Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

EM ‘MALÉVOLA’, ANGELINA JOLIE CONTA A HISTÓRIA DA ‘BELA ADORMECIDA’ SOB UM NOVO PONTO DE VISTA PÁGS. 12 E 13

A BRUXINHA QUE ERA MÁ BELO HORIZONTE Quinta-feira, 29 de maio de 2014 sunny snow rain Edição nº 656, ano 3

partly sunny

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

MÍN: 14°C MÁX: 25°C hazy

showers

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh

Novo Plano de Educação é aprovado na Câmara Em busca de avanços. Texto que passou na Câmara dos Deputados determina uso de 10% do PIB na área e prevê, em 10 anos, erradicação do analfabetismo, que atinge cerca de 12 milhões de pessoas em todo o país. Metas abrangem desde creches ao ensino superior no Brasil PÁG. 05

Ele chegou algemado | UARLEN VALÉRIO/O TEMPO/FOLHAPRESS

Marcos Valério já está preso na Nelson Hungria

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Operador do Mensalão chegou ontem e permanecerá no mesmo presídio em que está goleiro Bruno PÁG. 04

UMA NOVA CHANCE

PBH recebe R$ 34 milhões para desassoreamento e outras intervenções na Lagoa da Pampulha PÁG. 02

Lagoa, que já vem passando por processos de despoluição nos últimos meses, sofre com a sujeira e despejo de esgoto.

| EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Atlético joga bem e vence Fluminense; Raposa perde em SP Com a estrela de Dátolo, Galo fez 2 a 0 no time carioca. Já o Cruzeiro segue líder mesmo com queda PÁG. 24

w


1 FOCO

|02|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Garis encerram greve na capital Servidores. Demais categorias decidem seguir de braços cruzados Após 23 dias de paralisações e protestos, os servidores da limpeza urbana de Belo Horizonte decidiram ontem aceitar a proposta da prefeitura e retomar os trabalhos. Já os funcionários das demais categorias e os professores da rede municipal rejeitaram a oferta de 7% de reajuste salarial e devem confirmar hoje, em assembleia unificada, a manutenção da greve por tempo indeterminado. As categorias realizaram reuniões distintas na manhã de ontem. “No caso deles [garis], houve avanço porque a

7%

lizaram novas passeatas pela região Central, provocando lentidão no trânsito nas proximidades da Praça Sete.

prefeitura sinalizou que vai dar prioridade à pauta específica e tentar sanar as distorções entre eles e os funcionários terceirizados”, explicou o presidente do Sindibel (Sindicato dos Servidores Municipais), Israel Arimar. Após rejeitarem a proposta, os demais servidores rea-

Servidores estaduais Os professores da rede estadual também decidiram manter a greve que já dura sete dias. Segundo a Secretaria de Educação, porém, a adesão é inferior a 1%. Já na área da saúde, o primeiro dia de greve na rede estadual teve adesão de 60%, de acordo com o sindicato. No entanto, nenhuma unidade deixou de funcionar. METRO BH

de reajuste em duas parcelas e aumento de R$ 1,50 no valerefeição são as propostas da PBH

Petrobras

Senhor das CPIs

O senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) foi eleito ontem presidente da CPI mista da Petrobras, formada por deputados e senadores. Aliado do governo, o parlamentar também ocupa a presidência da CPI do Senado. O acúmulo dos dois cargos faz parte da estratégia dos governistas de evitar que as investigações sejam contaminadas por debates eleitorais. O deputado Marco Maia (PT-RS) será o relator da CPI mista.

Servidores municipais estão em greve desde o dia 6 deste mês

Análise política CARLOS LINDENBERG LINDENBERG@BAND.COM.BR

Cotações Dólar - 0,23% (R$ 2,23) Bovespa + 0,89% (52.639 pts) Euro + 0,04% (R$ 3,04) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

Carlos Lindenberg é colunista do jornal Metro e comentarista da TV Band Minas. Escreve neste espaço às quintas-feiras.

| ANGELO PETTINATI/METRO BH/ARQUIVO

PRIMEIROS NÚMEROS A primeira pesquisa sobre a eleição estadual não trouxe surpresas, mas mesmo assim não deixou de chamar a atenção. Como mostram os números da Vox Populi, é perceptível a vantagem do ex-ministro Fernando Pimentel (PT) sobre o também ex-ministro Pimenta da Veiga (PSDB). O destaque, no entanto, é a diferença surpreendentemente pequena: algo em torno de 10 a 12 pontos, a depender do cenário. Ora, Pimentel deixou a Prefeitura de Belo Horizonte e, dois anos depois, passou a integrar o governo Dilma como ministro do Desenvolvimento Econômico. Já Pimenta foi ministro das Comunicações de Fernando Henrique Cardoso e, de lá para cá, praticamente desapareceu da mídia, após afastar-se das lides partidárias. Um desconhecido, dir-se-ia. Tanto assim que a sua indicação para disputar o governo de Minas, por decisão monocrática do senador Aécio Neves, pegou o meio político de surpresa. De forma que essa diferença de pontos é pequena, ainda que seja razoável e confirme a percepção que se

Obras na lagoa receberão aporte de R$ 34 milhões

Infraestrutura. Prefeitura assina financiamento de R$ 100 milhões para obras A Prefeitura de Belo Horizonte e o BDMG (Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais) assinaram ontem um contrato de financiamento de R$ 100 milhões para obras de infraestrutura na capital. O maior volume de recursos será destinado ao MobiCentro, o projeto de melhorias na mobilidade urbana da região Centro-Sul, que receberá R$ 50 milhões. As obras de recuperação da Lagoa da Pampulha, também já iniciadas, terão um aporte de R$ 34 milhões. E os outros R$ 16 milhões serão destinados ao controle de inundações dos córregos do Navio e dos Joões, no bairro Pompéia, re-

“Esse recurso reforça ações que já estão em execução. É um complemento que vai ajudar a realizar um trabalho de alto nível.” MARCIO LACERDA, PREFEITO DE BH

gião Leste da capital. Metade do montante será repassada ainda neste ano, e o restante, em duas parcelas de R$ 25 milhões, em 2015 e 2016. Do total, R$ 75 milhões são recursos contratados pelo banco junto à AFD (Agência Francesa de Desenvolvimento) e R$ 25 milhões são do próprio BDMG. METRO BH

capta no contato com o eleitorado nas ruas. Mas, curiosamente, também é pequena a diferença de Aécio Neves em relação à presidente Dilma em Minas. Aécio lidera no Estado, mas com vantagem de cerca de 1,8 mil votos. Pouco para quem precisa colocar uma frente sobre sua oponente, aqui, de 4 milhões de votos para compensar a derrota que deverá ter em outras regiões do país onde a presidente lidera. De todos os números e nomes pesquisados pela Vox Populi nessa primeira rodada de pesquisas, também chama a atenção, embora confirme o que se sente nas ruas, é a vantagem do ex-governador Antônio Anastasia na corrida pela vaga do Senado – ele lidera com 56% de intenção de votos, o maior índice registrado pela pesquisa. A destacar, contudo, que até agora Anastasia está sem concorrente, ou seja, os outros partidos ainda não divulgaram os nomes que têm para o Senado. O que poderia explicar, de alguma forma, índice tão alto. Mas é perceptível que o nome de Anastasia é bem aceito, não fosse por outras razões pelo menos porque deixou o governo há pouco tempo, após uma gestão bem avaliada por pesquisas feitas à época.

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 031/3508.5720

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

| EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Metro Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB: 12.331) Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Anac ‘antecipa’ concessão e autoriza obras no aeroporto

|03|◊◊

Saúde Helicóptero EC 145 será usado no atendimento

Confins. A 15 dias da Copa, consórcio que assumirá o terminal em agosto recebe aval para iniciar intervenções HENRIQUE CHENDES/DIVULGAÇÃO

A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aprovou ontem uma antecipação de pouco mais de dois meses no PAI (Plano de Ações Imediatas) previsto no contrato de concessão do Aeroporto Internacional Trancredo Neves, em Confins, à BH Airport, consórcio que assumirá a gestão do terminal a partir do mês de agosto. Ao todo, o pacote emergencial contém 22 intervenções. Todas elas foram autorizadas, mas a Anac solicitou informações adicionais para sete itens, as quais deverão ser prestadas em até 20 dias, conforme prometeu a concessionária. Em nota à imprensa, A BH Airport informou que havia solicitado a autorização para iniciar algumas das intervenções previstas

Algumas medidas

Prefeitura libera helipontos para ações de resgate

Principais intervenções: • Informações. - Revitalização das placas de informação ao usuário. - Limpeza e sinalização nos acessos viários. • Instalações. - Melhorias na iluminação, escadas, elevadores e esteiras. - Troca dos carpetes. - Novos pontos de energia nas salas de embarque. - Melhorias nos sanitários. - Câmeras de segurança.

no aeroporto ainda durante a administração da Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), com o objetivo de beneficiar os passageiros

Obras prometidas pela Infraero para este sábado devem atrasar novamente

já durante a Copa do Mundo, trazendo mais conforto, orientação e segurança. O aeroporto foi leiloado em dezembro do ano passado. O consórcio vencedor

| ALEX DE JESUS/O TEMPO/FUTURA PRESS

apresentou um lance de R$ 1,82 bilhão por 51% da BH Airport – a Infraero detém os 49% restantes. Durante os 30 anos de contrato, o aeroporto deverá receber R$ 3,5

bilhões em investimentos que incluem a construção de uma nova pista de pouso e ampliação do terminal de passageiros e do pátio de aeronaves. METRO BH

Os helipontos dos hospitais cujas licenças ainda não foram liberadas poderão receber voos de urgência pelos próximos seis meses, prazo previsto pela prefeitura para a regularização do tráfego aéreo em BH. O Executivo alega que, assim, evitará possíveis impasses burocráticos, facilitando o transporte de vítimas durante a Copa. Também ontem, o governo estadual apresentou o helicóptero adquirido por R$ 35 milhões para os resgates durante o Mundial. METRO BH


|04| ‘Sanguinello’

Presos suspeitos de sonegar mais de R$ 120 milhões Uma força-tarefa realizada ontem resultou na prisão de cinco pessoas suspeitas de participar de um esquema de sonegação fiscal envolvendo empresas atacadistas de alimentos e bebidas. Ao todo, participaram da operação o Ministério Público de Minas e de Espírito Santo, além das secretarias de Fazenda de ambos os Estados e a Polícia Civil mineira. Das prisões, duas foram realizadas em Vila Velha, no Espírito Santo, e três, em Itaúna, região Centro-Oeste de Minas. Os órgãos envolvidos estimam que o prejuízo causado aos cofres públicos ultrapassa os R$ 120 milhões. METRO BH

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Insegurança na Zona Sul Nossa Senhora do Carmo. Tiroteio na via reacende discussão sobre policiamento na região mais nobre de BH “É um ponto bom da cidade, centralizado, mas estamos sempre correndo risco”. Dessa forma o morador da região Paulo Campos define a situação da avenida Nossa Senhora do Carmo e entorno, na Zona Sul da capital. A opinião do estudante reflete a sensação de insegurança no local, trazida mais uma vez à tona após a troca de tiros, na terça-feira, que deixou dois baleados. A falta de segurança é tamanha que um porteiro, mesmo protegido pelas grades do prédio e o vidro da guarita, pediu para ter o nome preservado. “Não tem segurança nem polícia na rua. Graças a Deus, nunca mexeram comigo, eu fico no meu canto quieto e pronto. Tem assalto direto aqui,

pessoal anda tudo com medo, correndo”, relatou. A região da avenida Nossa Senhora do Carmo e entorno foi considerada prioritária quando o atual comando assumiu o policiamento na área, em fevereiro deste ano. As ocorrências de crimes violentos continuam atormentando os moradores, apesar da PM se recusar a divulgar dados específicos. “Nossas leis são bem frágeis, precisam ser reformuladas. Se prende muito, mas essas pessoas têm que ser condenadas com mais rigor”, afirma o porta-voz da polícia na região, capitão Jackson Costa. “Temos a proteção realizada pelos próprios vizinhos, equipe de motociclistas e base móvel comunitária”, completa. BANDNEWS FM

ROSE LOPES, DECORADORA

“A polícia não se faz presente, infelizmente. Eu desço até embaixo (da avenida) assombrada.” MARIA LÚCIA, AJUDANTE DE ROTISSERIA

Via foi palco de tiroteio na última terça-feira | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

“O ponto de ônibus fica em frente à minha casa, mas tem que esperar dentro do condomínio.” PAULO CAMPOS, ESTUDANTE UNIVERSITÁRIO

Praça da Savassi receberá unidade da Polícia Militar

Estuprador. Taxista é reconhecido por mais sete O taxista Isnard Martins Vieira, 39 anos, suspeito de estuprar adolescentes e mulheres foi reconhecido por mais sete supostas vítimas, segundo a Polícia Civil. Inicialmente, os policiais suspeitavam que o motorista havia atacado 18 mulheres, mas que o número poderia aumentar. Até agora, das 19 ouvidas, apenas três não reconheceram o homem. Segundo as investigações da polícia, que duraram quase três anos, o taxista atuava principalmente nas regiões de Venda Nova, Pampulha e Padre Eustáquio. “Ele abordava moças e senhoras que estavam sozinhas e alegava que elas estavam sendo seguidas. Elas acreditavam no motorista, que as levava para um lugar ermo e as atacava”, contou a delegada responsável pelo caso, Andrea Aparecida Alves. METRO BH

“Me sinto insegura, tenho medo do sinal, sempre com vidro fechado. Não tenho segurança alguma.”

Marcos Valério é transferido O empresário Marcos Valério foi transferido ontem do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, para a Nelson Hungria, em Contagem. Ele foi condenado no processo do Mensalão a 37 anos, 5 meses e 6 dias de prisão, acusado de ser o operador do esquema. | SAMUEL COSTA/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

Uma unidade itinerante da Polícia Militar ficará hoje, das 14h às 20h, na Praça da Savassi, no quarteirão fechado da rua Antônio de Albuquerque. Além de aumentar a sensação de segurança no local, o objetivo da ação é receber críticas e sugestões de moradores e comerciantes da região. “Nossa companhia está de portas abertas para a população, mas a gente percebe pela correria da população que as pessoas não comparecem. Então por que não ir até a comunidade?”, explica o comandante do policiamento na área, o major Marcellus Machado. A polícia pretende anotar todas as reclamações, desde problemas na iluminação até de criminalidade. “Se for de responsabilidade da prefeitura, por exemplo, enviaremos um ofício à administração. Estava tendo arrombamentos na avenida

Posto ficará das 14h às 20h na Savassi | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Getúlio Vargas e conseguimos acabar com o crime com o conserto de uma iluminação pública”, diz Machado. A ideia da Polícia Militar é implantar o posto de atendimento nos bairros Lourdes, Savassi e Boa Viagem a cada aproximadamente 21 dias. METRO BH

“Vai restabelecer um elo entre a população como um todo e a PM, além de aumentar a sensação de segurança no local.” ALESSANDRO RUNCINI, DIRETOR DA CDL/ SAVASSI E MORADOR DA REGIÃO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|05|◊◊

Plano Nacional de Educação é aprovado Câmara. Para virar lei no país, plenário ainda irá analisar pedido de mudanças no texto Em votação simbólica, a Câmara aprovou ontem o texto principal do PNE (Plano Nacional da Educação). Uma divergência sobre a participação da União nas metas de qualidade de ensino e a inclusão de programas educacionais nos cálculos de investimentos empurraram a conclusão da análise do projeto para a próxima semana. Os destaques serão votados na segunda-feira e, se rejeitados, o PNE irá a sanção presidencial. O plano foi encaminhado pelo Ministério da Educação ao Congresso em 2010, foi aprovado pela Câmara, mas como houve alteração no Senado precisou de nova votação na Câmara.

Com a lei em vigor, os recursos destinados à educação pública serão carimbados. O investimento passará dos atuais 5,3% do PIB (Produto Interno Bruto) para 10% do PIB após uma décadas. São, ao todo, 19 metas, desde a educação infantil até o ensino superior, além da melhoria na formação do professores. “Se quisermos uma nação com valores e respeito só vamos construir com educação”, afirmou o relator do PNE, deputado Ângelo Vanhoni (PT-PR). As metas são ousadas. Até 2024, o analfabetismo deve ser zerado. Hoje, 12,9 milhões de brasileiros são analfabetos. Todas as crianças até 3 anos devem estar matriculadas em creches.

Metade dos professores da educação deverão ter pós-graduação e todos, curso superior. Destaques Os Estados e municípios alegam dificuldade para atingir o CAQ (Custo Aluno Qualidade), indicador de investimento mínimo em escolas, professores e alunos, e querem que a União complemente o valor. Para facilitar atingir os 10% do PIB, o governo incluiu programas educacionais na conta. A base governista deverá derrubar as emendas para evitar aumento das despesas. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Destaques O Plano Nacional de Educação recebeu propostas de mudanças no texto. Duas questões geram polêmica: • Financiamento. Obriga a União a complementar os recursos de Estados e municípios que não cumprirem o índice de qualidade de ensino. O investimento passaria de R$ 9 bilhões para R$ 46 bilhões. • Só ensino público. Garantir que o investimento seja exclusivo no ensino público, retirando do cálculo os recursos do Pronatec, Prouni e Fies.

Metas vão das creches ao ensino superior | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA


|06|

{BRASIL}

Motoristas param em quatro capitais Greve. No Rio, adesão foi baixa. Em Florianópolis e São Luís, coletivos não saíram das garagens deixando 1 milhão de pessoas sem transporte. Em Salvador, paralisação termina A 14 dias da abertura da Copa do Mundo, quatro capitais do país tiveram greves de ônibus ontem - Rio, Florianópolis, São Luís e Salvador. Na capital fluminense, a paralisação de 24 horas reuniu apenas 10% dos rodoviários, de acordo com a Rio Ônibus (sindicato dos consórcios). Segundo dissidentes do sindicato dos rodoviários, a adesão foi de 60%. Um motorista afirmou que empresas teriam pago para que trabalhadores não participassem do movimento. O sindicato dos consórcios nega e afirma que a PM assegurou a saída dos veículos das garagens. Em São Luís e Florianópolis, a greve foi pratica-

paralisação em três semanas. O principal motivo é substituição de cobradores por catracas eletrônicas. Já em São Luís, os rodoviários estão em parados há uma semana. Ontem, nenhum ônibus circulou pela capital.

Polícia do Rio foi acionada para acompanhar greve | SERGIO MORAES/REUTERS

mente total, prejudicando cerca de 1 milhão de pessoas - 300 mil na capital catarinense e 750 mil na capital do Maranhão. Em Florianópolis, a PM (Polícia Militar) foi acionada para assegurar o traba-

lho dos motoristas que não concordavam com a greve, mas o número de ônibus que circularam pela cidade foi baixo. Com medo, os poucos que saíram das garagens retornaram por volta das 9h. Esta é a segunda

Acordo Chegou ao fim a paralisação de motoristas e cobradores em Salvador, que começou na segunda-feira. Pelo terceiro dia seguido, a cidade amanheceu sem transporte público. Em assembleia na tarde de ontem, os trabalhadores aceitaram reajuste salarial de 9%, mesmo valor sugerido antes do início da greve. METRO

SUS. Hospitais ganham incentivo para fazer parto humanizado O Ministério da Saúde irá dar incentivo financeiro para os hospitais que oferecerem parto humanizado no SUS (Sistema Único de Saúde) para as gestantes. Os incentivos previstos variam de 2,5% (em caso de parto cesáreo em gestação de alto risco) a 17% (em caso de parto normal no hospital) em relação ao que já é pago pelos procedimentos. Para receber a gratificação, os hospitais deverão oferecer métodos para evitar situações como indução do parto e parto cesariano, por exemplo. Os medicamentos que geralmente são utilizados como solução para o alívio da dor e acelerar o trabalho de parto deverão ser substituídos por métodos humanizados, como massagens e bola de pilates. Esses são alguns dos novos pré-requisitos para que um estabelecimento receba a classificação de Hospital Amigo da Criança. Segundo a pasta, 321 hospitais já são classificados. A nova norma dá um prazo de 18 meses para que os hospitais se adaptem. METRO

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

ANDRÉ VARGAS MANOBRA PARA SE MANTER ELEGÍVEL. Enrolado até o pes-

“EU ME NEGO A FAZER SESSÃO DURANTE JOGOS DA SELEÇÃO BRASILEIRA.”

coço com o doleiro Alberto Youssef, para quem operava junto ao governo federal, o ex-vice-presidente da Câmara André Vargas (PR) procurou deputados em busca de apoio para se manter na Casa até dezembro. Vargas, que foi desligado do PT após o escândalo, quer aproveitar a Copa e as eleições para empurrar o processo de cassação até o fim do mandato, e sair impune e elegível. FICHA QUASE SUJA. A Lei Ficha Limpa torna o parlamentar cassado inelegível por oito anos. Caso se safe do processo, Vargas pode se candidatar já em 2016. APENAS SUSPENSÃO. Após

a Câmara punir Carlos Lereia (PSDB-GO) com suspensão de 90 dias, o PT aposta na mesma alternativa para livrar André Vargas.

DEPUTADO MARCO MAIA (PT-RS) SEM MOSTRAR PRESSA NA RELATORIA DA CPMI DA PETROBRAS

um livro. O primeiro no mundo a quatro mãos e 19 dedos, em 20 folhas de coca. E em branco.

RUMO AO ATRASO. Agora, mais que nunca, o exterior têm certeza de que há macacos, cobras, onças, e elefantes nas ruas do Brasil, e índios atirando flechas. FOGO AMIGO. Havia es-

tupefação no Planalto, ontem, com a denúncia do empresário Caio Gorentzvaig, do setor petroquímico, sobre negócios suspeitos de José Dirceu na Petrobras. Não pela gravidade da mutreta, mas porque Caio é amigo pessoal do senador Renan Calheiros, aliado do governo.

LITERATURA

MASTIGADA.

Lula e Evo Morales anunciaram que escreverão

Evo Morales | CHRIS MCGRATH/GETTY IMAGES

ARRUDA CAI 10 PONTOS.

José Roberto Arruda (PR) caiu 10 pontos percentuais nas intenções de voto para o governo do DF, entre março e maio, segundo pesquisa do Instituto O&P: foi de 33% para 22,9%. Agnelo Queiroz (PT), candidato à reeleição, saiu de 12,7% para 15,8%. Registro no TSE BR 118/2014.

PODER SEM PUDOR

Boia garantida À saída do 10º andar da Câmara, onde fica o restaurante dos deputados, uma família de Goiás certa vez esmolava ajuda para voltar ao Estado. O deputado Marcelo Ortiz (PV-SP) se livrou dos pedintes apontan-

do para um colega: - As passagens eu não garanto, mas chegou o homem da boia... E saiu de fininho. Referia-se à aproximação do deputado Jurandir Boia (PSB-AL).

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|08|

{ECONOMIA}

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Governo eleva mistura de biodiesel ao diesel Combustíveis. Teor vai subir dos atuais 5% para 7% até novembro desde ano. Medida permitirá a redução de importações do país A presidente Dilma Rousseff assinou ontem a medida provisória que aumenta a mistura de biodiesel ao diesel. A partir de julho, o teor vai subir dos atuais 5% para 6%. Em novembro, o percentual passará para 7%. A medida elevará a produção do biocombustível feito a partir de soja no Brasil. Ao mesmo tempo, o governo espera reduzir a necessidade de importação de diesel, aliviando a balança comercial de petróleo do país e as contas da Petrobras. Hoje, a estatal vende no mercado interno combustíveis a valores mais baixos do que os de compra no exterior. Com a medida, o Brasil poderá deixar de importar 1,2 bilhão de litros de diesel

por ano, disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. Segundo ele, a ampliação do teor possibilitará ainda a redução da emissão de 23 milhões de toneladas gás carbônico até 2020. O aumento estava em discussão desde o ano passado, mas havia encontrado resistências por parte do Ministério da Fazenda por conta de temores relacionados ao impacto na inflação. Com uma produção maior de biodiesel, que tem 75% da produção baseada no óleo de soja, haverá maior oferta de farelo de soja, uma das matérias-primas da ração, insumo essencial da produção de carnes. Quase toda a parte restante do biocombustível é

feito a partir de sebo animal. Dilma disse acreditar que a alteração terá impacto “muito residual” na inflação. “Como a gente assegura a produção de farelo (de soja), a gente vai garantir maior estabilidade nos preços de alimentos para os rebanhos do Brasil. Nós também teremos um benefício, uma melhoria de nossa balança comercial de derivados do petróleo”, destacou a presidente. Para evitar impacto nos preços, na eventualidade de uma queda na produção de soja, o governo também estabeleceu uma banda entre 5% e 7% de mistura de biodiesel, que poderá variar de acordo com as condições econômicas. METRO

Medida provisória foi assinada ontem por Dilma | WILSON DIAS/AGÊNCIA BRASIL


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Taxa de desemprego é a pior nos últimos 4 anos Trabalho. Em abril, índice chegou a 8,7%. Aumento é atribuído ao baixo crescimento econômico registrado no país no primeiro trimestre A taxa de desemprego na região metropolitana de Belo Horizonte subiu de 8,3% para 8,7% da População Economicamente Ativa entre os meses de março e abril deste ano. O índice é o maior desde maio de 2010, quando a taxa mensal chegou a 9,6%. Para um mês de abril, o resultado é o mais alto em quatro anos, quando a taxa de desemprego bateu a casa dos 9,9%. O resultado em abril se deve à diminuição do contingente de ocupados e do número de pessoas que participam do mercado de trabalho, revela a Pesquisa de Emprego e Desemprego divulgada ontem pela Fundação João Pinheiro, Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) e Seade

Trabalho e Emprego Setores que mais demitiram em abril: – serviços (-2,2%) – comércio e reparação de veículos (-2,5%) – construção (-2,4%)

(Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados). “O aumento do desemprego é consequência da desaceleração do crescimento econômico no primeiro trimestre do ano”, acrescentou o coordenador técnico da pesquisa, Plínio Campos. Dos setores pesquisados em MG, só um registrou mais contratações do que demissões no mês: o da indústria de transformação, com a abertu-

ra de 16 mil postos, uma expansão de 5,5%. O incremento está ligado à necessidade de reposição dos estoques vendidos no fim do ano e a preparação do que será comercializado nas próximas datas festejadas pela economia: o Dia dos Namorados, dos Pais, das Crianças e o Natal, detalhou o coordenador técnico. Em março de 2014, o rendimento médio real dos trabalhadores subiu 1,5% em comparação ao mês anterior e fechou a R$ 1.905. Já em relação a março de 2013, acumula alta de 9%. Em todo o Brasil, a taxa de desemprego se manteve estável e atingiu 11,1%. Além da Grande BH, o índice subiu nas cidades de Recife, São Paulo e Porto Alegre. METRO BH

Contratações estão maiores no setor industrial | ALF RIBEIRO/FUTURA PRESS

|09|◊◊

Negócios. Inovação e criatividade debatidos em evento global Existe relação entre liberdade e criatividade? É possível desenvolver negócios e ao mesmo tempo agregar valor para a vida das pessoas envolvidas? Esses temas estarão em debate na primeira edição deste ano do projeto Creative Mornings, que traz a BH o CEO da Mandalah Brasil, Tom Moore. O convidado mostrará como a estrutura das organizações tradicionais contribui para limitar as capacidades de criação e apresentará cases de sucesso de empresas nacionais e estrangeiras. O Creative Mornings é um evento realizado em mais de 80 países com profissionais e representantes da economia criativa e interessados em inovação. O evento está marcado para 4 de junho no Museu das Minas e do Metal. As inscrições são gratuitas, limitadas e devem ser feitas pelo site creativemorningsbh. eventbrite.com. METRO BH


|10|

Crise. Moscou alerta para risco de ‘guerra fratricida’ na Ucrânia O chanceler russo, Sergei Lavrov, disse ontem que os países ocidentais empurram a Ucrânia para uma “guerra fratricida” e repetiu o pedido de Moscou para que Kiev encerre as ações militares contra os separatistas pró-Rússia no leste do país.

Lavrov exigiu fim de ações contra separatistas | SERGEI KARPUKHIN/REUTERS

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

“As pessoas (da Ucrânia) estão essencialmente sendo empurradas para o abismo de uma guerra fratricida”, disse. As declarações do chanceler russo, que disse ainda que a eleição de Petro Poroshenko na Ucrânia “deveria ajudar a promover um fim da operação” contra os ativistas, coincidiu com um dia relativamente calmo em Donetsk, após uma batalha que matou ao menos 50 rebeldes na véspera. O Kremlin disse ontem que o presidente russo, Vladimir Putin, vai se reunir na semana que vem com o líder francês, François Hollande, em Paris, para discutir a crise na Ucrânia. METRO

Obama propõe criar fundo antiterrorista EUA. Em discurso em academia militar, presidente também prometeu aumentar a ajuda à oposição síria e reagiu às críticas sobre sua política externa, citando a Ucrânia e o Irã

Obama durante discurso em West Point | KEVIN LAMARQUE/REUTERS

O presidente dos EUA, Barack Obama, propôs ontem a criação de um fundo antiterrorista de US$ 5 bilhões. Ele também anunciou um aumento do apoio aos rebeldes sírios moderados. “Peço ao Congresso que defenda (a proposta de) um

novo fundo contra o terrorismo que chegue a US$ 5 bilhões, que nos permitirá treinar e facilitar o trabalho dos países parceiros na linha de frente”, disse Obama, em discurso a uma turma de formandos da Academia Militar dos EUA, em West Point. Na ocasião, Obama reagiu às criticas sobre a política externa de seu governo ao insistir que a confiança na diplomacia dos EUA, em vez da intervenção militar, estava sendo efetiva para resolver crises mundiais. Ele citou a Ucrânia e o Irã como exemplos. “Pela primeira vez em uma década, temos uma chance real de atingir um acordo (com o Irã) sem o uso de força, com canais multilaterais que deixaram o mundo do nosso lado. Isso é liderança americana”, defendeu. Os opositores de Obama o criticam por ele não ter defendido o envio de tropas à Síria, por não ter respondido com mais contundência à anexação da Crimeia por Moscou e por ter deixado o Iraque e o Afeganistão se defenderem por conta própria. Limites Obama também disse que as intervenções militares precisam de limites. “Dizer que nós temos um interesse em buscar a paz e a liberdade além de nossas fronteiras não significa que cada problema tem uma solução militar”, disse o presidente. “Desde a Segunda Guerra Mundial, alguns de nossos maiores erros vieram não de nossa contenção, mas de nossa disposição de entrar em aventuras militares sem pensar nas consequências”. O presidente defendeu o uso da diplomacia e de alianças com outros países como alternativas às incursões militares. Para ele, “o isolacionismo não é uma opção”. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Nova geração da MPB em versões de Ney Matogrosso Música. Cantor celebra as composições de nomes como Criolo e Vitor Ramil na turnê ‘Atento aos Sinais’, que retorna em três shows no Palácio O repertório não está calcado em suas faixas de maior sucesso. Mas isso não é problema. No show “Atento aos Sinais”, o cantor Ney Matogrosso celebra os novos nomes da MPB com atitude, figurino e, claro, sua voz inconfundível. Quem perdeu a última passagem da turnê pela capital terá mais três chances de cantar com o ídolo neste fim de semana no Palácio das Artes. E é melhor correr, porque os ingressos estão quase no fim. O show traz faixas do gaúcho Vitor Ramil (“A Ilusão da Casa”), de Dani Black (o filho de Tetê Espíndola assina a letra de “Oração”), do rapper Criolo (“Freguês da Meia-Noite”) e de Rafael Rocha (“Não Consigo”).

Programe-se No Palácio das Artes (av. Afonso Pena, 1.537 – Centro). Amanhã e sábado, às 21h. No domingo, às 19h. De R$ 60 a R$ 200.

Representando os artistas de peso, foram selecionadas composições de Arnaldo Antunes e Lenine (a faixa “Rua da Passagem” abre o espetáculo), Paulinho da Viola (“Roendo as Unhas”) e de Itamar Assumpção (“Isso Não Vai Ficar Assim” e “Noite Torta”). “Para uma música entrar no meu repertório, ela tem que caber no que eu quero falar, se encaixar na minha proposta. O que é de fa-

to fundamental para mim é a letra da música ser boa, a melodia, o ritmo, tudo me encanta, mas a letra tem que expressar tudo que eu tenho para dizer”, confessa o artista de 72 anos. A seara de faixas mais recente e outras pouco conhecidas do grande público é quebrada por “Vida Louca Vida”, escrita por Lobão e Bernardo Vilhena, e eternizada na voz de Cazuza. No Brasil, o show já foi visto por mais de 200 mil espectadores. Após Belo Horizonte, Ney Matogrosso levará a turnê para cidades de Portugal. Das cerca de 19 canções do repertório original, 14 foram gravadas em um disco homônimo lançado em 2013. METRO BH

2 CULTURA

Mais música

Lucas Avelar O compositor mineiro apresenta hoje o show “Coisa de Cinema”, desta vez, com participação de Marina Machado. Será às 20h no Sesc Palladium (Centro). Entrada franca. Com lenço na cabeça e figurino inconfundível | ANDRE STEFANO/FOTOARENA


|12|

Em combate contra aliens | DIVULGAÇÃO

Tom Cruise. Volta à ação em ‘No Limite do Amanhã’ Parece que Tom Cruise gostou de estrelar ficções científicas. Após “Oblivion” (2013), o astro volta ao gênero no elogiado “No Limite do Amanhã”, que estreia hoje. Na história, Cruise interpreta Bill Cage, um major que trabalha como secretário de imprensa do exército norte-americano. Em meio a uma guerra de humanos versus alienígenas, ele é enviado contra sua vontade ao campo de batalha para tentar recuperar a Europa. Sem treinamento, ele descobre no meio do massacre que possui um estranho poder, que lhe permite retornar a um ponto de sua vida toda vez que morre. METRO

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Angelina Jolie assumindo o papel título em “Malévola”, que estreia hoje, e contando a história da “Bela Adormecida” do ponto de vista da vilã pode parecer a descrição de algo acéfalo, mas a própria Jolie teve suas dúvidas. “Eu estava um pouco nervosa em assumi-la. Não tenho uma grande voz. Não faço coisas que sejam meio cômicas. Esta é uma idéia tão louca. Eu sou uma fada? ‘Como foi seu dia, querido? Eu fui uma fada hoje”, Jolie se lembra de contar para o marido Brad Pitt. “Fui bastante desafiada por isso. Para mim enquanto atriz é como fazer algo onde não estou me levando tão à sério, ou fazendo isso para mim mesma, ou fazendo isso pela arte – apenas para me lembrar como é brincar e entreter e tentar algo corajoso.” Mas, uma vez que estava com os chifres e o capacete e as maçãs do rosto e nariz aumentados no lugar, ela simplesmente foi em frente. “Não há como parar no meio do caminho. Se você vai fazer, não pode fazer de qualquer jeito. Você tem que entrar totalmente nisso e curtir”, ela diz. “O original foi tão bem feito e a voz dela era tão ótima. A manei-

ra como ela foi animada foi tão perfeita. Se não por outro motivo, eu estava preocupada em falhar em ser tão boa quanto o original. Eu pratiquei muito com minhas crianças. Quando eu fazia elas darem risada, percebi que estava no caminho certo – bem, elas riam, elas choravam.” Falando em crianças rindo e chorando, Jolie não está preocupada que alguns pais possam achar os elementos mais sombrios de “Malévola” um pouco fortes para a garotada. “Eu acho que aquilo que as crianças conseguem lidar e aquilo no qual elas estão interessadas é muito mais profundo do que as pessoas supõem”, ela diz. “Eu acho que é por isso que às vezes nós tornamos as coisas muito simples para eles. Em um filme como esse, as pessoas se perguntam ‘É muito sombrio para as crianças?’ Não é. Elas querem entender as coisas que as assustam. Elas querem ver as coisas sombrias que acontecem e como superá-las. Elas não querem estar escondidas de todas as coisas, com tudo adocicado.”     Ela está até colocando um pouco de si no projeto ao deixar sua filha Vi-

ESTREIA. Atriz ganhadora do Oscar aprende a deixar de se preocupar e abraça seu lado vilã de desenho animado em ‘Malévola’

Minha

malvad

favorita vienne aparecer no filme – uma necessidade, já que outras crianças que ainda não haviam se familiarizado com Jolie estavam muito amedrontadas com ela

usando as roupas e maquiagem completa. “Na verdade, uma criança congelou completamete e então chorou. Era como terror. Eu me senti tão mal”, admi-

te Jolie. Mas ela espera que a participação de Vivienne não estabeleça um precedente para que seus filhos se tornem atores. “Eu quero apenas que eles gos-


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

ABRACADABRA

|12|◊◊ |13|◊◊

Elas são sinistras e más; confira algumas das bruxas mais famosas da história do cinema

1959

da

FOTOS: DIVULGAÇÃO

A Malévola original em “A Bela Adormecida”

1990

1939

A Bruxa Má do Oeste, em “O Mágico de Oz”

A Grande Bruxa de “A Convenção das Bruxas”

1960

Asa Vajda, de “A Máscara de Satã”, de Mario Bava em “A Mascara de Satã”

1988

Elvira, de “Elvira, a Rainha das Trevas”

tem disso desta maneira. Eu quero que eles façam isso por diversão. Se quando eles ficarem mais velhos eles decidirem ser atores – apenas irei dizer que isso

não é o centro da vida deles”, ela diz. “É uma expressão, mas eu espero que eles façam muitas outras coisas com suas vidas e se envolvam com muitas outras

coisas porque eu não acho que seja um foco saudável como o centro da sua vida.” NED EHRBAR METRO INTERNACIONAL

2014

Angelina Jolie conta que treinou no papel de Malévola com os filhos


|14|

{VARIEDADES}

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Leitor fala

Os invasores

Na ponta do lápis

Trânsito e ilegalidade no Centro Não aguentamos mais os táxis na porta do Shopping Cidade na rua Rio de Janeiro! Lá não é ponto de táxi, mas já está tomado pelo descaso da fiscalização. Fila dupla, tripla. Impunidade total. De vez em quando passa a polícia e pedem para sair. Dão a volta no quarteirão e depois voltam. Param em todos lugares, inclusive nas portas das garagens! Chega de impunidade. E queremos o fim dos pseudos hippies e índios na rua Rio de Janeiro!

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

DE OLHO NA CONTA D’ÁGUA: ECONOMIZAR VALE A PENA!

Cruzadas

Tchibum na economia! Na coluna passada eu disse que voltaríamos ao tema “economia de água” (inclusive com sugestões de Leitores). Para abrir o papo: o incentivo oferecido em Estados como São Paulo, que dá 20% de desconto na conta a quem economizar pelo menos 30%, é bem atraente do ponto de vista financeiro. Para levar os 20% off na conta você terá de cortar 30% do consumo atual. Então: 20% + 30% = 50% de corte total na conta! Empreendendo tal esforço, sua conta cairá pela metade ou menos, enquanto o uso de água ainda poderá se manter em mais de 2/3 do atual: o esforço compensa!

LEONARDO CHRISTIAN – BELO HORIZONTE/MG

CPI mista da Petrobras É minha esperança que a CPI mista surta efeito e aqueles que fizeram o ilícito sejam punidos, seja quem for. E tomara que não acabe em pizza, pois sabemos que isto só veio à tona porque a oposição quer derrubar a credibilidade da presidente. Se eles tivessem sendo beneficiados, não teriam mexido nesta sujeira. ELIMAR MACHADO – BELO HORIZONTE/MG

Empenho. O Benedito Gambetta Filho nos escreveu contando que a família mudou-se para uma casa nova e resolveu levar ainda mais a sério essa questão de poupar água. Passaram, por exemplo, a reaproveitar toda a água usada para lavar as roupas. O descarte da máquina é usado para lavar as áreas externas da casa, e também é reaproveitado nos sanitários, já que deixa aquele cheirinho bom de sabão. O chuveiro da família é aquecido com energia solar: quando ligam, até que a água esquente, eles captam com um balde a água fria que vai saindo, evitando desperdiçar diversos litros de água limpa e tratada.

Metro Pergunta

Contra vandalismo na Copa, empresas da Pampulha terão Siga o Metro no Twitter: seguranças armados e cães. @jornal_metrobh PM alerta risco de tragédia. O que você acha disso? @silvinohybner

Balde de “água fria”! O Benedito acredita que, com todo este cuidado, sua conta d’água irá baixar dramaticamente. E ele espera que a companhia de abastecimento de água lá da sua região não vá à nova casa para trocar o aparelho medidor, sob a suspeita de que ele e a família tenham feito uma “gambiara”, pois foi exatamente o que aconteceu na casa em que moravam antes desta. Pois é… boa sorte, Benedito!

Infelizmente, essa situação comprova que no Brasil os direitos e liberdades dos cidadãos não são respeitados! @leo_christian

Triste! É um país da vergonha. Estou em pânico.

Dentes limpos! O Caio Cesar, comentando a sugestão de fechar a torneira enquanto se faz a higiene bucal, nos conta que enche um copo de água e usa apenas este tanto para escovar seus dentes. Ele molha a escova no começo e vai fazendo bochechos para remover o creme dental, regulando até sobrar o suficiente para enxaguar a escova no final. Assim evita litros e litros desperdiçados a cada escovada!

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Truque da privada. Para economizar na descarga, o Caio sugere pegar uma garrafa pet, encher de água e tampar, colocando-a dentro da caixa acoplada. O tamanho da garrafa será a quantidade economizada por descarga. Todo esforço é válido para tentar limitar o consumo ao máximo de 10 m3 d’água (= 10.000 litros) por mês, e assim ficar “apenas” na tarifa mínima… que já não é pouca grana! Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

www.estrelaguia.com.br

Boas tendências para negócios e para repensar a utilidade de despesas. Na vida afetiva, planos deverão ser conversados a dois.

O envolvimento emocional com assuntos profissionais será mais intenso e as oportunidades para bons contatos serão maiores.

Desgastes serão comuns em função de esforços extras para o trabalho ou novas atividades em sua rotina. Amenize com lazer e diversões.

Vênus ingressa em seu signo, influência positiva para temas materiais e negociações. Favorece bons momentos sociais e afetivos.

Mercúrio – que rege seu signo – ingressa em Câncer, algo capaz de despertar uma nostalgia e chances para retomar antigas convivências.

Um pouco mais de lazer, diversões e eventos farão bem a rotina. Na vida afetiva, permita mais romantismo e modere em exigências.

Regente de seu signo, Mercúrio ingressa em Câncer, o que recomenda cuidado com variações no humor. Propensões a estar mais sentimental.

Regente de seu signo, Vênus ingressa em Touro, favorecendo cuidados consigo mesmo e com a estética. Atente-se a excessos no consumo.

A percepção de alguns detalhes fará diferença para resolver assuntos no trabalho. Nas relações, retome algumas diversões em família.

Mercúrio ingressa em seu signo, favorecendo oportunidades para se dedicar a novos conhecimentos. Atentese com impulsos na comunicação.

Tendências para intervir em assuntos de outras pessoas e servir até de Mediador a elas. Período para esclarecimentos em parcerias.

O momento é especial para conversas e para esclarecer equívocos em assuntos com as pessoas de maior convivência em seu cotidiano.

Soluções


Belo Horizonte, 29 de maio de 2014 Edição especial

Mudança em família

Citroën faz alterações no C3, Aircross e C3 Picasso. Foco foi maior em novos itens de série, com discretas modificações visuais PÁGS. 20 E 21

New March busca espaço

Na torcida pelo Brasil

Nissan briga por fatias de mercado da Honda e da Toyota PÁG. 18

Dafra faz estilização discreta em duas de suas motos e mexe nos preços PÁG. 22

C3 ganhou três novas versões

DIVULGAÇÃO


|16|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

LANÇAMENTO

Leveza do modelo facilita manobras

Off-road. Modelo passa a ser o único da categoria com engate frontal, mas ficou cerca de R$ 2 mil mais caro

Jimny 2015

só traz mudanças no 4Sport

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Fabricado no Brasil pela Suzuki há pouco menos de dois anos, o Jimny 4Sport acaba de ganhar uma atualização. A versão é a única da família – que conta com o Jimny 4ALL, Jimny 4SUN e Jimny 4WORK – a receber mudanças na linha 2015. Entre as modificações estão a presença obrigatória de air bag duplo e ABS, além de side step (apoio de pé lateral integrado na carroceria) e novos para-choques dianteiro e traseiro, que foram projetados de maneira modular, com fixação externa, para facilitar a manutenção do SUV. A mudança mais eficaz, no entanto, está na presença de um engate dianteiro (o modelo é o único na categoria a ofe-

recer essa opção), o que facilita manobras com carretas e jet skis, por exemplo. Ainda por fora, novos desenhos de frisos laterais e flares ajudam a completar o design. Por baixo do capô, o 4x4 traz o mesmo motor 1.3l, movido a gasolina, 16V e 85 cavalos. Falando de um modelo desses os números parecem realmente baixos, mas é preciso destacar a leveza do veículo (apenas 1.060 kg) para entender como o jipinho é capaz de praticamente subir paredes. Bravura Os aventureiros dispostos a pagar os atuais R$ 64.990 pelo modelo poderão contar com um carro, além de caro, resistente.

As dimensões compactas do veículo combinadas a um raio de giro de 4,9 metros e a uma altura de 22 cm livre do solo fazem dele bastante capaz em terrenos cheios de armadilhas. Após um teste na pista off-road montada no autódromo Velo Cittá, em Mogi-Guaçu, interior de São Paulo, a conclusão é de que o modelo está preparado para enfrentar pedras, lama e, sobretudo, subidas e descidas extremamente íngremes. Isso tudo graças ao sistema de tração presente no painel central que permite diferentes combinações de marchas nas três opções de uso (2WD – com tração nas traseiras; 4WD – com tração nas quatro rodas; e 4WD-L – reduzida). METRO

Prova de resistência Simultaneamente ao lançamento do modelo 2015 do Jimny 4Sport, a Suzuki comemora o fim do desafio “100 mil km em 100 dias.”

Ao final das 1.450 horas de pilotagem por Estados como Mato Grosso do Sul, Espírito Santo e São Paulo, a marca compilou os resultados da experiência que avaliou o desempenho de dois Jimnys 4Sport em trechos urbanos, condições

Peças são modulares e de fixação externa

off-road e rodovias. Entre as principais medições estiveram molas, amortecedores, sistemas de freio e integridade da carroceria, que foi marcada para avaliar possíveis desalinhamentos. Com apenas algumas ocorrências ao longo do percurso, é possível dizer que os modelos concluíram os objetivos de maneira bem satisfatória, já que ao dirigir os veículos do desafio é quase imperceptível a diferença se comparado a um modelo zero quilômetro. METRO


18

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

LANÇAMENTO

Mercado. Nissan apresenta New March

Preço inicial é de R$ 32.990

como carro-chefe na acirrada disputa com as concorrentes japonesas Toyota e Honda

Concorrência nipo-brasileira

Que a disputa entre os veículos compactos está cada vez mais acirrada, não é novidade. Porém, a competitividade anda tão em alta que a Nissan apresentou seu reformulado New March para, além de competir no segmento, fazer frente às rivais japonesas Toyota e Honda no Brasil. Para atingir esses objetivos, o hatch, que agora é fabricado em Resende (RJ), conta com uma nova identidade visual, com preços que variam entre R$ 32.990 e R$ 42.990. Mas, para que o objetivo se torne realidade, o New March precisa vingar. Com esse objetivo, a aparência do hatch foi projetada para ter um ar mais jovial, com acabamentos internos e externos mais atrativos. O painel ficou mais requintado e o acabamento inclui bancos e forrações com materiais de melhor qualida-

New March pode ser encontrado em seis cores

de. No lado externo, o veículo apresenta faróis, grade frontal, para-choque e entrada de ar redesenhados. Por baixo do capô, dois tipos de motor divididos em seis versões (Conforto, S e SV, no 1.0, e S, SV e SL, no 1.6), e de série todos os modelos trazem airbag duplo frontal, cintos de segurança dianteiros com pré-tensionadores, direção elétrica progressiva, freios ABS e assistência de frenagem (BAS). A versão mais cara e luxuosa, a SL, conta com itens como ar-condicionado digital e central multimídia com GPS. METRO

3 mil

unidades mensais do veículo é o que espera vender a Nissan até o segundo semestre


|20|

{LANÇAMENTO}

Citröen

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com FOTOS: DIVULGAÇÃO

repaginada Competitividade. Montadora, que tem pequena fatia de mercado, apresenta novidades no C3, no Aircross e no C3 Picasso a fim de melhorar seus números

Aircross recebeu mudanças estéticas mais significativas

No disputado mercado automotivo, a Citröen ainda não decolou. Entre as dez principais do setor, a marca francesa ocupa a modesta 9ª posição no volume de vendas no primeiro quadrimestre deste ano, com 1,95% de mercado, de acordo com a Fenabrave. Preocupada com os baixos números, a montadora apresenta a nova família C3 (C3, Aircross e C3 Picasso), além da ferramenta iCheck, que acompanhará on-line os orçamentos e serviços executados nas concessionárias, durante 24 horas por dia. “Decidimos ir além, ofertando uma gama de produtos e serviços mais diversificada e competitiva. Isso ganha o cliente”, afirma Francesco Abbruzzesi, diretor da Citröen. O C3, que é o único a ocupar um lugar entre os 50 mais vendidos de 2014 – está no 30º lugar, com 10.658 unidades comercializadas –, e que havia passado por uma grande reformulação no último ano, agora, para a versão 2015, não recebeu nenhuma mudança visual. Entretanto, o mercado receberá três novas versões do veículo (Attraction 1.5, Exclusive 1.5 e Tendance 1.6), ampliando o leque para seis


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Interior do Aircross parmanece o mesmo

Preços partem de R$ 55.190

opções, se somadas às já existentes Origine 1.5, Tendance 1.5 e Exclusive 1.6. De série, o hatch oferece ar-condicionado, airbag duplo, direção elétrica, computador de bordo, freios com ABS e EBD, e travamento das portas à distância por chave. Dentre os seis modelos, o grande chamariz está no Tendance 1.5 que conta com o para-brisa Zenith, que permite expandir o comprimento do para-brisa de 99 cm para 1,35 cm. Os preços variam de R$ 40.990 a R$ 55.490. Para o monovolume aventureiro Aircross, a montadora, que disponibiliza três versões (Origine 1.5, Tendance 1.5 e Exclusive 1.6), resolveu apostar

{LANÇAMENTO} {EDITORIA}

em mudanças visuais, como a introdução de faróis com máscara negra e acabamento grafite nas barras do teto, molduras dos faróis de milha e estribos. Além disso, o DOT (detector de obstáculos traseiros) passa a ser um item de série nas versões. As versões custam entre R$ 55.190 e R$ 65.190. Por fim, o também monovolume C3 Picasso, que tem cinco versões (Origine 1.5, Tendance 1.5 e 1.6, e Exclusive 1.6 manual e automática), se resumiu apenas à mudança da nomenclatura dos modelos e ao adicionamento dos vidros elétricos traseiros de série. Para o modelo, os preços variam entre R$ 46.890 e R$ 59.890. METRO

|21|◊◊ |20|◊◊

C3 Picasso recebeu novas nomenclaturas

O QUE TRAZEM AS NOVAS VERSÕES DO C3 O Attraction 1.5 acrescenta luzes diurnas de Led, faróis de milha, vidros elétricos traseiros e rodas de liga leve de 15”; para o Exclusive 1.5 a montadora incluiu rodas de 16”, sensores de chuva e faróis com acendimento automático; já o Tendance 1.6 automático foi pensado para um público específico, como deficientes físicos. Versões continuam privilegiando o conforto

C3 ganhou três novas versões


22

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

DUAS RODAS

Dafra em

clima de Copa Estilizada. Montadora cria grafismos especiais, nas cores da bandeira nacional, para a Next 250 e a Riva 150

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Seguindo o caminho das gigantes da indústria de motocicletas, a Dafra também traz novidades alusivas à Copa do Mundo, que começará no próximo dia 12. Para tentar fisgar o nicho dos fanáticos por velocidade e futebol, a montadora brasileira apresenta uma série especial para duas de suas motos: a Next 250 e a Riva 150. Em ambos os casos, as mudanças são apenas visuais, com novos grafismos que remetem às cores do Brasil na carenagem, mas, mesmo assim, os preços foram reajustados. A Next 250, que custará R$ 12.290 – a versão tradicional sai por R$ 11.890 –, possui motor de 250 cc, com injeção eletrônica, refrigeração a água, câmbio de seis machas e uma potência máxima de 25 cv a 7.500 rpm. Destinada para percursos em rodovias e centros urbanos, a street conta com freios a disco na dianteira e na traseira. A intenção é que, com o apelo da Copa do Mundo, as vendas aumentem nesta série especial.

Hoje, a Next 250 é apenas a décima moto mais vendida do segmento City, com 205 unidades comercializadas em abril. A outra escolhida pela Dafra para receber as mudanças é a Riva 150, que, com a ‘roupagem’ da Copa do Mundo, custará R$ 6.390 – acréscimo de R$ 200 em relação à versão tradicional. Com um motor monocilíndrico de 149,4 cc com carburador, a street tem potência de 12,1 cv, freio dianteiro a disco e partida elétrica. Outros destaques ficam por conta das rodas de liga leve de aro 18’’ e o painel de instrumentos, que é integrado à carenagem. A Riva 150, que concorre no mesmo segmento que a Next 250, vendeu 340 unidades, terminando o último mês com a sétima posição entre as mais vendidas. A Dafra é, atualmente, a terceira no ranking de emplacamentos de motos em 2014 no país, atrás apenas da Honda e da Yamaha, segundo a Fenabrave. No acumulado do primeiro quadrimestre do ano, a montadora brasileira vendeu 7.051 motocicletas, algo que lhe dá 1,45% da fatia de mercado. METRO

Estilização discreta na Next 250

Cores remetem à bandeira nacional

Detalhes também nas rodas


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Amistosos

Dia ruim para quem vai à Copa A Nigéria empatou por 2 a 2 com a Escócia em jogo amistoso realizado ontem. A Coreia do Sul foi derrotada por 1 a o para a Tunísia. METRO POA

Desfalque

Van der Vaart é cortado Com uma lesão na panturrilha, o meia Van der Vaart foi cortado da Seleção Holandesa. É a segunda baixa da equipe, que já não contava com o meia Strootman. METRO POA

{ESPORTE}

Mais forte

Uma tremporada no Barcelona transformou Neymar em um jogador mais forte. Nem mesmo a lesão sofrida no pé no último mês preocupa a comissão técnica da Seleção. “Ele teve uma recuperação muito boa, está totalmente em condições”, assegurou o médico José Luiz Runco. “O Neymar é excelência técnica. Tenho 44 anos de futebol e vários atletas de excelência que não estavam 100% fisicamente resolviam pela qualidade técnica. O Neymar recém se apresen-

tou e tem limiares altos. Não temos que ficar preocupados”, completou o preparador físico Paulo Paixão. Tanto ele quanto Runco comemoraram o fato de o atacante ter ganhado peso desde a Copa das Confederações. Em vez dos 64,5kg há um ano, o jogador chegou aos 67kg, graças a um trabalho de fortalecimento e ganho de massa muscular feito pelo clube espanhol. “Ele ganhou não apenas na parte física como também experiência de estar jogando no Barcelona, podendo estar medindo forças com atletas que estão na Europa”, disse Paixão. METRO

|23|◊◊

Pronto! Comissão técnica do Brasil garante: Neymar está 100% fisicamente

3 ESPORTE

Neymar está 100% fisicamente para a Copa do Mundo | BRUNA PRADO/METRO RIO

Certezas e surpresas no saibro Djokovic avança no Grand Slam | MATTHIAS HANGST/GETTY IMAGES

Serena Williams foi eliminada | MATTHEW STOCKMAN/GETTY IMAGES

Vitória foi a 60ª de Federer em Roland Garros | CLIVE BRUNSKILL/GETTY IMAGES

O quarto dia do torneio de Roland Garros, na França, teve favoritos confirmando a condição e zebras surpreendendo. Atual número 4 do ranking, o suíço Roger Federer chegou à 60ª vitória no Grand Slam, mesma marca do espanhol Rafael Nadal, número 1 do mundo, Ele bateu o argentino Diego Sebastian Schwartzman, 109º no ranking, por 3 sets a 0 – 6/3, 6/4 e 6/4. O sérvio Novak Djokovic também confirmou o posto de favorito. O segundo melhor tenista da atualidade passou pelo francês Jeremy Chardy (42º) por 3 a 0 – parciais de 6/1, 6/4 e 6/2. Os brasileiros também fizeram bonito. Bruno Soares e o austríaco Alexander Pe-

ya derrotaram o uzbeque Denis Istomin e o tcheco Lukas Rosol por 2 sets a 0. Ao lado do israelense Jonathan Erlich, Marcelo Melo venceu o tcheco Frantisek Cermak e o russo Mikhail Elgin por 2 a 1. Na chave feminina, a decepção ficou com as irmãs Williams. Líder do ranking e atual campeã, Serena perdeu para a espanhola Garbine Muguruza por 2 a 0. Já Venus foi eliminada pela eslovaca Anna Schmiedlova por 2 a 1. Hoje, entram em quadra Rafael Nadal (enfrenta o austríaco Dominic Thiem às 8h30) e o brasileiro. Thomaz Bellucci (contra o italiano Fabio Fognini, às 13h30). O Bandsports transmite os jogos ao vivo. METRO

Puxão de orelha

“Temos uma corrida contra o relógio, ainda há muito a fazer.” JÉRÔME VALCKE, SECRETÁRIO-GERAL DA FIFA, SOBRE A ARENA DAS DUNAS, EM NATAL


|24|

Brasileirão 8ª rodada HOJE SPORT CRICIÚMA PALMEIRAS INTER GOIÁS ATLÉTICO CORINTHIANS ATLÉTICO-PR

0 X 0 GRÊMIO 1 X 0 CORITIBA 0 X 2 BOTAFOGO 2 X 0 CHAPECOENSE 0 X 0 VITÓRIA 2 X 0 FLUMINENSE 1 X 0 CRUZEIRO 2 X 2 SÃO PAULO HOJE 19H30 FLAMENGO X FIGUEIRENSE 21H BAHIA X SANTOS

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P V GP SG 1º CRUZEIRO 2º FLUMINENSE

16 5 15 5

3º CORINTHIANS 4º INTER

15 4 10 6

5º GOIÁS 6º ATLÉTICO

15 4 7 3

7º GRÊMIO 8º SÃO PAULO

14 4 7 2

9º PALMEIRAS 10º CRICIÚMA

12 4 8 -2

11º ATLÉTICO-PR 12º BOTAFOGO

10 2 12 1

13º BAHIA 14º SPORT

8 2 6 1

15º SANTOS 16º VITÓRIA

8 1 6 1

17º FLAMENGO 18º CHAPECOENSE

6 1 5 -4

19º CORITIBA 20º FIGUEIRENSE

4 0 5 -5

15 5 13 6 15 4 11 3 14 4 10 3 13 3 14 3 11 3 4 -5 8 2 12 1 8 2 6 -4 7 1 8 -2 5 1 5 -4 3 1 1 -9

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

Brasileirão 9ª rodada SÁBADO 18H30 CORITIBA X GOIÁS SÃO PAULO X ATLÉTICO 21H VITÓRIA X SPORT DOMINGO 16H CHAPECOENSE X BAHIA GRÊMIO X PALMEIRAS CRUZEIRO X FLAMENGO CORINTHIANS X BOTAFOGO 18H30 FIGUEIRENSE X ATLÉTICO-PR SANTOS X CRICIÚMA FLUMINENSE X INTER

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 29 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Atlético bate o Flu em Ipatinga e cola no G-4 Campeonato Brasileiro. Em noite inspirada do argentino Dátolo, Galo chega à quarta vitória em cinco partidas Ainda muito desfalcado, mas com um melhor futebol, o Atlético venceu o Fluminense no Vale do Aço e deu um importante passo rumo ao objetivo de alcançar o G-4 antes da pausa para a Copa. Com o resultado, o Galo subiu para a sexta colocação, a apenas um ponto do Internacional. Depois de um primeiro tempo de muitas faltas e alguns sustos para ambas as defesas, o Atlético chegou ao gol no início da segunda etapa. Após cruzamento de Emerson Conceição, Dátolo abriu o placar com categoria. Pouco depois, o argentino deu passe açucarado para Tardelli acabar com o jejum de 15 jogos e dar números finais ao jogo. A partir daí, o goleiro Giovanni mostrou serviço e garantiu a vitória. METRO BH

20

Autor de um gol e uma assistência, meia Dátolo foi o nome do jogo

10 CORINTHIANS

CRUZEIRO

Walter; Fágner, Cleber , Gil e Fábio Santos; Ralf, Bruno Henrique, Petros e Jadson; Romarinho (Luciano) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes

Fábio, Ceará (Mayke), Léo, Bruno Rodrigo, Egídio, Henrique (Júlio Baptista), Farias, Everton Ribeiro, Goulart, Willian (Dagoberto), Borges. Técnico: Marcelo Oliveira

• •

Local. Estádio Canindé Gol. Paolo Guerreiro

3

jogos, apenas, foram realizados nos estádios dos mandantes nesta rodada devido à cessão das Arenas para a Fifa.

1

time, o Corinthians, conseguiu vencer os últimos dois jogos que disputou no Brasileirão.

FLUMINENSE

Giovanni; Alex Silva , L. Silva , Edcarlos e Emerson da Conceição ; Pierre (Josué), Leandro Donizete , Dátolo e Marion; Diego Tardelli (Carlos) e André (Guilherme). Téc: Levir Culpi.

Felipe Garcia; Bruno, Gum , Marlon e Carlinhos ; Diguinho, Jean, Chiquinho (Kenedy ) e Conca; Rafael Sobis (Michael ) e Walter. Téc: Cristóvão Borges.

No Canindé. Cruzeiro perde, mas segue líder Em uma confronto de muita marcação e poucos lances de gol, o Cruzeiro foi derrotado por 1 a 0 para o Corinthians. O único gol da partida foi marcado por Paolo Guerreiro, aos 22 minutos do segundo tempo, em um chute despretencioso de longe, mas que contou com a falha do goleiro Fábio. Mesmo com a queda no Canindé, o time estrelado segue na liderança do Campeonato Brasileiro, com 16 pontos. Isso porque o Atlético venceu o Fluminense, segurando os cariocas na segunda colocação. Sem tempo para lamentações, o Cruzeiro volta aos trabalhos hoje, já que no fim de semana irá duelar com o Flamengo. METRO BH

ATLÉTICO

Jogo foi de muita marcação no meio | LEANDRO MARTINS/FUTURA PRESS

| LEONARDO MORAIS/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Gols. Dátolo, aos 7, e Diego Tardelli, aos 19 minutos do segundo tempo.


20140529_br_metrobh