Page 1

CURITIBA Sexta-feira, 13 de maio de 2016 Edição nº 1.256, ano 6 MÍN: 11°C MÁX: 17°C

www.metrojornal.com.br | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_CTB

S A SS E M O PR

TODOS OS E HOMENS DO PRESIDENTE

TEMER TOMA POSSE, APRESENTA UM TIME DE 24 MINISTROS E DÁ AS DIRETRIZES DO SEU GOVERNO LEIA, GUARDE, COBRE. Reafirmo, e faço em letras garrafais, vamos manter os programas sociais. O Bolsa Família, o Pronatec, o Fies, o Prouni, o Minha Casa, Minha Vida, entre outros, são projetos que deram certo e terão sua gestão aprimorada. A Operação Lava Jato tornou-se referência e, como tal, deve ter seguimento e proteção contra qualquer interferência que possa enfraquecê-la. É preciso dar eficiência aos gastos públicos.

R FOTOS:

O ‘núcleo duro’ do governo Temer, a partir do alto: Henrique Meirelles (Fazenda), José Serra (Relações Exteriores), Romero Jucá (Planejamento), Eliseu Padilha (Casa Civil), Alexandre Moraes (Justiça), Moreira Franco (ainda sem cargo), Leonardo Picciani (Esporte) e Gilberto Kassab (Ciência e Tecnologia e Comunicações)

Todos os nossos esforços estarão centrados na melhoria dos processos administrativos, o que demandará maior eficácia da governança pública. É urgente pacificar a nação e unificar o Brasil. É urgente fazermos um governo de salvação nacional.

SE EUTER FOLHA

PÁGS 02 A 06

PRESS


02|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

1 FOCO

Primeiro ato de Michel Temer como presidente interino foi a apresentação da equipe e das prioridades, em discurso já no Palácio do Planalto | ADRIANO MACHADO/REUTERS

Novo presidente

Gilmar Mendes assume TSE O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes assumiu ontem a presidência do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Tomou posse ontem, também, o vicepresidente, Luiz Fux.

Cotações Dólar + 0,79% (R$ 3,473) Bovespa + 0,90% (53.241 pts)

Michel Temer aposta as fichas na economia Primeiro discurso. Nova equipe de governo, empossada ontem, foi instruída a trabalhar para esquecer a crise Michel Temer elegeu a crise econômica como principal problema do país, mas pretende esquecer a palavra de viés negativo. “A partir de agora, não podemos mais falar em crise. Vamos trabalhar”, disse ontem, fechando o primeiro discurso como presidente interino – enquanto durar a investigação de Dilma Rousseff no Senado. Apesar de focado na necessidade de recuperação econômica, o discurso do novo comandante do país foi concebido para enviar sinais a vários setores, buscando um governo de “salvação nacional”. “Ninguém, individual-

mente, tem as melhores receitas para as reformas que precisamos realizar”, afirmou Temer, cercado por seus ministros. A equipe Para buscar os resultados rápidos que precisa, o presidente interino confia no entrosamento da equipe que anunciou ontem, sem muitas surpresas nos nomes. Com as questões econômicas como prioridade, o cérebro do governo será o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que ficará responsável também pela previdência social, mas há outras estrelas na companhia. Con-

FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,54% (R$ 3,965) Selic (14,25% a.a.)

Salário mínimo (R$ 880)

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189 COMERCIAL: 041/3069-9191

O Metro jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

“O Estado não pode tudo fazer. Depende da atuação dos setores produtivos: empregadores, de um lado, e trabalhadores de outro.” MICHEL TEMER (PMDB), PRESIDENTE INTERINO DA REPÚBLICA

firmado à frente do Ministério das Relações Exteriores, o tucano José Serra será o braço direito de Temer na busca por negócios internacionais. Já o senador Romero Jucá (PMDB-RR), um dos

aliados mais próximos de Temer estará no coração da administração, como ministro do Planejamento. O núcleo duro conta ainda com o ex-governador do Rio de Janeiro e ex-ministro de Dilma Moreira Franco, que não ganhou ministério, mas será responsável por acelerar o programa de concessões e parcerias com a iniciativa privada, uma das grandes apostas para equilibrar as contas públicas. A lista de ministros – que sofreu críticas por não trazer nenhuma mulher e por ter investigados na Lava Jato que ganharam foro privilegiado, como Geddel Vieira

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editora de Arte: Priscila S. Belavenute. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera.

Lima (Secretaria de Governo) – conta ainda com nomes influentes no Congresso, fundamentais para garantir governabilidade. O presidente do PSD, Gilberto Kassab, por exemplo, foi um dos poucos a se manter na Esplanada, graças à bancada de 36 deputados que controla na Câmara. Já Leonardo Picciani (PMDB-RJ), titular do Esporte, deverá colocar a serviço de Temer a ascendência que possui sobre peemedebistas mais ligados a Dilma. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O Metro Curitiba é impresso na Gráfica Press Alternativa Ltda / Alm. Tamandaré/PR A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


04|

Discurso inicial tem recado para Dilma Novos tempos. Presidente interino afirma que vai aprimorar os programas sociais e não cortá-los. Disse também que apoia a operação Lava Jato e prometeu reformas Temer sabe da importância das boas notícias neste início de gestão e fez questão de usar o discurso inicial para se defender de críticas que tem recebido. O presidente interino ressaltou “em letras garrafais” que não pretende cortar programas sociais, como Bolsa Família e Pronatec. “São projetos que deram certo e terão sua gestão aprimorada”, prometeu, em um recado à presidente afastada Dilma Rousseff. Dilma aliás, recebeu o “respeito institucional” do companheiro de chapa, que pediu ‘mais cuidado’ com as palavras. Lava Jato Temer garantiu ainda que “a moral pública será permanentemente buscada, por meio dos instrumentos de controle e apuração

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

de desvios”, aproveitando para introduzir uma defesa da operação Lava Jato, que investiga inclusive membros de sua equipe. “Uma referência, que deve ter proteção”, disse sobre a operação. Reformas Apesar do cuidado, temas mais controversos, como as reformas da previdência e trabalhista, não faltaram no primeiro discurso. “As modificações que queremos fazer têm como objetivo o pagamento das aposentadorias e a geração de emprego”, disse Temer, antes de garantir que os assuntos serão tema de amplo debate. Entre as primeiras ações do governo também esteve a ‘aposentadoria’ do lema “Pátria Educadora”, substituído pela imagem abaixo..

OS ESCOLHIDOS Gabinete de Temer mescla alguns nomes técnicos com representantes de nove partidos FAZENDA HENRIQUE MEIRELLES Ex-presidente do Banco Central de Lula PLANEJAMENTO, DESENVOLVIMENTO E GESTÃO ROMERO JUCÁ (PMDB-RR) Senador e presidente em exercício do partido SECRETARIA DE GOVERNO GEDDEL VIEIRA LIMA (PMDB-BA) Ex-lider do partido na Câmara e ex-ministro da Integração Nacional de Lula CASA CIVIL ELISEU PADILHA (PMDB-RS) Ex-deputado federal e ex-ministro dos Transportes de FHC e da Aviação Civil de Dilma ADVOCACIA-GERAL DA UNIÃO (AGU) FÁBIO OSÓRIO MEDINA Ex-promotor de Justiça no RS. Advogado e professor. FISCALIZAÇÃO, TRANSPARÊNCIA E CONTROLE (EX-CGU) FABIANO AUGUSTO MARTINS SILVEIRA Conselheiro do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) RELAÇÕES EXTERIORES JOSÉ SERRA (PSDB-SP) Senador e ex-ministro do Planejamento e da Saúde de FHC

EDUCAÇÃO E CULTURA MENDONÇA FILHO (DEM-PE) Deputado federal e ex-vice-governador de Pernambuco SAÚDE RICARDO BARROS (PP-PR) Deputado federal JUSTIÇA E CIDADANIA ALEXANDRE DE MORAES (PSDB-SP) Ex-secretário estadual de Segurança Pública DESENVOLVIMENTO SOCIAL E AGRÁRIO OSMAR TERRA (PMDB-RS) Deputado federal INDÚSTRIA E COMÉRCIO MARCOS PEREIRA (PRB) Bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus e presidente nacional do partido TRANSPORTES, PORTOS E AVIAÇÃO CIVIL MAURICIO QUINTELLA (PR-AL) Ex-líder do partido na Câmara DEFESA RAUL JUNGMANN (PPS-PE) Deputado federal CIDADES BRUNO ARAÚJO (PSDB-SP) Exlíder do partido na Câmara AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO BLAIRO MAGGI (PP-MT) Senador

METRO BRASÍLIA

Primeira-dama é vítima de hacker Marcela Temer, mulher do agora presidente interino da República, Michel Temer, foi vítima de um crime virtual que resultou na prisão de um suspeitos na véspera da posse do marido. A atual primeira-dama teve recentemente o seu aparelho de telefone celular invadido por um hacker, que exigiu o pagamento de R$ 15 mil reais para não tornar públicos dados como troca de mensagens e fotos pessoais. Marcela cedeu e pagou a quantia, mas, ainda assim, permaneceu sendo chantageada pelo criminoso. A polícia iniciou as investigações cerca de um mês atrás

e conseguiu rastrear e identificar um dos suspeitos, que foi detido anteontem – enquanto os senadores se pronunciavam no Congresso sobre o processo de impeachment. O inquérito foi acompanhado de perto pelo ex-secretário de Estado da Segurança Pública de São Paulo, Alexandre de Moraes, que foi nomeado ontem ministro da Justiça do governo Temer e teria confiado as apurações a policiais de sua confiança. A existência das investigações já havia sido noticiada semana passada pelo colunista do Metro Jornal Cláudio Humberto. METRO

TRECHOS TRABALHO RONALDO NOGUEIRA DE OLIVEIRA (PTB-RS) Deputado federal ESPORTE LEONARDO PICCIANI (PMDB-RJ) Ex-líder do partido na Câmara CIÊNCIA, TECNOLOGIA, INOVAÇÕES E COMUNICAÇÕES GILBERTO KASSAB (PSD-SP) Deputado federal, presidente do partido e ex-ministro das Cidades de Dilma TURISMO HENRIQUE ALVES (PMDB-RN) Ex-titular da pasta no governo Dilma MEIO AMBIENTE SARNEY FILHO (PV-MA) Ex-líder do partido na Câmara GABINETE DE SEGURANÇA INSTITUCIONAL SÉRGIO ETCHEGOYEN General do Exército INTEGRAÇÃO NACIONAL HELDER BARBALHO (PMDB-PA) Ex-ministro de Portos de Dilma, filho do senador Jader Barbalho MINAS E ENERGIA FERNANDO COELHO FILHO (PSB-PE) Deputado federal, filho de Fernando Bezerra Coelho, ex-ministro de Integração Nacional de Dilma

Unificação

“Unidos, poderemos enfrentar os desafios deste momento que é de grande dificuldade. É urgente pacificar a nação e unificar o Brasil. É urgente fazermos um governo de salvação nacional.” Programas sociais

“Reafirmo: vamos manter os programas sociais. O Bolsa Família, o Pronatec, o Fies, o Prouni e o Minha Casa Minha Vida, entre outros, são projetos que deram certo e, portanto, terão sua gestão aprimorada.” Reformas

“Há matérias controvertidas, como as reformas trabalhista e previdenciária. A modificação que queremos fazer tem como objetivo a geração de emprego para o pagamento das aposentadorias. É a busca da sustentabilidade para assegurar o futuro.” Dilma Rousseff

“Faço questão, e espero que sirva de exemplo, de declarar meu absoluto respeito institucional à senhora presidente Dilma Rousseff. Não discuto aqui as razões pelas quais foi afastada, quero apenas sublinhar a importância do respeito às instituições e a observância à liturgia no trato das questões institucionais.” Operação Lava Jato

“A Lava Jato tornou-se referência e, como tal, deve ter prosseguimento e proteção contra qualquer tentativa de enfraquecê-la.” A agora primeira-dama, Marcela Temer, com o marido presidente | BRUNO POLETTI/FOLHAPRESS

PRESIDENTE INTERINO MICHEL TEMER


06|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

REPERCUSSÃO

“O que mais dói, neste momento, é a injustiça (…) é perceber que estou sendo vítima de uma farsa jurídica e política. Mas não esmoreço.”

“Boa tarde a todos. Apenas uma frase: antes tarde do que nunca.” EDUARDO CUNHA, DEPUTADO (PMDB) AFASTADO DA CÂMARA, NO TWITTER

Esta farsa jurídica deve-se ao fato de que eu, como presidenta, nunca aceitei e nem aceitarei chantagem de qualquer natureza.”

“O mérito dessa luta vitoriosa é do povo, não dos partidos.” HÉLIO BICUDO, JURISTA, SIGNATÁRIO DO PEDIDO DE IMPEACHMENT DE DILMA

DILMA ROUSSEFF

Dilma fez pronunciamento no Palácio do Planalto e depois saiu a pé, para encontrar militantes na Praça dos Três Poderes e fazer uma espécie de minicomício | ADRIANO MACHAD/REUTERS

Contra ‘injustiça’, Dilma convoca a militância Despedida. Presidente relembra outros momentos difíceis da vida, como a tortura e o câncer, e chama novo governo de ‘ilegítimo’ Afastada da presidência pelo período que durar a investigação no Senado (até 180 dias), Dilma Rousseff (PT) fez de sua saída do Palácio do Planalto um ato político no qual convocou a militância para se unir a ela na luta para voltar ao cargo. Em dois discursos, um na área interna do palácio e outro na rua, em tom de comício, Dilma se disse vítima de uma “grande injustiça” e creditou à insatisfação com o resultado das urnas o processo de impeachment que sofre. Ela ensaiou um mea culpa na fala de saída, mas limitou-se a se defender. “Posso ter cometido erros, mas não cometi crimes”, disse, sem especificar onde acha que errou. A despedida não definiti-

va da ocupante da presidência nos últimos cinco anos e meio alternou momentos de firmeza e emoção. Logo no começo, Dilma evocou a dor da tortura que sofreu durante a ditadura militar e no tratamento contra o câncer. “O destino sempre me reservou muitos desafios. Alguns pareciam intransponíveis, mas eu consegui vencê-los”, disse. O nome do vice-presidente, agora presidente interino, Michel Temer, não foi citado diretamente, mas Dilma chamou a militância a lutar contra um ‘governo ilegítimo’ e previu que a administração será marcada pela ‘perda de direitos’, temas que mereceram respostas indiretas do novo ocupante do cargo (leia mais na página 2). METRO BRASÍLIA

ELIZABETH TRUDEAU, PORTA-VOZ DO DEPARTAMENTO DE ESTADO DOS EUA

“Eu me pergunto se esse impeachment não resultará em golpe certeiro em nossas instituições, eu me pergunto se elas não sairão fragilizadas, imprestáveis”

TRECHO “Desde que fui eleita, parte da oposição, inconformada, pediu a recontagem dos votos, tentou anular as eleições e depois passou a conspirar pelo impeachment. Os derrotados mergulharam o país em um estado permanente de instabilidade, impedindo a recuperação da economia com um único objetivo: tomar a força o que não conquistaram nas urnas.” DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DA REPÚBLICA AFASTADA

“Como as duas maiores democracias do hemisfério, Brasil e Estados Unidos são parceiros comprometidos. Nós cooperamos com o Brasil em uma série de questões, comércio, segurança, meio ambiente. Esperamos que isso continue.”

JOAQUIM BARBOSA, EX-MINISTRO DO STF

“Sai a legitimidade do Palácio e entra a farsa.” JAQUES WAGNER, EX-MINISTRO DE DILMA

“É hora de virar a página. Virar a página do desemprego. Virar a página do medo. É hora de virar a página da divisão entre os brasileiros.” Dilma disse que pode ‘ter ‘cometido erros’, mas ‘não crimes’ | ELZA FIÚZA/AGÊNCIA BRASIL

AÉCIO NEVES, SENADOR (PSDB), EM VÍDEO

STF. Gilmar Mendes libera e Marco Civil. No apagar das Ruas. Dia é marcado por protestos e confusão para inquérito contra Aécio luzes, Dilma cria regras Após acatar pedido da PGR para abertura de investigação contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes suspendeu a coleta de provas e determinou que o processo fosse devolvido ao procurador-geral da PGR, Rodrigo Janot. Aécio é investigado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro após ser acusado pelo doleiro Alberto Youssef

de ter exercido influência sobre a empresa de energia Furnas, subsidiária da Eletrobrás. O doleiro contou que o senador recebia pagamentos da Furnas por meio da empresa Bauruense, de sua irmã. Gilmar Mendes acatou petição em que o senador contesta a retomada da investigação, que teria acontecido sem novas provas além das que já foram refutadas em processo arquivado. METRO BRASÍLIA

Em sua última cartada na presidência, Dilma Rousseff regulamentou, na noite de quarta-feira, trechos do Marco Civil da Internet. Sancionado há dois anos, o conjunto de leis que regulamenta a utilização de conexões de internet no país precisava de complementos legais para pontos específicos, como a proteção de dados pessoais, a neutralidade da rede e a fiscalização de infrações. A proposta, publicada ofi-

cialmente ontem, trouxe novidades. A maior delas é que as operadoras não poderão ofertar internet para o uso de apenas um serviço, o que, na visão da lei, limitaria o princípio da neutralidade. Sendo assim, o uso com “dados gratuitos” de aplicativos como o WhatsApp deixará de existir. A regulamentação também aprovou a criação do Comitê Gestor da Internet. METRO BRASÍLIA

O dia da votação no Senado que determinou o afastamento da presidente Dilma Rousseff foi de manifestações espalhadas por todo o país a favor da petista e também em comemoração ao impeachment. Em Brasília, cerca de 4 mil manifestantes pró-governo – dos quais 800 indígenas – concentraram-se em frente ao Palácio do Planalto. Em defesa de Dilma, 40 mulheres se acorrentaram às grades que

circundam o Palácio do Planalto e ficaram lá de 13h às 17h50. Outro grupo pró-Dilma derrubou as grades e sentou-se na rampa do palácio; a Polícia Militar interveio utilizando spray de pimenta. Não houve detidos. Também passaram pela Praça dos Três Poderes manifestantes favoráveis ao impeachment e a favor da intervenção militar. METRO BRASÍLIA


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

07|

Empresário suspeito de chantagear PT vira réu Lava Jato. Juiz Sérgio Moro aceitou denúncia a Ronan Pinto e mais oito, acusados de lavagem em empréstimo de interesse do partido em 2004 O juiz Sérgio Moro abriu ontem um processo contra Ronan Pinto, empresário do ABC paulista acusado de receber R$ 6 milhões de uma fraude gerida pelo PT, e mais oito pessoas, incluindo Delúbio Soares, Marcos Valério e Enivaldo Quadrado, condenados no mensalão. A denúncia, feita há uma semana, aponta um “malabarismo financeiro” para disfarçar o destino de um empréstimo de R$ 12 milhões do banco Schahin ao pecuarista José Bumlai, em 2004. Segundo as provas, o dinheiro passou por mais três empresas até que metade chegasse a Ronan. De acordo com os documentos, Ronan usou parte

Ronan Pinto está preso desde 1º de abril | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO JORNAL

do dinheiro para comprar o jornal Diário do Grande ABC, em Santo André, e o restante bancou despesas das empresas de transporte dele. Outro processo da Lava Jato trata da compensação que Schahin teve pelo emprésti-

mo, anos depois: um contrato para operar o navio-sonda Vitoria 10000, da Petrobras. A delação do dono do grupo, Salim Schahin, reforçou a suspeita de que o PT comandou o esquema: ele disse ter recebido uma ligação

de José Dirceu, então chefe da Casa Civil, o que seria uma promessa velada de recompensa à empreiteira. Ronan foi condenado a dez anos de prisão por corrupção nos transportes de Santo André na gestão do ex-prefeito Celso Daniel, morto em 2002. Em delações, os operadores Alberto Youssef e Marcos Valério sugerem que ele teria chantageado o PT, o que não é confirmado. O advogado Fernando José da Costa, que defende o empresário, informa que vai se manifestar nos autos e pedir a revogação da prisão. RAFAEL NEVES METRO CURITIBA

Moro assume caso de repasse de Cunha a igreja evangélica O STF (Supremo Tribunal Federal) remeteu ao juiz Sérgio Moro o inquérito sobre lavagem de R$ 250 mil doados à igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira, em São Paulo, a mando do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Segundo denúncia de agosto do ano passado, o dinheiro era parte da propina de US$ 5 milhões que Cunha cobrou de Julio Camargo, representante da Samsung, pelo contrato de afretamento do navio sonda Vitoria 10000 pela Petrobras.

Camargo, que já tinha pago mais de R$ 4 milhões em espécie, repassou o dinheiro à igreja em duas parcelas de R$ 125 mil em 31 de agosto de 2012. O diretor da igreja, Samuel Ferreira, passa a ser investigado por Moro. Ele nega que tenha “recebido vantagem indevida de quem quer que seja”. Este esquema foi o primeiro no STF a deixar a fase de denúncia e virar processo criminal, o que transformou Eduardo Cunha em réu da Lava Jato. METRO CURITIBA


08|

{FOCO}

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Temer tomará medidas impopulares, diz Richa Novo governo. Governador avalia que presidente interino lidará com “paciente em praticamente estado terminal’ e o ajuste será amargo

“Um novo Brasil está nascendo”, disse Richa

O governador Beto Richa (PSDB) falou ontem sobre mudança de comando no governo federal. Ele disse que acredita que ‘as coisas se encaminhem bem’, principalmente pela escolha de nomes respeitados para a economia, mas alertou também que haverá “momentos de muita dificuldade”, “Eu acho que é o dever do novo governo fazer esse ajuste – e será amargo porque o Brasil está no fundo do poço. A economia está degradada, as empresas públicas destruídas, os fundos de pensão com dívidas bilionárias. E não há hoje remédio hoje que recupere um paciente em praticamente estado terminal, então as medidas serão impopulares, duras”, disse O governador afirmou, no entanto, que a expectativa para a economia é boa. “A cada vez que se falava em impeachment e afastamento havia uma reação positiva”. Pedaladas Richa ainda respondeu às acusações de que, assim como Dilma Rousseff, teria cometido pedaladas fiscais. O Mi-

| ARNALDO ALVES / ANPR

“As medidas (de Temer) serão impopulares, duras, assim como nós fizemos no Paraná no nosso ajuste. Paguei um preço pessoal muito caro”. BETO RICHA (PSDB), GOVERNADOR

nistério Público junto ao TCE teve essa interpretação em 2014. O governador disse que a diferença dos casos é ‘total e absoluta’, lembrando que não há bancos públicos estaduais. Ele afirmou ainda que não houve dívidas que passaram de um ano para o outro. Novo relacionamento. Richa disse ainda que “um novo Brasil está nascendo” e que agora espera um novo relacionamento com o governo federal. Ele reclamou do governo Dilma, lembrando do bloqueio de financiamentos, caso do Proinveste. “Foi um crime o que fizeram com o Paraná”, avaliou. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Ministério da saúde

Ricardo Barros toma posse O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR) tomou posse ontem como Ministro da Saúde. Ele é ex-secretário da Indústria e Comércio do governo Beto Richa (PSDB), que elogiou a sua escolha. “Nessa área de saúde já denunciamos diver-

sas vezes a grande dívida que o governo federal tem com Estado. Acreditamos que não apenas essa dívida será saldada quanto o tratamento para o nosso Estado será diferenciado”, comentou. Segundo o governo do Estado, o montante no ano passado somava R$ 540 milhões em recursos não repassados pelo SUS. METRO CURITIBA


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Delator da Publicano é preso novamente Gaeco. Auditor Luiz Antônio de Souza foi detido por suspeita de extorquir empresários de suinocultura para não incluí-los em delação que apontou R$ 2 milhões à campanha de Richa O auditor fiscal Luiz Antônio de Souza foi preso ontem com mais três pessoas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) de Londrina, no Norte do Estado. Ele é suspeito de fraudar a própria delação premiada feita na operação Publicano, na qual disse que o esquema de extorsão na Receita Estadual chegou a abastecer a campanha do governador Beto Richa (PSDB) em 2014, o que o tucano nega desde que o depoimento veio à tona. Além de Souza, foi presa a irmã dele, a também auditora Rosângela Semprebom. Eles teriam extorquido dois empresários, também presos ontem, para não incluir os

Última fase da Publicano havia sido em dezembro de 2015 | ANIELE NASCIMENTO / AGP

nomes deles na delação. Os empresários, Antonio Luiz da Cruz e Aparecido Domingo dos Santos, trabalham na suinocultura, alvo da 5ª fase da Publicano. O Gaeco cumpriu mandados de busca e apreensão, prisão e condução coercitiva em 10 cidades,

sendo 7 do Paraná mais Campo Grande (MS), Fartura e Barão de Antonina (SP). Apenas uma dessas empresas de abate de porcos, segundo o Ministério Público, sonegou R$ 245 milhões em impostos com o esquema. “São empresas poderosas,

que atuavam em várias regiões do Paraná, e que no último ano e meio movimentaram cerca de R$ 1 bilhão nos negócios”, diz Renato Lima Castro, procurador do MP. As irregularidades na delação de Luiz Antônio podem cancelar o acordo do auditor. Dois pedidos de anulação foram feitos pela PGE (Procuradoria-Geral do Estado), mas um já foi rejeitado. O MP reconhece que a anulação seria possível, mas nega que exista, por ora, qualquer indicação neste sentido. A defesa do auditor nega que ele tenha praticado extorsão. RAFAEL NEVES METRO CURITIBA

09|

Transporte. Para enfrentar Uber, táxis recebem apoio e têm novas exigências A prefeitura de Curitiba autorizou ontem a circulação de táxis nas faixas exclusivas de ônibus, sempre que estiverem carregando passageiros. A medida passa a valer hoje e faz parte de um pacote apresentado pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT) à categoria dos taxistas. A cidade tem hoje quase 6 quilômetros de faixas exclusivas, localizadas em pontos de trânsito mais congestionado, em trechos das ruas e avenidas XV de Novembro, Marechal Deodoro, Westphalen e Conselheiro Laurindo. Entre as medidas anunciadas ontem estão também a exigência de ar condicionado em 100% da frota, que hoje está em mais de 3 mil veículos; a padronização da vestimenta dos motoristas e criação de um sistema de pontuação da qualidade do serviço prestado aos usuários. Uber As novidades anunciadas pe-

Táxis vão trafegar na faixa de ônibus | CÉSAR BRUSTOLIN / SMCS

la prefeitura vêm depois do recrudescimento do conflito entre taxistas e motoristas que usam o aplicativo Uber na cidade. Nas últimas semanas, motoristas do Uber têm relatado casos de violência praticada por motoristas de táxi inconformados com o funcionamento do serviço, que não é regulamentado em Curitiba. Três projetos para regularizar o uso do aplicativo estão tramitando na Câmara. METRO CURITIBA


10|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Reforma na França acaba em protestos Não à reforma trabalhista. Protestos em todo o país e moção de censura da oposição mostram cenário de dificuldade para socialistas O governo socialista da França enfrentou ontem protestos nacionais e uma moção de censura no parlamento, após recorrer ao artigo 49.3 da Constituição, no último dia 10, para aprovar à força a nova lei do trabalho que dá maior flexibilidade para empregadores acordarem jornadas de trabalho diretamente com seus empregados e apresenta condições menos restritivas às empresas que demitirem por razões econômicas. A manobra – legal – permite ao Poder Executivo não submeter um texto a uma votação parlamentar. O governo do primeiro-ministro francês, Manuel Valls, deve sobreviver facilmente à moção de censura, já que este foi solicitado por partidos oposicionistas sem votos suficientes para aprová-lo. Mas a conclamação de manifestações de rua expõe o governo ao risco de uma rejeição popular e de episódios de violência cada vez maiores em reação à reforma, rejeitada por três de cada quatro pessoas, segundo pesquisas de opinião. “É hora de engatar outra marcha”, disse Philippe Martinez, líder do importante sindicato trabalhista CGT, ao jornal “L’Humanité”. A principal objeção de seu sindicato é que a reforma permitiria às empresas adotar regras próprias para o pagamento de salários

Manifestantes jogam objetos contra policiais | GONZALO FUENTES/REUTERS

Tropa de choque contém manifestantes em Paris | GONZALO FUENTES/REUTERS

“Continuar o debate no parlamento implicaria o risco de termos de abandonar compromissos que já assumimos. Temos o dever de seguir em frente” MANUEL VALLS, PRIMEIRO-MINISTRO DA FRANÇA

e as condições de trabalho, em vez de obedecerem padrões nacionais. Mas mesmo diante da concentração de manifestantes em cidades de toda

a França, o porta-voz governamental, Stéphane Le Foll, disse que descartar a reforma trabalhista está fora de cogitação. METRO

Despenca índice de abortos O índice de abortos diminuiu dramaticamente nos últimos 25 anos e alcançou suas menores taxas históricas em países ricos, mas teve uma redução apenas modesta em nações em desenvolvimento, de acordo com um estudo global publicado ontem.

Pesquisadores da OMS (Organização Mundial da Saúde) mostraram que em todas as maiores regiões e subregiões do planeta, entre 1990 e 2014 o índice anual de abortos para cada mil mulheres com idade para conceber filhos caiu de 46 para 27 no mundo de-

senvolvido, sobretudo em resultado de a taxa do leste europeu ter caído para menos da metade em virtude da maior oferta de métodos modernos de contracepção. Já nos países mais pobres, ela se manteve virtualmente inalterada, diminuindo de 39 para 37. METRO


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA

12|

Bolsa e dólar sobem após afastamento de Dilma Mudança de governo. Sem clima de euforia, investidores aguardam agora primeiros anúncios do presidente interino Michel Temer Após o Senado aprovar o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, levando a seu afastamento por até 180 dias, como era esperado pelo mercado, os investidores aguardam os primeiros anúncios do presidente interino Michel Temer. Com uma nova intervenção do Banco Central no mercado de câmbio, o dólar avançou 0,79%, a R$ 3,4727 na venda. Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 0,9%, a 53.241,32 pontos, influenciada por notícias corporativas e o cenário externo favorável. Temer já anunciou novos ministros, confirmando Henrique Meirelles, ex-

REAÇÃO

DÓLAR

EM R$

3,502 3,473

3,450

9h

11h

13h

15h

3,51

54

3,50

53,75

3,49

53,5

3,48

53,25

3,47

53

3,46

52,75

3,45

52,5

3,44

52,25

17h

EM PONTOS

IBOVESPA 53.241

52.765

52.428 9h

11h

13h

15h

17h

FONTE: REUTERS

-presidente do BC, como seu ministro da Fazenda, que deve anunciar hoje medidas. Operadores destacaram que as próximas sessões podem ser marcadas por volatilidade, à espera de medidas do novo governo e com o baixo giro financeiro acentuando o movimento.

“O mercado ainda vai achar um ponto de equilíbrio para o dólar... Mas só mais à frente, depois que governo começar mesmo a mostrar seus planos para a economia”, disse à Reuters o superintendente regional de câmbio da corretora SLW, João Paulo de Gracia Correa, acrescentando

que o viés ainda é de queda da moeda norte-americana. Nesse cenário, o mercado esperava ainda a confirmação do nome que ficará à frente do BC. A expectativa é que o atual presidente Alexandre Tombini permaneça no cargo por um período de transição, que pode até ser até um pouco mais longo. Os mercados ainda têm algum espaço para manter o recente otimismo por mais um tempo depois que Temer começar a colocar em prática as mudanças na política econômica que já vinha sinalizando e tentar resgatar a confiança tão abalada nos últimos anos, uma vez que seu governo é visto com uma agenda pró-mercado. METRO

Nota de crédito

Moody’s ainda vê incerteza política no país

Brasil) e com perspectiva negativa atribuídos em fevereiro”, afirmou a analista sênior para notas de crédito soberanas da Moody’s Samar Maziad. A agência de classifiA analista destacou cação de risco Moody’s que o Brasil ainda enalertou que a votação frenta a necessidade de no Senado que levou ao afastamento da presiden- reverter a atual contração econômica e de alte Dilma Rousseff não vai erradicar a incerteza cançar consolidação fiscal significativa. política no país. “O Brasil continua “Não altera nossa visão sobre as perspectivas enfrentando desafios significativos do ponde crédito e o atual ambiente permanece consis- to de vista do crédito”, completou. tente com o rating (nota de crédito) ‘Ba2’ (do METRO

Empresários esperam retomada do crescimento Empresários e representantes do setor produtivo e financeiro reagiram com otimismo à mudança de governo. Para o presidente da Febraban (Federação Brasileira de Bancos), Murilo Portugal, o vice-presidente Michel Temer assume a presidência em um momento difícil, mas acompanhado de expectativas positivas. “A Febraban associa-se aos que veem na nova equipe de governo

capacidade de superar os desafios econômicos, e manifesta seu apoio, em especial, aos novos ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Planejamento, Romero Jucá”, destacou o executivo em nota. A Firjan (Federação das Indústrias do RJ) acredita que o diálogo, “há tanto tempo ausente do comando da nação”, estará de volta com Temer. “Agora terá início um novo governo.

Um novo Brasil, que deve estar unido na busca pela superação da crise e da retomada do crescimento”, indicou. Para Carlos Pastoriza, presidente da Abimaq, associação que representa os fabricantes de máquinas, se abre uma janela de esperança, mas que poderá ser fechada rapidamente “se um eventual novo governo não mostrar rapidamente a que veio”. METRO


14|

2 CULTURA Teatro

Estreia O Estúdio Delírio recebe a partir de hoje o espetáculo ‘Bonsai’, nova peça de Edson Bueno que aborda o lado romântico e trágico do amor. Para construir o espetáculo, o dramaturgo paranaense baseou-se na obra homônima do autor chileno Alejandro Zambra. O espetáculo será exibido até 12 de junho às sextas e sábados às 20h e aos domingos às 19h. R$40 e R$20, e no domingo funciona o esquema do ‘pague quanto vale’.

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

A herança de Arlindo Samba. Arlindo Cruz chega amanhã a Curitiba para se apresentar no Grande Auditório do Teatro Positivo. Sambista falou ao Metro Jornal sobre as composições e ambições do seu último trabalho, ‘Herança Popular’ É cheio de memórias, histórias e homenagens que Arlindo Cruz sobe ao palco para cantar as canções de ‘Herança Popular’, seu último trabalho lançado e primeiro totalmente autoral de sua carreira. Entre os principais representantes da MPB atualmente, o sambista se apresenta amanhã no Grande Auditório do Teatro Positivo, prometendo trazer sua trajetória de sucesso ao público. “Tem muita música do ‘Herança Popular’ no repertório, mas, como não vou a Curitiba há algum tempo, acho que o público vai gostar que eu cante as canções mais clássicas”, adiantou Arlindo em entrevista ao Metro Jornal. Espírito do samba

Mas é para o último álbum que o músico tem dedicado maior atenção e olhado com

Sucessos como ‘O meu lugar’ e ‘Bagaço da Laranja’ são esperados para o show de amanhã | WASHINGTON POSSATO

orgulho. “Queria um CD para deixar para meus filhos, meus netos. Músicas que a gente pudesse cantar para a vida inteira”, explicou Arlindo sobre o tom trazido em ‘Herança Popular’. Carregado de homenagens e referências aos gran-

des compositores de samba do Brasil, o álbum lançado em 2014 é definido pelo autor como uma ‘crônica do dia a dia’. “Ele traz temas eternamente populares, que lembra fatos, assuntos do cotidiano do brasileiro”, disse o sambista.

“Eu exalto ainda mais mestres como Jorge Aragão, Cartola, Dona Ivone Lara, Zeca Pagodinho, Sombrinha, Wilson Moreira e muitos outros que deixaram a genialidade deles de herança para nossa música”, frisou. Arlindo mesmo apontou

O Metro indica

Praça Tiradentes pelo traço de Di

Música

“Alta Voltagem”. A banda faz show hoje para relembrar os sucessos de AC/ DC. Alta Voltagem é considerada uma das melhores bandas covers de AC/DC. O show é parte do ‘Projeto Rock Solidário’, que recebe doações espontâneas de alimentos não perecíveis. No Teatro Bom Jesus. Hoje, às 20h30. R$28 a R$48, pelo Disk Ingressos. “Literalmente Rock”. O artista Alexandre Leocadio lança amanhã na Biblioteca Pública do Paraná seu novo projeto, que completa a trilogia do Mestre Traça. Em ‘Literalmente Rock’ todas as canções são autorais. Na BPP (Auditório Paul Garfunkel), amanhã, às 10h. Entrada franca. “Truckfighters”. ‘A banda de stoner rock, formada em 2001 na Suécia, se apresenta no John Pull Pub hoje. Pantanum e Monte Resina são as bandas de abertura. Na John Bull Pub, hoje, a partir das 19h. R$40 e R$60, pelo www. sympla.com.br/rockcity “Babi Farah”. A cantora apresenta seu álbum solo de estreia, ‘Quem eu sou não tem retrato’, lançado este ano. No Centro Cultural Sesi Heitor Stockler de França, hoje, às 20h. R$20 e R$10.

REPRODUÇÃO

Artes

“Traços de Curitiba”. O artista Di Magalhães lança o livro ‘Curitiba 323 anos, que contém 50 desenhos feitos pela técnica bico de pena. O lançamento conta também com o ‘Álbum Curitiba 323’, em serigrafia, com 16 imagens em bico de pena. Os dois livros retratam vários pontos turísticos e históricos da capital paranaense. No Solar do Rosário, domingo, a partir das 11h. “Aliança francesa”. Amanhã a Cinemateca recebe o cineclube da Aliança Francesa, com a exibição do documentário ‘Être et Voir’. A produção é dirigida por Nicolas Philibert. Na Cinemateca de Curitiba, amanhã, às 16h. Gratuito. “Intensidades sensíveis”. A exposição na galeria Diretriz Arte Contemporânea será aberta amanhã com obras de Daniel Duda, Juliana Gisi, Lailana Krinski e Samuel Dickow. Na Diretriz Arte Contemporânea, abertura amanhã, às 11h.

que o CD não é um berço de hits. ‘Herança Popular’ funciona mais como uma caixinha de clássicos – e que combina bem com o título escolhido. “O fato de ser totalmente autoral se deve mais ao tema do que qualquer outra coisa. Porque o disco acabou ficando muito bem amarrado. Tem início, meio e fim”, afirmou. Segundo Arlindo, o disco ‘redondo’ se reflete no roteiro do show. “Tem a parte mais social, a parte romântica, depois tem uma pegada mais samba funk para o povo cantar e dançar”, antecipou o músico, que veio a Curitiba pela última vez em agosto do ano passado. METRO CURITIBA

No Grande Auditório do Teatro Positivo. Amanhã, às 21h R$68 a R$288, pelo Disk Ingressos

“Fotografia”. A Caixa Cultural recebe uma exposição fotográfica que percorre cinco gerações da família Imperial do Brasil. A abertura da mostra, que tem registros dos séculos 19 e 20, terá a presença de Dom João de Orléans e Bragança, bisneto da Princesa Isabel. O artista também vai expor retratos feitos por ele em um ensaio em Trajano de Moraes (RJ). Na Caixa Cultural, abertura hoje, às 19h. Visitação até 3 de julho. Gratuito.

Teatro

“O Causo É o Seguinte”. Richard Rebelo e o trio Caipora apresentam o musical no Ave Lola este domingo, que tem contação de causos e modas de viola. Apresentações acontecem também nos dias 22 e 29. No Ave Lola Espaço de Criação. Domingo, às 11h. ‘Pague Quanto Vale’. “Concerto”. A Orquestra Infanto-Juvenil Cordas do Paraná apresenta repertório com ícones da música erudita. No Teatro Fernanda Montenegro, hoje, às 20h. “Performance Art”. Mostra tem Mariana Barros e Grupo Empreza, formado por artistas reconhecidos mundialmente nas Artes Visuais. Na Bicicletaria Cultural, hoje, às 20h. R$7


16|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Inédito. Filho de Bob Marley se reúne em turnê com banda criada pelo pai na década de 70. ‘The Wailers Band Reunion’ vem a Curitiba hoje Responsável por promover um encontro histórico no mundo da música, a turnê ‘The Wailers Band Reunion’ chega a Curitiba hoje, levando ao palco do Trésor Eventos o músico Julian Marley, filho de Bob Marley, e a banda The Wailers, criada pelo ícone do reggae em 1974. O show é baseado na coletânea ‘Legend’, que reúne os maiores sucessos que Bob Marley fez junto da The Wailers. Canções como ‘No woman, no cry’, ‘I shot the sheriff’, ‘Is This Love’, ‘Get up, stand up’, ‘Three little birds’, ‘Redemption Song’ e ‘Stir it up’ estão garantidas para a apresentação. O álbum ‘Legend’ entrou para a história vendendo

‘The Wailers Band Reunion’ está em turnê pelo Brasil | DIVULGAÇÃO

mais de 20 milhões de cópias desde seu lançamento em 1984, garantindo 12 discos de platina e um de diamante. Julian Marley, que entra no show interpretando os clássicos do reggae, nasceu em 1975, em Lon-

dres. O primeiro disco lançado pelo músico foi ‘Lion in the Morning’, em 1996. METRO CURITIBA

No Trésor Eventos Hoje, a partir das 22h R$50 a R$250, pelo Disk Ingressos

Show lembrará, em partes, o sucesso ‘Acústico Ira!’

Herói da Fé leva vida de apóstolo Paulo ao palco

CATARINA ZARANTIN

Julian Marley e The Wailers

Musical

DIVULGAÇÃO

Musical reúne tecnologia e música

Neste domingo, o Musical Herói da Fé chega a Curitiba para contar a trajetório do apóstolo Paulo. A apresentação alterna exibições do filme sobre o apóstolo e apresentações musicais com expoentes da música gospel. No coro, regido pelo maestro Lineu Soares, estão músicos como Leonardo Gonçalves, Riane Junqueira, Regina Mota, Joyce Carnassale, Marcel Freire e Laura Morena. O espetáculo acontece no Grande Auditório do Teatro Positivo. R$53 a R$138, pelo Disk Ingressos. METRO CURITIBA

Estreia. Show mais intimista marca nova turnê de Ira! O Ira!, banda brasileira de rock formada em 81, escolheu Curitiba para estrear a turnê Ira! Folk. A apresentação, que traz um formato nunca experimentado por Nasi e Edgard Scandurra, acontece hoje no Grande Auditório do Teatro Positivo. No palco, com poucos instrumentos e foco voltado para as letras, voz e melodia, Ira! vai apresentar seus grandes sucessos. ‘Flores em Você’, ‘Dias de Luta’, ‘Eu quero sempre mais’, ‘O Girassol’, e ‘Tolices’ são algumas das músicas garantidas para hoje. “A ideia de fazer esse show veio de buscar uma experiência nova pra gente, e também de ocupar espaços que bandas de rock não ocupam usualmente, como o teatro”, explicou o vocalista Nasi ao Metro Jornal.

Além dos clássicos da banda, o músico antecipa que o show terá músicas menos conhecidas, o ‘lado b’ do Ira!. “São canções que têm potencial e que buscamos trazer à tona”, contou. Tudo, no entanto, com cara nova, arranjos revisitados. Para Nasi, apresentar este projeto é como voltar ao colegial, quando as composições saíam de uma maneira mais descontraída. “Nós cantaremos as músicas quase no formato em que elas foram compostas, na voz e violão. É uma maneira mais despojada. Está sendo muito gostoso”, contou o artista. METRO CURITIBA

No Teatro Positivo. Hoje, às 21h15. R$68 a R$188, Disk Ingressos


18|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Homer Simpson fala ao vivo neste domingo TV. Iniciativa inédita coloca personagem para responder perguntas de espectadores, por telefone, no domingo um software. Marge, Lisa e Bart deixarão Homer sozinho para que possa reinar na televisão sem qualquer interferência externa. “Ele irá responder perguntas durante 3 minutos, falar sobre acontecimentos do dia – tenho certeza de que Donald Trump irá dizer algo idiota, então o material já vai estar pronto”, disse Al Jean, produtor-executivo de “The Simpsons.” Nos EUA, haverá duas transmissões distintas, uma para a costa leste e outra para a costa oeste. O canal pago Fox exibe no Brasil a primeira versão às 22h do domingo. “Os Simpsons”, que estreou em 1989, se tornou o humorístico mais longevo da história da TV norte-americana.

DIVULGAÇÃO

Após quase 600 episódios, Homer Simpson vai sentir o gosto de fazer TV ao vivo. Em uma iniciativa inédita, o episódio deste domingo de “Os Simpsons” terá seus últimos três minutos dedicados a fazer o personagem criado por Matt Groening interagir com os espectadores por meio de perguntas feitas pelo telefone. A novidade se insere dentro da história do dia, que faz Homer experimentar a comédia de improviso como forma de reconquistar um pouco de confiança. As perguntas terão um atraso de sete segundos para evitar qualquer postura inadequada do público. Do estúdio, o dublador Dan Castellaneta – que tem experiência com improviso –, responderá as questões e os movimentos de seus braços, pernas e cabeça serão captados e transformados em animação ao vivo por meio de

Movimentos do dublador Dan Castellaneta serão vertidos em animação

METRO COM AGÊNCIAS

Estreia teatral FUI! reúne memórias e aventuras Direcionada para o público jovem, estreia amanhã a peça FUI!, nova produção da CiaSenhas de Teatro. Escita e dirigida por Sueli Araujo, o espetáculo fica em cartaz no Portão Cultural até o dia 5 de junho. No história, inspirada na obra literária ‘Tchick’ de Wolfgang Herrndorf, quatro adultos se encontram depois de 15 anos para lembrar e reviver as experiências compartilhadas na juventude. “A peça tem uma linguagem que se aproxima do público adolescente. Estamos esperando que eles realmente se identifiquem com os personagens”, explicou Araujo. FUI!, que busca tratar sobre o território de descobertas da juventude, tam-

Personagens diferentes entre si, mas que funcionam juntos | ELENIZE DEZGENISKI

bém se propõe a fazer um diálogo direto com o espectador. “Essa é também uma linguagem da CiaSenhas, de não fazer um espetáculo somente contemplativo”,

finalizou

a

dramaturga.

METRO CURITIBA

No Auditório Antônio Carlos Kraide. Sábados e domingos, às 17h. Entrada gratuita


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

20|

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Afastamento de Dilma O amanhecer deste dia 13 de Maio lembrará uma data histórica: Abolição da Escravatura. Chegou ao fim a escravidão da corrupção no Brasil. Pois com Dilma Rousseff presidente nos éramos escravos de um governo que só tomava medidas para manter o poder. Todos os dias éramos chicoteados com notícias que só prejudicavam a saúde, educação, segurança e emprego de todos os brasileiros. A música da Legião Urbana - Que País É Esse? era uma questão sem resposta. Mas hoje, 13 de Maio de 2016, nós sabemos.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

BOLO ROMEU E JULIETA

Cruzadas

WALDOMIRO TARCISIO PADILHA DE OLIVEIRA-CURITIBA

Oposição a governo Temer

Os pronunciamentos raivosos dos políticos petistas e seus minguados aliados – logo após a votação no Senado da admissibilidade do processo de impedimento de Dilma – deram bem a medida de como pretende agir a oposição ao governo Temer. Afirmações como ‘oposição responsável, mas não boazinha’, ‘oposição a um governo ilegítimo, biônico’ e ‘oposição ferrenha ao governo mas não ao Brasil(?)’ sinalizam o inconformismo insano dos derrotados, por ter sido respeitada a vontade soberana da parcela expressiva do povo brasileiro que não suportava mais ser governado pelo desprezo à Constituição Federal, à Lei de Responsabilidade Fiscal, bem assim pela inabilidade política da mandatária afastada nas tratativas com o Congresso Nacional. RICARDO NOGUEIRA RAMOS– CURITIBA

INGREDIENTES 1½ xícara (chá) de açúcar 1 xícara (chá) de óleo 1 xícara (chá) de leite 150 gramas de goiabada 1½ xícara (chá) de fubá 3 ovos 1 xícara (chá) de farinha de trigo

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

1 colher (sopa) de fermento em pó Para a Cobertura: 250 gramas de requeijão cremoso 1 caixa de creme de leite

Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br

Modo de preparo: Em um liquidificador, coloque o açúcar, o óleo, o leite, a farinha de trigo e bata muito bem até tudo ficar homogêneo. Transfira esta mistura para um recipiente e adicione o fubá, o fermento em pó e misture bem. Coloque tudo em uma assadeira untada e enfarinhada. Intercale pedaços de goiabada com a massa do bolo. Leve para assar em forno pré-aquecido (160°C) por aproximadamente 40 minutos.

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Para a Cobertura: misture o requeijão cremoso com o creme de leite em uma panela, mexa bem até apurar e derrame por cima do bolo quando este estiver frio e desenformado. Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Boas tendências para negócios e para repensar a utilidade de despesas. Na vida afetiva, planos deverão ser mais conversados a dois.

O momento é especial para conversas e para esclarecer equívocos em assuntos com as pessoas de maior convivência em seu cotidiano.

Desgastes serão comuns em função de esforços extras para o trabalho ou novas atividades em sua rotina. Amenize com lazer e diversões.

Mercúrio e Vênus formam conjunção em seu signo, influência especial para mais conversas e integração com amizades.

Tendências a esclarecer burocracias em temas profissionais. Boa oportunidade para novas parcerias e lidar com novos aprendizados.

Mais momentos de lazer, diversões e eventos amenizará desgastes. Na vida afetiva, permita mais romantismo e modere em exigências.

A conjunção entre seu regente Mercúrio e Vênus amplia tendências sociais e cuidados com a vaidade. Romantismo estará acentuado.

Com a conjunção entre Mercúrio e seu regente Vênus é um bom momento para cuidados consigo mesmo. Atente-se a excessos no consumo.

Cuide para não se prender em nostalgias na vida amorosa. Evite que antigas cismas impeçam de aproveitar novos momentos.

Período para valorizar o espírito de grupo em assuntos profissionais. Assuntos de suas amizades tomarão mais seu empenho.

Tendências para intervir em assuntos de outras pessoas e servir até de mediador a elas. Período para esclarecimentos em parcerias.

A Lua Crescente acontece hoje em seu signo, uma boa influência para mais lazer, momentos sociais e demonstrações de sentimentos.

Soluções


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

Velocidade

Circo da Fórmula 1 está na Catalunha A Fórmula 1 chega a sua 5ª corrida da temporada 2016, com o Grande Prêmio da Espanha, no Circuito da Catalunha, em Barcelona. Os treinos livres começam hoje, com a classificação amanhã e corrida, com 66 voltas, no domingo, às 9h. Vencedor das 4 primeiras corridas, Nico Rosberg, da Mercedes, lidera o campeonato com 100 pontos. METRO Tênis

Bellucci dá ‘pneu’ em Djokovic, mas perde de virada Inspirado no 1º set, Thomaz Bellucci aplicou 6 a 0, o chamado “pneu”, sobre Novak Djokovic (número um do mundo) no Masters 1000 de Roma. Pena que a empolgação passou. Djoko mostrou sua força e virou a partida, com parciais de 6/3 e 6/2. METRO

{ESPORTE}

21|

Perícia aponta para corrosão no Morumbi Acidente. Perito que esteve no estádio são-paulino relata desgaste e má colocação do material do gradil. Coronel Marinho sugere a interdição da primeira fileira do anel inferior Uma perícia realizada no estádio do Morumbi na madrugada de ontem indicou que a grade que cedeu, causando a queda de 20 torcedores durante a vitória do São Paulo por 1 a 0 sobre o Atlético-MG em jogo da Libertadores, estava em processo de corrosão e não foi bem colocada. Os pedaços da grade não foram enviados para análise, mas o perito criminal do setor de engenharia do Instituto de Criminalística da Polícia Civil, Edwar Folli Jr., disse que os sinais eram evidentes de desgaste e má colocação. O Coronel Marcos Marinho, chefe do Departamento de Segurança e Prevenção de Violência da Federação Paulista de Fute-

Calleri se aproxima do local onde parte da grade cedeu | WILLIAM VOLCOV/FOLHAPRESS

bol, vistoriou o local e disse que vai propor a Paulo Castilho, promotor do Ministério Público de São Paulo, a interdição da primeira fileira do anel inferior do estádio, para impedir que tor-

cedores se aproximem das grades. O São Paulo volta a campo no Morumbi no dia 22 deste mês, contra o Internacional, pelo Campeonato Brasileiro.

Queda Logo após o gol de Michel Bastos, uma parte da grade do primeiro anel cedeu durante a comemoração da torcida, e 20 torcedores caíram no fosso do estádio, de uma altura de 2,5 metros. Alguns jogadores, como Calleri, Hudson e Wesley estavam próximos e ajudaram no socorro. De acordo com o clube, os torcedores foram atendidos inicialmente no ambulatório do estádio, sendo sete levados a hospitais com ferimentos mais graves, mas sem riscos de morte. O São Paulo ainda informou que vai custear todos os custos dos acidentados, inclusive a operação de três pessoas que sofreram fraturas. METRO

3 ESPORTE

Olimpíada Rio-2016

Onde está a tocha hoje? Ouro Preto, Inhotim e Itabirito (MG)


22|

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Lesões preocupam na estreia paranista Série B. Pilares do time de Claudinei Oliveira, meia-atacantes Válber e Robson se contundiram na vitória contra a Chape na Copa do Brasil e podem não encarar o Brasil em Pelotas amanhã O Paraná corre o risco de enfrentar o Brasil de Pelotas amanhã às 16h, fora de casa, desfalcado de dois de seus principais destaques. Os meia-atacantes Válber e Robson saíram de campo lesionados na vitória contra a Chapecoense pela Copa do Brasil, na última quarta, e são dúvida para enfrentar os gaúchos. A situação mais complicada é a de Válber, que sentiu dores na coxa ainda no primeiro tempo e teve que sair. Já Robson sofreu uma entrada dura no lance do pênalti que deu a vitória ao Tricolor, permaneceu no gramado mas acabou substituído aos 40’ do segundo tempo. Os possíveis desfalques

2 reforços, o meia Marcelinho e o atacante Robert, se apresentaram nesta semana e estão livres para estrear contra o Brasil de Pelotas forçam o técnico Claudinei Oliveira a pensar em alternativas, mas ele também tem boas novidades. Além da volta do atacante Lucio Flávio, que se recuperou de dores no joelho, os recém-contratados Marcelinho e Robert estão à disposição para estrear. RAFAEL NEVES METRO CURITIBA

Válber e Robson podem não jogar sábado | GERALDO BUBNIAK / FOLHAPRESS

Logística

Dúvidas

Furacão vai direto de Cuiabá para São Paulo

Kleina aguarda Juan, Dudu e Ceará

Depois do frustrante empate com o Dom Bosco-MT pela Copa do Brasil, o Rubro-negro continuou ontem em Cuiabá fazendo a recuperação. Apenas no fim da tarde o grupo deixou a cidade e foi direto para São Paulo, onde amanhã enfrenta o Palmeiras, às 16h, pela estreia do Brasileirão. Pereirinha, Pará, Léo Pereira, Bruno Mota, Anderson Lopes e Crysan voltaram para Curitiba enquanto Paulo André, Thiago Heleno, Sidcley, Jadson, Pablo, Nikão e Walter, que não viajaram ao Mato Grosso, foram se juntar ao restante do elenco em São Paulo. “O grau de dificuldade de todos os jogos é enorme e temos que estar preparados para isso. Teremos grande parte da equipe refrescada e isso será importante”, disse Autuori. METRO CURITIBA

O Coritiba voltou ontem aos treinos no CT da Graciosa e tem uma série de dúvidas para a estreia do Campeonato Brasileiro contra o Cruzeiro, às 21h de amanhã, no Couto Pereira. Enquanto os poupados em Caxias do Sul Carlinhos, Alan Santos, Ruy e Kleber Gladiador são presenças certas, o lateral direito Ceará e os meias Dudu e Juan seguem em tratamento no departamento médico e podem seguir de fora. Luccas Claro foi poupado ontem, mas não preocupa para a partida. Já o goleiro Wilson, ausente desde a vitória no Atletiba da 1ª fase do Paranaense, participou de toda a atividade com bola ontem e está à disposição do técnico Gilson Kleina, com chances de voltar ao time titular. METRO CURITIBA


CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

SALTO ALTO (América-MG)

JEJUM DE TÍTULOS (Atlético-MG)

FOME DE BOLA (Atlético-PR)

Campeão mineiro em cima do Atlético, o Coelho, que chega da Série B, entra com o objetivo de se manter na elite. Mas não pode deixar os recentes sucessos atrapalhar o desempenho

Dono do primeiro título do Campeonato Brasileiro, em 1971, o Galo persegue o bi desde então. Bateu na trave no ano passado. Mais uma vez, para acabar com o incômodo jejum, o time de Diego Aguirre coloca suas fichas no artilheiro alvinegro Lucas Pratto

Embora a barriguinha mais saliente do atacante Walter já tenha até virado folclore no futebol brasileiro, o atacante é uma das armas do Furacão para buscar o bicampeonato – o Atlético-PR venceu em 2001. E chega com moral, depois de vencer o estadual em cima do rival Coritiba

CASCA DE FERIDA (Chapecoense) Se fosse há dois anos, quando chegou à Série A, seria natural apontar os catarinenses como candidatos à queda. Mas o time mostrou que dá muito trabalho. Inter e Palmeiras que o digam...

A equipe de Santa Catarina é outra que tem feito campanhas irregulares. Nesta temporada, o Figueira trouxe Rafael Moura, o He-Man, e deve abusar das bolas chuveiradas na área

O time do goleiro Jefferson acaba de voltar à elite com o título da Série B. A segunda do século, já que o Fogão também caiu em 2002. Mas, apesar de ficar com o vice no Carioca, a equipe de Ricardo Gomes mostrou que tem bola para acabar com esse “malabarismo”

ARRUMANDO A CASA (Cruzeiro)

Por pouco, o Coxa não foi parar na Série B do ano passado. Lição aprendida, o time do atacante Kléber, velho conhecido de gremistas e palmeirenses, é a esperança de dias melhores. Ainda mais depois da final do paranaense...

O atual campeão brasileiro perdeu muitos atletas do time titular, mas continua mostrando o mesmo padrão. “Culpa” de Tite, que arma uma equipe muito firme e compacta que, se não joga um futebol lindo, é muito eficiente

CHUVEIRINHO (Figueirense)

CAI-CAI (Botafogo)

ARROZ COM FEIJÃO (Coritiba)

COMPACTO (Corinthians)

Depois do Mineiro desastroso e da queda de David, a Raposa tem novo técnico: o português Paulo Bento. Por lá, ele vai encontrar Willian Bigode, que voou na temporada passada e, como o resto do time, caiu de produção

PENEIRA (Flamengo) Que, com Muricy Ramalho, no Flamengo tem trabalho, ninguém duvida. Mas ele ainda não conseguiu fazer o Mengão engrenar. Além da falta de pontaria no ataque, a defesa não passa confiança

BANHEIRA (Fluminense) Levir Culpi e Fred tiveram seus desentendimentos, mas, ao que parece, a roupa suja já foi lavada. Mas, ainda assim, o camisa 9 deve ocupar sua tradicional banheira na área adversária esperando os passes açucarados

NÃO TEM MAIS BOBO? (Grêmio) O velho jargão de “não tem mais bobo no futebol” pode ser verdade. Mas Bobô tem! O atacante, ex-corinthians e Seleção Brasileira, integra o elenco do Grêmio que busca o tricampeonato. O Imortal levantou o caneco em 1981 e 1996

SON WIL ’ISOLAAULO L DEL RO SÃO P O MET

ART

E ANI E: D

L LO

PES

/M

ETR

CARTOLA (Palmeiras) “Vou te contratei”. Assim brinca a torcida com o dirigente Alexandre Mattos, que fez muitas contratações para o Verdão. Agora, com Tchê Tchê e tudo mais, Cuca promete brigar pelo título

GARANTE O BICHO (Internacional) #pokolindo? Sim, bem pouco. #pokoartilheiro? Isso não. Valdivia, do Colorado, é aquele cara que “garante o bicho” dos jogadores – prêmio dado a eles após as vitórias –, com gols decisivos. Mas se o meia não tiver inspirado, outros também tem esse potencial no atual campeão gaúcho, como Andrigo, Vitinho e Sasha

FOGO DE PALHA (Ponte Preta) Já virou hábito: a Macaca começa o campeonato bem e vai perdendo fôlego até terminar brigando contra o rebaixamento. Será que agora vai?

Ch Amaegou a para nhã a b hora! o o Bras Camp la rola e i a pa leiro 20 onato r do f tir das 16. E, ut g Met ebol, o írias ro a Jorn cada pres al en u part m dos ta icipa 20 ntes

GARÇOM (São Paulo)

Nas mãos de Dorival Júnior, o Peixe venceu o Campeonato Paulista com seu estilo ofensivo e um time repleto de jovens, como Gabigol, e de um meia muito habilidoso chamado Lucas Lima. Mas, nessa juventude toda, tem um veterano que se enquadra muito bem: Ricardo Oliveira, 36, artilheiro da última edição do Brasileiro

Depois de dez anos longe da Série A, o Santa Cruz está nas nuvens. Liderado pelo experiente Grafite, o Santinha ficou com o vice-campeonato da Série B de 2015

O único título conquistado pelo Sport no Brasileirão, em 1987, na verdade, ainda dá o que falar. O Flamengo também assume como seu e a disputa já se alonga há anos. Para ter um título para chamar de seu, o Leão da Ilha conta com os chutes venenosos do meia Diego Souza

PRIMEIRA RODADA

16h Flamengo

GOL DE LETRA (Vitória)

BOLA VENENOSA (Sport)

Paulo Henrique Ganso vem demonstrando que deixou a sonolência para lá. O meia tem sido o principal nome do São Paulo no ano e, regular, foi lembrado por Dunga na pré-lista da Copa América. Não por menos. O camisa 10 é responsável pelos passes açucarados, mas também tem acertado o pé

Sport

18h30 Atlético-MG Santos

16h

21h Atlético-PR

Coritiba

Cruzeiro

11h DOMINGO

AMANHNÃ

NAS NUVENS (Santa Cruz)

o ades dm.br novid he as rojornal.co n a p Acom io no met torne

FUTEBOL MOLEQUE (Santos)

Palmeiras

23|

Botafogo

16h São Paulo

Corinthians

Vitória

Figueirense

11h Santa Cruz

De volta à Série A, o Vitória de Vagner Mancini conta com o excruzeirense Marinho. Não que o atacante costume fazer gols incríveis, mas quem não se lembra daquele conjunto de letras que ele formou, quando ainda jogava pelo Ceará no ano passado: “Tô fora? Que merda, hein... não sabia não!”

16h Grêmio

16h

América-MG

Fluminense

18h30 Ponte Preta Internacional Chapecoense


24

CURITIBA, SEXTA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2016 www.metrojornal.com.br

ESPORTE ER

ES S

JASON SILVA/AGIF/FOLHAPRESS

PR

COMEÇA 0 CARD PRINCIPAL

HA

23h

OL 9/F O1

19h15 COMEÇA 0 CARD PRELIMINAR

IG

Amanhã os portões abrem às 16h30 e uma hora depois Aldo, Nunes e Gadelha já participam de sessão de fotos e autógrafos com os torcedores.

D /CO TA GA

Hoje a pesagem começa às 16h, mas a partir das 13h os portões abrem para sessão de fotos e autógrafos com Kelvin Gastelum, Rodrigo ‘Minotauro’, Charles Oliveira, Thiago Tavares e as octagon girls. Na sequência José Aldo, Amanda Nunes e Claudia Gadelha respondem a perguntas dos fãs.

BRUNNO BRUGNOLO METRO CURITIBA

Idade: 33 Ranking: 2 Cartel: 14-2-0 Altura: 1,93m Envergadura: 2,03m

Ronaldo ‘Jacaré’ (BRA) Idade: 36 Ranking: 2 Cartel: 22-4-0 Altura: 1,85m Envergadura: 1,82m Miocic tem 3 nocautes com menos de um minuto de luta. É um dos 5 atletas na história do UFC a conseguirem isso (Belfort é o único brasileiro)

Nocauteadora: 13 de suas 15 vitórias na carreira foram por nocaute ou nocaute técnico

12

nocautes tem Belfort no UFC, um recorde da organização

6

finalizações tem Jacaré somando UFC e Strikeforce, 2º maior entre os médios atrás de Rockhold (8)

CARD PRELIMINAR Demian Maia x Matt Brown Thiago Marreta x Nate Marquardt John Lineker x Rob Font Rogério Minotouro x Patrick Cummins Francisco Massaranduba x Yancy Medeiros Sergio Moraes x Luan Chagas Renato Moicano x Zubaira Tukhugov

Subestimado: Favorito para subir ao card principal após a saída de Anderson Silva, Demian Maia se sentiu injustiçado ao ficar no card preliminar

Vitor Belfort (BRA) Idade: 38 Ranking: 3 Cartel: 25-11-0 Altura: 1,82m Envergadura: 1,88m

X QUEM VENCER DEVE SER O PRÓXIMO DESAFIANTE DO CAMPEÃO DOS PESOS-MÉDIOS (ATÉ 84KG), QUE SERÁ CONHECIDO NO UFC 199 - ROCKHOLD X WEIDMAN

A CAS

AGENDA

O gaúcho definiu o evento como o ‘UFC emoção’. “Estou trazendo 150 amigos para assistir e pela primeira vez minha mãe vai assistir uma luta minha”, disse Werdum, que vai entrar com o ‘Tema da Vitória’, música eternizada pelo ídolo Ayrton Senna. “É uma homenagem ao Senna. Mesmo quando não via as corridas, lembro de acordar ouvindo a música”, contou. Werdum treinou por 2 anos na década passada em Curitiba, a qual definiu como o celeiro das artes marciais. A terra do Muay Thai produziu nomes como Anderson Silva, Wanderlei Silva, Mauricio Shogun Rua e Cris Cyborg – os dois últimos também estão no card principal. O coxa-branca Shogun não liga nem para o fato de lutar no estádio do rival Atlético. “Lutar em casa traz um pouco mais de pressão, mas estou preparado. O curitibano tem o DNA do esporte e todos me respeitam”, disse. Já Cyborg, que faz sua estreia no UFC, se disse abençoada por estrear logo em sua cidade natal e prevê um grande combate com a americana Leslie Smith. “Com todo o respeito aos outros lutadores do card, mas pode ser a luta da noite”.

Stipe Miocic (EUA)

CARD PRINCIPAL

EM

Na principal luta da noite, o brasileiro faz sua primeira defesa do cinturão dos pesos-pesados (até 120kg)

O tão aguardado dia do UFC Curitiba chegou. A cidade que ajudou a formar o MMA como ele é hoje demorou para receber uma edição da maior organização do esporte no mundo, mas a espera compensou. O UFC 198, amanhã, será a maior edição do país e uma das maiores do mundo. Com 45 mil espectadores da Arena da Baixada, terá o 3º maior público da história — a pesagem oficial para 16 mil pessoas, hoje, será a maior. O card do evento, também exaltado entre os melhores já vistos, teve uma forte baixa na semana. Mesmo sem fazer a luta principal da noite – como fez durante toda a última década - Anderson Silva era individualmente o nome com mais peso. Entretanto, o que não faltam são ingredientes, campeões ou ex-campeões das maiores organizações do esporte. O card principal terá a primeira defesa do cinturão peso-pesado no país, com o campeão Fabricio ‘Vai Cavalo’ Werdum, um dos dois brasileiros na atualidade com um cinturão do UFC (junto com Rafael dos Anjos no peso leve) em um total de 10 categorias (8 masculinas e 2 femininas). Ele enfrenta o americano Stipe Miocic.

IO

o ent v E 98. em ce 1 C UF órico conte na hist itiba a a Are Cur anhã n a. e am Baixad defend da rdum rão We cintu seu

TA FES

Idade: 38 Ranking: Campeão Cartel: 20-5-1 Altura: 1,93m Envergadura: 1,96m

N NA

Fabricio Werdum (BRA)

CRIS CYBORG (BRA) Idade: 30 Ranking: sem ranking Cartel: 15-1-0 Altura: 1,72m Envergadura: 1,80m

LESLIE SMITH (EUA) Idade: 32 Ranking: sem ranking Cartel: 8-6-1 Altura: 1,75m Envergadura: 1,70m

X DEPOIS DE BRILHAR NO STRIKEFORCE E NO INVICTA FC, CYBORG ENFIM ESTREIA NO UFC E EM CASA - PESO-CASADO DE 63,5KG

Mauricio Shogun (BRA) Idade: 34 Ranking: 8 Cartel: 23-10-0 Altura: 1,85m Envergadura: 1,93m

Corey Anderson (EUA) Idade: 26 Ranking: 12 Cartel: 8-1-0 Altura: 1,90m Envergadura: 2,00m

X EX-CAMPEÃO, SHOGUN VOLTA A LUTAR EM CASA APÓS 13 ANOS CONTRA O JOVEM AMERICANO EM ASCENSÃO - MEIO-PESADOS (ATÉ 93KG) WARLLEY ALVES (BRA) Idade: 25 Ranking: sem ranking Cartel: 10-0-0 Altura: 1,80m Envergadura: 1,82m

BRYAN BARBERENA (EUA) Idade: 26 Ranking: sem ranking Cartel: 11-3-0 Altura: 1,82m Envergadura: 1,82m

X VENCEDOR DO TUF BRASIL 3, O PROMISSOR WARLLEY É O MAIS JOVEM DO CARD PRINCIPAL E ESTÁ INVICTO COM 11 LUTAS NO CARTEL (4 NO UFC) - MEIO-MÉDIOS (ATÉ 77 KG)

20160513_br_metro curitiba  
20160513_br_metro curitiba  
Advertisement