Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

DIVULGAÇÃO

Ignácio de Loyola Brandão será um dos homenageados

Livros tomam Pirenópolis Sexta edição da Flipiri vai de hoje a sábado

PÁG. 09

CADA VEZ MAIS OUSADO ‘O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA 2: A AMEAÇA DE ELECTRO’ ESTREIA AMANHÃ

PÁG. 10

BRASÍLIA Quarta-feira, 30 de abril de 2014 Edição nº 492, ano 2 MÍN: 12°C MÁX: 24°C

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Dilma cai, Aécio sobe e diferença vai a 15,4 pontos Intenções de voto. Pesquisa encomendada pela CNT mostra queda de 6,7 pontos percentuais de uma possível candidatura à reeleição da presidente. Como o presidenciável tucano subiu 4,6 pontos e o socialista, 1,9, a oposição -- e parte do mercado -- se animou PÁG. 03

OCUPAÇÃO IMINENTE

Novo Centro Administrativo, em Taguatinga, deve receber primeiros dois mil servidores a partir de junho PÁG. 05

O mais triste 1º de maio faz 20 anos O domingo da morte de Ayrton Senna, em Imola, na Itália, em 1994, nunca mais será esquecido. O Metro relembra a vida e as conquistas do piloto que virou uma lenda PÁGS. 14 E 16

Real humilha Bayern em Munique e vai à final da Champions Na Alemanha, time espanhol goleia por 4 a 0. Hoje, Chelsea e Atlético de Madrid definem o outro finalista PÁG. 13

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Caseiro acusa irmãos por morte de coronel Primeiros quatro blocos devem ser entregues em 30 dias, e GDF sonha com fim da obra antes do início de 2015 | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Rogério Pires trabalhava no sítio onde o militar reformado Paulo Malhães, torturador confesso, morreu PÁG. 02


|02|

1 FOCO

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Preso, caseiro de coronel Malhães entrega irmãos R . Funcionário confessou à polícia ter participado de assalto que culminou na morte do militar, torturador confesso durante a ditadura

Pasadena

Explicações O ex-diretor da área internacional da Petrobras Nestor Cerveró tem 10 dias para apresentar justificativas à Comissão de Ética Pública da Presidência da República. Os conselheiros querem saber se houve omissão de dados importantes sobre a compra da refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos. O laudo técnico elaborado por Cerveró foi considerado ‘técnica e juridicamente falho’ pela presidente Dilma Rouseff.

Policiais da Divisão de Homicídios do Rio de Janeiro prenderam ontem Rogério Pires, caseiro do sítio onde morreu o coronel reformado do Exército, Paulo Malhães, 76, na semana passada, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com a Polícia Civil, Rogério foi preso logo após prestar depoimento na especializada. Contra ele foi cumprido mandado de prisão temporária, expedido pela Justiça, pelo crime de latrocínio (roubo seguido de morte). Segundo o delegado, Pedro Medina, Rogério confessou ter passado informações sobre a rotina do militar para facilitar a ação dos três bandidos – dois são irmãos do próprio caseiro, identificados como Rodrigo e Anderson Pires. Ambos estão foragidos. O assalto teria sido planejado por um mês. Em interrogatório prestado à Comissão Nacional da Verdade no dia 25 do mês passado, Malhães -- que atua-

Malhães admitiu torturas | DIVULGAÇÃO/COMISSÃO NACIONAL DA VERDADE

va sob o codinome de Pablo -confessou crimes cometidos na chamada Casa da Morte de Petrópolis, um dos centros de tortura do regime militar. Apuração A presidente da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), Ana Rita (PT-ES), e os senadores Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) e João Capiberibe (PSB-AP) irão ao Rio

Laudo indica sedativo no corpo do menino Bernardo O laudo da perícia sobre o corpo de Bernardo Boldrini, 11, entregue à polícia ontem, indica a presença do sedativo Midazolam. O menino foi encontrado morto no dia 14 deste mês, no Rio Grande do Sul. Segundo a bula do medicamento, o Midazolam é usado para pré-medicação, indução e manutenção de anestesia. A investigação, no entanto, não confirma se a substância foi usada na injeção letal, apon-

tada pela polícia como a causa da morte, até o momento. A assistente social Edelvania Wirganovicz, 40, confessou a participação no assassinato e teria sido a responsável por ocultar o corpo de Bernardo. A defesa nega a informação e diz que ela ajudou a enterrar o corpo por pressão psicológica da madrasta do menino, Graciele Ugolini. O pai, Leandro Boldrini, também está sendo investigado. FALE COM A REDAÇÃO

Em razão do feriado do Dia do Trabalho, o Metro Jornal não será publicado amanhã, voltando a circular normalmente na sexta-feira, dia 2.

de Janeiro para acompanhar a investigação do assassinato do coronel. O grupo pretende ainda se reunir com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso. “O assassinato do Coronel Malhães coloca em dificuldade a apuração da verdade, pois inibe a participação de outros pretensos depoentes, que, certamente devem estar assustados”, avaliou o senador João Capiberibe. METRO RIO

leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

O advogado Demetrys Grapiglia questiona a legalidade do depoimento, porque, no dia em que o relato foi colhido, ela não estava com um defensor. A delegada responsável pelo caso, Caroline Machado, no entanto, rechaçou a hipótese de anular o depoimento de Edelvania. Segundo ela, os trâmites do depoimento foram feitos dentro da lei. METRO

Mauro Pimentel socorreu militar ferido por bomba em carro | TÂNIA RÊGO / ABR

Testemunha de atentado no RioCentro diz que sofreu ameaças A Comissão Nacional da Verdade realizou uma audiência pública para apresentar o relatório preliminar das investigações sobre o frustrado atentado ocorrido no Riocentro, durante um espetáculo para celebrar o Dia do Trabalho, em 1981. De acordo com a CNV, o ataque foi “fruto de um minucioso e planejado trabalho de equipe, que contou com a participação de militares, em especial de agentes ligados ao Exército e ao SNI (Serviço Nacional de Inteligência).” Testemunha, o corretor de imóveis Mauro César Pimentel, 52, contou que sofreu ameaças depois que revelou sua versão dos fatos. Pimentel, que também foi militar e policial, narra que viu o sargento Guilherme Pereira Rosário e o capitão Wilson Luiz

“Não preciso ler, não trago anotação, pois os fatos estão na minha cabeça há 30 anos.” MAURO CÉSAR PIMENTEL, CORRETOR DE IMÓVEIS E TESTEMUNHA DO RIO CENTRO

Machado armando a bomba que minutos depois explodiu com eles dentro do carro. Ele afirma que tentou socorrer o capitão, que ficou gravemente ferido. O sargento, que estava com o explosivo no colo, morreu na hora. O relatório também diz que o Inquérito Policial Militar de 1981, para apurar as supostas responsabilidades na explosão das bombas, foi manipulado para que o capitão Wilson Machado e o sargento Rosário fossem apontados como vítimas. METRO RIO

Operação Lava Jato. Filhas de ex-diretor denunciadas A Justiça Federal do Paraná aceitou ontem nova denúncia contra o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, preso na operação Lava Jato, e contra suas filhas, Ariana Azevedo Costa Bachmann e Shanni Azevedo Costa Bachmann, além de dois genros do ex-diretor, que responderão a processo por ocultação de provas. Os quatro teriam usado sacolas e mochilas e retirado documentos do escri-

tório da Costa Global Consultoria, no Rio de Janeiro, em 17 de março, no mesmo momento em que ocorria a operação. A papelada comprovaria o esquema de lavagem de dinheiro. A ação foi flagrada por câmeras de segurança. A defesa dos acusados alega, no entanto, que se tratou de uma coincidência, já que as filhas do ex-diretor têm salas no mesmo edifício. METRO

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


BRASĂ?LIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Dilma cai 6,7 pontos MDA/CNT. Levantamento revela nova queda nas intençþes de votos pela reeleição. AÊcio Neves, do PSDB, sobe, enquanto Eduardo Campos, do PSB, fica eståvel. Mantido este cenårio, eleição ainda seria decidida no 1º turno Pela primeira vez, a possibilidade de segundo turno -- atÊ agora improvåvel -começa a ganhar força real. É o que revela pesquisa do instituto MDA encomendada pela CNT (Confederação Nacional dos Transportes) divulgada ontem. O levantamento ouviu 2.002 pessoas entre 20 e 25 de abril. A presidente Dilma Rousseff teve uma queda de 6,7 pontos porcentuais na preferência do eleitorado em abril em relação a fevereiro e, com o índice de 37%, escaparia por pouco de ter que enfrentar um segundo turno. Em segundo lugar, o prÊ-candidato do PSDB, senador AÊcio Neves (MG), por outro lado, teve crescimento de 4,6 pontos e chegou a 21,6% das intençþes de voto. Após oficializar Marina Silva como candidata à vice-presidente, o prÊ-candidato do PSB, Eduardo Campos, cresceu de 9,9% para 11,8%, mas dentro da margem de erro de 2,2 pontos da pesquisa.

Forma de governar A avaliação positiva do governo Dilma Rousseff caiu de 36,4% para 32,9%. O levantamento chama a atenção para o desejo que 39,5% dos eleitores ouvidos externaram: mudança radical na forma de governar. O desempenho pessoal da presidente tambÊm registrou queda, de 55% para 47,9% As prioridades do governo devem ser, segundo os eleitores, saúde, educação, segurança, emprego, habitação e transporte público.

“Tenho certeza de que o povo brasileiro nĂŁo vai retroagir, desistir disso que conquistamos: a redução da desigualdade social, da maior criação de empregos que o Brasil teve.â€?

â€œĂ‰ a radiografia de um momento. Mas a percepção mais clara e mais relevante ĂŠ de que hĂĄ um cansaço com tudo isso que estĂĄ aĂ­ e um sentimento crescente de mudança.â€?

PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

AÉCIO NEVES, SENADOR PSDB-MG

Petrobras Para a oposição, a mudança no cenårio eleitoral Ê causada pelas denúncias contra a Petrobras. Ao todo, 30% dos entrevistados estão acompanhando o caso e 45,9% apoiam a criação de uma CPI. Entre os interessados, o índice a favor das investigaçþes chega a 91,4%.

Veja os principais resultados da corrida presidencial e a avaliação dos entrevistados sobre a crise na Petrobras:

46

%

32%

DILMA ROUSSEFF (PT)

24% 23%

23%

8%

AÉCIO NEVES (PSDB)

BRANCO/ NULO

18% 24%

29% 244%

EDUARDO CAMPOS (PSB)

BRANCO/ NULO



AÉCIO NEVES (PSDB)

DILMA ROUSSEFF (PT)

EDUARDO CAMPOS (PSB)

PRIMEIRO TURNO 50

FEV/2014

ABR/2014

65

48

%

413%

0

DILMA ROUSSEFF (PT)

43,7% 37%



17%

65

21,6% 9,9% 11,8%

316% 313%

9% 9,6%

0

169% 20 %

39% 329%

0

DILMA ROUSSEFF (PT)

EDUARDO CAMPOS (PSB)

AÉCIO NEVES (PSDB)

AVALIAĂ‡Ăƒ F E V/ 2014

3 4%

329%

BRANCO/ NULO

AÉCIO NEVES (PSDB)

VERNO A B R / 2014

39% 359% 248%

30

%

EDUARDO CAMPOS (PSB)

BRANCO/ NULO

OBRAS S E T ! #$ ! C I S  MELHORAR

SaĂşde

79,9%

Sobre as denĂşncias... Acompanhou Ouviu falar 30,3% 19,9%

NĂŁo tem acompanhado 49,5%

Educação 47,4% Segurança 37,7%

METRO BRASĂ?LIA

Papuda foi um pedido da famĂ­lia de Dirceu para averiguar se hĂĄ regalias. “NĂŁo hĂĄ nada de diferente para ele na comida, nas visitasâ€?, divergiu o deputado NilmĂĄrio Miranda (PT-MG). “A cela tem atĂŠ infiltraçþesâ€?, complementou a deputada Luiza Erundina (PSB-SP). As denĂşncias de tratamento diferenciado a Dirceu no presĂ­dio travam a concessĂŁo do direito a trabalho, jĂĄ que o petista foi condenado a 7 anos e 11 meses de prisĂŁo no regime semiaberto. A autorização de trabalho aguarda anĂĄlise do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa. METRO BRASĂ?LIA

  65

0

MARCELO FREITAS

MensalĂŁo. Dirceu fica em cela maior, tem banho quente e TV A inspeção feita por integrantes da ComissĂŁo de Direitos Humanos da Câmara constatou que a cela usada pelo ex-ministro JosĂŠ Dirceu ĂŠ maior que a dos demais presos, tem televisĂŁo e chuveiro com ĂĄgua quente, alĂŠm de um microondas, segundo relatos de parlamentares de oposição. O CIR (Centro de Internamento e Reeducação) transformou uma cantina em local de detenção para abrigar os condenados do mensalĂŁo. As celas ficaram com 23 m², enquanto as antigas tem 15 m². “Existe tratamento diferenciadoâ€?, avaliou a deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP). A visita Ă s instalaçþes do Complexo PenitenciĂĄrio da

O CENĂ RIO ELEITORAL

SEGUNDO TURNO

Emprego POSITIVO

REGULAR

NEGATIVO

    T U   Ă“  !" 39,5% 37,2% 29,2% 25% 23,1% 21,2% 12,1% 6,9% F E V/ 2014

A B R / 2014

12,4%

Habitação 6,6%

Š �otalment € �€ €tual Š € € � € €† €þes Con�  € € � € €† €þes Con�  �otalment € �€  €tuar

A favor da CPI da Petrobras NĂŁo Sim 2,7% 45,9%

NĂŁo sabe 1,6%

Houve irregularidades na compra da reďŹ naria de Pasadena NĂŁo Sim 3,2% 40,5% Responsabilidade da presidente Dilma Rousse no negĂłcio (%) NĂŁo Sim NĂŁo sabe 5,6% 11,2% 33,4%

FONTE: PESQUISA CNT/MDA

|03|â—Šâ—Š

Eleiçþes. ‘Volta, Lula nĂŁo me intimida’ A presidente Dilma Rousseff minimizou o impacto na sua campanha Ă  reeleição do movimento ‘Volta, Lula’, que pretende que o candidato do PT seja o ex-presidente Luiz InĂĄcio Lula da Silva. “NinguĂŠm vai me separar do Lula nem ele vai se separar de mim. Sei da lealdade dele a mim e ele da minha lealdade a eleâ€?, disse na noite de anteontem, em entrevista no PalĂĄcio da Alvorada. Dilma afirmou que conviveu ‘todos os dias’ com o ex-presidente entre abril de 2005 e dezembro de 2010, quando foi ministra da Casa Civil, e que acredita na lealdade do padrinho polĂ­tico. “Conheço o Lula desde 2000 e tenho uma convivĂŞncia direta com ele desde 27 de abril de 2005â€?, afirmou. A maioria da bancada do PR na Câmara aderiu ao movimento ‘Volta, Lulaâ€?, que tem apoio tambĂŠm de algumas alas do PT. Lula, porĂŠm, tem declarado apoio a Dilma. Amigo pessoal do ex-presidente, o ministro Gilberto Carvalho (Secretaria Geral da PresidĂŞncia) revelou desconforto com a campanha. “Eu estive com o presidente Lula e ele estĂĄ muito incomodado com esse processo. Para ele, nada ĂŠ mais constrangedor do que esse tipo de propostaâ€?, disse Carvalho. “Essa hipĂłtese nĂŁo existe. Essa hipĂłtese ĂŠ zero. Zero porque o prĂłprio presidente Lula estĂĄ determinado a dar todo seu empenho e sua vida para a reeleição da presidente Dilma.â€? METRO BRASĂ?LIA ComissĂŁo especial

Demora sobre CPI irrita oposição Na tentativa de emplacar uma CPI mista para investigar a Petrobras, a oposição reagiu com ameaças ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). O senador quer decidir apenas na terça-feira com os lĂ­deres partidĂĄrios sobre a instalação imediata ou nĂŁo da comissĂŁo com deputados e senadores. A oposição, porĂŠm, deu prazo atĂŠ hoje. “Se ele nĂŁo instalar ĂŠ quebra de decoro parlamentar, ĂŠ descumprimento de ordem judicial, ĂŠ crimeâ€?, protestou o lĂ­der da Minoria, deputado Domingos SĂĄvio (PSDB-MG). DEM, PSDB e PPS sustentam a CPI mista para evitar que o governo mantenha o controle dos trabalhos com

20 senadores integrarão a CPI. Serão 13 titulares e sete suplentes divididos de acordo com o tamanho das bancadas. as investigaçþes apenas nas mãos dos senadores. Exclusiva do Senado No Senado, a CPI para investigar as denúncias contra a Petrobras serå criada na próxima terça-feira. Renan Calheiros ainda não recorreu da liminar da ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber que garantiu uma comissão exclusiva, mas

pediu para que os lĂ­deres dos partidos aliados indiquem os integrantes. â€œĂ‰ meu dever funcional recorrer da decisĂŁo ao pleno daquela Corte. Esse recurso ĂŠ uma iniciativa institucional, nĂŁo ĂŠ polĂ­tica, nĂŁo ĂŠ partidĂĄriaâ€?, afirmou. O governo tentava uma CPI mais abrangente, com a inclusĂŁo do cartel do metrĂ´ de SĂŁo Paulo e das irregularidades em contratos do Porto de Suape, em Pernambuco, mas foi derrotado. A base governista trabalha por uma CPI mista exclusiva do MetrĂ´. O requerimento deverĂĄ ser apresentado em 20 de maio, quando estĂĄ marcada a prĂłxima reuniĂŁo do Congresso. METRO BRASĂ?LIA

Orçamento impositivo vai a plenårio A Comissão especial da Câmara aprovou ontem a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que obriga a União a liberar recursos para o pagamento de emendas parlamentares. Pela proposta, cada deputado e senador terå em torno de R$ 14 milhþes para atender a projetos das bases eleitorais -- metade destinada à saúde. Aprovada no Senado no fim do ano passado, a PEC do Orçamento impositivo vai a votação, em dois turnos, no plenårio da Câmara. METRO BRAS�LIA


|04|

Política

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

POR CPMI, OPOSIÇÃO AMEAÇA ‘COMBO’ CONTRA RENAN Os líderes dos partidos de oposição avisaram o presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), que tomarão uma série de medidas contra o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), caso ele continue enrolando a criação da CPI mista da Petrobras, que inclui participação de deputados. Dentre as medidas está representação na Procuradoria Geral da República por crime de desobediência a ordem judicial.

DECORO A oposição também ameaça representar contra Renan Calheiros no Conselho de Ética do Senado, por quebra de decoro parlamentar.

NOVA AÇÃO O PSDB discute ainda entrar com nova ação no STF pedindo mandado de segurança para estender o princípio constitucional e instalar a CPMI.

TÔ DENTRO Em pé de guerra com Renan, o líder Eduardo Cunha (PMDB-RJ) já avisou à oposição que assinará a representação no STF pela CPMI .

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

TOURADA O Ministério da Agricultura investiga mal da vaca louca “atípico” no Mato Grosso. Seria um consolo se só a vaca no Brasil estivesse louca.

LIDERANÇA Dilma (PT) caiu na pesquisa CNT/MDA e os adversários subiram, mas a situação dela ainda é confortável: nos votos válidos, soma 53%, contra 30% de Aécio Neves (PSDB) e 17% de Eduardo Campos (PSB).

“Ele surtou.” SENADOR JOSÉ AGRIPINO (DEM-RN) SOBRE AS LOROTAS CONTADAS POR LULA EM PORTUGAL

COMO SERRA Carente da popularidade de Lula, Dilma tem hoje quase o mesmo índice de José Serra na disputa eleitoral há quatro anos: 37% dos votos, conforme pesquisa da MDA/CNT.

TRANSFERÊNCIA Outro detalhe importante captado pela pesquisa CNT/ MDA para presidente da República: os votos válidos de Eduardo Campos (PSB) estão quase no patamar de Marina Silva no primeiro turno de 2010.

BRIGA CONTRA TODOS

CONVOCAÇÃO Líder do Solidariedade, Fernando Francischini (PR) quer Sérgio Machado (Transpetro), afilhado de Renan, depondo na Câmara.

BANQUEIRO FOI SENSAÇÃO NA REUNIÃO COM EDUARDO Sérgio Petecão (PSD-AC) | MOREIRA MARIZ/AGÊNCIA SENADO

Para o líder da Minoria, Domingos Sávio (PSDB-MG), o presidente Renan Calheiros “só pode ter enlouquecido” ao preterir a participação de deputados na CPI da Petrobras: “Dez partidos assinaram a CPMI”.

GOVERNO OMISSO O senador Sérgio Petecão (PSD-AC) acusa o Ministério da Justiça de omissão sobre imigração de haitianos para Brasiléia: “O município virou depósito de gente já faz três anos, e o governo federal nada fez”.

PODER SEM PUDOR GAFE GEOGRÁFICA

ENROLANDO COM PADILHA Roberto Setúbal | HENRIQUE MANREZA/FOLHAPRESS

Ausente nas homenagens ao tucano Aécio Neves e à presidenta Dilma nos salões do empresário João Dória, o presidente do Itaú, Roberto Setúbal, fez questão de prestigiar a louvação a Eduardo Campos e a Marina Silva (PSB), em São Paulo. Fez mais: chegou na companhia de Neca Setúbal, sócia do Itaú e uma das coordenadoras da campanha Campos/Marina. Neca é uma das ideólogas da Rede marinista.

HOMENAGEM

Pré-candidato a governador de SP, o ex-ministro da Saúde Alexandre Padilha só escapa de multa eleitoral se provar que se apresentou como Rolando Lero na entrevista do Roda Viva da TV Cultura, segunda (28).

A MAIORIA Líderes do PSD na Câmara já avisaram ao ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab que mais de 70% da bancada já defende desembarcar da aliança para a reeleição da presidenta Dilma Rousseff.

COMBUSTÍVEL DO FUTURO

No encontro com empresários, o pré-candidato Eduardo Campos citou duas vezes Roberto Setúbal em seu discurso, puxando-lhe aplausos.

O Ministério da Educação divulgou o gasto mínimo mensal por aluno da educação básica na rede pública em 2013: R$ 190,66. Para comparar, cada deputado ganha R$ 4.500 por mês para gastar em combustíveis.

LIGAÇÕES

#NÃO VAI TER COPA

O Planalto acha que Eduardo e Marina não são apenas um capricho de uma banqueira excêntrica. Acusa os dois de ligações à família Setúbal.

Lula quer mesmo estragar a Copa da Dilma: tirou logo o “capitão do time” José Dirceu da seleção do mensalão na Papuda.

Loureiro Júnior, genro de Plínio Salgado, célebre “galinha verde” integralista, estava em campanha política pelo Nordeste. Em Penedo (AL), à margens do rio São Francisco, iniciou seu discurso: - Alagoanos de Propriá... - Não é Propriá, é Penedo – alguém cochichou ao seu lado. Propriá fica em Sergipe, no

outro lado do rio. Loureiro se recompôs: - Sergipanos de Penedo... O assessor perdeu a paciência com a ignorância do orador: - Ô, Loureiro, prestenção: não é Sergipe, é Alagoas, caramba! O orador resolveu não criar mais confusão: - Brasileiros!...


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

|05|◊◊ VALTER CAMPANATO/ABR

GDF começará a ocupar novo centro em 30 dias Espaço único. Primeira etapa da obra que reunirá todas as secretarias do governo deve ficar pronta em maio. A outra parte, apenas em 2015 As catracas estão sendo instaladas e o mobiliário testado nos quatro primeiros prédios que serão entregues do CADF (Centro Administrativo do DF). A estrutura deverá começar a receber os 2 mil primeiros servidores a partir de junho. A segunda e maior parte do complexo só deveria ser entregue em 2015, mas a expectativa é de que este prazo seja adiantado. “Estamos trabalhando duro para entregar a obra ainda este ano”, afirma o secretário de Obras, David Matos. Ao todo, cerca de 2,5 mil funcionários trabalham na obra para poder cumprir os prazos. Na primeira etapa, serão entregues quatro dos dez prédios de quatro andares, o

2 mil servidores serão os primeiros a se mudar para o novo complexo complexo de lojas, o centro de convenções, parte dos estacionamentos, o heliponto e o prédio da governadoria -de onde o governador Agnelo Queiroz passará a despachar. Foram escolhidas cinco secretarias para a primeira fase da ocupação: Casa Militar, Casa Civil, Planejamento, Administração Pública e de Governo. Elas tiveram preferência por estarem atualmente em prédios alugados. Quando o complexo estiver pron-

O secretário de Obras quer aceleração da entrega.

to, o GDF calcula que irá economizar R$ 11 milhões por mês em aluguéis. A obra custará cerca de R$ 600 milhões. Mobilidade Embora a obra do Centrad esteja avançando, chegar até ele para quem sai de regiões sem metrô é uma dificuldade. A avenida Elmo Serejo, que dá acesso ao complexo, está parcialmente interditada desde novembro devido a uma erosão. O túnel que poderá ser a solução do problema deve ser licitado até julho, mas a construção durará até 24 meses. “Os servidores irão perceber que o metrô é a melhor alternativa para chegar”, avalia o secretário. METRO BRASÍLIA

DAVID MATOS

A entrega completa pode sair ainda este ano? Dependemos de vários fatores, mas é do interesse do GDF de sair ainda este ano. Estamos em ritmo acelerado. Mas a Elmo Serejo está interditada. Como os servidores irão chegar ao CADF? Ele estará no contrafluxo do trânsito, além de este ser um ótimo ponto para o transporte público via metrô, que para bem na porta.

Funcionários dão acabamento na governadoria | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

E para quem usa ônibus? A rodoviária ao lado do CADF é provisória, mas uma nova unidade já está sendo planejada. METRO BRASÍLIA


|06|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

BRASÍLIA

‘Seleção’ equina já treina para a Copa em Brasília Segurança. Regimento de Polícia Montada quer acostumar animais a multidão e barulho, prevendo “de comemoração a manifestação” Em dias de jogos da Copa do Mundo em Brasília, 130 policiais militares a cavalo deverão circular na área central da cidade para ajudar no esquema de segurança e, principalmente, coibir as manifestações que a corporação se prepara para enfrentar. Os animais já estão sendo preparados para lidar com situações de conflito, com muito barulho e gente, sem ficarem nervosos. Para isso, o comando do regimento que cuida desses policiais de quatro patas iniciou ontem uma grande operação na região central de Brasília e na Estrutural. O grupo de 87 cavaleiros que trabalhou no Plano Piloto saiu da sede do batalhão, no Parque da Cidade, e desceu em fila pelo Eixo Monumental em um horário de bastante movimento de carros, por volta das 16h, e se dividiu para patrulhar áreas com aglomeração de pessoas, como os setores comerciais e bancários Sul e Norte. Combate ao crack O foco dos policias na operação, batizada de Centau-

“Queremos treinar os animais com elementos que podem desaquietálos, como buzinas, freadas e muita gente em volta da tropa. Assim, eles estarão preparados para os momentos mais tensos.” LEANDRO SCHWEITZER, COMANDANTE DO REGIMENTO DE POLÍCIA MONTADA

Operação Centauro também tem o objetivo de intensificar o policiamento no centro da cidade | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

ro, eram usuários e traficantes de drogas -- sobretudo o crack --, e pessoas que cometem pequenos furtos e roubos para financiar o vício. “É o grande problema da região central e o policiamento a cavalo facilita o combate, porque o ângulo de visão do cavaleiro, que fica a 2,5 metros do chão,

é maior”, explica o tenente coronel Leandro Schweitzer, comandante da tropa. Combate simulado O policiamento na área central deve continuar nos próximos dias, mas também haverá foco no treinamento de combate simulado. Os policiais a cavalo vão atuar

GDF terá ponto facultativo e serviços serão afetados O GDF resolveu ‘emendar’ o feriado e os serviços públicos funcionarão em esquema de plantão amanhã e sexta-feira. De amanhã a domingo, postos de saúde e ambulatórios não vão funcionar e os atendimentos emergenciais serão feitos em prontos-socorros e UPAs. Delegacias também funcionam em esquema de plantão, com um número reduzido de servidores, assim como o Detran, que fará a fiscalização de rua, mas manterá os postos de atendimento fechados até a próxima segunda. CEB e Caesb atendem os telefones de emergência (116 e 115, respectivamente), mas também estarão com agências fechadas

Só as emergências de hospitais ficarão abertas | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

até segunda. O atendimento nos postos do Na Hora também será suspenso até a semana que vem. Já os bancos só fecham hoje e funcionam normalmente na sexta.

O zoológico, o Jardim Botânico e a Água Mineral vão abrir normalmente durante o feriado e na sexta. O comércio fecha amanhã e reabre na sexta, com funcionamento normal. METRO BRASÍLIA

ao lado do batalhão de cães e da tropa de choque. O helicóptero da corporação também será usado nestas simulações, fazendo voos rasantes em cima dos cavalos, como ocorre em dias de manifestação. “Este treinamento será feito com a ajuda de artefatos explosivos, como

granadas de fumaça; tudo para que esse tipo de situação não seja novidade para os cavalos quando for real”, afirma Schweitzer, que diz estar se preparando tanto para a comemoração do público nas ruas quanto para as manifestações. “De qualquer maneira, será muita gente.”

Saúde. Número de casos confirmados de dengue cai 36% este ano no DF Foram registrados entre janeiro e este mês 3.842 casos confirmados de dengue entre os habitantes do DF. O número é 36% menor que o do mesmo período do ano passado, quando foram registrados 6.017 casos. Planaltina é a região administrativa com o maior número de confirmações: 792, o que representa 20% do total do DF. No comparativo com o ano passado, em Planaltina o número de casos foi 2,6 vezes maior que o do mesmo período do ano passado. Muitos dos atendimentos realizados no DF são para moradores de outras regiões, principalmente do Entrono. Nesta situação, a queda dos números dos casos foi ainda maior, 63%, de 2.261 confir-

Rotina Diariamente, o Regimento de Polícia Montada distribui até 50 cavalos nas cidades do DF. Os policiais trabalham em trios e, segundo o comandante, são bem aceitos pela sociedade. “Por causa dos cavalos, a tropa chama bastante a atenção e contribui para a sensação de segurança”, diz. “Mas é importante fazer operações como esta, com muitos cavaleiros juntos, para dar mais visibilidade ao serviço. RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Fiscalização

MPDFT visita escolas com baixas notas no DF Promotores do Ministério Público do DF têm visitado desde segunda os colégios públicos do DF com as piores notas do Ideb. Alunos e professores estão sendo ouvidos para a elaboração de um relatório que cobrará soluções dos gestores. METRO BRASÍLIA Segunda

Em 2013 foi preciso montar um hospital de campanha | FÁBIO POZZEBOM/ABR

mações para 829. Este ano, seis pessoas morreram de dengue no DF, das quais três moravam no Entorno. Em 2013, foram contabilizadas 16 mortes pela doença. METRO BRASÍLIA

GDF inaugurará túnel do aeroporto O túnel que liga o Aeroporto e o Eixo Monumental diretamente será aberto na próxima segunda. Cerca de 100 mil carros passarão ali por dia. METRO BRASÍLIA


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Mercados. Bolsa fecha em alta com pesquisa eleitoral A queda na popularidade e nas intenções de voto da presidente Dilma Rousseff levou a Bolsa a uma nova alta. O Ibovespa avançou ontem 0,89%, para 51.838 pontos. Pela manhã, após a divulgação da pesquisa eleitoral, o Ibovespa chegou a subir perto de 2% (leia mais na página 6). As ações de estatais refletiam a queda de 6,7 pontos percentuais nas intenções de voto na presidente Dilma Rousseff nas eleições deste ano. Segundo analistas, o mercado não está satisfeito com a gestão das estatais. Os papéis ordinários da Eletrobras avançaram 3,63% a R$ 7,99, a quinta maior alta do pregão, enquanto as preferenciais subiram 3,35% a R$ 12,64. Já os papéis preferenciais da Petrobras se valorizaram 0,78%, a R$ 16,70, enquanto os ordinários ganharam 0,63%, a R$ 15,78. As ordinárias do Banco do Brasil subiram 1,91%, a R$ 23,90. Santander sobe 15,77% Mas a maior alta do pregão foi apresentada pelo Santander, com ganho de 15,77% a R$ 14,75. O banco espanhol lançou uma oferta para comprar os 25% das ações do Santander Brasil que ainda não detém. A aquisição pode chegar a US$ 6,51 bilhões. METRO

IR. 5 milhões deixam para declarar na última hora Termina hoje, às 23h59min59s, o prazo para a entrega da declaração de Imposto de Renda 2014. Até as 17h de ontem, a Receita Federal havia recebido 21,7 milhões dos 27 milhões de documentos esperados neste ano. Desse modo, cerca de 5,3 milhões de pessoas ainda não haviam declarado o IR. Quem enviar o documento depois de 30 de abril paga multa, que pode chegar a 20% do IR devido. A multa é de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago. O valor mínimo é de R$ 165,74 e o máximo é de 20% do imposto devido, segundo a Receita Federal. METRO

ONS pode propor ‘medidas’ se não chover o esperado

CRÉDITO MAIS CARO Taxas de juros ao ano, em %* MAR/13

FEV/14

MAR/14

MÉDIA

34,1

41,4

41,6

CHEQUE ESPECIAL

137,9

156,6

159,3

CRÉDITO PESSOAL CONSIGNADO

24,6

25,1

25,3

FINANCIAMENTO DE VEÍCULOS

19,7

23,9

23,5

14

14,8

18,1

LEASING DE CARROS FINANCIAMENTO DE OUTROS BENS CRÉDITO PESSOAL FONTE: BANCO CENTRAL

Energia. Operador diz que não há necessidade de cortes agora, mas pode sugerir medidas caso o cenário se agrave de maio a novembro O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) negou que sugeriu corte na oferta de energia ao governo brasileiro. Em nota divulgada ontem, o operador admitiu, no entanto, que “poderá propor medidas adicionais às autoridades setoriais, de forma que fique garantido o fornecimento de energia elétrica para a sociedade”, caso ocorra o agravamento das condições hidrológicas no período de maio a novembro. A ONS não detalha que medidas poderiam ser tomadas caso a situação dos reservatórios se agravem. A nota, assinada pelo diretor-geral do ONS, Hermes Chipp, foi divulgada em resposta a uma reportagem do jornal “Valor Econômico” que diz que o operador do sistema tem defendido nos bastidores que a carga de energia disponível para o país se-

Chipp nega corte de fornecimento | FERNANDO FRAZÃO/ABR

ja reduzida de 4% a 6% com o objetivo de poupar a água dos reservatórios. A medida permitiria elevar de oito a dez pontos percentuais o nível dos reservatórios. Ontem, o operador garantiu que a situação atual não indica a necessidade de se realizar cortes no fornecimento de energia. “Os estudos técnicos realizados de

acordo com os critérios vigentes, com base na atual situação dos reservatórios e nas condições hidrológicas previstas, não indicam a necessidade de adoção de cortes de energia”, diz o comunicado. Os reservatórios das principais hidrelétricas do país vão encerrar abril, fim do período de chuvas, com armazenamento abaixo do limite considerado seguro pelo ONS para garantir, sem problemas, o abastecimento de energia. As represas do Sudeste e Centro-Oeste registravam ontem armazenamento de 38,16%, e devem chegar a sexta-feira com 39%. Em fevereiro, Chipp disse que, para que não houvesse dificuldades no fornecimento de energia, os reservatórios deveriam estar com, no mínimo, 43% de armazenamento ao final de abril. METRO

ACERTO DE CONTAS COM O LEÃO CONFIRA OS PRAZOS

COMO DECLARAR

Entrega da declaração: 23h59min59s de 30 de abril

Pela internet

Por tablet ou smartphone

>> Copie o programa no site www.receita.fazenda.gov.br

>> Baixe o m-IRPF

Multa mínima por atraso:

R$ 165,74

|07|◊◊

{ECONOMIA}

>> Para transmitir, baixe o Receitanet

-.)' /)0) /)CLARAR: Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 25.661,70 Obteve na atividade rural receita bruta em valor superior a R$ 128.308,50 Recebeu rendimento isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente acima de R$ 40 mil Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil Realizou operações na Bolsa de Valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas Obteve ganho de capital na venda de bens e direitos sujeito ao IR Passou, em qualquer mês, à condição de residente no país e estava nessa situação em 31/12/13 Optou pela isenção do IR do ganho de capital na venda de imóveis residenciais, por ter aplicado o dinheiro na compra de outro imóvel residencial, em até 180 dias a partir venda do imóvel original

>> O programa ainda não possibilita realizar uma declaração retificadora, capturar a pré-preenchida e imprimir a declaração

%&'&()* +AR , DEDUÇÕES DESCONTO SIMPLIFICADO R$ 15.197,02 DECLARAÇÃO COMPLETA Dedução por dependente >> R$ 2.063,64 Gasto com educação >> R$ 3.230,46 Despesas médicas >> sem limite máximo Contribuição à previdência oficial paga pelo empregador doméstico >> R$ 1.078,08 Despesas com previdência privada >> 12% da renda tributável

75,4

74,6

68

95,3

94,1

*RECURSOS LIVRES

Juros bancários. Taxas voltam a subir em março Os juros bancários médios dos empréstimos para pessoas físicas avançaram 0,2 ponto percentual em março, para 41,6% ao ano. Segundo dados do Banco Central, a taxa é a maior desde fevereiro de 2012, quando ficou em 41,7% ao ano. A alta reflete o ciclo de elevação da taxa básica de juros para conter a inflação. De abril para cá, o BC elevou a Selic nove vezes seguidas, atingindo os atuais 11% ao ano. Em um ano, os juros cobrados de bancos subiram mais que a Selic. Enquanto a taxa básica aumentou 3,75 pontos percentuais, os juros de empréstimos tiveram uma elevação de 7,1 pontos. O BC deu a entender que o aperto monetário já praticado ainda terá repercussão nos juros cobra-

dos dos consumidores. Segundo Tulio Maciel, chefe do Departamento Econômico do BC, há uma “defasagem” entre o movimento das duas taxas. As taxas de juros do cheque especial e do leasing para a compra de carro foram as que mais subiram para as famílias, em março. Só a taxa do cheque especial chegou a 159,3% ao ano, alta de 2,7 pontos percentuais em relação a fevereiro. Em 12 meses, essa taxa já subiu 21,4 pontos. A taxa de inadimplência também permaneceu estável, em 3%, pelo quarto mês consecutivo, considerando as operações de crédito para as famílias e empresas, em todas as modalidades. É o menor nível desde o início da série histórica, iniciada em março de 2011. METRO

Inflação. Mantega diz que pressão está diminuindo O ministro da Fazenda, Guido Mantega, reafirmou ontem que a inflação fechará o ano abaixo do teto da meta do governo, de 6,5%. Segundo ele, o governo tem “empenho total” para que o limite não seja ultrapassado. Mesmo com o IPCA acumulado até março em 6,15%, o ministro disse que o problema é pontual, cauSupermercado caro

FONTE: RECEITA FEDERAL

68,6

sado pela falta que chuvas que afetou alguns hortifrutigranjeiros. “A boa notícia é que já estamos na descendente desta pressão inflacionária. Em maio e junho, a inflação estará num patamar bem mais baixo do que agora”, disse o ministro em seminário na Câmara dos Deputados. METRO Alívio no atacado

2,92%

0 ,7 8 %

foi o aumento de preços de 35 produtos de largo consumo no supermercado, segundo Abras (associação do setor). A cesta passou de R$ 361,12 para R$ 371,69. Os produtos com maiores altas em março fora12 3atata (41,15%), tomate (33,86%), ovo (10,50%), feijão (7,70%).

foi a alta do IGP-M em abril, inferior à taxa de 1,67% em março. Em 12 meses, a inflação do aluguel acumula avanço de 7,98%. A desaceleração em abril ocorreu graças a taxas menores de alta de preços agropecuários e industriais no atacado.


|08|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Tornados nos EUA já mataram 34 em 6 Estados Ao menos 34 pessoas morreram em seis Estados norte-americanos depois da passagem de tornados, que destruíram bairros inteiros e ameaçam seguir provocando danos em áreas densamente povoadas da região centro-sul do país. No Arkansas e no Mississippi, os mais afetados pelos temporais, as autoridades já confirmam 27 mortes e mais de 200 pessoas feridas ao longo dos últimos três dias. Outros casos de mortes foram registrados em Oklahoma e Iowa no domingo e no Alabama e no Tennessee na segunda-feira. De acordo com agências de notícias, abrigos temporários foram montados em diversas localidades para famílias que tiveram de deixar casas destruídas. Ontem, agentes da Guarda Nacional, das polícias locais e moradores buscavam por mais vítimas em meio a escombros. “As pessoas corriam gritando enquan-

Putin ameaça ‘reavaliar’ ação de empresas do Ocidente Crise. Presidente russo diz não ver razões para impor sanções contra Ocidente, mas insinua retaliações. Rebeldes tomam Luhansk

Vista aérea de área residencial destruída no Arkansas | CARLO ALLEGRI/REUTERS

to tentavam encontrar seus filhos. Nada sobrou”, disse Melba Reed, de Louisville, cidade de cerca de 7 mil habitantes na região central do Mississippi.

Meteorologistas disseram que dezenas de milhões de pessoas poderão ser afetadas pelos tornados, que podem atingir a Pensilvânia e Ohio. METRO

Separatistas tomaram edifícios públicos em Luhansk | VASILY FEDOSENKO/REUTERS

Em meio ao anúncio de uma nova rodada de sanções contra Moscou, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse ontem não ver razões para impor medidas contra o Ocidente, mas afirmou que poderia reconsiderar a atuação de empresas ocidentais na economia russa, inclusive no setor de energia. “Gostaríamos muito de não recorrer a qualquer medida retaliatória. Espero que não cheguemos a esse ponto, disse Putin, depois de um encontro com os líderes da Bielorrússia e do Cazaquistão. “Mas se isso (as sanções) continuar, obviamente teremos de avaliar quem está trabalhando nos setores-chave da economia russa, incluindo a energia, e como.” A Rússia é a maior produtora de petróleo do mundo e empresas dos EUA e da Europa atuam no país. A União Europeia anunciou ontem que 15 russos e ucranianos pró-Moscou seriam sancionados, com congelamento de bens e negação de vistos. Na segunda-feira, Washington impôs novas sanções contra aliados de Putin.

Ontem, numa advertência direta a Moscou, o secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse que o território da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) é “inviolável” e garantiu que a aliança defenderia “cada centímetro dele”. “A Rússia está tentando mudar o panorama da segurança no Leste Europeu e na Europa Central”, acusou. “Precisamos deixar absolutamente claro para o Kremlin que o território da Otan é inviolável e que iremos defender cada centímetro dele”, disse Kerry. Luhansk Centenas de separatistas pró-Rússia invadiram à força ontem edifícios da administração ucraniana em Luhansk, uma das principais cidades do leste do país. Segundo a Reuters, um grupo de 20 ativistas disparou com metralhadoras e jogou bombas de efeito moral contra policiais em um quartel no começo da noite. A polícia, de acordo com a agência de notícias, não reagiu enquanto eles hasteavam bandeiras separatistas. A Procuradoria regional e o

escritório de TV da cidade também foram invadidos. A ocupação em Luhansk ocorre apesar das sanções impostas pelo Ocidente e promete aumentar ainda mais as tensões na região. Com a operação, os rebeldes tomam o controle de uma segunda grande cidade do leste da Ucrânia, depois da vizinha Donetsk, cuja maior parte já controlam. Ao ocupar a cidade, os separatistas proclamaram a “República Popular de Donetsk” e prometeram a realização, em 11 de maio, de um referendo sobre a secessão do regime em Kiev. Luhansk poderia dar a eles o controle de uma extensa região adjacente à fronteira russa importante economicamente para a Ucrânia. A região, conhecida como Donbass, se encontra no centro de uma área à qual Putin se referiu, no começo de abril, como “Nova Rússia”, termo da época da conquista czarista nos séculos 18 e 19. A maior parte dos habitantes da região se identifica como ucraniana atualmente, mas o russo é o idioma materno. METRO


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|09|◊◊

A viagem da palavra Literatura. Flipiri chega à sexta edição com oficinas, palestras, shows, vídeos e homenagens a Ignácio de Loyola Brandão e Elder Rocha Lima Ignácio de Loyola Brandão veio na primeira edição, voltou na segunda e tratou logo de pedir para ser convidado todos os anos. Demorou um pouco, quatro anos, mas hoje o escritor paulista está de volta à Flipiri -- Festa Literária de Pirenópolis. Ele é um dos homenageados da sexta edição, que começa hoje e segue até sábado, com uma série de atividades gratuitas, como palestras, oficinas, exposições, shows e feira itinerante de livros. O tema deste ano, “Literatura e viagem”, foi inspirado no livro “O Mel de Ocara -- Ler, Viajar, Comer”, lançado por Ignácio de Loyola Brandão no fim do ano passado. “Quando vi o livro, pensei: ‘É hora de ele voltar’”, conta Iris Borges, curadora da Flipiri. O escritor participa da cerimônia de abertura, hoje, às 19h, e da conferência “Viagens Literárias”, amanhã, às 19h. Nos dois dias, ele terá a

“A gente percebe que a intimidade com os livros é muito maior do que quando a gente começou.” IRIS BORGES, CURADORA DA FLIPIRI

companhia de Elder Rocha Lima, o outro homenageado da Flipiri em 2014. Artista plástico, arquiteto e escritor, Elder lançou o “Guia Sentimental de Pirenópolis”, com informações históricas e curiosidades sobre a pequena cidade goiana. “Ele não nasceu aqui, mas elegeu Pirenópolis como a cidade do coração e é um grande estudioso do cerrado”, comenta Iris. Também confirmaram presença na Flipiri os escritores Marcelo Carneiro da Cunha, Nicolas Behr, Guga Murray, Eraldo Miranda, Clara Arreguy, Tino Freitas e Vera Lucia Dias, entre outros.

Ilustradores Outro destaque da festa em Pirenópolis é o norte-americano Todd Parr, criador do “ToddWorld”, principal atração do 2º Encontro Flipiri de Ilustradores, sexta e sábado, no Salão Paroquial da cidade. Os ilustradores Walter Lara, Mariana Massarani, Jô Oliveira e Gougon também dividem a mesa nesses dois dias. Criada para formar leitores, a Flipiri envolve anualmente 5 mil estudantes e 260 professores. Os resultados são vistos a cada edição. “A diferença é enorme nestes seis anos”, afirma a curadora. “As bibliotecas da cidade estão mais ricas e a relação dos alunos com os autores é outra. Antes, os meninos eram tímidos, ouviam e iam embora. Hoje, eles ficam loucos para perguntar, para interagir.”

2 CULTURA

Ignácio de Loyola Brandão volta à Flipiri pela terceira vez | DIVULGAÇÃO

Música

Choro livre O maestro Laércio de Freitas é a atração do Clube do Choro (tel. 32240599), de hoje a sexta, às 21h. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia).

TERESA ALBUQUERQUE

Todd Barr, criador do “ToddWorld”

Elder Rocha Lima: cidadão local

METRO BRASÍLIA

| DIVULGAÇÃO

|DIVULGAÇÃO


|10|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Tempo rege nova versão da saga do Homem-Aranha

Andrew Garfield vive o aracnídeo pela segunda vez

Estreia. Diretor Marc Webb fala sobre sua segunda incursão no mundo do herói em ‘O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro’, que chega amanhã aos cinemas

DIVULGAÇÃO

O que deve fazer um diretor quando pedem para ele criar uma sequência de um enorme êxito nas bilheterias internacionais? Essa foi a pergunta que Marc Webb se fez quando começou a dirigir “O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro”, a continuação da nova versão da saga baseada nos quadrinhos da Marvel Comics, que traz Andrew Garfield como o herói aracnídeo e Emma Stone como sua amada Gwen Stacy. O longa estreia amanhã. “Não se tratava apenas de

superar o último filme. Quisemos que este fosse fabuloso, mas que também expressasse os aspectos mais brincalhões do personagem do HomemAranha. Além disso, exploramos temas distintos que realmente vão ressoar entre os espectadores”, afirma Webb. O filme abre com 20 minutos de ação vertiginosa. Para o diretor, contudo, acrobacias audazes e efeitos com tecnologia de ponta não são mais importantes que a história, elaborada por uma equipe de roteiristas que inclui Alex

Kurtman e Roberto Orci, responsáveis pela recente revitalização da franquia “Star Trek”. “Pensamos nos vilões, em onde estaria Peter Parker e em quais perguntas desejávamos responder, mas o essencial era encontrar a alma do filme, essa ideia central com a qual nós e os espectadores pudéssemos nos relacionar. Abordamos a ideia de tempo: deve-se valorizar as oportunidades que você tem de estar com quem ama”, diz. Além desse fio condutor, o filme traz um trio de crimino-

sos de alto nível. Paul Giamatti é Rhino. Jamie Foxx vive o vilão Electro que batiza o filme. Há ainda Dane DeHaan como Harry Osborn, amigo de infância de Peter e filho do abastado dono da OsCorp. “De certa forma, tanto ele quanto Peter foram abandonados por seus pais, o que lhes permite ter um vínculo pouco comum um com o outro”, conclui o diretor. GABRIELA ACOSTA SILVA METRO INTERNACIONAL

BRUNO POLETTI/FOLHAPRESS

Filme acompanha final da presidência de Getúlio Presidente mais longevo da história do Brasil – foi ditador de 1930 a 1945 e eleito democraticamente para o período de 1951 a 1955 –, o gaúcho Getúlio Vargas também é um dos homens mais controversos da República. O filme “Getúlio”, de João Jardim, que estreia amanhã, procura entender esta personalidade por meio de um período específico desta longa trajetória, enfocando justamente os últimos 19 dias de seu mandato. Atacado noite e dia pela oposição e prestes a ser deposto pelos seus generais, Getúlio preferiu se matar a entregar o cargo. Ele tinha 72 anos e deixou uma carta-testamento pensada nos mínimos detalhes: “Saio da vida para entrar na história”. Com o papel-título interpretado com rigor e emoções exatas pelo sempre talentoso Tony Ramos, “Getúlio” é um filme de personagem. O centro da trama é a intimidade, as reflexões e a angústia do presidente diante do ocaso inevitável, na solidão do Palácio do Catete. Em torno dele cir-

JOÃO JARDIM

Apaixonado pela história do Brasil, diretor diz que suicídio de Getúlio Vargas foi ato de coragem

Diretor premiado de documentários, como “Janela da Alma” (2002) e “Lixo Extraordinário” (2010), João Jardim estreia na ficção com “Getúlio”. O filme, que entra em cartaz amanhã com mais de 200 cópias, é resultado de longos anos de pesquisa.

Tony Ramos vive o protagonista: rigor e emoção exata | DIVULGAÇÃO

culam familiares (com destaque para a filha, Alzira, vivida por Drica Moraes), militares, políticos e Gregório Fortunato, seu guarda pessoal e pivô da crise que se abateu sobre o seu governo em agosto de 1954. Além de ser suspeito do atentado contra o jornalista Car-

los Lacerda (o ator Alexandre Borges), Gregório teve seu nome ligado a casos de corrupção, junto com filhos de Getúlio. Enfim, uma história bem familiar. MÔNICA KANITZ METRO PORTO ALEGRE

O que espera em relação à receptividade do público? Acho que o filme vai ajudar as pessoas neste momento, em que há um interesse maior em entender o Brasil e nossa realidade sócio-política. Há uma indignação com a maneira como as coisas acontecem e, ao mesmo tempo, uma vontade de evoluir, de pensar um Brasil diferente. E por que vocês optaram por este recorte histórico? Aqueles 19 dias são um retrato pragmático do Brasil

atual, vemos a mesma história e o mesmo comportamento do que acontece hoje em dia. Este projeto levou anos para amadurecer, foram cinco anos só para peneirar os fatos e chegar a este roteiro. Como tudo o que já foi dito e escrito sobre Getúlio, nós também fizemos a nossa versão. Como todo filme, este também tem ação e entretenimento. E o que mais te chama a atenção em Getúlio Vargas? O que me fascina mesmo é a história do Brasil. Sempre gostei de ler. Quando apareceu o personagem do Getúlio Vargas, foi incrível. Mudou até a minha vida pessoal saber como ele funcionava politicamente, seu comportamento e seu entendimento sobre o país. Ele tinha muito amor pelo Brasil, apesar de seu período como ditador ser considerado um dos mais pesados da história brasileira.

Você acha que hoje há esta compreensão sobre ele? Vargas é o personagem emblemático daquela época, ele tomou decisões que determinam o Brasil ainda hoje. O Brasil ainda precisa valorizar seu passado, nós temos histórias incríveis que merecem ser vistas no cinema -- algo que os diretores europeus fazem muito bem. O Brasil tem um problema de auto-estima, só valoriza o futebol e a bunda das mulheres. O fim de Getúlio é sempre discutido. No filme, ele se prepara para o suicídio... O ato de se matar faz parte do seu legado. Acho que foi um ato de coragem, porque ele sabia como funcionavam as coisas, ele ía ser aniquilado se aceitasse tudo pacificamente. Ele fez algo para tentar se redimir, não podemos julgá-lo. Afinal, o que pode ser imolação maior do que a morte? METRO POA


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

‘Eu achava que isso era para quem morre’ Música. Zeca Pagodinho ganha homenagem em “Sambabook”, projeto multiplataforma composto por DVD, Blu-Ray, CDs, discografia, fichário de partituras e portal na web. Show de lançamento será hoje, no Rio

O sambista está comemorando 30 anos de carreira | FOTOS: ARIEL SUBIRÁ/FUTURA PRESS

“Chega! Já curei da ressaca. Coca-Cola quente não dá!”, brinca Zeca Pagodinho, antes de conversar com jornalistas sobre o “Sambabook” em sua homenagem, que reúne CDs, DVD, Blu-Ray, discografia, fichário de partituras e portal na web. O show de lançamento será hoje, na Fundição Progresso, no Rio. No palco, ele receberá convidados como Arlindo Cruz, Marcelo D2, Monarco, a Velha Guarda da Portela e Emicida. O sambista, de 55 anos, é o terceiro homenageado no projeto multiplataforma da Musickeria, que já prestou tributo à obra de João Nogueira e de Martinho da Vila. “Eu achava que isso [Sambabook] era para quem morre. Mas, depois que vi o do Martinho, pensei: ‘Ah, aí dá para fazer!’”, diz o cantor e compositor carioca, que está comemorando 30 anos de carreira.

Zeca com o neto Noah, de 4 anos. Em junho, ele será avô pela segunda vez

Gravado em dezembro, na Cidade das Artes, o “Sambabook Zeca Pagodinho” traz músicas do cantor regravadas por bambas. Gilberto Gil abre os trabalhos com “Não Sou Mais Disso”. Arlindo Cruz canta “Se Eu For Falar de Tristeza”, e Beth Carvalho entoa com vigor “Lama nas Ruas”. Frejat mostra sua ginga em “Brincadeira Tem Hora” e o rapper Emicida defende “No Bagaço da Laranja”. “A gravação era uma festa. A Brahma colocava um freezer enorme cheio de cerveja todos os dias. Com a Velha Guarda da Portela, sempre tinha um frango com quiabo”, lembra. Avô pela segunda vez Depois de uma pausa para refrescar a garganta com cerveja, ele muda de assunto e fala da Copa do Mundo. “Felipão me deu a camisa 6. Não sei se ele está me cha-

“SAMBABOOK ZECA PAGODINHO” VÁRIOS UNIVERSAL MUSIC, R$ 199 (COMPLETO) E R$ 69,90 (DVD + CDS)

mando para jogar... Pô, nunca fui bom de bola, nunca fiz um gol. Na vida, faço todo dia”, tira onda. Zeca, que gravou a inédita “Filhos de Vera Cruz” no CD “Festa Brasil”, composto por músicas para o Mundial e que será lançado pela Universal Music, diz que vai ficar quietinho, assistindo aos jogos de casa. “Não acompanho futebol, mas Brasil é Brasil. Vou enfeitar minha casa, eu gosto é de festa! E com minha cervejinha no isopor, ao lado do telão.” Pai de quatro filhos, Zeca está prestes a se tornar avô pela segunda vez, agora de uma menina – é avô de Noah, 4, primogênito de sua filha Elisa, 22. “Ele é meu xodó, parceirão. E agora vem uma menina para me deixar mais feliz.” GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

Arlindo Cruz participa do show na Fundição, hoje | DIVULGAÇÃO

Monarco e a Velha Guarda da Portela também estão entre os convidados da festa na Lapa | DIVULGAÇÃO


|12|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Incubadora de talentos espera 4 mil alunos

Os invasores

E quem não é turista?

Cruzadas

Educação. Empresa lança Ocean, um centro de treinamento em tecnologia Nos dias de hoje, não basta ter uma boa ideia, é preciso ser empreendedor e criar uma start-up. Nem todos os desenvolvedores de tecnologia, porém, têm este potencial. De olho neste nicho de mercado, a Samsung lançou ontem, em São Paulo, o Ocean, um centro de treinamento gratuito com foco na prática, negócios e empreendedorismo, segundo explicou Fábio Croitor, diretor de Media Solution Center da empresa na América Latina. Os mais de 4 mil alunos esperados para este ano contam com grade curricular que inclui desenvolvimento de aplicativos para smartphone, tablets e smart TV. Há também aulas sobre o sis-

Leitor fala

tema Tizen, uma alternativa da Samsung para o Android. A empresa investiu cerca de R$ 30 bilhões em pesquisas em 2013 e, embora seus executivos digam que o objetivo do projeto não é de criar novas empresas, o farto mercado de desenvolvedores brasileiros sem experiência em negócios pode ser um campo propício para a criação “de um algo a mais” para os latino-americanos. Interessados do país inteiro podem participar. No segundo semestre, o Ocean chega a Manaus. Os cadastros para aulas livres ou intensivos são feitos no site www.oceanbrasil.com. METRO

A gente pensa muito no transporte do aeroporto para os turistas que visitam Brasília. Para quem trabalha lá é muito pior. Não há nenhum tipo de transporte público, o ônibus que faz W3 Sul-Aeroporto leva 30 minutos dando a volta no Lago Sul e só passa de hora em hora. Quem quiser ir de carro, ou terá que desembolsar uma grana ou simplesmente deixar o carro em local proibido: não há estacionamentos públicos no terminal. Aquele veículo sobre trilhos que iriam fazer para ligar o aeroporto ao metrô ficou só na promessa. WILMAR SANTEIRO - GAMA (DF)

Ônibus da comédia e música Nada mais inusitado do que os ônibus do Entorno. O que eu peguei ontem estava com o motor fervendo e a cada 10 minutos o motorista tinha que parar a viagem e descer para colocar água no motor. A coisa se repetiu tanto que ficou engraçado. E o melhor, um violinista estava dentro do ônibus e a cada vez que ele parava, o homem sacava o violino para tocar o melhor de Luiz Gonzaga. Assim, até os problemas ficam fáceis de encarar. NORMA CORRÊA - VALPARAÍSO (GO)

Metro Pergunta

Sudoku

Estudo da Secretaria Siga o Metro de Aviação Civil deu no Twitter: @jornal_metrobsb ao aeroporto JK nota 3,5 de um total de 5, a quarta pior média. Qual seria a sua avaliação dele? @HlioSampaio1

Não há muito o que elogiar em um aeroporto completamente em obras, sem táxis ou ônibus. Me impressiona não ser o último. @rayssadalben

Acho que algumas empresas áreas têm melhorado, mas as obras realmente causam muito transtorno e deixam tudo confuso.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Samsung apresenta Ocean para a imprensa, em São Paulo | DIVULGAÇÃO/SAMSUNG

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Procure evitar assuntos já superados com as pessoas que mais gosta. Momento para se desprender de velhos apegos.

Cuide para que os assuntos do trabalho ou mesmo de seu cotidiano não provoquem afastamento de suas relações ou de momentos prazerosos.

Regente de seu signo, Júpiter faz bom aspecto com Mercúrio, favorecendo conversas com algumas relações mais difíceis. 

Momento importante para retomar gostos culturais, especialmente como forma de se desapegar de algumas manias ou maus pensamentos.

A dedicação maior com fé, espiritualidade e temas que envolvam suas crenças ajudará a revitalizá-lo e a adquirir bons conhecimentos.

Sua maneira de se expressar estará mais espontânea do que o habitual. Bom para superar a timidez, especialmente em assuntos afetivos.

O bom aspecto entre seu regente Mercúrio e Júpiter favorece a expansão de ideias e contatos diferentes que possam auxiliar projetos.

Período importante para pesquisas, tanto em negociações materiais como em assuntos profissionais. Mais cautela com finanças.  

Período especial para lidar com novos métodos e conhecimentos no trabalho. Atente-se para não se exigir demais.  

Período para mais espírito de grupo com temas profissionais, ainda que sinta a possibilidade de resolver assuntos ao seu modo.

Procure se portar de maneira cuidadosa com alguns costumes de pessoas que tem vínculo afetivo e que não mudarão da noite para o dia.    

A busca por diversões que amenizem desgastes cotidianos fará bem. Ambientes sociais e eventos estarão propícios para se aproveitar.


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|13|◊◊

Tragédia em Munique Liga dos Campeões. Bayern recebe Real Madrid em jogo de volta das semifinais e sofre impressionante goleada de 4 a 0 A vantagem era do Real Madrid, mas os torcedores do Bayern de Munique que compareceram à Allianz Arena certamente não esperavam assistir ao filme de terror que se desenrolou em campo. Jogando fácil e livremente, os espanhóis não viram nem sombra do gigante alemão e, com a goleada por 4 a 0, levaram a vaga na final da Liga dos Campeões. A tragédia começou logo aos 15 minutos de jogo. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Sergio Ramos subiu sozinho e abriu o placar. Como o Bayern já havia sido derrotado no primeiro jogo por 1 a 0, o gol desestabilizou o time. No minuto seguinte, o brasileiro Dante acertou em cheio o tornozelo de Cristiano Ronaldo e marcou a falta que originou o segun-

do gol -- quando Sergio Ramos, mais uma vez, cabeceou com precisão. Diante do resultado, que já era abismal, o Bayern tentou ir para cima. De forma desastrada, no entanto, o que culminou em um contra-ataque fatal. Cara a cara com o gol, Cristiano Ronaldo não perdoou. Com a derrota parcial por 3 a 0, o abatimento foi inevitável. Aos 44 minutos do segundo tempo, porém, deu tempo de Cristiano Ronaldo ampliar o vexame: batendo falta rasteiro por baixo da barreira, à la Ronaldinho Gaúcho, ele comemorou o 16º gol na Liga dos Campeões. O adversário do Real Madrid na final sai ainda hoje. Às 15h45, o Chelsea recebe o Atlético de Madrid. No primeiro jogo, eles empataram em 0 a 0. METRO BRASÍLIA

ESPORTE

Thomas Mueller se desespera sob o olhar de Sergio Ramos | MICHAEL DALDER/REUTERS

Libertadores. Grêmio e Cruzeiro lutam por vaga

Copa do Brasil. Brasília joga amanhã no Mané

Hoje, às 22h, dois times brasileiros buscam vaga nas quartas de final da Libertadores. De um lado, o Grêmio tenta reverter em casa a desvantagem da derrota por 1 a 0 sofrida pelo San Lorenzo. Do outro, o Cruzeiro vai ao Paraguai enfrentar o Cerro Porteño -- o jogo de ida ficou em 1 a 1. No tricolor, Luan deve começar como titular. Ricardo Goulart estará de volta ao time da Raposa. METRO

Campeão da Copa Verde com vaga assegurada na Copa Sul-Americana de 2015, o Brasília estreia amanhã na Copa do Brasil. Às 21h50, a equipe enfrenta o Sport. Os ingressos estão à venda na sede do time (Edifício América Office Tower, sala 2071, Setor Comercial Norte) e na agência do BRB na rodoviária do Plano Piloto. Os valores são de R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). METRO

Luan começará jogo como titular | ITAMAR AGUIAR/FUTURA PRESS

Vice-presidente do COI dispara contra organização dos Jogos Vice-presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), o australiano John Coates disse ontem que os preparativos para a Olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro são os ‘piores’ que ele já viu na história recente dos jogos. “A situação é crítica”, afirmou o dirigente, que tem 40 anos de experiência em organizar Olimpíadas. “Acho que é pior do que em Atenas [em 2004]. Até agora, os preparativos da capital gre-

ga haviam sido os piores que eu havia visto”, criticou John Coates. “Eles (Comitê do Rio) não têm resposta para nada. Não sabem dizer, por exemplo, quanto tempo levará para percorrer de um local de competição para outro. Mas não temos plano B. Vamos para o Rio”, completou. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse apenas que tem que “aceitar as críticas e trabalhar duro” para preparar a cidade para a Olimpíada de 2016. METRO RIO

3

John Coates criticou organização | BRENDON THORNE/GETTY IMAGES

Brasília foi campeão da Copa Verde | ADALBERTO MARQUES/AGIF/FOLHAPRESS

Caiu. Caio Jr.

deixa comando do Criciúma O treinador do Criciúma, Caio Jr., foi demitido ontem pela diretoria da equipe após reunião no Heriberto Hülse. Além dele, foram demitidos os auxiliares técnicos Almir Domingues e Eduardo Duca, e o analista de desempenho, Luiz Felipe. Em duas rodadas do Campeonato Brasileiro, o Criciúma sofreu duas derrotas. METRO

Punição. Dono do Clippers é banido para sempre da NBA Após declarações racistas, o presidente do Los Angeles Clippers, Donald Sterling, foi banido para sempre da NBA. O anúncio foi feito ontem pelo presidente da liga americana de basquete, Adam Silver. Além da punição, Sterling recebeu multa de U$ 2,5 milhões. Em gravações reveladas pelo site americano “TMZ”, o dono do Los Angeles Clippers foi flagrado em uma conversa na qual exige que a namorada pare de andar na companhia de negros.

Agora, Sterling não poderá assistir aos jogos ou treinos de sua equipe, nem participar de decisões e reuniões referentes à Liga. O comissário Silver ainda pediu que os outros 29 proprietários dos times da NBA votassem pela venda da franquia -- caso três quartos deles se manifestem a favor, Sterling será obrigado a vender a equipe. “Se for obrigado a vender seu time, ele levará em conta seu comportamento durante a vida inteira”, afirmou. METRO

Tênis

Bellucci vai às oitavas O tenista brasileiro Thomaz Bellucci avançou às oitavas de final do ATP 250 de Munique, ontem, após vencer o croata Ivan Dodig por 2 sets a 0. Amanhã, ele enfrenta o argentino Frederico Delbonis.


BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|14|

‘S’ DE SEMPRE Em 1o de maio de 1994, Ayrton Senna morreu após acidente com sua Williams no circuito de Ímola, na Itália. Vinte anos depois, o tricampeão mundial segue inspirando gerações de pilotos e é cultuado como um dos maiores de todos os tempos. Relembre alguns dos principais momentos da vida do ídolo e de sua vitoriosa carreira METRO Aos 4 anos, ganha o primeiro kart do pai

21 de março

1960

julho de 1973

1964

Aos 13 anos, começa a correr profissionalmente em provas de kart, no autódromo de Interlagos .

“A Senna pouco importava se a pista estava molhada. O intuito era voar e em segundos violar todas as leis da física.” JUAN MANUEL FANGIO, EX-PILOTO

Ayrton Senna da Silva nasce no bairro de Santana, na zona norte de São Paulo

1977 1983

1984

Vence o campeonato inglês de Fórmula 3 pela equipe de Dick Bennetts, além do prestigioso Grande Prêmio de Macau

Estreia na F-1 no Grande Prêmio do Brasil pela equipe Toleman-Hart, abandonando a corrida na 8a volta. Durante a primeira temporada, consegue pontuar em cinco corridas, fechando o ano com 13 pontos Vai para a Lotus-Renault, pela qual venceria seis Grands Prix ao longo de três temporadas. Senna termina a temporada em 4º lugar, “Senna era mais com 38 pontos e duas vitórias rápido que você com

1985

Vai para a McLaren-Honda, se junta ao francês Alain Prost – que seria considerado seu maior rival na F-1 – e se torna campeão mundial pela primeira vez. Juntos, os pilotos ganham 15 dos 16 GPs da temporada

Com a equipe Williams-Renault dominando a competição, Senna termina o campeonato em 4º lugar, perdendo o 3º posto para o alemão Michael Schumacher, então iniciante, na última corrida.

1994

1991 1990

1981

Começa a competir na Europa, ganhando o campeonato inglês de Fórmula Ford 1600, com 12 vitórias em 20 corridas, pela equipe de Ralf Firman

1992

ALAIN PROST, EX-PILOTO

Após perder o campeonato de 1989 para Prost, Senna conquista novamente o título mundial após o Grande Prêmio do Japão

1982 Campeão europeu e britânico de Fórmula Ford 2000. Adota o sobrenome de solteira da mãe, Senna – até então era chamado de Ayrton Silva

o mesmo carro e tão rápido quanto com um carro inferior. Sua morte era previsível, pois estava sempre mais rápido do que os carros que pilotava.”

1988

Ganha o Campeonato Brasileiro e o Sul-Americano de kart, feitos que repetiria em 1978 e 1980. Também na modalidade, foi vice-campeão Mundial em 1979 e 1980

Levanta o terceiro troféu mundial, se tornando o piloto mais jovem a conquistar um tri na Fórmula 1. A façanha seria mantida até o final da temporada de 2012, quando o alemão Sebastian Vettel igualou a marca vencendo por três anos consecutivos

Aos 34 anos, se transfere para a Williams. Em 1º de maio, na terceira corrida da temporada, em Ímola, na Itália, entra numa curva durante a sétima volta da corrida e perde o controle do carro, batendo violentamente contra um muro de concreto. Levado para o hospital, não resiste aos ferimentos e morre algumas horas depois

RIVALIDADE À TODA PROVA Muitos consideram que o grande rival de Senna foi o francês Alain Prost, com quem correu na McLaren durante as temporadas de 1988 e 1989. “Antes da morte o Senna retomou a amizade [com Prost], e disse que a rivalidade tinha sido importante. Havia um lado bom, porque fazia com que ele melhorasse. Também ajudou a construir a carreira deles, já que pudemos ver grandes embates”, conta Adilson Carvalho, presidente da Torcida Ayrton Senna.

Nelson Piquet, considerado o grande piloto brasileiro antes da ascensão de Senna, assim como Nigel Mansell, eram outros adversários de peso. “Acho que o Senna sempre se destacou em termos de velocidade. Se ele tivesse corrido entre 2000 e 2008, no que ficou conhecido como o período da velocidade pura, teria tido sucesso. Na época, outras coisas eram exigidas”, explica Luis Fernando Ramos, jornalista.

Da esq. para dir: Nigel Mansell, Alain Prost e Nelson Piquet


|16|

BRASÍLIA, QUARTA-FEIRA, 30 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

SEGURANÇA

O LEGADO DE SENNA

JASON REED/REUTERS

Vivo. Desde o acidente fatal na curva de Ímola, na Itália, durante o GP de San Marino, a Fórmula 1 acumula transformações motivadas pelo ídolo brasileiro. Especialistas apontam as principais

O acidente foi responsável por uma série de mudanças nas regras de segurança da F-1, com carros mais resistentes e um nível maior de proteção. “Começaram a rever as curvas das pistas, o cockpit ficou diferente. O HANS (dispositivo de segurança que protege o pescoço do piloto) foi evoluindo cada vez mais”, contou o narrador Odinei Edson, da Rádio Bandeirantes. “Isso salvou muitas vidas, não houve outras mortes de pilotos”, disse o

jornalista Luis Fernando Ramos. A engenharia dos carros da época, completamente diferente dos modelos atuais, apresentava uma série de dificuldades a serem contornadas pelos pilotos. “Naquele ano [1994] houve uma mudança radical nos carros: diversos itens, como suspensão ativa e freio ABS, foram proibidos. Era um carro deficiente, difícil de ser conduzido”, explicou o jornalista Livio Oricchio.

MARK THOMPSON/GETTY IMAGES

Williams modelo 2014, do também brasileiro Felipe Massa MARK THOMPSON/GETTY IMAGES

Lewis Hamilton

Fernando Alonso PASCAL RONDEAU/ALLSPORT

INFLUÊNCIA

disse Luis Fernando Ramos, que Além de deixar um legado ao considera Hamilton seu grande suprovocar uma reforma nas regras cessor: “É um piloto menos cerede segurança, Senna também in- bral, age mais com o coração, cofluenciou alguns dos principais mo o Senna”. pilotos da atualidade. “O Senna Edson, que também cita Alonso tinha uma determinação em ser como um dos sucessores, concorda. campeão. Até então era mais co- “O Hamilton é um exemplo de semo uma disputa de cavalheiros. quência do que o Senna fazia. Na O Schumacher também pensava época do acidente ele andava de assim, e hoje tem outros, como o kart e tinha o brasileiro como seu Alonso e o Sebastian Vettel”, grande ídolo”, afirmou.

INSTITUTO AYRTON SENNA Em novembro de 1994, poucos meses após a morte do piloto, o Instituto Ayrton Senna foi criado, com o objetivo de ajudar na formação escolar de crianças brasileiras. A ideia de criar um órgão de auxílio para jovens sem condições financeiras já estava nos planos de Senna, mas só se concretizou com o IAS, que tem sua irmã Viviane Senna à frente. A variedade de programas educacionais oferecidos tem a preocupação de fazer com que a criança vá além da mera alfabetização, desenvolvendo seu conhecimento e criando condições para sua futura inserção no mercado de trabalho. “O instituto ajuda o jovem a construir um plano de vida e valores para o futuro. É necessário ir além do protagonismo e criar condições para os empreendedores”, explica Mozart Ramos Neves, diretor de Articulação e Inovação do IAS.

FÃ S Um dos principais e mais antigos fã-clubes do piloto é o Torcida Ayrton Senna, fundado em maio de 1988. O grupo, que chegou a contar com 18 mil associados, tem atualmente 1.500 membros. “Eu conheci o Senna em 1985. Na época, ele tinha um escritório na Vila Maria e costumava dar autógrafos na porta”,

Torcida Ayrton Senna, durante o GP de Interlagos, em 1994

contou Adilson Carvalho, presidente da organização. Para Carvalho, o momento mais marcante do piloto foi a conquista do tricampeonato, em 1991. “Fizemos a maior homenagem que ele já viu em vida, percorrendo as principais ruas de São Paulo, de Congonhas até o Jardim Europa, com ele acenando do teto solar do carro.”

À MEMÓRIA DE AYRTON Eterno. Uma série de eventos e homenagens referentes aos 20 anos da morte de um dos maiores pilotos da história ocorre desde o início do ano em diversos lugares do planeta. Exposições trazem de fotos a objetos pessoais de Senna MICHAEL KING/GETTY IMAGES

Exposição

Senna: Photographs by Keith Sutton. Está em cartaz em Londres, na Inglaterra, uma importante exposição de fotos clicadas por Keith Sutton. O fotógrafo conheceu Senna em 1981, quando o brasileiro ainda corria na Fórmula Ford, e o acompanhou por toda a carreira. Proud Galleries, Londres, Inglaterra. Mais informações em proudonline.co.uk/exhibitions. Até 4 de maio.

Revivendo Ayrton Senna. O evento, organizado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo em parceria com a Torcida Ayrton Senna, principal organizada do piloto, apresenta uma seleção de fotos e diversos objetos pessoais. Palácio da Justiça de São Paulo, Praça da Sé, s/n, até 14 de maio. Das 13h às 18h. Entrada gratuita.

Ayrton Senna em sua Williams na corrida em Ímola, em 1994

Diversos

Vídeo

20 anos do legado de Ayrton Senna / #SennaSempre. Em março, foi lançado um vídeo oficial em homenagem aos 20 anos do legado do piloto, produzido em parceria com o Instituto Ayrton Senna, que pode ser conferido no YouTube. Basta fazer uma busca pelo nome do vídeo.

Senna foi tema da escola de samba Unidos da Tijuca, do Rio, no carnaval deste ano FERNANDO MAIA/RIOTUR

Homenagem em Ímola, Itália. A cidade onde ocorreu o acidente fatal será palco de uma série de eventos e exposições a partir desta quarta (30). Além de uma missa realizada em homenagem ao piloto, haverá desfiles e exibições de carros. Bolonha, Itália. Até 4 de maio. Mais informações em ayrtonsenna.com.br/ eventosayrton-senna-recebe-serie-dehomenagens-em-imola.


20140430_br_brasilia