Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

DIVULGAÇÃO/ MARCOS PINTO

Galeto ‘Sats em Campo’, do boteco de Copa

Partiu ‘Comida di buteco’! Festival gastronômico inclui 31 botequins

PÁG. 16

O QUE É, O QUE É?

LUANA PIOVANI VOLTA À INFÂNCIA NO MUSICAL ‘MANIA DE EXPLICAÇÃO’ PÁG. 12 RIO DE JANEIRO Sexta-feira, 11 de abril de 2014 Edição nº 864, ano 4 MÍN: 19°C MÁX: 34°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Governo passa a apoiar lei antiprotestos mais branda hazy

showers

Black blocs. Executivo federal desistiu de projeto que vinha defendendo, considerado excessivamente duro. Agora, a base governista será orientada a aprovar texto do senador Armando Monteiro (PTB-PE), que agrava pena para vandalismo, mas permite uso de máscaras PÁG. 08 Obras do Parque Olímpico estão paradas por causa da greve e prefeito admite que complexo de Deodoro é uma preocupação PÁG. 03

COMITÊ OLÍMPICO ENDURECE COM O RIO CONTRA ATRASOS

Conca abriu placar no Maracanã |WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

Flu dá o troco e goleia o Horizonte

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Tricolor afasta zebra do jogo da ida e ganha por 5 a 0. Na 2a fase da Copa do Brasil, vai enfrentar o Tupi-MG PÁG. 21

Operários do Parque Olímpico estão em greve há uma semana: hoje haverá reunião entre o sindicato da categoria e consórcio

Já a Copa... também tem obra atrasada

| RICARDO MORAES/REUTERS

Ainda há muito a fazer na infraestrutura no entorno do Maracanã e nas arenas de SP e PR. Musa Fernanda Lima desfila uniforme dos voluntários PÁGS. 03, 16 E 20

Gasolina pode passar a ter mais etanol Ministério da Agricultura estuda elevar de 25% para 27,5% o percentual do álcool na mistura PÁG. 09


1 FOCO

|02|

Traficante que fugiu do Alemão é preso na Ponte Migrou para São Gonçalo. Criminoso tinha voltado ao complexo para visitar a namorada. Tiroteio fechou teleférico por 40 minutos Um traficante que fugiu do Alemão, na zona norte, na época da pacificação do complexo, em dezembro de 2010, foi preso na Ponte Rio-Niterói, na noite de quarta-feira. Segundo as investigações, Waldenir Cardoso da Silva, conhecido como Magal, de 28 anos, tinha ido ao antigo reduto visitar a namorada e voltava para casa, em São Gonçalo, quando policiais da 6ª DP (Cidade Nova) o prenderam. Após fugir do Alemão, ele migrou para os morros da Coruja e do Martins, ambos na cidade da região metropolitana, onde até então atuava como gerente do tráfico de drogas local.

Doleiro

Segurança máxima

O doleiro Alberto Yousseff, apontado como líder do esquema de lavagem de dinheiro descoberto pela Operação Lava Jato, deverá ser transferido para a penitenciária de segurança máxima de Catanduvas (PR). Desde que foi preso, em 17 de março, ele aguarda a sentença na carceragem da PF em Curitiba. Yousseff tem ligações com o deputado André Vargas (PT-PR), é apontado como sócio do laboratório Labogen, que buscou fazer contrato com o Ministério da Saúde, e presenteou o exdiretor da Petrobras Paulo Roberto Costa com um carro de luxo, avaliado em R$ 250 mil.

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

recompensa de R$ 1 mil para quem desse informações que levassem a prisão do criminoso.

Waldenir Cardoso da Silva, o Magal | DIVULGAÇÃO

No momento da abordagem, Magal dirigia um Fiat Palio preto e usava crachá, se passando por funcionário de uma empresa particular. O Disque-Denúncia oferecia

Confronto Um tiroteio na manhã de ontem, devido a um confronto entre PMs e criminosos no Alemão, interrompeu a circulação do teleférico por cerca de 40 minutos. Segundo a SuperVia, o equipamento foi fechado por medida de segurança. Ninguém ficou ferido. De acordo com a polícia, os agentes foram recebidos a tiros quando patrulhavam a localidade conhecida como Rua 2 e revidaram, mas os criminosos conseguiram fugir. METRO RIO

Segurança. Depois de ataques, Polícia Militar reforça Central A Polícia Militar prometeu ontem reforçar o entorno da Central do Brasil, no Centro, depois que uma reportagem da TV Globo flagrou menores praticando roubos a pedestres na região. Os crimes eram realizados na avenida Presidente Vargas, a poucos metros do prédio que abriga a Secretaria Estadual de Segurança e do Palácio Duque de Caxias, sede do Comando Militar do Leste. A Polícia Militar não quis divulgar o tamanho exato do efetivo que trabalha na área, alegando motivos de segurança. Porém, informou que o policiamento vai

ser reforçado por mais 50 PMs naquela região. O número de roubos a pedestres tem aumentado na cidade. Entre janeiro de 2013 e janeiro deste ano, a capital fluminense registrou 85,4 roubos a pedestres por dia, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Foram 33.802 registros no período, além de 3.639 roubos de celulares. Apenas em janeiro deste ano foram 3.308 casos, o que corresponde a 106,7 por dia. O número representa um aumento de 46,9% em relação ao total registrado em janeiro de 2013 (2.252). METRO RIO

Cedae. 600 km de redes antigas serão substituídas Nos próximos dois anos, a Cedae vai substituir 600 quilômetros de redes antigas em toda a região metropolitana do Rio. Os contratos para a realização do projeto foram assinados ontem, entre a companhia e o governo do Estado. METRO RIO

R$ 140

milhões é o valor do projeto que, segundo a Cedae, vai beneficiar 400 mil moradores da capital e da Baixada Fluminense.

Após acareação. Acusada 19 anos. Jovem mantida em de estrangular grávida é agredida na delegacia cárcere dentro Suspeita de ter assassinado uma mulher grávida de seis meses, Flávia da Silva Ramos, de 33 anos, deixou a Divisão de Homicídios de São Gonçalo, no início da noite de ontem, aos gritos de “prostituta e assassina”. Além de ter sido xingada, ela não escapou de ser agredida pelos familiares da vítima, Suelen de Souza Sales, 26. Eles furaram o cordão de isolamento e deram tapas e puxões de cabelo em Flávia. A suspeita foi à DH para participar de uma acareação entre ela e Rodrigo Folly Cuzzuol, de 36 anos, seu ex-amante e viúvo de Suelen. A medida para verificar eventuais contradi-

ções entre os depoimentos de Flávia e o viúvo demorou sete horas. Durante todo esse tempo, a suspeita negou o crime e acusou Rodrigo de ter matado a esposa, que foi estrangulada e esfaqueada dentro de casa, na segunda-feira. Houve muita discussão e o viúvo chegou a cair em contradição quando falou sobre a hora em que teria saído de casa para trabalhar e deixado Suelen sozinha. Ao sair da DH, Flávia foi levada para presídio feminino no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste. METRO RIO

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

de casa morre

A jovem Daiana de Souza, de 19 anos, que foi mantida em cárcere privado pela mãe durante toda a vida, dentro de casa em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, morreu ontem. Ela havia sido internada na quarta-feira, depois que vizinhos arrombaram a residência e encontraram a menina, que tinha deficiência mental, com muitas feridas pelo corpo e em estado de desnutrição, pesando 25 kg. Mãe de Daiana, Marlúcia Rodrigues de Souza foi presa em casa. A polícia estuda se irá indiciá-la por homicídio, já que há suspeita de omissão, ou por maus tratos seguido de morte. METRO RIO

Rua da Carioca é ‘enterrada’ Comerciantes da rua da Carioca, no Centro, fizeram um protesto no local, ontem, reivindicando a intervenção da prefeitura no impasse com o Opportunity Fundo de Investimento Imobiliário, que adquiriu cerca de 20 imóveis no lado ímpar da via. Os lojistas reclamam que os preços dos aluguéis dos imóveis aumentaram mais de 100%, o que inviabiliza os negócios. | ALE SILVA/FUTURA PRESS

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

COI eleva o tom com o Rio por causa de atrasos Jogos Olímpicos. Comitê aprova medidas para acelerar obras na cidade. Prefeito admite que Parque Olímpico de Deodoro preocupa O sinal amarelo está aceso para o Comitê Olímpico Internacional (COI). Por causa do lento andamento das obras para os Jogos do Rio de Janeiro, em 2016, o presidente da entidade, Thomas Bach, anunciou ontem que vai adotar uma série de medidas para acelerar os preparativos e evitar uma crise entre várias federações esportivas no mundo, que estão cobrando uma posição mais dura do COI com o Rio. Durante uma coletiva de imprensa na Turquia, onde foi realizada uma reunião de dois dias do conselho-executivo, Bach anunciou um interventor: o diretor executivo dos Jogos Olímpicos do COI, Gilbert Felli. Ele, que já tem uma reunião agendada com o prefeito Eduardo Paes para segunda-feira, virá com mais frequência ao Rio para monitorar a situação. Haverá também a contratação de um

gerente de projeto de construção civil. Bach afirmou que as medidas tomadas foram acordadas com o Comitê Rio 2016. “Essas medidas vão fortalecer a supervisão e gestão”, disse. Greve atrasa A pouco mais de dois anos do início dos Jogos Olímpicos, o Rio enfrenta atrasos em algumas obras, como na construção do Parque Olímpico de Deodoro, na zona oeste. Ontem, o prefeito Eduardo Paes admitiu que o local preocupa, mas negou que o COI estude trocar de sede. “Não há o menor risco de os Jogos não acontecerem aqui”, afirmou. No momento, seis grandes obras para a Olimpíada e a Copa do Mundo estão paralisadas, como a Transcarioca, a Linha 4 do metrô e o próprio Parque Olímpico. Hoje, uma reunião entre sindicato e consórcios pode pôr fim à greve.

Outra preocupação é a Baía de Guanabara, onde serão disputadas as competições de vela. A comunidade internacional tem reclamado sobre a poluição do local. Ao se candidatar, o Rio se comprometeu a tratar e sanar 80% do esgoto despejado. Porém, de acordo com o coordenador do programa de saneamento da Baía de Guanabara, Gelson Serva, apenas metade dessa meta foi alcançada até agora. “Os estudos e análises, que são mensais, mostram que, de janeiro de 2013 até hoje, a qualidade da água vem melhorando bastante. Nos pontos onde ocorrerão as provas, hoje, a condição da água é boa. Não há risco à saúde dos atletas”, disse subsecretário estadual do Ambiente, Carlos Portinho, em entrevista coletiva para divulgar os testes de qualidade da água, ontem. METRO RIO

Secretaria diz que apenas metade da meta de limpeza da Baía de Guanabara foi alcançada

| BRUNA PRADO / METRO RIO

A dois meses da Copa, Maraca tem obras

Entorno do estádio ainda tem canteiro de obras | FOTOS: BRUNA PRADO / METRO RIO

Se ainda faltam dois anos para o início da Olimpíada do Rio, a Copa do Mundo vai acontecer daqui a dois meses apenas. E uma pequena caminhada no entorno do complexo esportivo do Maracanã denuncia que, apesar do estádio estar pronto desde o ano passado e recebendo jogos normalmente, as prometidas obras de acesso e revitalização do local não foram concluídas ainda. A passarela que ligará o estádio à Quinta da Boa Vista, por exemplo, já era para ter sido inaugurada – a previsão de entrega era para o primeiro trimestre deste ano. Procurada pela reportagem do Metro, a Secretaria Municipal de Obras infor-

Apesar da paralisação, Estado promete estação da SuperVia pronta até a Copa

R$ 109

R$ 175

mou que a construção foi concluída e que apenas atua nos acabamentos finais da estrutura atualmente, já que a área ainda recebe intervenções do Estado. De 5 metros de largura no vão livre e 9 metros nas rampas, a estrutura termina ao lado do antigo Museu do Índio, onde pistas de skates foram construídas. Situação pior é a da ram-

pa de acesso à estação de metrô Maracanã, que está dividida ao meio pelas obras. Quarta-feira, durante a saída dos torcedores do Flamengo na partida pela Taça Libertadores, a área em reforma foi invadida pelos passageiros do metrô por causa do grande fluxo de pessoas no local. A passarela também vai dar acesso à nova estação da SuperVia do Maracanã, que

milhões foram investidos pela prefeitura no projeto de urbanização no Maracanã, com novas calçadas, ciclovia e passarela

milhões o Governo do Estado investiu na construção da nova estação Maracanã da SuperVia, através de um financiamento

também está atrasada. Segundo a Secretaria Estadual de Transportes, a rampa de acesso e a estação serão entregues antes de a bola rolar. Porém, as obras no local estão paradas por causa da greve. Com um investimento de R$ 175 milhões, aplicados pelo Estado em um financiamento do Banco do Brasil, a nova estação unirá os serviços dos trens e metrô. O local contará com cinco plataformas para embarque e desembarque. As plataformas da SuperVia passarão a receber trens dos ramais Saracuruna e Belford Roxo, além de composições semidiretas dos ramais Santa Cruz e Japeri. MAIS COPA NA PÁG. 20

Prefeitura demole casas da favela do metrô após polêmica remoção

Policiamento

PM terá um efetivo 70% maior na Copa O efetivo da PM na área externa do Maracanã durante a Copa do Mundo será de 2.372 policiais, 70% maior do que o planejado para a Copa das Confederações. A decisão foi tomada durante uma reunião da Comissão Especial de Segurança do Estado para Grandes Eventos na segunda-feira. Já o policiamento ostensivo nas áreas de interesse do Es-

tado será composto por formandos do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praça, policiais do Regime Adicional de Serviço, além de PMs que estiverem de licença e do batalhão de campanha, formados a partir do adiamento de férias. Ao todo, 4.926 policiais vão patrulhar essas áreas. Já a Polícia Civil criará o Núcleo de Atendimento aos Turistas Estrangeiros nas delegacias localizadas em áreas onde acontecerão os eventos, com a presença de 156 policiais habilitados em línguas estrangeiras. METRO RIO


|04|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Asfalto mais durável nas ruas cariocas Cidade. SMA é feito com uma fibra elástica e será aplicado nas principais vias para evitar buracos e desgastes de freagem de ônibus e caminhões As ruas do Rio de Janeiro vão ganhar um novo tipo de asfalto, como mostrou ontem a coluna ‘Direto ao Ponto’, de Rodolfo Schneider. Constituído por uma fibra elástica, o Stone Matrix Asfalt (SMA) vai ser aplicado nas ruas cariocas de maior movimento, em um prazo de 60 dias. Caracterizado por maior durabilidade, o SMA resiste a freagens bruscas, como as de caminhões e ônibus, e a variações de temperatura. “É o mesmo tipo de asfalto usado em pistas de automobilismo”, comparou o secretário municipal de Conservação e Serviços, Marcus Belchior. Assim como é produzido o atual tipo de asfalto – com pó de pedra, pedra zero e pedra-ume –, o SMA vai ser feito na Usina de Asfalto Antônio Ramos, no Caju. Há cerca de dois meses, a prefeitura faz testes nas ruas da Vista Chinesa. “Além da variação térmica, é uma área compartilhada, há muitos ciclistas”, analisa Belchior. Em comparação ao asfalto borracha, que é constituído de pneus e é utilizado em rodovias, Belchior afirma que o SMA não tem o mesmo caráter ecológico, mas a qualidade é semelhante. O secretário explica ainda que o SMA não vai ser

Morre a presidente do Grupo Fluminense Presidente do Grupo Fluminense de Comunicação, Nina Rita Ramos morreu na madrugada de ontem, aos 73 anos. A jornalista era viúva e sofria de problemas cardíacos. Ela estava internada desde janeiro no Hospital Samaritano, em Botafogo. O velório aconteceu no teatro da Paróquia São Judas Tadeu, em Icaraí, Niterói, e o enterro, no fim da tarde, foi no cemitério do Santíssimo Sacramento, no Barreto. O

prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, decretou três dias de luto oficial na cidade. Filha do jornalista e político Alberto Francisco Torres, Nina comandou o Grupo Fluminense após a morte dele, em 1998. À frente do grupo, participou ativamente do dia a dia das empresas, com destaque para as diretrizes e valores que norteiam a linha editorial do jornal ‘O Fluminense’. Ela deixa o filho e também jornalista Alexandre Torres. METRO RIO

Nina Rita | REPRODUÇÃO/O FLUMINENSE

“Nina Rita marcou sua trajetória pela firme gestão à frente do Grupo Fluminense. À família, aos amigos e companheiros de trabalho, a minha solidariedade neste momento de perda.”

“Seu trabalho reafirmou o compromisso de liberdade e respeito ao público assumido por seu pai.”

LUIZ FERNANDO PEZÃO, GOVERNADOR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

PAULO MELO, PRESIDENTE DA ALERJ

Caos do Caju a São Gonçalo

Na usina do Caju, silos ajudam a secar componentes do asfalto | BRUNA PRADO/ METRO RIO

aplicado no interior dos bairros, por essas ruas não terem o mesmo desgaste das principais. Ele conta que a prefeitura criou um inventário com dados de cada rua da cidade. “Vamos implantar asfaltos específicos para cada região.” METRO RIO

“O SMA já era considerado o melhor asfalto do mundo.” MARCUS BELCHIOR, SECRETÁRIO MUNICIPAL DE CONSERVAÇÃO

Dois acidentes deixaram o trânsito caótico na manhã de ontem. O primeiro aconteceu na Avenida Brasil, quando uma carreta tombou no sentido zona oeste, altura do Caju, às 4h. Para a retirada do veículo, duas pistas centrais da via foram interditadas às 9h20 e liberadas três horas depois. O engarrafamento chegou até São Gonçalo. A Niterói-Manilha teve 8 km de retenção. Um atropelamento na descida da Ponte Rio-Niterói para a rodoviária Novo Rio piorou a situação. Um homem morreu atropelado por um carro de passeio e uma faixa da via ficou bloqueada por duas horas e 20 minutos. METRO RIO Mega-Sena

Mutirão ajuda contribuintes com o ‘leão’ Um mutirão para auxiliar contribuintes nas declarações do Imposto de Renda, promovido pelo Sescon-RJ – sindicato que reúne empresas de serviços contábeis do Rio –, está sendo realizado no Largo da Carioca, no Centro. Especialistas no assunto estiveram no local ontem e permanecem hoje, das 8h às 19h, para orientar e dar dicas, gratuitamente, aos interessados que querem fazer suas declarações de maneira mais fácil e simples. No ano passado, mais de 600 pessoas foram atendidas na ação. | ALE SILVA/FUTURA PRESS

Carreta tombou na Avenida Brasil, na altura do Caju | ALE SILVA/FUTURA PRESS

Avenida Brasil

Morte de cinegrafista

Justiça anula júri que absolveu viúva de milionário

Jovem foge de trânsito e morre por bala perdida

Habeas Corpus é negado para Caio e Fábio

Por unanimidade, desembargadores da 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio anularam, ontem, o julgamento que absolveu a cabeleireira Adriana Ferreira de Almeida, viúva do milionário da Mega-Sena Renné Senna e acusada de participar do assassinato dele, em janeiro de 2007, em um bar de Rio Bonito, região metropolitana do Rio. Adriana havia sido absolvida em dezembro de 2011. METRO RIO

Ao fazer uma rota alternativa para fugir de um engarrafamento na Avenida Brasil, o vidraceiro Vamilson Oliveira de Andrade, de 29 anos, morreu ao ser atingido por uma bala perdida, na quarta-feira. Ele passava pelas proximidades da favela Terra Nostra, em Guadalupe, zona norte, onde havia um tiroteio entre traficantes rivais. Um dos tiros atravessou o para-brisa e acertou a cabeça do rapaz, que morreu na hora. METRO RIO

O Tribunal de Justiça do Rio negou, ontem, o pedido de habeas corpus para Fábio Raposo Barbosa e Caio Silva de Souza, os jovens acusados de provocar a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, durante protesto em fevereiro. A defesa dos jovens, que estão presos no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, informou que vai apresentar recurso ao Superior Tribunal de Justiça até segunda-feira. METRO RIO


|08|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Governo desiste de lei anti-black bloc Protesto. Para regras entrarem em vigor antes da Copa, Executivo dará apoio a projeto do Senado A proibição de mascarados em protestos ficou no passado. Sem tempo hábil para apresentar do zero uma lei rigorosa para coibir a ação de black blocs, o governo decidiu apoiar um projeto, em tramitação no Senado, voltado à punição do vandalismo e com alterações do Código Penal para tornar mais rigorosas as penas para crimes cometidos em manifestações. A mudança de postura visa a aprovação das novas regras antes da Copa do Mundo. Ao contrário da previsão inicial do governo, a proposta aceita a possibilidade do uso de máscara. “Seria impossível

Principais pontos Acompanhe o que diz o substitutivo do projeto de lei 508 de 2013: • Vandalismo. Pena de 2 a 4 anos de prisão somada a sanção de crimes de violência e formação de quadrilha e ressarcimento de danos.

Projeto quer punir atos de vandalismo | LAYCER TOMAZ/AGÊNCIA CÂMARA

fazer diferente”, avaliou o senador Pedro Taques (PDT-MT), relator do substitutivo do projeto, de autoria do senador Armando Monteiro (PTB-PE). Novas sugestões O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que sugestões serão encaminhado ao texto, pronto para

ser votado na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado. Entre elas, a informação antecipada de percurso e horário da manifestação e a filmagem dos policiais para evitar abuso de autoridade. O tempo é adversário da nova lei, que precisa ser aprovada no Senado e na Câmara até junho. METRO BRASÍLIA

• Homicídio. Pena de 6 a 20 anos se o crime for cometido em manifestações.

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

VETO A ‘CONTRABANDO’ EM MP TENTA PRESERVAR OUTROS. Após a descoberta de

“SOU DE ESQUERDA, MAS NINGUÉM ACREDITA.”

“contrabando” que acrescentou à Medida Provisória 627 para livrar os planos de saúde do pagamento de multas por infrações cometidas contra a clientela, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) passou a defender que a presidenta Dilma vete justamente esses artigos polêmicos. Esperteza dele, relator da MP, na tentativa de preservar outros 20 “contrabandos” que lhe são bem mais caros.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, EX-PRESIDENTE E EX-EXILADO POLÍTICO DURANTE A DITADURA

• Mascarados. Será agravante o uso de utensílio para dificultar identificação. • Agressão. Pena de 3 meses a 1 anos aumentada se a lesão for praticada durante manifestações.

Política. Dilma pede que povo vá às ruas por reforma A presidente Dilma Rousseff pediu, ontem, que movimentos sociais aproveitem as eleições para ir às ruas e pressionar por reforma política. “Não creio que a luta foque no Parlamento, mas precisa de mobilização nas ruas. Nossa maioria no Congresso não cobre todos os assuntos, não pensem que conseguiremos reforma política só pela ação do governo”, afirmou, em encontro com lideranças jovens no Palácio do Planalto. “O momento eleitoral é a hora de discutir isso.” Participaram da reunião representantes de rolezinhos, UNE (União Nacional dos Estudantes), Marcha das Mulheres, movimento Eu Não Mereço Ser Estuprada e Juventude do MST, entre outros. Em resposta aos movimentos sobre a violência contra a mulher, Dilma afirmou que apoia que questões de gênero e o combate ao preconceito sejam abordados nas escolas. Já a resposta ao #EuNãoMereço promete sair do Twitter da presidência. Dilma se comprometeu a analisar sugestões para combater estupro intrafamiliar nas escolas e no SUS. NANA QUEIROZ/ METRO BRASÍLIA

CREDIBILIDADE PERDIDA. A Comissão de Direitos Humanos do Senado discutirá estudo do IPEA sobre ação de polícia brasileira na ditadura do Chile. IPEA? Humm.... Dilma Rousseff | LEO FONTES/O TEMPO/FOLHAPRESS

ENDEREÇO CERTO. Entre os

outros “contrabandos” na MP 627 está isenção de impostos para remessa de dinheiro e até para “ganhos de capital” no exterior. FAÇA AS CONTAS. A MP 627 prevê Refis para grandes empresas e bancos e isenta de imposto de renda aplicações em fundos de investimento. MEDIDA VALIOSA. A geleia geral da MP 627 trata até de honorários advocatícios de ações extintas relativas ao parcelamento ordinário de débitos tributários.

EVANGELISTA EM CAMPANHA. A fundadora do

quase-partido Rede agora atende pela alcunha de “Evangelista Maria Silva”. É como a ela se refere o convite nas redes sociais para o culto onde será “preletora”, no Guará (DF), domingo.

MEA CULPA? A direção do

PT parece fazer “mea culpa”: em nota, afirma que estar contra a Petrobras é estar “contra o Brasil”. Deve ser referência ao fato de a Petrobras ter sido a empresa que mais perdeu valor de mercado em 2013, após 8 anos de governo Lula e 3 de Dilma: R$ 34 bilhões.

PODER SEM PUDOR

Pobres concursados Jânio Quadros ficou comovido com o gesto de um amigo, que lhe pediu emprego para um sobrinho desempregado, apesar de suas qualidades. De posse de lista de cargos disponíveis, o presidente chamou o amigo: - Que tal o menino ser o tesoureiro dos Correios, no Recife? Quase 27 mil cruzeiros de ordenado...

- Nossa! Em absoluto! É muito dinheiro. Ele é muito novo para ganhar quase igual a mim. O que tem mais? - Tesoureiro auxiliar do IAPC, são 15.300 por mês. O homem recusou de novo. Era muito dinheiro. O presidente explodiu: - Abaixo disso, meu caro, só com concurso público. Vai querer ou não?

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|09|◊◊

Mistura de etanol à gasolina pode subir Combustível. Ministro da Agricultura defendeu aumento do percentual, hoje em 25%. Governo avalia possibilidade de elevar para 27,5%. Medida ajudaria a segurar inflação O Ministério da Agricultura quer aumentar o percentual do álcool na gasolina. O ministro da pasta, Neri Geller, disse ontem que participou na quarta-feira de reunião com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para discutir o assunto. Atualmente, 25% da composição da gasolina são de álcool anidro. O governo está realizando pesquisas para avaliar o impacto do aumento desse percentual para 27,5% – número defendido pelo setor sucroalcooleiro. A proposta, que também precisará passar por outras áreas do governo, como a do Ministério da Fazenda, pode ajudar evitar um novo aumento da gasolina, em um momento de aceleração da inflação. O último reajuste promovido pela Petrobras, de 4%, foi feito em novembro. Em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, da estatal “Empresa Brasil de Comunicação’, Geller destacou que a medida pode viabilizar a produção de cana-de-açúcar, que passou por crise, com

redução de preços. Segundo o vice-presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Henry Joseph Júnior, a elevação do percentual de etanol na gasolina preocupa o setor, que recomenda que a composição seja mantida em no máximo 25%. “O eventual aumento pode trazer consequências desagradáveis para o consumidor”, afirma. O executivo diz que a medida não trará impactos para carros flex, mas afetará o desempenho dos veículos à gasolina – automóveis novos importados e brasileiros mais antigos. Entre os danos estão problemas para dar a partida e aceleração. “Obviamente, pode ser mais grave dependendo do estado do veículos”, completa. Segundo o pesquisador Silvio Figueiredo, do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), o aumento do teor de álcool na gasolina pode provocar um aumento no consumo de combustível. “Terá uma autonomia menor”, diz. METRO

Selic. Banco Central sinaliza com fim de ciclo de elevação O Banco Central pode interromper o ciclo de altas na taxa básica de juros, a Selic, já em maio, apesar da aceleração da inflação nos alimentos, informou o presidente da autoridade monetária, Alexandre Tombini. Em entrevista ao The Wall Street Journal, Tombini foi questionado se o BC estaria no ponto de interromper o aperto monetário, iniciado em abril passado e disse que é algo possível. “É uma possibilidade. As pessoas ainda estão lendo a ata. Vamos ver, temos quase dois meses entre agora e a próxima reunião, que será no fim de maio”, afirmou Tombini, referindo-se à ata do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC divulgada ontem. Pelo documento, o BC defendeu que a política monetária deve permanecer “vigilante”, enfraquecendo a expressão “especialmente”

usada até então, e entende que uma fatia importante dos efeitos do atual ciclo de aperto monetário na inflação “ainda está por se materializar”. A reunião do Copom ocorre em 27 e 28 de maio. Tombini disse ainda que a inflação fechará 2014 dentro da meta oficial, de 4,5% pelo IPCA com tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo. Mas o presidente do BC ressaltou ser “plausível” que a alta dos preços ultrapasse o teto dessa banda no curto prazo. A inflação fechou março com a maior alta para o mês em 11 anos, com impactos do clima seco nos preços de alimentos. Tombini classificou esse movimento como um “choque de preços dos alimentos” e ressaltou que a recente queda do dólar ajuda a enfrentar essas pressões. METRO COM AGÊNCIAS

Anfavea diz que aumento pode afetar desempenho do carro a gasolina| FUTURA PRESS


|10|

{MUNDO}

Maduro se reúne com a oposição Venezuela. Apesar de diálogo, houve enfrentamentos entre a polícia e manifestantes; um policial foi morto, elevando o número total de vítimas da onda de protestos a 40 O governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro e representantes da oposição se encontraram ontem à noite no Palácio Miraflores, em Caracas, no que é o primeiro contato direto entre as duas partes desde o início dos protestos e violentos confrontos. Apesar do encontro, as manifestações e a repressão do governo não foram interrompidas. Ontem, autoridades disseram que um policial foi morto ao levar um tiro na cabeça na cidade de Barquisimeto, oeste do país, elevando o número total de vítimas fatais da onda de manifestações para 40 pessoas. O policial foi alvejado ao dispersar manifestantes, disse o governo. Líderes mais radicais da

Manifestante coloca vela em memorial a vítimas | CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS

oposição venezuelana, como Leopoldo Lopez, que está preso, se opuseram ao diálogo com o governo e disseram que boicotariam o encontro. A reunião, transmitida ao vivo pela televisão estatal, foi uma iniciativa da missão de ministros de Rela-

ções Exteriores da União das Nações Sulamericanas (Unasul), que se encontraram com representantes do governo e de vários setores da sociedade venezuelana nas últimas semanas. No final da tarde, o secretário executivo da Mesa de

Unidade Democrática (MUD), Ramón Guillermo Aveledo, escreveu no Twitter: “Rumo ao diálogo, com responsabilidade. Servimos aos venezuelanos e ao seu direito de viver e de avançar em liberdade e em paz”. Antes do encontro, o líder da oposição, Henrique Capriles, disse que “Miraflores vai tremer”. Capriles perdeu a última eleição para Hugo Chávez em uma disputa apertada em 2013. “Vamos dizer a verdade ao governo para que o povo abra os olhos e veja que as coisas precisam mudar”, disse. A reunião, que seria acompanhada pelo Vaticano, não havia sido concluída até o fechamento desta edição. METRO E AGÊNCIAS

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Análise

Francisco, o papa dos conflitos Não se sabe exatamente de quem foi a iniciativa de ter um “terceiro” nas negociações entre governo e oposição da Venezuela. O que se sabe é que ganhou manchetes ao redor do mundo, segundo o “Latin News”, o anúncio de que o Vaticano estaria disposto, sob demanda, a estar entre os delegados. A disposição da Santa Sé é em parte conduzida pela decisão do papa Francisco de situar a Igreja no epicentro das tragédias do terceiro mundo, sobretudo da América Latina, onde ela joga seu destino. No mesmo dia, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, declarou que aceitaria a presença de uma “testemunha internacional”, embora acrescentando que seria mais útil um escrivão. Registraria, segundo ele, a ausência de disposição à

paz por parte da oposição. Ramón Guillermo Aveledo, o secretário executivo da Mesa de Unidade Democrática, a MUD anti-governo, considerou o anúncio do Vaticano “mais uma manifestação de afeto do papa Francisco pela Venezuela”. Outro caso é o da Síria. O pontífice tem pedido “reiteradamente” que haja mais humanidade por parte da ditadura em Damasco e também por parte da oposição. “Como ficar indiferente?”, perguntou de sua sacada. Ele já recebeu o arcebispo da Síria e o governo francês pediu que Francisco formalize um convite à oposição, o que nunca aconteceu. É a decisão papal de não tomar partido, apesar de insurgir-se contra o barbarismo, como também é visto em sua reação à crise entre a Rússia e a Ucrânia e na lembrança do genocídio em Ruanda que completou 20 anos esta semana. NEWTON CARLOS Jornalista


2

|12|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

NANA MORAES / DIVULGAÇÃO

Ator está no filme ‘Confia em Mim’, que estreia hoje | DIVULGAÇÃO

Cinema. Mateus Solano em novo papel de vilão

CULTURA

Atriz conta sobre a complicada rotina de trabalho e revela ao Metro que prefere atuar para as crianças, como em sua quarta produção infantil, ‘Mania de Explicação’

‘ELAS MERECEM MEU ESFORÇO’ Dirigido por Gabriel Villela e inspirado no livro homônimo de Adriana Falcão, o musical infantil “Mania de Explicação” traz Luana Piovani como Isabel, uma menina com mania de explicar tudo. A peça está em cartaz no Teatro Tom Jobim (rua Jardim Botânico, 1008, Jardim Botânico. Tel.: 2274-7012. Sáb. e dom., às 16h. Até 29/6. R$ 70. Livre.) Qual é o grande diferencial de ‘Mania de Explicação’? A peça segue os moldes de outros espetáculos infantis que já fiz. O texto é muiMontagem brasileira

para melhorar a sociedade no futuro. Você se inspirou em alguém para fazer a Isabel? A Isabel é uma menina de 12 anos, então eu abri a minha “caixinha da adolescência” para interpretá-la. Relembrei, por exemplo, quando me apaixonei pela primeira vez. A maternidade [Luana é mãe de Dom, de 2 anos] aflorou mais seu interesse em fazer peças infantis? Agora é mais especial porque eu tenho um filho na plateia,

mas não ganhei mais interesse não, eu sempre me dediquei da mesma forma. Como anda sua rotina de trabalhos? No teatro, vou me dedicar exclusivamente à peça “Mania de Explicação”. Na terça-feira, eu começo a gravar um longa em São Paulo [“Réveillon”, de Fabio Mendonça] e em seguida uma minissérie na TV Globo [“Dupla Identidade”, de Glória Perez]. É uma rotina difícil, mas a vida é feita de escolhas e eu estou muito feliz. METRO RIO

METRO

O Metro indica SHEILA GUIMARÃES/ DIVULGAÇÃO

Teatro

Com direção de Moacyr Góes, a primeira montagem brasileira do drama “O Estranho Caso do Cachorro Morto” conta a história de um jovem autista (Rafael Canedo) que é acusado de ter matado o cachorro da vizinha. No elenco também estão Thelmo Fernandes e Silvia Buarque (foto). No Teatro do leblon (rua Conde de Bernadotte, 26, Leblon. Tel.: 25297700). Qui. a sáb., 21h; dom., 20h. R$ 70 a R$ 90. 10 anos. Até 29/6.

to poético, acho que esse é o grande destaque, além da arte circense. Acho importante não deixá-la morrer. É ótimo ver a vibração da criança com o palhaço, com o trapezista... Você gosta mais de interpretar para adultos ou para os pequenos? Quem merece mais todo o meu esforço e dedicação são as crianças. É um tipo de trabalho que eu gosto muito de fazer. Toda criança merece viver em um lugar melhor e ter acesso a saúde, educação e também cultura. Isso é fundamental

Depois de conquistar o público como o malvado Félix da novela “Amor à Vida”, o ator Mateus Solano estreia nos cinemas com um novo personagem vilão. Em “Confia em Mim”, que está em cartaz, o ator vive Caio, golpista que se envolve com uma chef ingênua, interpretada por Fernanda Machado. A trama, que começa com ares de comédia romântica, envereda para um policial com boas doses de suspense. É que o golpista incentiva a namorada a realizar seu grande sonho – o de montar um restaurante próprio –, mas acaba sumindo com todo o dinheiro. Com isso, a moça resolve ir em busca de justiça. “O Caio acredita não ter culpa nenhuma do que faz. A ele não cabe redenção [como no caso do Félix] porque ele acha que não faz mal algum”, explica o ator. “Confia em Mim” é o primeiro longa-metragem do diretor Michel Tikhomiroff, que lançou o filme no Festival de Paulínia no ano passado. Em paralelo ao filme, Solano também estreia, em São Paulo, a peça “Do Tamanho do Mundo”, escrita pela mulher dele, a atriz e produtora Paula Braun.

‘Carmen’ no Municipal

Festa

‘Boteco’. Na 10a edição, evento convida Arlindo Cruz, Danilo Caymmi e Alice Caymmi para comemorar o centenário do compositor Dorival Caymmi. No Teatro Rival (rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia. Tel.: 2240-4469). Amanhã, às 22h. R$ 80. 16 anos.

Show

Gilberto Gil. O cantor mostra o repertório do novo disco, “Gilbertos Sambas”. No Theatro Net Rio (rua Siqueira Campos, 143. Tel.: 2147-8060). Hoje e amanhã, às 21h. R$ 140 e R$ 180 (vendas na bilheteria e no site www.ingressorapido.com.br). 12 anos.

DIVULGAÇÃO

Ópera

‘Carmen, de Bizet’. Com direção de Allex Aguilera, narra a história da cigana Carmen, uma mulher que seduzia os homens e os levava à perdição. No Theatro Municipal (Praça Marechal Floriano, s/no, Centro. Tel.: 2332-9191). Amanhã, e dias 15 a 17/4, às 20h. Dom., e dia 19/4, às 17h. R$ 25 a R$ 504 (vendas na bilheteria e no site www.ingresso.com). Livre.

Exposição

Antonio Bokel. Com a mostra “Na Periferia do Mundo”, que reúne 30 obras, artista celebra uma década de carreira. No Centro Cultural Justiça Federal (av. Rio Branco, 241, Centro. Tel.: 32612550). Ter. a dom., 12h às 19h. Grátis. Livre. Até 25/5.

Arlindo Cruz e Danilo Caymmi

Udi Fagundes. Cantor apresenta o show “Máquina” e lança o primeiro EP, “Vídeo EP”. No Espaço Multifoco (Mem de Sá, 126, Lapa. Tel.: 2222-3034). Hoje, às 23h. R$ 15. 18 anos.

TV

Evento

‘Fanfarrada, Baile Ambulante de Música Esquisita’. Projeto, que realiza cortejos e espetáculos gratuitos na cidade, faz duas apresentações neste fim de semana. Amanhã, às 18h: Baile com concentração na Praça da Harmonia, Gamboa. Dom: Cortejo na Vila Olímpica Vila Isabel – Parque Recanto do Trovador (rua Visconde de Santa Isabel, s/no, Vila Isabel). Grátis. Livre.

Telecine homenageia José Wilker. Hoje, o canal pago exibe programação especial, no Telecine Pipoca, com os longas “Casa da Mãe Joana”, às 20h15, e “Casa da Mãe Joana 2”, às 22h.

DIVULGAÇÃO

‘A Casa da Mãe Joana 1 e 2’ no Telecine


|14|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Sinal mal localizado

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

NHOQUE DE FORNO RECHEADO COM PRESUNTO E QUEIJO

Cruzadas

Bom dia amigos leitores, para esta semana ofereço uma oportunidade indispensável de ser feliz fazendo uma receita de nhoque bem legal! Esta receita em especial não precisa modelar e nem cozinhar a massa, faz de uma só vez, recheia com o que quiser e finaliza com um molho bem gostoso e visualmente atraente! Bom fim de semana a todos!

Estou tentando há alguns meses a troca do sinal de trânsito situado na rua José Mendonça de Campos, no bairro de Colubandê, em São Gonçalo. O sinal está colocado numa curva apelidada de “curva da morte” e oferece perigo a pedestres e alunos da escola Antonieta Palmeiras, que fica próxima. Com boa vontade, é só trocar o sinal de posição e colocá-lo na esquina da rua Teixeira de Abreu e o problema se resolve. Cadê as autoridades de São Gonçalo para fazer algo tão simples? SIDNEY MARINHO - SÃO GONÇALO, RJ

Metrô superlotado Além dos constantes atrasos de viagem e falta de treinamento aos condutores, há o problema da superlotação. Todos ficam espremidos quando o metrô chega à estação Central por causa da quantidade de gente! O metrô tinha a obrigação de controlar a capacidade de lotação dos vagões, pois pagamos cada vez mais caro por um serviço péssimo! LUIZ L. – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

INGREDIENTES Nhoque: 2 kg de batatas tipo Asterix ½ xícara (chá) de margarina ½ xícara (chá) amido de milho 1 xícara (chá) de farinha de trigo 3 ovos 200g de creme de leite (1 cx) 1 colher (sopa) de fermento químico em pó 200g de queijo parmesão ralado grosso 1 colher (sopa) de sal

Dirigentes das federações Siga o Metro internacionais criticaram no Twitter: @jornal_metroRJ os atrasos nas obras para a Olimpíada. Você acha que tudo ficará pronto até 2016?

Recheio: 300g de presunto fatiado 300g de mussarela Molho: 3 colheres (sopa) de azeite 1 dente de alho picado 1 cebola grande picada 1 kg de mini tomates cortados em 4 partes 2 folhas de louro fresco 1 ramo de folhas de manjericão Sal e pimenta do reino a gosto

Sudoku

@GabrielSC3

Duvido muito. No Brasil tudo se dá um jeitinho, mas no fim das contas nada fica pronto a tempo. @matteusflu

Vai dar tudo certo! Esses gringos adoram criticar o Brasil, mas a Olimpíada de Inverno foi cheia de problemas e não teve esse bafafá todo!

Modo de Preparo: Para o nhoque coloque todos os ingredientes em uma vasilha, misture e coloque metade deste nhoque em uma assadeira untada com margarina. Distribua o recheio e coloque por cima o restante do nhoque. Alise, espalhe mais parmesão e leve ao forno quente (180º) por aproximadamente 30 minutos. Enquanto isso aqueça uma panela e refogue na margarina o alho e a cebola. Coloque os tomates, o louro, o manjericão e cozinhe em fogo moderado até que os tomates fiquem bem macios. Tempere e sirva sobre o nhoque.

@luanibibi

Tudo não, mas a maior parte ficará pronta na base da correria, como está sendo com a Copa.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Este é um momento especial para interesse por temas espirituais, crenças ou algo zen, especialmente que amenize eventual estresse do dia.

Este é um dia para mais cuidado com questões financeiras ou negociações para não ser surpreendido por detalhes que tragam equívocos.

Cuide para que nostalgias não impeçam você de aproveitar novidades afetivas. Assuntos profissionais pedem paciência com padrões.

Uma postura mais sentimental será frequente em você junto às relações. Valorize o romantismo e demonstrações afetuosas na vida amorosa.

A vida afetiva é propensa a um momento de definição e a uma compreensão maior do que é real ou ilusório.

A empolgação com atividades culturais e estudos tende a ser mais intensa. Algo que fará bem ao seu intelecto e amenizará desgastes.

Período para analisar melhor sobre as parcerias profissionais. Cuide para que as empolgações de outras pessoas não atrapalhem a sua.

Propensões a maior sensibilidade e empenho com causas especiais e coletivas. Porém não deixe tal postura fazer esquecer de si mesmo.

Seja atento para não exagerar com posturas consumistas. Momento para ponderar sobre o que realmente é essencial.

Atente-se para que a empolgação com negócios não faça se desligar de burocracias. Chances de ajustes em pendências jurídicas.

Algumas oportunidades para convívios sociais serão mais intensas. Momento especial para diversões com pessoas que mais gosta.

Com a conjunção de Vênus com seu regente Netuno, terá oportunidades para mediar relações entre amigos e lidar com novas convivências.


|16|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Disputa de delícias Água na boca. Começa hoje a sétima edição do festival ‘Comida di Buteco’, que vai eleger o melhor petisco do Rio de Janeiro. Mais de 30 bares estão na briga pelo prêmio A ideia é conquistar pelo estômago. A partir de hoje, a disputa pela clientela fica ainda mais acirrada para 31 bares da cidade do Rio de Janeiro que participam do festival Comida di Buteco. Criada há 15 anos em Belo Horizonte, a competição já se espalhou para outras 14 cidades além do Rio e da capital mineira. Um júri formado por especialistas e frequentadores dos bares procura o melhor petisco de cada local. No Rio, seis bares tentam abocanhar o prêmio em sua estreia na competição: Opus (rua Gonçalves Dias, 80, Centro), que disputa com o

petisco Flor de Opus (R$ 28); Bar do Omar (rua Sara, 114, Santo Cristo), com o prato Omaravilha! (R$ 29); Bar da Frente (rua Barão de Iguatemi, 388, Lj. 1, Praça da Bandeira), com o Porquinho de Quimono (R$ 24); o Tia Leleta (rua Doutor Lacerda, 18, Ilha de Paquetá), que concorre com o Pérola da Guanabara (R$ 4 a unidade); o Sobral da Serra (rua Carolina Machado, 1058, Oswaldo Cruz), com Bacalhau um terço (R$ 29); e o Café e Bar Super Guanabara (rua Conde de Bonfim, 35, Lj. 11 e 12, Tijuca), com a Costelinha Brasileira (R$ 26). METRO RIO

Uniforme da Copa na passarela

Bacalhau um terço, do Sobral da Serra, está na disputa | MARCOS PINTO/ DIVULGAÇÃO

A apresentadora Fernanda Lima e os campeões do mundo Cafu (foto) e Belletti apresentaram ontem, no Fashion Rio, o uniforme, assinado pela Adidas, dos 14 mil voluntários que trabalharão na Copa (saiba mais na coluna Instamoda). | CELSO PUPO / FOTOARENA

Instamoda no 25º Fashion Rio (@ALEFARAH)

A politização dos jovens e os manifestos recentes resultaram em ótima coleção masculina da R.Groove. O mundo da arte pode estar na moda, mas a política é paixão nacional de quem está nas ruas. Quer mais street style na real? Blackbloocs bem cortados ganharam a passarela com camisetas de tecidos nobres e tricôs espertos.

>

POR ALEXANDRA FARAH

Isabel Hickmann com biquíni Salinas @isabelhickmann

>

> As passarelas do terceiro dia do Fashion Rio, finalmente, parecem ter acordado para temas essenciais aos cariocas. Entre eles, esportes, política, praia e moda masculina. Na Marina da Gloria, Adidas e Fifa abriram o dia com Fernanda Lima e a apresentação do uniforme dos 14 mil voluntários da Copa do Mundo.

R. Groove @kaelborges

Patrimônio da moda praia carioca, a feminina Salinas inspirou nas praias paradisíacas e construiu uma coleção alegre com as cores favoritas do pintor francês Paul Gauguin. Biquínis de tricô e saias de clochat em tramas transparentes são desejo. Pela primeira vez, os maiôs dominaram a passarela e podem ser usados como body no look pós-praia.

Alexandra Farah é jornalista e colunista da revista Vogue e do Moda e Negócios, exibido ao vivo às segundas, quartas e sextas, às 21h45, na Band News TV

>

Belletti e Lais Ribeiro @laisribeiro16

Marcelle e Constanza Pascolato @costanzapascolatos2g @marcelle_bittar

A primeira fila de toda semana de moda que se preze tem que ser de arrasar. Neste quesito, o Fashion Rio já teve dias melhores, mas superstars elegantes, como Costanza Pascolato e a eterna top Marcelle Bittar, não deixam a peteca vai. Praia, rua e passarela. Sempre junto. Tá combinado?


3 ESPORTE

|18|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Juntando os cacos Final do Carioca. Fla, que decide Estadual com o Vasco, domingo, tem pouco tempo para lamentar a eliminação na Libertadores Nocauteado com a precoce eliminação na primeira fase da Libertadores, quarta-feira, com a derrota para o León (MEX), por 3 a 2, diante de um Maracanã com mais de 60 mil rubro-negros, o Flamengo tem pouco tempo para se recuperar do golpe. Domingo, o time já tem outro jogo decisivo: enfrenta o Vasco, às 16h, no Maracanã, pelo título do Campeonato Carioca. O primeiro jogo, semana passada, terminou em 1 a 1. O time da Gávea tem a vantagem de novo empate, por ter feito melhor campanha na fase classificatória. “Vai ser duro reanimar o time. Muita gente ficou tris-

R$ 10 mi é o valor do prejuízo do Fla com a eliminação da Libertadores. O montante engloba premiação da Conmebol, dinheiro com bilheteria, adesão de sócios torcedores e patrocínios pontuais.

te com essa eliminação. Mas, tenho certeza que vamos enfrentar o Vasco de igual para igual”, acredita o técnico Jayme de Almeida. O Flamengo não poderá contar com Elano domingo. O jogador saiu no início do jogo contra o León, machucado. O vice-presidente de fu-

tebol do Flamengo, Wallim Vasconcelos, fez uma avaliação positiva do último ano rubro-negro: “A avaliação é boa. Ganhamos a Copa do Brasil e estamos na final do Carioca. Fomos eliminados na primeira fase da Libertadores. Isso não é bom. Mas temos de ver onde podemos melhorar, sem culpar ninguém. Todo mundo ganha e todo mundo perde. Entendo a reação da torcida, mas não faltou luta e dedicação. Vamos procurar recuperar essa derrota trazendo o título no domingo”, disse o dirigente, que garantiu Jayme de Almeida no cargo: “O Jayme continua. O trabalho é de longo prazo.” METRO RIO

‘Não temos de nos preocupar com o lado psicológico deles’

Elias

‘Sou maloqueiro, mano’ O volante Elias, 28 anos, foi apresentado ontem como novo reforço do Corinthians. Ele vestiu a camisa 7 e se disse apaixonado pelo time: “O Corinthians representa tudo para mim. Se sou jogador de futebol hoje, foi porque, na minha infância, eu tinha um clube e ele era o Corinthians. Tenho a cara, o corpo, o coração... Sou maloqueiro”, disse o jogador, que também era pretendido pelo Flamengo. Ele assinou contrato com o Timão até dezembro de 2017.

O zagueiro Rodrigo, do Vasco, foi curto e seco ao comentar o estado emocional do Flamengo, adversário de domingo, às 16h, no Maracanã, pela final do Campeonato Carioca: “Não temos de nos preocupar com o lado psicológico deles. Cada um com os seus problemas. Nós temos os nossos, temos jogador suspenso.” O Vasco não poderá contar com o meia Everton Costa, que foi expulso no primeiro jogo da decisão do Estadual, no Maracanã, no empate em 1 a 1, no último domingo. Mistério O técnico Adilson faz mistério na escalação e tem muitas opções no banco para Vôlei

repor a perda, como Montoya, Fellipe Bastos, Bernardo, Thalles, William Barbio e Marquinhos. O cruzmaltino precisa vencer o clássico, já que novo empate dá o título ao rubro-negro, dono da melhor campanha na fase classificatória. Pela Copa do Brasil, o time B do Vasco empatou em 0 a 0 com o Resende, semana passada, na Arena da Amazônia, no jogo de ida da primeira fase da competição. O confronto de volta será quarta-feira, às 22h, em São Januário. Na Série B do Campeonato Brasileiro, o cruzmaltino tem apenas a Copa do Brasil para tentar chegar à Libertadores do ano que vem. METRO RIO NBA

“O que aconteceu lá [no Flamengo] não nos interessa. Estamos preocupados com o nosso time, temos jogador suspenso... Não temos de nos preocupar com o lado psicológico do adversário.” RODRIGO, ZAGUEIRO DO VASCO

Liga dos Campeões

Jayme segue no cargo, garante Wallim Vasconcelos | PEDRO MARTINS/AGIF/FOLHAPRESS

Fogão. Hungaro balança, mas presidente o mantém Por causa da greve geral na Argentina, o Botafogo não conseguiu sair ontem no horário previsto de Buenos Aires, onde foi goleado pelo San Lorenzo, quarta-feira à noite, por 3 a 0, resultado que eliminou o time na primeira fase da Libertadores. Depois de se reunir com o vice de futebol Chico Fonseca, o presidente do clube, Maurício Assumpção, telefonou para o técnico Eduardo Hungaro e o tranquilizou, dizendo que ele permanecerá no cargo, apesar do resultado ruim na Argentina. A expectativa é que a diretoria anuncie a contratação de Emerson Sheik, ex-Corinthians, nos próximos dias. Fora da Libertadores e da Fórmula Indy

O técnico Eduardo Hungaro não será demitido | VITOR SILVA/SS PRESS

final do Campeonato Carioca, o alvinegro terá férias forçadas até o dia 20, quando estreia no Campeonato Brasileiro contra o São Paulo, no Morumbi. METRO RIO CBF x Portuguesa

Unilever decide vaga na final

Heats x Cavaliers em outubro, no Rio

Semifinais serão definidas hoje

Categoria acelera em Long Beach

Juiz mantém a Lusa na Série A

Depois de vencer o primeiro jogo da série melhor de três das semifinais da Superliga Feminina de Vôlei 2013/2014, contra o Amil/Campinas, por 3 a 0, terça-feira, a Unilever-RJ pode garantir vaga na decisão do torneio, amanhã, quando volta a enfrentar as paulistas, às 10h, no Maracanãzinho. Se o rival vencer, a vaga será decidida dia 18, em Campinas.

A NBA anunciou, ontem, o calendário oficial do NBA Global Games 2014, que apresenta o confronto entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers na HSBC Arena, em 11 de outubro, no Rio. A partida é uma das cinco que serão realizadas em quatro países. A programação incluirá ainda jogos da temporada regular da NBA, que serão anunciados em breve. METRO RIO

Por meio de um sorteio, a Liga dos Campeões da Europa conhecerá, hoje, a partir das 7h, na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça, os confrontos das semifinais. Os quatro finalistas foram definidos terça e quarta-feira e são: o atual campeão Bayern de Munique, Atlético de Madrid, Chelsea e Real Madrid. O Atlético disputa a semifinal depois de um jejum de 40 anos. METRO RIO

A segunda etapa da Fórmula Indy acontece neste domingo, às 14h45 (de Brasília), no circuito de rua de Long Beach, na Califórnia. O canal Bandsports e o portal da Band (www.band.com.br) transmitem a prova. O australiano Will Power, da Penske, venceu a primeira etapa da categoria, há duas semanas, no Circuito de São Petersburg, na Flórida. METRO RIO

A menos de 10 dias do início do Brasileiro, o juiz titular da 43ª Vara Cível de São Paulo, Miguel Ferrari Júnior, negou ontem o pedido da CBF para que reconsiderasse a liminar concedida para manter a Portuguesa na Série A. A entidade havia entrado com o pedido terça-feira. Na decisão, Ferrari disse que os argumentos da CBF são insuficientes para rever a liminar. METRO RIO

METRO RIO


|20|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

ANTONIO MIOTTO/FOTOARENA

ANTONIO MIOTTO/FOTOARENA

Itaquerão vai receber seis jogos do Mundial

Alerta vermelho A imagem a c i m a foi registrada no dia 4 de abril. Pode parecer difícil acreditar, mas o Itaquerão, palco de abertura da Copa do Mundo, será entregue à Fifa na próxima terça-feira. O estádio corintiano está atrasado, apesar do otimismo demonstrado por todas as partes, ao menos, no Brasil. O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, já disse que espera ver a casa corintiana pronta só no dia 15 de maio. Na última semana, as obras das arquibancadas provisórias foram paralisadas por conta da morte do operário Fabio Hamilton da Cruz, no último dia 29. Na segunda-feira, o Ministério do Trabalho liberou o retorno das atividades no setor sul do Itaquerão, local da morte de Cruz, e de parte do setor norte. Hoje, nova vistoria está agendada. Se as exigências forem cumpridas, toda a área deve ser liberada. A Fast Engenharia é a empresa que cuida da instalação dos 20 mil lugares extras – que, junto com as cadeiras “definitivas”, deixarão a arena com 68 mil lugares para a Copa do Mundo. METRO

“A torcida pode ficar tranquila. Será tudo entregue conforme o previsto. Temos até a semana que vem para confirmar a realização do jogo do dia 27” ANDRÉS SANCHEZ, EX-PRESIDENTE DO TIMÃO, RESPONSÁVEL PELAS OBRAS

3 mortos durante as obras do Itaquerão: Fabio Hamilton da Cruz, Ronaldo Oliveira dos Santos e Fábio Luiz Pereira

17/5

é a data em que a Fifa pretende realizar um eventoteste no estádio. Nesse dia, o Corinthians pega o Figueirense pelo nacional

“Faltam 63 dias. A conversa ao telefone com Dilma Rousseff foi positiva, e ela me garantiu que estará tudo pronto para torcedores e times na Copa do Mundo” JOSEPH BLATTER, PRESIDENTE DA FIFA, NA TARDE DE ONTEM, VIA TWITTER

Na tabela

CBF marca jogo do nacional para a arena Apesar da situação do estádio, a CBF agendou o duelo entre Corinthians e Flamengo, no dia 27 de março, pela 2ª rodada do Brasileiro, para o Itaquerão. Na semana que vem, a entidade deve bater o martelo sobre a realização da partida, que deverá ser para 48 mil pessoas, sem as estruturas provisórias. METRO

Mesmo com greve, obras em Curitiba avançam Cerca de 200 operários que trabalham na Arena da Baixada, em Curitiba, protestaram na manhã de ontem. O grupo cruzou os braços por causa de salários atrasados. Depois de duas horas, os trabalhadores já voltaram aos poucos no estádio do Atlético-PR, uma das 12 sedes do Mundial. Mesmo assim, os trabalhos no local estão evoluindo. O estádio rubro-negro já tem mais de 30 mil cadeiras instaladas. Faltam assentos na parte inferior atrás dos gols e na parte superior do setor Brasílio Itiberê. Embora, no papel, esteja mais atrasada que o Itaquerão, o estádio paranaense já

experimentou o gostinho de sediar um jogo com a nova cara. No último dia 29, a Arena da Baixada foi palco do empate por 0 a 0 do Atlético-PR com o J.Malucelli. O amistoso foi apenas para 10 mil pessoas, sem a presença da imprensa. Não há data definida para a inauguração oficial do estádio. No fim de janeiro, a Fifa cogitou tirar a Arena da Copa por conta dos atrasos. A justificativa era que o palco de Curitiba estava mais atrasado do que o tolerável. Em 18 de fevereiro, a entidade máxima do futebol confirmou a capital paranaense do Mundial e estipulou a entrega do estádio para 15 de maio. METRO

ARENA SÃO PAULO Proprietário: Corinthians Status da obra

concluído Previsão: R$ 820 mi Custo final: R$ 1 bilhão

Prazo de Inicial: 12/2013 entrega Inauguração: sem previsão

69.160 lugares 6 Jogos, incluindo a abertura

ARENA DA BAIXADA Proprietário: Atlético-PR Status da obra

95%

concluído

Previsão: R$ 135 mi Custo final: R$ 330 mi Prazo de Inicial: 12/2013 entrega Inauguração: sem previsão

41.482 lugares 4 Jogos

Arena da Baixada foi palco de greve ontem | DIVULGAÇÃO/CAP/SA

98%


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Fifa. Brasil sobe três posições no ranking O Brasil subiu da nona para a sexta posição no ranking da Fifa. A entidade máxima do futebol mundial divulgou ontem a edição de abril da sua listagem mensal, e apresentou novidades. A Seleção Brasileira tem agora 1.174 pontos, empatada com a Argentina, que estava na terceira colocação e foi ultrapassada por Colômbia, Uruguai e Portugal. A seleção do atacante Cristiano Ronaldo, melhor jogador do mundo, subiu ao pódio, na terceira colocação, com 1245 pontos. A atual campeã mundial, Espanha, segue liderando com 1.460 pontos e a Alemanha continua em segundo, com 1.340. Vice-campeã da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, a Holanda continua em queda livre na lista. Caiu quatro posições e agora é apenas 15ª colocada. O próximo ranking da Fifa será divulgado em 8 de maio. METRO RIO

{ESPORTE}

|21|◊◊

Flu despacha a zebra Copa do Brasil. Tricolor goleia o Horizonte (CE) por 5 a 0, no Maracanã, e vai enfrentar o Tupi-MG na próxima fase do torneio

O Fluminense não deu mole para o azar. Depois de perder para o Horizonte (CE) por 3 a 1, há três semanas, no Ceará, no jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil, o tricolor goleou o rival por 5 a 0, ontem, no Maracanã, e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil. O adversário será o Tupi-MG. Conca, Gum, Rafael Sobis, Wagner e Fred marcaram os gols do Flu, que entrou em campo pressionado, com a obrigação de ganhar por uma diferença de pelo menos dois gols para se classificar. A partida marcou a estreia de Cristóvão Borges no comando da equipe, em substi-

5 0 •

Conca abriu e Fred fechou o placar, ontem, no Maracanã | RICARDO AYRES/PHOTOCAMERA

tuição a Renato Gaúcho, demitido na semana passada. Um dos motivos do afastamento do treinador foi justamente o vexame no Ceará. Jogando num esquema diferente do adotado por Renato – com dois volantes e dois meias e não com três marcadores, como preferia o ex-treinador –, o Flu ficou mais ofensivo e massacrou o Horizonte desde o início, abrindo 2 a 0 com Conca e Gum. Aos 44 minutos, Rafael Tchuca foi expulso e, na sequência, o Flu marcou seu terceiro gol, com Sobis, praticamente definindo a vaga. Na segunda etapa, Wagner e Fred ampliaram. METRO RIO

Diego Cavalieri; Bruno (Wellington Silva), Gum , e Carlinhos (Chiquinho); Diguinho, Jean, Elivelton Wagner e Conca; Rafael Sobis (Walter) e Fred . Técnico: Cristóvão Borges

FLUMINENSE

Jefferson; Diego Maradona, Douglas (Robert), Ramon e , Fernando Sobral e Rick ; Albano , Rafael Tchuca Diego Palhinha (Erivelton); Marciel (Siloé) e Dico. Técnico: Roberto Carlos

HORIZONTE (CE)

Gols. Conca, aos 12’, Gum aos 45’, Sobis aos 47’ do 1º tempo; Wagner aos 14’ e Fred aos 44’ do 2º • Arbitragem. Anderson Daronco (RS), auxiliado por Rogério Pablos Zanardo (SP) e Daniel Paulo Ziolli (SP).


RIO DE JANEIRO - SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014



20140411_br_metro rio