Page 1

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

RIO DE JANEIRO Quinta-feira, 1º de dezembro de 2016 Edição nº 1.513, ano 7

CAZUZA ESTÁTUA DO CANTOR É INAUGURADA HOJE NO DIA DE LUTA CONTRA A AIDS PÁG. 14

MÍN: 17°C MÁX: 27°C

www.metrojornal.com.br | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_RJ

Força-tarefa ameaça abandonar a Lava Jato Na calada da noite. Em reação à votação da Câmara que desfigurou o texto das 10 medidas contra a corrupção e incluiu punição a membros do Judiciário, procuradores afirmam que irão renunciar caso proposta seja sancionada. Para presidente do STF, ‘não se pode calar a Justiça’ PÁG. 04 PAULO WHITAKER/REUTERS

Torcedores vibraram e cantaram na Arena Condá

COMOÇÃO RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Noite de homenagens aos mortos no acidente aéreo emociona Chapecó e Medellín. Torcidas lotam Arena Condá e estádio do Nacional para lembrar a equipe da Chapecoense PÁGS. 11 A 13

Nova queda do PIB impede recuperação

Em Medellín, estádio ficou totalmente tomado

Jogadores que não embarcaram com a equipe se emocionam JAIME SALDARRIAGA/REUTERS

RICARDO MORAES/REUTERS

Após ‘seca’, feriadões Em crise, Estado deu estão de volta em 2017 63 benefícios fiscais

Economia encolhe 0,8% no trimestre e Brasil fica na Nenhum dos 9 feriados nacionais será no fim de lanterna do ranking mundial com 40 países PÁG. 07 semana; 4 deles poderão ser ‘emendados’ PÁG. 06

MP aumenta equipe no caso e diz que há situações escandalosas, mostra a coluna ‘Direto ao Ponto’ PÁG. 02


02|

1 FOCO

Prefeito de Maricá

Reajuste de 32%

Alerj finaliza análise com 722 emendas Crise. Com apenas 13 dos 22 projetos proprostos pelo governo, votação de pacote de austeridade começa na terça-feira. Economia pode ser menos da metade do que a prevista Em apenas 45 minutos de discussão, foi analisada ontem a última proposta do pacote de austeridade enviado pelo Governo do Estado à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Ao todo, 722 emendas foram feitas aos 13 projetos dos 22 enviados inicialmente (um foi devolvido pela Casa, um está impedido de tramitar por decisão judicial e sete foram retirados de pauta). As votações serão realizadas entre terça-feira e o dia 15. O calendário de votação será divulgado amanhã. Ontem, o projeto de lei complementar 34/16 recebeu 29 emendas. O texto determina que a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de cada ano contenha os limites percentuais de despesas do Legislativo e Judiciário em relação à Receita Corrente Líquida. A medida muda a forma como são repassados os recursos do Executivo para os de-

Direto ao ponto

RODOLFO SCHNEIDER RODOLFO.SCHNEIDER @METROJORNAL.COM.BR

Cotações Dólar - 0,25% (R$ 3,387) Bovespa + 1,51% (61.906 pts) Euro - 0,85% (R$ 3,588) Selic (13,75% a.a.)

Salário mínimo (R$ 880)

Âncora da rádio BandNews FM e diretor de jornalismo da Band Rio, Rodolfo Schneider escreve às quintas-feiras.

“O Executivo vai repassar menos para o Judiciário e Legislativo e vai sobrar mais para pagar os funcionários.”

Réveillon. Barra terá 4 pontos de queima de fogos A Barra da Tijuca vai contar com quatro pontos de queimas de fogos no Réveillon. Além disso, haverá festas com shows e ceias nos hotéis da região. A Associação Brasileira da Indústria de Hotéis produzirá um mapa indicando o local das festas, que será distribuído na recepção dos hotéis. Os locais vão oferecer atrativos como open bar e buffet. O ingresso por pessoa pode chegar a R$ 900. BANDNEWS FM Táxis em dezembro

DEPUTADO CARLOS MINC (SEM PARTIDO)

Sessão foi comandada por André Ceciliano (PT) | RAYZA HANNA / ALERJ

mais poderes, chamados de duodécimos. Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) já havia decidido que o Estado pode transferir recursos menores do que o previsto na LDO. Com o pacote desfigurado, a economia inicialmente prevista pelo governo de R$ 13,3 bilhões no ano que

vem pode chegar a R$ 8,5 bilhões no máximo. Porém, pelas contas da própria base governista, não vai passar nem de R$ 6 bilhões. À tarde, durante uma audiência pública para que o Governo do Estado explicasse a remodelação das escolas estaduais para 2017, o secretário de Estado de Educação,

Wagner Victer, foi hostilizado por representantes do Sindicato Estadual dos Profissionais de Ensino (Sepe). Ele afirmou que cerca de 20 escolas passarão por uma “otimização” e enfatizou que as mudanças não têm relação com a crise financeira. “As mudanças apontam para o encerramento dessas unidades. É doloroso para uma comunidade encerrar uma atividade de uma escola ou um curso noturno que era oferecido no espaço”, comentou o presidente da Comissão de Educação, o deputado Comte Bittencourt (PPS). METRO RIO E BAND

OS MEANDROS DA CRISE ESTADUAL ROYALTIES: Botar a culpa da crise na redução dos repasses de royalties é a maior balela que existe. Em 2015, o Estado arrecadou R$ 3,9 bilhões com tudo relacionado a petróleo, inclusive royalties. Não teve mais porque Sérgio Cabral antecipou recebíveis lá atrás em troca de dinheiro no mercado de ações. Ou seja, já era previsto receber menos recursos. Em contrapartida e sabendo que teria menos verba de petróleo, o Governo do Rio abriu mão em 2015 de R$ 9,3 bilhões em ICMS só em renúncias fiscais para empresas. Isso admitido pela própria Secretaria Estadual de Fazenda. Ora, por mais que alguns estímulos fossem mantidos, o governo deveria ter revisto isenções para tapar o buraco da redução de receita. MENTIRA: A alegação do governo de que criou incentivo fiscal para geração de emprego soa como esta-

FALE COM A REDAÇÃO leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O Metro Jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, ABC, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Brasília, Grande Vitória e Maringá, somando 505 mil exemplares diários.

pafúrdia em algumas situações para os promotores. Já se sabe que em algumas áreas, o Estado baixou imposto, não houve aumento em vagas de emprego e ainda não teve redução de preço do produto para o consumidor final. E ninguém fiscalizava! Ou seja, o único resultado foi o aumento dos lucros dos empresários. INACREDITÁVEL: Mesmo depois de ter declarado estado de calamidade pública e caos econômico, o Estado já concedeu 63 benefícios fiscais a empresas, segundo o Ministério Público Estadual. Só parou agora por uma decisão judicial que proíbe. REFORÇO: O Ministério Público está aumentando a equipe que vai dissecar os benefícios concedidos nos últimos anos. Querem separar o joio do trigo. Há benefícios corretos, mas há mais situações escandalosas.

Hoje, bandeira 2 passa a vigorar Os táxis convencionais estão autorizados a utilizar bandeira 2 na cobrança de corridas durante todo o mês de dezembro, informou a prefeitura. A medida, que ocorre anualmente, entra em vigor hoje. Ontem, depois do tumulto no Bossa Nova Mall, durante protesto de taxistas contra o Uber, o shopping disse que acionou a polícia e que opera normalmente. METRO RIO

NOTINHAS VEM AÍ.... A bomba no governo Cabral vai ser ainda mais forte quando vierem à tona os contratos na área da Saúde. Promotores do Rio tem uma pilha de documentos que comprovam desvios de verba, superfaturamentos em próteses e órteses, compras desnecessárias de medicamentos e muito mais. É esperar para ver...

O QUE ESPERAR? BLOG DO GAROTINHO

Enquanto a Secretaria de Transportes de Maricá está sem energia porque a prefeitura não pagou as contas, a Câmara Municipal – na qual 9 dos 11 vereadores são da base do governo – autorizou aumento de 32% para o prefeito e o vice. A proposta foi do próprio prefeito Washington Quaquá (PT), que hoje recebe R$ 19,5 mil. Assim, seu sucessor, Fabiano Horta (PT), ganhará R$ 25.727. Já o vice passará a receber R$ 17.151. A prefeitura alegou que não há reajuste salarial, mas a recomposição dos subsídios com base na inflação dos últimos 4 anos.

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Já é dada como certa a escolha de Aloísio Neves para a presidência do Tribunal de Contas do Estado. Terá a responsabilidade de comandar o órgão que fiscaliza os contratos do Governo do Rio. Neves foi chefe de gabinete de Sérgio Cabral na Alerj e do atual presidente da Casa, Jorge Picciani. Estava naquela famosa viagem de Cabral à Paris com Fernando Cavendish. Aparece na foto (terceiro da direita para a esquerda). Para fechar a cúpula do TCE em 2017, Domingos Brazão deve pintar como vice-presidente.

EXPEDIENTE Metro Jornal. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Jornal Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Tatiana Vilela Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Filiado ao

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 1º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O Metro Jornal Rio de Janeiro é impresso pelo Parque Gráfico da Infoglobo. Tel: 21/2534-9579 (comercialpg@infoglobo.com.br)


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Justiça autoriza rastreamento de celulares roubados Avenida Brasil. Acidente

Militares feridos foram socorridos por bombeiros na Av. Brasil | JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

Tijuca. Iniciativa parte de uma investigação de roubo na zona norte. Quem comprou os aparelhos recebeu mensagem para ir à delegacia

Em uma época na qual os casos de roubos de celulares aumentam na capital – só em setembro, os registros cresceram 29% –, uma iniciativa pioneira pode ajudar nas investigações. Como mostrou o ‘Jornal do Rio’, da Band, dias após comprar um celular em uma loja no Centro, um homem, que não quis se identificar, recebeu uma mensagem, alertando que ele poderia estar cometendo crime de receptação. É que o telefone era roubado. A mensagem ainda o intimava a comparecer, em um prazo de cinco dias, na 19a DP (Tijuca). “Levei um susto, ainda mais sendo mensagem de texto. A gente pensa várias coisas, que é engano, alguém querendo agir de má fé”, conta o homem. A iniciativa foi autorizada pela Justiça, por causa de uma investigação do roubo de 130 aparelhos de uma loja na zona norte. Outros 135 celulares também estão sendo rastreados. A polícia utiliza o número do IMEI, espécie de chassi do celular, que não muda mesmo se trocar o chip. Todas as operadoras foram obrigadas pela Justiça a enviar as mensagens, mas apenas uma cumpriu a decisão. “Infelizmente, somente a Nextel cumpriu a decisão. Dos telefones que essa operadora enviou a mensagem, 75% dos aparelhos foram re-

com comboio da FAB deixa 25 militares feridos Um acidente na Avenida Brasil, envolvendo três caminhões da Força Aérea Brasileira (FAB), deixou 25 militares feridos na manhã de ontem. De acordo com o Centro de Operações da prefeitura, a pista seletiva da via ficou in-

Mensagem intima quem comprou celular roubado a ir à delegacia | REPRODUÇÃO/ BAND

“Só existe o roubo de celular, porque tem alguém que adquire esse aparelho roubado.”

29%

DELEGADO CELSO GUSTAVO CASTELLO, DA 19A DP (TIJUCA)

foi o aumento de registros de roubos de aparelhos celulares na capital do Rio somente no mês de setembro.

cuperados. Ou seja, a grande maioria das pessoas que recebeu essa mensagem entregou os telefones na delegacia e agora o inquérito segue para apurar a participação de outros receptadores”, explica o delegado Celso Gustavo Castello, da 19a DP. A chefia de polícia avalia expandir a experiência da delegacia da Tijuca para ou-

tras unidades da capital. “Só existe o roubo de telefone celular porque tem alguém que adquire esse celular roubado. Na medida que a população se conscientiza de que não deve adquirir celulares com procedência duvidosa, quem rouba o telefone não terá para quem passar esse aparelho”, destaca o delegado. BAND

terditada por cerca de três horas, no trecho de Coelho Neto, na zona norte. Segundo o Corpo de bombeiros, apenas três vítimas forma levadas para o hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na zona oeste. METRO RIO

03|

Estado. Mortes violentas crescem 21% O número de mortes por causas violentas no Estado do Rio cresceu 21% entre janeiro e outubro deste ano, em relação a igual período de 2015, segundo dados do ISP (Instituto de Segurança Pública) divulgados ontem. Enquanto no ano passado foram registradas 4.188 mortes, o número subiu para 5.067 em 2016. Na lista, estão casos de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e enfrentamento policial. Os roubos de rua (a pedestres, de celular e em ônibus) aumentaram 47% no mesmo período. Passaram de 70.582 casos em 2015 para 104.302 neste ano, o que significa 347 roubos por dia. METRO RIO

SuperVia. Estação de Queimados continua inacessível a cadeirante

Copacabana. Novos talentos vão oferecer serviços grátis

O caso do cadeirante Igor Lima, 21 anos, que tem sua permanência na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) ameaçada pela falta de acessibilidade na estação de trem de Queimados, na Baixada Fluminense, onde mora, continua indefinido. Estudante de Direito, o jovem recorreu à Justiça em julho deste ano, após ser intimado a devolver R$ 16 mil pagos pelo Estado pelo transporte para ir à faculdade. Em uma audiência na 2a Vara Cívil, a SuperVia propôs a contratação de funcionários para carregar Igor pelas escadarias da estação. A empresa também ofereceu um transporte que o leve até uma es-

Uma minicidade montada na Praia de Copacabana, entre as ruas Rodolfo Dantas e Ronald de Carvalho, com restaurante, hotel, cinema, salão de beleza e barbearia, centro empresarial, entre outros. De hoje até domingo, neste espaço com mais de 15 mil m2, alunos do projeto Talentos Sesc Senac vão mostrar tudo o que aprenderam nos cursos da instituição, com desafios reais de cada profissão. O público poderá participar de atrações gratuitas, como workshops e palestras, atendimentos de beleza e bem-estar, além de atividades culturais e esportivas. Hoje, das 14h às 19h. Nos demais dias, das 10h às 19h. METRO RIO

Igor entrou com ação contra a SuperVia em julho deste ano | ARQUIVO PESSOAL

tação acessível a cadeirantes. “Esse acordo é um absurdo. Isso não é acessibilidade. Essa proposta quer fugir das obras”, critica Igor, que segue sua luta na Justiça. METRO RIO


04|

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

EMPREITEIRAS PAGAM OS ADVOGADOS DE CORRUPTOS. Ao menos uma

centena de advogados criminalistas vivem expectativa de nova fase da Operação Lava Jato, mas desta vez os alvos seriam eles próprios. É que, em sua delação premiada, a Odebrecht finalmente esclareceu um grande mistério: quem paga a milionária defesa dos acusados na Lava Jato. Executivos revelam que empreiteiras enroladas na investigação bancam a defesa milionária de políticos enrolados.

DEFESA BILIONÁRIA. Ain-

da não se sabe o que empreiteiras como Odebrecht gastaram (e ainda gastam) com advogados de políticos, mas pode chegar ao bilhão.

SEGUINDO O DINHEIRO.

Por meio de quebra de sigilo e rastreamento, a Lava Jato pode chegar à origem eventualmente ilícita de honorários advocatícios. PISANDO EM OVOS. A in-

vestigação da origem dos pagamentos aos mais caros criminalistas do país deve ser cuidadosa, para não ofender a lei nem melindrar a OAB.

“ESTÁ-SE QUERENDO PUNIR QUEM JULGA O DESVIO DE DINHEIRO PÚBLICO” ROBERTO VELOSO, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE JUÍZES, SOBRE O PROJETO DE RENAN & CIA

te Michel Temer queria viajar para o local do acidente do time da Chapecoense, em Medellín. Mas as votações tão essenciais ao futuro do país, no Congresso, acabaram por segurá-lo em Brasília. BANCO DOS RÉUS. O STF (Supremo Tribunal Federal) inicia nesta quinta (1º) o julgamento que vai decidir se Renan Calheiros vai virar réu no escândalo em que a empreiteira Mendes Júnior é acusada de pagar a pensão de uma filha.

PRERROGATIVAS ESPECIAIS.

Os escritórios e o exercício da advocacia são protegidos por legislação que garante aos profissionais direitos e prerrogativas especiais. TEMER QUIS IR A MEDELLÍN. Num primeiro mo-

mento, cedo da manhã, terça (29), muito comovido, o presiden-

Renan Calheiros | ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

PODER SEM PUDOR

Viveiro não é gaiola Em campanha à presidência da Câmara nos anos 90, Michel Temer foi orientado pelo amigo Heráclito Fortes (PFL-PI) a ser mais simpático: - Lá vem o deputado Augusto Viveiros. Diga-lhe pelo menos bom dia... Temer seguiu a recomen-

dação, mas, horas depois, ao reencontrar o deputado potiguar no Salão Verde, pisou na bola: - Como vai, deputado Gaiola? Viveiros, claro, lembrou-se da gafe na hora de votar.

COM ANDRÉ BRITO, GABRIEL GARCIA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Procuradores da Lava Jato ameaçam renunciar à ação Reação. Força-tarefa diz que Câmara ‘rasgou 10 medidas’ e que deixa operação se lei for sancionada. Renan não consegue votação de urgência Desfigurado durante a madrugada de ontem, o pacote anticorrupção aprovado na Câmara, com medidas mais favoráveis aos políticos e pressionando juízes e procuradores, gerou repúdio da Força-tarefa da Lava Jato, que ameaçou, inclusive, abandonar as investigações caso o texto seja sancionado pelo presidente Michel Temer. Com diversas alterações ao projeto inicial, como a inclusão da ‘Lei do Abuso de Autoridade’, com punições ao Poder Judiciário e o Ministério Público por crimes de responsabilidade, os procuradores disseram que a medida é o ‘começo do fim da Lava Jato’. “Nossa proposta é de renunciar coletivamente. [A lei] cria um risco pessoal para os procuradores, pois não estaremos mais protegidos pela lei. Não é possível em nenhum Estado de Direito que não se protejam promotores e procuradores contra os próprios acusados”, disse o procurador regional do MPF (Ministério Público Federal) Carlos Fernando dos Santos Lima. De acordo com o MPF, a ‘Lei da Intimidação’ chega na hora em que a Lava Jato estava ‘cada vez mais perto de crimes de corrupção praticados por um número significativo de parlamentares influentes’. Pressa O projeto nem sequer foi encaminhado ao Senado, mas o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), tentou ontem a noite aprovar um

VOTAÇÃO MACIÇA Acompanhe como cada partido votou na emenda que pune juízes, procuradores e promotores por crime de responsabilidade. No site do Metro, você pode ver como votou seu deputado em cada uma das medidas do pacote anticorrupção: TOTAL:

Para procuradores, pacote ‘instaura a ditadura da corrupção’ | ERNANI OGATA/FOLHAPRESS

“É o golpe mais forte desferido contra a Lava Jato concretamente, em toda a sua história, pelo Congresso Nacional.” DELTAN DALLAGNOL, COORDENADOR DA FORÇA-TAREFA DA LAVA JATO

“Pode-se tentar calar o juiz, mas nunca se conseguiu, nem se conseguirá, calar a Justiça.” CÁRMEN LÚCIA, PRESIDENTE DO SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL

“A votação colocou o país em marcha à ré no combate à corrupção. Vimos uma rejeição violenta e irracional ao Ministério Público e ao Judiciário.” RODRIGO JANOT, PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA

pedido de urgência, que poderia até forçar votação imediata – saiu derrotado por 44 votos a 14. Ele frisou ser favorável às mudanças feitas em alguns pontos. “Propostas como informante do bem, validação de provas ilícitas e teste de integridade só seriam aceitas em um regime fascista, não na democracia”, avaliou.

O texto só deve ir a plenário no próximo ano. Protestos A manobra sobre o pacote anticorrupção será alvo de protestos no domingo. Grupos de direita e esquerda se mobilizam nas redes sociais para atos em diversas cidades do país. METRO CURITIBA E BRASÍLIA

A favor Contra Abstenções

Partido DEM PCdoB PDT PEN PHS PMB PMDB PP PPS PR PRB Pros PSB PSC PSD PSDB PSL Psol PT PTB PTdoB PTN PV Rede Solidariedade

17 7 14 2 3 0 46 34 1 29 19 0 16 5 20 10 2 0 54 12 3 10 1 0 8

331 132 5

7 0 1 1 4 1 9 7 7 4 1 4 12 2 13 32 0 5 1 5 1 3 4 4 4

1

1 1 2

Pacote desfigurado As 10 medidas originais ficaram restritas a uma Ʉ ɴȩ Criação dos testes de integridade de servidores. Derrubada na comissão. Ʉ ɵȩ Enriquecimento ilícito de agentes públicos passa a ser crime. Derrubada no plenário. Ʉ ɶȩ Eleva pena de corrupção para 4 a 12 anos e de 12

a 25 anos, se o valor for superior a R$ 8,8 milhões. Única aprovada como era. Ʉ ɷȩ Reduz direito a recursos e limite de habeas corpus. Aprovada diminuição do direito de recorrer. Ʉ ɸȩ Acelera processos civis de corrupção e regras para acordo de leniência. Derrubada no plenário.

Ʉ ɹȩ Prazos de prescrição ficam suspensos até que recurso seja julgado. Derrubada no plenário. Ʉ ɺȩ Validar provas obtidas por boa fé. Derrubada na comissão. Ʉ ɻȩ Criminalizar o caixa 2 e punir partidos e dirigentes. Aprovada a criação do crime, mas sem a punição

e a anistia ao caixa 2. Ʉ ɼȩ Prisão preventiva para obtenção de provas. Derrubada na comissão. Ʉ ɴɳȩ Permitir o confisco de bens de acusados. Derrubado no plenário. Ʉ '82V)=ȩ Permite enquadrar juízes e procuradores por crime de abuso de autoridade.


06| Falou a Moro

Lula depõe como no caso de Cunha O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prestou depoimento ontem, por videoconferência, ao juiz Sérgio Moro, de Curitiba. Lula estava em São Bernardo do Campo (SP). Testemunha de defesa do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Lula disse desconhecer participação do deputado cassado na nomeação de Jorge Zelada para a Diretoria da Petrobras. METRO Caso Yoki

Elize teve ajuda, diz testemunha Elize Matsunaga, 32, ré confessa de assassinar e esquartejar o marido, Marcos Matsunaga, em 2012, não teria desmembrado o corpo dele sozinha. A declaração foi dada pelo médico-legista Jorge Pereira de Oliveira ontem, no 3º dia de julgamento do caso, em São Paulo. METRO

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

2017 terá quatro ‘feriadões’ Calendário 2017. Serão nove feriados nacionais e quatro pontos facultativos – um deles no sábado, prevê portaria divulgada ontem pelo governo federal. Além desta lista, cidades e Estados têm as folgas locais Quem gosta de folgas do trabalho terá um bom 2017. Nenhum dos nove feriados nacionais do ano que vem cai durante o fim de semana e apenas um dos quatro pontos facultativos cai num sábado – o Dia do Servidor Público, em 28 de outubro. E a portaria do Ministério do Planejamento que foi publicada ontem, com o calendário de dias de folga, proíbe que esse ponto facultativo seja antecipado pelos órgãos públicos. Em 2016, Dia do Trabalho e Natal caíram no domingo. Além de caírem durante a semana, pelo menos quatro feriados dão a possibilidade de emenda com o fim de semana. Além da tradicional Sexta-Feira Santa, o feriado de Tiradentes (21 de abril) também cai no último dia útil da semana. O Dia do Trabalho (1º de maio) e o

PROGRAME-SE

25/12 vai cair em uma segunda-feira, assim como o Dia do Trabalho, em 1o de maio de 2017. Este ano, as datas caíram no domingo Natal (25 de dezembro) serão em segundas-feiras. Há ainda quatro quintas no feriado de folgas, três delas no segundo semestre: além de Corpus Christi (15 de junho), que sempre cai nesse dia, a Independência (7 de setembro), Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro), e Finados (2 de novembro) oferecem a possibilidade de “enforcar” a sexta-feira. Além dessa lista nacional, cidades e Estados também têm feriados locais observados por órgãos públicos e pelo setor de comércio e serviços. METRO BRASÍLIA

Calendário do ano que vem prevê alguns feriadões FEVEREIRO

JANEIRO Dom Seg

Ter

Qua

Qui

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11 12

13

14

15

16

22

23

17 24

29 30

Dom Seg

Sex Sab

13

14

12

15

16

19 20

21 22

23

26

28

Qua

7

8

9

10

14

15

16

21 22

23

17 24

4

Sex Sab

5

Dom Seg

11 12 13

4

8

13

14

15

16

19 20

21 22

23

25

14

15

16

21 22

23

26

28

26

28

17 24

29 30

Corpus Christi (pf)

Dom Seg

Qua

Qui

1

2

3

4

5

6

7

8

9

8

9

10

11 12

13

14

11 12

13

14

18

19 20

21 22

25

26

28

15 16 23

29 30

Independência do Brasil

15

16

22

23

29 30

17 24

29 30

Ter

Qua

2

3

9 16

4

Sex Sab

25

26

28

23 24

Dom Seg

15

20

25

26

28

27

28

27

29

15

16 23

9

10

11

3

18 25

15

16

21 22

23

26

28

31

27

29 30

17 24

Sex Sab

4

5

11 12 18

19

25

26

31

DEZEMBRO 4

12

10

21 22

Sex Sab

19 20

9

14

3

21

3

13

2

28

Qui

2

8

Qui

19 20

Qua

1 7

1

26

Ter

6

Qua

18

Nossa Senhora Aparecida Dia do Servidor Público (pf)

29

AGOSTO Sex Sab

21 22

14

27

Paixão de Cristo Tiradentes

30

14

13

15

21 22

31

Qui

25

27

14

19 20

13

8

13

11 12 18

19 20

7

8

17

11 12

6

7

10

18

5

6

9

17

Ter

5

16

10

Dom Seg

4

18

8

31

Sex Sab

25

7

24

Qui

1

6

23

Qua

3

5

30

Ter

2

NOVEMBRO

Ter

2

17

17 24

Dom Seg

1

OUTUBRO Dom Seg

1

10

27

13

10

7

11 12

7

11

12

9

6

18

6

10

19 20

3

19 20

Sex Sab

9

18

Sex Sab

26

Qui

4

25

2

5

27

3

8

27

Sex Sab

2

7

1

18

27

ABRIL

Qui

1

JULHO

Qui

25

5

24

Qua

Qua

Cinzas (até às 14h) (pf)

6

SETEMBRO

4

Ter

Ter

6

JUNHO

Qui

31

Qua

17 24

Dom Seg

5

Carnaval (pf)

Dia do Trabalho

3

11

8

21

3

Ter

10

7

28

2

Dom Seg

9

6

MAIO

29 30

4

19 20

1

28

3

5

27

Sex Sab

2

26

27

MARÇO

Qui

1

18

31

Ter

Qua

25

Confraternização Universal

Dom Seg

Ter

17 24

29 30

Finados Proclamação da República

Dom Seg

Ter

Qua

Qui

1

2

5

6

7

8

9

10

11 12

13

14

15

16

17

18

19 20

21 22

23

25

26

28

24

4

27

Sex Sab

29 30

31

Natal PF: PONTO FACULTATIVO


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Economia tem sétimo trimestre de queda Recessão. Queda de 0,8% no terceiro trimestre coloca em risco recuperação esperada para 2017. Investimentos despencam 3,1% A economia brasileira encolheu 0,8% no trimestre passado sobre os três meses anteriores, marcando o sétimo trimestre seguido de contração. Sobre o igual período de 2015, o PIB despencou 2,9%. O tombo anual coloca o Brasil na lanterna do ranking mundial com 40 países que representam 83% do PIB mundial. Segundo o levantamento da Austin Rating, a Índia foi o país com o melhor desempenho (alta de 7,3%), seguida por Filipinas (7,1%) e China (6,7%). Os destaques da eco-

EVOLUÇÃO DO PIB 0,1

Variação em relação ao trimestre anterior, em %

0,2

-0,9 -2,3 3º TRI 4º TRI 2014

1º TRI

PERÍODO DE COMPARAÇÃO PIB AGROPECUÁRIA INDÚSTRIA SERVIÇOS INVESTIMENTOS CONSUMO DAS FAMÍLIAS CONSUMO DO GOVERNO

-1,1

-1,6

2º TRI 3º TRI 2015

4º TRI

-0,5

-0,4

1º TRI

2º TRI 2016

3º TRI

Mesmo trimestre do ano anterior

Trimestre anterior -0,8% -1,4% -1,3% -0,6% -3,1% -0,6% -0,3%

-0,8

-2,9% -6% -2,9% -2,2% -8,4% -3,4% -0,8%

FONTE: IBGE

nomia brasileira foram as quedas dos investimentos e consumo, quadro que dificulta mais a recuperação da atividade esperada para 2017. No ano, o tombo do PIB chega a 4%, segundo o

IBGE. No período de julho a setembro, os investimentos voltaram a despencar, com uma queda de 3,1%, a mais acentuada desde o último trimestre de 2015 (-4,4 %). Para Alexandre Espirito

Santo, economista da Órama Investimentos, o retorno ao crescimento torna-se ainda mais desafiador, pois os empresários estão reticentes e vêm adiando os investimentos. “Precisamos, urgentemente, das reformas, que estabilizem nossa situação fiscal e permitam quedas mais significativas da taxa de juros. Sem essas, a recuperação será muito mais lenta e comedida e será adiada para meados de 2017”, afirma. Em meio ao aumento do desemprego e da queda da confiança, o consumo das famílias caiu 0,6% no 3o trimestre sobre o anterior, mesmo percentual de recuo dos serviços, a 7a retração seguida. Diante disso, o Bradesco piorou as projeções para o PIB para este ano, que passou de queda de 3,4% para declínio de 3,6%. Já a previsão de crescimento em 2017 foi reduzida de 1% para 0,3%. METRO

07|

Juros. Banco Central reduz Selic pela segunda vez no ano O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central anunciou ontem uma nova redução dos juros básicos da economia, de 14% ao ano para 13,75% ao ano. No mês passado, o comitê também cortou a Selic em 0,25 ponto percentual, a primeira queda em quatro anos. A decisão foi unânime e já era amplamente esperada pelo mercado financeiro. Em comunicado, o BC destacou que a economia mostrou-se mais fraca do que o esperado no curto prazo. “A evidência disponível sinaliza que a retomada da atividade econômica pode ser mais demorada e gradual que a antecipada previamente”, diz. O BC avalia ainda que a inflação recente mostrou-se mais favorável que o esperado. Além disso, para o comitê, os passos no processo de aprovação das reformas fiscais têm sido positivos até o momento. Por outro lado, o BC considera o cenário externo especialmente incerto, citando a possibilidade de aumento

13,75% ao ano é taxa de juros, que foi reduzida em 0,25 ponto percentual

“É muita recessão para um corte pífio de Selic. Não há dúvida de que são necessários cortes mais agressivos da taxa de juros” PAULO SKAF, PRESIDENTE DA FIESP E DO CIESP

“É acertada a decisão [...] Esperamos, agora, que haja continuidade da política de redução dos juros” ALENCAR BURTI, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO COMERCIAL DE SÃO PAULO

da taxa de juros nos Estados Unidos. “Há elevada probabilidade de retomada do processo de normalização das condições monetárias nos EUA no curto prazo e incertezas quanto ao rumo de sua política econômica”, afirma. METRO


08|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Começa cortejo com cinzas de Fidel até ‘berço da revolução’

Trump em jantar com Romney : equipe em formação | REUTERS

Trump vai deixar empresas para cuidar dos EUA Autodemissão. Magnata eleito presidente está sob pressão para evitar a influência do cargo a favor de seus negócios particulares Sob pressão para evitar qualquer conflito de interesses, o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, disse ontem que irá deixar seus negócios. “Farei uma grande coletiva de imprensa na cidade de Nova York, com meus filhos, em 15 de dezembro, para debater o fato de que vou deixar meu grande negócio totalmente para poder me concentrar plenamente na administração do país para tornar a América grande novamente!”, disse o magnata. Críticos vêm indagando como o republicano irá evitar conflito de interesse entre a presidência e um império imobiliário de propriedades espalhadas pelo mundo. Trump disse que a lei não exige que ele altere seu relacionamento com seu negócio, mas acrescentou: “Sinto que é visualmente importante, como presidente, não ter um conflito de interesse de maneira nenhuma com meus vários negócios. Sendo assim, estão sendo preparados documentos legais que me afastam completamente das operações de negócios” Relutante em abrir mão de um empreendimento que tornou seu nome conhecido,

Trump chegou a argumentar que não tinha necessidade de se separar da Trump Organization. “O estrago político a uma nova gestão poderia ser amplo. Se o senhor Trump não liquidar [seus bens] , será acusado de motivo pecuniário em qualquer ocasião em que adote uma posição na formulação de políticas”, publicou em editorial o “The Wall Street Journal”. Equipe econômica Steven Mnuchin, 53 anos, ex-sócio do Goldman Sachs e financiador de Hollywood, foi escolhido secretário do Tesouro para conduzir a política econômica. O investidor bilionário Wilbur Ross, conhecido por investimentos em indústrias em dificuldades, deve ser secretário do Comércio. Na terça-feira, Trump jantou com Mitt Romney, candidato presidencial republicano em 2012, em um restaurante francês de Nova York. Romney o criticou na campanha, mas o elogiou após o jantar. “Ele continua com mensagem de inclusão”, disse o ex-governador cotado para secretário de Estado. METRO Leia mais no metrojornal.com.br

Um cortejo com as cinzas de Fidel Castro partiu de Havana ontem para realizar uma jornada de 900 km e três dias até Santiago de Cuba, no leste, refazendo a rota usada por seus revolucionários barbudos na marcha vitoriosa rumo a Havana, onde Fidel proclamou a

vitória em 1959. O ex-líder foi cremado no sábado. O funeral acontecerá no domingo. Na noite da última terça-feira, milhares de cubanos, além de líderes dos aliados esquerdistas de Cuba e de outros países em desenvolvimento, se reuniram na Praça

da Revolução de Havana para homenagem a “El Comandante”. Fidel era admirado na América Latina e na África, por ter enfrentado os EUA. Mas muitos o criticavam por ser ditador que arruinou a economia com sua modalidade de socialismo. METRO

Cubanos observam passagem de cinzas de Fidelo | REUTERS


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Streaming

Usuário pode baixar do Netflix O serviço de streaming de filmes e séries Netflix disponibilizou ontem uma atualização que permite aos usuários baixar parte de seu conteúdo para assistir mesmo fora da internet. O novo serviço não acarreta custos adicionais. METRO RIO

{CULTURA

09|

Política encontra religião em filme Estreia hoje. Dois dos temas dos mais caros à cinematografia de Marco Bellochio estão em ‘Sangue do Meu Sangue’, misto de drama histórico e fantasia situado na cidade natal do diretor

2 CULTURA

Cineasta este em São Paulo no mês passado | DIVULGAÇÃO

Em “Sangue do Meu Sangue”, que estreia hoje, o diretor italiano Marco Bellochio entrelaça duas histórias ambientadas em torno de um antigo convento, mas separadas por séculos. As tramas misturam religião e política, dois dos assuntos mais presentes na obra do autor de “Bom Dia, Noite” (2003), que apresentou o filme em São Paulo durante a 40ª Mostra Internacional de Cinema. “Há um discurso sobre um poder que não consegue mais se manter, em parte, pela virtude dos adversários, mas também pela globalização, que destruiu o isolamento daquela cidade em relação ao mundo inteiro”, afirma Bellochio, que situa a história no lugar onde nasceu, a pequena Bobbio. O fato de colocar em evidência um local tão íntimo tem a ver com o cinema do diretor, que explora fatos e situações singulares com abordagem completamente universalizada. “O que faço, o que filmo e o que imagino são coisas que eu vivi. A política, a religião, a família são experiências que me foram extremamente importantes e podem ser encontradas no que faço.” AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO Veja o trailer no site metrojornal.com.br

Estreia hoje

‘Divas – O Musical’ Protagonizado por Luiza Possi, Jeniffer Nascimento e Nikki, “Divas – O Musical”, que estreia hoje, em curta temporada, narra a história de uma banda de sucesso formada por três mulheres, que depois tomam diferentes rumos. Na trama, com texto original de Anna Toledo e direção de Jarbas Homem de Mello, o trio se encontra novamente e precisa enfrentar as diferenças do passado para competir entre si em um reality show musical. No Teatro Riachuelo (rua do Passeio, 30/40, Centro). Hoje até 4/12: qui., sex. e dom., às 20h; e sáb., às 20h30. De 8 a 11/12: Qui. e sex., às 20h; sáb., às 17h30 e 20h30; e dom., às 17h e 20h. R$ 50 a R$ 130 (www. ingressorapido.com.br). Livre. Até 11/12.


10|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

PUBLIMETRO

Leitor fala

Os invasores

Na ponta do lápis

Crise no Estado Sou professora do Estado do Rio e a crise que nos atinge é muito grave. Estou perto de me aposentar, mas pretendo pedir exoneração até o fim do ano se continuar desse jeito. É um trabalho que não me paga. Fiquei dois dias em um CTI por causa desse nervosismo. Tive um problema cardíaco causado pelo estresse e fiquei internada. É muito difícil passar por isso e é complicado explicar a causa.

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

AS IMPERDÍVEIS OFERTAS DE NATAL: VAMOS NESSA?

Cruzadas

ANGELA MACEDO – RIO DE JANEIRO, RJ

Ho-ho-ho! Todo final de ano a tentação de consumo é grande: já em novembro a decoração natalina invade o comércio, tem o “esquenta” da Black Friday, e ficamos todos animados com o clima de “lá vem o Papai Noel”! Ok, a vida foi feita para ser celebrada e as grandes datas festivas nos ajudam a colocar colorido no dia a dia. Só não vale abandonar o equilíbrio financeiro para embarcar nessa “alegria” toda!

Câmara dos Deputados Há deputados que estão brincando com a população. O pior de tudo é que fomos nós que elegemos essas pessoas para tomarem conta do nosso Brasil. Merecemos! Resta saber agora se a população vai lembrar de cada nome nas próximas eleições. Precisamos ser capazes de termos senso crítico, mesmo a esse ponto de crise que vivemos.

Imperdíveis... ah é? As verbas de marketing de fabricantes e lojas para o final do ano são fortíssimas, o que significa que veremos muitos anúncios de ofertas tentadoras. Cuidado: boa parte disso pode ser puro oba-oba comercial! Para evitar falsas promoções, ainda em setembro ou outubro, vale ir se inteirando do verdadeiro preço daquilo que se pretende comprar no Natal, para poder comparar direito.

ANA MOTA– RIO DE JANEIRO, RJ

Chapecoense O presidente do clube colombiano Nacional propõe que o campeão da Copa Sul Americana seja concedido a Chapecoense. Proponho que, mediante a tragédia e esse nobre gesto, seja dado aos dois clubes o referido título. Então, 2016 teria os dois clubes como campeões da referida Copa.

É o caso de comprar, mesmo? Antes de comprar, pergunte-se: eu quero? Eu preciso? Eu mereço? Eu posso? Eu devo? Não é porque se trata da maior data festiva do ano, e porque todo o mundo está (aparentemente) comprando, que você precisa comprar também. Ao invés de focar nas “coisas”, pode compensar mais focar nas experiências: as festas de Natal e da virada, um passeio ou até uma viagem.

JOSÉ LUIZ DE JESUS SALGADO – RIO DE JANEIRO, RJ

Juros embutidos. Se for comprar algum bem de maior valor em parcelas, pergunte-se: as novas parcelas caberão no orçamento, juntamente com as á existentes, daquelas dívidas contratadas antes? Caberão com folga, da primeira à última? Então some os valores das parcelas e compare o total com o (verdadeiro!) preço à vista (conforme pesquisa que você fará): tem juros embutidos? Se tiver... esqueça!

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

Escondidinho. Um exemplo: a TV LCD é anunciada em uma certa loja em 12 parcelas “sem juros” no cartão de R$ 199,90 cada. Isso dá, no total, R$ 2.400,00. Pesquisando em outras regiões de comércio o mesmo aparelho, do mesmo modelo, na caixa, com nota fiscal e garantia, tudo bonitinho, você encontra por R$ 2 mil para pagamento à vista. Então... fica claro que estão lá R$ 400,00 de juros embutidos!

Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Olha a viraaada! Cuidado também para não abusar das compras de final de ano, porque logo janeiro estará aí. Como acontece em todo comecinho de ano, lá vem IPVA dos carros, IPTU da casa, e renovação do uniforme e material escolar das crianças. Tudo isso terá de caber no orçamento familiar, que anda apanhando do desemprego e da inflação. Mas... se entrar em 2017 com o “bolso direito”... vai prosperar! Economista com MBA em Finanças (USP), atua como orientador de famílias e educador em empresas (Metodologia PROFE®). Comentarista econômico do Grupo Bandeirantes de Rádio e TV, é autor de “Os 10 Mandamentos da Prosperidade” e dirige o site www.educarparaprosperar.com.br.

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

Marte – que rege seu signo – faz bom aspecto com Júpiter, favorecendo um novo momento na condução de projetos junto a outras pessoas.

Tenha cuidado para que a ansiedade com algumas expectativas não tire sua concentração junto a assuntos mais simples.

Um bom aspecto de Marte com Júpiter – regente de seu signo – aponta mais chances para decisões que venham impulsionar metas especiais.   

Aproveite mais momentos culturais, seja com amigos, familiares ou mesmo na vida amorosa. Tendências a exercitar mais sua fé e religião.

Momento especial para divulgações no trabalho. Também há tendências para se dedicar a novas habilidades que deseja desenvolver.

A Lua em seu signo aponta tendências para se envolver de maneira mais intensa com responsabilidades diante de suas relações. 

Período mais indicado para pesquisas diante de assuntos materiais e profissionais. Mais estratégia e menos alardes serão essenciais.

Uma dose de saudosismo será mais comum, algo que será mais frequente desde um vídeo ou música. Às vezes faz bem ficar sentimental.

Tendências a recompor as energias, tanto através de espiritualidade, crenças, estudos em atividades de lazer que faça bem ao corpo.

Será essencial observar um pouco mais o ponto de vista de outras pessoas. Saber antes o que os outros pensam ajudará a evitar atritos.

Dia mais propício para se dedicar aos gostos culturais, leituras, atividades escritas e para colocar correspondências em ordem.

bem as suas emoções.

Temas que envolvam grupos ou causas voluntárias despertarão mais a sua dedicação e farão

Soluções


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

11|

‘Falha total elétrica e de combustível’ Tragédia na Colômbia. Em último contato com a torre do aeroporto de Medellín, piloto do voo que levava delegação da Chapecoense e profissionais da imprensa relata problemas no avião e insiste em ter autorização para pousar nave se acidentou. Em seguida, o piloto pede as coordenadas para iniciar os procedimentos de pouso e as recebe. A torre ainda informa a distância do avião para pista, que era de 13 km, avisa que há chuva e que os bombeiros haviam sido acionados. O contato, então, é perdido. Quando o avião fica sem comunicação com a torre de comando, ele sobrevoava as cidades de La Ceja e Aberrojal, à 0h33 de Brasília, e a queda ocorreu à 1h15 no Cerro El Gordo – de acordo com informações do aeroporto de Medellín. O outro voo A advogada brasileira Hanna Pfeffer, passageira do avião da Viva Colômbia que ganhou prioridade para aterrissar, contou à BandNews FM que o tempo era relativamente bom naquele momento, com uma chuva fraca, mas que enfrentou turbulência durante o trajeto. “Após uma hora de voo foi informado que estávamos tendo problemas com um vazamento de combustível e que deveríamos fazer um pouso de emergência em Rio Negro, cidade próxima de Medellín. Depois, houve muito pânico, todos muito apreensivos, com medo. E acabamos pousando”, relatou. METRO Ouça a gravação completa entre piloto e torre no metrojornal.com.br

O VOO LMI-2933 DO AVIÃO LAMIA AVRO RJ85 De acordo com dados do site de rastreamento de voos FlightRadar24, o voo LMI-2933, que transportava a delegação da Chapecoense e profissionais de imprensa, mostra a diminuição brusca de velocidade e altitude até a queda. No rastreio de trajeto, é possível ver que o avião ficou voando em círculos esperando a autorização do aeroporto de Medellín

Hipótese de que avião não tinha Plano de voo previa combustível suficiente ganha força parada para abastecer O avião Avro RJ-85, da LaMia, não tinha autonomia para fazer o trajeto entre Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, e Medellín, na Colômbia. É o que apontam especialistas ouvidos pela rádio BandNews FM sobre o acidente que vitimou 71 pessoas no voo que levava a delegação da Chapecoense para a disputa da final da Copa Sul-Americana. Segundo o comandante Carlos Camacho, ex-diretor do Sindicato Nacional dos Aeronautas, uma aeronave só

pode decolar se tiver capacidade para voar por mais tempo do que apenas até o destino programado: “É preciso ter combustível até o trajeto previsto, além de uma rota alternativa e ainda mais 30 minutos para emergências, totalizando 45 minutos de sobra.” O site oficial da LaMia, que estava fora do ar na terça-feira, dia do acidente, mostra que o modelo tem autonomia para voar, no máximo, 2.965 km com o tanque cheio. O portal Flight

ESPORTE

Boliviano Miguel Quiroga, que pilotava o Avro RJ85, informou problemas à torre | REPRODUÇÃO/FACEBOOK

REPRODUÇÃO/FLIGHTRADAR24

Um diálogo de aproximadamente 11 minutos divulgado ontem pela “Blu Radio”, da Colômbia, revela a insistência do piloto boliviano Miguel Quiroga com a torre de controle do aeroporto José Maria Córdova, em Medellín, para pousar o avião da LaMia, modelo Avro RJ85, que transportava a delegação da Chapecoense e profissionais da imprensa, por conta da situação de emergência da aeronave. O avião caiu na madrugada de terça-feira na região de Antióquia e deixou 71 mortos. Apenas 6 sobreviveram. Durante a conversa, o comandante revela que a aeronave estava em “pane total elétrica e de combustível”. Por isso, ele pede em diversas ocasiões da gravação, feita momentos antes do acidente, que haja prioridade para aterrissagem diante do quadro. A controladora que está em contato com Quiroga deu ordens para que a aeronave permanecesse no ar e aguardasse porque havia uma emergência com outro veículo, um Airbus da empresa Viva Colômbia, que estava sendo atendido no mesmo momento. Em um dos trechos, o piloto informou que voava a 9 mil pés (2.743 metros), abaixo da altura recomendada pela Aeronáutica Civil da Colômbia para a região montanhosa de Cerro El Gordo que é 10 mil pés (3.048 metros), onde a aero-

3

Radar, que monitora voos em todo o mundo, aponta que o voo LMI-2933 percorreu 2.975 km até desaparecer do radar. A hipótese principal é que o piloto Miguel Quiroga tenha tentado completar o voo sem ter combustível suficiente. Diretor da Aeronáutica Civil da Colômbia, Alfredo Bocanegra reforçou a tese e confirmou que o avião não tinha autonomia para o percurso e deveria ter parado para reabastecer. METRO

O plano de voo do LaMia previa a possibilidade de parar no caminho para reabastecimento. De acordo com o general boliviano Gustavo Vargas, diretor da empresa, as cidades de Cobija, na Bolívia, e Bogotá, na Colômbia, eram alternativas para aterrissagem em caso de necessidade. Em entrevista ao canal local Unitel, Vargas revelou que não houve como realizar o procedimento. “Lamentavelmente não pudemos reabastecer a aeronave em Cobija, que era o

ponto inicial, porque ficou tarde e este aeroporto não funciona à noite. Então eliminamos Cobija, mas o piloto tinha outra alternativa, que era Bogotá”, disse, antes de ponderar a decisão de Miguel Quiroga: “Antes de passar por Bogotá ele tinha de tomar a decisão, se estava com combustível teria que seguir, mas se havia algo errado com o combustível deveria parar. Se continuou é porque avaliou que podia. Continuou e aconteceu esta catástrofe.” METRO

Ponto final

“É uma escolha difícil, mas que eu tive que fazer. Na verdade, como sempre disse, não era nem para eu ter vindo neste ano. Ia me dedicar apenas à minha família em 2016, mas fui convencido pelo Alexandre Mattos, pelo presidente, pelo projeto que foi apresentado a mim e, claro, pelo meu amor ao Palmeiras. Torço desde criança, nunca escondi isso de ninguém. Saio muito feliz e com a missão cumprida. Tenho certeza de que voltarei um dia para continuar a minha história no clube.” TÉCNICO CUCA, EXPLICANDO SUA DECISÃO DE DEIXAR O PALMEIRAS


12|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Notícias positivas

Tripulação. Sobrevivente conta que luzes Na Colômbia. Primeiros boletins médicos indicam pequenas melhoras dos sobreviventes da tragédia. se apagaram Uma das seis sobreviventes da tragédia na Colômbia, a auxiliar de voo Ximena Suárez conversou no hospital com o governador de Antioquia, Luis Pérez. De acordo com o relato dela ao político, as luzes do avião apresentaram falhas pouco antes da queda. “O pouco que ela falou foi que as luzes começaram a desligar de forma gradual e que em 40 a 50 segundos ela sentiu a pancada. Ela se recorda até aí. É a única evidência que temos. Não podemos aumentá-la ou menosprezá-la para não atrapalhar a investigação”, disse Pérez, em entrevista à rede Caracol. Além de Ximena Suárez, os outros sobreviventes são os jogadores Jackson Follman, Alan Ruschel e Neto, o técnico da aeronave Edwin Tumiri e o jornalista Rafael Henzel. Posição fetal Outro sobrevivente da tragédia, o boliviano Erwin Tumiri revelou no hospital na Colômbia que escapou da morte ao seguir um protocolo de segurança recomendado para acidentes aéreos. Segundo Erwin, que era um dos tripulantes da aeronave, ele permaneceu em posição fetal com uma mala entre as pernas, o que amenizou o impacto da queda. “Com a situação de pânico, muitos se levantaram dos assentos e começaram a gritar. Coloquei umas malas entre as pernas e fiquei na posição fetal, recomendada para acidentes”, completou, em entrevista ao jornal boliviano “La Razón”. METRO

Neto, Alan Ruschel e Follmann seguem sob observação, entubados, e tripulação não corre risco de morte Os primeiros boletins médicos, divulgados ontem, foram positivos para os sobreviventes da tragédia aérea que resultou na morte de 71 pessoas na Colômbia. Os primeiros tratamentos, fundamentais na recuperação, mostraram que o seis resgatados dão sinais de melhora. Esperança Familiares do zagueiro Hélio Hermito Zampier Neto, mais conhecido como Neto, torcem pela melhora no estado de saúde do jogador, que é natural do Rio de Janeiro, da Pavuna, zona norte. Último a ser resgatado com vida, ele se recupera bem depois de realizar uma drenagem torácica. A mãe do jogador, Va-

léria Zampier, disse que quando soube da tragédia procurou manter a tranquilidade. “Fiquei esperando e torcendo pelo melhor. Esse time é como uma família e Deus sabe o que é melhor para cada um”, disse em entrevista à BandNews FM. Veja ao lado as informações médicas sobre cada um dos sobreviventes. Gritos O bombeiro Arquimedes Mejía, um dos primeiros a chegar ao local do acidente com o avião da Chapecoense, contou à Rádio Caracol que as vítimas estavam presas às cadeiras da aeronave e que os gritos dos sobreviventes ajudaram no resgate.

“Os corpos estavam amarrados às cadeiras e não havia cheiro de combustível, não havia queimaduras em ninguém. O avião estava partido em três partes”, afirmou o bombeiro em entrevista à Rádio Caracol. “As pessoas que foram resgatadas com vida estavam na parte de cima da montanha. Os corpos dos mortos estavam no cânion, mais abaixo”, prosseguiu. Outro bombeiro, Juan Diego Gómez, afirmou que dez pessoas foram socorridas ainda com vida. Entre elas, um membro da comissão técnica da equipe catarinense, mas que acabou morrendo minutos depois. Ele não teve o nome confirmado. METRO

Boletim médico Neto (jogador) O zagueiro chegou ao hospital com edemas no crânio e no tórax. Ele passou por drenagem torácica e tem boas condições circulatória e neurológica. Ainda passará por novos procedimentos nas pernas para fechar feridas e evitar infecções. Ele teve fraturas nos membros inferiores em decorrência do choque e está internado na clínica Somer, de Rio Negro. Alan Ruschel (jogador) O lateral passou por cirurgia na terça para estabilizar uma fratura na coluna. Ele teve lesão em uma das vértebras e correu risco de ficar tetraplégico, mas, segundo o porta-voz da Chapecoense, Andrei Copetti, não há mais essa possibilidade. Alan também está na clínica Somer. Follmann (jogador) O goleiro teve perna direita amputada abaixo do joelho. Na esquerda, sofreu lesões musculares e vasculares que exigirão novos procedimentos médicos. Follmann ainda corre o risco de perder o pé esquerdo e está sendo avaliado. Ele está na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital San Vicente Fundacion de Rio Negro, entubado, mas respirando normalmente. Rafael Henzel (jornalista) O jornalista teve trauma torácico e costelas quebradas, além de lesões em braços e pernas. O impacto também atingiu seu pulmão. Ele está entubado, mas respirando normalmente, e evoluiu bem aos procedimentos médicos. Ximena Suárez (tripulante) Está fora de perigo. Teve lesões ocasionadas pelo impacto, mas sem atingir órgãos vitais. Teve fraturas nas pernas. Segue sob observação. Erwin Tumiri (tripulante) Está fora de perigo. Foi resgatado consciente. Teve lesões decorrentes de impacto, mas nenhuma de alta gravidade.

Fachada da clínica San Juan de Díos, na cidade de La Ceja | ADRIANO VIZONI/FOLHAPRESS

Velório coletivo será na Arena Condá A Chapecoense, a Polícia Militar, a Polícia Rodoviária Federal, a Prefeitura de Chapecó e o Governo de Santa Catarina fizeram ontem uma simulação de como será feito o velório das vítimas do acidente aéreo na Colômbia. A expectativa da organização é que 100 mil pessoas compareçam na Arena Condá para prestar a última homenagem aos atletas, dirigentes, membros da comissão técnica e jornalistas

vítimas na tragédia. A intenção do time é que todos sejam primeiramente velados no gramado e, em seguida, liberados para o enterro em suas respectivas cidades de origem. “Não podemos confirmar quando o velório será feito porque dependemos da liberação dos corpos. Mas isso está sendo feito de maneira muito rápida e diria que a tendência é que o velório aconteça na sexta-feira. A nossa intenção é que

todos os envolvidos, inclusive os jornalistas, sejam homenageados aqui no gramado, mas vamos respeitar a preferência dos familiares”, explicou o vice-presidente do Conselho Deliberativo, Gelson Dalla Costa. Os corpos serão colocados em três ou quatro caminhões, dependendo da quantidade de corpos que forem liberados e autorizados pela família para ir para Chapecó. Os familiares do técnico Caio Júnior, por

exemplo, inicialmente não pretendiam que seu corpo fosse levado para a cidade catarinense. Os veículos farão o trajeto entre o aeroporto e o estádio, com cerca de 45 minutos, levando os caixões, que estarão lacrados. A tendência é que o velório se inicie pela manhã. Os caixões ficarão no gramado, alinhados em tendas de forma que os torcedores consigam transitar entre eles. METRO

Preparativos para o velório na Arena | TARLA WOLSKI/FUTURA PRESS


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

13|

Victorino Chermont

Flamengo vai homenagear jornalista

Faixas com nomes dos jogadores mortos foram levantadas | RICARDO MORAES/REUTERS

Colombianos lotaram o estádio Atanasio Girardot | JAIME SALDARRIAGA/REUTERS

Muito mais do que onze Emoção. Tanto em Medellín como na Arena Condá, torcedores levam sua mensagem de carinho às vítimas da tragédia

Jogadores que não viajaram ANTONIO CARLOS MAFALDA/FOLHAPRESS

Homenagem ao goleiro Danilo RICARDO MORAES/REUTERS

A noite de ontem marcaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana, que aconteceria às 21h45 (de Brasília), no estádio Atanasio Girardot, em Medellín, contra o Atlético Nacional. A tragédia impediu a Chapecoense de entrar em campo. Mas tanto o local onde aconteceria a partida quanto na Arena Condá, casa da Chape, foram tomadas por torcedores em tributo às vítimas.

Não faltou emoção, lágrimas e mensagens de apoio. No estádio de Santa Catarina, familiares e integrantes do clube, ovacionados pelas arquibancadas completamente lotadas. Quando chegou o momento do jogo, as homenagens cessaram para dar lugar a um silêncio em tributo às vítimas. Em Medellín, foi às 21h45 que as homenagens começaram, com o povo colombiano abraçando a dor

dos brasileiros, dos chapecoenses, do mundo. Mais de 130 mil pessoas passaram pelo estádio e muitos ficaram de fora, já que a capacidade máxima havia sido alcançada – a maioria de branco com velas e flores. Houve cerca de uma hora de homenagens, com a participação dos jogadores do Atlético. Com muito respeito e carinho, com direito ao canto “Vamos, vamos, Chape!” METRO

O Flamengo anunciou ontem que vai batizar sua nova sala de imprensa de Victorino Chermont, um dos 20 jornalistas mortos no acidenta na Colômbia. O espaço será inaugurado no dia 13, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, zona oeste. O clube também vai disponibilizar o salão nobre da sede da Gávea para a família velar o corpo. Botafogo e Fluminense estudam ações semelhantes. METRO RIO Botafogo

Torcedora do Atletico Nacional em Medellín JAIME SALDARRIAGA/REUTERS

Torcedor mascote em Chapecó ANTONIO CARLOS MAFALDA/FOLHAPRESS

Gatito Fernandes vai substituir o goleiro Sidão O Botafogo acertou a contratação do goleiro paraguaio Gatito Fernandes, de 28 anos. Ele assinou contrato de dois anos com o clube. METRO RIO


14|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{DIA MUNDIAL DE LUTA CONTRA A AIDS}

+ suas vítimas ESPECIAL

Falta prevenção. Mais de 30 anos após o surto da DST, infectados continuam aumentando entre jovens, adultos e idosos A Aids já não é mais novidade para a maioria das pessoas nem provoca o pânico de quando ocorreram os primeiros casos da doença no Brasil, nos anos 80. Apesar disso, os números de infectados vêm aumentando. Houve cerca de 83,5 mil casos nos primeiros 15 anos da epidemia no país. Entre 1995 a 2004, foram registrados mais de 300 mil e, entre 2005 e junho de 2015, 410 mil ocorrências, de acordo com o último Boletim Epidemiológico HIV/AIDS, divulgado pelo Ministério da Saúde. A cada 15 minutos, um novo caso da doença é

Campanha virtual

Conectados contra a Aids

Testes no Rio

De graça A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual (CEDS) promovem de hoje a sábado, a campanha “Teste, Trate, Viva Melhor” com testes gratuitos para HIV e sífilis disponíveis nas 227 unidades de Atenção Primária da cidade. Preservativos masculinos, femininos e gel lubrificante serão distribuídos. Veja a lista de locais em http:// www.rio.rj.gov. br/web/ sms/onde-ser-atendido.

Saúde (Opas), entretanto, revelou que os adolescentes também continuam desinformados e com falsas crenças quando o assunto é sexo: quatro em cada dez jovens brasileiros acham que não precisam usar preservativo em um relacionamento estável. Mais afetados: 25 a 39 anos Mas a verdade é que a maior concentração dos casos de Aids no Brasil está nas pessoas de 25 a 39 anos. Inclusive, é na faixa de 25 a 29 anos que há o maior número de casos de gestantes infectadas com HIV. Nos últimos dez

anos, grávidas acima de 40 anos também têm aumentado as estatísticas. Jean Gorinchteyn, médico do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, um dos pioneiros em tratamento de HIV no país, destaca a importância do diagnóstico precoce, a fim de que a mãe não transmita o vírus para o filho. “Além disso, assim que a criança nasce, ela é submetida ao uso de antirretrovirais diretamente na via sanguínea”, complementa. Tudo para impedir a infecção. Como consequência da falta de hábito de usar preser-

vativos, o Ministério da Saúde revelou um aumento não apenas no número de pessoas a partir de 60 anos com HIV, como também um aumento no número de óbitos por Aids nessa faixa etária, que dobrou em 12 anos. Exames corriqueiros, incluindo imunológicos, são sempre bem-vindos para diagnósticos precoces. Mas, vale reforçar, o caminho mais eficaz continua sendo o da prevenção. E, sim, o uso do preservativo é indispensável em todos os tipos de relação sexual, incluindo a anal e até a oral. METRO

LUCINHA ARAÚJO Aos 80 anos, mãe do cantor Cazuza fala das dificuldades de manutenção da instituição que atende mais de 200 soropositivos e comemora inauguração de estátua em homenagem ao filho

‘O BRASIL AINDA NÃO MOSTROU SUA CARA’

BRUNO POLETTI/FOLHAPRESS

O Instituto Emílio Ribas, protagonista desde os anos 1980 no tratamento de HIV, lançou a campanha “Mobilização Virtual Contra a Aids 2016”. Com o apoio da Unaids (Programa Conjunto das Nações Unidas Sobre HIV/Aids) e do Fundo PositHIVo, a ideia é se solidarizar e conscientizar a população sobre o crescimento da doença por meio de um filtro, que insere o laço o vermelho — símbolo internacional de compromisso na luta contra a DST— na foto de perfil do Facebook. As hashtags são #BoraSeCuidar e #SeJoganaPrevenção (apps.facebook.com/ diadelutacontraaids).

diagnosticado no Brasil. Pessoas de 15 a 24 anos têm se tornado foco de atenção para as autoridades quando o assunto é HIV. Entre essa população, a taxa de Aids mais do que duplicou nos últimos anos, diz o Ministério da Saúde. Para a infectologista Raquel Muarrek, do Hospital São Luiz, de São Paulo, o fato tem a ver com maior confiança nos tratamentos. A pesquisa “Juventude, Comportamento e DST/Aids”, realizada pela Caixa Seguros com o acompanhamento do Ministério da Saúde e da Organização Pan-Americana da

ARQUIVO PESSOAL/ CHRISTINA MOTTA

Morto em 1990, aos 32 anos, em decorrência de complicações da Aids, Agenor de Miranda Araújo Neto, o Cazuza, deixou um legado. Sua história serve de exemplo para mais de 200 pacientes por mês e 25 crianças internas da Sociedade Viva Cazuza, em Laranjeiras, tocada pela mãe do cantor do Barão Vermelho. Aos 80 anos, Lucinha Araújo celebra uma nova homenagem ao artista, hoje, com a inauguração da estátua do cantor na Praça Cazuza, no Baixo Leblon. A obra, que custou R$ 195 mil à Prefeitura do Rio, é assinada pela artista plástica Christina Motta. O que você achou da estátua em homenagem ao Cazuza? Reparei que todo mundo co-

meçou a ganhar estátua e eu queria uma do Cazuza também. Pedi pessoalmente ao Eduardo Paes [prefeito] e ele me prometeu. Agora, no apagar das luzes do mandato dele, vai sair. Cazuza vai voltar ao Baixo Leblon, onde ia toda noite. E a inauguração é no Dia Mundial de Combate a Aids. Como você vê o tratamento da Aids no Brasil hoje? Brasil é um dos poucos que distribui gratuitamente medicamentos, o que é um avanço! Mas as pessoas às vezes nem sabem ler, aí acabam usando o remédio errado. Na Viva Cazuza, a pessoa aprende a lidar com os medicamentos, a gente ensina, colore as cartelas para eles saberem pela cor quando usar.

Estátua de Cazuza vai ficar no Baixo Leblon

No final do mês, quem fizer tudo certinho, como prêmio, ganha uma cesta básica.

sim. É uma bobagem não se prevenir. Já que pode se evitar, é melhor não ter.

Os jovens ainda não perceberam a gravidade da Aids? Acho que não. Acham que não vai dar em nada, que depois se cuida. Mas não é as-

O Cazuza ia achar o Brasil de hoje muito careta? O tempo muda, mas as pessoas não mudam. Até hoje a gente está esperando o Brasil

mostrar sua cara. Tem coisas que eu não entendo, o Collor [ex-presidente e senador pelo PTC] foi empichado, condenado, e aí elegem ele de novo. Realmente, o Brasil ainda não mostrou sua cara. Eu fico triste, mas sou otimista. Vai melhorar um dia. A crise afetou a Viva Cazuza? A gente vivia de emenda parlamentar, alguns deputados faziam e nós ganhávamos dinheiro. Mas as emendas acabaram desde o primeiro governo Lula. Temos alguma ajuda do governo, mas vivemos dos direitos autorais do Cazuza, que continua ajudando a gente lá de cima e sempre damos um jeito. Mas a gente merece ser ajudado, até porque fazemos o que o governo não faz. METRO RIO

PEXELS

A AIDS NÃO ESCOLHE


20161201_br_metro rio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you