Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

DE CORAÇÃO PARTIDO COLDPLAY VOLTA A CANTAR A DOR DE COTOVELO NO ÁLBUM ‘GHOST STORIES’ PÁG. 23 BELO HORIZONTE Segunda-feira, 26 de maio de 2014 Edição nº 653, ano 3 MÍN: 19°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh sunny sunny

hazy

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

Chris Martin é thunder windy showers vocalista do Coldplay

Copa 2014 terá maior ação da história da PF

showers

Reforço já está em BH. Cerca de 200 homens treinados para a segurança de delegações e autoridades desembarcaram ontem na Pampulha. Equipamentos antibomba integram estrutura que será usada. Aeroportos também terão operação intensificada PÁG. 03

VIRADA DE LÍDER Cruzeiro vence o Inter no Sul e assume a ponta PÁG. 30 Willian participou de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o Colorado | LUCIANO LEON/FUTURA PRESS

Governo quer exaltar Pesquisas apontam legado pós-Mundial vitória de Poroshenko Proposta é combater clima de pessimismo com informações sobre os avanços conquistados PÁG. 06

Magnata pró-Ocidente tem mais de 56% dos votos em disputa presidencial, diz boca de urna PÁG. 09

S MA GE YI

> TÍMIDO FORA DE CAMPO, O ESPANHOL INIESTA É REFINADO COMO POUCOS COM A BOLA NOS PÉS E É O CÉREBRO DA ATUAL CAMPEÃ DO MUNDO

PE

RJ

UIN

EN

/GE

TT

O GÊNIO DISCRETO JAS

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

GRANDES CRAQUES METRO

PÁGS. 26 E 27


1 FOCO

Bicentenário

Aleijadinho

Será divulgada hoje a programação oficial das homenagens ao bicentenário de morte do escultor colonial mineiro Antônio Francisco Lisboa, o mestre Aleijadinho (1730/38-1814). Entre as obras de importância histórica e cultural atribuídas a ele, está o conjunto dos doze profetas esculpidos em pedra-sabão na histórica Congonhas.

Cotações Dólar + 0,36% (R$ 2,22) Bovespa - 0,36% (52.626 pts) Euro + 0,06% (R$ 3,02) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

|02|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Extinção de linhas confunde usuários

Marchas em cliques 1 . SAMUEL COSTA/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS 2 . ALBERTO WU/FUTURA PRESS 3 . FLÁVIO TAVARES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

BRT Pampulha. Mais 11 linhas deixaram de rodar. Passageiros reclamam de dificuldades para cumprir trajetos com os novos itinerários. Mudanças também afetam moradores do Betânia

A semana começa com mais um teste de fogo para o BRT/ Move no corredor Antônio Carlos. Cerca de 40 mil passageiros deverão ser integrados a partir de hoje ao sistema com baldeação na Estação Pampulha. São usuários de 11 linhas de ônibus que ligavam os bairros da região ao Centro e à área hospitalar. Mas as linhas foram extintas e se transformaram em alimentadoras, levando os passageiros até o terminal. De lá, eles deverão embarcar nos veículos articulados do Move com destino ao Centro, Área Hospitalar, Lagoinha e região Oeste. Assim como nas etapas anteriores de implantação do Move, as alterações começaram em um sábado, dia de movimento reduzido. Nem todos os passageiros se informaram sobre as alterações de linhas e itinerários. “Minha linha mudou e não me avisaram, precisei andar muito a pé”, reclamou a estudante Iara Maria, no sábado, se mostrando preocupada com a movimentação desta semana. “A viagem está cansativa do mesmo jeito. No ônibus antigo, a gente era feliz e não sabia. Acho que vai piorar e encher mais porque vai aumentar o fluxo de pessoas”, desconfia a pesquisadora Kênia Siqueira. A lotação também foi levantada pela costureira Edna de Souza Silva. Apesar da queixa, ela está esperançosa com o Move. “Por ter entrado mais linhas, haverá mais articulado. Tudo que começa é mais complicado, acredito que vai dar certo”. Para agilizar o transporte pelo corredor Antônio Carlos, o número de veículos e viagens foi ampliado nas linhas 50 (Estação Pampulha / Centro – Direta), 51 (Estação Pampulha / Centro / Hospitais – Paradora) e 52 (Estação Pampulha / Lagoinha). Foi criada uma nova linha, a 5250 (Pampulha/Betâ-

1 2

Passageiros formaram grandes filas para comprar os tíquetes unitários que dão direito ao embarque no Move

O que mudou • 2210 (A, B e C). Deram lugar às novas linhas 617 (Piratininga via Rio Branco) e 618 (Jardim Leblon).

1

Marcha das Vadias. Pela liberdade

• 1207 (A, B e C) e 2216. Foram transformadas nas linhas 619 (Santa Mônica via Santa Branca) e 620 (Santa Mônica via Santa Amélia).

Ressaltando a autonomia do próprio corpo, cerca de mil mulheres caminharam na capital com seios à mostra e cartazes.

• 2256. Foi substituída pela nova linha 644 (São João Batista).

2

Contra os transgênicos. Alerta no campo

• 2211 (A e B). Viraram as novas linhas 717 (Campo Alegre) e 718 (Planalto).

A marcha mundial foi realizada no sábado simultaneamente em 52 países.

• 2214. Foi trocada pela linha 719 (Estação Pampulha/Floramar).

Nova fase promete aliviar superlotação | FOTOS: EUGENIO MORAES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

nia), interligando as avenidas Antônio Carlos e Amazonas, sem passar pelo Hipercentro. Ela foi criada para suprir a demanda decorrente da extinção de três linhas que conectavam essas duas avenidas: 1207 A, B e C. Muitos usuários, porém, reclamaram que agora precisam pegar três FALE COM A REDAÇÃO leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719 COMERCIAL: 031/3508.5720

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

3

conduções para ir da Pampulha à Praça Raul Soares, em vez de apenas uma linha. Outra mudança é na linha 5401 (São Luiz/Dom Cabral), que passa a circular na pista exclusiva, com pontos de embarque e desembarque nas estações de transferência. Com a nova fase, a

BHTrans espera reduzir em 45% o número de ônibus na pista mista da Antônio Carlos durante o horário de pico – de 191 para 105 veículos. Novas etapas serão implementadas em breve, já que ainda falta inaugurar o corredor Pedro I do Move municipal.

3

Contra Crack e Outras Drogas. Pela paz

A terceira edição da passeata teve o tema “Paz nas escolas e defesa da vida”. Cerca de 20 mil pessoas marcharam pela Zona Sul, no sábado. METRO BH

METRO BH/BAND NEWS FM BH

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB: 12.331) Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Polícia Federal inicia hoje ‘Operação Copa’ em Minas Segurança. Agentes, delegados e peritos desembarcaram ontem na capital para iniciar trabalhos que envolverão a escolta de autoridades

OSVALDO AFONSO/IMPRENSA MG

A Polícia Federal inicia hoje a maior operação de sua história já vista em território mineiro. Em razão da realização de partidas e eventos da Copa do Mundo da Fifa em Belo Horizonte, cerca de 200 homens da corporação desembarcaram ontem pela manhã no Aeroporto da Pampulha, na capital, para reforçar o contingente que inicia nesta segunda-feira os trabalhos voltados especificamente para o torneio. Entre as funções do grupo – cujo número exato de agentes não foi revelado por motivo de segurança – estão a escolta das delegações esportivas, chefes de Estado e outras autoridades que participarão do evento em Belo Horizonte. Além disso, haverá reforço na operação dos aeroportos da Pampulha e de Confins, além da investigação de crimes relacionados ao torneio, entre outros. Ao todo, serão 18 áreas de atuação, de acordo com o coordenador regional de grandes eventos da Polícia Federal em Minas, Alexan-

dre Leão. “A responsabilidade pela segurança das delegações é da Polícia Federal, assim como dos chefes de Estado que eventualmente venham acompanhar algum jogo, alguma situação no Brasil, inclusive em relação ao próprio presidente da Fifa [Joseph Blatter] e ao secretário executivo [Jérôme Valcke]”, declarou. Além de todo o aparato trazido ontem no voo oficial à capital mineira, o efetivo contará ainda com um reforço estrutural na superintendência regional da corporação, localizada no bairro Gutierrez, onde serão criados “escritórios” temporários por meio da instalação e montagem de contêineres. Belo Horizonte sediará seis jogos da Copa do Mundo e fan fests oficiais da Fifa. Além disso, três delegações ficarão sediadas em Minas: o Chile (na Toca da Raposa), a Argentina (na Cidade do Galo, em Vespasiano) e o Uruguai (em um resort na cidade de Sete Lagoas). METRO BH/TV BAND MINAS

200

24

homens da PF, aproximadamente, desembarcaram na Pampulha, entre peritos, delegados, escrivães e papiloscopistas.

quilos apenas em equipamentos antibombas fazem parte da estrutura da Polícia Federal para atuação em Belo Horizonte.

Crime. Homem mata ex e entrega corpo ao IML Após matar a ex-namorada a facadas, um homem de 38 anos resolveu entregar o corpo diretamente ao IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte. Em depoimento, ele relatou que havia discutido com a ex-companheira após terem assistido a um show de pagode no sábado à noite. A briga continuou madrugada adentro na casa do acusado, no bairro Palmares. Para se defender das agressões da jovem de 26 anos, o homem admitiu ter usado uma faca e golpeado a moça no peito. O homem tentou levá-

-la para atendimento a um pronto-socorro. Mas ao perceber que a jovem havia morrido durante o trajeto, optou por entregar o corpo diretamente ao IML, no bairro Gameleira. No local, ele confessou a um policial civil ter matado a ex-namorada durante um desentendimento. O suspeito foi preso e encaminhado para uma delegacia de plantão. Quando souberam do ocorrido, familiares da moça foram ao IML e tentaram linchar o autor do crime. Eles foram contidos por policiais. METRO BH

ALEXANDRE LEÃO Coordenador regional de grandes eventos da Polícia Federal em Minas Gerais Quais as maiores preocupações dessa força-tarefa? Não há uma preocupação específica, até porque o planejamento vem sendo muito bem feito. Nossa preocupação agora é executar da melhor forma possível, para que o evento seja realmente tranquilo e toda a população possa enfim aproveitá-lo.

Homens da PF desembarcaram ontem pela manhã no Aeroporto da Pampulha | PF/DIVULGAÇÃO

Equipamentos antibomba integram a estrutura que será utilizada durante o evento

Drogas

Coleta de lixo

Empresário é preso com 22 kg de maconha no Buritis

Manifestantes não podem bloquear acesso aos aterros

Inicialmente, o chamado seria por uma briga de casal. Mas chegando ao local da ocorrência para apartar a briga, num apartamento no Buritis, policiais militares encontraram 22 kg de maconha em tabletes escondidos em duas malas num quatro trancado. O empresário de 31 anos foi preso por suspeita de tráfico de drogas. Alegando ter sido atacada com chutes e socos, a companheira prestou queixa como vítima de agressão. METRO BH

A Prefeitura de BH obteve na Justiça uma liminar para impedir que servidores do Sindibel (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais) bloqueiem a entrada de funcionários da limpeza em dois aterros gerenciados pelo município. Em caso de descumprimento, a multa será de R$ 5 mil por hora. A PM poderá ser acionada para cumprir a medida. A PBH diz que a obstrução está atrapalhando a coleta de lixo na cidade. METRO BH

| PF/DIVULGAÇÃO

O que a população pode esperar de diferente, nos aeroportos, por exemplo? Certamente, ela vai notar uma presença maior do aparato de segurança. Mas nada que vá fugir à rotina. O rigor sempre existiu. Haverá, sim, uma capacidade de resposta maior para absorver essa demanda, que é natural num evento desse porte. METRO BH

Eleições. Band e partidos acertam detalhes de debates ELEIÇÕES

2014

Mantendo a tradição de abrir os debates eleitorais no país, a direção de jornalismo da Band e os partidos políticos se reuniram sexta-feira para definir os últimos detalhes. O encontro ocorreu após o acerto das datas dos primeiros debates presidenciais na TV. Representantes dos diretórios nacionais e da direção da Band chegaram a um consenso sobre as regras do primeiro debate entre os candidatos à Presidência da

República. As datas já estão definidas: 21 de agosto e, em caso de segundo turno, 14 de outubro. No encontro, foi apresentada também a proposta do cenário do debate e detalhada a cobertura eleitoral nos veículos do Grupo Bandeirantes. A próxima reunião com representantes dos diretórios nacionais será em julho. Os debates entre os candidatos aos governos estaduais também já estão definidos: 14 de agosto e, onde houver segundo turno, 9 de outubro. METRO


|04|

{FOCO}

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Fiscalização integrada será ampliada às nove regionais Reforço. A partir de hoje, equipes formadas por fiscais e guardas intensificam rondas em BH para notificar e multar quem contribui com a sujeira e poluição visual. Meta é dobrar vistorias realizadas

Obstrução de vias públicas: equipes de olho e multando | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Na tentativa de coibir e combater práticas que prejudicam a circulação de pedestres no espaço público, a prefeitura estenderá para toda a cidade a atuação da Patrulha Fiscaliza BH. A partir de hoje, os agentes estarão de olho em quem afixar cartazes irregulares pelas ruas, despejar lixo na calçada fora dos horários de coleta, obstruir a passagem de pedestres ou exercer atividade de camelô, entre outras práticas passíveis de notificação e multa. Haverá uma equipe para cada regional (Centro-Sul, Leste, Oeste, Norte, Nordeste, Noroeste, Pampulha, Venda Nova e Barreiro). As equipes são formadas por um gerente de fiscalização, um fiscal integrado, dois guardas municipais, dois agentes de campo e um motorista. O projeto começou a percorrer as ruas em no-

vembro do ano passado. Inicialmente, eram cinco grupos, que se desdobravam nas nove regionais. Agora, mais quatro equipes farão parte do esforço para combater a sujeira e a poluição visual no espaço urbano, com atuação de segunda-feira a sábado. A meta da Secretaria Municipal Adjunta de Fiscalização é dobrar o número de vistorias realizadas. Em cinco meses de patrulhamento, os agentes registraram quase 10 mil irregularidades na capital – que renderam 1,8 mil notificações e 509 multas. O infrator punido tem 15 dias para recorrer. As multas variam de R$ 143,46 a R$ 4.303,46. Em caso de reincidência, as penalidades ficam mais pesadas, podendo acarretar até mesmo na cassação do alvará de funcionamento do estabelecimento que infringir as normas. METRO BH

9.453

1.828

irregularidades foram flagradas e registradas pelas cinco equipes da patrulha que já percorrem a capital desde novembro passado

notificações foram expedidas no período, resultando em 1.010 apreensões e 509 multas, segundo a Secretaria de Fiscalização

Kombis da Patrulha farão rondas nas ruas e avenidas de BH | ISABEL BALDONI/PBH


|06|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

MEDO DE CASSAR MEDALHA CUSTARÁ CARO A GENERAL.

O comandante do Exército, general Enzo Peri, está sujeito a ação penal pelos crimes de responsabilidade e prevaricação por não cassar a Medalha do Pacificador concedida ao mensaleiro e ex-deputado José Genoino (PT-SP), segundo especialistas consultados pela coluna. Pelo Decreto 4.207 de 2002, o general é obrigado a cassar a medalha ex officio quando o agraciado, como Genoino, é condenado por corrupção. MEDO. Exército, Ministério da Defesa e Ministério Público Federal fazem jogo de empurra. Todos parecem temer uma posição sobre o caso Genoino. DEBAIXO DA CAMA. Esta coluna aguarda há meses explicação sobre o caso Genoino, pedida ao gabinete de Enzo Peri por meio do coronel Amauri Silvestre. NÃO É SÓ MILITAR. Juristas

consultados são taxativos: a ação contra Peri não é exclusiva ao âmbito militar. Pode ser acionado na Justiça Federal, por exemplo. QUE PROBLEMA? Genoino

foi condenado em 2012 pelo Supremo Tribunal Federal, no caso do mensalão. Há quase dois anos, Peri ignora o problema. ÚLTIMO CAPÍTULO. Portaria de Joaquim Barbosa (STF), presidente do Conselho Nacional de Justiça, pôs um ponto final no currículo dos políticos presos do mensalão: estão inelegíveis Genoino, Valdemar e Roberto Jefferson.

“AQUI NÃO TEM MILITÂNCIA DE HOLERITE” LAÉRCIO BENKO (SP), PRÉ-CANDIDATO AO GOVERNO ESTADUAL PELO PHS, QUE APOIA O PSB

Campanha espera trazer apoio do torcedor para o Mundial, que começa em 12 de junho | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

SOBRA PARA TODOS. Novo pânico no submundo da corrupção: áudios de conversas do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa com empresários e políticos, em animadas negociatas, podem ter vazado da operação Lava Jato. LULA PHELPS. Internautas já começaram a cobrar “alongamento” do ex-presidente Lula. Ele prometeu, em 2010, que voltaria “a nado” da África do Sul se o Brasil não estivesse pronto para a Copa do Mundo de 2014.

Ex-presidente Lula | REUTERS/B MATHUR

PODER SEM PUDOR

Melhor que remédio Raimundo Diniz acabava de chegar em São Simão (SE), durante sua campanha para deputado, em 1970, e passou mal, vítima de insolação. Foi levado para casa e se deitou, enquanto seus familiares procuravam ajuda médica. Ele já estava dormindo quando chegaram Lourival Batista, Au-

gusto Franco e Eraldo Lemos, todos médicos, mas concorrentes do candidato. Ele deu um pulo da cama, assustado e milagrosamente são: - Estou ótimo, estou perfeitamente bem. Nada que uma aspirina não resolva. Muito obrigado, mas não preciso de médico.

COM ANA PAULA LEITÃO E TIAGO DE VASCONCELOS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR

Governo fará defesa do legado da Copa Campanha. Contra o pessimismo, Executivo tenta envolver brasileiros no clima dos jogos e vê o Mundial como oportunidade para o Brasil se ressente com o prejuízo, pois a taxa de ocupação está, em média, na casa dos 55%.

ção e até uma visita à Seleção Brasileira no centro de treinamento da Granja Comary, no Rio de Janeiro.

Mundial em números

R$ 25,6

Às vésperas da Copa do Mundo, o governo tentará afastar os ainda presentes fantasmas do pessimismo e dos discursos de gastos desnecessários com uma estratégia para cativar a população a entrar no clima do Mundial. Como primeira medida, prepara uma campanha em que mostra a Copa como uma oportunidade histórica para promover o desenvolvimento do Brasil em áreas como mobilidade urbana, telecomunicações, segurança pública, aeroportos e portos, qualificação profissional e turismo. Mesmo as obras prometidas e não concluídas são tratadas como legado. “A Copa é temporária, mas o benefício é permanente”, aponta documento da secretaria-geral da Presidência da República. No compromisso com a Fifa, o Brasil prometeu 49 grande obras – 13 sequer saíram do papel. O principal exemplo é o trem-bala, que ligaria Campinas, São Paulo e Rio de Janeiro. A rede hoteleira também

Na ponta da língua A ‘Copa das Copas’ será o slogan usado pelos ministros diretamente envolvidos com o evento. Aloizio Mercadante (Casa Civil), Aldo Rebelo (Esporte), Moreira Franco (Aviação Civil) e Celso Amorim (Defesa) receberam uma cartilha com dados sobre os benefícios que a Copa já trouxe para o país. A ideia é desmistificar que o mau uso do dinheiro público em detrimento de áreas estratégicas. A União diz que investiu R$ 101,9 bilhões em educação e R$ 83 bilhões em saúde, somente no ano passado – 12,6 e 10,3 vezes a mais do que os R$ 8 bilhões repassados na construção e reforma dos estádios. A presidente Dilma Rousseff (PT) também estará diretamente envolvida. Embora afaste a possibilidade de discursar durante a abertura da Copa do Mundo, até para evitar as vaias, ela ainda avalia um pronunciamento à na-

“O legado da Copa é nosso, ninguém que vem aqui leva aeroporto, obras de mobilidade urbana nem estádios na mala.”

“A Copa, além da infraestrutura esportiva, vai também transformar o Brasil num destino de eventos de turismo ainda mais conhecido.”

“Não que todos os problemas sejam resolvidos, mas estamos criando a cultura da integração da atuação das polícias nos Estados.”

“O modelo de gestão e qualidade dos aeroportos concedidos deverá estar presente nos terminais administrados pela Infraero.”

PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

ALDO REBELO, MINISTRO DO ESPORTE

JOSÉ EDUARDO CARDOZO, MIN. DA JUSTIÇA

MOREIRA FRANCO, MIN. DA AVIAÇÃO CIVIL

Contagem regressiva A entrada no clima da Copa também incluirá uma iluminação especial de verde e amarelo nos prédios da Esplanada dos Ministérios a partir de 2 de junho – a 10 dias da abertura do Mundial. O Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, também deverá ser iluminado com as cores da bandeira brasileira, a exemplo do que ocorreu na Copa das Confederações, no ano passado. A expectativa é a de que outros monumentos pelo país também fiquem coloridos. Os protestos serão monitorados, mas o governo espera a atenção para dentro dos estádios, todos no “padrão Fifa”. A conquista do hexacampeonato pode consagrar uma nova máxima: de que a última impressão é a que fica. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

bilhões em investimentos federais foram feitos: R$ 17,6 bilhões em infraestrutura e R$ 8 bilhões em estádios.

R$ 30

bilhões é a projeção de contribuição que a Copa do Mundo dará ao PIB do Brasil.

R$ 100

milhões é o volume de novos negócios que devem ser gerados para micro e pequenas empresas durante a Copa.

47,3 mil

novos empregos no setor de turismo nas 12 sedes de abril a junho; 60% a mais do que no mesmo período de 2013.


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Copacabana é invadida por usuários de crack Rio de Janeiro. Dependentes químicos são flagrados na avenida Atlântica a poucos dias da Copa do Mundo Em um dos principais cartões-postais do Rio de Janeiro e em plena luz do dia. Foram nessas condições que a reportagem do Metro Jornal flagrou usuários de crack consumindo a droga na avenida Atlântica, esquina com a rua Almirante Gonçalves, em Copacabana, na tarde de sexta-feira. Há pelo menos 25 dias, um grupo de usuários de crack se reúne em frente ao antigo restaurante Alcazar, atualmente fechado. Na sexta-feira, cerca de dez pessoas se revezavam no local. Em 30 de abril, até colchões foram vistos no ponto. Segundo o barbeiro Francisco Souza, de 60 anos, que trabalha em um salão próximo, a situação se esten-

À esquerda, homem é flagrado usando a droga enquanto outros dependentes circulam pela rua | BRUNA PRADO/METRO RIO

de a outras áreas do bairro e ocorre há muito mais tempo. “Esse problema é geral e já tem uns três anos”, diz. Ele reclama de delitos cometidos pelos usuários. “À noite, temos furtos de celulares e bicicletas. Eu mesmo

me assustei outro dia quando passei por ali”, conta. Moradora de Copacabana, Karoline Teles, de 30 anos, afirma que cresceram os casos de roubo. “Eu não sou assaltada porque ando sem nada, mas já vi roubo

de dentro do ônibus, minha cunhada já foi assaltada. É a toda hora”, afirma. O comerciante César Martins aponta outra situação. “Às vezes eles brigam e causam confusão”. Ele conta que, além da algazarra,

há falta de policiamento. “Uma vez por semana uma patrulha passa por aqui. Muitos clientes reclamam de furtos na avenida Nossa Senhora de Copacabana e na avenida Atlântica”, diz Martins. A cerca de 100 metros do local, há uma cabine da Guarda Municipal. Mais adiante, a uns 200 metros, havia um carro da Polícia Militar, na sexta-feira. Dois policiais militares ainda foram vistos conversando com os usuários, que se dispersaram por um momento, mas logo se reuniram novamente. RENATA MACHADO METRO RIO

{BRASIL}

|07|◊◊

A partir de junho

Claudia: família receberá pensão A família da auxiliar de serviços gerais Claudia da Silva Ferreira, arrastada por um carro da PM no morro da Congonha (Rio de Janeiro), em março, vai receber a partir de junho uma pensão mensal. O pagamento será feito pelo Governo do Rio até agosto de 2040. METRO RIO Greves na Copa

Governo pode punir polícias O governo federal se articula para evitar que paralisações das polícias Civil e Militar ocorram durante a Copa. Além de ações na Justiça Federal para impedir as greves, os planos incluem cobrar dos líderes grevistas eventuais custos com o uso da Força Nacional para manter a ordem pública. Recentemente, uma onda de greves aconteceu em vários Estados. METRO


BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

SONHO, PLANEJAMENTO E TRABALHO: A BASE DA EMPRESA SÓLIDA O que faz uma empresa sair da esfera das ideias, concretizar-se e manter-se viva no mercado? Na minha opinião, existem três fatores fundamentais para colocar qualquer empreendimento no rumo e sustentá-lo ao longo do tempo: sonho, planejamento e trabalho. A falta de um desses elementos é capaz de desequilibrar e comprometer o negócio. O sonho é a força motriz para que a coisa aconteça. O empreendedor parte de um ideal, busca realização profissional – e pessoal também –, quer construir algo, ganhar dinheiro, colocar sua vida em um novo patamar. É o sonho que dá forças ao proprietário do negócio para perseverar diante de obstáculos como burocracia, crédito caro, concorrência pesada, turbulências econômicas, entre outras dificuldades que inevitavelmente aparecem. Porém, como bem ensina a sabedoria popular, só de sonho não se vive. Apenas ter vontade de fazer não é suficiente para colocar uma empresa em pé. É preciso planejar todos os aspectos ou a iniciativa pode se transformar em pesadelo e frustração. São os investimentos de uma vida ou de uma família que estão em jogo. Não há espaço para “achismos”. Toda ação requer preparação anterior. O empreendedor deve estudar o mercado, o produto ou serviço, fornecedores, concorrência, custos, opções de marketing, riscos, ameaças e oportunidades. Tudo deve ser detalhado por escrito para a formação do chamado plano de negócio, que serve como raio X do empreendimento e mapa para guiar passo por passo. O planejamento não se limita à fase inicial da empresa. Ao longo da existência dela, nenhuma decisão deve ser tomada sem análise prévia, desde a compra de material de escritório, por exemplo, até medidas estratégicas. No entanto, sonho e planejamento não trarão resultado se não acompanhados de trabalho. Mais uma vez recorro a uma expressão de conhecimento geral (e verdadeira): é o olho do dono que engorda o gado. Ou ele acompanha tudo atentamente, se prepara e sua a camisa ou a possibilidade de afundar será grande. Não existe fórmula mágica, mas dificilmente uma empresa apoiada nesse tripé dará errado. Saber onde se pisa é sempre melhor do que se aventurar no escuro. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Juros

Prazo para declarar termina dia 31

BC deve manter Selic em 11%

O prazo de entrega da Declaração Anual Simples Nacional referente ao ano de 2013 acaba dia 31 de maio. O empreendedor precisa estar com a declaração em dia para poder gerar os boletos de pagamentos (DAS) e não pagar multa. O MEI que não estiver com os boletos de pagamento do DAS quitados está sujeito a juros e multa na geração das novas guias. Caso não realize o pagamento, pode entrar na inadimplência, que já chega a quase 60% em todo o país. METRO

O Copom (Comitê de Política Monetária) do BC (Banco Central) se reúne amanhã e quarta-feira para definir a taxa básica de juros. Os analistas do mercado financeiro apostam na manutenção da Selic em 11% ao ano, o que interromperia o ciclo de aperto monetário iniciado em abril do ano passado. A tese de estabilidade da taxa básica de juros foi reforçada com a desaceleração da prévia da inflação oficial, o IPCA-15, de 0,78% para 0,58% de abril para maio. METRO

Gastos no exterior batem novo recorde Viagens. Com desvalorização do dólar, despesas de brasileiros atingem US$ 2,34 bi em abril. Para economistas, expectativa é de alta da moeda norte-americana após as eleições Com a recente desvalorização do dólar, os turistas brasileiros voltaram a bater recorde em gastos internacionais. Em abril, eles deixaram US$ 2,34 bilhões no exterior, o maior valor da série histórica iniciada em 1947 pelo Banco Central. Para o BC, o resultado, 11,8% superior ao registrado em abril do ano passado, pode ter sido influenciado pelo dólar mais barato em março e em abril. Mas o câmbio não deve se manter favorável para viagens internacionais. Economistas esperam que a divisa norte-americana suba até o final do ano após a eleição presidencial. Os gastos dos brasileiros no exterior voltaram a crescer após dois meses de queda no primeiro trimestre do ano na comparação com iguais períodos do ano passado. “Tivemos uma moderação desses gastos desde outubro do ano passado e isso não se repetiu em abril. Provavelmente [isso] está associado a uma movimen-

CUSTO POR MEIO DE PAGAMENTO COTAÇÃO

DINHEIRO EM ESPÉCIE

Empreendedorismo

Microempreendedor

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

CHEQUES CARTÃO CARTÃO CARTÃO DE VIAGEM PRÉ-PAGO DE CRÉDITO DE DÉBITO

|08|

IOF COBRADO TAXAS E TARIFAS

No momento da compra da moeda

%, no momento da compra

0,38

Nos bancos, podem ser cobradas tarifas por operação. Já as casas de câmbio podem embutir as taxas na cotação

No dia do uso para alguma despesa ou do saque. A referência é o dólar turismo

6,38%,

Varia de acordo com o banco

No dia do pagamento da fatura. A referência costuma ser o dólar comercial

6,38%,

Anuidade do cartão

No dia do carregamento. A taxa varia de acordo com a instituição. A referência costuma ser o dólar turismo

6,38, no

Cobradas em saques no exterior

No dia da compra dos cheques. A referência costuma ser o dólar turismo

6,38%, no

Os bancos podem cobrar tarifa por operação

no momento do uso do cartão

no momento da cobrança da fatura

momento da compra

momento da compra do cheque

tação da taxa de câmbio”, disse o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel. Nos dois primeiros meses do ano, a moeda norteamericana oscilou por vol-

ta de R$ 2,40. Em abril, o dólar subiu 1,74% e fechou o mês em R$ 2,23. No acumulado do ano até a última sexta-feira, o dólar registra perdas de 5,66%, cotado a R$ 2,224. No turis-

mo, a moeda vale R$ 2,39. A expectativa de analistas consultados pelo BC, no entanto, é que o dólar se valorize e encerre o ano a R$ 2,45. “O que pode afetar o câmbio é o cenário eleitoral”, diz Bruno Lavieri, da Tendências Consultoria. Segundo o economista, o real tem se valorizado frente ao dólar com a divulgação de pesquisas que apontam que a presidente Dilma Rousseff vem perdendo vantagem diante dos pré-candidatos Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). Analistas avaliam que a percepção dos investidores sobre a política econômica do atual governo tem sido negativa. Nas projeções da Tendências, o dólar deve oscilar entre R$ 2,20 e R$ 2,30 até as eleições, em outubro. Se for consolidada a vitória de Dilma, cenário de maior probabilidade hoje para a consultoria, a moeda norte-americana chegará a R$ 2,45 em dezembro, diz Lavieri. METRO

STF retoma julgamento de planos econômicos na quarta O STF (Supremo Tribunal Federal) julga na quarta-feira as ações que questionam perdas na caderneta de poupança decorrentes dos planos das décadas de 1980 e 1990). O julgamento foi iniciado em dezembro do ano passado com as sustentações orais do Banco Central e dos advogados dos poupadores. No entanto, os ministros decidiram adiar a conclusão, para que o assunto seja definido de uma só vez. Há 390 mil processos parados em várias instâncias do Judiciário aguardando a decisão do Supremo. A principal ação em julgamento é a da Confederação Nacional do Sistema Financeiro, que pede confirmação da constitucionalidade dos planos eco-

ENTENDA O CASO O QUE OS POUPADORES PEDEM NA JUSTIÇA O ressarcimento das perdas provocadas nas aplicações por planos econômicos implantados pelo governo entre 1987 e 1991 para combater a inflação

PLANO

BRESSER (1987)

Quem teria direito

VERÃO COLLOR 1 COLLOR 2 (1989)

(1990)

(1991)

Poupança com Poupança com Poupança com Poupança com aniversário aniversário aniversário aniversário de 1º a de 1º a de 1º a de 1º a 15/4/1990 15/1/1991 15/6/1987 15/1/1989

(há outras datas)

Prazo para a ação

31/3/2007

31/11/2008

nômicos. Os ministros do Supremo vão analisar também as ações dos bancos do Brasil, Itaú e Santander. Na mesma ação, o Ins-

31/3/2010

31/1/2011

tituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) pede que os bancos paguem aos poupadores os prejuízos financeiros causados pe-

los índices de correção dos planos inflacionários. Na quarta-feira passada, os poupadores tiveram uma vitória importante. A Corte Especial do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu que os juros de mora devem ser contados a partir da citação da ação coletiva, e não depois, a partir da execução individual da condenação. Se o STF decidir a favor dos correntistas, a decisão do STJ pode balizar o valor a ser recebido pelos poupadores. Pelos cálculos dos bancos, a indenização a ser paga pelas instituições financeiras pode variar entre R$ 61 bilhões e R$ 341 bilhões. Na quinta-feira, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) informou que os bancos vão recorrer do julgamento do STJ. METRO COM AGÊNCIAS


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|09|◊◊

Boca de urna dá vitória a Poroshenko Eleição na Ucrânia. Magnata pró-ocidental teve mais de 56% dos votos, segundo pesquisas. Regiões separatistas pró-Rússia do leste boicotaram votação presidencial realizada ontem O bilionário Petro Poroshenko reivindicou nesse domingo a presidência da Ucrânia após pesquisas de boca de urna darem a ele a maioria absoluta dos votos no primeiro turno nas eleições, realizadas ontem. Em sua sede de campanha, ele assegurou o fim do conflito com rebeldes pró-russos e prometeu alinhar o país com a Europa. Pesquisas de boca de urna deram a Poroshenko,

um magnata da confeitaria, mais de 55% dos votos, bem à frente da ex-primeira ministra Yulia Tymoshenko, no segundo lugar, com 12%. Se os resultados forem confirmados, não haverá necessidade para um segundo turno em junho. “Todas as pesquisas mostram que a eleição foi concluída no primeiro turno e o país tem um novo presidente”, disse o bilionário de 48 anos. Seus negócios deram a

ele uma fortuna de mais de 1 bilhão de dólares e o apelido de “Rei do Chocolate”. Ele disse que a maioria dos ucranianos lhe tinha dado um mandato para continuar um curso de integração com o resto da Europa, mas disse que sua prioridade era viajar para o leste do país para acabar com a “guerra e caos” causado por rebeldes separatistas pró-russos, informou a agência Reuters.

Ele disse que estava pronto para negociar com os adversários e oferecer anistia para aqueles que entregarem armas, mas descartou qualquer negociação com assassinos e “terroristas”. Separatistas pró-russos impediram pessoas de votar em grande parte de Donbass, coração industrial da Ucrânia, tornando a principal cidade Donetsk em uma cidade fantasma, depois

Poroshenko prometeu alinhar país com europeus | REUTERS/MYKOLA LAZARENKO

de dias de violência na região do entorno em que pelo menos 20 pessoas foram mortas. Sobre as relações com a Rússia, Poroshenko disse que vai insistir no respeito à “soberania e integridade

territorial” da Ucrânia. Ele também disse que a Ucrânia nunca reconhecerá a “ocupação da Crimeia” pela Rússia, a região do Mar Negro tomada por Moscou em março. METRO

Líderes de Israel e Palestina vão ao Vaticano Eleição. Centro-direita O papa Francisco convidou ontem os presidentes de Israel e da Autoridade Nacional Palestina para se reunirem, em 6 de junho, no Vaticano. O convite foi aceito pelo israelense Shimon Peres e o palestino Mahmoud Abbas, que viajarão até a Santa Sé na mesma data para orar juntos. “Ofereço a minha casa no Vaticano como um lugar para este encontro de oração”, disse Francisco, em Belém, em seu segundo dia de uma viagem ao Oriente Médio. O papa quebrou o protocolo e parou no muro que separa a Cisjordânia de Israel. Ele estava em um local onde alguém havia pichado “Palestina Livre”. Acima de sua cabeça, um grafite em um inglês mal escrito: “Belém parece gueto da Varsóvia”, comparando a condição dos

palestinos com a dos judeus sob o regime nazista. Atentado em Bruxelas Ao chegar em Tel Aviv, em Israel, o papa externou sua “profunda dor” pelo atentado contra o Museu Judaico de Bruxelas, que causou a morte de quatro pessoas. Ontem, o recepcionista belga de 20 anos ferido durante o ataque no último sábado veio a óbito. As outras vítimas já tinham sido identificadas como um casal de turistas israelenses e uma francesa. O atentado provocou comoção entre a comunidade judaica do país e entre líderes de países europeus e de Israel. Encontro histórico Em sua primeira visita ao Santo Sepulcro, em Jerusalém, o papa também se re-

uniu com o patriarca ortodoxo de Constantinopla, Bartolomeu, para um encontro ecumênico histórico pela união entre os cristãos. Os líderes católico e or-

todoxo assinaram uma declaração comum, pedindo progresso na aproximação entre suas igrejas, quase dez séculos depois do Grande Cisma que as dividiu. METRO

Papa reza no muro que separa a Cisjordânia de Israel | REUTERS

lidera Europarlamento Partidos pró-europeus de centro-esquerda e centro-direita devem manter o controle do Parlamento Europeu. Segundo projeções oficiais, divulgadas após as eleições encerradas ontem, partidos de centro-direita devem ter liderado, com 211 assentos do total de 751, enquanto grupos Eurocéticos podem ter obtido 129 assentos. Os socialistas de centro-esquerda estavam em segundo lugar, com 193 assentos, enquanto os liberais centrais podem ter ficado com 74, partidos verdes com 58 e a extrema esquerda, 47. O candidato do Partido Popular Europeu e ex-premiê de Luxemburgo, Jean-Claude Juncker, clamou de imediato a autoridade da parte executiva da Comissão Europeia. Na França, a ultradireitis-

Na França, partido ultradireitista, de Marine Le Pen, vence eleição | REUTERS

ta Frente Nacional alcançou uma vitória histórica, com 25% dos votos. Com a segunda posição ficou a conservadora União por uma Maioria Popular, com 20%, enquanto o governista Partido Socialista ficou em terceiro, com 14%. Na Alemanha, os conservadores, de Angela Merkel, lideravam as apurações, apesar de um avanço do Eurocético AfD e dos social-democratas do SPD, segundo as pesquisas de boca de urna. METRO


+ ESPECIAL

|10|

MEC estuda mais exigências para cursos de especialização Cadastro nacional. Marco regulatório mais exigente para ensino latu sensu está em preparação A procura por especialização tem aumentado, mas o governo não faz qualquer avaliação da qualidade desses cursos. Por isso, o MEC (Ministério da Educação) lançou um cadastro nacional para reunir informações de especializações ofertadas por instituições federais do país. Hoje não há uma estimativa oficial sobre a quantidade de cursos “lato sensu” disponíveis no país e informações consolidadas sobre corpo docente e projeto pedagógico. Com o lançamento do cadastro, as instituições terão que informar quem são os professores, qual é o projeto pedagógico, carga horária, método utilizado nos cursos, entre outras características. Essas informações serão colocadas na página do ministério na internet (emec.mec.gov.br). “Os cursos que não estiverem cadastrados no banco de dados serão considerados irregulares”, explica o secretário do ministério Jorge Messias. A iniciativa é decorrente de resolução do CNE (Conselho Nacional de Educação) publicada em fevereiro.

Pós-graduação

Stricto Sensu Os cursos de mestrados e doutorados já são regulamentados e controlados pela fundação Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior)

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

EDUCAÇÃO

Marco regulatório Além do cadastro, o CNE está preparando um marco regulatório para os cursos de especializações. O objetivo é aumentar a qualidade da pós-graduação lato sensu e dar mais segurança para os estudantes. Uma comissão trabalha há pouco mais de seis meses no novo marco, que ainda passará por audiência pública antes de ser aprovado pelo MEC. Segundo o conselheiro da Câmara de Educação Superior do CNE Erasto Fortes, o texto pode ser apresentado para audiência pública em junho. Se o marco for aprovado, abrir um curso de especialização ficará mais difícil. “Hoje, para oferecer o curso, basta [a instituição] ser credenciada para graduação. Isso provocou uma oferta descontrolada de especialização no país. Existem instituições com um curso de graduação, que oferecem muitas

BANCO DE DADOS rão apresentar:

Confira as informações que as instituições deve • Projeto pedagógico

• Local de oferta

• Carga horária

• Número de vagas

• Modalidade da oferta presencial ou a distância

• Nome do coordenador

• Periodicidade da oferta (regular ou eventual)

• Número de egressos • Dados sobre o corpo docente

O QUE IRÁ MUDAR Hoje

Se o marco regulatório for aprovado

Quem oferece?

Somente instituições de ensino superior credenciadas no MEC

Instituições de ensino superior, de pesquisa científica e escolas de governo, desde que sejam da mesma área em que as instituições atuam

Avaliação do MEC

Independente de nota, qualquer instituição de graduação pode oferecer especialização

Instituição deve ter uma nota igual ou maior que 4 (cujas notas vão de 1 a 5) para abrir uma especialização

esp e cializações fora da área em que atuam”, explica Fortes. Segundo a nova proposta, as instituições de graduação poderão oferecer especializações desde que sejam da mesma área em que as instituições atuam. Além delas, instituições de pesquisa científica e escolas de governo também poderão oferecer especialização, mas sempre da mesma área em que atuam. No caso das instituições de graduação, elas deverão

ter uma nota igual ou maior que 4 nas avaliações do MEC (cujas notas vão de 1 a 5) para abrir uma especialização. As instituições deverão ter cursos reconhecidos e não apenas autorizados pela pasta. Para serem reconhecidos precisam ser avaliados e aceitos pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) depois da metade do curso desenvolvido. De acordo com o conselheiro Fortes, se aprovado, a previsão é que o novo modelo esteja em prática a partir do ano que vem. As regras não valem para instituições estaduais de ensino. METRO


DIVULGAÇÃO/MADEPLAST

Pé direito alto para favorecer a ventilação, iluminação natural e uso de madeira ecológica são algumas das soluções sustentáveis para construções

Belo Horizonte, Segunda-feira, 26 de maio de 2014 Edição especial

OBRA SUSTENTÁVEL

Consumidor já está disposto a pagar mais caro para morar em imóveis ambientalmente responsáveis PÁG. 12


+ METRO2

Certificado

Sustentável No Brasil, o total de projetos com certificação Leed (promovida pelo Conselho de Construção Verde dos Estados Unidos) quase dobrou entre o fim de 2012 e janeiro deste ano: de 79 para 150 empreendimentos.

|12|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{METRO2}

Consumidor já exige imóveis sustentáveis

‘Irreversível’. Novos empreendimentos procuram atender demanda ambiental com alta tecnologia e criatividade O conceito de condomínio sustentável está chegando com força total ao Brasil. E se antes a preocupação era apenas de alguns investidores, interessados em redução de custos e retorno em longo prazo, agora, a inovação no uso de materiais e a responsabilidade ambiental já aparecem entre os itens mais valorizados pelos consumidores. Pesquisa Sensus encomendada pela Cbic (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) mostra que a economia de água e luz e o uso de energia solar já aparecem ao lado dos itens de segurança entre as principais preocupações dos clientes. A maioria, inclusive, se diz predisposta a pagar mais por um imóvel ambientalmente responsável. As soluções são as mais diversas e vão de investimentos em alta tecnologia a simples mudanças de hábito. Uma das tendências, por exemplo, é a análise prévia do solo, da iluminação natural e das correntes de vento a fim de se reduzir a remoção de terra e o uso de lâmpadas e ar condicionado, entre outros. Também é cada vez mais comum o uso de sensores e medidores individuais de água e gás.

10%

a mais no preço dos imóveis é o que os consumidores estão predispostos a gastar para contar com tecnologias sustentáveis, segundo pesquisa Cbic/Sensus.

Eco Casa Branca é um dos empreendimentos concebidos com soluções sustentáveis na Grande BH | DIVULGAÇÃO

“Isso significa menor custo de operação, maior durabilidade e economia. Em média, gasta-se de 3% a 5% da obra para adotar essas tecnologias. Mas é um equívoco falar em gastos, pois é possível até ‘empatar’ o investimento com decisões diferenciadas”, diz Cristiane Lacerda, diretora da Ecoconstruct Brasil. A especialista aponta, no entanto, que a aplicação do conceito ainda é tímida em Minas. “Entre os lançamentos

em São Paulo e no Rio, 50% já vêm com o selo de sustentabilidade. Belo Horizonte, infelizmente, está longe disso, ainda não tem estatísticas relevantes”. Mas a tendência é irreversível. “Tudo isso começou em 2007, já evoluiu muito e temos um crescimento exponencial”, conclui. Um dos condomínios sustentáveis da Grande BH é o Eco Casa Branca, em Brumadinho, que conta com madeira de reflorestamento e cap-

tação da água da chuva, entre outros. Outro exemplo são as BioVillas, em Jaboticatubas, que possuem inclusive sistemas próprios de saneamento e tratamento de resíduos. Até o “Minha Casa, Minha Vida” já segue a cartilha. “Na fase 2 do programa, todos os empreendimentos têm ao menos três itens de construção ecológica”, conta Anna Paula Cunha, gerente de Padronização e Normas Técnicas da Caixa. METRO BH

“Estamos saindo do âmbito do palpite e agora podemos aferir que existe um anseio do consumidor. Com mais investimento e com ganho de escala, essas novas tecnologias terão seu custo reduzido e poderão chegar a um público muito maior”. PAULO SIMÃO, PRESIDENTE DA CBIC

30,2%

dos consumidores ouvidos na pesquisa espontânea apontaram a economia de água e luz como o diferencial mais procurado. Segurança (16,3%), conforto (4,9%) e ecologia (4,1%) são os outros itens mais citados.

Realidades e tendências

2 4

Conheça algumas soluções sustentáveis que já fazem parte dos projetos arquitetônicos de alguns empreendimentos

1 3 5 Teto verde

Vegetação nos telhados, devidamente drenados, possibilita a captação da água da chuva e melhorias térmica e acústica. “Ainda não chega a ser um padrão nos projetos, mas é uma grande tendência”, diz Cristiane Lacerda, da Ecoconstruct.

Painel fotovoltaico

Reuso da água

Permite o uso da energia solar para aquecer chuveiros e piscinas, entre outros. “O segredo da atualidade é agregar economia e sustentabilidade à alta tecnologia”, avalia Pascoal Santiago, presidente do Sindimóveis (Sindicato dos Corretores de Minas).

Coleta da chuva barateia custos possibilitando, por exemplo, o uso na irrigação de jardins e na limpeza. Também é possível captar a água de lavatórios e chuveiros, entre outros, para ser novamente armazenada e usada nos vasos sanitários, por exemplo.

Madeira ecológica

Material é processado com 30% de plástico reciclado e tratado com agentes que preservam e aumentam sua durabilidade e resistência. “Ela ainda tem baixo custo de manutenção, é imune a pragas e não apodrece”, destaca Marilua Feitoza, gerente de Marketing da Madeplast.

Coletiva seletiva

Boa parte dos condomínios residenciais e empresariais já incentiva a separação de resíduos e oferece uma coleta própria para posterior entrega a cooperativas de reciclagem ou até venda para indústrias, como forma de equilibrar o custo e gerar receita.


|16|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{PLUS}

Novas tecnologias unem segurança e praticidade Inovação. Condomínios buscam novidades como aplicativos para smartphones com o objetivo de aumentar a tranquilidade dos moradores Buscando proporcionar cada vez mais conforto e segurança para as famílias, as empresas de engenharia e construção têm investido cada vez mais em inovação e tecnologia.  Com recursos de ponta, os empreendimentos da região metropolitana de Belo Horizonte vêm ganhando em versatilidade e funcionalidade. Assim como em outros setores, o ramo imobiliário vem apostando muitas de suas fichas na convergência de serviços através dos smartphones. É o caso do Manhattan Square, localizado na Savassi, um dos pontos mais valorizados da capital mineira. Além de todos os itens de segurança como porteiro  24 horas, lobby com antecâmara e sistema de monitoramento por vídeo, o novo empreendimento contará com um inovador aplicativo de gerenciamento e relacionamento entre os condôminos. Com tecnologia importada dos Estados Unidos, o aplicativo oferece praticidade e comodidade, mas também tem foco na segurança. “A ferramenta permite diversas funções. Por exemplo, a maioria das abordagens de criminosos é durante a entrada ou saída dos prédios. Para evitar essa situação, o aplicativo tem a função ‘chegada segura’, que possibilita aos moradores avisarem, durante a noite, sobre o horário exato de sua chegada em casa”, explica Lucas Couto, diretor comercial e de marketing da Patrimar Engenharia. Além disso, é possível controlar e administrar todas as demandas de um condomínio, como reservar com antecedência o salão de festas ou a área de lazer, cadastrar funcionários e placas de veículos com entrada permitida, entre outras. Também já fazem parte da realidade dos condomínios da capital mineira tecnologias como sensores capazes de identificar placas de veículos, reconhecimento facial e de impressões digitais para abertura de portas e fechaduras codificadas, entre outras. METRO BH

Proteção

Associações apostam em criatividade

Câmeras de segurança dos mais variados tipos representam o principal investimento dos condomínios na áerea da segurança

| SPENCER PLATT/GETTY IMAGES

Simultaneamente aos investimentos em alta tecnologia, os condomínios seguem apostando no treinamento de profissionais e em soluções mais baratas e mais criativas. Um bom exemplo são as redes de comunicação por rádio entre os porteiros. Criada há 10 anos pela Associação dos Moradores do Bairro de Lourdes, a medida já chegou a regiões como a Savassi e conta atualmente com o apoio da Polícia Militar. O aluguel custa em média R$ 70 mensais, divididos entre os moradores dos condomínios. METRO BH

DIVULGAÇÃO

CARLOS EDUARDO ALVES QUEIROZ Presidente do Sindicon (Sindicato dos Condomínios Residenciais, Comerciais e Mistos de BH e região metropolitana).

Quais são os principais investimentos do setor imobiliário em termos de inovação e tecnologia? A modernidade atualmente está mais na área da segurança. Mas também existe uma infinidade de recursos disponíveis no mercado que possibilitam a redução de custos, e eles também estão em evidência. Aplicativo para smartphones do Manthattan Square

| DIVULGAÇÃO

“É uma ferramenta que permite diversas funções capazes não apenas de facilitar o cotidiano do condomínio mas também aumentar a segurança”. LUCAS COUTO, DIRETOR COMERCIAL E DE MARKETING DA PATRIMAR ENGENHARIA

Quais deles já estão presentes em BH e região? Na área da segurança, a maioria dos condomínios vem investindo muito no monitoramento por câmeras, com equipamentos de alta definição e sistemas

que permitem inclusive o acesso dos condôminos às imagens através dos próprios smartphones. Também há uma variedade grande de produtos mais sofisticados e caros, mas que também já são uma realidade. Por exemplo, sensores e câmeras que identificam as placas dos veículos, reconhecimento digital e até facial para abertura de portas, fechaduras codificadas, etc. E nos demais setores? Podemos citar por exemplo o uso de lâmpadas de LED, além de sensores e medidores individuais, que reduzem os custos com energia,

água e gás, entre outros. E como equilibrar esse custo-benefício? Toda inovação gera gastos, mas hoje existem opções acessíveis para todos os preços e perfis. Isso vai desde o início da concepção e da gestão do condomínio. Muitas vezes, um empreendimento menor pode optar por investir mais em tecnologia para economizar em outros pontos. Mas é óbvio que, quanto mais itens você agrega, como funcionários, administração terceirizada, equipamentos, tudo isso vai ter impacto na taxa de condomínio. METRO BH


|18| Top 3

1

Pista de pouso Já imaginou ter um avião na garagem? É esse o conceito do condomínio Fly-in, no conjunto Reserva Real, com pista de pouso de 1.600 metros e hangares exclusivos para os moradores. METRO BH

2

Centro hípico

Amantes dos cavalos poderão treinar e cuidar dos animais “no quintal” de casa em empreendimentos como o Reserva Real, em Jaboticatubas, e o Hípica da Lagoa, em Nova Lima. METRO BH

3

Campo de golfe Alguns condomínios da Grande BH contam com áreas para prática de esportes mais “excêntricos”, como tênis e golfe. É o caso do Morro do Chapéu, em Nova Lima. METRO BH

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{METRO2}

Condomínios investem em luxo e comodidade Sofisticação. Conforto e lazer atraem moradores para novos empreendimentos em Belo Horizonte e região Tranquilidade, privacidade e contato com a natureza estão entre os anseios de quem pensa em se mudar para um condomínio fechado. Mas por que não aliar tudo isso a muito luxo, conforto e opções diferenciadas de lazer? A soma desses elementos é a aposta dos novos empreendimentos, que investem cada vez mais em sofisticação na Grande BH. Muitos lançamentos já oferecem campos de tênis e golfe, centros hípicos e até pistas de pouso para os aviões particulares (veja alguns casos ao lado). Uma dessas novidades é o condomínio Hípica da Lagoa, que está sendo construído em Nova Lima, a cerca de 30 km de Belo Horizonte, e vai contar com uma infraestrutura completa de haras e glebas. De acordo com o Grupo EPO, responsável pelo empreendimento, as obras começarão em 2015 e têm previsão de entrega para 2016. Outra inovação buscada pelo setor imobiliário diz respeito à ambientação e decoração de espaços. Em Vespasiano, por exemplo, o projeto arquitetônico do residencial Gran Park Toscana propõe criar um ambiente com conceitos europeus. Todas as áreas do novo empreendimento apresentarão traços típicos da região da Toscana, na Itália. “Queremos que nossos clientes desfrutem das belezas da arquitetura italiana sem sair de Minas Gerais”,

Áreas de lazer estão cada vez mais completas e sofisticadas

explica a diretora de projetos da Gran Viver Urbanismo, Graciela Barcelos. Outra tendência é a conjugação de serviços como academia, spa e áreas comerciais particulares. “Entendo que não existem propriamente vantagens e desvantagens em se optar por um condomínio fechado, mas sim um perfil. O morador do

| DIVULGAÇÃO

condomínio fechado é aquele que morava em um condomínio vertical e buscou um meio termo, agregando a segurança de um prédio à liberdade de uma casa, com tecnologia à disposição, áreas verdes e serviços agregados”, avalia Pascoal Santiago, presidente do Sindicato dos Corretores de Imóveis de Minas Gerais. METRO BH

“O morador pode viver em um condomínio ao lado de uma hípica, acordar cedo e ir montar a cavalo”. EDUARDO LUIZ, GERENTE DE NOVOS PRODUTOS DO GRUPO EPO

“A área de lazer prioriza os pontos de encontro, promovendo a harmonia entre os moradores. Um bom exemplo são os espaços gourmet”. GRACIELA BARCELOS, DIRETORA DE PROJETOS DA GRAN VIVER URBANISMO

Espaço Gourmet é um dos atrativos do Gran Park Toscana, em Vespasiano

| DIVULGAÇÃO


|20|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{METRO2}

PASCOAL SANTIAGO Presidente do Sindimóveis-MG (Sindicato dos Corretores de Imóveis de Minas Gerais)

NOVIDADES ESTÃO MAIS ACESSÍVEIS

DIVULGAÇÃO

Quais são as principais tendências do setor em termos de sustentabilidade, conforto e segurança em BH e região metropolitana? A grande novidade é a implantação, para as classes C e D, daquilo que já estava sendo utilizado pelas classes A e B. Por exemplo, tecnologias como o aquecimento a luz solar, o reaproveitamento da água da chuva e controle do gasto com eletricidade através de equipamentos modernos. Além disso, hoje, o formato do condomínio fechado busca a arborização e preservação de espécies nativas, o aproveitamento da área verde comum e, de ma-

neira especial, a agregação de serviços como academia, salão de beleza, sala de reunião, treinamentos e cursos, etc., para minimizar os deslocamentos do morador dentro do centro urbano. Como o senhor avalia a adoção de inovações tecnológicas na área? A tendência multimídia é mundial. Hoje, você encontra tudo dentro dos smartphones. Assim, a casa inteligente, gerenciada por um aplicativo, é mais um dos multisserviços disponíveis neste único aparelho. Com isso, é possível ter toda sua residência automatizada nas

mãos: sistema de segurança, iluminação, controle de todos os aparelhos elétricos, etc. No entanto, este é um avanço que ainda está disponível somente para as classes A e B, e eu entendo que, em um curto e médio prazo, ainda não atingirá as classes C e D. Mas a tecnologia avança a cada dia e podemos esperar por muitas surpresas em curtos prazos. Que regiões estão mais em destaque atualmente? Qual é “a bola da vez” e por quê? Entendo que todas as áreas que já tiveram esse crescimento tendem a estabilizar, que é o caso de Nova Lima,

Brumadinho, região Norte de Belo Horizonte e Lagoa Santa. Para mim, a bola da vez são aquelas que ainda não foram contempladas, ainda poucos exploradas. Por exemplo, Ribeirão das Neves, que está entre a BR-040 e Confins. Ainda na região metropolitana, temos Esmeraldas, que também está crescendo. Talvez demorem um pouco mais, mas acredito que está havendo uma reformulação. Eu investiria lá. E, por fim, cito também a região de Vespasiano, Matozinhos e Pedro Leopoldo, que cresceram muito, paralisaram um pouco e, agora, estão retomando. METRO BH


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

|21|◊◊

{CULTURA}

Do mangue ao pop

Lançamento. Após hiato de sete anos, a banda Nação Zumbi lança um novo álbum, mais voltado para canções. ‘Este é um disco menos panfletário do que os outros. Ele é pop no bom sentido’, afirma o baterista Pupilo Foram sete anos desde que o elogiado “Fome de Tudo” veio ao mundo. Tempo suficiente para a Nação Zumbi repensar seus caminhos até lançarem o aguardado álbum homônimo, que acaba de chegar às lojas.

Sexto disco da banda após a morte de seu compositor primeiro vocalista, Chico Science, em 1994, o álbum é uma virada na carreira do sexteto. Saem letras mais políticas e as batucadas, entram mais atenção

às harmonias e composições sobre amores e as relações humanas. “Essa parada [entre um disco e outro] foi fundamental para que voltássemos com algo diferente, abordando outros temas e sonoridades”, explica o ba-

Nação Zumbi lança seu sexto disco após a morte de Chico Science | VITOR SALERNO/DIVULGAÇÃO

Turco vence em Cannes O filme “Winter Sleep”, do diretor turco Nuri Bilge Ceylan, foi o vencedor da Palma de Ouro do Festival de Cannes, que terminou sábado. O cineasta dedicou o prêmio a “todos os jovens que perderam a vida ao longo do último ano”, se referindo aos que morreram durante protestos contra o governo de seu país. Com mais de três horas de duração, “Winter Sleep” se passa em um povoado da Ca-

padócia, onde um velho comediante mantém um hotel em companhia da mulher e da irmã. Mas um pequeno incidente vai alterar a rotina aparentemente tranquila do lugar, com discussões intensas sobre moral e felicidade. O diretor Nuri Bilge Ceylan é conhecido do público por “Era uma vez em Anatólia”, também premiado em Cannes três anos atrás. A lista de premiados do

Nuri Bilge Ceylan dirigiu filme com debates intensos | DIVULGAÇÃO

principal festival europeu segue com “Le Meraviglie”, da italiana Alice Rohrwacher, que venceu o Grand Prix (espécie de segundo lugar da competição) com sua fábula sobre a passagem da adolescência para a vida adulta. Julianne Moore venceu o prêmio de melhor atriz pelo papel de uma mulher atormentada pelo fantasma da mãe em “Maps to the Stars”, de David Cronenberg. O ator britânico Timothy Spall (da saga “Harry Potter”) foi considerado o melhor ator pela interpretação do pintor William Turner no filme dirigido por Mike Leigh. “Mr. Turner” recupera a trajetória deste artista, um dos grandes nomes do romantismo inglês e precursor do impressionismo. O prêmio de melhor direção foi para o norte-americano Bennet Miller (de “Capote”) e seu “Foxcather”, a história real de um milionário que monta um centro de treinamento para lutadores em sua fazenda. Cannes teve um momento brasileiro na premiação. O documentário “O Sal da Terra”, sobre o fotógrafo Sebastião Salgado, recebeu o prêmio especial do júri na paralela “Um Certo Olhar”. O filme é dirigido pelo alemão Wim Wenders e Juliano Salgado, filho do fotógrafo. METRO PORTO ALEGRE

terista Pupilo. Ao todo são 11 canções, e o primeiro single é “Cicatriz”, quase um bolero contemporâneo. “Bala Perdida” se aproxima mais da sonoridade de outros discos, mas logo essa impressão se vai com “O que te faz Rir”, ou a ciranda “A Melhor Hora da Praia”, parceria com Marisa Monte e composição com arranjos de cordas. “Alguns dizem que está mais pop... Não sei. Ele é pop no bom sentido. Este é um disco menos panfletário do que nossos outros”, afirma Pupilo. O disco, que teve produção de Kassin e Berna Ceppas, começou a ser preparado em 2011, com todas as bases gravadas, mas foi deixado de lado. Nesse período, o grupo se envolveu no projeto Los Sebosos Postizos – que toca composições de Jorge Ben Jor –, e tam-

“NAÇÃO ZUMBI” NAÇÃO ZUMBI SLAP/NATURA MUSICAL, R$ 30

bém saiu em turnê com Marisa. “Essa mudança de foco nos últimos anos foi boa para dar uma revigorada na banda. Desde que Chico morreu a gente não parou. A gente sentiu essa necessidade desse descanso���, explica o baterista. Um momento especial do álbum é a participação de Lula Lira, filha de Chico Science, que canta em “Defeito Perfeito”. “Temos um laço fortíssimo e ela é muito querida por todos”, comenta Pupilo. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

2 CULTURA

Oasis

Doc na internet

“Definitely Maybe The Documentary” relata a história do álbum lançado há 20 anos pela banda de Liam Gallagher (foto) e pode ser visto gratuitamente no site youtu.be/E2oNRM8lhps.


|22|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

O Emmy

não mudou em nada min ha vida

Fernanda Montenegro. Única brasileira já indicada ao Oscar e vencedora do mais importante prêmio da TV internacional, atriz diz não se encantar com o glamour

FERNANDA MONTENEGRO

Com uma plateia de quase 100 pessoas, a atriz Fernanda Montenegro, de 84 anos, subiu mais uma vez ao palco, mas sem decorar roteiros. Após 43 anos, ela retornou ao Museu da Imagem e do Som (MIS), no Rio de Janeiro, para participar da série “Depoimentos para a Posteridade”. Primeira atriz a depor pela segunda vez no MIS, Fernanda foi sabatinada pela presidente do museu, Rosa Maria Magalhães; o autor de novelas Gilberto Braga; a crítica teatral Barbara Heliodora; a atriz Jacqueline Lawrence; a produtora Carmen Mello; o ator Otávio Augusto; a teatróloga Maria Inês de Almeida e a professora da PUC Tereza Miranda. Com 69 anos de carreira, Fernanda recorda com saudosismo e carinho as encenações no teatro: foram mais de 80 peças. Ela destaca a importância do marido Fernando Torres (morto em 2008, aos 80 anos) na carreira, principalmente no teatro. “Se não fosse esse companheiro de vida, eu não seria eu”, explica. Durante o encontro, realizado no fim de abril, Fernanda também

“antedireção”. Como dominar isso no teatro? Fui dirigida a vida inteira, tenho experiência de quem sofreu direção. Outra coisa é você organizar um espetáculo.

Como é estrear uma peça como diretora? Tenho muito cuidado de falar diretora. Vamos dizer que estou fazendo uma organização cênica. Não é que queira driblar responsabilidades. É uma direção, sem dúvida nenhuma, mas é uma

Pensa em dar uma pausa? Penso sempre que daqui a pouco vou parar, mas como os convites continuam, e são excelentes, digo ‘meu Deus, eu vou ficar em casa olhando para a parede?’. Então vou lá e faço. E não sinto falta de nada. Deixo a vida me levar. METRO RIO

FERNANDA MONTENEGRO, ATRIZ

criticou as iniciativas do governo de diminuir o preço dos ingressos de espetáculos a R$ 1, R$ 5. Segundo a atriz, a cultura está nas mãos dos políticos. “A plateia está baseada no ‘baratinho’. Sinto saudade de um teatro que já não existe mais. A plateia não sabe pagar por um bom espetáculo”, reclamou. Fernanda começou a carreira na Rádio MEC, em 1945, com um curso para formação de radialistas. Fundamental na entrada da atriz para o teatro, o curso lhe deu referências culturais, como a leitura dos romances do século 19. Para ela, sem a literatura não há ideias “vivas” para a dramaturgia. “Tem certos autores que você tem que ler. Não sei como é a formação de um ator hoje. Não sei se ele tem tempo de ler ou se apenas lê um resumo na internet”. Além de estar na série “Doce de Mãe”, atualmente exibida na TV Globo, Fernanda se prepara para participar de sua primeira direção teatral: um monólogo com o ator Otávio Augusto. A peça será uma adaptação do livro “Nelson Rodrigues por Ele Mesmo”, de Sônia Rodrigues, filha de Nelson. METRO RIO

Atriz viverá romance com Nathalia Timberg na TV

Atriz fala ao Metro Jornal sobre sua estreia na direção teatral e uma possível aposentadoria Pela primeira vez em 69 anos de carreira, a atriz vai participar da direção de um monólogo relacionado a Nelson Rodrigues. A previsão de estreia do espetáculo é para este semestre.

“O famoso tapete vermelho, infelizmente, infestou todo o Brasil. Hoje em dia, em qualquer prêmio, tem o maldito tapete vermelho”

Fernanda critica o Oscar, maior prêmio do cinema | FOTOS: BRUNA PRADO/METRO RIO

“Prêmio a gente ganha e volta para a casa quieto. Ganhei o Emmy, mas isso não mudou em nada na minha vida”, destaca Fernanda Montenegro. A atriz ganhou o Emmy Internacional, em 2013, com “Doce de Mãe”, especial de fim de ano da Rede Globo. No MIS, Fernanda demonstrou não se importar com premiações. Única brasileira indicada ao Oscar (em 1999, por “Central do Brasil”), a atriz conta que esqueceu o convite da cerimônia no hotel. Ela criticou o maior prêmio do cinema hollywoodiano. Segundo Fernanda, o Emmy é maior se comparado ao Oscar, pois envolve delegações de diferentes países, como Índia e Austrália. “O Oscar é um prêmio norte-america-

“Posso dizer que o filme ‘O Amor nos Tempos do Cólera’ foi um erro. Os anglo-saxões não entendem os latinos”. no. E lá é um jogo de poder, uma guerra sem pólvora”. Entre as 30 novelas e minisséries de que participou na TV estão “Baila Comigo” (1981), de Manoel Carlos, “Guerra dos Sexos” (1983), “Cambalacho” (1986), “Belíssima” (2005) e “Passione” (2010), de Sílvio de Abreu. Em 2015, Fernanda vai participar de uma novela de Gilberto Braga e formará um casal homossexual com Nathalia Timberg. METRO RIO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|23|◊◊

Retorno à melancolia Lançamento. Coldplay apresenta ‘Ghost Stories’, um trabalho de nove canções recheadas de temáticas sobre separações e desilusões, que remetem aos primeiros discos da banda britânica Lembra daquela euforia do Coldplay em alguns de seus últimos discos, como “Viva la Vida” (2008) e “Paradise” (2011)? Esqueça. Os tempos são outros na vida do quarteto britânico. Chega neste mês às lojas “Ghost Stories”, o sexto álbum de estúdio da banda, uma verdadeira reunião de melancolias e saudades, temáticas que permearam a vida do vocalista Chris Martin nos últimos tempos. Tudo por causa da separação do músico da atriz norte-americana Gwyneth Paltrow, bem no começo das gravações. O que se ouve ao longo de nove faixas são variações de emoções, como se o compositor/cantor estivesse sem rumo em um trabalho sem cor, ou melhor, bem cinzento. “Always in my Head” abre o disco, tratando de arrependimentos e solidão.

“GHOST STORIES” COLDPLAY WARNER R$ 35

Chris Martin, vocalista do Coldplay | IMEH AKPANUDOSEN/GETTY IMAGES

Canções como “Another’s Arms” e “True Love” também mostram bem em suas letras as dores de cotovelo vividas pelo cantor. Esse caminho lembra o tom dos primeiros álbuns

do Coldplay, no homônimo de estreia, de 2000, e “A Rush of Blood to the Head” (2002). A diferença entre os discos é que dessa vez as composições de Chris parecem mais rasas,

sem aquela mesma inspiração e os delírios do começo da carreira. Outro ponto a ser observado é o uso um tanto excessivo de sintetizadores e recursos eletrônicos, seja na bateria eletrônica de “Magic”, ou em ‘A Sky Full of Stars”, música que destoa das outras, impondo um ritmo que lembra uma pista de dança. E isso Não é um elogio. Essa energia para por aí, pois “O” encerra o disco em um clima de despedida no piano de Martin, deixando aquela sensação de que o Coldplay já foi capaz de fazer álbuns mais bem elaborados, coesos e mais audaciosos. Uma versão especial de ”Ghost Stories” ainda traz mais duas músicas inéditas, “All Your Friends” e “Ghost Story”, além de uma versão instrumental e reduzida de “O”. METRO

FIT faz a alegria dos bebês Uma seleção de 54 espetáculos para privilegiar, literalmente, todos os públicos! Um dos destaques do último fim de semana do 12º FIT (Festival Internacional de Teatro, Palco e Rua) foi o “Concerto para Bebês”. De forma lúdica e com instrumentos como clarinetes e berimbaus, a companhia portuguesa apresentou peças de Mozart, Bach e Monteverdi à meninada. Em 20 dias, foram mais de 200 apresentações no festival bianual. | EUGENIO MORAES/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS


|24|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Violência no São Lucas permanece Protesto à crescente onda de assaltos no São Lucas, em especial, na rua Rio Doce. O arrastão não acabou. Os bandidos não estão satisfeitos. No dia 19, um morador ao chegar na garagem de casa teve seu carro roubado por dois indivíduos a pé e armados. No dia 20, a contemplada fui eu e minha filha. Dois meliantes, um a pé e outro de bicicleta, às 17h45, nos ameaçaram querendo meu celular e bolsa. No susto corri, correndo o risco de sofrer um dano maior. Passado o susto, fica a revolta. Até quando irá durar esse descaso? De fato, digo que de Doce a rua infelizmente não tem nada! Está mais para amarga!

CIRO & BERNARDO

RONALDO X DILMA! BARRACO PADRÃO FIFA!

Cruzadas

BOM DIA, caros e inflacionados leitores! Está no ar o PÂNICO NO JORNAL, o seu Prozac Impresso! PIADA DA SEMANA: um amigo ligou na clínica de impotência sexual e a telefonista falou: “Alô, quem FALHA?” Kkk!

VILMA MARIA – BELO HORIZONTE/MG

COPA 2014 D.C! Que barraco padrão Fifa, hein, Dilma e Ronaldo? Mas a presidenta tem razão ao rebater o Ronaldo e dizer que o país não tem que se envergonhar da Copa. Ora bolas, com exceção dos estádios, das estradas, dos aeroportos e das obras de infraestrutura, tá tudo pronto pra sediarmos a Copa das Copas! 

Metro Pergunta

Você é a favor da ‘Lei da Palmada’, aprovada em Brasília?

DILMA X RONALDO! OS FOFOS DA FIFA! Não vai ter Copa! Vai ter luta de sumô! Kkk!

@anabiacard

Sim. Bater nunca é a melhor maneira de educar uma criança.

Só falta agora o Ronaldo pedir pra mudar o nome do mascote de Fuleco pra Traveco! Kkk!  Só falta agora o Ronaldo sentar na arquibancada do Itaquerão e o estádio desmoronar! Kkk! Como disse aquele jogador de baralho: “A Dilma é a Dama de Copas, mas o Ronaldo prefere Dama de Paus!”

@manuu_

Sou a favor, pois se vale para os adultos, tem que valer para os pequenos. @HTLeandro

ONDA DE GREVES ASSOLA O BRASIL! Greve de ônibus! Greve de policiais!  O Neymar e o Cristiano Ronaldo estão preocupados: “E se tiver greve de cabeleireiros durante a Copa?” Aí não vai ter Copa mesmo! Sem chapinha, eles não jogam! 

Os políticos agora querem nos dizer como educar nossos filhos? Só faltava essa. Logo eles, que não são exemplo de nada. @marcaomp3

Não. Graças aos tapas e castigos que estes hipócritas dizem ser cruéis que me tornei homem e vivo com dignidade e respeito ao próximo.

Por falar em greve, responda essa: “Quando não tem ônibus em São Paulo, como os estudantes de psicanálise vão pra faculdade?” Divã! Kkk! E as mulheres dos jogadores da Seleção Japonesa estão em greve de sexo. Elas querem aumento!  Quem mandou não se casarem com os jogadores da Costa do Marfim?

Metro web

PRA TERMINAR! ALGUMAS DICAS PROS GRINGOS QUE ESTÃO VINDO PRO BRASIL! 1) Como se comunicar num bordel brasileiro? É só dizer três frases básicas: Where’s the quenga? Ô belezoca, how much is your fuleco? Amoreco, aceita Gold Card, Gold Visa ou Gol de Fred? 2) Se rolar um protesto anti-Copa, o que fazer? Ignore o Black Block e peça um Black Label! 3) O que fazer se você for assaltado em frente ao Itaquerão? Nesse caso você só tem uma coisa a dizer: “Put a Keep Are You. Foo Dell. Kkk!

Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Por hoje é só! Ciro e Bernardo! Direto do Pânico! Twitter: @ciraobotelho/@bernardpenteado Ciro Botelho e Bernardo Penteado são redatores de humor no programa ‘Pânico na Band’, autores de sátiras como ‘Video Soul’, ‘Jornal dos Dois Echás’, ‘Jô Suado’, entre outros. Juntos há dez anos na TV, lançaram os livros ‘Piadas Fantárdigas de Tiririca’ e As Melhores Piadas de Bêbado’ (ed. Matrix). Também escrevem o blog ‘Colunáticos’ no site do ‘Pânico na Band’ (paniconaband.band.uol.com.br)

Horóscopo

Está escrito nas estrelas

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

www.estrelaguia.com.br

O momento é propenso a novos ganhos. Dê mais importância a conversas sobre valores, para lidar com quem tem mais e menos afinidades de interesses.

Tendências a tratar objetivos pessoais de longo prazo profissionalmente. Na vida afetiva, evite que fatos antigos atrapalhem.

Será importante moderar seu ritmo, a começar por colocar fim em assuntos desgastantes e que não acrescentam em nada à sua rotina.

Com a Lua em seu signo, esteja mais atento a impulsos e cuide para que assuntos sem importância não alterem seu humor.

Fará bem buscar novos conhecimentos e informações que sejam úteis para projetos e para mudar situações que causam problemas na rotina.

Propensões a situações intensas socialmente, como eventos e lazer em família. Romantismo e flertes estão favoráveis na vida afetiva.

Evite desgastes com assuntos sem importância nas relações. Momento para compreender melhor certos padrões que as pessoas são apegadas.

Propensões a desvendar sentimentos e obter revelações. Hora para se desvincular de lembranças negativas em seus relacionamentos.

Assuntos familiares tendem a tomar atenção especial para ajustes de antigos problemas. Seja paciente com as tradições das pessoas.

Procure ser mais participativo com algumas relações. Período para somar esforços em projetos e interagir com grupos.

A Lua está em Touro, seu signo oposto, influência capaz de proporcionar maior envolvimento com assuntos de outras pessoas.

Período positivo para valorizar estudos e empenho a temas culturais que dão prazer. Procure retomar contatos com quem gosta.

Soluções


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|25|◊◊

Romance conecta irmãs pela literatura de José de Alencar Ficção. Em ‘Semíramis’, escritora Ana Miranda descreve a trajetória de duas irmãs fortemente ligadas pela vida e obra do romancista. Lançamento será com bate-papo hoje no Palácio Ana Miranda é conhecida por se debruçar sobre a vida e obra de personagens históricos da literatura brasileira para construir seus romances. Foi assim no premiado “Boca do Inferno” (focado no poeta Gregório de Matos na Bahia do século 17) e “A Última Quimera” (sobre o também poeta Augusto dos Anjos). Agora, ela mira no romancista José de Alencar (1829-1877) em “Semíramis”, lançado pela Companhia das Letras. Não se trata de uma biografia. Os passos de Alencar pincelam a trajetória de duas irmãs. Iriana, a narradora, leva sua vida no interior cearense, onde cuida da avó doente e sofre por ter se tornado viúva. Já Semíramis se muda para o

“SEMÍRAMIS” ANA MIRANDA COMPANHIA DAS LETRAS R$ 39,50

“Deixo a imaginação fluir. Preciso me transportar àquelas épocas e locais”. ANA MIRANDA

Rio de Janeiro após se casar com um senador. A separação é amenizada pela literatura de Alencar – seja nas referências ao escritor presentes nas cartas trocadas entre as duas, seja na identificação de Iriana com as tramas retratadas em suas obras. “Existe todo um debruçar sobre a vida provinciana levada por Iriana no Crato [cidade cearense] do século 19 e a vida agitada do Rio de Janeiro. E vai-se passando a vida de José de Alencar, sempre numa relação com essas

duas irmãs que o tomam como um fundamento. Sua literatura se torna motivação para a vida dessas duas moças”, explica Ana Miranda. A narrativa alia ficção e fatos reais – como as citações ao apelido recebido por Alencar na infância, “Cazuzinha”, entre outras curiosidades do autor de “O Guarani”, “Iracema” e “Lucíola”. Assim como em seus títulos anteriores, Ana desenvolve um grande esforço para manter a fidelidade das personalidades retratadas sem

engessar a história. “O romance tem uma necessidade de verossimilhança. Eu observo bem as datas e fatos. E deixo a imaginação fluir. Preciso me transportar àquelas épocas e locais de tal maneira que aquilo passa a ser uma vivência verdadeira para mim”, completa ela. Lançamento em BH A escritora cearense lança o livro hoje no “Sempre Um Papo”, às 19h30, no Palácio das Artes (Centro), com entrada franca. Ela também conversará sobre outra publicação lançada no fim de 2013: “O Peso da Luz – Einstein no Ceará”. GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

Ana Miranda: fatos ajudam a imaginação a fluir | DRAWLIO JOCA/DIVULGAÇÃO


3 ESPORTE

26

ESPORTE

Na Seleção

95 11 jogos

gols

Com 30 anos, Iniesta ainda tem fôlego para chegar a mais uma Copa do Mundo O craque também é empreendedor. Em 2011, ele se tornou o maior acionista do Albacete, clube que o revelou

Cerebral. Herói da única conquista da Fúria em Copas, Iniesta é o dono do meio de campo espanhol e esperança para o time repetir a dose no Brasil

O craque

tímido Confiança

“Quando se trata de um sonho que você tem desde criança, você não fala em pressão. Acho que isso não existe. É fazer o que sabe, jogar bola. Vou me divertir. Quero ganhar uma Copa. Vi Ronaldo e Romário sendo campeões e eu também quero ser”. NEYMAR, ATACANTE DO BRASIL, EM ENTREVISTA À TV GLOBO

Quando ele está com a bola, é como se todo o resto parasse, como se tudo estivesse em câmera lenta. Jogo com ele desde que temos 15 anos e nunca, jamais, o vi jogar mal”. FERNANDO TORRES, ATACANTE DO CHELSEA E DA SELEÇÃO ESPANHOLA

Se a Espanha é a atual campeã do mundo, é graças a ele. Quase todas as jogadas da Fúria passam por seus pés. Decisivo, frio, habilidoso. Tudo isso é Andrés Iniesta, meia-atacante do Barcelona e da Seleção Espanhola. Tímido fora de campo, Iniesta passa longe do perfil de outros atletas badalados, que a cada semana publicam fotos de carrões ou cortes de cabelo diferenciados. Em seus perfis nas redes sociais, tudo o que se vê são fotos em treinos, jogos, com companheiros de clube e a família. A mais inusitada, digamos assim, é a imagem de rosas sobre uma Bílbia, publicada em 23 de abril em ho-

O chute de direita de Iniesta deu o título da Copa à Espanha em 2010

Até o discreto Iniesta soltou o grito após a conquista do Mundial


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

ESPORTE

27

O craque teve uma lesão no joelho esquerdo em janeiro deste ano. Mas se recuperou em menos de um mês

Em Fuentealbilla, sua terra natal, o jogador pode caminhar pela “calle Andrés Iniesta”, rua que ganhou seu nome após a Copa de 2010.

No Barcelona Desde 2002 no profissional do clube catalão, Iniesta superou em 2014 a marca das 500 partidas

506 jogos

50 gols

Estrela de cinema?

Tudo

Entre 2012 e 2013, Iniesta participou de dois filmes. Foi dublador em um e até arriscou aparecer na telona em outra produção

joia?

Na comédia “Quem matou o Bambi?”, o jogador fez uma ponta interpretando a si mesmo

Iniesta, camisa 6, ergue a taça na África do Sul em 2010

Na animação “Piratas Pirados”, ele deu voz ao personagem Albino (ao lado)

menagem a São Jorge, santo padroeiro da Catalunha. Se longe dos holofotes Iniesta parece ter menos do que seus 1,70m, dentro de campo, ele vira um gigante. Que o digam os espanhóis após 2010. Aos 30 anos, o camisa 6 da Fúria chega à terceira Copa. Em 2006, na Alemanha, praticamente não jogou: entrou apenas uma vez, diante da Arábia Saudita, na primeira fase. Mal sabia que, quatro anos depois, iria escrever o destino de um país mais conhecido pela fama de “amarelão” do que pelas glórias. Antes de se tornar herói, o jogador do Barcelona era apenas mais um. Mas uma peça fundamental na reconstrução espanhola no futebol, que começou em 2008. Com Iniesta como um dos principais nomes da equipe, ao lado do companheiro de Barcelona Xavi Hernández, a Fúria foi campeã da Eurocopa dis-

Iniesta com a esposa Anna Ortiz e a filha Valeria

putada na Áustria e na Suíça. Veio a Copa do Mundo na África. Em vez de mais um reserva, Andrés, então com 26 anos, era um dos protagonistas. Na decisão, foi o cara. Foram apenas dois gols no Mundial. Um deles, comum, mas decisivo: na vitória por 2 a 1 sobre o Chile, na primeira fase. Já o outro cravou a estrela dourada que os espanhóis ostentam acima do escudo há quatro anos, já na prorrogação da batalha contra os holandeses. E ele também entrou na seleção do Mundial

eleita pela Fifa naquele ano. Não parou por aí. Em 2012, os ibéricos conquistaram a Europa novamente ao massacrarem os italianos por 4 a 0 na decisão – Iniesta foi eleito o melhor atleta do torneio. Mas, na Copa das Confederações, em 2013, ele naufragou diante dos brasileiros, anfitriões, assim como todo o time espanhol. Para chegar bem à Copa no Brasil, o jogador terá de superar um baque sofrido na vida pessoal em março deste ano. Grávida de sete meses, a esposa Anna Ortiz perdeu em março o bebê que o casal esperava. Seria o segundo filho da família Iniesta. Do Albacete para o mundo Nascido em Fuentealbilla em 1984, Iniesta começou a carreira no Albacete. A chegada ao Barcelona aconteceu aos 12 anos, em 1996. Em outubro de 2002, sob o comando do holandês Louis Van Gaal, o jovem Iniesta iniciava a carreira no time principal.

Ele só iria se firmar na equipe na temporada 2004/2005, com outro holandês como treinador, Frank Rijkaard. E não faltaram títulos. Se com a Seleção Espanhola chegou ao topo do mundo e da Europa, defendendo o Barcelona o meia-atacante conseguiu conquistas semelhantes. Só da Liga dos Campeões foram três (temporadas 2005/2006, 2008/2009 e 2010/2011), além de duas Copas do Mundo de Clubes da Fifa (2009/2010 e 2011/2012), e seis campeonatos espanhóis. O futebol do tímido Iniesta não tem encantado somente os espanhóis. Por duas vezes, o jogador do Barcelona ficou entre os três melhores do planeta. Em 2010, foi eleito o segundo melhor atleta do mundo, perdendo a Bola de Ouro da Fifa para o companheiro de time Lionel Messi. Em 2012, ele havia ficado atrás de Messi e do português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. METRO

A timidez de Iniesta pode ser conferida nas fotos que o jogador publica nas redes sociais. Na maioria, está lá um “joinha” sem jeito


|28|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

aO QUE ROLOU NAS COPAS

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

ARENA BANDEIRINHA

Estádio de futebol normalmente tem nome de craque ou faz homenagem a um grande dirigente da história do clube ao qual o campo pertence. Em Baku, capital do Azerbaijão, uma arena para 31 mil torcedores que recebe jogos da seleção local é conhecida como Tofik Bakhramov, que começou a carreira como jogador, terminou como dirigente e no meio foi o árbitro que protagonizou uma decisão de Copa do Mundo. Em 1966, Bakhramov foi o assistente que confirmou o terceiro gol inglês mesmo sem que a bola tivesse passado da linha durante a prorrogação na final vencida pela Inglaterra sobre a Alemanha Ocidental por 4 a 2.

FECHADA PARA BALANÇO

O Mundial também mudou a história do futebol italiano, depois de uma derrota por 1a 0 para a Coreia do Norte e a consequente eliminação do torneio na primeira fase. Dirigentes entenderam que um dos motivos para o fracasso era o grande número de estrangeiros nos times do país. As fronteiras do “calcio” foram fechadas e nos seguintes a seleção da Itália ganhou a Eurocopa de 68 e fez a final da Copa de 70 contra o Brasil.

PANTERA Apesar de não ter chegado à final com a Seleção de Portugal, Eusébio foi indiscutivelmente o craque da Copa de 66. Nascido em Moçambique, colônia portuguesa no sul da África banhada pelo Oceano Índico, o atacante já tinha levado o Benfica à conquista de dois títulos europeus quando chegou à Inglaterra. Rápido, forte e com excelente finalização, Eusébio terminou o torneio com nove gols marcados e a terceira colocação para o time português. Foram dois na vitória por 3 a 1 que tirou a Seleção Brasileira do Mundial na primeira fase. Antes, o bicampeão Brasil já tinha perdido por 3 a 1 para a Hungria e vencido a Bulgária por 2 a 0, gols de Pelé e Garrincha, craques das duas Copas anteriores e que nunca perderam jogando juntos pela seleção. Com os gols se tornariam os primeiros jogadores a marcar em três Mundiais seguidos. Colaboraram Leandro Quesada e Alexandre Praetzel, da Rádio Bandeirantes. Sergio Patrick é apresentador da Rádio Bandeirantes e colaborador das rádios do Grupo Bandeirantes. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestões para spatrick@band.com.br.

Seleção chega hoje à Granja Comary Na Rio. Delegação com os 23 convocados se apresenta pela manhã no Galeão e, de lá, segue para Teresópolis, onde inicia período de treinos antes da estreia na Copa, contra a Croácia, em SP A Seleção Brasileira começa hoje sua preparação rumo ao hexacampeonato da Copa do Mundo. Os jogadores se apresentam pela manhã no Aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim, o Galeão, e, às 10h, seguem, de ônibus, para a concentração na Granja Comary, em Teresópolis, na região serrana do Rio. Lá, o técnico Luiz Felipe Scolari e a comissão técnica estarão aguardando os atletas. O Brasil terá apenas 17 dias de preparação antes da estreia no Mundial, dia 12 de junho, contra a Croácia, no Itaquerão, em São Paulo. Esse é o período mais curto de concentração da Seleção nas últimas Copas. O time teve 25 dias para se preparar para o Mundial da África do Sul, em 2010, 22 para a Copa da Alemanha, em 2006, e 22 dias antes da conquista do penta, em 2002, na Copa da Coreia do Sul e do Japão. Dezenove dos 23 convocados por Felipão atuam fora do país. Por causa dos com-

Gramado recebeu tratamento especial | RAFAEL RIBEIRO/DIVULGAÇÃO

promissos desses jogadores com os respectivos clubes, o período de concentração foi menor que o ideal. O que menos teve tempo de descansar foi o lateral-esquerdo Marcelo, que disputou a final da Liga dos Campeões pelo Real Madrid, no sábado. Os dois primeiros dias na Granja Comary serão pa-

ra a comissão técnica avaliar a condição física de cada jogador, com a realização dos exames médicos. O primeiro treino com bola será apenas quarta-feira, pela manhã. No domingo, a delegação segue para Goiânia, onde faz o primeiro dos dois amistosos previstos antes da estreia contra a Croácia. No dia 3 de

junho, o Brasil enfrenta o Panamá, às 16h, no Serra Dourada. No dia 6, o adversário é a Sérvia, no mesmo horário, no Morumbi, em São Paulo. O dia seguinte é de folga para os jogadores, que se reapresentam ao técnico Felipão no dia 8, às 11h, no Galeão, e treinam à tarde na Granja Comary. METRO RIO

R$ 15 mi foi o custo gasto pela CBF na reforma da Granja Comary, que ficou 10 meses em obras para atender à Seleção Brasileira na preparação para a Copa do Mundo de 2014.

Fachada foi totalmente reformada | RAFAEL RIBEIRO/DIVULGAÇÃO

Portugal

Espanha

Preparação

‘Tudo é possível’, afirma Coentrão

Del Bosque chama 19 para amistoso

Camarões pega Macedônia hoje

Para o lateral Fabio Coentrão, Portugal pode fazer bonito na Copa do Mundo: “Temos nossas armas e o melhor jogador do mundo, por isso, tudo é possível”, disse, referindo-se a Cristiano Ronaldo. METRO

O técnico da Espanha, Vicente del Bosque, convocou ontem 19 jogadores para o amistoso contra a Bolívia, dia 30. O destaque foi o atacante Deulofeu, que não estava na lista de 30 para a Copa. METRO

Rival do Brasil na primeira fase, Camarões pega a Macedônia hoje, às 14h (de Brasília). Os africanos farão outros três amistosos: contra Paraguai (dia 29), Alemanha, (dia 1º), e Moldávia (dia 7). METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|29|◊◊

Por pouco, Castroneves fica em segundo nas 500 Milhas Indy. Em corrida emocionante, vitória em Indianápolis fica com Ryan Hunter-Reay

Hunter-Reay (à dir.) vence as 500 Milhas com diferença mínima para Helio Castroneves (à esq.) | MIKE DINOVO/REUTERS

Foi por pouco, muito pouco. Mais precisamente, por 0s060. Essa foi a diferença que separou o americano Ryan Hunter-Reay do brasileiro Helio Castroneves na linha de chegada das 500 Milhas de Indianápolis, prova mais tradicional do automobilismo dos EUA, disputada na tarde de ontem. Castroneves tentava a quarta vitória no circuito oval – ele venceu em 2001, 2002 e 2009. E tudo indicava que ergueria o troféu novamente neste ano. O brasileiro da Penske largou na 4ª posição. Hunter-Reay saiu em 19º. Mas em uma corrida longa, de 200 voltas, tudo pode acontecer. Acidentes, abandonos e problemas nos boxes prejudicaram alguns pilotos,

“Lutei, lutei… Uma pena. Ano que vem tem mais e nós vamos chegar lá. Foi por pouco, literalmente” HELIO CASTRONEVES, DA PENSKE

entre eles, Tony Kanaan, da Ganassi, vencedor da prova no ano passado e que foi apenas o 26º na edição deste ano. Depois de interrupções por conta de batidas, Castroneves e Hunter-Reay se alternaram na ponta, sobretudo nas últimas voltas. A ultrapassagem que valeu a vitória para o americano aconteceu na 199ª volta. Ele tomou a ponta, se defendeu das investidas e foi o vencedor da 98ª edição das 500 Milhas. METRO

Rosberg vence em Mônaco O alemão Nico Rosberg, da Mercedes, venceu ontem o GP de Mônaco e é o novo líder da Fórmula 1. O companheiro dele, Lewis Hamilton, foi o segundo, e Daniel Ricciardo, da Red Bull, completou o pódio. Felipe Massa, da Williams, ficou em 7º | MAX ROSSI/REUTERS


|30| Brasileirão 7ª rodada SÁBADO

BAHIA

0

X

1

X

1

FLUMINENSE

SÃO PAULO

0

GRÊMIO

SANTOS

1

X

0

X

2

X

0

X

1

X

ATLÉTICO

0

X

INTER

0

FLAMENGO

FIGUEIRENSE

BOTAFOGO

4

CORINTHIANS

ATLÉTICO-PR

1

X

2

X

CHAPECOENSE

Raposa vence fora de casa e retorna ao topo Brasileirão. Cruzeiro vira no Sul, acaba com a invencibilidade do Internacional e assume a liderança isolada

ONTEM

SPORT

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

0

CORITIBA

1 1 0 3

GOIÁS

VITÓRIA

CRICIÚMA

CRUZEIRO

0

PALMEIRAS

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P V GP SG 1º CRUZEIRO 2º FLUMINENSE

16 5 15 6

3º GOIÁS 4º GRÊMIO

14 4 7 3

5º PALMEIRAS 6º CORINTHIANS

12 4 8 0

15 5 13 8 13 4 7 2 12 3 9 5

7º SÃO PAULO 12 3 12 3 8º INTERNACIONAL 12 3 9 1 9º ATLÉTICO 10º ATLÉTICO-PR 11º BAHIA

11 3 8 1

12º CRICIÚMA 13º SANTOS

8 2 3 -6

14º SPORT 15º VITÓRIA

7 2 6 -4

16º FLAMENGO 17º BOTAFOGO

6 1 5 -4

18º CHAPECOENSE 19º CORITIBA

5 1 5 -2

20º FIGUEIRENSE

3 1 1 -9

9 2 10 1 8 2 6 1 8 1 6 1 6 1 8 -2 5 1 10 -1

Mesmo atuando fora de casa contra um adversário direto – até então, o último time invicto do Brasileirão –, o Cruzeiro conseguiu a virada e venceu o Internacional por 3 a 1, ontem, em Caxias do Sul, se isolando na liderança. O Colorado chegou a acertar a trave com D’Alessandro e, aos 38 minutos, abriu o placar com gol de Wellington. Mas, ainda no primeiro tempo, Ricardo Goulart mostrou raça, buscou uma bola que parecia perdida e empatou, de cabeça, contando com uma ajudinha da sorte. Na segunda etapa, Willian entrou na vaga de Dagoberto e colocou o Cruzeiro na frente. Já no fim, o bigodudo serviu para o artilheiro Marcelo Moreno definir o placar da partida. METRO BH

13

Willian, Everton Ribeiro e Marcelo Moreno comemoram gol da vitória em Caxias do Sul | LUCIANO LEON/FUTURA PRESS

00 ATLÉTICO

CRICIÚMA

Giovanni; Alex Silva , Leonardo Silva, Réver (Edcarlos) e Emerson Conceição; Josué, Leandro Donizete , Dátolo e Marion; Tardelli (Guilherme) e André. Técnico: Levir Culpi.

Luiz; Eduardo, Fábio Ferreira, Escudero e Cortez ; Rodrigo Souza, Maylson, João Vitor (Ricardinho) e Wellington Bruno (Martinez); Silvinho (Giovanni) e Bruno Lopes. Técnico: Wagner Lopes

Local. Estádio Ipatingão, em Ipatinga (MG).

4 0 5 -4

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

5 gols

anotou o atacante Marcelo Moreno, do Cruzeiro, até a 7ª rodada. Ele é o artilheiro do Campeonato Brasileiro

CRUZEIRO

Dida; Diogo, Ernando, Juan e Fabrício; Willians, Wellington (Jorge Henrique), Otávio (Eduardo Sasha), D’Alessandro e Valdívia (Aylon); Wellington Paulista. Téc: Abel Braga

Fábio; Ceará, Léo, Bruno Rodrigo e Egídio; William Farias, Henrique, Everton Ribeiro (Tinga) e R. Goulart ; Dagoberto (Willian) e Marcelo Moreno (Borges). Téc: Marcelo Oliveira

Em Ipatinga. Galo perde chance de entrar no G-4 O Atlético vinha de três vitórias seguidas e jogava “em casa”, mas não conseguiu superar o mau estado do gramado nem o bloqueio da defesa e acabou ficando no empate com o Criciúma, ontem, no estádio Ipatingão – o jogo foi disputado no Vale do Aço pois o Independência já está entregue à Fifa para a Copa. Os destaques da partida foram os goleiros. No primeiro tempo, Giovanni brilhou em chute de Wellington Bruno. No segundo tempo, o goleiro alvinegro viu João Vitor acertar a trave, enquanto Luiz mostrou trabalho na meta adversária em cabeçada de André. Marion ainda perdeu uma ótima chance, debaixo das traves. METRO BH

INTER

Capitão Réver saiu de campo novamente lesionado | FERNANDO RIBEIRO/FUTURA PRESS

Gols. Wellington, aos 38, e Ricardo Goulart, aos 42 min do primeiro tempo. Willian, aos 24, e Marcelo Moreno, aos 41 min da etapa final.


BELO HORIZONTE - SEGUNDA-FEIRA, 26 DE MAIO DE 2014



20140526_br_metrobh