Issuu on Google+

CHICO GUEDES/METRO GV

FRASES QUE INSPIRAM

O carteiro Joaci Leite mostra mensagens enviadas por crianças

DIVULGAÇÃO

ADVOGADO FAZ SUCESSO NO INSTAGRAM

Dá tempo de ser Papai Noel E TRANSFORMA POSTS EM LIVRO PÁG. 12 Ainda há mil cartinhas de pedidos nos Correios PÁG. 06

GRANDE VITÓRIA Segunda-feira, 30 de novembro de 2015 Edição nº 414, ano 2 MÍN: 22°C MÁX: 35°C

www.metrojornal.com.br | leitor.gv@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_VIX

‘EU ACREDITO!’ Empresa não conteve resíduos | FRED LOUREIRO/SECOM DIVULGAÇÃO

Os pecados da Samarco na onda de lama Falta de transparência e de plano emergencial para rompimento de barragem são dois dos erros PÁG. 04

RECICLE A INFORMAÇÃO: NÃO JOGUE ESTA PUBLICAÇÃO NAS VIAS PÚBLICAS. PASSE ESSE JORNAL PARA OUTRO LEITOR.

Supremo decide manter Esteves atrás das grades

Coro da torcida empurra o Vasco, que vence o Santos e chega vivo à última rodada. Fuga do rebaixamento, porém, depende de outros times, entre eles, o Fluminense PÁG. 16 Nenê comemora o gol do jogo, que ele marcou de pênalti, após dilúvio que atrasou em uma hora a partida em São Januário | DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS

Banqueiro teve a prisão prorrogada. Assessor de Delcídio do Amaral também ficará preso PÁG. 08

Confronto marca véspera do Cop21 Proibição de marcha provocou protesto nas ruas de Paris PÁG 10

PMs são presos após execução no Rio Policiais são acusados de fuzilar carro com 5 rapazes entre 16 e 20 anos PÁG 08


1 FOCO

Notas

PDU em debate De hoje até quinta-feira, moradores da Praia do Canto, de Goiabeiras, de São Pedro e de Jardim Camburi vão discutir as propostas do novo PDU (Plano Diretor Urbano) de Vitória para o período de 20162026. Nas assembleias, são debatidos os temas relacionados ao zoneamento e também ao uso e à ocupação do solo, como altura dos prédios e potencial construtivo de cada bairro.

Ainda sem conseguir mensurar a dimensão dos danos provocados pelo rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG), no último dia 5, o secretário Estadual de Meio Ambiente, Rodrigo Júdice, arrisca dizer que só voltaremos a ver a cor normal do rio Doce em pelo menos quatro meses. Hoje, o governo federal e os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo devem entrar na Justiça contra a mineradora para garantir R$ 20 bilhões para um fundo de recuperação. Nesta entrevista, Júdice fala sobre o desafio de fazer o rio voltar à vida e avalia as medidas tomadas pela empresa. Qual é a avaliação que o senhor faz dessa tragédia? Os danos causados à bacia do rio Doce são imensuráveis. É a maior tragédia ambiental provocada pela mão do homem no país. Os indivíduos aquáticos do rio foram maculados. Os que não morreram estão em processo de dano agudo. Algumas espécies de peixes ameaçadas de extinção podem ter sido extintas agora. E preocupa muito a acumulação da lama no fundo do rio, onde está a sua maior riqueza. É lá que se encontram os plânctons (alimento primário dos peixes) e os fitoplânctons (que produzem o oxigênio necessário para os peixes). Sem eles, não há vida. Isso sem falar das consequências para as populações das cidades atingidas. Como recuperar o rio? Será preciso retirar os sedi-

Fala, cidadão

GUSTAVO VARELLA CABRAL

Cotações Dólar + 2,050% (R$ 3,824) Bovespa - 2,7% (45.873 pts) Euro - 0,930% (R$ 3,956) Selic (14,25% a.a.)

Salário mínimo (R$ 788)

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Gustavo Varella Cabral é advogado, professor, especializado em Direito Empresarial e mestre em Direito Constitucional.

CHICO GUEDES/METRO GV

02|

RODRIGO JÚDICE O secretário estadual de Meio Ambiente fala das ações para recuperar o rio Doce e critica a demora da Samarco em dar respostas.

‘TODO ACIDENTE MANDA RECADO. E ELE NÃO FOI OUVIDO’ mentos que se alojaram no leito e recompor a mata ciliar. O rio não vai se recuperar sem a ajuda humana. Com o tempo e esse trabalho, os afluentes vão “emprestar” sua vida e colaborar com a repovoação do rio Doce. Os processos de purificação da água também levam tempo. A partir de quatro meses ou mais, vamos voltar a ver a cor normal do rio. A tragédia ainda não acabou. E é importante também que as cidades do entorno que ainda jogam esgoto no rio comecem a planejar o tratamento e mudar essa realidade. As medidas tomadas pela Samarco são satisfatórias? Na primeira semana após o desastre, a empresa não conseguiu dar as respostas ne-

cessárias ao poder público. Hoje, ela começa a se comprometer a executar os planos de mitigação exigidos e mostra uma mudança de postura. É preciso que ela se empenhe cada vez mais. Era possível impedir que a lama chegasse ao Estado? A principal medida que deveria ter sido tomada era antes de a barragem romper. Todo acidente manda recado. Possivelmente, esses recados foram dados e não foram observados a tempo. Depois disso, não era possível impedir que a lama chegasse ao mar. Mas, felizmente, conseguimos recuperar muitos peixes e colocar boias que, embora tenham tido resultado discreto, ajudaram a reduzir a lama grossa no entorno

O “VEJA BEM” Tergiversar é uma palavra complicada que significa enrolar, fugir do assunto, dar desculpas, enfim, dar o chamado “caô” para desdizer o que foi dito antes ou ocultar participação em algo que começa a dar errado. Isso é comum em delegacias de polícia, onde o malandro flagrado tenta convencer o delegado de que ele não é ele ou que apenas levava a coisa que um desconhecido deixou a seu lado. A coisa fica mais sofisticada conforme aumenta a qualificação do pilantra, chegando até a casos em que alguém com dinheiro em uma conta no exterior usado para pagar despesas da família jura, “de pés juntos”, que alguém armou para ele, depositando milhões em seu nome só para incriminá-lo. Claro que ninguém é obrigado a confessar seus crimes, mas o tal “quer dizer”, o “veja bem seu dotô” são como um sinal vermelho piscando na testa de quem até então era suspeito. Aliás, mães sabem quando os filhos são autores da mais nova arte: tipo o vidro quebrado por uma bola que um extraterrestre jogou de cima de seu elefante alado enquanto o santinho fazia o dever de casa... quem nunca? Contra fatos, não há argumentos, sabemos! Agora as versões são as mais criativas e estapafúrdias possíveis. Episódios gra-

FALE COM A REDAÇÃO leitor.gv@metrojornal.com.br 027/2124-3426 COMERCIAL: 027/3334-1749

O Metro jornal circula em 23 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

da foz do rio, em Regência, Linhares. Agora é monitorar o andamento da onda para impedir, se possível, que ela chegue às unidades de conservação de Aracruz. O que o Iema tem a dizer sobre a qualidade da água? Estamos fazendo análises, cujos resultados serão divulgados em breve. Eles vão apontar os elementos existentes na água e os reflexos para o homem e para o meio ambiente, incluindo os peixes. Os órgãos ambientais municipais têm autonomia para avaliar a qualidade da água para consumo humano, mas as outras respostas nós daremos. Por enquanto, recomendamos que as pessoas não se banhem no rio e no mar nas regiões afetadas.

Várias multas e acordos com a empresa foram feitos no Estado e em Minas Gerais. Há garantias de que esses valores serão usados na recuperação do rio? A tendência, agora, é termos ações conjuntas com os demais entes (municípios, Estados e União) para que não haja contradição nas decisões. O Iema aplicou uma multa de quase R$ 500 mil, porque a Samarco descumpriu uma série de medidas que determinamos. No Estado, a lei permite que essa multa seja revertida em serviços ambientais. O objetivo é somar todos os esforços para que os danos seja reparados. PRISCILLA THOMPSON METRO GRANDE VITÓRIA

ves a que assistimos cada dia mais frequentes vêm revelando um pendor artístico fantástico em autoridades brasileiras. Terremotos e vulcões na China explicam por que projetos de engenharia arquivados não resolveriam o rompimento de uma barragem. Amor sem medidas à letra fria da lei explicam o porquê se quer votar secretamente questão de extremo interesse público. Preocupação com os direitos humanos de um bandido preso justificam projetos de extração do dito cujo clandestinamente e seu transporte pelo mar até um país distante. Brasileiro é, por cultura, cordato, hospitaleiro, acomodado. Crescemos ouvindo historinhas de heróis nacionais que, ao amadurecermos, envergonham: Caxias conquistou uma Assunção defendida por crianças e velhos maltrapilhos, Zumbi tinha escravos, o papel de Tiradentes era avisar movimento de tropas imperiais, etc. Mas há um limite, como aquele cidadão que, 20 anos traído pela esposa e pelo patrão, numa segunda qualquer toma sua média no bar da frente, invade a repartição e fuzila até o contínuo. Nelson Rodrigues deveria ser mais lido nas escolas: explica bem o caráter nacional. Um dia, o brasileiro pacato cansa dos “vejas-bem”, e o caldo entorna. Como bem pontuou a ministra Carmem Lúcia (STF) no voto que decretou a prisão do senador, o sarcasmo e o deboche não podem suplantar os princípios que governam a nação.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Grande Vitória. Diretor de Jornalismo: Antonio Carlos Leite (MTB: 20074-82). Editora-Executiva: Zainer Silva. Editora: Luciana Raymundo. Coordenadora Comercial: Scheila Ramos. Editor de Arte: Cleber Machado. Diretor-geral: Carlos Canelas Magalhães.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Presidente Costa e Silva, 60, Bairro República, CEP 29070-150, Vitória (ES). O Metro Grande Vitória é impresso na Gráfica Metro

EM PROCESSO DE FILIAÇÃO


04|

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Os pecados da Samarco Falhas. Ausência de planos de emergência, falhas de comunicação, indefinição sobre o futuro dos funcionários... Quase um mês após o maior desastre ambiental do país, a mineradora ainda deve respostas e ações para reduzir o impacto do rompimento da barragem em Minas

Navio pesquisa será aberto para visitação

Quase um mês depois do rompimento da barragem da Samarco em Mariana (MG), a postura da empresa continua sendo alvo de questionamento por parte da sociedade e das autoridades, a começar pela ausência de um plano de evacuação da população do distrito de Bento Rodrigues, que contabiliza 11 mortos e 12 desaparecidos, até a incerteza quanto ao futuro dos seus funcionários e o “sumiço” do dinheiro que deveria ser usado para recuperar os estragos causados. O Metro elencou 10 “pecados” cometidos pela Samarco, cujas donas são da Vale e a BHP Billiton, diante da maior tragédia ambiental do país e ouviu as respostas da empresa sobre os problemas apontados. PRISCILLA THOMPSON METRO GRANDE VITÓRIA

Em Minas Gerais, o distrito de Bento Rodrigues, na cidade de Mariana, foi devastado pelo rompimento da barragem da mineradora | ALEX DE JESUS/O TEMPO/FOLHAPRESS

O navio de pesquisa da Marinha “Vital de Oliveira”, que está atuando na coleta de materiais na foz do Rio Doce em Regência, Linhares, chega a Vitória hoje e será aberto para visitação pública amanhã, das 14h às 17h, no Porto de Vitória. A entrada é gratuita e deve ser feita pelo acesso de pedestres do porto, em frente ao Palácio Anchieta. Na quarta-feira, o navio retorna à foz do Rio Doce. Na última sexta-feira, foram iniciadas as análises dos materiais coletados no local. A expectativa é que os primeiros resultados das análises sobre os parâmetros físicos da água, processados no navio, sejam divulgados nos próximos dias. METRO

Os erros cometidos pela empresa

FALTA DE PLANO DE EMERGÊNCIA E EVACUAÇÃO

A população de Bento Rodrigues, em Mariana (MG), não foi avisada a tempo do rompimento da barragem por alarmes, por exemplo. Samarco: Reitera que possui Plano de Contingências e que foi cumprido, mobilizando, prontamente, a Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Prefeitura de Mariana.

FALTA DE PLANO CONTRA DESASTRES

A empresa não possuía ou não colocou em prática um plano para impedir que a lama de rejeitos atingisse os distritos e o Rio Doce. Samarco: Para executar o plano de recuperação ambiental, contratou a Golder Associates - consultoria de classe mundial - e continua tomando todas as providências definidas para direcionar a pluma de turbidez para o mar e proteger a fauna e a flora na foz do Rio Doce.

POUCA ASSISTÊNCIA ÀS FAMÍLIAS

A população atingida em Mariana (MG) foi abrigada em hotéis, mas até hoje as famílias não recebem qualquer auxílio financeiro. Samarco: Diz ter contratado três organizações para desenvolver um plano de assentamento das famílias. Enquanto isso, está transferindo todos para casas alugadas. Em resposta a recomendações do Ministério Público, propôs pagar um salário mínimo para cada família, com adicional de 20% para cada dependente, além de cesta básica.

DEMORA EM FORNECER ÁGUA

A empresa demorou a fornecer água às cidades afetadas, principalmente Governador Valadares (MG). Em Colatina, moradores alegam que volume não é suficiente. Samarco: Já enviou mais de 83,5

milhões de litros de água potável para Colatina e outros 8,5 milhões para Governador Valadares.

FALTA DE ASSISTÊNCIA AOS DEMAIS AFETADOS

Pescadores e outros trabalhadores que dependem do rio Doce seguem sem receber auxílio. Samarco: Está fazendo o levantamento de impactos sociais e recebendo a lista oficial de pescadores.

DEMORA NA COMUNICAÇÃO

Nos primeiros dias, a empresa não conseguiu das respostas com agilidade à sociedade e às autoridades. Ainda hoje muitas questões envolvendo o desastre estão sem resposta, como a divulgação de resultados que comprovem a qualidade da água e os impactos. Samarco: Desde o primeiro momento, a empresa tratou o tema

com muita transparência, mantendo autoridades, sociedade e imprensa ciente de todas as ações. Laudos do Serviço Geológico do Brasil e de empresa especializada SGS Geosol atestam que os rejeitos não oferecem riscos à saúde e ao meio ambiente e que não há aumento na presença de metais pesados na água e nos sedimentos em relação a dados de 2010.

INDEFINIÇÃO SOBRE FUNCIONÁRIOS

DEMORA EM ELABORAR PLANO DE RECUPERAÇÃO

FALTA DE INICIATIVA PARA RESOLVER OS PROBLEMAS

Só duas semanas depois, a Samarco contratou uma empresa para contabilizar os danos e planejar a recuperação. E só na última sexta-feira criou um fundo para isso. Samarco: Estuda também parcerias com outras instituições ambientais, como o Instituto Terra, do fotógrafo Sebastião Salgado, que tem atuação voltada para a recuperação ambiental de mananciais ao longo do Rio Doce.

Cerca de 5 mil empregados em Mariana (MG) e Anchieta (ES) estãi em férias coletivas até 4 de janeiro. Depois disso, não se sabe o que ocorrerá. O Ministério Público do Trabalho do Estado cobra posicionamento até quarta-feira. Samarco: Não respondeu

Quase todas as medidas adotadas foram motivadas por acordos ou ações na Justiça, como o auxílio para recolhimento de peixes no rio e a distribuição de água. Samarco: Está, e sempre esteve, em constante diálogo com os órgãos públicos, cumprindo e arcando com suas obrigações.

“SUMIÇO” DO DINHEIRO

A Justiça de Minas Gerais diz que

a Samarco “sumiu” com o dinheiro das suas contas após determinação de bloqueio de R$ 300 milhões. Só R$ 8 milhões foram encontrados. Na semana passada, a empresa também deveria ter depositado R$ 500 milhões para recuperar danos, conforme acordo com o MP de Minas Gerais. Samarco: Esclarece que, no prazo previsto, emitiu ordem para que os R$ 500 milhões fossem destinados à conta, conforme acordado. Mas, em razão de decisão judicial, R$ 292 milhões foram bloqueados antes de serem depositados. Por isso, a empresa requeriu ao MP extensão do prazo para depósito deste valor, sendo que o valor remanescente de R$ 208 milhões já se encontra depositado, estando, porém, também bloqueado. Esclarece, ainda, que não oculta nem nunca ocultou qualquer recurso financeiro, tendo seus balanços periodicamente publicados e auditados por empresas independentes.


06|

Cartinhas. Ainda dá tempo de ‘ser’ Papai Noel Ainda dá tempo de participar da 26ª edição da campanha Papai Noel dos Correios. Até o dia 3 de dezembro, quem tiver interesse em apadrinhar uma criança deve procurar uma agência dos Correios, escolher uma carta e entregar os presentes no local indicado. No Estado, restam cerca de mil cartinhas -- no total, mais de 14 mil crianças de 30 escolas da rede pública fizeram suas mensagens ao Bom Velhinho. Nos últimos três anos, o projeto realizou mais de 1 milhão de sonhos em todo o Brasil. A coordenadora da ação no Espírito Santo, Juliana Bourguignon, conta que o projeto vai além. “Uma das propostas da campanha é levar os valores natalinos para dentro das salas de aula onde as cartas são escritas. É uma forma de incentivar o aprendizado da língua portuguesa, ressaltando os conceitos de bondade e solidariedade do Natal”, diz. Juliana explica que, depois de escritas, as cartas são cadastradas no sistema dos Correios e disponibilizadas nas agências participantes, que podem ser consultadas pelo site blog.correios.com. br/papainoeldoscorreios. “Nesses locais, a pessoa pode escolher a carta que tiver interesse e se tornar um padrinho. É importante ressaltar que os presentes de-

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Quase mil árvores cortadas na Grande Vitória Desde janeiro. Prefeituras dizem que plantaram mais e que retirada é feita quando exemplar está morto, irrecuperável ou com risco de queda

Joaci Leite, carteiro há 35 anos: ação reforça magia do Natal | CHICO GUEDES

vem ser entregues até 3 de dezembro, no máximo. Infelizmente, nosso maior desafio não é zerar as 14 mil cartas, mas receber os presentes dentro do prazo”, explica a coordenadora. Magia viva Carteiro há 35 anos, Joaci Balbino Leite, 53, participa mais uma vez da campanha do Papai Noel dos Correios. Para ele, o principal objetivo do projeto é manter viva a magia do Natal. “As crianças ficam muito ansiosas nessa data, e ajudar a levar alegria a elas é muito prazeroso. No mundo em que vivemos, onde se veem tantas notícias tristes, fazer com que as crianças continuem acreditando no Papai Noel não tem preço”, comenta Joaci Leite. METRO

Placas de táxi

Vitória divulga lista para novos recursos A prefeitura de Vitória divulgou, na última sexta-feira, a lista com os nomes dos candidatos que entraram com recursos na última etapa da licitação de concessão das novas placas de táxi e tiveram alteração em suas pontuações. Por conta disso, esses candidatos entraram para uma nova classificação e terão até esta sexta para entrar com um novo recurso. O andamento da concorrência no 1/2014 pode ser acompanhado pelo site da prefeitura, no Portal de Compras, em Editais e Licitações. METRO Ampliação

Nova etapa de obras na Leitão da Silva Em Valparaíso, na Serra, árvores que ficavam em praça foram cortadas a pedido de moradores, afirma a prefeitura

Pelo menos 900 árvores foram cortadas neste ano, em toda a Grande Vitória. As prefeituras, no entanto, afirmam que o número de espécies plantadas foi maior do que o de retiradas. Na última sexta, o corte de um mulembá centenário na esquina da rua Chapot Presvot com a avenida Saturnino de Brito, na Praia do Canto, em Vitória, causou controvérsia nas redes sociais. A prefeitura justificou-se, dizendo que ele estava morto e prestes a cair, colocando em risco a segurança da população. Outra árvore já foi plantada pela prefeitura no local. Os cortes autorizados, isto é, feito pelas prefeituras, ocorrem quando a árvore está morta ou com pragas e doenças -- sem possibilidade de tratamento --, quando há risco de queda total ou parcial ou quando há dano a patrimônios, sem chance de solução do problema com podas. As prefeituras ressaltam que a prioridade é a substituição das árvores cortadas, no mesmo local ou nas proximidades. Na última semana, também foram cortadas árvores em Valparaíso, na Ser-

Local de onde árvore foi removida na sexta, na Praia do Canto | CHICO GUEDES/ METRO GV

ra. De acordo com a prefeitura, o corte foi feito a pedido dos moradores. Técnicos confirmaram que havia risco de queda. Além disso, as raízes causavam dano ao local e à tubulação subterrânea. Na Capital, de acordo com a prefeitura, somente neste ano já foram plantadas 1.457 árvores, não apenas substituindo as que foram cortadas (815, no total), mas também em novos locais (canteiros centrais e laterais, parques, praças e calçadas). Entre os lugares citados pelo município estão as avenidas Dante Michelini e Fernando Ferrari. Em Vila Velha, foram 78 cortes, sendo que 40 deles sob a condição de novos plan-

tios. A prefeitura informa ainda que, nos últimos três anos, foram plantadas 350 espécies, e a expectativa é de mais 130 até o final de 2016. Na Serra, de fevereiro a setembro, foram plantadas 600 mudas, incluindo espécies de restinga em Manguinhos e espécies nativas para recuperação da nascente do Sítio Barragem. A prefeitura informou que há produção de mudas para doação e, em 2015, foram doadas 1.500 mudas arbóreas e mais de 4 mil de plantas ornamentais. A prefeitura de Cariacica não respondeu. TIAGO ZANOLI METRO GRANDE VITÓRIA

Um novo trecho da avenida Leitão da Silva, entre as ruas Arnaldo Magalhães e Frederico Lagassa, em Vitória, foi interditado no sentido César Hilal para obras de ampliação da via. O trânsito foi desviado para a pista central. No sentido Maruípe, equipes fazem intervenções em galerias com o objetivo de aumentar a capacidade de drenagem. METRO Horário limite

Serra retoma fiscalização do horário de bares A Sedes (Secretaria de Defesa Social) da Serra voltou a fiscalizar o horário de fechamento dos bares do município, que precisam encerrar as atividades até 1h30 durante a semana e 2h30 nas madrugadas de sábado e domingo. A regra também vale para boates. Na semana passada, um bar de Planalto Serrano foi multado às 3h20. O proprietário vai pagar multa de R$ 10 mil. METRO


08|

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

STF mantém prisão de Esteves e assessor Lava Jato. Detenção de banqueiro e de chefe de gabinete de Delcídio venceria ontem, mas Teori Zavascki converteu prisão em preventiva, sem prazo para libertação O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki decidiu ontem manter presos o banqueiro André Esteves e o chefe do gabinete do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), Diogo Ferreira. Os dois foram presos na quarta-feira sob a acusação de tentatica de obstruir as investigações da Operação Lava Jato ao tentar manipular a delação de Nestor Cerveró e planejar uma fuga do ex-diretor da Petrobras para a Espanha. Ontem venceu o prazo da prisão temporária (que era de cinco dias), que agora foi convertida em preventiva, isto é, sem prazo para liberação do detido. Delcídio do Amaral já havia sido preso de forma preventiva. Ao pedir a manutenção da prisão de Esteves,

a PGR (Procuradoria-Geral da República) argumentou que o banqueiro “tem claro interesse em que não venham à tona” as revelações de Nestor Cerveró. Na gravação colhida pelo filho do ex-diretor, Esteves é citado como financiador da fuga de Cerveró e também da manutenção dele fora do país. A operação, segundo a conversa, custaria R$ 4 milhões a Esteves. No despacho em que concedeu a prisão preventiva, Zavascki diz que soltar Esteves e Ferreira implicaria “risco à ordem pública, à ordem econômica e à instrução criminal do caso”. O advogado de Esteves, Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, diz que não considera haver motivos para manter seu cliente preso. METRO CURITIBA

André Esteves deve permanecer preso | FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

Cerveró deve detalhar corrupção em três áreas Estopim da prisão do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) e do banqueiro André Esteves, a delação premiada do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró envolveu uma das negociações mais longas da Operação Lava Jato. Mantida quase toda em sigilo, a delação promete detalhes do “rastro” de corrupção que Cerveró deixou por pelo menos três cargos que ocupou: gerente de geração de energia no início dos anos 2000, diretor da área internacional a partir de 2005 e diretor financeiro da BR Distribuidora depois de 2008. Delcídio é tido como o “padrinho político” de Cerveró, tendo indicado ele à diretoria internacional. Quando Cerveró foi tirado de lá em 2008, também teria sido o senador quem o realocou na BR Distribuidora. Sobre dois dos esquemas suspeitos, a compra dos navios-sonda e da refinaria de Pasadena, a Lava Jato já tem indícios sólidos de corrupção, e o ex-diretor é apontado como o elo da Petrobras com o Planalto nos negócios. RAFAEL NEVES, METRO CURITIBA

Policiais são presos no Rio após fuzilamento de 5 jovens Quatro policiais militares do Rio de Janeiro foram presos em flagrante após a morte de cinco jovens fuzilados dentro de um carro na noite de sábado, em Costa Barros, na zona norte. Eles foram transferidos para o Batalhão Especial Prisional, em Niterói. Segundo a Polícia Civil, os PMs Thiago Resende Viana Barbosa, Marcio Darcy Alves dos Santos e Antonio Carlos Gonçalves Filho foram indiciados por homicídio doloso e fraude processual, e Fabio

Pizza Oliveira da Silva por fraude processual. As vítimas são Cleiton de Sousa, de 18 anos, Wesley Rodrigues, 20, e Wilton Esteves Domingos Jr., 20, que dirigia o carro, além de Carlos Eduardo da Silva de Souza e Roberto de Souza Penha, ambos de 16. Eles tinham acabado de sair do Parque Madureira e iam lanchar na comunidade da Lagartixa, onde moravam, quando o carro em que estavam foi fuzilado por PMs. Os jovens morreram na hora.

Moradores disseram que os jovens pararam o carro antes mesmo de se aproximarem dos policiais, levantaram os braços, e avisaram que eram moradores. Cena do crime forjada Os PMs também são suspeiros de alterar a cena do crime. Segundo testemunhas, que fizeram um vídeo, eles colocaram uma arma de brinquedo próximo ao carro para validar um auto de resistência. METRO RIO


GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

09|

Um dia você vai se aposentar Preparado? Levantamento mostra que falta planejamento entre os mais jovens e sobra endividamento entre quem já se aposentou Um estudo realizado pela Serasa mostra que o grupo de brasileiros com idades acima de 61 anos registrou o maior aumento no percentual do total de inadimplentes, saindo de 11,8% em junho de 2014 e chegando a 12,4% em junho de 2015. Isso indica que os aposentados estão se endividando mais para manter a qualidade de vida. A Serasa considera aposentadoria ideal aquela em que o idoso consegue pagar as contas mensais e ter reservas para investir em atividades de lazer, “garantindo qualidade de vida prática e emocional”. Mas, segundo o Indicador de Educação Financeira (IndEF) 2014, elaborado pelo SerasaConsumidor e pelo Ibope Inteligência, 62% dos jovens de 16 a 24 anos não fazem nenhum tipo de contribuição para a aposentadoria.

12,4% é o índice de brasileiros inadimplentes com idades acima de 61 anos, em 2015, segundo estudo da Serasa Uma pesquisa feita pela American Consumer Credit Counseling, organização sem fins lucrativos de Boston (EUA), constatou que uma em cada três famílias americanas dá mais assistência financeira aos filhos adultos do que aos pais idosos (uma em cinco). Para os especialistas da Serasa Experian, mesmo uma aposentadoria bem planejada pode ser arruinada por filhos e demais dependentes. Conheça no quadro ao lado uma sequência de dicas valiosas para ter uma aposentadoria tranquila. METRO

SEGREDO É UM SÓ: PLANEJAR 10 passos para ter uma aposentadoria sem tropeços NÃO SE CONTENTE COM MENOS

1

Quando o assunto é privação de consumo, sempre ouvimos que “vida de aposentado não é fácil”, o que leva a certo conformismo. Porém, a estabilidade financeira é possível e depende mais de você do que imagina NÃO DEPENDA APENAS DO INSS

2

Com a tendência de aumento da expectativa de vida do brasileiro e outros problemas relacionados ao cenário econômico do país, ficou mais arriscado contar apenas com a previdência social PAGUE O INSS MESMO QUANDO ESTIVER SEM TRABALHO OU NA INFORMALIDADE

3

Não deixe “buracos” na sua contribuição. O tempo sem pagar retarda a conquista da sua aposentadoria formal

POUPAR É POSSÍVEL

4

Guardar dinheiro não está necessariamente relacionado com sobras no orçamento, mas sim com projetos maiores como a aposentadoria. Veja seus gastos com automóvel, roupas, eletrônicos, alimentação etc.; você descobrirá onde fazer cortes ENTRE 80% E 100% DE RENDA SOBRE O ÚLTIMO SALÁRIO

5

Quanto mais próximo o valor da aposentadoria do último salário recebido na fase produtiva, menos cortes serão necessários para manter o mesmo padrão de vida. Portanto, considere esses cálculos para planejar quando e como se aposentar NUNCA É CEDO, MAS TAMBÉM NUNCA É TARDE

6

Não ter começado cedo um planejamento financeiro não

deve extinguir o sonho da aposentadoria. Para isso, economize mais e por mais tempo, o que pode implicar em manter uma atividade profissional mesmo depois de ter obtido a aposentadoria formal BUSQUE ALGO MOTIVADOR PARA SEGUIR TRABALHANDO

7

Se você precisa adiar a aposentadoria, resgate um sonho profissional que ficou para trás: inicie uma segunda carreira ou empreenda para complementar a renda. Se as condições são favoráveis, por que parar? É você no comando! CALCULAR AS DESPESAS QUE A APOSENTADORIA DEVE CONTEMPLAR

8

Além dos custos fixos com moradia, alimentação, água, luz, gás, despesas médicas e impostos, inclua na renda da aposentadoria gastos com lazer e atividades que

promovam qualidade de vida, como um curso de artes ou de idiomas, por exemplo MAIS GASTOS COM SAÚDE

9

Quem segue com o plano de saúde coletivo da empresa deve se preparar para pagar o valor integral na aposentadoria, pois os subsídios oferecidos são retirados, o que encarece a mensalidade. Além disso, a tendência é o consumo contínuo de mais medicamentos. Prepare-se para isso CAIXA PARA EVENTOS INESPERADOS

10

Uma vez aposentado, é ideal que se mantenha uma quantia separada para eventualidades que não estejam previstas no orçamento mensal. Um convite para uma viagem de última hora ou a troca de um carro também podem encontrar recursos no caixa voltado aos eventos inesperado FONTE: SERASA


10|

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Conflito marca a véspera da Conferência do Clima COP21. Marcada para ontem, véspera da abertura da Conferência sobre o Clima, marcha foi proibida após ataques e centenas foram às ruas protestar contra o cancelamento A polícia de Paris conteve ontem mais de duas centenas de manifestantes que protestaram contra a proibição da Marcha pelo Clima, que aconteceria na véspera da abertura da 21ª Conferência sobre o Clima (COP21). Segundo a agência “France Presse”, a polícia francesa usou gás lacrimogêneo para conter os manifestantes, muitos usando máscaras e atirando sapatos ou garrafas contra os policiais. Desafiando a proibição de qualquer protesto após os atentados, eles se dirigiram para a praça da la République. “São pequenos grupos violentos que atacaram a polícia com projéteis e até com uma bola de boliche”, informou o chefe de polícia de Paris, Michel Cadot,

20 mil pares de sapatos foram enviados a Paris por manifestantes contrários à Conferência sobre o Clima

Policiais contêm manifestante em Paris | ERIC GAILLARD/REUTERS

acrescentando que nenhum dos manifestantes ou elementos das forças de segurança policiais ficou ferido. A Marcha pelo Clima foi cancelada por causa dos atentados de 13 de novembro na capital francesa. Em

substituição, manifestantes organizaram-se e enviaram para Paris cerca de 20 mil pares de sapatos, segundo a agência de noticias “Reuters”, que cobriram a praça de la République, numa ação simbólica de represen-

tação dos ambientalistas e cidadãos que se juntaram à causa. Os organizadores afirmam que até o Vaticano enviou um par de sapatos, em nome do papa Francisco. Mais de 150 chefes de Estado e de governo – entre eles a presidente Dilma Rousseff – são esperados para participar hoje da abertura oficial da COP21, que vai até 12 de dezembro. METRO Veja mais no metrojornal.com.br

Papa na África. Francisco pede pela paz sob forte esquema de segurança Protegido pelo esquema de segurança mais reforçado em suas viagens, o papa Francisco pediu ontem pela reconciliação da República Centro-Africana, um país afetado há anos pela violência entre muçulmanos e cristãos. No momento em que seu avião pousou na capital, Bangui, helicópteros de ataque patrulhavam os céus e forças de paz das Nações Unidas e do Exército francês esperavam do lado de fora do aeroporto. A visita à ex-colônia francesa é a primeira viagem do pontífice a uma zona de combate. Bangui é a etapa final da primeira viagem de Francisco à África, após passagem pelo Quênia e Uganda. A cidade sofreu um aumento dos confrontos, com ao menos cem mortos desde o fim de setembro. Francisco foi levado - em um papamóvel aberto durante grande parte do tempo de viagem - para o pa-

Papa saúda católicos da República Centro-Africana | S.RELLANDINI/REUTERS

lácio presidencial, onde se reuniu com a chefe de Estado interina, Catherine Samba-Panza, e, em seguida, visitou um acampamento de cerca de 4 mil pessoas desabrigadas pela violência. “Trabalhem, rezem, façam tudo pela paz”, disse o pontífice no acampamento. “Mas, lembrem-se, a paz sem amor, amizade e tolerância, não é nada. Espero que todos possam ver a paz.” METRO


GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

AFINAL, QUEM É

GATINHO DE TRÊS PATAS. Ruppert Este pequeno gato com três perninhas foi resgatado por uma instituição de proteção animal.

PERFEITO?

Animais deficientes estão nos holofotes das ONGs de adoção. Fotógrafo australiano produz ensaio com esses bichinhos

11|

{PLUS}

+ PLUS

METRO INTERNACIONAL

CÃO CEGO Scrappy Depois de constantes problemas, o Scrappy teve que fazer uma cirurgia de remoção dos dois olhos.

O fotógrafo australiano Alex Cearns desconstruiu os preconceitos com o ensaio fotográfico ‘Imperfeição Perfeita’. Seu objetivo foi celebrar o fato de que a beleza desses animais é maior do que seus defeitos físicos.

Com carinho

Adoção de animais deficientes ROTTEWILER COM IMPLANTE DE PERNA VÍTIMA DE CÂNCER Rowdy Também perdeu uma de suas patinhas por causa do câncer

Savannah A perna da Savannah foi amputada devido a um câncer agressivo.

Os animais abandonados que têm alguma incapacidade física geralmente são discriminados e têm dificuldade na hora da adoção. Porém, esse panorama está se modificando: há mais mobilização e atenção aos desfavorecidos. Marina da Cunha, participante do projeto de adoção Pet das Dindas, relata que já viu casos em que a deficiência foi um ponto positivo na hora da decisão da adoção. “Recentemente, vi serem resgatados cinco filhotes caninos, todos sem alguma patinha, e todos foram doados em uma semana.”


12|

2 CULTURA

Jennifer Lawrence

Artista do ano Aos 25 anos, a estrela de “Jogos Vorazes” recebeu o título da revista “Entertainment Weekly”. Em entrevista, ela disse ainda se preparar para sua estreia como diretora. Chamado Project Delirium, o projeto é uma comédia sobre “guerras mentais dos anos 1960”.

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Do Instagram às livrarias Na palma da mão. Após conquistar 718 mil seguidores, o advogado Pedro Henrique lança livro ‘Um Cartão’ O advogado Pedro Henrique, 25 anos, estudava para um concurso público quando pegou um pedaço de papel e escreveu a frase “O melhor da vida é de graça”. Publicou a foto da mensagem no Instagram, e em poucos minutos a publicação ganhou várias curtidas. Foi aí que ele decidiu criar o “Um Cartão”, perfil no “Insta” que reúne frases sobre sentimentos e conta com 718 mil seguidores. O sucesso foi tanto que o “Um Cartão” virou livro. Publicado pelo Fábrica231, selo de entretenimento da editora Rocco, o livro “Um Cartão” chega às livrarias com um projeto editorial diferente do tradicional: as 192 páginas são em formato de cartões serrilhados que podem ser lidos como uma grande coleção de frases inspiradoras ou destacados para serem compartilhados de forma avulsa. “Desde pequeno eu gosto muito de escrever e vivia rabiscando as coisas.

DIVULGAÇÃO | ROCCO/ANGELO DUARTE

“Todas as frases que estão no livro foram desenhadas por mim. Eu sou um coração em um pedaço de papel” PEDRO HENRIQUE

Todo presente que eu dava para a minha família ou amigos ia acompanhado de um cartão. Acredito que o cartão é uma forma especial de demonstrar carinho”, conta o escritor. E foi com o objetivo de atingir um grande número de pessoas que Pedro largou a advocacia e decidiu se dedicar ao livro. “O Instagram foi responsável por tornar o meu trabalho conhecido e decidi levar essa agilidade do mundo virtual para as páginas do livro. A obra é toda manual”, diz o escritor. HIDAIANA ROSA METRO CAMPINAS

Pedro Henrique criou o perfil ‘Um Cartão’ no Instagram e conquistou mais de 700 mil seguidores

“UM CARTÃO” PEDRO HENRIQUE EDITORA ROCCO R$ 24,50


GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Conectado a celular, acessório vira ‘bússola’ para ciclistas

Os invasores

Leitor fala

Lama Tenho acompanhado a tragédia do rio Doce pelos jornais diariamente e o que posso perceber é que a empresa responsável pelo desastre só parece se mobilizar quando acionada pela Justiça ou, no máximo, pelas discussões públicas a respeito de suas deficiências. Não era o caso de a Samarco ter logo acionado essa consultoria para fazer um plano de “redução de danos”? Como o Metro bem disse, esperar quase 20 dias para que um planejamento e a gestão dos problemas fosse realizada por outra empresa que entende desse tipo de questão me parece brincar com vidas.

Cruzadas

Modernidade. BeeLine funciona graças à tecnologia Bluetooth e, com uma seta, indica o caminho para quem está de bike GPS no carro já virou até lugar comum para muita gente. Mas e GPS na bike? Um dispositivo, com um quê de bússola tecnológica, atende a essa demanda sem deixar o ciclista desatento no trânsito. Instalado no guidão, o acessório, com uma tela do tipo e-paper, mostra de forma clara, com uma seta, a direção que se deve seguir. O BeeLine não é de fato um GPS e, para mostrar a direção e tamanho do caminho a ser feito, precisa estar conectado a um telefone celular, funcione este no sistema Android ou no iOS. O primeiro passo é traçar a rota no Google Maps no telefone. Depois, acionado o Bluetooth do celular e do BeeLine, é preciso parear os dois dispositivos. Assim, as informações do trajeto

EDSON RIBEIRO

serão transmitidas ao aparelho no guidão da bicicleta. Mas nada de mapas no acessório: somente uma seta indicará, literalmente, a direção do ciclista, como se fosse uma bússola. E a tela mostra, ainda, quantos quilômetros será preciso andar até que se chegue ao destino selecionado.

Lama 2 Apenas torço para que esses acordos, multas e bloqueios judiciais de milhões não fiquem apenas nos papéis e que esses recursos sejam de fato revertidos para a recuperação do rio Doce e para ajuda a quem depende dele. Tenho apenas uma ligeira desconfiança (admito aqui) de que isso não acontecerá a contento. Cabe a nós, sociedade, ao Estado, à União e às prefeituras, além da imprensa, ficar de olho.

Bateria e preço Os desenvolvedores afirmam: o BeeLine poderá ser usado por até um mês sem necessidade de ter a bateria recarregada. Lançado na Inglaterra, o acessório custa 45 libras (cerca de R$ 255). A procura já é grande, mas os interessados terão que deixar a ansiedade de lado, pois entregas estão previstas apenas para agosto do ano que vem. METRO

ARLINDO QUEIROZ

Quer mais?

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia. Para falar com a redação:

leitor.gv@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

BeeLine: seta indica o caminho com informações do Google Maps | INTERNET

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

13|

POR: GUILHERME SALVIANO

www.estrelaguia.com.br

Boas conversas serão fundamentais para esclarecer mal-entendidos. Tendências a expor de forma mais direta tudo o que sente. 

A Lua está em seu signo o que fará com que fique mais direto do que habitual em suas relações e na maneira de se expressar.    

Situações burocráticas estão propensas a esclarecimentos em questões materiais e profissionais que possuir.  

Evite se apegar a antigos ressentimentos e dê novas oportunidades para relações que se afastou por algo insignifi-cante.

O momento é de reflexão sobre seus atos e não deixar que culpas ou complexos interfiram na confiança por objetivos.  

O momento é propício para pesquisas e estratégias diante de negócios que esteja. Se puder, contenha decisões mais ousadas por enquanto.  

Pondere para não dizer coisas de forma precipitada. O jeito de expor assuntos às vezes tem mais impacto do que os próprios assuntos.  

Este é um momento para se socializar mais, seja com novas amizades ou retomando convivências especiais.

Este é um momento de propensões a debates e atritos nas relações. Evite perder tempo com assuntos desnecessários.

Período propício para tratar assuntos financeiros, negociações em parcerias ou temas que envolvam ganhos.

Os interesses a longo prazo não devem ser motivo para se desligar dos assuntos mais urgentes e que não tragam tanta preocupação.

Esteja receptivo a inovações sem ser tão metódico diante de assuntos profissionais ou projetos autônomos.

Soluções


14|

3 ESPORTE

Vasco chega vivo à última rodada Falta só uma! Time vence os reservas do Santos e mantém chances de fugir do rebaixamento no último jogo, contra o Coritiba. Mas, além de vencer, precisa torcer contra Figueirense e Avaí

10 VASCO

Copa Davis

Campeão A Grã-Bretanha voltou a levar um título da Copa Davis de tênis após 79 anos. Liderada por Andy Murray (foto), a seleção superou a Bélgica por 3 a 1.

GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

SANTOS

O lema dos times que estão no sufoco para alcançar uma conquista ecoou em São Januário nos minutos finais da partida. “Eu acredito!”, gritavam, em coro, os 11.618 torcedores no estádio, que chegaram mesmo enfrentando um dilúvio. Apesar da magra vitória sobre o Santos, que foi a campo com o time reserva, com exceção do goleiro Vanderlei, o 1 a 0 garantiu mais uma sobrevida ao Vasco. Com os três pontos conquistados na penúltima rodada do Brasileiro, a equipe, que está com 40 pontos, na mesma 18ª posição, manteve a chance de escapar da queda para a Série B. Porém, além de vencer o Coritiba, que está com 43 pontos, mas com um saldo de gols muito melhor, terá que torcer contra Avaí (com 41 pontos) e Figueirense (40). Os rivais na luta contra o rebaixamento não podem vencer seus jogos. O primeiro enfrenta

o campeão Corinthians, em São Paulo. Já o Figueirense receberá o Fluminense em Florianópolis, fato que já começa a gerar polêmica na internet. Ontem, no início da noite, a hashtah #EntregaFluminense já estava no segundo lugar dos assuntos mais comentados do Twitter. “Realmente está muito difícil, porque não depende só da gente”, disse o técnico Jorginho, refutando qualquer possibilidade de o tricolor entregar o jogo para prejudicar o Vasco. “Conheço muitos atletas do Fluminense. Tenho certeza que, de forma nenhuma, esses profissionais vão deixar a coisa acontecer.” Nenê salvador Mais uma vez, o meia Nenê foi o responsável por balançar a rede. Ontem, após sofrer pênalti do goleiro santista, ele mesmo converteu, aos 44 minutos do primeiro tempo. O jogo ficou ameaçado de não acontecer, devido à forte chuva que caiu sobre o Rio pouco antes do início. O campo ficou alagado e a partida só pôde começar com uma hora de atraso. METRO RIO

30 ATLÉTICO-PR

FLAMENGO

na etapa final, Cleberson fez o seu segundo e definiu o placar a favo do clube paranaense. A equipe carioca não tinha grandes ambições na partida, já que não havia

37ª rodada SÁBADO

SÃO PAULO

3

X

1

X

1

X

FLUMINENSE

AVAÍ

2FIGUEIRENSE 1

INTERNACIONAL

0PONTE PRETA

DOMINGO

VASCO

GRÊMIO

CRUZEIRO

SPORT

Nenê vibra com os companheiros

| GUSTAVO SEREBRENICK/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

1

X

2

X

1ATLÉTICO-MG

3

X

0 JOINVILLE

2

X

0CORINTHIANS

0

X

2

1

X

3

X

PALMEIRAS

CHAPECOENSE

ATLÉTICO-PR

0

3

SANTOS

CORITIBA

GOIÁS

0FLAMENGO

BRASILEIRO - SÉRIE A 1º CORINTHIANS 2º ATLÉTICO-MG 3º GRÊMIO 4º SÃO PAULO Campo alagado atrasou o início da partida | DANIEL ZAPPE/CÓDIGO19/FOLHAPRESS

Fla joga mal e é derrotado pelo Furacão Apático, desanimado, sem oferecer nenhum tipo de resistência, o Flamengo foi goleado, na noite de ontem, por 3 a 0 pelo Atlético-PR, na Arena da Baixada. O resultado mantém a má fase do rubro-negro carioca, que conquistou apenas oito pontos nas últimas 11 rodadas do Brasileirão. O primeiro gol foi marcado por Cleberson. O lateral Roberto ampliou e,

Brasileirão

mais chances de alcançar o G-4, oiu seja, a classificação para a Libertadores, e o rebaixamento era impossível. O Furacão também não disputa mais nada, mas manteve o ânimo. Foi a primeira partida desde a rescisão com o técnico Oswaldo de Oliveira, no sábado. Um dos mais cotados para assumir o time para o próximo ano é Muricy Ramalho. METRO RIO

Flamengo teve péssima atuação | VAGNER ROSARIO/FUTURA PRESS

P V GP SG 80 24 70 40 66 20 62 15 65 19 50 18 59 17 52 5

5º INTERNACIONAL 57 16 37 -1 6º SPORT 56 14 52 14 7º SANTOS 8º CRUZEIRO

55 15 54 14

9º ATLÉTICO-PR 10º PONTE PRETA

51 14 42 -1

11º PALMEIRAS 12º FLAMENGO

50 14 58 8

13º FLUMINENSE 14º CHAPECOENSE

47 14 40 -8

15º CORITIBA 16º AVAÍ

43 11 31 -11

17º FIGUEIRENSE 18º VASCO

40 10 35 -15

19º GOIÁS 20º JOINVILLE

38 10 39 -9

55 15 44 11 51 13 41 2 49 15 44 -7 47 12 34 -7 41 11 37 -22 40 10 28 -26 31 7 26 -20

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B


GRANDE VITÓRIA, SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Em quem você aposta? Escolha o seu. A Fifa anuncia hoje os três finalistas da premiação Bola de Ouro e a grande dúvida no mundo do futebol é: quem acompanhará Messi e Cristiano Ronaldo nessa lista? As especulações ficam entre Neymar e Suárez Chegou a hora de a Fifa divulgar os três finalistas para a premiação Bola de Ouro, com os craques do futebol no ano. O anúncio será feito hoje e é quase certo que o monopólio de Messi e Cristiano Ronaldo será mantido entre os três nomes da finalíssima. A pergunta que fica é: quem será o terceiro concorrente? As apostas caem todas em Neymar ou Suárez. Contratado na temporada passada pelo Barcelona, o uruguaio tem mostrado seu tino goleador. Só na temporada 2015/2016 já foram 18 gols em 20 jogos. Desde que chegou ao Barça foram 63 partidas e 43 tentos. Enquanto isso, o brasileiro tem feito sua melhor temporada pelo clube catalão. Sem Messi, que ficou quase dois meses ausente por conta de uma lesão,

DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

SUÁREZ

X NEYMAR

63 JOGOS 114 43 75 GOLS 0,68 GOLS POR 0,65 PARTIDA *PELO BARCELONA A Bola de Ouro poderia ter quatro finalistas, não?

Neymar chamou para si a responsabilidade e tem feito partidas brilhantes, encantando o mundo, além de belos gols e assistências. Porém, vale lembrar que foi o camisa 9 do Barcelona, e não Neymar, quem apareceu ao lado de Messi e Cristiano Ronaldo entre os finalistas do prêmio da Uefa deste ano. Alguns apostam em um panorama diferente neste Bola de Ouro. Com um futebol pouco vistoso do Real Madrid, consequentemente CR7 tem mostrado menos de sua habilidade. Assim, acredita-se que o trio MSN possa dominar a premiação e aparecer como finalistas. “Não me parece absurdo que Messi, Neymar e Suárez estejam no pódio da Bola de Ouro”, disse Luis Enrique, técnico do Barcelona. O vencedor será divulgado no dia 11 de janeiro. METRO

15|

São Paulo. Time pensa na semana decisiva O São Paulo começa a semana com uma ponta de paz. Após a tristeza da derrota histórica para o Corinthians, vem o alívio da vitória sobre o Figueirense no último sábado. Herói da partida, que marcou o terceiro gol na vitória de 3 a 2, Thiago Mendes acredita que o time está focado para conseguir a vaga na Libertadores, que pode vir no próximo domingo, contra o Goiás, em Goiânia. “Esse gol foi muito importante e nos deixou com meio caminho andado para a Libertadores”, disse o volante. Milton Cruz já pensa na equipe que entrará em campo. Com Rodrigo Caio suspenso, ele tem apenas Lucão, Lyanco e Edson Silva como opções na zaga. O técnico interino ainda não sabe se contará com Luis Fabiano no ataque, que pode ter feito no sábado sua última partida pelo Tricolor. METRO


RECICLE A INFORMAÇÃO: NÃO JOGUE ESTA PUBLICAÇÃO NAS VIAS PÚBLICAS. PASSE ESSE JORNAL PARA OUTRO LEITOR.

GRANDE VITÓRIA - SEGUNDA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO DE 2015



20151130_br_vitoria