Issuu on Google+

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

DIVULGAÇÃO

Cena de ‘Non essere cattivo’, de Claudio Caligari

Dos canais aos eixos

Espaço Itaú recebe amostra do Festival de Veneza

PÁG. 11

O AVANÇO DO STREAMING

PESQUISA SOBRE CONSUMO DE CULTURA POP REVELA PERFIL DO NERD BRASILEIRO PÁG. 08 BRASÍLIA Terça-feira, 1º de dezembro de 2015 Edição nº 888, ano 4 MÍN: 18°C MÁX: 28°C

www.metrojornal.com.br |

Série ‘Demolidor’, parceria de Marvel e Netflix, foi a mais vista no ano

thunder windy partly cloudy sleet thunder part sunny/ leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal showers sunny showers | @MetroJornal_BSB

sunny

snow

rain

Suspeitas de microcefalia sobem 68,8%; DF tem caso hazy

showers

Ministério da Saúde pede calma. No país, o número de registros em análise entre 21 e 28 de novembro avançou de 739 para 1.248. Em Brasília, há duas confirmações de zika vírus ‘importados’ de outros estados, mas ainda não há comprovação de relação com o caso em estudo PÁG. 03 ALBERT GEA E JUAN MEDINA/ REUTERS / DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

TRÊS HOMENS E UM DESTINO Neymar é finalista do prêmio Bola de Ouro da Fifa pela primeira vez, ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo PÁG. 12

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Após oito anos, um brasileiro volta a se r finalista no Bola de Ouro da Fifa. Venc edor será conhecido em 11 de janeiro de 2016

Ação contra Cunha Sem dinheiro, eleições serão manuais, diz Justiça pode avançar hoje Portaria de presidentes de tribunais superiores afirma que, com corte de verbas, votação em 2016 voltará a ser feita em cédulas de papel PÁGS. 02 E 07

Conselho de Ética decide à tarde se análise de pedido de cassação do presidente da Câmara continuará PÁG. 02

Mariana: Dilma ataca ‘ação irresponsável’ No 1º dia da cúpula do clima COP 21, em Paris, presidente acusou empresas e falou em ‘punições severas’ PÁG. 06

Dilma falou na abertura do encontro | CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS


02|

1 FOCO

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

2016 terá volta da votação em papel, ameaça cúpula da Justiça ‘Não há dinheiro’. Inconformados com contingenciamento de verbas feito pelo governo federal, presidentes de tribunais superiores afirmam que eleições municipais não terão urnas eletrônicas No que depender da Justiça, a crise financeira enfrentada pelo governo federal vai levar o Brasil de volta ao passado nas eleições municipais do ano que vem, quando mais de 140 milhões de brasileiros devem votar para prefeito e vereador. Atingido por um corte de R$ 1,74 bilhão pelo contingenciamento de gastos da União -- provocado pela demora na votação da revisão da meta fiscal pelo Congresso (leia mais na página 7) --, o Poder Judiciário avisou que não será possível fazer a votação em urnas eletrônicas. Elas começaram a ser introduzidas nas eleições de 1996 e o sistema foi universalizado em 2000. Cédulas de papel só eram utilizadas quando a urna eletrônica quebrava e não havia outra para substituir.

plicado secamente: “O contingenciamento imposto à Justiça Eleitoral inviabilizará as eleições de 2016 por meio eletrônico”.

Eleitor usa cédula de papel em 2002, em Brasília | MÁRCIA GOUTHIER/FOLHAPRESS

A decisão, encarada no governo como uma forma de pressão contra o contingenciamento, foi comunicada em uma portaria publicada ontem no Diário Oficial da União, com as assinaturas dos presidentes de todos os tribunais superiores do país. No texto, o motivo é ex-

O dinheiro não dá Por nota, o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou que o corte de R$ 428 mil em seus recursos “prejudicará a aquisição e manutenção de equipamentos necessários para a execução do pleito do próximo ano”. Segundo a Corte, já está em andamento uma licitação de R$ 200 milhões para a compra de urnas. O governo federal não se manifestou oficialmente sobre a ameaça de eleições com cédulas de papel. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Procuradores da República falam à imprensa | VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

Operação Zelotes. MPF denuncia 16 por compra de medidas provisórias O Ministério Público Federal denunciou ontem, à Justiça, 16 pessoas, entre servidores públicos e executivos de empresas, por um esquema de pagamento de propina para beneficiar alguns setores em medidas provisórias que tramitaram no Congresso. De acordo com os procuradores da República, montadoras de veículos pagaram intermediários para ver aprovados textos que aumentaram seus lucros ou evitaram um endurecimento de regras. Além da condenação dos investigados, o MPF pede o pagamento de, no mínimo, R$ 879,5 milhões como reparação aos cofres públicos. A ação é resultado de uma investigação paralela da Operação Zelotes, da Polícia Federal, que apura fraudes bilionárias no Carf

“As investigações revelaram que uma organização criminosa tinha como atividade a compra de medidas provisórias no país, e atuavam em todas as frentes: na edição, na fase de emendas e na fase de sanção e veto.” JOSÉ ALFREDO DE PAULA SILVA, PROCURADOR DA REPÚBLICA

(Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). A compra de medidas provisórias, segundo os procuradores, era outra frente de atuação do grupo criminoso que teria corrompido conselheiros e servidores do Carf para sumir com dívidas tributárias. METRO BRASÍLIA Operação Lava Jato

Conselho decide hoje se processa Cunha Renúncia confirmada

Petrobras O presidente licenciado do Conselho de Administração da Petrobras, Murilo Ferreira, renunciou ao cargo após notícias de conflitos com a atual gestão da estatal e diante de uma crise na mineradora que preside. Ferreira, que também é presidenteexecutivo da Vale, estava licenciado do Conselho da Petrobras desde 14 de setembro de 2015.

Cunha tenta se livrar de processo | MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

Sob a pressão de novas notícias negativas envolvendo o presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o Conselho de Ética da Casa vota hoje, a partir das 14h30, o parecer elaborado pelo deputado Fausto Pinato (PRB-SP), sugerindo que o colegiado dê prosseguimento ao processo que pode resultar na cassação do mandato do peemedebista. Cunha se defendeu ontem da denúncia de que teria recebido R$ 45 milhões FALE COM A REDAÇÃO leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O Metro jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

em propina do BTG Pactual, do baqueiro André Estevez, preso desde a semana passada, para beneficiar a instituição com uma emenda a uma Medida Provisória (a MP 608), que tratava de regras fiscais para bancos. “A emenda que eu fiz prejudicou o interesse que estão colocando”, disse Cunha a jornalistas, em Brasília. Outro revés para o carioca foi a revelação, pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, de que a Justiça da Suíça o

multou em 6 mil francos suíços (R$ 22,3 mil) por tentativa de obstrução, já que ele teria tentado evitar, com manobras judiciais, que extratos de contas suas no país fossem enviados a autoridades brasileiras. Cunha continua guardando na manga, como arma de barganha, a decisão de acatar ou não um pedido de abertura de processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT).

Janot quer investigar Renan, Delcídio e Jader O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ontem ao Supremo Tribunal Federal a abertura de inquéritos para investigar os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), presidente do Senado, Jader Barbalho (PMDB-PA) e Delcídio do Amaral (PT-MS) por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. METRO

METRO BRASÍLIA

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Editores de Arte: Cláudia Lorena e Priscila S. Belavenute. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O Metro Brasília é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

03|

Crescem 68,8% os casos suspeitos de microcefalia Relação com o vírus zika. Em uma semana, Ministério da Saúde registra 509 novas notificações; uma delas em um recém-nascido no DF O Ministério da Saúde divulgou ontem novo boletim epidemiológico informando 1.248 casos suspeitos de microcefalia, um aumento de 68,8% em relação ao último número informado, de 739. Os levantamentos têm uma semana de diferença: foram finalizados em 21 e 28 de novembro. As ocorrências foram registradas em 13 estados e no DF. O governo confirmou, no último sábado, que há relação entre a malformação, que pode afetar o desenvolvimento motor das crianças, e o vírus zika, transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue.

79 MA

CE

12

PA

25

Relação muda visão sobre o vírus zika

248

RN

PI

36

PB

646

PE

TO

12

AL

Por ter sintomas bem mais brandos do que a dengue ou a chikungunya, outras doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, o zika não ganhou muita atenção das autoridades de saúde até a confirmação de sua relação com o aumento de casos de microcefalia. Estudos nos tecidos e no sangue de um bebê nascido com microcefalia que morreu no Ceará, feitos pelo Instituto Evandro Chagas, encontraram traços do vírus zika. A notícia foi divulgada no último sábado pelo Ministério da Saúde. O órgão informou ainda que os repelentes de insetos vendidos no Brasil podem ser utilizados com segurança por mulheres grávidas. O vírus zika tem provável origem na África, mas registra muitos casos na Ásia. As autoridades suspeitam que o aumento de casos no Brasil tenha relação com o turismo durante a Copa do Mundo de 2014. METRO BRASÍLIA

SE BA MT GO

2

59

37

DF

77

1

TOTAL DE CASOS SUSPEITOS*

1.248

MG ES

MS

1 SP

13

RJ

Primeiro na capital Segundo a Secretaria de Saúde do DF, o caso suspeito divulgado pelo ministério é referente a um bebê nascido em 4 de outubro, que já recebeu alta, porém segue em acompanhamento. A mãe da criança é maranhense e chegou ao DF dois meses antes do parto. No último boletim divulgado pelo órgão, havia 12 suspeitas do vírus zika no DF. Dez delas foram descartadas e duas confirmadas. A secretaria ressalta que a doença, nestes casos, foi “importada” de duas cidades do Nordeste por residentes no DF: de Salvador (BA) e de Teresina (PI). “Não há motivo para preocupação por parte da população, pois a Secretaria de Saúde faz um controle rigoroso de monitoramento do vírus”, alertou o órgão. De 2006 a 2015, o DF registrou 20 casos de crianças com

Saiba mais

MAPA DA MICROCEFALIA

AP

PR

SC

153 139 175 167 147 2010

2011

2012

2013

2014

2015

Há casos suspeitos em 13 estados e no DF — cinco unidades da federação a mais do que na semana passada —, um aumento de 509 registros suspeitos (68,8% a mais em sete dias) FONTE: MINISTÉRIO DA SAÚDE

*ATÉ 28 DE NOVEMBRO

microcefalia, uma média de dois casos por ano. Neste período, três crianças faleceram. Combate No DF, as ações contra o mosquito Aedes aegypti, que se reproduz em recipientes com água parada, foram intensificadas no último mês. A Subsecretaria de Vigilância à Saúde recebeu apoio da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e conseguiu reduzir em 21% os casos de dengue. Na semana passada, várias ações de combate ao mosquito foram feitas simultaneamente em várias

regiões administrativas. Mais pesquisa O monitoramento dos casos de microcefalia se tornou prioridade para o governo, o que explica, em parte, o salto na contagem. As pesquisas continuam, para identificar a atuação do vírus e o período de maior vulnerabilidade para a gestante -- em princípio, acredita-se que sejam os três primeiros meses de gravidez. FABIANE GUIMARÃES RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Combate ao Aedes aegypti foi intensificado no DF

| GABRIEL JABUR/AGÊNCIA BRASÍLIA

PT deve expulsar Delcídio Jardel pode ser cassado no RS O PT convocou para a próxima sexta-feira uma reunião da Executiva Nacional para decidir o destino do senador Delcídio do Amaral (MS), preso desde a quarta-feira passada, na legenda. A nota, no site do partido, que informa sobre a convocação já deixa claro que não há disposição para perdoar o parlamentar, flagrado em áudio tramando uma rota de fuga para o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró.

“Fiquei perplexa, extremamente perplexa. Eu não esperava que isso acontecesse, ninguém esperava.” DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DO BRASIL, SOBRE A PRISÃO DE DELCÍDIO DO AMARAL

Críticas pesadas “É inquestionável que o senador Delcídio traiu a confiança do PT, do governo Dilma, de quem era líder

do Senado, e frustrou o seu próprio eleitorado”, diz o texto, assinado pelo presidente da sigla, Rui Falcão. O documento critica os ‘vazamentos seletivos’ na Operação Lava Jato, mas pontua que “nada disso, contudo, exime o senador do delito de usar seu cargo em benefício próprio, com prejuízos para o PT, o governo e o próprio país, sobretudo ao cogitar o suborno e a fuga de um criminoso”. METRO BRASÍLIA

O deputado estadual pelo Rio Grande do Sul Mário Jardel (PSD), famoso pelo desempenho como jogador do Grêmio nos anos 1990, deverá enfrentar um processo de cassação na Assembleia Legislativa do Estado. Ontem o Ministério Público gaúcho acusou o político de montar um esquema de corrupção que envolve funcionários fantasmas, propina e desvio de verbas públicas. Os promotores apresen-

taram provas como diárias falsificadas, recibos, vídeos, fotos e transcrições de conversas grampeadas. Em um dos vídeos, um assessor aparece contando um maço de notas de R$ 100 na frente do parlamentar. Em seguida, Jardel ordena que a quantia seja entregue para seu chefe de gabinete. A cassação de Jardel é dada como certa por seus colegas, mas o processo deverá começar apenas no ano que vem. METRO POA

Jardel, nos tempos de jogador | ANTONIO GAUDÉRIO/FOLHAPRESS


04|

Política

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

PARAGUAI CHANTAGEIA PETROBRAS E GOVERNO SE OMITE O Brasil anda tão desmoralizado que o Paraguai resolveu chantagear a Petrobras. O Ministério de Indústria não deixa a subsidiária local da Petrobras importar nafta virgem, não vende o produto e proíbe, sob ameaça, outras distribuidoras de fornecer a matéria-prima, essencial à produção de gasolina. Tudo porque exige que a Petrobras compre diesel e gasolina da estatal Petropar, a preços superiores aos de mercado. O governo brasileiro mantém obsequioso silêncio à grave agressão.

ETERNIDADE A demora na liberação da matéria-prima para a produção da gasolina e do diesel provoca prejuízos incalculáveis à Petrobras.

PRÁTICA ANTIGA São antigas as pressões do Paraguai para obter vantagens do Brasil. Nos corredores de Itaipu Binacional já virou piada.

COM GABRIEL GARCIA, RODRIGO VILELA E TIAGO VASCONCELOS

UTC DIZ QUE PAGOU Em delação premiada, Ricardo Pessoa, da UTC, disse que pagava R$ 50 mil mensais a Tiago Cedraz, filho do ministro, por informações privilegiadas sobre assuntos do seu interesse no TCU, e R$ 1 milhão pela decisão que o favoreceu, na licitação da obra da usina de Angra 3.

LULA, O INIMPUTÁVEL

“Ela [Dilma] não consegue ter a liderança do Congresso.” AÉCIO NEVES, PRESIDENTE DO PSDB, PARA QUEM DILMA NÃO TEM FORÇA NO PARLAMENTO

Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, declarou às autoridades que doou dinheiro surrupiado da Petrobras à campanha de Lula à reeleição, em 2006. E Lula não é considerado suspeito?

AMIGO NADA SECRETO Apostando no constrangimento de Lula, a CPI do BNDES manteve a sessão marcada para esta terça-feira para ouvir o pecuarista José Carlos Bumlai, amigão do ex-presidente. A oposição quer pressioná-lo.

NEGÓCIO DA... ÁFRICA

NÃO PODE A Lei de Improbidade Administrativa na administração direta e nas empresas de economia mista do Brasil proíbe a compra superfaturada.

APESAR DAS SUSPEITAS, TCU RECONDUZIRÁ CEDRAZ

André Esteves | FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

O banqueiro André Esteves, preso na Lava Jato, comprou a prazo 50% da Petrobras África, por US$ 1,5 bilhão. O valor estimado pela estatal era US$ 6 bilhões. A negociação foi direta e não houve concorrentes.

AZEDANDO O Planalto espalha ter percebido “benevolência” de Renan Calheiros, no Senado. De olho no ajuste fiscal, Joaquim Levy (Fazenda) e Nelson Barbosa (Planejamento) são o termômetro de Madame. Aroldo Cedraz | VALTER CAMPANATO/AGÊNCIA BRASIL

Mesmo constrangidos com as denúncias que o envolvem e a seu filho, advogado Tiago Cedraz, os ministros do Tribunal de Contas da União devem confirmar Aroldo Cedraz para mais dois anos na presidência do TCU nesta terça (1º), como é praxe naquela corte. É que o Supremo Tribunal Federal ainda não permitiu acesso do TCU ao inquérito que implicaria gravemente os Cedraz, pai e filho, na Operação Lava Jato.

VICE NO MESMO BARCO Além de Aroldo Cedraz, o TCU deve reconduzir o vice-presidente Raimundo Carreiro, também gravemente afetado pelas denúncias.

SEM O STF, NADA FEITO “Com as provas em mãos, o TCU não reconduziria Cedraz e ainda o excluiria do tribunal, aposentando-o”, garantiu um ministro à coluna.

PROCURADOR FAZ APELO O procurador do Ministério Público junto ao TCU, Júlio Marcelo Oliveira, conhecido por sua independência, endereçou apelo aos ministros do TCU para não reconduzirem Cedraz à sua presidência.

PODER SEM PUDOR CHÁ E SONO PÓS-GOLPE

EM NOME DA CREDIBILIDADE Baluarte na guerra à corrupção, Gil Castelo Branco, da ONG Contas Abertas, lembrou que a sociedade tem o direito de exigir que não exista qualquer suspeita de tráfico de influência, vendas de decisões etc. “relacionadas ao presidente do Tribunal”.

PREGO COM ESTOPA Dilma ignorou de novo a via diplomática para fazer do aspone Top-Top Garcia portador de carta ao colega Nicolás Maduro. No texto sigiloso, a presidente pede “transparência” nas eleições do dia 6. Confirmada a fraude anunciada, ela poderá dizer depois que avisou o Maduro.

O TEMPO DA JUSTIÇA

NÚMEROS DA DENÚNCIA

O ministro Walton Alencar Rodrigues, que atua como corregedor do TCU, insistiu, mas foi inútil: “É preciso esperar”, dizem no STF.

A gravação de 1h35min da trama do senador Delcídio para obstruir a Lava Jato foi ouvida mais de 7 mil vezes no site Diário do Poder em 48h.

Dois dias depois do golpe militar de 1964, ainda vivendo incertezas, o presidente interino Ranieri Mazzili sumiu do Palácio Alvorada. Saiu com um assessor de sua confiança. Soube-se depois que ele foi para um pequeno

apartamento na Asa Norte de Brasília, onde morava Hamilton, seu barbeiro na Câmara dos Deputados. Foi entrando e perguntando: - Meu chazinho está pronto? Tomou o chá e dormiu, sentindo-se em segurança.


BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASÍLIA}

Incêndio em terreiro pode ter sido acidente, diz MP Candomblé. Promotor espera laudo e alega que, nos últimos 3 anos, nenhum episódio tão violento ocorreu no DF Apesar de repudiar atos de intolerância religiosa, o MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e Territórios) frisou ontem que não há confirmação de que o incêndio que atingiu o terreiro de candomblé Axé Oyá Bagan, localizado no Paranoá, foi criminoso. O galpão utilizado pelos praticantes da religião foi completamente consumido pelas chamas na última sexta-feira. “Não descartamos a possibilidade de que tenha sido motivo de intolerância religiosa, mas também é possível que tenha sido acidente, uma vez que há fiação elétrica exposta no local”, explica o promotor e coordenador do NDE (Núcleo de Enfrentamento à Discriminação), Thiago Pierobom. “É preciso esperar pelo laudo da Polícia Civil, que sairá em 30 dias.”

Governador visitou templo, completamente destruído pelas chamas | TONINHO TAVARES/AGÊNCIA BRASÍLIA

As causas do incêndio, que não deixou vítimas, estão sendo investigadas pela 6ª Delegacia de Polícia, mas ainda não há conclusões. O espaço, completamente destruído, era frequentado semanalmente por 50 pessoas. O governador Rodrigo Rol-

lemberg visitou o local no último sábado, e determinou a criação de uma delegacia especializada em crimes de racismo e intolerância. Histórico Segundo Pierobom, nenhum ato de discriminação contra

religiões de matrizes africanas desta magnitude aconteceu no DF nos últimos três anos. Houve dois incêndios neste ano, mas no Entorno: em Santo Antônio do Descoberto (GO) e Águas Lindas (GO). São mais comuns casos de ofensas verbais e lançamento de pedras,

que também são combatidos com veemência pelo MP. Segundo o GDF, foram identificados 13 ataques a templos de religiões com matrizes africanas, dois deles dentro do DF. O outro caso na capital envolve a depredação da estátuas da Praça dos Orixás, na Prainha do Lago Paranoá. Pierobom declarou que, caso tenha sido criminoso, o incêndio não é diferente de atos praticados, por exemplo, pelo Estado Islâmico. “Atos de terrorismo praticados no exterior têm a mesma motivação que atos praticados contra religiões de matriz africana. Ou seja, é uma mensagem contra os praticantes de uma religião diferente”, observa. FABIANE GUIMARÃES METRO BRASILIA

05|

Improbidade. Ex-gestores da Agricultura são condenados O TJDFT (Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios) condenou, por improbidade administrativa, o ex-secretário de Agricultura Wilmar Luís da Silva e o ex-subsecretário da mesma pasta Paulo Sávio Cardoso de Oliveira. A Justiça acatou recomendação do MPDFT e julgou ilegal a contratação, sem licitação, de uma empresa de vigilância em 2006. Em agosto daquele ano, foi firmado um contrato de caráter emergencial com a Colossal do Brasil Vigilância, no valor de R$ 2,9 milhões, para contratar câmeras de segurança. Segundo o juiz que julgou o caso, Lizandro Garcia Gomes Filho, a dispensa de licitação não se justificava. Os dois réus foram condenados a ressarcir os prejuízos advindos da contratação e terão que pagar, cada um, multa de R$ 743 mil. Também perderão os direitos políticos por cinco anos. METRO BRASÍLIA


06|

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Brasil punirá, diz Dilma COP21. Presidente condenou ‘ação irresponsável de algumas empresas’ pela ‘maior tragédia ambiental da história do país’ A presidente Dilma Rousseff disse ontem, em Paris, que uma ‘ação irresponsável’ causou o rompimento de barragens na bacia hidrográfica do Rio Doce e que empresas serão duramente punidas por isso. “A ação irresponsável de umas empresas provocou o maior desastre ambiental na história do Brasil, na grande bacia hidrográfica do rio Doce”, afirmou. “Estamos reagindo pesado, com medidas de punição, apoio às populações atingidas, prevenção de novas ocorrências e punindo severamente os responsáveis por essa tragédia.” O rompimento da barragem de Fundão, da empresa de mineração Samarco, liberou mais de 30 milhões de m³ de rejeitos no último dia 5 de novembro, destruindo o distrito de Bento Rodrigues (MG) e contaminando o rio Doce. Dilma e outros cerca de 180 chefes de governo e de Estado estavam em Paris ontem para a abertura da 21ª Conferência do Clima (COP21), que vai até 11 de dezembro. Os países estão sendo desafiados a apresentar propostas para evitar o aquecimento global acima de 2ºC até 2100. O Brasil apresentou a me-

43%

O 1º Dia

1

é a redução de emissões de gases de efeito estufa pretendida pelo Brasil até 2030, tendo 2005 como ano-base ta de diminuir as emissões de gases de efeito estufa em 37% até 2025 e em 43% até 2030, tendo 2005 como ano-base. Para isso, o país propõe acabar com o desmatamento ilegal da Amazônia, restaurar e reflorestar 12 milhões de hectares de florestas, recuperar 15 milhões de hectares de pastagens degradadas, integrar 5 milhões de hectares de lavoura, pastagem e pecuária, alcançar 45% de energias renováveis na composição da matriz energética e aumentar 10% sua eficiência energética. Para o secretário-executivo do Observatório do Clima, Carlos Rittl, porém, o país tem capacidade para fazer muito mais. “O nível de redução de emissão é insuficiente”, disse, contando que hoje o Brasil emite em torno de 1,5 bilhão de toneladas de gases. METRO Leia mais no metrojornal.com.br

Expectativa

2

3 4

5

1. François Hollande, presidente da França, e Barack Obama, presidente dos EUA | C.HARTMANN/REUTERS 2. Ségolène Royal, ministra da França, e Dilma Rousseff | CHRISTIAN HARTMANN/REUTERS 3. Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia | STEPHANE MAHE/REUTERS 4. Mensagem de artista de rua em ponto de ônibus de Paris | BENOIT TESSIER/REUTERS 5. Xi Jinping, presidente da China, país que mais polui no mundo | STEPHANE MAHE/REUTERS

Planos dos mais pobres vão custar US$ 1 tri, diz pesquisa Hollande: dois grandes desafios globais para enfrentar | PHILIPPE WOJAZER/REUTERS

Hollande relaciona luta pelo clima com terrorismo As lutas contra o terrorismo e o aquecimento global têm uma ligação forte, disse ontem o presidente da França, François Hollande, duas semanas após ataques de militantes islâmicos na capital francesa. Hollande também reiterou que qualquer acordo para tentar manter o aumento das temperaturas globais abaixo de 2ºC precisaria ser “universal, diferenciado e obrigatório”, com países ricos contribuindo mais do que os pobres.

“Não posso separar a luta contra o terrorismo da luta contra o aquecimento global”, disse Hollande, durante a abertura das conversas. “Esses são dois grandes desafios globais que temos que enfrentar, porque temos que deixar para nossas crianças mais do que um mundo livre do terror, também devemos a elas um planeta protegido de catástrofes. A paz mundial está no centro das conversas”, disse. METRO

Os 48 países mais pobres do mundo irão precisar de cerca de US$ 1 trilhão entre 2020 e 2030 para efetivarem seus planos de enfrentamento às mudanças climáticas, e esses projetos deveriam ser uma prioridade no financiamento internacional, disseram pesquisadores. Estimativas baseadas em planos entregues pelos países menos desenvolvidos (LDCs, na sigla em inglês) para um novo acordo da ONU (Organização das Nações Unidas) cuja meta é frear o aquecimento global mostram que eles custarão cerca de US$ 93,7 bilhões por ano a partir de 2020, quando se espera que um pacto a ser acordado em Paris nas duas próximas semanas entre em vigor. O valor inclui US$ 53,8 bilhões anuais para reduzir as emissões de poluentes

US$ 93,7 bilhões por ano é de quanto precisarão os 48 países mais pobres do mundo para cumprirem seus planos até 2030 e US$ 39,9 bilhões para lidar com eventos climáticos mais extremos e com a elevação do nível dos mares, de acordo com um relatório do IIED (Instituto Internacional para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento), sediado em Londres. Os países menos desenvolvidos – da Etiópia à Zâmbia, do Iêmen aos Estados-ilhas do Pacífico – abrigam algumas das comunidades mais pobres e que estão sofrendo os piores impactos das crescentes secas, enchentes, tempestades e costas sob efeito da erosão. Ao

mesmo tempo, eles produzem tão somente uma pequena fração dos gases de efeito estufa, catalisadores da mudança climática. Essas nações são vítimas de uma falta de recursos e de conhecimento generalizada para enfrentarem essa mudança, mas quase todas redigiram as assim chamadas INDC para um novo acordo climático global. Apesar da necessidade evidente de fundos para os países mais pobres combaterem a mudança climática, a maior parte do financiamento governamental tem ido para as nações mais ricas, enfatizou o relatório do IIED. Dos US$ 11,8 bilhões anuais de governos doadores remetidos aos LDCs em 2013 e 2014, a maior fatia, de US$ 10 bilhões, foi destinada a ações para conter as emissões de poluentes. METRO

Líderes estão diante de iniciativa ambiciosa Líderes de todo o globo lançaram ontem uma iniciativa ambiciosa para conter o aumento das temperaturas da Terra, e o presidente da França, François Hollande, disse que o mundo está em um “ponto de ruptura” na luta contra o aquecimento global. Cerca de 180 chefes de Estado e governo, incluindo o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, o líder chinês, Xi Jinping, e a presidente Dilma Rousseff, incitaram uns aos outros a abraçar a causa comum nas duas semanas de negociações de forma a distanciar a economia global da dependência de combustíveis fósseis. Os líderes chegaram para a Cúpula do Clima em Paris acompanhados de grandes expectativas e armados com promessas de ação. METRO

Para Moon, ‘precisamos ir mais rápido e mais longe’ O secretário-geral da ONU Organização das Nações Unidas), Ban ki-Moon, pediu a líderes mundiais no começo do encontro sobre o clima em Paris, com duas semanas de duração, que devem acelerar ações para evitar o perigoso aumento de temperaturas. Promessas nacionais de cortes de emissões de mais de 180 nações foram, disse o secretário-geral, um bom começo, mas não o suficiente para conter o aquecimento global em no máximo 2ºC, limite que, segundo cientistas, irá evitar piores consequências. “Paris precisa marcar um ponto de mudança decisivo”, disse. “Precisamos ir mais rápido e mais longe para limitar o aumento da temperatura global em menos de 2 graus Celsius”, afirmou ki-Moon. METRO


BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

07|

Ainda sem nova meta fiscal, governo corta mais R$ 11 bilhões Contas no vermelho. Cidades e Transportes são as pastas mais atingidas por novo bloqueio. Contingenciamento total pode chegar a R$ 89,6 bilhões neste ano, afirma Ministério do Planejamento. Votação da nova meta no Congresso, adiada, está marcada novamente para hoje O governo federal bloqueou R$ 11,2 bilhões de despesas discricionárias do Orçamento da União. Desse valor, R$ 500 milhões são de emendas impositivas e R$ 10,7 bilhões das demais programações. O Ministério das Cidades teve o maior corte, com R$ 1,651 bilhão, seguido do dos Transportes, com R$ 1,446 bilhão, e do da Integração Nacional, com R$ 1,099 bilhão. Foram preservadas todas as despesas obrigatórias, como o salário dos servidores, e pagamentos do Bolsa Família. O governo tinha até ontem para publicar o decreto, já que o Congresso ainda não votou a alteração da meta de fiscal para este ano. A mudança reduz o superavit primário de R$ 66,3 bilhões para um defi-

cit que pode chegar a R$ 119,9 bilhões, caso haja o pagamento das chamadas pedaladas fiscais. Com isso, o Executivo se viu obrigado a indicar cortes para cumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. A votação estava prevista para quarta-feira passada, mas foi afetada pela prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), ex-líder do governo no Senado, por suspeita de obstrução no andamento da operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção na Petrobras. A sessão acabou sendo adiada para hoje. Diante do impacto do contingenciamento, o ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, realizou ontem reunião com os secretários-executivos de todos os ministérios, com

o objetivo de orientar sobre medidas operacionais. Com o novo corte, o contingenciamento total do Executivo, em 2015, poderá atingir R$ 89,6 bilhões, disse o Ministério do Planejamento. Em maio, foi anunciado corte de R$ 69,9 bilhões, acrescido de R$ 8,6 bi em julho. O valor de R$ 10,7 bilhões, segundo o ministério, corresponde ao total ainda disponível no Orçamento de 2015 para despesas discricionárias que podem ser contingenciadas. Essas despesas incluem, entre outros, gastos destinados ao investimento, à manutenção do funcionamento dos órgãos federais, pagamento de aluguel, água e luz. A presidente Dilma cancelou as viagens que faria nesta

semana ao Japão e ao Vietnã. Segundo a Secretaria de Comunicação, “o governo não pode mais empenhar novas despesas discricionárias, exceto aquelas essenciais ao funcionamento do Estado e do interesse público”. Rombo inédito Diante da queda nas receitas e gastos maiores na Previdência, o setor público brasileiro registrou pela primeira vez deficit primário para outubro, de R$ 11,530 bilhões – o pior patamar da série histórica do Banco Central, iniciada em dezembro de 2001. No ano, o resultado saiu de um deficit de R$ 8,4 bilhões até setembro para um rombo de R$ 19,9 bilhões até outubro. METRO

MAIORES CORTES Em R$ milhões CIDADES

1.651,3 1.446,5

TRANSPORTES INTEGRAÇÃO NACIONAL DESENV. SOCIAL E COMBATE À FOME DEFESA JUSTIÇA

1.099,6 885,5 696,7

CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO

591,8 481

ESPORTES

448,4

SECRETARIA DA AVIAÇÃO CIVIL

448

FAZENDA OUTROS FONTE: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO, ORÇAMENTO E GESTÃO

TOTAL

10.652,2

327,7 2.575,7


08|

2 CULTURA

Streaming ganha força entre nerds

MELHOR FILME DE TODOS OS TEMPOS ‘Star Wars – Episódio V: O Império Contra Ataca’

SUPER-HERÓI MAIS AMADO Batman (pelo segundo ano consecutivo!) Clube do Choro

Cais Trio O pianista Daniel Baker, o cantor Leonel Laterza e o violeiro Paulo André Tavares lançam seu primeiro DVD como grupo hoje, às 21h, no Clube do Choro. O show conta com a participação de Ellen Oléria (na foto). Inteira R$ 20.

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

MARCA MAIS AMADA Marvel

ATOR PREDILETO Robert Downey Jr.

Cultura Pop. Serviços como Netflix e YouTube ultrapassaram a TV a cabo como meio predileto para ver filmes, de acordo com pesquisa Parece que o streaming realmente começou a pegar no Brasil. Em sua terceira edição, a pesquisa Hábitos de Consumo de Cultura Pop no Brasil apontou que serviços do tipo ultrapassaram a TV paga como meio favorito entre nerds e geeks: 21% dos entrevistados preferem ver filmes em streaming e apenas 3% permanecem fiéis à TV paga. Entre os serviços, o mais popular é o Netflix (83%), seguido pelo YouTube (70%) e o extinto Popcorn Time (25%), que exibia cópias ilegais de filmes e séries gratuitamente e sob demanda. Vale ressaltar que, na pesquisa anterior, em 2014, 32% dos entrevistados não utilizavam nenhum serviço do tipo, atestando o crescimento da ferramenta. Apesar desses dados, a sala escura é líder absoluta: 66% ainda preferem assistir a filmes em salas de cinema. Encomendada pelo Grupo Omelete, a coleta de dados teve suporte meto-

JORNAL OFICIAL

dológico da Lúnca Consultoria e propôs 102 questões relacionadas a comportamento, hábitos de consumo e mobilidade, que ficaram disponíveis nos meses de setembro e outubro. Ao todo, 13.724 pessoas responderam ao questionário, das quais 70% eram homens. Entre eles, a média de idade é de 25,5 anos; 87% não têm filhos; 80% são solteiros; 30% tem renda familiar entre três e seis salários mínimos; e 95% fazem compras pela internet – a média brasileira é de 20% apenas. Confira aqui mais alguns dos dados mais interessantes revelados pela pesquisa. METRO

ATRIZ PREDILETA Scarlett Johansson

MELHOR FILME DOS ÚLTIMOS 12 MESES ‘Mad Max: Estrada da Fúria’

REDES SOCIAIS MAIS USADAS WhatsApp e Facebook

SNAPCHAT

PROGRAMA DE TV PREDILETO ‘MasterChef Brasil’, da Band

O app apresenta tendência de crescimento, com 26% dos usuários entrevistados afirmando utilizá-lo todos os dias

SÉRIE MAIS VISTA ‘Demolidor’ bateu ‘Game of Thrones’, vencedora nas duas primeiras pesquisas


10|

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

PUBLIMETRO

Termine sua relação via internet

Leitor fala

Os invasores

Estacionamentos humanos É só quando a gente trabalha em um feriado, como o de ontem, que percebe como a vida seria mais fácil se não tivéssemos que enfrentar uma hora e meia de engarrafamento para chegar no trabalho, nem lutar por vaga de estacionamento. Se tivéssemos uma rotina tranquila como a de ontem, seríamos mais humanos.

Cruzadas

ADRIANA GONÇALVES - GAMA (DF)

Modernidade. Por meio do ‘The Breakup Site’ você pode acabar com seu namoro via Snapchat, SMS, telefone e mais Começar um relacionamento é relativamente fácil: as pessoas mais românticas dão flores, as mais modernas mandam whatsapp ou sms e as mais tradicionais fazem o velho e eficaz pedido formal... Mas, quando as coisas se complicam e o término é inevitável, muitos fogem da responsabilidade de colocar um ponto final na relação. Pensando nessa dificuldade, dois irmãos canadenses criaram o “The Breakup Shop”, um novo serviço on-line que termina o seu relacionamento indesejado por apenas alguns dólares. Imagina se essa moda pega no Brasil? O Breakup Shop oferece aos amantes descontentes, um leque de opções para terminar o namoro de maneiras não muito ortodoxas: por US$ 5, seu “quase ex” receberá um snapchat de alerta sobre o término, também pode-se optar por um tele-

Contrato dos ônibus Quando o transporte foi licitado, uma das promessas era ter GPS nos ônibus, para o governo e os passageiros saberem que horas eles passariam. Era uma das grandes inovações da licitação, deixaria Brasília no mesmo pé de cidades onde o transporte é perfeito, como Madrid, mas parece que foi esquecido. Esse governo fez muitas propostas, até trem para Goiânia, mas eu não vi nada de avanço.

fonema a US$ 29 ou pagar US$ 48 para acabar com tudo via mensagem de texto e entrega de flores. O combo mais esquistito do site se chama “breakup gift pack” (pacote de presentes para términos) que, por US$ 80, inclui uma caixa de biscoitos, um cartão presente Netflix e vinho para beber e afastar a tristeza. “O serviço é direcionado àquelas pessoas muito tímidas ou as que preferem evitar todas as implicações e o estresse de um término”, afirma Mackenzie Keast, 28, um dos irmãos canadenses criadores do serviço. Ele explica que o serviço também é alvo de brincadeiras. “Já terminamos mais de 60 relacionamentos. Alguns deles são piadas entre amigos, mas também já recebemos pedidos bem sérios”, explica. Conheça o serviço pelo site http://breakupshop.com. METRO

SOFIA ABREU - SOBRADINHO (DF)

Espaços culturais fechados A crise não pode ser justificativa para o abandono completo do setor cultural no DF. O Teatro Nacional, o Espaço Renato Russo e a Demonstrativa estão fechados há mais de um ano e não há obras neles, estão só abandonados, se deteriorando. Isso diz muito sobre o espírito da cidade. ANDRÉ LUZ - ASA NORTE (DF)

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Terminar o namoro pode se tornar uma tarefa mais simples | FOLHAPRESS

Horóscopo

Está escrito nas estrelas POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Tanto no trabalho quanto nos negócios, ideias criativas irão contribuir para a superação de desafios.

Cuide para que assuntos que despertem sua vaidade ou mesmo caprichos não afastem de pessoas especiais.

Bom momento para incrementar a sua rotina estudos, interesses religiosos e o exercício de sua fé.

Uma dedicação extra a assuntos do lar tomará sua atenção com mais ênfase. Boa hora para conversas com familiares.

Bom momento para exercitar crenças e identificar um pouco mais as coisas que realmente valoriza espiritualmente.

Examinar detalhes será de grande auxílio para evitar contratempos relacionados a negociações e assuntos profissionais.

Mercúrio – que rege seu signo – faz bom aspecto com Urano, influência especial para se adaptar a inovações e se desprender de padrões.

O espírito de grupo e a troca de informações serão essenciais para concluir assuntos importantes no seu dia.

O bom aspecto de Mercúrio com Urano – regente de seu signo – é positivo para estudos e atividades culturais em boas companhias.

Momento para perceber com mais nitidez alguns valores importantes para as pessoas com que mais se relaciona.

O trabalho traz tendências para priorizar novas ideias, trocar informações e agir com mais interação diante de novos interesses.

Valorizar sua autenticidade é essencial para se sentir mais feliz, tanto nos objetivos como em suas relações.

Soluções


BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

11|

Mostra reúne fotos feitas com goma A exposição fotográfica ‘EnGoma’ é de fotografias, mas também não é. A mostra, que entra em cartaz hoje na galeria Casa da Luz Vermelha (Clube da Asbac), reúne imagens capturadas usando não uma câmera, mas uma goma biocromatada. A fotografia por goma – que visualmente se assemelha muito a uma gravura –

Falso documentário ‘Pecore in erba’ será apresentado quinta, às 19h | DIVULGAÇÃO

A versão brasiliense da mostra de Veneza Cinema. Seleção de filmes italianos exibidos na última edição do festival, um dos maiores do mundo, chega às telonas do Espaço Itaú a partir de hoje, com entrada franca Brasília recebe a partir de hoje a Mostra Venezia Cinema. Criado há 11 anos, o evento traz ao Brasil filmes italianos que foram exibidos durante a edição mais recente do festival de Veneza, além de clássicos do cinema italiano, com o objetivo de divulgar a produção cinematográfica desse país europeu. A programação que será apresentada em Brasília reunirá quatro longas inéditos na capital federal, exibidos na 72ª Mostra de Veneza em setembro, além do clássico ‘La lupa’, de Alberto Lattuada (1953), restaurado em formato digital – que encerra a programação relembrando a história de uma mãe que usa sua filha e sua beleza para ascender socialmente. O evento ocorre até sábado, no Espaço Itaú de Cinema (Shopping Casa Park), sempre às 19h, e tem entrada franca. A abertura é hoje com ‘Per amor vostro’, de Giuseppe Gaudino, que narra a história de Anna, uma mulher que desiste de tudo para promover o bem de sua família. A protagonista Va-

leria Golino foi escolhida a melhor atriz no Festival de Veneza por sua atuação. A programação segue amanhã com ‘Italian gangsters’, de Renato De Maria, um documentário ficcional sobre como a máfia dominou a política italiana; Na quinta, é vez de ‘Pecore in erba’, de Alberto Caviglia, que mostra como o desaparecimento de um jovem prodígio revela mais que sua vida pregressa. Por fim, ‘Non essere cattivo’, de Claudio Caligari, na sexta, trata de como dois amigos de adolescência trocam, com o passar da vida, as noites de balada por uma vida pacata. A Mostra Venezia Cinema é uma realização da Embaixada da Itália e já passou no mês passado por São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba. “Essa é uma coleção do melhor do cinema italiano exibido na mostra, mas também um panorama da produção atual da Itália” afirma o Embaixador da Itália no Brasil, Raffaele Trombetta. METRO BRASÍLIA

é feita após exibir-se a uma quantidade controlada de luz um papel preparado com compostos químicos. A técnica foi criada em 1890 e utilizada até a década de 1920, quando as ancestrais das fotografias modernas ganharam espaço. A mostra em cartaz na galeria é fruto de um movimento da UnB pela retomada da técnica.

As imagens participantes da exposição foram capturadas por 10 artistas, não só no DF como também em Porto Alegre (RS), Juazeiro do Norte (CE) e Rio Branco (AC). A mostra fica em cartaz até 6 de janeiro do ano que vem, com visitas de segunda a sexta, das 10h às 19h, e domingo, das 12h às 16h. A visitação é gratuita. METRO BRASÍLIA

‘Sem título’ de Ádon Bicalho mostra o colorido da técnica | REPRODUÇÃO


12|

ALBERT GEA/REUTERS

3

CRISTIANO RONALDO

Ele se acha, mas os números dão suporte

Kobe Bryant O astro do Los Angeles Lakers anunciou que encerrará a carreira ao final da temporada 2015-2016 da NBA. “Esta temporada é tudo o que tenho para dar. Estou pronto para deixar o basquete”, afirmou o jogador de 37 anos, cinco vezes campeão da NBA e terceiro maior cestinha da história da liga americana.

Ninguém duvida da capacidade e da qualidade de Lionel Messi. Se na Seleção Argentina, pela qual levou o vice-campeonato na Copa de 2014, ele é o centro das atenções, no Barcelona ele já não tem o mesmo protagonismo de antes. Além dele, Neymar e Luis Suárez são os responsáveis por infernizar a zaga dos rivais. Nem por isso o camisa 10 deixou de fazer os seus golzinhos: “só” 57 em 60 jogos, além de 23 assistências. Para ajudar, conduziu o Barça ao título da última Liga dos Campeões.

NADA

MAIS

NEYMAR

JUSTO

É dos carecas que a Fifa gosta mais

muita felicidade para mim”, disse Neymar em entrevista ao site da CBF. Os indicados ao prêmio de melhor treinador de equipe masculina foram Luis Enrique, Pep Guardiola e Jorge Sampaoli. Já o trio de melhores jogadoras do ano foi composto por Carli Lloyd, dos Estados Unidos, Aya Miyama, do Japão, e Celia Sasic, da

Alemanha. A brasileira Marta, que já foi eleita a melhor do mundo cinco vezes, não apareceu na lista da Fifa. METRO

ram por 10 anos pela Seleção Brasileira. Os times das duas amigas, contudo, estão em situações distintas no campeonato: enquanto a equipe carioca ocupa o terceiro lugar, com 12 pontos, o Brasília está em oitavo, com sete. O jogo de hoje será, portanto, importante para melhorar a classificação.

“Precisamos melhorar a nossa posição na tabela. Sabemos das qualidades tanto individual quanto coletiva do Rio de Janeiro e do quanto será difícil esse jogo. Temos que acreditar no potencial da nossa equipe, que vem crescendo ao longo das rodadas”, declarou Sassá, ao site da CBV (Confederação Brasileira de Voleibol). METRO BRASÍLIA

ETTY

IMAG

ES

Bola de Ouro. Pela primeira vez, Neymar é finalista do prêmio de melhor jogador do mundo. Os concorrentes? Os de sempre: Lionel Messi e Cristiano Ronaldo

Fora de casa, Brasília Vôlei encara o Rio de Janeiro Depois da derrota sofrida para o Osasco no tie-break, o Brasília Vôlei visita hoje, às 19h, o Rio de Janeiro, atual campeã da Superliga feminina. A partida, válida pela sexta rodada do torneio, será transmitida pelo SporTV. A ocasião será o reencontro entre a líbero da equipe brasiliense, Sassá, e Fabi, do Rio de Janeiro, que atua-

Ainda protagonista, mas não tanto

OS/G

D

esde 2007, o Brasil não tem um jogador entre os três melhores do mundo. Este ano, no entanto, a situação será diferente. Na manhã de ontem, a Fifa anunciou os três finalistas da Bola de Ouro 2015, e Neymar está entre eles. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, figuras frequentes na premiação, são os concorrentes. O vencedor será conhecido em 11 de janeiro de 2016. A expectativa era grande para saber se Neymar seria indicado, já que sua vaga era ameaçada pelo colega de Barcelona Luis Suárez. Mas o uruguaio ficou fora da disputa. Juntos, Messi e CR7 somam sete Bolas de Ouro, quatro do argentino do Barça e três do português do Real Madrid. A última vez que um deles não levou o prêmio foi em 2007, quando Kaká foi eleito o melhor jogador do ano. Desde então, nenhum brasileiro nem sequer concorreu ao prêmio. Neymar, aliás, é o sétimo representante do Brasil entre os finalistas. Além dos vencedores Romário (1994), Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho (2004 e 2005) e Kaká (2007), Roberto Carlos ficou na segunda colocação em 1997. “Eu não jogo futebol visando prêmios individuais. Isso vem naturalmente. Mas só de ser nomeado, estando ao lado do Messi e sendo o primeiro brasileiro em sete (oito) anos, já é motivo de

LIONEL MESSI

RAM

GLEB GARANICH/REUTERS

Que a vaidade de Cristiano Ronaldo divide espaço com seu talento e habilidade é algo conhecido. Mas o português do Real Madrid pode mesmo se exibir com números tão positivos. Nesta temporada, entre jogos por clube e Seleção, CR7 balançou as redes 55 vezes nas 56 partidas em que esteve em campo. Não bastasse, ainda deu 17 assistências para gol. Eleito três vezes melhor jogador do mundo, o atual detentor do título chega com moral na disputa.

DAV ID

ESPORTE

Perto do fim

BRASÍLIA, TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Quando chegou ao Barcelona, em 2013, Neymar adotou o discurso de “ajudar Messi”, de quem se tornou amigo. O tempo passou e o brasileiro não apenas fez ótima parceria com o argentino como também começou a decidir jogos e distribuir habilidade, efetividade e passes para gols. Contando os jogos pelo Brasil, Neymar mandou 44 bolas para a rede nas 60 vezes em que entrou em campo, além de 13 assistências. Também fez gol na final da Liga dos Campeões, contra a Juventus. Aos 23 anos, o atacante já divide os holofotes com Messi. A Bola de Ouro está aí, quicando para Neymar, que se despediu dos penteados cheio de estilo.

Copa do Brasil. Santos não é o favorito, diz Dorival Embora para muitos o Santos seja o favorito para levantar a taça da Copa do Brasil, amanhã, contra o Palmeiras, no Allianz Parque, o técnico alvinegro Dorival Júnior pensa o contrário. Apesar da vantagem por 1 a 0 obtida semana passada na Vila Belmiro, o treinador acredita que a decisão está aberta. “Não existe favoritismo. São duas equipes muito regu-

lares”, destacou o técnico. Para levantar o troféu, ao Santos basta um empate. Uma vitória alviverde por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. Além da ausência do lateral Lucas, expulso no primeiro jogo, o Palmeiras poderá também ficar sem Gabriel Jesus, que sofreu uma luxação no ombro. A vaga pode ficar com Rafael Marques. METRO


BRASÍLIA - TERÇA-FEIRA, 1º DE DEZEMBRO DE 2015



20151201_br_brasilia