Page 1

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

IT’S ONLY ROCK ’N ROLL,

MAS ELE GOSTA!

NCISCO SOLTA A FR PA PA , M U LB Á O V EM NO PROGRESSIVO PÁG. 13 O A P O P O D I A V E Z O AV

PORTO ALEGRE Terça-feira, 1º de dezembro de 2015 Edição nº 1.014, ano 5 MÍN: 16°C MÁX: 29°C

www.metrojornal.com.br | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_POA

‘PARALAMENTAR’

IMAGENS: MP/RS/REPRODUÇÃO

‘DONOS’ DO PLANETA Cristiano Ronaldo, Neymar e Messi são os melhores do mundo PÁG. 16

da utoriza ndida a o c s e heiro mera tou din Com câ sor con s e s s do a ta depu stiça, ado ao pela Ju n io c e ir ia d que ser

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Deputado Jardel é afastado do cargo Assembleia Legislativa. Com menos de um ano de mandato, parlamentar é flagrado pelo Ministério Público exigindo dinheiro de assessores, desviando verbas de gabinete e fraudando notas fiscais de reembolso de diárias e combustível. Justiça determinou seu afastamento por 180 dias PÁG. 03

Vencedor será conhecido em 11 de janeiro

Liberação do Uber passa por nova taxa Promo tor Flá vio Du acima arte, , à esq uerda, coman dou a operaç ão e as b uscas na casa de Jar del

Prefeitura e representantes do aplicativo sinalizam com repasse de percentual das corridas para regulamentação do serviço PÁG. 06

Eleições podem ter votação em papel Pleito de 2016 será afetado por contingenciamento, diz Justiça PÁG. 08

otores s e prom Agente Público istério do Min abinete aram g vasculh

PAULO GUILHERME ALVES/MP

Em Paris, Dilma diz que Brasil vai punir Ela condenou ‘ação irresponsável’ que provocou tragédia em MG e ES PÁG. 11


02|

1 FOCO

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Tarso recorre do bloqueio de seus bens Daer. Ex-governador e mais quatro tiveram recursos bloqueados em processo que trata de licitação para o transporte intermunicipal

Prêmio do Sinepe

Boechat premiado O jornalista Ricardo Boechat, da Band, será agraciado hoje com o Prêmio Excelência em Comunicação 2015 do Sinepe/RS (Sindicato do Ensino Privado do RS). Devido à apresentação do Jornal da Band, ele será representado no evento, na PUCRS, pelo gerente de Jornalismo da Band RS, Guilherme Baumhardt. Também serão entregues prêmios a 21 instituições de ensino que se destacaram no ano.

Após a 3a Vara da Fazenda Pública bloquear as contas do ex-governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro (PT) e do ex-secretário estadual de Infraestrutura e Logística João Victor Domingues, eles informaram que vão recorrer da decisão. O atual titular da pasta de Transportes e Mobilidade, Pedro Westphalen (PP), e dois dirigentes do Daer (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem) também tiveram seus bens bloqueados. A ação visa garantir o pagamento da multa de R$ 1 bilhão, determinada pelo Ministério Público, que exige do governo estadual a realização de licitação para 1,8 mil linhas de transporte intermunicipal que são reguladas pelo Daer. O Tribunal de Justiça de-

Olhar crítico

DIEGO CASAGRANDE DIEGO.CASAGRANDE @METROJORNAL.COM.BR

Cotações Dólar + 1,65% (R$ 3,887) Bovespa - 1,64% (45.120 pts) Euro + 0,34% (R$ 4,089) Selic (14,25% a.a.)

Salário mínimo (R$ 788)

Diego Casagrande é jornalista profissional diplomado desde 1993. Apresenta os programas BandNews Porto Alegre 1a Edição, às 9h, e Rádio Livre, na Rádio Bandeirantes FM 94,9 e AM 640

“Não fomos omissos, pelo contrário, iniciamos o processo de licitação, com a criação do Marco Regulatório, e a conclusão do Plano Diretor, que hoje já tramita na Assembleia em regime de urgência.” TARSO GENRO E JOÃO VICTOR DOMINGUES, EM NOTA CONJUNTA

terminou multa de R$ 1 mil ao dia para cada uma das linhas, até que haja licitação. A sanção só termina quando a licitação for realizada. Em nota conjunta, Tarso e Domingues afirmaram que uma licitação dessa natureza não pode ser feita da noite para o dia. Eles ainda

informaram que iniciaram procedimentos para realizar a licitação das linhas, algo que não havia sido realizado por nenhum governo anterior. Tramitação na Assembleia Já Westphalen, também em nota, destacou que desde o início da atual gestão determinou que fossem adotados todos os procedimentos necessários à continuidade do processo decorrente da implantação do Sistema Estadual de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros de Longo Curso. O projeto de lei que regulamenta o Plano Diretor do Transporte Intermunicipal de Passageiros tramita na Assembleia Legislativa em regime de urgência. BANDNEWS

O MAR DE LAMA Estamos afogados no mar de lama. Mariana e a região foram inundadas pela onda de detritos. E nós, brasileiros, somos inundados pela crise ética, moral, econômica e política vinda de Brasília. Uma crise séria e sem precedentes. O Rio Doce parece liquidado. E nós também. A conversa criminosa do senador Delcídio do Amaral (PT) com o filho de Nestor Cerveró, ex-diretor internacional da Petrobras, expôs e fragilizou dramaticamente a imagem do Supremo Tribunal Federal (STF) e de um punhado de ministros. Neste imbróglio destacam-se dois: Dias Toffoli e Teori Zavascki, nomeados por Lula e Dilma, respectivamente. No diálogo gravado de mais de uma hora e meia, duas coisas ficam claras: 1) Delcídio temia seriamente ser delatado por Cerveró e fez de tudo para se blindar; 2) o senador petista demonstrou proximidade com ministros do STF, sobretudo com Dias Toffoli. Teria sido teatro? Primeiro, Toffoli negou qualquer contato com o senador. Depois, reconheceu que havia se encontrado com Delcídio, mas exclusivamente para tratar de “reforma política”. O mais petista dos ministros – visto assim por seu histórico de ativismo – estava visivelmente tenso, nervoso e abalado. Já Zavascki, que mandou prender o senador

FALE COM A REDAÇÃO leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 COMERCIAL: 051/2101.0302

O Metro jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

Polêmica

Dia de luta

Bancários param em dia de votação sobre Banrisul

Prefeitura lança site com foco na prevenção à aids

Funcionários do Banrisul prometem paralisar as atividades hoje para acompanhar a votação, na Assembleia, de projetos de lei que criam duas subsidiárias do banco, a Banrisul Seguros e a Banrisul Cartões. Os bancários estarão mobilizados, a partir das 7h, em frente à sede do banco. Eles são favoráveis à medida, desde que as subsidiárias não possam ser vendidas. METRO POA

No Dia Mundial de Luta Contra a Aids, hoje, Porto Alegre lança o site www.aidspoa.com, que reúne as principais perguntas sobre HIV de forma prática, oferecendo todo esclarecimento possível. Porto Alegre é a cidade brasileira com as mais altas taxas de detecção de casos de aids nos últimos seis anos, sendo que, em 2014, foram registrados 90,3 casos por 100 mil habitantes. Apesar disso, a capital vem reduzindo a mortalidade, e a incidência está estabilizada. Das 9h às 18h, serão ainda oferecidos testes rápidos de HIV, hepatite C e sífilis, em estrutura com sete consultórios para atender a população, que terá acesso a esclarecimentos e preservativos disponíveis em dispensers colocados na Praça da Alfândega, Paço Municipal e Esquina Democrática (Borges de Medeiros com rua dos Andradas). Também haverá três consultórios com testagem rápida no Hospital Conceição. METRO POA

Em dia

Com R$ 302 mi da GM, governo do RS quita salários Com o ingresso de R$ 302 milhões da antecipação dos incentivos fiscais do Fomenta/ RS (Fundo de Fomento Automotivo do RS), que ocorreu no início da tarde de ontem, o Estado reuniu os recursos necessários para o pagamento integral da folha de novembro dos servidores vinculados ao Poder Executivo, que soma R$ 1,2 bilhão. METRO POA

e foi acompanhado pela 2ª turma, com tal atitude pode se manter na relatoria do Petrolão. Mas ninguém esqueceu que o ministro foi fundamental para fatiar a Lava Jato, tirando do controle do juiz Sérgio Moro e dos procuradores federais os futuros processos de corrupção correlatos. Por que mexer no Barcelona da Justiça? A fala gravada de Delcídio botou os ministros na berlinda da opinião pública. Agora, uma vírgula deles fora de lugar será vista com enorme desconfiança. Ainda mais. Na onda de lama da corrupção, os números da tragédia brasileira vêm à tona: o governo petista, Lula, Dilma e a quadrilha toda quebraram a Petrobras. Com tanta roubalheira e inépcia, a estatal vai virar uma sucata que não sairá mais do limbo. A empresa já valeu US$ 228 bilhões e hoje vale US$ 28 bilhões, com dívidas de US$ 150 bilhões. Os pedidos de indenização nos Estados Unidos já atingem US$ 98 bilhões. Ao fim, nos restará uma companhia quebrada para que bandidos disfarçados de probos homens públicos pudessem pagar campanhas eleitorais e garantir uma vida nababesca para muitas gerações de familiares. Neste mar de lama, a prisão do senador é um alento. Parecemos liquidados, mas não estamos.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Porto Alegre. Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS) Editor de Arte: Pablo Tavares Gerente Comercial: Anna Almeida Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, CEP 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302 O Metro Porto Alegre é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

03|

Deputado Jardel é afastado por suspeita de corrupção Gol contra. Investigação do Ministério Público apurou que ídolo gremista teria montado um esquema para embolsar verbas do gabinete A trajetória de Jardel na política do Rio Grande do Sul pode ter chegado ao fim. Uma investigação do Ministério Público, deflagrada ontem, apurou que o deputado estadual Mário Jardel (PSD), eleito com 41.277 votos, teria montado um esquema de corrupção para embolsar verbas públicas. Em dois meses de investigação, tendo o ex-jogador como principal alvo, o MP verificou indícios de crimes como peculato, concussão, falsificação de documentos e lavagem de dinheiro. O anúncio foi realizado durante uma coletiva de imprensa, na manhã de ontem, que contou com a presença do procurador-geral de Justiça, Marcelo Dornelles, e do promotor responsável pelo caso, Flávio Duarte. Durante a coletiva, diversas provas foram apresentadas, como diárias falsificadas, recibos, vídeos, fotos e transcrições de conversas grampeadas. Em um dos vídeos, um assessor aparece contando um maço de notas de R$ 100 na frente do parlamentar. Em seguida, Jardel ordena que a quantia seja entregue para seu chefe de gabinete, Roger Antônio Floresta. A operação, intitulada Gol Contra, proveu os indícios necessários para que o MP conseguisse na Justiça uma ordem de afastamento de Jardel das funções parlamentares por 180 dias, visto que um parlamentar só pode ser preso por crime inafiançável. Drogas, fantasmas e fraudes Segundo Dornelles, foram identificados pelo menos qua-

Crimes Investigação do MP apurou que Jardel praticava: Ʉ GåÝıČÑĮėȩ Desvio de dinheiro público para proveito próprio. Ʉ ėĒÝıĨĨÕėȩ Extorsão de parte dos salários dos servidores e membros da bancada do PSD. Ʉ "ÑČĨÿîÿÝÑÞÕėȩ Fraude de diárias de viagem e valores de indenização veicular. Ʉ 2ÑĺÑûåđáåáÿĒþåÿĤėȩ Pagamento de dívidas pessoais com a verba extorquida.

“Compra de drogas era feita de maneira rotineira, principalmente cocaína”. MARCELO DORNELLES, PROCURADORGERAL DE JUSTIÇA

tro funcionários-fantasmas, que recebiam salários pagos com verbas públicas sem trabalhar. Um desses servidores seria a mulher do homem que fornecia drogas para Jardel: durante buscas na casa do deputado, duas buchas de cocaína foram apreendidas. Entretanto, a quantidade de droga recolhida não motiva prisão, sendo necessária apenas a assinatura de um termo circunstanciado. Agora, será investigado se houve financiamento

ao tráfico de drogas com dinheiro público desviado da Assembleia Legislativa. Além disso, há indícios de que Jardel extorquia cerca de R$ 3 mil dos salários de cada funcionário do seu gabinete e da bancada do PSD (Partido Social Democrático). Com o esquema, Jardel lucraria entre R$ 30 mil e R$ 50 mil por mês, que ele utilizaria para pagar despesas pessoais. De acordo com Dutra, até as despesas do cartão de crédito da mulher de Jardel e o aluguel do apartamento onde moram a mãe e um irmão do ex-jogador seriam pagos com o dinheiro extorquido dos funcionários do gabinete. “O gabinete era submisso, pagava quase todo o salário ao deputado. A denúncia partiu justamente de pessoas próximas, que não aguentavam mais aquela situação”, ressaltou o promotor. Jardel também fraudaria diárias de viagem e valores de indenização veicular, a partir da falsificação de estadias em hotéis e da quilometragem dos carros utilizados por Jardel e seus assessores. Assim, a Assembleia indenizaria estâncias e deslocamentos particulares como se fossem públicos. Agora, o próximo passo do MP será avaliar as provas, entrevistar testemunhas e examinar os celulares e documentos apreendidos na operação. Uma acusação criminal formal deve ser protocolada em cerca de dez dias. No jogo político, ao que tudo indica, Jardel perdeu de goleada. METRO POA

Cassação só deve ocorrer em 2016 A situação política de Jardel começa a ser analisada hoje pela Assembleia Legislativa. Isso porque o presidente da Comissão de Ética Parlamentar da Casa, deputado Juliano Roso (PC do B), instalará um procedimento para apurar a conduta do colega. Ele confirmou que também se encontrará com o corregedor da AL, deputado Marlon Santos (PDT) para tratar do tema. A partir daí, um crono-

grama será montado. No entanto, uma possível cassação de Jardel só deverá ocorrer em 2016, devido ao recesso parlamentar. Após a abertura do processo, o Jardel terá o prazo de cinco sessões legislativas para apresentar a sua defesa. O procedimento será semelhante ao adotado com o deputado Diógenes Basegio (PDT), recentemente cassado. Para o presidente da Casa,

Edson Brum (PMDB), a Assembleia sairá bastante fortalecida após os casos de investigação contra deputados, graças à transparência no tratamento do casos recentes. Caso se confirme a suspensão de Jardel, quem assume a vaga é o atual vereador de Porto Alegre, Tarcísio Flecha Negra, também ídolo gremista filiado ao PSD. Ontem, Jardel não se manifestou sobre o assunto. METRO POA

Vídeo mostra um assessor com um maço de notas de R$ 100 que seria para o deputado | MINISTÉRIO PÚBLICO/DIVULGAÇÃO

De ídolo do Grêmio a parlamentar gaúcho Mesmo que tenha marcado os dois gols que deram ao Vasco da Gama o título de campeão carioca em 1994, Jardel desembarcou no Olímpico no ano seguinte tendo muito a provar. O jeito desengonçado para jogar futebol não impediu que ele marcasse uma tonelada de gols, conquistasse grandes títulos e se transformasse em um dos grandes nomes da história gremista. Ao lado de Paulo Nunes, o então centroavante formou uma memorável dupla de ataque no título da Libertadores de 1995. Os cruzamentos certeiros do lateral Arce o transformaram em artilheiro. Porém, era preciso comprá-lo junto ao Vasco. O presidente Fábio Koff lançou uma campanha para que os torcedores fizessem doações feitas através de ligações telefônicas. O “Fica Jardel” foi um fracasso, mas com ajuda de investidores, ele ficou no clube. Em 1996, o camisa 16 foi vendido ao Glasgow Rangers, da Escócia, mas sem

Jardel comemorando gol com a camisa do Grêmio | ANTONIO GAUDÉRIO/FOLHAPRESS

conseguir um passaporte europeu, a transferência não foi concretizada. Sem problemas. Seus gols o levariam para a Europa de qualquer maneira. Jardel parou no Porto e empilhou gols, sobretudo de cabeça. Foi artilheiro da Europa duas vezes e de Portugal, cinco vezes. Em 2000 foi para o Galatasaray e no ano seguinte retornou a Portugal para defender o Sporting e viver seus últimos grandes momentos em campo. A partir de 2003, o ídolo gremista passou a peregrinar por clubes menores da

Europa e, depois, do futebol brasileiro. Sempre longe de reviver as grandes atuações. Em 2008, Jardel chorou em frente às câmeras admitindo ser usuário de drogas. Pediu uma chance no Grêmio, não ganhou. Teve oportunidade em clubes de menor representatividade. Após se aposentar, o ex-jogador, com o apoio do ex-companheiro Danrlei, atual deputado federal pelo PSD, tentou a carreira política. A eficiência com a cabeça foi mantida nas urnas, mais de 41 mil eleitores votaram nele. METRO POA


06|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Acordo com a Uber passa pela criação de uma taxa Primeira reunião. Representantes da empresa de transporte particular via aplicativo e da prefeitura voltarão a se encontrar depois de terem aberto um canal de conversação na tarde de ontem. Serviço continua em funcionamento, apesar de ser considerado clandestino No primeiro encontro entre o prefeito José Fortunati e representantes da Uber, ontem, surgiu somente um ponto em comum. Tanto a empresa quanto a prefeitura concordam em criar uma taxa para que o serviço seja regulamentado em Porto Alegre. Para o diretor-geral da companhia, Guilherme Telles, seria justa a criação de uma taxa de 0,5% a 1%. Os valores poderiam ser aplicados na melhoria do transporte público da capital, conforme Telles. “A Uber paga todos os impostos devidos. Mais do que isso, o que a gente tem visto em outros locais, como a Cidade do México, é a cobrança

de uma taxa revertida para o transporte público. Ou seja, é o transporte privado melhorando a qualidade do transporte público.” O prefeito também entende que é preciso criar uma contrapartida da empresa. Ele exemplifica o uso das vias, com desgaste do asfalto, como um dos motivos para cobrar a Uber. Porém, não sugeriu um percentual para a taxa. “Cobrar uma taxa é o mínimo. A empresa tem um lucro líquido em 2015 que equivale ao orçamento de Porto Alegre para o ano, ou seja, R$ 6 bilhões.” Na sequência das conversações entre os dois lados, ficou acertado que a Uber irá

Prefeito Fortunati (à esq.) e representantes da Uber se reuniram na tarde de ontem no Paço Municipal | ANDRÉ MAGS/METRO

repassar informações e dados sobre regulamentações do serviço ao redor do mundo. A companhia opera em mais de 320 cidades.

Defensoria questionada Fortunati garantiu que, no momento, a posição da prefeitura sobre a Uber permanece a mesma. Os veículos con-

tinuarão sendo apreendidos, sujeitando os motoristas a multas superiores a R$ 6 mil. A Defensoria Pública do Estado entrou com ação na

sexta-feira para garantir o trabalho dos motoristas da Uber por entender que, ao serem considerados clandestinos, ficam expostos à violência. Fortunati questionou a postura da defensora pública Patrícia Kettermann: “Ela precisa ler a lei integralmente”. Patrícia respondeu: “Não só li a lei como me baseei na entendimento da ministra do STJ Nancy Andrighi, do constitucionalista José Canotilho e decisões dos TJs de São Paulo e Rio de Janeiro. A medida busca a pacificação social”. ANDRÉ MAGS METRO PORTO ALEGRE

Pesquisa mostra apoio à Uber Em meio à polêmica, a chegada da Uber é bem-vinda para os ouvintes que acompanham as rádios do Grupo Bandeirantes. É o que aponta um levantamento realizado em parceria com o Instituto Methodus. Mais de 94% dos entrevistados afirmam ser a favor do serviço. Em sua maioria, os participantes da pesquisa ainda não utilizaram o serviço, 84%. A grande preocupação para a população em relação à Uber é Confusão

a reação dos taxistas: 81% afirmaram ser esse o maior obstáculo para a utilização do serviço. No entanto, 75% acreditam que a Uber é um serviço seguro. O diretor do Instituto Methodus, Jefferson Jaques, acredita que o resultado encontrado merece ser considerado pelo órgãos municipais. “A população está dando um recado muito claro de que é um serviço com melhor qualidade (do que o táxi).” O levantamento aponRegião central

ta ainda que, entre os participantes que já utilizaram o aplicativo, 95% consideraram a experiência ótima. Outros 77% afirmaram que pretendem utilizar o serviço e apenas 14% disseram fazer o mesmo somente quando o serviço for regularizado. No total, 256 pessoas responderam ao levantamento. Para hoje está marcado, via Facebook, um boicote aos táxis, em resposta à agressão a um motorista da Uber por taxistas, na semana passada. BANDNEWS Freeway

Senegalês é atacado na capital

Piloto morre em acidente de avião

Viaduto será liberado hoje

A Polícia Civil investiga a denúncia de um senegalês que foi agredido em Porto Alegre. Abubakar Yahsser foi demitido da empresa onde trabalhava e se dirigia ao Sine para conseguir o seguro-desemprego. Abubakar não fala bem o português e teria pedido informações para uma mulher na rua na sexta-feira. Ela não entendeu o que ele falou e pessoas no entorno acreditaram que o senegalês era um usuário de drogas. Ele teve alta no domingo. BANDNEWS

A queda de um avião agrícola deixou uma pessoa morta em São Vicente do Sul, na região central. O acidente aconteceu domingo à noite em uma propriedade rural. O piloto, Alexandre Felix da Silva, 31 anos, estava sozinho no aeromotor. Ele era do Mato Grosso do Sul. As causas da queda são desconhecidas. O 5o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos de Canoas investiga o caso. BANDNEWS

A Concepa libera hoje o tráfego em uma das obras complementares da quarta faixa da freeway. O trânsito no viaduto na chegada a Porto Alegre, no km 96, que liga a rodovia à rua João Moreira Maciel (antes da Ponte do Guaíba), será liberado às 18h. O viaduto ajudará a desafogar o fluxo na chegada à capital, transformando a rua João Moreira Maciel em um corredor alternativo para acessar a avenida Voluntários da Pátria. METRO POA


08|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

2016 terá volta da votação em papel, ameaça cúpula da Justiça

O Ministério da Saúde divulgou ontem novo boletim epidemiológico informando 1.248 casos suspeitos de microcefalia, um aumento de 68,8% em relação ao último número informado, de 739. Os levantamentos têm uma semana de diferença: foram finalizados em 21 e 28 de novembro. As ocorrências foram registradas em 13 estados e no DF. O governo confirmou, no último sábado, que há relação entre a malformação, que pode afetar o desenvolvimento motor das crianças, e o vírus zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue. Mais pesquisa O monitoramento dos casos de microcefalia se tornou prioridade para o governo, o que explica, em parte, o salto na contagem. As pesquisas continuam, para identificar a atuação do vírus e o período de maior vulnerabilidade para a gestante -- em princípio, acredita-se que sejam os três primeiros meses de gravidez. Entenda Por ter sintomas bem mais brandos do que a dengue ou a chikungunya, outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, o zika não ganhou muita atenção das autoridades de saúde até a confirmação de sua relação com o aumento de casos de microcefalia. Estudos nos tecidos e no sangue de um bebê nascido com microcefalia que morreu no Ceará, feitos pelo Instituto Evandro Chagas, encontraram traços do vírus zika. FABIANE GUIMARÃES RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

No que depender da Justiça, a crise financeira enfrentada pelo governo federal vai levar o Brasil de volta ao passado nas eleições municipais do ano que vem, quando mais de 140 milhões de brasileiros devem votar para prefeito e vereador. Atingido por um corte de R$ 1,74 bilhão pelo contingenciamento de gastos da União -- provocado pela demora na votação da revisão da meta fiscal pelo Congresso (leia mais na página 7) --, o Poder Judiciário avisou que não será possível fazer a votação em urnas eletrônicas. Elas começaram a ser introduzidas nas eleições

de 1996 e o sistema foi universalizado em 2000. Cédulas de papel só eram utilizadas quando a urna eletrônica quebrava e não havia outra para substituir. A decisão, encarada no governo como uma forma de pressão contra o contingenciamento, foi comunicada em uma portaria publicada ontem no Diário Oficial da União, com as assinaturas dos presidentes de todos os tribunais superiores do país. No texto, o motivo é explicado secamente: “O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”.

O dinheiro não dá Por nota, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que o corte de R$ 428 milhões em seus recursos “prejudicará a aquisição e manutenção de equipamentos necessários para a execução do pleito do próximo ano”. Segundo a Corte, já está em andamento uma licitação de R$ 200 milhões para a compra de urnas. O governo federal não se manifestou oficialmente sobre a ameaça de eleições com cédulas de papel. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

investigados, o MPF pede o pagamento de, no mínimo, R$ 879,5 milhões como reparação aos cofres públicos. A ação é resultado de uma investigação paralela da Operação Zelotes, da Polícia Federal, que apura fraudes bilionárias no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). A compra de medidas provisórias, segundo os procuradores, era outra frente de atuação do grupo criminoso que teria corrompido conselheiros e servidores do Carf para sumir com dívidas tributárias. METRO BRASÍLIA

Votação. Conselho decide hoje se processa Cunha Sob a pressão de novas notícias negativas envolvendo o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Conselho de Ética da Casa vota hoje, a partir das 14h30, o parecer elaborado pelo deputado Fausto Pinato (PRB-SP), sugerindo que o colegiado dê prosseguimento ao processo que pode resultar na cassação do mandato do peemedebista. Cunha se defendeu ontem

da denúncia de que teria recebido R$ 45 milhões em propina do BTG Pactual, do baqueiro André Esteves, preso desde a semana passada, para beneficiar a instituição com uma emenda à Medida Provisória 608, que tratava de regras fiscais para bancos. “A emenda que eu fiz prejudicou o interesse que estão colocando”, disse Cunha a jornalistas, em Brasília. METRO BRASÍLIA

Casamento gay cresce 31% no país Depois da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2013, o número de uniões desse tipo cresceu 31% no ano passado. Foram 4.854 registros no país e tanto homens quanto mulheres oficializaram a união com seus parceiros com 34 anos, em média. Os dados são do levantamento Registro Civil 2014, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As uniões homoafetivas, como são chamadas pelo insituto, representaram 0,4% dos mais de 1,1 milhão de casamentos no país no ano passado –alta de 5,1% sobre 2013. Se a região Sudeste é a que concentra a maior parte de casamentos entre homossexuais, São Paulo, Estado mais populoso, é o que registra a maior parte de uniões do tipo (veja quadro). Nos casamentos entre

homem e mulher, o IBGE detectou aumento da taxa de nupcialidade entre 2013 e 2014, de 6,9 para 7,1 registros por mil habitantres com mais de 15 anos. Outra constatação foi que aumentou a proporção de casamentos em que ao menos um dos dois já era separado: de 13,7% em 2004 para 23,6% em 2014. Divórcio Se os casamentos aumentaram, os divórcios subiram também em 2014: 161% em dez anos e 5% sobre 2013. Para a advogada Priscila Fonseca, especialista em direito de família, a facilidade em conseguir o divórcio é uma das explicações para o fenômeno. “Crise financeira é o segundo maior motivo de separações. Como estamos passando por uma crise financeira grave, ela acaba

CASAMENTOS E DIVÓRCIOS NO BRASIL UNIÕES HOMOAFETIVAS

CASAMENTOS

49,7%

50,3%

entre homens

IDADE MÉDIA AO CASAR

1.106.440

Aumentam 68,8% casos suspeitos

1.052.447

Microcefalia.

‘Não há dinheiro’. Inconformados com contingenciamento de verbas feito pelo governo federal, presidentes de tribunais superiores afirmam que eleições municipais não terão urnas eletrônicas

4.854

| GABRIEL JABUR/AGÊNCIA BRASÍLIA

O Ministério Público Federal denunciou ontem, à Justiça, 16 pessoas, entre servidores públicos e executivos de empresas, por um esquema de pagamento de propina para beneficiar alguns setores em medidas provisórias que tramitaram no Congresso. De acordo com os procuradores da República, montadoras de veículos pagaram intermediários para ver aprovados textos que aumentaram seus lucros ou evitaram um endurecimento de regras. Além da condenação dos

3.701

Combate foi intensificado no DF

Operação Zelotes. MPF denuncia 16 por compra de medidas provisórias

27

30

ANOS

ANOS TOTAL DE DIVÓRCIOS

entre mulheres

341.181

POR REGIÃO

NORDESTE

6,9%

NORDESTE

13,6% 130.527 CENTROOESTE

94.126 SUDESTE

3,4%

60,7%

30.847

SUL

2013

2014

15,4%

afetando os casamentos”, afirma ela, que tem mais de 40 anos de experiência na área.

FONTE: IBGE

2013

2014

Uma terceira hipótese, diz Priscila, é que as pessoas estão mais intolerantes umas com as outras –e

1984

1994

2004

2014

isso acaba se refletindo no relacionamento dos casais. “Eles têm menos tolerância no dia a dia.” METRO


10|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Ainda sem nova meta fiscal, União corta mais R$ 11 bilhões Contas no vermelho. Cidades e Transportes são as pastas mais atingidas por novo bloqueio. Contingenciamento total pode chegar a R$ 89,6 bilhões neste ano, afirma Ministério do Planejamento. Votação da nova meta no Congresso, adiada, está marcada novamente para hoje O governo federal bloqueou R$ 11,2 bilhões de despesas discricionárias do Orçamento da União. Desse valor, R$ 500 milhões são de emendas impositivas e R$ 10,7 bilhões das demais programações. O Ministério das Cidades teve o maior corte, com R$ 1,651 bilhão, seguido do dos Transportes, com R$ 1,446 bilhão, e do da Integração Nacional, com R$ 1,099 bilhão. Foram preservadas todas as despesas obrigatórias, como o salário dos servidores e Bolsa Família. O governo tinha até ontem para publicar o decreto, já que o Congresso ainda não votou a alteração da meta de fiscal para este ano. A mudança

reduz o superavit primário de R$ 66,3 bilhões para um deficit que pode chegar a R$ 119,9 bilhões, caso haja o pagamento das chamadas pedaladas fiscais. Com isso, o Executivo se viu obrigado a indicar cortes para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. A votação estava prevista para quarta-feira passada, mas foi afetada pela prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS). A sessão acabou sendo adiada para hoje. Diante do impacto do contingenciamento, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, realizou ontem reunião com os secretários-executivos de todos os ministérios, com o objetivo de orientar sobre

MAIORES CORTES Em R$ milhões CIDADES

1.651,3 1.446,5

TRANSPORTES INTEGRAÇÃO NACIONAL DESENV. SOCIAL E COMBATE À FOME DEFESA JUSTIÇA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO ESPORTES SECRETARIA DA AVIAÇÃO CIVIL FAZENDA OUTROS FONTE: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

1.099,6 885,5 696,7 591,8 481

TOTAL

10.652,2

448,4 448 327,7 2.575,7

medidas operacionais. Com o novo corte, o contingenciamento total, em 2015, poderá atingir R$ 89,6 bilhões, segundo o Ministério do Planejamento. Em maio, foi anunciado corte de R$ 69,9 bilhões, mais R$ 8,6 bi em julho. O valor de R$ 10,7 bilhões, segundo o ministério, corresponde ao total ainda disponível no Orçamento de 2015 para despesas discricionárias que podem ser contingenciadas. Essas despesas incluem, entre outros, gastos destinados ao investimento, à manutenção do funcionamento dos órgãos federais, pagamento de aluguel, água e luz. A presidente Dilma cancelou as viagens que faria nes-

ta semana ao Japão e ao Vietnã. “O governo não pode mais empenhar novas despesas discricionárias, exceto aquelas essenciais ao funcionamento do Estado e do interesse público”, informou, em nota. Rombo inédito Diante da queda nas receitas e gastos maiores na Previdência, o setor público registrou pela primeira vez deficit primário para outubro, de R$ 11,530 bilhões – o pior patamar da série histórica do Banco Central, iniciada em dezembro de 2001. No ano, o resultado saiu de um deficit de R$ 8,4 bilhões até setembro para um rombo de R$ 19,9 bilhões até outubro. METRO


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Brasil vai punir, diz Dilma COP21. Presidente condenou ‘ação irresponsável de algumas empresas’ que provocou a ‘maior tragédia ambiental da história do país’, referindo-se ao rompimento de barragem em MG A presidente Dilma Rousseff disse ontem, em Paris, que uma ação irresponsável causou o rompimento de barragens na bacia hidrográfica do Rio Doce e que empresas serão duramente punidas por isso. “A ação irresponsável de umas empresas provocou o maior desastre ambiental na história do Brasil, na grande bacia hidrográfica do rio Doce”, afirmou. “Estamos reagindo pesado, com medidas de punição, apoio às populações atingidas, prevenção de novas ocorrências e punindo severamente os responsáveis por essa tragédia.” O rompimento da barragem de Fundão, da empresa de mineração Samarco, liberou mais de 30 milhões de m³ de rejeitos no último dia 5 de novembro, destruindo o distrito

43% é a redução de emissões de gases de efeito estufa pretendida pelo Brasil até 2030, tendo 2005 como ano-base de Bento Rodrigues (MG) e contaminando o rio Doce. Dilma e outros cerca de 180 chefes de governo e de Estado estavam em Paris ontem para a abertura da 21ª Conferência do Clima (COP21), que vai até o próximo dia 11 de dezembro. Os países estão sendo desafiados a apresentar propostas para evitar o aquecimento global acima de 2ºC até 2100. O Brasil apresentou a meta de diminuir as emissões de gases de efeito estufa em 37% até 2025 e em 43% até 2030, tendo 2005 como ano-base.

Para isso, o país propõe acabar com o desmatamento ilegal da Amazônia, restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas, recuperar 15 milhões de hectares de pastagens degradadas, integrar 5 milhões de hectares de lavoura, pastagem e pecuária, alcançar 45% de energias renováveis na composição da matriz energética e aumentar 10% sua eficiência energética. Para o secretário-executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl, porém, o país tem capacidade para fazer muito mais. “O nível de redução de emissão é insuficiente”, disse, contando que hoje o Brasil emite em torno de 1,5 bilhão de toneladas de gases. METRO Leia mais no metrojornal.com.br

Ségolène Royal, ministra da França, e Dilma | CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS

11|

Hollande relaciona luta pelo clima com terrorismo As lutas contra o terrorismo e o aquecimento global têm uma ligação forte, disse ontem o presidente da França, François Hollande, duas semanas após ataques de militantes islâmicos na capital francesa. Hollande também reiterou que qualquer acordo para tentar manter o aumento das temperaturas globais abaixo de 2ºC precisaria ser “universal, diferenciado e obrigatório”, com países ricos contribuindo mais do que os pobres. “Não posso separar a luta contra o terrorismo da luta contra o aquecimento global”, disse Hollande, durante a abertura. “Esses são dois grandes desafios globais que temos que enfrentar, porque temos que deixar para nossas crianças mais do que um mundo livre do terror, também devemos a elas um planeta protegido de catástrofes. A paz mundial está no centro das conversas”, disse. METRO


12|

2 CULTURA

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Os melhores da música Destaques. Cerimônia do Prêmio Açorianos de Música será hoje à noite, no auditório Araújo Vianna. Artistas de todos os estilos vão passar pelo palco, em espetáculo que também vai lembrar o centenário de Túlio Piva Hoje é dia de conhecer os melhores da música feita em Porto Alegre na última temporada. Boa parte dos artistas indicados ao Prêmio Açorianos confirmou presença no auditório Araújo Vianna, onde a festa de premiação será realizadas a partir das 20h30. A noite promete bons shows, boas histórias e muita tietagem. A entrada é franca. Esta edição – a de número 24 do Prêmio Açorianos – vai repassar a produção desde meados de 2014. Foram duas centenas de trabalhos inscritos, divididos em cinco gêneros musicais: pop, MPB, regional, instrumental e erudito. Entre os concorrente estão Luiz Carlos Borges, Humberto Gessinger, Papas da Língua, Antonio Villeroy, Kleiton & Kledir, Esteban, Ian Ramil, as banda Dingo Bells e Rock de Galpão, Pedro Ortaça, Mauro Moraes,

Bebeto Alves e Luciano Maia (a lista completa dos indicados está no site www.porto alegre.rs.gov.br/smc) Além dos músicos que sobem ao palco para receber os prêmios, a noite se completa com as várias homenagens – e que também pautam os shows da cerimônia. O destaque será a comemoração do centenário do sambista Túlio Piva (1915-1993), que vai reunir músicos como Hique Gomez, Antonio Villeroy, Fernando Noronha, Bibiana Petek, Rodrigo e Rogério Piva para rever um repertório de clássicos como “Gente da Noite” e “Pandeiro de Prata. Outro momento de homenagens será pelos 30 anos da morte de Teixeirinha, lembrado com uma performance de Giuliano Teixeira, um dos netos do compositor. METRO POA

Destaques Cada categoria da premiação (pop, MPB, regional, instrumental e erudito) destaca quatro vencedores: - melhor disco - melhor compositor - melhor intérprete - melhor instrumentista A cada ano, o Prêmio Açorianos faz homenagens especiais. Neste ano, são as seguintes: - Túlio Piva, pelo centenário de seu nascimento; - Norberto Baldauf, pelas sete décadas de trajetória; - Renato Borghetti, que faz 30 anos de carreira. ; - Teixeirinha, lembrado pelos 30 anos da sua morte - os dez anos do projeto Ecarta Musical - os dez anos da Oficina de Choro, do Santander

Túlio Piva será homenageado | PMPA/DIVULGAÇÃO

Ospa Jovem faz concerto na UFRGS Aniversário

Woody Allen chega aos 80 O mundo do cinema festeja hoje os 80 anos do diretor Woody Allen – e de uma trajetória marcada por muitos grandes filmes, um humor neurótico, personagens inesquecíveis, 23 indicações ao Oscar, 4 estatuetas conquistadas e boas doses de polêmica na vida pessoal. Os fãs torcem para que Allen tenha a mesma vida longeva do seu pai, que morreu com 100 anos. Enquanto isso, o diretor do recente “Homem Irracional” já prepara seu novo longa, que terá no elenco Bruce Willis, Kristen Stewart e Jesse Eisenberg e deve estrear em 2016.

Jovens músicos mostram repertório profissional | ANA EIDAM/DIVULGAÇÃO

O concerto da Ospa das terça-feiras não será tão tradicional assim, hoje. No lugar dos músicos veteranos, quem se apresenta são os jovens estudantes da escola de música da instituição. O grupo, batizado de Ospa Jovem, vai tocar no Salão de Atos da UFRGS (av. Paulo Gama, 110), um dos principais palcos da “orquestra oficial”. A apresentação começa às 20h30 e tem entrada franca, conforme a ordem de chegada.

O repertório do concerto terá obras com arranjos especiais para este tipo de formação e também peça originais. É o caso do “Concerto para 2 oboés”, de Antonio Vivaldi, que terá como solistas o estudante João Pedro Carada e a oboísta da Ospa Viktoria Tatour. O programa ainda terá composições de Georges Bizet, Camargo Guarnieri, Lorenzo Fernandez e Franz Schubert. “O esforço para montar o prograIngressos

A arte de praticar skateboard no deserto O fotógrafo Diego Sarmento assina a exposição “Desert Skate Rock”, com fotos realizadas no Deserto de Paracas, no Peru. A coleção de imagens traz uma visão bem minimalista do skateboard, evidenciando sua relação com a arte. No Studio Q (Rua Dr. Timóteo, 395) | REPRODUÇÃO

ma dessa forma aproxima os alunos do repertório profissional”, explica o diretor da Escola, Diego Grendene de Souza. A condução da Orquestra Jovem é de Arthur Barbosa. A Escola de Música da Ospa existe desde os anos 1970 e é considerada uma formadora de novos músicos para a orquestra. Para os próximos anos, a proposta é que o grupo tenha uma agenda de apresentações a cada trimestre. METRO POA Autógrafos

Nova lei para a meia-entrada

Lembranças da Toscana

A Lei Federal da Meia-Entrada para eventos artísticos, culturais e esportivos passa a valer a partir de hoje em todo território nacional. A proposta, que substitui a lei estadual, determina que 40% dos ingressos sejam destinados a jovens de baixa renda, pessoas com deficiência e estudantes. No caso do idoso, prevalece o estatuto, que determina 50% de desconto.

Evelyn Cademartori autografa hoje o “O Azul Mediterrâneo” (ed. Buqui, R$ 38), que reúne suas memórias de uma temporada na região italiana da Toscana. O encontro com a autora será a partir das 19h, na Livraria Cultura do Shopping Bourbon Country. A renda da noite de autógrafos será revertida para a Liga Feminina de Combate ao Câncer do RS. METRO POA

METRO POA


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

13|

Te cuida, padre Marcelo! Lançamento. Papa Francisco coloca nas lojas seu primeiro disco, com mensagens cristãs misturadas a elementos do rock progressivo Esse senhor de 78 anos não para de surpreender o mundo. Carismático, pop, com boas intenções de abertura da Igreja Católica, argentino e agora rockeiro. É isso aí. O papa Francisco acaba de lançar um disco que o rock é referência, “Wake Up!”. Na verdade está mais para rock progressivo, com sons contemplativos e passagens instrumentais que lembram o gênero. A abertura, “Annuntio Vobis Gadium Mangum” utiliza um trecho de um discurso de Francisco em italiano, enquanto algumas das partes musicais poderiam muito bem estar de pano de fundo de cenas da “Game of Thrones”.

Curioso também como os arranjos de cada música se aproximam com diferentes estilos musicais do mundo. “Salve Regina” tem um estilo de música árabe, enquanto “Laudato Sie…” passa por uma cumbia bem pop, dançante, cantada em espanhol. É preciso deixar uma coisa bem clara: o papa Francisco não foi a estúdio e começou a cantar. Sua voz aparece nas faixas através de discursos pelo mundo, em diferentes línguas. A partir disso, letras cheias de mensagens da Igreja Católica são cantadas por outras vozes. O primeiro single, “Wake Up! Go! Go! Forward!,

essa sim um rock progressivo, com solos de guitarras, sopros e cordas, produzida a partir de um sermão em inglês que o papa deu na Coreia do Sul. A referência ao estilo não é à toa, já que Tony Pagliuca, fundador da banda progressiva Le Orme nos anos 1970, compôs a maioria das músicas do disco. Para fechar, uma mensagem/canção em português, “Fazei o que Ele Vos Disser”. Não, não espere um samba ou bossa nova. A canção está muito mais para uma versão católica de Enya. METRO Ouça “Wake Up! Go! Go! Forward!” no metrojornal.com.br

“WAKE UP!” PAPA FRANCISCO SAN PAOLO R$ 30

Pop é pouco para o papa Francisco | ALEX WONG/GETTY IMAGES

Os direitos humanos na tela do cinema

‘Encantados’ abre hoje a Mostra de Cinema e Direitos Humanos | DIVULGAÇÀO

A Sala Redenção (Campus Central da UFRGS) recebe, a partir de hoje, a Mostra de Cinema e Direitos Humanos, que vai exibir 40 títulos num programa gratuito que vai até o dia 11 de dezembro. Criada para difundir e refletir sobre temáticas sociais, a mostra chega à sua 10a edição com algumas novidades. Uma delas é uma retrospectiva das edições anteriores, com filmes que se destacaram a cada ano, e também a mostra Criança e Adolescente, que reúne títulos premiados. A seleção principal, chamada de mostra Panorama, terá 24 filmes produzidos a partir de 2011 no Brasil, França, Estados Unidos

e Singapura, selecionados por meio de chamada pública. Entre os destaques está o documentário “Betinho - A Esperança Equilibrista”, que retrata o envolvimento do sociólogo Herbert de Souza com os movimentos sociais. Outro título da mostra Panorama é “Encantados”, novo filme da diretora Tizuka Yamazaki. O longa é baseado na história de Zeneida, uma jovem paraense da Ilha do Marajó com dons de pajelança e que se apaixona por um ser da natureza que só ela enxerga. A cineasta estará presente hoje, às 19h, na sessão de abertura, e conversa com o público após o filme. METRO POA

Destaques do programa Confira a programação completa e horários no site www.ufrgs.br/difusaocultural * “Betinho – A Esperança Equilibrista”, de Victor Lopes * “500 - Os Bebês Roubados pela Ditadura Argentina”, de Alexandre Valenti * “Alma da Gente”, de Helena Solbertg e David Meyer * “Numa Escola de Havana”, de Ernesto Daranas * “À Queima Roupa”, de Theresa Jessouroun * “Encantados”, de Tizuka Yamasaki * “Colegas”, de Marcelo Galvão * “Branco Sai – Preto Fica”, de Adirley Queirós * “O Contador de Histórias”, de Luiz Villaça


14|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Crônicas de botequim

Eleições no Brasil O leitor Waldomiro Oliveira, de Curitiba (PR), em carta publicada no Metro Jornal de ontem, incita que as eleições do Brasil, realizadas por urnas eletrônicas desde o ano de 1996 são alvo de fraude. Pois bem, estamos utilizando este sistema de votação por 19 anos já. Neste período de tempo, tivemos alternância de poder de partidos e grupos políticos das mais diversas, tanto na esfera federal quanto nas eleições estaduais e municipais. Se o sistema fosse alvo de fraude, teríamos um grupo político governando a grande maioria das unidades da federação. Algo que não ocorre. Vejamos um exemplo básico: São Paulo, o Estado mais rico do país, não é governado pelo mesmo grupo político que está no governo da União desde 2002. Se um ou outro grupo estivesse controlando as urnas durante as votações, certamente já teriam “dado um jeito” de colocar seus pares no poder, seja no governo federal, seja no governo paulista. Embora exista espaço para incrementar os requisitos de segurança da urna eletrônica, contestar sua eficácia no Brasil depois de 19 anos de uso (e de diversas eleições “bem aceitas”) é no mínimo uma ingenuidade.

RUBEM PENZ RUBEM.PENZ@METROJORNAL.COM.BR

O QUE ESPERAR PARA 2016?

Cruzadas

Primeiro de dezembro é dia de balanço: os racionais, sensatos e lúcidos não esperam reverter nenhuma estatística, mudar o cenário, salvar o ano justamente no mês em que, sabidamente, raras decisões são tomadas. E querem projetar o período vindouro com embasamento, informações, certezas. Logo, é preciso tabular os dados para, em 1º de janeiro, encarar o Ano-Novo sem ilusões. Esperança não enche barriga. Silvana, uma mulher bonita, inteligente e segura que, apesar de ser ficção, é bem parecida com muitas de verdade, tem uma planilha especial para isso. Em todos os últimos sete anos (a primeira vez foi em seus 28) acomoda as dez promessas de final de ano em três colunas com os seguintes nomes: plenamente alcançada, parcialmente alcançada, olimpicamente inalcançada. Ao criar o método definiu que, no caso de uma determinada promessa figurar por três anos seguidos na terceira coluna, deverá ser automaticamente excluída. E, veja só, “casar com José Maria” caiu ali pela terceira vez. Por isso, agora mesmo, enquanto você está lendo essa crônica, Silvana decidiu romper laços com Zé Maria. José Maria, um homem bem-apessoado, inteligente e seguro que, apesar de eu estar criando agora, é figurinha fácil na vida real, faz diferente: esquece seus bons propósitos mais ou menos quando rasga o pacotinho de sal se frutas em 1º de janeiro. De estilo laissez faire e natureza idealista, nem por isso é um malsucedido. Ao contrário, vem galgando promoções, concluindo pós-graduações e saldando prestações de modo diligente. Deseja casar com Silvana e tem deixado o afã muito claro a cada brinde de Réveillon há, imagina, uns dois anos, no máximo. Por isso, agora mesmo, enquanto você está lendo essa crônica, Zé Maria faz novo carnê para comprar um par de alianças. Feliz, de dentro da joalheria, José Maria manda um WhatsApp para Silvana perguntando: “Nos vemos hoje à noite? Tenho novidades”. Ela responde, evasiva: “Também tenho umas coisas a tratar contigo”. Como escrevi, em 1º de dezembro os racionais, sensatos e lúcidos não esperam reverter nenhuma estatística, mudar o cenário, salvar o ano justamente no mês em que, sabidamente, raras decisões são tomadas. Os emotivos e sonhadores talvez pensem diferente. Quanto a mim, fico apenas aqui imaginando o que o destino reserva para Silvana e Zé Maria... Se você estiver num restaurante logo mais, e se testemunhar essa conversa, por favor, escreva para o jornal e me conte. Essa e tantas curiosidades sobre 2016 já me doem.

JOSÉ SILVA SANTOS - PORTO ALEGRE, RS

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Rubem Penz é escritor, músico, publicitário, baterista e compositor. Autor de “Enquanto Tempo” e coordenador da oficina literária Santa Sede crônicas de botequim. Seu site é rubempenz.net

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Tanto no trabalho quanto nos negócios, ideias criativas irão contribuir para a superação de desafios.

Cuide para que assuntos que despertem sua vaidade ou mesmo caprichos não afastem de pessoas especiais.

Bom momento para incrementar a sua rotina estudos, interesses religiosos e o exercício de sua fé.

Uma dedicação extra a assuntos do lar tomará sua atenção com mais ênfase. Boa hora para conversas com familiares.

Bom momento para exercitar crenças e identificar um pouco mais as coisas que realmente valoriza espiritualmente.

Examinar detalhes será de grande auxílio para evitar contratempos relacionados a negociações e assuntos profissionais.

Mercúrio – que rege seu signo – faz bom aspecto com Urano, influência especial para se adaptar a inovações e se desprender de padrões.

O espírito de grupo e a troca de informações serão essenciais para concluir assuntos importantes no seu dia.

O bom aspecto de Mercúrio com Urano – regente de seu signo – é positivo para estudos e atividades culturais em boas companhias.

Momento para perceber com mais nitidez alguns valores importantes para as pessoas com que mais se relaciona.

O trabalho traz tendências para priorizar novas ideias, trocar informações e agir com mais interação diante de novos interesses.

Valorizar sua autenticidade é essencial para se sentir mais feliz, tanto nos objetivos como em suas relações.

Soluções


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

Opinião

HELIO CASTRONEVES HELIO.CASTRONEVES @METROJORNAL.COM.BR

DE VOLTA AO KART NA COLÔMBIA É não é que o Natal já está aí? Impressionante como o ano passou rápido, não é? Não sei se com vocês é igual, mas sempre fico com a impressão de que os dias estão mais curtos, que o tempo passa em alta velocidade e, quanto menos a gente espera, já está falando novamente em Natal e Ano-Novo. Mas hoje eu vou falar de uma festa de performance e solidariedade. Depois de amanhã vou para Colômbia, onde participarei novamente da competição de kart promovida pelo meu teammate Juan Pablo Montoya. A Carrera de Estrellas é um evento muito legal promovido anualmente pela Fundación Fórmula Sonrisas, que é uma organização sem fins lucrativos criada em 2003 pelo Juan e sua esposa Connie. O trabalho da fundação dura o ano todo. Sempre por meio do esporte, o objetivo é melhorar a qualidade de vida das crianças colombianas que vivem em áreas carentes. As corridas de kart acontecerão no sábado, 5, no Autódromo de Tocancipá, que fica distante cerca de 40 km do centro de Bogotá, a capital da Colômbia. Como o nome já diz, é um autódromo, mas as competições de kart acontecem num circuito alternativo de pouco mais de 1.500 metros, o que dá quase a metade do traçado principal. O Juan Pablo e a Connie convidam pilotos de diversas categorias para participar. O grupo mais numeroso vem da IndyCar, num quarteto que será completado pelos colombianos Sebastian Saavedra e Carlos Munhoz. Das categorias de base vão o Julian Leal, que corre GP2, e a Tatiana Calderón, da Fórmula 3 europeia. Ambos são da Colômbia. Para completar a galera colombiana participará o Gustavo Yacaman, que corre no mundial de endurance da FIA. Competirão também o sueco Mattias Ekstrom, da DTM; o norte-americano Travis Pastrana, do Global RallyCroos, onde também corre o Nelsinho Piquet, e o inglês Jordan Lennox-Lamb, que é um fera do kartismo mundial. Todos nós vamos usar o kart com marchas Birel DD2 e motor Rotax 125. A Adriana, minha mulher, é colombiana de Pereira e vamos esticar nossa estada no país para ações assistenciais. Vamos que vamos, galera! Helio Castroneves, 40, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 29 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputou em 2015 sua 17ª temporada na categoria e a15ª pelo Team Penske.

{ESPORTE}

15|

Do campo para

a quadra Metodologia. Andreu Plaza, técnico das categorias de base do futsal do Barcelona afirma que brasileiros se destacam pelo talento O estilo de jogo implementado pelo Barcelona e sua metodologia de trabalho viraram referência no futebol mundial. Também tradicional, o time de futsal do Barça tenta trazer esses conceitos para a quadra. Nos últimos anos, alguns aspectos adotados na formação de jogadores da equipe de campo são utilizados na base do futsal. A transferência de aprendizagem também é aplicada trazendo elementos de outras modalidades. A explicação é dada por Andreu Plaza, treinador e coordenador técnico do time de base do clube espanhol. “Os métodos são parecidos. Há quatro ou cinco anos trabalhamos com a metodologia do futebol. Também trabalhamos com metodologias de outros esportes. Trabalhamos alguns pontos táticos do futebol, como os jogos de posição, utilizado para posicionar os jogadores. Temos tido bons resultados”, avalia. Plaza está em porto Alegre ministrando o 2º Encontro Internacional de Futsal, realizado entre ontem e hoje no Teresópolis Tênis Clube, na zona sul. A imagem do futebol brasileiro, multicampeão no campo e na quadra, é a mesma nos dois esportes. O talento brasileiro é insuperável, mas o lado tático deficiente. Para combater a

3 ESPORTE

“Os brasileiros são os melhores individualmente. Na Europa, as seleções trabalham muito taticamente e compensam a superioridade técnica dos brasileiros.” ANDREU BAZA, TÉCNICO DA BASE DO FUTSAL DO BARCELONA

Plaza destacou a qualidade tática europeia | DIVULGAÇÃO

superioridade, os europeus apostam na estratégia. “Os jogadores brasileiros são os melhores individualmente. Evidentemente, é um esporte muito praticado, o que torna o Brasil uma potência. Atualmente, na Europa as seleções trabalham muito bem taticamente e compensam a superioridade técnica dos brasileiros”, opina. O treinador acredita que o futsal espanhol tem crescido muito nos últimos anos devido ao trabalho dos treinadores, em sua maioria com formação acadêmica. Entre os destaques da

atualidade, o espanhol elogia o português, Ricardinho e o brasileiro Falcão. Seu entusiasmo também aparece ao falar sobre o pivô Pito, da ACBF, autor de um golaço de bicicleta na final da Liga Futsal, no domingo. “Parece um grande jogador. Atua num nível muito alto”, destaca. Como mostra Plaza, as semelhanças no Brasil e no Barcelona, quando assunto tratado é futebol e futsal, são grandes. VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

Perto do fim

Kobe Bryant O astro do Los Angeles Lakers anunciou que encerrará a carreira ao final da temporada 2015-2016 da NBA. “Esta temporada é tudo o que tenho para dar. Estou pronto para deixar o basquete”, afirmou o jogador de 37 anos, cinco vezes campeão da NBA e terceiro maior cestinha da história da liga americana.


16|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

ALBERT GEA/REUTERS

GLEB GARANICH/REUTERS

CRISTIANO RONALDO

Ele se acha, mas os números dão suporte

Ninguém duvida da capacidade e da qualidade de Lionel Messi. Se na Seleção Argentina, pela qual levou o vice-campeonato na Copa de 2014, ele é o centro das atenções, no Barcelona ele já não tem o mesmo protagonismo de antes. Além dele, Neymar e Luis Suárez são os responsáveis por infernizar a zaga dos rivais. Nem por isso o camisa 10 deixou de fazer os seus golzinhos: “só” 57 em 60 jogos, além de 23 assistências. Para ajudar, conduziu o Barça ao título da última Liga dos Campeões.

NADA

MAIS

Bola de Ouro. Pela primeira vez, Neymar é finalista do prêmio de melhor jogador do mundo. Os concorrentes? Os de sempre: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo

Grohe tem problema no pé esquerdo | LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

turno. Um persistente torcicolo também o atrapalhou. O elenco gremista se reapresenta amanhã, mas o goleiro irá ao CT hoje para iniciar o tratamento.

Caso não atue diante do Joinville, Marcelo Grohe será substituído por Bruno Grassi, de boa atuação na vitória sobre o Atlético-MG, no domingo. METRO POA

NEYMAR

O S/G

ETTY

IMAG

ES

É dos carecas que a Fifa gosta mais

RAM

JUSTO

Série de lesões, atrapalha temporada de Marcelo Grohe Com uma fascite plantar – uma inflamação na planta do pé esquerdo –, Marcelo Grohe é dúvida para a última rodada do Campeonato Brasileiro, no domingo. As lesões têm marcado o ano do camisa 1 do Grêmio. A mais significativa ocorreu enquanto servia a Seleção Brasileira e machucou o ombro direito, logo quando Jefferson perdia a posição de titular. Grohe era o próximo da fila, mas lesionado cedeu lugar para o colorado Alisson. Além dos problemas no pé e no ombro, Grohe sofreu uma rara lesão no músculo peitoral, o que o transformou em dúvida para o clássico Gre-Nal do primeiro

Ainda um protagonista, mas não como antes

Quando chegou ao Barcelona, em 2013, Neymar adotou o discurso de “ajudar Messi”, de quem se tornou amigo. O tempo passou e o brasileiro não apenas fez ótima parceria com o argentino como também começou a decidir jogos e distribuir habilidade, efetividade e passes para gols. Contando os jogos pelo Brasil, Neymar mandou 44 bolas para a rede nas 60 vezes em que entrou em campo, além de 13 assistências. Também fez gol na final da Liga dos Campeões, contra a Juventus. Aos 23 anos, o atacante já divide os holofotes com Messi. A Bola de Ouro está aí, quicando para Neymar, que se despediu dos penteados cheio de estilo.

DAV ID

D

esde 2007, o Brasil não tinha um jogador entre os três melhores do mundo. Este ano, a situação será diferente. Na manhã de ontem, a Fifa anunciou os três finalistas da Bola de Ouro 2015, e Neymar está entre eles. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo são os concorrentes. O vencedor será conhecido em 11 de janeiro. A expectativa era grande para saber se Neymar seria indicado, já que sua vaga era ameaçada pelo colega de Barcelona Luis Suárez. Juntos, Messi e CR7 somam sete Bolas de Ouro, quatro do argentino do Barça e três do português do Real Madrid. A última vez que um deles não levou o prêmio foi em 2007, quando Kaká foi eleito o melhor jogador do ano. Desde então, nenhum brasileiro sequer concorreu ao prêmio. Neymar é o sétimo representante do Brasil entre os finalistas. Além dos vencedores Romário (1994), Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho (2004 e 2005) e Kaká (2007), Roberto Carlos ficou na segunda colocação em 1997.

LIONEL MESSI

A vaidade de Cristiano Ronaldo divide espaço com seu talento e habilidade. Mas o português do Real Madrid também pode se exibir com números tão positivos. Nesta temporada, entre jogos pelo clube e Seleção, ele balançou as redes 55 vezes em 56 partidas. Ainda deu 17 assistências para gols. Eleito três vezes melhor jogador do mundo, o atual detentor do título chega com moral na disputa.

“Eu não jogo futebol visando prêmios individuais. Isso vem naturalmente. Mas só de ser nomeado, estando ao lado do Messi e sendo o primeiro brasileiro em sete anos, já é motivo de muita felicidade para mim”, disse Neymar em entrevista ao site da CBF.

Inter. Sem D’Alessandro, Alex vira alternativa para o time titular A partida que decidirá o 2016 do Inter não terá D’Alessandro atuando. O meia argentino recebeu o terceiro cartão amarelo diante o Fluminense, no sábado, e será desfalque contra o Cruzeiro, no domingo, jogo em que os colorados precisam vencer e torcer para que o São Paulo perca para se classificar à Libertadores. O mais cotado para substituí-lo é Alex. O experiente jogador se recupera de lesão na panturrilha direita. A expectativa é de que ele consiga se recuperar para estar em campo. Ele deve voltar aos treinos nos próximos dias. O se-

gundo da lista para substituir o argentino também se recupera de problemas físicos. Alisson Farias faz tratamento para se recuperar de uma entorse no joelho. Para atrais o seu torcedor a ir ao Beira-Rio no fim de semana, a direção colorado faz promoção de ingressos. Sócios colorados podem adquirir entradas a partir de R$ 10. O check-in está aberto no site do clube. Hoje, o zagueiro Juan será julgado por sua expulsão diante da Chapecoense. O defensor pode ficar suspenso por até três partidas. METRO POA

O brasileiro Wendell Lira concorrerá ao título de gol mais bonito do ano, em gol marcado pelo Goianésia. Atualmente no Vila Nova-GO, ele concorre com o italiano Florenzi, da Roma, e Messi, do Barcelona. METRO Vôlei

Duelo gaúcho pela Superliga O fechamento da sexta rodada da Superliga Masculina de vôlei tem duelo gaúcho. Às 20h, em Novo Hamburgo, a Voleisul/ Paquetá Esportes recebe o Lebes/Gedore/Canoas. Para os canoenses, a partida vale a oitava colocação do torneio, o que lhe garantiria um lugar nos playoffs. Com sete pontos, o Canoas tem um a menos do que o Bento Vôlei/Isabela. Vencendo o time do técnico Marcelo Fronckowiak ingressa na zona de classificação. A Voleisul está na sexta colocação, com nove pontos. No Campeonato Gaúcho, o Canoas venceu três dos quatro confrontos. METRO POA


PORTO ALEGRE - TERร‡A-FEIRA, 1ยบ DE DEZEMBRO DE 2015


20151201_br_portoalegre