Page 1

DIVULGAÇÀO

Cantora terá a companhia da capixaba Katia Rocha no espetáculo

Boa música às Seis e Meia Mariana Aydar canta amanhã no Carlos Gomes

JACK BAUER VAI A LONDRES EM NOVA TEMPORADA DE “24 HORAS” PÁG. 09

UNION JACK

Kiefer Sutherland é Jack Bauer

PÁG 09

GRANDE VITÓRIA Terça-feira, 6 de maio de 2014 Edição nº 24, ano 1 MÍN: 20°C MÁX: 30°C

www.readmetro.com | leitor.gv@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrogv

Vitória usa Guarda para punir quem sujar as ruas Ação Cidade Limpa. A prefeitura promete apertar o cerco contra quem joga lixo nas ruas. Ela vai acionar a Guarda Municipal para realizar fiscalizações em várias áreas da cidade. A multa será de R$ 254, e quem se recusar a recebê-la poderá ser levado para a delegacia PÁG. 03

CARIACICA GANHA SHOPPING Shopping Moxuara cria 3 mil empregos e diversifica setor de comércio e serviços na região PÁG. 06

Juninho aposta no crescimento junto à BR 262 Em entrevista ao Metro, prefeito de Cariacica afirma que quer tornar a área uma grande avenida comercial PÁG. 04

Morte de taxista mostra (de novo) os riscos da profissão Motoristas de táxi da Grande Vitória enfrentam todos os dias o medo e a insegurança ao ir para as ruas PÁG. 02

RECICLE A INFORMAÇÃO: NÃO JOGUE ESTA PUBLICAÇÃO NAS VIAS PÚBLICAS. PASSE ESSE JORNAL PARA OUTRO LEITOR.

Campos quer BC autônomo Candidato do PSB é o segundo entrevistado da série do Canal Livre Shopping conta com 236 lojas espalhadas em quatro pisos, além de salas de cinema, torres comerciais e área para eventos culturais | CHICO GUEDES/ METRO GV

PÁG. 07


|02|

1 FOCO

Brasília

Duas CPIs da Petrobras A falta de acordo entre governistas e a oposição levará o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), a determinar hoje a criação de duas CPIs para investigar a Petrobras: uma mista, formada por deputados e senadores, e uma exclusiva do Senado. Calheiros tentou impedir a CPI da oposição, com recurso, ontem, junto ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Cotações Dólar + 1,26 (R$ 2,24) Bovespa + 0,88% (53.446 pts) Euro + 0,42% (R$ 3,09) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Medo: passageiro constante no táxi

Nas ruas

Você já foi vítima de algum crime enquanto trabalhava com táxi?

Luto e protesto. Após morte de colega, taxistas falaram de insegurança e fecharam a 3ª Ponte Horas após a morte do taxista vítima de uma bala perdida em Vila Velha, motoristas de táxis da Grande Vitória protestaram em solidariedade ao colega. Cerca de 40 carros partiram em carreata do Departamento Médico Legal até a Terceira Ponte, onde o trânsito foi totalmente impedido nos dois sentidos da pista, durante cerca de meia hora, ontem à tarde. Nas ruas, o Metro confirmou a insegurança de quem vive a rotina atrás do volante de um táxi. Dos 10 taxistas entrevistados, sete já foram assaltados. Com 46 anos (17 dedicados à profissão), Geraldo dos Santos Reis conta que já foi roubado 12 vezes e diz que falta policiamento, opinião compartilhada por todos os outros entrevistados que já foram assaltados. “Não há abordagem quando estamos com passageiros, só quando estamos sozinhos. É humilhante, parece que nós somos os criminosos”, desabafa Reis, que trabalha em Cariacica. Comandante do Policiamento Ostensivo Metropolitano, coronel Carlos Henrique França garante que há abordagens diárias em todos os meios de transporte. “Temos blitze, mas a principal recomendação ainda é o botão do pânico, que aciona o socorro imediato”, diz. VINICIUS ARRUDA METRO GRANDE VITÓRIA

“Tiro partiu de alguém treinado para proteger”

Pela segunda vez em dois dias, taxistas interditaram ponte

Charles Dias da Conceição: morto a tiro por PM | REPRODUÇÃO

| VALÉRIA VIEIRA/TV CAPIXABA

Marcos Cassimiro, irmão de Charles: “É difícil acreditar”| CHICO GUEDES/METRO

“Quando falamos sobre balas perdidas pensamos em bandidos. É difícil acreditar que o tiro que matou meu irmão partiu de um policial”, afirmou ontem Marcos Cassimiro, irmão do taxista Charles Dias da Conceição, 28. A vítima foi baleada na cabeça, no sábado, em Itaparica, Vila Velha, por um policial militar que apartava uma briga na frente de um cerimonial. Charles morreu ontem, às 5h40. Marcos contou que o irmão trabalhava havia um ano e meio como motorista de táxi para realizar o sonho de trabalhar embarcado numa plataforma de petróleo. “Juntava dinheiro para um curso. Jamais poderia imaginar que ele seria morto por alguém treinado para proteger.” O soldado Anthony Jullius da Costa, autor do disparo, apresentou-se à Corregedoria da PM e está em liberdade. Segundo a corporação, a arma foi encaminhada à Delegacia de Homicídios, que investiga o caso. A Corregedoria também abriu processo administrativo. O corpo de Charles foi velado na Assembleia de Deus de Alvorada, Vila Velha, e o enterro está marcado para as 10h de hoje, no Jardim da Paz de Cariacica. Taxistas prometem um novo cortejo. METRO

“Em 17 anos de profissão, já fui assaltado 12 vezes. A Polícia Militar não faz abordagem, e quando faz parece que nós somos os criminosos” GERALDO REIS, 46, TRABALHA EM CARIACICA

“Fui vítima de assalto em Jardim da Penha, num sinal. Levaram o carro e o dinheiro. Espero não passar por isso nunca mais” RAIMUNDO DE PALMA, 37, TRABALHA EM VITÓRIA

“Já fui assaltado duas vezes. Em 14 anos, contei apenas cinco abordagens ao meu táxi. Nossa proteção vem de Deus” MARLON POLONI, 42, TRABALHA EM VILA VELHA

Estado fará estudo de ciclovia na ponte O governo do Estado vai contratar uma empresa para realizar um estudo de viabilidade e projetar a implantação de ciclovia na Terceira Ponte. A decisão foi tomada ontem pelo governador Renato Casagrande e pelo secretário Estadual de Transportes e

Obras Públicas, Fábio Damasceno, durante reunião com representantes do CUC (Ciclistas Urbanos Capixabas). Segundo Damasceno, o edital de licitação para contratação da empresa será lançado até o final deste ano. Membro do CUC, o ciclis-

ta Rafael Darrouy comemorou o resultado da reunião. “É uma vitória para quem não tinha nenhuma proposta até então. Pelo menos agora temos como cobrar do governo uma mudança”, diz. Segundo ele, foi discutida a possibilidade de se fa-

zer a ciclovia sob a ponte, em uma espécie de gaiola. Municípios Em Vitória, a prefeitura vai implantar ciclovia na Ponte de Camburi, ainda este semestre, e ampliar a ciclovia da Avenida Munir Hilal, em

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

leitor.gv@metrojornal.com.br 027/2124-3426

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini Editor Chefe: Luiz Rivoiro. Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

COMERCIAL: 027/3334-1749

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Metro Grande Vitória. Diretor de Jornalismo: Antonio Carlos Leite (MTB: 20074-82). Editora-Executiva: Zainer Silva. Editora: Luciana Raymundo. Coordenadora Comercial: Scheila Ramos. Diagramação: Nathália Halcsik. Sá Comunicação. Presidente: Waltinho Cavalcante. Diretor-geral: Antonio Carlos Lima.

Jardim Camburi. Em Vila Velha, serão criadas até dezembro ciclovias em ruas que ligam o Centro ao bairro Divino Espírito Santo. Na Serra, há ciclovia sendo implantada no Bairro de Fátima e previsão de ampliação em Barcelona. PRISCILLA THOMPSON/METRO

Endereço da Redação: Avenida Presidente Costa e Silva, 60, Bairro República, CEP 29070-150, Vitória (ES) O jornal Metro é impresso na Gráfica Metro A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Guarda e multa contra lixo na rua em Vitória Mais rigor. Poderá até parar na delegacia aquele que se negar a jogar sujeira no local correto e recusar notificação Quem for flagrado jogando lixo nas ruas de Vitória, a partir de hoje, pode acabar na delegacia. A prefeirura vai promover fiscalizações diárias em conjunto com a Guarda Municipal para apertar o cerco contra os “sujões”. É a “Ação Cidade Limpa”. Quem for abordado pela fiscalização e se negar a jogar o lixo no local correto pode ser multado em R$ 254. E, se a pessoa se negar a receber a multa, será encaminhada para a delegacia, explica o secretário municipal de Serviços, Alex Mariano. “Precisamos trabalhar a consciência das pessoas. Temos mais de 2,2 mil lixeiras espalhadas pela cidade, e ainda assim muitas pessoas insistem em jogar lixo no chão. Desde 2000, uma lei prevê a aplicação da multa”, frisa.

Prefeitura estuda multa por quantidade despejada | CHICO GUEDES/METRO GV

A intenção, segundo ele, não é punir a população, mas orientar. Por isso, a primeira abordagem será sempre na tentativa de fazer a pessoa corrigir o erro. “Se a pessoa se recusar a jogar o lixo no local certo, o fiscal chamará a

Guarda para aplicar a multa”. Somente se a pessoa se recusar a mostrar sua identificação é que vamos encaminhá-la para a delegacia, para que ela se identifique e possamos lavrar o auto de infração”, comenta.

Alteração na lei A prefeitura também está elaborando uma alteração na lei para aumentar as multas de acordo com o local de destinação do lixo e da quantidade despejada. A proposta prevê valores maiores para quem joga lixo na rede de drenagem, em áreas de preservação ambiental ou quantidades maiores que 200 quilos em locais incorretos. As ações de fiscalização começarão pelo centro da Capital e vão percorrer os bairros até dezembro deste ano. Na Serra, também há multa para quem joga lixo no chão. A fiscalização é feita por equipes do Meio Ambiente e de Posturas. PRISCILLA THOMPSON METRO GRANDE VITÓRIA

Fique atento Como serão as ações de fiscalilzação: Ab dage Três fiscais acompanhados de dois guardas municipais farão rondas pela cidade e abordarão quem for flagrado jogando lixo no chão M a Quem se recusar a jogar o lixo no local correto será multado em R$ 254 De egacia Se houver recusa em receber a multa e se identificar, o morador será levado para a delegacia para se identificar

|03|◊◊

Vila Velha. Moradores querem retirar abrigo Moradores do Centro de Vila Velha querem retirar do bairro o espaço de acolhimento a moradores em situação de rua, chamado de Centro Pop, instalado na rua Arariboia. Eles reclamam que a permanência dos acolhidos gera insegurança. De acordo com o presidente da Associação de Moradores da área, Wolmar José Médici Júnior, um ofício com um abaixo-assinado contendo 545 nomes foi protocolado ontem na prefeitura. “Demos ao município um prazo, até 13 de maio, para uma resposta. Caso contrário, fecharemos as ruas Henrique Moscoso e Castelo Branco, em protesto”, destaca. Médici diz que a comunidade não foi ouvida sobre o abrigo, que já mudou de endereço uma vez. “O número de assaltos aqui aumentou”, assegura. A Secretaria de Assistência Social de Vila Velha informa que recebeu a solicitação e analisa o caso. METRO


|04|

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

CHICO GUEDES/METRO GV

JUNINHO Geraldo Luzia Júnior, prefeito de Cariacica, aposta em polos comerciais, trânsito e revitalização para promover mais desenvolvimento econômico na cidade.

‘VAMOS MUDAR A REGIÃO DA BR-262’ Criação de polos empresariais, transformação da região às margens da BR-262 numa avenida comercial e melhorias na infraestrutura de vários bairros estão entre os projetos do prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia Júnior, o Juninho (PPS), para estimular o desenvolvimento econômico da cidade. Em entrevista ao Metro, Juninho afirmou que também foca suas ações na mobilidade urbana, incluindo criação de mais vagas de estacionamento e acessibilidade. “Cariacica tem muitos problemas. E, além das questões sociais, como educação e saúde, infraestrutura é uma das demandas mais urgentes”, pontuou o prefeito.

fios do seu governo? Nosso principal desafio é aumentar a arrecadação e fazer nossos serviços básicos serem bem avaliados pela população. Hoje, mantemos as contas atualizadas, mesmo com o déficit que herdamos. Precisamos aumentar nossa capacidade de investimento. Até 2012, Cariacica tinha uma capacidade de investimento/ano de R$ 60 milhões. Em 2013, caiu para R$ 9 milhões. Neste ano, ainda não temos a estimativa. Consigo hoje cumprir a folha de pagamento, pagar os prestadores de serviço, mas não tenho garantia de novas obras. Estou trabalhando com parcerias, convênios e fundos.

Santo Antônio, na entrada de Campo Verde; e estamos trabalhando com o Estado para a liberação de duas áreas de extrema importância: a de Ibiapaba, em Cariacica-Sede, divisa com Santa Leopoldina, e a área do antigo Hospital Pedro Fontes, às margens da Rodovia do Contorno.

Como avalia sua gestão? Primeiro, começamos a organizar o que foi deixado pela gestão anterior. Assumi o cargo com pouquíssimos recursos. Encontrei nos cofres públicos R$ 6 milhões. Só a folha de pagamento custa quase R$ 21 milhões. Então, começamos a fazer o dever de casa. Tivemos de trabalhar o ano inteiro com planejamento da gestão anterior, que durou oito anos. Isso não é bom, porque se trabalha com a cabeça de outras pessoas. Nesse primeiro ano, conseguimos focar em algumas questões do cotidiano, como a manutenção da maioria dos serviços. Nessa vertente do social e dos serviços básicos, tocamos e avançamos.

E quanto ao desenvolvimento econômico do município? A primeira coisa que fiz foi abrir duas frentes de projetos na cidade: uma na Secretaria de Obras e outra na Secretaria de Desenvolvimento. Também criei o Comitê de Desenvolvimento, que se reúne semanalmente para discutir processos que tramitam nas diversas secretarias. Com isso, conseguimos organizar o crescimento do empreendedor individual, da wmicro e pequena empresa. Começamos a trabalhar nessa linha porque abriam 30 empresas e fechavam 15 no mês. Hoje, não chega nem a 10% de fechamento. Criamos os micropolos empresariais para as empresas de médio e grande porte, com foco no de

Como será a revitalização de Campo Grande? Vamos investir cerca de R$ 625 mil nesse projeto. Fizemos propostas, para início de debate e confecção do termo de referência, e a comunidade local vai apontar prioridades. Vamos investir especialmente na questão do trânsito, na acessibilidade de calçadas e ruas, na criação de mais vagas de estacionamento rotativo (serão mais de 500 vagas; hoje, são 150). Minha proposta do estacionamento rotativo é algo mais moderno do que o parquímetro. Há um novo sistema mais evoluído, e a empresa responsável vai nos mostrar a viabilidade. Também vamos investir na segurança, com iluminação e dispositivo de policiamento. E

Quais os principais desa-

Perfil Sobre o prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia Júnior, o Juninho Eleição. J i h f i e eic d á id ai dice de d B a i a e eiçã de

T a e ia F i a e a fi a e e de a e a á ea i a ca i aba e id gad da De i a Fe iáia c be de Ca iacica F i iceefei a ge ã a e i e ca dida a de ad fede a a e de e a efei i e

organizar a atividade dos vendedores ambulantes. Quais as ações mais importantes para este ano? Precisamos aumentar o número de vagas nas escolas, especialmente, para crianças de zero a 4 anos. Precisamos também equipar melhor as unidades de saúde, e vou partir do princípio da informatização, tanto nas unidades de saúde quanto nas escolas. Já estamos em vias de iniciar esse processo, porque posso otimizar custos e ter recursos financeiros para fazer outras coisas nessas áreas. Outro ponto é a a infraestrutura, pavimentação, drenagem, saneamento. Todos os bairros hoje têm problemas. Em Campo Grande, temos questões de mobilidade, segurança e lazer. Em Nova Rosa da Penha, por exemplo, faltam segurança, lazer e infraestrutura. A questão da regularização fundiária é outra demanda. A gente tem trabalhado com a regularização de mais de mil unidades entre os bairros de Bela Vista e Castelo Branco. Mais de 90% dos imóveis em Cariacica não são

regularizados. O acesso a emprego é outro ponto importante, e tenho trabalhado com capacitação, por meio de programas como Pronatec e Projovem. Outra medida muito importante é reabrir, até o início do ano que vem, o único centro cultural da cidade, que está fechado há mais de quatro anos. Há outros projetos em andamento? Alguns têm merecido foco especial. No entorno do Shopping Moxuara, estamos trabalhando com a desapropriação de um posto de gasolina para melhorar a mobilidade, em parceria com governo do Estado, e investindo em sinalização e acesso. Estamos trabalhando também na estadualizaçao do trecho urbano da BR-262. Vamos transformar o trecho que vai da Ceasa até a Segunda Ponte em uma grande avenida comercial, com ênfase aos empreendimentos de serviço, hotel, centro de convenção e restaurantes. E investimos na iluminação, tanto do Contorno, com recursos próprios, como da Rodovia Leste-Oeste, na lateral do shopping, na ligação com Vila Velha. E os trabalhos de prevenção em relação às chuvas? Começamos, no ano passado, a limpeza dos canais, rios e valões. Vimos, em dezembro passado, quando houve o maior volume de chuvas dos últimos 90 anos, que Cariacica não teve tanta notícia negativa

como outras cidades. Em janeiro de 2013, tivemos muito problema com uma chuva menor porque a cidade não fazia prevenção. Também estamos conscientizando a população sobre a importância de não jogar lixo nas ruas, nos canais. Com isso, melhoramos os números da dengue. No primeiro trimestre, Cariacica foi a cidade com menor número de casos da região metropolitana (700). Nesse mesmo período, ano passado, tivemos mais de 3.800 casos. O IPTU zero foi uma das principais propostas da sua campanha. Como está a questão do imposto? Já fizemos o IPTU zero para quem mora em residências de até R$ 20 mil (valor venal) e para quem mora em habitações danificadas por desastre natural comprovado pela Defesa Civil. Quando assumimos, a isenção era só para quem morava em residências até R$ 10 mil. Então, temos uma estimativa de abrangência do IPTU zero para 30% das pessoas que pagam o imposto. Continuamos perseguindo a autorização dos órgãos controladores para isentar as pessoas que moram em ruas sem infraestrutura porque entendemos que, até hoje, elas pagam IPTU e não recebem infraestrutura. Isso há muitos anos. Continuamos com essa proposta e trabalhando para acertar isso. FABRÍCIA KIRMSE METRO GRANDE VITÓRIA


|06|

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

CHICO GUEDES/ METRO JORNAL

Cinema

Cinema de salas extrassensoriais Serão cinco salas de cinema, da rede Cinépolis. Entre as novidades esperadas estão o 3D e salas extrassensoriais, que possuem assentos reclináveis e efeitos de água, ar, luz e som

“Esperamos receber cerca de 30 mil pessoas por dia. Os moradores de Cariacica e Viana, principalmente, têm muito a ganhar com o primeiro shopping da região” MARCELO RENNÓ, GERENTE DE MARKETING DA SÁ CAVALCANTE

Estrutura

Hotel e centro empresarial Além de lojas, o Shopping Moxuara vai contar com centro empresarial com 1.219 salas, distribuídas em cinco torres, sendo um hotel. Três torres já foram lançadas

236 Lojas estarão espalhadas em quatro pisos, sendo 11 lojas âncoras ou megalojas: C&A, Riachuelo, Marisa, Renner, Avenida, Dadalto, Sipolatti, Eletrocity, Casas Bahia, Los Neto e Hary’s

“Em parceria com a prefeitura de Cariacica, criamos o Espaço Cultural João Bananeira. Será um espaço permanente de exposições e eventos da cultura local”

1.560 Vagas de estacionamento estarão à disposição dos clientes. O estacionamento não será cobrado na fase inicial. Os acessos foram planejados para facilitar o tráfego na região

MARCELO RENNÓ, GERENTE DE MARKETING DA SÁ CAVALCANTE

Novo shopping impulsiona setor de serviços e emprego Compras. Shopping Moxuara abre as portas hoje com a expectativa de gerar 3 mil novos empregos e receber 30 mil pessoas por dia Cariacica recebe hoje o seu primeiro shopping center. O Shopping Moxuara, localizado às margens da BR 262, em Campo Grande, será inaugurado ao meio-dia. Com a inauguração do empreendimento, serão gerados 3 mil novos postos de trabalho muitos já estão preenchidos -, além de uma maior movimentação no setor de serviços em Cariacica, hoje concentrado no comércio de rua. O novo shopping conta com 236 lojas espalhadas em quatro pisos, cinco salas de cinema e torres comerciais,

entre outras novidades. O negócio tem investimento total de cerca R$ 370 milhões e contará com 11 lojas âncoras, entre elas: C&A, Riachuelo, Marisa, Dadalto e Casas Bahia. Em agosto, as salas de cinema da rede Cinépolis devem ser inauguradas. O empreendimento também terá a maior praça de eventos interna do grupo Sá Cavalcante, com 450 m2, explica o gerente de Marketing do empreendimento, Marcelo Rennó. “É um espaço amplo, ideal para a realização de feiras, expo-

sições e outros eventos que ajudarão a promover o desenvolvimento local”, diz. Localizado perto do terminal de Campo Grande e em frente à Ceasa, o local promete oferecer opções em compras, lazer e cultura. São esperados cerca de 30 mil pessoas por dia. Em parceria com a Secretaria de Cultura de Cariacica, será criado o Espaço Cultural João Bananeira, totalmente dedicado a eventos e exposições culturais. Ampliações O Shopping Moxuara já

nasce pronto para duas expansões futuras. A primeira delas deve ocorrer no prazo de três a cinco anos, de acordo com a demanda do público, explica Rennó. Os acessos ao shopping foram planejados para facilitar o tráfego na região. O estacionamento tem capacidade para mais de 1,5 mil veículos. O empreendimento também terá um centro empresarial com 1.219 salas, distribuídas em cinco torres comerciais, sendo uma delas um hotel. As três primeiras torres já fo-

ram lançadas. As duas outras serão lançadas em etapas até meados de 2015. Inauguração Hoje, o público será recebido com uma festa de inauguração. Haverá distribuição de balões personalizados e bolsas, apresentação de banda e diversão para as criança, além de apresentações musicais dos grupos Moxuara e Samba Aprendiz. PRISCILLA THOMPSON METRO GRANDE VITÓRIA

Inauguração - Shopping Moxuara Onde: localizado na Rodovia BR 262, Km 05, nº 6555, Campo Grande, Cariacica - O local estará aberto ao público, hoje, a partir do meio-dia. - O local tem 236 lojas em quatro pisos, sendo 11 âncoras, 38 quiosques, praça de alimentação, cinco salas de cinema (incluindo 3D e salas extrassensoriais), espaço para eventos e 1.560 vagas de estacionamento.


GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

EDUARDO CAMPOS ELEIÇÕES

2014

Na segunda entrevista da série com os pré-candidatos à presidência, o Canal Livre, da Band, recebeu Eduardo Campos (PSB), ex-governador de Pernambuco. Entrevistado pelos jornalistas Ricardo Boechat, Fernando Mitre, Fábio Pannunzio e Rafael Colombo , ele defendeu a independência do Banco Central e uma meta de 3% para a inflação até 2019. O senhor fez parte da base de Lula. Sua candidatura é um rompimento com o modelo do atual governo? Minha candidatura é uma busca pela superação do atual ciclo de governo. Preci-

Em entrevista ao Canal Livre, da Band, o pré-candidato à presidência pelo PSB diz que modelo de presidencialismo de coalizão está vencido e que país precisa de uma nova agenda

‘A ATUAL CRISE NÃO É SÓ ECONÔMICA, É UMA CRISE DE VALORES’ samos de um novo modelo de gestão para os serviços públicos, para o desenvolvimento econômico. A atual crise não é apenas financeira, ela é uma crise de valores. Queremos atender a esse pedido de mudança por parte da população. Quais são as medidas que irão permitir a superação desse ciclo petista? Vamos trabalhar em duas li-

nhas: corrigir os desequilíbrios gerados nos últimos anos e, em seguida, criar um ambiente seguro para investimentos de longo prazo. É preciso oferecer regras seguras e estabilidade jurídica para o investidor. Quais as ações efetivas para reverter a desconfiança na economia nacional? Instituir o Conselho de Responsabilidade Fiscal,

dar autonomia ao Banco Central e adotar mecanismos que impeçam que as despesas correntes subam acima das receitas correntes. Que modelo de independência do BC irá adotar? Estamos avaliando. O ponto principal é evitar que o BC fique submetido às idas e vindas da política. O presidente terá um mandato.

Recentemente, o senhor declarou que é possível chegar a 2019 com a inflação em 3%. Como isso será feito? Reformulando as instituições, adotando novos paradigmas de governança e de transparência. Hoje, existe um sentimento de repúdio à política. É possível reverter esse quadro? É possível. Para isso temos que superar esse modelo ven-

|07|◊◊

Os jornalistas Rafael Colombo, Fernando Mitre, Ricardo Boechat e Fábio Pannunzio entrevistam Eduardo Campos

ANDRÉ PORTO/METRO

cido de presidencialismo de coalização. Ele está contaminado pelo fisiologismo e pelo patrimonialismo. A confiança será reconquistada com um novo caminho, que prioriza a qualidade técnica, uma nova agenda estratégica. O PSB apoiou a CPI da Petrobras. O senhor também é favorável a investigação do porto de Suape, no Recife? Sou favorável. Que se investigue tudo. Se o ex-presidente Lula disputar a eleição, o senhor revê sua candidatura? Nossa candidatura não tem volta. Rompemos com o atual governo em fevereiro de 2013. METRO


|08|

Carros. Vendas acumulam queda de 4,5% no ano A venda de carros e comerciais leves recuou 4,5% no primeiro quadrimestre de 2014 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Fenabrave (federação das concessionárias), foram emplacadas pouco mais de 1 milhão de unidades de janeiro a abril. Em abril, foram vendidos 279,7 mil automóveis e comerciais leves, que tiveram parte dos descontos no IPI retirada na virada do ano, uma queda de 11,67% sobre os 316.670 em igual mês de 2013. Já em relação a março, quando o setor foi prejudicado pelo feriado de Carnaval, houve crescimento (22,3%). O mercado continua sendo liderado pela Fiat, que fechou

Foram emplacadas mais de 1 milhão de unidades no ano | MARCELLO CASAL JR./ABR

abril com 21,5% de participação, seguida por Chevrolet (17,9%), Volkswagen (16,9%), Ford (9,4%) e Hyundai (6,9%). O VW Gol voltou à liderança (16,9 mil unidades), ultrapassando os Fiat Palio (15,4 mil) e Strada (13,3 mil), enquanto o Chevrolet Onix (13,2 mil) encostou nos líderes. METRO

ONU. Mundo terá um celular para cada habitante em 2014 Até o final do ano, o número de celulares no mundo chegará perto do número de habitantes no planeta, segundo dados divulgados ontem pela UIT (União Internacional de Telecomunicações), órgão ligado à ONU (Organização das Nações Unidas). Até dezembro, quantidade de linhas vai chegar perto dos 7 bilhões, o representará 96% dos habitantes.

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Mais da metade delas (3,6 bilhões) estará na região Ásia-Pacífico, segundo a UIT. O crescimento ocorre devido ao aumento de linhas nos países em desenvolvimento, onde estarão cerca de três em cada quatro delas no mundo até o fim do ano. Nessas nações, a penetração das linhas celulares cresce o dobro, em média, do que nos desenvolvidos. METRO

2

Preço do m sobe menos em abril Imóveis. Valor do metro quadrado tem alta de 0,49% e mantém tendência de desaceleração. Em 15 das 16 cidades pesquisadas pela Fipe, aumento foi inferior à inflação prevista

EVOLUÇÃO DE PREÇOS Variação mensal em 16 locais 1.5

1,31% 1.2

1,07% 0.9

O valor do metro quadrado do imóvel anunciado desacelerou no mês passado. Segundo o índice FipeZap Ampliado, os preços em 16 cidades do país subiram 0,49%, abaixo da inflação prevista pelo mercado para o período, 0,80%. No mês anterior, a alta havia sido de 0,64%, e, em abril de 2013, de 1,07%. “Houve uma queda mais acentuada do ritmo de alta neste mês. É uma tendência que a pesquisa já havia apontado”, afirma a economista da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), Priscila Fernandes Ribeiro. Na sua avaliação, as condições de crédito e emprego, dois impulsionadores do mercado imobiliário, não mudaram de

0,78%

0.6

0,49%

0.3

foi o aumento de preços registrado em Vitória. Em Vila Velha, aumento foi de o,46% forma significativa para justificar a forte desaceleração de preços. Para a economista, a redução das taxas de aumento de preços está associada a uma demanda menos vigorosa por imóveis em comparação aos anos anteriores, quando a forte procura fez os preços dispararem. “Talvez, os consumidores queiram esperar o final da Copa do Mundo para ver o que vai acontecer. O evento foi apontado em muitas das justificativas para a valorização dos imóveis”, diz. METRO

Abril/13 Média nacional Rio de Janeiro Brasília São Paulo Niterói Recife Belo Horizonte São Caetano do Sul Fortaleza Florianópolis Curitiba Porto Alegre Santo André Vitória São Bernardo do Campo Salvador Vila Velha

0,49% 0,67% 0,52% 0,75% 0,76% 0,67% 0,25% 0,55% 1,38% -0,13% -0,57% -1,35% 0,63% 0,78% 0,66% 0,45% 0,46%

12,2% 14,2% 3,8% 12,9% 11,0% 16,1% 6,2% 12,1% 12,8% 13,0% 29,3% 7,1% 12,3% 16,1% 10,3% 10,0% 12,9%

Abril/14 R$ 7.455 R$ 10.538 R$ 8.155 R$ 8.003 R$ 7.351 R$ 5.751 R$ 5.424 R$ 5.398 R$ 5.322 R$ 5.217 R$ 5.084 R$ 4.751 R$ 4.683 R$ 4.634 R$ 4.435 R$ 4.341 R$ 3.937

FONTE: FIPEZAP

MUNDO Grécia

Naufrágio mata 22 imigrantes Pelo menos 22 pessoas, entre elas quatro crianças, morreram quando duas embarcações em que estavam afundaram na costa da ilha grega de Samos, no mar Egeu, na madrugada de ontem. Centenas de imigrantes ilegais já morreram ao tentar fazer a perigosa travessia na região. METRO

Vaticano

ONU acusa ‘impunidade’ O Comitê contra a Tortura da ONU acusou o Vaticano ontem por um “clima de impunidade” em casos de abuso sexual contra crianças e pediu sistema de investigação permanente. O Vaticano deve responder oficialmente hoje. METRO

Confrontos matam 20 na Ucrânia Escalada da violência. Separatistas derrubam helicóptero do Exército ucraniano. Kiev destaca unidade de elite para Odessa Pelo menos quatro soldados ucranianos e 20 separatistas pró-Moscou morreram ontem em pesados confrontos no quarto dia de ofensiva do Exército da Ucrânia contra Slaviansk, cidade no leste do país tomada por rebeldes. Em um incidente separado, um helicóptero militar ucraniano foi derrubado ao ser alvejado por tiros de uma metralhadora pesada disparados por separatistas, perto da cidade, mas os pilotos sobreviveram, segundo o Ministério da Defesa. Ao menos três helicópteros da Ucrânia foram derruba-

dos na última semana. Dois veículos blindados de transporte de pessoal e vários rebeldes fugiram de um duro confronto em Slaviansk, disse a Reuters. Odessa Em Odessa, cidade no sudoeste do país em que 40 pessoas morreram em um incêndio no fim de semana, uma unidade de elite da polícia foi destacada depois do que o ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, chamou de “ultrajante” falha da polícia local ao conter separatistas. A violência na cidade, que

tem presença de russos, ucranianos, georgianos e tártaros, é vista como sinal de alerta por Kiev, uma vez que a ameaça de rebelião se espalha para além do leste russófono. O chefe militar da Otan, Philip Breedlove, disse ontem não acreditar que tropas “regulares” da Rússia devam invadir o leste da Ucrânia. Para Breedlove, Moscou poderá “atingir seus objetivos por outros meios”. Nazismo Um relatório da chancelaria russa divulgado ontem acusa “extremistas de forças ultranacionalistas e neonazis-

Separatistas armados pró-Moscou perto de Slaviansk | BAZ RATNER/REUTERS

tas” com apoio “ativo” do Ocidente de realizarem um golpe em Kiev em fevereiro. “Manifestações de sentimentos extremistas, ultranacionalistas e neonazistas, intolerância religiosa, xenofobia, chantagem descarada, ameaças, repressão, violência física e, às vezes, crimes se tornaram comuns na Ucrânia”, afirma o relatório, de 80 páginas. Sem citar fontes, o documento detalha “violações abrangentes e brutais dos

direitos humanos” na Ucrânia, pelas quais acusa o governo interino em Kiev e seus aliados ocidentais. Enquanto isso, o presidente russo, Vladimir Putin, assinou uma lei que torna a negação de crimes nazistas e a distorção do papel da URSS durante a Segunda Guerra Mundial crimes puníveis com até cinco anos de prisão. A lei também criminaliza a profanação de memoriais de guerra. METRO


GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|09|◊◊

2

D e volta ao batente Estreia hoje. Kiefer Sutherland encarna novamente o papel do agente durão Jack Bauer em ‘24 Horas: Viva um Novo Dia’, minissérie com metade dos episódios de cada uma das oito temporadas regulares da produção, encerrada em 2010

CULTURA

Jack Bauer conduz a ação da nova série em Londres DIVULGAÇÃO

Após quatro anos fora do ar, a série de ação “24 Horas” retorna como uma minissérie de 12 episódios. “24 Horas: Viva um Novo Dia” estreia hoje, às 22h30, na Fox, apenas um dia após sua exibição nos Estados Unidos, com dois episódios em sequência. Agora, o público vai encontrar Jack Bauer (Kiefer Sutherland) em um novo cenário. É em Londres que ele vai ter a oportunidade de se redimir da condição de foragido da Justiça americana em que se encontrava desde o último episódio

da série, em 2010. Perseguido pela CIA, o ex-agente vai por em risco a própria liberdade para evitar um atentado terrorista de proporções catastróficas, em um retorno que também traz de volta outros personagens, como Chloe (Mary Lynn Rajskub) e James Heller (William Devane), antes secretário de Defesa que agora surge como o presidente dos EUA. “[Filmar em Londres] foi um jeito de trazer a série de volta de um jeito impactante e diferente e que tem a ver com o exílio do

“[Fazer 12 episódios] é desafiador no sentido de que as histórias estão mais concentradas. Há menos espaço para rodeios.” MANNY COTO, PRODUTOR-EXECUTIVO

personagem ao fim da oitava temporada. E há algo excitante de ver Jack Bauer correndo pelas ruas de Londres. É um ambiente completamente diferente para um herói verdadeiramente americano”, justifica o produtor-executivo Evan Katz.

DIVULGAÇÃO

Katia Rocha também é compositora e instrumentista DIVULGAÇÃO

Mariana Aydar abre projeto “Seis e Meia” nhecida por ser compositora e instrumentista, tendo o sax como uma de suas principais ferramentas musicais. Para conferir as apresentações, é preciso ser pontual: “Seis e Meia” indica o horário do início dos shows. “Esse projeto é um sucesso consolidado. O objetivo é levar cultura para quem está no entorno do teatro com grandes vozes do ce-

to, a decisão pelo corte de episódios foi da própria Fox. “É mais fácil no sentido de que é metade do trabalho, mas também é desafiador no sentido de que as histórias estão mais concentradas. Há menos espaço para rodeios. Em uma temporada de 24 episódios, há episódios de transição em que acontece menos coisa do que em outros. Mas, agora, todos os episódios precisam ter cara de estreia”, diz ele. NED EHRBAR METRO INTERNACIONAL

Folia. Carnavalesco da Mangueira vem para MUG

Mariana Aydar é sucesso de crítica e público

A cantora paulista Mariana Aydar abre amanhã, com a capixaba Katia Rocha, a programação do projeto “Seis e Meia”. As duas artistas vão misturar forró e samba no palco do Theatro Carlos Gomes, no Centro de Vitória. Considerada uma das revelações da MPB, Mariana iniciou a carreira aos 20 anos. Já Katia Rocha também é co-

Uma das grandes curiosidades em relação a “24 Horas: Viva um Novo Dia” tem a ver com seu formato. Afinal, um dos grandes diferenciais da série, lançada em 2001, foi o fato de ela simular uma exibição em tempo real, com cada episódio referente a uma hora do dia, com um relógio na tela cronometrando a ação. A promessa é que essa característica vai ser mantida, mas com saltos temporais entre os episódios a fim de fechar um dia inteiro de ação. Segundo o também produtor-executivo Manny Co-

nário local e nacional. E é uma oportunidade para escapar do trânsito desse horário”, disse Tânia Silva, diretora da Caju Produções, organizadora do evento, ao site da Secretaria de Estado da Cultura. METRO Quando: Amanhã, às 18h30. Local: Theatro Carlos Gomes, Centro de Vitória. Ingressos: R$ 5 (meia). Tel.: 3132-8399.

A MUG (Mocidade Unida da Glória) contará com um reforço e tanto para preparar o próximo desfile: seu novo carnavalesco é Cid Carvalho, que já passou, com louvor, por várias escolas de samba do Rio de Janeiro, entre elas a Estação Primeira de Mangueira. Cid é quatro vezes campeão na Marquês de Sapucaí na comissão de carnaval da Beija-Flor (nos anos de 1998, 2003, 2004 e 2005). Também trabalhou em outras escolas, como Vila Isabel (2007 e 2014), Mocidade Independente de Padre Miguel (2008, 2010 e 2011), Estácio de Sá (2008 e 2009) e Mangueira (2012, 2013 e 2014). “Estou muito feliz, de coração! Vamos fazer um super carnaval! Vamos fazer história! Estou chegando, MUG!”,

Zeca Pagodinho

Premiado

Cid Carvalho atuou em várias escolas do Rio | DIVULGAÇÃO

afirmou Cid à escola. A agremiação de Vila Velha também está cheia de expectativa. “É um grande passo para o crescimento do carnaval da MUG e do Estado”, diz o presidente da escola, Carlos Roberto Ribeiro, o Robertinho. METRO

O sambista foi homenageado no fim de semana, em Miami, na edição do Brazilian Internacional Press Awards. Zeca foi premiado pela apresentação no Brazilian Day, em setembro de 2013, na categoria de “Melhor Show Brasileiro nos EUA.”


|10|

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

VIVIANE ANSELMÉ E-MAIL: ACONTECEMETRO@GMAIL.COM

DIVULGAÇÃO

QUEM NÃO GOSTA DE SAMBA...

Mary Nigri, Gabriela Renot, a estilista Marcí Vago e Zaine Assaf em leilão de artes em São Paulo

O samba carioca invadiu a Grande Vitória. O Lapa na Ilha, projeto inspirado no bairro boêmio carioca, acontece todas as sextas no Marina Lounge. Quem esteve por lá jura que é tudo de bom. Em Vila Velha, Arlindo Cruz se apresentou na semana passada, com seu filho, no Le Point. Nesta semana, no mesmo lugar, Arlindo Neto e Jorge Aragão fazem o surdo bater por lá. Coisa boa, né?

Dias desses, no Jambalaia Bistrô, um grupo de Vitória dizia que antes eram os moradores de Vila Velha que atravessavam a ponte. Agora, a coisa mudou. É a turma da Capital que curte bares, restaurantes e baladas no outro lado da ponte. Acho justo. ;))

Tatiana e Letícia Modenese em noite de moda

WANDERSON LOPES

CONEXÃO VIX X VV

SANTA TERESA TOP 1

O Santa Jazz, evento que vai movimentar Santa Teresa no próximo mês, terá um espaço maior para a parte enogastronômica do evento: serão mais 1.300 lugares para boas comidinhas e bebidinhas. O número de restaurantes também vai aumentar: serão 11, além da wine store e da choperia, que terão espaços exclusivos. Na frente do palco, mais 1.000 lugares para as pessoas assistirem o show. Hummm… o festival está crescendo. Que bom!

SOAL PES

IVO QU AR

Pelo Dias das Mães: as lindas Laila e Lana Nemer

PARQUINHO SITIADO No parquinho da Praia da Costa, no último fim de semana, as crianças dividiam espaço com um morador de rua, que dormia tranquilamente, coberto com um lençol, sob a sombra de uma árvore. Em nada o mendigo atrapalhou, mas ao serem questionadas pelas crianças, algumas mães reclamaram do descuido da prefeitura com o parque e a quantidade de mendigos na cidade. Elas também lamentavam e mostravam preocupação com o que espera o futuro dessas crianças. O passeio do fim de semana virou um debate interessante. Gostei!

No teatro: Renato Rabelo, Mouhamed Harfouche, Leona Cavalli e Marcos Pasquim ao lado produtor Wesley Telles DIVULGAÇÀO

Viviane Anselmé é jornalista e apresentadora do programa Acontece da TV Capixaba/ Band

Agenda top. Hoje tem inauguração da loja da Leticia Chieppe, a Nalê, no shopping Patio. A coleção está incrível e o coquetel vai ser babado. Já as galeristas Sandra Matias e Lara Brotas recebem nesta quinta, dia 8, a partir das 19h30, para início do calendário de exposições de artes 2014 da Galeria Matias Brotas com a exposição da artista Rosana Paste. Quem ganha? Na internet, anda surgindo uma guerra de makes e maquiadores. Quem ganha são eles, os profissionais de maquiagem. As clientes, quando se veem lindas, pintadas de forma poderosa, correm para postar nas redes sociais. Aí, uma já quer a make da outra... a outra fala mal do que o outro fez... e por aí vai. É meio ridículo, mas ganham esses profissionais, que nunca foram tão valorizados. E olha que muitos deles fazem mágica mesmo...

SANTA TERESA TOP 2

Falando em Santa Teresa, os amigos Roberta Peixoto, Fernando Casagrande e Giovanna Cecato estiveram por lá no último feriado e voltaram fazendo só elogios. Adoraram o clima, o atendimento e a comida do lugar. Ah, e ainda deixaram a dica: com trânsito livre, são só 40 minutinhos de Vitória.

CURTAS

Roberta Peixoto, Fernando Casagrande e Giovanna Cecato ARQUIVO PESSOAL

Mercador. O restaurante Mercador mudou de mãos e a cozinha também mudou. E muito. Na contramão da onda dos pratos contemporâneos, o cardápio aposta em receitas tradicionais da cozinha italiana, com muitas massas caseiras e alguns toques típicos do interior da Bota.


GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

Aplicativo ajuda a denunciar abuso infantil

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Teste das ciclovias

Cruzadas

Proteja Brasil. Ferramenta foi criada pelo governo federal e pela Unicef Lazer, arte, humor, conhecimento, utilidade pública... Têm de tudo um pouco os aplicativos lançados para telefones celulares e tablets. Mas o “Proteja Brasil” tem um objetivo que alia segurança e cidadania: visa a garantir a integridade e a saúde de crianças brasileiras, porque facilita denúncias de violência contra crianças e adolescentes. Desenvolvido pelo governo federal em parceria com o Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), o “Proteja Brasil” pode ser utilizado em smartphones e tablets. A partir de sua localização, o usuário recebe indicações de telefones e endereços de órgãos públicos e serviços sociais de proteção integral, como delegacias e

|11|◊◊

conselhos tutelares, que recebem denúncias e ajudam a combater a violência contra crianças e adolescentes nas principais cidades brasileiras. Para quem está no exterior, o aplicativo apresenta os números de telefones e endereços das embaixadas. O aplicativo também oferece acesso à definição de diferentes tipos de violência, como a violência psicológica, discriminação, violência sexual, tortura, violência física, negligência e abandono, trabalho infantil e tráfico de pessoas. As denúncias são anônimas. Outras informações e download da ferramenta podem ser obtidos na página do projeto ‘Proteja Brasil’, no endereço www.protejabrasil.com.br. METRO

Olá, povo do Metro! Eu me chamo Kátia, e já sou leitora fiel do jornal! Todas as manhãs me sirvo dele! E oh...ESTÃO DE PARABÉNS!! Quero parabenizar também em especial a matéria do dia 02/05. Pra mim foi excelente, e o assunto deveria ser abordado mais vezes para que as autoridades tomem providências! Porque, assim como eles não andam de ônibus, pouco provável que andem também de bicicleta! EXCELENTE MATÉRIA sobre os obstáculos que encontramos no percurso! Vou trabalhar de bike todos os dias, e passo pela avenida Champagnat de manhã e no fim da tarde, e o que mais me aborrece são: os postes literalmente no meio do caminho; os buracos; e principalmente as pessoas (pedestres) “sem noção” que não respeitam nosso espaço. Situação chata e fácil de resolver!! Gostaria que as autoridades competentes nos dessem um retorno agradável. Desde já agradeço pela matéria! K ÁT I A BELLO

Distribuição

Não conhecia o Metro antes da chegada dele à Grande Vitória, e para mim foi uma ótima surpresa. Só peço que distribuam mais, porque às vezes acaba nas ruas! ANGELA RIBEIRO CONTI

Metro Pergunta

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrogv Qual é sua principal reivindicação para a Grande Vitória? Conte para a gente! Metro web Para falar com a redação:

leitor.gv@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Download é feito em três etapas, no site www.protejabrasil.com.br | DIVULGAÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

A expressão de sentimentos estará mais intensa. Cuide para que impulsos não atrapalhem as convivências. Diversões estarão acentuadas.

O Sol – que rege seu signo – faz bom aspecto com Júpiter, influência propícia para negociações. Favorece viagens e contatos distantes.

Um bom aspecto do Sol com Júpiter – regente de seu signo – aponta um bom momento para buscar mais prazer e alegria profissional.

Período propício para adquirir novos conhecimentos que acrescentarão aos seu trabalho. Priorize mais conversas na vida amorosa.

Período especial para valorizar crenças, terapia, assuntos espirituais – ou conhecidos como “zens” – que revitalizem energias.

Momento que recomenda mais cautela com negociações e temas financeiros. Tendências a desvendar assuntos junto com as suas relações.

Propensões para dedicar mais empenho a novos estudos e para dobrar a atenção aos que já se dedica. Evite a desatenção nas relações.

Retomar contato com os amigos será essencial. Evite implicar com manias sem importância que fazem parte da conduta de certas pessoas.

A Lua faz bom aspecto com Urano, regente de seu signo, influência para bons momentos sociais. Favorece quem trabalha com o público.

Terá motivação especial para tratar assuntos profissionais, especialmente pela oportunidade de ampliar contatos e fazer algo diferente.

O dia recomenda paciência para lidar com costumes que - mesmo sendo antiquados - não mudarão da noite para o dia em certas pessoas.

Dia oportuno para surpreender quem gostamos com romantismo, retomada de hábitos especiais e ações prestativas na vida afetiva.


|12|

3 ESPORTE

GRANDE VITÓRIA, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Em crise, Fogo apresenta hoje Carlos Alberto Reforço. Meia já treina com o grupo desde a semana passada, mas será oficialmente apresentado após o treino de hoje, no Engenhão O clima não é dos melhores em General Severiano. Na vice-lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas um ponto em nove disputados, sem dinheiro em caixa para grandes contratações e com dois meses de salários atrasados, o Botafogo tenta reagir na competição. Em meio à crise, o alvinegro apresenta hoje o meia Carlos Alberto, que já está treinando com o grupo desde a semana passada, mas ainda não tem data para estrear, já que precisa aprimorar a forma física. Carlos Alberto assinou contrato com o Botafogo até o fim do ano, depois de deixar o Goiás, semana passada. Esta é a segunda passagem dele por General Severiano. Aos 29 anos, o meia, revelado pelo Fluminense, também jogou no Vasco, Grêmio, Bahia, Corinthians, Porto (POR) e Sttutgart (ALE). O Botafogo, que vem de derrota para o Bahia, domingo, por 1 a 0 , na Fonte

Privada atingiu torcedor do Arruda | CARLOS EZEQUIEL VANNONI/FOTOARENA

Preso. Suspeito de atirar privada confessa crime Carlos Alberto e Sheik durante o treino, no Engenhão | SATIRO SODRE/SSPRESS

Nova, busca a reabilitação no Brasileiro sábado, contra o Criciúma, às 21h, no Maracanã, pela quarta rodada. Lodeiro O uruguaio Lodeiro, que deixou o campo com dores no joelho direito no primeiro tempo do jogo em Salvador, é dúvida contra o Criciúma. METRO RIO

“É muito pouco você disputar nove pontos e marcar um só. Sabemos da exigência do torcedor e vamos trabalhar para reverter esse quadro no sábado.” VAGNER MANCINI, TÉCNICO DO BOTAFOGO

Copa do Brasil. Fla. Hernane para por 15 Vasco tenta dias e fica fora do clássico inscrever os reforços

De molho

Fernando Prass Com uma fratura no cotovelo direito, o goleiro do Palmeiras, Fernando Prass, passará por cirurgia e só deve voltar depois da Copa. Ele se machucou no domingo, na derrota para o Flamengo por 4 a 2, pelo Campeonato Brasileiro

O Vasco corre contra o tempo para tentar inscrever, até hoje, os quatro reforços contratados semana passada para a partida contra o Treze (PB), amanhã, às 22h, em São Januário, pelo jogo de volta da segunda fase da Copa do Brasil. A partida de ida, semana passada, na Paraíba, terminou 2 a 1 para o cruzmaltino. Os cariocas se classificam com um empate. Os reforços são: o zagueiro Anderson Salles, o volante Fabrício, o meia Guilherme Biteco e o atacante Rafael Silva. Pela quarta rodada do campeonato Brasileiro da Série B, o Vasco, sétimo colocado com 4 pontos, volta a campo sábado, contra o Oeste, às 16h20, em São Januário. METRO RIO

Jayme prepara o time para o Fla x Flu de domingo | WALLACE TEIXEIRA / FOTOARENA

Afastado dos campos por causa de uma fratura nas costas, o atacante Hernane seguirá de fora do Flamengo pelos próximos 15 dias e vai desfalcar o time no clássico contra o Fluminense, domingo, às 16h, no Maracanã, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. Alecsandro, que marcou dois gols e foi decisivo na vitória, de virada, sobre o Palmeiras, por 4 a 2, domingo, em casa, segue como titular. “Hernane está começan-

do uma outra fase, de ir para o campo trabalhar. Vai ter que fazer ressonância para saber se está tudo bem na coluna. Só podemos pensar nele para o jogo contra o São Paulo, no outro domingo [18 de maio]”, disse o técnico Jayme de Almeida. Meio da tabela Após a vitória sobre o Palmeiras, o Flamengo saiu da zona de rebaixamento e agora é nono colocado na tabela, com 4 pontos. METRO RIO

Por meio de ligações anônimas ao Disque-Denúncia, as polícias Militar e Civil de Pernambuco conseguiram prender ontem o primeiro suspeito de atirar uma privada do Estádio do Arruda. O objeto atingiu e matou o torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva. Everton Felipe Santiago de Santana, 23, foi levado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa e confessou a participação no crime. Santana, que trabalha como auxiliar de serviços gerais em uma escola, foi detido em Olinda, Pernambuco. O acusado deve responder pelo crime de homicídio qualificado, que prevê pena de 12 a 30 anos de prisão. O suspeito ainda revelou que outras duas pessoas es-

tavam envolvidos na ação, mas ambos estão foragidos A tragédia aconteceu na última sexta-feira, após o jogo entre Santa Cruz e Paraná, no estádio Arruda, em Pernambuco. Após confusão de torcidas organizadas, Paulo Ricardo da Silva foi atingido na saída por um vaso sanitário atirado de dentro do estádio, de uma altura de 24 metros. Punido Os dois próximos jogos do Santa Cruz não terão torcedores nas arquibancadas. A decisão foi do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que puniu o clube com duas partidas com os portões fechados. Além disso, a interdição do estádio do Arruda foi mantida. METRO

Flu. Henrique pode ser anunciado esta semana Depois da atuação irregular do jovem zagueiro Elivelton, na derrota do Fluminense para o Vitória, por 2 a 1, sábado, no Maracanã, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o tricolor deve apressar as negociações com Henrique, que deixou ontem o Bordeaux, da França, após 10 anos defendendo a camisa do clube europeu. O nome de Henrique já foi aprovado pelo técnico Cristóvão Borges. A zaga é

a única posição para a qual o Flu pretende contratar reforços na temporada. A derrota para o time baiano, diante de 50 mil torcedores, custou ao tricolor a liderança do Brasileirão. Após os demais resultados da derrota, o time das Laranjeiras caiu da primeira para a quinta posição na tabela, com seis pontos. O próximo adversário é o Flamengo, domingo, às 16h, no Maracanã, pela quarta rodada. METRO RIO


GRANDE VITÓRIA - TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014


20140506_br_vitoria