Page 3

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 9 DE JUNHO DE 2015 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

De cinema a faculdade Cine Avenida. Sem exibir filmes desde 1996, prédio histórico na Cidade Baixa abrigará salas de aula, após também ter sido utilizado como bingo e comitê de campanhas eleitorais

Os tempos de ostracismo e depredação chegaram ao fim. Através de uma intensa reforma, o prédio do Cine Avenida 1, na esquina das avenidas João Pessoa e Venâncio Aires, está sendo transformado em sede de uma faculdade. Na parte externa, porém, em restauração, as cores e detalhes ainda remetem à aparência do antigo cinema, inaugurado em 1923. Após o fim das exibições fílmicas, em 1996, o local hospedou um bingo por quase uma década, comitês das campanhas eleitorais dos prefeitos José Fogaça e José Fortunati e em seguida teve uma breve utilização como pub. Em 2012, o prédio foi colocado à venda e viveu anos de esquecimento, sendo utilizado até para atividades ilícitas. Agora, a Fadergs (Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul) dará uma nova finalidade ao espaço. Em obras desde abril, por dentro já estão sendo erguidas cerca de 15 divisórias de salas de aulas e banheiros, nos dois anda-

res do edifício. O piso também foi aplainado para a nova utilização. A faculdade não se manifesta sobre o projeto, que divide a opinião dos moradores da região. Foram recebidas reclamações na obra por conta do barulho e, ainda, devido à falta de informações tanto da Fadergs como da prefeitura da capital, pelo receio de mudanças, principalmente na fachada do prédio histórico, segundo apurado pela reportagem do Metro Jornal. Mas, sendo o imóvel inventariado pela prefeitura, a arquitetura não poderá ser alterada. Moradora da Venâncio Aires, a funcionária pública aposentada Clorinda Faccio admirava na tarde de ontem o trabalho de revitalização do edifício e comemorou. “Isso é um sonho. Depois de tanto tempo parado, ele [o prédio] estava tão demolido que achei que nem poderia mais ser usado. Está ficando lindo e vai servir para uma boa causa”, referindo-se à utilização, agora, como faculdade. METRO POA

Construção histórica é inventariada pelo município e está em obras desde abril | GABRIELA DI BELLA/METRO

História de altos e baixos Em 1923, o cinema começou a funcionar no local. As atividades foram interrompidas em 1926 após uma ventania que causou destruição no prédio e deixou um morto e cinco feridos. O novo e atual prédio do Cine Avenida foi inaugurado em 1929 com capacidade para cerca de 2 mil pessoas. Em cartazes de divulgação, o local utilizava o slogan de “O preferido da elite porto-alegrense”.

Após ser dividido em duas salas, com uma entrada pela João Pessoa e outra para Venâncio Aires, em 1996 as exibições de filmes foram encerradas e o local passou a abrigar um bingo, por quase uma década. Em 2008, o prédio foi comitê da candidatura de José Fogaça à prefeitura da capital e em 2012 de José Fortunati. O local foi vendido no ano passado e agora está locado à Fadergs. METRO POA

Beleza do prédio estava encoberta pela depredação | GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/METRO

Coleta ampliada em agosto Parceria lança 1.052 leitos O novo contrato assinado entre DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana) e a empresa Cootravipa deverá ampliar o serviço de coleta seletiva na capital: todas as ruas da cidade que comportam caminhões passarão a ter o recolhimento Na Fase

de resíduos recicláveis pelo menos duas vezes por semana. Atualmente, o serviço ocorre em todos os bairros, mas não em todas as ruas. A coleta será noturna e três vezes por semana na totalidade da região atingida pela coleta automatiNovo pórtico

zada. Nas demais regiões, a coleta dos recicláveis será diurna e ocorrerá duas vezes por semana. O novo contrato também prevê a renovação total da frota. A implantação do novo sistema deve ocorrer até 26 de agosto. METRO POA Cabo rompido

Por meio de uma parceria entre governo do Estado e o Instituto de Cardiologia foi lançado ontem o edital de licitação para a construção de 1.052 novos leitos hospitalares na região metropolitana de Porto Alegre. Destes, 249 se concentrarão na capital, Em horários de pico

no Instituto de Cardiologia, já o restante será dividido entre os hospitais de Alvorada (250), Cachoeirinha (250) e Viamão (258), voltados exclusivamente a atendimentos do SUS (Sistema Único de Saúde). A previsão é de que as Contra a gripe

obras comecem em janeiro de 2016 e que a utilização dos novos leitos tenha início em 2018. A parceria para a ampliação foi firmada em julho do ano passado pelo governador Tarso Genro e o Cardiologia. O investimento é de R$ 139 milhões. METRO POA Viagem Segura

Motim termina com 4 feridos

Freeway será bloqueada hoje

Blecaute cancela sessão na Câmara

Trens acoplados voltam a circular

Vacinação é prorrogada

Feriado termina com 26 mortes

Quatro funcionários da Fase (Fundação de Atendimento Socioeducativo) ficaram feridos após um motim na noite de domingo. Segundo a Brigada Militar, 19 internos da Unidade A do Complexo da Cruzeiro fizeram uma monitora refém e agrediram servidores. Após quase 3 horas de negociações eles se entregaram. BANDNEWS

A freeway será bloqueada hoje em dois horários no km 85, próximo à avenida Assis Brasil, para instalação de um pórtico de sinalização. O primeiro serviço ocorre às 10h, sentido capital-litoral, por dez minutos. O segundo bloqueio, de 15 minutos, ocorre ao meio-dia, no outro sentido. Em caso de chuva não haverá serviço. METRO POA

Por volta das 15h, ontem, uma queda de energia cancelou os trabalhos na Câmara Municipal de Porto Alegre. Segundo o presidente da Casa, vereador Mario Pinheiro (PT), um cabo que leva energia ao prédio se rompeu e causou o blecaute, que foi resolvido pela CEEE após duas horas. METRO POA

A Trensurb retomou ontem a operação de trens acoplados em horários de pico, com duas composições de oito carros cada. Com a medida, 26 trens são utilizados simultaneamente das 7h às 9h, no trecho entre as estações Sapucaia e Mercado; e também das 18h às 19h15, do Mercado a Novo Hamburgo. METRO POA

A Secretaria Municipal da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe até que seja atingida a meta de pelo menos 80% de imunização nos grupos prioritários. Para reforçar a campanha, as equipes do município levarão vacinas às escolas e elas também seguem sendo feitas nas 141 unidades de saúde da capital. METRO POA

A operação Viagem Segura de Corpus Christi registrou 26 mortes nas estradas gaúchas durante os cinco dias de feriado. Em 2014, foram 24 mortes no período, que chegaram a 41 com o acompanhamento dos feridos nos 30 dias pós-acidente. O total de acidentes foi 12% menor: de 959 passou a 845. METRO POA

20150609_br_portoalegre  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you