Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

SESA

Surto ocorre em pelo menos 10 países

OMS emite alerta de pólio Poliomelite é emergência pela primeira vez

UNION JACK

KIEFER SUTHERLAND VOLTA A FAZER O AGENTE DURÃO EM MINISSÉRIE ‘24 HORAS’ PÁG. 14

PÁG. 12

PORTO ALEGRE Terça-feira, 6 de maio de 2014 Edição nº 620, ano 3 MÍN: 17°C MÁX: 26°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa

Problemas estruturais prejudicam o trabalho de peritos e atrasam elucidação de crimes PÁG. 03

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

STF discute recriação de ‘diferença de classe’ no SUS

hazy

showers

Saúde. Audiência pública pedida pelo ministro Dias Toffoli ouvirá especialistas sobre a proposta de permitir a quem pode pagar a obtenção de atendimento diferenciado nos hospitais públicos. O temor é de que isso relegue quem não tem recursos à condição de cidadão de segunda classe. Cremers defende a nova modalidade PÁG. 04

Renan Calheiros recorre contra CPI da Petrobras

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Eduardo Campos no Canal Livre | ANDRÉ PORTO/METRO

Eduardo Campos diz que país vive crise de valores Ao programa Canal Livre, da Band, pré-candidato do PSB à presidência diz que população quer mudança PÁG. 07

Ele acusa a ministra Rosa Weber de ‘grave ingerência’, defendendo que CPI é assunto do Legislativo PÁG. 06

Acidentes no trânsito caem, mas mortes mantêm patamar Porto Alegre registrou 35 óbitos de janeiro a abril deste ano, número igual ao mesmo período de 2013 PÁG. 02


1 FOCO

Hospital Fifa

Mãe de Deus estará na Copa O Hospital Mãe de Deus, de Porto Alegre, atendeu às exigências feitas pela Fifa e será o hospital referência durante a Copa do Mundo. A instituição será responsável pelo atendimento a todas as demandas que possam surgir no estádio BeiraRio no decorrer dos jogos. Segundo o diretor-geral do Mãe de Deus, Cláudio Seferin (foto), “a iniciativa atesta a capacidade do hospital para realização de grandes eventos”.

|02|

Mortes no trânsito se mantêm estáveis Quadrimestre. Dados da EPTC para os quatro primeiros meses do ano mostram que número de vítimas fatais foi o mesmo de 2013. Acidentes e atropelamentos tiveram queda Com seis vítimas fatais no trânsito da capital, o mês de abril fez igualar o índice do primeiro quadrimestre deste ano com o de 2013: 35 mortes no período. As estatísticas foram divulgadas ontem pela EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). Acidentes e atropelamentos tiveram redução no comparativo. Os acidentes caíram 15,85%. Passaram dos 7.187 casos no ano passado para 6.048 em 2014. Já nos atropelamentos, houve diminuição de 12,84% no número de ocorrências (de 436 em 2013 para 380 este ano), mas ainda assim a quantidade de vítimas fatais se manteve a mesma: 14 mortos. Para Vanderlei Cappellari, diretor-presidente da EPTC, os números refletem a gravidade dos acidentes, que serão combatidos com novos controladores de velocidade. “Estamos preocupados com a gravidade dos casos. Vamos focar agora no controle dos

Olhar crítico

DIEGO CASAGRANDE DIEGO.CASAGRANDE @METROJORNAL.COM.BR

Cotações Dólar + 1,26 (R$ 2,24)

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Diego Casagrande é jornalista profissional diplomado desde 1993. Apresenta os programas BandNews Porto Alegre 1a Edição, às 9h, e Ciranda da Cidade, na Band AM 640, às 14h.

excessos de velocidade e a implantação dos caetanos será fundamental para auxiliar nisso, já que quase 90% dos acidentes ocorrem nos cruzamentos”, expõe Cappellari. O professor de transporte da Escola de Engenharia da UFRGS João Fortini Albano também atribui o número de mortes aos excessos de velocidade: “Para morrer uma pessoa tem que ser um grande choque, em alta velocidade ou numa ultrapassagem. Durante o dia as ruas estão cheias, então são mortes que ocorrem com os excessos, a maioria, à noite”. O número de acidentes com ciclistas também caiu. Em 2013 foram 92 casos, já no primeiro quadrimestre deste ano ocorreram 84. As vítimas fatais foram quatro no período em 2013 e duas em 2014. As mortes deste ano aconteceram no dia 20 de março, quando duas ciclistas foram atingidas por ônibus na capital. METRO POA

Confira a comparação da acidentalidade em Porto Alegre no 1º quadrimestre deste ano com igual período de 2013

Aeroporto

Neblina fecha o Salgado Filho por três horas O aeroporto Salgado Filho esteve fechado para pousos durante três horas na manhã de ontem devido a neblina. As decolagens ficaram suspensas por cerca de duas horas. Mais de 40 voos sofreram atrasos durante todo o dia. O equipamento ILS2, que amenizaria os problemas com neblina, segue em fase de testes e fora de operação. METRO POA Copa Farroupilha

Montagem do Acampamento começa hoje

%

%

%

%

E A CLASSE MÉDIA QUE SE DANE Na semana passada, em pleno feriado do Dia do Trabalho, a presidente Dilma Rousseff usou rede de rádio e TV para um longo discurso de campanha. O governo fala em “prestação de contas”. Bobagem. Propaganda eleitoral descarada, usando a bilionária máquina e as prerrogativas de quem tem a caneta, coisa que os detentores do poder sabem fazer. Na oportunidade, Dilma anunciou reajuste de 10% para o Bolsa Família, o mais vistoso programa social governamental. Até aí tudo bem, uma vez que os beneficiários do programa também sofrem com o absurdo aumento da inflação que afeta a todos. O problema é que para quem paga imposto de renda, a presidente anunciou reajuste de míseros 4,5% na tabela, que só entrará em vigor no ano que vem. Mas o que é isso? Quer dizer que os cidadãos deste país que trabalham e produzem suas riquezas a pau e corda, não merecem ter índices de reajuste compatíveis e manter poder de compra? Quer dizer que porque não são pobres devem ser esmagados? Lembro que este ano os aposentados tiveram parco reajuste de 5,56%.

A montagem do Acampamento Farroupilha extraordinário da Copa do Mundo começa hoje, no parque Harmonia. O lançamento oficial do evento ocorre no dia 12 de junho, e o encerramento em 13 de julho. A primeira parte da montagem abrange a parte elétrica, a área de administração, as estruturas da Brigada Militar e dos patrocinadores. METRO POA

Por trás da decisão de Dilma há duas vertentes: o marqueteiro tentando impedir com medidas populistas que a candidata à reeleição derreta, e uma boa dose de desprezo por quem não está no topo e nem lá embaixo na pirâmide social: a classe média. Nas costas dela, todo o peso do custo de um Estado corrupto e incompetente, insaciável pelo dinheiro dos cidadãos. E para os que duvidam, bastar ouvir na internet o ódio da filósofa e fundadora do PT, Marilena Chauí: “Eu odeio a classe média. A classe média é um atraso de vida. A classe média é estupidez... É o conservador, o ignorante, o petulante, arrogante, terrorista...”. Chauí palestrou nos 10 anos do governo petista e, ao fazer tais afirmações virulentas, levou a plateia à loucura, incluindo o ex-presidente Lula. “A classe média é uma abominação política porque é fascista, uma abominação ética porque é violenta e uma abominação cognitiva porque é ignorante”, disse. A professora, uma espécie de Hugo Chávez da academia esquerdista no Brasil, reflete em boa parte o que pensam aqueles que estão no governo: não importa se você se ferra para pagar a conta do supermercado, os carnês de roupas, a escola das crianças, o plano de saúde, a prestação do carro e do apartamento. O que importa é que você só serve para pagar a conta. Uma conta cada vez mais indigesta. A classe média que se dane.

Bovespa + 0,88% (53.446 pts) FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,42% (R$ 3,09) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 COMERCIAL: 051/2101.0302

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Diagramação: Keila Casarin Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, CEP 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A.

A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Caso Bernardo. Pai do menino quer separação

Sede do Departamento de Criminalística está fechada desde novembro pela estrutura precária | GABRIELA DI BELLA/METRO

Duas providências estão sendo encaminhadas pela defesa do médico Leandro Boldrini, pai de Bernardo, à Justiça de Três Passos. Além de querer a separação da madrasta do garoto, Graciele Ugulini, Boldrini ainda quer demonstrar que abre mão dos bens para a avó materna do garoto. O pedido de separação será encaminhado esta semana à Justiça pela defesa do médico, preso por suspeita de participação no assassinato do próprio filho. Ele começou a se relacionar com Graciele há quatro anos, logo depois que a ex-mulher cometeu suicídio. Na semana passada ela confessou ter matado o enteado.

Advogado de Boldrini, Jader Marques explica que o pai não quer pagar nenhum tipo de pensão e pediu para cortar todo o vínculo que tiver com ela. Ele também abriu mão da herança que ficou da mãe para o filho, estimado em R$ 1,5 milhão. Bernardo receberia o valor quando completasse 18 anos. Domingo, a morte do menino completou um mês. O corpo dele foi encontrado em um matagal em Frederico Westphalen depois de dez dias desaparecido. A amiga da madrasta, Edelvania Wirganovicz, cúmplice confessa do crime, disse que o garoto foi sedado e depois morto com uma injeção letal. BAND TV

A Porto Cais Mauá do Brasil, empresa responsável pela revitalização do cais de Porto Alegre, lançou ontem seu site oficial: www. vivacaismaua.com.br. O objetivo é abrir um canal de comunicação para a população saber mais sobre o projeto de revitalização do cais e as etapas da obra. “Tivemos o cuidado de res-

gatar a história do Cais Mauá e sua importância para Porto Alegre. Queremos mostrar as mudanças que serão implantadas para integrar ao dia a dia da cidade um local, até então, pouco utilizado e de grande relevância para os porto-alegrenses”, destacou o presidente da Porto Cais Mauá do Brasil, André Albuquerque.

Projeto Cais Perícia do menino On-line. Mauá lança site oficial Bernardo saiu, mas 400 estão na fila...

Interditado. Más condições de trabalho dificultam atividades de servidores do IGP. Prédio sede da perícia criminal, na av. Princesa Isabel, está interditado há seis meses Lá se vão seis meses desde que, pressionado por autoridades a tomar providências sobre precariedade do local, o IGP (Instituto-Geral de Perícias) se viu obrigado a fechar as portas do Departamento de Criminalística e espalhar por locais improvisados as equipes que prestam serviços essenciais à segurança pública: as perícias criminais. Além de os servidores estarem trabalhando em locais como o almoxarifado, perícias como a do caso do menino Bernardo, de Três Passos, só puderam ser feitas com equipamento emprestado. No caso de repercussão nacional, um equipamento da PUCRS quebrou o galho, mas além deste, outros 400 esperam na fila pelo chamado homogenizador, revela o presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais da Área Criminal do RS, Eduardo Lima Silva. “Inquéritos estão parados, réus podem vir a ser soltos por falta de perícia. Muitos casos deixam de ser resolvidos. Temos falta de pessoal, de material e de estrutura, só que nesse mo-

“Para a população, os prejuízos são inúmeros. Inquéritos estão parados, réus podem vir a ser soltos por falta de perícia.”

Logo foi feito com formas e cores para chamar internautas | DIVULGAÇÃO

EDUARDO LIMA SILVA, PRESIDENTE DO SINDICATO DOS PERITOS/RS

mento essa falta de estrutura é a principal”, ressalta. De acordo com o IGP, o aparelho necessário para o Caso Bernardo realmente foi emprestado, mas o outro já teria sido consertado. O novo prédio que abrigará os peritos está sendo finalizado na avenida Missões, no bairro Navegantes. A expectativa é que ele seja entregue em 30 dias. “É tudo em termos de promessa, nada concreto. É inadmissível que o órgão que faz todas as perícias do Estado fique todo esse tempo desalojado”, resume Silva. LETÍCIA BARBIERI METRO PORTO ALEGRE

METRO POA

Turismo

Equipes de plantão tem dormitório improvisado | ARQUIVO PESSOAL

Área de teste de armas de fogo está junto a almoxarifado | ARQUIVO PESSOAL

Novo local está é para estar pronto em 30 dias | GABRIELA DI BELLA

Audiência pública

Shopping Total terá ponto de informação

OAB quer debater recursos de multas de trânsito

O Shopping Total vai inaugurar amanhã, às 11h, o Point (Ponto de Orientação e Informação Turística), em parceria com a Secretaria Municipal de Turismo. A intenção é oferecer informações turísticas da cidade de modo descentralizado. O local será visualmente identificado, junto aos prédios tombados da antiga cervejaria. METRO POA

A OAB/RS realiza hoje uma audiência pública para debater os julgamentos dos recursos das multas de trânsito nos âmbitos municipal, estadual e federal. O evento está marcado para as 18h, no Conselho Pleno (rua Washington Luiz, 1.110 – 14º andar). O debate é organizado pela Secretaria-Geral e pela Comissão do Jovem Advogado. METRO POA


|04|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Condições precárias de superlotação em internações no SUS poderão ficar restritas aos pacientes de menor poder aquisitivo | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

STF debate se é legal pagar por melhor atendimento no SUS Saúde. STF promove audiência pública para decidir divergência sobre a diferença de classe em internações no Sistema Único de Saúde Na teoria, o brasileiro tem acesso à saúde gratuitamente. E se o paciente quiser, com o próprio dinheiro, pagar para escolher um médico ou ficar numa acomodação melhor ou até mesmo individual num hospital conveniado do SUS (Sistema Único de Saúde)? O STF (Supremo Tribunal Federal) se debruçará sobre a legalidade ou não da chamada ‘diferença de classe’ nas internações -- proibida há 23 anos. A ação foi apresentada pelo Cremers (Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul). A entidade pede que a Corte permita que a modalidade seja autorizada. O STF já reconheceu a repercussão geral do caso, ou seja, a decisão favorável deverá ser seguida em todo o país. Relator do Recurso Extraordinário 581488, o ministro Dias Toffoli convocou para 26 de maio uma audiência

“O debate reclama análise que ultrapassa os limites do estritamente jurídico.” DIAS TOFFOLI, MINISTRO DO STF E RELATOR DO PROCESSO

pública com especialistas para debater o tema. O relatório deverá ser levado ao plenário do STF ainda este ano. Impasse O tema é controverso. A Justiça Federal tem concedido o direito à “diferença de classe”, mas somente para casos de doenças graves, como a leucemia aguda, que requer isolamento do paciente. A decisão deverá por fim à diferença de interpretações da leis.

De um lado, uma categoria defende o direito do paciente à escolha de acomodação, uma vez que a proibição foi feita por uma resolução e o inciso II do Artigo 5º da Constituição afirma que ‘ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude da lei”. A outra ala, porém, pede que a prática siga proibida, temendo que o acesso aos hospitais com condições precárias fique restrito às classes mais baixas, uma vez que os pacientes com melhor renda terão a opção de pagar para ficar numa clínica da rede conveniada. O Congresso já tentou, uma vez, pôr fim ao impasse, mas o projeto 3.268 de 2004 que autorizava a ‘diferença de classe’ foi arquivado. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Prática foi proibida em 1991 Uma resolução do extinto Inamps (Instituto Nacional de Assistência Médica da Previdência Social), editada em 30 de agosto de 1991, proibiu o pagamento para ter acesso às acomodações superiores no sistema público de saúde. A medida foi tomada em consequência também de casos de médicos que cobravam um valor extra para fazer atendimento de emergência, operações e internações. O valor cobrado à época chegava a ser 10 vezes o preço da tabela. A prática foi re-

gistrada durante o período de funcionamento do Inamps, entre 1974 e 1991. História A entidade -- criada no regime militar -- possuía hospitais públicos, mas atuava preferencialmente com contratos terceirizados e o atendimento só era feito para trabalhadores com carteira assinada. Só em 1990 o governo assumiu a saúde como dever de Estado e direito de todos e criou o SUS (Sistema Único de Saúde). METRO BRASÍLIA

“A autorização de internação hospitalar garante a gratuidade total da assistência prestada, sendo vedada a cobrança ao paciente ou aos seus familiares. Não havendo leitos disponíveis, cabe oferecer acomodação especial, de graça.” RESOLUÇÃO 238/1991 DO ENTÃO PRESIDENTE DO INAMPS, RICARDO AKEL

DIVULGAÇÃO/CREMERS

O que diz a lei A Constituição trata do funcionamento do SUS (Sistema Único de Saúde). Veja os principais pontos: • Artigo 196. A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação. • Artigo 198. As ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único. § 1º O sistema único de saúde será financiado com recursos do orçamento da seguridade social, da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios. • Artigo 199. A assistência à saúde é livre à iniciativa privada. § 1º As instituições privadas poderão participar de forma complementar do sistema único de saúde, mediante contrato de direito público ou convênio, tendo preferência as entidades filantrópicas e as sem fins lucrativos.

FERNANDO WEBER MATOS “O atendimento vai ser idêntico, o que vai variar é a acomodação” O presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Sul afirma que barrar o direito de escolha do paciente atinge, principalmente, a classe média. O que motivou a apresentação desse recurso? Defendemos a diferença de classe como uma coisa boa para o sistema de saúde, na medida em que o paciente que tiver condições econômicas de fazer pagamento de um quarto diferenciado possa ficar junto com a família, seus filhos, no momento da doença. A diferença não afronta a igualdade de tratamento? Não existe criação de uma cidadão de segunda ou de primeira classe. Estamos numa sociedade onde o poder econômico prevalece. Se a escolha daquilo que mais o convém é permitida, porque não pode acontecer o mesmo na saúde pública?

De que forma a medida pode ajudar a melhorar o sistema? O indivíduo que pagará por um quarto melhor é menos um paciente que vai utilizar um quarto convencional. Vai abrir a possibilidade de internar mais uma pessoa. Quer dizer, mais pessoas vão ser atendidas pelo SUS. Qual a expectativa para o julgamento? É de derrota, infelizmente. Existe um problema ideológico-político que não aceita qualquer diferenciação. No entanto, proíbe que aqueles que possam ter uma melhor acomodação não possam fazê-lo, apesar de serem o que mais contribuem -- até pelos seus salários mais elevados -- para o INSS, para a manutenção do sistema. É difícil de entender. É um tratamento injusto com a classe média brasileira. METRO BRASÍLIA


|06|

Violência. Morre mulher espancada no Guarujá A dona de casa Fabiane de Jesus, de 33 anos, morreu na madrugada de ontem em decorrência de um espancamento ocorrido na noite de sábado, no Guarujá, na Baixada Santista. Ela foi agredida por um grupo de moradores do bairro de Morrinhos, onde vivia, por supostamente ter ligação com sequestros de crianças para rituais de magia negra. Fabiane estava internada na UTI do Hospital Santo Amaro em estado de saúde gravíssimo desde que foi socorrida, ainda no sábado. Segundo o hospital, ela morreu por volta das 6h30, vítima de politraumatismo. Fabiane era mãe de duas meninas, uma de 12 anos e outra de 1. O advogado da vítima, Airton Sinto, afirmou à rádio BandNews FM que o caso ocorreu após a página do Facebook “Guarujá Alerta” veicular a informação de que mulheres estariam sequestrando crianças na comunidade para os rituais. O fato é

“A página diz que sempre falou aos curtidores que não se passava de um boato. Então por que divulgou as imagens?” AIRTON SINTO, ADVOGADO

desmentido pela polícia. “Postaram fotos de mulheres e até retrato falado. Vamos abrir ocorrência para descobrir quem é o administrador da página, porque essa atitude irresponsável terminou em tragédia”, afirmou o advogado. Após apagar as publicações, a página, que tem mais de 50 mil curtidores, afirmou, em nota, que jamais divulgou as imagens afirmando que fossem verídicas. “Temos as mensagens de seguidores, alguns perguntando, outros afirmando [sobre o fato de existir uma sequestradora] e sempre respondíamos que era boato”, diz a nota. METRO

Justiça. Caso Santiago tem segunda audiência

A dupla é acusada de homicídio triplamente qualificado | ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

Cerca de quatro meses depois de um rojão ter atingido a cabeça do cinegrafista Santiago Andrade, o juiz da 3ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Murilo Kieling, ouviu ontem mais cinco testemunhas na segunda audiência de Fábio Raposo Barbosa e Caio Silva de Souza, acusados de terem provocado a morte do cinegrafista da Band. A defesa da dupla também teve o pedido de habeas corpus negado pelo ministro Jorge Mussi, do Superior Tribunal de Justiça. Presos preventivamente desde o dia 20 de fevereiro, Fábio, de 23 anos, e Caio, 22, são acusados de homicídio triplamente qualificado e crime de explosão.

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Os jovens também são os responsáveis, de acordo com o MP (Ministério Público), por acender o rojão que atingiu Santiago, quando ele fazia as imagens para uma reportagem sobre uma manifestação no dia 6 de fevereiro. Atingido pelo artefato, Santiago teve afundamento de crânio e morreu quatro dias depois. A professora Marise Raposo, mãe de Fábio, afirmou que o jovem tem sido torturado no complexo penitenciário de Gericinó. O suspeito chorou durante o depoimento. A audiência será retomada no dia 16. A estratégia de defesa tenta desqualificar a acusação de homicídio doloso. METRO RIO

Renan recorre ao STF contra CPI da Petrobras Estatal. Presidente do Senado diz que houve ingerência na autonomia do Congresso. Oposição quer comissão mista. Governistas defendem investigação apenas no Senado O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), entrou ontem com recurso no STF (Supremo Tribunal Federal) contra a decisão da ministra Rosa Weber, que acolheu os argumentos da oposição e determinou a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar apenas irregularidades na Petrobras. No recurso, os advogados do Senado alegam que decidir sobre o conteúdo de uma CPI é um assunto interno do Congresso e que houve inadmissível e grave ingerência de um Poder sobre o outro, sem o mínimo de respaldo da Constituição. Apesar disso, Renan deve determinar hoje a criação de duas CPIs para investigar a Petrobras: uma mista, formada por deputados e senadores, como quer a oposição, e uma exclusiva do Senado. A base governista focará a CPI do Senado, na qual terá ampla maioria, 10 das 13 cadeiras, e o controle total dos trabalhos. O PMDB indicará o presidente e o PT já confirmou o senador José Pimentel (PT-CE), líder do governo no Congresso, para o cargo de relator. Com um papel de coad-

TSE. Oposição acusa Dilma de campanha antecipada Os partidos de oposição entraram ontem com duas ações no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) contra a presidente Dilma Rousseff por propaganda eleitoral antecipada. O DEM e o PSDB acusam a presidente de ter usado na véspera do Dia do Trabalho, a cadeia nacional de rádio e TV para anunciar medidas, de olho em sua reeleição ao Palácio do Planalto. Os oposicionistas também vão ingressar com outra ação contra Dilma na PGR (Procuradoria-Geral da República), em que vão acusá-la de improbidade administrativa. Os partidos pedem uma multa entre R$ 5 mil e R$ 25 mil contra Dilma. METRO

A DIVISÃO DO PODER

Como deverá ser feita a distribuição dos cargos na CPI, de acordo com o tamanho das bancadas:

CPI EXCLUSIVA DO SENADO

32

CPI MISTA

PARLAMENTARES

13 PARLAMENTARES

10 BASE ALIADA BLOCO DA MAIORIA

3 OPOSIÇÃO BLOCO DA MINORIA

quatro vagas

três vagas

PMDB, PP, PSD e PV

PSDB e DEM

BLOCO DO GOVERNO

BLOCO UNIÃO E FORÇA

cinco vagas PT, PDT, PSB, PCdoB e PSOL

24

8

BASE ALIADA

OPOSIÇÃO

VAGAS DO SENADO

VAGAS DA CÂMARA

BLOCO DA MAIORIA

BLOCO DA MINORIA

PT, PMDB e PSD

cinco vagas

três vagas

duas vagas cada

PMDB, PP, PSD e PV

PSDB, DEM e SDD

BLOCO DO GOVERNO

BLOCO INDEPENDENTE

duas vagas

cinco vagas

duas vagas

PSDB, PP, PR, PSB, DEM, SDD, PTB, PROS, PDT, PV e PPS

PTB, PR, PSC e PRB

PT, PDT, PCdoB e PRB

PTB, PR e PSC

uma vaga cada

FONTE: MESAS DIRETORAS DA CÂMARA E DO SENADO

juvante, a oposição insistirá na comissão mista, que terá maior número de integrantes. Renan reunirá os líderes partidários hoje. Oficialmente, o encontro é para tratar do cronograma dos trabalhos, que não deve-

rá se chocar com as semanas de esforços concentrados de votações que serão feitos em julho, agosto e setembro. A missão, porém, é tentar desviar as duas partes da ideia de fazer duas investi-

gações simultâneas. A última vez que houve duas CPIs aos mesmo tempo foi em 2007, quando Câmara e Senado criaram comissões próprias para apurar a crise no setor aéreo. METRO BRASÍLIA

Laboratório de Youssef importava bebida em vez de medicamentos Investigações da PF (Polícia Federal) revelam que o laboratório “Labogen Química Fina”, controlado em 2009 pelo doleiro Alberto Youssef - alvo da “Operação Lava Jato”, da PF – foi usado para importar bebidas alcoólicas em vez de medicamentos. As investigações, divulgadas ontem pelo jornal “O Estado de S. Paulo”, mostram ainda que Youssef executou centenas de transações ilícitas para atender encomendas de executivos brasileiros. O esquema funcionava da seguinte forma: clientes do doleiro compravam vinho de uma empresa na Europa. O valor da compra, em reais, era entregue a Youssef, que falsificava as faturas em nome do laboratório como se estivesse fechan-

O doleiro Alberto Youssef | DIVULGAÇÃO

do uma importação de remédios. Mas o dinheiro não era usado na compra de insumos farmacêuticos, e sim para o pagamento da compra de vinhos.

O rastreamento foi feito por meio de faturas emitidas por outros países que detalhavam o bem adquirido. A PF constatou que eram inseridos dados falsos sobre medicamentos para que o Banco Central registrasse as operações do Labogen como “legais”. A polícia descobriu também que as faturas eram emitidas em nome de fornecedores que não têm nenhuma atuação no setor farmacêutico e vai rastrear os empresários brasileiros que usaram serviços do doleiro. A Procuradoria da República fez um requerimento a Justiça solicitando ao Banco Central que recolha nas corretoras todas as faturas relacionadas aos contratos de câmbio do Labogen nos últimos cinco anos. METRO


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

EDUARDO CAMPOS ELEIÇÕES

2014

Na segunda entrevista da série com os pré-candidatos à presidência, o Canal Livre, da Band, recebeu o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB). Entrevistado pelos jornalistas Ricardo Boechat, Fernando Mitre, Fábio Pannunzio e Rafael Colombo , ele defendeu a independência do Banco Central e uma meta de 3% para a inflação até 2019. O senhor fez parte da base de Lula. Sua candidatura é um rompimento com o modelo do atual governo? Minha candidatura é uma busca pela superação do

Em entrevista ao Canal Livre, da Band, o pré-candidato à presidência pelo PSB diz que modelo de presidencialismo de coalizão está vencido e que país precisa de uma nova agenda

‘A ATUAL CRISE NÃO É SÓ ECONÔMICA, É UMA CRISE DE VALORES’ atual ciclo de governo. Precisamos de um novo modelo de gestão para os serviços públicos, para o desenvolvimento econômico. A atual crise não é apenas financeira, ela é uma crise de valores. Queremos atender a esse pedido de mudança por parte da população. Quais são as medidas que irão permitir a superação desse ciclo petista?

Vamos trabalhar em duas linhas: corrigir os desequilíbrios gerados nos últimos anos e, em seguida, criar um ambiente seguro para investimentos de longo prazo. É preciso oferecer regras seguras e estabilidade jurídica para o investidor. Quais as ações efetivas para reverter a desconfiança na economia nacional? Instituir o Conselho de Res-

ponsabilidade Fiscal, dar autonomia ao Banco Central e adotar mecanismos que impeçam que as despesas correntes subam acima das receitas correntes. Que modelo de independência do BC irá adotar? Estamos avaliando. O ponto principal é evitar que o BC fique submetido às idas e vindas da política. O presidente terá um mandato.

Recentemente, o senhor declarou que é possível chegar a 2019 com a inflação em 3%. Como isso será feito? Reformulando as instituições, adotando novos paradigmas de governança e de transparência. Hoje, existe um sentimento de repúdio à política. É possível reverter esse quadro? É possível. Para isso temos

|07|◊◊

Os jornalistas Rafael Colombo, Fernando Mitre, Ricardo Boechat e Fábio Pannunzio entrevistam Eduardo Campos

ANDRÉ PORTO/METRO

que superar esse modelo vencido de presidencialismo de coalização. Ele está contaminado pelo fisiologismo e pelo patrimonialismo. A confiança será reconquistada com um novo caminho, que prioriza a qualidade técnica, uma nova agenda estratégica. O PSB apoiou a CPI da Petrobras. O senhor também é favorável a investigação do porto de Suape, no Recife? Sou favorável. Que se investigue tudo. Se o ex-presidente Lula disputar a eleição, o senhor revê sua candidatura? Nossa candidatura não tem volta. Rompemos com o atual governo em fevereiro de 2013. METRO


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{EDITORIA}

|08|◊◊


|10|

Carros. Vendas acumulam queda de 4,5% no ano A venda de carros e comerciais leves recuou 4,5% no primeiro quadrimestre de 2014 em relação ao mesmo período do ano passado. Segundo a Fenabrave (federação das concessionárias), foram emplacadas pouco mais de 1 milhão de unidades de janeiro a abril. Em abril, foram vendidos 279,7 mil automóveis e comerciais leves, que tiveram parte dos descontos no IPI retirada na virada do ano, uma queda de 11,67% sobre os 316.670 em igual mês de 2013. Já em relação a março, quando o setor foi prejudicado pelo feriado de Carnaval, houve crescimento (22,3%). O mercado continua sendo liderado pela Fiat, que fechou abril com 21,5% de participação, seguida por

Eleições

Preço do m sobe menos em abril 2

Imóveis. Valor do metro quadrado tem alta de 0,49% e mantém tendência de desaceleração. Em 15 das 16 cidades pesquisadas pela Fipe, aumento foi inferior à inflação prevista Foram emplacadas mais de 1 milhão de unidades no ano | MARCELLO CASAL JR./ABR

Chevrolet (17,9%), Volkswagen (16,9%), Ford (9,4%) e Hyundai (6,9%). O VW Gol voltou à liderança (16,9 mil unidades), ultrapassando os Fiat Palio (15,4 mil) e Strada (13,3 mil), enquanto o Chevrolet Onix (13,2 mil) encostou nos líderes. METRO

ONU. Mundo terá um celular para cada habitante em 2014 Até o final do ano, o número de celulares no mundo chegará perto do número de habitantes no planeta, segundo dados divulgados ontem pela UIT (União Internacional de Telecomunicações), órgão ligado à ONU (Organização das Nações Unidas). Até dezembro, quantidade de linhas vai chegar perto dos 7 bilhões, o representará 96% dos habitantes.

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Mais da metade delas (3,6 bilhões) estará na região Ásia-Pacífico, segundo a UIT. O crescimento ocorre devido ao aumento de linhas nos países em desenvolvimento, onde estarão cerca de três em cada quatro delas no mundo até o fim do ano. Nessas nações, a penetração das linhas celulares cresce o dobro, em média, do que nos desenvolvidos. METRO Pnad Contínua

Bolsa atinge maior nível em 5 meses

IBGE volta atrás e retoma divulgação

O Ibovespa fechou em alta de 0,88% aos 53.446,17 pontos – maior patamar desde 18 de novembro, quando encerrou aos 54.307,04 pontos. Investidores, que estão descontentes com a atual política econômica do país, reagiram com otimismo à pesquisa eleitoral divulgada no fim de semana que mostra uma disputa mais acirrada na corrida presidencial. O Instituto Sensus apontou que a presidente Dilma Rousseff (PT) conta com 35% das intenções de voto, contra 24% do senador Aécio Neves (PSDB) e 11% do ex-governador Eduardo Campos (PSB). Os destaques de alta do Ibovespa foram as ações de estatais e bancos. METRO

Após o órgão passar por uma crise institucional, a direção do IBGE voltou atrás e decidiu manter o calendário original da Pnad Contínua, nova pesquisa sobre emprego em âmbito nacional. A divulgação deve ocorrer em 3 de junho. METRO Petrobras

Plano de demissão atrai mais de 12% A Petrobras informou ontem que as inscrições para o programa de desligamento voluntário encerradas em 31 de março chegaram a 8.298 empregados, o que representa 12,4% do efetivo total da companhia. METRO

O valor do metro quadrado do imóvel anunciado desacelerou no mês passado. Segundo o índice FipeZap Ampliado, os preços em 16 cidades do país subiram 0,49%, abaixo da inflação prevista pelo mercado para o período, 0,80%. No mês anterior, a alta havia sido de 0,64%, e, em abril de 2013, de 1,07%. “Houve uma queda mais acentuada do ritmo de alta neste mês. É uma tendência que a pesquisa já havia apontado”, afirma a economista da Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas) Priscila Fernandes Ribeiro. Na sua avaliação, as condições de crédito e emprego, dois impulsionadores do mercado imobiliário, não mudaram de forma significativa para justificar a forte desaceleração de preços. Para a economista, a redução das taxas de aumento de preços está associada a uma demanda menos vigorosa por imóveis em comparação aos anos anteriores, quando a forte procura fez os preços dispararem. “Talvez, os consumidores queiram esperar o final

1,35%

EVOLUÇÃO DE PREÇOS Variação mensal em 16 locais

foi a queda de preços registrada em Porto Alegre. O valor também caiu em Curitiba e Florianópolis

1.5

da Copa do Mundo para ver o que vai acontecer. O evento foi apontado em muitas das justificativas para a valorização dos imóveis”, diz. Segundo o levantamento, apenas em Fortaleza o aumento mensal em abril foi maior do que a variação de 0,80% esperada para o IPCA. Nas outras quinze cidades, a variação mensal foi menor do que o aumento esperado para os demais preços da economia, o que significa que houve uma queda de preços em termos reais (descontada a inflação). Nas três capitais da região Sul do país, houve queda nominal nos preços. A maior queda foi registrada em Porto Alegre (-1,35%). Em Curitiba e Florianópolis, o metro quadrado anunciado ficou 0,57% e 0,13% mais barato, respectivamente. METRO

0.9

1,31% 1,07%

1.2

0.6

0,49% 0.3

Abril/13 Média nacional Rio de Janeiro Brasília São Paulo Niterói Recife Belo Horizonte São Caetano do Sul Fortaleza Florianópolis Curitiba Porto Alegre Santo André Vitória São Bernardo do Campo Salvador Vila Velha

0,49% 0,67% 0,52% 0,75% 0,76% 0,67%

12,2% 14,2% 3,8% 12,9% 11,0% 16,1%

0,25% 0,55% 1,38% -0,13% -0,57% -1,35% 0,63% 0,78% 0,66% 0,45% 0,46%

6,2% 12,1% 12,8% 13,0% 29,3% 7,1% 12,3% 16,1% 10,3% 10,0% 12,9%

Abril/14 R$ 7.455 R$ 10.538 R$ 8.155 R$ 8.003 R$ 7.351 R$ 5.751 R$ 5.424 R$ 5.398 R$ 5.322 R$ 5.217 R$ 5.084 R$ 4.751 R$ 4.683 R$ 4.634 R$ 4.435 R$ 4.341 R$ 3.937

FONTE: FIPEZAP

Feirão de imóveis da Caixa movimenta R$ 3,5 bi em SP

Pesquisa. Nível de endividamento avança para 51%

O Feirão Caixa da Casa Própria, que terminou no domingo em São Paulo, movimentou mais de R$ 3,5 bilhões em negócios assinados e encaminhados. Nos três dias do evento, foram mais de 64 mil visitantes. Durante a décima edição na capital paulista, foram oferecidos mais de 147 mil imóveis, sendo 33 mil imóveis novos ou em construção, e cerca de 114 mil usados, distribuídos pelas regiões da capital, Grande São Paulo e Baixada Santista. O visitante teve como opção de compra mais de 17 mil unidades do Programa Minha Casa, Minha Vida. A rede de agência da Caixa continua a atender as pessoas interessadas em financiar a casa própria, com as

O nível de endividamento das famílias na capital paulista subiu em abril, chegando a 51,1% do total, segundo pesquisa divulgada pela FecomercioSP (federação do comércio de São Paulo). O número é superior aos 48,4% de março, mas menor que os 57,1% de abril de 2013. Segundo a entidade, a alta na base sequencial deveu-se ao impacto da inflação, sobretudo de alimentos, associado ao menor crescimento da renda. Para manter o mesmo padrão de consumo, as famílias estariam contraindo novas dívidas. Cerca de dois terços das famílias (66,2%) tinham dívidas no cartão de crédito, à frente de outras modalidades, como financiamento de veículo (19%). METRO

Evento recebeu mais de 64 mil visitantes em SP | FERNANDO NEVES/FUTURA PRESS

mesmas condições do Feirão. Quem contratar neste ano o financiamento imobiliário até 31 de julho poderá começar a pagar a primeira prestação em janeiro de 2015. Entre 16 e 18 de maio, o evento acontecerá em mais oito cidades: Brasília (DF),

Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Recife, (PE), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA). O último fim de semana do evento será de 23 a 25 de maio em Campinas (SP), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e Uberlândia (MG). METRO


|12| Grécia

Naufrágio mata 22 imigrantes Pelo menos 22 pessoas, entre elas quatro crianças, morreram quando duas embarcações em que estavam afundaram na costa da ilha grega de Samos, no mar Egeu, na madrugada de ontem. Centenas de imigrantes ilegais já morreram ao tentar fazer a perigosa travessia na região. Em março, sete imigrantes se afogaram. METRO Vaticano

ONU acusa ‘impunidade’ O Comitê contra a Tortura da ONU (Organização das Nações Unidas) acusou o Vaticano ontem por um “clima de impunidade” em casos de abuso sexual contra crianças e pediu um sistema de investigação permanente. O Vaticano deve responder oficialmente hoje mas disse que “faz sua própria limpeza da casa” há 10 anos. METRO

Confrontos matam 20 em dia tenso na Ucrânia

Violência. Separatistas derrubam helicóptero do Exército ucraniano. Kiev destaca unidade de elite para Odessa Pelo menos quatro soldados ucranianos e 20 separatistas pró-Moscou morreram ontem em pesados confrontos no quarto dia de ofensiva do Exército da Ucrânia contra Slaviansk, cidade no leste do país tomada por rebeldes. Em um incidente separado, um helicóptero militar ucraniano foi derrubado ao ser alvejado por tiros de uma metralhadora pesada disparados por separatistas, perto da cidade, mas os pilotos sobreviveram, segundo o Ministério da Defesa. Ao menos três helicópteros da Ucrânia foram derrubados na última semana. Dois veículos blindados de transporte de pessoal e vários rebeldes fugiram de um duro confronto em Slaviansk, disse a Reuters. Odessa Em Odessa, cidade no sudoeste do país em que 40 pessoas

Nigéria. Grupo assume rapto de meninas e promete ‘vendê-las em mercado’ O grupo islâmico Boko Haram assumiu ontem a autoria do sequestro de mais de 200 meninas em abril em uma escola da Nigéria. Em um vídeo, o líder do grupo, Abubakar Shekau, ameaçou “vender” as crianças, disse a AFP. “Eu sequestrei as suas meninas. Vou vendê-las no mercado, por Deus”, disse Shekau. Nenhuma exigência foi feita pelo grupo. METRO

Protesto em Lagos pede retorno de crianças | AKINTUNDE AKINLEYE/REUTERS

Maduro. Pesquisa aponta queda de popularidade Uma pesquisa divulgada ontem aponta que 59,2% dos venezuelanos avaliam de forma negativa o governo do presidente Nicolás Maduro. O estudo mostra ainda que 59,1% dos entrevistados dizem que ele deveria deixar o cargo antes do fim do mandato, em 2019. A pesquisa foi realizada em abril pelo Datanáli-

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

sis, um dos mais conhecidos grupos de pesquisa de opinião da Venezuela, e publicado no jornal “El Universal”. De acordo com o levantamento, 79,5% dos venezuelanos classificam a situação no país como “negativa”, citando falta de produtos de consumo, insegurança e o elevado custo de vida como principais problemas. METRO

morreram em um incêndio no fim de semana, uma unidade de elite da polícia foi destacada depois do que o ministro do Interior da Ucrânia, Arsen Avakov, chamou de “ultrajante” falha da polícia local ao conter separatistas. A violência na cidade, que tem presença de russos, ucranianos, georgianos e tártaros, é vista como sinal de alerta por Kiev, uma vez que a ameaça de rebelião se espalha para além do leste russófono. O chefe militar da Otan, Philip Breedlove, disse não acreditar que tropas “regulares” da Rússia devam invadir o leste da Ucrânia. Para Breedlove, Moscou poderá “atingir seus objetivos por outros meios”. Nazismo Um relatório da chancelaria russa divulgado ontem acusa “extremistas de forças ultranacionalistas e neonazistas”

Separatistas armados pró-Moscou perto de Slaviansk | BAZ RATNER/REUTERS

com apoio “ativo” do Ocidente de realizarem um golpe em Kiev em fevereiro. “Manifestações de sentimentos extremistas, ultranacionalistas e neonazistas, intolerância religiosa, xenofobia, chantagem descarada, ameaças, repressão, violência física e, às vezes, crimes

se tornaram comuns na Ucrânia”, afirma o relatório, de 80 páginas. Sem citar fontes, o documento detalha “violações abrangentes e brutais dos direitos humanos” na Ucrânia, pelas quais acusa o governo interino em Kiev e seus aliados ocidentais. Enquanto isso, o presi-

dente russo, Vladimir Putin, assinou uma lei que torna a negação de crimes nazistas e a distorção do papel da URSS durante a Segunda Guerra Mundial crimes puníveis com até cinco anos de prisão. A lei também criminaliza a profanação de memoriais de guerra. METRO

OMS emite alerta global devido a surto de pólio A Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou emergência sanitária ontem em função do surto de poliomielite em ao menos dez países da África, Ásia e Oriente Médio. Esta é a segunda vez na história que a entidade declara emergência global devido a uma doença. Em 2009, o alarme foi dado em razão da gripe A. “Até que seja erradicada, a poliomielite vai continuar a se espalhar internacionalmente, provocando paralisia em crianças vulneráveis”, disse ontem o coordenador dos esforços contra a doença na OMS, Bruce Aylward. A pólio afeta principalmente crianças menores de 5 anos e não tem cura específica, mas há diversos tipos de vacina. Paquistão, Síria e Camarões foram identificados pela entidade como países que permitiram que o vírus se espalhasse para além

Criança é vacinada contra a pólio na capital do Iêmen | KHALED ABDULLAH/REUTERS

de suas fronteiras, especialmente devido a conflitos. Refugiados A Síria chegou a ser considerada exemplo de erradicação da doença, sem nenhum

caso registrado em 14 anos. Mas a guerra no país mudou o cenário e a OMS reconhece que muitos dos portadores da pólio podem já estar fora do país, entre os centenas de milhares de refugia-

dos espalhados por nações vizinhas e distantes. No Paquistão, que registrou 59 dos 74 casos conhecidos nos quatro primeiros meses de 2014, a temporada de vacinação ainda não foi iniciada. No ano passado, mais de 20 médicos envolvidos na campanha foram assassinados, além de 9 policiais que faziam a segurança de centros de imunização. O país tem um obstáculo inusitado a mais: o governo dos EUA usou um agente disfarçado de médico para descobrir o esconderijo de Osama Bin Laden, morto em 2011. A OMS recomendou aos governos dos três países que os cidadãos comprovem ter sido vacinados contra a pólio antes de viajar. O número de casos confirmados em 2014, 68, é quase o triplo dos 24 registrados no primeiro quadrimestre de 2013. METRO


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Ela

{ESPECIAL} Camisa Sophie Preço sugerido: R$ 259 www.mariafilo.com.br

sempre

Flower in the Air - Kenzo (50ml) Preço sugerido: R$275,00 www.sephora.com.br

Vestido floral C&A Preço sugerido: R$ 69,90 www.cea.com.br

merece! Toda mulher adora. No esporte, em casa ou na rua, não dá para negar que é muito bom ver a ‘mãezona’ bonita e feliz!

Tênis Asics Gel Flux Preço sugerido: R$ 329,90 www.asics.com.br

+ ESPECIAL

Só tem uma

Precisava, sim!

Kit para sobrancelhas Brow Zings Preço sugerido: R$ 159 www.sephora.com.br

Vinho Dom Melchor, Concha Y Toro Preço sugerido: R$ 420 www.donmelchor.com

|13|◊◊

Panela Elétrica Multiuso Oster Preço sugerido: R$ 109 www.osterbrasil.com

É claro que não é pelo presente... Que ela vai dizer que não precisava... Mas a verdade é que todo mundo gosta de um agrado. Por isso, o Metro selecionou algumas dicas para você presentear a sua mãe no próximo domingo.


2 CULTURA

|14|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

De volta ao batente Estreia hoje. Kiefer Sutherland encarna novamente o papel do agente durão Jack Bauer em ‘24 Horas: Viva um Novo Dia’, minissérie com metade dos episódios de cada uma das oito temporadas regulares da produção, encerrada em 2010

Jack Bauer conduz a ação da nova série em Londres DIVULGAÇÃO

Após quatro anos fora do ar, a série de ação “24 Horas” retorna como uma minissérie de 12 episódios. “24 Horas: Viva um Novo Dia” estreia hoje, às 22h30, na Fox, apenas um dia após sua exibição nos Estados Unidos, com dois episódios em sequência. Agora, o público vai encontrar Jack Bauer (Kiefer Sutherland) em um novo cenário. É em Londres que ele vai ter a oportunidade de se redimir da condição de foragido da justiça americana em que se encontrava desde o último episódio da série, em 2010.

Perseguido pela CIA, o ex-agente vai pôr em risco a própria liberdade para evitar um atentado terrorista de proporções catastróficas, em um retorno que também traz de volta outros personagens, como Chloe (Mary Lynn Rajskub) e James Heller (William Devane), antes secretário de Defesa que agora surge como o presidente dos EUA. “[Filmar em Londres] foi um jeito de trazer a série de volta de um jeito impactante e diferente e que tem a ver com o exílio do personagem ao fim da oitava tempo-

“[Fazer 12 episódios] é desafiador no sentido de que as histórias estão mais concentradas. Há menos espaço para rodeios.” MANNY COTO, PRODUTOR-EXECUTIVO

rada. E há algo de excitante em ver Jack Bauer correndo pelas ruas de Londres. É um ambiente completamente diferente para um herói verdadeiramente americano”, justifica o produtor-executivo Evan Katz.

Orquestra e cantores trazem Sinfonia Coral Metaphisica De volta

Julieta no Araújo

Atendendo a pedidos, a cantora Julieta Venegas volta ao Brasil para apresentar seus grandes sucessos. Em Porto Alegre, o show será no dia 25 de maio no auditório Araújo Vianna. Ingressos de R$ 50 a R$ 120, à venda na bilheteria do Shopping Bourbon Country e pelo tel.: 8401-0555.

Apresentada no final do ano passado na região de Santa Maria, a obra “Metaphisica Sinfonia Coral” chega amanhã a Porto Alegre. O concerto faz parte da programação da Orquestra de Câmara Theatro São Pedro e terá regência de Antonio Carlos Cunha. O espetáculo, com orquestra, coral e solistas, adapta para o formato de concerto as composições do italiano Antonio Meneghetti. Ele apresentou este repertório ao piano em 1979, em um programa transmitido pela rede de TV italiana RAI. Em 2012, conheceu Vagner Cunha e confiou a ele as releituras e orquestrações de suas ideias musicais. “Meneghetti criou um novo movimento musical, que procura um diálogo com o metafísico da existência humana”, destaca Cunha,

Uma das grandes curiosidades em relação a “24 Horas: Viva um Novo Dia” tem a ver com seu formato. Afinal, um dos grandes diferenciais da série, lançada em 2001, foi o fato de ela simular uma exibição em tempo real, com cada episódio referente a uma hora do dia, com um relógio na tela cronometrando a ação. A promessa é que essa característica vai ser mantida, mas com saltos temporais entre os episódios a fim de fechar um dia inteiro de ação. Segundo o também produtor-executivo Manny CoLeituras

cia da arte para o desenvolvimento integral das pessoas. METRO POA

Para ver No Theatro São Pedro (tel.: 3227-5100). Quarta, às 21h De R$ 20 a R$ 60.

METRO INTERNACIONAL

Música 1

Noite de rock no Câmara

No embalo do mês das noivas, o Sarau Elétrico trata de casamentos em textos cômicos e trágicos da literatura mundial. Canja do Maestro Sujo. A partir das 21h, no Ocidente (av. Osvaldo Aranha, 960). R$ 15.

As bandas Gustavo Telles & Os Escolhidos e Garçonetes Dançantes fazem o show de hoje do projeto República do Rock. A partir das 19h30, no Teatro de Câmara (r. da República, 575). Ingresso é um quilo de alimento.

Artes

que assina os arranjos do concerto desta noite. Morto há um ano, Meneghetti ficou conhecido como criador do movimento artístico OntoArte, com representações em diversas partes do mundo. Ele é autor de pelo menos 50 livros que enfatizam a importân-

NED EHRBAR

Casamento é o tema do Sarau

METRO POA

Antonio Carlos Cunha rege a orquestra hoje | RODRIGO CONTE/DIVULGAÇÀO

to, a decisão pelo corte de episódios foi da própria Fox. “É mais fácil no sentido de que é metade do trabalho, mas também é desafiador no sentido de que as histórias estão mais concentradas. Há menos espaço para rodeios. Em uma temporada de 24 episódios, há episódios de transição em que acontece menos coisa do que em outros. Mas, agora, todos os episódios precisam ter cara de estreia”, diz ele.

METRO POA

Música 2

Açorianos será anunciado hoje

The Maine toca no Opinião

Os melhores das artes visuais em Porto Alegre no ano de 2013 serão conhecidos hoje, com a entrega do Prêmio Açorianos de Artes Plásticas. A cerimônia começa às 20h no Teatro Renascença (av. Erico Verissimo, 307), com entrada franca. METRO POA

A banda norte-americana The Maine toca hoje, a partir das 20h, no Opinião (r. José do Patrocínio, 834). Os músicos reúnem faixas dos seus quatro discos na turnê mundial “8123”. Ingressos a R$ 90, com abertura do cantor Nick Santino. METRO POA


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

|15|◊◊

Uma

diva de volta ao palco Silvia Pfeifer interpreta a cantora antes de morrer

PODEROSO CHEFÃO/DIVULGAÇÃO

Teatro. Silvia Pfeifer vive Maria Callas com direção de Marilia Pera Maria Callas é, até hoje, a grande voz feminina do canto lírico. Dona de uma interpretação majestosa, ela também teve uma história pessoal atribulada, incluindo o casamento com o milionário grego Aristóteles Onassis e por quem largou a carreira. Personagem cultuada de livros, filmes, discos e exposições pelo mundo afora, a cantora é tema de um texto teatral do brasileiro Fernando Duarte. O espetáculo “Callas”, que

estreou no Rio de Janeiro no começo deste ano, traz Sivia Pfeifer no papel da diva. A história é ambientada às vésperas de sua morte, em setembro de 1977 (ela tinha apenas 53 anos), quando ela encontra o jornalista e amigo John Adams (Cássio Reis) e divide com ele alguns fatos e segredos da sua vida. A direção é de Marilia Pêra, que viveu Callas na peça “Master Class”, há dez anos. “Meu principal interesse nes-

sa montagem, além de ouvir e estudar Callas mais uma vez, é acompanhar esse autor em início de carreira”, diz ela. METRO POA

Para ver No Theatro São Pedro (Praça da Matriz, s/no) Sexta e sábado, às 21h; domingo, às 18h De R$ 30 a R$ 80, à venda no local e tel. 8401-0555

‘A Força do Tempo’ em fotografias no MAC Fotógrafo homenageado do 7º FestFotoPOA, Ricardo Chaves inaugura hoje, às 19h, uma exposição individual com registros de suas coberturas fotojornalísticas internacionais em quatro décadas de carreira. São cerca de 60 imagens, que ficam em cartaz até 1º de junho no Museu de Arte Contemporânea do RS (6o andar da CCMQ - r. dos Andradas, 736) | RICARDO CHAVES/DIVULGAÇÃO


|16|

PORTO SÃOALEGRE, PAULO, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.metrojornal.com.br www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Achados & perdidos

Crucifixos

RUBEM PENZ RUBEM.PENZ@METROJORNAL.COM.BR

O OUTONO CHEGOU EM MIM Diz o calendário que o outono começou por essas bandas às 13h57 de 20 de março. Não discuto com calendários – obedeço calendários. Porém, nada ou ninguém pode me forçar a senti-lo. Penso que as estações chegam para cada um num tempo diferente, submetidas às interferências do relógio interno. Assim como um calor extemporâneo pode fazer florir os ipês, a nova estação só derruba nossas folhas quando a hora do encontro acontecer. O que de fato aconteceu no final de semana. Demorou um pouco, mas o outono chegou em mim. Demorou menos por contingências climáticas – eu já havia notado que o calor de um dos verões mais inclementes da história havia amenizado. Vesti camisas de manga longa e passei a deixar um suéter no porta-malas – Antônio Maria implicava com suéteres, mas nunca morou no sul. As manhãs passaram a entrar mais preguiçosas pela minha janela, calaram-se os sabiás, mudei a regulagem do aquecedor de água. Tive tosse, rinite, febre. Tudo isso foi acontecendo devagar, mas faltava algo para que o outono estivesse comigo, aqui dentro. Íntimo. Chegou, enfim. Chegou porque respirei algumas horas de modo mais profundo, fiz um pouco de silêncio nos pensamentos, acalmei os braços e as mãos. Agucei os sentidos e deixei que a melancolia do vento cantasse para eu dormir. Escutei a percussão da chuva na calha, colhi o frescor úmido da madrugada, coloquei meias nos pés. O paladar pediu um chá, ao invés do suco ou da água, e atendi. O batimento cardíaco amenizou. Meu corpo todo ansiou novo ritmo, um andamento mais sereno, típico das estações intermediárias. Agora, as engrenagens interiores estão se movendo de modo perceptível em busca da adequação ao inverno. Dei-me a rara oportunidade de observar o renascer do Homem Meridional. São exemplares da espécie Sapiens que se transformam internamente para obedecer os pedidos de cada novo outono. Apagam um pouco suas cores, economizam os gestos e se recolhem. Tornam-se mais reflexivos e menos audaciosos; mais doces e menos ásperos; mais graves e menos afoitos. Entristecem um tanto, principalmente quando estão sós. Se são poetas, produzem melhor. Se são operários, produzem melhor. Se são amantes, melhor reproduzem. O outono chega para cada um a seu tempo. Sinto-me outono, finalmente. Virei a folhinha da estação, troquei de pele, de ânimo. Vida, não me cobre pressa, decisões, revoluções – intermédios são incompatíveis com ultimatos. Flerta comigo, apenas. Conversa, seduz, propõe. Até que o inverno aconteça, sejamos vento em folha desprendida. Movimento aleatório. Paz.

Cruzadas

Quando se elege um político se espera que ele trabalhe em prol das propostas que defendia quando em campanha, mas o que estamos vendo é bem diferente disto, pois após eleitos criam projetos que ao invés de focar nas necessidades básicas para melhorias sociais, focam em assuntos que causam polêmica, dividem e enfraquecem a sociedade. O projeto para a retirada dos crucifixos da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, com a alegação de que as orientações religiosas influenciam os rumos políticos e jurídicos dos órgãos públicos é impertinente e a alegação não é verdadeira, pois Cristo pregava o amor e a justiça, e se dele se lembrassem, muitas decisões teriam sido diferentes. Com todo o respeito aos senhores vereadores de Porto Alegre, temos assuntos mais urgentes para humanizar nossa cidade como fiscalização, projetos e a volta da credibilidade nas políticas públicas. ROSANGELA MACEDO – PORTO ALEGRE, RS

Metro pergunta

Projeto pretende retirar Siga o Metro crucifixos da Câmara de no Twitter: Vereadores de Porto @jornal_metropoa Alegre. O que você acha da iniciativa? Por quê? @AndreToigo

Falta do que fazer. A cidade sofre com problemas históricos e a preocupação é com os crucifixos? Por favor!

Sudoku

@brian_gremista

Não tem motivo para tirar os crucifixos, mas também não tem motivos para demitir quem é ateu. @MarceeloM3

Porque Cristo morreu pelos pecados e não pelas merdas dos deputados, vereadores... @cassiogil

Acho que tá sobrando tempo ou faltando comprometimento para com assuntos mais sérios na Câmara.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Rubem Penz é escritor, músico, publicitário, baterista e compositor. Autor de “Enquanto Tempo” e coordenador da oficina literária Santa Sede crônicas de botequim. Seu site é rubempenz.net

Horóscopo

Leitor fala

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

A expressão de sentimentos estará mais intensa. Cuide para que impulsos não atrapalhem as convivências. Diversões estarão acentuadas.

O Sol – que rege seu signo – faz bom aspecto com Júpiter, influência propícia para negociações. Favorece viagens e contatos distantes.

Um bom aspecto do Sol com Júpiter – regente de seu signo – aponta um bom momento para buscar mais prazer e alegria profissional.

Período propício para adquirir novos conhecimentos que acrescentarão aos seu trabalho. Priorize mais conversas na vida amorosa.

Período especial para valorizar crenças, terapia, assuntos espirituais – ou conhecidos como “zens” – que revitalizem energias.

Momento que recomenda mais cautela com negociações e temas financeiros. Tendências a desvendar assuntos junto com as suas relações.

Propensões para dedicar mais empenho a novos estudos e para dobrar a atenção aos que já se dedica. Evite a desatenção nas relações.

Retomar contato com os amigos será essencial. Evite implicar com manias sem importância que fazem parte da conduta de certas pessoas.

A Lua faz bom aspecto com Urano, regente de seu signo, influência para bons momentos sociais. Favorece quem trabalha com o público.

Terá motivação especial para tratar assuntos profissionais, especialmente pela oportunidade de ampliar contatos e fazer algo diferente.

O dia recomenda paciência para lidar com costumes que - mesmo sendo antiquados - não mudarão da noite para o dia em certas pessoas.

Dia oportuno para surpreender quem gostamos com romantismo, retomada de hábitos especiais e ações prestativas na vida afetiva.


PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

|17|◊◊

{ESPORTE}

Menos do que

Opinião

HELIO CASTRONEVES HELIO.CASTRONEVES @METROJORNAL.COM.BR

INDIANÁPOLIS: PARA DIREITA E ESQUERDA Oi pessoal do Metro, tudo bom? Espero que essa terça-feira esteja sendo produtiva, de muito trabalho e realizações aí no Brasil, pois aqui nos Estados Unidos o “bicho vai pegar”. Estamos numa semana muito especial para a IndyCar. Maio chegou e, como todos vocês sabem, é mês da Indy 500. Como sempre acontece, é um período do calendário com todas as atenções para o oval mais famoso do mundo. Obviamente que nesse ano não será diferente, mas 2014 está repleto de novidades para nós pilotos, para as equipes e principalmente para os fãs. Pela primeira vez vamos correr duas vezes em Indianápolis e num intervalo de 15 dias. Para a nossa categoria será uma estreia, mas o fã do automobilismo certamente se lembra das provas da Fórmula 1 em Indianápolis, entre 2000 e 2007, no traçado misto, não é mesmo? Então, a primeira corrida será no mesmo circuito, apenas com algumas modificações. Na semana passada fizemos um treino coletivo e tenho certeza que será uma corrida muito legal. Nesta terça-feira ainda estou aqui em casa, em Ford Lauderdale, arrumando as malas e amanhã já estarei em Indianápolis. As atividades de pista começam já no dia 8, com treinos livres. Na sexta-feira, testaremos mais um pouco e teremos também o Qualifying. A nossa corrida será no sábado às 16h30 (horário do Brasil), com transmissão das emissoras da Rede Bandeirantes. De todos os pilotos que estão atualmente no grid, somente o Juan Pablo Montoya já disputou corridas nesse traçado quando corria pela Williams e McLaren. O resto nunca fez uma corrida oficial no misto de Indianápolis e para as equipes a referência é zero. Tudo isso faz dessa corrida algo realmente muito especial e, acreditem, não há maneira melhor do que começar o mês de maio em Indianápolis. Logo no dia seguinte, domingo 11, já estaremos de volta ao circuito para guiar no sentido contrário, no tradicionalíssimo oval da Indy 500. Isso quer dizer que, na terça que vem, além de ter novidades sobre o Grand Prix of Indianapolis, já vou ter condições de contar como está sendo a nossa preparação para a “500 Milhas”. Ou seja, o que não vai faltar é emoção e conto com a torcida de vocês. E há outro detalhe interessante. O dia da corrida no misto, 10 de maio, é o meu aniversário de 39 anos. Quem sabe eu não comemoro no pódio, né? Forte abraço e vamos que vamos! Helio Castroneves, 38, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 28conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2014 sua 17ª temporada na categoria e 15ª pelo Team Penske.

a metade

Poucos gols. Aproveitamento do argentino Barcos em partidas de nível nacional e internacional cai de maneira significativa O centroavante é o homem responsável por dar a esperança de gols ao seu torcedor. Mas esse sentimento tem ficado reduzido nos grandes jogos do Grêmio desde o ano passado. Nos confrontos mais importantes, Barcos tem tido um desempenho abaixo do esperado para um jogador contratado para vestir a camisa 9 tricolor. Em 80 jogos pelo clube gaúcho, o argentino marcou 29 gols, média de 0,36 gol por partida. Em jogos pelo Estadual, são 15 gols em 20 jogos, o equivalente a 0,75 gol por jogo. Em jogos de confrontos de nível nacional (Campeonato Brasileiro e Libertadores) e internacional (Libertadores), são 14 gols em 60 presenças, o equivalente 0,23 gol a cada 90 minutos. Uma queda de 30% em seu rendimento. Antes de defender o Grêmio, Barcos passou uma temporada no Palmeiras, marcando 31 gols. Apesar do bom momento vivido no Verdão, seus números nos principais torneios seguem baixo. Somando as estatísticas nos dois clubes, são 26 gols em 41 jogos de campeonatos estaduais, 0,63 gol por cada jogo que entrou em campo. Nas competições de mais corpo, seu rendimento foi de 0,34 gol por partida, com 34 bolas na rede em 100 jogos.

29

3 ESPORTE

gols em 80 partidas disputadas, marcou o argentino Barcos com a camisa do Grêmio.

0,23

gol por partida é a média do argentino em jogos de nível nacional e internacional pelo Grêmio.

15

dos 29 gols de Barcos pelo Grêmio foram marcados no Campeonato Gaúcho.

0,75

gol por jogo é a média de Barcos em jogos pelo Campeonato Gaúcho.

VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

Desespero

Carlos Alberto é apresentado no Botafogo Em crise técnica e financeira, o Botafogo apresentou ontem o meia Carlos Alberto para a disputa do Campeonato Brasileiro. O meia de currículo extenso no futebol brasileiro, tinha passado os primeiros meses do ano no Goiás. Essa será a sua segunda passagem pelo clube carioca. METRO POA

São Paulo

Alan Kardec assina contrato com o São Paulo O centroavante Alan Kardec já é oficialmente jogador do São Paulo. Ontem, ele acertou a sua rescisão com o Palmeiras e firmou contrato com o Tricolor Paulista. O São Paulo pagou 4,5 milhões de euros (cerca de R$ 14 milhões) ao Benfica para contratar o atacante, que só estreará em julho. METRO POA

Palmeiras

Prass fratura cotovelo e só volta após a Copa O goleiro Fernando Prass teve confirmada a fratura no cotovelo direito, após exame realizado na tarde de ontem. O capitão alviverde, que se lesionou durante a derrota para o Flamengo, no último domingo, terá que passar por cirurgia e só voltará a atuar após a parada para a Copa do Mundo. METRO

Barcelona

Luis Henrique negocia para assumir o time O ex-jogador Luis Henrique é o mais cotado para ser o técnico do Barcelona na próxima temporada. Revelado pelo clube, o ex-meia já trabalhou na base do Barça, na Roma e comanda o Celta de Viga. Ele já teria conversado com Andoni Zubizarreta, dirigente do Barça e seu ex-companheiro nos tempos de atleta. METRO POA

Copa do Mundo

Bósnia e Honduras divulgam convocados As seleções de Bósnia e Honduras foram as primeiras a divulgarem a lista de convocados para a Copa do Mundo. Nenhuma das duas listas apresentou grandes novidades. Os destaques da equipe europeia são o centroavante Dzeko, do Manchester City, e Pjanic, da Roma. METRO POA

Sonho acabando

Entregou

Após sair vencendo por 3 a 0, o Liverpool cedeu o empate para o Crystal Palace, ontem, para desespero do atacante Suarez (foto). Os Reds lideram o Campeonato Inglês com 81 pontos, um a mais do que o Manchester City, que tem um jogo a mais para disputar. Falta uma rodada para o fim do torneio.


|18|

PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Hora de abrir a carteira No mercado para negócio. Custo para a permanência de Aránguiz e contratação de Luque gira em torno de 8 milhões de dólares

Não serão muitas as contratações do Inter na metade deste ano, mas elas custarão bastante. As prioridades no momento são a manutenção de Aránguiz e a contratação do atacante Carlos Luque, do Colón, da Argentina. Os negócios estão encaminhados, mas juntos eles custarão cerca de 8 milhões de dólares (em torno de R$ 17,7 milhões). A permanência do chileno custará 5 milhões de dólares e o negócio envolvendo Luque gira entre 2,5 e 3 milhões. Para concluir os negócios, o Inter está contando com a ajuda do empresário Delcir Sonda, parceiro do clube em negociações do passado. Luque O jogador das seleções de base da Argentina é a aposta para dar velocidade ao setor ofensivo. A transação

“Ele é rápido e vertical, mas faz poucos gols.” JAVIER VALLI, REPÓRTER DO JORNAL ‘OLÉ’ SOBRE CARLOS LUQUE

está encaminhada. Com risco de ser rebaixado, a direção do Colón espera o fim do Campeonato Argentino para anunciar a venda de sua revelação. Os italianos da Udinese e do Verona também possuem interesse em Luque. Por sua velocidade, ele muitas vezes é comparado com Caniggia, atacante que se destacou nos anos 1980 e 1990, marcando o gol que eliminou o Brasil na Copa da Itália. “É uma comparação exagerada”, opina o repórter Javier Valli, do jornal ‘Olé’. O jornalista, entretanto,

faz uma ressalva. “Ele é muito rápido, ofensivo, joga de maneira vertical, mas faz poucos gols e marca pouco”, complementa. Aránguiz A opção de compra por 5 milhões de dólares dá maior tranquilidade ao Inter para a permanência do meiocampista, cujo empréstimo termina em agosto. Apesar da cláusula contratual o clube gaúcho não terá facilidades para negociar o modo como o valor será pago à Udinese. Os italianos observam as atuações do chileno e cogitam utilizá-lo na próxima temporada europeia. Aránguiz foi comprado pela Udinese, mas ainda não atuou pelo clube. VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

Volta do antigo parceiro Empresário atuante nos últimos anos no mundo do futebol, Delcir Sonda está se reaproximando do Inter e retornando a ser parceiro do clube. O empresário ajudou

nas contratações de jogadores como D’Alessandro, Kleber, Giuliano, Nilmar e Danilo Silva, entre outros. No começo do ano, Sonda havia se afastado do mun-

do do futebol. O motivo para a saída foi a negociação envolvendo o atacante Neymar do Santos para o Barcelona, onde acabou tendo um prejuízo singnificativo. METRO POA

RENAN Em bom momento, goleiro do Goiás é um dos que ainda não sofreu gol no Campeonato Brasileiro DHAVID NORMANDO/FUTURA PRESS

O ex-colorado Renan, do Goiás, é um dos dois goleiros que ainda não sofreu gol no Campeonato Brasileiro - o outro é o ex-gremista Cássio, do Corinthians. Ele fala sobre o seu momento, o seu futuro e o seu passado com a camisa do Inter.

sem tomar gol. Quando não se leva se fica mais próximo da vitória.

Você e o Goiás estão arrancando bem no Brasileirão. Como tem sido essa fase? Após a troca de treinador, precisávamos arrancar bem. Nossa defesa tem ido bem desde o começo do ano. O gol é o objetivo do jogo e é difícil não levar. No Inter bati o recorde de invencibilidade do Taffarel, já tenho essa vivência de ficar

O que deu errado no retorno ao Inter? Vários fatores, mas não acho que deu tudo errado. Fomos campeões gaúchos e da Libertadores. Quando cheguei acabei não tendo uma pré-temporada e estava vindo de um futebol diferente. Acabou virando uma bola de neve. Mas tudo tem um porquê, talvez fosse o mo-

Como foi deixar o Inter? Quando saí, meu objetivo era ter espaço para jogar. Estou em um clube como estrutura. Voltei a me sentir bem e preparado para jogar.

mento para cortar o cordão umbilical com o Inter. Imaginava atuar por outro clube brasileiro? Não. Sempre me preparei para ser um profissional do Inter, era um sonho e um objetivo. Fui para Europa. Depois voltei e aconteceu uma reviravolta. Às vezes, os nossos planos de carreira acabam mudando. Como é ter o Harley como teu reserva? Ele é o ídolo máximo do Goiás. Também passei por essa situação com o Clemer. Ele me ajudou muito quando cheguei. O segredo é não se preocupar com quem está no banco. VALTER JUNIOR

Aránguiz tem contrato com o Inter até agosto | ROBERTO FILHO/FOTOARENA

Suspeito de atirar privada é preso em Pernambuco Por meio de pistas do Disque-Denúncia, as polícias Militar e Civil de Pernambuco conseguiram prender ontem o primeiro suspeito de atirar uma privada do Estádio do Arruda. O objeto atingiu e matou o torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva. Um jovem de 23 anos foi levado para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa. A delegada Gleide Ângelo, titular da investigação, não informou as circunstâncias da captura. A tragédia aconteceu na última sexta-feira, após o jogo entre Santa Cruz e Paraná, no estádio Arruda, em Pernambuco. Após confusão de torcidas organizadas, Paulo Ricardo foi atingido na saída por um vaso sanitário atirado de dentro do estádio, de uma altura de 24 metros. Punido Os dois próximos jogos do Santa Cruz não terão torcedores nas arquibancadas. A deci-

Privada atingiu torcedor do Arruda | CARLOS EZEQUIEL VANNONI/FOTOARENA

são foi do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, que puniu o clube com duas partidas com os portões fechados. Além disso, a interdição do estádio do Arruda foi mantida. O bloqueio é em

caráter liminar e vai durar até a formulação de denúncia contra o clube pela da procuradoria do STJD. A informação foi confirmada no site da CBF. METRO


PORTO ALEGRE - TERÇA-FEIRA, 6 DE MAIO DE 2014



20140506_br_portoalegre