Page 12

12|

3 ESPORTE

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Ney assume para levar o Bugre de volta à elite Nova comissão. Campeão da Série C com o Boa Esporte, Ney da Matta foi anunciado como o treinador do Guarani para 2017 Nove dias depois da saída do técnico Marcelo Chamusca, a diretoria do Guarani anunciou ontem a contratação de Ney da Matta para comandar o time na temporada 2017. O treinador vai dirigir a equipe até o final do campeonato paulista, com uma missão definida: levar o time de volta para a elite do futebol paulista. Junto com Ney da Matta chegam também o auxiliar técnico Tony Ferreira e o preparador físico Altamir Júnior. Ney da Matta foi Campeão Brasileiro da Série C deste ano com o Boa Esporte. Nascido em Ipatinga-MG, Ney tem 49 anos e passou por 13 times de Minas Gerais em 18 anos de carreira. Além dos times mineiros, o técnico comandou o

29 de janeiro é a data de estreia do Guarani no Campeonato Paulista da Série A-2, contra o Oeste, de Itápolis. SEV, em 2006, e o Linense, em 2009, no Estado de São Paulo. Passou também por outros estados, trabalhando em clubes como CRB, Sampaio Corrêa, Brasil de Pelotas, CRAC, Brasiliense e Vila Nova. “É uma grande oportunidade para concretizar um trabalho que vem sendo feito a muito tempo. Todo mundo busca uma grande oportunidade na vida e

o Guarani é a oportunidade que estou tendo”, disse. “O que me fez vir para o Guarani foi o projeto apresentado pela diretoria, a torcida do Guarani e o camisa forte da equipe”, concluiu. Paulistão A FPF (Federação Paulista de Futebol) definiu os confrontos do Campeonato Paulista de 2017. O Guarani estreia em casa no dia 29 de janeiro, contra o Oeste em encerra a 1ª fase contra o Batatais, dia 23 de abril. Os quatro melhores se classificam para a segunda fase e as duas melhores sobem a elite do Campeonato Estadual de 2018. Já os 6 piores serão rebaixados para à Série A3. METRO CAMPINAS

Grolli vai a Chapecó em visita de solidariedade Ponto final

“É uma escolha difícil, mas que eu tive que fazer. Na verdade, como sempre disse, não era nem para eu ter vindo neste ano. Ia me dedicar apenas à minha família em 2016, mas fui convencido pelo Alexandre Mattos, pelo presidente, pelo projeto que foi apresentado a mim e, claro, pelo meu amor ao Palmeiras. Torço desde criança, nunca escondi isso de ninguém. Saio muito feliz e com a missão cumprida. Tenho certeza de que voltarei um dia para continuar a minha história no clube”

Revelado na Chapecoense, o zagueiro da Ponte Preta Douglas Grolli disse ontem que deverá estar em Chapecó, em visita de solidariedade às famílias, depois da queda do avião que matou 71 pessoas, entre elas praticamente a equipe inteira de futebol. “Está sendo muito difícil. Pessoas que convivi grande parte do meu início de carreira. Certamente se não fossem por eles eu não es-

taria aqui”, disse o zagueiro ontem, quando a equipe da Ponte retomou os treinamentos. A reapresentação seria na segunda-feira, mas a diretoria suspendeu os treinos e dispensou os jogadores por conta da tragédia. “É difícil admitir e aceitar o que aconteceu. Infelizmente aconteceu e agora é torcer para que os familiares, que estão sofrendo ainda mais, consigam ter esse

apoio e possam superar essa dura realidade”, acrescentou o jogador. O zagueiro atuou pela Chapecoense de 2007 até 2011, e, depois de deixar o clube, voltou por empréstimo na temporada de 2014. “Foi ali que comecei. Muitos acompanharam minha carreira desde que cheguei para fazer teste e foram importantes nessa trajetória. Fico muito triste com essa situação”, lamentou. METRO

TÉCNICO CUCA, EXPLICANDO SUA DECISÃO DE DEIXAR O PALMEIRAS

O zagueiro Douglas Grolli, revelado na Chapecoense | DIEGO SOARES/CÓDIGO 19/FOLHAPRESS

Ney da Matta, em entrevista no Guarani | LUCIANO CLAUDINO/CODIGO 19/FOLHAPRESS

Copinha. Ponte e Guarani conhecem os adversários A FPF (Federação Paulista de Futebol) divulgou a tabela de jogos da 48ª Copa São Paulo de Futebol. A Ponte Preta, que está no Grupo 5, ao lado de Marília-SP, Alagoinhas-BA e América-MG, com sede em Marília, inicia sua jornada na competição no dia 3 de janeiro. Na estreia a Ponte enfrenta o América Mineiro. Dois dias depois, pega o Marília e fecha a primeira fase, no dia 7 de janeiro, contra o Alagoinha. Todas as partidas do grupo serão disputadas no estádio Bento de Abreu Sampaio Vidal. Classificam-se para a fase seguinte os dois clubes com maior número de pontos ganhos em cada grupo. O Guarani, por sua vez, integra o Grupo 16, que tem sede em Itu. Vai fazer sua primeira partida também no dia 3, contra o Ituano. Em seguida enfrenta o Santa Cruz e encerra sua participação na primeira fase contra o XV de Piracicaba. Este ano o torneio – que é disputado por jogadores de até 20 anos – terá recorde de 120 clubes. São José dos Campos, por exemplo,

120 clubes vão participar do torneio neste ano. Copinha é disputada por jogadores de até 20 anos de idade terá de sediar duas chaves. O atual campeão Flamengo vai disputar a primeira fase na cidade de São Caetano do Sul. Atual vice-campeão, o Corinthians jogará a primeira fase em Taubaté, ao lado do time da casa, Pinheiro-MA e Operário-MS. O Timão é, ainda, o maior campeão da Copa São Paulo, com nove conquistas. O São Paulo está na chave com sede em Capivari, ao lado do Leão da Sorocabana, Genus-RO e União Barbarense. O Palmeiras vai jogar na sede de Araraquara, com Ferroviária, Paranoá-DF e Villa Nova-MG. O Santos fica em Barueri com Audax, Floresta-CE e Rio Branco-AC. Nesta edição, cada técnico poderá fazer até seis trocas durante as partidas. METRO

20161201_br_metro campinas  
Advertisement