Issuu on Google+

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

IT’S ONLY ROCK ’N ROLL,

MAS ELE GOSTA!

NCISCO SOLTA A FR PA PA , M U LB Á O V EM NO PROGRESSIVO PÁG. 13 O A P O P O D I A V E Z O AV

RIO DE JANEIRO Terça-feira, Terça-feira, 1º de dezembro de 2015 1º Edição nº 1.266, ano 6 Edição MÍN: 19°C MÁX: 27°C

www.metrojornal.com.br | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_RJ

Rio já tem 21 casos de bebês com microcefalia Ministério da Saúde pede calma. No país, número de casos suspeitos sobe 68,8%, um avanço de 739 para 1.248, entre 21 e 28 de novembro. No Estado, situação é grave e doença apareceu após casos de zika vírus serem detectados. Secretaria alerta que grávidas devem usar repelente PÁG. 03

JUAN MEDINA/ REUTERS/ ALBERT GEA E DAVID RAMOS/ GETTY IMAGES

TRÊS HOMENS E UM DESTINO Neymar é finalista do prêmio Bola de Ouro da Fifa pela primeira vez, ao lado de Cristiano Ronaldo e Messi PÁG. 16

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Após oito anos, um brasileiro volta a se r finalista no Bola de Ouro da Fifa. Venc edor será conhecido em 11 de janeiro de 20 16

Sem dinheiro, eleições serão manuais, diz TSE

Servidores: Estado vai Mariana: Dilma ataca pagar salário dividido ‘ação irresponsável’

Portaria de tribunais superiores afirma que, com contingenciamento de verbas, votação em 2016 voltará a ser feita em cédulas de papel PÁGS. 06 E 11

Secretaria de Fazenda culpa queda na arrecadação. Medida atinge quem ganha acima de R$ 2 mil PÁG. 05

No 1º dia da cúpula do clima COP 21, em Paris, presidente acusou empresas e falou em ‘punições severas’ PÁG. 10

Dilma falou na abertura do encontro | CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS


02|

1 FOCO

Comandante do 41 BPM é exonerado após mortes O

Covardia. Após ação desastrosa da Polícia Militar, que deixou cinco jovens mortos na noite de sábado em Costa Barros, o tenente-coronel Marcos Netto está fora do cargo. Quatro PMs estão presos. Para secretário Beltrame, caso é indefensável Com a carteira de trabalho do filho de 16 anos na mão, o soldador Jorge Roberto Lima foi ontem liberar o corpo do rapaz no Instituto Médico legal (IML). “Meu filho era casa e trabalho, trabalho e casa”, lamentou. Foi para comemorar o primeiro salário de Roberto de Souza Penha que cinco jovens entre 16 e 25 anos, amigos de infância, saíram de casa de carro, na comunidade da Lagartixa, em Costa Barros, zona norte, na noite de sábado, para um lanche. Cerca de 15 minutos depois, veio a notícia: o grupo tinha sido metralhado por quatro PMs numa rua próxima dali. Depois da repercussão do caso, o comandante do 41o BPM (Irajá), responsável pela área, foi exonerado ontem pela manhã. A Polícia Militar informou que a medida é um esforço para adequar unidades em áreas conflagradas aos padrões operacionais exigidos. Os quatro policiais envolvidos na ação estão presos

Execução

“Parece que foi execução [assassinato dos cinco jovens em Costa Barros], e isso nós não vamos tolerar. Se tiver que expulsar [os PMs envolvidos na ação], nós vamos expulsar, como já expulsamos neste ano.”

Conversa carioca

XICO VARGAS XICO.VARGAS @METROJORNAL.COM.BR

GOVERNADOR LUIZ FERNANDO PEZÃO

Cotações Dólar + 1,65% (R$ 3,887) Bovespa - 1,64% (45.120 pts) Euro + 0,34% (R$ 4,089) Selic (14,25% a.a.)

Salário mínimo (R$ 788)

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

O jornalista Xico Vargas mantém a coluna ‘Conversa Carioca’, de segunda à sexta-feira, no jornal ‘BandNews Rio 2 a edição’, além da coluna ‘Ponte Aérea’ em xicovargas.uol.com.br.

Pública do Rio, José Mariano Beltrame, classificou a ação como trágica e indefensável. “Arma você só usa quando é contra si ou terceiros. Agora, infelizmente, nós temos policiais que praticam esse tipo de barbaridade e nosso papel é colocar essas pessoas na rua. Essas pessoas já estão presas, vão responder criminalmente e administrativamente. Acredito que poderão ser excluídas da corporação”, disse.

Parentes e amigos protestaram no enterro dos cinco jovens, ontem à tarde, no cemitério de Irajá | JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

por homicídio doloso (quando há intenção de matar), e também por fraude processual, já que tentaram forjar a cena do crime. Todos os jovens – Cleiton Corrêa de Souza, de 18 anos, Wesley Castro Rodrigues, 25, Wilton Esteves Domingos Jr., 20, Carlos Eduardo da Silva de Souza, 16, além de Roberto, estudavam ou trabalhavam.

“Foi uma ação trágica e indefensável. Infelizmente, nós temos policiais que praticam esse tipo de barbaridade e nosso papel é colocar essas pessoas na rua.” JOSÉ MARIANO BELTRAME, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DO RIO

Dois já tinham passagens pela polícia, mas atualmente estavam empregados. O carro foi atingido por pelo menos 50 tiros de fuzil, disparados por

CUSTOU, MAS DESMORALIZAMOS A BLACK FRIDAY Depois de 126 anos de repetidas tentativas, desde a Proclamação da República – e tendo finalmente emplacado, como vimos na última eleição, o direito de mentir sem piscar e sem castigo diante de 200 milhões de pessoas –, o que mais deve ser feito? Precisamos ainda reduzir as luzes para exibir nossa infinita capacidade de enganar o próximo? Black? O que pode ser mais black que o anúncio no qual o comerciante exibe a fatura que pagou pelo eletrodoméstico, como prova de que 70% de desconto são, de fato, bom negócio. Guardou esse tempo todo para proteger a ganância? E agora oferece a grande contribuição brasileira em favor da retidão de princípios. É como transformamos black na nova cor da honestidade. Tudo o que não puder ser tratado à luz, pela decência, deve ser resolvido na treva, onde o país há anos – e até o momento com bons resultados – represa dinheiro público que toma do bolso da população. Inclusive os caftens do Minha Casa, Minha Vida.

FALE COM A REDAÇÃO leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O Metro jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

PMs que buscavam uma carga roubada. Os policiais disseram que reagiram a disparos feitos por criminosos. O secretário de Segurança

Alto índice de mortes O 41° BPM é conhecido pelo alto número de mortes na região. Até outubro, já foram 65 mortes provocadas por PMs da unidade. Uma média de seis por mês. Flagrantes de adolescentes Balanço do Instituto de Segurança Pública (ISP) revela que número de autuações em flagrante de jovens em crimes relacionados a drogas cresceu 300% no Estado, entre 2010 e 2014. BAND

Depois dos impostos, dos preços dos combustíveis, das contas de luz e telefone, do leite, do pão e da cesta básica, além de toda a lista que ia ficar como estava, o que podemos esperar? Que a população perceba o salário escorrer bolso abaixo, mas fique fria, porque a Black Friday vem aí? Nada, minha gente. Não existe um lugar onde só se aplique dinheiro, sem que essa aplicação, em algum momento, comece a devolver pelo menos em parte o que recebe. Nem com os recém-nascidos é assim no mundo real. Não há registro de fontes de recursos que só se movem numa direção, sem retribuição. Bolsas isso ou aquilo a longo prazo não existem sem retorno. Não há programa de inclusão social que se sustente sem retorno produtivo. Pelo menos, não à luz do dia. Ao longo dos anos (curtos anos, por sinal) perdemos a credibilidade para iniciativas no idioma pátrio. Descontos, promoções, liquidação, saldos e ofertas foram soterradas por ‘rebates’, ‘sales’ e, mais recentemente, por promoções criadas para deitar raízes de brotação anual, como as Black Friday. No mundo funciona. Entre nós, não. Falta-nos credibilidade, firmeza de propósitos e garantias de que as ofertas correspondem à realidade. É possível que um dia se chegue a essas marcas. Mas não sem um longo aprendizado. Até lá, por exemplo, todos os banqueiros e políticos com a cabeça a prêmio talvez já tenham cumprido suas penas. Só para provar que nada aqui é tratado com seriedade, a atual Black Friday vai até a próxima sexta-feira.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Filiado ao

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O Metro Rio de Janeiro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda. Tels.: 021/3552-0580 e 021/3552-0553


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

03|

{FOCO}

Estado já registra 21 bebês com microcefalia este ano Saúde. Do total, 15 ocorreram desde julho, mas, segundo o governo, em nenhum foi detectado o zika vírus. Três crianças ainda não nasceram. Subsecretário diz que situação é grave. No país, em uma semana, governo federal registrou 509 novas notificações de malformação genética A Secretaria de Estado de Saúde informou, ontem, que o Rio de Janeiro já registra 21 casos de microcefalia este ano, de janeiro até ontem, superando a média de 12,8 registrada nos últimos 10 anos – em todo o ano passado, foram apenas 10. Dos casos registrados desde janeiro, 15 ocorreram desde julho, cerca de três meses após os casos de zika vírus começarem a se espalhar pelo território fluminense. Do total de casos, três bebês ainda não nasceram. A gestação das mães está sendo acompanhada. Os outros 18 bebês já nasceram com a malformação genética. A descoberta da relação entre a doença e a transmissão do zika vírus pelo Aedes aegypti, o mesmo mosquito da dengue, colocou o governo em alerta máximo. Mas, nos casos de microcefalia descobertos este ano, a secretaria esclareceu que ainda não há relação comprovada com o zika. Desde o último dia 18, quando a notificação de gestantes com manchas vermelhas na pele se tornou obrigatório no Estado – um dos sintomas do zika vírus –, já foram notificados 75 casos de grávidas nessa situação. Até o momento, uma teve a confirmação de zika, mas ainda não há diagnóstico se o feto apresenta microcefalia. Os outros casos estão em análise e o resultado sai em até 30 dias. “Nós estamos diante de um dos grandes problemas de saúde pública das últimas décadas. Não é só o Estado do Rio de Janeiro que está preocupado. O Brasil todo está. Não há ainda literatura que explique o que está acontecendo”, disse o subsecretário de Vigilância em Saúde, Alexandre Chieppe, acrescentando que os casos de zika estão espalhados por todo o Estado. Para evitar o aumento do número de microcefalia, a secretaria anunciou uma força tarefa: 170 carros serão doados a prefeituras para ações de combate ao mosquito Aedes aegypti. As autoridades também pedem a ajuda da população no combate à doença. METRO RIO COM BAND

Casos suspeitos da doença crescem 68,8% no Brasil O Ministério da Saúde divulgou ontem novo boletim epidemiológico informando 1.248 casos suspeitos de microcefalia, um aumento de 68,8% em relação ao último número informado, de 739. Os levantamentos têm uma semana de diferença: foram finalizados em 21 e 28 de novembro. As ocorrências foram registradas em 311 cidades de 13 estados e do DF. Pernambuco segue como a unidade da federação com maior incidência (veja mais dados ao lado). O governo confirmou, no último sábado, que há relação entre a malformação, que pode afetar o desenvolvimento das crianças, e o vírus zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue.

Combate ao Aedes aegypti deve ser intensificado

| GABRIEL JABUR/AGÊNCIA BRASÍLIA

“A situação é grave. Há uma preocupação máxima no Rio até para entender melhor o funcionamento do zika vírus e para melhor informar a população.” ALEXANDRE CHIEPPE, SUBSECRETÁRIO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE DO RIO DE JANEIRO

“A prevenção para o zika vírus e para a dengue é o combate ao mosquito na sua residência, na do vizinho e também o uso de repelentes.” RODRIGO STABELI, VICE-PRESIDENTE DA FIOCRUZ

“Teremos que ter uma intensificação muito grande no combate ao mosquito e com um chamamento da sociedade. Os prefeitos devem intensificar a limpeza. Estamos em uma emergência de saúde pública.” CLÁUDIO MAIEROVITCH, DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE DOENÇAS TRANSMISSÍVEIS DO MINISTÉRIO DA SAÚDE

Mortes suspeitas Seis mortes de bebês identificados com microcefalia estão sendo investigadas pelo Ministério da Saúde. O diagnóstico dessa malformação ainda é difícil. Em princípio, considera-se que crianças não prematuras com 33 cm ou menos de circunferência no crânio têm suspeita de microcefalia. A condição em si não tem tratamento -- trata-se os possíveis problemas cognitivos e motores decorrentes da doença.

AP

MAPA DA MICROCEFALIA 79 MA

CE

12

PA

248

25 RN

PI

PB

36

646

PE

TO

12

AL SE BA

MT

59

37 GO

DF

2

1

77 TOTAL DE CASOS SUSPEITOS*

1.248

MG ES

MS

1 SP

13

RJ

PR

153 139 175 167 147

SC

2010

2011

2012

2013

2014

2015

Há casos suspeitos em 13 estados e no DF — cinco unidades da federação a mais do que na semana passada —, um aumento de 509 registros suspeitos (68,8% a mais em sete dias) FONTE: MINISTÉRIO DA SAÚDE

*ATÉ 28 DE NOVEMBRO

Mais pesquisa O monitoramento dos casos de microcefalia se tornou prioridade para o governo, o que explica, em parte, o salto na contagem. As pesquisas continuam para identificar a atuação do vírus e o período de maior vulnerabilidade para a gestante -- em princípio, acredita-se que sejam os três primeiros meses de gravidez.

Guerra ao mosquito O governo federal iniciou uma campanha de conscientização pela erradicação dos focos de Aedes aegypti e, segundo o Ministério da Saúde, haverá recursos emergenciais para o combate. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Saiba mais

Relação muda visão sobre o vírus zika Por ter sintomas bem mais brandos do que a dengue ou a chikungunya, outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, o zika não ganhou muita atenção das autoridades de saúde

até a confirmação de sua relação com o aumento de casos de microcefalia. Estudos nos tecidos e no sangue de um bebê nascido com microcefalia que morreu no Ceará, feitos pelo Instituto Evandro Chagas, encontraram traços do vírus zika. A notícia foi divulgada no último sábado pelo Ministério da Saúde. O órgão informou ain-

da que os repelentes de insetos vendidos no Brasil podem ser utilizados com segurança por mulheres grávidas. O vírus zika tem provável origem na África, mas registra muitos casos na Ásia. As autoridades suspeitam que o aumento de casos no Brasil tenha relação com o turismo durante a Copa do Mundo de 2014. METRO BRASÍLIA


04|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Barra também poderá ter Segurança Presente Como na Lapa. Modelo de policiamento levará mais 401 agentes, a partir de hoje, para Aterro do Flamengo, Lagoa e Méier O policiamento Segurança Presente, que entra em operação a partir de hoje no Méier, na zona norte, no Aterro do Flamengo e na Lagoa, ambos na zona sul – que replica o modelo do Lapa Presente – também deve ser estendido para a Barra da Tijuca, na zona oeste. O Governo do Estado planeja implementar o projeto no bairro em 2016. “Outras áreas virão. O empresariado da Fecomércio [Federação do Comércio do Estado do Rio] também está disposto a colaborar com um terço do custo na Barra da Tijuca. Agora, vamos conversar com líderes empresariais locais para que possamos viabilizar esse projeto”, revelou o secretário de Governo, Paulo Melo, sem detalhar valores. A Fecomércio é quem vai

Na Lagoa, agentes usarão coletes de cor laranja | ANDRÉ GOMES DE MELO/GOVERNO DO ESTADO

bancar o projeto no Aterro, na Lagoa e no Méier. Para isso, a federação vai desembolsar R$ 44 milhões para viabilizar a operação por dois anos. A ampliação desse policiamento para a região da Cinelândia

também está sendo analisada. “Está em estudo uma solicitação feita por juízes e pelo presidente da Justiça Federal de expandir o perímetro da operação na Lapa para a Cinelândia”, informou Melo.

Nas três áreas onde a operação começa hoje, serão mais 401 agentes nas ruas: 164 no Aterro, 126 na Lagoa e 111 no Méier, entre PMs da ativa, da reserva e egressos das Forças Armadas. O policiamento desse novo efetivo será diário, das 6h às 22h. No Aterro, porém, aos domingos e feriados a patrulha será de 7h às 19h. O horário reduzido, segundo o governo, é para empregar mais agentes no período de maior movimento na região, quando as pistas fecham para a área de lazer. “É importante frisar que essa operação não é uma ação apartada das demais ações da Segurança Pública e, sim, um reforço no trabalho já existente, trazendo mais segurança à população que frequenta as áreas contem-

pladas”, afirmou o secretário. Os agentes trabalharão em dois turnos, usando coletes de identificação nas cores verde (Aterro), Laranja (Lagoa) e amarelo (Méier). Para garantir a transparência das ações, as abordagens serão filmadas e as equipes, monitoradas por GPS. METRO RIO Contato das equipes * Disque Aterro Presente: 98496-0114 / operaçãoaterropresente@segov.rj.gov.br * Disque Lagoa Presente: 96500-5811 / operaçãolagoapresente@segov.rj.gov.br * Disque Méier Presente: 96507-1200 / operaçãomeierpresente@segov.rj.gov.br

DIVULGAÇÃO

Aplicativo é gratuito

Leis e direitos. Alerj lança aplicativo A última ida ao cinema do assistente administrativo Robson Silva com os primos, de 11 e 13 anos, não foi agradável. “A bilheteria queria cobrar o valor inteiro do ingresso para os meninos”, recorda. No entanto, segundo a lei, menores de 21 anos pagam meia-entrada em casas de diversão e de esporte. Ao invés de Robson ficar irritado, ele provou que estava certo com o aplicativo Carteirada do Bem, desenvolvido pela Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Disponível para smartphones, o app mostra como o cidadão pode exigir os direitos em vários setores, como lazer, transporte e saúde. Gratuito, o app pode ser baixado no Google Play e Apple Store ou pelo site carteiradadobem. com.br. BAND


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Pezão divide pagamento de servidores Finanças. Em crise, Governo do Estado vai pagar o salário de novembro em duas parcelas para quem recebe mais de R$ 2 mil O Governo do Rio anunciou ontem que vai dividir os pagamentos relativos a novembro dos servidores ativos e inativos. Quem ganha até R$ 2 mil receberá normalmente hoje ou amanhã. Aqueles que ganham acima deste valor vão receber a diferença até o dia 9. A folha de pagamento de novembro representa uma despesa total de R$ 1,9 bilhão. Do total dos servidores estaduais, 53% receberão integralmente seus vencimentos nas datas previstas anteriormente e os outros 47% re-

R$ 1,9 bi representa o total da despesa da folha de pagamento do Estado em novembro. ceberão em duas etapas. O Governo do Estado culpa a queda na arrecadação, assim como do agravamento da crise econômica do país. Por outro lado, o governo confirmou ontem o pagamento aos fornecedores do Estado que havia sido

adiado devido à falta de recursos. Segundo a Secretaria de Fazenda, o repasse de R$ 166 milhões coloca em dia as contas com as empresas. O montante inclui os R$ 87 milhões da bateria do dia 17, que havia sido postergada para o dia 30, além da dos pagamentos previstos para o final do mês. A falta do pagamento fez a reitoria da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro) interromper as aulas na última terça-feira. A previsão é que as atividades sejam retomadas hoje. METRO RIO

05|

Hotelaria tem mais vagas por causa da Olimpíada Difícil entrar em um hotel de luxo e não se encantar. Ainda mais se ele pode mudar a sua vida, como é o caso da primeira turma da Escola Carvalho Hosken de Hotelaria, que acaba de ser aberta num dos mais novos cinco estrelas do Rio, na Barra da Tijuca. O curso gratuito, da Carvalho Hosken, foi criado em em parceria com o hotel Hilton Barra, a ONG Rio Solidário, o SENAC e a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH-RJ). Técnico em edificações, Iago Maciel mora perto do hotel e viu o prédio ser construído. Nunca pensou que, depois de pronto, poderia encontrar lá uma oportunidade de trabalho na área dele: “Auxiliando a gerência de manutenção, você pode trabalhar também como engenheiro civil, de produção, técnico em mecânica”, enumera o aluno. Por enquanto, são 66 alunos, mas a meta é treinar 200 em 12 meses. Jovens de 18 a 24 anos, todos de olho nas oportunidades criadas pelos

Escola de hotelaria oferece formação gratuita | REPRODUÇÃO/ BAND

30 mil novos quartos o Rio terá em operação até a Olimpíada. Com isso, serão 120 mil empregos gerados pela indústria hoteleira. Jogos de 2016. O curso não é garantia de carteira assinada. Mas, segundo a ABIH-RJ, cada quarto de hotel construído cria um emprego direto. “O próprio hotel oferece a expectativa de aproveitar

muito dessa mão de obra. Esse é um mercado que está em ebulição, temos a Olimpíada chegando, muitos hotéis surgindo na cidade, e já alguns interessados em buscar esses jovens”, afirma Eliana Pinelli, diretora executiva da ONG Rio Solidário. Ao todo, serão 30 mil quartos novos. A próxima turma deve começar em janeiro. O site do Rio Solidário (www. riosolidario.org) está recebendo uma média de 30 inscrições por dia. BAND


06|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

2016 terá volta da votação em papel, ameaça cúpula da Justiça ‘Não há dinheiro’. Inconformados com contingenciamento de verbas feito pelo governo federal, presidentes de tribunais superiores afirmam que eleições municipais não terão urnas eletrônicas No que depender da Justiça, a crise financeira enfrentada pelo governo federal vai levar o Brasil de volta ao passado nas eleições municipais do ano que vem, quando mais de 140 milhões de brasileiros devem votar para prefeito e vereador. Atingido por um corte de R$ 1,74 bilhão pelo contingenciamento de gastos da União -- provocado pela demora na votação da revisão da meta fiscal pelo Congresso (leia mais na página 11) --, o Poder Judiciário avisou que não será possível fazer a votação em urnas eletrônicas. Elas começaram a ser introduzidas nas eleições de 1996 e o sistema foi universalizado em 2000. Cédulas de papel só eram utilizadas quando a urna eletrônica quebrava e não havia outra para substituir. A decisão, encarada no governo como uma forma de pressão contra o contingenciamento, foi comunicada em uma portaria publicada ontem no Diário Oficial da União, com as assinaturas dos presidentes de todos os tribunais superiores do país. No texto, o motivo é explicado secamente: “O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabiliza-

MPF. 16 são denunciados por compra de medidas provisórias O Ministério Público Federal denunciou ontem, à Justiça, 16 pessoas, entre servidores públicos e executivos de empresas, por esquema de pagamento de propina para beneficiar alguns setores em medidas provisórias que tramitaram no Congresso. De acordo com os procuradores, montadoras de veículos pagaram intermediários para ver aprovados textos que aumentaram seus lucros ou evitaram um endurecimento de regras. Além da condenação dos investigados, o MPF pede o pagamento de, no mínimo, R$ 879,5 milhões como reparação aos cofres públicos. A ação é investigação paralela da Operação Zelotes, da PF, que apura fraudes bilionárias no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). A compra de medidas provisória era outra frente de atuação do grupo que teria corrompido conselheiros e servidores do Carf para sumir com dívidas tributárias. METRO BRASÍLIA Operação Lava Jato

Eleitor usa cédula de papel em 2002, em Brasília | MÁRCIA GOUTHIER/FOLHAPRESS

rá as eleições de 2016 por meio eletrônico”. O dinheiro não dá Por nota, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que o corte de R$ 428 mil em seus recursos “prejudicará a aquisição e manutenção de equipamentos necessários para a execução do pleito do próximo ano”.

Segundo a Corte, já está em andamento uma licitação de R$ 200 milhões para a compra de urnas. O governo federal não se manifestou oficialmente sobre a ameaça de eleições com cédulas de papel. RAPHAEL VELEDA

Janot quer investigar Renan, Delcídio e Jader O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ontem ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inquéritos para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) e Delcídio do Amaral (PT-MS) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. METRO

METRO BRASÍLIA

Conselho decide hoje se processa Cunha

Cunha tenta se livrar de processo | MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Sob a pressão de novas notícias negativas envolvendo o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Conselho de Ética da Casa vota hoje, a partir das 14h30, o parecer elaborado pelo deputado Fausto Pinato (PRB-SP), sugerindo que o colegiado dê prosseguimento ao processo que pode resultar na cassação do mandato do peemedebista. Cunha se defendeu ontem da denúncia de que teria recebido R$ 45 milhões

em propina do BTG Pactual, do baqueiro André Estevez, preso desde a semana passada, para beneficiar a instituição com uma emenda a uma Medida Provisória (a MP 608), que tratava de regras fiscais para bancos. “A emenda que eu fiz prejudicou o interesse que estão colocando”, disse Cunha a jornalistas, em Brasília. Outro revés para o carioca foi a revelação, pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, de que a Justiça da Suíça o

multou em 6 mil francos suíços (R$ 22,3 mil) por tentativa de obstrução, já que ele teria tentado evitar, com manobras judiciais, que extratos de contas suas no país fossem enviados a autoridades brasileiras. Cunha continua guardando na manga, como arma de barganha, a decisão de acatar ou não um pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT). METRO BRASÍLIA

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

PARAGUAI CHANTAGEIA PETROBRAS E GOVERNO SE OMITE. O Brasil anda tão

desmoralizado que o Paraguai resolveu chantagear a Petrobras. O Ministério de Indústria não deixa a subsidiária local da Petrobras importar nafta virgem, não vende o produto e proíbe, sob ameaça, outras distribuidoras de fornecer a matéria-prima, essencial à produção gasolina. Tudo porque exige que a Petrobras compre diesel e gasolina da estatal Petropar, a preços superiores aos de mercado. O governo brasileiro mantém obsequioso silêncio à grave agressão. ETERNIDADE. A demora na

liberação da matéria-prima para a produção da gasolina e do diesel provoca prejuízos incalculáveis à Petrobras.

PRESSÃO PARAGUAIA. A Petrobras é pressionada a comprar gasolina e diesel da estatal Petroleos Paraguayos (Petropar), a preços superiores aos de mercado.

“ELA [DILMA] NÃO CONSEGUE TER A LIDERANÇA DO CONGRESSO” AÉCIO NEVES, PRESIDENTE DO PSDB, PARA QUEM DILMA NÃO TEM FORÇA NO PARLAMENTO

nal de Contas da União, devem confirmar Aroldo Cedraz para mais dois anos na presidência do TCU hoje, como é praxe naquela corte. É que o Supremo Tribunal Federal ainda não permitiu acesso do TCU ao inquérito que implicaria gravemente os Cedraz, pai e filho, na Operação Lava Jato.

PRÁTICA ANTIGA. São antigas as pressões do Paraguai para obter vantagens do Brasil. Nos corredores de Itaipu Binacional já virou piada. NÃO PODE. A Lei de Improbidade Administrativa na administração direta e nas empresas de economia mista do Brasil proíbe a compra superfaturada. APESAR DAS SUSPEITAS, TCU RECONDUZIRÁ CEDRAZ.

Mesmo constrangidos com as denúncias que o envolvem e a seu filho, advogado Tiago Cedraz, os ministros do Tribu-

Aroldo Cedraz | FABIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

VICE NO MESMO BARCO.

Além de Aroldo Cedraz, o TCU deve reconduzir o vice-presidente Raimundo Carreiro, também gravemente afetado pelas denúncias.

PODER SEM PUDOR

Chá e sono pós-golpe Dois dias depois do golpe militar de 1964, ainda vivendo incertezas, o presidente interino Ranieri Mazzili sumiu do Palácio da Alvorada. Saiu com um assessor de sua confiança. Soube-se depois que ele foi para um pequeno apartamento na

Asa Norte de Brasília, onde morava Hamilton, seu barbeiro na Câmara dos Deputados. Foi entrando e perguntando: - Meu chazinho está pronto? Tomou o chá e dormiu, sentindo-se em segurança.

COM GABRIEL GARCIA, RODRIGO VILELA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Casamento gay cresce 31% Comportamento. Pesquisa do IBGE revela que total de uniões em geral aumentou 5,1% em 2014, e de divórcios, 5%. União entre pessoas do mesmo sexo foi aprovada em 2013. Região Sudeste é a que concentra a maior parte entre gays 2004 para 23,6% em 2014.

CASAMENTOS E DIVÓRCIOS NO BRASIL CASAMENTOS

entre homens

1.106.440

49,7%

50,3%

IDADE MÉDIA AO CASAR

1.052.447

4.854

UNIÕES HOMOAFETIVAS

3.701

Depois da legalização do casamento entre pessoas do mesmo sexo em 2013, o número de uniões desse tipo cresceu 31% no ano passado. Foram 4.854 registros no país e tanto homens quanto mulheres oficializaram a união com seus parceiros com 34 anos, em média. Os dados são do levantamento Registro Civil 2014, do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As uniões homoafetivas, como são chamadas pelo instituto, representaram 0,4% dos mais de 1,1 milhão de casamentos no país no ano passado –alta de 5,1% sobre 2013. Se a região Sudeste é a que concentra a maior parte de casamentos entre homossexuais, São Paulo, Estado mais populoso, é o que registra a maior parte de uniões do tipo (veja quadro). Nos casamentos entre

27

30

ANOS

ANOS TOTAL DE DIVÓRCIOS

entre mulheres

341.181

POR REGIÃO

NORDESTE

6,9%

NORDESTE

13,6% 130.527 CENTROOESTE

94.126 SUDESTE

3,4%

60,7%

30.847

SUL

2013

2014

15,4%

homem e mulher, o IBGE detectou aumento da taxa de nupcialidade entre 2013 e 2014, de 6,9 para

FONTE: IBGE

2013

2014

7,1 registros por mil habitantes com mais de 15 anos. Outra constatação foi

1984

1994

2004

2014

que aumentou a proporção de casamentos em que ao menos um dos dois já era separado: de 13,7% em

Divórcio Se os casamentos aumentaram, os divórcios subiram também em 2014: 161% em dez anos e 5% sobre 2013. Para a advogada Priscila Fonseca, especialista em direito de família, a facilidade em conseguir o divórcio é uma das explicações para o fenômeno. “Crise financeira é o segundo maior motivo de separações. Como estamos passando por uma crise financeira grave, ela acaba afetando os casamentos”, afirma ela, que tem mais de 40 anos de experiência na área. Uma terceira hipótese, diz Priscila, é que as pessoas estão mais intolerantes umas com as outras – e isso acaba se refletindo no relacionamento dos casais. “Eles têm menos tolerância no dia a dia.” METRO

07|

São Paulo. Papai Noel sequestra helicóptero A polícia de São Paulo irá investigar a existência de um mercado clandestino de táxis aéreos após o desaparecimento de um helicóptero alugado no Campo de Marte, na zona norte da capital paulista, na sexta-feira. A aeronave foi sequestrada por um falso Papai Noel e não tinha autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para prestar esse tipo de serviço. O piloto Caio Fernando Pinto contou à polícia que fretou o helicóptero a um homem que participaria de evento natalino em Mairinque, na região de Sorocaba, interior de São Paulo. Ao chegar ao local, em um sítio alugado, o Papai Noel anunciou o assalto, o amarrou e fugiu com a ajuda de dois comparsas. Pinto levou cerca de cinco horas para se libertar. Em nota, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) informou que ainda irá ouvir o piloto do helicóptero. BANDNEWS FM


10|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Brasil vai punir, diz Dilma COP21. Presidente condenou ‘ação irresponsável de algumas empresas’ que provocou a ‘maior tragédia ambiental da história do país’ A presidente Dilma Rousseff disse ontem, em Paris, que uma ação irresponsável causou o rompimento de barragens na bacia hidrográfica do Rio Doce e que empresas serão duramente punidas por isso. “A ação irresponsável de umas empresas provocou o maior desastre ambiental na história do Brasil, na grande bacia hidrográfica do rio Doce”, afirmou. “Estamos reagindo pesado, com medidas de punição, apoio às populações atingidas, prevenção de novas ocorrências e punindo severamente os responsáveis por essa tragédia.” O rompimento da barragem de Fundão, da empresa de mineração Samarco, liberou mais de 30 milhões de m³ de rejeitos no último dia 5 de novembro, destruindo o distrito de Bento Rodrigues (MG) e contaminando o rio Doce. Dilma e outros cerca de 180 chefes de governo e de Estado estavam em Paris ontem para a abertura da 21ª Conferência do Clima (COP21), que vai até o próximo dia 11 de dezembro. Os países estão sendo desafiados a apresentar propostas para evitar o aquecimento global acima de 2ºC até 2100. O Brasil apresentou a

43% é a redução de emissões de gases de efeito estufa pretendida pelo Brasil até 2030, tendo 2005 como ano-base meta de diminuir as emissões de gases de efeito estufa em 37% até 2025 e em 43% até 2030, tendo 2005 como ano-base. Para isso, o país propõe acabar com o desmatamento ilegal da Amazônia, restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas, recuperar 15 milhões de hectares de pastagens degradadas, integrar 5 milhões de hectares de lavoura, pastagem e pecuária, alcançar 45% de energias renováveis na composição da matriz energética e aumentar 10% sua eficiência energética. Para o secretário-executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl, porém, o país tem capacidade para fazer muito mais. “O nível de redução de emissão é insuficiente”, disse, contando que hoje o Brasil emite em torno de 1,5 bilhão de toneladas de gases. METRO Leia mais no metrojornal.com.br

Hollande relaciona luta pelo clima com terrorismo As lutas contra o terrorismo e o aquecimento global têm ligação forte, disse o presidente da França, François Hollande, duas semanas após ataques de militantes islâmicos na capital francesa. Hollande reiterou que qualquer acordo para manter o aumento das tem-

Expectativa

O 1º Dia

peraturas globais abaixo de 2ºC precisaria ser “universal, diferenciado e obrigatório”, com países ricos contribuindo mais do que os pobres. “Não posso separar a luta contra o terrorismo da luta contra o aquecimento global”, disse. METRO

1

Líderes estão diante de iniciativa ambiciosa

3 4

Líderes de todo o globo lançaram ontem uma iniciativa ambiciosa para conter o aumento das temperaturas da Terra, e o presidente da França, François Hollande, disse que o mundo está em um “ponto de ruptura” na luta contra o aquecimento global. Cerca de 180 chefes de Estado e governo, incluindo o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o líder chinês, Xi Jinping, e a presidente Dilma Rousseff, incitaram uns aos outros a abraçar a causa comum nas duas semanas de negociações de forma a distanciar a economia global da dependência de combustíveis fósseis. Os líderes chegaram para a Cúpula do Clima em Paris acompanhados de grandes expectativas e armados com promessas de ação. METRO

“Não estamos lutando pela natureza Somos a própria natureza se defendendo”

2 5

1- François Hollande, presidente da França, e Barack Obama, presidente dos EUA | C.HARTMANN/REUTERS 2- Ségolène Royal, ministra da França, e Dilma Rousseff | CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS 3- Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia | STEPHANE MAHE/REUTERS 4- Mensagem de artista de rua em ponto de ônibus de Paris | BENOIT TESSIER/REUTERS 5- Xi Jinping, presidente da China, país que mais polui no mundo | STEPHANE MAHE/REUTERS

Planos dos mais pobres vão custar US$ 1 tri, diz pesquisa Os 48 países mais pobres do mundo irão precisar de US$ 1 trilhão entre 2020 e 2030 para efetivarem seus planos de enfrentamento às mudanças climáticas, e esses projetos

deveriam ser prioridade no financiamento internacional, disseram pesquisadores. Estimativas baseadas em planos entregues pelos países menos desenvolvidos (LDCs, na sigla em inglês) para novo acordo da ONU (Organização das Nações Unidas) cuja meta é frear o aquecimento global mostram quem eles custarão US$ 93,7 bilhões por ano a partir de 2020, quando se espera que um pacto a ser acordado em Paris nas duas próximas semanas entre em vigor. Este valor inclui US$ 53,8 bilhões anuais para reduzir as emissões de poluentes e US$ 39,9 bilhões para se lidar com eventos climáticos mais extremos e com a elevação do nível dos mares, de acordo com um relatório do IIED (Instituto Internacional para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento), sediado em Londres. Os países menos desenvolvidos – da Etiópia à Zâmbia, do Iêmen aos Estados-ilhas

US$ 93,7 bilhões por ano é de quanto precisarão os 48 países mais pobres do mundo para cumprirem seus planos até 2030 do Pacífico – abrigam algumas das comunidades mais pobres e que sofrem os piores impactos das crescentes secas, enchentes, tempestades e costas sob efeito da erosão. Ao mesmo tempo, eles produzem tão somente uma pequena fração dos gases de efeito estufa, catalisadores da mudança climática. Essas nações são vítimas de falta de recursos e de conhecimento. Apesar da necessidade evidente de fundos para os países mais pobres, a maior parte do financiamento governamental tem ido para as nações mais ricas, enfatizou o relatório do IIED. METRO

Para Moon, ‘precisamos ir mais rápido e mais longe’ O secretário-geral da ONU Organização das Nações Unidas), Ban ki-Moon, pediu a líderes mundiais no começo de encontro sobre o clima em Paris, com duas semanas de duração, que devem acelerar ações para evitar o perigoso aumento de temperaturas. Promessas nacionais de cortes de emissões de mais de 180 nações foram, disse o secretário-geral, um bom começo, mas não o suficiente para conter o aquecimento global em no máximo 2ºC, limite que, segundo cientistas, irá evitar piores consequências. “Paris precisa marcar um ponto de mudança decisivo”, disse. “Precisamos ir mais rápido e mais longe para limitar o aumento da temperatura global em menos de 2 graus Celsius”, afirmou ki-Moon. METRO


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Governo faz corte de R$ 11 bi no Orçamento Contas fechando no vermelho. Cidades e Transportes são as pastas mais atingidas por esse novo bloqueio de despesas. Contingenciamento total pode chegar a R$ 89,6 bilhões neste ano, afirma o Ministério do Planejamento O governo federal bloqueou R$ 11,2 bilhões de despesas discricionárias do Orçamento da União. Desse valor, R$ 500 milhões são de emendas impositivas e R$ 10,7 bilhões das demais programações. O Ministério das Cidades teve o maior corte com R$ 1,651 bilhão, seguido dos Transportes, com R$ 1,446 bilhão, e Integração Nacional, com R$ 1,099 bilhão. Foram preservadas todas as despesas obrigatórias como o salário dos servidores e pagamentos do Bolsa Família. Rombo inédito O governo tinha até ontem para publicar o decre-

to, já que o Congresso ainda não votou a alteração da meta de fiscal para este ano. A mudança reduz o superavit primário de R$ 66,3 bilhões para um deficit que pode chegar a R$ 119,9 bilhões, caso haja o pagamento das chamadas pedaladas fiscais. Com isso, o Executivo se viu obrigado a indicar cortes para cumprir exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal. A votação estava prevista para quarta-feira da semana passada, mas foi afetada pela prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado, por suspeita de obstrução no andamento da operação Lava Jato, que investiga es-

quema de corrupção na Petrobras. A sessão acabou sendo adiada para hoje. Diante do impacto do contingenciamento, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, realizou ontem reunião com os secretários-executivos de todos os ministérios, com o objetivo orientar sobre medidas operacionais. Com o novo corte, o contingenciamento total do Executivo, em 2015, poderá atingir R$ 89,6 bilhões, disse o Ministério do Planejamento. Em maio, foi anunciado um corte de R$ 69,9 bilhões na peça orçamentária, valor que foi acrescido de outros R$ 8,6 bilhões em julho. METRO

MAIORES CORTES Em R$ milhões CIDADES TRANSPORTES INTEGRAÇÃO NACIONAL DESENV. SOCIAL E COMBATE À FOME DEFESA JUSTIÇA CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO ESPORTES SECRETARIA DA AVIAÇÃO CIVIL FAZENDA OUTROS FONTE: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

1.651,3 1.446,5 1.099,6 885,5 696,7 591,8 TOTAL 481 10.652,2 448,4 448 327,7 2.575,7

11|

Gastos como aluguel, água e luz O valor de R$ 10,7 bilhões, segundo o ministério, corresponde ao total ainda disponível no Orçamento de 2015 para despesas discricionárias que podem ser contingenciadas em 10 de novembro. Essas despesas incluem, entre outros, gastos destinados ao investimento, à manutenção do funcionamento dos órgãos do governo federal, pagamento de aluguel, água e luz. A presidente Dilma cancelou as viagens que faria nesta semana ao Japão e ao Vietnã. Segundo a Secretaria de Comunicação, “o governo não pode mais empenhar novas despesas discricionárias, exceto aquelas essenciais ao funcionamento do Estado e do interesse público”. Com queda nas receitas e gastos maiores na Previdência, o setor registrou pela primeira vez deficit primário para outubro, de R$ 11,530 bilhões – o pior patamar da série histórica do BC, iniciada em 12/2001. No ano, saiu de deficit de R$ 8,4 bilhões até setembro para rombo de R$ 19,9 bilhões até outubro. METRO


12|

2 CULTURA

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Saiu a aguardada programação da Comic Con Experience – e tem atividade para todo tipo de fã da cultura pop! Confira os destaques do evento, que será realizado em São Paulo entre os dias 3 e 6 de dezembro. Mais informações no www.metrojornal.com.br METRO SÃO PAULO

Agora é pra valer! QUINTA

SEXTA

SÁBADO

JORNAL OFICIAL

DOMINGO

AUDITÓRIO CINEMARK

AUDITÓRIO CINEMARK

AUDITÓRIO CINEMARK

AUDITÓRIO CINEMARK

13h30 - 30 ANOS DE PEGADINHAS

10h30 - “E meu machado!” Uma manhã com John Rhys-Davies

10h15 - Misha Collins Painel Especial I

11h30 - Batman vs. Superman A Origem da Justiça

A CCXP recebe a lenda viva das pegadinhas da TV, Ivo Holanda!

O ator de “O Senhor dos Anéis” volta no sábado, às 19h, no Auditório Ultra!

Ele faz novo painel, domingo, no mesmo horário

12h - Pré-estreia: O Bom Dinossauro

13h30 - All-New All-Different Marvel Comics

O caça-talentos da Marvel Comics fala sobre a nova série de quadrinhos

O diretor Peter Sohn e a produtora Denise Ream falam sobre o filme logo depois, às 14h! DIVULGAÇÃO

O figurinista Michael Wilkinson revela bastidores da produção

12h30 - Pré-estreia: Creed - Nascido Para Lutar 15h - Warner Bros. Pictures

Além de “Batman vs Superman” e “Creed”, o estúdio mostra novidades para 2016

16h - DKIII - The Master Race / O Cavaleiro das Trevas III

Frank Miller e Jim Lee comentam a sequência do clássico “Batman - O Cavaleiro das Trevas” DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

14h30 - Reza a Lenda

Bate-papo com o diretor Homero Olivetto sobre o provável ‘Mad Max’ brasileiro

16h - Star Wars: O Despertar da Força

16h30 - DC Comics Oficial

O futuro da casa de Batman e Mulher-Maravilha por Dan DiDio, coeditor-chefe da DC Comics

19h30 - Os Molambolengos chegaram! Evangeline Lilly lança no Brasil seu primeiro livro infantil! No sábado, às 18h, ela volta para falar sobre sua carreira!

AUDITÓRIO ULTRA 16h30 - Hora de Morfar com Steve Cardenas O Power Range volta no sábado, às 20h, no Auditório Ultra

18h30 - Colecionáveis DC Comics da Iron Studios- Da Ideia à prateleira 19h30 - The Brave and the Bold - 75 anos do Flash e Lanterna Verde Mark Waid e Ivan Reis estão no painel

AUDITÓRIO PRIME

À salvo Promotores poloneses anunciaram que não vão questionar a decisão de um juiz de rejeitar o pedido de extradição do diretor para os Estados Unidos. Polanski, agora, está livre para trabalhar e residir em seu país natal, a Polônia.

DIVULGAÇÃO

Carlos Saldanha recebe Steve Martino, o diretor de “Peanuts, O Filme”

15h30 - Fox Studios

Destaque para “Deadpool” e “X-Men Apocalypse”

16h30 - Tributo a Frank Miller

18h30 - Netflix Originals

Os diretores Anthony e Joe Russo apresentam detalhes da produção

AUDITÓRIO ULTRA

Aml Ameen, Jamie Clayton e Alfonso Herrera discutem “Sense8”. Depois, Kristen Ritter e David Tennant apresentam “Jessica Jones”

17h - Spotlight Hiro Kiyohara

AUDITÓRIO ULTRA

Painel com a atriz de “As Crônicas de Nárnia” e da série “Reign”

17h - Maurício de Sousa - 80 Anos

AUDITÓRIO PRIME

19h - Como Star Wars Conquistou o Universo

10h30 - Spotlight Mike Deodato Jr

15h30 - Representação de gênero na cultura pop

20h - TOEI Animation apresenta: Cavaleiros do Zodíaco - Soul of Gold

16h30 - Universos da Ficção Científica

AUDITÓRIO PRIME

18h30 - Painel Spcine - Historietas Assombradas, Zica e os camaleões e Os Under-undergrounds

17h - Capitão América: Guerra Civil

Com Agustín Ferrando Trenchi e Fernanda Montoro (Outra Semana no Cartoon)

Conheça a “Netflix dos Quadrinhos”

Com Adriano Fromer e Daniel Lameira, editores da Aleph

O produtor Bryan Burk fala sobre bastidores do aguardado filme que estreia em dezembro

15h - Cartoon Network

17h30 - Tributo a Jim Lee

Timothy Zahn debate com Chris Taylor o impacto cultural, social e político da saga de George Lucas

12h30 - Social Comics

Roman Polanski

14h30 - Fox Animation

14h - Representação Étnica na Cultura Pop 20h - Furiosas - Mulheres que chutam bundas!

18h - As crônicas de Anna Popplewell

17h - Netflix: The Ridiculous 6

Adam Sandler, Taylor Lautner, Terry Crews e Jorge Garcia contam tudo sobre a comédia de faroeste

AUDITÓRIO ULTRA 12h - Um papo maluquinho com o Ziraldo 14h30 - Workshop de maquiagem com Emily Anderson 18h30 - O tempo dos sonhos

11h30 - Diversidade e cultura pop

Gerard Way e Gabriel Bá discutem como é lidar com a frustração de querer algo e não ter...

15h30 - O quem vem por aí na Panini Comics

AUDITÓRIO PRIME

17h30 - Armandinho Bate papo com Alexandre Beck

11h30 - Piologos Games

18h30 - Concerto Desenhado: Leilão de arte beneficente 20h - Anna Poplewell de perto - Painel 1

Ela volta no domingo, às 18h30!

12h30 - Mulheres na cultura pop 14h30 - O futuro do cinema Com Silenn Thomas, produtora de “300” e “Sin City”

16h30 - Webcomics

Novas Frequências começa hoje

Auntie Flo: atração de sexta, na Casa Rio

DIVULGAÇÃO

Oito dias de shows, performances e residências artísticas. Tudo embalado pelo melhor da música experimental da América do Sul. Essa é a programação da 5ª Edição do Festival Novas

Frequências, que começa hoje, em diversos locais da cidade e reúne 42 artistas de 12 países. A abertura, no Sesc Ginástico, no Centro, será com os shows do trio de origem mar-

roquina, indiana e paquistanesa Dawn of Midi, e do grupo Timespine, a partir das 20h (ingresso a R$ 20). Confira todas as atrações e endereços no site: www.novasfrequencias.com. METRO RIO


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Te cuida, padre Marcelo! Lançamento. Se antes o diabo era considerado o pai do rock, papa Francisco decide assumir a paternidade e coloca nas lojas seu primeiro disco, com mensagens da igreja católica mesclados a elementos do som progressivo Esse senhor de 78 anos não para de surpreender o mundo. Carismático, pop, com boas intenções de abertura da Igreja Católica, argentino e agora rockeiro. É isso aí. O papa Francisco acaba de lançar um disco que o rock é referência, “Wake Up!”. Na verdade está mais para rock progressivo, com sons contemplativos e passagens instrumentais que lembram o gênero. A abertura, “Annuntio Vobis Gadium Mangum” utiliza um trecho de um discurso de Francisco em italiano e algumas das partes musicais poderiam muito bem estar de pano de fundo de cenas da “Game of Thrones”. Curioso também como os arranjos de cada música se aproximam com diferentes estilos musicais do mundo. “Salve Regina” tem um estilo de música árabe, enquanto “Laudato Sie…” passa por uma cumbia bem pop, dançante, cantada em espanhol.

É preciso deixar uma coisa bem clara: o papa Francisco não foi a estúdio e começou a cantar. Sua voz aparece nas faixas através de discursos pelo mundo, em diferentes línguas. O primeiro single, “Wake Up! Go! Go! Forward!, essa sim um rock progressivo, com solos de guitarras, sopros e cordas, produzida a partir de um sermão em inglês que o Papa deu na Coreia do Sul. A referência ao estilo não é à toa, já que Tony Pagliuca, fundador da banda progressiva Le Orme nos anos 1970, compôs a maioria das músicas do disco. Para fechar, uma mensagem/canção em português, “Fazei o que Ele Vos Disser”. Não, não espere um samba ou bossa nova. A canção está muito mais para uma versão católica de Enya. METRO Ouça “Wake Up! Go! Go! Forward!” no metrojornal.com.br

“WAKE UP!” PAPA FRANCISCO SAN PAOLO R$ 30

13|

Academia

ABL elege nova diretoria na quinta-feira A Academia Brasileira de Letras (ABL) vai eleger, nesta quinta-feira, sua Diretoria para o ano de 2016, em sessão acadêmica ordinária, às 16 horas, em sua sede, no Centro. O Acadêmico, professor e escritor Domício Proença Filho é candidato à reeleição. Além dele disputam o cargo os escritores: Nélida Piñon, Ana Maria Machado, Merval Pereira e Marco Lucchesi. METRO RIO Show

Paulo Ho lança hoje disco no Solar O cantor e compositor Paulo Ho lança seu primeiro álbum, “Ex-Companheiro”. No Solar de Botafogo (rua General Polidoro, 180, Botafogo. Tel.: 2543-5411). Hoje, às 21h. R$ 40. 18 anos. Pop é pouco para o papa Francisco | ALEX WONG/GETTY IMAGES

METRO RIO


14|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Termine sua relação via internet

Os invasores

Leitor fala

Pobre rio Doce O mundo está passando por grandes transformações, com tragédias climáticas e matança desordenada da raça humana. Já não ficamos tão perplexos com as brutalidades e as violências do dia a dia, que a cada hora se tornam mais sem controle. Triste ver o que aconteceu com a barreira da mineradora em Mariana, Minas Gerais, que foi tomada pela lama tóxica. Vidas, casas e ecossistema do Rio Doce tomado pela lama e sem uma solução. O que fazer para amenizar o impacto ambiental? A devastação é tanta, que vidas se perderam. A fauna, a flora e as espécies do rio estão agonizando. O mais assustador é saber que ainda pode ser pior se outras barreiras de lama vierem a vazar com suas rachaduras. É hora de a mineradora Samarco esclarecer a população com clareza da real situação e ajudar no que for preciso para tentar, quem sabe, devolver a vida ao importante rio que antes era chamado Doce e, agora, é o rio Morto.

Cruzadas

Modernidade. Por meio do ‘The Breakup Site’ você pode acabar com seu namoro via Snapchat, SMS, telefone e mais Começar um relacionamento é relativamente fácil: as pessoas mais românticas dão flores, as mais modernas mandam whatsapp ou sms e as mais tradicionais fazem o velho e eficaz pedido formal... Mas, quando as coisas se complicam e o término é inevitável, muitos fogem da responsabilidade de colocar um ponto final na relação. Pensando nessa dificuldade, dois irmãos canadenses criaram o “The Breakup Shop”, um novo serviço on-line que termina o seu relacionamento indesejado por apenas alguns dólares. Imagina se essa moda pega no Brasil? O Breakup Shop oferece aos amantes descontentes, um leque de opções para terminar o namoro de maneiras não muito ortodoxas: por US$ 5, seu “quase ex” receberá um snapchat de alerta sobre o término, também pode-se optar por um tele-

fonema a US$ 29 ou pagar US$ 48 para acabar com tudo via mensagem de texto e entrega de flores. O combo mais esquistito do site se chama “breakup gift pack” (pacote de presentes para términos) que, por US$ 80, inclui uma caixa de biscoitos, um cartão presente Netflix e vinho para beber e afastar a tristeza. “O serviço é direcionado àquelas pessoas muito tímidas ou as que preferem evitar todas as implicações e o estresse de um término”, afirma Mackenzie Keast, 28, um dos irmãos canadenses criadores do serviço. Ele explica que o serviço também é alvo de brincadeiras. “Já terminamos mais de 60 relacionamentos. Alguns deles são piadas entre amigos, mas também já recebemos pedidos bem sérios”, explica. Conheça o serviço pelo site http://breakupshop.com. METRO

ANSELMO SILVA – RIO DE JANEIRO, RJ

Ruas alagadas na Tijuca Moro na esquina do shopping Tijuca e, no domingo, as ruas próximas ficaram alagadas com o temporal, foi um transtorno só. Espero que o piscinão que estão construindo dê fim a isso de uma vez! ANGÉLICA VIEIRA – RIO DE JANEIRO, RJ

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Terminar o namoro pode se tornar uma tarefa mais simples | FOLHAPRESS

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Tanto no trabalho quanto nos negócios, ideias criativas irão contribuir para a superação de desafios.

Cuide para que assuntos que despertem sua vaidade ou mesmo caprichos não afastem de pessoas especiais.

Bom momento para incrementar a sua rotina estudos, interesses religiosos e o exercício de sua fé.

Uma dedicação extra a assuntos do lar tomará sua atenção com mais ênfase. Boa hora para conversas com familiares.

Bom momento para exercitar crenças e identificar um pouco mais as coisas que realmente valoriza espiritualmente.

Examinar detalhes será de grande auxílio para evitar contratempos relacionados a negociações e assuntos profissionais.

Mercúrio – que rege seu signo – faz bom aspecto com Urano, influência especial para se adaptar a inovações e se desprender de padrões.

O espírito de grupo e a troca de informações serão essenciais para concluir assuntos importantes no seu dia.

O bom aspecto de Mercúrio com Urano – regente de seu signo – é positivo para estudos e atividades culturais em boas companhias.

Momento para perceber com mais nitidez alguns valores importantes para as pessoas com que mais se relaciona.

O trabalho traz tendências para priorizar novas ideias, trocar informações e agir com mais interação diante de novos interesses.

Valorizar sua autenticidade é essencial para se sentir mais feliz, tanto nos objetivos como em suas relações.

Soluções


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Vasco expõe a crise no futebol do Rio de Janeiro Pelas tabelas. Se o time de São Januário cair, o Estado terá um rebaixado em cada divisão do Campeonato Brasileiro neste ano O Vasco luta pela sua sobrevivência na Série A do Brasileiro. No domingo, para não cair pela terceira vez, o time de São Januário precisa vencer o Coritiba e torcer contra Figueirense e Avaí. Tarefa difícil. Caso não consiga, o Estado do Rio de Janeiro terá um rebaixado em cada divisão do Brasileiro. No sábado, depois de perder para o Ceará por 1 a 0, em Fortaleza, o Macaé voltou para a Série C. O time do litoral norte-fluminense disputou apenas uma temporada na segunda divisão mais importantes do país. Quem deixou a Série C foi o Madureira, rebaixado à Série D (a última) depois de uma campanha pífia. Para piorar, os times fluminenses fizeram péssimo papel na quarta divisão. Volta Redonda, Resende e Duque de Caxias não passaram da fase de grupos da competição. O único clube do Estado com êxito no Campeonato Brasileiro foi o Botafogo, campeão da Série B. Porém, este é um título que o próprio torcedor alvinegro preferiria não ter que disputá-lo. O Botafogo ao menos retornou à elite do futebol nacional, de onde não deveria ter saído. Na Série A, além da péssima campanha vascaína, a dupla Fla-Flu também ocupa posições bem distantes da parte

Torcida fez festa na vitória contra o Santos, no domingo | MARCELLO DIAS/FUTURA PRESS

QUEDA BRUSCA 2015

SÉRIE A SÉRIE B

2016

?

SÉRIE C SÉRIE D de cima da tabela. O time rubro-negro é apenas o 12o colocado, uma posição à frente do rival das Laranjeiras. Ajuda tricolor Com 40 pontos, o time de São Januário precisa passar o Avaí (41), que enfrenta o Corinthians, e o Figueirense (40), que joga contra o Flu. Apesar de toda confusão que en-

volveu Vasco e Fluminense durante todo o ano, há a esperança entre os jogadores cruzmaltinos de que a rivalidade seja colocada de lado na próxima rodada. “Eu acredito nos profissionais dignos, com caráter. O Corinthians joga em casa e vai querer terminar o campeonato com a vitória”, afirmou o técnico Jorginho. No lado tricolor, por determinação do departamento de futebol, os jogadores não podem mais dar entrevistas até o fim do campeonato. “Nosso pensamento é vencer. Se alguém entrar com o pensamento diferente disso, melhor nem jogar. Não quero saber o que o Vasco vai achar ou não”, disse o lateral Welligton Silva após o jogo contra o Inter. METRO RIO

Diretoria do Botafogo divulga barca com 11 dispensados Campeão da Série B, o Botafogo já se planeja para o ano que vem. Ontem, a diretoria alvinegra divulgou a primeira medida para 2016: a dispensa de 11 jogadores. Alisson, Bazallo, Camacho, Daniel Carvalho, Diego Giaretta, Diego Jardel, Lulinha, Pedro Rosa, Serginho, Thiago Carleto e Tomas Bastos não permanecem na equipe de General Severiano. Alguns, como Daniel Carvalho e Thiago Carleto, já estavam liberados para

negociar com outros clubes. Em nota oficial, o clube agradeceu aos 11 jogadores. Outros atletas devem se juntar aos já dispensados. “Acho que não sairão muitos jogadores do elenco. São poucos. Temos de reforçar esse grupo, mas a base será mantida”, disse o técnico Ricardo Gomes após o empate contra o América-MG, no sábado. Por outro lado, o Botafogo tenta se reforçar e renovar o contrato com outros jogado-

res, como Navarro e Willian Arão. O caso do segundo está ficando cada vez mais complicado. O clube quer fazer valer a renovação automática por mais dois anos, prevista por contrato. O Botafogo já depositou em juízo R$ 400 mil como parte do acordo de renovação. Willian Arão estaria apalavrado com o Flamengo. O clube da Gávea aguarda apenas as eleições presidenciais, em 7 de dezembro, para acertar com o jogador. METRO RIO

15|

Opinião

HELIO CASTRONEVES HELIO.CASTRONEVES @METROJORNAL.COM.BR

DE VOLTA AO KART NA COLÔMBIA

3

É não é que o Natal já está aí? Impressionante como o ano passou rápido, não é? Não sei se com vocês é igual, mas sempre fico com a impressão de que os dias estão mais curtos, que o tempo passa em alta velocidade e, quanto menos a gente espera, já está falando novamente em Natal e Ano Novo. Mas hoje eu vou falar de uma festa de performance e solidariedade. Depois de amanhã vou para Colômbia, onde participarei novamente da competição de kart promovida pelo meu teammate Juan Pablo Montoya. A Carrera de Estrellas é um evento muito legal promovido anualmente pela Fundación Fórmula Sonrisas, que é uma organização sem fins lucrativos criada em 2003 pelo Juan e sua esposa Connie. O trabalho da fundação dura o ano todo. Sempre por meio do esporte, o objetivo é melhorar a qualidade de vida das crianças colombianas que vivem em áreas carentes. As corridas de kart acontecerão no sábado, 5, no Autódromo de Tocancipá, que fica distante cerca de 40 km do centro de Bogotá, a capital da Colômbia. Como o nome já diz, é um autódromo, mas as competições de kart acontecem num circuito alternativo de pouco mais de 1.500 metros, o que dá quase a metade do traçado principal. O Juan Pablo e a Connie convidam pilotos de diversas categorias para participar. O grupo mais numeroso vem da IndyCar, num quarteto que será completado pelos colombianos Sebastian Saavedra e Carlos Munhoz. Das categorias de base vão o Julian Leal, que corre GP2, e a Tatiana Calderón, da Fórmula 3 europeia. Ambos são da Colômbia. Para completar a galera colombiana participará o Gustavo Yacaman, que corre no mundial de endurance da FIA. Competirão também o sueco Mattias Ekstrom, da DTM; o norte-americano Travis Pastrana, do Global RallyCroos, onde também corre o Nelsinho Piquet, e o inglês Jordan Lennox-Lamb, que é um fera do kartismo mundial. Todos nós vamos usar o kart com marchas Birel DD2 e motor Rotax 125. A Adriana, minha mulher, é colombiana de Pereira e vamos esticar nossa estada no país para ações assistenciais. Vamos que vamos, galera!

ESPORTE

Helio Castroneves, 40, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 29 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputa em 2015 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.

Perto do fim

Será o Flamengo?

Bola fora

Muricy Ramalho já tem clube para o ano que vem

Deputado Jardel é afastado por corrupção

Muricy Ramalho completou 60 anos ontem. No mesmo dia, participou do encontro da União Nacional das Entidades de Futebol, em Itu (SP), e falou de seu destino em 2016: “Após muitas conversas, defini pelo clube que precisa mais de mim”, disse Muricy, em entrevista à ESPN Brasil. Ele estaria já acertado com o Flamengo, que deve anunciá-lo após as eleições. METRO RIO

Uma operação do Ministério Público do Rio Grande do Sul, batizada de “Gol contra”, afastou o ex-jogador e hoje deputado estadual Mário Jardel de suas funções por 180 dias. O ex-atacante do Grêmio é acusado dos crimes de concussão, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Ele também é investigado por suposto financiamento do tráfico de drogas. METRO

Kobe Bryant O astro do Los Angeles Lakers anunciou que encerrará a carreira ao final da temporada 2015-2016 da NBA. “Esta temporada é tudo o que tenho para dar. Estou pronto para deixar o basquete”, afirmou o jogador de 37 anos, cinco vezes campeão da NBA e terceiro maior cestinha da história da liga americana.


16|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

ALBERT GEA/REUTERS

GLEB GARANICH/REUTERS

CRISTIANO RONALDO

Ele se acha, mas os números dão suporte

Ainda protagonista, mas não tanto

Que a vaidade de Cristiano Ronaldo divide espaço com seu talento e habilidade é algo conhecido. Mas o português do Real Madrid também pode se exibir com números tão positivos. Nesta temporada, entre jogos pelo clube e Seleção, o CR7 balançou as redes 55 vezes nas 56 partidas em que esteve em campo. Não bastasse, ainda deu 17 assistências para gol. Eleito três vezes melhor jogador do mundo, o atual detentor do título chega com moral na disputa.

Ninguém duvida da capacidade e da qualidade de Lionel Messi. Se na Seleção Argentina, pela qual levou o vice-campeonato na Copa de 2014, ele é o centro das atenções, no Barcelona ele já não tem o mesmo protagonismo de antes. Além dele, Neymar e Luis Suárez são os responsáveis por infernizar a zaga dos rivais. Nem por isso o camisa 10 deixou de fazer os seus golzinhos: “só” 57 em 60 jogos, além de 23 assistências. Para ajudar, conduziu o Barça ao título da última Liga dos Campeões. REPRODUÇÃO

NADA

NEYMAR

É dos carecas que a Fifa gosta mais

MAIS

ETTY OS/G RAM

Bola de Ouro. Pela primeira vez, Neymar é finalista do prêmio de melhor jogador do mundo. Os concorrentes? Os de sempre: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo

IMAG

ES

JUSTO DAV ID

D

esde 2007, o Brasil não tem um jogador entre os três melhores do mundo. Este ano, no entanto, a situação será diferente. Na manhã de ontem, a Fifa anunciou os três finalistas da Bola de Ouro 2015, e Neymar está entre eles. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, figuras frequentes na premiação, são os concorrentes. O vencedor será conhecido no dia 11 de janeiro de 2016. A expectativa era grande para saber se Neymar seria indicado, já que sua vaga era ameaçada pelo colega de Barcelona Luis Suárez. Mas o uruguaio ficou fora da disputa. Juntos, Messi e CR7 somam sete Bolas de Ouro, quatro do argentino do Barça e três do português do Real Madrid. A última vez que um deles não levou o prêmio foi em 2007, quando Kaká foi eleito o melhor jogador do ano. Desde então, nenhum brasileiro sequer concorreu ao prêmio. Neymar, aliás, é o sétimo representante do Brasil entre os finalistas. Além dos vencedores Romário (1994), Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho (2004 e 2005) e Kaká (2007), Roberto Carlos ficou na segunda colocação em 1997. “Eu não jogo futebol visando prêmios individuais. Isso vem naturalmente. Mas só de ser nomeado, estando ao lado do Messi e sendo o primeiro brasileiro em sete anos, já é motivo de muita felicidade para mim”, disse Neymar em entrevista ao site da CBF. Os indicados ao prêmio de melhor treinador de equipe masculina foram Luis Enrique, Pep Guardiola e Jorge Sampaoli. Já o trio de melhores jogadoras do ano foi composto por Carli Lloyd, dos Estados Unidos, Aya Miyama, do Japão, e Celia Sasic, da Alemanha. A brasileira Marta, que já foi eleita a melhor do mundo cinco vezes, não apareceu na lista da Fifa. METRO

LIONEL MESSI

Quando chegou ao Barcelona, em 2013, Neymar adotou o discurso de “ajudar Messi”, de quem se tornou amigo. O tempo passou e o brasileiro não apenas fez ótima parceria com o argentino como também começou a decidir jogos e distribuir habilidade, efetividade e passes para gols. Contando os jogos pelo Brasil, Neymar mandou 44 bolas para a rede nas 60 vezes em que entrou em campo, além de 13 assistências. Também fez gol na final da Liga dos Campeões, contra a Juventus. Aos 23 anos, o atacante já divide os holofotes com Messi. A Bola de Ouro está aí, quicando para Neymar, que se despediu dos penteados cheio de estilo.

WENDELL LIRA Incluído na seleta lista dos três autores dos gols mais bonitos do ano, o até então desconhecido Wendell Lira curte a fama repentina. O jogador, que marcou o golaço pelo Goianésia contra o Atlético-GO e assinou com o Vila Nova-GO, disputa o prêmio Puskás – de gol mais bonito do ano – com Florenzi, da Roma, e Messi, do Barça. Wendell falou com o Portal da Band: “Na hora eu nem acreditei. Está sendo um grande sonho. Eu acreditei muito nisso junto com todo mundo, que me abraçou e deu certo. Não esperava mesmo ficar entre os três finalistas. Com certeza vou tirar muitas selfies e pedir autógrafos para o Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e tantos outros astros do futebol mundial que estarão por lá. Tem que aproveitar, pois é um fato que acontece uma vez na vida.” METRO


20151201_br_metro rio