Page 1

SLASH ESTÁ DE VOLTA

CULTURA POLONESA

EXPOSIÇÃO CONTA AS LENDAS TÍPICAS DO PAÍS PÁG. 12

ARTE E EQUILÍBRIO

LIVRO APRESENTA OS PRINCÍPIOS DA IOGA E DA MEDITAÇÃO PÁG. 15

GUITARRISTA RETORNA A CURITIBA DEPOIS DE TRÊS ANOS COM SHOW DO NOVO ÁLBUM PÁG. 12 CURITIBA Quinta-feira, 19 de março de 2015 Edição nº 972, ano 4 MÍN: 16°C MÁX: 24°C

sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

showers sunny showers www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @MetroJornal_CTB

windy

Lava Jato leva Suíça a bloquear R$ 1,3 bilhão hazy

showers

Sob suspeita. Procurador-Geral do país europeu revelou que 30 bancos suíços congelaram o dinheiro de aproximadamente 300 contas, depois de alertas de que os recursos seriam possivelmente originados no esquema fraudulento com contratos da Petrobras PÁG. 06

Cid Gomes cai após crise com Congresso Ex-ministro da Educação causou malestar ao chamar parlamentares de “achacadores do governo” PÁG. 07

Coleta de lixo segue 100% paralisada em Curitiba Categoria cumpriu apenas parte da decisão da Justiça. Motoristas dos caminhões não aceitaram voltar PÁG. 03

Município começou ontem uma grande ofensiva para combater os possíveis focos do aedes aegypti | JAELSON LUCAS/SMCS

Crescem os focos do mosquito da dengue

Alerta. 135 locais com proliferação do transmissor da doença foram identificados até março. Número é quase três vezes maior que o do ano passado PÁG. 02

Seis são presos por fraude imobiliária em cidades da RMC Golpistas venderam lotes rurais ilegais para cerca de 500 pessoas, lucrando mais de R$ 20 mi PÁG. 04


1 FOCO

Investimentos

Fábrica de ração

O secretário estadual do Planejamento, Sílvio Barros (foto), recebeu na terça-feira diretores da multinacional Mars. Eles informaram que já está em construção a nova fábrica de rações da empresa em Ponta Grossa e pediram apoio do governo em obras viárias no entorno do local. A empresa investirá mais de R$ 140 milhões na planta, que ganhou isenção fiscal através do programa Paraná Competitivo, do governo do Estado. A previsão é de que, uma vez em funcionamento, a nova fábrica crie 100 empregos diretos e 250 indiretos.

Cotações Dólar - 0,52% (R$ 3,214) Bovespa + 2,47% (51.526 pts) Euro - 0,12% (R$ 3,460) Salário Selic (12,75% a.a.) mínimo (R$ 788)

|02|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{FOCO}

Focos da dengue quase triplicam em Curitiba Saúde. Até começo de março foram 135 focos, contra 51 no mesmo período do ano passado. Prefeitura faz alerta e aperta a fiscalização Desde o início do ano já foram registrados na capital paranaense 135 focos do aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue. O número é quase três vezes maior do que o registrado no mesmo período em 2014, quando foram 51 casos. Segundo o diretor do centro de saúde ambiental da Secretaria Municipal da Saúde, Luiz Armando Erthal, há doze anos Curitiba não registra um número relevante de transmissão da doença. Mesmo assim o aumento dos focos é um alerta para a população. “Neste ano, tivemos epidemias de dengue nos dois estados vizinhos ao Paraná: São Paulo e Santa Catarina. Qualquer descuido da população na eliminação dos possíveis focos de dengue é um risco

“Qualquer descuido na eliminação dos focos é um risco para toda a cidade.” LUIZ ARMANDO ERTHAL, DIRETOR DO CENTRO DE SAÚDE AMBIENTAL

para toda a cidade, ainda mais neste período em que as temperaturas ainda estão altas e ocorrem muitas chuvas”, comentou. Em 2014, foram dois casos com transmissão local, considerados isolados pela prefeitura. Ontem a prefeitura começou um trabalho de fiscalização em estabelecimentos comerciais considerados de alto risco para a proliferação do mosquito. Os primeiros endereços visitados foram no Boqueirão: depósitos de fer-

ro-velho, oficinas mecânicas, borracharias e depósitos de materiais recicláveis. Segundo o diretor, Curitiba tem 890 pontos estratégicos de fiscalização, mas os moradores têm que fazer a sua parte. “Nos últimos anos o mosquito está se adaptando às cidades. Qualquer local aberto, com água limpa ou mesmo suja, pode se tornar um foco”, alerta. Entre as dicas para combater o mosquito estão a retirada de folhas de lajes ou calhas, a colocação de areia em pratos de vasos de flores e o uso de água sanitária em ralos e locais com água parada. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Governo quer migração de aposentados entre fundos O governo do Estado apresentou ontem para um grupo de deputados a proposta de mudanças no sistema previdenciário do Estado. A sugestão é de migração de parte dos servidores que hoje recebem pelo Fundo Financeiro para o Fundo Previdenciário. Segundo o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Cláudio Romanelli (PMDB), com isso o caixa do Executivo seria desafogado, já que o Fundo Financeiro é exclusivamente pago pelo Tesouro, enquanto os outros fundos são mantidos por descontos salariais dos servidores. De acordo com um estudo feito por atuários do Estado é ‘plenamente sustentável’ a migração de aposentados com 73 anos ou mais. Nes-

Reunião com deputados foi ontem. Hoje sindicatos serão recebidos

te grupo estariam 33.556 servidores inativos. “Depois de avaliar diversas alternativas, chegamos a um consenso. Ajuda o caixa não traz qualquer dificuldade para os servidores”, disse Romanelli. Com a movimentação deste grupo de um fundo para o outro, o governo deixaria de usar R$ 142,5 milhões para

| DIVULGAÇÃO

o pagamento de benefícios. Deste valor, R$ 125 milhões são de benefícios pagos pelo Executivo e o restante é aportado pelos demais poderes. O governo tenta mudar a previdência desde janeiro, mas protestos dos sindicatos forçaram o recuo do Executivo.

Ontem, ferros-velhos foram fiscalizados | JAELSON LUCAS/ SMCS

Reforma Política

Eduardo Cunha vem a Curitiba O presidente da Câmara Federal, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), vem a Curitiba nesta sexta-feira para o lançamento do programa Câmara Itinerante. O evento será no plenário da Assembleia Legislativa do Paraná e deverá contar com a presença do presidente do Legislativo estadual, deputado Ademar Traiano (PSDB), do presidente da Comissão Especial da Reforma Política da Assembleia, deputado Anibelli Neto (PMDB), entre outros parlamentares, lideranças municipalistas, cientistas políticos e juristas. Está marcada para ocorrer uma audiência pública sobre reforma política e pacto federativo. METRO CURITIBA

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 041/3069-9191

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

O jornal Metro circula em 22 países e tem alcance diário superior a 18 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 513 mil exemplares diários.

Câmara racha por criação de Ouvidoria Debates acalorados ocorreram ontem opondo vereadores a favor e contra a criação de uma ouvidoria na Câmara Municipal. Um grupo liderado pelo vereador Jorge Bernardi (PDT) diz que o processo é irregular e pede a extinção do cargo por motivo de economia – os gastos seriam de R$ 400 mil ao ano para manter a nova estrutura. Já o vereador Paulo Salamuni (PV) defendeu a criação. “Neste momento é preciso abrir mais instituições de transparência, que garantam acesso da sociedade ao poder público, para que sejam ícones contra a corrupção. Abrir, não fechá-las”. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189

Austeridade

Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Diagramação: Luana Santana. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera.

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Coleta de lixo não volta mesmo após notificação

Paralisação. Nova proposta foi rejeitada ontem pelo sindicato. Partes têm audiência de conciliação marcada para hoje à tarde no TRT-PR A greve dos trabalhadores da coleta de lixo e da limpeza das ruas de Curitiba entra hoje em seu terceiro dia. Notificados no início da manhã de ontem, os trabalhadores afirmaram que iriam cumprir decisão liminar da Justiça do Trabalho, que determinava a volta de 40% da categoria, que tem cerca de 2.700 funcionários – mas isso não aconteceu. A multa diária para o descumprimento da ordem judicial é de R$ 20 mil. O Siemaco (Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação) afirmou que os coletores não puderam cumprir a decisão, pois os motoristas dos caminhões se recusaram a voltar. O Sitro (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Paraná), que representa os motoristas, só deve se manifestar na audiência para tentativa de conciliação hoje, às 14h30, no TRT-PR (Tribunal Regional do Trabalho).

março e a outra para setembro. A sugestão foi feita pelo procurador-chefe MPT-PR (Ministério Público do Trabalho), Gláucio Oliveira, em reunião entres as partes na terça-feira. O pedido da categoria é de aumento de 20% nos salários e 30% no vale-alimentação. De acordo com a prefeitura, o aumento proposto elevaria o salário base do coletor de lixo de R$ 1.118 para R$ 1.226, tornando-se o maior entre as capitais do país. O dos varredores subiria de R$ 958 para R$ 1.051.

Sacos de lixo se acumulam na Avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico | HEULER ANDREY / METRO CURITIBA

A varrição de rua, que não acontece à noite e não depende de motoristas, deve voltar em 40% nesta manhã, de acordo com o Siemaco. “A população está sendo vítima. Fizemos um sacrifício enorme para evitar

a greve. Eles não estão pensando na população e nas questões sanitárias. É uma greve política, no ano passado foi a mesma coisa”, afirmou o secretário de governo da prefeitura, Ricardo Mac Donald. Ontem os trabalhado-

Funcionários dos Correios voltam ao trabalho hoje Deflagrada no fim da noite de terça-feira, a greve de advertência de 48h dos trabalhadores dos Correios no Paraná foi suspensa após assembleia durante a tarde de ontem no Sintcom-PR (Sindicato dos Trabalhadores dos Correios no Paraná), em frente à sede da própria empresa, na Rua João Negrão. Outros 9 estados também tiveram paralisações parciais. “A avaliação do dia de greve foi positiva. A empresas nos chamou para discutir a pauta regional, suspendemos a paralisação e partir de amanhã [hoje] acontece o retorno ao trabalho”, afirmou o diretor do Sintcom-PR, Wilson Dombrovski. Outra assembleia para avaliar o avanço nas negociações está marcada para dia 31 de março, já que o estado de greve foi mantido. A pauta dos trabalhadores inclui a volta do adicional

res rejeitaram nova proposta da Cavo, empresa concessionária do serviço na capital. A proposta rejeitada pelos trabalhadores propunha reajuste salarial de 9,7% e aumento de 16,41% no vale alimentação – este com metade retroativa a

Páscoa. Ipem dá dicas na hora de comprar os ovos A menos de 20 dias para a Páscoa, os supermercados já exibem os famosos corredores de ovos de chocolate, símbolo do feriado. Para evitar futuros problemas com o produto, o Ipem-PR (Instituto de Pesos e Medidas do Paraná) divulgou algumas recomendações para os consumidores da hora da compra (veja na tabela abaixo). METRO CURITIBA

Assembleia ontem à tarde decidiu pela volta ao trabalho | DIVULGAÇÃO / SINTCOM-PR

dos operadores de triagem, fim do pagamento de multas do Sedex pelos carteiros, sobrecarga de trabalho em alguns departamentos, portas giratórias e seguranças armados em todas as agências e outros problemas pontuais. Funcionários de várias unidades de Curitiba, Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu, Apucarana entre outras cida-

des aderiram ao movimento. Segundo os Correios, a adesão à greve foi baixa, em torno de 5% dos pouco mais de 7 mil funcionários no Estado – sem impacto significativo nas operações. No interior algumas cidades tiveram adesão maior, mas a empresa afirmou que a situação será normalizada em até 2 dias. METRO CURITIBA

Recomendações Sem coleta, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente mantém o pedido à população para reduzir a produção e manter o lixo em casa. Ontem pela manhã, o esquema emergencial de caminhões da prefeitura fez parte da coleta nos bairros do Abranches, Barreirinha, Cachoeira, Pilarzinho e Santa Cândida, todos na região norte da cidade. Pela tarde o

• Brindes. Se o ovo tiver brinquedo, verificar se consta a frase: “Atenção: contém brinquedo

RICARDO MAC DONALD, SECRETÁRIO DE GOVERNO DA PREFEITURA

serviço não funcionou. As caçambas para descarte de resíduos orgânicos continuam em todos terminais de ônibus. Caso os 40% da coleta de lixo determinada pela Justiça sejam respeitados hoje, a prioridade no primeiro momento será para a região central da cidade, onde existe a maior concentração de lixo acumulado, segundo a prefeitura. BRUNNO BRUGNOLO ESPECIAL PARA O METRO CURITIBA

Batel

Remoção de seis árvores cortará luz na Estevão Bayão HEULER ANDREY/METRO CURITIBA

No início do mês, corte fechou a rua Coronel Dulcídio

Lojas cheias de produtos para a venda | DIVULGAÇÃO / SECS

Dicas • Peso. Ovos, bombons e demais produtos devem apresentar de forma clara o peso líquido na embalagem, desconsiderando o peso da embalagem e brindes

“O reajuste proposto está bem acima da inflação. Já está além do que poderia ser oferecido em um momento de retração da economia nacional”

certificado no âmbito do Sistema Brasileiro da Avaliação da Conformidade” e indicação de faixa etária. • Numeração. Serve apenas como referência. Cada marca adota uma escala diferente, portanto, oriente-se apenas pela indicação do peso líquido do ovo de chocolate

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente realiza hoje a partir das 9h30 a remoção de seis árvores comprometidas na Rua Estavão Bayão, entre as avenidas Visconde de Guarapuava e Sete de Setembro, no Batel. Em virtude do trabalho haverá desligamento da energia elétrica no local e bloqueio parcial na via. Agentes da Setran (Secretaria Municipal de Trânsito), vão orientar o tráfego na rua. A previsão da secretaria é que o trabalho seja finalizado às 16h30. METRO CURITIBA


|04|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{FOCO}

Golpes imobiliários renderam R$ 20 mi RMC. Seis membros de empresa foram presos ontem por vender lotes rurais ilegais a mais de 500 pessoas. Depois de comprar o terreno, a vítima não conseguia regularizá-lo

Empresa vendeu lotes de futuro ‘condomínio verde’ em Araucária...

Golpistas do ramo imobiliário foram presos ontem, em São José dos Pinhais, por suspeita de ter lucrado mais de R$ 20 milhões com a venda de áreas rurais ilegais a mais de 500 pessoas na região metropolitana de Curitiba. Seis foram detidos e dois estão foragidos. A quadrilha detinha o Grupo Pedra, uma imobiliária que burlava a legislação tanto na compra como na venda de terrenos. Segundo a Dedc (Delegacia de Este-

| REPRODUÇÃO

lionato e Desvio de Cargas), o mecanismo foi o mesmo nos onze negócios do grupo. Primeiro, compravam a área e pagavam por ela um valor baixo, a título de entrada. Em seguida, dividiam o terreno e vendiam os lotes a pessoas interessadas em construir casas em um condomínio rural. O problema é que os lotes estavam em APPs (Áreas de Preservação Permanente) ou tinham outro impedimento legal que proibia

Moradias. Protesto fecha as 2 pistas do Contorno Sul Centenas de pessoas bloquearam os dois sentidos do Contorno Sul de Curitiba por quase duas horas na manhã de ontem, em protesto por moradias realizado pelo MPM (Movimento Popular por Moradia), Grupos de Sem Teto e moradores de invasões da região. Os manifestantes fizeram barreiras com pneus queimados na altura do km 597 da BR-376 por volta das 9h até pouco antes das 11h. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados para dar apoio na liberação das pistas. A interdição gerou 8 km de fila no sentido São Paulo e de 4km para Ponta Grossa, pois essa rota contava com

desvio pela pista marginal, de acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). A principal reivindicação do protesto é o lançamento da terceira fase do Programa Minha Casa Minha Vida, do governo federal, prometido para o meio do ano passado. Em Curitiba, o MPM pediu moradias para a Ocupação Nova Primavera, na Cidade Industrial. O ato fez parte do Dia Nacional de Lutas do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), que bloqueou pelo menos 20 rodovias em diversos estados do país. Apesar do transtorno, a manifestação foi pacífica. METRO CURITIBA

... que não podia receber construções e foi embargado na Justiça | REPRODUÇÃO

construções. Alguns clientes chegaram a tomar posse dos terrenos e tiveram que sair posteriormente. “Eles induziam os compradores ao erro, diziam que estava tudo certo. Vários clientes pagaram a entrada e descobriram que tomaram prejuízo depois, quando não conseguiam regularizar”, explica o delegado Wallace Brito, da Dedc. Um dos empreendimentos com mais vítimas foi o condomínio Viridi Viam,

em Almirante Tamandaré. A empresa anunciou que no local haveria um condomínio e vendeu vários espaços. Além de enganar os compradores, que viram obras já iniciadas serem embargadas, a imobiliária não quitou o que devia ao proprietário original da terra, que buscou a reintegração de posse na Justiça. RAFAEL NEVES METRO CURITIBA

Manifestação gerou quilômetros de filas na BR-376 | DIVULGAÇÃO / PRF

Grupo usava carteiros para roubar centenas de cartões de crédito

Quadrilha atuava em empresa terceirizada dos Correios | RODRIGO FÉLX LEAL / METRO

A PF (Polícia Federal) prendeu ontem em Curitiba, no começo da noite, um homem que fazia parte de uma quadrilha de roubo de cartões de crédito. Os criminosos, segundo a PF, infiltravam carteiros corrompidos em uma empresa terceirizada que fazia entregas para os Correios. Eles roubavam os cartões bancários e os usavam para praticar fraudes. “Foram centenas de car-

tões roubados durante a atuação da quadrilha, que ainda estamos delineando na investigação. O cliente do banco acabava recebendo uma fatura cheia de despesas e não ganhava o cartão”, explica o delegado Algacir Mikalovski, da PF. O banco, que repõe as perdas dos correntistas, é que levava prejuízo com o esquema. O nome da empresa ainda não foi divulgado. METRO CURITIBA

Ibama entrega araucárias O Ibama doou nessa semana 280 metros cúbicos de araucária ao Exército. A madeira, apreendida ilegalmente no Paraná, foi declarada em extinção neste ano | DIVULGAÇÃO / IBAMA



|06|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{BRASIL}

Suíça congela R$ 1,3 bi Lava Jato. Valor é de suspeitos de ligação com o esquema de propinas da Petrobras. Estatal é alvo de 9 investigações no país, que já aceitou devolver aos cofres brasileiros R$ 390 milhões O esquema de corrupção na Petrobras é alvo de nove investigações na Suíça. O país já aceitou a repatriação aos cofres brasileiros de R$ 390 milhões e acaba de bloquear para averiguação um montante de US$ 400 milhões -- cerca de R$ 1,3 bilhão. A suspeita é de que a soma tenha sido originada em propinas pagas sobre contratos da petrolífera e enviada a pelo menos 30 bancos suíços, revelou ontem o procurador-geral da Suíça, Michael Lauber. Ele está no Brasil para reuniões do grupo de cooperação entre os dois países coordenado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. “Não toleramos uso indevido do sistema financeiro suíço para corrupção e lavagem”, afirmou Lauber, informando que o número de investigados poderá aumentar. As investigações foram abertas em abril do ano passado. Estão sob monito-

300

contas foram apontadas por movimentações suspeitas de irregularidades mantidas em 30 instituições bancárias da Suiça. ramento mil operações e há, pelo menos, 60 relatos de movimentações suspeitas de lavagem de dinheiro com origem no pagamento de propina da Petrobras. Segundo o MP suíço, os donos dessas contas, na maioria das vezes em nome de empresas, são de executivos de alto escalão da Petrobras, fornecedores, intermediários estrangeiros e empresas estrangeiras que pagaram propina. Pelo menos oito brasileiros estão sob investigação, mas os nomes são mantidos nos inquéritos sob sigilo. Entre os investigados estão osex-diretor Renato Duque e

Michael Lauber (à esquerda) e Rodrigo Janot lideram investigações conjuntas | SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

o ex-gerente Pedro Barusco, ambos da Petrobras. Repatriação Os R$ 390 milhões recuperados por meio de acordo com o governo suíço será o maior valor devolvido na história -e inclui os R$ 189 milhões já devolvidos por Barusco.

TCU investigará conselhos

METRO BRASÍLIA

europeu, em comunicado. Os recursos estão sendo direcionados a contas determinadas pela Justiça Federal do Paraná, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato. Ao fim do processo, o dinheiro será liberado para reparação de prejuízos na Petrobras. METRO BRASÍLIA

A CGU (Controladoria Geral da União) determinou ontem a abertura de seis novos processos administrativos contra empreiteiras investigadas pela Lava Jato. Segundo a acusação, as empresas participavam de um cartel para combinar previamente preços e conseguir contratos. Na lista estão: Tome Engenharia, Egesa Engenharia, Carioca Christian Nielsen, Skanska Brasil Ltda, Eit Empresa Industrial Técnica, MPE Montagens e Projetos Especiais. As empresas serão notificadas para apresentarem defesa. Caso fique comprovado o envolvimento com irregularidades, a pena prevista é o impedimento de celebrar novos contratos e multas. A CGU investiga ao todo 24 empresas. Além das seis incluídas agora estão: Camargo Corrêa, Engevix, Galvão Engenharia, Iesa, Mendes Junior, OAS, Queiroz Galvão, UTC-Constran, Alumni Engenharia, GDK, Promon Engenharia, Andrade Gutierrez, Fidens Engenharia, Sanko Sider, Odebrecht, Odebrecht Óleo e Gás, Odebrecht Ambiental e SOG Óleo e Gás. METRO BRASÍLIA

Conservador, pacote anticorrupção repete projetos já no Congresso

Petrobras

O TCU (Tribunal de Contas da União) abriu investigação para apurar responsabilidade dos conselhos nos prejuízos da Petrobras. A medida pode levar à investigação da presidente Dilma Rousseff, que presidiu o colegiado.

“A liberação de mais de US$ 120 milhões reflete a clara intenção da Suíça de tomar uma posição contra o mau uso de seu centro financeiro para propósitos criminosos, e visa a devolução dos recursos de origem criminosa aos legítimos donos”, declarou a procuradoria do país

CGU abre processo contra mais seis empresas

Lavanderia nacional

Uma máquina de lavar gigante e um varal de dinheiro ‘decoraram’ a Esplanada para lembrar que o crime lavagem de dinheiro já desviou R$ 80 bilhões este ano. O ato foi feito pelo Sindicatos dos Procuradores da Fazenda Nacional | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Sob pressão das manifestações de domingo, a presidente Dilma Rousseff optou por uma saída mais fácil. O pacote anticorrupção, anunciado ontem, é formado por propostas já em tramitação no Congresso. Aguardada como uma resposta firme às denúncias de corrupção na Petrobras, a criação da secretaria de controle de estatais, vinculada à CGU (Controladoria Geral da União) e que faria um pente-fino nos contratos, segue em análise e deve ocorrer num segundo momento. O decreto que regulamenta a lei anticorrupção, em vigor desde janeiro do ano passado, é a única medida que tem validade imediata. As demais propostas, como a criminalização do caixa dois e o sequestro de bens ilícitos, fazem parte de promessas feitas por Dilma após os protestos de junho de 2013. “Todos os brasileiros de boa fé, mesmo os que não votaram em mim, sabem que a corrupção não foi inventada recentemente”, afirmou a presidente. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou

RESPOSTA ÀS RUAS Pacote foi dividido em sete pontos: Projeto de lei que tipifica como crime o caixa 2 >> Pena de 3 a 10 anos de prisão, mais multa de 5 a 10 vezes o valor não declarado PEC sobre perdas de bens adquiridos ilicitamente >> Permite o confisco rápido de bens procedentes de atividade criminosa ou improbidade administrativa Projeto de lei para alienação de bens apreendidos (regime de urgência) >> Uso mais rápido de bens sobre os quais haja provas ou indícios de proveito do crime para reparar danos e garantir pagamento de multas Ficha Limpa para servidores públicos >> Exige ficha limpa para todos os servidores, inclusive de cargos em comissão, dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário

“O meu compromisso com o combate à corrupção é coerente com a minha vida pessoal.” PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

que o combate à corrupção é uma política permanente citando, por exemplo, o Portal da Transparência e a lei de organizações criminosas. “O go-

Projeto de lei do crime de enriquecimento ilícito >> Pune a posse, a aquisição ou o uso de bens incompatíveis com a renda ou evolução patrimonial. Pena de 3 a 8 anos de prisão Decreto de regulamentação da Lei Anticorrupção >> Disciplina o acordo de leniência; define punições, processos administrativos e proibição de contratação; incentiva programas de compliance (controle de gestão); estabelece multa de 01,% a 20% sob o faturamento ou valor entre R$ 6 mil e R$ 60 milhões Grupo de Trabalho >> Acordo de cooperação para agilizar processos judiciais, procedimentos administrativos e demais procedimentos apuratórios relacionados à prática de ilícitos contra o patrimônio público

verno teve coragem de criar mecanismos que exponham a corrupção, mesmo que aumente a insatisfação social sobre algo que existia, mas não se sabia”, defendeu. O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou que as medidas do governo serão unificadas a propostas dos parlamentares. “Vários projetos de lei aqui também serão recuperados”, disse. METRO BRASÍLIA


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{BRASIL}

|07|◊◊

Cid Gomes pede demissão Caiu. Ministro da Educação decide deixar cargo após ir à Câmara, não citar quem são os ‘400 achacadores’, acusar aliados de ‘oportunismo’ e pedir para que deputados ‘larguem o osso’. Eduardo Cunha diz que irá processá-lo Indicado ao governo para ser um articulador político, Cid Gomes pediu ontem demissão do cargo após provocar mal-estar com a Câmara. O ministro da Educação foi convocado para explicar a declaração dada há 20 dias, numa universidade do Pará, de que a Casa era formada por ‘300, 400 achacadores do governo’. Pressionado, Cid pediu desculpas, se recusou a dar nomes, disse que a frase foi feita num ambiente privado, mas não recuou. Pelo contrário, fez novos ataques. “Larguem o osso”, bradou a partidos da base aliada. Em seguida, o ex-ministro fez críticas ao presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “Prefiro ser acusado por ele de mal-educado do que ser acusado como ele de achaque”, disparou.

Cunha encerrou a sessão que descambava para o bate-boca e anunciou que irá processar Cid por prevaricação. “Não se pode permitir que alguém não apenas agrida essa Casa, como ainda volte aqui e reafirme as ofensas”, disse. Cid foi chamado às pressas ao Palácio do Planalto. Antes de ouvir o que a presidente Dilma Rousseff tinha a dizer, pediu demissão. “A minha declaração na Câmara, é óbvio que cria dificuldades para a base do governo. Portanto, eu não quis criar nenhum constrangimento. Pedi demissão em caráter irrevogável”, justificou, acusando o Congresso de se tornar o ‘antipoder, do quanto pior, melhor’. Pressão do PMDB Cid ainda estava em plenário quando o líder do PMDB na Câmara, deputa-

FRASES Base aliada

“Partidos aliados têm o dever de ser situação ou então larguem o osso. Muitos, mesmo estando no governo, têm uma postura de oportunismo.” Minha opinião

“Não posso dizer que não disse o que disse... o que falei é uma opinião pessoal, totalmente separada da visão do Ministério.” Carapuça

Cid Gomes cai após se referir a deputados como “achacadores” | SÉRGIO LIMA/FOLHAPRESS

do Leonardo Picciani (RJ), mandou um recado ao Palácio do Planalto: ou o ministro era demitido ou o partido abandonaria a base aliada. “Mantê-lo seria

concordar”, avaliou. A saída do ex-ministro do plenário se deu após críticas vindas de um integrante da base aliada. “Esse cidadão está fazen-

do papel de palhaço. Poderia pendurar uma melancia no pescoço para aparecer”, atacou o deputado Sérgio Zveiter (PSD-RJ). MARCELO FREITAS/METRO BRASÍLIA

“Me perdoe se isso fere alguém, se alguém traz para si essa carapuça ou se enxerga nessa posição” CID GOMES, EX-MINISTRO DA EDUCAÇÃO


|08|

{ECONOMIA}

Emprego tem pior mês em 16 anos Mercado de trabalho. Foram fechadas 2,4 mil vagas com carteira assinada em fevereiro. Ministro do Trabalho diz que Lava Jato contribuiu para os cortes O Brasil cortou 2.415 vagas de trabalho formais no mês passado. Foi o pior resultado para meses de fevereiro desde 1999, quando foram fechados 78.030 postos. Os dados foram diviguldados ontem pelo Ministério do Trabalho. Em fevereiro do ano passado, houve criação de 260,1 mil empregos em fevereiro de 2014. O mercado de trabalho tem sentido os efeitos da economia estagnada, do aperto fiscal e monetário, da inflação alta e da perda de confiança na economia. Considerando o período de um ano, o Brasil já perdeu 47.228 vagas com carteira assinada. Mas o governo viu no fechamento de postos de fevereiro um número positi-

“Não foi um número excepcional porque não foi de crescimento. Mas houve estabilização das demissões”

Para Dias, número reverte uma expectativa negativa | ANTONIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

vo por ser bem menor em comparação às 81,8 mil demissões líquidas registradas em janeiro. “Não foi um número excepcional porque não foi de crescimento. Mas houve estabili-

zação das demissões”, disse o ministro do Trabalho, Manoel Dias. Dias também afirma que o escândalo de corrupção envolvendo a Petrobras e as principais empreiteiras

do país possa estar influenciando o mercado de trabalho. O impacto da Lava Jato tem sido mais forte em Estados onde a Petrobras tem forte presença. No Rio, foram desativadas 11,1 mil vagas em fevereiro, sendo 4.043 na construção civil. Em Pernambuco, o saldo negativo foi de 10,6 mil vagas, 3.040 só na construção civil Segundo o ministro, o governo está fazendo um levantamento sobre o impacto da Lava Jato no emprego, considerando o efeito da Petrobras na economia. “Haverá influência, claro, porque muitos dos contratos [da companhia] terão que ser renegociados e repactuados. Em certo ponto, isso vai pesar.” METRO

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

Câmbio. Dólar cai pelo 3a dia seguido após reunião do Fed Após chegar a subir mais de 1,5% durante a sessão, o dólar reverteu a trajetória e fechou ontem em queda pelo terceiro dia consecutivo. O mercado reagiu ao comunicado do Fed, o banco central dos EUA, que levou os investidores a apostar que os juros norte-americanos não devem começar a subir tão cedo. A moeda norte-americana caiu 0,52%, a R$ 3,2141 na venda, acumulando baixa de 1,07% em três sessões. Na máxima da sessão, a divisa subiu 1,54%, a R$ 3,2809. Apesar de descartar a promessa de ser “paciente” para elevar os juros, o Fed reduziu suas estimativas de crescimento, juros e inflação para 2015 e 2016. O comunicado diz ainda que um aumento dos juros continua sendo “improvável” em sua reunião de abril. Com isso, analistas passaram a ver uma chance menor de o aperto monetário norte-americano ter início em junho. A manutenção de juros baixos nos EUA por mais tempo sustentaria a atrativida-

Fed diz que alta de juro em abril é ‘improvável’ | REUTERS

de de ativos de países como o Brasil. Mas o efeito do comunicado do Fed sobre o comportamento do real nas próximas sessões pode ser limitado. “Reduz a pressão, mas o real está em um mundo próprio. Há uma chance de o Banco Central [brasileiro] anunciar o fim do programa de swaps cambiais e há a questão do ajuste fiscal”, disse à “Reuters” economista da 4Cast Pedro Tuesta. METRO

Eike é multado em R$ 1,4 mi A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) condenou Eike Batista a pagar R$ 1,4 milhão em multas por falta de informação adequada a investidores. O valor se refere a quatro processos julgados ontem pela CVM. O empresário ainda pode recorrer da decisão. A primeira multa a Eike, de R$ 300 mil, foi relativa à MPX, a empresa de energia

elétrica do grupo EBX. A CVM acusa a empresa de não divulgar fato relevante em 2013. A segunda, de R$ 500 mil, foi relativa à LLX, braço de logística do grupo X. Nesse caso, o ex-diretor de Relações com Investidores da LLX, Otávio Lazcano, também foi multado em R$ 200 mil. Eles foram condenados por não terem comunicado corretamente ao

mercado a operação de fechamento de capital da empresa em 2012. A terceira multa a Eike, de R$ R$ 300 mil, é referente à CCX, empresa de carvão do grupo X. Ele foi condenado por não divulgar corretamente ao mercado o processo de fechamento de capital da companhia. METRO

Fim de verão. Hotéis fazem promoções O mês de março será de promoções em hotéis do Paraná e Santa Catarina, com os hotéis VillaReal, em Guaratuba e São Francisco do Sul com tarifas especiais. Já no feriado de Páscoa, de 3 a 5 de abril, os pacotes especiais incluem refeições e parcelamento em até três vezes. METRO CURITIBA

Em São Francisco do Sul | DIVULGAÇÃO

Protesto contra o McDonald’s Cerca de 50 pessoas protestaram ontem contra o McDonald’s na avenida Paulista. Os trabalhadores acionaram o Ministério Público e pedem que a rede acabe com acúmulo de funções e pague adicional de insalubridade. Em nota, o McDonald’s afirma que “respeita o direito à manifestação e informa que sempre esteve aberta ao diálogo” e que cumpre a legislação trabalhista brasileira | NACHO DOCE/REUTERS



|10|

{MUNDO}

Reféns aguardam libertação no Museu do Bardo, em Túnis | REPRODUÇÃO

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

Ataque mata 22 em museu na Tunísia

Magreb. No começo da noite de ontem surgiram relatos de que um brasileiro estaria entre as vítimas, mas o Itamaraty negou Atiradores vestindo uniformes militares invadiram ontem o Museu Nacional do Bardo, na Tunísia, e mataram 17 turistas estrangeiros. Dois tunisianos, dois militantes e um policial também foram mortos em um dos piores ataques num país que passou quase incólume pelo turbilhão da “Primavera Árabe”. Visitantes da Itália, Alemanha, Polônia, Espanha e Colômbia estão entre os mortos no atentado, ocorrido ao meio-dia local (8h em Brasília), no centro de Túnis. No começo da noite de ontem surgiram relatos de que um brasileiro estaria entre as vítimas, mas o Itamaraty enviou encarregado ao local, que negou a informação. Aproximadamente 200 pessoas estavam no museu (entre elas cem italianos), e ao menos 22 feridos foram leva-

dos para hospitais. Forças de segurança ocuparam o antigo palácio cerca de duas horas mais tarde, mataram os militantes e libertaram outros turistas reféns. As autoridades não identificaram de imediato os atiradores, mas vários grupos militantes islâmicos emergiram na Tunísia desde o levante, e estima-se que cerca de 3.000 tunisianos se juntaram aos combatentes no Iraque e na Síria. Turismo O atentado contra um alvo de tamanha visibilidade é um golpe para o país africano, que depende do turismo europeu e foi praticamente poupado de grandes episódios de violência militante desde sua rebelião de 2011 para depor o ditador Zine El-Abidine Ben Ali. METRO

Israel. ‘Bibi’ vira o jogo no final e vence eleição O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, obteve uma vitória de última hora em Israel depois de fazer fortes apelos à extrema direita nos últimos dias de campanha, inclusive abandonando o compromisso de negociar a formação de um Estado palestino. Deu resultado. O Likud, partido direitista do premier, conquistou 30 das 120 cadeiras do parlamento do país, enquanto a coalizão de centro-esquerda União Sionista, do líder da oposição Yitzhak Herzog, ficou com 24 assentos. Em uma blitz pré-eleitoral, Netanyahu fez uma série de promessas destinadas a reforçar a base do Likud e atrair os eleitores de outros partidos de direita e nacionalistas. Ele se comprometeu a continuar a construção de assentamentos judaicos em terras ocupadas e disse que não haveria Estado palestino se fosse reeleito. Embora Netanyahu ainda tenha de montar uma coalizão para permanecer

Benjamin Netanyahu falou à direita e aos nacionalistas | NIR ELIAS /REUTERS

no poder, a sua vitória garante que ele terá a oportunidade de formar o governo, o que faz com que se torne o líder que mais tempo permaneceu no cargo na história de Israel. O fundamental será conseguir o apoio do Kulanu, uma dissidência do Likud, liderada pelo ex-ministro das Comunicações Moshe Kahlon, que conquistou 10 cadeiras, fazendo dele o fiel da balança, dada a sua capacidade de alianças. METRO


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{LANÇAMENTOS}

|11|◊◊

Um compacto de verdade

FOTOS/ DIVULGAÇÃO

+ MOTOR

Maior. Clientes pedem e Mini Cooper cresce, passando a ter cinco portas em nova versão Pode soar estranho, mas o compacto Mini Cooper cresceu. A nova versão, que já está disponível nas concessionárias, chega totalmente reformulada, já que agora tem quatro portas laterais e mais a do porta-malas, dimensões maiores e, obviamente, preços mais elevados. A Mini, que é uma marca da BMW, garante ter acrescentado as portas traseiras por conta de pedidos de consumidores. Oferecido nas versões Mini Cooper, Mini Cooper S Ex-

clusive e Mini Cooper S Top, o compacto teve um acréscimo de R$ 6 mil para cada modelo em relação à antiga versão. A explicação para este aumento é visível. Para ser um carro com cinco portas, o Mini Cooper cresceu 16 centímetros no comprimento (agora tem, no total, 3,98 metros), 7,2 centímetros de distância de entre-eixos e 67 litros a mais de capacidade no porta-malas (chegando a 278 litros no total). Com essas mudanças, o compacto deixou de ser tão

Veículo pode levar quatro ocupantes

compacto assim. Afinal, agora, comporta quatro adultos em seu interior, algo impossível no modelo anterior. Podendo ser comparado a um Gol, da Volkswagen, ou a um Palio, da Fiat, ao menos pelo novo porte, as características interiores e também mecânicas apresentam luxo e capricho inexistentes nos carros tradicionais (confira detalhes no box abaixo), algo que é evidenciado no preço, também muito superior aos populares. METRO

VEJA AS CARACTERÍSTICAS DE CADA UMA DAS VERSÕES Mini Cooper

Mini Cooper S Exclusive

Mini Cooper S Top

Motor

1.5 de 136 cv

Turbo 2.0 de 192 cv

Turbo 2.0 de 192 cv

Câmbio

Automático de seis marchas

Automático de seis marchas

Automático de seis marchas

Itens de série

Ar-condicionado digital; volante multifuncional

Rádio com tela de 6,5”; faróis e lanternas de LED

Central com tela 8,8”; teto solar panorâmico

R$ 105,9 mil

R$ 122,5 mil

R$ 139,9 mil

Preço

Opinião

“Este modelo foi totalmente planejado para oferecer ainda mais espaço e conforto para seus ocupantes. Já havíamos identificado uma demanda por um Mini com cinco portas e estamos muito confiantes que sua aceitação será muito positiva” JULIAN NEGRI, DIRETOR DA MINI


2 CULTURA

‘Dívida de Honra’

Estreia hoje Drama dirigido e estrelado por Tommy Lee Jones (foto), ‘Dívida de Honra’ estreia hoje nos cinemas. Na história, que se passa em 1854, uma mulher solitária, Mary Bee Cuddy (Hilary Swank), precisa levar três outras mulheres com problemas mentais até Iowa, para que possam viver em paz. No caminho, ela encontra um criminoso, Georges Briggs, a quem salva. Em retribuição, ele a acompanha em sua jornada.

|12|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{CULTURA}

Slash chega a Curitiba com ‘World on Fire’ Rock. O guitarrista faz sua terceira passagem por Curitiba para um show com a banda Miles Kennedy & The Conspirators A noite de hoje promete ser de rock pesado em Curitiba. É que o Curitiba Master Hall recebe, a partir das 21h, o show do guitarrista Slash. Quem abre a apresentação é o norte-americano Gilby Clarke, às 19h30. Esta é a terceira vez que Slash passa por Curitiba. As outras apresentações foram nos anos de 2011 e 2012. Para a volta aos palcos curitibanos ele traz seu novo trabalho, ‘World on Fire’, e se apresenta com a banda Miles Kennedy & The Conspirators. O novo álbum foi lançado em outubro do ano passado, e é o terceiro disco solo de Slash. O CD tem 17 faixas que misturam riffs poderosos aos vocais de Miles Kennedy e ao acompanhamento da banda The Conspirators.

100

Milhões é o número de discos que Slash vendeu com o Guns n’Roses ao redor do mundo na década de 1990 Um dos destaques é a faixa-título, que também dá nome à turnê. História

Saul Hudson, o Slash, ficou conhecido mundialmente por sua participação na banda Guns n’Roses, nas décadas de 1980 e 1990. Com o Guns ele lançou sucessos como ‘Sweet Child O’Mine’ e ‘Welcome to the Jungle’. Depois da saída do Guns n’Roses Slash se dedicou a

outros projetos de sucesso. Um deles é o Velvet Revolver, formado no início dos anos 2000. Entre os artistas com quem Slash já trabalhou estão nomes como Steve Wonder, Michael Jackson e Ray Charles. Especula-se que ele tenha mais de 800 guitarras em sua coleção particular. Dois modelos de uma grande marca do instrumento levam o seu nome. Além de Curitiba a turnê também passa por Brasília, Porto Alegre e São Paulo nos próximos dias. METRO CURITIBA

No Curitiba Master Hall Hoje, às 21h Abertura às 19h30 Entre R$ 116 e 386 Disk Ingressos (3315-0808)

Exposição traz ilustrações de lendas polonesas A Casa da Cultura Polônia Brasil está com a exposição ‘Lendas Polonesas’ aberta para visitação até o dia 10 de abril. A mostra traz desenhos, pinturas, gravuras e fotografias de nove artistas que possuem ascendência polonesa. Adriana Kmiec, Dulce Osinski, Everly Giller, Helia-

na Grudzien, Juliana Leonor Kudlinski, Márcia Széliga, Man Inês Piekas, Schirlei Freder e Simone Koubik puderam escolher duas lendas do país como inspiração. “Além da ilustração a mostra traz, também, um texto que conta a lenda em português e em polonês”, explica a curadora Everly Giller. Cultura

De acordo com Everly, um dos objetivos da mostra – que é uma parceria da Casa da Cultura com o Consulado da Polônia e com o Clube

Polonês Tadeusz Kosciuszko – é promover o intercâmbio cultural. “A mostra tem um caráter educativo e propõe, também, divulgar a cultura polonesa”, diz. Todas as obras expostas são de mulheres. “Nós aproveitamos a coincidência para fazer uma homenagem a elas no mês de março”, conta Everly. METRO CURITIBA Na Casa da Cultura Polônia Brasil Rua Ébano Pereira, 502 Até 10 de abril Entrada franca

‘Bazyliszek’, de Márcia Széliga | DIVULGAÇÃO

A lenda do rock vem com sua banda para o show | DIVULGAÇÃO

Teatro. Festival Infantil traz histórias do folclore brasileiro até agosto

Primeira peça da programação é ‘Iara’ | DIVULGAÇÃO

O II Festival de Teatro Infantil – Brinque, Lendas Brasileiras começa neste final de semana e tem programação prevista até agosto. A primeira apresentação, ‘Iara – uma lenda amazônica’, acontece sábado e domingo no Teatro Bom Jesus (Rua 24 de maio, 135), às 16h. Os ingressos custam R$ 16 e R$ 11. Rosy Greca, autora do texto e das canções do espetáculo, conta que a montagem reúne três linguagens. “É uma integração entre a contação de histórias, a música e o teatro de animação”, explica.

A narrativa conta a trajetória da sereia Iara, que é metade peixe, metade mulher. Ela é conhecida por seduzir os índios da região amazônica com o seu canto. Depois que os atrai para as águas do rio, eles nunca mais voltam. A renda da bilheteria do espetáculo será destinada ao Hospital Pequeno Príncipe. Estão previstas, até o final do evento, mais cinco apresentações: ‘Boto Cor de Rosa’, ‘Saci Pererê’, ‘Negrinho do Pastoreio’, ‘Cabra Cabriola’ e ‘Curupira’. METRO CURITIBA



|14|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Na ponta do lápis

Oposição ao PT “No Brasil há uma raiva generalizada contra o PT (...) mas não é ódio contra o PT, é ódio contra os 40 milhões (de pobres) que foram incluídos e que ocupam os espaços que eram reservados às classes poderosas” (fala recente de L. Boff, no Uruguai). Não é raiva que o povo tem, é irritação pela ingenuidade dos “pobres” ludibriados por demagogos. É irritação pelo poder que se serve dos pesados tributos para “iscar” pobres e inocentes, com a “minhoca” de cestas básicas e bolsas. Se o senhor dissesse que os brasileiros têm sede de justiça, aí, sim, eu lhe daria crédito. Os brasileiros têm sede de justiça, porque os líderes políticos deste partido demoníaco “compram” os pobres e os fazem instrumentos do poder.

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

“ESTRATÉGIA NINJA” PARA DEFENDER-SE DA INFLAÇÃO

Cruzadas

Tática de guerrilha. Em 2015 a inflação ameaça ultrapassar os 10% de alta acumulada nos preços. Para defender o orçamento familiar, os brasileiros terão de ser radicais, passando rápido o facão e enxugando dramaticamente seus gastos. Não será divertido, mas o momento econômico exige de todos muita determinação: jogar na defesa será o melhor remédio para não tomar de goleada da inflação!

CORNÉLIO ANGELO MARCON

Método ABCD. Para enxugar o orçamento da família, quero sugerir um método impopular, na melhor linha “remédio amargo”. Mas tem uma coisa: funciona e põe os gastos de volta nos trilhos! Experimente fazer nada para ver o estrago! Não marque bobeira, pegue a tesoura e vá “com fé” nos seguintes gastos:

Metro Pergunta

O gov federal aceitou estender para 20 anos o prazo para que clubes de futebol paguem as dívidas. O que você achou da decisão?

1. Alimentares. Aqui sempre vai muita grana. Então… pare de comer fora de casa, ou reduza muito as saídas. Reaproveite toda e qualquer sobra de comida. Aliás, regule melhor para não sobrar nada (se até faltar um pouquinho, tudo bem). Comece logo aquele regime, passe a comer menos e compre menos comida. Evite os importados (queijos, vinhos, massas...) e tudo que subir demais. Triste, mas é o jeito. 2. Básicas. Nas contas de água, gás e luz, por exemplo: enxugue, enxugue e enxugue! Primeiro para segurar a conta no mesmo patamar. Depois, para que o país inteiro não fique sem! Aprenda a viver com menos: banho mais curto, comida menos quente, casa menos iluminada. Retrocesso? Pode até ser… Mas assim vai dar par pagar a conta. Chegou a hora de questionarmos o que é essencial… e o que não é! E pedir a Deus emprego e salário para dar conta, pelo menos, do essencial. Já não será pouco em 2015.

@diroliv

O governo foi muito benevolente com os clubes, que são usados para atos ilícitos. @LuMachado1989

Se eles não têm como pagar, é o jeito.

3. Contornáveis. Talvez seja inevitável parar a faculdade e interromper o inglês dos filhos (cursos complementares em geral). Conveniências como manicure, cabeleireiro e massagem? Esqueça, por hora. Aliás, esqueça também roupas e sapatos novos. Festas e viagens? No futuro, assim esperamos. São gastos essenciais para ter uma vida com qualidade, mas contornáveis quando o assunto é “sobreviver”.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

4. Desnecessárias. Essas estão fazendo o que no seu orçamento?? A academia de ginástica que você não está frequentando? Demorou! A faxineira dois dias na semana, quando podia ser um dia só? Já era! O segundo carro parado na garagem, que se usa pouco? Aliás, o único carro parado, e que está difícil de manter? Passe a régua já! Dói. Dói muito. Quer um alento? Dívidas descontroladas doem ainda mais! Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

Siga o Metro no Twitter: @MetroJornal_CTB

www.estrelaguia.com.br

Momento para uma reflexão sobre planos antes de alguma decisão importante. Bom momento para recompor energias com algum lazer.

Descobertas e confidências serão determinantes para mudar a maneira de lidar com relações e para decisões que envolvam seus projetos.

Período indicado organizar assuntos domésticos e esclarecer problemas diante de familiares. Há uma tendência para nostalgia afetiva.

São maiores as tendências para conviver com grupos e retomar contatos com amigos. Alguns serão referências na decisão de projetos.

Fique mais atento com a maneira de expor certos pensamentos. Seu senso crítico estará mais acentuado que o habitual.

Conversas e demonstrações serão essenciais na vida afetiva para que a pessoa amada não tenha que decifrar o que te agrada.

Possibilidades para lidar com projetos a longo prazo de maneira mais constante. A área profissional é propensa a ter novo momento.

Atividades para o corpo e a mente serão bem vindas para amenizar o estresse. Algumas simplicidades serão positivas na vida afetiva.

Período especial para analisar diferenças de valores e ambições com as pessoas de maior vínculo para tratar objetivos junto a elas.

Aproveite para exercitar mais o otimismo e perceber que suas emoções terão efeito para superar problemas se agir com mais positivismo.

A exposição de sentimentos será maior do que de costume em suas relações, especialmente com quem possui maior vínculo afetivo.

A Lua em seu signo torna suas emoções mais transparentes e favorece o esclarecimento de assuntos especiais nas relações.

Soluções


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{CULTURA}

Lançamento. ‘Somos o que Prana’, de Mariana Branco, traz fotografias tiradas pela autora e ensina exercícios de respiração e meditação para quem quer conhecer este estilo de vida O restaurante Mediterrâneo, no Shopping Crystal Plaza, recebe, hoje às 19h, o lançamento do livro ‘Somos o que Prana’. A publicação, de Mariana Branco, custa R$ 1 mais a quantia que o leitor quiser e puder pagar. O preço faz parte de um dos objetivos do livro, que é tornar os princípios da ioga mais acessíveis ao público. “Quando me aprofundei no assunto percebi o quão importante eram os ensinamentos e como eles estavam pouco acessíveis”, disse a autora ao Metro Jornal. A obra tem uma parte teórica, que fala da importância da respiração, e também apresenta técnicas

para que o leitor faça meditação e pratique a ioga. Além dos ensinamentos, ‘Somos o que Prana’ traz fotografias que remetem aos mesmos princípios da prática. “Quis reunir duas grandes paixões. Se o leitor só sentar e ver as imagens ele já entra em um estado de ioga. O livro tem um ritmo”, conta Mariana. O título traz, justamente, um dos princípios da doutrina. “Prana” é a energia vital que está em todas as coisas. “É aquilo que respiramos”, diz Mariana. METRO CURITIBA

No restaurante Mediterrâneo Shopping Crystal Plaza Hoje, às 19h Entrada franca

‘SOMOS O QUE PRANA’ MARIANA BRANCO #ATITUDEYOGA, R$ 1

A autora pratica ioga há 16 anos | DIVULGAÇÃO

Arte. Exposição coletiva ‘Convergências’ abre hoje no Memorial de Curitiba FOTOS: DIVULGAÇÃO

Livro reúne arte e a prática da ioga

|15|◊◊

Faisal Iskandar apresenta fotografias

Katia Kimieck busca movimento em suas obras

Vavá Diehl é um dos artistas da mostra

O quadro é de Ana Serafin

Obras de sete artistas começam a ser expostas hoje no Salão Paraná do Memorial de Curitiba. A mostra ‘Convergências’, que fica aberta até o dia 21 de junho, tem trabalhos de Ana Serafin, Kátia Kimieck, Silvana Camilotti, Vavá Diehl, Jorge Kimieck e Faisal Iskandar. A entrada é franca. As obras foram feitas em

técnicas diversas, como pintura, colagem, gravura e fotografia. A ideia é mostrar as identificações formais, estruturais e expressivas que estas linguagens visuais têm entre si. Com a exposição os artistas esperam que o espectador consiga ter sensações visuais por meio das cores das diferentes obras. METRO CURITIBA


3

|16|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 19 DE MARÇO DE 2015 www.readmetro.com

{ESPORTE}

1

Camisas 1, 2 E 3 . DIVULGAÇÃO

F1. Van der Garde desiste de briga por vaga na equipe, mas sai atirando.

ESPORTE

2 3

1

Sucesso. Camisa ‘300’ esgota lote

A edição comemorativa à marca histórica de Lúcio Flávio vendeu as 900 unidades do 1º lote em 4 dias. Nas próximas semanas será fabricada uma nova remessa.

Gancho pesado

Anderson Silva

O flagra no antidoping vai custar caro a Anderson Silva. De acordo com o site da revista “Veja”, o ex-campeão dos pesos médios do UFC será suspenso por um ano e meio. Se for confirmado, a punição praticamente vai decretar a aposentadoria do “Spider”, que completará 40 anos no próximo dia 14 de abril. Apesar disso, o brasileiro já afirmara que esperaria o tempo da punição para voltar a lutar e que não usou substâncias proibidas. Em seu último combate, dia 31 de janeiro, Anderson venceu Nick Diaz por decisão unânime, treze meses depois de ter quebrado a perna esquerda.

Nasr assegura vaga na Sauber

2

Umbro. Atlético renova contrato

Fornecedora dos uniformes do Furacão há 18 anos, a Umbro renovou com o clube por mais três. A parceria vai até 2017.

3

Vazou. Coxa lança novo uniforme

O Coritiba lançou ontem à noite terceira camiseta. Horas antes, uma loja expôs o uniforme na vitrine e o modelo caiu nas redes sociais. A novidade sai por R$ 199,90. METRO CURITIBA

Que venham as quartas Barcelona e Juventus conquistaram ontem as duas útlimas vagas às quartas de final da Champions League. O time catalão venceu em casa o Manchester City por 1 x 0 e a Juve fez 3 x 0 no Borussia Dortmund na Alemanha | MICHAEL REGAN / GETTY IMAGES

A disputa judicial que ameaçava a vaga de Felipe Nasr como piloto titular da Sauber está encerrada. O holandês Giedo van der Garde, que tinha contrato com a empresa desde o ano passado e tentava nos tribunais fazê-lo ser cumprido, aceitou um acordo cuja indenização é de 15 milhões de euros (R$ 51 milhões), mas a resolução não foi amigável. Pelo Facebook, van der Garde se disse “triste e muito desapontado” e atacou o ex-empregador: “Meu sonho foi tirado de mim e meu futuro na Fórmula 1 provavelmente acabou”. “Foi o meu patrocinador, com pagamentos adiantados, que ajudou o time a sobreviver em 2014”, continuou o piloto, em longa nota. “A decisão financeira da Sauber nesse caso foi bizarra e não faz sentido para mim. Não posso discutir os detalhes, mas a empresa pagou uma compensação significativa para evitar honrar o contrato comigo”, provocou. Novo começo Van der Garde disse ainda que espera que o ocorrido motive o início de um movimento em busca de regras mais claras para proteger os direitos dos pilotos e afirmou que sua carreira no automobilismo não está acabada. “Eu vejo como um novo começo. Eu adoraria participar das 24 Horas de Le Mans, por exemplo”, indicou.

Brasiliense Felipe Nasr está garantido na Sauber | DIVULGAÇÃO

Surpresa A resposta da Sauber ao ex-empregado também veio pelo Facebook, mas a empresa não procurou aumentar a polêmica. Em nota, a escuderia se disse surpresa com as declarações do piloto. “Ele tentou se apresentar como vencedor, mas preferimos nos dar por satisfeitos com o acordo. Não entendemos a reação dele”, diz o texto. “A próxima corrida é na Malásia e é lá que o nosso foco está. Com isso, encorajamos você [leitor] a tirar suas próprias conclusões, críticas que sejam”, conclui a nota.

Nasr tranquilo Van der Garde havia conseguido vitórias judiciais na Suíça e na Austrália e, caso elas fossem cumpridas, a Sauber teria de abrir mão de um de seus pilotos. A empresa nunca falou dessa possibilidade nem indicou se quem perderia a vaga seria Nasr ou o sueco Marcus Eriscsson. Procurada, a assessoria de comunicação do piloto brasiliense, que conseguiu um histórico 5º lugar em sua estreia, informou que ele “segue trabalhando tranquilo”. METRO BRASÍLIA


Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.