Page 1

O Metro Jornal é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

BELO HORIZONTE Sexta-feira, 18 de setembro de 2015 Edição nº 980, ano 4 MÍN: 18°C MÁX: 32°C

www.metrojornal.com.br | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_BH

COMEÇA O ROCK IN RIO

UM DOS MAIORES FESTIVAIS DO PLANETA TRAZ 150 ATRAÇÕES ESTE ANO PÁG. 18

STF veta contribuição de empresas a campanhas Já em 2016. Maioria dos ministros vê interferência desigual nas eleições e chance de abuso de poder econômico com a manutenção do financiamento empresarial. Posição dá amparo para a presidente Dilma Rousseff vetar decisão da Câmara de permitir as contribuições PÁG. 05

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

A partir de hoje, capital recebe a 17ª edição da FESTCURTASBH, um dos principais eventos do cinema de curta-metragem do país PÁG. 15

Contra crise, governo MG gasta R$ 7 mil por mês Carros estocados no cogita volta de cassinos Detran serão reciclados com cada jovem infrator Presidente consulta líderes da base aliada sobre eventual legalização de jogos de azar PÁG. 06

Veículos que não são resgatados pelos donos serão desmanchados para aliviar lotação nos pátios PÁG. 02

Valor desembolsado pelo Estado é mais que o dobro do aplicado em um aluno da rede pública PÁG. 04


|02|

1 FOCO

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Carros sucateados no Detran mineiro serão reciclados Novidade. Projeto em parceria com o Cefet-MG vai reaproveitar peças dos veículos apreendidos pelo órgão e que já viraram sucata nos pátios

Cachorros vão ajudar no combate ao tráfico de drogas | DIVULGAÇÃO/POLÍCIA FEDERAL

Aeroporto. PF em Confins ganha cães farejadores O combate ao tráfico de drogas acaba de ser reforçado no Aeroporto de Confins, na Grande Belo Horizonte, com a instalação no local de um inédito canil de cães farejadores da Polícia Federal. Os novos ‘policiais’ vão en-

trar em ação a partir deste mês e são treinados para localizar, além de drogas, artefatos explosivos. Em todo o Estado, a corporação já contava com os animais em ações investigativas e operacionais. METRO BH

Economia. Recuperação de crédito é a pior em 7 anos

Apesar dos leilões, 200 mil veículos apreendidos lotam os pátios do Detran em Minas | LUCAS NINNO/GCOM/FOTOS PÚBLICAS

Pimentel

“O que nós vamos fazer agora, é trabalhar pela aprovação da CPMF com alíquota de 0,38%” GOVERNADOR DE MINAS DURANTE UM EVENTO EMPRESARIAL, ONTEM, EM NOVA LIMA, NA GRANDE BH

Cotações Dólar + 1,25% (R$ 3,882) Bovespa 0,00% (48.551 pts)

Sol, poeira, vento e chuva. Os mais de 200 mil veículos apreedidos nos pátios do Detran-MG (Departamento de Trânsito de Minas Gerais) estão sujeitos a esses fenômenos naturais todos os dias. E, segundo órgão, 20% deles não serão recuperados pelos proprietários, o que aumenta as filas de sucatas. Por isso, foi firmada uma parceria com o Cefet para o desenvolvimento de novas tecnologias para a reciclagem dos automóveis. O coordenador administrativo do Detran-MG, Daniel Barcelos, explicou que as empresas interessadas no projeto serão credenciadas para atuar na desmontagem dos veículos e, posteriormente, haverá a reciclagem das peças que não podem ser destinadas à comercialização, conforme as leis atuais. “Hoje, essas peças são destruídas artesanalmente. O Cefet-MG trará o know-how diretamente do Japão, que domina esse tipo de processo, para podermos reciclar este material”, contou. O

20% dos veículos apreendidos nos pátios do Detran-MG não são recuperados pelos proprietários e a sucata só cresce nos locais apoio tecnológico para o projeto vem da Agência de Cooperação Internacional do Japão, que trabalha em parceria com o Cefet-MG desde o ano passado na construção de uma planta-piloto de reciclagem automobilística. A unidade vai funcionar no campus II da instituição, no bairro Gameleira, região Oeste de Belo Horizonte. “Além de reciclar veículos de uma forma ambientalmente correta e sustentável, daremos mais um passo no sentido de acabar com os desmanches ilegais, que prevalecem no país”, defendeu o coordenador geral do programa, Daniel Castro. Barcelos afirmou ainda que a iniciativa é inédita na América Latina e atenFALE COM A REDAÇÃO

Euro + 1,50% (R$ 4,402) Salário Selic (14,25% a.a.) mínimo (R$ 788)

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719 COMERCIAL: 031/3508.5720

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Campinas e Grande Vitória, somando 495 mil exemplares diários.

de a nova legislação em vigor desde maio deste ano. Ela regulamenta a atividade de desmonte de peças automobilísticas no país. A medida foi implementada para combater o comércio clandestino. “Não existem empresas especializadas e nem tecnologia para isso no Brasil. Assim, firmamos a parceria com o Cefet para buscar soluções sustentáveis e desenvolver novos estudos”, apontou o dirigente do Detran. Cadastramento A próxima etapa será cadastrar as empresas que hoje funcionam irregularmente no desmonte de veículos e outros que estejam interessadas na reciclagem. Após o processo, o Cefet vai quafilicá-las. “Isso deve acontecer nos próximos dois anos e a planta-piloto também será finalizada em 2017. A ideia é aproveitar essa tecnologia que já está sendo desenvolvida no processo de treinamento”, finalizou o coordenador geral do projeto. METRO BH

O número de consumidores que ‘limparam o nome’ e conseguiram saldar suas dívidas foi 15% menor, em agosto, na comparação com o mesmo período do ano passado. É o pior índice de recuperação de crédito dos últimos sete anos, segundo a CDL_BH (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte). Para a economista Ana Paula Bastos, o resultado reflete a piora dos indicadores macroeconômicos. “Com a inflação alta, o custo de vida aumenta e, consequentemente, a renAté 2017

da das famílias encolhe, o que dificulta o pagamento das dívidas em atraso”, apontou. Ana Paula ressalta que as altas taxas nas faturas do cartão de crédito e do cheque especial comprometem a renda do consumidor, que têm focado os recursos para a subsistência da família e deixando de pagar dívidas antigas. “Além disso, há os juros maiores que também complicam a renegociação desses débitos, pois a dívida se torna mais cara”, finalizou a economista da CDL-BH. METRO BH

Serviços gratuitos

Cemig promete eletricidade em todo o Estado

Faculdade realiza ação social no São Francisco

Mais de 55 mil residências e propriedades rurais ainda estão sem energia elétrica em Minas. Após uma determinação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a Cemig prometeu que vai ampliar a rede de distribuição para toda a sua área de cobertura até 2017. METRO BH

A Faculdade Anhaguera promove amanhã, no campus da avenida Antônio Carlos, de 9h às 12h, um evento para acadêmicos, amigos e familiares com diversos serviços gratuitos, entre eles atendimento jurídico, corte de cabelo e orientações de saúde. METRO BH

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB: 12.331) Editor de Arte: Pablo Tavares Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado (MTB: 15.397)

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O Metro jornal é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

Exploração sexual

Irmão de executivo preso na Lava Jato é detido em Minas O irmão de um dos executivos da construtora Odebrecht, preso durante a operação ‘Lava Jato’, está entre os detidos em uma operação da Polícia Civil realizada na última terça, em Arcos, no Centro-Oeste de Minas. O homem cujo nome não foi divulgado foi preso em sua casa no bairro São Pedro sob a acusão de exploração sexual. METRO BH Carlos Prates

Nova lei restringe horários de voos Uma nova lei municipal prevê a regulamentação de horários específicos para o funcionamento e restringe o horário de voos noturnos no aeroporto Carlos Prates, em BH. Quem desrespeitar a norma está sujeito a pagamento de multa de R$ 1.000. METRO BH

{FOCO}

|03|◊◊

Pela segunda vez, PBH tenta derrubar liminar Ônibus. Prefeitura e empresas de transporte coletivo da capital entram com três recursos na Justiça para revalidar o reajuste de 9,7% nas tarifas A Prefeitura de Belo Horizonte e outros dois consórcios de ônibus já tentam, na Justiça, derrubar a liminar que cancelou nesta semana o reajuste de 9,7% nas passagens do transporte coletivo da capital. O aumento estava em vigor desde o dia 8 de agosto e foi suspenso a pedido da Defensoria Pública do Estado de Minas Gerais. De acordo com a assessoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o pedido de anulação da liminar concedida pela Justiça, contra a Prefeitura de BH, já foi distribuído e será avaliado pela desembargadora Áurea Brasil, da 5ª Câmara Cívl de Belo Horizonte. Na sentença, a Justiça determinou a proibição de qualquer revisão contratual antes da realização de uma perícia nos estudos da Ernest & Young e do Setra/BH para apurar a

Cães e gatos serão vacinados gratuitamente na capital | EDSON SILVA/FOLHAPRESS

Zoonose. Vacinação antirábica será amanhã Desde ontem, o valor cobrado pelas passagens é R$ 3,10 | METRO BH

real necessidade do aumento no valor das tarifas de ônibus na capital. Multa por atraso A liminar ainda estipulou multa de R$ 1 milhão por dia de descumprimento se a passagem de ônibus não voltasse a seu valor anterior de R$ 3,10. A defensora pública Júnia Roman Carvalho, auto-

ra da ação, também pediu o ressarcimento do valor pago a mais pelos usuários durante os 39 dias do aumento. “O ressarcimento e a multa pelo atraso no cumprimento serão apreciados pelo Judiciário. O direito pelo ressarcimento é previsto em lei. Como ele será feito é o que iremos pensar ao longo do curso do processo”, disse Júnia. METRO BH

Cães e gatos poderão ser vacinados contra a raiva amanhã em Belo Horizonte. Serão disponibilizados mais de 500 pontos de vacinação na cidade segundo a Secretaria Municipal de Saúde. Cerca de 2.500 profissionais de saúde vão participar da campanha de vacinação antirrábica. A expectativa é que aproximadamente 230 mil animais com idade superior a três meses sejam vacinados. As cadelas e gatas prenhas também devem tomar a vacina. Para a vacinação, a secretaria recomenda levar os cães presos por corrente ou guia e, de

preferência, conduzidos por adultos. Os gatos devem ser levados em gaiolas, transportadores, enrolados em mantas ou em sacos de linhagem. Depois de vacinados, os animais não devem ser submetidos a esforços físicos. A raiva é uma doença fatal causada por um vírus que atinge mamíferos, tais como cães e gatos, bois, cavalos, porcos, morcegos e também o homem. A enfermidade é transmitida principalmente,pela mordida, mas também por arranhões, unhadas ou lambidas de animais contaminados com o vírus. METRO BH


|04|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

O PREÇO DA RESSOCIALIZAÇÃO

Descompasso. Gasto do Estado com adolescentes em cumprimento de medidas restritivas é mais que o dobro de um aluno matriculado na rede pública. Educação é o caminho Aulas de português e matemática, quadros de giz, cadernos, carteiras e livros. Parece o cenário de uma sala de aula comum, mas do outro lado há muros cercados por arames e grades que controlam a entrada e a saída, além de agentes de segurança espalhados por todas as partes. Em Minas Gerais, existem mais de 30 unidades socioeducativas, divididas entre centros de internação e casas de semiliberdade. Cerca de 2.000 adolescentes cumprem medidas restritivas nesses locais e mesmo privados da liberdade possuem aulas do ensino regular. A capacidade do sistema é para pouco mais de 1.400 alunos e, atualmente, opera com um déficit de quase 25% no número de vagas. Dados da CIA (Centro Integrado de Atendimento ao Adolescentes Autor de Ato Infracional), apontam que mais da metade dos crimes praticados por jovens menores de 18 anos, no ano passado, corresponde a tráfico de drogas, roubos e lesões corporais. No período, quase 10 mil menores infratores passaram pelos corredores da instituição por mais de uma vez. A psicanalista Cristiane Barreto revela que os centros de ressocialização possuem índices de reincidência acima dos 40%. “O que está por trás disso é uma política de repressão que aposta muito pouco na educação. A escola também não é a solução definitiva, há outras questões que levam um adolescente a cometer crimes, como a própria subjetividade e a falta de oportunidades”, analisa. A especialista afirma que os locais de internação integrais são necessários, mas devem coexistir de forma mais eficiente com outras medidas, como a liberdade assistida e a prestação de serviços à comunidade. “O Estado não deve investir só no extremo. Os próprios adolescentes internados criam uma escola do crime. Já na liberdade assistida, temos um índice de cumprimento da pena enorme, que passa dos 70%”, defendeu. Cada adolescente custa quase R$ 7.000 mensais aos centros socioeducativos do Estado. De acordo com a Seds (Secretaria de Estado de Defesa Social), os menores contam com psicólogos, advogados, assistentes sociais, enfermeiros e pedagogos. Por outro lado, o custo do Estado com um aluno da rede pública de ensino é bem menor, de R$

METRO BH

“O investimento em educação sempre vale mais a pena e evita o gasto tão caro com os jovens internados” CRISTIANE BARRETO, PSICANALISTA

Adolescentes possuem aulas, atividades de educação física e oficinas profissionalizantes

3.300 por mês, em média. Sem escola Um levantamento da CIA mostrou que mais de 72% dos jovens que foram apreendidos, em 2014, não souberam informar sobre sua escolaridade. Cercado de livros e apostilas, um grupo de menores que cumpre pena no Centro Socioeducativo de Justinópolis, na Grande BH, retomou os estudos e já planeja um futuro melhor. “Entrei aqui pensando em mudar de vida. O atendimento é bom, me tratam bem, dão conselhos”, disse Gabriel*, de 18 anos, internado há quase sete meses. Já Elias*, de 17 anos, sonha em fazer engenharia mecânica. “Tenho vontade de continuar. Consegui coisas boas depois de retomar os estudos”, disse. O colega dele, Felipe*, de 20, quer fazer um curso técnico e conseguir um emprego na área de informática. “Tenho uma filha de dois anos que me espera lá fora. Imagina ela ver um pai que não sabe muitas coisas, que não tem estudo”. Felipe conta que já fugiu da unidade e voltou para a cidade onde a família mora, no interior de Minas. “Me aconselharam a voltar pra cá e aproveitar a oportunidade de estudar. Falta pouco para cumprir a pena e estou contente”, disse. Antônio* veio de Betim, na Grande BH, e passou por ou-

EDUCAÇÃO E RESSOCIALIZAÇÃO:

QUAL O CUSTO?

Dados do governo mostram que os gastos com um adolescente em cumprimento de medida socioeducativa é 54% maior que o de um aluno matriculado em escola pública

ESCOLARIDADE: Mais de 72% não sabem informar sobre a escolaridade. Dos que estudam, a maioria frequenta o sétimo ano do ensino fundamental (5,81%)

DO OUTRO LADO NA PONTA DA CANETA: Governo de Minas gasta pouco mais de R$ 3,3 mil por mês com cada estudante da rede pública. Valor inclui investimentos, salários de funcionários, alimentação, transporte escolar e manutenções de escolas

Menores infratores chegam a custar R$ 7 mil por mês paara o Estado. Na teoria, os centros de internação devem garantir acesso à saúde, escolarização, profissionalização, esporte, cultura e família

ESPERANDO JULGAMENTO: Dos jovens encaminhados para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional, 20,36% são internados provisoriamente

REINCIDÊNCIA: Em 2014, 9106 adolescentes com até 20 anos reingressaram no sistema. 87,94% são do sexo masculino

CRIMES:

FONTES: CIA (CENTRO INTEGRADO DE ATENDIMENTO AO ADOLESCENTE AUTOR DE ATO INFRACIONAL), SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO E SECRETARIA DE ESTADO DE DEFESA SOCIAL

Grande parte das ocorrências envolvendo menores estão relacionadas ao uso e o tráfico de drogas, com mais de 36% do total de registros. Em seguida, vem o roubo, representando 15,66%

tros três centros de internação. Segundo ele, a falta de estrutura, aulas integrais e espaço para atividades ainda são empecilhos nos CIAs. “Era só um reforço escolar de duas horas”, apontou. O grupo convive com outros 90 adolescentes no centro socioeducativo de Neves. Na unidade, os adolescentes possuem oficinas profissionalizantes, educação física, além das aulas do ensino regular. Carlos*, de 17 anos, está internado há mais de um ano e quatro meses e frequenta as aulas do ensino fundamental. “O que eu mais gosto é da sala de jogos, que ficamos durante a tarde em alguns dias da semana. Também tem cultos nos domingos, segundas, terças e quartas. Só não gosto do dormitório”, lembrou. Marinet Machado é diretora da escola da unidade há mais de um ano e defendeu que quando as medidas de ressocialização são bem aplicadas, há resultados. “Aqui a reincidência é bem pequena. Não temos dados específicos, mas vejo poucos retornarem”, enfatizou. Política ineficiente Para Cristiane Barreto, são necessárias políticas públicas mais eficientes para evitar o envolvimento dos adolescentes com o crime. “O investimento em educação sempre vale mais a pena e evita um gasto tão caro com os jovens internados”, mostrou. No Morro do Papaguaio, região Centro-Sul da capital, Márcia Guimarães coordena um projeto que oferece gratuitamente aulas de judô, além de atividades artísticas e culturais. “Apresentamos para as crianças em vulnerabilidade social uma outra perspectiva de vida. O relacionamento na escola, e com a família melhora muito”, garantiu Márcia. METRO BH

* Os nomes usados pela reportagem são fictícios.


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

|05|◊◊

Supremo proíbe empresas de financiar campanhas Vale para 2016. Julgamento do STF deve influenciar decisão da presidente Dilma sobre veto à alterações recém-aprovadas na lei eleitoral

Supremo concluiu julgamento iniciado em 2013 | CARLOS HUMBERTO/STF

O financiamento de campanhas eleitorais por empresas privadas foi considerado inconstitucional pelo STF (Supremo Tribunal Federal), em julgamento que começou em 2013 e terminou ontem, com placar de 8 votos a 3. A decisão derruba a legislação em vigor, que permite que empresas doem a partidos e candidatos até 2% de seu faturamento bruto no ano anterior, sem limite nominal, e subsidia o provável veto da presidente Dilma Rousseff a uma alteração que foi aprovada na semana passada pela Câmara, que limita as doações privadas a partidos e estipula um limite de R$ 20 milhões por pessoa jurídica.

Como já ocorreu em outros escândalos de corrupção, as doações privadas têm sido alçadas ao posto de vilãs do processo eleitoral durante os desdobramentos da Operação Lava Jato. Delatores do esquema de corrupção na Petrobras, como o dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa, têm insistido em seus depoimentos que mesmo doações registradas na contabilidade são, em boa parte dos casos, uma maneira de lavar o pagamento de propina a partidos e políticos. Em maio, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa foi direto, em depoimento à CPI que investiga os desvios na

estatal: “Não há almoço de graça. Não existe doação de empresas que depois essas empresas não queiram recuperar o que foi doado. Se ele doa R$ 5 milhões, ele vai querer recuperar, na frente, R$ 20 milhões”, afirmou. Votaram a favor da tese defendida pela OAB, que entrou com a ação, o relator, Luiz Fux, e os ministros Joaquim Barbosa, Dias Toffoli e Roberto Barroso (os três em dezembro de 2013); Marco Aurélio e Ricardo Lewandowski (em abril do ano passado); Rosa Weber e Cármen Lúcia (votaram ontem). Os contrários foram os ministros Gilmar Mendes, Teori Zavascki e Celso de Mello. METRO BRASÍLIA


|06|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Por receita, governo cogita liberar jogos Crise financeira. Líderes de bancadas de partidos aliados foram consultados em reunião A solução para os problemas de caixa do governo pode estar na regulamentação dos jogos de azar no país -- atualmente proibidos. A ideia foi discutida em reunião entre líderes de partidos da base aliada na Câmara e a equipe da presidente Dilma Rousseff, que teria se mostrado favorável. Ela citou o fato de brasileiros já jogarem em sites estrangeiros, sem que o Brasil arrecade nada com isso. A regulamentação de bingos, cassinos e jogos de azar em geral surgiu quando o grupo discutia fontes alternativas de receita, após os parlamentares terem dito a Dilma que a resistência à recriação da CPMF continua grande no Congresso. O ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante, teria trazido o assunto à tona, segundo relato dos presen-

sugere a liberação de apostas na internet, em cassinos e bingos e até a exploração do jogo do bicho em todo o país. A arrecadação anual prevista pelo projeto gira entre R$ 15 bilhões e R$ 20 bilhões; mais da metade dos R$ 32 bilhões que o governo planeja arrecadar por ano com a recriação da CPMF.

Vídeobingo ilegal descoberto em SP em 2014 | BRUNO POLETTI/FOLHAPRESS

tes, para testar a receptividade das bancadas. Receptividade “Foi uma consulta conceitual, não há uma proposta fechada”, diz o líder do PSD na Câmara, Rogério Rosso (DF). A ideia foi bem recebida, de modo geral, mas o líder do PMDB, deputado Leonar-

do Picciani (RJ), alertou os presentes sobre a resistência da bancada religiosa na Câmara, que deve ser grande. Os presentes ao encontro lembraram que a regulamentação pode vir de um projeto do senador Ciro Nogueira (PP-PI), que já tramita no Congresso. No texto, o parlamentar

Cunha ironiza Questionado sobre a possibilidade de a liberação dos jogos de azar passar na Câmara, o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), disse ver boas chances, mas não perdeu a chance de ironizar. “Um país que depende de jogo de azar para pagar as contas é a mesma coisa de um trabalhador que não tem salário ir ao cassino para poder pagar a despesa”, disse.

O prédio onde Gustavo morava | MARCO AMBROSIO/FOLHAPRESS/REPRODUÇÃO

SP. Menino de cinco anos morre ao cair do 26º andar Gustavo Souza Storto, 5, morreu ontem, após cair do 26º andar do prédio em que morava com a mãe em Taboão da Serra (Grande SP). A polícia descarta, por ora, que ele tenha sido jogado. A mãe dele, a farmacêutica Juliana de Souza Storto, 33, disse que havia saído de casa para buscar seu namorado em uma estação de trem e deixou a criança dormindo no apartamento, sozinha. As câmeras do prédio a mostram na garagem às 22h54 saindo e, depois, à 0h, chegando.

Segundo o relato de Juliana, quando chegou ao apartamento, as luzes estavam acesas. Ela teria ido ao quarto e depois ao banheiro, onde viu duas cadeiras debaixo da janela, que fica a 1,6 metro do chão: uma maior, da sala de jantar, e outra de criança em cima. Então, foi à varanda, viu movimentação no térreo e imaginou o que havia ocorrido. Gustavo caiu de uma altura de cerca de 120 metros e foi encontrado de pijama, tênis e com uma mochila. METRO

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

TUCANOS QUEREM IMPEACHMENT ATÉ DEZEMBRO. A oposição definiu

dezembro como prazo máximo para aprovar a admissibilidade do impeachment da presidente Dilma, na Câmara. “Ou iniciamos uma nova coalizão neste ano ou perderemos o tempo”, avalia Bruno Araújo (PSDB-PE). Os tucanos querem fazer do impeachment o grande debate no Congresso, inclusive porque, para eles, somente afastando a presidente, o Brasil terá chance de superar a crise.

POVO NA RUA. Nova pes-

quisa de avaliação do governo sairá na próxima semana. “Será o apoio popular que faltava”, diz o Mendonça Filho (DEM-PE).

METRO BRASÍLIA

ALIADO DE PESO. A opo-

Extintor. Equipamento deixa de ser obrigatório Após um ano e dois meses de divulgação de prazos e, em seguida, de adiamentos para obrigatoriedade da adoção de extintores do modelo ABC por veículos fabricados até 2005, o Contran (Conselho Nacional de Trânsito) decidiu ontem tornar facultativo o uso de qualquer modelo do equipamento em carros de passeio. Na resolução, o órgão federal justifica a decisão alegando que a evolução da indústria automobilística resultou em maior segurança. “Hoje, os veículos de passeio contam com corte automático de combustível em caso de colisão, o posicionamento do tanque reduz o risco de explosão”, informa a nota do Contran. Presidente do órgão de trânsito, Alberto Angerami declarou que, nos últimos 90 dias, técnicos do Denatran acompanharam testes realizados na Europa. Neles, foi diagnosticado que a manutenção de um extintor dentro do veículo pode aumentar os riscos de fraturas em caso de acidente. Apesar dos dados apresentados por Angerami, a medida só foi definida após um encontro com fabricantes do

Política

sição aguarda a convenção nacional do PMDB, marcada para 15 novembro. A aposta é que o partido romperá com o governo.

“GOLPE É USAR DINHEIRO DO CRIME... PARA OBTER VOTOS” PRESIDENTE NACIONAL DO PSDB, AÉCIO NEVES, AO DEVOLVER A ACUSAÇÃO DE ‘GOLPE’ A DILMA

chment da presidente Dilma Rousseff, mas prevê a saída dela do governo, no máximo, até o mês de dezembro deste ano. A afirmação de Requião foi testemunhada por vários convidados, durante o “beija-mão” pelo aniversário do presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), quinta (16), na residência oficial.

CHAMANDO A CRISE. No PT, as declarações de “golpe” de Dilma acenderam sinal de alerta. Um senador petista diz que a crise voltou para o Palácio do Planalto. QUASE LÁ. Oposicionis-

Resolução anterior gerou lucros ao comércio | LUCAS LACAZ RUIZ/FUTURA PRESS

setor de extintores, que pediram um prazo de até quatro anos para suprir a demanda por modelos ABC. No início do ano, o risco de multa pela falta do extintor levou a uma corrida às lojas. O equipamento chegou a ser vendido por R$ 160. Antes da divulgação da nova regra, o valor médio era de R$ 60. Filas em postos de combustíveis marcaram o período entre janeiro e março deste ano. Os extintores ABC ainda serão obrigatórios para os veículos utilizados para transporte de passageiros e de carga (caminhões, caminhão-trator, micro-ônibus e ônibus). A multa para quem for flagrado sem o equipamento ou com data e uso vencida é de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação. METRO

tas já contabilizam 300 votos favoráveis ao impeachment na Câmara. O governo tem números muito parecidos, e está em pânico.

GOVERNISTA ACHA QUE DILMA CAI ATÉ O FIM DO ANO. O senador Roberto

Requião (PR), que integra a facção governista do PMDB, garante que votará contra o impea-

Renan Calheiros (PMDB-AL) | JAMIL BITTAR/REUTERS

MAS NÃO DISSE. Na conversa informal com convidados à festa de aniversário de Renan Calheiros, Requião não explicou como acha que Dilma deixará o cargo.

PODER SEM PUDOR

Confuso horário Copa do Mundo de 2002, no Japão. No bar Triângulo das Bermudas, em Vitória, lotado de torcedores, entra o vereador Antonio Pelaes (PMDB-ES). Senta-se, pede um chope, e diante das imagens da

multidão assistindo a Itália x Camarões, sentencia: - Dizem que brasileiro é que gosta de futebol. Quem gosta de futebol é japonês. São duas da manhã e olha como eles torcem!

COM GABRIEL GARCIA, RODRIGO VILELA E TIAGO VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR


|08|

Imóveis. Venda de consórcio cresce mais de 50% no ano Com o crédito mais restrito, mais consumidores estão aderindo ao consórcio. Nos sete primeiros meses do ano, foram vendidas 135,9 mil novas cotas do consórcio somente de imóveis, uma alta de 50,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Além do aquecimento na área de imóveis, as adesões referentes a veículos leves (automóveis, caminhonetes e utilitários) também registraram um crescimento expressivo. Foram 551,5 mil cotas comercializadas entre janeiro e julho deste ano, um crescimento de 17% sobre igual período de 2014. Segundo dados da Abac (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios), o sistema de consórcios

como um todo avançou 5,4% no ano, com a venda de 1,36 milhão cotas. Com essa alta, o número de participantes ativos consolidado em julho também aumentou e atingiu 7,15 milhões, 4,4% mais que o registrado em igual mês do ano passado. Para o presidente da Abac, Paulo Roberto Rossi, o crescimento do setor, em meio à crise, decorre do planejamento que passou a ser adotado pelo consumidor. “Mesmo em meio a um momento econômico difícil, o consumidor tem redobrado sua atenção nos comprometimentos financeiros de médio e longo prazos: muitos optaram por auto-financiamento, custos mais baixos e planejamento financeiro”, disse Rossi. METRO

Inflação do aluguel. IGP-M acelera alta na 2a prévia O IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado) acelerou a alta a 0,65% na segunda prévia de setembro, após subir 0,17% no mesmo período de agosto. Em 12 meses, a inflação do aluguel está em 8,04%. Segundo a FGV (Fundação Getulio Vargas) o IPA (Índice de Preços ao Produtor Amplo), que mede a variação dos preços no atacado e responde por 60% do índi-

ce geral, avançou 0,89% ante alta de 0,01% em agosto. No IPA, os produtos agropecuários registraram alta de 1,44% após queda de 0,36% na segunda prévia de agosto, enquanto os industriais aceleraram o avanço para 0,69%, contra 0,15%. O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos de aluguel de imóveis. METRO

Greve. Correios vão aplicar plano emergencial de entrega Os Correios adotarão o Plano de Continuidade de Negócios nos locais afetados pela greve. Segundo a empresa, o plano inclui ações como deslocamento de empregados entre as unidades, apoio de pessoal administrativo e realização de horas extras. “Caso haja necessidade, a empresa também pode promover mutirões para entrega de correspondências nos fins de semana”, informou. Os trabalhadores entraram em greve na noite de terça-feira em diversas cidades e Estados, que são representados por sindicatos locais e regionais. Segundo os Correios, 19 sindicatos decretaram greve: Amazonas; Bahia; Ceará; Maranhão; Mato Grosso; Pará; Paraíba; Piauí; Rio de Janeiro; Santa Catarina; Tocantins; Brasília (DF); re-

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Centro de Tratamento de Encomendas no Rio | FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL

giões metropolitanas de Belo Horizonte, de Porto Alegre e de São Paulo; Bauru, Campinas, São José do Rio Preto e Vale do Paraíba, em São Paulo. A categoria pede reposição da inflação de 9,56% mais reajuste real de 10%, além de realização de novo concurso público, manutenção do plano de saúde e reajuste de demais benefícios. METRO

BC dos EUA decide manter taxa de juros perto de zero Mercados. Mesmo com decisão, dólar fecha em alta de 1,25%, a R$ 3,88. Crise política interna pressiona cotação. Para Fed, recentes riscos globais podem frear alta da atividade econômica O Fed (Federal Reserve) deixou ontem inalterada a taxas de juros, em um sinal de preocupações sobre a fraqueza da economia mundial. A decisão do banco central dos Estados Unidos de manter os juros num nível historicamente baixo – entre zero e 0,25% ao ano – não impediu a valorização do dólar no Brasil, com preocupações com o cenário político e fiscal pressionando a cotação da divisa norte-americana. O dólar avançou 1,25%, a R$ 3,8822 na venda, o maior valor de fechamento desde 23 de outubro de 2002 (R$ 3,915). Antes do anúncio do Fed, a divisa chegou a subir 1,96%, a R$ 3,9092 na máxima da sessão. Na mínima, foi a R$ 3,8314. “Manter os juros favorece emergentes, mas o motivo por trás da decisão é negativo”, disse à Reuters o economista da 4Cast Pedro Tuesta. “Soa bastante improvável

Presidente do Fed, Janet Yellen, após decisão | JONATHAN ERNST/REUTERS

que o Fed aumente os juros neste ano”, acrescentou. A alta dos juros nos EUA pode levar os investidores a acharem mais vantajoso aplicar o dinheiro na maior economia do mundo. Isso provocaria a migração de recursos que hoje estão aplicados nos mercados emergentes, como Brasil. Mas os motivos que levaram o BC dos EUA a manter

os juros também geraram incertezas no mercado. O Fed informou que uma variedade de riscos globais e outros fatores convenceram a adiar o que seria o primeiro aumento de juros desde 2006. Em entrevista após anunciar a decisão, a presidente do Fed, Janet Yellen, disse que os desenvolvimentos econômicos e financeiros globais recentes podem exercer ainda

mais pressão para baixo sobre a inflação no curto prazo. Durante a entrevista de Yellen, o dólar chegou a recuar sobre o real, mas logo retomou a trajetória ascendente. O câmbio também sofre pressão dos temores com a cena política e econômica local conturbada. Notícia publicada no jornal “Valor Econômico” trouxe que o Instituto Lula e o PT estariam defendendo a flexibilização das políticas fiscal e monetária. Isso implicaria a redução da taxa de juros “na marra” e o afrouxamento do gasto público. Investidores avaliaram que esse cenário poderia precipitar a perda do selo de bom pagador brasileiro por outras agências de classificação de risco além da Standard & Poor’s, provocando fuga de capital do país. Além disso, a crise política cada vez mais intensa fazia investidores adotarem posturas ainda mais defensivas. METRO

Volks adere ao PPE para salvar empregos Depois da Mercedes-Benz, no dia 31 de agosto, ontem foi a vez dos trabalhadores da Volkswagen, também em São Bernardo, aderirem ao PPE (Programa de Proteção ao Emprego), do governo federal, para evitar demissões na fábrica. Em troca da estabilidade dos empregos, os trabalhadores aceitaram reduzir a jornada de trabalho e os salários em 20%. O acordo vale por seis meses – prorrogáveis por mais seis – e não incidirá sobre férias e 13º. O desconto nos vencimentos, na prática, será de 10%, já que a União irá compensar metade da perda por meio do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador). A proposta, negociada nas últimas semanas entre a direção da montadora e o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, foi aprovada ontem em assembleia pelos empre-

As montadoras da região reclamam perdas financeiras em função da queda nas vendas de veículos novos no país, que chega a 20% na comparação com o ano passado. Diante deste cenário – considerado efeito da crise econômica –, as empresas têm justificado que as demissões são necessárias porque há excedente de funcionários. Só na Volks, são 3 mil.

Trabalhadores aceitaram reduzir jornada e salários | ADONIS GUERRA/SMA

gados. Em nota, a Volkswagen confirmou a adesão. A medida beneficiará 11,6 mil trabalhadores da fábrica, que tem atualmente 2,6 mil afastados

em lay-off – que é a suspensão temporária do contrato. Para reduzir ainda mais o quadro, a empresa abrirá um PDV (Plano de Demissão Voluntária).

Ford Também instalada em São Bernardo, a Ford segue parada por greve iniciada semana passada contra a decisão da empresa de cortar cerca de 200 operários. A reunião de ontem entre o sindicato e a montadora terminou sem acordo. ANDRÉ VIEIRA METRO ABC


|10|

Crise. Croácia diz que não receberá mais refugiados O governo croata declarou ontem que não pode receber mais refugiados. Em apenas 24 horas, mais de 7 mil imigrantes entraram no país em uma nova rota para chegar a países ricos do norte da Europa, depois que a Hungria fechou sua fronteira, construindo uma cerca e lançando gás lacrimogêneo contra uma multidão. O balanço supera as previsões do próprio governo, que calculou na quarta-feira a chegada de cerca de 4 mil nos próximos dias. O ministro do Interior croata, Ranko Ostojic, disse que o país não pode aceitar mais pessoas, ressaltando que quem não procurar asilo será considerado ilegal. A próxima principal porta de entrada pode ser a Macedônia. O comissário de imigração da União Europeia, Dimitris Avramopoulos, disse, porém, que as barreiras do tipo que a Hungria ergueu na fronteira com a Sérvia são soluções temporárias que só desviam refugiados e imigrantes para outros países e elevam as tensões. Ontem, o chefe do escri-

Já são 11 mortos após terremoto no Chile Passou. Abalo foi o mais forte no país desde 2010, quando morreram ao menos 800

Policiais croatas e refugiados em Tovarnik, Croácia | A.BRONIC/REUTERS

tório de refugiados da Alemanha, Manfred Schmidt, criticado pelo modo como lidou com o número recorde de requerentes de asilo no país, pediu demissão. A renúncia de Schmidt deve aumentar a pressão sobre seu chefe, o ministro do Interior, Thomas de Maizière, que está sendo cobrado porque os funcionários têm sido lentos para processar o fluxo de refugiados. “O número crescente de requerentes de asilo na Alemanha impõe enormes desafios para o escritório”, diz o ministro. METRO

UE fará reunião de emergência na quarta Líderes da UE (União Europeia) se reúnem numa cúpula extraordinária, na próxima quarta-feira, para debater a crise dos refugiados, anunciou o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk. A cúpula ocorre no dia seguinte de um conselho de ministros do Interior da UE, também marcado extraordinariamente para debater o problema dos fluxos migratórios e a proposta de distri-

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

buição de mais 120 mil refugiados que estão na Grécia, Itália e Hungria. O Parlamento Europeu votou ontem favoravelmente à proposta da Comissão Europeia de criar um mecanismo para distribuir mais 120 mil refugiados entre os Estados-Membros, além dos 40 mil que já estão na Grécia e na Itália. O impasse, porém, ainda está no número que cada país irá abrigar. METRO

Carros se amontoaram sobre os destroços |IVAN ALVARADO/REUTERS

Navios subiram a rua na cidade litorânea de Coquimbo | IVAN ALVARADO/REUTERS

Moradores de Concón observam casa destruída | RODRIGO GARRIDO/REUTERS

México

Da rasteira para a Espanha Osama Abdul Mohsen, o refugiado sírio que levou uma rasteira de uma cinegrafista húngara e foi ao chão com o filho Zaid no colo, recebeu asilo na Espanha, onde vai trabalhar em um centro de formação de treinadores em Barcelona | REUTERS

Sudão do Sul

Onze pessoas morreram e mais de um milhão foram retiradas de casa após o tremor de magnitude 8,4 ocorrido na costa chilena, no Oceano Pacífico, na noite de quarta, que provocou ondas de até 4,5 metros em cidades litorâneas. Dois dos mortos viviam na região de Coquimbo. Uma das mortas, Lisette Araya, de 35 anos, vivia na localidade de Illapel e morreu devido à queda de um muro. Victoria Flores, de 20 anos, faleceu atingida por uma rocha em Montepatria. Um homem, cuja identidade é desconhecida, tinha 86 anos e morreu de ataque cardíaco em Maipú. O governo suspendeu na manhã de ontem o alerta de tsunami emitido após o tremor, sentido até em algumas cidades das regiões Sul e Sudeste do Brasil. “O alerta de tsunami está suspenso

para todo território nacional”, informou o Escritório Nacional de Emergências, pelo Twitter. “O porto de Coquimbo sofreu grandes danos no terremoto, o mais forte do mundo este ano”, disse o ministro do Interior, Jorge Burgos. O governo declarou estado de emergência na região. A presidente Michelle Bachelet anunciou que planeja viajar para as áreas mais afetadas. “Mais uma vez estamos tendo que lidar com outro duro golpe da natureza”, disse ela na TV. “Foi horrível. Corremos para fora de casa com os nossos netos e agora estamos em uma colina na esperança de que vá acabar logo”, disse María Angelica Leiva, da cidade costeira de Navidad. “Só esperamos que o mar não tenha alcançado nossa casa.” METRO

Rastro de destruição foi maior cinco anos atrás Em 2010, um terremoto de magnitude 8,8 no centro do país deixou mais de 800 mortos e muita devastação em grandes cidades do país, como Concepción. Edifícios desmoronaram em Santiago e houve corte no fornecimento de energia em algumas partes da cidade. Em Concepción, edifícios foram danificados e houve incêndios. O governo já havia contabilizado 214 mortes no fim EUA

do primeiro dia. Quatro dias depois, as vítimas fatais já alcançavam 795. Em diferentes cidades ocorreram roubos e saques, de lojas, prédios e casas, especialmente os mais afetados. O terremoto causou a escassez de matérias-primas. No aeroporto de Santiago, uma das passarelas de acesso à entrada caiu. Dutos de ar condicionado se romperam. Os voos foram suspensos por três dias. METRO EUA 2016

Preso suspeito de massacre

Caminhão explode e mata 100

Incêndios deixam cinco mortos

Debate tem audiência recorde

O México capturou Gildardo López, apelidado de “El Gil”, membro veterano do cartel de drogas Guerreros Unidos e um dos supostos mentores por trás do aparente massacre de 43 estudantes no ano passado, disse ontem uma fonte da polícia, o que pode alimentar as esperanças de novas revelações de um incidente ainda envolto em mistério. METRO

Mais de cem pessoas morreram no Sudão do Sul quando um caminhão de combustível explodiu no momento em que uma multidão tentava roubar a carga do veículo, que havia sofrido acidente em uma estrada, disse ontem uma autoridade regional, um dia após o incidente. Além dos mortos, cerca de 50 pessoas ficaram gravemente feridas. METRO

Mais dois corpos foram encontrados em áreas queimadas por dois incêndios no norte da Califórnia na última semana, elevando para cinco o saldo de mortos. Os dois incêndios juntos devastaram 58 mil hectares e destruíram mais de 800 casas, forçando a evacuação de cerca de 20 mil pessoas, muitas delas abrigadas em acampamentos. METRO

O debate entre os pré-candidatos presidenciais republicanos na CNN atraiu uma média de 22,9 milhões de telespectadores, informou a rede de TV, o que fez dele o programa mais assistido em 35 anos de história do canal. O estilo sem papas na língua do bilionário Donald Trump aumentou o interesse nas primárias republicanas. METRO


|12|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Papa vai a Cuba e EUA Nove dias. Programação do pontífice argentino começa em Havana neste sábado e termina na Filadélfia no próximo domingo, dia 27 O papa Francisco começa amanhã uma das viagens mais longas do pontificado, que o levará da praça da Revolução, em Havana, ao Congresso dos Estados Unidos, em Washington e à ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York. A viagem em Cuba vai até terça-feira, dia 22. Depois de terem recebido João Paulo 2º e Bento 16, os cubanos vão ouvir Francisco falar de reconciliação, nas etapas de Havana, Holguín e Santiago. O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, disse “ser provável” um encontro entre o papa e o ex-presidente Fidel Castro, mesmo que não esteja previsto. “Não temos preocupações especiais com a segurança. O papa pretende deslocar-se livremente e faz questão de manter o contato com as pessoas”, afirmou Lombardi. O programa do papa nos EUA (de 23 a 27) prevê vários encontros com representantes de sem-teto, famílias de imigrantes, presos e membros da comunidade hispânica. Francisco visitará ainda o Marco Zero, local dos atentados de 11 de setembro de 2001, em Nova York, e vai canonizar um missionário franciscano espanhol, Junipero Serra, que participou da evangelização dos índios na Califórnia no século 18.

Visita pode agravar problema de republicanos com hispânicos

Homens trabalham diante da catedral de Havana nos preparativos da visita do papa Francisco a Cuba, que começa amanhã | CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS

Na Filadélfia (Pensilvânia), o papa vai encerrar o oitavo Encontro Mundial das Famílias Católicas. Com agenda muito cheia, o papa, de 78 anos, vai pronunciar 26 discursos. Francisco vai ser o primeiro papa a falar no Congresso norte-americano, onde poderá destacar a responsabilidade do país na redução da poluição no mundo. Na ONU – na quinta visita de um papa à sede da organização –, o foco será o programa social e ecológico de Francisco contra a cultura do desperdício. O papa argentino de-

verá pedir compromissos concretos na Conferência do Clima (COP21) em Paris, em dezembro. Ele vai defender uma solução negociada no Oriente Médio, a reciprocidade no diálogo com o Islã e a defesa dos cristãos perseguidos em todo o mundo. Francisco deverá também recomendar ações coordenadas contra o tráfico de seres humanos e o acolhimento dos migrantes. O tema é muito sensível nos Estados Unidos, onde os políticos conservadores querem limitar a imigração. METRO

Vaticano espera fim do embargo de Washington O Vaticano informou ontem que espera que a viagem do papa ajude a colocar um fim ao embargo norte-americano de 53 anos e leve mais liberdade e direitos humanos para a ilha comunista. Em uma entrevista à Vatican Television, o secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin, disse que a Santa Sé sempre se opôs ao embargo econômico e comercial contra Cuba,

porque feria em maioria as pessoas comuns. No mês passado, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse que era improvável o Congresso dos Estados Unidos retirar um embargo econômico punitivo em Cuba, a não ser que o governo comunista melhorasse seu histórico de direitos humanos. Cuba rejeita com vigor tais condições. METRO

Bob Cortes, um deputado republicano da Flórida, teme estar perdendo o voto dos hispânicos que ajudaram a elegê-lo. Os culpados: pré-candidatos presidenciais republicanos como Donald Trump que têm vociferado contra a imigração. A visita iminente de Francisco, o papa mais progressista em temas sociais em gerações, ameaça aliená-los ainda mais, aumentando a divisão entre o partido de Cortes e os eleitores hispânicos que a legenda precisa reconquistar para voltar à Casa Branca. Mais da metade dos latinos dos Estados Unidos é católica, e por sua vez representam 40% dos 51 milhões de católicos do país, o que os torna um público vital para o papa Francisco durante sua primeira visita. “Espero que o papa, sendo de um país latino-americano, esclareça de algum modo que todos que falam espanhol aqui na América não estão ilegalmente”, disse Cortes, que foi criado em Porto Rico. METRO

‘Ele vai tirar uma soneca em casa’, diz bispo

Bispo de Holguín, Emilio Aranguren: visita do papa é um presente | SUMINISTRADA

“O papa está vindo à minha casa, vai almoçar e tirar uma soneca aqui”, disse Emilio Aranguren, bispo de Holguín, uma das três províncias que o papa vai visitar em Cuba. Aranguren fala com o sentimento de quem recebe muito mais do que uma personalidade, mas de quem abre as portas de sua casa para um irmão: a da Igreja, ao missionário da misericórdia, e de Cuba, a quem ele tem servido como uma “ponte” para retomar as relações com os Estados Unidos . “Viemos preparar a casa para a visita“, disse ao bispo Aranguren o Metro World News sobre os últimos preparativos em sua diocese. Holguín, juntamente com o próprio Francisco, é uma das novidades desta terceira visita papal a Cuba em 17 anos. Além de visitar Havana, capital de Cuba, e Santiago, que abriga a Ba-

2012 Foi quando Cuba recebeu pela última vez a visita de um papa. Em março daquele ano, Bento 16 passou 3 dias no país sílica de Nossa Senhora da Caridade, o santo padre irá também a Holguín, segunda maior cidade da ilha caribenha. A Conferência Episcopal cubana incluiu Holguín no roteiro atendendo a um pedido do próprio papa, que fez questão de visitar a diocese que seus antecessores – João Paulo 2º, em 1998, e Bento 16, em 2012 – não conheceram. A escolha tem razões históricas. Holguín abriga dois fatos históricos importantes para Cuba: a entrada de Cristóvão Colombo, em outubro 1492, e da descoberta da imagem de Nossa Sen-

“A comunidade católica está recebendo a visita do papa como um presente. Há boa vontade e bom humor” EMILIO ARANGUREN, BISPO DE HOLGUÍN

hora da Caridade, às margens do Nipe. Mas o bispo Aranguren acrescenta outra razão: sua diocese foi a primeira criada por João Paulo 2º após a Revolução Cubana. “Foi um gesto de coragem e confiança”, diz ele. “O papa ficará apenas seis horas em Holguín, tempo suficiente para uma experiência inesquecível”, disse o bispo. Francisco vai celebrar a segunda missa de sua visita na Praça da Revolução. Em seguida, vai percorrer as ruas até a Loma de la Cruz, de onde se observa toda a cidade. Mas ali ele não vai dar sua bênção. Em

seguida, vai participar de um almoço na casa do bispo. “A comunidade católica está recebendo a visita do papa como um presente. Há boa vontade e bom humor de todos”, diz o bispo. Além dos fiéis católicos, Aranguren afirmou que a visita de Jorge Bergoglio tem despertado interesse especial entre a população em geral, especialmente por conta de seu papel importante para o processo de diálogo que permitiu a retomada do relações diplomáticas entre Cuba e os Estados Unidos. “Talvez muitos não estejam enxergando a visita do papa Francisco em toda a sua dimensão religiosa, mas ninguém sabe o que pode nascer no coração das pessoas despois que o virem e ouvirem”, diz ele.

IVIS M. NEGRÓN PÉREZ METRO WORLD NEWS


|14|

2 CULTURA

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Conexão Brasil – Portugal Música. Milton Nascimento se une à fadista

Carminho para shows no Sesc Palladium

Mais de 50 anos separam Milton Nascimento, 72, da portuguesa Carminho, 31. Mas um encontro de almas ocorrido em 2012 fez com que a diferença de idade se apagasse no palco. Desde então, gravaram músicas “Cais” e cantaram juntos. A parceria volta hoje e amanhã em shows em que a fadista apresenta canções do seu mais novo álbum, “Canto”, no qual acena à MPB ao entoar faixas inéditas de Caetano Veloso e Marisa Monte. No repertório estão garantidos duos em clássicos dos dois artistas, nas quais Milton se arrisca no fado. Encontro imperdível! METRO

“Acredito que os fãs também vão gostar das músicas que eu não cantava há muito tempo e que agora estão neste trabalho” MILTON NASCIMENTO, CANTOR Ouça ‘Cais’ no metrojornal.com.br

Serviço No Sesc Palladium (r. Rio de Janeiro, 1046 – Centro). Hoje e amanhã, às 21h. De R$ 100 a R$ 240.

Duo de cantores em apresentação ocorrida em 2013 | DIVULGAÇÃO

O Metro indica

metrojornal.com.br

Era trote... Comediantes russos disseram ter imitado o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em um trote telefônico ao cantor britânico Elton John. Acesse o site do Metro Jornal para saber a história completa.

Exposição ‘Faísca’. Em sua terceira edição, mostra exibe trabalhos de 45 coletivos e artistas gráficos como zines, livros, ilustrações, lambelambes, cartazes e quadrinhos. No BDMG Cultural (r. Bernardo Guimarães, 1600 – Funcionários). Amanhã, das 11h às 17h. Gratuito.

Show Baile do Síndico & rapper Renegado. A big band formada por 13 integrantes promete agitar a

noite mineira com uma cruzada rítmica que inclui samba, funk, afoxé, soul, carimbó e reggae. O rapper Renegado fará participação especial no show. Na Casa de Show Granfinos (av. Brasil, 326 – Santa Efigênia). Amanhã, às 22h. Ingressos a partir de R$ 15.

Elvis Tribute, The Kings Is Back. Musical sobre o Rei do Rock chega à capital mineira para única apresentação. Estrelado pelo norteamericano Ben Portsmouth, o show revista todas as fases da carreira de Elvis e passeia por grandes clássicos do cantor

como ‘Love Me Tender’, ‘Can’t Help Falling in Love’ e ‘Jailhouse Rock’. No Cine Theatro Brasil Vallourec (Praça Sete). Amanhã, 21h. De R$ 60 a R$ 80. Concertos para a Juventude. Sob a regência do maestro Marcos Arakaki e participação da contralto Carolina Faria e da flautista Cássia Lima, a Filarmônica de Minas Gerais apresenta ao público belo-horizontino mais uma edição do tradicional projeto. No programa, obras de Johann Sebastian Bach. Na Sala Minas Gerais (r. Tenente Brito Melo, 1090 – Bairro Barro Preto). Domingo, às 11h. Ingressos de R$ 2,50 a R$ 5.

Teatro Oficina Madame Teatro: work in Progress. Público poderá conferir

demonstração do processo para a criação do novo espetáculo dos diretores Diego Bagagal e Martim Dinis. A montagem terá como figura central William Shakespeare e está sendo escrita por Mickael de Oliveira. Na Funarte MG (r. Januária, 68 – Centro). Amanhã, às 20h e domingo, às 19h. Entrada gratuita.

Infantil ‘O Fantástico Circo de Papel’. Espetáculo do coletivo Grupo Girino conta a história de um circo de papel que passa por uma intensa crise que só

piora com a chegada do maior inimigo do papel: as traças. No Museu Histórico Abílio Barreto (av. Prudente de Morais, 202 – bairro Cidade Jardim; tel.: 3277-8573). Domingo, às 11h30. Gratuito.

‘A Princesa Frida’. Musical do premiado dramaturgo e compositor belohorizontino Leo Mendonza, retrata a pintora mexicana como um personagem de contos de fada. No Teatro Bradesco (r. da Bahia, 2244 – Lourdes). Domingo, às 16h. De R$ 10 a R$ 20.


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

‘Beep’ faz parte da mostra Competitiva Internacional | REPRODUÇÃO

Cena do filme ‘Adeus à Linguagem’ que vai abrir o festival | REPRODUÇÃO

Na magia da telona Curtas-metragens. Dedicado ao cinema 3D e a produção cinematográfica independente, festival FESTCURTASBH chega hoje a sua 17ª edição em Belo Horizonte Da experimentação estética a discussão do uso do cinema 3D como ferramenta narrativa; essas são algumas das apostas que norteiam a 17ª edição do Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte – o FESTCURTASBH – que a partir de hoje entra em cartaz no Cine Humberto Mauro, no Parque Municipal. Um total de 200 filmes de diversos países foram selecionados para a edição deste ano, que também conta com oficinas, workshop, cursos, seminários e debates. Ao todo, 43 filmes disputam as tradicionais Mostras Competitivas do evento (Internacional, Brasil e Minas), que neste ano contam com 15 participantes selecionados de países como Itália, Bélgica, França, Alemanha, Holanda e Estados Unidos, entre outros. “Durante o festival, vários cineastas do Brasil vêm a Belo Horizonte e depois da exibição participam de debates sobre os filmes assistidos”, explica Philipe Ratton, gerente do Cine Humberto Mauro. “O encontro entre os filmes, público, realizadores e crítica é uma oportunidade única e a mais importante característica do FESTCURTASBH”. Além das mostras competitivas e paralelas, o fes-

200 filmes compõem a programação do festival este ano, com participantes de países como Itália, Alemanha e Estados Unidos, entre outros Se ligue na telona No Cine Humberto Mauro (av. Afonso Pena, 1537 – Centro). De hoje a 27 de setembro. Entrada gratuita.

tival contará também com três exibições especiais: ‘Cinema 3D - Imaginando profundidades e espaços’, ‘Teddy Williams – Uma Trajetória em Curtas’ e ‘O Universo Infernal da Paraísos Artificiais’. A abertura será com a exibição do filme ‘Adeus à Linguagem’, de Jean-Luc Godard. Premiado na última edição de Cannes, o longa foi rodado para ser exibido exclusivamente em 3D. O FESTCURTASBH segue até o dia 27 de setembro com exibições gratuitas. Confira a programação completa no site www.fcs. mg.gov.br. ALEX LACERDA METRO BELO HORIZONTE

Animação ‘Oh Wal’, de Joana Locher | REPRODUÇÃO

|15|◊◊


|16|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

PUBLIMETRO

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Pedestres

Trabalho no Centro de Belo Horizonte e fico impressionado como os pedestres arriscam a vida ao atravessar, ou melhor, burlar o sinal. Vão se desviando de ônibus e carros na cara dura. Por milésimos de segundos, não são atropelados e ainda saem rindo da situação. O pior é que se o motorista atropela, leva a culpa. Vejo esses casos especialmente na rua dos Andradas com rua dos Tupinambás.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

PIZZA DE PÃO

Cruzadas

ROBERTO SOARES – BELO HORIZONTE, MG

Extintores Agora, os fabricantes de extintores irão à falência. Daqui a pouco criam outra coisa obrigando o povo a gastar dinheiro. Lembram do kit de primeiros socorros? Agora, os extintores ABC. Vamos ver qual será o próximo. Mas pelo menos tiveram bom senso, pois quem conhece um pouco de combate a incêndio sabe que não é tão fácil usar um extintor com eficiência. MARCELO SANTOS – BELO HORIZONTE, MG

Correção Ao contrário do que foi publicado na legenda da matéria “Resultado nada bom”, no dia 17/9, página 21, o Cruzeiro não está no Z-4. A equipe ocupa a 13ª posição, com 30 pontos

Quer mais?

INGREDIENTES 10 fatias de pão italiano 250 gramas de Mussarela 1 colher (chá) de orégano ½ xícara (chá) de molho de tomate 6 rodelas de tomate 8 azeitonas

Clique metrojornal.com.br para acessar conteúdo exclusivo, atualização de nossas reportagens, todos os nossos colunistas e galerias com as melhores imagens do dia.

Para a Pizza Havaiana: 20 fatias de pães franceses 350 gramas de presunto ralado ½ xícara (chá) de molho de tomate 250 gramas de abacaxi ½ xícara (chá) de queijo parmesão

Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Modo de Preparo: Corte os pães em rodelas e coloque-os em uma bandeja que possa ir ao forno. Coloque o molho de tomate a a mussarela, o tomate e o orégano a gosto em cada rodela. Leve a forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos a 180°C. Para a Pizza Havaiana: Corte os pães em rodelas e coloque-os em uma bandeja que possa ir ao forno. Coloque na ordem molho de tomate , orégano, presunto, abacaxi, queijo parmesão. Leve a forno pré-aquecido por cerca de 30 minutos a 180°C.

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Bom momento para planejar viagens e ter foco mais intenso com estudos ou conhecimento que queira aperfeiçoar.

Na vida afetiva são boas as chances para consolidar planos a longo prazo com quem se relaciona, mas sem querer apressar situações.

Saturno ingressa em seu signo, onde permanecerá por quase três anos, uma influência determinante para direcionar planos de longo prazo.

Será essencial repensar algumas metas materiais e lidar com a reestruturação de interesses que deixou de lado por algum imprevisto.

Assuntos do lar são propensos a tomar empenho em função de novos costumes ou por nova disciplina diante de algum projeto a longo prazo.

Regente de seu signo, Saturno passa a influenciar Sagitário, fato capaz de refletir na forma de exercitar crenças e costumes.

Momento para reestruturação em suas relações e observar com mais seriedade convivências que precisam de sua atenção.

Terá mais foco a um determinado objetivo, seja ele profissional, de estudos ou com hobbies. Boas conversas marcarão convívios em grupo.

Momento importante para vivenciar responsabilidades diante de grupos ou em causas importantes que leva em consideração.

O trabalho tomará envolvimento mais sério com responsabilidades que almeja e uma sensação de desafio, mas com desejo por realização.

Saturno sai de seu signo depois de alguns assuntos, apontando uma fluência melhor para alguns assuntos antes estagnados.

Tendências para lidar com novas responsabilidades profissionais. Um momento importante também para projetos em parcerias.

Soluções


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Vem aí o Metro Photo Challenge 2015 Click. Prepare suas câmeras para o maior concurso de fotografia amadora do mundo, que vem com novidades este ano

Concurso que descobre os novos talentos em fotografia e compartilha com o mundo, o Metro Photo Challenge 2015 já está pronto para começar. Em 2014 o tema foi “A Vida na Cidade” e a premiação foi uma expedição fotográfica para Nova York, uma visita exclusiva na sede da ONU, além de câmeras fotográficas Nikon e a foto vencedora publicada no Metro Jornal. Para se ter uma ideia da importância brasileira no concurso, 44% das fotos recebidas foram do Brasil, de um total de 56.747 imagens. E esse número deve crescer em 2015. Este ano as novidades são incríveis e elas serão divulga-

|17|◊◊

“Visão”, de Daniel Genis Mourão

“Fuga Urbana”, de Nario Barbosa

“Olfato”, de Enrico De Luca

“Eu sou Cidadão”, de Vanessa Acioly Lopes de Vasconcelos

das na edição da próxima terça-feira, dia 22. Fique atento! E enquanto as novidades do MPC 2015 não che-

gam, fiquem com os vencedores do júri oficial das competições de 2013 e 2014 no Brasil. METRO

“Tato”, de Ricardo Martinelli

“Paladar”, de Thiago Lontra FOTOS: DIVULGAÇÃO


|18|

Partiu! Rock in Rio completa três décadas reunindo 150 atrações nos sete dias do festival

E já se passaram 30 anos desde o primeiro Rock in Rio... De hoje a domingo e de 24 a 27 de setembro, a Cidade do Rock, no Rio de Janeiro, vai receber gerações de fãs do festival, que chega à sua 16ª edição e dá início à maratona de sete dias de música. Serão 91 horas de festa nos cinco palcos do evento e muitos desafios que o RiR, agora trintão, vai enfrentar para receber o público de 85 mil pessoas, para cada dia de show. A começar pela crise econômica, refletida na programação desta edição, que traz atrações menos badaladas do que nos anos anteriores. Outra constatação disso é a sobra de ingressos. Apesar dos 185 mil esgotados na venda oficial, parceiros do evento ainda têm ingressos à venda, como o Hotel Urbano, que oferece pacotes para quem é de fora do Rio. A boa notícia vem do Climatempo. O primeiro final de semana do RiR deve ser de muito calor, noites abafadas e temperatura média de 37oC. “Quando envolve multidão, tem um planejamento de crise. A gente planeja muito para não precisar usar. Está funcionando tudo superbem, estamos trabalhando com a Secretaria Municipal de Obras. Aquela é uma área que está em revolução. O fato de ser bloqueada já facilita. Impossível é gerir carros ali”, destaca Roberta Medina, vice-presidente do RiR. Atrações mais comentadas Primeiras atrações a terem os ingressos esgotados, Rihanna, Queen e Katy Perry também são mais comentadas do festival na internet. Um estudo sobre o RiR nas redes sociais, feito pelo Scup by Sprinklr, com dados do Twitter e Instagram, mostra que Rihanna sai na frente com 28,99% dos comentários, seguida por Queen, 25,35%; Katy Perry, 15,91%; Metallica, 6,79%; System of a Down, 4,35%; e Rod Stweart, 2,77%. Vamos ver o poder deles no palco! GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

DE REPENTE...

30 P U E O N I D L UN M

Katy Perry

RA

I ª FE

s

, 6 30 Ano O R B Rio

Queen of the Stone Age

M ETE

in ock Script lic t S R l E e ia ub er D 18 - Espec21h - Th neRep Lamb - O Adam O 19h 30 AD B 22h een + Á u ,S -Q RO 0h B M ra ETE h - Goji Blood üe S 19 oyal y Cr DE 19 - R ötle a 21h 0 - M tallic e 3 Faith No More 22h 0h - M

GO

IN OM

so ,D RO o Suces B M d

ETE

Rock in São Paulo Se você não conseguiu garantir seu ingresso para o Rock in Rio ou não estava disposto a viajar até a capital carioca, a boa notícia é que alguns dos principais nomes do festival também vão se apresentar em São Paulo. A lista começou na última quarta, com os remanescentes do Queen acompanhados do vocalista Adam Lambert, mas segue forte a partir de amanhã. O lendário Rod Stewart se apresenta no Allianz Parque – e pela quinta vez no país –, neste sábado, às 19h (ingressos de R$ 220 a R$ 780). Domingo tem dois shows: OneRepublic, no Espaço das Américas (de R$ 180 a R$ 340) e Gojira, no Carioca Club (de R$ 100 a R$ 400). Dia 24 é a vez do Faith no More, que lança seu álbum

“Sol Invictus”, no Espaço das Américas (de R$ 190 a R$ 370). No dia seguinte tem System of a Down e Deftones e, no sábado, Slipknot e Mastodon. O ingresso por dia sai de R$ 260 a R$ 520, enquanto o combo para as duas datas custa de R$ 400 e R$ 800. No mesmo sábado o Nightwish toca no HSBC Arena, com ingressos de R$ 240 a R$ 380. Para o público mais pop, o destaque é Katy Perry, que canta no Allianz Parque na sexta, dia 25, com ingressos de R$ 200 a R$ 580. A abertura é de AlunaGeorge. Por fim, os noruegueses do A-Ha, que tocam mas uma vez no Brasil, agora no dia 14 de outubro, também no Espaço das Américas, por entradas de R$ 200 a R$ 380. METRO

20

as lam - Seal ohn a r - Pa 21h lton J art 19h - E Stew 30 22h - Rod 0h

S DE

Rihanna

Metallica

,5 O R B

2 res M 2 ampi e Age P C V on 19h ywood the St wn o ll of - Ho eens of a D A h 1 2 - Qu tem EIR s F y 0 S ª 3 ,6 22h 0h RO erra B M Ti ETE - De La stodon ore S DE 19h - Ma h no Mt 25 O 21h - Fait ipkno AD 0 - Sl B 3 h Á 22 0h ,S RO os B t M ETE Lulu Sanpard S DE 19h - Shep Smith 26 O m 21h - Sa anna NG I 0 h M 3 i 22h 0h - R , DO O R ra B EM de Neg rge T E S da eo DE 9h - Ci lunaG -Ha 7 1 2 - A - A ry 21h 22h30 ty Per - Ka 0h

EM

ET ES

D 24

IRA E F ª

Elton John


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

|19|◊◊

Cruzeiro terá confronto direto neste fim de semana Brasileiro. Raposa viaja hoje para Santa Catarina onde enfrenta a Chapecoense, no domingo, às 18h30, que também luta contra o Z-4 A delegação do Cruzeiro partiu hoje de manhã para Chapecó, em Santa Catarina, onde joga contra a Chapecoense, no próximo domingo, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 30 pontos somados na competição, a Raposa segue mais perto da parte debaixo do que do topo da tabela. A partida será um ‘confronto direto’ já que o time catarinense aparece logo acima da Raposa na classificação geral, em 13º lugar. Com o time a três pontos da zona de rebaixamento e após ter vencido apenas uma vez em quatro jogos desde que chegou a Raposa, o técnico Mano Menezes pediu tranquilidade ao torcedor pa-

ra que sejam corrigidos os problemas. Segundo o treinador, o elenco celeste está ‘inchado’ e isso estaria prejudicando a equipe. Atualmente, ele conta com 42 jogadores a sua disposição. “A primeira coisa que pedi ao presidente e ao vice de futebol foi que não contratássemos ninguém nos próximos meses. Precisamos avaliar o que temos nesses últimos meses do ano, projetar um elenco para o ano que vem, estabelecer carências, fazer avaliações com base em scout e em questões mais objetivas, não apenas empíricas, como a gente comumente faz”, disse Mano. Amanhã, a equipe azul faz o último treino antes da partida no

ESPORTE

próprio CT da Chapecoense e é quando Mano Menezes deve definir o time titular. Situação nada confortável A posição do Cruzeiro na tabela do Brasileiro está longe de ser tranquila. Faltando 11 rodadas para o fim do torneio, a probabilidade da Raposa cair para Série B do ano que vem é de 23,6%, conforme levantamento do departamento de matemática da UFMG. Além disso, é praticamente nula a chance do time da Toca disputar a Libertadores de 2016. Segundo a UFMG, a probabilidade de o Cruzeiro terminar o Brasileiro entre os quatro primeiros da competição é de 0,05%. METRO BH

3 Bastidores

Fábio pode estar de saída

Mano Menezes prega tranquilidade apesar da fase ruim | WASHINGTON ALVES/LIGHTPRESS

A novela sobre a renovação de Fábio prossegue. Ontem, o camisa 1 celeste recusou a contraproposta feita pelo Cruzeiro e aguarda uma nova oferta. Não chegaram a um acordo sobre salários e luvas. Fábio tem compromisso com a Raposa até 3 de abril de 2016, mas pode assinar précontrato com outro clube já a partir do próximo dia 3, caso não queira renovar seu acordo com o Cruzeiro.


|20|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Sorteio define Ricci para apitar Galo x Flamengo Arbitragem. Mineiro Sandro Meira Ricci comandou o mesmo clássico, no Brasileiro de 2012, e deixou de marcar pênalti a favor do Atlético Antes mesmo de a bola rolar, o clássico entre Atlético e Flamengo, no próximo domingo, às 16h, no Horto, já tem sua primeira polêmica. Ontem, a CBF sorteou os árbitros para os jogos da 27ª rodada do Brasileiro e Sandro Meira Ricci, que tem escudo Fifa, foi o escolhido para apitar o confronto do Galo. Além dele, Luiz Flávio de Oliveira foi o outro nome que participou do sorteio. Mineiro de Poços de Caldas, Sandro Meira Ricci não traz boas recordações para os atleticanos. No Brasileiro de 2012, ele apitou o mesmo clássico no Independência e a partida, que terminou empatada por 1 a 1, foi pra lá de polêmi-

ca. O Galo brigava pelo título com o Fluminense e Ricci foi duramente criticado pela atuação ruim em campo e a não marcação de um pênalti, a favor do Atlético, em cima de Ronaldinho Gaúcho, ainda no primeiro tempo. Na época, o então técnico Cuca esbravejou e classificou o lance como ‘um abusrdo’. Na Copa América do Chile, em junho deste ano, Ricci acabou afastado da competição após atuação ruim na vitória de 1 a 0 do Chile sobre o Uruguai, pelas quartas de final do torneio, em Santiago. A partida ficou marcada pela controversa expulsão do uruguaio Edison Cavani após receber

uma provocação, digamos, ‘indelicada’ do chileno Gonzalo Jara. Na jogada, Cavani foi alvo de uma dedada nas nádegas, o uruguaio reagiu com um tapa no rosto de Jara, mas Ricci não viu e só expulsou Cavani. Levir como alvo Após a goleada de 4 a 0 sofrida para o Santos, na quarta-feira, a torcida atleticana pegou no pé do técnico Levir Culpi, que entrou para o trend topics do Twitter. Os torcedores culparam o esquema tático escolhido pelo treinador, com apenas um volante, como o principal motivo para a derrota acachapante, na Vila Belmiro. METRO BH

Em 2012, Ricci deixou de marcar pênalti no lance acima. Galo brigava pelo título contra o Flu | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO


BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

|21|◊◊

Com surpresas, Dunga convoca para Eliminatórias Sem Neymar. Dunga convoca Seleção para dois jogos da competição, que começa em outubro. Renato Augusto e Rafinha são as caras novas

AGORA É PRA VALER GOLEIROS

Marcelo Grohe (Grêmio)

Jefferson (Botafogo)

Alisson (Internacional)

LATERAIS Marcelo (Real Madrid-ESP)

Rafinha (Bayern de Munique - ALE)

ZAGUEIROS Marquinhos (PSG - FRA)

Fabinho (Mônaco - FRA)

Filipe Luís (Atlético de Madrid - ESP)

Gil (Corinthians) David Luiz (PSG - FRA)

Luiz Gustavo (Wolfsburg - ALE)

Lucas (PSG - FRA)

Miranda (Internazionale ITA)

MEIO-CAMPISTAS

Lucas Lima (Santos)

Willian (Chelsea - ING)

Oscar (Chelsea - ING)

ATACANTES

Roberto Firmino (Liverpool - ING)

Renato Augusto (Corinthians)

Elias (Corinthians)

Fernandinho (Manc. City - ING)

Hulk (Zenit - RUS)

Philippe Coutinho (Liverpool - ING)

Douglas Costa (Bayern de Munique - ALE)

“O que aconteceu na Copa é mais ou menos como 1950. Será sempre lembrado. É uma cicatriz e não temos como mexer. Faz parte do passado e temos que pensar no presente. Não podemos passar ao torcedor que as eliminatórias serão fáceis. Sempre foi difícil. Vamos sofrer, mas vamos nos classificar.”

“Queríamos contar com o Neymar, mas não é possível. Aguardamos recurso. Temos que unir forças nos jogadores que temos no momento.”

DUNGA, TÉCNICO DA SELEÇÃO BRASILEIRA

GILMAR RINALDI, COORDENADOR

Valcke leva ‘chute no traseiro O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, foi afastado ontem, comunicou a entidade. O cartola é acusado de participação em negociações de ingressos da Copa do Mundo no mercado negro. A Fifa ainda anunciou que o francês será investigado. “A Fifa anuncia que o secretário-geral Jérôme Valcke foi colocado sob licença e retirado de suas funções imediatamente até novo aviso. Além disso, a Fifa recebeu uma denúncia de

uma série de acusações sobre o secretário-geral e requisitou uma investigação ao Comitê de Ética”, diz o comunicado publicado no site da entidade. O francês teria um esquema com a empresa JB Marketing, responsável pela venda de ingressos para o Mundial. A Fifa repassa as entradas para a empresa por um certo valor e ela revende. Valcke teria um acordo para que as entradas fossem vendidas com um ágio de cerca de 200% e ele fica-

ria com 50% desse valor. Responsável pela organização da Copa de 2014, ele chegou a afirmar que o Brasil precisava “levar um chute no traseiro” por conta dos atrasos nas obras. O afastamento de Valcke é mais um capítulo dos escândalos vividos pela Fifa. Investigações conduzidas pelo FBI, nos EUA, culminaram em maio na prisão de sete dirigentes de peso no futebol em Zurique, na Suíça. Outras sete pessoas também foram indiciadas. METRO

O técnico Dunga realizou ontem a primeira convocação da Seleção Brasileira para as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, na Rússia. O Brasil inicia a disputa contra Chile, em Santiago, e Venezuela, em Fortaleza, nos dias 8 (quinta-feira, às 20h30) e 13 de outubro (terça-feira, às 22h), respectivamente. O capitão Neymar não está entre os 23 nomes chamados pelo treinador. O jogador do Barcelona está suspenso por duas partidas na competição por conta da expulsão contra a Colômbia na última Copa América. As principais novidades da lista do treinador são os corintianos Gil e Renato Augusto,

chamados pela primeira vez pelo comandante. Além dos dois, o Timão também cederá o volante Elias. Ao lado do PSG – com três representantes: Marquinhos, David Luiz e Lucas –, o alvinegro é o clube com mais atletas convocados. Outra surpresa entre os chamados por Dunga é o lateral-direito Rafinha, do Bayern. Há algumas semanas, o jogador manifestou o desejo de solicitar a cidadania alemã, o que abriria a possibilidade de atuar pela Alemanha. “Renato Augusto e Lucas Lima estão se destacando muito. Lucas foi bem nos amistosos com a Seleção. Mostrou que está se adaptando ao que pedimos. Já o Renato es-

tá muito bem no Corinthians, tem uma boa dinâmica e qualidade”, explicou o treinador. Os jogadores dos clubes brasileiros – Jefferson (Botafogo), Marcelo Grohe (Grêmio) e Alisson (Internacional) também fazem parte dessa lista – não desfalcarão suas equipes no Campeonato Brasileiro. A apresentação será no próximo dia 5, um dia após a rodada do fim de semana. Os jogadores retornam aos clubes um dia antes do reinício da competição. Apesar de não estar na lista por conta da suspensão, Neymar não está totalmente descartado. A CBF recorreu ao TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) e ainda aguarda uma resposta. METRO


|22|

BELO HORIZONTE, SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

CECILIA ACIOLI/ARQUIVOFOLHAPRESS

Hamilton mais perto do ídolo

ROBSON CAETANO ‘NÃO HÁ DESCULPA PARA NÃO CONQUISTAREM MEDALHA’ Robson Caetano dividiu a pista com nomes como Carl Lewis, Ben Johnson e Michael Johnson. Subiu ao pódio nos 200m nos Jogos Olímpicos de 1988 e no revezamento 4x100m em 1996, além de ter participado da polêmica final dos 100m de 1988. Em entrevista ao Metro Jornal, ele fala sobre as provas olímpicas que participou e faz dura crítica aos resultados do atuais atletas brasileiros. Era possível ter vencido os 100m sem o doping? Poderia ter vencido sem doping. Posso olhar para atrás e dizer que minha carreira inteira foi premiada por ter sido um atleta leal ao princípio do Barão de Cobertin. Se entra naquela prova sabendo que os outros fizeram o uso dessas substâncias, entra tendo que dar 130%. De onde se vai tirar? Dei 110%, mas não foi o suficiente. Foi o necessário para ser terceiro nos 200m. Daria para ser ouro nos 200m se os dois que chegaram na minha frente estivessem em condições iguais às minhas ou minhas condições no Brasil fossem melhores. Não que eram ruins, mas poderiam ser melhores. Hoje não temos essas dificuldades. Hoje, os atletas não têm desculpa para não conquistarem medalhas. Como foi depois da prova dos 100m? Foi uma loucura. Tinha que me concentrar para os 200m. Não podia estar muito envolvido com essa história. Eu fiquei blindado. Não me deram nem o jornal para ler. A gente já sabia que o Ben Johnson e outros atletas já utilizavam. Como foram os 200m? Teve um intervalo entre as provas. Teve um dia de descanso e dei um giro por Seul. Lembro de uma frase emblemática do Aurélio Miguel [judoca]. Estávamos assistindo ao judô, lembro dele bater

na mesa e dizer ‘vou ganhar uma medalha de ouro’. Como assim? O cara bate na mesa e diz que vai ganhar o ouro e ganha? Fiz o mesmo. Fui na mesma e bati dizendo que ia ganhar uma medalha de ouro e fui para os 200m. Não foi ouro, mas foi bronze. Procurei me ater apenas à prova e passar ao largo da história do doping. Se não há desculpa, por que o Brasil não tem resultados? Conversei com o Carlos Alberto Cavalheiros [chefe do time de velocidade do Brasil], está faltando atitude. É atitude vencedora. É o que eu tinha. Sou recordista gaúcho dos 100m e 200m, o resultado é bom? É. São resultados difíceis de serem batidos. Por que o garoto é preguiçoso? Talvez. Por que a tecnologia atrapalha? Talvez. Faltam políticas públicas para as escolas para que o Brasil se torne um país esportivo? Talvez. Esse balaio de “talvezes” só vai mudar quando conseguirmos fazer com que a política abrace o esporte como política educacional. Há 27 anos você é o recordista sul-americano, com 10s cravados. Até que ponto isso é bom? É essa consciência. Precisa ter quantidade para ter qualidade e trabalhar em cima dessa qualidade e transformar a qualidade no grande nome. Como acontece na Jamaica, em Cuba com o xadrez. Se começa a promover isso nas escolas como disciplina, se não fizer direito é reprovação, falta punição. O Brasil dá as ferramentas para [os jovens] realizarem o que quiserem, porque não recebem nenhum tipo de punição. É preciso começar a disciplinar os jovens na escola e que as escolas entendam a importância da educação física. VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

Lewis Hamilton já cansou de dizer que seu grande ídolo é Ayrton Senna. Neste domingo, em Cingapura, o piloto da Mercedes pode repetir o número de vitórias do brasileiro, exatamente com a mesma quantidade de etapas disputadas: 41 vitórias em 161 corridas na Fórmula 1.

A largada acontece às 9h (de Brasília). O inglês, no entanto, já ultrapassou algumas marcas de Senna, como pódios (81 a 80) e voltas mais rápidas (25 a 19). O brasileiro ainda leva vantagem no número de poles (49 a 65). É importante ressaltar que Hamilton teve menos aban-

donos (22 a 61), já que Senna corria em um tempo que os carros quebravam com mais facilidade – o que prejudicou suas marcas. “É um tanto quanto surreal pensar que após 20 anos eu estaria lutando para alcançar o seu número de pódios ou campeonatos, mas temos de lembrar que

se ele tivesse continuado, teria vencido muito mais. Então acho que estou carregando este bastão para nós dois e me esforço para ganhar por nós dois. Mas me sinto orgulhoso de ser parecido com ele nos números”, afirmou em entrevista à TV inglesa “Sky Sports”. METRO


BELO HORIZONTE - SEXTA-FEIRA, 18 DE SETEMBRO DE 2015


20150918_br_metrobh  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you