Page 5

CAMPINAS, TERÇA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2016 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

05|

Governo multará imóveis que mantenham focos de Aedes Saúde. Dilma Rousseff consulta a AGU para punir proprietários de casas e estabelecimentos reincidentes que apresentam riscos de proliferação de focos do mosquito. Exército esbarrou em 2 mil casas fechadas em Campinas O governo avalia multar proprietários de imóveis que tenham reincidência em focos do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika. A presidente Dilma Rousseff pediu ontem um estudo à AGU (Advocacia-Geral da União) sobre a legalidade da punição. Os alvos são casas, estabelecimentos comerciais e terrenos abandonados ou já notificados numa primeira visita, mas que continuam com focos do mosquito, que se desenvolve em água parada. “Estamos em situação de emergência de saúde. Cabe multa pela irresponsabilidade na manutenção do seu imóvel, seja terreno, seja casa fechada”, afirmou o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner. Além disso, a União irá sugerir aos governos estaduais e municipais que editem leis próprias sobre a possibilidade de multa para reincidentes. São Paulo e Rio de Janeiro já têm legislação sobre o tema. Desde 1º de fevereiro, uma medida provisória autoriza agentes de saúde e militares a entrar à força em imóveis abandonados.

Números

462 casos de microcefalia foram confirmados no país, 41 deles relacionados ao zika vírus.

5.079 casos suspeitos de microcefalia foram notificados de 22 de outubro a 6 de fevereiro.

Imóveis continuarão recebendo a visita de militares | MARCELO CAMARGO/ABR

Balanço No dia D de mobilização, no sábado, 2,8 milhões de imóveis foram visitados por militares em todo o país, que atuaram na distribuição de panfletos explicativos sobre o combate ao Aedes. Do total, 310 mil tiveram restrições: 295 mil estavam fechadas; e em 15 mil os donos impediram a entrada. Militares nas ruas As ações de combate ao mosquito, a serviço da Marinha, do Exército e da Aeronáutica,

continuarão até quinta-feira, em 270 municípios. São 55 mil militares atuando, principalmente, na aplicação de larvicidas e inseticidas. A partir de sexta-feira, a conscientização será feita em escolas públicas e privadas. Essa ação irá até 4 de março.

res não permitiram a entrada para a verificação de focos do Aedes aegypti. Do total de 7.160 residências vistoriadas, 2.000 não puderam ser revistadas. A exemplo de outros municípios, Campinas terá também novas ações do Exército de hoje até quinta-feira.

Em Campinas O Exército também tem encontrado dificuldades para entrar nas residências em Campinas. No último sábado, 32% das residências estavam fechadas ou os morado-

Relação com o zika Após estudos da Eslovênia divulgados na semana passada trazerem mais evidências sobre a relação entre os casos de microcefalia e o zika vírus, hipótese já levantada

Defesa de Lula ficou fora da pauta de encontro do PT em São Paulo O encontro do Conselho Político do PT, realizado ontem em São Paulo, não incluiu na pauta uma resposta “à escalada de ataques ao companheiro Lula”, como inicialmente havia sido divulgado em nota assinada pelo presidente da legenda, Rui Falcão. Além do ex-presidente Lula e Falcão, a reunião contou com a presença dos prefeitos Fernando Haddad (São Paulo) e Luiz Marinho (São Bernardo do Campo); dos governadores Tião Viana (Acre), Wellington Dias (Piauí) e Camilo Santana (Ceará); o líder do PT na Câmara, Afonso Florence (Bahia), também foi chamado. Ao final do encontro, que durou quase quatro horas,

Falcão afirmou que o grupo não discutiu uma estratégia de defesa para as denúncias envolvendo o uso de um sítio em Atibaia e um tríplex no Guarujá pela família do ex-presidente. Segundo o presidente do PT, a pauta focou nos desafios para a retomada do crescimento econômico e nas reformas avaliadas pelo Palácio do Planalto, em especial a da Previdência. A legenda avalia se a tentativa de mudança nas regras para a aposentadoria pode afastar o governo Dilma Rousseff das centrais sindicais. A avaliação dos presentes é que o tema deve ser discutido com os trabalhadores e os empresários. A legenda promete não “interditar

“Embora os documentos provem que o sítio está em nome de outra pessoa, Lula tem que provar que não é dele. Um absurdo.” RUI FALCÃO, PRESIDENTE DO PT

o debate” e colaborar com o governo federal. Nenhum outro detalhe das propostas debatidas foi apresentado. Rui Falcão destacou que o conselho tem caráter consultivo, não deliberativo. Todas as sugestões serão encaminhadas para a executiva do partido, que irá se reunir no Rio de Janeiro, a partir do dia 26 deste mês.

Denúncias infundadas Questionado sobre as acusações que pesam sobre o ex-presidente Lula, o petista as classificou como infundadas e um exemplo da inversão de valores que hoje ocorre no Brasil. “A pessoa precisa provar que é inocente. Embora todos os documentos apresentados comprovem que o sítio esteja em nome de outra pessoa, o presidente Lula tem que provar que não é dele. Isso vale também o apartamento no Guarujá. Um absurdo.” Na avaliação de Falcão, os ataques feitos contra o ex-presidente são fruto de ilações. Nenhum dos demais presentes fez comentários sobre a reunião. METRO

por estudos de pesquisadores brasileiros, o governo está convicto. “Não há nenhuma dúvida de que a epidemia de microcefalia que nós estamos vivendo hoje tem causa direta com a epidemia do zika vírus. Onde é que está havendo epidemia de microcefalia hoje no Brasil? Onde teve epidemia de zika”, afirmou o ministro da Saúde, Marcelo Castro. MARCELO FREITAS

Aos sábados

Agente de SP vai ganhar R$ 120 extras Agentes de saúde municipais do Estado de São Paulo vão ganhar R$ 120 extras se atuarem aos sábados no combate a focos de Aedes aegypti. O valor será pago por dia atuado a agentes de cidades que façam convênio com a Secretaria de Estado da Saúde, dentro da campanha “Todos juntos contra o Aedes aegypti”. A ideia, segundo nota da secretaria estadual, é que as equipes das cidades façam vistoria nos domicílios aos sábados por ser um dia em que os moradores são encontrados mais facilmente nas suas casas. A ação é prevista para durar até o mês de abril para eliminar criadouros e possíveis focos do mosquito, além de orientar a população sobre como evitar focos. O material a ser distribuído nessas ações deve ser fornecido pela pasta estadual. METRO

METRO BRASÍLIA

Crise. Dilma faz apelo a aliados por ajuste Em reunião ontem com senadores aliados, a presidente Dilma Rousseff fez um apelo pela aprovação de medidas de ajuste fiscal. Três propostas foram elencadas como prioritárias: a prorrogação da DRU (Desvinculação das Receitas da União), que permite gastos livres de parte do orçamento; a reforma da Previdência; e a volta da CPMF. Alertada do caráter impopular da recriação do imposto, Dilma afirmou que a medida favorece as contas públicas e informou que, para facilitar o diálogo, uma alíquota gradual da cobrança está sendo estudada. A presidente fará hoje um encontro com líderes de partidos da base aliada na Câmara. Para fortalecer a recondução de Leonardo Picciani (RJ)

Dilma fará encontros periódicos com aliados | MARCELO CAMARGO/ABR

à liderança do PMDB amanhã, como parte da estratégia para enfraquecer o impeachment, Dilma autorizou o ministro Marcelo Castro (Saúde) a se licenciar do cargo por 24 horas e reassumir o mandato de deputado federal, como farão dois secretários estaduais do Rio: Pedro Paulo (Governo) e Marco Antônio Cabral (Esporte). METRO BRASÍLIA

Profile for metro brazil

20160216_br_metro campinas  

20160216_br_metro campinas  

Advertisement