Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

ANA MENDES/DIVULGAÇÃO

Mariana Ximenes e Armando Babaioff são os protagonistas

ETERNAMENTE BRILHANTES

ATÉ 9 DE JULHO, FILMES QUE MARCARAM ÉPOCA PODEM SER ASSISTIDOS NAS TELONAS PÁG. 09

‘Mãos de Cavalo’ vai às telas Cineasta fala sobre adaptação do livro ao cinema PÁG. 08

BRASÍLIA Segunda-feira, 2 de junho de 2014 Edição nº 514, ano 3 MÍN: 14°C MÁX: 28°C sunny

snow

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br |

AGORA É A COPA hazy

thunder partly cloudy sleet thunder part sunny/ www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb showers sunny showers

rain

windy

Audrey Hepburn em ‘Bonequinha de Luxo’

showers

Palco da abertura do Mundial, Itaquerão recebeu último teste ontem, com o empate de 1 a 1 entre Corinthians e Botafogo. O público sofreu com longas filas e desinformação dos voluntários. Brasileirão só volta depois do fim da Copa PÁGS. 12 e 13

Romarinho em lance da partida de ontem: próximo jogo no estádio será Brasil x Croácia, em 12 de junho

Com dificuldades para entrar no estádio, muitos torcedores não viram o gol de Jadson, aos 24 mintos do 1o tempo, no empate do Corinthians por 1 a 1 com o Botafogo | AVENER PRADO/FOLHAPRESS

A evolução das bolas oficiais

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Brazuca da final: a bola que será usada no Maracanã

Superpôster do Metro traz curiosidades sobre cada uma das ‘estrelas’ de todos os mundiais até hoje PÁGS. 14 e 15


1 FOCO

|02|

Quase 3 anos sem bondinho em Santa Teresa, no Rio Obras. Além da dificuldade em se locomover pelo bairro, moradores reclamam de violência e de assaltos a prédios na região O bonde de Santa Teresa descarrilou, tombou, matou cinco e feriu mais de 50 pessoas. Parece que foi ontem, mas esse acidente já aconteceu há dois anos e dez meses. Até hoje, as obras do bondinho não terminaram, e os moradores dependem de micro-ônibus, que, segundo eles, demoram a passar nos pontos e tiveram o itinerário alterado por conta das obras. “Para chegar aqui, ando da Central até a Cruz Vermelha. O ônibus dá muito mais voltas, isso atrasa”, analisa o barman André Barbado, 30. Gerente do restaurante Espírito Santo, Sara Lacale, 33, reclama que não há mais estacionamentos no bairro, por causa das obras. “Quando estacionam na calçada, os clientes são multados.” O bairro é muito procurado por turistas, o que agrava a

Legado

“Diziam que a Copa do Mundo não tinha legado nenhum. Eu, pessoalmente, acho que nenhum legado é da Copa do Mundo, todos os legados são do povo brasileiro. Por exemplo, nós não estamos fazendo aeroportos para a Copa do Mundo. Estamos fazendo aeroportos para todos os brasileiros. Por acaso, serão usados na Copa do Mundo.” DILMA ROUSSEFF, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, EM VISITA AO RIO, ONDE ANUNCIOU R$ 3 BILHÕES PARA OBRAS DE MOBILIDADE URBANA

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

VOZ POP

1,3 km

será a extensão do primeiro trecho liberado para os novos bondes de Santa Teresa passarem após as obras.

Dois anos e dez meses depois do acidente com o bondinho, obras têm a previsão de acabar no 2º semestre | BRUNA PRADO/METRO RIO

situação, ainda mais às vésperas da Copa do Mundo. Os moradores também estão insatisfeitos com o tamanho do transporte. Por serem ruas formadas por paralelepípedos, os ônibus maiores não podem circular pelo bairro. Obra que não acaba No início das obras, em novembro do ano passado, a

Secretaria de Estado da Casa Civil disse que o bondinho voltaria a funcionar em junho, antes da Copa do Mundo, mas depois mudou o prazo para julho. Mais uma vez a data foi prorrogada. Em nota, a secretaria informou que o sistema de bondes voltará a Santa Teresa em agosto, de modo experimental, com o primeiro tre-

cho de apenas 1.330 metros. A secretaria afirma ainda que o governo disponibiliza uma van, 24 horas por dia, para transportar os moradores e os turistas. Insegurança no bairro Outro problema presente no cotidiano dos moradores de Santa Teresa é a violência. De acordo com dados do Institu-

Bonde de Santa Teresa mais seguro

Como é o transporte no bairro sem o bondinho?

“O movimento do meu bar caiu uns 30%. Aqui, não tem nem mais lugar para os clientes estacionarem o carro, por causa das obras.”

“As obras aqui do bondinho estão que nem a educação e a saúde do nosso país. Sempre faltou manutenção, era uma tragédia anunciada.”

“Santa Teresa é um bairro turístico, e está tendo prejuízos. E muitas pessoas já se machucaram caindo nos trilhos soltos.”

“O ônibus dá uma volta muito maior agora. Preciso sair mais cedo de casa para chegar aqui. O bonde facilitava nosso transporte.”

“Ficamos à mercê dos ônibus. O sistema de transporte está horrível. Além disso, os ônibus acham que estão numa pista de Fórmula 1.”

PEDRO OSÓRIO PAIXÃO, 34, GERENTE DE BAR

MARIO SÉRGIO SANTORO, 52, COMERCIANTE

LUIZ BRANDÃO, 66, ESTATÍSTICO

ANDRÉ LUIS REIS, 23, GARÇOM

ANTONIO VILELA, 23, ESTUDANTE DE DESIGN GRÁFICO

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 061/3966-4615

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

to de Segurança Pública, em março, houve 604 casos de roubos na região do 5o BPM (Centro), cerca de 35% a mais do que março do ano passado. Sara Lacale já socorreu um turista esfaqueado. Ela conta, também, que há cerca de um ano o estabelecimento foi assaltado por dois bandidos armados. “Quando os garçons saem daqui à meia-noite, eles vão de táxi, em grupos. As ruas ficam muito desertas. Sempre ligamos para a polícia, mas ficamos sem atendimento. Os turistas correm de medo, ainda mais que eles trazem as câmeras fotográficas”, explica a comerciante. Em nota, a Polícia Militar informou que o 1o Comando de Policiamento da Área reforçou com 50 policiais o 5o BPM, na região do Centro e de Santa Teresa. A PM afirmou ainda que tem realizado blitze para evitar os roubos na região. METRO RIO

Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

O primeiro novo bonde de Santa Teresa já entrou em fase de testes, na sede da empresa TTrans, em Três Rios. Com um estilo tradicional, o bonde virá mais seguro, segundo a Secretaria de Estado da Casa Civil. Entre as mudanças, estão sistema GPS, roda com maior dissipação de ruído e iluminação de LED. A secretaria informou ainda que metade da frota terá acessibilidade para deficientes. O bonde terá também sistema de freios magnéticos independentes e de emergência nos trilhos. METRO RIO

Filiado ao


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|03|◊◊

As armas de cada um na CPI

Tropas de choque. Governo e oposição definem estratégias para comissão mista. Briga eleitoral deve prevalecer sobre investigação da Petrobras PEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO

José Pimentel, líder do governo no Senado

Vanessa Grazziotin, aliada do governo PEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO

WALDEMIR BARRETO/AGÊNCIA SENADO

Humberto Costa, líder do PT no Senado

Sibá Machado, defensor ferrenho do governo VIOLA JUNIOR/AGÊNCIA CÂMARA

Governo

CPMI do Cartel do Metrô é a carta na manga Uma eventual perda do controle da CPI mista da Petrobras terá como resposta imediata a abertura de investigações com foco direcionado ao PSDB. A CPI do Cartel do Metrô de São Paulo, destinada a apurar denúncias de combinação de preços entre as empresas para frau-

dar licitações, aguarda apenas a indicação dos 22 integrantes. Ao menor risco de as denúncias contra a Petrobras ganharem corpo, uma lista de nomes governistas será levada ao presidente do Congresso, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), para o início imediato dos trabalhos. O excesso de CPIs simultâneas, no entanto, deixa o escândalo do Metrô como um plano B. METRO BRASÍLIA

Com os holofotes da política desviados para as mais diversas direções, a CPI mista da Petrobras começa oficialmente amanhã sob desconfiança. Os trabalhos estarão dividindo a atenção com interesse diversos. O calendário estará achatado por Copa do Mundo, recesso parlamentar, convenções partidárias para a formalização de candidaturas, início das campanhas eleitorais e até mesmo as festas juninas, que atraem as atenções das bancadas do Nordeste. Se tivesse sido criada em 2 de abril, quando o pedido de aberturas das investigações foi feito, haveria pelo menos 40 dias de trabalho -- tempo hábil para alguns avanços. O cenário, porém, é de pessimismo. Tropas de choque A base governista e os partidos de oposição esperam colocar em práticas estratégias com um mesmo objetivo: desgastar o adversário e colher os frutos nas urnas em outubro. A execução do plano exigiu a nomeação de integrantes que formaram verdadeiras tropas de choques. Do lado governista, os senadores José Pimentel (PT-CE), relator da CPI do Senado; Humberto Costa (PT-PE), líder do partido; Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM); e o deputado Sibá Machado (PT-AC). Pela oposição, atuarão os senadores Álvaro Dias (PSDB-PR), homem de confiança do pré-candidato tucano à presidência da República, Aécio Neves; Mário Couto (PSDB-PA), que tem perfil provocador; além dos deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP) e Rubens Bueno (PPS-PR). Para evitar surpresas, haverá uma espécie de revezamento de expediente em Brasília para não deixar a

MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO

trincheira descoberta. Titulares e suplentes do governo e oposicionistas terão a missão não de investigar as denúncias contra a Petrobras, mas vigiar para que, ao menor descuido, seja possível aprovar pedidos de convocações de testemunhas que possam incomodar. CPIs simultâneas Com o controle das duas CPIs, os partidos aliados ao Palácio do Planalto agirão para impedir que polêmicas ganhem destaque na comissão mista. Para isso, contam com 28 dos 36 titulares da comissão. As investigações das denúncias da compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, por exemplo, receberá pedidos de compartilhamento sob o argumento de que novos depoimentos da presidente da Petrobras, Graça Foster, do ex-presidente da estatal Sérgio Gabrielli e do ex-diretor Nestor Cerveró dificilmente trariam novidades. A oposição -- que tem apenas oito integrantes -promete insistir em ouvi-los, e conta com o chamado “blocão”, grupo de deputados que têm atuação independente e podem trair a maioria. A reação, porém, está preparada. A primeira ameaça foi investigar o acidente da plataforma P-36, ocorrido em 2001, durante o governo Fernando Henrique Cardoso. O relator da CPI mista da Petrobras, deputado Marco Maia (PT-RS), apresentará hoje como será o cronograma de trabalho. Os trabalhos devem durar 120 dias, com o relatório final sendo apresentado depois do segundo turno das eleições, já em novembro. MARCELO FREITAS

Álvaro Dias, vice-líder do PSDB no Senado

Rubens Bueno, líder do PPS na Câmara LEONARDO PRADO/AGÊNCIA CÂMARA

DIOGENIS SANTOS/AGÊNCIA CÂMARA

Carlos Sampaio, vice-líder do PSDB na Câmara

Mário Couto, crítico ferrenho da presidente Dilma LIA DE PAULA/AGÊNCIA SENADO

Oposição

Obstrução da LDO para barrar o recesso O recesso tem data marcada: a partir de 18 de julho. Mas as férias de deputados e senadores estão condicionadas à votação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias). O regimento só libera os parlamentares para o descanso após a análise do rascunho do Orçamento.

Para não dar folga a ninguém e evitar que a CPI mista da Petrobras sofra com o esvaziamento, a oposição fará obstrução da votação da LDO no plenário. Sempre que a lei for pautada, os oposicionistas dificultarão que o quórum seja atingido. Neste caso, será missão da base governista ter o número mínimo de parlamentares presentes para votar a proposta. METRO BRASÍLIA

METRO BRASÍLIA

Câmara promete fazer ambicioso esforço concentrado

Plenário cheio será um desafio | GUSTAVO LIMA/AGÊNCIA CÂMARA

Em apenas quatro dias, a Câmara tentará votar 38 projetos. Os deputados foram convocados para um esforço concentrado antes do recesso parlamentar, previsto para a semana que vem. Haverá sessões de hoje até quinta-feira e o desafio será ter quórum para as votações. Pelo calendário, a Câmara não terá expediente nos dias de jogos em Brasília do Brasil na Copa do Mundo. Nas semanas seguintes, só deve haver sessões para debates, e as

faltas não serão consideradas. Em julho, nas duas primeiras semanas, as sessões serão apenas nas terças e quartas-feiras. O presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), pediu compromisso dos colegas para estarem em Brasília. O Senado ainda não divulgou como fará seu esforço concentrado. Mesmo pelos dias parados, os parlamentares receberão o salário normalmente. METRO

Pauta Veja algumas propostas que estão na pauta da Câmara • Plano Nacional de Educação. Votação dos destaques ao texto principal. • Orçamento impositivo. Obriga a União a pagar as emendas parlamentares. • Cassação.

Torna a perda de mandato automática após condenação de crimes contra a administração pública. • Microempresas. Revisão dos limites de adesão ao Simples nacional. • Laboratórios. Proíbe pesquisa e testes com animais.


|04|

Política

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

DILMA LEGISLA MAIS QUE O SENADO: CRIOU 86 LEIS A presidenta Dilma invade sem cerimônia a área de atuação do Poder Legislativo, e conseguiu criar mais leis, durante seu governo, do que todos os 81 senadores somados. Desde sua posse, em 2011, ela transformou em lei 86 medidas provisórias que arremessou para o Congresso, enquanto o dócil Senado propôs e criou apenas 51. É como se a presidenta estivesse legislando por mais de 136 senadores.

VEM MAIS POR AÍ A presidenta legisladora ainda tem 17 medidas provisórias tramitando no Congresso. Quatro delas trancando a pauta de votações do Senado.

TRABALHA, DEPUTADO A Câmara é tão ruim quanto o Senado. Elaborou apenas 304 leis, de 2011 até agora. Menos de uma lei para cada um dos 513 deputados.

RECORDE É DE LULA Dilma segue os passos de Lula, mas está longe do recorde dele, com 240 MPs somente no primeiro mandato presidencial, de 2003 a 2007.

QUEM MANDA SOU EU Além de fazer o trabalho do Legislativo, Dilma reduziu a produtividade do Congresso ao vetar, totalmente, 36 projetos que eles aprovaram.

CRÉDITO É FARTO, AO CONTRÁRIO DO QUE DIZ MANTEGA

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

FIGURINHAS DA COPA Alexandre Padilha (PT) deve estar contando não só com o minuto a mais, na TV, pelo apoio de Maluf na campanha ao governo paulista. Afinal, se ele não é lá muito conhecido, o Maluf até a Interpol conhece.

ELE QUERIA ‘PIZZA’ COMPLETA Não satisfeito com a camaradagem corporativa que o “puniu” apenas com suspensão de três meses de salário por abuso moral e sexual no consulado em Sidney (Austrália) o embaixador Américo Fontenelle ainda recorreu, mas perdeu. Agora tenta aposentadoria integral.

“Eu preciso te dar umas ideias. Inclusive de discurso.” PAULO MALUF AO NOVO ALIADO, ALEXANDRE PADILHA (PT), CANDIDATO AO GOVERNO PAULISTA

E AGORA, PSB? Miro Teixeira (Pros) se reuniu com o vice do PSB, Roberto Amaral, e o presidente do PPS, Roberto Freire, para pedir posicionamento sobre sua candidatura ao governo do Rio. O Pros quer apoiar Garotinho (PR).

AVISO DE TEMPESTADE Ressabiado com investigação do Ministério Público Federal sobre a compra de um apartamento em Copacabana avaliado em R$ 5 milhões, o comandante da Marinha, almirante Moura Neto, doou à irmã outro, menor, um dia após esta coluna falar do caso, em abril.

DEFINIÇÃO No Ceará, Cid Gomes (Pros) anuncia no dia 10 que seu candidato a governador é o deputado estadual Zezinho Albuquerque, e que para o Senado apoiará José Guimarães (PT), irmão de José Genoino.

EMPATE TÉCNICO NO DF Pesquisa do Instituto O&P Brasil mostra empate entre Dilma Rousseff (25,5%) e o tucano Aécio Neves (25,3%), no DF. Eduardo Campos (PSB) tem 17,3%. Mas boa parte dos eleitores (29,2%) ainda não sabe em quem votar. A pesquisa está registrada no TSE: nº BR-118/2014.

ENFRENTAMENTO

PODER SEM PUDOR Guido Mantega | ELZA FIÚZA/AGÊNCIA BRASIL

A indústria, sobretudo a automobilística, sabe que a queda na produção está ligada à precariedade da economia. Mas silencia para não afrontar Guido Mantega (Fazenda), sempre disposto a criar pacotes camaradas para o setor. O ministro responsabiliza a “falta de crédito” pela situação, mas é falso. Bancos das próprias montadoras têm dinheiro sobrando para financiar carros. O que falta é gente interessada em comprar.

CAUTELA E CALDO DE GALINHA... A cautela dos consumidores não é só na hora de comprar carro novo. Já sentiam a quase estagnação, confirmada pelo pibinho de 0,2%.

DEVAGAR, QUASE PARANDO A queda do consumo das famílias e das empresas fez com que em abril o crédito crescesse às taxas mais baixas desde 2007.  

‘FESTAÇO’ Já vai fazer um ano do sumiço de seis vigas da Perimetral, importante via do Rio posta abaixo meses atrás: pesavam 120 toneladas.

AMEAÇA ESQUECIDA

Rosalba Ciarlini (DEM-RN) | FOTÓGRAFO/AGÊNCIA

A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, enfrenta nesta segunda a executiva regional do DEM, para definir sua candidatura à reeleição. O presidente nacional do partido, senador José Agripino, é contra. Se perder, ela pretende recorrer à convenção.

CRUZES Solidariedade, DEM e PSDB combinaram ato nesta terça (3), em frente ao Planalto, para fixar cruzes brancas para protestar contra o crescimento dos homicídios no país, que bateu seu recorde em 2012.

PENSANDO BEM... ...não é só o prometido trem-bala, mas também o jegue da História que o Brasil está perdendo.

Em 1990, eletricitários em greve ameaçavam o país com um grande apagão. O governo designou uma comissão de negociação da qual fazia parte o ministro Antônio Rogério Magri (Trabalho), que presidiu o Sindicato dos Eletricitários de São Paulo. Um repórter de boa

memória provocou: - Quando era sindicalista, o senhor não ameaçou provocar blecaute?... - Foi só uma ameaçazinha... – respondeu Magri, ruborizado. Em 1988, numa greve, ele ameaçou “apagar o país do Oiapoque ao Chuí”.


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

RITA DE CÁSSIA A viúva de Carlos Ramos Mota, morto em 2008 por impedir a venda de drogas a estudantes na escola pública onde era diretor, lamenta mais um adiamento do julgamento do réu apontado como mandante do crime

‘NÃO CONSIGO FECHAR A FERIDA’ O crime aconteceu há quase seis anos. A demora no processo ainda atrapalha a sua vida? Essa protelação me deixa com um sentimento de carência; uma tristeza muito grande. Me sinto pequena e vazia, porque preciso testemunhar, e cada vez que me preparo para o julgamento, tenho que lembrar daquela madrugada, tenho que reviver o pior dia da minha vida, lembrar que isso não acabou ainda. Emocionalmente, é muito, muito duro. A condenação vai ajudar a fechar esse ciclo? Não vai dar para superar,

O crime O professor Carlos Mota transformou o Centro de Ensino Fundamental do Lago Oeste quando assumiu a direção, em 2008. Ele lutou para conscientizar os 1.300 alunos sobre os riscos das drogas -- ao mesmo tempo em que impedia o ‘trabalho’ de traficantes dentro e fora das salas de aula. Por isso, foi morto a ti-

mas, sem dúvida, fechará uma porta que traz muita angústia; uma ferida que, por mais que eu tente, não consigo fechar. Me angustia a questão da sentença. Quero

ros, em 20 de junho daquele ano, na frente de casa, por um grupo de quatro jovens (sendo um aluno e dois ex-alunos da escola). Três deles já foram condenados a penas entre 16 e 18 anos, mas a defesa de Gilson de Oliveira, apontado como mentor do crime, conseguiu, na semana passada, mais um adiamento do júri.

saber quantos anos ele vai pegar, porque ele planejou esse crime. Os outros três pegaram entre 16 e 18 anos. Para ser justo, ele tem que ser condenado a mais de 20 anos.

A escola do Lago Oeste ganhou o nome do seu marido após o crime. Os ideais dele ainda estão presentes? Os ideais sim, mas, infelizmente, a escola acabou se fechando para a comunidade. E não posso culpá-los. A direção e o corpo docente continuam sofrendo com a violência. E, depois do que aconteceu, é difícil fazer os funcionários se engajarem. Mas eu não desisto. Continuo indo lá sempre que posso; tento incluí-los em projetos culturais… Tento manter vivo o sonho do Carlos, sinto que é importante não desistir, não deixar as pessoas ruins vencerem. RAPHAEL VELEDA/METRO BRASÍLIA

|05|◊◊

Expresso DF. Multas na Epia começam em 12 dias A confusão que está o trânsito na Epia Sul deve acabar em até 12 dias. Ao todo, cinco pares de pardais estão sendo instalados de cada lado da via. Os equipamentos começaram a ser afixados na semana passada e prometem regular o trânsito da via, que estava há mais de um ano sem a fiscalização de velocidade. O DER (Departamento de Estradas e Rodagens), responsável pela fiscalização, informou que na próxima semana os pardais já devem começar a multar os infratores -- que não são poucos. Alguns motoristas transitam na estrada acima dos 120 km/h. A infração mais comum, porém, é a invasão da faixa do Expresso DF. Quando as multas começarem a ser aplicadas, a punição será de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. O diretor do DFTrans Lúcio Lima, responsável pela implantação do Expresso DF, acredita que só com a fiscalização as faixas deixarão de ser invadidas. “Para o sistema entrar em operação comer-

Os novos pardais estão instalados | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

cial, será necessário começar a multar”, diz. Sinalização Apesar dos excessos, muitos motoristas reclamam também da estrutura da via. “Aqui não tem iluminação e à noite tem tanta pintura das obras sobrepostas que você não sabe nem qual é a sua pista”, afirma o contador Fabrício Lorena, 43. O DER informou que a Epia Sul ainda está tendo as obras finalizadas e que a sinalização horizontal do trecho será refeita -- sem dar uma data específica. METRO BRASÍLIA


|06|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

PARA LUCRAR COM COPA E DIA DOS NAMORADOS Não é nenhuma novidade o comércio aproveitar datas comemorativas e eventos para impulsionar as vendas. No entanto, este ano ocorre uma situação singular: 12 de junho, além de ser o Dia dos Namorados, é o início da Copa do Mundo. Surge então a dúvida: para qual acontecimento direcionar esforços e organizar a loja? É possível encontrar o equilíbrio e chamar a atenção do público investindo nas duas paixões, ou seja, namorados e futebol. Isso vale para a variedade de produtos, decoração do estabelecimento e cálculo do estoque. Com a Copa, o verde-amarelo domina. Já o Dia dos Namorados exige clima de romantismo, com co-

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

rações e flores, por exemplo. Oferecer artigos com esses dois motivos é uma boa opção e a vitrine pode exibir uma mescla de itens com tais ideias e que se complementem. É interessante também fazer alusão a outras seleções por meio de camisetas, bottons, lenços ou aventais usados pelos funcionários ou elementos que enfeitem o estabelecimento. Porém, lembre-se de mudar o visual às vésperas da data, assim a loja se renova e surpreende o cliente. Uma outra estratégia é apostar na venda cruzada. Significa oferecer um mix de produtos em que a compra de um induza à compra do segundo e terceiro como calça, sapato e camisa.

No setor se serviços de beleza, por exemplo, o pacote formado por corte de cabelo, escova, mão e pé é bem-vindo. Como datas especiais costumam alterar a rotina do estabelecimento, é preciso dar atenção ao estoque. Não pode faltar nem sobrar mercadoria, por isso é importante estimar qual será a demanda. Analise o histórico de vendas de anos anteriores, veja se convém só manter o catálogo ou fazer acréscimos (itens sazonais). Além de comparar com a mesma data do ano anterior, estude como está o movimento desde janeiro. É uma forma de saber se houve mudança de tendência. Divulgue seu negócio. A internet é eficiente e tem baixo custo. Ative o banco de dados, use e-mail marketing e redes sociais. Tenha uma pessoa preparada para cuidar disso, postando conteúdo e interagindo com o público com rapidez e tato. Assim o resultado na web será melhor. Essas são apenas algumas dicas. Com criatividade, bom senso e foco na qualidade, o varejista pode explorar de maneira proveitosa os dois eventos.

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Feira tem opções de franquias Oportunidade. Setor cresceu 11,9% em 2013 e gerou 1 milhão de empregos diretos. Evento vai de quarta a sábado em São Paulo Um setor que gerou em 2013 mais de 1 milhão de empregos diretos, as franquias terão esta semana em São Paulo um espaço para quem pensa na ideia de investir em um novo negócio. O evento, organizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), ocorre entre quarta-feira e sábado, no Expo Center Norte. A feira, com mais de 480 expositores filiados à ABF, é realizada em um momento favorável ao setor. O faturamento no ano passado bateu R$ 115,6 bilhões, um crescimento de 11,9% em relação a 2012. O número de redes em operação aumentou 11,4%, para um total de 2.703, com 27 novas marcas. Aos que planejam inves-

Número de visitantes cresceu 20% com relação a 2013

tir no setor, o diretor de microfranquias da ABF, Edson Ramuth, aconselha: “Em primeiro lugar, é importante escolher um negócio com o qual se identifique, não apenas pela lucratividade”. Apesar dos bons resul-

| STUDIOF/DIVULGAÇÃO

tados, Ramuth explica que nenhuma franquia dá garantia certa de rentabilidade. “Tem mais a ver com o desempenho, é preciso trabalhar muito”, diz. “É diferente de aplicar dinheiro no banco.” METRO

Banco do Brasil abre primeira agência na China O Banco do Brasil inaugurou em Xangai, na China, a primeira agência de um banco latino-americano no país asiático. De acordo com o BB, o banco foi o primeiro da América Latina a obter licença para atuar na China. O banco tem um escritório de representação desde 2004 na cidade chinesa. “Com a nova agência, o BB passa a buscar oportunidades de negócios no segmento de atacado, atendendo, principalmente, as demandas por produtos e serviços das empresas bra-

sileiras com negócios com a China e as empresas chinesas com negócios com o Brasil”, informou o banco em uma nota. Atualmente há mais de 70 empresas brasileiras atuantes na China e mais de 25 companhias chinesas operando no Brasil. Três grandes bancos chineses (Bank of China, ICBC e CCB) também já operam no Brasil. Maior parceiro comercial do Brasil, a China teve fluxo comercial de US$ 83 bilhões com o país em 2013. METRO

Agência é a primeira na China de banco latino-americano | DIVULGAÇÃO

Aposentados, mas trabalhando A maioria dos brasileiros não planeja deixar de trabalhar depois da aposentadoria, segundo um estudo global que entrevistou 16 mil pessoas em 15 países. O levantamento, realizado pela Transamerica Institute, organização sem fins lucrativos, em parceria com a seguradora Aegon e a consultoria Cicero,

aponta que 51% dos brasileiros pensa em seguir trabalhando depois da idade limite, em regime de meio período ou com contratos temporários. O número inclui profissionais que planejam seguir trabalhando de forma temporária (30%) e os que pensam em fazer isso ao longo de todo o período da

aposentadoria (21%). Outros 16% disseram que continuarão a trabalhar da mesma maneira que fazem hoje após a idade de aposentadoria. Só 24% dos brasileiros disseram que planejam parar completamente de trabalhar. O estudo ouviu 900 profissionais e 100 aposentados no Brasil. METRO


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|07|◊◊

NSA acumula fotografias de redes sociais Vigilância. Segundo reportagem do ‘The New York Times’, NSA obtém imagens de e-mails, mensagens de texto e sites pessoais A Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês) dos EUA intercepta diariamente uma enorme quantidade de fotografias pessoais em trocas de mensagens, segundo reportagem publicada ontem pelo jornal norte-americano “The New York Times”. De acordo com “documentos ultrassecretos” mencionados pelo “NYT”, a NSA usaria as imagens obtidas em programas sofisticados de reconhecimento facial. Os documentos revelam ainda que as imagens são obtidas em e-mails, mensagens de texto, redes sociais, videoconferências e outros tipos de comunicação. Após anos tendo como fo-

Sede da NSA: agência coleta ‘milhões de fotos’ todos os dias | DIVULGAÇÃO

co comunicações escritas e verbais para identificar suspeitos e alvos de inteligência, a NSA dá, segundo os documentos, a mesma importância agora a fotos de rostos, impressões digitais e outros tipos de identificação. Do total de “milhões de fotos” coletadas diariamen-

te, 55 mil têm qualidade suficiente para o uso em técnicas de reconhecimento facial, segundo os documentos de 2011 vazados pelo ex-analista da agência Edward Snowden. Essas imagens representariam “um enorme potencial inexplorado”, como revelam os documentos. METRO

Preso suspeito de ataque na Bélgica A polícia francesa prendeu em Marselha um homem de 29 anos suspeito de envolvimento no ataque que matou quatro pessoas no Museu Judaico de Bruxelas em 24 de maio, disseram autoridades ontem. O presidente da França, François Hollande, disse que o homem, um francês identificado como Mehdi Nemmouche, foi preso ao chegar ao país de Amsterdã, na Holanda. A Justiça belga confirmou a detenção. Palestina

Segundo Hollande, a França está determinada a fazer tudo o que puder para impedir ataques. “Vamos monitorar esses jihadistas e nos certificar de que, ao voltar de uma luta que não é deles e definitivamente não é nossa, eles não façam mal algum.” Nemmouche esteve durante 2013 na Síria com grupos jihadistas, de acordo com uma fonte próxima à investigação, e já havia sido fichado pelos Serviços de Inteligência e preso cinco vezes. Tailândia 1

O promotor francês François Molins disse que, na última vez em que foi preso, Nemmouche revelou “proselitismo (islâmico) extremista”. Segundo ele, “três semanas após ser libertado, em dezembro de 2012, o homem viajou para a Síria”. Ele foi detido sob suspeita de “homicídio e tentativa de homicídio em conexão com ato terrorista”. Ao ser preso, ele levava armas e usava roupas semelhantes às usadas no ataque em Bruxelas. METRO Tailândia 2

Netanyahu critica governo palestino

Governo sufoca protestos

Golpe derruba reservas aéreas

O premiê israelense, Binyamin Netanyahu, fez um apelo ontem para que os países não reconheçam o novo governo palestino. “A comunidade internacional não deve abraçar (o Hamas, que compõe o governo). Isso não reforça a paz”, disse. METRO

Cerca de 5,7 mil soldados e policiais foram mobilizados para sufocar protestos contra o golpe ontem em Bancoc, capital da Tailândia. O exército tailandês, que assumiu o país em 22 de maio, baniu reuniões políticas de 5 ou mais pessoas no país. METRO

O golpe militar na Tailândia provocou uma queda no número de reservas de passagens aéreas para o país. Um dia após o golpe houve 5 mil cancelamentos de reservas. O setor de turismo representa cerca de 10% da economia tailandesa. METRO


CULTURA X-Men

Elenco incerto

Com o sucesso de ‘X-Men: Dias de Um Futuro Esquecido’, muito se tem especulado sobre a continuação, ‘X-Men: Apocalypse’. A Fox quer um elenco renovado de atores para interpretar Jean Grey e Ciclope, além de Wolverine não estar confirmado. Ainda assim, o roteirista deu uma entrevista no fim de semana dizendo que “adoraria rever os velhos personagens na tela”.

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

ROBERTO GERVITZ Cineasta dirige o longa ‘Mãos de Cavalo’, baseado no livro de Daniel Galera. Com locações em Porto Alegre e na serra gaúcha, filme tem como protagonistas os atores Mariana Ximenes e Armando Babaioff

DULCE HELFER/DIVULGAÇÃO

2

|08|

‘É UM FILME SOBRE AMOR, CORAGEM, FILHOS’ Adaptar “Mãos de Cavalo” para a tela grande era um projeto antigo do diretor Roberto Gervitz, um paulista nascido em Nova York (ele veio para o Brasil com 1 ano). A preferência, porém, estava com a produtora gaúcha Monica Schmiedt, que comprou os direitos do livro de Daniel Galera em 2008. No final de 2010, Monica chamou Roberto para, juntos, fazerem o filme, que tem a zona sul de Porto Alegre como cenário principal. Foram três anos de tratamentos de roteiro, captação de verbas e pré-produção até o início das filmagens, neste outono. Na semana passada, em um dia de folga, Roberto Gervitz falou sobre a realização do longa.

O que te atraiu na obra do Daniel Galera? Gosto da ideia de um personagem que busca alguma coisa que nem ele sabe ao certo o que é. São estes dilemas da vida não formulados filosoficamente, mas pelos quais todos nós passamos. Não foi um livro fácil de adaptar, mas tudo acaba sendo material para um cineasta. Qual história o público vai ver na tela grande? É um filme que quer pegar pela emoção, que mexe com questões essenciais, como amor, coragem, filhos. O personagem principal se prepara para uma escalada, em uma montanha de difícil acesso, ao mesmo tempo em que sua mulher enfrenta uma gravidez

de risco. Enquanto a aventura na montanha é um compromisso que tem a ver com seu passado, a gravidez da mulher é algo indesejado para ele. Um dos conflitos do personagem é crescer, é ter que tomar decisões importantes... Isso tem muito a ver com os casais contemporâneos, que não sabem se liberdade é fazer tudo o que dá na telha ou se comprometer com as coisas.

E como foi a escolha das locações? Passei um tempo aqui em Porto Alegre enquanto estava escrevendo o roteiro e a Monica (Schmiedt, produtora do longa) me levou a vários lugares da zona sul. É tudo muito lindo, a gente nem tem ideia de que isso existe. O filme vai revelar uma nova paisagem para o Brasil. Já as cenas de escalada serão em Salto Ventoso, na região de Farroupilha.

Daniel Galera teve alguma participação na construção do roteiro? Foram sete tratamentos no total e mandei algumas versões para ele, mas não mexi muito na história. O Galera acompanhou tudo o que eu fiz e não interferiu, não foi um trabalho em conjunto.

Vocês pensam em manter o título “Mãos de Cavalo”? Isso ainda não está definido... O título é meio hermético, muito literário, mas também não chegamos a nenhum melhor (risos). Acho que a expressão é instigante para alguns, mas ao mesmo tempo pode afastar o público. Na

época do lançamento, por exemplo, pensei que era uma história rural, sobre gaúchos do interior. E a história não é nada disso, mas não podemos pensar apenas no público que leu o livro. E o senhor já tem algum novo projeto a caminho? Até o final do ano, o foco é a finalização do “Mãos...”, que terá distribuição da Europa Filmes no ano que vem. Até tenho outras ideias, mas meu ritmo é de artesão, me envolvo muito com cada projeto. Escrever é difícil, sangrento, mas o coração do filme está ali. Gosto e sofro ao mesmo tempo. MÔNICA KANITZ METRO PORTO ALEGRE


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|09|◊◊

O Cinemark Iguatemi exibe filmes que marcaram época, em três sessões semanais, até 9 de julho: às quartas, às 19h30, aos sábados, às 23h55, e aos domingos, às 12h30. Os ingressos estão à venda no site cinemark.com.br.

Clássicos na telona METRO

Taxi Driver

O filme, de 1976, abriu a série no fim de semana e será exibido nesta quarta-feira. É a história de um veterano da Guerra do Vietnã, solitário, que começa a trabalhar em Nova York como motorista de táxi e se vê envolvido pela revolta diante da miséria e da prostituição.

Laranja Mecânica Entra em cartaz nos dias 14, 15 e 18 de junho. A obra, filmada em 1971, tem o futuro como pano de fundo. Nele, Alex (Malcolm McDowell), líder de uma gangue de delinquentes, cai nas mãos da polícia. E recebe a opção de participar em um programa em que vira cobaia de experimentos para frear os impulsos destrutivos do ser humano.

Grease – Nos Tempos da Brilhantina Será exibido em 28 e 29 de junho e 2 de julho. Filmada em 1978, a obra retrata o comportamento de jovens na Califórnia na década de 50. Danny (John Travolta) e Sandy (Olivia Newton-John) passam as férias juntos, mas, quando voltam para escola, não se entendem.

Pulp Fiction

Será exibido em 7, 8 e 11 de junho. O filme, de 1994, é um dos grandes sucessos de Quentin Tarantino, estrelado por John Travolta e Samuel L. Jackson, além de Bruce Willis e Uma Thurman. Travolta e Jackson interpretam dois assassinos profissionais que trabalham fazendo cobranças para um poderoso gângster. E daí nascem as tramas que completam a ficção, de 2h29 de duração.

Os Embalos de Sábado à Noite Programado para os dias 21, 22 e 25 de junho, este filme levou ao estrelato o ator John Travolta e lançou moda pelo mundo. No longa, de 1977, Tony Manero é um jovem do Brooklyn e que adora disco music e só encontra significado na vida quando dança. Depois de passar a semana trabalhando em uma loja de tintas, ele, aos sábados, se veste de forma bem particular e vai para a discoteca, onde almeja ser campeão de um concurso.

Bonequinha de Luxo Sessões nos dias 5, 6 e 9 de julho. Este clássico de 1961 retrata a história de Holly Golightly (Audrey Hepburn), garota de programa nova-iorquina decidida a casar-se com um milionário. Ela, que toma seus cafés da manhã em frente à famosa joalheria Tiffanys, apaixona-se por Paul Varjak (George Peppard), escritor bancado pela amante, o que pode colocar em risco seus planos de ficar rica.


|10|

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Desrespeito com o idoso É um absurdo o descaso com que os idosos estão sendo tratados na Rodoviária. Os motoristas sempre foram grosseiros, isso não muda, mas os passageiros agora também são desrespeitosos. É um empurra-empurra tão grande que, no final, eles, que deveriam ter preferência, são os últimos a entrar.

CIRO & BERNARDO

NEYMAR FAZ 5 GOLS NA MARQUEZINE!

NEIDE CAMARGO - PLANALTINA (DF)

Cruzadas

Brasil tem que vencer

Bom dia, caros e inflacionados leitores! Está no ar o Pânico no Jornal, o seu Prozac Impresso!

Acredito que o Brasil tem o melhor time da Copa e tenho fé que venceremos. O brasileiro está precisando de alguma felicidade com esse tanto de escândalo e tristeza que temos tido ultimamente. Agora, se perder... Aí sim vai ter manifestação.

RESUMO DA SEMANA! No Brasil tá tudo errado: Barbosa aposentado, Tiririca deputado, Copa sem legado e policial sendo flechado. E ainda temos que aturar o Galvão e o Cléber Machado? COPA 2014! A PERGUNTA QUE A IMPRENSA TÁ FAZENDO: E O MARACANAZO? E o Barbosa, aquele goleiro que frangou na Copa de 50? Mas o Júlio César disse que não tem medo do fantasma do Barbosa. Claro, quem tem medo do fantasma do Barbosa é o Zé Dirceu! Aliás, sabe qual é a semelhança entre o goleiro Júlio César e o carro a álcool? É que na hora que mais precisa, nenhum dos dois pega! hahahaha!

THIAGO MEDEIROS - GAMA (DF)

Metro Pergunta

Táxis devem encarecer Siga o Metro 27% na Copa. O que no Twitter: você acha do aumento @jornal_metrobsb dos preços de serviços por causa do Mundial?

AS SELEÇÕES ESTÃO CHEGANDO! E com várias perguntas e afirmações polêmicas! Seleção de Portugal: “Ó raios, o Murtosa é mais bigodudo que a minha mãe?” Seleção da Suiça: “Vamos levar um chocolate!” Seleção do Japão: “Alguém aí tem o telefone da Sabrina Sato?” Seleção da Colômbia: “A Coca do mundo é nossa!” Seleção da França: “Falta água em SP? Que Zidane! Je suis fedidê.” Seleção da Itália: “Nosso ataque é MASSA: Macarrone, Provolone e Berlusconi!” Seleção da Bósnia: “Nosso time é uma mérdia!” hahaha!

@ZeferinoJanio

Reduzir preços é mais inteligente, porque o turista acharia a cidade barata e voltaria trazendo mais gente. @clawerB

100% oportunismo! Os preços já estão um verdadeiro abuso ao consumidor e ainda vai ter mais aumento?

BRASIL X CROÁCIA VAI SER NO DIA DOS NAMORADOS! Então vamos fazer o bolão: “Quantos gols o Neymarketing vai fazer no Dia dos Namorados?” Minha opinião: 5 na Marquezine e 2 na Croácia! O Felipão devia adotar a Tática Motel: ataca pelos lados e cruzamento na banheira. Ou a tática do namorado da Preta Gil: Ripa na chulipa e pimba na gorducha!

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br

E SABE O QUE A MULHER DO HULK POPOZUDO DISSE NA LUA DE MEL? CACILDIS, QUE FORÉVIS!

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

PRA TERMINAR! Um momento de sabedoria: “COMUNISMO é quando o Estado é dono de tudo. CAPITALISMO é quando a sua mulher é.” E como disse o Capitão Nascimento: “Sabe qual a diferença entre a mulher e uma arma? É que na arma dá pra botar um silenciador!” hahahaha! Por hoje é só! Ciro Botelho e Bernardo Penteado! Direto da Granja Comary!

Sudoku

Twitter: @ciraobotelho/ @bernardpenteado Ciro Botelho e Bernardo Penteado são redatores de humor no programa ‘Pânico na Band’, autores de sátiras como ‘Video Soul’, ‘Jornal dos Dois Echás’, ‘Jô Suado’, entre outros. Juntos há dez anos na TV, lançaram os livros ‘Piadas Fantárdigas de Tiririca’ e As Melhores Piadas de Bêbado’ (ed. Matrix). Também escrevem o blog ‘Colunáticos’ no site do ‘Pânico na Band’ (paniconaband.band.uol.com.br)

Horóscopo

A expressão de sentimentos estará mais intensa. Cuide para que impulsos não atrapalhem as convivências. Diversões estarão acentuadas.

por isso.

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Situações da família são propensas a tomar sua atenção com mais intensidade. Cuide para não se desligar de outros assuntos

nas relações.

manter-se apegado.

individualistas.

A Lua está em seu signo, o que intensifica sua espontaneidade e mesmo alguns impulsos ao se expressar. Evite posturas Ponderações serão essenciais antes definir assuntos profissionais. Dê tempo e seja estratégico antes de certas ações.

Propensões para dedicar mais empenho a novos estudos e para dobrar a atenção aos que já se dedica. Evite a desatenção

Retomar contato com os amigos será essencial. Evite implicar com manias sem importância que fazem parte da conduta de certas pessoas.

Este é um bom momento para refletir sobre as coisas que são realmente úteis e aquelas que não têm a necessidade de

O dia recomenda paciência para lidar com costumes que - mesmo sendo antiquados - não mudarão da noite para o dia em certas pessoas.

exercitar sua fé.

Período positivo para desenvolver conhecimentos capazes de auxiliá-lo, mesmo a longo prazo. Momento para

Momento especial para se dedicar à terapias, espiritualidade, exercícios físicos, artes, meditação e o que possa revitalizar energias. Compreender as diferenças de opiniões é sempre um primeiro passo para lidar com pessoas que convivemos e menos difícil do que parece.

na vida afetiva.

Nunca é demais surpreender quem gostamos com romantismo, retomada de hábitos especiais e ações prestativas

Soluções


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

FUJA DAS

INTOXICAÇÕES

{SAÚDE E BEM-ESTAR}

Telefone do Ceatox para urgências (24 horas):

0800-014-8110 Ao ligar: fique calmo e informe os sintomas e o peso do paciente. Diga também como foi o contato com o produto, há quanto tempo, e mais informações que tiver sobre ele -- caso tenha a embalagem em mãos.

ou mesmo um adulto, ingeriu medicação errada, que ela já está automaticamente intoxicada; nesta hora, o certo a fazer é manter a calma e procurar ajuda médica”, explica Anthony Wong, diretor médico e toxicologista do Ceatox. De acordo com o especialista, em caso de suspeita de intoxicação não deve ser dado leite ou água à vítima, pois isso ajuda a dissolver o componente e pode levar a outras reações. Também não é recomendado provocar vômito ou medicar a pessoa por conta própria. Para evitar que isso ocorra, os pais precisam ficar alertas e guardar remé-

dios e produtos de limpeza, bem como outros itens químicos, em locais trancados e fora do alcance dos pequenos. “Também é indicado não misturar as classes de medicamentos, para não confundir os idosos”, afirma Wong. E os alérgicos? Quem já sofre de alergias deve ter ainda mais cuidado ao mexer com produtos fortes. “O ideal é se afastar desses fatores e, caso haja uma crise, tratá-la, para depois prevenir novas crises”, afirma Ana Paula Moschione, especialista em alergia e imunologia pela Asbai (Associação Médica Brasileira de Alergia e Imunologia). METRO

+ PLUS

Dentro de casa. Pais devem ficar atentos e guardar remédios e produtos químicos para evitar acidentes graves com os filhos A ingestão inadequada de medicamentos responde por cerca de 60% dos casos de intoxicação que ocorrem no país todos os anos, apontam dados do Ceatox (Centro de Assistência Toxicológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo). As maiores vítimas são crianças de 1 a 4 anos e, em geral, os acidentes ocorrem por descuido. A segunda causa de exposição química que leva à intoxicação é o contato com produtos de limpeza, como água sanitária. Em ambas as situações, quando a dosagem é muito alta, há risco de morte. “Mas não é porque uma criança,

|11|◊◊

De olho!

Intoxicado? Como saber? Pais precisam observar se a criança apresenta um comportamento diferente, como sonolência ou agitação em excesso, pois isso pode denunciar que algo estranho foi ingerido. Medicação não pode ficar ao alcance dos pequenos | FREEIMAGES.COM


3 ESPORTE

|12|

‘Não gostei de nada’, diz Felipão Coletivo. Técnico diz que time deu muita liberdade ao adversário em treino. Seleção está em Goiânia, onde enfrenta o Panamá amanhã Sem Thiago Silva, Paulinho e Fernandinho -- poupados para aprimorar a forma física na Granja Comary, em Teresópolis --, a Seleção Brasileira seguiu ontem para Goiânia, onde enfrenta o Panamá amanhã, às 16h, no Serra Dourada. Será o primeiro dos dois amistosos preparatórios para a Copa. A equipe, no entanto, enfrenta críticas. O técnico Luiz Felipe Scolari desaprovou o desempenho do time após o coletivo da manhã de ontem, na Granja Comary. “Não gostei do treino, não gostei de nada. Muita liberdade, muito contra-ataque, uma série de detalhes que não são o normal da Seleção”, disse o treinador em entrevista ao Esporte Espetacular, da Globo. Titulares Hernanes foi confirmado no lugar de Paulinho e o Brasil deve enfrentar os panamenhos com Julio Cesar; Daniel Alves, David Luiz, Dante e Marcelo; Luiz Gustavo, Hernanes e Oscar; Hulk, Neymar e Fred. O treino da tarde foi cancelado e os jogadores participaram de um churrasco ao lado dos fami-

Adeus

Marinho Chagas

O ex-lateral da Seleção Brasileira Marinho Chagas morreu ontem, aos 62 anos, de uma hemorragia digestiva. Natural de Natal, no Rio Grande do Norte, Marinho se tornou ídolo no Botafogo e, pela seleção, atuou na Copa de 1974.

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Classificados Se o dia foi de zebra para Federer, outros favoritos não deram sopa para o azar. O sérvio Novak Djokovic bateu

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

DO CAOS À TAÇA

Ronaldinho Gaúcho era o jogador que o mundo queria ver na Copa de 2006, na Alemanha. O craque vinha dos prêmios de melhor do mundo em 2004 e 2005 e da conquista da Liga dos Campeões com o Barcelona. Difícil saber se foi o desgaste físico da temporada com o clube, a aparente falta de interesse ou motivação que encurtou o período mais brilhante da carreira ou apenas um momento ruim, mas o camisa 10 do Brasil não conseguiu jogar bem e parou com o Brasil nas quartas de final diante da França. Caminho aberto para o tetra da Itália, com um roteiro parecido com o do tri, em 1982. Em meio a mais um grande escândalo de manipulação de resultados, a Juventus, time diretamente envolvido, foi base para uma Azzurra que não dava pinta, mas ganhou a taça de maneira brilhante.

VONTADE DE SOBRA

Fred disputa bola com Jefferson | RAFAEL RIBEIRO / CBF

liares ontem, na Granja, antes do embarque para Goiás, às 19h. Depois de jogar contra o Panamá, o Brasil enfrenta a Sérvia, sexta-feira, no Morumbi, no último amistoso antes da estreia na Copa, em 12 de junho, contra a Croácia. METRO RIO

“Não gostei do treino, não gostei de nada. Tudo errado. Muita liberdade, muito contra-ataque, uma série de detalhes que não são o normal da Seleção.” FELIPÃO

Roger Federer perde para ‘zebra’ em Roland Garros Atual número 17 do ranking da ATP, o tenista Ernests Gulbis, da Letônia, eliminou ninguém menos do que o suíço Roger Federer, se classificando para as quartas de final de Roland Garros. O letão venceu o quarto cabeça de chave em 3 horas e 42 minutos, por 3 sets a 2, com parciais de 6/7 (5), 7/6 (3), 6/2, 4/6 e 6/3. Com o triunfo, Gulbis enfrenta na próxima fase o tcheco Tomas Berdych.

aO QUE ROLOU NAS COPAS

Quando Marco Materazzi começou a chutar bolas e canelas alheias como profissional, em 1993, pelo Marsala, já se sabia que daquelas pernas não sairia futebol de grande qualidade. O zagueiro italiano fez então da cabeça a sua principal arma. A carreira foi marcada por muitos gols em jogadas aéreas, pela longa e vitoriosa passagem pela Internazionale e pelo título mundial com a Itália em 2006 como protagonista na final. Além de tirar Zidane do sério e provocar a expulsão do craque francês depois da famosa cabeçada, Materazzi marcou de cabeça o gol italiano. Também pelo alto Carles Puyol deixou sua marca na conquista da Espanha em 2010. O cabeludo saltou um absurdo para garantir a vitória na semifinal contra a Alemanha. Além disso, foi símbolo de determinação e fez bater o coração de um time conhecido pela técnica e pelo toque de bola.

ERA BARÇA

Estilo que a Espanha emprestou do Barcelona, quase imbatível sob o comando de Pep Guardiola e com um esquema inspirado na Seleção Brasileira de 1982. Sem a mesma inspiração, o Brasil, comandado por Dunga e com o craque Kaká longe da melhor condição física, foi eliminado nas quartas de final pela Holanda em 2010 depois de levar a virada em um segundo tempo desastroso. Colaborou Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes. Sergio Patrick é apresentador da Rádio Bandeirantes e colaborador das rádios do Grupo Bandeirantes. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestões para spatrick@band.com.br.

Fórmula Indy. Castroneves vence a 1ª na temporada Federer tentou, mas foi superado em Paris | GONZALO FUENTES/REUTERS

o tenista da casa Jo-Wilfried Tsonga: vitória por 3 sets a 0, parciais de 6/1, 6/4 e 6/1. Já o britânico Andy Murray so-

freu, mas eliminou o alemão Philipp Kohlschreiber, por 3 sets a 2 (parciais de 3/6, 6/3, 6/3, 4/6 e 12/10). METRO

Helio Castroneves teve ontem sua primeira vitória na temporada 2014 da Fórmula Indy. Uma semana depois de ficar em segundo nas 500 Milhas de Indianápolis, o brasileiro

da Penske venceu a segunda prova da rodada dupla de Detroit, em Michigan, Estados Unidos, seguido por Will Power – vencedor do sábado – e Charlie Kimball. METRO


BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

Na rodada

1

|13|◊◊

{ESPORTE}

1. CESAR GRECO/FOTOARENA 2. FABIO CASTRO/AGIF/FOLHAPRESS 3. JARDEL DA COSTA/FUTURA PRESS 4. ALE VIANNA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS 5. EDUARDO VALENTE/APP/FOLHAPRESS

Aprovado?

Brasileirão 9ª rodada SÁBADO SÃO PAULO 2 X 1 ATLÉTICO-MG CORITIBA 3 X 0 GOIÁS ONTEM CRUZEIRO CORINTHIANS GRÊMIO CHAPECOENSE

2 3

3X0 1X1 0X0 2X1

FLAMENGO BOTAFOGO PALMEIRAS BAHIA

FLUMINENSE 1 X 1 INTER SANTOS 2 X 0 CRICIÚMA FIGUEIRENSE 1 X 3 ATLÉTICO-PR

Arquibancadas provisórias no setor Norte superior (à esq.) não foram usadas | MARCELO MACHADO DE MELO/FOTOARENA

Abertura. Torcedores enfrentaram congestionamento e confusão na entrada do Itaquerão. No último teste, Timão empata com o Botafogo

4

5

1

Grêmio só empata. No Sul, tricolor fica no 0 a 0 com o Palmeiras

Time começou bem, mas caiu de produção. Arbitragem anulou gol legal de Diogo para o Verdão. METRO

2

Flu mantém vice-liderança. Inter sai na frente, mas tricolor empata

Atacante Jorge Henrique marcou para os colorados e Jean (foto) salvou a partida para os cariocas. METRO

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Jadson chutou forte, de fora da área, e marcou um golaço. No fim do jogo, Cléber fez contra. O Corinthians empatou por 1 a 1 com o Botafogo, na última rodada do Brasileirão antes da Copa, e saiu vaiado. O jogo serviu como ensaio para o Mundial. O gramado foi cortado no padrão, só torcedores com ingresso puderam chegar perto do estádio, houve revista com raios-X. Como parte das arquibancadas provisórias ainda não foi liberada pelo Corpo de Bombeiros, contudo, o público foi de 37.119, pouco mais da metade da lotação na Copa – 68 mil. Faltam placas Enquanto os operários correm para terminar as obras no entorno, sobra poeira e fal-

tam placas de sinalização. No jogo-teste, 400 voluntários, alguns até com megafones, orientaram os torcedores. Comunicações A arena pode passar por um “apagão telefônico”. O sinal de celulares e o acesso à internet é instável, quando o estádio fica cheio. Só com um milagre o Ministério das Comunicações conseguirá instalar mais antenas nas imediações e resolver o problema. Visão privilegiada Mesmo nas arquibancadas provisórias, a visibilidade do campo é ótima. Só que é preciso rezar pelo tempo seco. Com chuva, no jogo do Corinthians contra o Figueirense, muitos torcedores ficarão ensopados devido à falta de cobertura.

Padrão Fifa Muitos voluntários não falavam inglês ou espanhol. A segurança foi operada por empresas privadas. Uma primeira barreira para controlar os ingressos deu tanta confusão que muitos só entraram meia hora depois do início do jogo. Ela foi desativada a pedido da PM. Depois, era preciso passar pelas catracas e por uma revista feita por aparelhos de raio-X. O COL promete que na Copa tudo será mais ágil. Rampas de acesso para cadeirantes ainda estão em obras. A partir de hoje, a Fifa assume o Itaquerão. E faltam só dez dias para a Copa. FERNANDO VALEIKA DE BARROS ESPECIAL PARA O METRO

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P V GP SG 1º CRUZEIRO

19 6 18 8

2º FLUMINENSE

16 5 14 6

3º CORINTHIANS

16 4 11 6

4º SÃO PAULO

16 4 16 4

5º INTER

16 4 12 3

6º GRÊMIO

15 4 7 2

7º GOIÁS

15 4 7 0

8º ATLÉTICO-MG

14 4 11 2

9º SANTOS

14 3 10 5

10º PALMEIRAS

13 4 8 -2

11º ATLÉTICO-PR

13 3 15 3

12º SPORT

11 3 7 -3

13º CRICIÚMA

11 3 4 -7

14º BOTAFOGO

9 2 13 1

15º BAHIA

8 2 7 -2

16º CHAPECOENSE

8 2 7 -3

17º CORITIBA

7 1 8 -2

18º VITÓRIA

7 1 8 -3

19º FLAMENGO

7 1 6 -7

20º FIGUEIRENSE

4 1 3 -11

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

Flamengo acaba goleado pelo Cruzeiro e passará Copa no Z-4 30

3

Chapecoense vence o Bahia. Time deixa a zona de rebaixamento

CRUZEIRO

Abuda abriu o placar para a equipe de Chapecó. Alemão ampliou e Demerson diminuiu para os baianos. METRO

4

Santos afasta zica. Peixe tem primeira vitória como mandante

Time jogou em São Bernardo e venceu o Criciúma por 2 a 0. Os gols foram de Gabriel (foto) e Diego Cardoso. METRO

5

Furacão em alta. Contra o Figueirense, equipe faz 3 a 1

Os três gols foram marcados por Douglas Coutinho (foto). Everaldo diminuiu para o Figueirense. METRO Defesa do Fla não conseguiu parar Ricardo Goulart

| CELIO MESSIAS/FOLHAPRESS

FLAMENGO

A meta foi cumprida. Com futebol envolvente, toques rápidos e uma verdadeira aula de futebol, o Cruzeiro atropelou o Flamengo ontem por 3 a 0 e entra no período de ‘férias’ da Copa do Mundo na liderança do Campeonato Brasileiro. O rubro-negro, por outro lado, amargará o recesso na zona de rebaixamento. Superior tecnicamente, a Raposa ditou o ritmo do jogo e não deu espaços ao time rubro-negro no Parque

do Sabiá, em Varginha. Com a supremacia em campo, os três gols foram anotados nos primeiros 45 minutos. Ricardo Goulart, Everton Ribeiro, o maestro na partida, e o atacante Borges foram os responsáveis pela goleada. O placar, inclusive, poderia ser ainda mais elástico. Só não o foi porque goleiro do Flamengo Paulo Victor – que substitui Felipe, afastado pelo técnico Ney Franco por indisciplina – fez grandes defesas e evitou um vexame maior. O Cruzeiro ainda se deu ao luxo de desacelerar na etapa complementar e manter o placar até o fim da partida. METRO


1954

1950

1938

1934

1930

Os pôsteres das Copas (1930-1974)

02 - Ja

o e Co ã p

Uma revolução. Feita em 6 camadas, contando bexiga de látex natural e impressão com tinta de poliuretano resistente, a bola também foi criticada por ser leve. Além da estampa, tinha a base perolizada, deixando de lado o padrão branco

FEVERNOVA

Cafu foi o responsável por erguer a taça do quinto título brasileiro

ESPORTE

Foi a primeira bola totalmente sintética, que a tornou à prova de água. A decoração era feita com desenhos triangulares inspirados na arte asteca

AZTECA

6 - Méx

O bicampeonato dos argentinos tem um culpado: Diego Maradona. ‘El D10s’ anotou contra a Inglaterra o que, para muitos, foi o gol mais antológico das Copas

ico

nh ma a

Lato, da Polônia, foi o artilheiro com 7 gols

África

- Argen

Revestida com espuma de polietileno, recebeu queixas de goleiros por conta da instabilidade em superfícies úmidas. O nome partia do termo “quest”, que indicava a busca por estrelas

QUESTRA

E 4 U 9

A instabilidade no momento do chute gerou queixas dos boleiros. Com 8 gomos soldados pelo calor, foi decorada com 11 cores – simbolizava o número de jogadores de uma equipe e, também, de idiomas oficiais do país anfitrião

JABULANI

Com nome e desenho que tiveram inspiração na história antiga da Itália, a bola também foi usada na Euro de 1992

ETRUSCO UNICO

- Itá 0 9

Com 14 gomos em formato orgânico, uma novidade, o nome da bola do Mundial alemão significa “espírito de equipe”. Quem se deu bem nesse espírito foi a campeã Itália

TEAMGEIST

- Alem

19

14

lia

1978

O artilheiro Kempes, 6 gols, ajudou a Argentina a conquistar seu primeiro título

Na ‘Era dos smartphones’, a Brazuca é a convidada de honra da Copa da tecnologia, que terá sensor na linha do gol e chip na bola

8 - Fr a

Além de ser a primeira colorida, também era feita com um novo material sintético: uma espuma feita de microcélulas de gás, que distribuíam energia igualmente quando chutada

TRICOLORE

Romário conduziu o Brasil ao tetra, acabando com um jejum de 24 anos

- Br 4 1

Paolo Rossi conduziu a Itália ao tri e, para isso, fez os 3 gols que eliminaram o poderoso time do Brasil

1994

1990

1986

1982

1978

Os pôsteres das Copas (1978-2014)

BRASÍLIA, SEGUNDA-FEIRA, 2 DE JUNHO DE 2014 www.readmetro.com

Pela primeira vez na história, os torcedores puderam ajudar a escolher o nome da bola e Brazuca ganhou das concorrentes Bossa Nova e Carnavalesca. A bola da Copa brasileira tem 6 painéis em forma de hélices, unidos por um processo que utiliza calor e dispensa costuras. Também usa material que a deixa mais estável

BRAZUCA

20

A

ident c O al

l 20 Su

do a i e r

198

2006 19

2010 -

19

ha n a

74 - Ale

Sul o d

1 99

il s a a nç

tina


S 54 - uí

Marcou a nova geração das bolas. Fabricada pela Adidas, usava 32 gomos que deixava a bola mais redonda. Foi também a primeira a receber um nome especialmente para a Copa do Mundo e, de presente, ganhou o tri do Brasil

TELSTAR

Urug 0

Kocsis, da Hungria, anotou 11 gols

uai

8 - Fr a

Foi com ela que o Brasil conquistou o segundo troféu. Mas a bola chilena, com dez gomos, não agradou, porque absorvia água. Após o jogo inicial entre Chile e Suíça, modelos europeus chegaram e foram usados na Copa

História

O segundo Mundial também teve modelo de couro e 12 gomos, com câmara de ar. Esta foi a primeira Copa com eliminatórias. O motivo foi a alta procura de inscrição das seleções

- Inglat

TANGO ESPAÑA

Foi a última com couro para um Mundial. Era feita de uma mistura de material sintético com costuras especiais para minimizar o aumento de peso na chuva. O desenho era similar à anterior

DUPLO T

Ora, bolas!

0 - Br

A bola era de fabricação nacional. Também era de couro e tinha 12 gomos, mas o seu diferencial era uma câmara inflada como as de hoje, com válvula para enchimento, dispensando abertura e cadarço

A última antes da “Era Adidas”, a bola de 24 gomos também marcou o adeus dos modelos com circunferência irregular

CHALLENGE 4-STAR

Era muito parecida com as das outras Copas, com 12 gomos. Leônidas da Silva foi o artilheiro, com sete gols. Um deles, contra a Polônia, ele fez sem chuteira, que rasgou no lance por conta da chuva

ALLEN

Espa 2

Protagonista. Da pelota de couro com câmara de ar usada no Uruguai, em 1930, à Brazuca hi-tech de 2014, conheça a evolução da bola ao longo das Copas

Sim, os dois modelos foram usados na final entre Uruguai e Argentina. Cada time tinha a sua e cada bola participou de um tempo do jogo. Eram de couro, com 12 gomos e câmara de ar

- Ch 2 6

Também com 32 painéis, o estilo decorativo que criou um padrão de doze círculos e virou a queridinha da molecada

TANGO

MR. CRACK

FEDERALE-102

A bola do primeiro título brasileiro era de couro com os 24 gomos costurados em ziguezague para diminuir a tensão na linha

TOP STAR

ia

As chuteiras eram de couro e pesavam cerca de 600g

- Itál 4 3

O Mundial ficou marcado por ser o primeiro transmitido para mais de 60 países. No Brasil, a ‘novidade’ chegaria 14 anos depois

TIENTO E T-MODEL

A bola de 18 gomos apareceu nesta edição. Também foi a primeira com padrão Fifa, que regulamentou peso e diâmetro dos modelos usados em suas competições

SWISS WC MATCH BALL

Aos 17 anos, Pelé brilhou: fez 6 gols, 2 na final contra os donos da casa

S 8 ué

195

O modelo era uma evolução da bola da Copa anterior, porém mais impermeável. Continuava com 32 gomos – 12 pentágonos (pretos) e 20 hexágonos (brancos)

TELSTAR DURLAST

a nç

1974

1970

1966

1962

1958

M 0 éx

197

19

193

19 1 93

ça

195

o c i a i c

19

198

ile 1966

a nh a err il s a 2014

2010

2006

2002

1998



20140602_br_brasilia