos delitos na cidade acontecem sem arma de fogo e que, portanto, os guardas podem atuar. A nova comandante da GM

Apenas um dos 41 detidos na linha 474 ficou preso

Amêndola, Crivella e Tatiana em sua posse na GM | EDVALDO REIS/PREFEITURA

“Sabemos que parte das pessoas que vão para a praia não chegam lá com o intuito de diversão, mas para praticar arrastões.” CORONEL PAULO CEZAR AMÊNDOLA, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ORDEM PÚBLICA

disse que os agentes só vão atuar em situação que não envolva arma de fogo, mas que a corporação já está preparada para usar as armas não letais quando elas forem liberadas. “Vamos continuar com o treinamento, mas já temos setores capacitados”, afirmou Ta comandante, acrescentando que, posteriormente, armas de fogo poderão ser usadas. Enquanto isso, os guardas municipais começam a integração com a PM utilizando os rádios de comuni-

Selic (13,00% a.a.)

Salário mínimo (R$ 937)

‘Sistema ameaçado’ O Rio Ônibus, sindicato das empresas de ônibus do município, divulgou informe dizendo que a decisão da prefeitura de não aumentar a tarifa ameaça o sistema: “Além de quebra de contrato, não reajustar a tarifa representa uma ameaça ao equilíbrio econômico-financeiro das empresas. Em curto prazo, há risco de descontinuidade de linhas e falta de ônibus em várias regiões da cidade.” METRO RIO

Moradores filmaram a ação do grupo em Copacabana | REPRODUÇÃO/BAND

bus da linha e também assaltaram passageiros. O delegado da 12a DP disse que iniciou um estudo para identificar os envolvidos e garantir que não saiam impunes. METRO RIO

Troca no comando da CET-Rio

‘Momento de confusão’, alega Crivella Sem pedir desculpas, o prefeito Marcelo Crivella alegou “confusão” para explicar o motivo de ter falado que o professor da Coppe/ UFRJ Paulo Cezar Ribeiro estava com uma doença grave e não poderia assumir a presidência da CET-Rio. Ele

disse que se confundiu com um caso na Rioluz e ainda tentou atribuir ao repórter que fez a pergunta a culpa pelo erro, apesar de ter dado a mesma declaração a vários veículos de imprensa. “Não houve mentira, apenas um momento de confusão. Vocês vão convir que são 12 secretarias, subsecretarias, autarquias, fundações, empresas e, às vezes, a gente confunde os casos”, justificou. METRO RIO

Forte chuva alaga ruas Várias ruas da cidade ficaram alagadas, ontem, por conta da forte chuva que caiu no início da tarde. O município entrou em estágio de atenção por volta das 13h. Na Lapa, na região central, a água invadiu diversos estabelecimentos comerciais. O trânsito chegou a ser interrompido e muitas pessoas ficaram ilhadas.

Foram registradas, ainda, chuva forte acompanhada de rajadas de vento, relâmpagos e trovões no Grajaú e Tijuca, na zona norte, na Urca e no Catete, na zona sul, e em Santa Teresa, na região central. Bolsões d’água atrapalharam o trânsito em diversos bairros. O aeroporto Santos Dumont chegou a fechou por 45 minutos. FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,14% (R$ 3,385)

cação na mesma frequência para informar possíveis crimes. “Quando o guarda que estiver na areia vir uma conduta suspeita, ele vai imediatamente fazer contato com os guardas e com a PM. Todos vão se unir para dar a resposta e não acontecer o fato. Integrar as forças é o início de tudo”, finalizou Tatiana.

No dia seguinte à depredação de um ônibus da linha 474 em Copacabana, e de assaltos a passageiros, a Polícia Civil informou que só um dos 41 detidos ficou preso, porque uma vítima o identificou por roubo. Do total, 30 eram menores. Alguns foram levados para abrigos e outros liberados. No fim da tarde de quarta-feira, o grupo quebrou vidros e o retrovisor do ônibus, pulou pelas janelas e pelo teto e saiu correndo, levando pânico às ruas do bairro. Apavorado, o motorista fugiu. Depois, os jovens subiram em outro ôni-

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Grande Vitória e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

O tempo continuará instável nos próximos dias, com pancadas de chuva de moderada a forte intensidade, acompanhada de rajadas de vento. A temperatura hoje, segundo o instituto Climatempo, deve variar entre 21o C e 31o C. Amanhã, a máxima prevista é de 33o C e, no domingo, de 35o C. METRO RIO COM GÊNCIA BRASIL

Lapa ficou alagada e água atingiu vários estabelecimentos | TÂNIA REGO/AGÊNCIA BRASIL

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Tatiana Vilela Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Filiado ao

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 1º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O Metro Jornal Rio de Janeiro é impresso pelo Parque Gráfico da Infoglobo. Tel: 21/2534-9579 (comercialpg@infoglobo.com.br)


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Ato pede socorro para crise na Uerj Abandono. Alunos, professores e servidores fizeram ontem uma manifestação contra a precarização da universidade e a falta de recursos do Hospital Universitário Pedro Ernesto Servidores, funcionários terceirizados e alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) realizaram ontem pela manhã um ato para pedir atenção ao abandono da instituição, que pode ter o semestre letivo cancelado, e do Hospital Universitário Pedro Ernesto (Hupe), que sofre com falta de insumos e fechamento de mais da metade dos leitos. O grupo se reuniu na porta do hospital, em Vila Isabel, na zona norte. De lá, seguiu em direção ao campus principal da Uerj, no Maracanã. A Justiça determinou, na quarta-feira, que sejam feitos arrestos diários nas contas do Governo do Estado até o valor de R$ 7,5 milhões. A quantia será usada para custeio do hospital e pagamento dos funcionários contratados. Sem recursos de custeio desde agosto e com pesquisas paralisadas pela falta de repasses, a Uerj também sofre com redução de leitos no

Hupe. Dos mais de 500, apenas 92 estão disponíveis para pacientes, o que tem prejudicado aulas práticas e o atendimento à comunidade. O protesto teve palavras de ordem contra o Governo do Estado e pediu a saída do governador Luiz Fernando Pezão e do seu partido, o PMDB. Presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj), Pablo Vazquez, classificou a situação como grave: “Existe um percentual elevado de leitos desativados e a ameaça de fechar na íntegra, 100% dos leitos. A população tem que ir para as ruas porque isso é muito grave.” Instituto do Cérebro Funcionários terceirizados do Instituto do Cérebro também protestaram, ontem, em frente ao hospital. Eles reclamaram da falta de salário, 13o e benefícios, como o Fundo de Garantia (FGTS). BANDNEWS FM E AGÊNCIA BRASIL

Alunos e professores da Uerj protestaram ontem | JULIA GABRIELA/FUTURA PRESS

03|

IPTU. Carnês começam a ser enviados aos contribuintes A Prefeitura do Rio começou a enviar, ontem, os carnês do IPTU 2017 aos imóveis da cidade. Cerca de 1,2 milhão de carnês serão distribuídos, via Correios, aos contribuintes, que podem optar pelo pagamento do imposto em cota única ou em 10 parcelas iguais. Serão enviados, inclusive, os carnês de imóveis que tiveram a cobrança atualizada. Ou seja, de casas que tiveram alguma mudança na sua área construída. Quem escolher pagar o IPTU de uma única vez tem 7% de desconto no valor total do carnê, mesmo percentual concedido em 2016. As guias para o pagamento vão chegar às mãos dos contribuintes com datas de vencimento diferenciadas, que variam de acordo com o número final da inscrição imobiliária do imóvel. Os que possuem final de 0 a 5 devem pagar a cota única ou a primeira parcela do imposto no dia 10 de fevereiro de 2017. Os demais, com final de inscrição de 6 a 9 têm a data de 13 de fevereiro de 2017 para realizar os mesmos pagamentos. A segunda via do carnê do IPTU já está disponível no site da Secretaria Municipal de Fazenda, bem como a guia que comprova a condi-

Quem pagar IPTU em cota única terá 7% de desconto | JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

1,2 milhão de carnês serão distribuídos, via Correios, aos contribuintes, que podem optar pelo pagamento em cota única ou em 10 parcelas. ção de isento do pagamento do imposto. Para realizar esses procedimentos on-line, é preciso informar no sistema o número de inscrição imobiliária do imóvel, presente no carnê de IPTU de anos anteriores. A segunda via também está disponível nos postos de atendimento da SMF. BANDNEWS FM

Lei contribui para superlotação de presídios O número de pessoas no sistema prisional do país aumentou 85% entre 2004 e 2014, segundo relatório da ONG americana Human Rights Watch (HRW), que considerou o sistema carcerário brasileiro um dos piores da América Latina. São mais de 622 mil detentos no país, 67% a mais que a capacidade dos presídios, sendo que 40% dos presos ainda não foram julgados. Um dos fatores para a superlotação apontados pela organização é a lei de drogas de 2006. O órgão pede a sua reformulação e diz que a legislação “deveria ter reduzido a população carcerária”, mas “sua linguagem vaga permite que usuários sejam processados como traficantes”. O pesquisador da Human Rights no Brasil, Cesar Muñoz, comparou os presídios brasileiros com o período da Idade Média: “Entrar em alguns é como voltar no tempo para a Idade Média. Alguns deles não têm nenhum controle interno e os níveis de superlotação são inacreditáveis. Entrei em celas que tinham

“Eles entram como presos e saem como membros de uma facção. O sistema penitenciário brasileiro não é um sistema de correção, é de criação de delinquentes.” DANIEL WILKINSON, DIRETOR-ADJUNTO DA HUMAN RIGHTS WATCH PARA AS AMÉRICAS

Separação de presos por facção, como no Rio, é criticada | ELLAN LUSTOSA/FUTURA PRESS

seis camas de cimento e mais de 60 homens dentro.” A superlotação incita atos de violência como os recentes massacres nos presídios de Roraima e do Amazonas. A ONG também criticou a separação dos presos por facção, que apesar de evitar confrontos, expõe detentos à influên-

cia dos grupos criminosos. Outro assunto abordado pela ONG foi a violência policial no Brasil, principalmente no Rio de Janeiro, o Estado com a maior taxa de homicídios, cujo aumento foi de 23% entre janeiro e setembro de 2016. “Em 2015, a polícia do Rio matou 416 pessoas. De ja-

neiro a novembro do ano passado, matou 815. E ainda falta dezembro”, declarou Muñoz. A diretora da Human Rigths Watch no Brasil, Maria Laura Canineu, ainda alertou para a possibilidade de mortes dentro de unidades socioeducativas, que atendem menores infratores, classifi-

cadas como um desastre: “O sistema é impregnado de dois problemas que existem no sistema prisional: superlotação e condições indignas de ressocialização.” No Rio, o sindicato dos agentes do Degase (Departamento Geral de Ações Socioeducativas) alertou que o risco de uma rebelião de maiores proporções no Centro Integrado da Penha, na zona norte, é iminente. Ontem, um dia após o diretor e dois funcionários do local ficarem feridos durante uma rebelião, o sindicato acusou o Estado de precarização nas unidades. METRO RIO COM BANDNDEWS FM

622 mil detentos há no Brasil, 67% a mais do que a capacidade dos presídios, sendo que 40% dos presos ainda não foram julgados.

23% foi o aumento da taxa de homicídios no Rio de Janeiro, entre janeiro e setembro de 2016.

815 pessoas foram mortas pela polícia do Rio, de janeiro a novembro de 2016, segundo a ONG Human Rights Watch.

“O sistema é impregnado de dois problemas que existem no sistema prisional: superlotação e condições indignas de ressocialização.” MARIA LAURA CANINEU, DIRETORA DA HUMAN RIGHTS WATCH NO BRASIL


04|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

55,1% dos municípios não pagam piso dos professores Educação. Salário-base do magistério é reajustado em 7, 64%. MEC passa a fazer repasses mensais do Fundeb para facilitar que lei seja cumprida A partir de hoje, nenhum professor (com formação mínima de nível médio) poderá ganhar menos do que R$ 2.298,80 – para carga horária de 40 horas em escolas públicas. O valor foi reajustado em 7,64% em relação ao antigo piso nacional da categoria e foi anunciado ontem pelo MEC (Ministério da Educação). O pagamento do valor mínimo, porém, não é realidade para muitos docentes. No fim do ano passado, o MEC fez um panorama da obediência da lei, em vigor desde 2008, e constatou: nove Estados e mais da metade da prefeituras (55,1%) pagam salários abaixo do piso. A lista com os municípios, porém, não foi divulgada. A CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação) tem números mais alarmantes: seriam 14 Estados desrespeitando a lei, porque incluem no cálculo não apenas o salário-base, mas bônus e gratificações. “Muitos declaram que cumprem, mas se for pesquisar, avaliar, vamos ver que tem muita divergência”, afirmou o presidente da CNTE, Roberto Franklin de Leão. Estradas de MG

Número de acidentes é o maior em 10 anos Minas Gerais fechou o ano passado com 14,3 mil acidentes nas estradas federais que cortam o estado, número 7,7% menor que no ano de 2015, com resultado direto sobre a mortalidade nessas rodovias: foram 822 mortes, queda de 14% em comparação com o ano anterior. No ranking das estradas mais violentas, a BR-381 mais uma vez ocupou a primeira colocação em mortes: foram 192 óbitos em 4,6 mil acidentes nos trechos entre Belo Horizonte e a divisa com São Paulo e entre a capital mineira e Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. METRO BH

“Vivemos um dilema. Limitações financeiras de Estados e municípios de um lado e, de outro, a necessidade de que os professores sejam valorizados.” MENDONÇA FILHO, MINISTRO DA EDUCAÇÃO

A punição aos gestores é relativa, uma vez que a lei nunca foi regulamentada. O governador ou prefeito que descumpre a lei pode responder por improbidade administrativa, mas depende de apuração e apresentação de denúncia por parte dos TCEs (Tribunais de Contas Estaduais) e do MPE (Ministério Público Estadual). Adiantamento Para socorrer os municípios com maior dificuldade, o MEC antecipará os repasses aos Estados e municípios de 10% do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Normalmente, o pagamento po-

deria ser feito até abril de 2018, mas passará a ser em parcelas mensal. O valor soma R$ 1,3 bilhão. No ano passado, foram repassados R$ 1,2 bilhão. “Isso vai impactar muito fortemente no fluxo de caixa de Estados e municípios, ajudando a cumprirem o pagamento da folha salarial e também do piso salarial mínimo para professores”, aposta o ministro da Educação, Mendonça Filho. A CNM (Confederação Nacional dos Municípios) calcula um impacto de R$ 5 bilhões nos cofres municipais. Novo cálculo O reajuste do piso dos professores é calculado com base no valor mínimo pago por aluno no Fundeb, em torno de R$ 2,8 mil. Governadores e prefeitos pedem que o MEC revise a fórmula de aumento, mas o governo adiantou que, por enquanto, não há discussão sobre mudanças. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Lava Jato. Executivo da Trafigura é o primeiro denunciado de 2017 O empresário Mariano Marcondes Ferraz, suspeito de pagar US$ 868 mil em propinas ao ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, foi denunciado pelo MPF (Ministério Público Federal). Esta é a primeira acusação da Lava Jato em 2017. Ferraz é executivo da Trafigura, uma empresa holandesa de comércio de commodities, especialmente petróleo. Ele chegou a ser preso no final de outubro no Aeroporto de Guarulhos, de onde iria embarcar para Londres, onde mora com a família. Ferraz passou oito dias detido e acabou solto após confessar o crime e pagar uma fiança de R$ 3 milhões. A denúncia do MPF afirma que Ferraz pagou a pro-

Ferraz chegou a ser preso no final do ano passado | REPRODUÇÃO

pina a Costa entre 2011 e 2013. A Decal, empresa que Ferraz representava, conseguiu um contrato de serviços de armazenagem no Porto de Suape, em Pernambuco. METRO CURITIBA

LEI DESCUMPRIDA R$ 2.298,80

Veja no mapa as 18 Unidades da Federação que respeitam o pagamento mínimo aos professores e os 9 Estados que desrepeitam

é o novo piso salarial do professor de magistério com carga horária mínima de 40 horas semanais e formação em nível médio

RR AP

AM PA

CE

MA

RN PB

PI

PE

RESPEITAM DESRESPEITAM

AC

TO

AL

RO

SE BA

MT

REGIÃO NORTE CUMPREM ACRE AMAPÁ RORAIMA RONDÔNIA TOCANTINS DESCUMPREM AMAZONAS PARÁ REGIÃO NORDESTE CUMPREM PIAUÍ RIO GRANDE DO NORTE PERNAMBUCO PARAÍBA ALAGOAS SERGIPE DESCUMPREM MARANHÃO CEARÁ BAHIA

REGIÃO CENTRO-OESTE CUMPREM DISTRITO FEDERAL MATO GROSSO MATO GROSSO DO SUL DESCUMPRE GOIÁS REGIÃO SUDESTE CUMPREM MINAS GERAIS RIO DE JANEIRO DESCUMPREM SÃO PAULO ESPÍRITO SANTO SUL CUMPREM PARANÁ SANTA CATARINA DESCUMPRE RIO GRANDE DO SUL

DF GO

MG ES MS SP

RJ

PR

SC RS

55,1%

dos municípios informaram ao MEC que descumprem o pagamento do piso salarial dos professores

FONTE: MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO REFERENTE A NOVEMBRO DE 2016

Lula quer indenização de R$ 1 mi de promotor que pediu sua prisão A defesa do ex-presidente Lula entrou ontem na Justiça de São Paulo com uma ação de danos morais contra o promotor Cássio Conserino, do MP-SP (Ministério Público de São Paulo). Conserino foi o autor da denúncia contra Lula sobre o tríplex do Guarujá-SP atribuído ao petista. O caso, depois, acabou sendo assumido pela Lava Jato. Na ação, a defesa pede que Conserino pague R$ 1 milhão por ter causado “danos à imagem, à honra e à reputação” de Lula. O promotor é a quarta pessoa, a quem Lula pede indenização: antes, haviam sido o delegado da PF Filipe Pace (R$ 100 mil), o ex-senador Delcídio do Amaral (R$ 1,5 milhão) e o procurador do MPF Deltan Dallagnol (R$ 1 milhão).

Lula participou do evento com sindicalistas | ALAN MARQUES/FOLHAPRESS

Novo ato Lula participou ontem de um ato político, o 33º Congresso da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) e fez críticas ao governo Temer. “Esse país, infelizmente, vai retroceder com as mudanças no FIES, com as mu-

danças no Orçamento, com a reforma do ensino médio”, discursou, aplaudido. Da plateia, porém, não houve só apoio. Lula foi alvo de protesto. Um grupo de 50 sindicalistas chegou a interromper o discurso do ex-presidente com gritos de ‘Fora todos’. METRO CURITIBA E METRO BRASÍLIA


06|

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

COM 1ª SECRETARIA, PT NÃO TERÁ A CHAVE DO COFRE. Candidato à reelei-

ção na presidência da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) está inclinado a entregar a poderosa primeira-secretaria ao PT, mas já avisou aos aliados dos demais partidos, inconformados com o conchavo, que pretende esvaziá-la. A principal medida de Maia seria tirar das mãos do primeiro-secretário a chave do cofre dos R$ 5,2 bilhões, que só poderão ser gastos com anuência da Mesa Diretora.

GATO ESCALDADO. Rodri-

go Maia tem admitido seu temor de confiar o orçamento da maior secretaria da Câmara ao PT, sem nenhum controle de gastos.

Deputado Rodrigo Maia | GUSTAVO LIMA/CÂMARA DOS DEPUTADOS

PRATO CHEIO. Além do bilionário orçamento, a primeira-secretaria é responsável por todas as nomeações de boquinhas comissionadas, o sonho do PT. FILA DO DESEMPREGO. Os petistas acreditam que, com o fracasso nas eleições municipais, perdem

“O BRASIL VIVE HÁ ALGUM TEMPO A RECESSÃO E A QUEDA DE RECEITA.” MINISTRO MENDONÇA FILHO (EDUCAÇÃO) JUSTIFICA O AUMENTO DE 7,64% PARA PROFESSORES

No Butantan, em SP, veja bem mais que cobras Férias. Exposição temporária proporciona passeio pela história do instituto, com 115 anos, e mostra um pouco das pesquisas. Visitante pode observar passarinhos, escorpiões e aranhas

25 mil cargos Brasil afora, que lhes fazem muita falta. SANTANDER APLAUDE JURO MENOR, MAS NÃO O PRATICA. O presidente do

banco Santander, Sérgio Rial, virou motivo de gozação no mercado financeiro. Desde a queda da Selic, ele divulgou nota de apoio à redução do juro e até fez anúncio de página inteira nos jornais alardeando que foi o primeiro a reduzir a taxa. Apesar do oba-oba, até o fechamento desta edição o banco de Sérgio Rial não havia divulgado nenhuma tabela com redução de juros que alivie a sofrida clientela.

Público pode conhecer um pouco das pesquisas feitas no local

NÃO BRINCA EM SERVIÇO.

Conhecido pelo bom humor, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) não tem brincado ao pedir votos para vice-presidente da Câmara. Nesta semana, ele não saiu de Brasília. É o favorito para o cargo.

PODER SEM PUDOR

Torturador de ouvidos Deputado do PDS, Nilson Gibson (PE) se divertia tirando a oposição do sério. Certa vez, em 1982, ele foi à tribuna da Câmara atacar o PMDB do seu Estado, para ele “vítima de araque” do regime militar. Em aparte, o peemedebista José Carlos Vasconcelos vestiu a cara-

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

puça e o acusou de “defender o arbítrio”. Com seu jeito eloquente, Gibson desafiou: - Vossa Excelência, por acaso, alguma vez já foi torturado? Vasconcelos respondeu “não”. Era a “deixa” para o implacável conterrâneo: - Mas bem que merecia!

COM ANDRÉ BRITO, GABRIEL GARCIA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

As cobras também estão presentes na exposição | FOTOS: ANDRÉ PORTO/METRO

Falar sobre Instituto Butantan, na zona oeste de São Paulo, é quase instantaneamente pensar em cobras. Engana-se, porém, quem pensa que não é possível encontrar muito mais por lá. Existem tantas opções, que o visitante pode se surpreender observando passarinhos e tendo uma verdadeira aula de história. O Instituto Butantan conta com três museus, histórico, biológico e de microbiologia, com exposições permanentes. Quem vai ao local costuma procurar primeiro o Museu Biológico, para ver as serpentes, aranhas e escorpiões em espaços que são recriações de seus ambientes naturais, os chamados biodioramas. Para mostrar que o trabalho do instituto vai muito além dos animais peçonhentos, foi montada a exposição “Butantan além das cobras”. No espaço, os visitantes podem viajar no tempo e conhecer as pesquisas feitas no local ao longo da história. Com o fim das aulas, a procura por atividades diferentes aumenta e isso leva muitas famílias ao Butantan. Thalyson Sousa, de

7 anos, já tinha ido ao instituto com a escola, mas levou a mãe, Tatiane Rodrigues, 32 anos, para conhecer também a exposição das cobras. Ela não esperava encontrar um espaço cheio de novas informações, como a exposição. “Estamos sempre aprendendo”, afirmou. A diretora do Museu Histórico, Adriana Almeida, conta que as pesquisas hoje incluem também a genética e diversos outros bichos. Ela é uma das idealizadoras da exposição e disse que é importante saber que o Butantan não é apenas o “lugar das cobras”. Devido às férias, diversas atividades ao ar livre passaram a ter mais espaço, como é o caso da observação de aves, que passa a ser feita três vezes por semana. A mostra “Butantan além das cobras” é gratuita e fica aberta de terça a domingo, das 10h às 16h. Os museus funcionam também de terça a domingo, das 9h às 16h45 e o valor único para os três é de R$ 6 para adultos e R$ 2,50 para estudantes. O instituto está localizado na avenida Vital Brasil, 1.500. METRO

Minas Gerais investiga 110 casos e 30 mortes provavelmente causadas por febre amarela O número de casos suspeitos e mortes provavelmente causadas por febre amarela em Minas não para de subir. De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), agora já são 30 mortes pela doença sob investigação desde o início do surto de febre amarela identificado no interior do Estado, no início do mês. Outros 110 casos prováveis de febre amarela estão sendo apurados pela secretaria. Segundo a SES-MG, das mortes investigadas, dez foram tiveram confirmação po-

sitiva para febre amarela em exames laboratorais. As mortes são referentes a quatro municípios do Vale do Rio Doce – Piedade de Caratinga (3), Ubaporanga (1), Ipanema (1) e Itambacuri (1) – e em duas cidades do Vale do Mucuri – Ladainha (3) e Malacacheta (1). Ontem, a SES-MG lançou um hotsite para esclarecer todas as dúvidas sobre a doença com orientações sobre vacinação, dicas de prevenção e perguntas mais frequentes. O site é www.saude.mg.gov.br/ febreamarela. METRO BH

Estoques de vacina foram reforçados no interior do Estado | SAÚDE MG/DIVULGAÇÃO


08|

Mercados. Após redução da Selic, Bolsa sobe 2,4%; dólar recua a R$ 3,175 O mercado reagiu com otimismo ao corte de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros anunciado na quarta-feira pelo Banco Central. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subiu 2,41%, a 63.953,93 pontos, maior nível desde 8 de novembro, quando terminou o dia a 64.157,68 pontos. Já o dólar recuou 0,50%, a R$ 3,1756 na venda, depois de bater em R$ 3,1532 na mínima do dia, com queda de mais de 1%. Foi novamente a menor cotação desde 8 de novembro passado (R$ 3,1674). “O corte da Selic também indicou maior confiança do Banco Central de que a inflação está caindo. Isso é uma leitura positiva para a retomada da atividade”, disse à Reuters o operador da

corretora H.Commcor, Cleber Alessie Machado. O BC surpreendeu ao reduzir a Selic em 0,75 ponto percentual, a 13% ao ano, intensificando o ritmo de afrouxamento monetário para além do esperado pelo mercado. Também passou a ver a inflação abaixo do centro da meta em 2017, em 4%, sugerindo espaço suficiente para mais cortes robustos. As taxas dos contratos futuros de juros despencaram, com os DIs indicando apostas de que a taxa básica de juros vai a um dígito ao final do ano. Segundo operadores, a curva a termo embutia um ciclo de 3,25 pontos percentuais de diminuição da Selic neste ano, que, se confirmado, levará a taxa para 9,75%. METRO

EVOLUÇÃO DÓLAR COMERCIAL, EM R$

4,25

IBOVESPA, EM PONTOS

12/1/2016

70 mil 65 mil

4,045

4

12/1/2016 60 mil

39.513,83 ONTEM

3,176

3,75

3,5

3,25

55 mil 50 mil

ONTEM

63.953,93

45 mil 40 mil

3

JAN MAR MAI FONTE: REUTERS

JUL 2016

SET

NOV JAN 2017

35 mil

JAN MAR MAI JUL SET NOV JAN 2016 2017

Turismo. Setor injetará R$ 21 bilhões com feriados O Ministério do Turismo espera que as viagens nos fins de semana prolongados por feriados na segunda, terça, quinta ou sexta-feira injetem R$ 21 bilhões na economia em 2017. A projeção considera um acréscimo de 22 dias de folga, quando 10,5 milhões de viagens deverão ser feitas. Na contramão de outros setores que projetam prejuí-

zos com os feriados, como o comércio e a indústria, o Ministério do Turismo acredita que as viagens e o consumo nos dias de folga gerarão renda e emprego. O feriado que deve gerar maior impacto é o Dia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, quando 1,94 milhão de viagens movimentarão R$ 3,9 bilhões. METRO

Cobrança por bagagem

Juiz vai ouvir Anac antes de decidir liminar A Justiça mandou citar a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em ação pro-

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

posta pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) contra a permissão dada às aéreas para cobrarem pela bagagem despachada a partir de março. Após a manifestação da Anac, o juiz poderá analisar o pedido de liminar pedido pela OAB. METRO

Sistema eletrônico facilita transferência de veículos para lojas Renave. Contran aprova criação do cadastro nacional de carros em estoque. Medida entrará em vigor a partir de maio e promete simplificar registro eletrônico das vendas A partir de maio, vai ficar um pouco mais fácil transferir veículos para lojas, concessionárias e revendas. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou nesta semana a resolução nº 655, que estrutura o Renave (Registro Nacional de Veículos em Estoque). Com o sistema, o registro das entradas e saídas dos veículos novos e usados disponíveis nos estoques de lojas passa a ocorrer por meio eletrônico, acabando com comprovante físico de transferência da propriedade do carro. A resolução estabelece que a nota fiscal eletrônica emitida pelas montadoras ou importadores e lojistas seja utilizada no registro do veículo no Renave. Segundo o texto, a venda de um veículo por meio do sistema dispensa reconhecimento de firma do lojista no documento de transferência. As transações serão validadas pelo Denatran (Departamento Nacional de

INSS. Benefícios acima do salário mínimo devem subir 6,58% Os segurados do INSS que ganham mais que um salário mínimo (R$ 937) deverão ter um reajuste de 6,58% no benefício a partir de fevereiro, percentual referente ao INPC do ano passado. Com isso, o teto das aposentadorias chegará a R$ 5.531,31 em 2017. O aumento ainda precisa ser confirmado pela Previdência. Se isso se confirmar, o reajuste será maior que o aumento do piso nacional, que foi de 6,48%, pela primeira vez em 20 anos. Em 2016, o reajuste dos benefícios superiores ao salário mínimo foi de 11,28%. O aumento de 6,58% ficou abaixo da previsão do orçamento do governo, que projetava uma alta do INPC de 7,5%. METRO

COMO VAI FUNCIONAR Transferência de carros pelo Renave 1

2

3

4

1 Após fechar negócio, o proprietário autentica o CRV*/ATPV** (antigo DUT) e entrega o documento, junto com o veículo, à loja. Será necessária vistoria simplificada do veículo 2 Com o CRV/ATPV, a loja emite a NFe (Nota Fiscal Eletrônica) de compra e cadastra o veículo no Renave. A partir do cadastro, o veículo passa a pertencer ao estoque da loja 3 Ao comercializar o veículo em estoque, a loja emite a NFe de venda e registra a transação no Renave. Na entrega do carro, o novo proprietário receberá a nota fiscal eletrônica e o CRV/ATPV do registro de entrada do veículo em estoque 4 Com esses documentos, o novo proprietário vai ao Detran para concluir o processo de transferência do veículo, com a emissão do novo CRV/CRLV*** FONTE: MINISTÉRIO DAS CIDADES

*CRV (CERTIFICADO DE REGISTRO DO VEÍCULO) **ATPV (AUTORIZAÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE DE VEÍCULO) ***CRLV (CERTIFICADO DE REGISTRO E LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS)

Trânsito), junto aos Detrans (Departamentos Estaduais de Trânsito), Receita Federal e Secretarias de Fazenda. “A população terá mais segurança nessa modalidade de relação comercial, além da garantia na legitimidade do

emplacamento de veículos novos. Haverá também uma desburocratização na compra e venda de usados, uma vez que as transações eletrônicas simplificarão os procedimentos”, diz o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi.

CPF. Contribuintes poderão atualizar dados pela internet A partir de segunda-feira (16), o contribuinte poderá atualizar o CPF pela internet. A Receita Federal oferecerá, na página do órgão (www.receita.fazenda.gov. br), um formulário eletrônico que permite a alteração de dados como nome, endereço, telefone e título de eleitor. O serviço estará disponível 24 horas por dia para brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil. O órgão estima que 191 milhões de contribuintes serão beneficiados pela ferramenta. O serviço será gratuito. Para atualizar o CPF atualmente, é preciso ir a uma unidade dos Correios, da Caixa ou do Banco do Brasil e pagar uma tarifa de R$ 7. Também na próxima segunda, serão lançados novos modelos de comprovan-

Fisco vai oferecer serviço gratuito pela internet | DIVULGAÇÃO/RECEITA FEDERAL

te de inscrição e de situação cadastral no CPF, que continuarão a ser emitidos na página da Receita. A principal mudança está na forma de autenticação, que será feita por meio de QR Code. Segundo o órgão, a emissão on-line é pouco usada porque a autenticação exige que os dados do documento sejam informados na íntegra para validação. Com o QR Code, os dados serão validados em tempo real. METRO

Segundo a Fenauto, entidade representativa do setor de veículos seminovos e usados, além de oferecer maior segurança jurídica para o vendedor e comprador, livrando-os de problemas com pendências pós-compra, o Renave reduzirá os custos e processos burocráticos das revendas. A novidade não contempla transações entre pessoas físicas. Anunciado em 2015 pelo então Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, o novo sistema prevê o registro das transações com veículos em tempo real. Com isso, o comprador poderá saber na hora da aquisição se o carro tem algum tipo de pendência com a documentação. “Todas as pendências e responsabilidades poderão ser resolvidas em tempo real, sem burocracia, assim como um cliente faz uma TED em uma agência bancária”, afirma o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos. METRO

Estados Unidos. Fiat é acusada de violar regras de emissões Após a Volkswagen, o grupo Fiat Chrysler também está sendo acusado de violar normas sobre emissões de poluentes nos Estados Unidos. A companhia foi notificada ontem pela Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) norte-americana de que teria desrespeitado o “Clean Air Act” (“Lei do Ar Limpo”, em tradução livre), conjunto de normas para controlar a poluição do ar. A violação teria ocorrido por meio de um software instalado em motores a diesel para realizar emissões mais altas que o permitido. Os carros envolvidos seriam 104 mil veículos modelo Dodge Ram e Jeep Grand Cherokee, informou a agência Ansa. METRO


10| Ao vivo

Posse de Trump será transmitida pelo Twitter O PBS NewsHour, programa diário de notícias da rede de TV americana PBS, transmitirá ao vivo pelo Twitter a cobertura da cerimônia de posse do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, na próxima sexta-feira, dia 20, das 14h às 20h (horário de Brasília). Para acompanhar, basta acessar o link inauguration.twitter.com ou o perfil do programa PBS NewsHour (@NewsHour). Além da posse de Trump e do vice, Mike Pence, a transmissão vai incluir o primeiro discurso do novo presidente e a chegada à Casa Branca. METRO EUA

Senado começa a desmontar Obamacare O Senado dos EUA deu ontem um primeiro passo concreto para desmontar a lei de saúde do governo Obama, conhecida como Obamacare, após votação para instruir comitês parlamentares a traçarem legislações para repelir o programa, que representa um dos principais legados do presidente Barack Obama. A votação foi aprovada por 51 votos a 48. A resolução agora vai para a Câmara dos Deputados. METRO Coreia do Sul

Chefão da Samsung é interrogado Promotores especiais sul-coreanos interrogaram ontem o líder do conglomerado Samsung sobre suspeita de pagamento de propina em um escândalo político que levou ao impeachment da presidente do país, Park Geun-hye, em dezembro. Park segue no cargo da Coreia do Sul, mas teve seus poderes retirados enquanto o Tribunal Constitucional decide se mantém o impeachment e faz dela a primeira líder democraticamente eleita no país a ser forçada a deixar o poder. Park nega as acusações. METRO

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Onda de frio ameaça refugiados na Europa Drama. Massa de ar polar vinda da Escandinávia atinge milhares de pessoas abrigadas em tendas precárias de campos superlotados Milhares de refugiados estão ameaçados pela forte onda de frio que assola a Europa e já causou mais de 80 mortes. A organização MSF (Médicos Sem Fronteiras) alertou sobre o grave risco de hipotermia a que estão expostos os refugiados das ilhas gregas e dos países dos Bálcãs. Eles estão retidos sob neve e chuvas congelantes, em campos superlotados, vivendo em tendas precárias e enfrentando temperaturas abaixo de zero. Autoridades gregas decidiram transferir para hotéis 250 pessoas que se encontravam em tendas no campo de refugiados da ilha de Lesbos. Um navio de guerra, com capacidade pa-

ra receber 500 pessoas, teria sido enviado à ilha, na última quarta-feira, para acolher parte dos refugiados. Segundo o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, a principal preocupação, contudo, é com os refugiados que se encontram entre a Turquia e o norte da Europa. De acordo com a MSF, mais de 7,5 mil pessoas estão retidas na Sérvia, vivendo em acampamentos superlotados. O país concordou em abrigar 6 mil pessoas, das quais pouco mais de 3 mil estão em locais protegidos do frio. A organização afirma que, em Belgrado, cerca de 2 mil pessoas

– provenientes do Afeganistão, Paquistão, Iraque e Síria – estão dormindo em prédios abandonados no centro da cidade enquanto a temperatura chega a -200 C. Frio do norte Segundo o jornal espanhol “El País”, 24 pessoas morreram na Ucrânia, e dez, na Bielorrússia, por conta do frio intenso. Na Itália, já seriam oito casos registrados; seis na República Tcheca; seis na Bulgária; três na Albânia; dois na Grécia; dois na Rússia; um na Sérvia; e um na Croácia. A onda de frio tem origem em uma massa de ar polar proveniente da Escandinávia. METRO

Refugiados em Atenas (alto) e Belgrado | YANNIS BEHRAKIS E MARKO DJURICA / REUTERS

França. Marine Le Pen é vista na ‘torre’ de Trump

‘BuzzFeed’. Ex-espião é o autor dos relatórios

A candidata presidencial francesa da extrema-direita, Marine Le Pen, foi vista ontem na Trump Tower, em Nova York, mas se negou a dizer se iria se encontrar com Donald Trump. As assessorias de ambos negaram ter acontecido um encontro. O grupo Human Rights Watch mencionou Trump e Le Pen em um relatório, alertando que o crescimento de líderes populistas ameaça os direitos humanos globais. METRO

O ex-oficial do Serviço Secreto de Inteligência do Reino Unido Christopher Steele é o autor dos relatórios sobre suposto material comprometedor que agentes russos teriam coletado sobre o presidente eleito dos EUA, Donald Trump. Ex-autoridades britânicas de inteligência disseram que Steele passou anos sob disfarce diplomático trabalhando para a agência – conhecida como MI-6 – na Rússia, em Paris e em Londres.

Marine Le Pen tem demonstrado alinhamento com Trump | CHARLES PLATIAU / REUTERS

Steele foi inicialmente contratado pela FusionGPS, uma empresa de pesquisa política sediada na capital dos EUA, para que investigasse Trump em nome de republicanos não identificados que queriam acabar com a campanha presidencial do magnata de Nova York ainda nas primárias. O site “BuzzFeed” publicou os relatórios de Steele sobre Trump em seu endereço na web na última terça-feira. METRO

Soneca ‘pós-almoço’ é remédio para o cérebro, afirma estudo Uma hora de cochilo depois do almoço pode ser um verdadeiro remédio para o cérebro, revelou estudo realizado pela Universidade Johns Hopkins (EUA). A famosa “siesta” traz vários benefícios à saúde, incluindo mais clareza nos pensamentos, melhor desenvolvimento nas funções cognitivas do cérebro e aumento da memória, informa a Ansa. A pesquisa, publicada na

revista “Journal of the American Geriatrics Society”, avaliou 2.974 chineses com mais de 65 anos. Cerca de 60% deles tiravam um cochilo médio de 60 minutos. Para o estudo, os participantes respondiam a perguntas como: “que dia é hoje?” e “em qual estação do ano estamos?”. Além disso, tiveram de resolver equações simples de matemática, memo-

rizar palavras e copiar desenhos geométricos. Aqueles que cochilavam depois do almoço apresentaram resultados melhores em relação aos que não dormiam nada. No entanto, o melhor desempenho foi registrado entre os participantes que cochilavam 60 minutos, o que indica que uma hora de sono à tarde é o ideal para a saúde, nem mais nem menos. METRO

Será agora o fim do mundo? Há cerca de 500 anos, um profeta disse que se nevasse dois dias seguidos em Salento (Itália), conhecida pelo clima quente, o mundo acabaria em breve. Nos últimos dias 8 e 9, o balneário passou por duas nevascas. Partiu ‘chutar o balde’? | REPRODUÇÃO


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{DECORAÇÃO}

11|

MATERIAIS VERSÁTEIS Fios sintéticos São mais fáceis de limpar, custam menos e oferecem diversas opções de desenhos. É possível encontrar peças a partir de R$ 120.

+ METRO2

Kilim Uma das melhores opções entre tapetes de fibra natural, é caracterizado por não ser felpudo. É mais fino, leve e fácil de limpar. Os padrões costumam ser geométricos. A partir de R$ 330. Sisal Feito de fibras naturais também combina com decorações rústicas. Não esquenta o ambiente e pode ser facilmente higienizado; em contrapartida, pode machucar um pouco a pele por ser mais áspero que os demais. Preço a partir de R$ 100.

Tapete rasteiro é o mais indicado para a sala CASA COR/ DIVULGAÇÃO

Tapete

Dar um toque de aconchego e conforto ao lar pode ser simples se você tiver bom gosto, e claro, um belo tapete aos pés. Com diversos tamanhos, texturas, estampas e preços, o item fica ótimo na sala de estar e no hall de entrada, mas, sua escolha exige atenção. Quem estiver à procura de um modelo deve, primeiramente, ter certeza de que a decoração do ambiente não sofrerá alterações, para que a peça possa combinar com tudo. Uma boa dica, nesse caso, é deixar a aquisição do modelo por último, quando todos os móveis e objetos já estiverem posicionados no espaço para não errar na decoração. A arquiteta e designer de interiores da MP² Ho-

não é tudo igual

me Design, Marcela Pousada, dá sugestões. “Em salas, os tapetes rasteiros são os mais indicados por não atrapalharem a circulação. Já os mais felpudos e confortáveis devem ser usados nos quartos.” E quando o assunto for a escolha da estampa, também há algumas recomendações. “As mais versáteis são as com padrão geométrico e com tonalidades neutras, mas não as claras demais. O ideal é que a cor do tapete esteja sempre acima do tom do sofá.” Quem quiser ousar pode apostar em formatos diferenciados para conferir uma identidade mais marcante.

Segundo Marcela, os tapetes circulares costumam ser uma boa opção. “Eles são fáceis de aplicar e conferem identidade aos ambientes.” Para cada perfil De acordo com a coordenadora do curso de Design de Interiores do FIAMFAAM Centro Universitário, Adriana Valli Mendonça, quem tem bichos de estimação ou crianças pequenas em casa deve ter um cuidado extra ao escolher a peça, como verificar se ela já passou por algum processo de impermeabilização. “Há quem acredite que os tapetes escuros sejam os mais indicados

para esse público, mas isso não é verdade. As peças escuras apenas disfarçam a sujeira. O ideal é contar com um tapete impermeabilizado em casa”, aconselha Adriana. Já para quem tem algum tipo de alergia, os modelos com fios sintéticos devem ser visados. “Ele acumula menos sujeira e se destaca por apresentar uma higienização simplificada.” De olho na limpeza Limpar um grande tapete não é mais sinônimo de drama e até quem mora em apartamento consegue se virar bem com a tarefa. Para Adriana, o segredo é ser

fiel às instruções da marca nas etiquetas e realizar higienizações periódicas. “Uma vez por mês é interessante fazer uma faxina com os produtos indicados, mas, durante a semana o aspirador de pó resolve. Recorrer à limpeza especializada uma vez por ano já é suficiente e não pesa tanto no bolso”, garante a profissional. A designer de interiores explica ainda que os únicos inimigos dos tapetes são produtos químicos abrasivos e as vassouras. “Eles podem agredir o material ou então danificar a trama da peça em função do atrito.” METRO

Fica a dica

Saiba onde usar o seu É verdade que tapetes ficam bem em todos os ambientes: do quarto ao banheiro. Mas pense bem antes de colocá-los na sala de jantar. O item pode sujar com facilidade e, dependendo da trama, pode enroscar nos pés das cadeiras.


12|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

2 CULTURA

Primeiro bailarino do Royal Ballet de Londres, brasileiro estrela o espetáculo ‘Roots’, que estreia hoje no Teatro João Caetano. Ao Metro Jornal, ele critica a atual situação do Theatro Municipal e a crise na cultura do Rio

‘É LAMENTÁVEL A SITUAÇÃO DO THEATRO MUNICIPAL’

metrojornal.com.br

Mamãe Noel A atriz Anna Kendrick vai interpretar uma versão feminina do Papai Noel em um novo filme da Disney. A história, que será dirigida por Marc Lawrence, colocará a jovem na pele de filha do Bom Velhinho, que decide se aposentar do ofício de entrega de presentes e deixa o posto para sua herdeira.

Thiago Soares é o primeiro bailarino do Royal Ballet de Londres. Aos 35 anos e com 17 anos de carreira, o brasileiro está de volta ao Rio de Janeiro para apresentar o espetáculo,“Roots”, que estreia hoje, às 20h, em temporada popular no Teatro João Caetano. A ideia de “Roots” é resgatar o início da vida artística do bailarino quando ainda dançava break e hip hop pelas ruas da cidade. O espetáculo pretende promover o diálogo entre a dança de rua contemporânea e o balé clássico. Com direção de Ugo Alexandre, “Roots” fica em cartaz até o dia 22 de janeiro e leva ao palco o dueto entre Thiago Soares e o bailarino e coreógrafo Danilo D’Alma. O que você vai apresentar no espetáculo “Roots”? O “Roots” é um relato, um retorno aos palcos do Rio, com temporada popular. A ideia é realizar um espetáculo com acesso mais para

o meio da cidade e em um teatro histórico, como o João Caetano. “Roots” é um espetáculo que virou nosso e com uma equipe bacana. Espero que o público curta e venha falar conosco no fim. Temos de compartilhar as impressões e de algum modo ouvir o que a plateia sentiu. Qual é a sensação de subir ao palco do João Caetano? O João Caetano é maravilhoso e histórico. Grandes estrelas já passaram por lá. É um teatro estratégico que liga a zona norte e sul. É bem aquilo de teatro acessíve e para todos. Você sofeu algum tipo de preconceito por ser bailarino? Não sofri preconceitos. A preocupação que meu pai tinha era quanto à insegurança com a profissão. Ele não entendia como eu poderia viver do balé, como seria a aposentadoria e se eu conseguiria estabilidade sendo bailarino.

Você é bailarino do Royal Ballet. Como é o balé inglês? Estou na Inglaterra há 16 anos. É um país maravilhoso em vários aspectos. Os serviços básicos funcionam, e as atividades culturais são bem desenvolvidas. Existe uma miscigenação cultural e artística muito forte. Tem investimentos e com companhias que conseguem se manter. É uma outra realidade. O que falta para o balé brasileiro revelar novos talentos? O balé brasileiro tem talentos fantásticos. Acredito que falta uma geração de empregos e investimentos mais fortes para manter as bilheterias. As companhias de balé precisam se manter para continuar existindo. O fluxo financeiro precisa melhorar com mais apoio dos empresários. O que pode ser feito para fortalecer o balé no Brasil? O balé precisa ter força pa-

ra competir com a indústria do futebol. Precisamos consolidar a cultura do balé nas regiões mais populares da cidade e torná-lo mais acessível ao grande público. Temos muitos talentos e vontade de dar certo. A indústria precisa gerar empregos para o balé brasileiro continuar o seu trabalho. O Theatro Municipal atravessa uma crise. Como você avalia essa questão? Tenho muita simpatia pelo Theatro Municipal. Foi o palco que deu o trampolim para minha carreira. Sou um filho desta casa e o drama dos servidores públicos do Estado do Rio é grande e repercute em toda área da cultura. O momento é triste e precisamos juntar forças para conseguir melhorias e resolver essa questão. Mesmo com salários atrasados, eles fizeram o espetáculo, “Quebra-Nozes” [em dezembro de 2016] de maneira heroica, louvável e com muita garra. Foi um ato de

muita valentia. Como a atual crise no Estado vem afetando o balé no país? Na verdade, é um problema que repercute nos bailarinos também. O balé é uma carreira muito difícil, curta e de certa maneira elitizada. O público não entende as peculiaridades da profissão como a necessidade de fisioterapias. É uma carreira muito curta e difícil de compreender. O que você diz para quem está iniciando no balé? Faço a dança clássica de excelência. Quem faz dança tem de entender que o cotidiano é difícil e doloroso. Tem de ter disciplina e paciência para preparar o corpo e a mente. METRO RIO Programe-se! No Teatro João Caetano (Praça Tiradentes, s/no, Centro. Tel.: 2332-9257). Sex. e sáb., às 20h; e dom., às 18h. R$ 20 a R$ 40. Livre. Até 22/1.

WAGNER BRUM/ DIVULGAÇÃO

THIAGO SOARES


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

13|

{CULTURA}

Malvado de verdade

O Metro indica

Estreia hoje. Neil Patrick Harris encarna seu maior vilão em ‘Desventuras em Série’, nova produção da Netflix

Para muitos atores, não há nada mais prazeroso do que interpretar um vilão realmente desagradável. Neil Patrick Harris se apegou a essa máxima em “Desventuras em Série”, que estreia hoje no serviço de streaming Netflix. O Conde Olaf vivido por ele na produção é um comediante fracassado, mau cantor, sedento de riqueza e cheio de instintos assassinos – em resumo, um sujeito muito ruim. Essas características, no entanto, definem o papel dos sonhos de Harris, um ator afeito aos disfarces, à fantasia e ao gênero musical. “Eu me perguntei como não havia lido antes os livros em que a série é baseada. São novelas extraordinárias que estão justamente no meu universo de criatividade! Adoro o humor sarcástico e mordaz delas, que são absolutamente hilárias e apresentam um estilo incrível”, aponta Harris. Quem leu as 13 histórias escritas por Daniel Handler sob o pseudônimo de Lemony

Astro contracena como Conde Olaf ao lado de Louis Hynes (esq.), que vive um dos órfãos Baudelaire no seriado | DIVULGAÇÃO

Snicket entende do que o ator está falando. Apesar de serem destinadas a crianças, as aventuras nas quais a série se baseia apostam em um quê de ironia e uma atmosfera gótica bem ao estilo de Tim Burton ao narrar as aventuras de um ir-

mão e duas irmãs “inteligentes, mas com muito azar”. São Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e a bebê Sunny (Presley Smith), que perdem os pais em um estranho incêndio e são adotadas pelo Conde. O vilão busca então eliminar os órfãos de todo

jeito para, enfim, tomar para si a herança deles. “Olaf é raivoso, vingativo e, apesar de estar longe de ser considerado um cara bonito, tem certeza de que é o homem mais lindo que já existiu. É muito divertido interpretar alguém tão mau”,

ressalta o ator de 43 anos. Conhecido por ter vivido o Barney na série “How I Me Your Mother”, Harris destaca suas inspirações para o papel. “Ele é uma mescla de quatro tipos: Alan Rickman, o Coiote do Papa-Léguas; Jack Nicholson como o protagonista de ‘O Iluminado’, e um típico assassino serial”, explica. Os livros de Lemony já haviam baseado um filme estrelado por Jim Carrey em 2004. Harris disse ter visto o longa apenas no último minuto. “Busquei apenas ser respeitoso com os livros, o espírito dele e o roteiro. Não queria que o filme me influenciasse. Também trabalhei duro minha postura, minha respiração, meu olhar e minha voz. Apenas busquei ser o mais assustador possível”, conclui. NATALIA WYSOCKA METRO INTERNACIONAL Veja o trailer no metrojornal.com.br

Carnaval: ensaios técnicos começam domingo Já é hora de esquentar os tamborins para o Carnaval na Sapucaí. Domingo, começam os ensaios técnicos das escolas do Grupo Especial e da Série A. Os treinos vão até o dia 19 de fevereiro, com entrada gratuita. Já os desfiles oficiais têm início no dia 26 de fevereiro. A Império Serrano será a primeira a ensaiar, às 19h, seguida por Paraíso do Tuiuti (20h) e União da Ilha (21h30). No dia 22, será a vez da Estácio de Sá (19h), São Clemen-

te (20h) e Mocidade (21h30). No dia 28, tem Acadêmicos do Sossego (19h), Acadêmicos da Rocinha (20h) e Acadêmicos de Santa Cruz (21h30). No dia 29, Império da Tijuca (19h), Beija-Flor (20h) e Grande Rio (21h30). Já em fevereiro, a União do Parque Curicica abre os ensaios no dia 4 (19h), seguida por Alegria da Zona Sul (20h30) e Acadêmicos do Cubango (22h). No dia 5/2, Unidos do Porto da Pedra (19h30), Vila Isa-

bel (20h30) e Salgueiro (22h). No dia 11/2, Inocentes de Belford Roxo (19h30), Renascer de Jacarepaguá (20h30) e Viradouro (21h30). No dia 12/2, tem Portela (20h30) e Unidos da Tijuca (22h). No dia 18/2, Unidos de Padre Miguel (20h30) e Imperatriz Leopoldinense (22h). O encerramento, no dia 19/2, terá teste de luz e som (19h30), a tradicional cerimônia de lavagem (20h30) e a Estação Primeira de Mangueira (22h), grande campeã de 2016.

Museu Nacional de Belas Artes comemora 80 anos Inaugurado em 1937, por Getúlio Vargas, o Museu Nacional de Belas Artes (MNBA) comemora hoje 80 anos. Uma série de eventos começa ao meio-dia, com entrada gratuita. A mostra “Grandjean de Montigny e Rio de Janeiro no século XIX” abre a programação. Também haverá recital de violino e piano, lançamento do livro “Alegoria às Artes – Léon Pallière” e trezena de São Sebastião com a presença do Cardeal Dom Orani Tempesta. No MNBA (av. Rio Branco, 199, Cinelândia. Tel.: 3299-0600). Visitação gratuita durante todo o mês de janeiro. Ter. a sex., de 10h às 18h; sáb., dom., e fer., de 13h às 18h. | DIVULGAÇÃO

Venda de ingressos Começa amanhã, a partir das 9h, a venda de ingressos de arquibancadas e cadeiras individuais para os desfiles do Grupo Especial. Os valores vão de R$ 190 a R$ 320 e a compra só pode ser feita por telefone. Há um telefone específico para cada setor. Ex: Arquibancada Setor 2: 3032-0002 (confira no site liesa.globo.com). Os interessados de outras cidades de fora da Região Metropolitana devem ligar para (21) 3032-0001. METRO RIO

Doc ‘El Cuarto Poder’ hoje, às 17h, na Caixa Cultural DIVULGAÇÃO

Cinema

“Alô alô mundo! Cinemas de invenção na geração 68”. Mostra conecta ativismo político de Brasil e Espanha. O documentário “El Cuarto Poder” é um dos destaques de hoje, às 17h. Na Caixa Cultural (av. Almirante Barroso, 25, Centro. Tel.: 3980-3815). R$ 4. Programação completa: www.aloalomundo.com. Até 22/1.

Evento

Tuk-Tuk na Tubira. aplicativo 99 promove passeios de tuk-tuk durante o evento cultural. Na rua Tubira, 8, Leblon. Sáb., das 15h às 16h. Grátis. Livre. Até 28/1.

Show

Marcus Menna. O cantor e ex-vocalista do LS Jack relembra sucessos de sua carreira como “Carla”, “Uma Carta” e “Amanhã Não Se Sabe”. No Food Park (rua Mariz e Barros, 1.037, Tijuca). Amanhã, às 20h. Grátis. Livre.

Teatro

Império Serrano dá início aos ensaios, às 19h | DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS

‘Pão com Ovo’. Peça, com direção de César Boaes, retrata de forma cômica os problemas comuns à sociedade brasileira. No Teatro Miguel Falabella (av. Dom Hélder Câmara, 5.332, Cachambi. Tel.: 2597-4452). Qui. a sáb., às 21h; e dom., às 20h. R$ 60. 12 anos. Até 5/3. 12 anos.


14|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto Carnificina nos presídios Muito bem lembrada pelo leitor Leonel, publicada no Metro Jornal no dia 10/1, a frase do Prof. Darcy Ribeiro, que hoje está materializada no horror ao qual estamos assistindo. Sem escolas, a marginalidade tende a avançar como punição ao descaso pela educação. Cito como exemplo o sr. Moreira Franco, que não deu continuidade ao projeto dos CIEP’s (Darcy Ribeiro) que tinha como escopo retirar as crianças das ruas, mantê-las nas escolas num período mais longo, com atividades esportivas e culturais, o que formou uma geração de “abandonados” à própria sorte, com escolhas erradas e sem oportunidade de crescer como cidadãos. Só nos resta divulgar o pensamento do Prof. Darcy Ribeiro como alerta ao que podemos fazer. Aliás, o que os governantes podem fazer...

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

FRANGO AO CREME DE MILHO NO FORNO

Cruzadas

LIGIA FRAGALE PATE – RIO DE JANEIRO, RJ

Chuva e caos INGREDIENTES Para o frango: 1 kg peito de frango cru e cortado em cubos ½ cebola picada 2 dentes de alho amassados 400 gramas de requeijão cremoso Sal, pimenta do reino e azeite a gosto

Basta cair uma chuva mais forte na cidade, que tudo fica completamente alagado. Como pode? Vem verão, ocorre a temporada de chuvas, sai verão, e nada, absolutamente nada é feito para minimizar os transtornos causados pelos temporais, como manter bueiros desentupidos. A água não tem para onde escoar!

Para o creme: 1 lata de milho verde escorrida 1 lata de leite 1 colher (sopa) de amido de milho 100 ml de caldo de galinha ½ cebola cortada em 4 partes ½ xícara (chá) de queijo ralado para polvilhar Azeite e cheiro verde a gosto

SEBASTIÃO RAMOS – RIO DE JANEIRO, RJ

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

MODO DE PREPARO: Tempere o frango e refogue-o até ficar dourado. Desligue o fogo e acrescente o requeijão cremoso. Reserve.

Forno: 180°C/30m Rendimento: 8 porções

Creme: Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o azeite e o cheiro verde. Coloque o creme na panela, mexa bem até engrossar levemente e despeje em um refratário sobre o frango misturado com o requeijão. Polvilhe o queijo ralado e um pouco de cheiro verde. Leve para assar em forno pré-aquecido (180°C) por aproximadamente 30 minutos.

Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta-feira, às 9h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

Boas conversas serão fundamentais para esclarecer mal-entendidos. Tendência a expor de forma mais direta tudo o que se sente.

A Lua está em seu signo, o que fará com que você seja mais direto(a) do que o habitual em suas relações e na maneira de se expressar.

Situações burocráticas estão propensas a esclarecimentos em questões materiais e profissionais que possuir.

Evite se apegar a antigos ressentimentos e dê novas oportunidades para relações das quais se afastou por algum motivo insignificante.

O momento é de reflexão sobre seus atos e não deixar que culpas ou complexos interfiram na confiança por objetivos.

O momento é propício para pesquisas e estratégias diante de negócios em que esteja. Se puder, contenha decisões mais ousadas por enquanto.

Pondere para não dizer coisas de forma precipitada. O jeito de expor assuntos às vezes tem mais impacto do que os próprios assuntos.

Este é um momento para se socializar mais, seja com novas amizades ou retomando convivências especiais.

Este é um momento de propensões a debates e atritos nas relações. Evite perder tempo com assuntos desnecessários.

Período propício para tratar assuntos financeiros, negociações em parcerias ou temas que envolvam ganhos.

Os interesses a longo prazo não devem ser motivo para se desligar dos assuntos mais urgentes e que não tragam tanta preocupação.

projetos autônomos.

Esteja receptivo(a) a inovações sem ser tão metódico(a) diante de assuntos profissionais ou

Soluções


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

15|

No Fogão, atacante Roger quer alçar voos mais altos Novo lar. Depois de polêmica saída da Ponte Preta, jogador faz elogios ao novo clube: ‘Sonhei com esse momento. Busquei isso’ A volta ao trabalho do Botafogo apresentou várias caras novas ao torcedor alvinegro. Além do meia argentino Montillo, principal contratação para a atual temporada, o clube de General Severiano trouxe outros cinco jogadores para reforçar o elenco, que terá como principal objetivo neste primeiro semestre a disputa da Taça Libertadores da América. A estreia alvinegra será no dia 1o de fevereiro, às 21h45, no Nilton Santos / Engenhão, contra o Colo-Colo. O experiente atacante Roger, de 32 anos, é uma dessas novidades. O acerto com o jogador já estava confirmado antes mesmo do término do último Brasileirão, o que irritou bastante a diretoria de seu último clube, a Ponte Preta. O clube de

“Estou com muita fome e com muita sede de fazer a coisa acontecer. E tem muito jogador assim. O Botafogo está fazendo grandes contratações.” ROGER, ATACANTE ALVINEGRO

Campinas afastou o atacante das últimas rodadas do campeonato. “Meu ciclo na Ponte tinha acabado. Cheguei lá com sete anos. Ao longo da minha carreira foram quatro passagens. Queria muito ter terminado a temporada. Isso não foi legal da parte deles. Mas é claro que eu não quis renovar. Quis jogar em um clube maior, de maior visibilidade”, expli-

31 FOCO ESPORTE

cou Roger, que atuou pelo Fluminense em 2009. No ano passado, ele disputou 45 jogos e marcou 22 gols por RB Brasil e Ponte Preta. O atacante afirmou viver a melhor fase de sua carreira. “Sonhei com esse momento. Nada contra as equipes que passei nos últimos anos. São grandes. Mas sonhei com esse momento, busquei isso na minha carreira. É um desafio”, garantiu. Juniores Pela Copa São Paulo de Juniores, ontem, o Botafogo garantiu classificação para as oitavas de final da competição ao vencer o Novorizontino por 4 a 3 nas cobranças de pênaltis, depois de empate em 1 a 1 no tempo normal. METRO RIO

Roger já jogou pelo Fluminense | VITOR SILVA/SSPRESS/BOTAFOGO

Ferj quer força-tarefa para salvar Maraca

Gramado está em péssima condição | NACHO DOCE / REUTERS

Fluminense

Vasco

Lucas quer apagar passagem ruim pelo Cruzeiro

Wagner pode pintar em São Januário

O lateral Lucas foi apresentado oficialmente pelo Fluminense no CT Pedro Antonio Ribeiro da Silva. Aos 28 anos, o jogador chega por empréstimo ao clube junto ao Palmeiras e espera se recuperar após passagem apagada pelo Cruzeiro. “Toda vez que você chega a uma nova equipe é um recomeço”, resumiu. METRO RIO

O Vasco está perto de anunciar o terceiro reforço da temporada. Trata-se do meia Wagner, ex-Flu e Cruzeiro. A diretoria já tem negociação avançada para contar com o jogador, mas espera a rescisão do atleta com o Tianjin Teda, da China. O acerto deve ocorrer nos próximos dias. METRO RIO

A novela sobre o fechamento do Maracanã está longe de terminar. Ontem, o presidente da Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj), Rubens Lopes, se reuniu com o governador Luiz Fernando Pezão para saber se há a possibilidade de a entidade assumir o local provisoriamente. O objetivo é fazer uma força-tarefa no local para deixá-lo pronto para as semifinais da Taça Guanabara, no fim de fevereiro. No meio de uma confusão

entre a concessionária que administra o estádio, o comitê da Rio 2016 e o próprio governo, o Maracanã está fechado desde o dia 28 de dezembro, sendo alvo de sucessivos saques. Além disso, o gramado está em péssimas condições e faltam cerca de 7 mil cadeiras no anel das arquibancadas. Na próxima segunda-feira, Lopes vai se reunir novamente com Pezão. No dia seguinte, será a vez dos representantes dos clubes. Na quarta-feira

passada, ele já havia se encontrado com três empresas que têm relação com o estádio, a Sunset (segurança), Greenleaf (que cuida de gramado) e Binarios (de engenharia). A ideia é que haja uma parceria para que o Maraca fique em condições de uso. “As empresas se uniram e vão se esforçar para que aconteçam jogos no estádio. Temos 40 dias para dar o estádio ao torcedor”, explicou Lopes, em entrevista à Band. METRO RIO

Lateral peruano do Flamengo promete entrega em campo

Lateral foi destaque do Campeonato Peruano | GILVAN DE SOUZA / FLAMENGO

Primeira contratação confirmada pelo Flamengo para a atual temporada, o peruano Miguel Trauco, de 24 anos, foi apresentado oficialmente ontem. Depois de vestir a camisa rubro-negra, o lateral-esquerdo falou sobre como será a disputa com o titular da posição, Jorge. “Isso é algo bom para o Flamengo, pois há uma competição de qualidade pelas posições”, afirmou.

Trauco, que foi eleito o destaque do Campeonato Peruano na última temporada, chega para defender o Fla por três anos. Ele também apresentou suas características. “Os torcedores podem esperar muito sacrifício e trabalho. Me entrego à minha profissão. Gosto de atacar e ser ofensivo, participar das jogadas de gol”, disse o defensor. METRO RIO

Vôlei

Em Curitiba A Arena da Baixada, estádio do Atlético-PR, será sede da fase final da Liga Mundial deste ano. O acerto ainda não foi divulgado oficialmente, mas a disputa será entre os dias 28 de junho e 2 de julho. O torneio marcará a estreia de Renan Dal Zotto no comando da seleção brasileira, do levantador Bruninho (foto).


16

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

ESPORTE

Ídolo maior

O artilheiro de um só gol Mauro Shampoo Idade. 60 - 20/10/1956 Natural de. Recife (PE)

simo Íbis. Pés um o, em camp redes s show na r time pio sociais. O do marca do mun trás do oa um golaç ndo onda outro tira internet na

S

e dentro de campo o Íbis não consegue exatamente empolgar, nas redes sociais, o “pior time do mundo”, como se autointitula, já acumula uma legião de fãs. Contando Twitter e Facebook, seus principais canais, são quase 200 mil pessoas que ficam sempre ansiosas, aguardando as novas postagens do clube da cidade de Paulista (PE), a 18 km de Recife. Não é para menos. Além de acompanhar os jogos do Pássaro Preto – que não vence desde 19 de setembro de 2015 –, o perfil também costuma tirar sarro de outros clubes, jogadores. E até dele mesmo. O responsável pelas postagens é o publicitário Nilsinho Filho, 29, que criou o perfil em 2012 para fazer tuítes sobre o seu time de coração. Logo, recebeu o convite do presidente Ozir Ramos para que se tornasse o oficial do Íbis. “O sucesso foi aumentando, e hoje os fãs ficam cobrando zoação quando as outras equipes perdem”, disse Nilsinho, que também acumula a função de mascote do clube, fundado há 78 anos. Além das brincadeiras, quem acompanha o @ibismania também está acostumado com as campanhas criadas. A mais recente foi a #ÍbisNaLiberta, pedindo uma vaga na Libertadores quando houve ampliação para os brasileiros. “Uma é nossa, não queremos nem saber”, dizia a postagem no Twitter. Mas a que teve mais destaque e repercutiu em diversos jornais do mundo envolveu José Mourinho (#MourinhoNoÍbis). O clube fez uma proposta oficial ao técnico português do Chelsea. “Mourinho estava passando férias em Porto de Galinhas e fui lá levar a proposta. Repercutiu muito. Mas ele não tem o perfil”, se diverte. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Durante dez anos, entre os anos 80 e 90, o Íbis viu desfilar com sua camisa o meia Mauro Shampoo, considerado o grande nome da história “poética” do clube. “Cabeludo, habilidoso, canhoto, driblador. Eu era o Maradona do Nordeste”, conta, orgulhoso. Mas o camisa 10 só conseguiu balançar as redes uma vez. Aconteceu na derrota para o Ferroviário, por 8 a 1. Esse 1 aí foi dele. “E o pessoal ainda fala que foi sem querer”, lamenta o cabeleireiro, capitão do salão Arena Shampoo, em Recife. A história folclórica rendeu o curta metragem “Mauro Shampoo, jogador, cabeleireiro e homem”, disponível na web. O título, aliás, é a maneira como ele atende as ligações. METRO

“Em dez anos não ganhei nada no Íbis. Único título que tenho é o de eleitor. E isso porque é obrigatório”

FOTOS: NILSINHO FILHO/@IBISMANIA

Nilsinho também faz bico de mascote do Íbis

O cara do perfil Nilsinho Filho, 29 anos Ʉ ɝÿÜÿĨđÑĒÿÑȩ O responsável pelo hilário perfil é o publicitário e estudante de jornalismo: “O futebol é isso. Mais brincadeira e menos violência”

637

2.481

derrotas gols sofridos tem o Íbis, que disputou 928 partidas na história. Além das ‘gloriosas’ derrotas, foram 135 vitórias e 156 empates

em todos os jogos disputados nos seus 78 anos de vida. O Íbis conseguiu marcar 744. Saldo: -1.737


20170113_br_metro rio