Issuu on Google+

TRAÇO CONTÍNUO

MOSTRA REÚNE MAIS DE 300 OBRAS DE OSCAR NIEMEYER PÁG. 15

Croqui do Museu Exposição ‘Barra 72’ feito em 1969

‘É SAGRADO’

SÃO PAULO Quarta-feira, 4 de junho de 2014 Edição nº 1.806, ano 8 MÍN: 9°C MÁX: 23°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.metrojornal.com.br | leitor.sp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro sunny

hazy

showers

sleet

OBAMA PROMETE US$ 1 BI PARA SEGURANÇA NA EUROPA PÁG. 14

PAZ CELESTIAL

APÓS 25 ANOS DO MASSACRE, CHINApart DEFENDE REPRESSÃO PÁG. 14 thunder windy thunder sunny/ showers

showers

RITMO DE TREINO

Neymar marca seu 200º gol e comanda a Seleção nos 4 a 0 sobre o frágil Panamá PÁG. 18

Neymar comemora o primeiro gol do Brasil contra o Panamá em Goiânia

Professor retoma aula, mas só por Dilma: ‘Não tolerar uma semana vamos baderna’

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

A presidente Dilma durante entrevista | REPRODUÇÃO

Paralisações. Docentes da rede municipal, em greve há 42 dias, aceitaram proposta da prefeitura de incorporar bônus de 15,38% ao salário em três parcelas até 2016; com antecipação das férias por conta da Copa, estudantes serão dispensados a partir do próximo dia 11 PÁG. 02

Presidente, que assumiu ser supersticiosa quando torce pela Seleção, falou com exclusividade ao Jornal da Band PÁG. 06

ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Publicitário diz ter usado serrote para cortar zelador Eduardo Martins contou que discutia com Jezi de Souza quando o zelador caiu e bateu a cabeça PÁG. 03

Água do Cantareira pode durar só até final de outubro Comitê formado pela ANA e DAEE alerta que mesmo com uso do volume morto há risco de desabastecimento PÁG. 04

Desemprego sobe e chega a 7,1% Dado do IBGE refere-se ao 1º trimestre e equivale a 7 milhões de pessoas PÁG. 12


1 FOCO

Por ligação com doleiro

Argôlo pode ser cassado

Flagrado trocando mensagens com o doleiro Alberto Yousseff, de quem teria recebido dois caminhões com bezerros, o deputado Luiz Argôlo (SDD-BA) será investigado pelo Conselho de Ética da Câmara e poderá ter seu mandato cassado. O processo foi aberto ontem.

Cotações Dólar + 0,04% (R$ 2,27) Bovespa + 0,83% (52.032 pts) Euro + 0,19% (R$ 3,08) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

|02|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Greve de professores acaba a uma semana das férias Educação. Após 42 dias de paralisação, prefeitura aceita incorporar abono. Secretário diz que aulas serão repostas Os professores da rede municipal, em greve há 42 dias, encerraram a paralisação na tarde de ontem. A decisão foi tomada após reunião com representantes da prefeitura. O fim da greve acontece a uma semana do início das férias, antecipado para terça-feira por causa da Copa. Mais de 936 mil alunos foram prejudicados pela paralisação. O secretário de Educação, Cesar Callegari, disse ao Metro Jornal que as escolas têm até segunda-feira para apresentar um plano de reposição de aulas. “Cada escola vai repor o número de dias que ficou parada. Todas cumprirão os 200 dias obrigatórios do ano letivo. Se preciso usarão dias de reuniões pedagógicas, sábados e recessos.” Os professores aceitaram a proposta da prefeitura de incorporar o bônus de 15,38% aos salários em três parcelas, até 2016. Também ficou definido que os docentes não terão os dias parados descontados. Segundo a prefeitura, o piso da categoria para jornada semanal de 40 horas de aula, é de R$ 3 mil para docentes com nível

“As escolas têm obrigação de cumprir os 200 dias letivos. Se for preciso, os alunos terão aulas de sábado” CESAR CALLEGARI, SEC. DE EDUCAÇÃO

superior. Antes de encerrar a paralisação, os professores municipais fizeram uma manifestação com professores, funcionários e alunos da USP, Unesp e Unicamp, que protestavam contra o congelamento dos salários nas universidades. Parados desde a semana passada, eles pedem 9,78% de reajuste. As instituições querem prorrogar a discussão para setembro. Os servidores municipais, em greve desde o dia 27, realizaram assembleia para decidir o fim da paralisação. Até as 22h, a reunião não havia terminado. Depois de receber uma proposta de aumento salarial de 8%, os agentes da CET suspenderam a paralisação de 24 horas. Os agentes querem 12%, mas devem aceitar a proposta em assembleia hoje, às 19h na Câmara. METRO

6 anos. Estudante que decepou braço é condenado O estudante Alex Siwek, que atropelou e decepou o braço do ciclista David Santos em março do ano passado, foi condenado na noite de ontem a seis anos de prisão e teve a carteira de habilitação suspensa por cinco anos. Siwek foi condenado por lesão corporal culposa, quando não há intenção de matar, e por não prestar so-

corro à vítima. A decisão foi do juiz Waldir Calciolari, da 25a Vara Criminal. Na ocasião, além de não prestar socorro, o estudante levou o membro amputado do ciclista até a avenida Ricardo Jafet, na zona sul, e o jogou em um córrego. Depois, voltou para casa, na região da Saúde, e se entregou acompanhado de um advogado. METRO FALE COM A REDAÇÃO

leitor.sp@metrojornal.com.br 011/3528-8522 COMERCIAL: 011/3528-8549

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Professores protestam em São Paulo | JOEL SILVA/FOLHAPRESS

Metroviário faz assembleia Uma assembleia marcada para o final da tarde de hoje decidirá se os metroviários iniciam uma paralisação por tempo indeterminado a partir de amanhã. Às 10h, eles farão uma manifestação e distribuirão panfletos na estação Sé. Eles pedem aumento de 16,5% nos salários, reajuste de 13,25% no o vale-refeição e planos de carreira

para funcionários da manutenção e da segurança. A última proposta do Metrô foi de 7,8%. Desde que definiram a data da paralisação, os funcionários do Metrô fizeram duas reuniões conciliatórias com a empresa no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) para tentar um acordo e evitar a greve. Hoje, antes da assem-

bleia, mais uma tentativa de reconciliação acontece no tribunal. Segundo os metroviários, se a companhia não melhorar sua proposta, haverá greve. Desde 1999, os metroviários fizeram 9 greves. A última ocorreu em maio de 2012. Ao todo, o Metrô tem 9.475 funcionários. O piso da categoria é R$ 1.323,55. METRO

Sem-teto prometem ato para hoje na zona leste O MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) marcou para hoje o quarto ato “Copa sem povo, tô na rua de novo”. A concentração do protesto está marcada para as 17h, na frente do metrô Vila Matilde, na zona leste da cidade. O movimento não informou para onde irá se locomover. O grupo reivindica mo-

radia e protesta contra a especulação imobiliária, além de pedir verba para a saúde pública, transporte público gratuito, acesso a qualidade da educação e desmilitarização da PM (Polícia Militar). No protesto mais recente do movimento, que ocorreu em 22 de maio, cerca de 15 mil pessoas, segundo a PM, saíram do Largo da Ba-

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro São Paulo. Editores-Executivos: Ariel Kostman e Lara De Novelli (MTB: 31.369) Editor de Arte: Tiago Galvão. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Rebouças, 1585, Pinheiros, CEP 05401-909, São Paulo, SP, Brasil. Tel.: 3528-8500. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda.

tata, em Pinheiros, e marcharam até a ponte Estaiada, na marginal Pinheiros. Não foi registrado nenhum incidente. Desde junho do ano passado, o MTST fez ao menos duas grandes ocupações: a Nova Palestina, na zona sul, que tem 30 mil pessoas, e a Copa do Povo, na zona leste, com 8 mil. METRO

Filiado ao


SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

|03|◊◊

Publicitário diz que usou serrote para cortar zelador Exclusivo. Em depoimento obtido pelo Brasil Urgente, suspeito diz que matou, esquartejou e queimou a vítima O publicitário Eduardo Tadeu Pinto Martins, de 47 anos, que confessou ter matado o zelador Jezi Lopes de Souza, de 63 anos, afirmou à polícia que usou um serrote para cortar o corpo da vítima e deu detalhes como o crime foi cometido. O depoimento foi divulgado pelo programa Brasil Urgente, da Band. Souza, que era casado e tinha uma filha, desapareceu sexta-feira na Casa Verde, na zona norte. Imagens das câmeras de segurança mostram o zelador saindo do elevador com cartas na mão. Outras imagens mostraram Eduardo Martins saindo com malas. O publicitário afirma que

sua esposa, Ieda Cristina Cardoso da Silva Martins, é inocente, e que não sabia do crime. Os dois estão presos e foram indiciados por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver. Segundo o publicitário, a morte do zelador foi acidental. “Nós discutimos. Ele puxou, eu puxei, até que ele caiu e bateu a cabeça no batente da porta. Fechei a porta, vi os sinais vitais e ele estava morto.” A Polícia Civil não acredita nessa versão e está investigando se uma arma encontrada na mochila do publicitário foi usada para matar o zelador, que pode ter sido assassinado com uma coronhada.

Publicitário dá detalhes de crime durante depoimento | REPRODUÇÃO

Martins relatou ainda como colocou o corpo dentro da mala e falou para a esposa que eram roupas para doação. “Nós saímos com a mala, eu a deixei no escritório e levei o corpo até a

Praia Grande.” Segundo o publicitário, no sábado ele e a mulher foram para a Praia Grande para pegar seu pai e voltar para São Paulo. “No domingo, disse para minha mu-

lher que precisava resolver um problema e voltei para cá (Praia Grande). Foi quando decidi cortar ele com um serrote. Cortei os pés, as canelas, a coxa, as mãos, o antebraço, os ombros e a cabeça.” Ao final do depoimento, os policiais perguntaram a Martins se ele estava arrependido. “Me arrependi na hora em que o zelador caiu e bateu a cabeça. Mas ele estava morto e eu não tinha o que fazer.” Martins foi transferido ontem para o 77º DP, em Santa Cecília, e Ieda, para o 89º DP, no Morumbi. Os dois tiveram a prisão temporária decretada por 30 dias. METRO

“Ele puxou, eu puxei, até que ele caiu com a cabeça no batente da porta. Quando ele caiu, fechei a porta, vi sinais vitais e ele estava morto” “No domingo eu disse para minha mulher que eu precisava resolver um problema e vim para cá (Praia Grande). Foi quando decidi cortar ele com um serrote” “Cortei os pés, as canelas, a coxa, as mãos, o antebraço, os ombros e a cabeça”


|04|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Água do Cantareira vai acabar em outubro Crise hídrica. Comitê formado pela ANA e pelo DAEE diz que seca do reservatório ocorrerá mesmo com a utilização dos 182,5 bilhões de litros de água do ‘volume morto’. Sabesp afirma que reserva técnica garante abastecimento até março O alívio esperado pela utilização do “volume morto” (água abaixo do nível de captação) do sistema Cantareira pode chegar ao fim antes do previsto pela Sabesp. Cenário apresentado pelo comitê anticrise do Cantareira prevê que o sistema seque no dia 27 de outubro. Ontem, o nível de armazenamento era de 24,6%. De acordo com o quadro projetado, os 182,5 bilhões de litros de água que serão retirados do “volume morto” não irão garantir o abastecimento dos 8,4 milhões de consumidores atendidos na região metropolitana de São Paulo até 15 de março de 2015, como afirma a Sabesp. Essa antecipação da seca ocorrerá caso a vazão afluente – quantidade de água captada pelas represas que compõem o Cantareira – fique em 50% da mínima histórica registrada para o período entre junho e outubro, e se a Sabesp chegar a uma média de retirada de 21,2 mil litros por se-

A SAÍDA DE ALCKMIN PARA EVITAR O RACIONAMENTO COMO É FEITA A CAPTAÇÃO DA ÁGUA DO VOLUME MORTO?

Custo da operação R$ 80 milhões só para a captação

Bombas de sucção fazem a retirada abaixo do nível mínimo de armazenamento (ontem em 9,8%)

O que é o volume morto? Quantidade de água que fica abaixo do nível de captação e que é utilizada pela primeira vez pela Sabesp

Tubulação leva essa água até as comportas da Sabesp

Túneis transportam até a estação de tratamento

Quanto há disponível? 400 bilhões de litros

Quanto o governo de São Paulo pretende usar? 182,5 bilhões de litros

FONTES: DAEE (DEPARTAMENTO DE ÁGUAS E ENERGIA ELÉTRICA) E SABESP

gundo, como apontam as projeções apresentadas pela própria empresa. Para dar uma sobrevida ao Cantareira até 31 de novembro, o comitê, formado por técnicos da ANA (Agência Nacional de Águas) e do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado), afirma que a Sabesp terá que utilizar mais

51 milhões de metros cúbicos do “volume morto”, cuja capacidade total é de 400 bilhões de litros. A empresa estadual já teria enviado à ANA uma solicitação para captar, a partir de outubro, mais 100 bilhões de litros da reserva técnica do Cantareira. O pedido não foi confirmado pela agência regula-

dora, mas seu presidente, Vicente Andreu, já se posicionou contrário à medida. Ele quer condicionar o aumento do uso do “volume morto” à elevação da captação de água pelo reservatório. “Se chover mais, pode tirar mais. Se não chover, terá que tirar menos. É preciso garantir uma segurança hídrica”, disse Andreu.

51 milhões de metros cúbicos por segundo terão que ser retirados a mais pela Sabesp para impedir a seca no Cantareira até 31 de novembro Em nota, a Sabesp informa que mantém sua previsão de que o uso do “volume morto” garantirá o abastecimento até março de 2015, quando o período das chuvas estará em seu ponto alto. De acordo com a empresa, a previsão feita pelo comitê tem como base os cenários mais pessimistas. Represas secas Responsáveis por 80% da água do sistema Cantareira, as represas Jaguari-Jacareí, ambas em Bragança Paulista, atingiram ontem o patamar de 0% de volume útil. Com a marca histórica, a Sabesp terá que iniciar o bombeamento do “volume “morto” das duas represas. METRO

Análise

‘Racionar agora é inevitável’ A população da região metropolitana de São Paulo está à mercê do clima e de decisões políticas a partir de agora. É preciso que haja racionamento o mais rápido possível e que chova o suficiente para não faltar água às 8,4 milhões de pessoas que são abastecidas pelo sistema Cantareira. Se não, há risco de faltar água, sim. São Paulo sempre teve um grave problema de escassez de água por ser dependente da chuva. Como o clima é variável, temporadas como a deste ano podem ocorrer novamente. Prova disso é que em 2000, 2001, 2004 e 2006 houve racionamento. Quando uma crise acontece, as três medidas cabíveis são: redução de consumo por meio de bônus, utilização do “volume morto” e o racionamento. O governo pecou em utilizar o “volume morto” antes do racionamento. Essa decisão é ruim porque desperdiça a última reserva hídrica. JOSÉ CARLOS MIERZWA

Engenheiro hidráulico e professor da Poli (USP)

Com 9,8ºC, madrugada em SP é a mais fria do ano São Paulo registrou na madrugada de ontem a menor temperatura do ano: 9,8oC, de acordo com os termômetros do mirante de Santana, do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia). O recorde anterior era do dia 27 de maio, quando a mínima foi de 11,5oC. O instituto leva em consideração apenas a medição feita no mirante, que fica na zona norte, mas algumas regiões da cidade tiveram temperaturas ainda mais baixas. De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura, em Parelheiros, na zona sul, os termômetros registraram 5,1oC. A queda da temperatura foi causada por uma massa de ar seco de origem polar que anteontem. Hoje, o

Pedestres enfrentam frio na avenida Eusébio Matoso | GABRIELA BILÓ/FUTURA PRESS

frio continua, com as temperaturas variando entre 9oC e 23oC. A partir de amanhã as temperaturas começam a subir. As máximas ficam em torno dos 26oC, e as mínimas variam entre 12oC e 16oC. A chuva deve voltar a atingir a capital apenas na

sexta-feira. O Estado também registrou recorde de frio. Os termômetros da cidade de Barra do Turvo, na região do Vale do Ribeira, marcaram 1,9oC. O recorde anterior era de Campos do Jordão: 3,4oC, no dia 29 de abril. METRO


|06|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Presidente falou sobre as manifestações e a Copa | DIVULGAÇÃO

‘Governo não vai tolerar baderna durante a Copa’ Entrevista. Presidente critica declarações do secretário-geral da Fifa e afirma que o Brasil vai realizar um grande Mundial Em entrevista exclusiva à Band, a presidente Dilma Rousseff disse ontem que o governo federal não irá tolerar badernas durante a realização da Copa do Mundo no Brasil. “Não admitiremos que haja qualquer tipo de baderna tentando impedir que as pessoas vejam os jogos da Copa do Mundo.” Aos jornalistas Fábio Pannunzio e Renata Fan, Dilma afirmou que as manifestações pacíficas são completamente legítimas, mas que não há legitimidade na destruição de propriedades privadas e públicas e em atos que resultam em quebra-quebra. “Além disso, é preciso lembrar que tirar a vida humana é crime. O mesmo vale para os ataques contra propriedades.” Com relação à segurança nas cidades-sede do Mundial, ela destacou que ofereceu aos governadores o apoio das Forças Armadas, da Polícia Federal, da Polícia Rodoviária e da Força Nacional de Segurança. “Acredito que todos aceitarão o reforço na área de segurança. Nosso objetivo é oferecer toda a estrutura existente no governo federal.” O Palácio do Planalto atua, segundo Dilma, para garantir as condições para que chefes de Estado, delegações das seleções e

torcedores tenham toda tranquilidade para acompanhar as partidas e os eventos programados.

FRASES DA PRESIDENTE

Relação com a Fifa Sobre as declarações recentes do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, dando conta de que para ele o Brasil estava mais preocupado em ganhar a Copa do que em realizar um ótimo Mundial, Dilma Rousseff disse que há muito tempo não tem concordado com as declarações do dirigente. Para a presidente, o Brasil tem todas as condições para realizar as duas coisas. “Podemos lutar pelo campeonato, brigar pela taça, e realizar um grande Mundial. Questionada se é mais difícil lidar com o PMDB ou com a Fifa, a presidente destacou que o partido aliado só dá alegrias para ela.

“O Brasil não é obrigado a ouvir considerações indevidas a respeito de si mesmo”

Superstição Sobre o placar do primeiro jogo da Seleção contra a Croácia, Dilma disse que o senso crítico a impede de arriscar um resultado. “Também sou muito supersticiosa. Sempre vejo os jogos com os dedos cruzados”. BAND Veja a íntegra da entrevista hoje, às 22h, na BandNews.

“Nós não vamos admitir atos contra propriedades privadas e públicas” “Sou supersticiosa, sempre vejo os jogos da Seleção com os dedos cruzados” “Eu já disse, o PMDB só me dá alegrias. Com a Fifa, não há muito o que fazer. Vamos para Copa” “Nosso objetivo é oferecer toda a estrutura de segurança do governo federal”


|10|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Polícia do Rio investiga omissão de socorro Morte. Inquérito vai apurar se houve negligência em atendimento a fotógrafo vítima de infarto. Funcionários do Instituto Nacional de Cardiologia podem responder por homicídio Os envolvidos na morte do fotógrafo Luiz Cláudio Marigo, de 63 anos, podem responder por homicídio, disse o delegado Roberto Gomes, que instaurou inquérito para apurar o caso no 9o Distrito Policial do Catete, na zona sul do Rio de Janeiro. O fotógrafo morreu vítima de infarto, depois de passar mal na manhã de anteontem, dentro de um ônibus, que parou na frente do INC (Instituto Nacional de Cardiologia), em Laranjeiras, na zona sul, para que ele fosse atendido. De acordo com testemunhas, o socorro teria sido negado devido à falta de emergência no hospital, que também está em greve. Ontem à tarde, o fotografo foi enterrado no cemitério São João Batista,

em Botafogo. A polícia quer identificar os médicos que estavam de plantão no INC para prestarem depoimento. Os funcionários participam da greve nas unidades federais de saúde. Também serão ouvidas duas testemunhas e o socorrista do Corpo de Bombeiros que atendeu Marigo no ônibus. Em nota, o INC afirmou que, assim que a equipe médica soube do problema, se dirigiu à frente do hospital e, apesar de não estar credenciado a atender emergências, o instituto colocou à disposição uma equipe de médicos e um leito para atendimento. O Conselho Regional de Medicina do Rio afirmou que vai apurar o caso. METRO RIO

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

PARA BLINDAR PADILHA, PT AMEAÇA ATINGIR CAMPOS.

Aposentadoria de Barbosa deve sair em 15 dias A aposentadoria do presidente do STF, Joaquim Barbosa, deverá sair em até duas semanas. O prazo é uma exigência para resolver questões burocráticas, como a posse do sucessor, Ricardo Lewandowski. O ministro afirmou serem verdadeiras as informações de que ameaças ajudaram na sua decisão. METRO BRASÍLIA Rio de Janeiro

Marido anuncia assassinato pelo Facebook Franke Nascimento foi preso anteontem após confessar que matou a mulher, Juliana de Melo, a facadas, em Senador Camará, no Rio de Janeiro. Antes do crime, ele publicou no Facebook uma mensagem avisando que ia matar a mulher por causa de uma suposta traição. Depois do crime, ele foi à delegacia e se entregou. METRO

DEPUTADO LUIZ MOURA (SP), RECLAMANDO DO PT APÓS A DENÚNCIA DE SUA LIGAÇÃO AO PCC

trevista a jornalistas da Band, que torceu pela seleção brasileira até na Copa do Mundo de 1970, quando era presa política torturada nos porões da ditadura.

Fotógrafo sofreu infarto no ônibus | ARQUIVO PESSOAL

Supremo

“ESSE NÃO É O PARTIDO NO QUAL MILITO E DO QUAL FAÇO PARTE.”

O PT ameaça convocar na CPI da Petrobras dirigentes do Porto de Suape (PE) para atingir Eduardo Campos (PSB), aos quais eles são ligados, caso Júlio Delgado (MG), do PSB do ex-governador, indique o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha como testemunha, no Conselho de Ética, sobre o esquema do doleiro Alberto Youssef. O deputado mineiro é o relator da cassação de André Vargas (ex-PT-PR).

André Vargas

| DIVULGAÇÃO

DEPOENTES. Julio Delgado convocou o presidente e o líder, Rui Falcão e Vicentinho, e o deputado Cândido Vaccarezza (SP), todos do PT de São Paulo. REPRESENTANTE. Pré-candidato pelo PT ao governo paulista, Padilha é acusado de indicar um ex-assessor para atuar em laboratório do doleiro preso. GESTO. José Serra, quem diria, sabe ser gentil: enviou torpedo ao desafeto Aécio Neves (MG), ontem, parabenizando-o por uma entrevista na TV. PRA FRENTE, BRASIL. A pre-

sidenta Dilma Rousseff contou ontem, em en-

VAI DE JEGUE. A queda da produção levou a alemã Daimler-Mercedes-Benz a dar férias coletivas para reduzir a fabricação de caminhões no Brasil. ARRUDA LIDERA. Pesquisa do Instituto Dados mostra José Roberto Arruda (PR) à frente com 23,1%, na corrida pelo governo do DF. Agnelo Queiroz (PT) subiu e foi a 16,4%. Rodrigo Rollemberg (PSB) tem 10,5%, Toninho do Psol 5,2% e Luiz Pitiman (PSDB) 3,3%. (Registro TSE BR 138/2014). PENSANDO BEM... ...com black-block, “PCC” e Exército nas ruas, a Copa não terá contagem regressiva, mas repressiva.

PODER SEM PUDOR

Pé-de-chinelo Candidato a presidente, Adhemar de Barros fazia sua campanha, em 1955, quando um dia formulou uma frase bonita, num comício: - Vamos nivelar os homens pela cabeça; não somos daqueles que os procuram nivelar pelos

chinelos! Um assessor sugeriu: - Seria melhor substituir chinelos por tornozelos. Ficaria menos vulgar... Adhemar deu uma lição de política no assessor: - Tornozelo é para grã-fino. Chinelo qualquer pé rapado tem.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|12|

Carros. Vendas devem cair mais de 3% neste ano As concessionárias de veículos esperam uma queda de mais de 3% nas vendas de veículos novos neste ano. Segundo a Fenabrave, entidade que representa o setor, em maio, as vendas de carros, comerciais leves, ônibus e caminhões novos caíram 7,2% sobre um ano antes e ficaram praticamente estacionadas sobre abril, que teve um dia útil a menos que o mês passado. Os licenciamentos de maio somaram 293.383 veículos. O resultado mensal contribuiu para uma queda de 5,5% no acumulado deste ano sobre os primeiros cinco meses do ano passado, a 1,4 milhão de unidades. O presidente da Fenabrave, Flávio Meneghetti, negou a hipótese de tentar novos incentivos junto ao governo federal, que poderiam incluir um adiamento na volta de alíquotas integrais do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), em julho. “Não vejo espaço para termos novos incentivos. O governo já sinalizou que não haverá”, afirmou. O setor trabalha com expectativa de queda de 3,24% nas vendas este ano, para 3,64 milhões de unidades. Uma nova projeção poderá ser divulgada após a Copa do Mundo, que deve pesar sobre as vendas. “Vemos um viés de baixa. O PIB está desacelerando”, disse o executivo. METRO

“Não vejo espaço para termos novos incentivos. O governo já sinalizou que não haverá” FLÁVIO MENEGHETTI, DA FENABRAVE

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Desemprego atinge 7,1% no 1º trimestre Mercado de trabalho. Nos últimos três meses de 2013, a taxa havia ficado em 6,2%. População desocupada sobe para 7 milhões A taxa de desemprego no Brasil chegou a 7,1% no primeiro trimestre de 2014. O índice é maior que o apurado no quarto trimestre do ano passado, quando ficou em 6,2%. No entanto, representa uma queda em relação ao mesmo período de 2013, quando o desemprego estava em 8%. O dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgada ontem pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Esse novo levantamento, que abrange 3.464 municípios, substituirá gradualmente a PME (Pesquisa Mensal de Emprego). Pela PME, realizada em apenas seis maiores regiões metropolitanas do país, a desocupação acumulada no trimestre é menor, de 5%. Segundo o coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, Cimar Azeredo, a alta da taxa medida pela nova pesquisa já é esperada em relação ao quarto trimestre. “A alta em relação ao quarto trimestre é um movimento esperado, ela acontece sempre. No mês de dezembro você tem menos dias de procura de trabalho”, afirmou Azeredo.

EM ALTA Taxa de desocupação, %

7,9

7,5

8,0 7,1

7,4

6,9

7,1

6,9 6,2

1º tri

2º tri

3º tri

4º tri

1º tri

2º tri

2012

Por região Norte Nordeste Sudeste Sul Centro-Oeste

3º tri

4º tri

1º tri

2013

1º tri/2013

4º tri/2013

8,6 10,9 7,6 4,8 6,8

6,5 7,9 6,2 3,8 4,9

2014 1º tri/2014

7,7 9,3 7,0 4,3 5,8

FONTE: IBGE

Segundo ele, a redução do desemprego no primeiro trimestre em relação ao mesmo período do ano passado deve-se à criação de vagas. A ocupação subiu 2% no período, com a abertura de 1,770 milhão de vagas.  Apesar de ainda robusto, o mercado de trabalho vem perdendo força em meio ao cenário de inflação e juros elevados. A população desocupada ficou em 7 milhões, um aumento de 1,6% em relação ao mesmo período de 2013. Já a

população ocupada caiu 9,7% em relação ao primeiro trimestre do ano passado. A taxa de desemprego também vem refletindo o maior número de pessoas que tem desistido de procurar emprego e deixado a força de trabalho. “Parte dessa redução da desocupação é em função do aumento da inatividade, que é mais focada na população de menor de idade e na população de 60 anos ou mais”, destacou Azeredo. METRO

Copa. Seis estádios não terão Wi-Fi para torcedores Dos 12 estádios da Copa do Mundo, 6 não terão reforço de redes Wi-Fi, por falta de acordo entre as operadoras e as administrações das arenas. O presidente do SindiTelebrasil, que representa as teles, Eduardo Levy, disse ontem que os estádios de São Paulo, Recife, Natal, Fortaleza, Belo Horizonte e Curitiba optaram por ter rede própria para, provavelmente, usá-la em rede comercial. “Onde não houver rede, a capacidade de dados é menor”, afirmou o presidente do SindiTelebrasil, que já havia relatado o problema em audiência no Senado há duas semanas. Segundo a entidade, foram colocadas 1.014 antenas de Wi-Fi em Brasília, Rio de Janeiro, Salvador, Cuiabá, Manaus e Porto Alegre. O investimento foi de R$ 14 milhões. Nesses locais, o serviço de Wi-Fi será gratuito para os torcedores. Nos 12 estádios, as operadoras investiram R$ 212 milhões na chamada cobertura indoor, para melhorar a oferta voz e internet 2G, 3G e 4G. Foram instaladas 3.724

24 mil

conexões de dados simultâneas poderão ser realizadas, em média, em cada arena que receberá os jogos da Copa pequenas antenas. O sindicato estima que, em média, em uma hora dentro de um estádio poderão ser feitas 300 mil chamadas de voz, com duração média de 2,4 minutos, além de 24 mil conexões simultâneas de dados. Para o SindiTelebrasil, os estádios mais problemáticos serão os de São Paulo e de Curitiba, devido ao atraso das obras e, consequentemente, o reduzido tempo para instalação dos equipamentos. A estratégia adotada foi dar prioridade aos locais de maior concentração, como as arquibancadas. “Eles não terão boa cobertura nessas áreas pelo tempo insuficiente que tivemos para instalar essa cobertura. Mas isso ocorrerá em locais de menor importância para o torcedor”, afirmou Levy. METRO

Energia. Governo estuda ampliação de empréstimo O governo federal estuda a ampliação do empréstimo de R$ 11,2 bilhões de um grupo de bancos às distribuidoras de energia. Segundo o diretor da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Romeu Rufino, a última parcela do empréstimo de R$ 2,2 bilhões, autorizada ontem, não será suficiente para quitar to-

dos os gastos com a exposição das distribuidoras ao mercado de energia de curto prazo em abril, que serão pagos até 10 de junho. A elevação do valor pode deixar a conta de luz ainda mais cara no ano que vem, quando o empréstimo para as distribuidoras começará a ser repassado aos consumidores. METRO


|14|

MUNDO

25 anos. Governo da China defende repressão na Praça da Paz Celestial A China defendeu ontem a repressão às manifestações pró-democracia em torno da Praça da Paz Celestial, dizendo que adotou o “caminho correto para o bem do povo”. O evento, em Pequim, completa 25 anos hoje. Para o Partido Comunista chinês, as manifestações de 1989 que tomaram a região central da capital e se espalharam por outras cidades permanecem um tabu, depois que o governo classificou os protestos como “contra-revolucionários”. O aniversário da data em que as tropas dispararam contra manifestantes em 1989 nunca foi lembrado publicamente na China continental, embora todos os anos ocorram eventos relacionados em Hong Kong, devolvido pelos britânicos à China em 1997, e em Taiwan, que tem governo próprio e é reivindicado por Pequim como parte de seu território. Não há uma cifra oficial de mortos, mas grupos de defesa dos direitos humanos estimam que tenham sido milhares e testemunhas falam em centenas ou vários milhares. “O governo chinês chegou há muito tempo a uma conclusão sobre a turbulência no final dos anos 1980”, disse o porta-voz da chancelaria, Hong Lei. “A construção da democracia e do Estado de direito continua a ser aperfeiçoada”, afirmou.

Fotógrafo Sin Wai-keung, atual editor de um jornal na China, trabalhava como fotojornalista em 1989 e foi o autor de uma das imagens icônicas do ato solitário. Ao relatar o momento em que fez a imagem, Sin disse não ter pen-

EUA vão reforçar tropas na Europa Na Polônia. Em visita à região, Obama diz que compromisso com segurança de aliados é ‘sagrado’ e anuncia pacote de US$ 1 bilhão para envio temporário de mais tropas

Homem vê exposição sobre evento em Hong Kong | BOBBY YIP/REUTERS

Censura Um grupo que monitora a censura disse que diversas páginas do Google haviam sido bloqueadas por ocasião do aniversário do massacre. O governo costuma proibir o acesso a vários sites, usando um sistema chamado de “Great Firewall”, reforçado com a proximidade de datas consideradas sensíveis. Verdade Ontem, a diretora da agência de direitos humanos da ONU, Navi Pillay, exortou a China a revelar a verdade sobre os eventos. “É do interesse de todos estabelecer finalmente os fatos cercando os incidentes”, disse. Ela também instou as autoridades a parar de bloquear a discussão sobre os eventos na internet. METRO

Paradeiro do ‘homem do tanque’ ainda é mistério O paradeiro do “homem do tanque”, como ficou conhecido o manifestante anônimo que tentou, sozinho, impedir o avanço da coluna de veículos militares na manhã de 5 de junho de 1989, ainda é desconhecido. Nos últimos 25 anos surgiram diversas versões sobre a identidade do homem. Um jornal britânico chegou a dizer que era Wang Weilin, um estudante de 19 anos, mas o PC chinês disse na época que nunca pôde localizar o homem, mesmo entre mortos e presos.

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

O presidente dos EUA, Barack Obama, garantiu à Polônia e a seus vizinhos do Leste Europeu que o compromisso do país com a sua segurança é “sagrado” ontem, no início de uma viagem de quatro dias em que busca mostrar a determinação de Washington em relação à intervenção russa na Ucrânia. Obama anunciou um pacote de quase US$ 1 bilhão para reforçar a cooperação militar com os aliados europeus. Segundo a Casa Branca, o pacote servirá para o envio temporário de mais tropas para a Europa, o que poderia levar a medidas recíprocas do Kremlin e uma escalada da crise. Os EUA devem construir a capacidade da Ucrânia e de outros dois países aliados nas fronteiras da Rússia, Geórgia e Moldávia. “Como amigos e alia-

sado no perigo ou em como a imagem se tornaria simbólica. “O mais importante é que (o ato) foi fotografado”, disse. METRO Assista no site do Metro ao vídeo do ato solitário www.metrojornal.com.br

Obama em encontro com o presidente polonês ontem | KEVIN LAMARQUE/REUTERS

dos, estamos unidos”, disse. Obama se reunirá com o presidente eleito da Ucrânia, Petro Poroshenko, e com outros líderes da Europa Central e do Leste. ‘Vigilância’ Washington não chegou a prometer o reforço per-

manente da presença militar na Europa, como alguns dos aliados dos EUA na região buscam, mas disse que ainda reavaliará o seu contingente no continente. Também na Polônia, o secretário de Estado norte-americano, John Kerry,

Pressão O presidente dos EUA está sob a pressão de críticos no país que dizem que ele não está mostrando liderança suficiente no cenário mundial. Alguns aliados da Otan na Europa Oriental, que temem se tornar os próximos alvos de uma eventual expansão russa, pedem mais proteção dos EUA. METRO

Síria vota em eleição tida como ‘farsa’ Em meio a uma guerra civil que matou mais de 160 mil pessoas em três anos, a Síria foi às urnas ontem em uma eleição presidencial que deve confirmar a permanência do ditador Bashar al-Assad no poder. Ontem, a porta-voz do Departamento de Estado dos EUA Marie Harf disse que a eleição síria é uma “vergonha”. “Assad não tem hoje mais credibilidade do que Espanha

Sin Wai-keung, que fez foto do ato, diante da imagem | BOBBY YIP/REUTERS

disse que uma resposta à crise na Ucrânia seria um dos pontos principais nas reuniões de Obama na Polônia. “Estamos aqui hoje, porque este continua a ser um novo momento de desafio para todos nós”, disse. Segundo ele, os eventos recentes na Ucrânia “requerem nova vigilância e um compromisso claro”.

tinha ontem”, declarou, ao chamar de “repugnantes” as fotos de Assad “votando e fingindo que se trata de uma eleição de verdade”. “Distante da realidade e desprovida de participação política, a eleição encenada pelo regime de Assad dá continuidade a um legado familiar de 40 anos de repressão violenta que esmaga brutalmente a dissidência política e deixar de

cumprir as aspirações dos sírios de paz e prosperidade”, declarou a porta-voz. O pleito é classificado pela oposição, impedida de participar, como uma “farsa”. Duas pessoas morreram em Rastan ontem depois que caças bombardearam a cidade. No centro da capital, Damasco, foguetes foram lançados mas não provocaram danos, segundo a oposição. METRO E AGÊNCIAS

Assad é aplaudido ao votar ontem, em Damasco | SANA/REUTERS

Horror

Felipe assume trono depois de 18 de junho

Menina é esfaqueada 19 vezes nos EUA

O príncipe Felipe, filho do rei Juan Carlos, que abdicou na segunda-feira, vai ser coroado apenas após 18 de junho, disse ontem o presidente do Congresso dos Deputados, Jesús Posada. Uma lei foi entregue ontem ao Parlamento. Ela deve ser aprovada por maioria e ratificada para que a sucessão real possa ocorrer. METRO

Duas meninas de 12 anos atraíram uma amiga, também de 12, para uma mata, onde a esfaquearam 19 vezes, nos EUA. As suspeitas disseram que tentavam impressionar o líder de um site de histórias de horror. Ele teria dito que para “subir em seu reino” um usuário deveria matar alguém. A vítima tem quadro estável. METRO

Assassinato simulado Um escocês pediu desculpas à polícia local depois que uma imagem foi divulgada no Google Street View mostrando uma simulação de assassinato. Ao ver o veículo do Google em sua rua, o homem montou a cena, que foi ao ar | REPRODUÇÃO/GOOGLE


SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

|15|◊◊

Nos destaques, as maquetes da Igreja da Pampulha, em MG (acima), e da Catedral de Brasília, no DF; e na foto maior, o Conjunto Copan, em SP

Linhas de

FOTOS: ANDRÉ SEITI/DIVULGAÇÃO

Niemeyer MICHEL MOCH/DIVULGAÇÃO

Exposição. Itaú Cultural apresenta a partir de hoje a primeira exposição póstuma sobre o arquiteto brasileiro, com projetos clássicos e de obras nunca construídas Símbolo da revolução das formas na arquitetura, Oscar Niemeyer (1907-2012) terá o conjunto de sua obra apresentado pela primeira vez a partir de hoje (para convidados) na exposição “Oscar Niemeyer: Clássicos e Inéditos”, no Itaú Cultural, em mais de 300 obras, entre plantas, croquis, desenhos originais, maquetes, filmes e fotos. Um rolo de 16 metros de papel com desenhos de Niemeyer recebe o visitante logo na primeira sala, a Clássicos, no 1º piso. Esse material é resultado de traços que o arquiteto fez diante da câmera para o documentário “Oscar Niemeyer: O Filho das Estrelas”, dirigido por Henri Raillard em 2001. Na mesma sala são exibidos mais 20 desenhos de projetos construídos, como a sede do Partido Comunista Francês, além de fotografias e maquetes de outras obras emblemáticas. No piso -1 é possível ver materiais de projetos que nunca saíram do papel, em um acervo marcante de inéditos, como uma cidade revolucionária para o deserto do Neguev, em Israel, ou um centro comercial na Argélia. Já no piso -2 os projetos para o Estado de São Paulo reaShow 1

70

projetos serão apresentados, sendo 51 deles inéditos e 19 construídos, que se desdobram em 309 plantas, desenhos e croquis originais lizados entre 1938 e 1990 ganham destaque. Um mapa eletrônico localiza as obras de Niemeyer para a cidade, como o Edifício Copan e o conjunto do Ibirapuera. Entre os inéditos desse setor, é possível ver uma versão de 1989 para o Auditório Ibirapuera, diferente da construída em 2002. Completam o circuito a projeção de dois documentários, além do já citado, “Oscar Niemeyer – A Vida é um Sopro” (2010), de Fabiano Maciel, e 179 imagens de fotógrafos como Thomas Farkas e Chico Albuquerque. METRO Serviço No Itaú Cultural (av. Paulista, 149, Cerqueira César; tel.: 2168-1776). Abre hoje. De ter. a sex., das 9h às 20h; sáb. e dom., das 11h às 20h. Grátis. Até 27/7.

Show 2

Cássia Eller será homenageada no Sesc Vila Mariana

Gregory Porter se apresenta na Sala São Paulo

De hoje a sexta, às 21h, o músico Filipe Catto e a percussionista Lan Lan sobem juntos ao palco para interpretar as canções mais memoráveis da carreira da cantora, que faleceu em 2011, como como “Malandragem”, “E.C.T.”, entre outras. No Sesc Vila Mariana (r. Pelotas, 141, Vila Mariana; tel.: 50803000. R$ 32). METRO

A Série de Concertos Internacionais da TUCCA apresenta o cantor norte-americano de jazz ao lado da cantora Cécile McLorin, e o pianistas franco-americano Jacky Terrasson. O show acontece hoje, às 21h, na Sala São Paulo (pça. Júlio Prestes, 16, Luz; tel.: 3367-9500. De R$ 80 a R$ 230). METRO

2 CULTURA


16

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

PUBLIMETRO

Leitor fala

Os invasores

O fino da cidade

Deputado Luiz Moura Li a reportagem “PT muda de posição e suspende Luiz Moura” no Metro Jornal de ontem. É um absurdo um deputado estadual estar envolvido com uma facção criminosa como o PCC (Primeiro Comando da Capital) e ser apenas suspenso pelo seu partido por dois meses. Acredito que a decisão mais correta seria a de expulsá-lo do partido, afinal, “diga com quem andas, que te direi quem és”. Ao menos, com a decisão tomada pelo PT, Moura não poderá tentar a reeleição.

FABIO BRANCATELLI FABIO.BRANCATELLI@METROJORNAL.COM.BR

Os leitores desta coluna, acostumados a ter sempre o “fino”, receberam deste indignado colunista o “grosso” nas últimas semanas, através de duras críticas ao ultrajante momento atual. Agora, o fato é que a Copa acontecerá e temos que amenizar o prejuízo, distinguir quem merece vaia ou torcida, receber bem os visitantes, construir o que é nosso. O brasileiro está dividido entre torcer ou refugar. Ser contra a “Copa no Brasil” é compreensível, mas ser contra o “Brasil na Copa”, não. A Seleção está a fim, merece nosso apoio. E o grande legado da Copa já conquistamos: a convicção de que precisamos mudar. Nossa grande manifestação não será com vandalismo nas ruas em junho, e sim com inteligência nas urnas em outubro. A SEMANA:

Cruzadas

MARIA VIEIRA - SÃO PAULO, SP

Ônibus Ao ler a reportagem “Passageiro passa mais de 2 horas por dia no ônibus” no Metro Jornal de ontem, percebi que as faixas exclusivas e corredores não têm ajudado tanto assim no fluxo de veículos na cidade. Quem utiliza carro, pega mais trânsito. Já quem usa ônibus, principalmente quem mora na periferia da cidade, continua muito tempo dentro de um coletivo.

FOTOS: LUCIANA PREZIA

1

2 3

JOSÉ SANTANA - SÃO PAULO, SP

www.metrojornal.com.br

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE? 

Carlos Jereissati celebrou a inauguração do Gucci Museo com jantar em sua casa para poucos convidados:

Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial. 

4

Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro.

5

Vik Muniz (1), Frida Giannini (2), FrançoisHenri Pinault e Camila Belle (3), Camilla Vieira Santos e Cris Biaggi (4), Toni Gard (5), Renata Queiroz Moraes (6) e Costanza Pascolato (7).

Para falar com a redação:

leitor.sp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

7

6

O FINO DA SEMANA Sexta-feira é dia de Morumbi lotado para o último amistoso da Seleção Brasileira antes do Mundial. Vai ter Copa! Fabio Brancatelli é empresário, publisher do Bicofino e consultor de marketing com 20 anos de mercado em grandes agências e empresas.

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Não deixe que a ansiedade faça dispersar de assuntos importantes para pessoas especiais. Fique mais atento com as suas relações.

Seja cuidadoso para evitar gestos pegajosos e de ciúme com quem tem vínculo afetivo. Assuntos financeiros propensos a ajustes.

Envolva-se de forma mais otimista com projetos sem deixar que certas pessoas ou pequenos contratempos alterem seu humor.

Tendências a momentos mais intensos de lazer, vivência de novos círculos sociais e tudo que afaste qualquer ideia de isolamento.

Com a Lua em seu signo, sua postura detalhista e observadora estará acentuada em diversos assuntos. Evite se exceder nas críticas.

A dedicação com atividades culturais, religiosas, espirituais e que enriqueçam seus conhecimentos preencherá seu dia positivamente.

Período para exercitar a compreensão com manias de outras pessoas. Lembre-se que tem as suas, especialmente, com pessoas mais próximas.

Regente de seu signo, Vênus faz bom aspecto com Netuno, o que acentua mais inspiração e sentimento para o que faz.

Cuide para dosar sua dedicação aos problemas das pessoas com quem tem mais convivência. É bom deixá-las que resolvam assuntos sozinhas.

Informações precisas devem ser priorizadas. Não crie alardes por falsas especulações, especialmente em temas do trabalho e finanças.

O envolvimento com grupos e mesmo a retomada de convívio com amizades será mais frequente e algo que fará muito bem.

Os assuntos associados a parcerias estão propensos a tomar empenho mais intenso para novos objetivos profissionais.

Soluções


3

|18|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

ESPORTE

Missão cumprida Equipe comemora gol anotado sobre os panamenhos no Serra Dourada. Sexta, desafio é contra a Sérvia, em São Paulo | RICARDO MORAES/REUTERS

Em Goiânia. Brasil goleia e até dá ‘olé’ contra o Panamá. Apesar da fragilidade do rival, time demora para engrenar O Brasil goleou o Panamá por 4 a 0, em Goiânia, no penúltimo teste antes de estrear na Copa do Mundo contra a Croácia, dia 12. Mas, a Seleção demorou a entusiasmar os mais de 30 mil torcedores que foram ao Serra Dourada. A partida começou com os panamenhos bem fechados na defesa. O Brasil até que tentou tomar as iniciativas. Só que abusou do ritmo preguiçoso, sem partir para cima dos rivais, tentando abafar, como foi sua marca registrada na conquista da Copa

4 0 • •

Julio Cesar; Daniel Alves (Maicon), David Luiz (Henrique), Dante e Marcelo (Maxwell); Luiz Gustavo, Ramires (Hernanes) e Oscar (Willian); Hulk, Fred (Jô) e Neymar . Técnico: Luiz Felipe Scolari

BRASIL

McFarlane (Calderón); Machado, Román Torres (Cummings), Baloy e Carroll (Rodríguez); Cooper (Jimenez), Henríquez, Gómez e Quintero (Torres); Tejada (Nurse) e Muñoz. Técnico: Hernán Gómez

PANAMÁ

Gols. Neymar aos 27 e Daniel Alves aos 40 minutos do 1º tempo; Hulk a 1 e Willian aos 27 minutos do 2º tempo. Arbitagem. Raul Orozco (BOL)

das Confederações, no ano passado. Jogando em clima de treino, os brasileiros tiveram de usar uma tradicional arma (que por sinal andava meio esquecida) para resolver a situação: um gol

de falta de Neymar, aos 27 minutos do 1º tempo. A exemplo dos treinos no dia anterior, quando acertou a maioria das cobranças contra Julio Cesar, o camisa 10 foi preciso e abriu o placar.

Neymar: 200 gols na carreira

Roland Garros

Sharapova

A russa Maria Sharapova venceu ontem a espanhola Garbine Muguruza por 2 sets a 1 – parciais de 1/6, 7/5 e 6/1 – e avançou para as semifinais do torneio de Roland Garros, na França. Também ontem, o sérvio Novak Djokovic bateu o canadense Milos Raonic por 3 a 0 – 7/5, 7/6 (5) e 6/4 – e chegou às semifinais. Hoje, �� a vez de o espanhol Rafael Nadal enfrentar o compatriota David Ferrer. O jogo é às 11h30 e tem transmissão do Bandsports.

O futebol do Brasil nem sempre foi lá aquelas coisas, em Goiânia. Mas, Neymar, o craque do time, fez o que se esperava dele: correu muito, marcou os adversários, deu dribles desconcertantes, fez uma precisa cobrança de falta, um genial toque de calcanhar para o gol de Hulk, criou a jogada para Willian fechar a goleada... E ainda quase fez mais um, de bicicleta. Mas a bola que colocou na rede entrou na história: foi o 200º gol do atacante na carreira, sendo o 45º com a camisa da Seleção (incluindo as equipes sub-20, olímpica e sub-17). “Feliz por ter cumprido mais uma meta em minha vida, não sabia que sairia com a camisa da Seleção, mas estou feliz e espero poder fazer muito mais”, disse o camisa 10. Pé na forma Ao longo das Copas do Mun-

Neymar diz que está com 70% da capacidade física | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

do, o Brasil já teve grandes cobradores de falta: Didi, em 1958 e 1962, Rivellino em três Mundiais dos anos 1970, Zico, nas Copas da Espanha e México, Branco na conquista do tetra em 1994, e -- mais recentemente – as bombas de esquerda de Roberto Carlos. Neymar quer entrar neste

time. Que, de acordo com Scolari, ainda tem David Luiz para cobranças de longe, Daniel Alves para falta do lado direito e Marcelo para a esquerda. “Sempre treinei faltas e continuo trabalhando para me especializar neste fundamento”, disse o atacante ao Metro Jornal. METRO

Treze minutos depois, Daniel Alves marcou o segundo, com um chute de fora da área. Depois de levar os dois gols no 1º tempo, o Panamá foi desanimando e os espaços em sua defesa – e mais gols – apareceram para fazer a festa da torcida. Exigente, como sempre, o técnico Luiz Felipe Scolari esbravejou e gesticulou no final da primeira etapa. “Eu queria que nosso time trabalhasse melhor as jogadas”, disse. No primeiro minuto do 2º tempo, os espaços apareceram para os brasileiros e a goleada se consumou, priItaquerão

Solo causou queda de guindaste A queda de um guindaste que matou dois operários do Itaquerão, em novembro do ano passado, foi causada por afundamento do solo. Essa foi a conclusão do laudo do Instituto de Criminalística. De acordo com a perícia, o guindaste não tinha problemas mecânicos e que também não houve erro humano. No momento do acidente, o guindaste tombou e uma parte da estrutura metálica desabou. Fábio Luis Pereira, 42 anos, e Ronaldo Oliveira dos Santos, 44 morreram no acidente. METRO

meiro com um genial toque de calcanhar de Neymar para a bomba de Hulk. Willian, um dos seis jogadores que saiu do banco de reservas para o jogo, marcou o quarto gol. Segundo Felipão, a oito dias da Copa, apesar da goleada, ainda falta muito para seu time jogar um futebol de campeão que encantou na Copa das Confederações. Promete gesticular muito mais e trabalhar duro para chegar lá. FERNANDO VALEIKA DE BARROS E FABIANE GUIMARÃES DE GOIÂNIA, PARA O METRO

Sem tempo a perder Logo depois do jogo em Goiânia, a Seleção não quis saber de perder tempo: o time voou de volta para o Rio de Janeiro e já voltou para a Granja Comary. Em Teresópolis, a equipe juntou-se a Paulinho, Fernandinho e Thiago Silva, que foram poupados do amistoso contra o Panamá. Todos treinarão hoje e estarão em São Paulo amanhã, para finalizar a preparação para o último amistoso antes da Copa, sexta-feira às 16h, contra a Sérvia, no Morumbi. No sábado, jogadores e comissão técnica terão a última folga antes da estreia na Copa. METRO

8 dias

é o tempo que a Seleção Brasileira tem antes de estrear na Copa, dia 12, contra a Croácia, em São Paulo


|20|

SÃO PAULO, QUARTA-FEIRA, 4 DE JUNHO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Zebra solta. Bélgica e Rússia vêm ao Brasil com o bom crédito adquirido após o desempenho alcançado na fase eliminatória da Copa

Chave da

BÉLGICA

surpresa

Seleções Todo so

Marc Wilmots

(17/6 - 13h, Belo Horizonte)

Rússia

Courtois Alderweireid

s ogo sj

Bélgica x Argélia

x Coreia do Sul

(17/6 - 18h, Cuiabá)

Bélgica x Rússia

(22/6 - 13h, Rio de Janeiro)

Coreia do Sul

x Argélia

Coreia do Sul

x Bélgica

Kompany Defour Witsel

(22/6 - 16h, Porto Alegre)

De Bruine

(26/6 - 17h, São Paulo)

Argélia x Rússia

(26/6 - 17h, Curitiba)

Bélgica Fellaini

4-2-3-1

COREIA DO SUL Participações em Copas:

8

3

Técnico:

Koslov

Esquema tático:

Zemmanouche Argélia

4-2-3-1

Berezutsky

Khoualed

Ghoulam

Rússia

Laicen

Soudani Slimani

4-3-3

Medjani

Suk-Young

Jeong-Ho

Coreia do Sul

Tae-Hwi

Jong-Woo

Heung- Min

Brahimi

Kerzhakov Kokorin

Taider

Feghouli

Dzagoev

Esquema tático:

Shin-Wook é a aposta de ataque dos coreanos

Boughera

Kombarov Fayzulin

Hong Myung -Bo

Sung-Ryong

Ignasevich

Glushakov

Técnico:

Feghouli busca repetir sucesso obtido no Valencia

Vahid Halilhodzic Akinfeev

Shirokov

Esquema tático:

Participações em Copas:

Kerzhakov é a força do time de Capello na frente

4-4-2

Vertonghen

Hazard

ARGÉLIA

Esquema tático:

Vermaelen

Lukaku

Participações em Copas:

Fabio Capello

Técnico:

Hazard resume o talento e a juventude do time belga

RÚSSIA

Técnico:

11

Grupo H

Quando perguntado sobre qual nome aponta como possível surpresa na Copa, o coordenador técnico do Brasil, Carlos Alberto Parreira, cita imediatamente a Bélgica. Estudioso do futebol, Parreira não está só: os belgas passaram a chamar a atenção de técnicos e torcedores após fechar de forma brilhante sua participação nas Eliminatórias. Foram oito vitórias, dois empates e nenhuma derrota daquela que é apontada como a melhor geração do futebol do país, só comparável à de 1986, que ficou em quarto lugar no México. A equipe é liderada por Hazard, jogador que resume o time: muito talento, pouca experiência. O meia-atacante de 22 anos vem brilhando no Chelsea, assim como vários de seus companheiros são estrelas em equipes europeias. Mas o desempenho da Bélgica é ameaçado pela juventude. Pela juventude e também pela regular Rússia, do atacante Kerzhakov e, principalmente, do técnico Fabio Capello. O italiano recolocou a Rússia no caminho da Copa, após a equipe ficar fora de duas delas, passando por cima de Portugal de Cristiano Ronaldo (que se classificou na repescagem). Experiente, o técnico pode sonhar mais alto na Copa. Argélia e Coreia são candidatas a surpresa dentro de um grupo já potencialmente surpreendente. Convenhamos, seria surpresa demais para um grupo só... METRO

2

Participações em Copas:

Shang-Su

Su-Yueng

Shin-Wook

Keun-Ho

Bo-Kyung


20140604_br_metro sao paulo