Page 1

CURITIBA Sexta-feira, 2 de dezembro de 2016 Edição nº 1.395, ano 6 MÍN: 14°C MÁX: 26°C

www.metrojornal.com.br | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_CTB

SHOW DE NATAL COMEÇA HOJE

Renan é réu por crime de peculato Decisão. Por 8 votos a 3, Supremo Tribunal Federal aceita denúncia contra o presidente do Senado em processo que o acusa de receber dinheiro de empreiteira para bancar pensão de uma filha. É a primeira vez que o STF o torna réu PÁG. 06

Tradicional espetáculo no Palácio Avenida terá nove apresentações neste ano PÁG. 12 SILVIO AURICHIO

PF diz que houve vazamento de prova do Enem Paranaense está mais longevo

| ARQUIVO METRO/ RODRIGO FÉLIX

Relatório tornado público ontem pelo MPF do Ceará diz que candidatos tiveram acesso a gabaritos PÁG. 06

Expectativa de vida vai a 76,8 anos no PR

Presidente da Fifa vem para velório, que começa amanhã

Números do IBGE mostram que mulheres vivem em média 6,8 anos a mais que homens no Estado PÁG. 02

Arenda Condá, em Chapecó, receberá corpos trazidos da Colômbia pela FAB PÁG. 20


02|

1 FOCO

Encontro de prefeitos

‘Catástrofe anunciada’ O governador Beto Richa (PSDB) defendeu ontem reformas no país. De acordo com ele, os problemas atuais não se limitam à economia. “Não vivemos apenas uma crise de conjuntura, provocada pela recessão que atinge o país. É um grave problema estrutural, que só será sanado com uma reforma racional da composição de gastos do poder público com funcionalismo, encargos sociais e previdência, além da revisão das vinculações de receitas. A atual estrutura de gastos é uma catástrofe anunciada. Por isso, as reformas são urgentes e exigem muita coragem”. A declaração foi dada no Encontro de Prefeitas e Prefeitos Eleitos, em Foz do Iguaçu, que começou ontem.

Cotações Dólar + 2,40% (R$ 3,468) Bovespa - 3,88% (59.506 pts) Euro + 3,18% (R$ 3,702) Selic (13,75% a.a.)

Salário mínimo (R$ 880)

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Mulheres vivem 6,8 anos mais que homens no PR Mortalidade. Dados do IBGE, divulgados ontem, mostram ainda que PR tem a 3º menor mortalidade infantil do Brasil Os paranaenses que nasceram em 2015 tem, na média, a esperança de viver até 2091, quando completarão 76,8 anos. É o que mostram os dados das tábuas de mortalidade divulgadas ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Tanto no Paraná quanto no Brasil a expectativa vem subindo ano a ano. No Estado ela aumentou 12,7 anos entre 1980 e ano passado. Quinze anos atrás, os paranaenses viviam em média 64,1 anos. A expectativa paranaense é um pouco maior que a brasileira, sendo que o Estado é o 7º no ranking nacional. De Santa Catarina, onde se vive mais tempo, até o Maranhão, que está na posição mais baixa, a diferença é de 8,4 anos. (veja mais ao lado). As mulheres vivem mais que os homens em todos os

ESPERANÇA DE VIDA AO NASCER PARA HOMENS E MULHERES

DIFERENÇA ENTRE HOMENS E MULHERES

Santa Catarina

78,7 ANOS

Alagoas

Espírito Santo

77,9

Bahia

9,1

Espírito Santo

8,0

9,5 ANOS

Distrito Federal

77,8

São Paulo

77,8

12º Distrito Federal

7,1

14º Rio de Janeiro

7,0

Rio Grande do Sul

77,5

Minas Gerais

77

17º Rio Grande do Sul

6,8

18º Paraná

6,8

23º São Paulo

6,3

Paraná

76,8

Rio de Janeiro

75,9

27º Maranhão

70,3

Brasil

75,5

FONTE: IBGE

Estados, e a diferença está se ampliando. Em 1940 a margem era de 5,4 anos a mais para elas, número que subiu para 7,2 anos em 2015. No Paraná, elas vivem em média 6,8 anos a mais. Segundo o IBGE, parte da

25º Minas Gerais

5,9

27º Roraima

5,2

Brasil

diferença é explicada pela alta mortalidade de homens entre os 20 e 24 anos. Nesta faixa eles têm 4,5 vezes mais chances de morrer do que as mulheres, especialmente por mortes violentas. Nas décadas de 1940 e 50, não havia dife-

7,2

rença de mortalidade entre os jovens nesta faixa etária, destaca o IBGE. Mortalidade infantil Entre 2014 e 2015 houve um declínio de 3,6% na mortalidade infantil no Brasil. O

Paraná foi o terceiro Estado com menores taxas até os cinco anos, atrás do Espírito Santo e Santa Catarina. As taxas desses Estados variam entre 9,19 e 9,71 por mil nascidos vivos mas, de acordo com o IBGE, os número estão longe das encontradas nos países mais desenvolvidos do mundo. Japão e Finlândia que possuem taxas na ordem de 2 por mil. Entre 1940 e 2015 a mortalidade de crianças caiu 97,0%. De acordo com o IBGE, contribuíram para a queda as campanhas de vacinação em massa, atenção ao pré-natal, o aleitamento materno e o aumento de escolaridade e de renda. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Mirian adianta regularização na CIC No cargo até domingo, a prefeita Mirian Gonçalves (PT), assinou três decretos que devem ser publicados até a próxima semana pela prefeitura. Entre eles está a declaração de utilidade pública de uma área de 210 mil metros quadrados na CIC (Cidade Industrial de Curitiba), onde estão morando 1,2 mil famílias. O terreno foi ocupado em 2012 e deu origem às ocupações Nova Primeira, Tiradentes e Dona Cida. Os moradores enfrentam um processo judicial de despejo, mas a expectativa de Mirian é de que o decreto traga segurança jurídica para que eles permaneçam. “É o primeiro passo para a resolução de um problema habitacional complexo”, diz. Segundo a prefeita, depois que o decreto for publicado será aberto um prazo de cinco anos para que as próxi-

1,2 mil famílias podem ser beneficiadas por decreto | DIVULGAÇÃO/ MPM CURITIBA

mas gestões providenciem a desapropriação. “Não estou deixando uma bomba relógio para o governo Greca, pelo contrário, estamos pacificando uma situação que é de conflito”, explica, lembrando que os moradores do local já chegaram a invadir a sede da prefeitura. “São pessoas de renda muito baixa e há um interesse so-

FALE COM A REDAÇÃO leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9191

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Grande Vitória e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

cial alto. Se elas saírem de lá, vão vagar pela cidade”, diz O decreto está pronto, mas ainda aguarda sua publicação, pela Secretaria de Governo da prefeitura. Outras medidas Outros dois decretos assinados por Mirian já estão numerados e devem ser publicados hoje. O primeiro determina a

colocação de um busto lembrando Édesio Passos na praça Santos Andrade. Morto em agosto, o advogado foi um dos fundadores do PT no Paraná e deputado federal entre 1991 e 1994. Ele destacou pela atuação trabalhista e resistência à ditadura militar. “No decreto estamos prevendo que, caso a prefeitura não possa bancar com os custos do busto, isso pode ser delegado à sociedade civil. Não tenho dúvidas que os recursos seriam arrecadados rapidamente”, diz Mirian. Por fim, um último decreto retira das fichas funcionais dos servidores as anotações por faltas em greves. A medida serve para evitar futuros danos nas progressões de carreiras. Entre 2014 e 2015, ocorreram só nove dias de greve, de guardas municipais, professores e servidores da saúde. METRO CURITIBA

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal Curitiba. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editora de Arte: Priscila S. Belavenute. Gerente Comercial: Christian Tabaka Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera.

PT na gestão

‘Há respeito, mas também divergência’ Em balanço dos seus quatro anos na gestão, Mirian Gonçalves (PT) admite que ocorreram dificuldades internas. “O Gustavo me respeita e eu o respeito também, mas não posso dizer que não tivemos algumas divergências”, diz ela, lembrando que a prefeitura deixou de aplicar o orçamento participativo proposto pelo PT. Segundo Mirian, também houve discordâncias ideológicas com parte do secretariado. METRO CURITIBA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O Metro Jornal Curitiba é impresso na Gráfica Press Alternativa Ltda / Alm. Tamandaré/PR A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


04|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Odebrecht fecha acordo de leniência de R$ 6,7 bi Lava Jato. Segundo jornal, acordo da empreiteira começou a ser assinado ontem em Curitiba e deve ser pago em 20 anos. Com isso, delação explosiva de 77 executivos vai sair do papel Segundo o jornal Folha de S. Paulo, a Odebrecht começou a assinar ontem na capital paranaense o acordo de leniência com os procuradores da Lava Jato. Com o acordo, uma espécie de delação premiada da empresa, a empreiteira admite irregularidades e poderá continuar a ser contratada pelo poder público. A empresa vai pagar uma multa de R$ 6,7 bilhões no período de 20 anos – valor que será dividido entre Brasil, Estados Unidos e Suíça, com a maior parte ficando em território nacional. No início da noite, a empresa soltou o extenso comunicado ‘Desculpe, a Odebrecht errou’, dizendo que aprendeu várias lições, além de assumir diversos compromissos como ‘combater e

Acordo de leniência da Odebrecht é o maior do mundo | ZANONE FRAISSAT/FOLHAPRESS

não tolerar a corrupção em quaisquer de suas formas, inclusive extorsão e suborno’. Paralelamente à assinatura do acordo de leniência, a delação premiada de 77 executivos da empresa também começar a ser assinada em Brasília – parte deles já es-

tava ontem na capital federal. Entre os delatores está o ex-presidente da empreiteira Marcelo Odebrecht, preso desde junho do ano passado em Curitiba, onde deve permanecer pelo menos até o fim do que vem. As delações deveriam ter

sido assinadas na semana passada, mas um pedido dos EUA por valor maior da multa gerou um entrave. Quando concluída as assinaturas, os procuradores da PGR (Procuradoria Geral da República) precisam validar os depoimentos dos delatores antes de enviar o material para homologação do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal). A delação dos executivos da Odebrecht deve atingir mais de uma centena de políticos, incluindo governadores, deputados e senadores. Os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Dilma Rousseff (PT) e o presidente Michel Temer (PMDB) teriam sido citados nas negociações. METRO CURITIBA

Revisão. TRF4 aumenta penas de Baiano e Cerveró Dois personagens importantes e já condenados da Operação na Lava Jato tiveram suas penas aumentadas após a revisão de seus processos na segunda instância da Justiça. Em julgamento de apelação nesta quarta-feira, a 8ª Turma do TRF4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) decidiu aumentar a pena do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró de 12 anos e três meses para 27 anos e quatro meses de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Já a pena do lobista Fernando Soares, o Fernando Baiano, foi de 16 anos e um mês para 26 anos pelos mesmos crimes. A sentença é sobre a contratação de navios-sonda pela Petrobras mediante propina de US$ 40 milhões da empresa Samsung Heavy à Diretoria da Área Internacional comandada por Cerveró com intermediação de Baiano. Entretanto, como são de-

latores, eles devem cumprir a pena conforme acordo assinado com o MPF (Ministério Público Federal). Cerveró, por exemplo, saiu da carceragem em junho deste ano e até o meio do ano que vem está em prisão domiciliar no Rio de Janeiro com tornozeleira eletrônica. Depois ele ainda deve cumprir mais dois anos em regimes semiaberto e aberto. Baiano já cumpre o regime semiaberto. Juntos, Cerveró e Baiano devem devolver mais de R$ 54 milhões à Petrobras (parte já foi pago). Cunha Também em julgamento na quarta-feira, a 8ª Turma do TRF4 manteve a prisão preventiva de Eduardo Cunha ao indeferir pedido de habeas corpus, que já havia sido negado liminarmente em outubro. A defesa do ex-deputado informou que vai recorrer ao STJ (Superior Tribunal de Justiça). METRO CURITIBA


06|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

STF torna Renan réu pela 1ª vez Placar de 8 x 3. Ministros do Supremo decidem abrir inquérito contra o presidente do Senado, acusado de desvio de dinheiro público. Parlamentar diz confiar na Justiça O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), virou réu em inquérito no STF (Supremo Tribunal Federal), que vai julgar se ele desviou dinheiro público para pagar a pensão de uma filha que teve fora do casamento. O caso foi divulgado em 2007 e pesou na renúncia do senador à presidência da Casa na época. Ele foi acusado de ter a ajuda da empreiteira Mendes Júnior para pagar a pensão. Se condenado, Renan pode pegar até 12 anos de prisão, mas, enquanto corre o processo, ele não precisará se afastar do cargo que ocupa. Os ministros do STF decidiram – pelo placar de 8 x 3 – que há indícios de que dinheiro público foi usado para pagar a pensão. Renan teria destinado parte de sua verba de gabinete no Senado para pagar uma locadora de veí-

Senador alega inocência e vê falhas na investigação

Ministros do Supremo na sessão de ontem | CARLOS HUMBERTO/STF

culos de Maceió, onde mora, que não teria prestado serviços e teria feito empréstimos pessoais ao senador. Relator do processo, o ministro Edson Fachin aceitou a denúncia de peculato e rejeitou a de falsidade ideológica. O ministros que votaram pela rejeição de todas as acusações foram Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffo-

li. Toffoli, aliás, é responsável pela manutenção de Renan na presidência do Senado. No início do mês, ele pediu vista após seis de oito ministros presentes julgarem que réus não podem estar na linha sucessória da presidência da República. Não há prazo para a retomada deste julgamento nem para a sentença sobre o caso Renan. METRO BRASÍLIA

“Não há prova contra o senador, nem mesmo probabilidades, apenas suposição”, diz nota divulgada ontem por Renan Calheiros. O senador alegou que recebeu ‘com tranquilidade’ a decisão do STF e que confia na Justiça. “O debate entre os ministros evidenciou divisão e dúvidas quanto à consistência dos indícios do Ministério Público, qualificados como precários por vários deles”, diz o texto. Renan ainda é investigado em outros 11 processos no STF. METRO BRASÍLIA

Debate opõe Moro e Gilmar Mendes O clima beligerante entre o presidente do Senado e membros da Justiça teve uma trégua ontem, com a ida do ministro do STF Gilmar Mendes e do juiz federal Sérgio Moro

Moro observa Renan Calheiros | LULA MARQUES/AGPT

ao Senado para debater com Renan Calheiros (PMDB-AL) o projeto de pei contra o abuso de autoridades, que os senadores pretendem votar na semana que vem.

Em tom respeitoso, Moro afirmou que a nova lei pode criminalizar as investigações da Lava Jato, argumento rebatido com energia por Gilmar Mendes. METRO BRASÍLIA

“Eu considero a operação Lava Jato sagrada. Ela definiu alguns avanços civilizatórios e precisa, sim, ser estimulada.”

“Talvez não seja o melhor momento. Uma nova lei poderia ser interpretada como tendo o efeito de tolher investigações.”

“Teríamos, então, que buscar um ano sabático das operações para que o Congresso pudesse deliberar sobre o tema?”

RENAN CALHEIROS, PRESIDENTE DO SENADO

SÉRGIO MORO, JUIZ FEDERAL

GILMAR MENDES, MINISTRO DO STF

Candidatos em Brasília. Ao todo, 5,8 milhões fizeram o Enem |VALTER CAMPANATO/ABR

Investigação. Prova do Enem vazou, conclui Polícia Federal Cinco milhões e oitocentos mil candidatos realizaram as provas do Enem em 5 e 6 de novembro. Alguns deles sabiam o tema da redação e tinham o gabarito das respostas, concluiu a Polícia Federal em relatório tornado público ontem pelo MPF (Ministério Público Federal) no Ceará. O procurador da República Oscar Costa Filho adiantou ontem que irá pedir na Justiça a anulação do exame de 2016. A investigação não estimou ainda quantos candidatos tiveram acesso ao vazamento. Dois deles foram presos ainda na sala de provas pela PF, um no Maranhão e outro em Minas Gerais, com fotos do gabarito. Em seus computadores, a perícia policial encontrou pesquisas no Google com o tema da redação – intolerância religiosa – na manhã de domingo, dia 6, horas antes do início da prova. Na época, outras nove pessoas foram presas em Minas, suspeitas de integrar uma quadrilha que cobrava até R$ 180 mil por gabarito.

O Ministério da Educação, por nota, reclamou do que chamou de “vazamento” de informações, pelo MPF, de um inquérito que corre em sigilo. O órgão atacou o procurador Costa Filho, que teria “ histórico de tentativas de impedir a realização do Enem em anos anteriores” e o acusou de provocar “tumulto e insegurança para milhares de estudantes”. Ainda segundo o MEC, “não há indicio de vazamento de gabarito oficial”. “É um fato isolado e nós não vamos de forma alguma prejudicar milhões de brasileiros”, disse o ministro Mendonça Filho, negando a possibilidade de cancelamento do Enem. Exame mantido Neste fim de semana, cerca de 277 mil candidatos farão a prova. Eles não realizaram o teste em novembro por causa do movimento estudantil de ocupação de escolas. No DF, 8 mil pessoas farão o exame. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

“Uma quadrilha organizada nacionalmente teve acesso antecipado às provas. Isso compromete a lisura do exame e a própria credibilidade da segurança.” OSCAR COSTA FILHO, PROCURADOR DA REPÚBLICA NO CEARÁ

Fase da Zelotes foca banco Juízes fazem protesto contra pacote da Câmara Juízes e membros do ministério público protestaram ontem contra as emendas incluídas pela Câmara dos Deputados no chamado pacote anticorrupção, nascido de uma iniciativa patrocinada pelo Ministério Público no país inteiro. Os manifestantes se reuniram na área externa do STF em Brasília e na frente de tribunais em cidades da Paraí-

ba, do Paraná, de Pernambuco, do Rio Grande do Sul e de São Paulo. Entre as mudanças feitas pelos deputados na madrugada da última quarta está a inclusão de punições a magistrados e membros do MP por abuso de autoridade. Os manifestantes veem na emenda uma ameaça às investigações de políticos em operações como a Lava Jato. METRO BRASÍLIA

Membros do poder Judiciário em frente ao STF | WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL

Nova fase da Operação Zelotes deflagrada ontem pela PF (Polícia Federal) apura a existência de um conluio entre uma instituição financeira e um conselheiro do Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) para manipular o trâmite de processos e resultado de julgamentos do conselho. Segundo a investigação da PF (Polícia Federal), o esquema criminoso envolvia ainda escritórios de advocacia e empresas de con-

sultoria e houve sucesso na manipulação de processos administrativos fiscais em, ao menos, três ocasiões. Cerca de cem policiais federais cumpriram 34 mandados judiciais, sendo 21 de busca e apreensão e 13 de condução coercitiva, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. Mandados foram cumpridos no Itaú Unibanco, que comprou a operação brasileira do BankBoston –alvo da ação. Em nota, o

banco disse que “em 2006 o Itaú adquiriu, do Bank of America, as operações do BankBoston no Brasil. O contrato não abrangeu a transferência, para o Itaú, dos processos tributários do BankBoston. Esses processos continuaram de inteira responsabilidade do Bank of America. O Bank of America é, assim, o único responsável pela condução desses processos. O Itaú não tem qualquer ingerência em tal condução”. METRO


08|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Poderoso chefão é preso na Itália Máfia. Conhecido como ‘U Ballerino’, Marcello Pesce pertencia à ‘ndrangheta e comandava um dos clãs mais violentos do país A Polícia de Estado da Itália anunciou que foi preso ontem em Rosarno, na região de Reggio Calábria, Marcello Pesce, 52 anos, chefão do grupo mafioso ‘ndrangheta. O italiano era procurado por associação de cunho mafioso e era conhecido como “U Ballerino”, liderando o clã homônimo criado por Antonino Pesce. O grupo comandado por ele atuava, especialmente, no planalto de Gioia Tauro – mas tinha “representantes” em toda a região norte da Itália – e é considerado um dos mais perigosos e violentos do país. Pesce estava escondido em uma casa no centro de Rosarno, uma pequena cidade de 15 mil habitantes. O mafioso não ofereceu resistência à prisão nem estava armado no momento em que os policiais entraram em seu quarto. Também foram presas outras duas pessoas, pai e fi-

Marcello Pesce é conduzido por policiais após captura | REPRODUÇÃO

lho, que estavam na moradia com ele. O “capo” da ‘ndrangheta era procurado desde o dia 26 de abril de 2010, quando conseguiu fugir da prisão em uma operação batizada de “All Inside”. Ele foi condenado, já em segunda instância, a 16 anos e oito meses de prisão por associação mafiosa. As informações são da agência Ansa. “Um homem muito es-

pecial, muito culto. Foram encontrados livros de Sartre e de Proust no esconderijo onde ele estava escondido”, disse o promotor de Reggio Calábria, Gaetano Paci. “Hoje é um dia de festa para a Itália. Um perigoso fugitivo, procurado internacionalmente por seis anos, foi levado à Justiça”, disse o ministro do Interior italiano, Angelino Alfano. METRO

França. Hollande anuncia que não sairá candidato O presidente da França, François Hollande, declarou ontem que não disputará as eleições de 2017. “A experiência me deu a humildade necessária à minha tarefa”, afirmou. “Como presidente, tenho o dever de dirigir o Estado. Como socialista, não posso aceitar a divisão da esquerda. Por isso, decidi não ser candidato a um novo mandato”, disse Hollande, que chegou ao poder em 2012. O anúncio de Hollande surge depois da vitória de François Fillon nas primárias da direita. Pesquisas indicam que Fillon iria ao segundo turno com a ultradireitista Marine Le Pen e a venceria com folga. METRO

Hollande, ontem, no Palácio do Eliseu: esquerda dividida | REUTERS

Cubanos aguardam passagem de cortejo; no detalhe, Fidel e Che | REUTERS

Cuba. Cinzas de Fidel e de Che ‘dormem’ juntas Os restos mortais do líder revolucionário Fidel Castro chegaram ontem a Santa Clara, no centro de Cuba, onde repousaram durante uma noite junto às de seu companheiro revolucionário Ernesto “Che” Guevara, como parte da peregrinação por todo o país semelhante à que ambos realizaram durante a Revolução de 1959. As cinzas de Fidel, que morreu na sexta-feira aos 90 anos, partiram de Havana na quarta-feira para um percurso de quatro dias pela ilha que terminará na cidade colonial de Santiago de

Cuba, no sul do país. A relação entre Fidel e Guevara foi tão próxima que Castro chegou a admitir que sonhava com ele anos depois de sua morte. “O tempo passa, e às vezes você sonha com o companheiro que morreu, e o vê vivo e conversa com ele”, disse em uma entrevista publicada no livro “Cien horas con Fidel”. Os ex-presidentes brasileiros Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff anunciaram que irão amanhã a Cuba para as últimas homenagens a Fidel. METRO


10|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Tesouro amplia horário Investimentos. Operações de compra e venda de títulos públicos poderão ser feitas das 9h30 às 18h nos dias úteis. Programa também terá aplicativo A partir de amanhã, o Tesouro Direto, a plataforma do governo federal para compra e venda de títulos públicos, passará por uma “segunda onda” de inovações. As principais novidades são a ampliação do horário de negociação dos títulos e o lançamento de um aplicativo para pequenos investidores. Segundo o Tesouro Nacional, das 9h30 às 18h, nos dias úteis, os investimentos e resgates serão processados com os preços e taxas disponíveis no momento da transação. As operações também poderão ser feitas das 18h às 5h e ao longo de todo o fim de semana ou feriado, mas serão liquidados com os preços de abertura do dia útil seguinte. Nos dias úteis, das 5h às 9h30, o sistema ficará em manutenção. Hoje, o resgate diário só está disponí-

vel, nos dias úteis, das 18h às 5h, e em tempo integral nos fins de semana e feriados. O governo federal também lançou um aplicativo oficial para facilitar as operações. Inicialmente, a novidade estará disponível de forma gratuita apenas para Android. Será possível realizar todas as transações como investimentos, resgates, agendamentos e consulta de extrato. O investidor poderá ainda cadastrar o número do celular no site do Tesouro Direto (www.tesouro.fazenda.gov. br) para receber informações por SMS, que avisará sobre as operações, colocará à disposição o extrato e notificará sobre a cobrança de taxas. As informações também serão envidadas por e-mail. O extrato passará a ter um melhor visual, didático e intuitivo, com um gráfico para mostrar a evolução do valor da aplicação de investimentos

realizados a partir de 2015. Foi criado ainda um curso gratuito on-line para que investidores aprendam a aplicar no Tesouro. O conteúdo do curso estará disponível no site do programa. “Planejamos também uma terceira onda com diversas melhorias a serem implantadas a partir de 2017 para aproximar ainda mais os investidores”, disse Ana Paula Vescovi, secretária do Tesouro Nacional. Em março de 2015, foram anunciadas as primeiras medidas para tornar mais fácil o entendimento sobre os papéis negociados por meio do programa, que incluíram a mudança nos nomes dos títulos e a implementação da liquidez diária. No mês passado, 50,5 mil pessoas se cadastraram no programa. Com isso, o total de investidores chegou a 1,024 milhão. METRO

COMO COMO FUNCIONA FUNCIONA O QUE É Criado em 2002, o Tesouro Direto permite que pessoas físicas comprem títulos públicos pela internet, por meio de um banco ou corretora

APLICAÇÃO MÍNIMA

R$ 30

CUSTOS Taxa de custódia de 0,3% ao ano, taxa de administração de bancos e corretoras (há empresas que não cobram) e Imposto de Renda na hora do resgate de 15% a 22,5%

NOMES DOS TÍTULOS COMO ERA

COMO FICOU

RENDIMENTO

Tesouro Prefixado 20XX

Taxa contratada

Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 20XX

Taxa contratada

LFT

Tesouro Selic 20XX

Selic + taxa contratada

NTN-B

Tesouro IPCA 20XX

IPCA + taxa contratada

Tesouro IPCA com Juros Semestrais 20XX

IPCA + taxa contratada

LTN PREFIXADOS

NTN-F PÓS-FIXADOS INDEXADOS À SELIC PÓS-FIXADOS INDEXADOS À INFLAÇÃO

NTN-B PRINCIPAL

HORÁRIO AMPLIADO

As operações poderão ser feitas das 9h30 às 18h, nos dias úteis, levando em consideração o preço e taxa disponíveis no momento da transação. Depois deste horário e até as 5h da manhã, os investidores terão o direito de agendar as operações seguintes. FONTE: TESOURO DIRETO

Câmbio. Dólar dispara 2,4% e Bolsa cai 3,9% Os mercados acionário e de câmbio foram influenciados pelo cenário político doméstico e por temores com os próximos passos do Fed, banco central norte-americano. O dólar avançou 2,40%, a R$ 3,4685 na venda, maior nível desde 16 de junho (R$ 3,47). Em novembro, a moeda norte-americana já havia acumulado alta de 6,18%, a maior mensal desde setembro de 2015. Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa, despencou 3,88%, aos 59.506 pontos. “O cenário político está conturbado, o que pressiona a moeda (norte-americana)”, disse à Reuters Alessandro Faganello, operador da Advanced Corretora. Ele se referia à manobra frustrada do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), de tentar aprovar urgência para votar o texto desfigurado das 10 medidas anticorrupção. METRO


12|

2 CULTURA

“Vamo que Vamo”

Pagode Thiaguinho se apresenta hoje na Woods Curitiba com a turnê “Vamo que Vamo”, baseada em seu último DVD, lançado em maio. “Eu espero que todo mundo se divirta muito, acima de tudo. Me sinto muito bem em Curiitba!”. No dia Nacional do Samba, ele comemora a coincidência e relembra que o estilo faz parte de suas origens. O show é a partir das 22h. Ingressos de R$88 a R$208.

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Já é Natal no Palácio Espetáculo. Cheias de referências à cultura brasileira e sua diversidade, as apresentações no Palácio Avenida começam hoje e vão até o dia 18 deste mês. Este é o primeiro ano em que o Bradesco produz a tradição natalina São 23 dias até a chegada do Natal, mas o clima de festividade dá as caras hoje com a tradicional força do espetáculo do Palácio Avenida, agora organizado pelo banco Bradesco. Como nos últimos 25 anos, o coro que tornou Curitiba a ‘Capital do Natal’ vai tomar o Calçadão da XV nas próximas sextas, sábados e domingos, até o dia 18 deste mês. A expectativa é de que cerca de 20 mil pessoas assistam a cada apresentação. Marcada para as 20h15, a estreia hoje apresenta ao público ‘A Inesquecível viagem de Natal’, espetáculo formado por um coral de 110 crianças, dez bailarinos e mais artistas circenses que chegam para enriquecer a performance natalina deste ano. “O conceito deste ano é a celebração da diversidade da cultura brasileira. Tudo acontece a partir da viagem de trem de um menino pelo país. Ele visita todas as festas populares que contam sobre

Serviço Na Rua das Flores (Calçadão da Rua XV), entroncamento entre a Avenida Luiz Xavier, travessa Oliveira Belo e as ruas XV de Novembro e Ébano Pereira. Durante as apresentações, a Avenida Luiz Xavier ficará fechada. Dias da apresentação: 2, 3, 4, 9, 10, 11, 16, 17 e 18 de dezembro, sempre às 20h15 Linhas de ônibus com pontos próximos ao local: Cristo Rei, Rua XV/Barigui, Jardim Social/Batel, Itupava/Hosp Militar, Ahú/Los Angeles

o nascimento do menino Jesus”, explicou Wado Gonçalves, que assina a direção do espetáculo há seis anos. Com cerca de 45 minutos, a atração promete ser ainda mais envolvente que nos outros anos. Entre as novidades

está o uso da técnica de vídeo mapping. Feito para projeções em superfícies irregulares, o efeito irá transformar a fachada do Palácio, delineando referências culturais de todo o Brasil. O boi de Parintins, o frevo de Olinda, o samba do Rio de Janeiro, as festas do sul do país e outros espetáculos serão pano de fundo para a construção de sentimentos como amizade, amor, paz, união e esperança “Buscamos trazer ingredientes que representem a brasilidade, transformando o  espetáculo em um evento com identidade nacional. Vem gente de todo o país; em nosso primeiro ano queríamos que todas as regiões se sentissem parte”, comentou Márcio  Parizotto, diretor de marketing do Bradesco. Como os sinos, quando as 100 mil lâmpadas que contornam o Palácio se acenderem hoje, a chegada do espírito natalino estará oficialmente anunciada. METRO CURITIBA

No último domingo aconteceu o grande ensaio do espetáculo | SILVIO AURICHIO

O Metro indica DIVULGAÇÃO

Música Duo Anavitória. Ana Caetano e Vitória Falcão voltam a Curitiba para apresentação única. As cantoras acumulam mais de 19 mi de visualizações no You Tube. Na Ópera de Arame. Domingo, às 20h. R$40 e R$70 Concerto. Coral Gay de Curitiba apresenta “A Era de Ouro do Rádio”, que revive clássicos da década de 20, 30 e 40 que fizeram sucesso no Brasil. Na Catedral Anglicana de São Tiago. Amanhã, às 19h. R$15

Comunidade do Redentor. Programa “Concerto nas Igrejas” tem última apresentação hoje da Camerata Antiqua de Curitiba. Na Comunidade do Redentor. Hoje, às 20h. Gratuito

Teatro Clássico. Começa amanhã a temporada de apresentações do espetáculo “A Bela e a Fera”. Antes do evento, às 15h, o movimento “Juntos pela Escola de Dança do Teatro Guaíra” promove um “abração”, com a intenção de chamar a atenção para a importância da escola. No Teatro Guaíra. Abre amanhã, às 20h30. R$5 e R$10

Oficina Causa social. Cineasta Edna Froes e o

historiador e documentarista Erik Tavernaro oferecem oficina de fotografia gratuita a moradores da Vila Torres. Na rua Manoel Martins de Abreu, 405. Amanhã, das 10h às 17h. Gratuito

Literatura Infantil. A curitibana Jaqueline Conte e o Ilustrador Cassiano Tabalipa lançam juntos o livro “Na casa amarela do vovô, Joaninja come Jujubas”. No Solar do Rosário. Domingo, das 11h às 14h. Gratuito RPG. A Biblioteca Pública do Paraná recebe a primeira edição do Curitiba RPG, evento voltado para os fãs de jogos e ‘cultura nerd’. Na BPP. Amanhã, das 14h às 21h. Gratuito


14|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

de Música. Greca Gigantes do Samba Oficina planeja suspender evento voltam com Péricles Música. Spazio Van recebe amanhã apresentação de Luiz Carlos, do Raça Negra, e Alexandre Pires. No retorno dos Gigantes do Samba a Curitiba, o cantor Péricles também se apresenta Alexandre Pires e Luiz Carlos, do Raça Negra, voltam a Curitiba amanhã com o projeto Gigantes do Samba, desta vez na companhia de Péricles, que fará a abertura do show. A cantora Ana Clara, que já esteve junto dos músicos na última vez, também marca presença na apresentação. Em sua segunda turnê nacional, as novidades dos Gigantes do Samba incluem canções no repertório e Péricles participando do show principal com seu vocal e repertório do Exaltasamba, em que foi vocalista entre 1986 a 2012. Líder do Raça Negra, Luiz Carlos marcou seu nome na música brasileira por modernizar o ritmo incluindo cordas e metais aos tamborins, reco-recos e cavaquinhos. Pires surgiu liderando

pois do prazer’, e ‘Cheia de manias’. Na última vinda a Curitiba, Luiz Carlos comentou o sucesso do projeto com Alexandre Pires. “Em um contexto geral, foi mesmo a junção dos artistas, o respeito que temos um pelo outro, admiração e a confiança do público. Tudo isso fez do Gigantes do Samba um grande sucesso”, afirmou. A cantora Ana Clara, que acompanha os músicos, é responsável pelo disco de samba ‘Essa Sou Eu’ e já coleciona parcerias de peso na música. No final de novembro, a artista lançou o clipe ‘O que é que tem’.

Luiz Carlos e Alexandre Pires sobem juntos ao palco | DIVULGAÇÃO

METRO CURITIBA

‘Só Pra Contrariar’ e construiu carreira solo com reconhecimento internacional. Os dois lançaram a primeira turnê de ‘Gigan-

tes’ em 2014. No repertório do show entram sucessos como ‘Cigana’, ‘Essa tal liberdade’, ‘Meu jeito de ser’, ‘De-

Criolo se apresenta amanhã Três shows reúnem alguns dos rappers mais aclamados do momento. Criolo se apresenta na Live Curitiba em show que faz parte da sua nova turnê baseada em seu primeiro disco “Ainda há tempo”. Gustavo de Almeida Ribeiro, o Black Alien, acumula participações especiais com diversos artistas como Paralamas do Sucesso, Sabo-

tage, Charlie Brown Jr, entre outros. MC Marechal iniciou sua carreira em batalhas de MCs no final dos anos 90. Além de rapper, ele também é produtor musical.

No Spazio Van Amanhã, às 23h R$68 a R$1296, pelo Disk Ingressos

Clássicos

A Oficina de Música de Curitiba, que entraria em sua 35a edição em janeiro, está com o destino incerto. Ontem, o prefeito eleito, Rafael Greca, protocolou junto à prefeitura de Curitiba e à Fundação Cultural um pedido de suspensão do evento. Com inscrições abertas desde outubro, a oficina prevê programação do dia 7 a 29 de janeiro. Segundo nota divulgada pelo político do PMN, a Comissão de Transição ainda não recebeu as informações econômicas e financeiras do município, a provisão orçamentária, assim como o empenho para a realização do evento. Depois de a prefeitura comunicar, em nota oficial, que a gestão atual irá manter a oficina e as providências para sua realização, o prefeito eleito reiterou sua posição. “Se não houver disponibilidade financeira a 35º Oficina de Música será adiada dentro da conveniência e das prioridades da população”. Greca afirmou que as prioridades da gestão serão saúde, segurança e educação e que, por isso, a Oficina de Música será adiada, para Edição especial

“Por que o samba merece” promove parcerias

METRO CURITIBA

Encontro

Samba da Nega homenageia 100 anos do ritmo

ALEX RODRIGUES

DIVULGAÇÃO

acontecer ainda em 2017. Segundo FCC e o Icac (Instituto Curitiba de Arte e Cultura), que executa algumas das políticas da cidade na área de cultural, cerca de R$420 mil dos R$1,7 milhão da verba garantida para o evento já foram repassados para compra de passagens, alimentação e hospedagem dos professores que ministrarão os cursos. O orçamento deste ano já estava encolhido. O contrato com a prefeitura prevê pagamento total de R$2,06 milhões para o festival. Por meio de assessoria, Greca ainda afirmou que a decisão sobre a ocorrência ou não da Oficina será anunciada somente após sua posse, que acontece no dia 1º de janeiro.

DIVULGAÇÃO

Tom Jobim ganha homenagem em parceria inédita DIVULGAÇÃO FCC

METRO CURITIBA

No Live Curitiba, R. Itajubá, 143, Portão Amanhã, a partir das 21h R$40 a R$100

Bandolinista e compositor Daniel Migliavaca é um dos organizadores

Janine Mathias faz apresentação especial

No Dia Nacional do Samba, Curitiba recebe a primeira edição do “Por que o Samba Merece”. O evento reúne grandes músicos em parcerias inéditas. A proposta é trazer um repertório de clássicos do samba para ouvir e dançar, como sucessos de Noel Rosa, Geraldo Pereira, Baden Powell, João Nogueira, Pixinguinha, entre outros. O evento acontece hoje, no Clube Dom Pedro II. Ingressos estão à venda por R$20 antecipadamente, e R$25 na hora. METRO CURITIBA

Janine Mathias se apresenta hoje no primeiro clube de negros do Paraná, A Sociedade Operária Beneficente Treze de Maio, em comemoração aos 100 anos de samba. A cantora, que recentemente esteve em turnê ao lado das cantoras Karol Conka e Tássia Reis, está na produção de seu próximo disco. Mathias é acompanhada pelos músicos, Lucas Miranda, Matheus Braga, Erick Guinão, Leonardo Novaes de Lima e Leandro Novaes. O evento acontece a partir das 22h. Os ingressos entre R$15 e R$20.

Orquestra de Câmara se une ao Vocal Brasileirão

DIVULGAÇÃO

METRO CURITIBA

Vocal Brasileirão e Orquestra de Câmara de Curitiba promovem encontro inédito amanhã e domingo, às 18h30, na Capela Santa Maria Espaço Cultural. O espetáculo revisita a obra de Antônio Carlos Jobim a partir de um recorte que privilegia suas obras de inspiração nacionalista, sobretudo na fase pós-bossa nova. A direção musical é de Vicente Ribeiro, e a direção cênica é de Marino Galvão Jr. Os ingressos custam entre R$15 e R$30. METRO CURITIBA


16|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Duplicação da BR277 Interessante saber que a duplicação antecipada de um pequeno trecho da BR277 contempla justamente a cidade de Guarapuava, base eleitoral da família Silvestri, cujo chefe, ex-deputado federal Cézar Silvestri, é o atual presidente da Agepar. Cézar Silvestri Filho é o prefeito de Guarapuava, e sua mãe, Cristina Silvestri, deputada estadual da região. Sem a antecipação desta obra, o pedágio ali teria um acréscimo de 4 a 5%. Com a antecipação, o aumento chegou aos 13%! As obras que se iniciam agora serão inauguradas em 2018, ano eleitoral. Com o aperto das contas para campanha eleitoral, os políticos de sempre conseguem alguma forma de perpetuarem-se às custas do dinheiro do povo.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

Cruzadas

BOLACHINHA BICOLOR INGREDIENTES 1 xícara (chá) de manteiga 1 xícara (chá) de açúcar 2 ovos 1 colher (chá) de baunilha 5 colheres (sopa) de leite 3 xícaras (chá) de farinha de trigo

4 colheres (sopa) de cacau em pó 2 colheres (sopa) de manteiga derretida 1 colher (sopa) de fermento em pó

JOAQUIM DE SOUZA FRANCO-CURITIBA

10 Medidas

Após desfigurar a proposta original do digno Ministério Público, nas sombras da madrugada, os deputados federais, marotamente, aprovaram um monstruoso simulacro do instrumento que, no seu nascedouro, tinha por objetivo devolver a dignidade à política e à administração pública brasileira. A deformação do conteúdo inicial das “10 medidas contra a corrupção” – francamente lesiva aos interesses maiores da sociedade – na sequência, vai ao Senado para uma nova votação onde se espera seja corrigido o grave equívoco.

Modo de preparo: Bata todos os ingredientes em uma batedeira, menos o cacau. Deixe ficar uma massa homogênea e divida em duas partes. Em uma das partes misture o cacau até ficar uma massa de chocolate. Após, abra as duas massas, coloque uma sobre a outra e enrole como um rocambole. Coloque em um papel filme e leve para a geladeira para endurecer. Retire, corte em formato de bolachinhas, com a ajuda de uma faca e coloque em uma assadeira levemente untada com manteiga ou óleo. Leve para assar em forno pré-aquecido (200°C) por cerca de 15 minutos. Retire, espere esfriar e sirva. Rendimento: 50 unidades

RICARDO NOGUEIRA RAMOS– CURITIBA

Quer mais?

BOLO DE ARROZ CRU

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

INGREDIENTES 4 ovos 3/4 xícara (chá) de óleo 1 1/2 xícara (chá) de açúcar 1 xícara (chá) de leite 2 xícaras (chá) de arroz cru

100 gramas de queijo parmesão ralado 100 gramas de coco seco ralado 1 colher (sopa) de fermento em pó

Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Modo de Preparo: Deixe o arroz de molho por 8 horas na geladeira, deixando-o hidratar; coloque o leite, o óleo, e os 4 ovos no liquidificador e bata, acrescente o arroz e bata novamente até triturar bem o arroz, passe a mistura para uma travessa e acrescente o açúcar, o coco, o queijo parmesão, e o fermento; passe toda a mistura para um assadeira untada e leve ao forno a 180 graus por aproximadamente 40 minutos. Forno: 180°C/40m

Rendimento: 10 porções

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo Período importante para projetos a longo prazo. Situações que envolvam novas responsabilidades marcarão o momento profissional. Este é um dia positivo para vivenciar seu intelecto, para se empenhar a leituras ou hobbys que façam bem a mente.

quem se relaciona.

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

Seja cuidadoso(a) com a maneira de tratar alguns assuntos íntimos ou que envolvam as emoções de

A Lua em seu signo oposto, Capricórnio, trará uma sensibilidade diferente para perceber o que as outras pessoas precisam.

Valorize momentos para cuidados com o corpo, saúde e para recompor-se de desgastes causados

Muitas vezes é essencial se desfazer de lugares e pertences a que somos apegados para dar espaço ao que é diferente e renovar energias.  

Aproveite o momento para se divertir mais e desviar a mente de preocupações que ocuparam sua

A Lua em seu signo favorece novas responsabilidades, mas traz necessidade de persistência diante de obstáculos trazidos por elas.

pela rotina.

atenção na semana.

Tenha atenção para não agir com posturas antissociais que façam se afastar de bons amigos ou

Assuntos ligados a familiares devem tomar uma atenção extra. Dia em que está propenso(a) a organizar os ambientes que vive.    

desagradar pessoas.

A vida amorosa recomenda paciência e jeito para lidar com certas conversas. Procure compreender mais os pensamentos de quem gosta.

O envolvimento com amigos tende a ser mais intenso e prazeroso. Também é um momento para se voltar a causas voluntárias.

Soluções


18|

3 ESPORTE

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Funcionária de agência questionou plano de voo Tragédia na Colômbia. Especialista de agência aérea boliviana enfatizou que autonomia de voo não seria suficiente para o trajeto Dois documentos mostram que uma funcionária da Agência Nacional de Aviação da Bolívia questionam o piloto Miguel Quiroga, da LaMia, sobre a autonomia do avião para o trajeto. A aeronave caiu na madrugada de segunda para terça-feira, matando 71 pessoas e ferindo outras 6. De acordo com descoberta do jornal boliviano “El Deber”, Celia Castedo Monasterio, responsável por revisar os planos de voo, teria alertado que a capacidade de armazenamento de combustível da aeronave não era adequada para aquele deslocamento – de Santa Cruz de La Sierra (BOL) para Medellín (COL) –, além de faltar um plano alternativo, já que a quantidade de combustível seria insuficiente em caso de emergência. Ao questionar um despachante sobre o tempo de voo, que seria o mesmo de

autonomia de combustível, que era de 4h22, ele teria dito que duraria menos. “Não, senhora, essa autonomia que me passaram é suficiente. Assim, não apresento mais nada. Vamos fazer em menos tempo, não se preocupe. Fique tranquila”, disse o despachante. Celia, sem sucesso, ainda insistiu: “Isso está errado. Peço que troque o plano de voo”. A funcionária, no entanto, não tinha autoridade para impedir a realização do voo. Esta responsabilidade cabia à Departamento de Aviação Civil da Colômbia. A agência ainda não se manifestou sobre o caso e a funcionária foi afastada de suas funções. Caixa-preta As caixas-pretas de dados e voz do avião RJ-85 serão abertas na Inglaterra, que ofereceu seu laboratório do AAIB (Escritório Oficial de

Investigação de Acidentes Aéreos), especializado em apurar tragédias civis aeronáuticas, para abrir as caixas-pretas. O avião, de fabricação britânica, tinha 17 anos de uso. Participarão do procedimento investigadores da Bolívia, Brasil, Inglaterra e do (NTSB) National Transportation Safety Board, órgão oficial de investigação dos Estados Unidos. Empresa suspensa Responsável pelo controle aéreo da Bolívia, a DGAC (Direção Geral de Aeronáutica Civil) anunciou a suspensão imediata das atividades da empresa LaMia após o acidente com a delegação da Chapecoense, sob a acusação de voar sem seguir protocolos de segurança. Até o fechamento desta edição e empresa não havia se pronunciado sobre a suspensão. METRO

Inter quer fim do Brasileiro e entra no STJD contra Vitória Neymar

Top 55 A FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) e a Fifa anunciaram ontem os 55 jogadores que concorrem a um lugar na seleção de 2016. Cinco brasileiros estão na briga, sendo quatro deles defensores: Daniel Alves, David Luiz, Thiago Silva e Marcelo, além do atacante Neymar (foto). Eles concorrem a lista de 11 nomes que será divulgada em cerimônia dia 9 de janeiro, na sede da Federação, em Zurique, na Suíça.

O encerramento antecipado do Campeonato Brasileiro ganhou coro no Beira-Rio. Jogadores e direção defenderam a ideia de que a edição deste ano seja encerrada devido ao acidente envolvendo a delegação da Chapecoense. “Por uma questão de respeito e emocional, que não teríamos condições de jogar a última partida. Se houver [jogo], vamos cumprir”, afirmou o meia Alex, o porta-voz do elenco. Após a manifestação dos jogadores, o presidente Vitorio Piffero também falou sobre o tema. O dirigente afirmou que o clube assinará o documento que pedirá imunidade da Chapecoense contra o rebaixamento nas próximas três edições do Brasileirão. Piffero também se mostrou aberto ao término antecipado do torneio. “O Inter apoia a manifestação dos jogadores. Temos um sentimento que não pode mais ter futebol em 2016. A perda é muito

Alex falou em nome dos jogadores colorados | FILIPE DUARTE/BAND

grande, mas ficamos sujeitos às ordens da entidade”, se posicionou o dirigente. Sobre a questão do rebaixamento, Piffero não foi tão enfático. “Proposta é não ter mais futebol em 2016. O que fazer? Como fazer? Não sei. Não estou abrindo mão de nada. Só estou colocando um sentimento”, opinou. STJD O Inter ingressou ontem no STJD (Tribunal de Justiça Desportiva) para tentar provar que o zagueiro Victor Ramos,

do Vitória, teria atuado de maneira irregular na competição. A procuradoria do Tribunal responderá se aceitará ou não o pedido em três dias úteis. O departamento jurídico do clube gaúcho enviou documentos que “servirão para ratificar a gravidade, e comprovar a má-fé da conduta dolosamente praticada pelo E. C. Vitória”. A documentação será anexada ao processo iniciado pelo Bahia ainda durante o Campeonato Baiano. METRO POA

Caixas-pretas do avião da LaMia foram enviadas à Inglaterra | REPRODUÇÃO/TWITTER

W.O. Atlético-MG avisa que não enfrentará a Chape Desde que a tragédia no voo da Chapecoense aconteceu, o Atlético-MG se mostrou solidário com o clube catarinense em relação à última rodada do Brasileirão. E uma das inúmeras dúvidas está esclarecida: o Galo não vai entrar em campo na Arena Condá. Daniel Nepomuceno, presidente da equipe mineira, avisou a CBF da decisão em um pronunciamento oficial no CT do Atlético. “Vim aqui somente infor-

mar que o Atlético não irá jogar contra a Chapecoense, não irá para Chapecó na ultima partida. A gente acredita no esporte, respeita a dor, não é o momento de cobrar de jogador nenhum. Já comuniquei à CBF. Nessa partida, o Atlético não irá. Provavelmente, a maior punição é a perda dos três pontos. É o mínimo que tem que ter pelos familiares, pela cidade e pelo país que está sofrendo”. METRO

Apoio. Ronaldinho e Riquelme se oferecem Muitos clubes, tanto brasileiros como estrangeiros, planejam oferecer atletas por empréstimo gratuitamente para Chapecoense no ano que vem. Além disso, o clube catarinense também poderá contar com Ronaldi-

nho Gaúcho, em fim de carreira, e o argentino Riquelme, já aposentado. Ambos sugeriram que podem jogar de graça pela Chape no primeiro semestre do ano que vem para ajudar o time. METRO


20|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Velório será amanhã, às 8h, na Arena Condá Preparativos. Presidente em exercício da Chapecoense comunica que velório coletivo, inicialmente previsto para hoje, passou para amanhã no período da manhã. Colômbia planeja caravana fúnebre no transporte dos corpos ao aeroporto A previsão para o velório coletivo dos mortos na tragédia da Colômbia na Arena Condá mudou de hoje para o período da manhã de amanhã. De acordo com Ivan Tozzo, presidente em exercício da Chapecoense, a mudança ocorreu pelo horário de chegada dos corpos, que virão ao Brasil em aviões da Força Aérea Brasileira. Eles estão programados para deixar Medellín na manhã de hoje e devem pousar em Chapecó na madrugada. “Pela informação que recebi, os corpos vão chegar aqui na madrugada de sábado, entre meia-noite e seis da manhã. Então, provavelmente, o funeral será feito no sábado pela manhã. To-

dos os corpos foram identificados, estão na funerária passando pelo embalsamento e vão chegar aqui nesse horário”, disse o dirigente. O velório está previsto para começar às 8h. Os corpos das vítimas do acidente com o avião da LaMia que levava o elenco da Chape para Medellín devem seguir em caravana fúnebre até o aeroporto Olaya Herrera. A decisão, porém, ainda depende de trâmites burocráticos. Se for confirmada, serão 64 carros com distintivos do clube catarinense. O número de corpos previsto no velório também pode ser alterado. Por enquanto, são esperados 51. A cerimônia

deve durar cerca de três horas, segundo Tozzo: “Imagino que seja essa a duração, pois as famílias querem levar os corpos para as suas cidades.” Antes do início do velório, as famílias terão uma hora com seus mortos. Os torcedores não terão acesso ao gramado no evento e se despedirão apenas da arquibancada. O mandatário da Fifa, Gianni Infantino, confirmou presença na cerimônia e decretou um minuto de silêncio e braçadeira de luto em todos os jogos deste fim de semana. Já o presidente brasileiro Michel Temer não irá por receio sobre reações. Ele, porém, estará na recepção dos corpos no Brasil. METRO

Caixões são preparados para viagem ao Brasil

| JAIME SALDARRIAGA/REUTERS

Homenagem de colombianos emocionou | FREDY BUILES/REUTERS

#Gracias. Brasileiros agradecem solidariedade Mesmo com o cancelamento da partida de quarta-feira, a torcida do Atlético Nacional compareceu em grande número – estima-se 100 mil pessoas vestindo branco com velas e flores –, ao estádio Atanasio Girardot para uma cerimônia em homenagem aos profissionais da imprensa e a delegação da Chapecoense mortos no acidente. A sensibilidade dos colombianos emocionou ainda mais os brasileiros, que subiram a hashtag #GraciasColombia para agradecer a homenagem histórica. METRO

20161202_br_metro curitiba