Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

QUERO SER MACANUDO

O ARGENTINO LINIERS FALA AO METRO: ‘DESENHAR É COMO COÇAR’ PÁG. 10 RIO DE JANEIRO Terça-feira, 13 de maio de 2014 Edição nº 882, ano 4 MÍN: 12°C MÁX: 28°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sunny www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

sleet

thunder

Carioca fica a pé de novo por 48 horas hazy

part sunny/ showers

thunder showers

windy

showers

Paralisação de rodoviários. Motoristas e cobradores de ônibus dissidentes do sindicato param por reajuste salarial. Prefeitura promete reforço para metrô, barcas e trens. PM faz esquema para evitar depredação PÁG. 03

Anac endurece punição para atrasos em voo Aérea que descumprir horários de pousos e decolagens durante a Copa terá multa de até R$ 90 mil PÁG. 06

Secretaria investiga sexo entre alunos de escola em Realengo Na coluna ‘Conversa Carioca’, Xico Vargas também fala do crescimento da violência em colégios públicos PÁG. 02

Ney Franco volta ao Fla e Jayme sai chateado

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Técnico soube pela imprensa que foi demitido. Substituto vai ser anunciado hoje PÁG. 12

O PROBLEMA É MAIS EMBAIXO Falha geológica pode ter causado crateras em Ipanema, diz Defesa Civil

Buracos apareceram em frente aos prédios 132, 133, 137 e 141 da rua Barão da Torre no domingo: obra da Linha 4 do metrô continuará paralisada | BRUNA PRADO/ METRO RIO

PÁG. 04

Seis PMs indiciados por morte de Claudia Inquérito policial indiciou dois dos policiais por homicídio culposo de mulher que também foi arrastada

PÁG. 03


1 FOCO

|02|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Abin vai monitorar a Copa Segurança. Agência Brasileira de Inteligência atuará no controle de possíveis ameaças ao Mundial. Cartilha ‘S.O.S Turista’ será distribuída no evento. Polícia Civil abre inquérito para investigar venda de ingressos em quartel dos bombeiros Possíveis riscos à segurança da Copa do Mundo, como as ações criminosas e os protestos, serão monitorados pela Agência Brasileira de Inteligência (Abin). O órgão inaugurou, ontem, um escritório no Rio de Janeiro. “Fizemos um trabalho prévio, principalmente as avaliações de risco dos estádios, hotéis, centros de treinamento. Estamos preparados para a Copa”, afirmou Frank Márcio de Oliveira, superintendente da Abin no Rio. O órgão atuará em conjunto com os centros coordenados pelos ministérios da Justiça e da Defesa. Ontem, em reunião com cônsules dos países que dis-

ciais militares bilíngues atenderão aos estrangeiros.

400

policiais militares bilíngues atenderão aos estrangeiros nas ruas do Rio de Janeiro durante a Copa do Mundo. putarão a Copa, no Palácio Guanabara, o secretário de Estado de Turismo Claudio Magnativa anunciou que a secretaria vai distribuir a cartilha “S.O.S Turista” durante o Mundial. O livreto dará orientações sobre segurança, defesa do consumidor, informação turística, prevenção e combate ao turismo sexual. Nas ruas, cerca de 400 poli-

Bombeiro é afastado A Polícia Civil instaurou inquérito para investigar o esquema de venda ilegal de ingressos para a Copa, dentro do Quartel Central do Corpo de Bombeiros, no Centro. O caso foi denunciado pelo “Fantástico”, da TV Globo. O sargento Rogério Cruz foi flagrado vendendo ingressos com preços até 20 vezes superiores aos da Fifa. Ele foi afastado do Corpo dos Bombeiros. METRO RIO

Leia sobre multas por atraso em voos na Copa na pág. 06. www.readmetro.com

Bares terão selos da Anvisa A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou a classificação de 243 bares e restaurantes do Rio de Janeiro, que aderiram ao programa de Categorização e Alimentos para a Copa do Mundo e que receberão selos de categorização para o Mundial.

Conversa carioca

XICO VARGAS XICO.VARGAS @METROJORNAL.COM.BR

Justiça eleitoral

Gasto esdrúxulo

O ministro do STF Marco Aurélio Mello criticou ontem o uso do fundo partidário pelo PT e PR no pagamento de multas dos condenados do mensalão. A denúncia foi publicada pelo jornal “O Estado de S. Paulo”. Marco Aurélio defendeu a suspensão do repasse dos recursos públicos divididos entre os partidos. “Esse é um gasto esdrúxulo, extravagante”, declarou o presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que deixa o cargo hoje e será substituído pelo ministro Dias Toffoli.

O jornalista Xico Vargas mantém a coluna ‘Conversa Carioca’ na rádio BandNews Fluminense FM, em dois horários, e na página da emissora no Facebook, além da coluna ‘Ponte Aérea’ em xicovargas.uol.com.br.

Desses 243 estabelecimentos, 20,20% estão na categoria A (melhores em classificação); 39,1% na B (falhas de baixo ou médio impacto); 23,70% na C (grande quantidade de falhas, mas dentro do limite aceitável do ponto de vista sanitário); e 17% pendentes (quanti-

dade de falhas inaceitável). O Rio está acima da média nacional, com 16,9% dos estabelecimentos na categoria A. Os selos serão distribuídos no final do mês pela Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonozes (Subvisa). METRO RIO

VIOLÊNCIA E SEXO NAS ESCOLAS PÚBLICAS O professor que ficou sob a mira do 38 de um aluno na escola municipal República do Líbano, em Vigário Geral, é certamente o mais novo integrante de um grupo que há décadas paga os pecados em salas de aula da rede pública do Rio. Municipal ou estadual, pouco importa a rede, a violência é a mesma e não se resume a moleques armados. Numa escola municipal de São Cristóvão, há coisa de dois anos, uma adolescente aproximou-se da professora de português e recomendou-lhe atenção para a nota que daria à prova que acabara de fazer, pois era namorada do traficante da área. A professora não revela os desdobramentos do episódio, mas saiu da escola no final do ano. Nas escolas estaduais, o banditismo também não deixa barato. Há pelo menos um caso de professor que recebeu determinação expressa para trocar de carro. O vermelho do seu automóvel não era cor aceitável num território sob domínio do TCP, a facção que se autodenomina Terceiro Comando Puro. Isso não aconteceria se o professor lecionasse em escola da Faixa de Gaza, como ficou conhecida a região próxima da Fundação Manguinhos. Ali, onde se localizam as fave-

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Galeão teve simulação de desembarque de seleções | MAURÍCIO FIDALGO/FUTURA PRESS

Ministro pedirá reforço na infraestrutura do Galeão O ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, acompanhou, ontem, um simulado para no aeroporto internacional do Galeão/ Tom Jobim. Foram testados percursos que serão feitos pelas seleções, autoridades e chefes de Estado.

Moreira Franco admitiu que o Terminal 1 do Galeão está em condições físicas inferiores ao Terminal 2. Ele ainda disse que pedirá reforço no controle e na infraestrutura de atendimento na área de imigração. METRO RIO

las Varginha, Manguinhos, Jacarezinho e Mandela, até outubro de 2012, quando o território foi ocupado, o domínio era todo do Comando Vermelho. Apesar da UPP, os traficantes continuam por lá, ainda que em menor número. Não é nada oficial ou direto, mas crianças que moram em áreas dominadas por outras facções não são bem vistas pelos colegas das escolas locais. Sobram relatos de professores e funcionários administrativos ameaçados de agressão. Inspetores de disciplina viraram os alvos preferidos desses bandidos adolescentes. Isso se tornou tão frequente e intenso que esses funcionários passaram a não interferir mais na ação dos grupos de alunos. O resultado não demorou e pode ser visto num vídeo de 4 minutos e 5 segundos que circula na internet. Na gravação, uma jovem de seus 13, 14 anos, faz sexo com cinco garotos, numa sala de aula de uma escola municipal. A cena tem pelo menos 10 adolescentes como plateia, enquanto outro grupo, talvez com o mesmo número, forma uma espécie de barreira na porta para impedir a entrada e a visão do interior. A secretaria de Educação já localizou a escola – sabe-se que é em Realengo – e trata do caso com discrição, psicólogos e grupos de orientação. Enquanto isso, porém, em Vila Kennedy está sendo preparado o segundo episódio do gênero. Cresce nessa favela o número de meninas estudantes que se fotografam nuas com os próprios celulares e endereçam as fotos aos amigos com oferta de sexo. Foi assim que começou em Realengo.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Rodoviários só voltam ao trabalho na quinta-feira Paralisação. Dissidentes do sindicato da categoria anunciam nova greve, desta vez de 48 horas. Grupo reivindica 40% de reajuste. Prefeitura monta plano de contingência para evitar caos A menos de um mês para a realização da Copa do Mundo, o carioca prevê dias difíceis para a cidade. Desde os primeiros minutos de hoje, dissidentes do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Urbanos (Sintraturb) entraram em greve de 48 horas. Na quinta-feira passada, o mesmo grupo fez uma paralisação que afetou os serviços de ônibus no Rio, deixando cerca de 2 milhões de pessoas prejudicadas na ocasião. Ontem, eles não chegaram a um acordo com o Sintraurb e o Sindicato das Empresas de Ônibus (Rio Ônibus), em audiência de conciliação realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT). Após a reunião, os integrantes do movimento saíram em passeata pelas ruas do Centro, complicando o trânsito na região. O grupo ligado ao Sintraurb é contra a greve e aceita a proposta dos em-

pregadores, que já deram aos trabalhadores um aumento de 10%. O grupo dissidente, porém, pede um aumento de 40% e exige o fim da função dupla de motorista e cobrador. Vandalismo Preocupada com novos casos de vandalismo, como os que aconteceram na semana passada, a prefeitura vai adotar um plano de contingência junto com a Polícia Militar e as concessionárias de transporte público. Metrô, trens e barcas vão operar na capacidade máxima, antecipando o início da operação em horário de pico. Haverá reforço nas linhas de ônibus que fazem ligações com esses modais. Já a PM vai garantir a segurança na saída das garagens dos quatro consórcios. Na outra paralisação, de 24 horas, cerca de 531 ônibus foram depredados. METRO RIO

Rodoviários saíram em passeata pelo Centro

Professores grevistas não participarão de reunião O Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação (Sepe) decidiu não comparecer hoje à audiência no Supremo Tribunal Federal (STF), marcada pelo ministro Luiz Fux. O encontro foi agendado para tentar evitar a greve que começou ontem. O ministro pretende identificar quais itens não estão sendo cumpridos do acordo firmado entre o Sepe e os governos estadual e municipal, em outubro do ano passado. As secretarias municipal e estadual de Educação do Rio confirmaram a presença dos secretários na reunião. Segundo o Sepe, a ida à audiência precisa ser aprovada em uma assembleia e a próxima reunião será realizada na quinta-feira. Segundo a Secretaria de Estado de Educação (See-

Escola vazia durante a greve, que começou ontem |

duc), apenas 218 professores faltaram ao trabalho ontem, e nenhuma escola deixou de funcionar. Já a Secretaria Municipal de Educação (SME) informou que 157 faltaram ontem. Já o sindicato estima a adesão em 60%. METRO RIO

JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

42.570 professores fazem parte da rede municipal. Já a Secretaria de Estado de Educação tem 75 mil docentes em sua rede.

| JOSE LUCENA/FUTURA PRESS

Engenheiros da prefeitura também vão parar Outra categoria decidiu entrar em greve hoje. Os engenheiros da Prefeitura do Rio vão paralisar as atividades por três dias. Mais de 1,2 mil profissionais vão cruzar os braços reivindicando melhoria salarial. Eles vão se concentrar às 10h, em frente ao Centro Administrativo São Sebastião, na rua Afonso Cavalcante, 455, no Centro. O movimento é liderado pela Sociedade dos Engenheiros e Arquitetos do Estado do Rio de Janeiro (SEAERJ) e quer a adoção pela administração municipal do piso de nove salários mínimos previsto na Lei da CLT para essa categoria profissional. Amanhã, os engenheiros estão convocando um ato, às 14h, em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). METRO RIO

|03|◊◊

Laudo aponta para morte em decorrência dos tiros | FABIO TEIXEIRA/UOL/FOLHAPRESS

Violência. Inquérito policial indicia seis PMs por morte de Claudia Seis policiais militares foram indiciados no inquérito da 29ª Delegacia de Polícia (Madureira) que investigava a morte da auxiliar de serviços gerais Claudia Ferreira da Silva, de 38 anos. Ela foi arrastada por um carro da PM após ser baleada no Morro da Congonha, na zona norte. O tenente Rodrigo Boaventura e o sargento Zaqueu Pereira Bueno vão responder pelos crimes de homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e fraude processual. Em depoimento, eles admitiram ter trocado tiros com traficantes no Morro da Congonha, em Madureira, no dia 16 de março, quando Claudia foi ferida. Além deles, o cabo Gustavo Meirelles, os subtenentes Adir Serrano Machado e Rod-

ney Miguel Archanjo, e o sargento Alex Sandro da Silva Alves vão responder apenas por fraude processual. Adir, Rodney e Alex estavam no veículo da PM que transportou Claudia da favela até o hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes. Eles estão presos. Quando o carro passava pela estrada Intendente Magalhães, a tampa do porta-malas abriu, e Claudia ficou presa ao para-choque por um pedaço de roupa. Ela foi arrastada pelo asfalto por um trecho de aproximadamente 350 metros, e teve parte do corpo dilacerado. Segundo a Polícia Civil, no entanto, ela não morreu em decorrência dos ferimentos provocados pelo atrito, mas por disparo de arma de fogo. METRO RIO

Ditadura. Suspeitos são presos com armas que eram do coronel Malhães Policiais da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam duas pessoas em flagrante, no fim de semana, por porte ilegal de armas, em uma residência em Santa Cruz, zona oeste. As armas eram da coleção do coronel reformado do Exército Paulo Malhães e haviam sido levadas do sítio dele, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, no dia 25 de abril, quando homens armados invadiram a casa do militar. Durante a ação, o oficial de 76 anos morreu. Segundo exame preliminar divulgado ontem pela Polícia Civil, a causa da morte do militar foi um enfarte. Os policiais informaram também que a identidade dos suspeitos será mantida

Armas que pertenciam a Malhães | IVALDO ANASTÁCIO/FUTURA PRESS

em sigilo para preservar as investigações. Ex-agente do Centro de Informações do Exército (CEI), Malhães havia prestado depoimento no dia 25 de março, à Comissão Nacional da Verdade, quando admitiu ter torturado durante a ditadura militar. METRO RIO COM ABR


|04|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Cratera do metrô deixa moradores sem serviços Situação caótica. Obras da Linha 4 do metrô, em Ipanema, levam transtorno a moradores. Defesa Civil ainda estuda causas do problema Após o susto na madrugada de domingo, os problemas. Depois da calçada ceder, na rua Barão da Torre, em Ipanema, próximo às obras da Linha 4 do metrô, os moradores se encontram em situação angustiante. Devido a um vazamento, o gás foi cortado no entorno. A CEG fez reparos no local, mas não há previsão de retorno. No prédio 137, em frente à cratera, o portão cedeu e várias rachaduras surgiram. No número 133, não havia luz. No 141, houve também um vazamento de água. Segundo Cláudio Teixeira, engenheiro e síndico, as obras já vinham causan-

do transtornos antes. “Todas as rachaduras do prédio aconteceram antes da cratera, durante o percurso da obra”, explica. As fissuras se espalham pela portaria e também pelos apartamentos. Para ele, o problema mais grave é a falta de informação qualificada. “Desde a madrugada de domingo, não recebemos nenhuma informação oficial”, reclama Cláudio. De acordo com o subsecretário municipal da Defesa Civil, Márcio Mota, o afundamento do solo foi causado, provavelmente, por uma falha geológica. “Em um determinado ponto encontrou-se uma falha geológica em

que houve o recalque da calçada e da pista, não dos prédios”, informou. O Consórcio Metrô Linha 4 Sul, responsável pelas obras, afirmou que os reparos foram feitos imediatamente, sem risco para os prédios, pois as medições apresentaram resultados dentro dos limites. O buraco já foi tapado e as obras do metrô foram interrompidas por tempo indeterminado. O prazo de conclusão, porém, segue o mesmo: segundo semestre de 2016. O consórcio responsável pelas obras da Linha 4 está tirando dúvidas da população através do número 0800 021 0620. METRO RIO E BAND

Operários trabalham no local, enquanto obras do metrô foram interrompidas

| FOTOS BRUNA PRADO / METRO RIO

Moradores reclamam de tratamento Apesar do consórcio e da Defesa Civil garantirem que não há risco, os moradores estão assustados. Alguns saíram de casa e aqueles que ficaram estão apreensivos. “Eu saí de casa e estou voltando hoje [segunda-feira]”, conta a advogada Aline Fernandes, de 38 anos, que diz não existir nenhum representante oficial para falar com os moradores.

Moradores afirmam que em nenhum momento foram oferecidas estadias em hotéis para quem não se sente seguro. “Como síndico, eu fiquei o domingo à disposição e ninguém ofereceu nada”, reclama Cláudio Teixeira, do 141. Morador do 133, o psicanalista Rafael Carvalho também comenta que não foram oferecidas vagas em hotéis. “Só re-

cebemos o valor da refeição, apresentando nota fiscal, porque estamos sem gás. Diante da rachadura do prédio, a alimentação é o de menos”, diz. Segundo o consórcio, o hotel só é oferecido quando há risco. Na madrugada de domingo, quatro moradores solicitaram estadia e foram atendidos. METRO RIO

“Eu durmo olhando para a cortina, de desespero, para ver se o prédio vai mexer. A gente vive apreensivo.” KARINA TEIXEIRA, ADMINISTRADORA

“Isso aqui é uma obra de igreja. Parece que não vai acabar nunca. Eles quebram, concretam, quebram, concretam...”

Moradores estão apreensivos. No prédio 141, houve até vazamento de água

MARCELO COSTA, ECONOMISTA

“É muito desagradável. Eles fazem e refazem. Eu acho que esse metrô não deveria passar por aqui.” LIDA MARIA ABATE, DONA DE CASA

Rachaduras no prédio 137. Onde há cones, havia um portão, que cedeu


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|05|◊◊

Petrobras avalia reajuste Câncer. Plano deve remédio contra da gasolina ainda este ano pagar efeitos de tratamento Combustíveis. Graça Foster afirma que redução da defasagem em relação ao exterior será fundamental para a estatal entrar em 2015 em melhor situação financeira A presidente da Petrobras, Graça Foster, sinalizou que o preço dos combustíveis deve subir até o final do ano. Sem fixar data ou percentual de reajuste, a executiva disse o ajuste será “moderado”, evitando repassar o movimento de volatilidade de curto prazo. Segundo Graça Foster, o câmbio ajudou a empresa a reduzir a diferença entre o preço que paga pelo combustível no exterior e o preço pelo qual o revende no país, mas enquanto a paridade não for “plena” continuará sempre defendendo o aumento dos preços. “Hoje, a orientação é não repassar a volatilidade para o mercado, mas não há paridade e nós precisamos considerar a possibilidade do aumento para entramos 2015 em melhores condições do que entramos este ano”, afirmou

Presidente da estatal diz que ajuste será moderado | MARCELO CAMARGO/ABR

ontem, em teleconferência com analistas e investidores. O controle de preços imposto pelo governo, sócio majoritário da estatal, para combater a inflação, é um dos fatores que tem impactado o resultado da estatal. Na última sexta-feira, a Petrobras informou queda de 30% no lucro líquido do

primeiro trimestre do ano, em relação ao mesmo período do ano passado, ficando em R$ 5,393 bilhões. Segundo a executiva, o lucro operacional e líquido da companhia também foram impactados por “efeito pontual” do provisionamento do PIDV (Plano de Incentivo à Demissão Voluntária), que inclui

8,2 mil empregados,. “Se excluirmos o provisionamento de R$ 2,4 bilhões em relação ao PIDV, o lucro operacional deste primeiro trimestre teria sido praticamente igual ao lucro do primeiro trimestre do último ano”, informou. Graça Foster garantiu que a produção de petróleo vai crescer 7,5% neste ano. Ela destacou que a produção atingiu 2,01 milhões de barris de petróleo e gás no primeiro trimestre. As ordinárias da Petrobras ganharam ontem 2,52%, a R$ 17,08. As preferenciais avançaram 2,04%, a R$ 18,03. Segundo analistas, o resultado da empresa veio em linha com as projeções do mercado, mas pesquisas eleitorais indicando chances de mudanças no governo continuam impulsionando os papéis da estatal. METRO

As operadoras de planos de saúde devem passar a oferecer novos medicamentos para controle dos efeitos colaterais causados pelo tratamento quimioterápico de combate ao câncer. Segundo norma publicada ontem pela ANS ( Agência Nacional de Saúde Suplementar), os planos terão que oferecer oito grupos de medicamentos de uso domiciliar para tratar os efeitos colaterais da quimioterapia, com as devidas instruções de utilização. A resolução da ANS cobre oito grupos de terapias de controle de efeitos colaterais, como diarreia, infecções, e náusea e vômito. A medida complementa uma outra anunciada em janeiro deste ano, que incluiu medicamentos de tratamento para câncer via oral no novo rol de procedimentos com cobertura obrigatória pelos planos de saúde contratados a partir de 1999. “A inclusão também dos que tratam os

Nova resolução Terapias incluídas: • Anemia com estimuladores da eritropoiese. • Infecções. • Diarreia. • Dor neuropática. • Neutropenia com fatores de crescimento de colônias de granulócitos • Náusea. • Vômito. •

Tromboembolismo.

efeitos colaterais possibilitam que o paciente faça seu tratamento todo em casa”, ressalta o diretor-presidente da ANS, André Longo. METRO


|06|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Anac adota multa para evitar caos durante a Copa Rigor. Governo cria regras para evitar descumprimento dos horários de pousos e decolagens As companhias aéreas que descumprirem horário de pousos e decolagens durante a Copa do Mundo serão punidas. A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) aplicará multas que variam de R$ 12 mil a R$ 90 mil por voo em atraso. Pilotos de aviões particulares poderão ter o brevê - autorização para pilotar - suspenso por 180 dias. Caso o problema ocorra com aviões estrangeiros, a Anac poderá suspender automaticamente a autorização de operar obrigando a aeronave a deixar o país já no próximo voo. Na prática, a Anac punirá os voos que apresentarem mais de 15 minutos de atraso.

Multas

R$ 30 mil R$ 60 mil

R$ 90 mil

é o valor máximo da sanção para as empresas que deixaram de usar horários de pousos e decolagens.

é a punição máxima para empresas que fizerem pouso e decolagem sem autorização prevista.

será o valor limite cobrado das companhias aéreas que usarem horários diferentes do autorizado pela Anac.

Todos os guichês de check-in deverão funcionar em horário de pico | ELZA FIÚZA/ABR

As novas regras entram em vigor hoje. A fiscalização nos 88 aeroportos que receberão passageiros da Copa, incluindo os 16 localizados em cidades-sede, será intensificada no período entre 5 de junho e 25 de julho. A Anac autorizou 1.973 novos voos durante o período do

Mundial. O governo deverá estender o regulamento para a operação de todos os aeroportos após a Copa. Os passageiros que acompanharão os jogos da Copa não poderão utilizar o novo terminal de Viracopos, em Campinas. Nenhuma das quatro obras prometidas foi en-

tregue até domingo, prazo final fixado para a Aeroportos Brasil, concessionária que administra o aeroporto. Os atrasos resultarão em multas que podem chegar ao teto de R$ 170 milhões previsto em contrato somado a mais até R$ 1,7 milhão por dia de atraso. METRO BRASÍLIA

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

ITAMARATY IGNORA SEGURANÇA E ESCANCARA O BRASIL. Não bastasse a

A CIRCULAR DO RISCO. A ordem do Itamaraty, liberando vistos em regiões tomadas por grupos terroristas, está na circular telegráfica nº 94443/375, de 7 de maio. ONDE MORA O PERIGO.

Mensalão. Delúbio deixa a CUT e volta à Papuda O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares teve o direito a trabalho externo revogado pelo presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa. Por 90 dias, o petista trabalhou como assessor da CUT, com salário de R$ 4,5 mil. Barbosa afirmou que a autorização dada pela Vara de Execuções Penais fere o Código Penal, que exige o cumprimento de um sexto da pena para ter direito ao benefício. Com a decisão, Delúbio deve voltar a cumprir a pena no regime semiaberto no Centro Penitenciário da Papuda. O benefício só poderá ser novamente pedido em dezembro. Outros casos A mesma interpretação foi usada para negar trabalho externo ao ex-ministro José Dirceu e revogar decisões favoráveis ao advogado Rogério Tolentino e ao ex-deputado Romeu Queiroz. Os ex-deputados João Paulo Cunha, Valdemar Costa Neto, Bispo Rodrigues, Pedro Henry e Pedro Corrêa, além do ex-tesoureiro Jacinto Lamas, deverão ser os próximos a perder os empregos. METRO BRASÍLIA

“LULA PRECISA DAR SATISFAÇÃO SOBRE A GOVERNANÇA DA PETROBRAS.”

entrada desenfreada de haitianos, o Itamaraty resolveu fazer a festa de movimentos como Al-Qaeda e assemelhados, abrindo as porteiras para que se mudem de mala e cuia para cá: às vésperas da Copa e das Olimpíadas, instruiu embaixadas e consulados a darem vistos – sem consulta prévia ao Brasil – para nacionais do Afeganistão, Irã, Iraque, Jordânia, Líbano, Líbia, Palestina, Paquistão e Síria.

Sem estrutura nem pessoal qualificado, embaixadas e consulados se valem de contratados locais para analisar a concessão de visto.

AÉCIO NEVES (PSDB) LEMBRANDO QUE REFINARIA SUPERFATURADA OCORREU NO GOVERNO LULA

uma vez o Grupo Caoa Hyundai, e sua fábrica em Anápolis (GO), com R$ 1 bilhão anuais de renúncia fiscal.

SABE DE NADA, INOCENTE.

A Secretaria de Segurança para Grandes Eventos do Ministério da Justiça diz que nada sabe sobre a porteira escancarada pelo Itamaraty. ‘CONTRABANDO’ BILIONÁRIO. Nesta terça (13), úl-

timo dia para sancionar (ou vetar) a Medida Provisória 627 e todos os seus “contrabandos”, a presidenta Dilma está na iminência de beneficiar mais

Dilma Rousseff | LEO FONTES/O TEMPO/FOLHAPRESS

A MÃE NA RODA. O eterno presidenciável Levy Fidelix é alvo de ação no TJ-DF por ter nomeado a mãe Lecy tesoureira do PRTB, sem sequer ser filiada.

PODER SEM PUDOR

Lei revogável Getúlio Vargas estava fora do poder, mas conservava apoio majoritário no Rio Grande do Sul. Em 1948, no interior, a Câmara Municipal recebeu um engenheiro para explicar a construção de uma ponte: - A obra será em concreto, com três pilares. - E se fizermos com dois pilares? – perguntou um vereador. - E se fizermos com apenas um pilar? – quis sa-

ber outro. - Não é possível por causa da Lei da Gravidade – descartou o técnico. - Mas, tchê, nós semo maioria e derrubamo essa tal Lei da Gravidade. Um terceiro vereador ponderou, liquidando o assunto: - Essa lei é do Getúlio Vargas e nós não vamos mexer naquilo que o homem fez... A ponte foi construída sobre três pilares.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|08|

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Moscou pede diálogo Militantes em troca de meninas entre Kiev e ativistas Crise. Ministério russo exorta governo ucraniano interino a reunir-se com separatistas. Kiev e EUA rechaçaram referendos de Donetsk e Luhansk Um dia depois dos referendos realizados no leste da Ucrânia, a Rússia pediu ao governo interino em Kiev ontem que debata a estrutura futura do país. Os separatistas pró-Moscou das províncias de Donetsk e Luhansk clamaram vitória nos referendos pela autonomia regional. Em um comunicado divulgado ontem, o Ministério russo de Exteriores disse que “as autoridades de Kiev continuam a mostrar uma indisposição criminosa para dialogar com seu próprio povo” e exortou o governo a realizar reuniões com representantes do leste e do sul do país. “Os resultados preliminares das urnas mostram de modo convincente um desejo real de parte dos cidadãos de Donetsk e de Luhansk pelo direito de tomar decisões independentes sobre questões de importância vital para eles”,

Em vídeo divulgado pelo Boko Haram, o líder do grupo islâmico extremista, Abubakar Shekau, disse que pretende trocar por militantes islamistas presos as mais de 200 meninas raptadas no nordeste da Nigéria. O vídeo foi enviado pelo grupo para a agência de notícias AFP. Nele, Abubakar diz que as adolescentes foram convertidas ao Islã. O vídeo mostra mais de 100 estudantes vestidas com

longos véus pretos e cinzas, sentadas em local não identificado e recitando passagens do Corão. Abubakar aparece com uniforme militar e segurando arma diante de uma tela, mas nunca ao lado das meninas. Ao todo, 267 adolescentes foram sequestradas de escola em Chibok, cidade em Borno, Estado nigeriano com uma importante comunidade cristã. Segundo a polícia, 223 delas continuam reféns. METRO

Boko Haram divulgou vídeo com meninas sequestradas | REUTERS TV

Análise

Quem se deve ajudar? Separatistas comemoram referendo em Luhansk | VALENTYN OGIRENKO/REUTERS

afirmou o comunicado. Embora a nota não sugira a independência dessas regiões ou sua anexação à Rússia, a chancelaria diz que “os resultados dos referendos deveriam ser postos em prática na forma de diálogo entre Kiev, Donetsk e Luhansk”. Ontem, o Kremlin disse que o presidente Vladimir Pu-

tin e o chefe da Organização para a Segurança e a Cooperação na Europa (OSCE), Didier Burkhalter, concordaram que o organismo deve fazer mais para fomentar o diálogo entre o governo ucraniano e os separatistas. Já os EUA disseram que não reconhecem o que chamou de referendos “ilegais”. METRO

O que ocorre na Nigéria, o rapto de meninas e a ameaça de vendê-las como escravas, é ruim para o Islã, obrigado a lidar com imagem de terror. Não se trata de caso único com perdas momentâneas. Desde os ataques contra os EUA, em Nova York e no Pentágono, o islamismo radical se consolidou nos manuais de terrorismo.

Mas interesses ocidentais também são afetados. Os EUA optaram por não intervir militarmente na Síria porque o islamismo radical é parte da oposição ao ditador no poder. Uma intervenção poderia dar mais poderes aos radicais num Oriente Médio já encrencado, sem que Israel e palestinos aceitem dialogar de novo. Também poderia resultar em dar mais poderes ao islamismo radical uma intervenção contra os militares que tomaram o poder no Egito e golpearam a Ir-

mandade Muçulmana, com histórico de radicalismo. Quase o mesmo se coloca para a Nigéria, onde manda uma ditadura corrupta regada a petróleo explorado por empresas ocidentais. Ajudá-la, e isso se tornou necessário tal a crueldade em jogo, não exclui o fato de que também é ajudado quem não merece. NEWTON CARLOS Jornalista


CULTURA

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Definir “Macanudo” é difícil. Talvez porque seu criador, Ricardo Liniers Siri (ou simplesmente Liniers), goste de quebrar expectativas ou porque cometemos o erro de vermos a tira com olhos de adulto. Liniers é alegre e simples, mesmo que sua obra tenha saído do jornal “La Nación”, em sua Argentina natal, para as páginas da prestigiada revista americana “New Yorker”. O Metro Jornal conversou com o quadrinista, que retrata a si mesmo como um coelho míope e desde 2008 viaja pelo mundo com o compositor Kevin Johansen desenhando (literalmente) suas canções. É difícil processar que estou falando com um coelho branco de óculos… (risos) Queria ser um personagem de “Macanudo”, mas tinha muita vergonha. Então faço como se estivesse em uma festa à fantasia. Quando você põe uma máscara, está disposto a fazer papelão com mais entusiamo. Já caracterizaram “Macanudo” como mística, surrealista e inocente. Como você se sente com essas definições? Livre. Sem molduras. Não posso fazer o mesmo sempre. Cuido para que seja uma tira o mais parecida comigo,

LINIERS Quadrinista argentino que já estampou capa da revista ‘New Yorker’ revela simplicidade e apreço ao trabalho ao Metro Jornal

‘NÃO PENSEI QUE ME LEVARIAM A SÉRIO’ Para todo os ilustradores, este é o Everest. O fato de meus desenhos estarem lá é algo tão absurdo que nunca me passou pela cabeça. Não pensei que me levariam a sério. USI

2

|10|

que reflita o que se passa em minha cabeça. Tenho tido a sorte de as pessoas terem paciência para me aguentar. “Macanudo” tem quase 12 anos. O que ela tem para ter cativado tanta gente? Realmente não sei (risos). Achava que faria isso por apenas dez anos, porque pensava que minha pilha acabaria. Mas [a tira] ainda me diverte.

Não sei quanto vai durar. Talvez 50 anos, como “Snoopy”. Mas são 12 anos de tira diária. Em algum momento essa tarefa não foi tediosa? É como coçar. Por mais que seja prazeroso, se você o faz por muito tempo, começa a doer. Mas tudo bem, é melhor ter trabalho do que apenas me coçar (risos).

Você sempre demonstrou sua admiração por Picasso… É porque ele era um menino, por isso o admiro. Sempre busquei essa liberdade e a falta de medo que os pequenos têm ao fazer suas coisas. A eles não importa se dizem se desenham bem ou mal. Como você recebeu a notícia de que seu trabalho seria publicado na “New Yorker”?

Hoje você é um rockstar com lápis e pincel nas mãos. O que sempre quis foi desenhar e ter um trabalho. Estava destinado a fazer rabiscos em um escritório, não a viajar pelo mundo. Mas as coisas que não estão nos planos são aquelas que a gente aproveita mais. JOSÉ BARRETO METRO INTERNACIONAL

Dois novos volumes de ‘Macanudo’ saem no Brasil até o fim do ano; enquanto isso, confira coletâneas de Liniers já publicadas no país “MACANUDO V.1” (2008) ED. ZARABATANA 96 PÁGS. R$41

“O QUE EXISTE ANTES QUE EXISTA TUDO” (2009) ED. GIRAFINHA 36 PÁGS. R$ 28

“MACANUDO, V. 3” (2010) ED. ZARABATANA 96 PÁGS. R$ 41

“BONJOUR” ED. ZARABATANA 128 PÁGS. R$ 51

“MACANUDO, V.6” (2013) ED. ZARABATANA 96 PÁGS. R$ 41

Poesia feita de luz e magia Amor pelas latinas

“Eu me apaixonei por vocês. Esperamos vê-los novamente em breve. H.” HARRY STYLES, INTEGRANTE DA BANDA ONE DIRECTION, QUE ESCREVEU ONTEM, NO TWITTER, QUE SE APAIXONOU PELAS MULHERES DA AMÉRICA LATINA.

Era uma vez uma filha de um duque que, um dia, teima em não acordar. Seu pai entra então em desespero e não sabe mais como reinar. Eis que, na verdade, Aurora foi para outro lugar. Na longínqua Lemuria, a missão da pequenina vai ser a Rainha Negra enfrentar para, assim, à casa retornar. É desse modo, com rimas atrás de rimas integralmente legendadas e dubladas para o português que se constrói a narrativa de “Child of Light” (filha de luz, em tradução livre), novo game da Ubisoft Montreal que acaba de chegar ao mercado brasileiro. O jogo destoa das franquias de ação que costumam tomar as prateleiras das lojas. Com desenhos delicados em 2D e efeito de aquarela, os gráficos parecem ilustrações animadas de livros infantis.

Aurora é a protagonista do novo jogo

A impressão é de se estar protagonizando o conto de fadas que é a história de Aurora. A maior qualidade de “Child of Light”, no entanto, não se restringe a sua beleza. O visual compõe o

clima de melancolia que invade a garota, em busca de entender o que aconteceu e voltar para casa com a ajuda de um novo amigo, o vagalume Igniculus, seu escudeiro na hora de superar as

criaturas mágicas que surgem em seu caminho. Aurora se descobre mais forte do que aparenta, com uma incrível capacidade de voar. Ela precisa provar essa força ao lidar com uma espa-

da maior do que si contra os inimigos, em combates em que cada oponente tem sua vez de atacar. Eles são fruto da Rainha Negra, que roubou a Lua, o Sol e as estrelas e condenou Lemuria às trevas. A missão da pequena será justamente reconquistar a luz para voltar aos braços do pai. O jogo custa R$ 35 e está disponível para PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One, Wii U e PC. METRO


RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Stormtroopers vivem novas ‘aventuras’ Star Wars. Fotógrafo faz imagens engraçadas com bonecos da saga em momentos irônicos No último dia 4 foi comemorado o Dia Mundial Star Wars, “May the 4th be with You” (um trocadilho em inglês com a famosa frase “May the force be with you” -- ‘que a força esteja com você’ -- e a data do evento, uma vez que a pronúncia do número quatro lembra o som da palavra “force”, no idioma), em homenagem à saga do diretor norte-americano George Lucas. Isso mostra o quanto a história é venerada no mundo. Um desses admiradores, Darryll Jones, um sul-africano radicado em Londres, estava descontente com sua rotina e com a falta de temas para suas fotografias, e resolveu co-

{VARIEDADES} Os invasores

|11|◊◊

Leitor fala

Cratera em Ipanema

Cruzadas

Moro na rua Barão da Torre, em Ipanema, e levei um susto com o estrondo ocorrido no domingo, com o afundamento da calçada. Além disso, ficamos sem água, gás e internet. É um absurdo! Isso também coloca em dúvida sobre a segurança das obras do metrô. Quem garante que estaremos seguros ao passar por esses túneis? SUZANA TELLES - RIO DE JANEIRO, RJ

Greve dos professores

meçar a fotografar seus Stormtroopers, os soldados imperiais dos filmes. O fotógrafo usou o Instagram para compartilhar vários momentos inusitados de seus bonecos: andando de moto e de Fusca, limpando a casa e nadando no meio de pipocas. No seu perfil na rede social, Jones descreve sua ação: “Tenho brinquedos. Eles querem que tire suas fotos”. Os figurinos dos bonequinhos seguem o mesmo sentido bem-humorado das fotos, com itens como avental rosa, calça azul, kilt escocês, vestidos coloridos ou apenas o tradicional uniforme branco. METRO

Meu filho estuda em colégio municipal e os professores entraram em greve. Apesar de ele perder aulas, eu entendo o lado dos professores. Não há estrutura nas salas de aula e a remuneração não condiz com a importância desse profissional. Sem o professor, não há a formação dos outros profissionais. Por outro lado, eles não podem prejudicar ainda mais os estudantes, que ficaram tanto tempo sem aula com a última greve ocorrida. Que esse impasse seja logo resolvido! VINÍCIUS MOREIRA– RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

As empresas aéreas que atrasarem voos serão multadas pela Anac em até R$ 90 mil. A medida reduzirá os problemas do tráfego aéreo?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroRJ

@luisagatinha

Sudoku

Acho que sim, porque a multa é alta. Quando atinge o bolso, as empresas começam a tomar jeito! @pitty_lui6

Claro que não. O problema não é só o tráfego aéreo, mas também a estrutura dos aeroportos. @soaressoares2

Se realmente houver fiscalização dessas empresas, pode ser que funcione. A multa é alta.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Stormtrooper limpa a sujeira do cão | REPRODUÇÃO/DARRYLLJONESINSTAGRAM

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

O momento é indicado para pesquisas e cautela antes decisões financeiras. Dia propício para se dedicar a crenças e temas espirituais.

O empenho a assuntos domésticos será mais frequente, tanto para ajustes do lar ou de questões junto a familiares.

Tenha mais atenção com seu ritmo para não sobrecarregar a mente, o corpo e a saúde. Terapia, temas espirituais e exercícios farão bem.  

Cuide para que a atenção aos problemas de quem gosta não atrapalhe a atenção com os seus. Solidariedade é importante, mas com bom senso.

O envolvimento com estudos, leitura, atividades culturais e temas diferentes que façam bem ao intelecto fará muito bem ao seu dia.

A dedicação a novos círculos sociais tende a ser mais intensa. Ocasiões que envolvam amizades e grupos farão bem ao dia.

Período de atenção dobrada para evitar críticas e esclarecer equívocos nas relações. Gestos prestativos são sempre bem vindos.

Momento para valorizar o que tem e evitar consumismo com interesses apenas pela aparência ou por falsa impressão de eficiência.  

Atente-se para que a dedicação com suas obrigações cotidianas não impeçam os momentos especiais da vida afetiva.

Às vezes expressar sentimentos é necessário para que a pessoa amada não tenha que adivinhar tudo o que você gosta.

Tendências a resgatar lembranças especiais e a retomar assuntos afetivos, esteja solteiro ou mesmo se for comprometido.   

Momento propício para esclarecer pendências jurídicas, assim como burocracias que envolvam temas materiais e negociações.     


3 ESPORTE

|12|

Avisado pela imprensa, Jayme se diz ‘indignado’ Fla. Ney Franco será apresentado hoje como novo técnico. Jayme de Almeida diz que faltou respeito e que não aceita ficar em outra função

Bate e assopra

“Os torcedores podem esperar um grande torneio. Eles podem esperar encontrar o Brasil, um país incrível. Um país que tem música, samba e uma série de coisas que o tornam único no mundo.” JÉRÔME VALCKE, SECRETÁRIO GERAL DA FIFA, ONTEM, EM ENTREVISTA AO SITE OFICIAL DA ENTIDADE, SOBRE O FATO DE FALTAR UM MÊS PARA A ABERTURA DO MUNDIAL. SEMANA PASSADA, NO ENTANTO, ELE HAVIA DITO QUE A PREPARAÇÃO DA COPA NO BRASIL ERA “UM INFERNO” E ALERTOU OS TORCEDORES ESTRANGEIROS PARA ESPERAREM UM “CAOS”. ONTEM, MAIS 11 SELEÇÕES DIVULGARAM SUAS CONVOCAÇÕES OFICIAIS.

RIO DE JANEIRO, TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

A derrota para o Fluminense por 2 a 0, domingo, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, fez mais estragos do que colocar o Flamengo perto da zona de rebaixamento. No início da noite de ontem, o rubro-negro anunciou a demissão do técnico Jayme de Almeida. Ney Franco – que deixou o Vitória (BA) – não foi oficializado, mas deve ser apresentado hoje. O desgaste ficou por conta da demora em comunicar a demissão e pelo fato de Jayme ter ficado sabendo do seu afastamento pela imprensa. Ney Franco recebeu uma ligação da diretoria do Flamengo antes do clássico contra o Bahia, que terminou 1 a 1, domingo, mas só acertou o contrato com o time da Gávea até 2015 depois do jogo. No entanto, apesar de ter procurado o novo técnico com antecedência, até o final da tarde de ontem o Flamengo não havia entrado em contato com Jayme de Almeida: “Estou no meu dia de folga, na praia, com a minha esposa, almoçando e ninguém do Flamengo entrou em contato comigo”, revelou Jayme, por telefone, em entrevista ao canal Sportv, por volta das 14h. Ele só foi comunicado da demissão às 18h30. “Abominável” Em entrevista à Rádio Bradesco Esportes FM, o treinador, que comandava os juniores antes de assumir o time profissional, em setembro de 2013, adiantou que não retornará à sua antiga função, caso receba a proposta. “Estou indignado pela atitude do Flamengo. Abominável, no mínimo, para não falar outras coisas. Eu sou um cara que, perdendo ou ganhando, sempre fui correto, honesto, olho no olho. Então, esperava o mesmo tratamento. Como é que eu vou conti-

Ney Franco retorna ao Fla sete anos depois | RAFAEL NEDDERMEYER / FOTOARENA

Retorno

Ney Franco volta sete anos depois

Em sua primeira passagem pelo Flamengo, em 2006, Ney Franco disputou 74 jogos, com 33 vitórias, 17 empates e 24 derrotas. No clube da Gávea, ele conquistou a Copa do Brasil daquele ano e o Carioca de 2007. Na época, o treinador não deu certo por ter indicado muitos jogadores do seu nuar trabalhando com uma diretoria que não me respeita? Eu sou bobo da corte? Não tem a menor chance”, disse. Jayme recebia cerca de R$ 120 mil de salário no Fla. Ele tinha contrato com o clube até o fim de 2015. A multa rescisória é de aproximadamente R$ 3 milhões. O diretor de futebol, Paulo Palaipe, que ficou à margem da negociação com Ney Franco, também foi demitido. O Flamengo é 16º colocado na tabela, com 4 pontos. Ney Franco já comandará o time contra o São Paulo, domingo, as 16h, no Maracanã, pela 5ª rodada. METRO RIO

ex-clube, o Ipatinga, para jogar no Flamengo. Domingo à noite, após o Ba-Vi, Ney Franco se reuniu com a diretoria do Vitória e anunciou seu desligamento, alegando motivos pessoais. “Agradeço à diretoria do Vitória pelo apoio e pelas ótimas condições de trabalho que me foram oferecidas enquanto estive no clube”, disse o treinador, por meio da assessoria de imprensa do time baiano. METRO RIO

“Como é que eu vou continuar trabalhando com uma diretoria que não me respeita? Eu sou bobo da corte? Não tem a menor chance.” JAYME DE ALMEIDA

49 jogos

no comando do time principal do Fla fez Jayme de Almeida (27 vitórias, 12 empates e dez derrotas). Ele ganhou a Copa do Brasil (2013) e o Carioca deste ano.

Opinião

HELIO CASTRONEVES HELIO.CASTRONEVES @METROJORNAL.COM.BR

A INDY 500 JÁ COMEÇOU! Oi pessoal do Metro! Estou aqui em Indianápolis desde o último dia 7 e tenho muita coisa para contar. É que estamos no super mês de maio, que começou no dia 8 com os treinos livres para o Grand Prix of Indianapolis, que aconteceu no sábado passado, e só vai terminar na segunda-feira, 26, dia da premiação da Indy 500 do dia anterior. A gente fala muito na atmosfera especial de Indianápolis. Mas se é fácil de sentir, é difícil de explicar. Acho que só mesmo estando aqui para entender essa coisa meio mágica e extremamente competitiva. E se imaginarmos que agora é primavera e o clima está quente, justamente numa das regiões de inverno rigoroso nos Estados Unidos, o som dos motores e o sol forte são elementos indispensáveis dessa festa. Gente, eu não posso falar do início do trabalho para a Indy 500 sem homenagear os caras da minha equipe. Eles são demais! Como vocês viram na Band no sábado, tivemos a primeira corrida da IndyCar no misto de Indianápolis. Conquistei o pódio com a 3ª colocação e foi uma maneira sensacional de comemorar o meu aniversário de 39 anos. Teve bolo, o carinho dos fãs, a presença da família. Mas eu estava falando dos mecânicos. Eu corri com as cores vermelha e branca da Verizon. Só que eu correrei a Indy 500 com a histórica cor amarela da Pennzoil. Como o primeiro treino no oval aconteceu domingo, no dia seguinte à corrida no misto, os caras passaram boa parte da noite transformando para o amarelo tudo o que era vermelho e branco. Quando eu digo “tudo”, é tudo mesmo! Foi incrível. A prova de sábado foi muito boa porque o resultado me permitiu subir quatro posições na tabela do Verizon IndyCar Series. Agora estou em 4º. Além disso, o circuito é ótimo e será um prazer voltar a correr nessa alternativa de traçado. Interessante foi ver o público tradicional do oval curtindo também uma prova que, para nós da Indy, foi inédita. O primeiro treino para a Indy 500, domingo, foi muito bom. A gente andou bastante e deu para avançar no acerto de corrida e de qualificação. Das minhas 83 voltas, fiquei como o terceiro mais rápido do dia e consegui uma média superior a 355km/h. Na verdade, foi um dia muito bom para o Team Penske porque fizemos 1-2-3, com o Will na frente e o Montoya em 2º. Agora é trabalhar para avançar mais. Fico por aqui porque o treino já está começando e depois tenho eventos para participar. Então, se deixasse para escrever depois do treino, iria deixar o pessoal maluco na redação do Metro por causa do atraso. É por isso que não estou contando detalhes do dia. Bom, vou para pista e semana que bem estarei de volta. Abraço e vamos que vamos!!! Helio Castroneves, 39, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 28 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputa em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.

Fluminense

Botafogo

Cristóvão Borges repete o time

Dória pode ir para o São Paulo

O técnico do Flu usou o mesmo time nos últimos seis jogos, com cinco vitórias e uma derrota. E promete repetir a escalação contra o Grêmio, domingo, no Sul. O tricolor é o vice-líder do Brasileiro, com 9 pontos. METRO

Precisando de dinheiro, o Botafogo pode negociar um dos seus principais jogadores, o zagueiro Dória, criado nas categorias de base do clube. O São Paulo já fez a proposta e aguarda uma decisão do alvinegro para fechar o negócio. O Glorioso, que derrotou o Criciúma por 6 a 0, sábado, no Maracanã, abre amanhã a quinta rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Goiás, em Goiânia, às 22h. Com a vitória, o time subiu da 19ª para a 13ª colocação, com 4 pontos. METRO RIO

Vasco

William Barbio volta ao Bahia Sem dinheiro, o Vasco liberou o jogador por empréstimo para o Bahia, ontem. METRO RIO


RIO DE JANEIRO - TERÇA-FEIRA, 13 DE MAIO DE 2014


20140513_br_metro rio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you