Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

RENASCIDO, IRA! FAZ SHOW EM BRASÍLIA EDGARD SCANDURRA E NASI TRAZEM ‘NÚCLEO BASE’ PARA O PROJETO ‘CAPITAL DO ROCK’, QUE TAMBÉM TERÁ FREJAT PÁG. 13 BRASÍLIA Sexta-feira, 6 de junho de 2014 Edição nº 518, ano 3 MÍN: 14°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Governo ‘caça’ 300 mil famílias na miséria Invisíveis. O número, divulgado ontem, faz parte do balanço do terceiro ano do ‘Brasil sem Miséria’, programa destinado a erradicar a pobreza extrema no país. Esse grupo segue invisível para o Estado brasileiro e não participa de qualquer programa social do governo PÁG.02

REDE DE VIGILÂNCIA Câmeras do GDF e do Ministério da Justiça vigiarão ruas e pontos turísticos para ajudar a evitar problemas de segurança durante a Copa PÁG. 06

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Uma das 96 câmeras da Secretaria de Segurança do DF, no alto do Teatro Nacional: imagens -- que possibilitam identificar placas de veículos e rostos de pessoas -- vão todas para Centro de Controle integrado | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Desembargador rejeita Produção e venda de carros caem em maio soltar Paulo Octavio

Brasil faz último jogo antes da Copa

Defesa do político agora terá que esperar avaliação da 3ª Turma Criminal do TJDF, no dia 12 PÁG. 06

Willian pode substituir Oscar, que foi liberado para assistir ao nascimento da filha e talvez fique no banco PÁG. 16

A fabricação desabou 18% no mês, em comparação com o mesmo mês do ano passado. A comercialização, 7,2% PÁG. 08

Willian pode ganhar lugar no time | UESLEI MARCELINO/REUTERS


|02|

1 FOCO

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

3º do mundo

Brasil tem 567,6 mil presos A população carcerária brasileira é a 3ª do mundo, atrás de Estados Unidos e China. São 567.655 pessoas atrás das grades. Outros 147.937 cumprem pena em casa. O deficit chega a 210.436 vagas, segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça). METRO BRASÍLIA Trabalho escravo

Congresso promulga PEC Após tramitar durante 15 anos no Congresso, foi promulgada ontem a PEC do Trabalho Escravo, que prevê o confisco de imóveis urbanos e rurais em que seja praticado o chamado trabalho análogo à escravidão. Os imóveis confiscados serão destinados a programas habitacionais e à reforma agrária, sem que o proprietário tenha direito a indenização. METRO Educação

Inscrições no Sisu crescem 54% O resultado do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) será divulgado hoje. Serão oferecidas 51.412 vagas em 67 instituições. Ao todo, 1.214.259 estudantes se inscreveram. METRO

300 mil famílias ainda vivem na miséria no país Dados oficiais. Governo ainda faz esforço para localizar pessoas sem assistência social que vivem em condição de extrema pobreza Pelo menos 300 mil famílias seguem invisíveis aos olhos do Estado, sem assistência social e vivendo abaixo da linha da pobreza no Brasil, segundo dados do balanço do terceiro ano do programa Brasil Sem Miséria, divulgado ontem. O fim da miséria extrema até o fim do ano é um compromisso do governo, que ainda tentará localizar esse grupo de pessoas por meio da Busca Ativa, rede de assistência social que atua junto com Estados e prefeituras de regiões metropolitanas. Pelos critérios do programa, são considerados miseráveis pessoas que vivem com até R$ 77 por mês. Resultados positivos Criado em junho de 2011, o programa superou todas as metas. Ao todo, 22 milhões de brasileiros saíram da miséria. Do total, 1,2 milhão de famílias foram localizadas e incluídas no programa de transferência de renda. O maior impacto foi no

‘Invisíveis’ devem ser encontrados até dezembro | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

“O Bolsa Família está na moda e agora não tem que fale contra. Recentemente, as pessoas falaram que demos reajuste de 10% e que era reajuste eleitoreiro.” TEREZA CAMPELLO, MINISTRA DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E COMBATE À FOME

Bolsa Família: 14,1 milhões de famílias atendidas, com benefício médio de R$ 242. A cobertura de saúde e educação também foi ampliada: caiu em 58% a mortalidade infantil por desnutrição e houve aumento de 50 % nas

consultas de pré-natal. Além disso, 580 mil crianças foram matriculadas em creches. Os alunos benefíciários do Bolsa Família têm as menores taxas de abondono: 7,4% no ensino médio e 2,8% no ensino fundamental. METRO BRASÍLIA

38% dos restaurantes têm nota A Extradição

Só em outubro Henrique Pizzolato seguirá preso na Itália pelo menos até 28 de outubro. O pedido de extradição feito pelo Brasil começou a ser julgado ontem, mas a Justiça italiana reclamou da falta de documentos que comprovem as condições dos presídios brasileiros. O ex-diretor do Banco do Brasil foi condenado no processo do mensalão a 12 anos e 7 meses de prisão, mas fugiu para a Itália e foi preso com documentos falsos.

Apenas 38% dos restaurantes, bares e lanchonetes brasileiros ganharam nota máxima no quesito condições de higiene. A classificação foi feita pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), entre janeiro e maio deste ano, em 2.075 estabelecimentos (179 em aeroportos) de 26 cidades -das 12 sedes da Copa, apenas Salvador ficou de fora. A definição de selo A, B, C ou P (de pendente) considera quesitos como higiene e conservação do local, além

de transporte e temperatura dos alimentos. “Conseguimos fazer com que os estabelecimentos disputem, no bom sentido, a colocação de um selo rumo à qualidade”, afirmou o ministro da Saúde, Arthur Chioro. A classificação sanitária deverá ser exibida em local visível na entrada principal dos estabelecimentos. A lista dos restaurante, bres e lanchonetes avaliados está disponível no site da Anvisa: www.anvisa.gov. br. METRO BRASÍLIA FALE COM A REDAÇÃO leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Comparativo Veja a avaliação dos estabelecimentos de alimentação:

15% SELO C: NO LIMITE

41% SELO B: PEQUENAS FALHAS

1 . ANDRÉ PORTO/METRO 2 . MARCO AMBROSIO/FOLHAPRESS 3 . CELSO PUPPO/FOTOARENA

1

2 3 3,9 milhões sem metrô. Greve provoca transtorno em SP

1

Com a paralisação, houve 209 km de congestionamento e ônibus lotados. Paulistano teve que ir a pé para o trabalho.

Mais uma acusação. Casal é investigado no RJ

2

Suspeitos de matar um zelador em São Paulo, Eduardo e Ieda Martins podem ser indiciados por homicídio doloso no Rio. O casal é suspeito de ter matado, em 2005, José Farias, ex-marido de Ieda.

Greve unificada. Marcha pelo centro do Rio

3

38% SELO A: HIGIENE ADEQUADA

Imagens

6% PENDENTES

Pelo menos 500 professores, profissionais de saúde e garis fizeram passeata. METRO BRASÍLIA

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


|04|

Política

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

VILELA E REBELO APONTADOS COMO FAVORITOS AO TCU Dois políticos alagoanos têm sido apontados, nos bastidores, como novos favoritos para a vaga a ser aberta no final do ano, no Tribunal de Contas da União (TCU), com a aposentadoria do ministro José Jorge: o atual governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho (PSDB), e o ministro Aldo Rebelo (Esporte). Ambos são amigos pessoais de Dilma Rousseff. Embora tucano, Vilela tem boas relações com a presidenta, tanto quanto Rebelo.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

AGRADO O presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PSD-SP), recebeu do advogado do enrolado Luiz Argôlo (SDD-BA), Aluísio Reges, uma caixa de doces típicos da Bahia. Sem jeito, mandou devolver o presente.

O TROCO

“Depois vão procurar a Corte Interamericana de Direitos Humanos.” MINISTRO JOAQUIM BARBOSA (STF) IRONIZANDO, ÀS GARGALHADAS, RECURSO DE MENSALEIROS

PERDEU, IDELI

Ideli Salvatti | JOSÉ CRUZ/AGÊNCIA BRASIL

A vaga no TCU estava “reservada” até agora a Ideli Salvatti, secretária de Direitos Humanos. Mas é cada vez mais difícil que isso se confirme.

NEM AÍ Curiosamente, o ministro e o governador não parecem empenhados pela vaga no TCU. Seus nomes são defendidos por amigos influentes.

VELHOS AMIGOS Teo Vilela e Aldo Rebelo são amigos como eram seus pais, que faziam vaquejada juntos, procurando gado espalhado nas caatingas.

ISSO NÃO VAI DAR CERTO Os adversários do Brasil estão adorando a transmissão ao vivo dos treinos do time do Felipão, principalmente o ensaio de jogadas.

AÉCIO GANHA APOIO ENTRE POLÍTICOS DO PMDB E DO PP Pré-candidato à presidência, Aécio Neves (PSDB) ouviu dos deputados Júlio Lopes (PP) e Leonardo Picciani (PMDB), em sua visita ao Rio, ontem, um relato que considerou “animador” sobre o crescimento de dissidentes dos correligionários que apoiam a reeleição de Dilma. Na última reunião da bancada do PMDB, às vésperas da convenção de terça (10), somente três deputados defenderam a aliança com o PT.

NADA É IMPOSSÍVEL Apesar da “máquina federal”, o PSDB sonha com uma reviravolta que coloque em seu colo siglas aliadas de Dilma, como PMDB, PP e PSD.

Marcelo Castro (PMDB-PI) | LÚCIO BERNARDO JR./AGÊNCIA BRASIL

Enquadrado pelo vice Michel Temer para abandonar a candidatura ao governo do Piauí, o deputado Marcelo Castro (PMDB) entrou em campanha aberta contra a reedição da aliança com o PT de Dilma.

BIBLIOTECA DE ALEXANDRIA Dilma disse a repórteres estrangeiros que adora passear incógnita em Roma e Nova York e é leitora compulsiva no Kindle, espécie de iPad só para livros e jornais – em francês, inglês e espanhol – antes de dormir.

RECUO PORTUGUÊS O primeiro-ministro de Portugal, Pedro Passos Coelho, não vem mais à Copa no dia 14: a Justiça restabeleceu regalias e privilégios que seu governo havia cortado, e a crise na economia pode recrudescer.

LÁ, COMO CÁ Vicent Bevins, repórter do jornalão ‘Los Angeles Times’ no Brasil, disse à GloboNews que sempre leva o “dinheiro do assaltante” no bolso, mas somente foi roubado na riquíssima Beverly Hills em L.A., nos EUA.

MICHEL É OUTRO

CALOTE NO DF Historicamente mal remunerados, escritores temem agora o possível calote da Secretaria de Cultura do DF, que ainda não lhes pagou o pro-labore pela participação na recente II Bienal do Livro de Brasília.

CHANTAGEM

PAPAGAIOS DE PIRATA O Congresso virou extensão do Projac. Andaram por lá Camila Pitanga, Xuxa e Letícia Sabatella. Sempre cercadas de velhos babões e pela ministra Idelli Salvatti (Direitos Humanos), como papagaios de pirata.

SUPLENTE COM VOTOS

COMUNA NO MURO

A internação do deputado distrital Dr. Michel, em Brasília, fez circular boato sobre suposto infarto de Michel Temer. O vice-presidente está bem. No auge da boataria, ontem, ele dava palestra em São Paulo.

O Planalto vê nas ameaças de rompimento da base aliada apenas uma tentativa de pressionar para a obtenção de ainda mais vantagens.

Weslian Roriz, mulher do ex-governador, estuda convite para ser suplente de Gim Argello (PTB-DF), candidato a permanecer no Senado

PODER SEM PUDOR

PENSANDO BEM... ...a Copa terá algum legado se não chover. Se chover, terá alagado.

Na ilegalidade e abrigado no MDB, o Partido Comunista Brasileiro discutia concentrar esforços numa só campanha para deputado no Rio, em 1966, ou em várias. O dirigente Pafúncio quis contribuir para resolver o impasse: - Os camaradas que querem um candidato têm razão e os

outros também... - Ou é uma coisa ou é outra! – protestou o dirigente Orestes Timbaúba. - A proposta do companheiro tem todo o meu apoio – concordou Pafúncio, o mais mineiro dos camaradas daquela reunião no morro da Mangueira.


|06|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

Câmeras identificarão placa de carro a 2 km Empresário foi preso na última segunda | RICARDO MARQUES/ARQUIVO METRO

Justiça. Paulo Octavio tem habeas corpus negado e pode ficar preso até o dia 12 O desembargador João Batista Teixeira negou o pedido de liminar da defesa de Paulo Octavio para que ele fosse libertado. O político e empresário está preso preventivamente desde a última segunda-feira em um quartel da PM (por ser advogado, tem direito a prisão especial) porque, para a Justiça, estava atrapalhando o andamento de processos que investigam um esquema criminoso de liberação de alvarás de construção. O ex-governador do DF é um dos réus nesses processos, frutos de uma operação da Polícia Civil que resultou, em novembro passado, na prisão dos então administradores regionais de Taguatinga e Águas Claras. A liminar foi negada,

mas o mérito do pedido de liberdade provisória ainda será avaliado pelo colegiado de desembargadores da 3ª Turma Criminal. A próxima reunião está marcada para o dia 12, quinta-feira da semana que vem. A defesa de Paulo Octavio, que é vice-presidente do PP no DF, ainda avalia as possibilidades. “Uma das opções é entrar com o pedido de habeas corpus no STJ (Superior Tribunal de Justiça). Vamos nos reunir para ver o melhor caminho”, disse o advogado Marcelo Turbay Freiria. O problema dessa opção é que a tendência é o STJ considerar que o recurso à instância superior só é válido após o julgamento do mérito. METRO BRASÍLIA

Segurança. Esquema para Copa já está sendo usado O esquema de segurança voltado para a Copa do Mundo já começou a ser aplicado em Brasília. Ontem, a PM realizou um último treinamento para revisar os pontos que merecerão mais atenção durante o período em que a capital, segundo estudo divulgado pelo Ministério do Turismo, deve receber até 490 mil visitantes brasileiros e estrangeiros. Já a partir de hoje, os PMs que trabalham na região do Plano Piloto vão dar mais atenção aos monumentos que atraem turistas, aos setores hoteleiros e aos pontos e trajetos do transporte público. “Nossa preocupação principal é dar aos visitantes a sensação de segurança e evitar, por exemplo, furtos e roubos comuns em aglomerações”, explica o comandante de policiamento da região metropolitana, coronel César Ferreira. Do ensaio de ontem, par-

Viatura no Setor Hoteleiro Norte | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

ticiparam 250 policiais e 60 viaturas, número que vai aumentar progressivamente e chegar a 600 integrantes da PM na área central em dias de jogo. “Se houver manifestações, o número pode chegar a 1.600 policiais”, disse o coronel. Na operação, os PMs trocaram as rondas amplas por posicionamentos fixos -- e agradaram os visitantes que já chegaram. METRO BRASÍLIA

Copa do Mundo. 96 câmeras de alta definição farão a vigilância da área central de Brasília no mundial. Eram prometidas 835, mas “burocracia” atrasou o projeto em mais de um ano Câmeras instaladas no topo do Teatro Nacional são capazes de identificar a placa de um veículo estacionado diante do Congresso Nacional. Elas fazem parte das 285 câmeras de alta definição que serão instaladas no DF até a abertura da Copa, na quinta - dessas, 66 estão nos arredores da Esplanada dos Ministérios e 30 próximas ao Estádio Nacional. A previsão inicial do projeto, lançado no ano passado, porém, era de que já estivessem operando 835 câmeras desde janeiro em todo o DF. A SSP (Secretaria de Segurança Pública) culpa a burocracia governamental pela demora na instalação, mas promete que serão 1,6 mil em todas as regiões administrativas até o final do ano que vem. “Conseguir as autorizações e permissões para implantar o projeto foi extremamente demorado. A burocracia foi nosso maior problema. Mas até o final do ano as 835 da primeira etapa já estarão operando”, afirma o gerente da SSP responsável

“Todos os lugares com altos índices criminais do DF terão câmeras dessas.” ATENEU JÚNIOR, GERENTE DO PROJETO

pelo projeto, Ateneu Júnior. Cada câmera custa R$ 31 mil. Quanto todas estiverem instaladas, o projeto terá custado R$ 30 milhões de reais ao DF. Já estão instaladas, além das do Plano, 29 no Itapoã, 80 em Ceilândia e 80 em Samambaia. HD a serviço da Copa Durante o mundial, as câmeras servirão para identificar placas de veículos, distinguir rostos e fazer contagens precisas de quantas pessoas há em uma multidão. As imagens de alta definição capturadas por elas serão enviadas para uma central única de monitoramento, que recebe arquivos de câmeras mais simples de outros órgãos. Só no Estádio Nacional são 400 câmeras “extras”. METRO BRASÍLIA

Imagens identificarão pessoas em multidões | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Torre de TV reabrirá neste sábado com novas escadas Fechada para reformas em agosto do ano passado, a Torre de TV volta a abrir neste final de semana. É apenas a primeira etapa da obra, que continuará após a Copa do Mundo. Ainda assim, o monumento estará completamente aberto para visitação a partir das 10h30 do sábado. Nesta primeira parte da obra serão entregues reforma dos pisos, restauração da fachada das emissoras e revitalização e instalação de elevadores e de escadas rolantes que dão acesso à Feira de Artesanato. A segunda etapa, de recuperação da estrutura metálica do monumento, começará após a Copa. A visitação será no mesmo horário de antes da reestruturação -- das 7h às 19h. Uma novidade será a reabertura do mezanino, que estava abandonado. O local, que já abrigou restaurantes e museus, agora dará lugar a um

Novas escadas e elevadores foram instalados | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

café com produtos do cerrado, um espaço para exposições e um CAT (Centro de Atendimento ao Turista). Além da instalação dos elevadores de acesso à feira, também foram reformados os três

elevadores da própria Torre -que eram os mesmos desde a inauguração do monumento, há 47 anos. As grades do mirante também foram revitalizadas. A obra custou ao todo R$ 12 milhões. METRO BRASÍLIA

Taguatinga. Elmo Serejo será liberada hoje, às 5h30 A primeira etapa das obras na avenida Elmo Serejo, que liga Taguatinga a Ceilândia, estava prevista para ser liberada às 5h30 de hoje. A via foi interditada em novembro do ano passado após uma erosão destruir a maior parte da pista sentido Taguatinga. A ponte que foi construída no lugar do buraco terá trânsito livre em duas das três faixas previstas. Com a inauguração, os engarrafamentos, de até 40 minutos nos horários de pico, devem diminuir. Passam por esse caminho cerca de 50 mil carros por dia. A previsão da Novacap para liberar a terceira faixa da via é até 20 de junho. A expectativa total de gastos é de R$ 5,6 milhões. Com a inauguração, a faixa que havia tido trânsito invertido na outra pista voltará ao fluxo normal. METRO BRASÍLIA


|08|

11 anos. GM demite 15 por atraso em recall A presidente-executiva da General Motors, Mary Barra, demitiu 15 funcionários e repreendeu outros cinco considerados culpados pela demora de 11 anos da empresa para anunciar o recall de carros com defeitos na ignição. “O que o relatório apontou foi um padrão de incompetência e negligência”, afirmou ontem a executiva da GM, em uma reunião com cerca de mil funcionários no centro técnico da companhia. Mary Barra afirmou que a GM vai implementar um “programa de compensação” para as vítimas dos acidentes. O programa deve cobrir 1,6 milhão de veículos dos modelos de 2003 a 2007 e mais 1 milhão de 2008 a 2011 que apresentaram defeitos na ignição. A GM relacionou 13 mortes ao defeito. A montadora fez o recall de 2,6 milhões de carros devido ao problema. Este chamado, em conjunto a outros anunciados pela GM este ano, já custou à companhia até agora cerca de US$ 1,7 bilhão. METRO

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Produção de veículos cai 18%; vendas, 7,2% Indústria automotiva. Setor produziu 282,5 mil carros, comerciais leves, caminhões e ônibus no mês passado, segundo a Anfavea A produção de veículos caiu 18%, no terceiro recuo consecutivo na comparação anual, enquanto as vendas diminuíram 7,2%. No total, as montadoras fabricaram 282,5 mil unidades no mês, entre automóveis de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus, segundo a Anfavea, entidade que representa o setor. Com o resultado, o setor encerrou o mês com estoques de 400 mil veículos em concessionárias e pátios de fábricas, alta de 1,8% sobre abril. Este volume é suficiente para 41 dias de vendas, nível considerado elevado pelo setor. O presidente da Anfavea, Luiz Moan, atribui o resultado aos baixos índices de con-

fiança dos consumidores e à “seletividade” dos bancos na concessão de crédito. O setor chegou a discutir com o governo opções para destravar o crédito. O governo, no entanto, desistiu de adotar medidas para fomentar os financiamentos, disse uma fonte à “Reuters”. A avaliação foi de que as ações em estudo não teriam efeito imediato. Na quarta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, sinalizou que o aumento do IPI, previsto para julho, pode ser gradual. O cronograma atual prevê que o IPI de carros 1.0 suba de 3% para 7%. Moan disse que, “oficialmente”, a posição dada às montadoras é de que o tribu-

to retornará a seu nível normal. Segundo ele, um aumento de um ponto percentual no IPI tem impacto de 1,1 ponto no preço dos veículos e de 1,9 ponto nas vendas. O setor já acumula queda de 13% na produção de janeiro a maio, o que tem se refletido em programas de demissão voluntária e de suspensão de contratos de trabalho. Para o ano, a expectativa da Anfavea, por enquanto, é de crescimento de 1,4% na produção. Além da queda das vendas internas, as exportações nos cinco primeiros meses do ano caíram 31,6%, impactadas pela crise cambial da Argentina, principal mercado do setor no exterior. METRO

400 mil era o estoque de veículos nas concessionárias e fábricas no final do mês passado

Volume de estoque é suficiente para 41 dias de vendas | RODRIGO PAIVA/FOLHAPRESS

Com alta de tomate, arroz e café, cesta básica sobe em 15 capitais No mês passado, a cesta básica subiu em 15 das 18 capitais pesquisadas pelo Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socieconômicos). As altas foram influenciados pelos preços do tomate, café em pó, manteiga, óleo de soja e arroz. A maior alta foi registrada em Fortaleza, de 5,42%, seguida por Recife (4,9%). Em São Paulo, houve alta de 2,43%, levando o valor da cesta a R$ 366,54, o maior entre os locais pesquisados. Por outro lado, a cesta ficou mais barata em Campo Grande (-2,05%), Florianópolis (-0,38%) e Brasília (-0,10%). De janeiro a maio, o valor da cesta básica subiu em todas as 18 capitais. As maiores altas foram em Brasília (14,31%), Curitiba (13,24%) e São Paulo (12,01%). Após uma trégua em abril, o preço do tomate subiu em 17 capitais. Em Belo Horizonte, a alta chegou a 33,33%. Apenas em Manaus o item ficou mais barato em maio (-2,71%). Os preços subiram em decorrência de problemas nas safras de inverno, devido a pragas e estiagem. No caso do café em pó,

Ata do Copom

Conta de luz aumentará 11,5%, diz BC

Produto ficou 33% mais caro em Belo Horizonte | EDSON SILVA/ FOLHAPRESS

houve alta em todas as cidades, exceto em Natal (-1,48%). As altas oscilaram entre 5,11%, em Recife, e 0,27%, em Salvador. Já o preço do arroz subiu em 12 das 18 cidades pesquisadas. As maiores altas ocorreram no Rio de Janeiro (4,90%), em Recife (2,76%) e São Paulo (2,39%). A manteiga mostrou elevação de preço em 14 cidades, com destaque para Curitiba (3,91%). Para o óleo de soja, houve elevação de preços em 13 cidades. As maiores taxas foram observadas em Manaus (6,51%) e Belém (5,07%). METRO

O Banco Central projeta uma alta de 11,5% nos preços da energia elétrica, segundo estimativas divulgadas ontem na ata do Copom (Comitê de Política Monetária). Na última ata, divulgada em abril, o governo afirmava esperar um reajuste de 9,5%. O documento se refere à reunião realizada na semana passada, que manteve a taxa básica de juros, a Selic, em 11% ao ano. Na ata, o Copom passou a ver menos crescimento econômico neste ano, ao mesmo tempo em que reduziu as expectativas de inflação em 2014 e 2015, sinalizando que deve manter a Selic no patamar atual por mais tempo. METRO


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

G7 pressiona Putin a reconhecer líder de Kiev De Bruxelas. Países prometem sanções mais severas para evitar agravo da crise Líderes do G7 indicaram ontem, após reunião da cúpula em Bruxelas, que farão pressão para que o presidente russo, Vladimir Putin, inicie as conversações com a nova liderança de Kiev para acabar com a crise na Ucrânia. O presidente dos EUA, Barack Obama, e o primeiro-ministro britânico, David Cameron, foram claros ao dizer que Petro Poroshenko, que toma posse neste sábado, deve ser reconhecido por Moscou. Caso a imposição não seja aceita por Putin, os líderes deverão “intensificar as sanções e implantar outras significantes medidas restritivas para impor custos à Rússia, se necessário”, diz o comunicado emitido após o encontro.

Além do recado enviado publicamente, Putin recebeu um reforço da mensagem pessoalmente por meio do primeiro-ministro britânico. Cameron e o presidente russo se encontraram na área aduaneira do aeroporto Charles de Gaulle, na França, segundo a BBC. Esse teria sido o primeiro encontro cara a cara com um líder ocidental depois do início da crise na Ucrânia. Antes disso, o presidente russo, isolado, havia apenas desejado que os líderes do G7 aproveitassem o encontro em Bruxelas. O evento, que ocorreria durante as Olimpíadas de Inverno, em Sochi, foi cancelado após a anexação da Crimeia, e Putin, excluído das negociações. METRO

Principais líderes durante a cúpula do G7, em Bruxelas | KEVIN LAMARQUE/REUTERS

Conflito

Navios. Provisão francesa preocupa Barack Obama O presidente dos Estados Unidos Barack Obama demonstrou ontem preocupação com a venda, por parte da França, de dois navios militares à Rússia. O líder norte-americano expressou sua opinião após ser questionado, ao fim da cúpula do G7, sobre a decisão de Paris de não suspender o contrato de provisão. O motivo da inquietação é explicado em razão da postura russa com relação aos conflitos na Ucrânia. Apesar da decisão do presidente francês François Hollande de manter o contrato com os russos, pelo menos por enquanto, Obama nega que a atitude interfira na cooperação entre Estados Unidos e França. O governo de Paris chegou a ameaçar suspender a entrega dos dois navios do tipo Mistral à Rússia como represália à atuação de Moscou na Ucrânia. Mas a decisão só deve mesmo ser revelada em outubro, mês para o qual está prevista a entrega do primeiro deles. A expectativa é de que outros países líderes possam se expressar sobre o assunto e ajudar na decisão. Caso o negócio seja con-

Hollande faz dois jantares em uma noite O presidente francês, François Hollande, decidiu receber separadamente os presidentes Barack Obama e Vladimir Putin, para o jantar de celebração do chamado Dia D, no Palácio Elyseé. O objetivo era evitar que houvesse um agravamento da tensão entre os dois, causada pela crise na Ucrânia. METRO Dia D

“Preocupam-me os acordos no âmbito de Defesa com a Rússia que pudessem violar a legislação internacional e a soberania e integridade territorial de seus vizinhos.” BARACK OBAMA, PRESIDENTE DOS EUA

cluído, a França deverá receber 1,2 bilhão de euros. METRO

Imagens inéditas são divulgadas em documentário Imagens inéditas e coloridas que mostram cenas do Dia D, a invasão da Normandia, em 6 de junho de 1944, foram divulgadas em um documentário. O filme foi feito por um dos passageiros do HMS Belfast, o diretor de Hollywood George Stevens. METRO

|09|◊◊

Mais G7

Acordo global climático é aprovado Os países mais industrializados do mundo aproveitaram o encontro em Bruxelas para aprovar um novo acordo global sobre as mudanças climáticas em 2015. A ideia ganhou força depois que os Estados Unidos anunciaram o plano de cortar 30% das emissões de suas usinas até 2030. A medida anunciada no início dessa semana deu ânimo para que líderes de países como a China, maior emissor de gases do mundo, também estabelecesse limite para as suas emissões. O comunicado com balanço do encontro afirma que os sete países do G7 – Reino Unido, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão e Estados Unidos – se comprometem a ter baixa emissão de carbono e a limitar o aumento da temperatura em 2ºC acima dos níveis pré-industriais. METRO


|10|

2 CULTURA

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Em ritmo de suspense Em cartaz. Premiado em San Sebastián, na Espanha, e elogiado por público e crítica no último Festival do Rio, ‘O Lobo Atrás da Porta’, com Leandra Leal e Milhem Cortaz, prende o espectador em trama inspirada em fatos reais Foi lendo uma reportagem na extinta revista “Manchete”, há mais de uma década, que Fernando Coimbra descobriu o tema que daria origem a seu primeiro longa-metragem de ficção. “O Lobo Atrás da Porta”, que estreou ontem, é baseado em um episódio real ocorrido nos anos 1960 no subúrbio do Rio, quando uma mulher sequestrou a filha do amante. “Eu estava na faculdade quando li essa história e fui trabalhando um pouco nela enquanto ia fazendo meus curtas, que me abriram as portas para eu conseguir contá-la”, relata Coimbra, autor de filmes como “Trópico das Cabras” e “O Retrato de Deus Quando Jovem”. Um dos principais atrativos do longa está no investimento do diretor no suspense, ainda pouco explorado na cinematografia nacional. “Quando comecei a escrever não estava pensando necessariamente em nenhum gêne-

“Quando comecei a escrever não estava pensando em nenhum gênero, mas percebi que era inevitável contar com elementos do thriller.” FERNANDO COIMBRA, DIRETOR

Leandra Leal e Milhem Cortaz em cena do filme do diretor Fernando Coimbra | DIVULGAÇÃO

ro, mas percebi que era inevitável contar com elementos do thriller, porque a história levava muito a isso”, afirma ele, que vê uma leva de novos cineastas brasileiros seguir os mesmos passos. “É uma geração que flerta com o terror e outros gêneros porque cresceu vendo muito filme ame-

ricano”, explica. Ele aponta Kleber Mendonça Filho (“O Som ao Redor”) e Marco Dutra (“Quando Eu Era Vivo”) como expoentes dessa safra. Além de ter uma história bem amarrada, o maior trunfo da produção está nas atuações, com Leandra Leal, Milhem Cortaz e Fabiúla Nas-

‘Morro como um país’ discute opressão no CCBB

Daniel Alarcón

Na Flip novamente Após cancelar sua participação na edição deste ano da Festa Literária de Paraty (Flip), o autor peruano conseguiu remanejar seus compromissos e participará de uma mesa no evento, em 3 de agosto, com a atriz e escritora Fernanda Torres.

Fernanda Azevedo levou o Prêmio Shell de melhor atriz pelo espetáculo | BO/S SOUSA/DIVULGAÇÃO

O “estado de exceção”, a violação aos direitos humanos, os regimes autoritários do Cone Sul e o papel da arte na sociedade contemporânea são alguns dos temas em debate em “Morro como um país”, espetáculo que chega hoje a Brasília para curta temporada no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). As três sessões, de hoje a domingo, têm entrada franca. Fernando Kinas assina a direção e o roteiro da peça, que tem como principal referência o texto “Mor-

ro como um país”, escrito em 1978 pelo grego Dimitris Dimitriadis. O texto, entre ficcional e documental, aborda um dos períodos mais violentos da história da Grécia. No palco, ditadura é o tema central, mas vários tipos de violência praticadas pelo Estado são abordadas. O espetáculo, que já passou por São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza e João Pessoa, deu a Fernanda Azevedo o Prêmio Shell de melhor atriz este ano. “Morro como um país”

é a 15ª montagem da Kiwi Companhia de Teatro. Criado em 1996, o grupo paulista tem como um dos objetivos fazer e pensar o teatro, contribuindo para a construção do pensamento crítico. METRO BRASÍLIA Morro como um país Trecho 2, tel. 3108-7600). Hoje e amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. Grátis (os ingressos são distribuídos com uma hora de antecedência). 16 anos.

cimento na base do triângulo amoroso que conduz a trama. Para Coimbra, escolher bem o elenco era fundamental. “A Leandra não fala nada e você já sabe o que está se passando dentro dela. O Milhem trouxe qualidades para o personagem que eu não consegui dar no roteiro. E tem a Fabiúla, espiri-

tuosa e com senso de humor”, explica o diretor. “O Lobo Atrás da Porta” foi a revelação do último Festival do Rio, com Leandra levando o título de melhor atriz e o longa dividindo o Troféu Redentor com “De Menor”, de Caru Alvez de Souza. Antes disso, o longa já havia iniciado uma bem sucedida carreira internacional ao ser exibido nos festivais de Toronto, Zurique e San Sebastián, do qual saiu com o prêmio Horizontes Latinos. AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Documentário. Vida de Tim Lopes chega à tela O documentário “Tim Lopes – Histórias de Arcanjo”, que estreou ontem, é uma mistura de narrativa pessoal, cenas de arquivo e depoimentos. Com direção de Guilherme Azevedo, roteiro e apresentação de Bruno Quintella (filho de Lopes), o filme narra a vida e as histórias do jornalista da TV Globo, assassinado em 2002 por traficantes do Morro do Alemão, no Rio de Janeiro. “Trabalhei com o Tim, era o repórter cinematográfico dele, e nos tornamos amigos. Quando aconteceu a tragédia, isso ficou na minha cabeça, queria contar a história de alguma maneira”, diz Azevedo. Um dos aspectos mais interessantes do documentário é ir além do episódio do assassinato e contar um pouco do passado profissional do repórter. Adepto do jornalismo investigativo em primeira pessoa, Lopes morou com mendigos, conviveu com prostitutas e trabalhou ao lado de operários na construção do metrô do Rio. Entre as histórias que não entraram, uma delas por pouco não acabou em

Tim Lopes em cena do filme | DIVULGAÇÃO

tragédia. “Fomos para o Complexo do Alemão num carro da Globo e alguns homens começaram a apontar as armas para a gente. A salvação foi a chegada do informante”, conta. Ao comentar a atual situação da segurança pública no Rio, Azevedo se diz a favor das UPPs, e acredita que a morte do seu colega influenciou o processo de pacificação dos morros. “Acho que o assassinato do Tim foi o ponto de partida para que a população começasse a cobrar o Estado.” METRO.


|12|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Capital do Rock traz shows de Frejat e Ira! É hoje. Edgard Scandurra e Nasi fazem em Brasília o show “Núcleo Base”, que marca a volta da banda paulistana depois de sete anos. Frejat vem com a turnê “O Amor é Quente” Foi bonito ver o sorriso de Nasi no palco Júlio Prestes, na abertura da Virada Cultural, em São Paulo, em 17 de maio. “Foi um dos melhores shows da nossa história”, afirma o cantor do Ira!, sobre a apresentação que selou a paz entre ele e Edgard Scandurra, depois de um separação conturbada que durou sete anos e rendeu uma série de brigas judiciais. “A volta foi ótima, perfeita para reencontrar o nosso público, a nossa cidade.” De lá para cá, eles tocaram em cidades do interior paulista, como Campinas, Bauru, Santa Bárbara D’Oeste e Araraquara. O show de hoje, no Net Live Brasília, é o primeiro feito em uma capital desde a retomada da banda. Quarenta e dois shows já estão agendados até dezembro para a turnê “Núcleo Base.” O repertório do show traz os clássicos da banda, começando por “Longe de Tudo”, do ótimo disco “Mudança de Comportamento” (1985). “São sucessos que pontuaram a nossa carreira, músicas de quase todos os álbuns”, reforça Nasi. A única inédita é “ABCD”. No palco, Nasi e Scandur-

Frejat canta sucessos da carreira solo | CHRISTIAN GAUL/DIVULGAÇÃO

ra têm a companhia de Daniel Rocha (baixista, filho de Edgar), Evaristo Pádua (baterista) e Johnny Boy (tecladista). “Esta é a atual formação do Ira!. Não está sendo testada, é a definitiva”, ressalta o cantor. Segundo ele, nada impede, no entanto, que Ricardo Gaspa e André Jung, baterista e baixista da formação clássica da banda, façam participações em shows ou discos. Já Roberto Frejat, a outra atração da noite, traz à cidade a turnê “O Amor É

Scandurra e Nasi na Virada Cultural de SP | REINALDO CANATO/UOL/FOLHAPRESS

Quente”, com sucessos da carreira solo, como “Amor pra Recomeçar” e “Segredos”, além de canções de Tim Maia e Jorge Ben, entre outros. Ele sobe ao palco acompanhado de Maurício Barros (teclados), Billy Brandão (guitarra), Bruno Migliari (baixo) e Marcelinho da Costa (bateria). TERESA ALBUQUERQUE METRO BRASÍLIA

“Brasília tem a cara do rock. Os shows do Ira! na cidade são sempre bem vibrantes.” NASI, CANTOR

Capital do Rock Net Live Brasília (SHTN Trecho 2, tel. 3342-2232). Hoje, às 22h. R$ 80 (pista, meia, 3º lote) e R$ 120 (frente palco, meia, 4º lote), no www. bilheteriadigital.com.

O Metro indica

Amanhã, no mesmo horário, será a vez de Israel Novaes. DJs e quadrilhas completam a festa. Minas Brasília Tênis Clubes (SCEN), hoje e amanhã, a partir das 16h. R$ 55 (meia) mais 1kg de alimento. Informações: 4103-0138.

Show Festa junina

Arraiá da AABB. Alceu Valença (foto) é a grande atração da festa, amanhã. Além dele, sobem ao palco as bandas Balalaica e Clima de Montanha, as duplas João Arhtur & Daniel e Lucas Camaro & Gabriel. Na tenda eletrônica, os DJs são Thays Bastos, Gustavo Carvalho, Lucio Balla, Carrey e Raff. AABB (SCES, Trecho 2). Amanhã, a partir das 19h. R$ R$ 50 (meia, 1º lote), à venda no site www.bilheteriadigital. com, nas lojas Zimbrus e no clube. Informações:3223-0078 e 3225-3048. Arraiá Minas. Leonardo e Israel Novaes cantam na festa junina, que dura dois dias e reúne mais de 20 artistas. Leonardo é a principal atração de hoje e deve subir ao palco à meia-noite.

Teatro

A História dos Amantes. Escrita e dirigida por Marcelo Serrado, a comédia traz no elenco Anderson Di Rizzi, Daniel Rocha e Hugo Bonemer (foto). Teatro Brasil 21 (SHS, Quadra 6), amanhã, às 21h, e domingo, às 20h. R$ 40 (meia) e R$ 80. Informações: 3039-9296. 54º Aniversário de Sobradinho. Três dias de shows marcam a festa na cidade. Hoje a principal atração é o grupo Fundo de Quintal. Amanhã, o cantor sertanejo Cristiano Araújo e o grupo É o Tchan. Domingo, será a vez da banda Titãs (foto), que está com disco novo na praça, “Nheengatu”. Estacionamento do Estádio de Sobradinho. Hoje, amanhã e domingo, a partir das 19h. Grátis. Informações: 3453-9100.

Ópera

A Serva Patroa. Francisco Frias dirige essa récita aberta ao público, uma da versão de bolso e em português para a ópera de Giovanni Pergolesi. Os cantores Renata Dourado e Gustavo Rocha fazem os três personagens Serpina e Uberto. Auditório do Departamento de Música (Instituto de Artes) da UnB, hoje, às 19h. Grátis.


|14|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{PUBLIMETRO}

Leitor fala

Os invasores

Receita Minuto

Fila de caminhões Para quem trafega pela Epia Sul tinha que valer a mesma determinação da Epia Norte -- proibido o trânsito de caminhões de manhã cedo. É impressionante, sete da manhã faz uma fila de caminhões tão grande no viaduto de Santa Maria que não dá nem para contar.

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

FEIJOADA VEGETARIANA

HÉLIO SAMPAIO - SANTA MARIA (DF)

Cruzadas

Trem dos idosos Além de criarem um vagão exclusivo para mulheres no metrô, tinham que instituir um só para idosos. É triste ver como eles são desrespeitados no transporte. Na multidão, eles sempre são os últimos a entrar, e raramente os mais jovens respeitam os assentos preferenciais. MIGUEL DUARTE - ÁGUAS CLARAS (DF)

INGREDIENTES ½ kg de feijão preto 1,5 litro de água (aproximado) 2 folhas de louro Refogado: 2 colheres (sopa) de óleo 4 dentes de alho picados 1 cebola picada 200g de carne de soja (pedaços) 1 xícara (chá) de chuchu (cubos) 1 xícara (chá) de nabo (cubos) 1 xícara (chá) de cenoura (cubos) 200g de salsicha de soja 200g de tofu em cubos (firme) 1 xícara (chá) de cheio verde picado (cebolinha + salsa) Vinagrete: 2 colheres (sopa) de óleo 1 xícara (chá) de berinjela em cubos pequenos Suco de 1 limão ½ xícara (chá) de vinagre branco

½ xícara (chá) de água 1 pimenta dedo de moça picada

Metro Pergunta

Voz do Brasil deixará de ter horário fixo durante Siga o Metro no Twitter: a Copa. O que você @jornal_metrobsb acha do programa?

Verdura refogada: 2 colheres (sopa) de óleo 2 dentes de alho fatiados 100g de carne de soja seca (cubos) ½ maço de acelga chinesa

@WTarcisio

Um programa com formato ultrapassado que traz notícias das benfeitorias do governo. Nem escuto.

Farofa vegetariana: 2 colheres (sopa) de óleo ½ xícara (chá) de escarola picada 1 xícara (chá) de beterraba em cubos (aferventada) 2 xícaras (chá) de pimentão em cubos (vermelho e verde) ½ xícara (chá) de uva passa preta e sem caroço ¼ xícara (chá) de conhaque 1 xícara (chá) de farinha de milho branca e flocada Sal e molho de pimenta a gosto

@guutzs

A pergunta deveria ser, alguém acha que deveria voltar a ter a Voz do Brasil? @HlioSampaio1

Escuto quase todo dia. Quem reclama nunca tentou ouvir.

Metro web Para falar com a redação:

Modo de Preparo: Lave o feijão em água corrente, coloque em uma vasilha, cubra com água e deixe de molho de véspera. No dia seguinte coloque o feijão e a água em que estava de molho em uma panela de pressão e cozinhe com as folhas de louro por 20 minutos em fogo brando ou até que comecem a ficar macios. Para o refogado: em uma panela aqueça o óleo e frite o alho e a cebola. Coloque a carne de soja seca e cozinhe em fogo brando por 3 minutos para que ela hidrate e fique macia. Então coloque os chuchus, os nabos, as cenouras e o restante dos ingredientes. Depois de refogar tudo junto por 5 minutos transfira para a panela de feijão e continue cozinhando em fogo bem baixo. Para a verdura refogada: refogue em uma panela o alho, coloque a carne de soja previamente hidratada em água e em seguida escorrida, acrescente a acelga, acerte o sal e reserve. Para a farofa: aqueça o óleo em uma panela e salteie a escarola, a beterraba e os pimentões por 5 minutos. Acrescente as passa previamente embebidas no conhaque, misture, coloque a farinha, envolva tudo e reserve. Monte um prato bem caprichado.

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 9h, na Band

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Originalidade é o que fará diferença na maneira de resolver alguns assuntos profissionais. Tendências a obter bons conhecimentos.

Regente de seu signo, o Sol faz bom aspecto com Urano, o que favorece decisões para projetos e um desprendimento de certos padrões.

Período especial para organizar assuntos domésticos e esclarecer pendências com familiares. Valorize mais pesquisas antes de gastos.  

Situações ligadas a finanças ou a projetos materiais terão possibilidades de êxito ou boas novidades diante de algo que esperava.

Seja atento para que seu senso crítico não provoque mal entendidos ou conversas desnecessárias diante das relações.

Será essencial diplomacia e compreensão com as diferenças, caso a comunicação junto a pessoas de vínculo afetivo estiver mais difícil.

Seja mais precavido com a organização de compromissos para não ter imprevistos com assuntos cotidianos e junto às suas relações.  

Seu senso de solidariedade estará acentuado para alguma causa coletiva ou mesmo na ajuda à pessoas que gosta.    

O bom aspecto do Sol com Urano – regente de seu signo – favorece sua criatividade profissional. Estará mais direto nas relações.

Uma mudança na maneira de conduzir assuntos será importante para esclarecer aqueles que parecem estagnados em seus relacionamentos.

Tendências a repensar interesses que não têm acontecido da maneira como gostaria ou na velocidade que desejava.

Dedique momentos para retomar interesses que façam bem às suas emoções, seja com lazer, diversões, crenças ou aptidões.

Soluções


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Sharapova vibra após 2h27 de partida

O T I GR O I V E Í D AL De um lado, a experiência. Do outro, um talento em ascensão. Maria Sharapova sofreu, mas avançou à final de Roland Garros ontem, em Paris, ao derrotar a canadense de apenas 20 anos Eugenie Bouchard. A russa perdeu o primeiro set, mas conseguiu virar o jogo e acabou vencendo por 2 sets a 1 (4-6, 7-5, 6-2). O resultado a levará para a terceira final do torneio. No saibro, a partida foi marcada por sucessivos erros de ambos os lados: 83, ao total. O equilíbrio de Sharapova, contudo, se sobrepôs ao cansaço mental de Eugenie, fruto de 2h27 de combate. Sharapova vai disputar a final com Simona Halpe -que fará sua primeira deci-

|15|◊◊

ESPORTE

são em um Grand Slam. Se não conseguiu superar a russa, Eugenie provou que pode ser o futuro do tênis feminino. A canadense foi a mais jovem semifinalista de Roland Garros em cinco anos.

8ª etapa

Fórmula Indy

Semifinais Na chave masculina, as semifinais ocorrem hoje. Novak Djokovic enfrentará Ernests Gulbis, às 8h. Logo depois, na mesma quadra, Rafael Nadal encara o britânico Andy Murray. METRO

A Fórmula Indy chega ao Texas amanhã, às 22h, com transmissão ao vivo do canal Bandsports. Será a oitava rodada. O brasileiro Helio Castroneves (foto) venceu a última corrida, domingo

Tênis. Maria Sharapova vira jogo sobre canadense e vai à final em Roland Garros. Semifinais do masculino ocorrem hoje DIVULGAÇÃO/FFT

Brasília recebe quarta etapa da Fórmula Truck Tradicional casa do encerramento da Fórmula Truck, Brasília recebe neste fim de semana a quarta corrida do campeonato -- a etapa foi antecipada devido às reformas que o Autódromo Nelson Piquet passará para receber a Indy no ano que vem. Com treinos hoje e amanhã, a largada será no domingo, às 13h15. A Band trasmite a corrida ao vivo a partir das 13h. Atual líder do campeoFórmula 1

nato, o paranaense Leandro Totti pode fazer história em Brasília: se ganhar, será o primeiro piloto a vencer as quatro primeiras etapas de uma mesma temporada. Os ingressos para acompanhar a corrida na arquibancada custam R$ 30 (inteira), a credencial Paddock, com visita aos boxes, sai por R$ 150. Os bilhetes podem ser adquiridos em postos da rede Petrobras e no Autódromo. METRO Vôlei

3

Categoria já treina no Autódromo | RODRIGO RUIZ/RR MEDIA

Mercado

GP do Canadá ocorre neste domingo

Seleção enfrenta o Irã hoje à tarde na Liga Mundial

Atacante Ángel Romero assina com Corinthians

A temporada Fórmula 1 continua neste domingo, às 15h, com o GP do Canadá. Lewis Hamilton, da Mercedes, é o líder do campeonato, com quatro vitórias. Nico Rosberg, também da Mercedes, vem em segundo, com duas vitórias. METRO

A Seleção Brasileira masculina de vôlei não começou a Liga Mundial como esperava: foram três derrotas em quatro jogos, contra a Itália e a Polônia. O time pretende dar a volta por cima hoje, às 10h, contra o Irã. O segundo confronto será amanhã, também às 10h. METRO

No recesso do Campeonato Brasileiro, o Corinthians anunciou ontem a contratação do atacante paraguaio Ángel Romero, que defendia o Cerro Porteño. Por cerca de R$ 6,7 milhões, o jogador de 22 anos assinou contrato por cinco anos. METRO


|16|

QUEM CHEGA HOJE

HOLANDA Onde ficará? A seleção comandada pelo técnico Louis Van Gaal desembarca no Rio de Janeiro, ficará hospedada no hotel Caesar Park e treinará no estádio da Gávea, do Flamengo

ITÁLIA Onde ficará? O time do fanfarrão Mario Balotelli vai chegar em Mangaratiba, a 100 quilômetros do Rio de Janeiro. A equipe ficará hospedada e treinará no Resort Portobello

C. DO MARFIM Onde ficará? A Seleção marfinense, do astro Drogba, vai se estabelecer em Águas de Lindoia, em São Paulo. Na cidade, o time vai se hospedar e treinar no Oscar Inn Eco Resort

BÓSNIA Onde ficará? Os únicos estreantes do Mundial ficarão em Guarujá, São Paulo. A delegação vai se hospedar no hotel Casagrande e treinará no estádio Antonio Fernandes

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 6 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

O último ‘café com leite’ No Morumbi. Seleção encerra hoje amistosos antes da Copa do Mundo. Estreia no Mundial é na próxima quinta-feira, no Itaquerão A Seleção Brasileira faz hoje, às 16h, no Morumbi, o último jogo antes da Copa do Mundo. Depois de encarar a Sérvia, começará, de fato, o Mundial. Na próxima quinta-feira, a equipe estreia na competição diante da Croácia, no Itaquerão. Para hoje, o técnico Luiz Felipe Scolari não espera moleza. “O treinador quer jogar contra equipe mais fraca, sem risco de lesão. Queríamos ter jogado com a Sérvia na semana passada, mas não conseguimos. A Sérvia marca de uma forma viril, vamos ter que ter cuidado”, disse. A equipe de hoje deve ser a mesma da estreia na Copa. A única dúvida é no meio de campo, entre Oscar e Willian. O camisa 11 foi liberado para acompanhar o nascimento da filha Júlia em Campinas, ontem. Por isso, Willian treinou como titular antes do amistoso e tem chances de ir

a campo. Ele foi um dos destaques e fez um gol na vitória sobre o Panamá na terça-feira – por 4 a 0, em Goiânia. A presença de Oscar dependerá de uma conversa entre ele e Felipão. Em princípio, o camisa 11 será titular. Paulinho e Thiago Silva, que foram poupados do amistoso contra os panamenhos, voltam ao time. Ainda falta O duelo de hoje – que promete dificuldades de acesso para o torcedor que vai ao Morumbi por conta de protestos programados pelo

MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) – servirá para Felipão dar os últimos ajustes à equipe já mirando a estreia na Copa do Mundo. “Temos que melhorar a bola parada a favor e contra, o posicionamento em jogadas de escanteio que não estão saindo os gols que desejamos”, disse Scolari. “Falta aquele sincronismo de movimentos. É isso que vamos trabalhar até o jogo da Croácia. Trabalho tático já evoluiu bastante, estamos quase prontos”, afirmou. METRO

BRASIL Julio Cesar; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho e Oscar (Willian); Hulk, Neymar e Fred. Técnico: Luiz Felipe Scolari

SÉRVIA Stojkovic; Basta, Ivanovic, Mitrovic e Kolarov; Gudej, Matic, Tadic, Tosic e Markovic; Dordevic. Técnico: Ljubinko Drulovic

E ádi Morumbi, às 16h Ta i ã Rede Verde e Amarela (em Brasília, na BandNews FM 90,5), Globo, SporTV

‘É hora de mudar a história em São Paulo’, diz Felipão

Balotelli chega hoje com a Azurra

São Paulo, historicamente, é território “hostil” para a Seleção Brasileira. Para o técnico Luiz Felipe Scolari, o cenário deve ser diferente hoje, contra a Sérvia, no último amistoso antes da Copa do Mundo. “Quando se escolhe o local para jogar antes da Copa e, seis dias depois, a Copa, é porque temos confiança que esse torcedor vai nos ajudar a superar as dificuldades. Se a história diz que São Paulo é arredia com a Seleção, é hora de mudar a história”, afirmou o comandante. “Serei bem mais flexível a uma ou outra situação de desconforto que possa ocorrer. Sei que tenho bom ambiente em todas as equipes em São Paulo”, completou.

Meia Willian pode ganhar chance entre os titulares | WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

Redução

Abertura no Itaquerão terá 61 mil lugares

Seleção Brasileira sobe para 3ª posição em junho

Em vez dos 68 mil lugares previstos, a abertura da Copa, entre Brasil e Croácia, terá 7 mil pessoas a menos. Segundo a Fifa, 68 mil era a capacidade ‘bruta’ e 61 mil é o número real. METRO

O Brasil subiu uma posição no ranking da Fifa: está em 3º lugar. A Espanha segue na liderança, com a Alemanha em 2º. METRO

Adversário

Felipão quer apoio da torcida no Morumbi | ARMANDO PAIVA/FOTOARENA

Ambiente melhor que 2002 Treinador do pentacampeonato, em 2002, Felipão afirmou que o ambiente de 2014 é ainda melhor. “São características diferentes, mas esse ambiente é

muito sadio e interessante. Um ambiente de amizade pura, brigando por posição, mas respeitando o colega. É um dos melhores que vi em toda minha vida”, afirmou. METRO

Ranking

‘Não tenho mais medo’, diz goleiro da Croácia O goleiro croata Stipe Pletikosa está confiante: “Depois de Kaká, Ronaldinho, Adriano e Ronaldo, não tenho mais medo”. METRO

Expectativa

‘Estamos confiantes’, afirma Valcke A 6 dias início da Copa, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, afirmou ao Metro Jornal que “está tudo sob controle, ainda que só poderemos fazer uma avaliação melhor depois da final”. METRO

20140606_br_brasilia  
Advertisement