Page 1

SÃO PAULO

SEM-TETO PROMETE ISOLAR O MORUMBI

Sexta-feira, 6 de junho de 2014 Edição nº 1.808, ano 8 MÍN: 15°C MÁX: 26°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sunny www.metrojornal.com.br | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro

hazy

sleet

thunder

OBJETIVO É IMPEDIR A CHEGADA DE TORCEDORES AO JOGO DA SELEÇÃO PÁG. 06 part sunny/ showers

thunder showers

windy

showers

Tudo de novo hoje NADA DE ACORDO. Greve, que fechou 26 das 63 estações do metrô ontem, continua; governo pede que Justiça decrete a ilegalidade do movimento

RODÍZIO. Segue suspenso hoje. Cerca de 3,9 milhões de pessoas sofreram com longas filas, ônibus superlotados e congestionamentos

PÁGS. 04 E 05 Passageiros aguardam por ônibus às 18h25 de ontem na estação Ana Rosa; mesmo com o reforço na frota, usuário teve dificuldade para se deslocar na cidade

Dengue mata mais três e aumenta 23%

Produção e venda de carros caem em maio

Fabricação teve redução de 18% em comparação ao mesmo mês do ano Número de óbitos chega a 8 e, o de casos, a 8,5 mil; 7 bairros estão em estado de emergência PÁG. 02 passado. A comercialização, 7,2% PÁG. 16

| ANDRÉ PORTO/METRO

‘PULP FICTION’ NA TELONA CLÁSSICO DE TARANTINO COMPLETA 20 ANOS PÁG. 22 RICARDO MORAES/ REUTERS

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

GRANDES CRAQUES METRO

‘É TÓIS!!!’

> AOS 22 ANOS E FELIZ DA VIDA, NEYMAR VESTE A CAMISA 10 E ASSUME O COMANDO DA SELEÇÃO PÁGS. 36 E 37 > NO ÚLTIMO AMISTOSO ANTES DA ESTREIA, BRASIL JOGA COMPLETO CONTRA A SÉRVIA NO MORUMBI PÁG. 32


1 FOCO

Notas STJ Headline 130_Bodytext Dilma Signpostwdkmcpk wdmpkwdmcpkm indica novo wdpckm wdpkcm pwdkmc pkwdmcp ministro kmwdpckm wdpkcm dw A presidente Dilma Rousseff indicou ontem o juiz federal Luiz Alberto Gurgel de Faria para o cargo de ministro do Superior Tribunal de Justiça. A vaga até dezembro do ano passado era de Eliana Calmon. Antes de assumir, ele ainda passará por sabatina no Senado .

Cotações Dólar - 1,00% (R$ 2,26) Bovespa - 0,53% (51.559 pts) Euro - 0,47% (R$ 3,09) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

|02|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Número de mortes por dengue sobe para oito Saúde. Secretaria confirmou ontem mais três óbitos. Às vésperas do início da Copa, registros da doença aumentam 23% na capital. Total de notificações passa de 8,5 mil. Situação é mais grave na zona oeste A proliferação da dengue em São Paulo segue em ritmo crescente. Balanço divulgado ontem pela Secretaria Municipal de Saúde confirmou mais três mortes na cidade, elevando o total do ano para oito. O número é quatro vezes maior do que o registrado em todo o ano passado - dois óbitos. As notificações chegaram ao total de 8.508, um aumento de 23,3%, na comparação com os 6.896 registrados até a semana passada. O número já supera o total de casos de 2010 (5.866). O avanço da doença acontece uma semana após a paralisação de funcionários da prefeitura, entre eles os agentes do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), responsáveis pelo combate à doença. A greve dos servidores municipais terminou anteontem. Dos 96 distritos da cidade, 94 possuem registros de dengue. O número de bairros em estado de emergência de transmissão também aumentou. Agora, são sete,

SAIBA MAIS SOBRE A DOENÇA TRATAMENTO

SINTOMAS Febre alta repentina, falta de apetite, manchas vermelhas no corpo, náuseas e vômitos, dores nos músculos ou articulações, dor de cabeça, dor atrás dos olhos e fraqueza. Na forma hemorrágica, além dos sintomas anteriores, há uma tendência a hemorragias, dores abdominais intensas e pressão baixa

Não tome medicação sem acompanhamento médico Trate os sintomas durante todo o ciclo da doença, que dura no mínimo 10 dias. A melhora aparece cerca de quatro dias após o início dos sintomas

PREVENÇÃO: Ponha areia em pratos de vasos de plantas Jogue tampinhas, latinhas e embalagens plásticas no lixo e guarde em local coberto

Faça bastante repouso e a tome bastante líquido

Latas, baldes, potes e outros frascos devem ser guardados com a boca para baixo

Após os primeiros sintomas, procure imediatamente o médico

Tampe ou cubra a caixas d’água com tela anti-mosquito

um a mais do que na semana passada (Raposo Tavares). O Jaguaré é o que apresenta a pior taxa de incidência - 2.292 para cada 100 mil habitantes. Na semana passada, o índice no bairro era de 1.943. A taxa de incidência na cidade chegou a 75,6 (casos para cada 100 mil habitan-

tes). O Ministério da Saúde considera baixas taxas de até 100 para cada 100 mil habitantes. As três mortes confirmadas ontem pela secretaria são de um homem de 38 anos, de Perus; uma mulher, de 46 anos, moradora do Tremembé; e uma mulher, de 65 anos, moradora da La-

Piscinas devem ser tratadas com cloro ou cobertas Pneus devem ser furados ou guardados em locais cobertos Entulhos ou sobras de obras devem ser cobertos, destinados ao lixo ou à “Operação Cata-Bagulho”

pa. Os outros casos aconteceram na Capela do Socorro, na zona sul, no Jaguaré, na zona oeste, e no Tremembé, na zona norte. A prefeitura afirma que é muito importante a mobilização da população no combate ao mosquito transmissor. De acordo com a administração municipal,

ações de combate à dengue têm sido realizadas em todas as regiões da capital mas até Até o dia 8 de junho, as ações estarão concentradas nas zonas norte, sul e oeste em nove subprefeituras. Situação no Estado A cidade de Campinas é a que mais tem casos de dengue no estado. Até o dia 30 de maio, a Secretaria Municipal de Saúde da cidade registrava a 29.527, ante 6.976 em todo o ano passado. Três mortes por dengue foram confirmadas. Uma em março e outras duas em abril. Além de Campinas, Americana (5.550), São Paulo, Jaú (2.801) e Votuporanga (1.834) lideram o ranking no Estado. Dos 645 municípios, 267 não tiveram nenhum caso este ano. Dengômetro A BandNews FM, com a ajuda dos ouvintes, está mapeando as áreas com casos da doença. Para participar envie email para ouvinte@bandnewsfm. com.br. METRO

Fuvest deixará de ser única entrada para USP Até 2016, a USP (Universidade de São Paulo) pretende mudar seu vestibular. Apesar de as novas formas de ingressar na universidade ainda não estarem definidas, a expectativa é de que a prova da Fuvest deixe de ser a única porta de entrada. Segundo a Pró-Reitoria de Graduação da USP, a mudança deve ocorrer até

março do ano que vem, mas para que a medida entre em vigor, é necessário que o Conselho Universitário aprove o processo. A pró-reitoria estuda implementar no processo de ingresso o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e adotar o sistema de cotas. Há também a hipótese de “olheiros” em escolas e competições FALE COM A REDAÇÃO

leitor.sp@metrojornal.com.br 011/3528-8522 COMERCIAL: 011/3528-8549

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

científicas, assim como ocorre em universidades do exterior. A medida ocorre depois da USP ter caído em dois rankings universitários internacionais recentemente. No QS, a entidade perdeu o posto de melhor da América Latina, e, no THE, saiu da 158a posição para o grupo entre 226o e 250o. METRO

Usp estuda usar Enem e adotar cotas | LEONARDO SOARES/FOLHAPRESS

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro São Paulo. Editores-Executivos: Ariel Kostman e Lara De Novelli (MTB: 31.369) Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Rebouças, 1585, Pinheiros, CEP 05401-909, São Paulo, SP, Brasil. Tel.: 3528-8500. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

Filiado ao


|04|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

“Moro na Barra Funda e cheguei 3 horas atrasada ao meu trabalho no centro da cidade. Tomei bronca da minha patroa quando cheguei” NIDIA FONSECA, 42, DIARISTA

“Acordei às 4h, para tentar chegar às 8h, mas cheguei quase 9h. Fiquei desesperada ligando para meu chefe” MARCELA APARECIDA, 53, COZINHEIRA

Funcionaram a partir das 15h

JARDIM SÃO PAULO-AYRTON SENNA SANTANA CARANDIRU

Veja as linhas e as estações que funcionaram ontem

Não funcionaram

BA PAL M RR ME A A IR DE REC FU AS OD HA CL ND SA OR L ÍN A IC CE NT O C A A Í S RE LI A PÚ BL IC A

PORTUGUESA-TIETÊ

LUZ

LINHA 3 VERMELHA

PA UL

IS TA

SU M AR É

LIBERDADE

EI AD IG BR

PARAÍSO ANA ROSA

ÁC SA ARA NT K L AL OS- ABI N TO IM DO IGR IP ANT IR AN E S GA

RO

NM NO

IA TR

VERGUEIRO

AS P

CO NS O E EZ TR O RG LA

209 km

foi o índice de lentidão registrado ontem às 9h30. É o terceiro maior da história no período da manhã. até a faculdade, em Perdizes. O trajeto demora 35 minutos, mas ontem levei o dobro. Fiquei 20 minutos parada na marginal Pinheiros”, disse a estudante Flávia Kassinoff, 20

260,4

209 km

173,6 130,2

VILA PRUDENTE

SÃO JOAQUIM

LA ÇÃ O

M A LI A FA RI

NH EI PI TO SA N

OV AN

NI

GR

ON CH I AM AR O

S LE

ZA

M PO

BE

DA S

GI

ND O

LI LA

DO

SÃO BENTO

CH

EN A M AD AL LA VI S RO

TÃ BU TA N

LINHA 5 LILÁS

303,8

217

TIRADENTES

LUZ

LINHA 4 AMARELA

ÍNDICES DE LENTIDÃO em km

ARMÊNIA

RA UE AQ IT SAN HI NT IM ÇA RI V AN CO AL ER R TU CA ESP AR IAR NATR MI PA ER DE H IL TIL GU MA LA VI A NH PE ÃO RR É CA AP CA TU TA M OO LÉ R-M BE SE ES BR ÁS II O

BIANCA BENFATTI, 21 ANOS, ESTUDANTE

Funcionaram

PARADA INGLESA

DR

“Demorei 40 minutos para conseguir um táxi para ir da Saúde até o metrô Ana Rosa”

TUCURUVI

BR

CINTIA NAKASHIMA, 25 ANOS, DENTISTA

LINHA 1 AZUL

PE

“Andei feito um camelo para conseguir chegar no trabalho. Fui andando de Santana até a Luz porque os ônibus estavam cheios”

GREVE FOI PARCIAL

VI

RODRIGO MASAIA, 21 ANOS, ESTUDANTE

A greve dos metroviários não parou São Paulo, mas tornou a vida do paulistano ainda mais difícil do que o normal. Principalmente dos que moram longe do centro, uma vez que as 37 das 63 estações que ficaram abertas são as mais próximas da região central (veja quadro). Para chegar ao trabalho, o paulistano andou a pé, enfrentou ônibus superlotados e precisou improvisar caminhos. Segundo o secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, 3,9 milhões de passageiros foram afetados pela greve. Os mais prejudicados foram os moradores da zona leste. A situação deve se repetir hoje porque, mesmo com a determinação da Justiça para que mantenham 100% da operação em horário de pico (das 7h às 10h e entre 17h e 20h), e 75% no resto do dia, os metroviários resolveram manter a greve. A Justiça deve julgar a legalidade da paralisação às 15h. O rodízio permanece suspenso. A greve provocou o terceiro maior congestionamento da história no período da manhã: 209 km. O recorde são 245 km, no dia 23 de maio de 2012, quando também houve greve do metrô. “Saí de carro às 9h20 da Granja Julieta para ir

RE

“Fiquei quase 3 horas dentro de um ônibus entupido no trajeto entre o Ipiranga e a Berrini. O normal é 1 hora e 15 min”

Caos. Rodízio permanece suspenso e trânsito deve ficar ainda pior do que ontem, quando a cidade registrou a terceira maio história. Procissões de pedestres tomaram as ruas. Paulistanos que moram longe do centro foram os mais prejudicados pela

M PO

NAIARA SILVESTRE, 28 ANOS, BANCÁRIA

Greve continua ho

CA

“Saí de carro achando que era a melhor opção, mas me dei mal. Levei mais de duas horas para ir do Tatuapé até o centro”

PÃ O

Como foi seu dia?

Estação do metrô Ana Rosa no final da tarde

CA

MARIO ANGELO/SIGMAPRESS/FOLHAPRESS

Usuários tentam entrar no ônibus pela manhã estação Arthur Alvim

TAMANDUATEÍ

SACOMÃ

LINHA 2 VERDE

VILA MARIANA SANTA CRUZ PRAÇA DA ÁRVORE

43,4 0

7h

8h

9h

10h 11h 12h 13h 14

RAIO X Nº DE FUNCIONÁRIOS: 9.475 O QUE QUEREM: Aumento de 12,2%

SAÚDE SÃO JUDAS

O QUE O GOVERNO OFERECE: 8,7%

CONCEIÇÃO JABAQUARA

anos. As calçadas ficaram lotadas de paulistanos tentando ir a pé para o trabalho. Na radial Leste, a ciclovia virou parte da calçada. Quem tentava ir de ônibus enfrentava superlotação e coletivos que rodavam a 4 km/h. A engenheira Claudia Torres, 31 anos, desceu de um ônibus superlotado na esquina da Consolação com a avenida Doutor Arnaldo. “Foi um desespero, o trânsito todo parado. Achei melhor ir a pé até o

86,8

PISO SALARIAL: R$ 1.323,55

Sumaré. Vou chegar mais de duas horas atrasada.” Na avenida Domingos de Moraes, os carros levavam 40 minutos para percorrer um trecho de um quilômetro entre as estações Praça da Árvore e Santa Cruz. Sem os marronzinhos, que estão em greve (leia ao lado), os carros invadiam as faixas exclusivas. No centro, a situação era a mesma. No corredor Consolação/Rebouças, uma multidão seguia a pé, nos dois sentidos. A fila de ôni-

bus parados começava na praça da República e seguia até a avenida Brasil. Para tentar justificar atrasos e faltas, muitos passageiros fizeram “selfies” mostrando portões de estações fechadas e ônibus lotados. De manhã, passageiros que encontraram a estação Corinthians-Itaquera fechada quebraram as grades na interligação entre metrô e CPTM. Eles invadiram a plataforma e desceram até

4

de tr m


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

|04|◊◊ |05|◊◊

ANDRE PORTO/ METRO

RENATO S. CERQUEIRA/FUTURA PRESS

Congestionamento na av. 23 de Maio no final da tarde

hoje

Trânsito

Marronzinhos suspendem paralisação

ceira maior lentidão da ados pela paralisação

ONTEM

MÉDIA

206 km Irritados, usuários forçam entrada na estação Corinthians-Itaquera no início da manhã | REUTERS

12h 13h 14h 15h 16h 17h 18h 19h 20h

DATA BASE: Maio INFLUÊNCIAS: Desde 2011, os dirigentes do sindicato dos metroviários são ligados ao PSOL e ao PSTU

a via. O grupo foi retirado pela PM. Em mais uma reunião de conciliação no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), os metroviários propuseram liberar as catracas hoje, mas a proposta foi rejeitada pelo Metrô. que alegou não poder renunciar à receita diária de R$ 5,5 milhões. O secretário dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, disse que, se a greve for julgada ilede pessoas são podem ser gal, grevistas transportadas demitidos. em METRO

4,5 milhões média por dia

Secretário afirma que pode demitir grevistas Após uma reunião de emergência com o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o secretário Estadual dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, não descartou demissões de metroviários que aderiram à paralisação. Jurandir afirmou que, caso a greve seja considerada ilegal pela Justiça, o Estado será duro com os trabalhadores. “Se a paralisação cair na ilegalidade, não seremos complacentes com os metroviários. Se for necessário realizar demissões, elas serão feitas”, disse. Na avaliação de Fernandes, a greve tem uma clara conotação política e o Estado não pode temer dar os passos necessários para resolver a situação. “Essa greve é inconse-

“Um pequeno grupo político decide parar e prejudica a população. Essa postura gerou um prejuízo para todos” GOVERNADOR GERALDO ALCKMIN (PSDB)

quente, irresponsável. Eles politizaram a pauta salarial.” Jurandir afirmou que, em diversas reuniões de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho no mês de maio, o Metrô apresentou mais de uma proposta à categoria. A última delas representava um ganho acima de 10%. Ela foi mantida na oferta realizada ontem para colocar fim à greve. Alckmin cancelou toda sua agenda de compromissos para acompanhar o

desenrolar da paralisação. Assessores repassaram ao governador toda a movimentação desde o início da manhã de ontem. Por volta das 19h, entregaram um balanço da situação e o informaram da decisão da categoria de continuar de braços cruzados. Para o governador, o calendário eleitoral motivou o sindicato dos metroviários. Ele lembrou que no ano passado a categoria desistiu de uma paralisação após o Estado apresentar uma proposta de reajuste salarial de 8%, patamar um pouco abaixo dos 8,7% oferecidos neste ano. “A postura do sindicato foi arbitrária. Contamos com a Justiça para que o serviço seja retomado o mais rápido.” METRO

Os funcionários da CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) decidiram encerrar a greve depois de realizar uma assembleia na noite de ontem. Segundo o Sindiviários, a empresa não apresentou uma proposta, mas a categoria resolveu esperar até o dia 10 de junho. Se não houver resposta, eles devem fazer uma nova paralisação. Os funcionários pede reajuste de 12,63% e 15% sobre no vale-refeição e no vale-alimentação. A

empresa ofereceu 8% de reajuste, auxílio creche, auxílio educação especial e auxílio educação. A data-base da categoria é 1º de maio. A greve dos agentes da CET ajudou a piorar mais a situação, que já estava complicada por conta da greve do Metrô, ficou ainda pior. As faixas reversíveis não foram montadas. Segundo o sindicato, 4.050 pararam as atividades ontem. O número corresponde a 95% do contingente. Sem marronzinhos, motoristas invadiram faixas exclusivas de ônibus, aumentando ainda mais o caos na cidade. METRO

Quanto mais longe, mais difícil

‘Até que foi tranquilo’

‘Levei mais de 3 horas’

A greve não atrapalhou tanto a minha vida. Como a estação Praça da Árvore estava fechada, tive que caminhar até a Ana Rosa. Podia ter optado pelos ônibus, que não estavam lotados, mas o trânsito estava parado e preferi andar. Por volta das 12h30, cheguei na Ana Rosa e peguei o metrô. Vazio. Segui até a Consolação e cheguei ao jornal, na Rebouças, rapidamente. Ao ouvir histórias de colegas, vi que tive muita sorte.

Consegui pegar um ônibus na Patriarca, zona leste, às 6h30. Como os carros não respeitavam a faixa exclusiva, demorei uma hora até a Penha (5 km). Com o ônibus superlotado, decidi descer e caminhar 2 km até o Carrão. Lá, peguei outro ônibus, mais vazio, e desci perto da Bresser, às 9h. Só ali consegui tomar o metrô e chegar ao Metro Jornal. Eram 9h40. Ao todo, foram mais de três horas em trânsito. E ainda tem a volta...

ARIEL KOSTMAN

LUÍS ADORNO

Editor

Estagiário


|06|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

MTST ameaça bloquear acessos ao Morumbi hoje A seis dias da Copa. Sem-teto dizem que vão impedir chegada de torcedores ao estádio para ver o amistoso da Seleção Brasileira

NU E

1

4

D

AN

O

R.

H NC

I

AV

UR

AV. MORUMBI

IM GU OZ EIR

AR Ã

ES

.Q

U

. P DE. LEBRET

O SA A OÃ EJ

R ATO

AV. J O R G

O CO M

ESTÁDIO DO MORUMBI

A

HI

EID LM

O NC

2 3

N VA GIO

N

RO IG

DR

ACESSOS

G.

OS

CA

RA

ME RIC

MARG INAL PINH EIRO S

AN

1

Av. Giovanni Gronchi (esquina com a R. Manuel Jacinto)

2

Av. Padre Lebret (esquina com a Av. Morumbi)

3

Av. Eng. Oscar Americano (esquina com a Av. Giovanni Gronchi)

4

Av. Jorge João Saad (esquina com a Av. Prof. Francisco Morato)

O

FONTE: CET

Sob pressão, Câmara inclui comerciários no feriado

toneladas é a quantidade de resíduos sólidos que serão tratados todos os dias na central mecanizada de São Paulo. tidos R$ 26 milhões, sendo R$ 15 milhões em equipamentos. O dinheiro saiu de uma das concessionárias que atuam na coleta de lixo na capital. Segundo a prefeitura, o contrato de prestação de serviço determina a destinação de recursos para coleta seletiva. A Secretaria de Serviços diz que a inauguração da central, que tem como modelo iniciativas realizadas na Espanha e na França, irá contribuir com o plano que prevê elevar de 2% para 10% o volume de lixo reciclado em São Paulo. METRO

EA

GR

NC I S

250

UD IS E

Começou a funcionar ontem a primeira central mecanizada de resíduos sólidos da capital. O equipamento, localizado no Bairro do Bom Retiro, no centro, foi inaugurado pelo prefeito Fernando Haddad (PT). Instalado em uma área de 3 mil metros quadrados, o espaço terá capacidade para processar 250 toneladas de lixo por dia. No processo de triagem, a previsão é de que sejam contratados 50 catadores. A reciclagem do material recolhido deve gerar uma receita líquida mensal de R$ 1,6 milhão. “Essa central inclui o catador como um operário. Ele deixa de ser visto como um cidadão de segunda classe”, disse Haddad, que estava acompanhado da ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira. Para colocar a central em operação, foram inves-

NI

N

Lixo. Haddad inaugura central de reciclagem

GIO VA N

L JACINTO

RUA M A

E AV.

propriação das áreas ocupadas, entre elas a Copa do Povo, em Itaquera, e a inclusão delas em projetos de habitação social. Segundo o coordenador do MTST Guilherme Boulos, a intenção é radicalizar as ações durante o Mundial, caso não haja resposta. “Se os integrantes do MTST não conseguirem os pedidos agora, depois da Copa é que realmente não irão conseguir.” O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse ontem em São Paulo que a manifestação no entorno do estádio do Morumbi é preocupante. Carvalho disse que conta com o bom-senso dos mani-

Mais protestos Além da paralisação dos funcionários do Metrô, outras manifestações atrapalharam a vida do paulistano na manhã de ontem. Nas proximidades da estação Pinheiros da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), cerca de 400 pessoas protestaram contra a falta de investimentos na mobilidade urbana e no saneamento básico. Segundo a PM, eram integrantes do SindSaúde, Apeoesp, CNTE e CUT. Eles bloquearam duas pistas da marginal Pinheiros e depois seguiram em direção à Secretaria Municipal de Abastecimento. O ato começou às 9h30 terminou às 13h30. Outro protesto, do Sindicato dos Engenheiros e Arquitetos, ocupou o vão do Masp. METRO

Saiba quais caminhos podem ser fechados pelo ato do MTST

A F. FR RO .P AV

manifestantes segundo a PM participaram do úlitmo ato realizado pelo MTST na zona leste.

PROTESTO NO MORUMBI . EL AV

12 mil

festantes mas que não serão tolerados atos de violência nas ruas. “A manifestação é legítima, mas não pode atrapalhar a realização do evento.”

ERICO MA RUA DR FL A V I O AM

Depois de fecharem a radial Leste anteontem, os integrantes do MTST (Movimentos dos Trabalhadores Sem Teto) ameaçam bloquear hoje os principais acessos ao estádio do Morumbi, local do jogo amistoso entre Brasil e Sérvia às 16h (leia mais na pág. 32). O ato, anunciando pela liderança do movimento, tem como objetivo pressionar o governo federal e a prefeitura a regularizar a situação de áreas invadidas pelo grupo. Eles também protestam contra o uso de dinheiro público na Copa. Anteontem, cerca de 12 mil pessoas fizeram uma manifestação que começou em frente à estação Vila Matilde do metrô, na zona leste, e terminou no Itaquerão. A radial Leste foi bloqueada no sentido bairro e o congestionamento na avenida chegou a 8km. A manifestação foi apoiada por outros grupos, como o MPL (Movimento Passe Livre), e terminou por volta das 21h15. O MTST exige a desa-

Recuo veio após protestos de comerciários | JULIANA KNOBEL/FRAME/FOLHAPRESS

Pressionados por protestos de comerciários em frente à Câmara Municipal, os vereadores recuaram e decidiram aprovar, em pouco mais de duas horas, um projeto que inclui os trabalhadores do comércio no feriado de 12 junho, data de abertura da Copa do Mundo. Em maio, os parlamentares aprovaram um substitutivo a um projeto enviado pelo prefeito que decretava o feriado e ponto facultativo nos outros cinco dias com partidas do Mundial na capital. Sob a alegação de que a medida traria prejuízos para o empresários, já que a data coincide com o Dia dos Namorados, os vereadores colocaram uma lista de categorias que não seriam contempladas pelo texto.

Para “corrigir o erro”, como foi dito pela maioria dos parlamentares, um projeto de 2012, de autoria do vereador Alfredinho (PT), foi ressuscitado e teve incluído um artigo estendendo a folga para os comerciários. Antes da votação, parlamentares foram à tribuna pedir desculpas para os trabalhadores que acompanhavam a sessão e afirmaram que tudo não passou de um erro de comunicação. “Ninguém aqui é contra os comerciários. Foi uma falha. O importante é que ela foi corrigida”, disse Alfredinho. O projeto segue agora para sanção ou veto do prefeito Fernando Haddad (PT). Segundo a liderança do PT na Câmara, a mudança será sancionada pelo prefeito. METRO


|08|

Paralisação. Motoristas são demitidos por justa causa Ao menos 20 motoristas e cobradores de ônibus que participaram do movimento que paralisou parte da frota de ônibus da capital na semana retrasada foram demitidos por justa causa pela viação Sambaíba, afirma o presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de São Paulo, José Valdevan de Jesus Santos, o “Noventa”. A SPUrbanuss confirmou as demissões e explicou que a medida empresa. Os funcionários demitidos foram identificados em vídeos feitos na ocasião. A paralisação que teve início nos dias 20 e 21 de maio chegou a fechar 16 terminais de ônibus. Mesmo negando envolvimento do sindicato com a greve, Valdevan disse que está tentando reverter as demissões ou pelo menos a condição de justa causa, para que os funcionários recebam benefícios como o Fundo de Garantia. Os sindicatos das empresas e dos funcionários foram multados em R$ 200 mil pela paralisação. O TRT julgou a greve abusiva. METRO

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Casal é investigado por crime no Rio de Janeiro Violência. Polícia do Rio reabre caso de 2005, da morte do ex-marido de Ieda Martins, mulher do publicitário Eduardo Martins. O casal é investigado pelo assassinato do zelador Jezi Lopes de Souza em São Paulo A frieza demonstrada no depoimento do publicitário Eduardo Martins ao confessar ter esquartejado e queimado partes do corpo do zelador Jezi Lopes de Souza, de 63 anos, morto no dia 30, em um prédio na Casa Verde, zona norte de São Paulo, chamou a atenção até de policiais. E a história pode ganhar contornos ainda mais chocantes. Após a repercussão do caso na capital paulista, a policia do Rio de Janeiro reabriu as investigações sobre o assassinato do ex-marido da advogada Ieda Martins mulher de Eduardo Martins -, o empresário José Jair Farias, na capital fluminense, em 2005. O corpo de Farias foi encontrado dentro do carro na rua onde tinha uma empresa em sociedade com a já ex-mulher Ieda. Os dois que foram casados por mais de 10 anos e tiveram um filho que, atualmente, tem 18 anos, es-

tavam separados há mais de quatro anos, e Ieda já estava casada com o publicitário. Na época do assassinato, Ieda chegou a receber um seguro pela morte do ex-marido. Ieda e Martins chegaram a ser investigados pela morte de Farias, mas nada foi provado e o caso foi encerrado sem apontar culpado. De acordo com o delegado Ismael Rodrigues, da 4ª Delegacia Seccional de São Paulo, a polícia fará o exame de balística de uma arma manchada de sangue encontrada na casa do pai de Martins, em Praia Grande, no litoral paulista, para verificar se o revólver foi o mesmo usado no crime no Rio há 9 anos. O publicitário foi encontrado no dia 2 na casa em Praia Grande, tentando queimar partes do zelador. Ele está preso temporariamente em São Paulo após confessar ter esquartejado, ocultado e queimado o corpo de

Jezi de Souza. A mulher foi solta anteontem por falta de provas, mas continua sendo investigada por envolvimento no crime. Para a polícia, Martins premeditou o assassinato e a advogada ajudou o marido na ocultação do cadáver. O publicitário alega que a morte foi acidental. Os dois teriam iniciado uma luta corporal depois de Jezi de Souza ter ameaçado o filho do casal, de dez anos. Ainda segundo Martins, o zelador teria morrido acidentalmente após bater a cabeça na maçaneta de uma porta. Ontem, os restos mortais de Jezi de Souza foram identificados após cruzamento com a arcada dentária da vítima. As parte foram liberadas pelo IML de Santos e encaminhas para a capital. A polícia de São Paulo também encontrou ontem, documentos pessoais falsos dentro de uma mala de Eduardo Martins. METRO

Centro. Policial Civil é preso por extorsão Um policial civil e outras três pessoas foram presas na manhã de anteontem por extorquir e agredir um cabeleireiro em um apartamento na praça Júlio de Mesquita, na República, centro de São Paulo. O policial é acusado de concussão, porte ilegal de arma, associação ao tráfico e cárcere privado. A polícia chegou ao local após vizinhos perceberem a ação e pedirem ajuda. O trio que acompanhava o policial, dois homens e uma mulher, se passavam por oficiais no momento do crime. O cabeleireiro tinha drogas em casa e estava sendo chantageado pelo grupo para não ser preso, de acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública). A Corregedoria da Polícia Civil não se manifestou sobre o caso. METRO

Publicitário foi preso na Praia Grande, no litoral | MARCO AMBROSIO/FOLHAPRESS

Clima. Fim de semana vai ser ensolarado na capital

Ambientalistas ‘abraçam’ represa do Cantareira Líderes ambientais participaram de um abraço simbólico na represa do Jaguari, em São José dos Campos, a 97 km da capital, na manhã de ontem. A represa está secando rapidamente devido a falta de chuva. Com o ‘volume morto’ o nível do Sistema Cantareira ontem registrava 24,4%, o,1% a menos do que no dia anterior. O volume útil era de 8,2% | LUCAS LACAZ RUIZ/FOTOARENA/FOLHAPRESS

Depois de semanas de frio intenso na capital, o paulistano vai poder finalmente guardar os casacos e aproveitar um final de semana de calor. Hoje, pancadas de chuva atingem a cidade, mas as temperaturas variam entre 15oC e 26oC. A mudança no clima foi percebida ontem, principalmente à noite. O dia amanheceu com temperaturas baixas, em torno dos 12oC, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), mas subiu rapidamente. Por volta das 15h, os termômetros já marcavam 26oC e, diferente dos dias anteriores, a temperatura não teve grande queda com a chegada da noite. Às 19h, as estações do CGE marcavam temperatura média de 23oC. Não há previsão de chuva para amanhã e domingo e o final de semana vai ser ensolarado. As máximas ficam em torno dos 27oC e as mí-

Mulher aproveita calor no parque do Ibirapuera | ZANONE FRAISSAT/FOLHAPRESS

nimas não devem cair abaixo dos 17oC nos dois dias, O bom tempo também vai ser percebido em regiões do Estado conhecidas pelas baixas temperaturas. Destino de muitas pessoas nesta época do ano, Campos do Jordão terá um fim de semana com temperaturas mais altas que as das últimas semanas. Os termômetros variam entre 12oC e 20o.C. METRO


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

VILELA E REBELO APONTADOS COMO FAVORITOS AO TCU. Dois políticos ala-

“DEPOIS VÃO PROCURAR A CORTE INTERAMERICANA DE DIREITOS HUMANOS.”

goanos têm sido apontados, nos bastidores, como novos favoritos para a vaga a ser aberta no final do ano, no Tribunal de Contas da União (TCU), com a aposentadoria do ministro José Jorge: o atual governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), e o ministro Aldo Rebelo (Esporte). Ambos são amigos pessoais e, embora tucano, Vilela tem boas relações com a presidenta Dilma, tanto quanto Rebelo.

MINISTRO JOAQUIM BARBOSA (STF) IRONIZANDO ÀS GARGALHADAS RECURSO DE MENSALEIROS

PERDEU, IDELI. A vaga no

TCU estava “reservada” até agora a Ideli Salvatti, secretária de Direitos Humanos. Mas é cada vez mais difícil que isso se confirme.

VELHOS AMIGOS. Teo Vile-

la e Aldo Rebelo são amigos como eram seus pais, que faziam vaquejada juntos, procurando gado espalhado nas caatingas. ISSO NÃO VAI DAR CERTO.

Os adversários do Brasil estão adorando a transmissão ao vivo dos treinos do time do Felipão, principalmente o ensaio de jogadas.

convenção nacional de terça (10), só três deputados defenderam aliança com PT. AÉCIO SE ANIMA. Pré-candidato à presidência, Aécio Neves (PSDB) ouviu dos deputados Júlio Lopes (PP) e Leonardo Picciani (PMDB), em sua visita ao Rio, ontem, um relato que considerou “animador” sobre o crescimento de dissidentes dos correligionários que apoiam a reeleição de Dilma.

BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA. Dilma disse a re-

pórteres estrangeiros que adora passear incógnita em Roma e Nova York e é leitora compulsiva no Kindle, espécie de iPad só para livros e jornais – em francês, inglês e espanhol – antes de dormir. PMDB SE AFASTA. Na última reunião da bancada PMDB, às vésperas da

Aécio Neves (PSDB) | FOTÓGRAFO/AGÊNCIA

PODER SEM PUDOR

Comuna no muro Na ilegalidade e abrigado no MDB, o Partido Comunista Brasileiro discutia concentrar esforços numa só campanha para deputado no Rio, em 1966, ou em várias. O dirigente Pafúncio quis contribuir para resolver o impasse: - Os camaradas que querem um candidato têm ra-

zão e os outros também... - Ou é uma coisa ou é outra! – protestou o dirigente Orestes Timbaúba. - A proposta do companheiro tem todo o meu apoio – concordou Pafúncio, o mais mineiro dos camaradas daquela reunião no morro da Mangueira.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

{BRASIL}

|11|◊◊

Corte adia decisão sobre Pizzolato Mensalão. Pedido de extradição da PGR só será julgado pela Corte de Apelação de Bolonha no dia 28 de outubro. Governo poderá pedir para que julgamento seja na Itália A decisão sobre o pedido do Brasil para extraditar Henrique Pizzolato, ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, foi adiada para o dia 28 de outubro pela Corte de Apelação de Bolonha, na Itália. O julgamento tinha sido marcado para ontem. Pizzolato foi condenado no processo do mensalão petista à 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato. Antes do fim do julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal), em setembro do ano passado, o ex-diretor do Banco do Brasil fugiu do Brasil para a Itália, onde foi detido. O pedido de extradição foi feito em fevereiro pela PGR (Procuradoria Geral da

Congresso. PEC do Trabalho Escravo é promulgada Após tramitar durante 15 anos no Congresso Nacional foi promulgada ontem a PEC do Trabalho Escravo, que prevê o confisco de imóveis urbanos e rurais nos quais for praticado o trabalho escravo. Os imóveis confiscados serão destinados à programas habitacionais e à reforma agrária, sem que o proprietário tenha direito a indenização. Mas a mudança ainda precisa ser regulamentada. O processo de regulamentação deve causar disputa quanto ao conceito de escravidão, os critérios para o confisco e os recursos legais para executar a expropriação. De acordo com a ministra da Secretaria de Direitos Humanos Ideli Salvatti, o que já está previsto na legislação brasileira deve servir de base para a regulamentação. Desde 1995 no país foram resgatados 46.478 trabalhadores em condições de trabalho escravo. A pena para quem submeter qualquer pessoa à escravidão é de dois a oito anos de prisão. METRO

República) e entregue ao governo italiano pelo Ministério das Relações Exteriores. No entendimento da Procuradoria, mesmo tendo cidadania italiana, Pizzolato pode ser extraditado para o Brasil. Na defesa da extradição que foi entregue ao tribunal, Pizzolato afirmou que não pode ser extraditado para o Brasil por ter cidadania italiana. Além disso, ele alegou que foi submetido a um julgamento político pelo Supremo. Segundo o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo, se a Justiça italiana não conceder a extradição, o governo brasileiro poderá pedir o julgamento do réu na Itália. METRO

O ex-diretor afirma que não pode ser extraditado | LULA MARQUES/FOLHAPRESS

Brasil passa a ter a terceira maior população carcerária do mundo O número total de presos no Brasil chegou a 715.655, segundo levantamento divulgado ontem pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), sendo que 148 mil estão em prisão domiciliar. Com o índice, o país ultrapassa a Rússia e passa a ter a terceira maior população prisional do mundo, atrás dos Estados Unidos e da China. São Paulo é o Estado com maior número de presidiários no país. A população carcerária é de 204,9 mil – 297 mil somando a prisão domiciliar. Para desenvolver o estudo, o CNJ consultou os juízes responsáveis pelo monitora-

715,6 mil é o número da população carcerária no Brasil, com a inclusão de quem está em prisão domiciliar.

mento do sistema carcerário dos 26 Estados e do Distrito Federal. Os dados anteriores, de maio deste ano, não contabilizavam os presos em domicilio. Assim, o número da população carcerária divulgado foi de 567.655, o mesmo informado ontem. Normalmente, a prisão

domiciliar é concedida pela Justiça a presos com problemas de saúde que não podem ser tratados devidamente dentro das penitenciárias ou quando não há prisão apropriada para uma determinada pena, como o regime semiaberto, por exemplo. Ainda de acordo com o levantamento, o déficit de vagas em penitenciárias do Brasil é de 210 mil e chega a 358,3 mil quando computada a prisão domiciliar. Se também fossem computados o número de mandatos de prisão em aberto (373,9 mil), a população carcerária do Brasil seria de 1,09 milhão. METRO

300 mil famílias vivem na miséria no Brasil Pelo menos 300 mil famílias seguem invisíveis aos olhos do Estado, sem assistência social e vivendo abaixo da linha da pobreza no Brasil, segundo dados do balanço do terceiro ano do programa “Brasil Sem Miséria”, divulgado ontem. Pelo critério do programa

são considerados miseráveis pessoas que vivem com até R$ 77 por mês. O fim da miséria extrema até o fim do ano é um compromisso do governo que ainda tentará localizar esse grupo de pessoas por meio da Busca Ativa, rede de assistên-

cia social que atua junto com os Estados e prefeituras de regiões metropolitanas. Resultados positivos Criado em junho de 2011, o programa já fez com que 22 milhões de brasileiros saíram da miséria. METRO BRASÍLIA


|16|

Recall nos EUA. GM demite 15 por atraso de 11 anos A presidente-executiva da General Motors, Mary Barra, demitiu 15 funcionários e repreendeu outros cinco considerados culpados pela demora de 11 anos da empresa para anunciar o recall de carros com defeitos na ignição. “O que o relatório apontou foi um padrão de incompetência e negligência”, afirmou ontem a executiva da GM, em uma reunião com cerca de mil funcionários no centro técnico da companhia. Mary Barra afirmou que a GM vai implementar um “programa de compensação” para as vítimas dos acidentes. O programa deve cobrir 1,6 milhão de veículos dos modelos de 2003 a 2007 e mais 1 milhão de 2008 a 2011 que apresentaram defeitos na ignição. A GM relacionou 13 mortes ao defeito. A montadora fez o recall de 2,6 milhões de carros devido ao problema. Este chamado, em conjunto a outros anunciados pela GM este ano, já custou à companhia até agora cerca de US$ 1,7 bilhão. METRO

Pesquisa. Para 59%, cerveja é a cara do brasileiro A cerveja foi apontada por 59% dos entrevistados em uma pesquisa do Ibope como a bebida que tem mais cara do brasileiro. De acordo com o levantamento, divulgado ontem pela CervBrasil (associação da indústria da cerveja), o segundo lugar ficou com os refrigerantes, com 12%, e o terceiro, a cachaça, que teve 11% dos votos. Os perfis que mais citaram a cerveja são os homens, maiores de 54 anos (65%) de classe A e B (63%). Entre os Estados, a Bahia lidera, com 77%. Logo na sequência vêm Rio de Janeiro (68%) e São Paulo (63%). O percentual de homens é ligeiramente superior ao das mulheres. Entre os entrevistados do sexo masculino, 61% destacam a loira como bebida que mais tem a cara dos brasileiros, enquanto 52% das entrevista mencionaram a cerveja. Foram entrevistados 1.958 pessoas, maiores de 18 anos. A margem de erro é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos. METRO

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Produção de carros recua 18% em maio 400 mil

era o estoque de veículos nas concessionárias e fábricas no final do mês passado

Volume de estoque é suficiente para 41 dias de vendas | RODRIGO PAIVA/FOLHAPRESS

Poupança. Captação é a pior desde maio de 2011 Após fechar abril no vermelho, os depósitos superaram as retiradas na caderneta de poupança em R$ 2,27 bilhões no mês de maio. Segundo dados do Banco Central, no entanto, a captação da poupança foi a pior, para meses de maio desde 2011, quando as retiradas superaram os depósitos em R$ 1,3 bilhão. De janeiro a maio de 2014, a caderneta captou R$ 6,39 bilhões, uma queda de 66% em relação ao mesmo período de 2013, quando entraram R$ 18,82 bilhões em recursos. A queda na captação da poupança neste ano está relacionado com a alta da inflação e com a perda de atratividade da aplicação em relação aos fundos de renda fixa. Segundo a Anefac (as-

sociação dos executivos de finanças), com a estabilidade da taxa básica de juros da economia, a Selic em 11% ao ano, as aplicações em renda fixa continuam mais atrativos que a poupança na maioria das situações. As simulações feitas pela associação mostram que as cadernetas vão continuar mais interessantes quando a taxa de administração cobrada nos fundos de renda fixa for superior a 2,5% ao ano. Em maio, os depósitos na caderneta de poupança somaram R$ 131 bilhões, enquanto que as retiradas de recursos totalizaram R$ 128,7 bilhões. O volume dos rendimentos creditados nas contas dos investidores alcançou R$ 3,07 bilhões no mês passado. METRO

Números da caderneta

66%

foi a queda da captação da caderneta de poupança entre janeiro de maio deste ano, segundo o BC

R$ 3 bi

foi o volume total de rendimentos creditados nas contas dos investidores no mês passado

Indústria automotiva. Setor produziu 282,5 mil veículos, comerciais leves, caminhões e ônibus no mês passado, segundo a Anfavea A produção de veículos caiu 18%, no terceiro recuo consecutivo na comparação anual, enquanto as vendas diminuíram 7,2%. No total, as montadoras fabricaram 282,5 mil unidades no mês, entre automóveis de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, segundo a Anfavea, entidade que representa o setor. Com o resultado de maio, o setor encerrou o mês com estoques de 400 mil veículos em concessionárias e pátios de fábricas, alta de 1,8% sobre abril. Em dias úteis, este volume é suficiente para 41 dias de vendas, nível considerado elevado pelo setor. O presidente da Anfavea, Luiz Moan, atribui o resultado aos baixos índices de confiança dos consumidores e a “seletividade” dos bancos na

concessão de crédito para a compra de carros novos. O setor chegou a discutir com o governo opções para destravar o crédito. O governo, no entanto, desistiu de adotar medidas para fomentar os financiamentos, disse uma fonte à “Reuters”. A avaliação foi de que as ações em estudo não gerariam efeito imediato. Na quarta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sinalizou que o aumento do IPI, previsto para julho, pode ser gradual. O cronograma atual prevê que o IPI de carros 1.0 suba de 3% para a alíquota cheia, de 7%. Moan disse que “oficialmente” a posição dada às montadoras é de que o tributo retornará a seu nível normal no início de julho.

Segundo ele, um aumento de um ponto percentual no IPI tem impacto de 1,1 ponto no preço dos veículos e de 1,9 ponto nas vendas. O setor já acumula queda de 13% na produção de janeiro a maio que tem se refletido em programas de demissão voluntária e de suspensão de contratos de trabalho. Para o ano, a expectativa da Anfavea, por enquanto, é de crescimento de 1,4% no volume produzido. “Provavelmente, em julho, faremos um ajuste nas projeções. O viés é de baixa geral”, disse Moan. Além da queda das vendas internas, as exportações nos cinco primeiros meses do ano caíram 31,6%, impactadas pela crise cambial da Argentina, principal mercado do setor no exterior. METRO

Com alta do tomate, arroz e café, cesta básica sobe em 15 capitais No mês passado, a cesta básica subiu em 15 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos). As altas foram influenciados pelos preços do tomate, café em pó, manteiga, óleo de soja e arroz. A maior alta foi registrada em Fortaleza, de 5,42%, seguida por Recife (4,9%). Em São Paulo, houve alta de 2,43%, levando o valor da cesta a R$ 366,54, o maior entre os locais pesquisados. Por outro lado, a cesta ficou mais barata em Campo Grande (-2,05%), Florianópolis (-0,38%) e Brasília (-0,10%). De janeiro a maio, o valor da cesta básica subiu em todas as 18 capitais. As maiores altas foram em Brasília (14,31%), Curitiba (13,24%) e São Paulo (12,01%). Após uma trégua em abril, o preço do tomate subiu em 17 capitais. Em Belo Horizonte, a alta chegou a 33,33%. Apenas em Manaus o item ficou mais barato em maio (-2,71%). Os preços subiram em decorrência de problemas nas safras de inverno, devido a pragas e estiagem.

Ata do Copom

Conta de luz aumentará 11,5%, diz BC

Produto ficou 33% mais caro em Belo Horizonte | EDSON SILVA/ FOLHAPRESS

No caso do café em pó, houve alta em todas as cidades, exceto em Natal (-1,48%). As altas oscilaram entre 5,11%, em Recife, e 0,27%, em Salvador. Já o preço do arroz subiu em 12 das 18 cidades pesquisadas. As maiores altas ocorreram no Rio de Janeiro (4,90%), em Recife (2,76%) e São Paulo (2,39%). A manteiga mostrou elevação de preço em 14 cidades, com destaque para Curitiba (3,91%). Para o óleo de soja, houve elevação de preços em 13 cidades. As maiores taxas foram observadas em Manaus (6,51%) e Belém (5,07%). METRO

O Banco Central projeta alta de 11,5% nos preços da energia elétrica, segundo estimativas divulgadas ontem na ata do Comitê de Política Monetária. Na última ata, divulgada em abril, o governo esperava um reajuste de 9,5%. O documento se refere à reunião realizada na semana passada, que manteve a taxa básica de juros, a Selic, em 11% ao ano. Na ata, o Copom passou a ver menos crescimento econômico neste ano, ao mesmo tempo em que reduziu as expectativas de inflação em 2014 e 2015, sinalizando que deve manter a Selic no patamar atual por mais tempo. METRO


|18|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

G7 pressiona Putin a reconhecer líder de Kiev De Bruxelas. Países prometem sanções mais severas para evitar agravo da crise Líderes do G7 indicaram ontem, após reunião da cúpula em Bruxelas, que farão pressão para que o presidente russo Vladimir Putin inicie as conversações com a nova liderança de Kiev para acabar com a crise no leste da Ucrânia. O presidente dos Estados Unidos Barack Obama e o primeiro-ministro britânico David Cameron foram claros ao dizer que Petro Poroshenko, que toma posse nesse sábado, deve ser reconhecido por Moscou. Caso a imposição não seja aceita por Putin, os líderes deverão “intensificar as sanções e implantar outras significantes medidas restritivas para impor custos à Rússia, se necessário”, diz o comunicado emitido após o encontro.

Além do recado enviado publicamente, Putin recebeu um reforço da mensagem pessoalmente por meio do primeiro-ministro britânico. Cameron e o presidente russo se encontraram na área aduaneira do aeroporto Charles de Gaulle, na França, segundo a agência BBC. Esse teria sido o primeiro encontro cara a cara com um líder ocidental depois do início da crise na Ucrânia. Antes disso, o presidente russo, isolado, havia apenas desejado que os líderes do G7 aproveitassem o encontro em Bruxelas. O evento, que ocorreria durante as Olimpíadas de Inverno, em Sochi, na Rússia, foi cancelado após a anexação da Crimeia, em março, e Putin excluído das negociações. METRO

O atual presidente sírio Bashar al-Assad venceu as eleições presidenciais do país com 88,7% dos votos, segundo o porta-voz do parlamento Mohammad al-Laham. Como esperado, já que a própria oposição a Assad havia declarado que nenhum dos dois adversários que concorreram ao cargo teriam chances reais de ocupá-lo, o líder político inicia o seu terceiro mandato consecutivo de sete anos. Os outros dois concorrentes, Hassan al Nuri e Maher al Hajar, aliados de Assad, obtiveram, respectivamente, 4,3% e 3,2% dos votos gerais. Apesar do resultado expressivo, as eleições foram consideradas ilegítimas pela UE (União Europeia), já que os eleitores teriam sido ameaçados a votar e a votação ocorreu apenas em áreas controladas pelo governo Sírio, mas não nas partes norte e leste do país, comandadas por rebeldes que lutam para acabar com o governo. METRO

Navios. Provisão francesa preocupa Barack Obama

Boko Haram: novo ataque Representantes da seita islâmica Boko Haram lançaram novo ataque a uma aldeia próxima da cidade nigeriana de Maiduguri. Embora haja sobreviventes, como as meninas acima, mais de 40 morreram. Os mortos já chegam a 200 | AKINTUNDE AKINLEYE/REUTERS

O presidente dos Estados Unidos Barack Obama demonstrou, ontem, sua preocupação com a venda, por parte da França, de dois navios militares à Rússia. O líder norte-americano expressou sua opinião após ser questionado, ao fim da cúpula do G7, sobre a decisão de Paris de não suspender o contrato de provisão. O motivo da inquietação é explicado em razão da postura russa com relação aos conflitos na Ucrânia. Apesar da decisão do presidente francês François Hollande de manter o contrato com os russos, pelo menos por enquanto, Obama nega que a atitude interfira na cooperação entre Estados Unidos e França. O governo de Paris chegou a ameaçar suspender a entrega dos dois navios do tipo Mistral à Rússia como represália à atuação de Moscou na Ucrânia. Mas a decisão só deve mesmo ser revelada em outubro, mês para o qual está prevista a entrega do primeiro deles. A expectativa é de que outros países líderes pos-

Acordo global climático é aprovado Os países mais industrializados do mundo aproveitaram o encontro em Bruxelas para aprovar a realização de um novo acordo global sobre as mudanças climáticas em 2015. A ideia ganhou força depois que os Estados Unidos anunciaram o plano de cortar 30% das emissões de suas usinas até 2030. A medida anunciada no início dessa semana deu ânimo para que líderes de países como a China, maior emissor de gases do mundo, também estabelecesse limite para as suas emissões. O comunicado com balanço do encontro afirma que os sete países do G7 – Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos – se comprometem a ter baixa emissão de carbono e em limitar o aumento da temperatura em 2ºC acima dos níveis pré-industriais. METRO

Principais líderes durante a cúpula do G7, em Bruxelas | KEVIN LAMARQUE/REUTERS

Pela UE. Vitória de Assad é vista como inválida

Mais G7

Conflito

Hollande faz dois jantares em uma noite O presidente francês François Hollande decidiu receber separadamente o presidentes Barack Obama e Vladimir Putin, para o jantar de celebração do chamado Dia D, no Palácio Elyseé. O objetivo era evitar que houvesse um agravamento da tensão entre os dois, causada pela crise na Ucrânia. METRO

Preocupam-me os acordos no âmbito de Defesa com a Rússia que pudessem violar a legislação internacional e a soberania e integridade territorial de seus vizinhos BARACK OBAMA, PRESIDENTE DOS EUA

sam se expressar sobre o assunto e ajudar na decisão. Caso o negócio seja concluído, a França deverá receber 1,2 bilhões de euros. METRO

Dia D

Imagens inéditas são divulgadas em documentário Imagens inéditas e coloridas que mostram cenas do Dia D, em 6 de junho de 1944 foram divulgadas em um documentário. O filme foi feito por um dos passageiros do HMS Belfast, o diretor de Hollywood George Stevens. METRO


CULTURA

MARK METCALFE/GETTY IMAGES

2

|20|

{CULTURA}

Tim Hoey, músico do Cut Copy

Música

Lorde diz que está trabalhando em álbum ‘diferente’ Uma das principais estrelas da música pop, a cantora neozelandesa de 17 anos disse que já está preparando o sucessor de “Pure Heroine” e que ele será “completamente diferente”. “Aprendi tanto como compositora, haverá melhora por causa disso”, disse a cantora, em entrevista à rede BBC. METRO Polêmica

Metallica sofre retaliações após apoiar caça à ursos Uma petição criada no Reino Unido quer impedir a banda americana de tocar no festival de Glastonbury, que acontece no final deste mês, na Inglaterra. O protesto surgiu após o vocalista do grupo, James Hetfield, ter trabalhado como narrador na série de TV, “The Hunt”, sobre caçadores de ursos. O músico é conhecido por ser praticante da caça. METRO Fomento Daniel Alarcón

Na Flip novamente

Após cancelar sua participação na edição deste ano da Festa Literária de Paraty (Flip), o autor peruano conseguiu remanejar seus compromissos e participará de uma mesa no evento, no dia 3 de agosto, com a atriz e escritora Fernanda Torres.

Secretaria da Cultura oferece R$ 40 mi em editais A Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo vai disponibilizar R$ 40 milhões em editais de incentivo a cultura. O valor corresponde a R$ 10 milhões a mais do que o liberado no ano passado. O benefício será distribuído através do ProAC, Programa de Ação Cultural, que terá seu edital lançado até julho. METRO

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Cut Copy está de volta


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

|20|◊◊ |21|◊◊

Entrevista. Banda indie toca no Audio Club e o Metro Jornal conversou com os australianos sobre o último disco e as influências do grupo Os fãs paulistanos terão uma nova chance de ver a cultuada banda indie australiana Cut Copy. E essa oportunidade acontece hoje, em show no Audio Club. A apresentação, que terá abertura de Databese e The Drone Lovers, faz parte da turnê do disco mais recente, “Free Your Mind”, quarto da carreira, lançado no ano passado. Esta é a segunda visita do grupo, que já tocou por aqui em 2011. “Nossos shows foram ótimos. Não tínhamos

ideia do que esperar quando chegamos, e ficamos impressionados ao ver tanta gente aparecer”, disse o guitarrista do grupo, Tim Hoey, que deseja conhecer melhor o país desta vez. “Temos algum tempo livre, então esperamos poder explorar melhor as duas cidades”, diz. Eles também irão ao Rio de Janeiro. Uma das principais bandas australianas da atualidade, o Cut Copy faz parte de uma cena que cresceu bastante nos últimos anos, centrada na gravadora Modular e da

“A produção e a composição precisam parecer contemporâneas, para que tudo não acabe se transformando apenas em uma estética de retrocesso” TIM HOEY, GUITARRISTA DO CUT COPY

qual fazem parte bandas como Tame Impala, Pond e Presets (as duas primeiras tocam em novembro no Brasil). “Conhecemos alguns dos caras dessas bandas, e eles são todos grandes artistas. Sempre houve uma forte cena australiana, mas com a internet é mais fácil encontrar uma au-

diência em outros países” explica Hoey. Entre suas bandas locais favoritas, ele cita HTRK, Standish/Carlyon, Turkish Prison, Twerps e Jagwar Ma. Outra referência no som da banda é a forte influência dos anos 1980, muito presente na cena indie da década passada. “Isso tem muito

a ver com os instrumentos que usamos. Sintetizadores e música pop são identificados como um produto dos anos 1980. Foi quando esse tipo de música estava no seu auge”, diz Hoey. Ele enfatiza no entanto que essa influência está mais nas melodias, apenas um dos aspectos da gravação. “A produção e a composição precisam parecer contemporâneas, para que tudo não acabe se transformando apenas em uma estética de retrocesso.” Em relação ao futuro, ele

conta que os integrantes da banda estão preparando novos projetos, mas não quis entrar em detalhes. “Eles não são necessariamente relacionados ao Cut Copy, mas precisamos terminar de trabalhar neles antes que eu possa falar mais”, despista. METRO Serviço No Audio Club (av. Francisco Matarazzo, 694, Água Branca; tel.: 2027-0777). Hoje, às 22h. De R$ 140 a R$ 240.

O Metro indica

Show

Djavan. O cantor e compositor faz os shows de lançamento do CD e DVD “Rua dos Amores Ao Vivo”, onde canta novas faixas, além de seus sucessos, como “Flor de Lis” e “Samurai”. No Citibank Hall (av. das Nações Unidas, 17.955, Santo Amaro; tel.: 4003-5588). Hoje e amanhã, às 22h. De R$ 70 a R$ 240. Fiorella Mannoia. Conhecida como a Diva da Música Italiana, a cantora e compositora faz sua primeira apresentação no país, como parte da turnê de lançamento do disco “SUD”. No Auditório Ibirapuera (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Ibirapuera; tel.: 3629-1075). Hoje, às 21h. R$ 20.

TV

‘Arte 1 Em Movimento’. A revista semanal de cultura, ancorada na Pinacoteca do Estado de São Paulo, terá uma edição apresentada dos corredores do Museu D’ Orsay (dia 8 de junho) e outra do Palais de Tokyo (dia 15 de junho), ambas em Paris, na França. No Canal Arte 1. Dom., às 23h.

Exposição

‘Acessos’. A mostra de Carlos Dias exibe sua produção recente de pinturas e vídeos, onde o acúmulo e a sobreposição de camadas visuais são aglutinadas de forma intuitiva e frenética. Na Galeria Logo (r. Artur de Azevedo, 401, Pinheiros; tel.: 3062-2381). Abre amanhã. Ter. a sex., das 11h às 19h; sáb., das 11h às 18h. Grátis. Até 9/8. ‘A Inusitada Coleção de Sylvio Perlstein’. A mostra apresenta 150 obras da coleção particular do colecionador belga-brasileiro, de trabalhos de artistas como Salvador Dalí, Marcel Duchamp, Joan Miró, Henry Cartier-Bresson, entre muitos outros. No Masp (av. Paulista, 1.578, Cerqueira César; tel.: 3251-5644). Abre hoje. De ter. a dom., das 10h às 18h; qui., das 10h às 20h. R$ 15. Até 10/8.

Dança

‘Abedo’. Inspirado nos estudos do psicólogo e analista junguiano James Hillman, a Companhia de Dança Maurício de Oliveira & Siameses apresenta um espetáculo que explora o momento de transformação do indivíduo. No Sesc Consolação (r. dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque; tel.: 3234-3000). Estreia hoje. Sex. e sáb., às 21h; dom., às 18h. R$ 30. Até 15/6. ‘Roda de Pólvora’. A Companhia de Danças, de Claudia Souza, apresenta um espetáculo que envolve uma intensa pesquisa sobre o samba e a cultura popular brasileira. No CCSP (r. Vergueiro, 1.000, Vergueiro; tel.: 3397-4002). De hoje a domingo, às 21h. Grátis.


22

CULTURA

Pulp

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Fiction VICENT VEGA (JOHN TRAVOLTA) Vicent seria irmão de Victor Vega, personagem de Michael Madsen em “Cães de Aluguel”. Tarantino chegou a planejar um longa com os dois, “The Vegas Brothers”.

JULES WINNFIELD (SAMUEL JACKSON) Citação bíblica? Tudo balela. O texto declamado por Jules foi tirado de um filme de Sonny Chiba, chamado “Karate Kiba”, de 1976. Chiba, um dos ídolos de Tarantino, apareceria futuramente na primeira parte de “Kill Bill” Vicent sabe bem que Quarteirão com Queijo se chama Royale com Queijo em Paris. E essa explicação foi eleita pela revista “Premiere” como a 81a melhor fala da história do cinema.

BUTCH COOLIDGE (BRUCE WILLIS) A marquise do local da luta de boxe anuncia: “Vossler vs Martinez”. Nada de Pesos Pesados. Esses são os nomes de dois amigos de Tarantino da época em que ele trabalhava numa vídeolocadora, Russel Vossler e Jerry Martinez.

MIA WALLACE (UMA THURMAN) A cena da seringa na verdade foi filmada ao contrário, com o filme sendo projetado em reverso na montagem.

Martelo, um bastão de beisebol, uma motosserra... Butch decide mesmo é salvar Marsellus com uma poderosa espada katana.

O milk shake de U$5: Corte uma fava de baunilha e raspe as sementes. Junte 500g de creme de leite integral, 3 bolas de sorvete de baunilha, 1 colher (sopa) de leite em pó maltado e bata tudo no liquidificador. Decore com chantili.

MARSELLUS WALLACE (VING RHAMES) O band-aid usado no pescoço do personagem não foi uma escolha intencional do diretor, mas acabou sendo usado após o ator ter se cortado ao raspar a cabeça.

JIMMIE DIMMICK (QUENTIN TARANTINO) E MR WOLF (HARVEY KEITEL) Algumas das cenas que o personagem de Tarantino aparece foram dirigidas por Robert Rodriguez, não creditado.

Um dos grandes mistérios do filme está relacionado ao conteúdo da mala e uma teoria muito discutida diz que seria a alma de Marsellus. Porém, o diretor já a desmentiu: “Pode ser qualquer coisa que o espectador quiser”.

HONEY BUNNY & PUMPKIN (TIM ROTH E AMANDA PLUMMER) Os papeis foram criados com a dupla de atores em mente.

Som na caixa Expert em criar trilhas sonoras primorosas, Tarantino recuperou hits neste filme, como “Girl, You’ll Be a Woman Soon”, com Urge Overkill, “Let’s Stay Togheter”, de Al Green, e a guitarreira “Miserlou”, de Dick Dale.

O Chevelle Malibu 1964 usado no filme pertencia ao diretor, e foi roubado após as filmagens. O veículo só foi encontrado em 2013, quase 20 anos depois, na região da baía de São Francisco, nos EUA.

Big Kahuna Burger Os hambúrgueres da rede aparecem também em outros filmes de Tarantino, como “Cães de Aluguel”, “À Prova de Morte”, e seu episódio de “Grande Hotel”.

Red Aplle A marca fictícia de cigarros também pode ser vista em “Um Drink No Inferno”, “Grande Hotel”, “Kill Bill Vol. 1” e até em “Bastardos Inglórios”.

CHUCK BERRY EM 11 PASSOS A dança entre os personagens de Travolta e Thurman no Jack Rabbit Slims é copiada de uma cena do clássico “Oito 1/2”, de Federico Fellini, entre Barbara Steele e Mario Pisu

291 PALAVRÕES 6 MORTES SÃO USADOS DURANTE O FILME

(1 POR JULES, 1 POR VICENT, 1 POR AMBOS E 3 POR BUTCH)

FOTOS: REPRODUÇÃO

Fatos e curiosidades para lembrar os 20 anos do clássico filme de Quentin Tarantino

25 TIROS

SÃO DISPARADOS (7 POR JULES, 4 POR VICENT, 10 POR BUTCH E 4 POR MARSELLUS)

PRÊMIOS

ESNOBADO PELO OSCAR – VENCEDOR APENAS COMO MELHOR ROTEIRO ORIGINAL –, “PULP FICTION” CONQUISTOU CANNES E LEVOU A PALMA DE OURO, EM MAIO DE 1994.

DE NOVO NOS CINEMAS! A rede Cinemark vai exibir o longa em três sessões, amanhã, às 23h55; dom., às 12h30; e qua., às 19h30. O ingresso custa R$ 14. Veja quais salas estarão disponíveis no site cinemark.com.br.


|24|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

OER recebe João Bosco Grátis. Músico toca com a Orquestra Experimental de Repertório no Auditório Ibirapuera

Apresentação de Bosco acontece na área externa do Auditório | DIVULGAÇÃO

Após shows de Jards Macalé e Bobby McFerrin, na semana passada, agora é a vez de João Bosco se apresentar na área externa do Auditório Ibirapuera. O músico é o convidado especial da Orquestra Experimental de Repertório (OER), quando dois grandes

compositores brasileiros serão homenageados: Heitor Villa-Lobos (1887-1959), em “Bachianas Brasileiras N. 4”, e o centenário de César Guerra-Peixe (19141993), com “Suíte Sinfônica N. 2 Pernambucana”. O concerto terá a regência do maestro Cláudio Cruz.

Já o violonista e compositor João Bosco, que comemora 40 anos de carreira, assume o violão para interpretar junto com a Orquestra alguns de seus maiores sucessos, como “Jade” e “Caça à Raposa”, “Quando o Amor Acontece”, “Corsário”, “Moral da História”,

“Eu Não Sei Seu Nome Inteiro” e “Sinhá”. METRO Serviço No Auditório Ibirapuera – Área externa (av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Ibirapuera; tel.: 3629-1075). Dom., às 11h.

#colunaregram POR ALEXANDRA FARAH (@ALEFARAH)

Mandioca (ou aipim ou macaxeira) é a raiz da moda. Entre seus poderes está o de limpar o sangue e, como não contém glúten, passou a ser usada até em regimes de emagrecimento e detox. Alex Atala, mais importante chef brasileiro, serviu mandioca no jantar da francesa @tatinger, o champagne oficial da Copa do Mundo.

@alexatala #mandioca

Rasgar a anágua e revelar a roupa íntima nunca esteve tão em alta. A marca Giuliana Romano faz lingeries elaboradas que dão um show tanto por dentro quanto por fora da roupa. O body usado por Fabiana Delfim, filha de Delfim Neto e sócia de Giu Romano, é hit ao lado dos sutiãs geométricos.

@giulianaromano #lingerie

Look sensação da semana é o de Rihanna, que foi receber o prêmio de Ícone da Moda de 2014, concedido pelo CFDA, vestida de... Vestida? @ adamseldam, estilista favorito da cantora, bordou sobre tecido transparente mais de 230 mil cristais. Um a um. Por baixo, apenas a micro calcinha cor-da-pele.

@modaenegocios #bandnewstv

@adamselman #swarovski

Elas chegam a ter 2 milhões de seguidores no Instagram com seus #lookdodia e tutoriais de make. @ garotasestupidas, @kadudantas, @ camilacoelho e, na foto comigo, @diadebeaute nos contam os segredos de sucesso por trás de seus blogs. As entrevistas vão ao ar diariamente, na próxima semana, na BandNews TV.

Alexandra Farah é jornalista e colunista da revista Vogue e do Moda e Negócios, exibido ao vivo às segundas, quartas e sextas, às 21h45, na BandNews TV


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

|27|◊◊

Dias de teatro

2

Veja cinco peças selecionadas pelo Metro Jornal que estreiam neste fim de semana e faça a sua programação para não perder alguns dos melhores espetáculos da cidade

1 ‘Verbo’

Monólogo com Michelle Gonçalves mostra uma mulher reconstituindo os acontecimentos em torno de uma discussão que teve com seu marido ao descobrir que estava sendo traída. No Sesc Pinheiros (r. Paes Leme, 195, Pinheiros; tel.: 3095-9400). Sex. e sáb., às 20h30. R$ 25. Até 12/7.

METRO SÃO PAULO

4

‘Retratos Falantes’

‘A Gira da Rainha’

A peça conta com dois monólogos escritos em 1987 pelo autor inglês Alan Bennett. O primeiro, estrelado por Zécarlos Machado, é “Brincando com Sanduíche”. Na sequência, “Fritas no Açúcar”, com Brian Penido. No Tuca Arena (r. Monte Alegre, 1.024, Perdizes; tel.: 3670-8453). Estreia hoje. Sex. e sáb., às 22h; dom., às 19h. R$ 50. Até 6/7.

A Fraternal Companhia de Arte e Malas-Artes estreia o espetáculo na praça da Luz, no Bom Retiro e, até o dia 12 de outubro, vai visitar outros parques da cidades, como o Ibirapuera, Independência e Aclimação. As encenações acontecem sempre aos domingos, às 11h, e são gratuitas.

Zécarlos em cena | DIVULGAÇÃO

3

‘Amor de Improviso’ A Cia. Elevador de Teatro Panorâmico faz sete apresentações, de hoje ao dia 15, do espetáculo que coloca a cada dia um novo jogo de cena, abrindo novas experiência, tanto para os atores quanto para o público. No Sesc Ipiranga (r. Bom Pastor, 709, Ipiranga; tel.: 3340-2000). Qui. a sáb., às 20h30; dom., às 18h30. R$ 12.

Espetáculo é gratuito | DIVULGAÇÃO

5 ‘Parada de Rua’

O Grupo Lume Teatro apresenta uma parada que rompe o espaço e faz suas intervenções poéticas com uma procissão de fanáticos, uma banda militar, um grupo de ciganos, ou simplesmente atores-músicos. No Sesc Campo Limpo (r. N. S. do Bom Conselho, 120, Campo Limpo; tel.: 55102700). Dom., às 10h30. Grátis.


|28|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Greve dos metroviários Mais uma vez São Paulo viveu um verdadeiro caos, e com direito a recorde de trânsito pela manhã. Toda semana é um novo problema que o cidadão precisa enfrentar, dessa vez foi a falta de trens do Metrô, como anunciou o Metro Jornal ontem na reportagem “Metroviários iniciam greve e SP deve parar”. Todo trabalhador deve lutar por seus direitos, mas infelizmente a população está sendo prejudicada.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

FEIJOADA VEGETARIANA

Cruzadas

HENRIQUE SAMPAIO - SÃO PAULO, SP

Palmada

INGREDIENTES ½ kg de feijão preto 1,5 litro de água (aproximado) 2 folhas de louro Refogado: 2 colheres (sopa) de óleo 4 dentes de alho picados 1 cebola picada 200g de carne de soja (pedaços) 1 xícara (chá) de chuchu (cubos) 1 xícara (chá) de nabo (cubos) 1 xícara (chá) de cenoura (cubos) 200g de salsicha de soja 200g de tofu em cubos (firme) 1 xícara (chá) de cheio verde picado (cebolinha + salsa) Vinagrete: 2 colheres (sopa) de óleo 1 xícara (chá) de berinjela em cubos pequenos Suco de 1 limão ½ xícara (chá) de vinagre branco

Como mãe, fico aterrorizada quando algumas pessoas defendem as “palmadinhas” na hora de educar os filhos. Gostei de ver que medidas estão sendo tomadas contra essa costume que é antiga, como informou o Metro Jornal ontem na reportagem “Lei da Palmada é aprovada no Senado”. Porém há falhas, o texto deve ser muito bem analisado e reformulado, pois não especifica quais tipos de castigos vão contra a segurança da criança e adolescente.

½ xícara (chá) de água 1 pimenta dedo de moça picada Verdura refogada: 2 colheres (sopa) de óleo 2 dentes de alho fatiados 100g de carne de soja seca (cubos) ½ maço de acelga chinesa

JULIANA CARDOSO - SÃO PAULO, SP

www.metrojornal.com.br

Farofa vegetariana: 2 colheres (sopa) de óleo ½ xícara (chá) de escarola picada 1 xícara (chá) de beterraba em cubos (aferventada) 2 xícaras (chá) de pimentão em cubos (vermelho e verde) ½ xícara (chá) de uva passa preta e sem caroço ¼ xícara (chá) de conhaque 1 xícara (chá) de farinha de milho branca e flocada Sal e molho de pimenta a gosto

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE? Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial.  Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro.

Modo de Preparo: Lave o feijão em água corrente, coloque em uma vasilha, cubra com água e deixe de molho de véspera. No dia seguinte coloque o feijão e a água em que estava de molho em uma panela de pressão e cozinhe com as folhas de louro por 20 minutos em fogo brando ou até que comecem a ficar macios. Para o refogado: em uma panela aqueça o óleo e frite o alho e a cebola. Coloque a carne de soja seca e cozinhe em fogo brando por 3 minutos para que ela hidrate e fique macia. Então coloque os chuchus, os nabos, as cenouras e o restante dos ingredientes. Depois de refogar tudo junto por 5 minutos transfira para a panela de feijão e continue cozinhando em fogo bem baixo. Para a verdura refogada: refogue em uma panela o alho, coloque a carne de soja previamente hidratada em água e em seguida escorrida, acrescente a acelga, acerte o sal e reserve. Para a farofa: aqueça o óleo em uma panela e salteie a escarola, a beterraba e os pimentões por 5 minutos. Acrescente as passa previamente embebidas no conhaque, misture, coloque a farinha, envolva tudo e reserve. Monte um prato bem caprichado.

Para falar com a redação:

leitor.sp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Originalidade é o que fará diferença na maneira de resolver alguns assuntos profissionais. Tendências a obter bons conhecimentos.

Regente de seu signo, o Sol faz bom aspecto com Urano, o que favorece decisões para projetos e um desprendimento de certos padrões.

Período especial para organizar assuntos domésticos e esclarecer pendências com familiares. Valorize mais pesquisas antes de gastos.  

Situações ligadas a finanças ou a projetos materiais terão possibilidades de êxito ou boas novidades diante de algo que esperava.

Seja atento para que seu senso crítico não provoque mal entendidos ou conversas desnecessárias diante das relações.

Será essencial diplomacia e compreensão com as diferenças, caso a comunicação junto a pessoas de vínculo afetivo estiver mais difícil.

Seja mais precavido com a organização de compromissos para não ter imprevistos com assuntos cotidianos e junto às suas relações.  

Seu senso de solidariedade estará acentuado para alguma causa coletiva ou mesmo na ajuda à pessoas que gosta.    

O bom aspecto do Sol com Urano – regente de seu signo – favorece sua criatividade profissional. Estará mais direto nas relações.

Uma mudança na maneira de conduzir assuntos será importante para esclarecer aqueles que parecem estagnados em seus relacionamentos.

Tendências a repensar interesses que não têm acontecido da maneira como gostaria ou na velocidade que desejava.

Dedique momentos para retomar interesses que façam bem às suas emoções, seja com lazer, diversões, crenças ou aptidões.

Soluções


www.metrojornal.com.br

{EDITORIA}

|31|◊◊


3 ESPORTE Quem chega hoje

No Brasil

1

Holanda chega de manhã no Rio. Time treinará na cidade

2

Itália chega pela manhã no Rio e vai para Mangaratiba, onde ficará

3

Bósnia desembarca em São Paulo e segue para o Guarujá

4

Costa do Marfim aterrissa em São Paulo e vai para Águas de Lindoia

|32|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

O último ‘café com leite’ No Morumbi. Seleção encerra hoje série de amistosos antes da Copa do Mundo. Estreia no Mundial é na quinta-feira, no Itaquerão A Seleção Brasileira faz hoje, às 16h, no Morumbi, o último jogo antes da Copa do Mundo. Depois de encarar a Sérvia, começará, de fato, o Mundial. Na quinta-feira, a equipe estreia na competição diante da Croácia, no Itaquerão. E, para hoje, o técnico Luiz Felipe Scolari não espera moleza: “O treinador quer jogar contra equipe mais fraca, sem risco de lesão. Queríamos ter jogado com a Sérvia na semana passada, mas não conseguimos. A Sérvia marca de uma forma viril, vamos ter que ter cuidado”, disse. A equipe de hoje deve ser a mesma da estreia na Copa. A única dúvida é no meio de campo, entre Oscar e Willian. O camisa 11 foi liberado para acompanhar o nascimento da filha Júlia em Campinas, ontem. Por isso, Willian treinou como titu-

lar antes do amistoso e tem chances de ir a campo. Ele foi um dos destaques e fez um gol na vitória sobre o Panamá na terça-feira – por 4 a 0, em Goiânia. A presença de Oscar dependerá de uma conversa entre ele e Felipão. Em princípio, o camisa 11 será titular. Paulinho e Thiago Silva, que foram poupados do amistoso contra os panamenhos, voltam ao time. Ainda falta O duelo de hoje – que promete dificuldades de acesso para o torcedor que vai ao BRASIL Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Willian); Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari • •

Morumbi por conta de protestos (leia mais na página 6) – servirá para Felipão dar os últimos ajustes à equipe já mirando a estreia na Copa do Mundo. “Temos que melhorar a bola parada a favor e contra, o posicionamento em jogadas de escanteio que não estão saindo os gols que desejamos”, disse Scolari. “Falta aquele sincronismo de movimentos. É isso que vamos trabalhar até o jogo da Croácia. Trabalho tático já evoluiu bastante, estamos quase prontos”, afirmou. METRO SÉRVIA Stojkovic; Basta, Ivanovic, Mitrovic e Kolarov; Gudej, Matic, Tadic, Tosic e Markovic; Dordevic. Técnico: Ljubinko Drulovic

Estádio. Morumbi, às 16h Transmissão. Rede Verde e Amarela (Rádio Bandeirantes, BandNews FM e Bradesco Esportes FM), Globo, SporTV

Meia Willian pode ganhar chance entre os titulares | WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

Itaquerão

Abertura da Copa terá 61 mil lugares

Felipão quer apoio da torcida no Morumbi | ARMANDO PAIVA/FOTOARENA

Felipão. ‘É hora de mudar a história em São Paulo’ São Paulo, historicamente, é território “hostil” para a Seleção Brasileira. Mas para o técnico Luiz Felipe Scolari, o cenário deve ser diferente hoje, contra a Sérvia, no último amistoso antes da Copa do Mundo. “Quando se escolhe o local para jogar antes da Copa e, seis dias depois, a Copa, é porque temos confiança que esse torcedor vai nos ajudar a superar as dificuldades. Se a história diz que São Paulo é arredia com a Seleção, é hora de mudar a história”, afirmou o comandante. “Vamos fazer de São Paulo nossa casa a partir de agora”, completou Scolari, ex-técnico do Palmeiras, que vai estrear na cidade com a

Seleção Brasileira. “Serei bem mais flexível a uma ou outra situação de desconforto que possa ocorrer. Sei que tenho bom ambiente em todas as equipes em São Paulo”, disse. Ambiente melhor que 2002 Treinador do pentacampeonato, em 2002, Felipão afirmou que o ambiente de 2014 é ainda melhor. “São características diferentes, mas esse ambiente é muito sadio e interessante que não vi em outros clubes e seleções. Um ambiente de amizade pura, brigando por posição, mas respeitando o colega. É um dos melhores que vi em toda minha vida”, afirmou. METRO

Em vez dos 68 mil lugares previstos, a abertura da Copa, quinta-feira, entre Brasil e Croácia, terá 7 mil pessoas a menos. “Temos que diferenciar a capacidade bruta, da capacidade líquida. Falamos em 66 mil brutos, mas tinha que tirar assentos mortos, sem visão, e outras questões. A conta final ficou em 61 mil”, disse o diretor de marketing e ingressos da Fifa, Thierry Weil. METRO Ranking

Seleção sobe para o 3º lugar O Brasil subiu uma posição no ranking da Fifa. Divulgada ontem, a listagem mostrou a Seleção no 3º lugar. A Espanha segue na liderança, com a Alemanha em 2º. Portugal (4º), Argentina (5º), Suíça (6º), Uruguai (7º), Colômbia (8º), Itália (9º) e Inglaterra (10º) completam as dez primeiras posições. Rival do Brasil na estreia da Copa, a Croácia ocupa a 18ª posição. METRO


|34|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

“Depois de enfrentar o Brasil de Ronaldo, Ronaldinho, Adriano e Kaká, na Copa de 2006 [o Brasil venceu por 1 a 0], não sinto mais medo.” Foi assim que o goleiro croata Stipe Pletikosa, rival brasileiro na estreia do Mundial, dia 12, no Itaquerão, mostrou não estar muito preocupado com o poderio ofensivo da equipe de Luiz Felipe Scolari. Além disso, o jogador da Croácia contou que a equipe já foi informada pelo técnico Niko Kovac sobre o que fazer para neutralizar as ações brasileiras na estreia. “Sabemos que o Brasil pressiona no começo, tenta resolver a partida rapidamente, por isso estamos preparando uma defesa em bloco para tentar segurar no início. Além disso, a pressão está sobre eles e podemos surpreender. Tenho um bom pressentimento sobre este jogo”, completou. O treinador Novac também acha que seu time pode fazer um bom papel no Mundial: “Acho que vamos lutar pela segunda posição do grupo, mas podemos ir além.” A Seleção Croata já está em solo brasileiro. Após treinos ontem, a equipe faz um amistoso hoje, às 20h, contra a Austrália, no estádio de Pituaçu, em Salvador. METRO

Amistosos HOJE Lokomotiv, Rússia 11h

X RÚSSIA

MARROCOS Mainz, Alemanha 15h45

X ALEMANHA

ARMÊNIA

Buenos Aires, Argentina 20h

Rival da abertura. Goleiro da Croácia diz que, depois de enfrentar o ‘quadrado mágico’ do Brasil em 2006, não teme o atual ataque da Seleção

X COLÔMBIA

JORDÂNIA Salvador, Brasil 20h30

X

CROÁCIA

AUSTRÁLIA

Tampa, Estados Unidos 20h30

X JAPÃO

ZÂMBIA

Nova York, Estados Unidos 21h

X GRÉCIA

BOLÍVIA

Filadélfia, Estados Unidos 21h

X

IRLANDA

COSTA RICA

Boston, Estados Unidos 21h30

X

MÉXICO

PORTUGAL

‘Não temos mais medo do Brasil’ Goleiro croata Stipe Pletikosa mostrou não estar muito preocupado com o ataque brasileiro | MICHAEL REGAN/GETTY IMAGES

Certeza de um final feliz Às 17h de ontem, exatamente a uma semana do ponta-pé inicial de Brasil e Croácia, o jogo inaugural do Mundial, no Itaquerão, a Copa entrou em ritmo de contagem regressiva. Em entrevista que reuniu o presidente da Fifa, Joseph Blatter, o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, o ministro do Esporte, Aldo Rebello, e o presidente da CBF e do COL, José Maria Marin, em São Paulo, o clima era de otimismo em relação ao desfecho do evento. Nem parecia que há alguns anos Valcke e Rebello

bateram boca depois que o francês disse que “os brasileiros precisavam levar um pontapé no traseiro para se mexer”. “Estamos confiantes, tudo está sob controle, ainda que só no dia 13 de julho, depois de encerrada a final, é que poderemos fazer uma avaliação melhor”, disse Valcke ao Metro Jornal. “Por enquanto, estamos confiantes”, disse Blatter, ao seu lado. “Há quatro anos, na África do Sul, muita gente também dizia que haveria problemas e, no final, foi um grande Mundial. Estou

otimista que o mesmo acontecerá no Brasil.” Perguntado sobre os custos elevados da organização, Rebello rebateu o argumento de que a Copa foi bancada com dinheiro público. “O que o governo fez foi emprestar dinheiro para a construção dos estádios”, disse ele ao Metro Jornal. “Os cerca de R$ 27 bilhões que foram gastos são pequenos comparados aos R$ 300 bilhões que governo paga de juros sobre a sua dívida. O que importa é que vai ter Copa no Brasil e ela será uma festa inesquecível.” METRO

Sempre ele. Balotelli ‘vira’ Cristo Redentor

Atacante da Itália brinca com cartão postal do Rio REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

Principal nome da Seleção Italiana na Copa do Mundo, Mario Balotelli virou o “Cristo Redentor”. Em seu Instagram, o atacante do Milan postou uma imagem como se ele fosse o ponto turístico do Rio de Janeiro. E escreveu: “Brasil, aqui vamos nós.” Na primeira fase, porém, a Itália não jogará no Rio. METRO


36

ESPORTE

Aos 22 anos, Neymar chega à Copa com a missão de ser o cabeça do Brasil

Na Seleção

63 jogos

45 gols

Os números incluem jogos e gols pelas equipes sub-17, sub-20 e olímpica do Brasil

Ele é o cara. De novo Robinho a esperança do Brasil, Neymar é o comandante dentro de campo

‘Ousadia e

Alegria’ No duelo com Messi, em 2011, levou a pior e perdeu por 4 a 0. Hoje, vestem a mesma camisa

Pelé tinha 17 anos quando o Brasil foi campeão da Copa do Mundo de 1958, na Suécia. Neymar tem 22 e vai disputar seu primeiro Mundial. Em comum? O fato de vestirem a camisa 10, serem os craques precoces e carregarem, nos pés e no coração, a esperança de um país inteiro. E, claro, o fato de terem sido revelados no Santos Futebol Clube. Mas nem tudo na vida de Neymar foi ousadia e alegria, palavras que o craque adotou como lema pessoal. Nem mesmo teve início nos campos de futebol. Filho de um esforçado ponta-direita, de quem herdou o nome Neymar - o pai, hoje, é seu empresário - o jogador do Barcelona nasceu em Mogi das Cruzes,

O ata fanta cante é f ã s Villag iou de Q do seria d u rán, que d ico e tiet o ‘Chave s o eu vi da ao u o ator C ’. Ele já se arlos perso nage m, em 2013

Desde menino, foi destaque na base do Peixe

Há quem diga que Neymar era palmeirense na infância. Será?

interior do de São Paulo, em 5 de fevereiro de 1992. Ficou por três anos na cidade antes de se mudar para Várzea Grande, no Mato Grosso, para onde a família migrou por causa da transferência de seu Neymar pa-

ra o Operário. Passados mais três anos, o futuro astro desembarcou em São Vicente com a família. E ali, na Baixada Santista, começaria sua história como jogador. Um dia, seu pai disputava uma partida. Sozinho na

arquibancada, o menino Neymar corria de um lado para o outro. E chamou a atenção de Roberto Antonio do Santos, o Betinho, que anos antes havia descoberto Robinho. Conversa vai, conversa vem, e o futuro craque da Seleção foi parar nas quadras do Clube de Regatas Tumiaru. De lá, foi para o Gremetal (Grêmio Recreativo dos Metalúrgicos de Santos) até chegar à Portuguesa Santista, onde começou no futebol de campo. Em 2004, finalmente, chegou ao Santos. O raio que caiu novamente na Vila Belmiro se encarre-


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

ESPORTE

37

0 3 2 138 s jogo

O jogador sofreu uma lesão no pé esquerdo em abril, pelo Barcelona. Foi uma das poucas em sua carreira

Mamãe querida Esse Azimut 78 abaixo é idêntico ao de Neymar

Nos s be clu u pouco

as o fico mar eixe, m er o y e N no P s o para -Pelé p e t m n te ficie o pós su ilheir rt or a mai

tos n a S sil Bra 2013)

gols

9(200

Caras, bocas, cabelos e tatuagens...

O craque da Seleção Brasileira é proprietário de um iate, comprado em 2012 pela fortuna de R$ 15 milhões. O modelo é um Azimut 78 que foi batizado de “Nadine”, nome da mãe do atacante

A bela da fera

A vida de Neymar é um livro aberto. O atacante é usuário assíduo do Instagram e vive postando imagens com amigos e frases de efeito. Cabelos variados, tatuagens, caretas são frequentes na rede social

Em família

Bruna Marquezine fará 19 anos em agosto

Entre idas e vindas, o namoro de Neymar com a atriz Bruna Marquezine está firme e forte. A bela já marcou presença na Granja Comary, onde a Seleção Brasileira está concentrada para a Copa, e ficou junto do camisa 10 Em fevereiro de 2013 foi chamado de ‘O próximo Pelé’ pela revista ‘Time’

gou de mostrar que Neymar seria ainda melhor do que Robinho, seu ídolo de infância. No clube em que brilhou Pelé, Neymar teve luz própria a partir de 2009, quando estreou no time profissional. Com muitos dribles, ousadia e, principalmente, alegria em jogar, levantou cinco taças no Peixe: três estaduais (2010, 2011 e 2012), uma Co-

pa do Brasil (2010) e uma Libertadores (2011). No ano em que conquistou a América, ele começou a vislumbrar o mundo. Participou da derrota do Santos para o Barcelona na Copa do Mundo de Clubes da Fifa. Começaria ali o namoro com o time espanhol, para onde se transferiu no meio do ano passado para fazer história. METRO

Nascido em 24 de agosto de 2011, Davi Lucca é presença frequente no Instagram do papai Neymar. O menino mora com a mãe, Carolina Dantas, no Brasil, mas vira e mexe está em Barcelona com o jogador

45

s jogo

a lon e c Bar panha ) Es e 2013

17

gols

d (des

Enquanto espera o início da Copa, Neymar tenta controlar a ansiedade


|38|

{ESPORTE}

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

São Paulo corre para reforçar a defesa no recesso Pelo São Paulo, entre 2012 e 2013, Toloi fez 41 jogos e anotou um gol | RAFAEL NEDDERMEYER/FOTOARENA

Fecha a casinha. Muricy quer zagueiro e volante para estrearem no retorno do Brasileirão. Tricolor tem a terceira pior defesa Muricy Ramalho espera as chegadas de um volante e um zagueiro para reforçar o elenco no período de paralisação do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. No reinício da competição, marcado para 16 de julho, o Tricolor joga contra o Bahia, em Salvador. O setor defensivo é o que mais preocupa o técnico. Apesar da 4a colocação, o São Paulo sofreu 12 gols em nove partidas – mesmo número de Botafogo e Atlético-PR. Pior que eles estão apenas os lanternas: Flamengo, com 13, e Figueirense, 14. O principal nome para reforçar a zaga é de um velho e querido conhecido da torcida são-paulina: Diego

Lugano. Muricy, porém, já declarou que preferia esperar a Copa do Mundo para ver em quais condições o capitão da Seleção Uruguaia, de 33 anos, se encontra. A direção e o próprio jogador também não se mostraram favoráveis a um acordo neste momento. Com o entrave, Rafael Toloi voltou a ser uma solução. O zagueiro está emprestado até o fim deste mês à Roma, e o italiano clube tem até 14 de junho para comunicar se pagará os R$ 17 milhões pedidos pelo Tricolor para ficar em definitivo com o atleta. Caso o time europeu prefira não ficar com jogador, Muricy já solicitou que ele seja reintegrado ao elenco. METRO

Corinthians. Paraguaio Romero assina por 5 anos O atacante Ángel Romero terá um contrato longo com o Corinthians: cinco anos. Contratado junto ao Cerro Porteño, o paraguaio de 22 anos custou cerca de R$ 6,7 milhões ao grupo de investidos que o colocou no alvinegro. Apesar de habilidoso e veloz, o jogador também sabe atuar como centroavante, mais fixo na área. METRO Sobre a Arena

Romero estava no Cerro Porteño | REPRODUÇÃO

Santos

Nobre: ‘Quero esse presente’

Arouca aprova desempenho

Paulo Nobre espera que o Allianz Parque seja concluído ainda neste ano, a tempo de participar das comemorações do centenário do Palmeiras: “Não posso me comprometer com algo que não está sob a responsabilidade do Palmeiras. O que posso dizer é que, como torcedor, espero esse presente. Não vejo a hora de o Palmeiras voltar a jogar em casa.” METRO

Com 14 pontos, dois a menos do que o São Paulo, 4o colocado, o volante Arouca acredita que o Santos vai voltar mais forte após a parada: “Conquistamos o objetivo, que era nos aproximar do G-4. Agora, teremos tranquilidade para trabalhar durante a parada. A torcida espera que a equipe brigue na parte de cima da tabela. Mostramos que temos condições.” METRO


|40|

{ESPORTE}

Grito de alívio Castroneves venceu a última etapa, em Detroit | NICK LAHAM/GETTY IMAGES

Fórmula Indy. Categoria chega ao Texas A Fórmula Indy cumprirá sua oitava etapa da temporada no circuito oval do Texas, nos Estados Unidos. A corrida acontece amanhã, às 22h, e tem transmissão do canal BandSports. Vencedor da última etapa, na semana passada, em Detroit, o brasileiro Helio Castroneves, da Penske, é o segundo colocado na classificação geral, com 307 pontos, 19 atrás do australiano Will Power, seu companheiro de equipe. METRO

Tênis. Maria Sharapova vira jogo sobre canadense e vai à final em Roland Garros. Semifinais do masculino ocorrem hoje Sharapova vibra após 2h27 de partida | DIVULGAÇÃO/FFT

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

De um lado, a experiência. Do outro, um talento em ascensão. Maria Sharapova sofreu, mas avançou à final de Roland Garros ontem, em Paris, ao derrotar a canadense de apenas 20 anos Eugenie Bouchard. A russa perdeu o primeiro set, mas conseguiu virar o jogo e venceu por 2 sets a 1 (4/6, 7/5, 6/2). Com a vitória, ela chegou à sua terceira final do torneio. No saibro, a partida foi marcada por sucessivos erros de ambos os lados: 83, ao total. O equilíbrio de Sharapova, contudo, se sobrepôs ao cansaço mental de Eugenie, fruto de 2h27 de combate. Sharapova vai disputar a final com Simona Halpe -que fará sua primeira decisão em um Grand Slam. Se não conseguiu superar a russa, Eugenie provou que pode ser o futuro do tênis feminino. A canadense foi a mais jovem semifinalista de Roland Garros em cinco anos. Semifinais Na chave masculina, as semifinais ocorrem hoje. Novak Djokovic enfrentará Ernests Gulbis, às 8h. Às 11h, Rafael Nadal encara o britânico Andy Murray. O BandSports transmite os dois jogos. METRO

Fórmula 1

‘Podemos fazer bem melhor’, diz Felipe Massa Apesar de estar satisfeito na nova casa, a Williams, o brasileiro Felipe Massa não está contente com os resultados que obteve na temporada até aqui: “Não tivemos grandes resultados até agora. Deveria ser melhor do que foi até agora. Não tive boas corridas. Tenho certeza que podemos fazer muito melhor.” Neste final de semana, Massa tem mais uma oportunidade de mostrar o seu valor: o GP do Canadá. A largada está prevista para às 15h de domingo. METRO

Massa tem apenas 18 pontos

20140606_br_metro sao paulo  
20140606_br_metro sao paulo  
Advertisement