Issuu on Google+

O Metro Jornal é impresso em papel certificadi FSC®, garantia de menejo florestal responsável, e com tinta ecológicamente elaborada com matérias-primas bioderivadas e renováveis pela gráfica Mar Mar.

IBRA NO ÍBIS? OS MELHORES TUÍTES DO ‘PIOR DO MUNDO’ PÁG.24

CRIANÇAS, CHEGUEI! NOVA VERSÃO DE ‘DESVENTURAS EM SÉRIE’ CHEGA AO NETFLIX PÁG. 16 ABC Sexta-feira, 13 de janeiro de 2017 Edição nº 1.769, ano 8 MÍN: 20°C MÁX: 25°C

www.metrojornal.com.br | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_SP

Sem verba, Estado muda planos para metrô no ABC Novo capítulo. Após ter empréstimo negado pelo governo federal por não apresentar garantias financeiras, governo estadual busca novas alternativas para tirar do papel linha de monotrilho que ligará São Bernardo à capital; início das obras segue sem prazo definido PÁG. 02

Ônibus serão revistados em praias do Rio Governo espera acabar com os arrastões com as inspeções feitas pela guarda municipal PÁG. 06

Baixas temperaturas na Europa ameaçam grupos de refugiados

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

AGORA VAI? Mesmo com liminar impedindo aumento, EMTU cobrou R$ 4,30 no trólebus ontem; Estado informou que irá cumprir decisão e tarifa volta a R$ 4 hoje PÁG. 04 Passageiros reclamaram de indefinição sobre preço real da tarifa ontem no corredor ABD | ALESSANDRO VALLE/ABCDIGIPRESS

Milhares ainda estão abrigados em barracas sem infra-estrutura para suportar a intensa onda de frio PÁG. 12

Ano novo, vida nova Michel Bastos chega ao Verdão e se diz ‘em casa’ PÁG 22


02|

1 FOCO

Ex-governador de MG

Azeredo tem bens bloqueados O Tribunal de Justiça de Minas Gerais determinou o bloqueio de bens do ex-governador Eduardo Azeredo, alvo em ação de improbidade administrativa que apura repasse de R$ 3 milhões de estatais para agências de publicidade de Marcos Valério. A ação tem origem na investigação do mensalão mineiro. Azeredo já foi condenado a 20 anos e dez meses de prisão pelo caso, mas recorre em liberdade.

Cotações Dólar - 0,50% (R$ 3,175) Bovespa + 2,41% (63.954 pts) Euro + 0,14% (R$ 3,385) Selic (13,00% a.a.)

Salário mínimo (R$ 937)

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Estado traça planos B e C para metrô na região Travado. Governo estadual afirma que iniciou diálogo para obtenção de recursos para tirar linha 18-Bronze do papel Diante de negativas do governo federal em liberar financiamento para desapropriação de áreas que receberão obras da futura linha 18-Bronze do Metrô, que ligará o ABC à capital, o governo estadual traçou dois novos planos para conseguir tirar o projeto do monotrilho (trens sob trilho único elevado por pilastras) na região do papel. Até então, a STM (Secretaria Estadual de Transportes Metropolitanos) dizia somente que aguardava a autorização da Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos), do Ministério do Planejamento, para a captação de recurso no valor de US$ 182,7 milhões que seriam utilizados para pagamento às famílias que vivem em pontos que receberão o traçado do sistema de transporte público e devem ser removidas das atuais residências. Segundo a pasta federal, o Estado não apresentou capacidade de pagamento desse montante solicitado, sendo classificado na categoria “C”, considerada insuficiente para a obtenção da garantia da União na contratação de operação de financiamento externo. Agora, o governo esta-

dual informou ao Metro Jornal que, como alternativa, abriu negociação com o Banco do Brasil para obtenção do recurso que será utilizado para as desapropriações. Procurado pela reportagem, a instituição financeira disse em nota que não comenta as operações financeiras por “sigilo comercial”. Outra opção estudada pela gestão do governador Geraldo Alckmin (PSDB) é a obtenção do financiamento junto ao Ministério das Cidades por meio de recursos do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço). No entanto, a pasta federal informou que as normas atuais não preveem a desapropriação como item financiável por recursos do FGTS. “Contudo, estão em tratativas, entre o Ministério das Cidades e o Conselho Curador do FGTS, alterações nos normativos de forma a permitir que desapropriações relacionadas aos empreendimentos apoiados (pelo governo federal) possam ser financiadas com recursos do fundo”, diz a nota do Ministério. CADU PROIETI METRO ABC

Longe do prazo

Sistema deveria operar em 2015 O Rima (Relatório de Impacto Ambiental) da linha 18-Bronze do Metrô, elaborado em 2012, previa o início da operação comercial do primeiro trecho do sistema, entre a estação Tamanduateí, na capital, e o Paço de São Bernardo, no fim de 2015. Já a previsão para o segundo ramal, até o Alvarenga, era estar em fun-

cionamento no fim do ano passado, segundo o estudo. Se as obras forem iniciadas ainda neste ano e não houver atraso nos trabalhos, o metrô no ABC só deve começar a atender a população em 2020, já que o prazo para concluir o primeiro trecho é de 36 meses. A segunda parte do projeto, até o Alvarenga, não tem sequer garantia do Estado de que será construída. METRO ABC

FALE COM A REDAÇÃO leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8583 e 011/3528-8566 COMERCIAL: 011/3528-8549

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Grande Vitória e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

LINHA 18-BRONZE O monotrilho está orçado em R$ 4,2 bilhões. O projeto será desenvolvido por meio de PPP. A estimativa é de que linha transporte 314 mil passageiros por dia quando estiver em pleno funcionamento. A segunda fase, da praça Lauro Gomes até a região do Alvarenga, está planejada, mas ainda não tem prazo e orçamento definidos 1º etapa 2º etapa

LINHA VERDE

TAMANDUATEÍ

GOIÁS ESPAÇO CERÂMICA ESTRADA DAS LÁGRIMAS

SÃO PAULO

SÃO CAETANO

SANTO ANDRÉ

PRAÇA REGINA MATIELLO INSTITUTO MAUÁ

AFONSINA

LINHA TURQUESA

FUNDAÇÃO STO. ANDRÉ WINSTON CHURCHILL

15,7 km

SENADOR VERGUEIRO

DIADEMA

é a extensão da linha 18 - Bronze (Tamanduateí Djalma Dutra)

SÃO BERNARDO

BAETA NEVES PAÇO MUNICIPAL DJALMA DUTRA PÇA. LAURO GOMES FERRAZÓPOLIS

ALVARENGA

CAFÉ FILHO CAPITÃO CASA

Obra já tem 3 adiamentos O início das obras da linha 18-Bronze do Metrô já teve pelo menos três adiamentos e agora não tem sequer data para começar. A STM diz que, viabilizada a estruturação financeira para obtenção dos recursos para as desapropriações, o governo estadual poderá dar início aos trabalhos. Em agosto de 2014, foi assinada a PPP (Parceria Público-Privada) entre o governo estadual e o consórcio de empresas vencedor da licitação. Na ocasião, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou que as obras seriam iniciadas em 90 dias (novembro de 2014), o que não aconteceu. Em abril de 2015, o governo estadual prometeu come-

Após licitação, Alckmin prometeu obras em 90 dias | FLÁVIO HOPP/RAW IMAGE/FOLHAPRESS

çar as obras, no máximo, até dezembro do mesmo ano. A promessa não foi cumprida mais uma vez. Após duas prorrogações, o governo Alckmin es-

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618) Editores de Arte: Daniel Lopes e Tiago Galvão Coordenadora Comercial: Fabiana Segatto

tipulou uma nova data para o pontapé inicial nos serviços: o segundo semestre de 2016, prazo que também não foi cumprido. METRO ABC

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Rebouças, 1585, Pinheiros, CEP 05401-909, São Paulo, SP, Brasil. Tel.: 3528-8500. O Metro Jornal ABC é impresso na Mar Mar Gráfica e Editora Ltda. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


04|

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Secretaria promete baixar tarifas intermunicipais hoje Confusão. Mesmo com liminar que derruba reajuste nas linhas do corredor ABD, passageiros ainda encontraram ontem valor mais caro Depois de um dia com tarifas reajustadas no corredor ABD mesmo depois de decisão judicial, a STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) promete baixar a partir da 0h de hoje os valores para todas as linhas intermunicipais. De acordo com a EMTU (Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos), apenas os trólebus ainda não haviam retornado aos preços praticados antes do aumento no ABC. A decisão que incluía o corredor ABD na suspensão de reajuste foi emitida na quarta-feira pela juíza Simone Viegas de Moraes Leme. Para a magistrada, o motivo para o aumento não está devidamente detalhado. Ontem, porém, os passageiros continuavam a pagar R$ 4,30 pela tarifa nos trólebus. Durante a tarde, o Tribunal de Justiça divulgava informação de que o seVOX POP

cretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, ainda não havia sido notificado da decisão pelo oficial de Justiça e que não haveria prazo para isso acontecer. Mas ainda no início da noite, a STM divulgou nota em que informava que retornaria aos valores antigos a partir de hoje, cumprindo a decisão judicial. A medida vale para o corredor ABD, que volta a cobrar R$ 4 e para todas as outras linhas convencionais que realizam transporte intermunicipal na Grande São Paulo. De acordo com a EMTU, os ônibus da Área 5, que atendem ao ABC, já funcionavam com os valores sem reajuste desde quarta, beneficiados por uma ação judicial anterior a esta. VANESSA SELICANI METRO ABC

Usuários reclamam de veículos lotados

| FOTOS: ALESSANDRO VALLE/ABCDIGIPRESS

O que acha do vaivém da tarifa no corredor ABD?

Em busca de fraudes

SP bloqueia 90 mil bilhetes

“Isso é falta de organização, o ideal seria o preço reduzido [R$ 4]. A pessoa chega e acha que está um valor e, na hora, é mais alto. É uma falta de respeito.”

“Espero que a tarifa volte ao preço antigo [R$ 4]. Não é justo pagarmos um valor tão alto como R$ 4,30 em um ônibus sempre lotado. É um absurdo.”

FLÁVIA TELLES, OFICIAL DE ESCOLA

MARIA DE FÁTIMA, AJUDANTE DE OBRAS

“Fica tudo confuso. A gente perde porque não tem reembolso depois, são tantos problemas que ficamos chateados com a forma que o governo está administrando.” ELTON, REVENDEDOR

“Fica tudo bagunçado. O governo não tem postura. Ficamos indecisos sem saber o que vai ser feito daqui para frente, nas mãos de pessoas despreparadas.” GABRIEL GARCIA RODRIGUES, AUXILIAR DE ALMOXARIFADO

A Prefeitura de São Paulo bloqueou 90 mil cartões de Bilhete Único por suspeita de fraude e provocou uma corrida que gerou filas no único posto de atendimento capaz de realizar o atendimento. O número de bloqueios parece pequeno perto de 15 milhões de bilhetes ativos, mas foi suficiente para causar transtornos porque veio sem aviso.

Para piorar, o sistema eletrônico de senhas não funcionou no posto da rua 15 de Novembro, no centro. A prefeitura disse que foi “surpreendida por enorme quantidade de cartões fraudados” e que precisa coibir a prática. Secretário de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda reiterou a necessidade dos bloqueios, se desculpou pelos problemas no posto e ponderou que irá rever o sistema da SPTrans para evitar suspensões indevidas. METRO

100 caminhões de sujeira são retirados de piscinão

Reservatório de Mauá é importante instrumento de combate às enchentes na região do paço | ROBERTO MOURÃO / PMM

Limpeza realizada no piscinão do Paço, em Mauá, retirou até agora 2,5 mil toneladas de resíduos do reservatório, o equivalente a 100 caminhões. A ação começou a ser executada na primeira semana do mês pelo DAEE

(Departamento de Águas e Energia Elétrica), do governo do Estado. A atividade é supervisionada pela SSU (Secretaria de Serviços Urbanos), da prefeitura. Os trabalhos de remoção de sedimentos devem continuar até a próxima se-

mana. Além da limpeza manual (capina e roçada), é realizado o desassoreamento (limpeza mecanizada). Após o término dos trabalhos no piscinão do Paço, as equipes do DAEE devem iniciar limpeza do piscinão Petrobras/ Capuava. METRO ABC


06|

No Rio, ônibus para a praia serão revistados

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

COM 1ª SECRETARIA, PT NÃO TERÁ A CHAVE DO COFRE. Candidato à reelei-

ção na presidência da Câmara, Rodrigo Maia (DEM) está inclinado a entregar a poderosa primeira-secretaria ao PT, mas já avisou aos aliados dos demais partidos, inconformados com o conchavo, que pretende esvaziá-la. A principal medida de Maia seria tirar das mãos do primeiro-secretário a chave do cofre dos R$ 5,2 bilhões, que só poderão ser gastos com anuência da Mesa Diretora. GATO ESCALDADO. Rodri-

go Maia tem admitido seu temor de confiar o orçamento da maior secretaria da Câmara ao PT, sem nenhum controle de gastos.

Deputado Rodrigo Maia | GUSTAVO LIMA/CÂMARA DOS DEPUTADOS

PRATO CHEIO. Além do bilionário orçamento, a primeira-secretaria é responsável por todas as nomeações de boquinhas comissionadas, o sonho do PT. FILA DO DESEMPREGO.

Os petistas acreditam que, com o fracasso nas eleições municipais,

“O BRASIL VIVE HÁ ALGUM TEMPO A RECESSÃO E A QUEDA DE RECEITA.” MINISTRO MENDONÇA FILHO (EDUCAÇÃO) JUSTIFICA O AUMENTO DE 7,64% PARA PROFESSORES

perdem 25 mil cargos Brasil afora, que lhes fazem muita falta. SANTANDER APLAUDE JURO MENOR, MAS NÃO O PRATICA. O presidente do

banco Santander, Sérgio Rial, virou motivo de gozação no mercado financeiro. Desde a queda da Selic, ele divulgou nota de apoio à redução do juro e até fez anúncio de página inteira nos jornais alardeando que foi o primeiro a reduzir a taxa. Apesar do oba-oba, até o fechamento desta edição o banco de Sérgio Rial não havia divulgado nenhuma tabela com redução de juros que alivie a sofrida clientela.

Prevenção. Se não houver acordo com MP para medida começar neste fim de semana, Guarda fará revistas nos pontos finais, em passageiros com ‘comportamento suspeito O secretário municipal de Ordem Pública do Rio, coronel Paulo Cezar Amêndola, afirmou ontem que a Guarda Municipal do Rio de Janeiro pode iniciar, neste fim de semana, a revista nos ônibus que seguem para as praias. O objetivo é evitar furtos, roubos e arrastões. Para isso, o coronel ainda aguarda as instruções do Ministério Público, que tem se reunido com as polícias Civil e Militar, além da GM (Guarda Municipal). “Medidas serão traçadas para que as revistas sejam feitas dentro da lei, para promover uma proteção maior aos banhistas. Se não ocorrer, nós não faremos a prevenção na raiz”, disse o secretário, durante a cerimônia de posse da comandante-geral da GM, Tatiana Mendes. Se não houver entendimento com o MP para que

Amêndola, Crivella e Tatiana em sua posse na GM | EDVALDO REIS/PREFEITURA

a medida entre em vigor de imediato, ele explicou que as revistas vão ocorrer nos pontos finais, depois que passageiros com comportamento suspeito descerem dos ônibus. O secretário disse ainda que, dentro de 60 dias, espe-

Conhecido pelo bom humor, o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) não tem brincado ao pedir votos para vice-presidente da Câmara. Nesta semana, ele não saiu de Brasília. É o favorito para o cargo.

Torturador de ouvidos puça e o acusou de “defender o arbítrio”. Com seu jeito eloquente, Gibson desafiou: - Vossa Excelência, por acaso, alguma vez já foi torturado? Vasconcelos respondeu “não”. Era a “deixa” para o implacável conterrâneo: - Mas bem que merecia!

COM ANDRÉ BRITO, GABRIEL GARCIA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

ra que a Justiça se pronuncie sobre o uso de armas não letais. No entanto, ressaltou que 80% dos delitos na cidade acontecem sem arma de fogo e que, portanto, os guardas podem atuar. A nova comandante da GM

disse que os agentes só vão atuar em situação que não envolva arma de fogo, mas que a corporação já está preparada para usar armas não letais quando elas forem liberadas. “Vamos continuar com o treinamento, mas já temos setores capacitados”, afirmou a comandante, acrescentando que, posteriormente, armas de fogo poderão ser usadas. Enquanto isso, os guardas municipais começam a integração com a PM usando rádios de comunicação na mesma frequência para informar possíveis crimes. “Quando o guarda na areia vir uma conduta suspeita, ele vai imediatamente fazer contato com os guardas e com a PM. Todos vão se unir para dar a resposta e não acontecer o fato. Integrar as forças é o início de tudo”, finalizou Tatiana. METRO RIO

Febre amarela. MG apura 110 casos e 30 mortes

NÃO BRINCA EM SERVIÇO.

PODER SEM PUDOR

Deputado do PDS, Nilson Gibson (PE) se divertia tirando a oposição do sério. Certa vez, em 1982, ele foi à tribuna da Câmara atacar o PMDB do seu Estado, para ele “vítima de araque” do regime militar. Em aparte, o peemedebista José Carlos Vasconcelos vestiu a cara-

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Separação de presos por facção, como no Rio, é criticada | ELLAN LUSTOSA/FUTURA PRESS

Presídios. Lei contribui para a superlotação O número de pessoas no sistema prisional do país aumentou 85% entre 2004 e 2014, segundo a ONG americana Human Rights Watch (HRW), que considera o sistema brasileiro um dos piores da América Latina. São mais de 622 mil detentos, 67% acima da capacidade dos presídios. Um dos fatores para a superlotação, segundo a ONG, é a lei de drogas de 2006. O órgão diz que ela “permite que usuários sejam processados como traficantes”. O pesquisador da HRW no Brasil, Cesar Muñoz, comparou os presídios brasileiros com o período da Idade Mé-

dia. “Alguns não têm controle interno e os níveis de superlotação são inacreditáveis. Entrei em celas com seis camas e mais de 60 homens”. A ONG também criticou a separação dos presos por facção, o que os expõe à influência dos grupos criminosos. Outro assunto abordado foi a violência policial, principalmente no Rio, Estado com a maior taxa de homicídios. A diretora da HRW no Brasil, Maria Laura Canineu, também alertou para a possibilidade de mortes em unidades socioeducativas, que atendem menores infratores. METRO RIO COM BANDNDEWS FM

O número de casos suspeitos e mortes provavelmente causadas por febre amarela em Minas não para de subir. De acordo com a SES-MG (Secretaria de Estado de Saúde), agora já são 30 óbitos pela doença sob investigação desde o início do surto de febre amarela identificado no interior do Estado, no início do mês. Outros 110 casos prováveis de febre amarela estão sendo apurados pela secretaria. Segundo a SES-MG, das

mortes investigadas, dez foram tiveram confirmação para febre amarela em exames laboratorais. Os óbitos foram em Piedade de Caratinga (3), Ubaporanga (1), Ipanema (1) Itambacuri (1), Ladainha (3) e Malacacheta (1). A SES-MG lançou um hotsite para esclarecer todas as dúvidas sobre a febre amarela com dicas de prevenção e respostas às perguntas mais frequentes: www.saude.mg.gov. br/febreamarela. METRO BH

Professor. Piso sobe, mas não é pago por 55% das cidades A partir de hoje, nenhum professor poderá ganhar menos do que R$ 2.298,80 – para carga horária de 40 horas em escolas públicas. O valor foi reajustado em 7,64% e foi anunciado ontem pelo MEC (Ministério da Educação). Mas, o fim do ano passado, no MEC fez um panorama da obediência da lei, em vigor desde 2008, e constatou: nove Estados e mais

da metade das prefeituras (55,1%) pagam salários abaixo do piso. A lista com os municípios, porém, não foi divulgada. A CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação) tem números mais alarmantes: seriam 14 Estados desrespeitando a lei, porque incluem no cálculo não apenas o salário-base, mas bônus e gratificações. MARCELO FREITAS, METRO BRASÍLIA


08|

Mercados. Após redução da Selic, Bolsa sobe 2,4%; dólar recua a R$ 3,175 O mercado reagiu com otimismo ao corte de 0,75 ponto percentual na taxa básica de juros anunciado na quarta-feira pelo Banco Central. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, subiu 2,41%, a 63.953,93 pontos, maior nível desde 8 de novembro, quando terminou o dia a 64.157,68 pontos. Já o dólar recuou 0,50%, a R$ 3,1756 na venda, depois de bater em R$ 3,1532 na mínima do dia, com queda de mais de 1%. Foi novamente a menor cotação desde 8 de novembro passado (R$ 3,1674). “O corte da Selic também indicou maior confiança do Banco Central de que a inflação está caindo. Isso é uma leitura positiva para a retomada da atividade”, disse à Reuters o operador da

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

corretora H.Commcor, Cleber Alessie Machado. O BC surpreendeu ao reduzir a Selic em 0,75 ponto percentual, a 13% ao ano, intensificando o ritmo de afrouxamento monetário para além do esperado pelo mercado. Também passou a ver a inflação abaixo do centro da meta em 2017, em 4%, sugerindo espaço suficiente para mais cortes robustos. As taxas dos contratos futuros de juros despencaram, com os DIs indicando apostas de que a taxa básica de juros vai a um dígito ao final do ano. Segundo operadores, a curva a termo embutia um ciclo de 3,25 pontos percentuais de diminuição da Selic neste ano, que, se confirmado, levará a taxa para 9,75%. METRO

Sistema eletrônico facilita transferência de veículos para lojas Renave. Contran aprova criação do cadastro nacional de carros em estoque. Medida entrará em vigor a partir de maio e promete simplificar registro eletrônico das vendas

Trânsito), junto aos Detrans (Departamentos Estaduais de Trânsito), Receita Federal e Secretarias de Fazenda. “A população terá mais segurança nessa modalidade de relação comercial, além da garantia na legitimidade do

emplacamento de veículos novos. Haverá também uma desburocratização na compra e venda de usados, uma vez que as transações eletrônicas simplificarão os procedimentos”, diz o diretor do Denatran, Elmer Vicenzi.

Segundo a Fenauto, entidade representativa do setor de veículos seminovos e usados, além de oferecer maior segurança jurídica para o vendedor e comprador, livrando-os de problemas com pendências pós-compra, o Renave reduzirá os custos e processos burocráticos das revendas. A novidade não contempla transações entre pessoas físicas. Anunciado em 2015 pelo então Ministro das Cidades, Gilberto Kassab, o novo sistema prevê o registro das transações com veículos em tempo real. Com isso, o comprador poderá saber na hora da aquisição se o carro tem algum tipo de pendência com a documentação. “Todas as pendências e responsabilidades poderão ser resolvidas em tempo real, sem burocracia, assim como um cliente faz uma TED em uma agência bancária”, afirma o presidente da Fenauto, Ilídio dos Santos. METRO

Turismo. Setor injetará CPF. Contribuintes poderão R$ 21 bilhões com feriados atualizar dados pela internet

INSS. Benefícios acima do salário mínimo devem subir 6,58%

Estados Unidos. Fiat é acusada de violar regras de emissões

Os segurados do INSS que ganham mais que um salário mínimo (R$ 937) deverão ter um reajuste de 6,58% no benefício a partir de fevereiro, percentual referente ao INPC do ano passado. Com isso, o teto das aposentadorias chegará a R$ 5.531,31 em 2017. O aumento ainda precisa ser confirmado pela Previdência. Se isso se confirmar, o reajuste será maior que o aumento do piso nacional, que foi de 6,48%, pela primeira vez em 20 anos. Em 2016, o reajuste dos benefícios superiores ao salário mínimo foi de 11,28%. O aumento de 6,58% ficou abaixo da previsão do orçamento do governo, que projetava uma alta do INPC de 7,5%. METRO

Após a Volkswagen, o grupo Fiat Chrysler também está sendo acusado de violar normas sobre emissões de poluentes nos Estados Unidos. A companhia foi notificada ontem pela Agência de Proteção Ambiental (EPA, na sigla em inglês) norte-americana de que teria desrespeitado o “Clean Air Act” (“Lei do Ar Limpo”, em tradução livre), conjunto de normas para controlar a poluição do ar. A violação teria ocorrido por meio de um software instalado em motores a diesel para realizar emissões mais altas que o permitido. Os carros envolvidos seriam 104 mil veículos modelo Dodge Ram e Jeep Grand Cherokee, informou a agência Ansa. METRO

EVOLUÇÃO DÓLAR COMERCIAL, EM R$

4,25

IBOVESPA, EM PONTOS

12/1/2016

70 mil 65 mil

4,045

4

12/1/2016 60 mil

39.513,83 ONTEM

3,75

3,176

3,5

3,25

55 mil 50 mil

ONTEM

63.953,93

45 mil 40 mil

3

JAN MAR MAI FONTE: REUTERS

JUL 2016

SET

NOV JAN 2017

O Ministério do Turismo espera que as viagens nos fins de semana prolongados por feriados na segunda, terça, quinta ou sexta-feira injetem R$ 21 bilhões na economia em 2017. A projeção considera um acréscimo de 22 dias de folga, quando 10,5 milhões de viagens deverão ser feitas. Na contramão de outros setores que projetam prejuí-

35 mil

JAN MAR MAI JUL SET NOV JAN 2016 2017

zos com os feriados, como o comércio e a indústria, o Ministério do Turismo acredita que as viagens e o consumo nos dias de folga gerarão renda e emprego. O feriado que deve gerar maior impacto é o Dia de Nossa Senhora Aparecida, em 12 de outubro, quando 1,94 milhão de viagens movimentarão R$ 3,9 bilhões. METRO

Cobrança por bagagem

Juiz vai ouvir Anac antes de decidir liminar A Justiça mandou citar a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em ação pro-

posta pela OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) contra a permissão dada às aéreas para cobrarem pela bagagem despachada a partir de março. Após a manifestação da Anac, o juiz poderá analisar o pedido de liminar pedido pela OAB. METRO

A partir de maio, vai ficar um pouco mais fácil transferir veículos para lojas, concessionárias e revendas. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) aprovou nesta semana a resolução nº 655, que estrutura o Renave (Registro Nacional de Veículos em Estoque). Com o sistema, o registro das entradas e saídas dos veículos novos e usados disponíveis nos estoques de lojas passa a ocorrer por meio eletrônico, acabando com comprovante físico de transferência da propriedade do carro. A resolução estabelece que a nota fiscal eletrônica emitida pelas montadoras ou importadores e lojistas seja utilizada no registro do veículo no Renave. Segundo o texto, a venda de um veículo por meio do sistema dispensa reconhecimento de firma do lojista no documento de transferência. As transações serão validadas pelo Denatran (Departamento Nacional de

A partir de segunda-feira (16), o contribuinte poderá atualizar o CPF pela internet. A Receita Federal oferecerá, na página do órgão (www.receita.fazenda.gov.br), um formulário eletrônico que permite a alteração de dados como nome, endereço, telefone e título de eleitor. O serviço estará disponível 24 horas por dia para brasileiros e estrangeiros residentes no Brasil. O órgão estima que 191 milhões de contribuintes serão beneficiados pela ferramenta. O serviço será gratuito. Para atualizar o CPF atualmente, é preciso ir a uma unidade dos Correios, da Caixa ou do Banco do Brasil e pagar uma tarifa de R$ 7. Também na próxima segunda, serão lançados novos modelos de comprovan-

COMO VAI FUNCIONAR Transferência de carros pelo Renave 1

2

3

4

1 Após fechar negócio, o proprietário autentica o CRV*/ATPV** (antigo DUT) e entrega o documento, junto com o veículo, à loja. Será necessária vistoria simplificada do veículo 2 Com o CRV/ATPV, a loja emite a NFe (Nota Fiscal Eletrônica) de compra e cadastra o veículo no Renave. A partir do cadastro, o veículo passa a pertencer ao estoque da loja 3 Ao comercializar o veículo em estoque, a loja emite a NFe de venda e registra a transação no Renave. Na entrega do carro, o novo proprietário receberá a nota fiscal eletrônica e o CRV/ATPV do registro de entrada do veículo em estoque 4 Com esses documentos, o novo proprietário vai ao Detran para concluir o processo de transferência do veículo, com a emissão do novo CRV/CRLV*** FONTE: MINISTÉRIO DAS CIDADES

*CRV (CERTIFICADO DE REGISTRO DO VEÍCULO) **ATPV (AUTORIZAÇÃO PARA TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE DE VEÍCULO) ***CRLV (CERTIFICADO DE REGISTRO E LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS)

Fisco vai oferecer serviço gratuito pela internet | DIVULGAÇÃO/RECEITA FEDERAL

te de inscrição e de situação cadastral no CPF, que continuarão a ser emitidos na página da Receita. A principal mudança está na forma de autenticação, que será feita por meio de QR Code. Segundo o órgão, a emissão on-line é pouco usada porque a autenticação exige que os dados do documento sejam informados na íntegra para validação. Com o QR Code, os dados serão validados em tempo real. METRO


12|

{MUNDO}

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

Frio intenso ameaça os refugiados na Europa Drama. Massa de ar polar vinda da Escandinávia atinge milhares de pessoas abrigadas em tendas precárias de campos superlotado; De acordo com a Cruz Vermelha, aproximadamente 7,5 mil pessoas estão retidas na Sérvia; temperatura em Belgrado chega a -200C

Refugiados em Atenas | FOTOS: YANNIS BEHRAKIS E MARKO DJURICA / REUTERS

Milhares de refugiados estão ameaçados pela forte onda de frio que assola a Europa e já causou mais de 80 mortes. A organização MSF (Médicos Sem Fronteiras) alertou sobre o grave risco de hipotermia a que estão expostos os refugiados das ilhas gregas e dos países dos Bálcãs. Eles estão retidos sob neve e chuvas congelantes, em campos superlotados, vivendo em tendas precárias e enfrentando temperaturas abaixo de zero. Autoridades gregas decidiram transferir para hotéis 250 pessoas que se encontravam em tendas no campo de refugiados da ilha de Lesbos. Um navio de guerra, com capacidade para receber 500 pessoas, teria sido enviado à ilha, na última quarta-feira, para acolher parte dos refugiados. Segundo o Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, a principal preocupação, contudo, é com os refugiados que se encontram entre a Turquia e o

Belgrado também sofre com nevasca

norte da Europa. De acordo com a MSF, mais de 7,5 mil pessoas estão retidas na Sérvia, vivendo em acampamentos superlotados. O país concordou em abrigar 6 mil pessoas, das quais pouco mais de 3 mil estão em locais protegidos do frio. A organização afirma que, em Belgrado, cerca de 2 mil pessoas – provenientes do Afeganistão, Paquistão, Iraque e Síria – estão dormindo em prédios abandonados no centro da cidade enquanto a temperatura chega a -200 C. Frio do norte Segundo o jornal espanhol “El País”, 24 pessoas morreram na Ucrânia, e dez, na Bielorrússia, por conta do frio intenso. Na Itália, já seriam oito casos registrados; seis na República Tcheca; seis na Bulgária; três na Albânia; dois na Grécia; dois na Rússia; um na Sérvia; e um na Croácia. A onda de frio tem origem em uma massa de ar polar proveniente da Escandinávia. METRO


ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

SBC vai receber festival com shows gratuitos

{CULTURA}

13|

2 CULTURA

Marília Mendonça é uma das atrações | EULER ANDREY/DIAESPORTIVO/FOLHAPRESS

No Riacho Grande. Palco na prainha terá apresentações de pagode e sertanejo São Bernardo receberá um evento diferente neste ano: o Festival de Verão na Prainha do Riacho Grande. O evento, anunciado ontem pela prefeitura, contará com oito nomes de destaque do sertanejo e do pagode. As apresentações, gratuitas ao público, serão realizadas durante quatro finais de semana, com início amanhã. Os shows serão realizados nas margens da represa Billings. A administração municipal estima que aproximadamente 30 mil pessoas estejam presentes na prainha por final de semana - será a primeira vez que o local receberá uma atração deste porte. O festival terá início às 14h e a atração principal sobe ao palco às 17h, com previsão de término para 19h. A prefeitura informou que o evento será realizado por meio de parceria com empresas privadas e não terá investimento de verba pública. METRO ABC Atrações Veja os shows por dia Amanhã. Maria Cecília e Rodolfo Domingo. Sampa Crew. 21/01 (sábado). Turma do Pagode. 22/01 (domingo). Zé Neto e Cristiano. 28/01 (sábado). Pixote. 29/01 (domingo). Marília Mendonça. 04/02 (sábado). Bruninho e Davi. 05/02 (domingo). Edson e Hudson.

metrojornal.com.br

Mamãe Noel A atriz Anna Kendrick vai interpretar uma versão feminina do Papai Noel em um novo filme da Disney. A história, que será dirigida por Marc Lawrence, colocará a jovem na pele de filha do Bom Velhinho, que decide se aposentar do ofício de entrega de presentes e deixa o posto para sua herdeira.


14|

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

DANIEL CHIACOS/DIVULGAÇÃO

#metromoda Conectando moda e tecnologia POR

@ALEFARAH

Alexandra Farah é jornalista de moda ligada no futuro. Comanda o site alefarah.com e pesquisa o desenvolvimento da tecnologia vestível

SUSANA VIEIRA

Tem coisas tecnológicas que eu acho que nem existem, e aí, quando fico sabendo e vou pesquisar, já estão à venda em e-commerces, como Mercado Livre. Selecionei três objetos muito diferentes que podem ser comprados hoje por lá. Como não testei nenhum, vou resumir o que pesquisei.

Teclado bluetooth projetado com laser

Caixa de som que levita. R$ 385. A LG lançou uma dessas na CES – feira de eletrônicos que aconteceu semana passada em Las Vegas. Achei para vender esta da Moxo, que é controlada pelo celular. Promessa: ela flutua sobre a base e ainda funciona como luminária, já que tem um led que troca de cor. Ouvi dizer que não funciona bem sobre superfície de metal e que o som não é tão possante.

Tiara Rivotril

Teclado Bluetooth Projetor Laser. R$ 178. Promessa: o teclado futurístico, virtual, pode ser projetado em qualquer superfície plana. Tem bateria de 120 minutos e bluetooth, que se conecta ao celular ou ao tablet. Reconhece gesto de mão: um dedo move o mouse, dois dedos rolam a tela. Ouvi dizer que nem sempre o bluetooth funciona bem. Caixa de som que levita

Adassa Martins foi indicada ao Prêmio Shell por sua atuação no monólogo | DIVULGAÇÃO

Peça reflete sobre questão indígena Estreia hoje. Monólogo carioca ‘Se Eu Fosse Iracema’ faz ponte entre tradição e atualidade para debater coexistência entre diferentes povos

Tiara Rivotril. R$ 1.400. A tiara Elf Emmit dispara pulsos eletromagnéticos que mudam a configuração do cerebelo! Promessa: Quer se concentrar mais durante o estudo/trabalho? Melhorar a qualidade do sono? A Elf diz que faz. Ouvi dizer que todo mundo gosta e que é ótimo para quem medita. Saiba mais em www.elfemmit.com. Feliz 2017 conectado!

Apesar de representar uma das principais matrizes étnicas do povo brasileiro, o índio ainda está fora do centro do debate político nacional. Para o diretor teatral Fernando Nicolau, isso se dá por falta de reconhecimento. “A gente não se sente parte dessa questão. É mais fácil vê-la como folclore, como passado, do que se incluir nela”, afirma. Ele mesmo só se deu conta da gravidade do tema ao ler uma carta escrita pelos índios guarani kaiwoá, em 2012, na qual eles afirmavam preferir a morte do que ver suas terras serem tiradas de si por um processo de demarcação. “Fiquei três dias paralisado dentro de casa sem saber como lidar com aquilo. Eles têm

uma questão espiritual com a terra, de ancestralidade. Já a demarcação é ligada a interesses econômicos. Percebi que sei muito pouco sobre a questão do índio”, diz ele. O interesse pelo assunto o fez convocar o dramaturgo Fernando Marques e a atriz Adassa Martins para pesquisar o tema ao longo de três anos. O resultado é “Se Eu Fosse Iracema”, que estreia hoje após ser indicado ao Prêmio Shell de atriz e figurino por suas temporadas cariocas. Na peça, ritos de passagem e mitos indígenas são evocados para falar do ciclo da vida e convidar o público a pensar sobre a possibilidade de coexistência com as diferenças. Essa preocupação fez par-

te da criação, quando o trio buscou entender o discurso do outro em vez de tomá-lo para si. “A gente só pode falar do nosso lugar. Por isso, a gente não mimetiza o índio. Mas hoje eu me vejo incluído nessa questão pela urgência que sinto em falar dela”, diz ele. Esta não é, no entanto, uma peça de respostas fáceis. “A gente lança várias perguntas. A ideia é abrir várias vozes no espetáculo.” METRO Serviço No Sesc Ipiranga (r. Bom Pastor, SP, 822, tel.: 33402000). Estreia hoje. Sex., às 21h30, sáb., às 19h30, dom., às 18h30. R$ 20. Até 12/2.

A atriz de TV abre espaço para o teatro no monólogo “Uma Shirley Qualquer”, que estreia hoje sob a direção de Miguel Falabella no Teatro Renaissance (al. Santos, 2.233, Jardins; sex., às 21h20, sáb., às 21h, dom., às 18h30; R$ 100). A personagem que dá nome à peça é casada e mãe de dois filhos e decide descarregar as angústias em uma viagem à Grécia com uma amiga. O drama de Shirley é universal. Sendo uma mulher de sucesso, como você se relaciona com a personagem? Ela percebe que não está feliz e decide ir em busca dos seus sonhos. Ela diz “sim” para a vida em um determinado momento da peça. E eu faço isso o tempo todo. Estamos aqui para sermos felizes. Você acredita que nunca é tarde para recomeçar? O importante é ir atrás do que você acredita. A vida passa muito rápido. É muito bom chegar na minha idade, 74 anos, e ter orgulho da sua história, da sua carreira. E mesmo assim eu quero mais. Não estou me desafiando nesse monólogo? Sempre é tempo de realizar os seus sonhos. Qual o maior desafio de fazer um monólogo? O texto. Ao mesmo tempo, não me sinto sozinha em cena. A plateia vai junto comigo. Tem sido uma experiência incrível. Entro em cena feliz. Com frio na barriga, mas feliz. METRO CAMPINAS

O Metro indica

Teatro

‘O Orgulho da Rua Parnell’. Darson Ribeiro dirige esta montagem do texto do do dramaturgo inglês Sebastian Barry sobre um casal que discute o relacionamento a partir de monólogos. Na Verniz Galeria (r. Álvaro de Carvalho, 318, Centro). Estreia amanhã. Sáb. e seg., às 20h; dom., às 19h. R$ 60. Até 19/2.

Show

Lenine. O músico pernambucano apresenta todas as faixas do disco “Carbono” em meio a hits de sua carreira. No Tom Brasil

(r. Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio). Hoje, às 22h. De R$ 120 a R$ 200.

R$ 20. No Sesc Interlagos (av. Manuel Alves Soares, 1.100). Dom., às 16h. Grátis.

TV

Jaloo. O artista que transita entre o pop, o eletrônico e o experimental abre a temporada 2017 do projeto Estéreo MIS, voltado à música independente nacional. No MIS (av. Europa, 158, Jardim Europa). Hoje, às 21h30. R$ 14.

‘Amor de 4’. Os atores Branca Messina, Igor Cotrim, Carolina Chalita e Nicola Lama vivem um jogo de sedução na nova série dirigida por José Joffily. No Canal Brasil. Estreia hoje, às 22h.

Crespo. O rapper toca faixas do novo álbum, “Maldito”, que reúne influências do samba, do jazz e da MPB. No Sesc Belenzinho (r. pe. Adelino, 1.000). Amanhã, às 21h.

Festa Odara. O baiano Edy Star puxa a festa que celebra os 50 anos da Tropicália. No Cine Joia (pça. Carlos Gomes, 82, Liberdade). Hoje, às 23h. R$ 50 (na porta).

Festa


16|

Homeland. Claire Danes ajuda árabes em sexto ano A série “Homeland” já não é mais a mesma que ganhou vários prêmios televisivos, mas sua sexta temporada, que estreia na madrugada de domingo para segunda, à 1h30, no canal pago Fox Action, ainda prova sua pertinência ao colocar em debate questões relevantes para a política internacional. Meses após ter impedido um ataque terrorista em Berlim, vemos agora Carrie (Claire Danes) morando em Nova York. Seu novo trabalho é ajudar muçulmanos que vivem nos EUA no momento em que uma nova presidente (Elizabeth Marvel) está prestes a assumir o poder e estabelece uma forte vigilância em torno da comunidade árabe. Rupert Friend, F. Murray Abraham e Mandy Patinkin também contracenam com a atriz, vencedora de dois Emmys por seu papel na série. METRO

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Malvado de verdade Estreia hoje. Neil Patrick Harris encarna seu maior vilão em ‘Desventuras em Série’, nova produção da Netflix Para muitos atores, não há nada mais prazeroso do que interpretar um vilão realmente desagradável. Neil Patrick Harris se apegou a essa máxima em “Desventuras em Série”, que estreia hoje no serviço de streaming Netflix. O Conde Olaf vivido por ele na produção é um comediante fracassado, mau cantor, sedento de riqueza e cheio de instintos assassinos – em resumo, um sujeito muito ruim. Essas características, no entanto, definem o papel dos sonhos de Harris, um ator afeito aos disfarces, à fantasia e ao gênero musical. “Eu me perguntei como não havia lido antes os livros em que a série é baseada. São novelas extraordinárias que estão justamente no meu universo de criatividade! Adoro o humor sarcástico e mordaz delas, que são absolutamente hilárias e apresentam um estilo incrível”, aponta Harris. Quem leu as 13 histórias

Astro contracena como Conde Olaf ao lado de Louis Hynes (esq.), que vive um dos órfãos Baudelaire no seriado | DIVULGAÇÃO

escritas por Daniel Handler sob o pseudônimo de Lemony Snicket entende do que o ator está falando. Apesar de serem destinadas a crianças, as aventuras nas quais a série se baseia apostam em um quê de ironia e uma atmosfera gótica bem

ao estilo de Tim Burton ao narrar as aventuras de um irmão e duas irmãs “inteligentes, mas com muito azar”. São Violet (Malina Weissman), Klaus (Louis Hynes) e a bebê Sunny (Presley Smith), que perdem os pais em um estranho incêndio e são adotadas

pelo Conde. O vilão busca então eliminar os órfãos de todo jeito para, enfim, tomar para si a herança deles. “Olaf é raivoso, vingativo e, apesar de estar longe de ser considerado um cara bonito, tem certeza que é o homem mais lindo que já existiu. É

muito divertido interpretar alguém tão mau”, ressalta o ator de 43 anos. Conhecido por ter vivido o Barney na série “How I Me Your Mother”, Harris destaca suas inspirações para o papel. “Ele é uma mescla de quatro tipos: Alan Rickman, o Coiote do Papá-Léguas, Jack Nicholson como o protagonista de ‘O Iluminado’ e um típico assassino serial”, explica. Os livros de Lemony já haviam baseado um filme estrelado por Jim Carey em 2004. Harris disse ter visto o longa apenas no último minuto. “Busquei ser respeitoso com os livros, o espírito dele e o roteiro. Não queria que o filme me influenciasse. Apenas busquei ser o mais assustador possível”, conclui. NATALIA WYSOCKA METRO INTERNACIONAL Veja o trailer no metrojornal.com.br


20|

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Trólebus Li nas matérias do Metro Jornal sobre essa verdadeira indecisão do aumento ou não das tarifas, integrações. Depois de tanta coisa, o melhor para a população será quando esta situação for definitivamente resolvida. Se for para pagar mais caro, que seja, só não aceitamos tanta enrolação. Esse vaivém não é bom para ninguém.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

FRANGO AO CREME DE MILHO NO FORNO

Cruzadas

RODRIGO DANTAS - DIADEMA,SP

Sesc Verão

Espero todos os anos o Metro Jornal publicar a programação do Sesc Verão, como foi feito na edição desta quinta-feira (ontem). Sempre tem coisa boa, e neste ano não vai ser diferente! Muitos esportes que nunca ouvir falar, mas que despertam curiosidade, tipo coferbol, tumbling. E o melhor de tudo é a gratuidade. JEANE MARA - SÃO CAETANO, SP

Cinema

INGREDIENTES Para o frango: 1 kg peito de frango cru e cortado em cubos ½ cebola picada 2 dentes de alho amassados 400 gramas de requeijão cremoso Sal, pimenta do reino e azeite a gosto

MODO DE PREPARO: Tempere o frango e refogue-o até ficar dourado. Desligue o fogo e acrescente o requeijão cremoso. Reserve.

Forno: 180°C/30m Rendimento: 8 porções

Não estou muito confiante no “Assassin’s Creed”, esse esquema de pegar personagens de jogos digitais para fazer filme não é lá essas coisas, mas só passa esse tipo de filme aqui no ABC. Lamento que a maior parte dos filmes que disputam o Oscar não vêm para a região, e quando passam só passam em sessões dubladas.

Para o creme: 1 lata de milho verde escorrida 1 lata de leite 1 colher (sopa) de amido de milho 100 ml de caldo de galinha ½ cebola cortada em 4 partes ½ xícara (chá) de queijo ralado para polvilhar Azeite e cheiro verde a gosto

CAÍQUE RODRIGUES - SÃO BERNARDO, SP

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

Creme: Bata todos os ingredientes no liquidificador, menos o azeite e o cheiro verde. Coloque o creme na panela, mexa bem até engrossar levemente e despeje em um refratário sobre o frango misturado com o requeijão. Polvilhe o queijo ralado e um pouco de cheiro verde. Leve para assar em forno pré-aquecido (180°C) por aproximadamente 30 minutos.

Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta-feira, às 9h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

Boas conversas serão fundamentais para esclarecer mal-entendidos. Tendência a expor de forma mais direta tudo o que se sente.

A Lua está em seu signo, o que fará com que você seja mais direto(a) do que o habitual em suas relações e na maneira de se expressar.

Situações burocráticas estão propensas a esclarecimentos em questões materiais e profissionais que possuir.

Evite se apegar a antigos ressentimentos e dê novas oportunidades para relações das quais se afastou por algum motivo insignificante.

O momento é de reflexão sobre seus atos e não deixar que culpas ou complexos interfiram na confiança por objetivos.

O momento é propício para pesquisas e estratégias diante de negócios em que esteja. Se puder, contenha decisões mais ousadas por enquanto.

Pondere para não dizer coisas de forma precipitada. O jeito de expor assuntos às vezes tem mais impacto do que os próprios assuntos.

Este é um momento para se socializar mais, seja com novas amizades ou retomando convivências especiais.

Este é um momento de propensões a debates e atritos nas relações. Evite perder tempo com assuntos desnecessários.

Período propício para tratar assuntos financeiros, negociações em parcerias ou temas que envolvam ganhos.

Os interesses a longo prazo não devem ser motivo para se desligar dos assuntos mais urgentes e que não tragam tanta preocupação.

Esteja receptivo(a) a inovações sem ser tão metódico(a) diante de assuntos profissionais ou projetos autônomos.

Soluções


22|

3 ESPORTE

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

‘Me sinto em casa’ Palmeiras. Michel Bastos é apresentado oficialmente no Verdão, recebe a camisa 15 e promete muita dedicação no novo clube Uma das principais contratações desse início de temporada no Palmeiras, Michel Bastos foi oficialmente apresentado ontem na Academia, mas o teor da conversa com o jornalistas foi, principalmente, seu último ano no São Paulo. Bastos teve um 2016 ruim no Tricolor. Com lesões e futebol abaixo de sua média, foi cobrado pela torcida em campo e fora dele, como no triste caso da invasão de torcidas organizadas no centro de treinamento são-paulino, que acabou em agressões físicas. “Aconteceu, foi duro, foi difícil, uma coisa que nunca passei na carreira. Mas se falava muita coisa, eu deixei de me expor na mídia para me defender. O único jeito com

“Sei aonde estou chegando, o clube onde vou jogar. Com certeza não vou me arrepender” MICHEL BASTOS, SOBRE SUA CHEGADA AO PALMEIRAS

o qual eu poderia mudar a situação era jogando bola”, explica o meia, que também foi acusado de ter problemas com os colegas de grupo. “Venho para o Palmeiras sabendo que não vou ter problemas no vestiário. Sei que o grupo me aceitou. O Alexandre Mattos falou aqui, conhece meu caráter, posso ajudar dentro de campo e fora dele”, enfatizou. Mesmo se conseguir se entender com o grupo, Michel

precisará de paciência para conseguir um espaço no time titular. Em sua função provavelmente o colombiano Guerra será titular. O novo camisa 15 poderia jogar pelos lados, mas Jean, pela direita, e Zé Roberto, na esquerda, são donos dos postos. Mesmo mais recuado, o Palmeiras vai muito bem, com Moisés e Tchê Tchê, além do também recém-chegado Felipe Melo. “O Palmeiras mostra a ambição que tem, disputar as competições para ser campeão. Chegaram nove jogadores, isso é bom para todo mundo. Bom para nós, quanto mais concorrência, mais vamos ter que trabalhar. Se sai um jogador, vai entrar outro de qualidade. Vai ser benéfico para todo mundo”, explicou. METRO

Verdão acerta trocas com o Cruzeiro Ontem foi dia de fechar o elenco do Palmeiras para esta temporada, com as chegadas de Willian Bigode e Fabiano concluídas na noite de quarta-feira em uma troca com o Cruzeiro. É o que garantiu um dirigente alviverde que não quis se identificar ao jornalista Jorge Nicola, da Bradesco Esportes FM. Cruzeiro e Palmeiras fi-

zeram as trocas que envolvem o empréstimo de Robinho e Willian Bigode e a ida em definitivo de Fabiano para o Verdão.  Por outro lado, o lateral Fabrício voltou para a Toca da Raposa. Com isso, a diretoria palmeirense fez nove contratações para 2017. Além de Fabiano e Willian, o Verdão trouxe: Raphael Veiga, Keno, Hyoran, Michel Bastos,

Antônio Carlos, Felipe Melo e Alejandro Guerra. Ainda existe a possibilidade da chegada de mais um atacante. Mas isso vai depender de Leila Pereira, dona da Crefisa, uma das patrocinadoras do clube, que pode investir na contratação de Lucas Pratto, do Atlético-MG, ou de Borja, do Atlético Nacional, da Colômbia. BAND.COM.BR

Bastos agora usa verde | NEWTON MENEZES/FUTURA PRESS

Vôlei

No Paraná A Arena da Baixada, estádio do Atlético-PR, será sede da fase final da Liga Mundial deste ano. O acerto ainda não foi divulgado oficialmente, mas a disputa será entre os dias 28 de junho e 2 de julho. A disputa marcará a estreia de Renan Dal Zotto no comando da seleção brasileira, do levantador Bruninho (foto).

Corinthians. Kazim chega e promete raça O “Gringo da Favela” chegou. O Corinthians apresentou ontem o atacante inglês naturalizado turco Colin Kazim, que defendeu o Coritiba no último Brasileirão. Alternando entre português e inglês, o jogador de 30 anos não escondeu a alegria por chegar ao novo clube e prometeu muita disposição dentro de campo. “Meu objetivo é ajudar o Corinthians. Ele é o melhor clube do América. Eu vim aqui, porque é meu sonho jogar em um grande time como o Corinthians. Eu luto muito em campo e tenho característica de jogador do Corinthians. Eu jogo com raça o tempo todo. Eu tinha proposta para China, Dubai, mas eu falei que queria jogar aqui. Ganhar um título com o Corinthians seria muito bom”, afirmou.

‘Gringo da Favela’ posa com camisa do Timão | MAURO HORITA/FOLHAPRESS

Drogba vem? A outra novidade do dia foi uma possível chegada do marfinense Didier Drogba, de 38 anos. Sem clube desde o fim de novembro, quando deixou o Montreal Impact (EUA), ele teria sido oferecido ao Timão, mas a diretoria declinou. METRO COM BAND.COM.BR

São Paulo. Time vence em 1º jogo- treino de Rogério Ceni

Santos forte. Dorival Júnior analisa as cinco contratações

O São Paulo goleou o FC Sarasota por 9 a 1 ontem, no primeiro jogo-treino sob comando de Rogério Ceni. O técnico esboçou pela primeira vez uma formação, com o esquema tático no 3-4-3. O Tricolor entrou em campo com: Sidão; Breno, Lucão e Douglas; Bruno, Araruna, João Schmidt e Júnior Tavares; Shaylon, Neilton e Gilberto. Com dois gols, Shaylon, de 19 anos, foi o destaque da primeira parte da atividade. No intevalo, Ceni trocou todo mundo e escalou o provável time titular, com: Denis; Maicon, Lugano e Rodrigo Caio; Wesley, Wellington, Thiago Mendes e Buffarini; Wellington Nem, Luiz Araújo e Chavez. METRO

Em entrevista coletiva, o técnico analisou individualmente as novas peças à disposição e disse esperar por mais “um ou outro” para definir o grupo. “Cleber é rápido, tem ótima bola parada, agressividade de combate forte, assim como Donizete em outro setor. Vladimir é meia que pode ser usado pelo lado como o Vitor. Kayke também joga em algumas funções, é uma referência e também sai para jogar, com boa movimentação. á Matheus Ribeiro é ambidestro, joga dos dois lados ou por dentro. Pode jogar em outras funções”, explica o treinador. O técnico ainda sonha com o atacante Bruno Henrique, do Wolsfburg. METRO

Ranking da Fifa

Brasil segue em segundo O top 10 do ranking da Fifa iniciou 2017 da mesma forma como terminou 2016, com a Argentina na liderança, seguida do Brasil e da Alemanha. As únicas alterações aconteceram no meio da lista. METRO

Sem fim

Dívidas da Copa chegam a R$ 1 bi Disputada em 2014, a Copa do Mundo no Brasil ainda não acabou fora de campo. Pendências financeiras e nos tribunais referentes ao Mundial podem chegar a R$ 1 bilhão e, por causa disso, o Comitê Organizador Local ainda está funcionando. METRO


24

ABC, SEXTA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2017 www.metrojornal.com.br

ESPORTE

Ídolo maior

O artilheiro de um só gol Mauro Shampoo Idade. 60 - 20/10/1956 Natural de. Recife (PE)

simo Íbis. Pés um o, em camp redes s show na r time pio sociais. O do marca do mun trás do oa um golaç ndo onda outro tira internet na

S

e dentro de campo o Íbis não consegue exatamente empolgar, nas redes sociais, o “pior time do mundo”, como se autointitula, já acumula uma legião de fãs. Contando Twitter e Facebook, seus principais canais, são quase 200 mil pessoas que ficam sempre ansiosas, aguardando as novas postagens do clube da cidade de Paulista (PE), a 18 km de Recife. Não é para menos. Além de acompanhar os jogos do Pássaro Preto – que não vence desde 19 de setembro de 2015 –, o perfil também costuma tirar sarro de outros clubes, jogadores. E até dele mesmo. O responsável pelas postagens é o publicitário Nilsinho Filho, 29, que criou o perfil em 2012 para fazer tuítes sobre o seu time de coração. Logo, recebeu o convite do presidente Ozir Ramos para que se tornasse o oficial do Íbis. “O sucesso foi aumentando, e hoje os fãs ficam cobrando zoação quando as outras equipes perdem”, disse Nilsinho, que também acumula a função de mascote do clube, fundado há 78 anos. Além das brincadeiras, quem acompanha o @ibismania também está acostumado com as campanhas criadas. A mais recente foi a #ÍbisNaLiberta, pedindo uma vaga na Libertadores quando houve ampliação para os brasileiros. “Uma é nossa, não queremos nem saber”, dizia a postagem no Twitter. Mas a que teve mais destaque e repercutiu em diversos jornais do mundo envolveu José Mourinho (#MourinhoNoÍbis). O clube fez uma proposta oficial ao técnico português do Chelsea. “Mourinho estava passando férias em Porto de Galinhas e fui lá levar a proposta. Repercutiu muito. Mas ele não tem o perfil”, se diverte. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

Durante dez anos, entre os anos 80 e 90, o Íbis viu desfilar com sua camisa o meia Mauro Shampoo, considerado o grande nome da história “poética” do clube. “Cabeludo, habilidoso, canhoto, driblador. Eu era o Maradona do Nordeste”, conta, orgulhoso. Mas o camisa 10 só conseguiu balançar as redes uma vez. Aconteceu na derrota para o Ferroviário, por 8 a 1. Esse 1 aí foi dele. “E o pessoal ainda fala que foi sem querer”, lamenta o cabeleireiro, capitão do salão Arena Shampoo, em Recife. A história folclórica rendeu o curta metragem “Mauro Shampoo, jogador, cabeleireiro e homem”, disponível na web. O título, aliás, é a maneira como ele atende as ligações. METRO

“Em dez anos não ganhei nada no Íbis. Único título que tenho é o de eleitor. E isso porque é obrigatório”

FOTOS: NILSINHO FILHO/@IBISMANIA

Nilsinho também faz bico de mascote do Íbis

O cara do perfil Nilsinho Filho, 29 anos Ʉ ɝÿÜÿĨđÑĒÿÑȩ O responsável pelo hilário perfil é o publicitário e estudante de jornalismo: “O futebol é isso. Mais brincadeira e menos violência”

637

2.481

derrotas gols sofridos tem o Íbis, que disputou 928 partidas na história. Além das ‘gloriosas’ derrotas, foram 135 vitórias e 156 empates

em todos os jogos disputados nos seus 78 anos de vida. O Íbis conseguiu marcar 744. Saldo: -1.737


20170113_br_metro abc