Issuu on Google+

TIAGO SILVA/METRO ABC

EXPLOSÃO EM SBC:

DONOS DE ACADEMIA PRESTAM DEPOIMENTO HOJE PÁG. 04

ENCANTADORA DE BRASILEIROS

MEXICANA JULIETA VENEGAS MOSTRA EM SHOW ÚNICO PORQUE FASCINOU MARISA MONTE E OTTO PÁG. 14 ABC Segunda-feira, 19 de maio de 2014 Edição nº 1.109, ano 5 MÍN: 15°C MÁX: 24°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.metrojornal.com.br | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal |sunny @jornal_metro

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Tráfico de drogas é líder de denúncias na região hazy

showers

Apelo da população. Pesquisa do Instituto São Paulo Contra a Violência aponta que 80% das denúncias anônimas realizadas no ABC se referem ao comércio ilegal de entorpecentes. Informações ajudam a polícia na elaboração de estratégias de combate PÁG. 02

PRONTO PARA A COPA Na estreia no Itaquerão, Corinthians perde do Figueirense PÁG. 18

Granizo deixa ruas de São Paulo brancas

Após 32 dias de seca na capital, temporal alagou nove vias e fechou aeroportos. Temperatura caiu 90C em três horas PÁG. 04

Rua na zona sul de SP | THIAGO BERNARDES/FRAME/FOLHAPRESS

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Virada Cultural tem arrastões, três baleados e 51 detidos Estádio da abertura do Mundial recebeu 36 mil torcedores; trânsito e filas no metrô foram as principais queixas

| FRIEDEMANN VOGEL/GETTY IMAGES

Evento em São Paulo foi marcado por episódios violentos, inclusive com feridos por faca PÁG. 04


1 FOCO

|02|

Tráfico domina 80% do Disque Denúncia Violência. Serviço de denúncias recebeu neste ano 700 informações anônimas sobre crimes no ABC. Procura aumentou com rede on-line Informações sobre tráfico de drogas são 80% da demanda que chega ao Disque Denúncia sobre o ABC. O serviço recebeu neste ano 700 ligações e solicitações de pessoas que tinham dados sobre crimes cometidos na região. Deste total, 565 eram referentes ao tráfico. O serviço criado em 2000 para auxiliar a polícia preserva a identidade dos denunciantes. O gerente de projetos do Instituto São Paulo Contra a Violência, entidade que administra o serviço, Mário Vendrell Royo, afirma que o tráfico está disseminado em quase todo o território. “Por isso há tantas denúncias. O comércio ilegal de drogas faz base em cidades pequenas e no interior também. O cidadão quer denunciar o traficante que fica na praça perto de casa”, disse. Royo afirma também

Copa

“O turismo como um todo saiu perdendo, tanto o corporativo quanto o de lazer.” MARCO FERRAZ, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS OPERADORAS DE TURISMO

Leia mais na pág. 08

Cotações Dólar - 0,36% (R$ 2,21)

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Olhar cidadão

JOSÉ LUIZ DATENA JOSE.DATENA @METROJORNAL.COM.BR

51

Serviço O Disque Denúncia recebe informações sobre crimes, que são repassadas para as polícias Civil e Militar. Qualquer pessoa pode denunciar pelo telefone 181 ou no site www.webdenuncia.org.br

denúncias foram sobre roubo e furto de carro. É o segundo crime mais reclamado na região. Em seguida aparece roubo, com 39.

que a venda de substâncias ilegais envolve outros crimes. “Por trás do tráfico há sempre problemas com armas, lavagem de dinheiro, roubo.” No ano passado, o Disque Denúncia auxiliou na prisão num caso que chocou a região. Graças a informações de alguém que ligou para o serviço, a polícia conseguiu prender um dos acusados de matar queimada a dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, de 47 anos, durante um assalto em São

Bernardo. O número de denúncias no ABC cresceu em relação ao ano passado. Foram 700 no primeiro quadrimestre deste ano, quase 100 a mais que em 2013, com 603. Há cinco meses o Disque Denúncia deu início aos atendimentos on-line. Pelo site do serviço, também é possível realizar denúncias anônimas. VANESSA SELICANI METRO ABC

ENTRE VITÓRIAS E DERROTAS Li, nesse fim de semana, nas páginas amarelas da revista Veja, uma reportagem que me chamou muito a atenção. De repente lá estava eu diante de um dos maiores ídolos do esporte em todos os tempos: Mike Tyson. O menino pobre que através dos seus punhos de aço conseguiu realizar o sonho americano de ser rico e famoso. Bem ao contrário do que muita gente imagina, Tyson nunca foi só força bruta. Estudava estratégia de pugilistas que marcaram época do passado e quando não terminava com seu adversário em míseros segundos, colocava em prática o que via nos vídeos em branco e preto de Joe Louis, Rocky Marciano, Jack Dempsey ou os já coloridos de Muhammad Ali, Joe Frazier, George Foreman e outros mitos em verdadeiros shows da então nobre arte. Era um show de boxe! Mas, ao mesmo tempo que esmagava os seus oponentes, o imbatível Mike derrubava as bolsas de aposta e fazia da luta o espetáculo previsível, quase sem graça, em que o único atrativo era saber em qual

Serviço foi criado em 2000 | DIVULGAÇÃO

round o adversário cairia. E além de tudo era um ídolo negro, o que num país onde ainda na década de sessenta restaurantes, cinemas e teatros (e escolas também) segregavam afro-americanos. As coisas eram mais difíceis. Mike Tyson foi acusado de estupro (que ele nega), jogado na cadeia. Perdido na violência e nas drogas, declarou falência pessoal em 2003, sofreu tragédia familiar e foi para o fundo do poço. Literalmente à lona. É um típico exemplo do que disse um dia Gabriel Garcia Marques: “A fama quase me mata”. Mas como tudo na vida passa, deu a volta por cima. Disse que hoje tem o suficiente para viver e que, depois de uma vida de sonhos, a realidade o faz feliz e nos faz lembrar: o quanto vale a pena ter? Ou é melhor viver para ser? Mike Tyson continua meu ídolo e tem todo meu respeito como ser humano, afinal todos nós somos assim: mais feitos de falhas do que de virtudes. Fernando Pessoa foi muito feliz quando escreveu que nunca conheceu quem tivesse levado porrada, afinal todos os seus amigos tinham sido campeões em tudo. Claro, é difícil conhecer quem admita uma derrota. Tolo quem não o faz, porque só quem cai é que pode se levantar com dignidade e honra.

Bovespa + 0,22% (53.975 pts) FALE COM A REDAÇÃO

Euro - 0,27% (R$ 3,03) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8582 COMERCIAL: 011/4122-0501

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor de Arte: Vitor Iwasso Metro ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618) Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Avenida Rebouças, 1585, Pinheiros, CEP 05401-909, São Paulo, SP, Brasil. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

|03|◊◊

Terreno fica na rua dos Vianas e foi cedido pelo governo do Estado | TIAGO SILVA/METRO ABC

Laboratório de poluição fica para 2º semestre São Bernardo. Testes de poluição nos veículos produzidos no país serão realizados no complexo. Investimento é de R$ 60 milhões O primeiro laboratório de poluição da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) deve ficar pronto em agosto. O centro de pesquisas é prometido desde 2009 e está em construção em São Bernardo. O investimento é grande: R$ 60 milhões. O dinheiro vem de contrapartidas ambientais e acordo judicial da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) e Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores). O complexo terá dois

laboratórios. O primeiro, que fica pronto no próximo semestre, é exclusivo para ensaios em veículos a diesel leves e pesados. O segundo laboratório conta com estrutura para ensaios em veículos leves e médios movidos a etanol, gasolina, GNV e diesel, além de motocicletas. A previsão é que esteja em funcionamento no primeiro semestre de 2015. Com a nova estrutura, todos os veículos produzidos no país terão de passar por testes de poluição em São

Bernardo antes de entrarem no mercado. Os primeiros estudos sobre o controle da poluição dos carros começaram a ser desenvolvidos pela Cetesb nos anos 1980. Como não havia no Brasil trabalho semelhante, o governo federal firmou convênio com a companhia, que passou a ser responsável pelos testes e a homologação dos novos modelos. Os laboratórios em construção no ABC foram desenvolvidos para ampliar a capacidade desses testes. METRO ABC

Estado cancela edital do monotrilho do ABC O edital de construção da Linha 18 do Metrô, que ligará o ABC à capital por monotrilho, foi cancelado pela Secretaria de Transportes Metropolitanos de São Paulo. A previsão é que o documento seja relançado nesta semana. A decisão foi tomada de-

pois da paralisação no processo imposta pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado). O órgão concluiu que as regras foram alteradas depois da publicação do edital. Inicialmente, a licitação exigia que monotrilhos deveriam ter entre 40% e 60% do valor total em peças nacio-

nais. Três semanas após o prazo final para apresentação das propostas, o BNDES fixou os índices entre 30% e 40%. Em nota, a secretaria informou que o objetivo do cancelamento é “garantir a segurança jurídica e total transparência da licitação”. METRO ABC


|04|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Donos de academia que explodiu serão ouvidos hoje Tragédia. Proprietários da Tem, em São Bernardo, são aguardados para depoimento sobre acidente que deixou dois mortos. Polícia quer saber se donos sabiam de vazamento. Vítimas foram enterradas ontem. Ao menos duas pessoas continuam internadas, mas sem risco de morte Os donos da Academia Tem Espotes, em São Bernardo, são aguardados hoje para depoimento sobre a explosão que deixou dois mortos da unidade da Pauliceia, na manhã de sábado. A polícia quer saber se os empresários conheciam problemas no sistema de aquecimento das piscinas. Eles podem ser incriminados pelas mortes. A principal hipótese levantada pelo Corpo de Bombeiros é de que a explosão tenha sido causada por vazamento de gás. Frequentadores e a recepcionista da academia afirmaram no sábado que o cheiro de gás era forte horas antes da explosão. Vizinhos também disseram já ter sentido o odor em outras ocasiões. A prefeitura diz ter recebido queixa, há alguns anos, sobre a fuligem expelida pelo sistema de aquecimento da academia. Mas nenhuma sobre cheiro de gás. Em nota em seu site, a diretoria da Tem Esportes diz lamentar o ocorrido e estar

à disposição das autoridades para fornecimento das informações necessárias para esclarecer o caso. Vítimas Ao menos duas das 12 pessoas que foram feridas no acidente continuavam internadas ontem, mas sem risco de morte. Os bombeiros acreditam que o número de vítimas pode ser maior, já que muitos frequentadores foram socorridos por vizinhos. A explosão causou a morte da professora de natação Hélne Boriczeski Alves, 26 anos, e do torneiro mecânico vizinho da academia, Marcos Aparecido Pardim, 50 anos. A professora foi enterrada no Cemitério do Araçá, na capital, e Pardim, no da Vila Pauliceia, em São Bernardo, ambos no dia de ontem. Quatro imóveis abalados pela explosão foram interditados e vão passar por perícia hoje da Defesa Civil. METRO ABC

Crianças tinham aula de natação no momento do acidente | TIAGO SILVA/METRO ABC

Marcos Pardim foi enterrado ontem em São Bernardo | ALESSANDROVALLE/ABCDIGIPRESS

Virada tem três baleados e onda de roubos e furtos A 10ª edição da Virada Cultural foi marcada por arrastões, furtos, tráfico e pelo menos 40 pessoas feridas. Segundo a Santa Casa de Misericórdia, três pessoas baleadas e outras duas esfaqueadas deram entrada no hospital entre a noite de anteontem e a madrugada de ontem. Os baleados permaneciam em estado grave até a noite de ontem. O evento, que reuniu cerca de 4 milhões de pessoas, também registrou 51 pessoas detidas por roubos, furtos e posse de drogas. Um homem foi detido com uma pistola calibre 38 na rua São Bento. Segundo a PM, com ele foram encontrados celulares e objetos diversos. Por volta das 23h de anteontem, 13 pessoas foram detidas na praça do Patriarca por tráfico de drogas. Foram apreen-

51

é o número de pessoas que foram detidas pela PM entre a noite de anteontem e a madrugada de ontem. didos 30 pinos de cocaína. A maior parte dos arrastões aconteceu nas regiões da Santa Ifigênia, Sé e Anhangabaú. Na rua Líbero Badaró foram pelo menos três ocorrências. Na ladeira da Constituição, jovens fizeram um arrastão levando dinheiro, celulares, carteira e tênis de um grupo que trabalhava em uma barraca que vendia bebidas. Após confusões no palco da rua 25 de Março, o músico Ivo Mozart cancelou seu show

Polícia detém grupo na manhã de ontem na rua Aurora | GUTEMBERG GONÇALVES/FUTURA PRESS

que aconteceria às 2h, alegando falta de segurança. Em sua página oficial do Facebook, o músico chegou a sugerir que o público não fosse para a região. “Fala galera, o show na virada foi cance-

lado devido a falta de segurança! Não vá para a 25 de março!!!”. Na Virada do ano passado, duas pessoas morreram. Uma por overdose e outrabaleada. METRO

Público aproveita show da cantora Valesca Popozuda

| CARLA CARNIEL/FRAME/FOLHAPRESS


|06|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Chuva alaga ruas e fecha aeroportos Clima. Várias regiões de São Paulo tiveram queda de granizo e temperatura caiu 9oC em menos de três horas. Alagamentos deixaram vias importantes interditadas Depois de 32 dias sem chuvas em São Paulo, o paulistano foi pego de surpresa com um forte temporal na tarde de ontem. Em alguns locais, como Butantã, Morumbi e Consolação, a queda intensa de granizo deixou ruas brancas, como se tivesse nevado. Em menos de três horas, as temperaturas caíram 9oC, passando de 25oC às 15h para 16oC às 17h30. O aeroporto de Congonhas chegou a ficar fechado para pousos e decolagens por 20 minutos. Segundo a Infraero, os voos tiveram que aguardar para pousar, mas nenhum precisou seguir para outros aeroportos. Guarulhos fechou por 30 minutos. Dois voos foram desviados para o Rio de Janeiro e São José dos Campos. Os temporais alagaram 10 vias - 6 delas ficaram intransitáveis. Tiveram o tráfego prejudicado vias como as avenidas Nove de Julho, 23 de

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

ESTUDO SUÍÇO NEGA INFLUÊNCIA DA COPA EM ELEIÇÃO. Pesquisa realiza-

DATA DE VALIDADE. O estudo conclui que a Copa poderia influir se ocorresse até duas semanas antes das eleições. A Copa deste ano acaba 79 dias antes. Parque da Aclimação, na zona sul, tomado por pedras de granizo após temporal de ontem | DIEGO PADGURSCHI/FOLHAPRESS

Maio e Pedro Alvares Cabral. Um alagamento também bloqueou a pista sentido São Paulo da rodovia Régis Bittencourt durante 15 minutos. A queda de uma barreira na rodovia Raposo Tavares também interditou a via

por mais de uma hora. A chuva também provocou a queda de uma árvore na rua Treze de Maio. A rua ficou totalmente bloqueada no sentido centro. De acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), uma área

de instabilidade vinda da região de Sorocaba provocou o temporal. Não há previsão de chuva para hoje, mas o dia começa com o tempo fechado. Os termômetros variam entre 15oC e 23oC. METRO

“PEÇO QUE VOCÊS RECEBAM BEM OS TURISTAS.”

da pelo banco suíço UBS para avaliar macroeconomia e estratégia de investimento, mostra que não há relação direta entre o resultado em campo na Copa do Mundo e a avaliação de governantes no Brasil. Em 1994, quando o Brasil conquistou o tetra, a avaliação do governo era positiva, com o sucesso do Plano Real. Oito anos depois, em 2002, na conquista do penta, a avaliação do governo caiu 2 pontos.

PERDE E CRESCE. Quando o Brasil foi derrotado pela França, na final da Copa do Mundo de 1998, a avaliação do governo brasileiro cresceu 7%. SEM CERTEZA. A

avaliação do governo cresceu 1% após a eliminação nas quartas de final, em 2006. Em 2010: derrota nas quartas e a avaliação caiu 1%.

PRESIDENTA DILMA CONFIANDO NO JEITO BRASILEIRO DE FAZER O VISITANTE SE SENTIR EM CASA

dos no exterior, a presidenta Dilma aprovou ampliar o desconto no PIS e Cofins por mais quatro anos. Uma lei de 2003 permitia que as empreiteiras fossem beneficiadas pelo sistema tributário até 2015, mas a MP 627 estendeu o prazo para 2020. PERNAMBUCANOS. Lula quer uma frente com o PTB, PDT, PT e PP para apoiar o senador Armando Monteiro ao governo de Pernambuco. Mas o deputado Eduardo da Fonte (PP) prefere se aliar ao PSB, de Eduardo Campos.

FONTES MÚLTIPLAS. Estudo do UBS analisou pesquisas próprias e de diversos institutos de pesquisa como Datafolha, Ipea, Fifa, Bloomberg e Data. EMPREITEIRAS SE IRRITAM, MAS TÊM DESCONTO EM MP. Apesar de ter vetado o

artigo da Medida Provisória 627, relatada pelo deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que excluía empreiteiras de nova tributação em lucros geraApós o motim, familiares são liberados pela polícia

| JORGE HENRIQUE/FUTURA PRESS

Após 25 horas, motim em prisão de SE acaba Após 25 horas de negociações, terminou na tarde de ontem a rebelião no Compajaf (Complexo Penitenciário Advogado Jacinto Filho), em Aracaju, Sergipe. Cento e trinta e dois familiares que visitavam os presos, entre eles crianças e mulheres, ficaram retidos no local por causa do motim. Quatro agentes pe-

nitenciários foram mantidos reféns pelos presos, mas foram soltos sem ferimentos graves. Não houve registro de fugas. De acordo com a Secretaria de Segurança do Estado, a confusão começou quando 26 presos da ala “D” quebraram uma parede e conseguiram chegar à área de visitação, onde 80

detentos da ala “A” se encontravam com os familiares. Os presos estavam insatisfeitos com as regras do presídio de segurança máxima e exigiam a transferência para outras unidades prisionais e menos regras para a entrada das visitas. O Gope (Grupo de Operações Especiais) entrou no presídio e, para

evitar que o motim se espalhasse, trancou os outros três pavilhões do complexo. A negociação foi conduzida pela Polícia Militar, com a presença de um juiz e de representantes da Comissão de Direitos Humanos do Estado. Ao final da rebelião, 16 detentos foram transferidos. METRO

Ex-presidente Lula | NELSON ANTOINE/FOTOARENA

PODER SEM PUDOR

Esperteza milenar Fernando Costa, interventor em São Paulo, caminhava por um bosque, em Minas, ao lado do amigo Benedito Valadares. Enquanto conversavam, Costa se mostrava extasiado com um belo e imponente cedro.

O anfitrião, percebendo a admiração que a árvore causara no amigo, recomendou: - Fernando, aproveita, pega umas sementes, e planta isso lá em São Paulo. Vai ficar lindo. Com um ano, vira árvore milenar.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Candidato aparece em vídeo polêmico Colômbia. Óscar Iván Zuluaga, candidato do Centro Democrático, se envolve em novo escândalo ao aparecer com hacker preso A uma semana da eleição presidencial na Colômbia, o candidato oposicionista Óscar Iván Zuluaga, do partido Centro Democrático, se envolveu em um novo escândalo. Um vídeo divulgado ontem mostra Zuluaga conversando com o hacker Andrés Sepúlveda, preso no começo do mês sob acusação de espionar conversas da negociação de paz entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). No vídeo, publicado no site da revista “Semana”, o hacker diz ao candidato que tem informações de inteligência militar. Zuluaga não parece surpreso e não questiona a origem das informações confidenciais.

Zuluaga (dir.) disse que vídeo é ‘montagem’

Após a divulgação das imagens, o candidato da Aliança Verde, Enrique Penalosa, disse ontem que Zuluaga “deveria renunciar imediatamente e se apresentar ao Judiciário para responder por esses crimes”. Penalosa ocupa um distante terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto, segundo a Reuters. Zuluaga questionou ontem a autenticidade do vídeo, dizendo se tratar de uma “montagem”, mas não fez nenhum outro comentário a respeito do material. Disse apenas que há pessoas infiltradas em sua campanha trabalhando contra ele. O presidente Juan Manuel Santos, que tenta a reeleição, também teve a campanha marcada por escândalo político. No começo do mês, o assessor de campanha Juan José Rendón renunciou sob suspeita de ter recebido US$ 12 milhões de narcotraficantes para mediar a rendição de quatro chefes do tráfico. Os candidatos optaram pela tática de defender ou atacar as negociações de paz com as Farc. Eles não participam de debates. METRO

Enchentes nos Bálcãs matam 44 pessoas Ao menos 44 pessoas morreram na região dos Bálcãs, a maioria na Bósnia (foto) e na Sérvia, países devastados pelas piores inundações em 120 anos. “Em Obrenovac (próximo à capital sérvia, Belgrado) encontramos 12 corpos”, disse o premiê Aleksandar Vucic. O número de mortos no país chegou a 16. Na Bósnia, foram 27. Uma pessoa morreu na Croácia | DADO RUVIC/REUTERS

| JOHN VIZCAINO/REUTERS

|07|◊◊


|08|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

SEGMENTAÇÃO DE MERCADO. O QUE É ISSO, AFINAL? Segmentação de mercado. Certamente você já ouviu falar disso. Em linhas gerais, significa definir um público-alvo, isto é, um grupo de consumidores com perfil semelhante, e trabalhar para suprir as necessidades e os desejos dele. O raciocínio é simples: não dá para agradar a todos ao mesmo tempo. Empresário que desconsidera isso, atira para qualquer lado e acaba não acertando em nada. O empreendimento fica sem direcionamento e os resultados são fracos. Restaurante por quilo não é alta gastronomia, loja de roupas populares e baratas não se aventura com itens de grife e caros. Por isso, a chave é manter o foco em clientes com os mesmos interesses. A segmentação vale para qualquer empresa, independente do porte ou ramo. Permite uma aproximação maior com o consumidor e cria oportunidades para aproveitar lacunas pouco ou não exploradas pela concorrência. Além disso, torna mais fácil detectar mudanças no mercado e adaptar-se a elas com rapidez. Para determinar exatamente quem é seu cliente é preciso considerar uma série de variáveis. Entre esses fatores estão as características geográficas como microrregião, cidade e Estado de atuação do negócio. Mas lembre-se que o comércio eletrônico derrubou muitos limites impostos pela distância física. Pense também nas condições demográficas como idade, sexo, educação, ocupação, renda, classe social, estado civil. As pessoas podem ainda ser agrupadas pelo estilo de vida, que baliza os valores atribuídos ao produto ou serviço, e pela personalidade (extrovertidos, conservadores, arrojados etc). Ainda é possível segmentar em função do uso (lazer ou profissional) ou benefício esperado (economia, durabilidade e qualidade). Todos esses elementos se inter-relacionam e contribuem para entender o comportamento do cliente. É possível ainda explorar subgrupos, ou seja, os nichos. Exemplo: lojas que vendem camisetas com estampas de bandas de rock. No entanto, trabalhar com nichos exige que se conheça muito bem o público, que costuma querer algo mais do que o trivial. Conquistar o consumidor é uma tarefa permanente e a segmentação é o melhor caminho para atingir esse objetivo. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Recorde. Brasileiros ficam cerca de 3 anos no emprego O brasileiro permanece no local de trabalho por 161,2 semanas em média, ou pouco mais de três anos. O número, do primeiro trimestre de 2014, é um patamar recorde, segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Em pouco mais de uma década, a duração de contratos formais de trabalho no país subiu de 2,5 para 3,1 anos. No primeiro trimestre de 2003, quando o ex-presidente Lula assumiu, o indicador apontava uma duração média de 135 semanas. O pico de toda a série his-

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

tórica do IBGE ocorreu em março deste ano, quando o tempo mediano de permanência no emprego chegou a 164,5 semanas, o equivalente a quase 3,2 anos. Em fevereiro de 2014, o índice era de 161,1 semanas. De acordo com levantamento realizado pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, em 12 anos de dados mensais, a duração no emprego nunca havia ultrapassado a marca de 160 semanas. As informações são coletadas todos os meses pelo IBGE para a realização da PME (Pesquisa Mensal de Emprego). METRO

Operadoras de turismo reclamam da Copa no Brasil Mundial. Presidente da Braztoa afirma que agenda de eventos corporativos em cidades como São Paulo perdeu força este ano por conta dos jogos e reclama da Fifa Por incrível que possa parecer, a realização da Copa do Mundo no Brasil prejudicou o setor de turismo do país. A afirmação é do presidente da Braztoa (Associação Brasileira das Operadoras de Turismo), Marco Ferraz. “O turismo como um todo saiu perdendo, tanto o turismo corporativo como o de lazer”, diz Ferraz. Ele cita o caso de São Paulo, sede da abertura do Mundial, no dia 12 de junho, para explicar sua tese. De acordo com o presidente da Braztoa, a menos de 20 dias para o começo da Copa a capital tem apenas 36% de ocupação da rede hoteleira. “Em função do período da Copa, a agenda de eventos corporativos, que costuma ser movimentada em São Paulo, perdeu força”, afirma. “Com isso, muitos lugares continuam disponíveis”. Para ele, a capital paulista perdeu mais que todas as outras sedes com o Mundial. Cidades tradicionalmente “mais turísticas” sofreram menos. Ingressos Ferraz também acusa a Fifa de prejudicar o setor ao não liberar ingressos para que

Foz do Iguaçu, um dos destinos mais procurados

as operadoras oferecessem aos clientes com os pacotes. Segundo ele, é a primeira vez que isso acontece. “A Fifa prejudicou o setor de turismo. Antes, quem comprasse um pacote de viagem poderia ga-

| RAFAEL MOSNA/FOLHAPRESS

nhar alguns ingressos para os jogos”. De acordo com Ferraz, o turista brasileiro que comprou entradas para os jogos na internet este ano vai ver o jogo e voltar para casa no mesmo dia ou no dia seguinte. “Essa pes-

soa não vai ficar viajando 15 dias pelas cidades-sede. Não fretamos aviões, não bloqueamos hotéis, não estamos usando serviço local para fazer passeios”. Os preços altos também atrapalham. Muitas famílias preferem aproveitar a antecipação das férias escolares para viajar para destinos no exterior, com preços mais acessíveis, como Buenos Aires e Bariloche (Argentina), Cancún (México), Orlando e Miami (Estados Unidos), entre outros. Em função disso, segundo o presidente da Braztoa, as operadoras estão investindo mais em viagens para fora do que para dentro do país. E fugindo das cidades-sede. Alguns turistas pensam em viajar para cidades brasileiras distantes das partidas de futebol e sem o agito, a confusão e os preços altos previstos para o Mundial. De olho nesse público, as operadoras de turismo estão preparando pacotes específicos para quem quer “fugir da Copa do Mundo”. Seguno Ferraz, há boas ofertas. Em alguns casos, os descontos que podem chegar a até 90%. METRO

China vai acelerar ritmo de reformas

Pequim quer reverter desaceleração da economia | KIM KYUNG-HOON/REUTERS

A China disse que vai tentar aumentar o ritmo de reformas econômicas em 2014, como parte dos esforços do governo para conter a desaceleração da segunda maior economia do mundo. A informação foi divulgada pela Comissão de Reforma e Desenvolvimento Nacional (NDRC, na sigla em inglês), principal agência de planejamento do país. O organismo regulador anunciou em seu site nove prioridades de reforma, como o aprofundamento de mudanças nos setores de

energia, petróleo e gás e a redução de exigências para aprovação de investimentos. “Precisamos tentar com afinco acelerar a reforma não apenas para realizar um esboço de planejamento, mas para resolver riscos e problemas da atual economia”, disse a NDRC em um comunicado divulgado após dois dias de reuniões. Dados econômicos mostraram o enfraquecimento da economia chinesa, provocando novos pedidos para que o governo de Pequim flexibilize políticas para

apoiar o crescimento. A NDRC disse ainda que a China vai acelerar reformas sobre preços de matérias-primas e apressar medidas de urbanização para permitir que mais pessoas passem a viver em cidades. Hoje, cerca de 50,6% da população na China é urbana. A agência afirmou ainda que o país vai acentuar os esforços sobre a liberalização de taxas de juros e de câmbio e apressar medidas sobre impostos que incidem sobre imóveis e tributos sobre o consumo. METRO


ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

Espetáculo de dança resgata brincadeiras Amarelinha. Cia. de Dança Rodopio apresenta atividades do passado para a meninada de hoje O Teatro Timochenco Wehbi abriga neste final de semana um espetáculo de dança diferente. A proposta é simples. Depois de um ano de pesquisa, a Companhia de Dança Contemporânea Rodopio resolveu criar uma atração que resgatasse diversas cantigas e brincadeiras infantis para apresentá-las para as gerações mais jovens, que talvez não as conhecesse. Segundo a diretora do grupo, Daniela Rocco, o espetáculo foi o primeiro criado pela companhia, que sentia falta de uma atração de dança voltada aos pequenos. “Peças de teatro existem aos montes para crianças. É só pegar um conto de fadas e trazer para o palco. Mas shows de dança quase não existem

Lengalenga foi criada em 2011 | DIVULGAÇÃO

dimos para eles cantarem e dançarem conosco. Nós queremos que as crianças descubram esse universo lúdico que talvez eles nunca experienciaram antes”. A criançada está sempre acompanhada dos pais nas apresentações, mas parece que eles aproveitam até mais do que os filhos. “O espetáculo é para crianças, mas os adultos que participam gostam mais do que os próprios filhos. Eles interagem muito com a gente”, afirma Daniela. METRO ABC Serviço

para esse público, por isso decidimos focar nosso trabalho nesse nicho.” “Lengalenga” estreou em 2011, mas é apresentada agora após uma reformulação. Com um novo elenco, várias cantigas e jo-

gos foram incluídos na peça. A todo momento, as bailarinas do grupo sobem e descem do palco, brincando com os espectadores. “As crianças sobem no palco e o elenco também desce para junto do público. Pe-

No Teatro Timochenco Wehbi (rua Visconde de Inhaúma, 730, Nova Gerty). Domingo (25), às 16h. Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada)

|13|◊◊

Lançamento

Sesc Sto. André recebe estreia de documentário O Sesc Santo André (rua Tamarutaca, 302, Vila Guiomar) recebe o lançamento do documentário “AUETU! A Capoeira Angola no Fio da Navalha”, amanhã, às 18h. A obra é fruto de cerca de dois anos de filmagens e pesquisas pela Cadência Filmes e Jangada Cultural. O filme conta a história da capoeira, desde a sua criação na África até os dias de hoje. Após a exibição do documentário, os visitantes vão poder participar de um bate-papo com a historiadora e professora Letícia Vidor de Sousa Reis, autora do livro “Capoeira - Uma Herença Cultural Brasileira” e André Silvério, diretor do documentário. Cópias do filmes serão distribuidas gratuitamente. A entrada é gratuita. METRO ABC

2 CULTURA

Infantil

Doki

O Teatro Paulo Machado de Carvalho (alameda Conde de Porto Alegre, 840, Santa Maria) recebe Doki, mascote do canal Discovery Kids, para uma apresentação especial neste domingo, às 15h. Os ingressos custam entre R$ 35 e R$ 40.


|14|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

JULIETA VENEGAS A cantora mexicana repassa sua trajetória e as canções de seu mais recente disco, ‘Los Momentos’ (2013), em show único, hoje à noite, no Teatro Bradesco

‘BRASILEIRO É LOUCO POR MÚSICA’ Embalada pela sonoridade eletrônica de seu último disco, Julieta Venegas mostra porque encantou Marisa Monte e Otto em show único hoje, às 21h, no Teatro Bradesco (r. Turiassu, 2.100, Bourbon Shopping, tel.: 36704100; de R$ 50 a R$ 230). A pedido do Metro Jornal, ela também indicou álbuns recentes de artistas latinos que valem a pena ser ouvidos.

partida foi o piano e os sintetizadores. A partir daí fui construindo o disco. O que esse álbum representa dentro da sua trajetória? Cada disco que faço representa um momento diferente da minha vida. Neste simplesmente busquei letras não tão apaixonadas, mas mais reflexivas. Mas não costumo pensar antes no que vou fazer.

Eu já conhecia a música de Lenine e Marisa Monte como fã e busquei conhecê-los. Agora também conheço Otto, com quem cantei em um disco seu, e Fernanda Takai – ela gravou há pouco uma canção minha em português. Voltar ao Brasil sempre me fascina porque me dá a chance de conhecer mais músicos brasileiros que admiro.

O que você buscou com o álbum “Los Momentos”? Procurei basicamente contar histórias, algo que sempre gosto muito: histórias de amor, de desamor, de todos os tipos. No aspecto sonoro, dessa vez quis buscar algo um pouco diferente do que vinha fazendo. Meu ponto de

Você sempre fez muitas parcerias em sua obra. Por quê? Gosto tanto de compor com amigos quanto de cantar com eles. Acho muito enriquecedor aprender o estilo de outra pessoa, como ela escreve, como conduz uma canção. Você também tem parcerias com brasileiros.

E qual é sua relação com o público brasileiro? Muito bonita. O brasileiro é muito apaixonado, louco por música. Ele se entrega muito, canta, participa. O show tem canções de todos os discos, apesar de a sonoridade se assemelhar mais à de “Los Momentos”. METRO

Um menino no crime “Seu livro é tão bom que nem parece de autor brasileiro.” O carioca Raphael Montes, 23, perdeu a conta de quantas vezes escutou essa frase em sua recente -- e auspiciosa -- carreira literária. De fato, a tiragem inicial de seu livro “Dias Perfeitos”, lançado recentemente pela Companhia das Letras, foi de 10 mil exemplares -- um número incomum para um escritor nacional tão jovem. A aposta deu certo e a editora já vendeu os direitos de tradução para oito países. A confusão a respeito da nacionalidade de Raphael talvez seja consequência do gênero adotado pelo autor: o suspense. “Dias Perfeitos” é a história de Téo, um estudante de medicina que se descobre apaixonado por Clarice, e, diante da rejeição da moça, decide sequestrá-la. Esta espécie de ‘road book’ contém elementos consagrados na literatura e no cinema norte-americano, mas com toques genuinamente brasileiros: os personagens estudam na Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), escutam Caetano Veloso e frequentam churrascos. “Acho ser possível fazer uma boa literatura de entretenimento que se passe no Brasil”, afirma o escrior, que recebeu um elogio de

“DIAS PERFEITOS” RAPHAEL MONTES CIA. DAS LETRAS 280 PÁGS. R$ 35

ninguém menos que Scott Turow, um dos maiores autores policiais do mundo. Segundo ele, o jovem “redefinirá a literatura policial brasileira”. O garoto de sorriso largo que acumula fãs e faz questão de atender a todos nas redes sociais escreveu seu primeiro livro aos 16 anos. “Suicidas” abordava um grupo de amigos diante de uma roleta russa. Sem editoras interessadas no original, Montes inscreveu o livro no concurso Benvirá, em 2012. Não ganhou, mas a empresa decidiu publicar o texto mesmo assim. A obra foi finalista do Prêmio São Paulo de Literatura no ano passado, na categoria autor estreante. Diante do sucesso, a Companhia resolveu investir. “O autor brasileiro está sendo valorizado aqui dentro e lá fora também. As próprias editoras brasileiras estão interessadas”, comemora Montes. FABIANE GUIMARÃES METRO BRASÍLIA

Resenha

História de amor com final cruel É inevitável comparar “Dias Perfeitos” e “Suicidas”, os dois livros de Raphael Montes. O autor perdeu em ação, mas evoluiu em linguagem. Ainda que ele precise amadurecer, é notável um esforço de construção descritiva. “Dias Perfeitos” se concentra em apenas dois personagens, mas tenta espantar a monotonia com mudanças de cenários. O ponto forte das tramas de Raphael, pode-se dizer, é o desfecho cruel. METRO BSB

Raphael Montes: suspense com sabor bem brasileiro | BEL PEDROSA/DIVULGAÇÃO

Três favoritos de Julieta

“VENGO” ANA TIJOUX NACIONAL RECORDS US$ 8 (NO ITUNES)

“BAILAR EN LA CURVA” JORGE DREXLER WARNER MUSIC R$ 30

“WED 21” JUANA MOLINA CRAMMED DISCS US$ 10 (NO ITUNES)


|16|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{VARIEDADES}

Leitor fala

Os invasores

Haja paciência É um descaso com o cliente o que essas empresas de planos de saúde fazem conosco, que contratamos seus serviços e pagamos as faturas com grande sacrifício, na esperança de ser bem atendido nos momentos em que estamos debilitados. Vamos atrás de um serviço de saúde privado porque não queremos utilizar hospitais públicos, pois o Estado já nos desrespeita muito, mesmo cobrando tantos impostos. Não pagamos barato pelos planos, os valores são bem abusivos. E mesmo assim para tudo necessita de autorização, até para fazer exames básicos. Em 2012, sofri um acidente de carro e fui para um hospital particular. Chegando lá, precisei tirar um raio X da cabeça. Entrei às 7h, só obtive a autorização às 11h. Graças a Deus não era grave. Por isso, está certo essa fiscalização da ANS, tem que ficar em cima mesmo.

CIRO & BERNARDO

TROCO 30 ROBINHOS POR 1 MESSI! BOM DIA, caros e inflacionados leitores! Está no ar o PÂNICO NO JORNAL, o seu Prozac Impresso!

Cruzadas

FRASE DA SEMANA: “Chifre é igual anemia: só tem quem não come direito”. Kkk! Por falar em comida, ainda bem que o fim de semana acabou! Passei o FDS na casa da sogra e apreciei três tipos de comida: enlatada, congelada e queimada. Aliás, a minha sogra cozinha tão mal que na casa dela as pessoas rezam APÓS as refeições. COPA 2014 D.C! OS MANIFESTANTES ESTÃO PROTESTANDO EM VÃO! Cá entre nozes, querido leitor, a verdade é uma só: os bilhões do governo já foram gastos e agora não há mais nada a fazer, a não ser torcer para que os governantes tenham guardado um dinheirinho pra subornar os árbitros da Copa. Como disse o Agamenon: “Se você acha que os estádios vão ficar prontos, é melhor esperar sentado. Mas aonde se as cadeiras não foram entregues?” Kkk!

RICARDO PEDRO, SANTO ANDRÉ

www.metrojornal.com.br

DEU NO LE MONDE: “A seleção da França quer se concentrar em São Paulo.” Por que? Porque lá não tem água! Kkk! Aliás, não é seleção da França, é cecêleção da França! E saiu a lista dos brasileiros que pagam imposto: “Bozo, Arrelia, Torresmo, Patati e Patatá. Papai Papudo, Tiririca e Didi. Carequinha e Espirro!” E o álbum da Copa, hein? Troco 30 Robinhos por 1 Messi!

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE?  Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial. 

DA COPA DIRETO PRO PLANALTO! O Mantega disse que a inflação tá sob controle. Cuma??? Por muito menos tem gente usando camisa de força no hospício. Como disse o passageiro do ônibus: “A QUE PONTO CHEGAMOS!” Ou como disse o meu finado tio Migué: “Nunca na história desse país a Petrobras extraiu tanto óleo...de peroba!”

Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro.

PRA TERMINAR! TRÊS COMENTÁRIOS MEGA ULTRA PERTINENTES DO TWITTER: I) A famosa pergunta de Freud: “O que querem as mulheres?” Eu respondo: “Emagrecer 3 Kg.” II) Já decidi a minha lápide: “De nada adiantou comer brócolis, usar fio dental, andar 30 minutos todos os dias e fazer exame anual de próstata.” III) Meu psiquiatra disse que sou um sujeito vingativo. Esse homem ainda vai pagar caro por esse comentário! KKK!

Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Sudoku

Por hoje é só! Ciro e Bernardo! Direto do Pânico na Band! Twitter: @ciraobotelho/@bernardpenteado Ciro Botelho e Bernardo Penteado são redatores de humor no programa ‘Pânico na Band’, autores de sátiras como ‘Video Soul’, ‘Jornal dos Dois Echás’, ‘Jô Suado’, entre outros. Juntos há dez anos na TV, lançaram os livros ‘Piadas Fantárdigas de Tiririca’ e As Melhores Piadas de Bêbado’ (ed. Matrix). Também escrevem o blog ‘Colunáticos’ no site do ‘Pânico na Band’ (paniconaband.band.uol.com.br)

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

O espírito de grupo será vivenciado de forma diferente no de trabalho. Valorize contatos que possam auxiliar em projetos.

assuntos antigos.

Momento para esclarecimentos em algum tipo de sociedade que possua. Na vida amorosa, decisões esclarecerão Uma atenção especial à saúde e ao corpo será bem vinda, seja de maneira preventiva ou para amenizar

Há tendências para mudanças nas relações de trabalho e na maneira de lidar com elas. Estudos e temas culturais tomarão empenho extra.

Tendências a repensar parcerias e mudar a maneira de tratar alguma sociedade. Momento para ajustes de projetos a longo prazo.

desgastes recentes.

Os temas culturais, estudos e que despertam o intelecto sempre fazem bem aos geminianos e preencherão positivamente o dia. 

Vênus – que é regente de seu signo – forma aspecto tenso com Saturno, influência que aponta desafios com padrões e costumes dos outros.

Com a Lua em seu signo, um momento diferente diante de grupos e situações sociais marcará este momento diante das amizades.

Boas chances para revelações de antigos assuntos com quem tem vínculo afetivo. Evite interferir demais nos problemas de certas pessoas.

Assuntos importantes diante de familiares tomarão sua dedicação para esclarecimentos. Tenha mais cuidado ao expor certas opiniões.

Uma atenção especial com crenças, espiritualidade, terapias ou atividades que revigorem suas energias fará muito bem.       

Regente de seu signo, Saturno está em aspecto tenso com Vênus, influência que recomendará diplomacia com algumas diferenças.

Soluções


ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{SAÚDE E BEM-ESTAR}

|17|◊◊

Comer chocolate pode ser benéfico à saúde

PLUS

Saúde. Chocolate amargo é o melhor para a saúde. Nutricionista recomenda consumo de 30 g de chocolate com 60% de cacau por dia Quem não resiste a um chocolate? É muito difícil encontrar uma pessoa que não gosta de comer chocolate, pois ele é muito saboroso. Mas, para conseguir aproveitar os inúmeros benefícios à saúde que este doce pode trazer, é preciso tomar alguns cuidados. Segundo a nutricionista Vanderlí Marchiori, se bem escolhido e em pequenas quantidades, o chocolate traz benefícios à saúde. “Todo estudo científico sugere comer por dia 30 gramas de chocolate com pelo menos 60% de cacau em sua composição”, explica Marchiori. O cacau é a fruta que mais contém substâncias antioxidantes, e por isso os

Consumo Tipos de chocolate com mais gordura: • Branco • Ao leite • Trufado • Diet

chocolates mais saudáveis são os que contêm a maior concentração de cacau, como o amargo. Além disso, segundo a nutricionista, o chocolate melhora a retenção de informações, aprendizado, melhora o HDL coles-

terol (bom colesterol) e reduz o LDL colesterol (mau colesterol) e aumenta a disposição. Mas, se consumido em excesso, o chocolate pode trazer problemas futuros como o aumento do peso e das taxas de colesterol e de triglicérides no organismo. Em termos de calorias todos os tipos são próximos e o chocolate dietético é um pouco mais calórico, sendo adequado para consumo por diabéticos por ter menos açúcar. Os tipos menos saudáveis a serem consumidos são os ao leite e o branco, pois são ricos em gorduras e açúcar, e os que contêm maior quantidade de gordura trans. METRO

+ Fruta

Mais cacau

O cacau estimula a liberação de endorfinas e a elevação da disposição mental, graças às aminas biogênicas. Por ser rico em flavonóides e triptofano, esse alimento também aumenta a proliferação de neurônios no sistema nervoso. Chocolate ao leite é rico em gordura trans |

IMAGE SOURCE/ELISABETH CÖLFEN


3

|18|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Água no chope

Brasileirão 5ª rodada QUARTA-FEIRA (14/5)

2

GOIÁS

X

0

BOTAFOGO

SÁBADO

CRUZEIRO

3

X

2

CORITIBA

ONTEM

ESPORTE

0

X

0

X

1

X

1

X

1

X

0

X

0

X

FLAMENGO

CORINTHIANS

Todos os ingressos para primeiro jogo do Itaquerão foram vendidos: cambistas cobravam até R$ 400 | MIGUEL SCHINCARIOL/FOLHAPRESS

Agora sim. Timão estreia estário com derrota por 1 a 0 para o então lanterna Figueirense. Estrutura funciona, entorno e transportes, não O dia 18 de maio entrou na história como o primeiro jogo oficial do Itaquerão. E lá também estará o nome de Giovanni. O meia anotou o gol do Figueirense na vitória sobre o Corinthians por 1 a 0, pela 5a rodada do Campeonato Brasileiro. A apresentadora Xuxa deu o pontapé inicial, e não deu muita sorte na estreia. Não havia mais ingressos disponíveis – todos

vendidos logo no primeiro dia, para os participantes do programa Fiel Torcedor. Ainda assim, cambistas ofereciam bilhetes que chegavam a R$ 400. Para chegar à nova arena, o torcedor corintiano tinha a opção de ir de metrô. Estes, enfrentaram longas filas, especialmente no retorno. Os que optaram por ir de carro, enfrentaram congestionamento por conta de bloqueios fei-

“Não poderíamos perder de qualquer jeito, especialmente na estreia do nosso estádio, diante da nossa torcida. Agora já foi, vamos vencer o próximo” RALF, VOLANTE DO CORINTHIANS

Calma!

“O Brasil é democrático. Mas a Copa não seria o momento adequado de manifestar. Convidamos pessoas de fora e poderíamos mostrar uma situação diferente. Nas eleições é que temos de mostrar o que queremos”

tos pela CET nas principais vias – que já utilizou o esquema que será utilizado na Copa do Mundo. O Itaquerão receberá seis partidas, incluindo a de abertura, dia 12 de junho, entre Brasil e Croácia. O jogo Com a bola rolando, porém, o Timão teve problemas. Os 36 mil corintianos, que cantaram desde o minuto inicial, viram um 1o tempo truncado, com poucas chances de gol. Apesar de muito empenho, os comandados de Mano Menezes pouco assustaram a defesa do Figueirense.

0 1 • •

Na etapa final, debaixo de muita chuva, o banho de água fria veio mesmo aos 2 minutos, dos pés de Giovanni, do Figueirense, que mandou rasteiro para fazer o primeiro gol do estádio alvinegro. E a situação só não piorou no lance seguinte porque a arbitragem anulou gol de Everton Santos. Atrás no placar e com a torcida empurrando o time, o Corinthians se lançou ao ataque, passou a pressionar os visitantes e criou diversas chances de gol. Mas sem êxito. No fim, teve que amargar o revés logo no jogo inaugural da arena. Ao apito final, as primeiras vaias. METRO

Cássio; Fagner (Danilou), Gil, Cléber e Fábio Santos; Ralf, Guilherme , Renato Augusto e Jadson (Paulo Victor); Luciano (Romarinho ) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes

CORINTHIANS

Volpi; Leandro Silva , Marquinhos, Thiago Heleno, Guilherme Lazaroni; Paulo Roberto, Luan e Rivaldo (Jeferson); Giovani (Dudu), Everton Santos e Ricardo Bueno (Jonathan). Técnico: Guto Ferreira

FIGUEIRENSE

Gol. Giovanni Augusto, aos 2 minutos do 2o tempo Arbitragem. Jailson Macedo Freitas (BA)

Eu fui, mano!

‘Muita emoção’

LUIZ FELIPE SCOLARI, TÉCNICO DO BRASIL

Giovanni fez o primeiro gol do Itaquerão | BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Claro que o Corinthians ter perdido para o Figueirense estragou um pouco a festa, mas ver o Timão jogando em casa pela primeira vez foi uma emoção enorme, mano! Além do mais, a arquibancada é muito perto do campo, então é animal! Pra chegar foi de boa. Peguei o metrô na Vila Madalena, e como tava bem cheio, demorei quase uma hora para chegar. Na vol-

ta, também foi complicado porque tinha uma multidão. Pra entrar no estádio também não tive problemas e a estrutura é totalmente padrão Fifa. A única coisa difícil foi comprar lanche, que custava R$ 8 e tinha filas demoradas. Até desisti. Mas com o tempo, tudo vai se acertando e vai ficar melhor! FERNANDO CHRISTO

Assistente de Fotografia do Metro Jornal

SANTOS

VITÓRIA

CRICIÚMA

SÃO PAULO

1

FIGUEIRENSE

ATLÉTICO-PR

GRÊMIO

2

1

CHAPECOENSE

0

FLUMINENSE

2

ATLÉTICO-MG

1

PALMEIRAS

0

INTER

ADIADO (4/6)

X SPORT

BAHIA

CLASSIFICAÇÃO SÉRIE A P V GP SG 1º INTERNACIONAL 11 3 7 3 2º CRUZEIRO

10 3 10 2

3º GRÊMIO

10 3 5 2

4º GOIÁS

10 3 4 2

5º FLUMINENSE

9 3 7 4

6º PALMEIRAS

9 3 7 1

7º SÃO PAULO

9 2 9 5

8º CORINTHIANS

8 2 4 2

9º BAHIA

7 2 5 2

10º SPORT

7 2 5 1

11º ATLÉTICO-MG

7 2 5 0

12º SANTOS

6 1 4 1

13º ATLÉTICO-PR

5 1 7 -1

14º VITÓRIA

5 1 5 -1

15º BOTAFOGO

4 1 8 0

16º FLAMENGO

4 1 4 -4

17º CRICIÚMA

4 1 2 -7

18º FIGUEIRENSE

3 1 1 -7

19º CORITIBA

3 0 4 -2

20º CHAPECOENSE

2 0 3 -3

Classificados para a Libertadores Rebaixados para a Série B

3 gols

têm André (Atlético-MG), Marcelo Moreno (Cruzeiro) Daniel e Emerson (Botafogo), artilheiros do Campeonato Brasileiro


ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Verdão bate Vitória e afasta mau momento Ganhou! Gol de Marquinhos Gabriel garantiu triunfo palmeirense Se o palmeirense ficou preocupado após duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro, já começa a respirar mais aliviado. Depois de vencer o Goiás na rodada anterior, o alviverde bateu o Vitória por 1 a 0, fora de casa, e subiu para 6a colocação, com 9 pontos conquistados. Com seis desfalques no time titular, incluindo Valdivia, na Seleção Chilena, o Verdão teve muitas dificuldades para agredir a defesa do time baiano. Com Mendieta bem marcado, o time não conseguia articular as jogadas ofensivas. Na etapa complementar,

o Verdão abriu o placar logo no início, com Marquinhos Gabriel, em arremate de fora da área que desviou na zaga para enganar o goleiro Wilson. O Vitória sentiu o gol.

0 1 • •

Nervoso, deu chances para o Verdão ampliar. Não fez. Quando assimilou o golpe, o time da casa passou a criar oportunidades, exigindo belas defesas do goleiro Fábio. METRO

Wilson; Nino Paraíba, Matheus Salustiano, Alemão e Juan (Mansur); Neto Coruja, José Welison, Mauri (Léo Costa) e Caio; Marquinhos e Alan Pinheiro (William Henrique). Técnico: Carlos Amadeu

VITÓRIA

Fábio; Welington (Tiago Alves), Lúcio, Marcelo. Oliveira e Juninho; Renato, Wesley, Marquinhos. Gabriel (Mazinho) e Mendieta (Victor Luis); Diogo e Henrique. Técnico: Alberto Valentim

PALMEIRAS

Gol. Marquinhos Gabriel aos 4 minutos do 2o tempo Arbitragem. Leandro Pedro Vuaden (RS)

Marquinhos Gabriel foi o autor do gol | ROMILDO DE JESUS/FUTURA PRESS

|19|◊◊


|20|

ABC, SEGUNDA-FEIRA, 19 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

De virada, Santos perde no Pantanal Revés. Peixe levou dois gols do atacante André, revelado junto de Neymar, e foi derrotado pelo Atlético-MG; apesar de ser o mandante, alvinegro praiano jogou no MT Em noite brilhante do atacante André, revelado pelo Santos, o Peixe perdeu para o Atlético-MG por 2 a 1 na Arena Pantanal. Inspirado, o ex-menino da Vila marcou os dois gols da vitória do Galo de virada. Com a derrota, o alvinegro caiu uma posição e está agora na 12ª posição com seis pontos no Brasileirão. Ainda sem Leandro Damião, lesionado, o Santos se postou defensivamente e tentava sair no contra-ataque. Aos 37 minutos, Alan Santos fez belo lançamento

1 2 • •

e achou Cícero livre dentro da área, que só teve o trabalho de tirar do goleiro Victor e abrir o placar. Após o gol, o Peixe se fechou e deu espaço para o Galo ir ao ataque. Porém, a virada do Atlético-MG só veio no segundo tempo, quando André apareceu livre no meio da zaga santista duas vezes, aos 29 e 35, e deu a vitória aos mineiros. CADU PROIETI METRO SANTOS

Aranha, Bruno Peres (Zé Carlos), Neto , David Braz , Mena; Arouca, Alan Santos (Leandrinho), Cícero, Lucas Lima (Geuvânio); Thiago Ribeiro e Gabriel. Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS

Victor , Alex Silva, Otamendi, Leonardo Silva , Emerson Conceição ; Pierre (Eduardo), Leandro Donizete, Rosinei (Carlos); Fernandinho (Dátolo) Marion e André. Técnico: Levir Culpi

ATLÉTICO-MG

Gols. Cícero, aos 37 do 1º tempo; e André aos 29 e 35 do 2º tempo Arbitragem. Péricles Bassols Pegado Cortez (RJ)

Peixe foi o mandante, mas não deu sorte na Arena Pantanal | FOLHAPRESS

Ganso ‘artilheiro’ dá vitória ao Tricolor no Maracanã

O QUE ROLOU NAS COPAS

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

GIGANTES

Antes de Messi encher a sala de casa com a maior coleção da história de troféus de melhor jogador do mundo, dois craques dividiam a honra de ter o maior número de prêmios da Fifa com três conquistas pra cada um. E os destinos de Ronaldo e Zidane se cruzaram em duas Copas seguidas. O francês estava em casa no Mundial de 98, mas era Ronaldo quem chegava ao torneio como o maior jogador do mundo. Além disso, tinha levado o Brasil à final com belas atuações, enquanto Zizou foi expulso no segundo jogo, ficou duas partidas e só foi brilhar mesmo na decisão. Enquanto Ronaldo tentava se recuperar da convulsão sofrida no dia da partida, Zidane marcava dois gols para garantir o primeiro título francês, depois de três semifinais dos Bleus com as gerações de Just Fontaine e Michael Platini.

REDENÇÃO A situação se inverteu quatro anos depois, na Coréia do Sul e Japão. Várias cirurgias no joelho direito faziam de Ronaldo uma aposta do técnico Luis Feli-

pe Scolari. Enquanto Zidane e a França, então campeã mundial e europeia, eram barbada, iriam longe na Copa de 2002. Pois o craque francês sofreu lesão muscular pouco antes do torneio, jogou só a última partida da 1a fase, e não evitou a eliminação sem gols. Enquanto Ronaldo arrancou com o Brasil para ser campeão e artilheiro com oito gols. Depois, os dois fariam dupla no Real Madrid.

SURPRESAS, POLÍTICA E NOVIDADES Para o torneio na terra de Jules Rimet, o pai da Copa, em 98, a Fifa subiu o número de seleções para 32, com espaço para novidades como África do Sul, Jamaica e Japão. O Irã venceu os EUA por 2x1, em jogo marcado pela tensão política entre os países desde o final dos anos 70, com forte esquema de segurança e protestos nas arquibancadas. E se a semifinalista Croácia foi a boa surpresa em 98, Turquia e Coréia do Sul apareceram como destaques em 2002, também entre os quatro primeiros. A arbitragem teve graves erros que favoreceram os sul-coreanos contra Espanha e Itália.

Colaboraram Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes, e Arthur Covre e Fábio França, da Bandnews FM. Sergio Patrick é apresentador da Rádio Bandeirantes e colaborador das rádios do Grupo Bandeirantes. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestões para spatrick@band.com.br.

Ganhou! Com gols do meia tricolor, São Paulo vence Flamengo por 2 a 0

Ganso garantiu os três pontos ao São Paulo | DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS

0 2 • •

Felipe; Léo Moura , Wallace, Samir e André Santos; Luiz Antonio (Lucas Mugni), Márcio Araújo, Everton (Negueba) e Paulinho; Alecsandro e Hernane (Elano). Técnico: Ney Franco

FLAMENGO

Rogério Ceni; Paulo Miranda, Lucão, Antonio Carlos, Reinaldo; Souza, Maicon (Hudson), Ganso; Alexandre Pato (Pabon) , Luis Fabiano e Osvaldo (Boschilia). Técnico: Muricy Ramalho

SÃO PAULO

Gols. Ganso, aos 22 minutos do 1o tempo e aos 46 minutos do 2o tempo Arbitragem. Ricardo Marques Ribeiro (MG)

“O Ganso, quando é competitivo, não há jogador que faça o que ele faz no futebol brasileiro. A bola corre mais fácil no pé dele” ROGÉRIO CENI, GOLEIRO DO SÃO PAULO

Paulo Henrique Ganso colocou um ponto final à sequência de três empates do São Paulo no Campeonato Brasileiro. No Maracanã, o meia viveu um domingo de artilheiro e anotou os gols da vitória tricolor sobre o Flamengo por 2 a 0. O jogo também marcou a estreia de Ney Franco, exSão Paulo e desafeto de Rogério Ceni, no comando do time carioca. Com o triunfo, o São Paulo chegou aos nove pontos na competição e se aproximou do G-4 na tabela de classificação. O time volta a campo pelo torneio na próxima quarta-feira, novamente no Maracanã, quando encara o Fluminense. METRO

Internado

Ex-presidente da FPF

Dr. Osmar de Oliveira apresenta melhora

Eduardo José Farah morre aos 80 anos

Osmar de Oliveira, comentarista da Bandeirantes, teve complicações decorrentes de uma cirurgia para retirada de um tumor na próstata, realizada na última terça-feira. Ele segue internado na UTI do Hospital AC Camargo e apresentou melhora ontem.

O ex-presidente da Federação Paulista – entre 1988 e 2003 –, Eduardo José Farah, morreu sábado aos 80 anos, no Hospital do Coração, por falência múltipla de órgãos.

METRO

METRO


20140519_br_metro abc