Page 1

FERNANDO E SOROCABA

MAIS UM FIM DE SEMANA DE RODEIO EM SUMARÉ E SERTANEJO CORRE SOLTO PÁG. 17 CAMPINAS Sexta-feira, 11 de abril de 2014 sunny snow rain Edição nº 974, ano 4

partly sunny

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

MÍN: 19°C MÁX: 31°C hazy

showers

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps

Pedestres e comerciantes acusam moradores de rua de transformar local em banheiro

Dengue põe Saúde atrás de reforços Emergência. Campinas pedirá ajuda à União para atender doentes, caso estrutura não dê conta da epidemia que já soma 3.615 confirmações. Casos graves somam 143 desde janeiro PÁG. 05

NINGUÉM VÊ?

Reclamações voltam a ganhar força. Agora é o mau cheiro no Centro PÁG. 06

THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

Unicamp adequará Frota oficial salários ao teto circula com etanol Pagamentos maiores do que o do governador de SP são congelados

PÁG. 04

Compromisso com meio ambiente justifica ‘prejuízo’, diz prefeitura PÁG. 02

SCHWEINS... O QUÊ?! TY

IMA GES

COM NOME DIFÍCIL E FUTEBOL FÁCIL, SCHWEINSTEIGER TEM A MISSÃO DE COMANDAR O MEIOCAMPO ALEMÃO NA COPA DO MUNDO GET

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

GRANDES CRAQUES METRO

PÁGS. 26 E 27

thunder showers

wind


1 FOCO

Doleiro

Segurança máxima

O doleiro Alberto Yousseff, apontado como líder do esquema de lavagem de dinheiro descoberto pela operação Lava Jato, deverá ser transferido para a penitenciária de segurança máxima de Catanduvas (PR). Desde que foi preso, em 17 de março, ele aguarda a sentença na carceragem da PF em Curitiba. Yousseff tem ligações com o deputado André Vargas (PT-PR), é apontado como sócio do laboratório Labogen, que buscou fazer contrato com o Ministério da Saúde, e presenteou o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, com um carro de luxo, avaliado em R$ 250 mil.

Cotações Dólar + 0,31% (R$ 2,20) Bovespa - 0,11% (51.127 pts) Euro - 0,01% (R$ 3,05) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

|02|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Frota oficial mantém opção pelo etanol E aí? Motoristas dizem que município tem prejuízo. Secretário garante que preço para erário é diferente e que ainda compensa A Prefeitura de Campinas está na mira dos servidores municipais porque tem exigido que a frota dos veículos oficiais seja abastecida com etanol, apesar do preço deste combustível, se comparado ao da gasolina não compensar em Campinas e nem na maioria dos municípios do país por causa da diferença no rendimento. De acordo com pesquisa da ANP (Agência Nacional de Petróleo), o custo médio do litro do etanol em Campinas em 5 de abril – essa é a pesquisa mais recente – era de R$ 2,082, enquanto que a gasolina estava em R$ 2,89. A diferença entre os dois preços, portanto, era de 72%, enquanto que a relação vantajosa pa-

R$ 7,4 mi ao ano são gastos pela prefeitura para abastecer a frota da administração direta, indireta e da Câmara

ra se optar pelo etanol, segundo especialistas, é de 70%. O secretário de Administração Silvio Bernardin afirma que a opção pela gasolina é apenas quando a compensação é muito grande, pois o município aderiu ao programa “Verde Azul” do Estado, cujo decreto obriga o uso do etanol pela frota oficial. Esse programa dá vantagens aos municípios que implemen-

tam práticas de responsabilidade ambiental e o etanol é menos poluente. Além disso, Bernardin diz que o preço para a prefeitura é menor do que os da bomba: pega-se o preço médio divulgado pela ANP e aplica-se um desconto. Os cartões corporativos passaram a ser distribuídos aos motoristas após o fechamento do posto de abastecimento que funcionava dentro do Deti (Departamento de Transportes Interno) no final do mês passado. Na época da mudança, Bernardin justificou a medida afirmando que havia necessidade de novos pontos de abastecimento por causa do crescimento da cidade. METRO CAMPINAS

Combustível gera controvérsia | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Sob crítica, Câmara aprova criação de cargos Sob crítica ferrenha da oposição e do tucano Artur Orsi – que ainda integra a base de sustentação do governo Jonas Donizette (PSB) na Câmara –, o Legislativo aprovou ontem em duas sessões extraordinárias o projeto do Executivo que cria 137 novas vagas, 63 de livre nomeação do prefeito, ou seja, sem necessidade de concurso público, com salários entre R$ 897,5 a R$ 9,1 mil. Os cargos em comissão, justificados pelo secretário de Relações Internacionais, Wanderley de Almeida, como necessários para adequar o quadro à nova realidade da prefeitura, segundo os críticos, acrescentará mais de R$ 3 milhões anuais à folha de pagamento. “No momento em que a cidade sofre com tantas maze-

Palácio dos Jequitibásß

| THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Campinas. Prefeitura prepara concurso Projeto deverá ser sancionado nos próximos dias | METRO CAMPINAS

las na Saúde e na Educação eles querem mais comissionados”, observa Paulo Bufalo (PSOL). Ontem, o sindicato dos servidores não compareceu às sessões, já que con-

seguiu com que a prefeitura cedesse e mantivesse 250 dos 1.064 cargos que pretendia eliminar dos quadros públicos. Assim, as reduções se limitaram a 814 vagas. METRO CAMPINAS

A Prefeitura de Campinas prepara um concurso público que oferecerá 531 vagas na Administração municipal. O processo está em fase de escolha e contratação de empresa, mas a previsão é que o concurso aconteça ainda no primeiro semestre deste ano. Segundo informações da assessoria de imprensa, as vagas são para cargos das

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Metro Campinas. Editora-Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231) Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves

áreas de Saúde, Educação, Meio Ambiente, Cultura e Infraestrutura. De acordo com a Secretaria de Recursos Humanos, após a contratação da empresa, que será responsável pelo concurso, o edital, com todas as informações necessárias aos candidatos será publicado no Diário Oficial do Município e no portal da prefeitura. METRO CAMPINAS

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, Jardim São Gabriel, CEP 13045-541, Campinas, SP. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é

impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


|04|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

TCE manda e Unicamp congela supersalários Legal. Decisão determina que salário deve obedecer ao teto, que é o valor percebido pelo governador do Estado, hoje R$ 20,6 mil A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) congelou a partir deste mês os salários dos funcionários que recebem acima do teto constitucional, que é o valor pago ao governador do Estado de São Paulo, hoje R$ 20.662,00 por mês. Porém, de acordo com o comunicado enviado aos servidores, não haverá cortes no valor dos vencimentos. A medida atende a uma determinação do TCE-SP (Tribunal de Contas de São Paulo), que julgou ilegal o pagamento acima deste valor. O servidor também não terá a inclusão no salário do pagamento de reajuste salarial e outras vantagens como, por exemplo, adicional por tempo de serviço, so breaviso e plantões. Os

Números

1.739

é o número de professores que trabalham atualmente na Univerdade Estadual de Campinas

R$ 2,1

bilhões é o valor estimado do Orçamento da Unicamp para este ano

valores que o servidor deveria receber estarão descritos no holerite. O montante só será pago caso haja aumento no salário do governador e, mesmo

assim, se o valor estiver dentro do teto. Há casos de servidores que recebem mais de R$ 30 mil. De acordo com a Unicamp, a medida vai atingir cerca de 836 dos 10.305 funcionários da instituição. No entanto, o congelamento deverá atingir principalmente os professores da universidade. O presidente da Adunicamp (Associação dos Docentes da Unicamp), Paulo Centoducatte, disse que a entidade irá tomar alguma medida jurídica para suspender a decisão, mas ainda não sabe qual será. “Não sabemos se a melhor estratégia será uma ação coletiva da entidade ou individual de cada professor. A medida prejudica o professor porque, em São Paulo, dife-

rentemente de outros estados, a carreira é vinculada a um salário político e não à (área) jurídica”, disse. “Só que o dissídio de maio já está para sair e não irão recebê-lo”, ressaltou. A assessoria da Unicamp informou que o custo da folha de pagamento é R$ 142 milhões/ mês. Ressaltou que a verificação de eventuais economias em razão do não pagamento de verbas adicionais será feita futuramente. O coordenador-geral do STU (Sindicato dos Trabalhadores da Unicamp), Antonio Alves Neto, não retornou a ligação do Metro para comentar o assunto. ROSE GUGLIELMINETTI METRO CAMPINAS

Novas regras na Unicamp

| THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Comvest: inscrição de isenção começa dia 22

Vestibulando respondendo questões do vestibular

| THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

Salário. Funcionários da Fundação Casa param Os funcionários da Fundação Casa do Estado de São Paulo entraram em greve ontem. Eles reivindicam reajuste salarial e melhores condições de salário. De acordo com o sindicato da categoria, cerca de mil trabalhadores aderiram ao movimento grevista. Os servidores pedem 53,63% de reajuste salarial; reposição de perdas e isonomia do plano de cargos e sa-

lários, além de mais segurança no trabalho. De acordo com a Fundação Casa, o TRT (Tribunal Regional do Trabalho) determinou que 70% dos funcionários cumpram a jornada de trabalho para evitar que a rotina dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas não seja prejudicada. O descumprimento gera multa de R$ 100 mil por dia. METRO CAMPINAS

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) abre no próximo dia 22 deste mês o prazo para o pedido de isenção da taxa de inscrição do Vestibular Unicamp 2015. O período se encerra no dia 30 de maio. O valor da taxa ainda não foi definido – no ano passado o custo foi de R$ 140,00. As inscrições devem ser feitas pela internet. De acordo com a coorde-

nação, a falta de qualquer documento ou envio após o prazo excluem o candidato do processo. Podem se inscrever candidatos que são de família de baixa renda (renda líquida máxima de R$ 820,00 por morador); que sejam funcionários da Unicamp ou da Funcamp; e para os que se candidatarem aos cursos de Licenciatura em período noturno (Ciências Biológicas,

4.002

Foi o número de isenções da taxa de inscrição concedidas no ano passado. Foram feitos 5.407 pedidos ao Comvest Física, Letras, Licenciatura Integrada Química/Física, Matemática e Pedagogia). Além disso, esses vesti-

bulandos têm de ter cursado da 5ª a 8ª série do ensino fundamental e o ensino médio integralmente em escolas públicas. A Comvest oferece 6.640 isenções para estudantes de baixa renda; 100 para funcionários e um número ilimitado de isenções para os cursos de licenciatura. A lista dos contemplados será divulgada dia 8 de agosto. METRO CAMPINAS

CPI ouve hoje gerente da Anatel sobre proliferação de antenas A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que apura irregularidades na instalação de antenas em Campinas vai ouvir hoje, a partir das 10h, o gerente regional da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), Everaldo Gomes Ferreira. De acordo com a Câmara, ele é o responsável pela fiscalização do setor de tele-

3.911

é o número de reclamações contra as operadores de celulares no ano passado. As multas somam R$ 11,2 milhões comunicações em todo o Estado de São Paulo, o que in-

clui as antenas de telefonia móvel (celular). Segundo informações colhidas durante depoimentos na própria CPI, instalada no ano passado, só 33 dos 500 equipamentos instalados na cidade são regularizados. O presidente da comissão, Artur Orsi (PSDB), deverá questionar o gerente sobre a responsabilidade da

regulamentação, outorga e fiscalização do setor. A qualidade dos serviços prestados pelas operadoras também será cobrada. No mês passado, a diretora do Procon, Lúcia Helena Magalhães, anunciou que prepara para ação civil contra as empresas de telefonia , por ineficiência na prestação dos serviços. METRO


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

FOCO

|05|◊◊

Sobrecarga na rede faz Saúde procurar reforços

Dengue. Força Nacional do SUS e parcerias com rede privada estão na lista do chefe da pasta, Carmino de Souza, para apoiar equipes A Secretaria Municipal de Saúde já estuda alternativas para dar conta da explosão de casos de dengue em Campinas. O chefe da pasta, Carmino de Souza, informou ontem ao Metro que pensa em alternativas como procurar parcerias com a rede privada ou a Força Nacional do SUS – acionada em situações de emergência, como epidemia altamente grave – para conseguir reforços de profissionais, visto que há uma sobrecarga na linha de frente, que são as UBS (Unidades Básicas de Saúde), pronto atendimentos e os hospitais Mário Gatti e Ouro Verde. Segundo o secretário, a epidemia tem demandado mais insumos e mais mão de obra, exigindo o aumento de horas extras, por exem-

143

é o número de pessoas com dengue que apresentaram complicações no quadro, segundo o balanço divulgado pela Prefeitura de Campinas. plo. “Podemos dizer que esta é uma situação logisticamente mais complexa, um trabalho de inteligência.” O balanço divulgado ontem pela secretaria revelou que já são 3.615 casos de dengue confirmados na cidade, sendo que 143 pessoas tiveram complicações no quadro e uma mulher de 69 anos morreu em decorrência da doença. Há ainda 3.346 casos sendo investigados. A maior parte dos doentes está nas

regiões Noroeste e Norte. Por enquanto, só foi detectado o vírus do tipo 1. Para Souza, a epidemia deste ano está mais agressiva, exigindo mais intervenções médicas e de enfermagem, maior frequência dos doentes nas unidades de saúde; além de um maior número de internações do que o observado no ano passado. Contudo, a disponibilidade de leitos não é vista como um problema para o secretário. “Temos hoje no máximo 15 pessoas internadas por causa da dengue. Mas se tivermos que internar um paciente, vamos internar. O leito está lá para isso mesmo”, afirmou. Considerado o baixo volume de chuva registrado este ano, o secretário destaca que tem sido verifica-

“Temos de analisar a dengue de forma qualitativa e não quantitativa. Este ano os casos são mais agressivos.” CARMINO DE SOUZA, SEC. DE SAÚDE

da uma maior transmissão doméstica, ocasionada pelos criadouros nas casas, nas calhas e nos entulhos. “Isso está bem claro. Temos removido toneladas de lixo para ajudar no combate à dengue.” A RMC (Região Metropolitana de Campinas) concentra 25% dos casos de dengue verificados no Estado. JULIANA EWERS METRO CAMPINAS

Mário Gatti é um dos locais sobrecarregados | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Ginásio do Taquaral receberá R$ 500 mil em reformas

Taquaral será reformulado | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

A Secretaria de Esportes e Lazer de Campinas abriu licitação para reformas no Ginásio do Taquaral, onde hoje o time masculino de vôlei do Brasil Kirin manda suas partidas. O valor do investimento será de R$ 500 mil. As obras compreenderão mudanças de acessibilidade

– com construção de rampas – e também modificações nas partes hidráulica e elétrica, além de ter melhorado seu visual na parte arquitetônica. As empresas interessadas têm até o dia 22 deste mês para apresentarem os envelopes. Já o Cear (Centro Esporti-

vo de Alto Rendimento) está com os termos de referência em análise na Caixa e receberá R$ 28 milhões para a construção de ginásio (R$ 14 milhões), Centro de Badminton (R$ 3,2 milhões), alojamentos (R$ 6 milhões), vestiário de atletismo (R$ 2,3 milhões) e vestiário de

tênis (R$ 1,2 milhões). Após a aprovação da Caixa, a prefeitura abre licitação para as empresas interessadas em executar as obras. Em meio a tantos trâmites, as novidades só devem sair do papel no ano que vem. METRO CAMPINAS


|06|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

FOCO

Mau cheiro toma conta do Centro de Campinas

Moradores de rua. Odor de urina, restos de comida e lixo fazem com que reclamação seja frequente entre comerciantes e pedestres Quem trabalha ou passa pelo Centro de Campinas tem a mesma percepção. O mau cheiro pode ser facilmente percebido em vários pontos, o que acaba afastando a clientela para o comércio local. Os moradores de rua são apontados como os principais responsáveis pela situação. Para Débora Santos, que trabalha em uma banca de salgados ao lado da agência central dos Correios, na avenida Francisco Glicério, o cheiro ruim vem de vários fatores. “Muita sujeira e restos de comida. Às vezes as pessoas até escorregam e caem devido à sujeira. Outra situação que incomoda é o cheiro forte de urina”, explicou à reportagem da TV Bandeirantes. Além de incomodar quem trabalha no local,

601

pessoas vivem na rua hoje em Campinas, de acordo com a Secretaria de Assistência Social afasta a clientela. “É difícil, porque o cliente acaba indo embora pelo cheiro. A pessoa vê os moradores de rua perto e acabam saindo”, completa. Também na Avenida Glicério, a porteira Rosângela Corrêa, expressa a mesma reclamação. “É horrível, chega até arder a garganta. É um cheiro muito forte de urina e de fezes”, diz. A reclamação também se repete em outros locais, como nas proximidades do Terminal Central e da rodoviária, onde há grande con-

centração de mendigos.. Segundo o secretário de Serviços Públicos, Ernesto Paulella, a limpeza do local é feita toda a madrugada, mas o controle da situação esbarra na presença frequente de moradores de rua. “É uma situação que deve ser resolvida pela Secretaria de Assistência Social, que encaminha essa pessoa que mora nas ruas para os locais adequados”, explica. Em nota, a Secretaria de Assistência Social informou que realiza todos os dias a abordagem a moradores de rua e oferece o encaminhamento aos serviços existentes na cidade. Entre os locais para onde eles são enviados está o Centro Pop, localizado na rua José Paulino, também no Centro, onde eles têm acesso a banheiros. METRO CAMPINAS

Mendigos são acusados de usar as ruas como banheiros | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

MPT. Três obras são embargadas

Cerca de 100 mil pessoas passam todos os dias pelo Centro de Campinas, de acordo com a Acic | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Comércio define horário de funcionamento durante a Copa O comércio de Campinas vai fechar as portas uma hora antes do início dos jogos do Brasil na Copa Mundo, conforme ficou decidido ontem em reunião na Acic (Associação Comercial e Industrial de Campinas). Já na data de abertura, dia 12 de

junho, os lojistas decidiram fechar às 15h. No dia 9 de julho, o comércio não funcionará por causa do feriado. Caso a seleção seja desclassificada, o funcionamento será retomado das 9h às 17h. De acordo com a presidente da Acic, Adriana Flosi, a Emdec (Empresa

Municipal de Desenvolvimento de Campinas), Setec (Serviços Técnicos Gerais) e a PM (Polícia Militar) serão informadas sobre as datas e horários de funcionamento. “Isso é necessário para que tenhamos transporte garantidos para trabalhadores e consumidores”, disse Adriana.

Feriados No encontro foram decididas as datas em que o comércio ficará aberto. Nos feriados de Corpus Christi (19/06), Revolução de 1932 (09/07), Proclamação da República (15/11), Consciência Negra (20/11) e Padroeira de Campinas (08/12) o funcionamento será das 9h às 17h. METRO CAMPINAS

O Ministério Público do Trabalho, em parceria com o Ministério do Trabalho e Emprego, embargou parcialmente ontem três obras de construção de prédios comerciais do bairro Alphaville por falta de segurança e risco de acidentes no local. Segundo averiguaram o procurador Éverson Rossi e o auditor fiscal João Batista Amâncio, nos três empreendimentos foram constatados risco de queda e de choque elétrico, devido à precária estrutura oferecida aos operários. Os trabalhadores não recebiam vestimenta adequada para o trabalho e não lhes era oferecido café da manhã e da tarde, conforme estabelece a convenção coletiva. Será apurado agora se os funcionários estão com o registro em carteira de trabalho e se o pagamento salarial é regular. As atividades que foram suspensas só poderão ser retomadas a partir da solicitação de desembargo, após sanados os problemas. METRO CAMPINAS

Verde. 1.025 entram para o banco do município O Banco de Áreas Verdes de Campinas será reforçado com a inclusão de 1.025 árvores no sistema de identificação digital QR code. As mudas serão plantadas na Praça 4 do Jardim Planalto de Viracopos nos próximos três meses. Segundo a Prefeitura de Campinas, o plantio é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta assinado por uma construtora para o processo de licenciamento ambiental de um empreendimento habitacional localizado na avenida das Amoreiras. A lei municipal nº 11.571/2003, do Banco de Áreas Verdes, prevê a identificação de todas as árvores plantadas na cidade. De acordo com o secretário do Verde, Rogério Menezes, nos próximos três anos, 350 mil mudas serão plantadas em compensações ambientais. “Este sistema digital é o planejamento das áreas verdes e transparência no acompanhamento das compensações.” METRO CAMPINAS


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|07|◊◊

‘Volume morto’ será usado a partir de maio Abastecimento. Crise no sistema Cantareira leva governo estadual a antecipar em dois meses a retirada da água de reserva. Obra, que contará com 17 bombas, custará cerca de R$ 80 milhões. Presidente da Sabesp descarta racionamento até o final do ano A Sabesp começará a captar água do “volume morto” (abaixo do nível de captação) do Cantareira a partir de 15 de maio. A data foi confirmada ontem pelo novo Secretário Estadual de Recursos Hídricos, Mauro Arce. O prazo antecipa em quase dois meses o cronograma inicial da Sabesp, que previa a captação a partir de julho. Em relação ao racionamento do abastecimento, o secretário disse à Rádio Bandeirantes que sua adoção “já é uma possibilidade”, mas que ele pode ser evitado com o uso do “volume morto” e a redução do consumo por parte da população. “O período de chuvas chega ao fim agora. Mas, também serão registradas temperaturas mais baixas, o que reduzirá o consumo de água.” Ontem, o Cantareira operava com 12,4% de sua capacidade de armazenamento, o menor da história. O volume útil das três principais represas que compõem o reservatório chegou a 4,7%. Execução da obra Segundo a presidente da Sabesp, Dilma Pena, 80% das obras necessárias para permitir a retirada da água do “volume morto” já estão prontas. A instala-

ção de 17 bombas de captação de água e da tubulação para levá-la até uma estação de tratamento na zona norte irão custar cerca R$ 80 milhões. Durante anúncio do início das obras de um novo reservatório em Vargem Grande Paulista, a 40 quilômetros da capital, ela ainda afirmou que projeções realizadas por técnicos da Sabesp apontam para normalidade do abastecimento na região do Cantareira, sem a necessidade de racionamento, até o final do ano. A declaração de Dilma Pena contradiz um relatório da própria Sabesp, que indica a necessidade efetiva de cortes no fornecimento de água devido à situação crítica no Cantareira. A divulgação do documento levou o governador Geraldo Alckmin (PSDB) a afirmar que o rodízio no abastecimento não está descartado. Participando do evento no interior, Alckmin mudou o tom do discurso. “Não está decidido. Eu disse que nós não descartamos, mas que depende de avaliação técnica.” Sobre o novo reservatório. Alckmin disse que a obra levará água do rio São Lourenço para 1,5 milhão de pessoas. METRO

Alckmin inicia as obras de novo reservatório | MOACYR LOPES JUNIOR/FOLHAPRESS


|10|

Dilma pede que povo vá as ruas por reforma Poder. Em encontro com lideranças jovens, ontem, presidente afirmou que governo não fará mudança sozinho e pediu pressão de movimentos sociais. Ela também se comprometeu com um plano antiestupro e em defender a inclusão de temas de gênero no PNE A presidente Dilma Rousseff pediu ontem que os movimentos sociais aproveitem as eleições para ir às ruas e pressionar por uma reforma política. “Não creio que a luta foque no Parlamento, mas precisa de mobilização nas ruas. Nossa maioria no Congresso não cobre todos os assuntos, não pensem que conseguiremos reforma política só pela ação do governo”, afirmou em encontro com lideranças jovens no Palácio do Planalto. “O momento eleitoral é a hora de discutir isso e é preciso que os movimentos sociais pautem essa mudança.” Participaram da reunião representantes de rolezinhos, UNE (União Nacional dos Estudantes), Marcha das Mulheres, movimento Eu Não Mereço Ser Estuprada, Juventude do MST, Conselho Nacional da Juventude, Movimento Passe Livre e Fórum das Juventudes da Grande BH, entre outros. O ministro da Secretaria Geral, Gilberto Carvalho, a secretária nacional da Juventude, Severine Macedo, e o ministro da Educação, José Henrique Paim, também estiveram presentes.

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

VETO A ‘CONTRABANDO’ EM MP TENTA PRESERVAR OUTROS. Após a descoberta de

“SOU DE ESQUERDA, MAS NINGUÉM ACREDITA.”

“contrabando” que acrescentou à Medida Provisória 627 para livrar os planos de saúde do pagamento de multas por infrações cometidas contra a clientela, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) passou a defender que a presidenta Dilma vete justamente esses artigos polêmicos. Esperteza dele, relator da MP, na tentativa de preservar outros 20 “contrabandos” que lhe são bem mais caros.

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, EX-PRESIDENTE E EX-EXILADO POLÍTICO DURANTE A DITADURA

CREDIBILIDADE PERDIDA. A Comissão de Direitos Humanos do Senado discutirá estudo do IPEA sobre ação de polícia brasileira na ditadura do Chile. IPEA? Humm.... Dilma Rousseff | LEO FONTES/O TEMPO/FOLHAPRESS

ENDEREÇO CERTO. Entre os

outros “contrabandos” na MP 627 está isenção de impostos para remessa de dinheiro e até para “ganhos de capital” no exterior. Dilma encontrou lideranças jovens para diálogo | ROBERTO STUCKERT FILHO/PR

A presidente reiterou ainda seu apoio à inclusão de questões de gênero e combate ao preconceito no PNE (Plano Nacional de Educação) que será votado no Congresso após a Páscoa. “É preciso haver a valorização do profes-

sor, e acredito que parte do dinheiro que virá dos royalties do petróleo deve servir a este fim. Também defendo a educação integral para níveis fundamental e médio.” Em resposta aos movimentos sobre a violência contra a

mulher, Dilma afirmou que apoia que questões de gênero e o combate ao preconceito sejam abordados nas escolas. NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

#EuNãoMereço

Presidente se compromete com plano antiestupro A resposta ao movimento Eu Não Mereço Ser Estuprada promete sair do Twitter da presidência. Ontem, Dilma se comprometeu a analisar sugestões para combater estupro intrafamiliar nas escolas e no SUS. METRO

FAÇA AS CONTAS. A MP 627 prevê Refis para grandes empresas e bancos e isenta de imposto de renda aplicações em fundos de investimento. MEDIDA VALIOSA. A geleia geral da MP 627 trata até de honorários advocatícios de ações extintas relativas ao parcelamento ordinário de débitos tributários.

EVANGELISTA EM CAMPANHA. A fundadora do

quase-partido Rede agora atende pela alcunha de “Evangelista Maria Silva”. É como a ela se refere o convite nas redes sociais para o culto onde será “preletora”, no Guará (DF), domingo. MEA CULPA? A direção do

PT parece fazer “mea culpa”: em nota, afirma que estar contra a Petrobras é estar “contra o Brasil”. Deve ser referência ao fato de a Petrobras ter sido a empresa que mais perdeu valor de mercado em 2013, após 8 anos de governo Lula e 3 de Dilma: R$ 34 bilhões.

PODER SEM PUDOR

Pobres concursados Jânio Quadros ficou comovido com o gesto de um amigo, que lhe pediu emprego para um sobrinho desempregado, apesar de suas qualidades. De posse de lista de cargos disponíveis, o presidente chamou o amigo: - Que tal o menino ser o tesoureiro dos Correios, no Recife? Quase 27 mil cruzeiros de ordenado...

- Nossa! Em absoluto! É muito dinheiro. Ele é muito novo para ganhar quase igual a mim. O que tem mais? - Tesoureiro auxiliar do IAPC, são 15.300 por mês. O homem recusou de novo. Era muito dinheiro. O presidente explodiu: - Abaixo disso, meu caro, só com concurso público. Vai querer ou não?

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


|12|

Pesquisa ONU. Brasil tem 11,4% dos homicídios do mundo O Brasil registrou 11,4% do total de mortes no planeta, segundo o “Estudo Global sobre o Homicídio 2013”, da ONU (Organização das Nações Unidas). O país representa apenas 2,8% da população mundial. As maiores taxas de homicídios no mundo estão na América Latina e na África. De acordo com a pesquisa, 437 mil pessoas foram mortas no mundo. Desse total, 50.108 foram no Brasil. Na América do Sul, o ranking é liderado pela Venezuela (53,7 por 100 mil), seguido por Colômbia (30,8) e Brasil. A cada 100 mil habitantes, a taxa média de homicídios brasileira foi de 25,2 – quatro vezes maior que a mundial: 6,2 para 100 mil. As regiões Norte e Nordeste do país, apresentaram crescimento no número de mortes nos últimos dois anos. Na Paraíba a taxa de homicídios subiu 150% e na Bahia houve um aumento de 75%. Já as taxas de homicídio caíram no Rio de Janeiro (29%) e São Paulo (11%). Alagoas é o Estado mais violento do pais, com taxa de homicídio de 76,3 por cada 100 mil. METRO

Ligação com doleiro

André Vargas será ouvido pelo PT O deputado André Vargas (PT-PR) será ouvido pelo PT sobre as denúncias de ligação com o doleiro Alberto Yousseff antes de decidir se abrirá processo de expulsão. Ele renunciou à vice-presidência da Câmara. O substituto será escolhido até o fim do mês. METRO

Depoimento

Graça depõe na terça-feira A presidente da Petrobras, Graça Foster, irá depor na terça-feira no Senado para explicar a compra da refinaria de Pasadena. METRO

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

BRASIL

Governo desiste de lei antiprotestos Black blocs. Para regras entrarem em vigor antes da Copa, Executivo dará apoio a projeto que tramita no Senado Principais pontos

A proibição de mascarados em protestos ficou no passado. Sem tempo hábil para apresentar do zero uma lei rigorosa para coibir a ação de black blocs, o governo decidiu apoiar um projeto, em tramitação no Senado, voltado à punição do vandalismo e com alterações do Código Penal para tornar mais rigorosa a pena para crimes cometidos em manifestações. A mudança de postura visa a aprovação das novas regras antes da Copa do Mundo. Ao contrário da previsão inicial do governo, a proposta afasta a possibilidade do uso de máscara. “Seria impossível fazer isso ”, avaliou o senador Pedro Taques (PDT-MT), relator do substitutivo do projeto, de autoria do senador Armando Monteiro (PTB-PE). Novas sugestões O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou que sugestões serão encaminhadas ao texto, pronto para ser votado na CCJ (Comissão de

Acompanhe o que diz o substitutivo do projeto de lei 508 de 2013: • Vandalismo. Pena de 2 a 4 anos de prisão somada a sanção de crimes de violência e formação de quadrilha e ressarcimento de danos. • Homicídio. Pena de 6 a 20 anos se o crime for cometido em manifestações ou concentração de pessoas. • Mascarados. Será agravante o uso de máscara, capacete ou qualquer utensílio para dificultar a identificação. Projeto quer estimular manifestações pacíficas | LAYCER TOMAZ/AGÊNCIA CÂMARA

Constituição e Justiça) do Senado. Entre elas, a informação antecipada do percurso e horário da ma-

Marco da Internet. Senado estuda mudanças no texto A presidente Dilma Rousseff deverá apresentar uma versão inacabada e passível de mudanças do Marco Civil da Internet durante a Conferência “Net Mundial”, encontro sobre governança global da internet, entre os dias 23 e 24, em São Paulo. Embora haja um esforço para aprovar a ‘Constituição da rede’ na terça-feira, dia 22 e véspera do evento, os senadores se manifestaram contra a pressa em aprovar a proposta. “Acho profundamente injusto ser imputado ao Senado um prazo”, reclamou o senador Vital do Rêgo (PMDB-PB). O texto chegou ao Senado em 27 de março, dois dias após ser aprovado pela Câmara, que ficou qua-

40

Emendas, sugestões de mudanças ao texto enviado pela Câmara, foram apresentadas ao Marco Civil da Internet no Senado. se cinco anos discutindo a matéria. Entre as emendas estão, por exemplo, a exigência para que os provedores deixem claro os mecanismos de armazenamento de dados pessoais e a exigência de audiência pública para discutir as regras. Caso as mudanças sejam aprovadas, o projeto do Marco Civil da Internet precisará ser votado de novo pela Câmara. METRO BRASÍLIA

nifestação e a filmagem dos policiais para evitar abuso de autoridade. O tempo é adversá-

rio da nova lei, que precisa ser aprovada no Senado e na Câmara até junho.

• Agressão. Pena de 3 meses a 1 ano aumentada a metade se a lesão for praticada durante manifestações populares.

METRO BRASÍLIA

Câmara aprova regras para casas noturnas A Câmara aprovou ontem o projeto que cria regras para o funcionamento de boates e casas de shows. Para entrar em vigor, a proposta precisa passar pelo Senado. A novidade é a proibição do pagamento de comandas apenas na saída dos estabelecimentos para evitar aglomeração. Além disso, todas as casas de espetáculos precisarão passar por vistoria antes de conseguir alvará de funcionamento. Hoje, a autorização segue as regras definidas por leis municipais. A capacidade da casa deverá ser informada logo na entrada. A fiscalização do cumprimento de normas de segurança, prevenção e combate ao incêndio fica

Boate pegou fogo em 27 de janeiro do ano passado | WILSON DIAS/ABR

para o Corpo de Bombeiros. A proposta tramitava desde 2007, mas foi desengavetada após a tragédia na

boate Kiss, em Santa Maria (RS), que matou 242 pessoas e deixou 116 feridos. METRO BRASÍLIA


|14|

Selic. Banco Central sinaliza com fim de ciclo de elevação O Banco Central pode interromper o ciclo de altas na taxa básica de juros, a Selic, já em maio, apesar da aceleração da inflação nos alimentos, informou o presidente da autoridade monetária, Alexandre Tombini. Em entrevista à publicação The Wall Street Journal, Tombini foi questionado se o BC estaria no ponto de interromper o aperto monetário, iniciado em abril passado e disse que é algo possível. “É uma possibilidade. As pessoas ainda estão lendo a ata. Vamos ver, temos quase dois meses entre agora e a próxima reunião, que será no fim de maio”, afirmou Tombini, referindo-se à ata do Copom (Comitê de Política Monetária) do BC divulgada ontem. Pelo documento, o BC defendeu que a política monetária deve permanecer “vigilante”, enfraquecendo a expressão “especialmente” usada até então, e entende que uma fatia importante dos efeitos do atual ciclo de aperto monetário na inflação “ainda está por se materializar”. A

“Uma vez passada a inflação de alimentos, vamos ver nos próximos meses, os índices mensais de inflação também vão recuar” ALEXANDRE TOMBINI, PRESIDENTE

reunião do Copom ocorre em 27 e 28 de maio. Tombini disse ainda que a inflação fechará 2014 dentro da meta oficial, de 4,5% pelo IPCA com tolerância de 2 pontos percentuais para cima ou para baixo. Mas o presidente do BC ressaltou ser “plausível” que a alta dos preços ultrapasse o teto dessa banda no curto prazo. A inflação fechou março com a maior alta para o mês em 11 anos, com impactos do clima seco nos preços de alimentos. Tombini classificou esse movimento como um “choque de preços dos alimentos” e ressaltou que a recente queda do dólar ajuda a enfrentar essas pressões. METRO COM AGÊNCIAS

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Mistura de etanol à gasolina pode subir Combustível. Ministro da Agricultura defendeu aumento do percentual, hoje em 25%. Governo avalia possibilidade de elevar para 27,5%. Medida ajudaria a segurar inflação O Ministério da Agricultura quer aumentar o percentual do álcool na gasolina. O ministro da pasta, Neri Geller, disse ontem que participou na quarta-feira de reunião com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, para discutir o assunto. Atualmente, 25% da composição da gasolina são de álcool anidro. O governo está realizando pesquisas para avaliar o impacto do aumento desse percentual para 27,5% – número defendido pelo setor sucroalcooleiro. A proposta, que também precisará passar por outras áreas do governo, como a do Ministério da Fazenda, pode ajudar evitar um novo aumento da gasolina, em um momento de aceleração da inflação. O último reajuste

Anfavea diz que aumento pode afetar desempenho do carro a gasolina| FUTURA PRESS

promovido pela Petrobras, de 4%, foi feito em novembro. Em entrevista ao programa Bom Dia, Ministro, da estatal “Empresa Brasil de Comunicação’, Geller destacou que a medida pode viabilizar a produção de cana-de-açúcar, que passou por crise, com redução de preços.

Segundo o vice-presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Henry Joseph Júnior, a elevação do percentual de etanol na gasolina preocupa o setor, que recomenda que a composição seja mantida em no máximo 25%. “O eventual aumen-

to pode trazer consequências desagradáveis para o consumidor”, afirma. O executivo diz que a medida não trará impactos para carros flex, mas afetará o desempenho dos veículos à gasolina – automóveis novos importados e brasileiros mais antigos. Entre os danos estão problemas para dar a partida e aceleração. “Obviamente, pode ser mais grave dependendo do estado do veículos”, completa. Segundo o pesquisador Silvio Figueiredo, do IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), o aumento do teor de álcool na gasolina pode provocar um aumento no consumo de combustível. “Terá uma autonomia menor”, diz. METRO


|16|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

MUNDO

Greve geral na Argentina tem ruas vazias e violência Protesto. Principais cidades do país amanheceram vazias depois que opositores do governo convocaram paralização de 24 horas Policiais e manifestantes se enfrentaram violentamente ontem em diversas localidades na Argentina em meio a uma paralização geral de 24 horas convocada pela oposição ao governo da presidente Cristina Kirchner. Os grevistas pedem salários melhores e protestam contra a inflação e a insegurança que atingem o país. Três das cinco centrais sindicais argentinas convocaram a greve em manifestação contra a tentativa de Kirchner de limitar os reajustes salariais discutidos nos acordos coletivos e para exigir mais segurança diante da onda de criminalidade que atinge as grandes cidades do país. “Os trabalhadores dizem ao governo: chega! Greve

geral!”, afirmou Hugo Moyano, principal líder do protesto e titular da ala não-governista da CGT, que reúne trabalhadores do setor de transportes e portuário. O chefe de gabinete do governo, Jorge Capitanich, disse ontem que os organizadores da greve buscavam “sitiar os grandes centros urbanos”. Ele reconheceu o direito à greve, mas disse que a estratégia é antiquada. “Na Idade Média, os senhores feudais impediam o acesso da população. Não há lugar para a barbárie nem para medidas que conspirem contra o livre exercício do direito à greve dos trabalhadores”, disse. Segundo os sindicatos, mais de 1 milhão de pessoas

aderiram à greve no país. Transportes A capital, Buenos Aires, amanheceu sem trânsito e vazia ontem, com lojas e comércio fechados. O sistema de transporte do país foi o mais afetado, com problemas registrados em linhas de ônibus, trens e metrô, aeroportos e até entre taxistas, que não puderam circular em função da falta de gasolina porque os postos também aderiram. Serviços de coleta de lixo e abastecimento também foram interrompidos. Com a dificuldade no transporte, muitos estudantes e professores não puderam chegar a escolas, que estiveram abertas apesar da paralização. METRO

Manifestante e polícia em estrada de Buenos Aires | ENRIQUE MARCARIAN/REUTERS

Maduro se reúne com a oposição O governo do presidente venezuelano Nicolás Maduro e representantes da oposição se encontraram ontem à noite no Palácio Miraflores, em Caracas, no que é o primeiro contato direto entre as duas partes desde o início dos protestos e violentos confrontos. Apesar do encontro, as manifestações e a repressão do governo não foram interrompidas. Ontem, autoridades disseram que um policial foi morto ao levar um tiro na cabeça na cidade de Barquisimeto, oeste do país, elevando o número total de vítimas fatais da onda de manifestações para 40 pessoas. O policial foi alvejado ao dispersar manifestantes, disse o governo. Líderes mais radicais da oposição venezuelana, como Leopoldo Lopez, que está preso, se opuseram ao diálogo com o governo e disseram que boicotariam o encontro. A reunião, transmitida ao vivo pela televisão estatal, foi uma iniciativa da missão de ministros de Relações Exteriores da União das Nações Sulamericanas (Unasul), que se encontraram com representantes do gover-

Manifestante coloca vela em memorial a vítimas | CARLOS GARCIA RAWLINS/REUTERS

no e de vários setores da sociedade venezuelana nas últimas semanas. No final da tarde, o secretário executivo da Mesa de Unidade Democrática (MUD), Ramón Guillermo Aveledo, escreveu no Twitter: “Rumo ao diálogo, com responsabilidade. Servimos

aos venezuelanos e ao seu direito de viver e de avançar em liberdade e em paz”. Antes do encontro, o líder da oposição, Henrique Capriles, disse que “Miraflores vai tremer”. Capriles perdeu a última eleição para Hugo Chávez em uma disputa apertada em 2013.

“Vamos dizer a verdade ao governo para que o povo abra os olhos e veja que as coisas precisam mudar”, disse. A reunião, que seria acompanhada pelo Vaticano, não havia sido concluída até o fechamento desta edição. METRO E AGÊNCIAS

Passageiros no Brasil têm voos cancelados por paralização A greve geral na Argentina provocou o cancelamento da maioria dos voos que partiriam de capitais brasileiras para Buenos Aires, de acordo com a Infraero. As viagens programadas para sair ou chegar ao Aeroporto Jorge Newbery (Aeroparque), em Buenos Aires, são as mais prejudicadas, segundo a imprensa local. Os voos domésticos na Argentina também foram cancelados. À noite, a TAM disse que cinco voos haviam sido cancelados ao longo do dia entre o Aeroparque e o Aeroporto de Guarulhos, nos dois sentidos. As operações nos aeroportos de Buenos Aires/Ezeiza e Rosário não foram impactadas. Segundo a Gol, seis voos foram cancelados ontem. As companhias aéreas Aerolíneas Argentinas, Austral e LAN paralisaram suas operações, de acordo com o titular da Associação de Técnicos Aeronáuticos (APTA), Ricardo Cirielli. METRO

Análise

Francisco, o papa dos conflitos Não se sabe exatamente de quem foi a iniciativa de ter um “terceiro” nas negociações entre governo e oposição da Venezuela. O que se sabe é que ganhou manchetes ao redor do mundo, segundo o “Latin News”, o anúncio de que o Vaticano estaria disposto, sob demanda, a estar entre os delegados. A disposição da Santa Sé é em parte conduzida pela decisão do papa Francisco de situar a Igreja no epicentro das tragédias do terceiro mundo, sobretudo da América Latina, onde ela joga seu destino. No mesmo dia, o presidente venezuelano, Nicolás Maduro, declarou que aceitaria a presença de uma “testemunha internacional”, embora acrescentando que seria mais útil um escrivão. Registraria, segundo ele, a ausência de dis-

posição à paz por parte da oposição. Ramón Guillermo Aveledo, o secretário executivo da Mesa de Unidade Democrática, a MUD anti-governo, considerou o anúncio do Vaticano “mais uma manifestação de afeto do papa Francisco pela Venezuela”. Outro caso é o da Síria. O pontífice tem pedido “reiteradamente” que haja mais humanidade por parte da ditadura em Damasco e também por parte da oposição. “Como ficar indiferente?”, perguntou de sua sacada. Ele já recebeu o arcebispo da Síria e o governo francês pediu que Francisco formalize um convite à oposição, o que nunca aconteceu. É a decisão papal de não tomar partido, apesar de insurgir-se contra o barbarismo, como também é visto em sua reação à crise entre a Rússia e a Ucrânia e na lembrança do genocídio em Ruanda que completou 20 anos esta semana. NEWTON CARLOS Jornalista


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{{CULTURA CULTURA

|17 17|◊◊ |◊◊ |17|◊◊

Sertanejos animam rodeio em Sumaré Sortido. Atrações deste fim de semana vão de Luan Santana e Fernando e Sorocaba aos veteranos Milionário e José Rico Atrair públicos de diferentes faixas etárias parece ser uma das preocupações da organização do Sumaré Arena Music, rodeio que chega à sua segunda semana. A partir de hoje, fãs de diversas vertentes do sertanejo têm oportunidade de conferir apresentações na festa. A abertura do fim de semana será feita com shows de Edson, que vai ao palco sem Hudson – ele segue internado em uma clínica de reabilitação –, e Luan Santana. Enquanto Edson aposta nas letras românticas que consagraram sua dupla, o fenômeno teen aporta em Sumaré com a música “Cê Topa”, lançada recentemente. O refrão

23 anos tem Luan Santana. No ano em que o jovem cantor nasceu, Milionário e José Rico lançavam o 22º disco da carreira

Programação Hoje – Edson/ Luan Santana Amanhã – Fernando e Sorocaba/ Villa Baggage Domingo – Milionário e José Rico

pegajoso – que menciona “dois filhos, um edredom e um filme bom no frio de agosto” – ganhou imensa popularidade entre os jovens. No sábado, o Villa Baggage, trio que despontou nas casas sertanejas de Campinas, divide as atenções com a já consolidada dupla Fernando e Sorocaba, que agora investe no CD “Sinta Essa Experiência”, Os responsáveis por fechar as festividades do fim de semana serão Milionário e José Rico, do sucesso “Estrada da Vida”. Os ingressos são vendidos no site www.tkingressos.com.br. METRO CAMPINAS

2 CULTURA

Gene Simmons

Kiss no Hall of Fame

A banda foi admitida ontem no Rock and Roll Hall of Fame, que reúne os principais astros do gênero nos Estados Unidos. O Nirvana e a cantora de country Linda Ronstadt foram outros nomes que também passaram a integrar o seleto grupo.

Parque Paraíso das Águas recebe a dupla

DIVULGAÇÃO


|18| O Metro indica

Música

Johnny Pestana’s na Casa São Jorge. O pop rock da banda Johnny Pestana’s é atração da casa. Liderado pelo vocalista Johnny, o grupo se apresenta com um flautista e um baixista, combinação que costuma agradar o público. Sábado, a partir das 21h. Casa São Jorge (Avenida Santa Isabel, 655, Barão Geraldo). Os preços das entradas vão de R$ 15 a R$ 20.

Stand up

Marco Luque protagoniza ‘Tamo Junto!’. Conhecido pelas participações às segundas-feiras no “CQC”, Marco Luque conta histórias de sua vida de uma forma inusitada. No palco, o comediante segue a já conhecida fórmula do stand up, já que faz relações entre assuntos do cotidiano e acontecimentos de sua trajetória pessoal. Domingo, às 17h e 19h. Theatro Municipal de Paulínia. Os preços dos ingressos vão de R$ 30 a R$ 70.

Programação infantil

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA

Homenagem a Monteiro Lobato. Em comemoração ao mês de Monteiro Lobato, a Biblioteca Pública Infantil Monteiro Lobato, no Bosque dos Italianos, oferece atividades gratuitas para as crianças no domingo. O dia será divertido com trilha ecológica, biblioteca aberta, contação de histórias, pintura livre e apresentação do espetáculo “A Chegada de Lampião no Inferno”, da companhia A Mala dos Mamulengos. A biblioteca tem como público crianças de 0 a 7 anos, embora também atenda outras faixas. Domingo, das 8h30 às 13h. Praça Samuel Wainer (rua Albano de Almeida Lima, s/nº. Guanabara). Entrada gratuita.

Mostra e guitarrista iniciam ‘Fest in Blues’ No fim de semana. Com instrumento atípico, americano leva ao Chapadão mescla entre o rock e o blues. A partir de hoje, exposição mostra caricaturas de músicos do gênero O escolhido para inaugurar a parte musical do “Fest in Blues”, evento que durante duas semanas coloca Campinas no circuito do gênero, é o guitarrista norte-americano Eric Sardinas. Apesar do visual ligado ao country e ao rock – chapéu de caubói, cabelos longos e roupas pretas –, Sardinas é, desde os anos 90, um dos nomes que crescem no cenário dos blues nos Estados Unidos. Gratuito, seu show será no domingo, às 18h, na Pedreira do Chapadão. Além do visual excêntrico, o músico chama atenção por um instrumento que toca nos shows pelo mundo: o dobro, uma espécie de violão elétrico

com ressonador e espectro ampliado. Sardinas explica suas experimentações com leveza: “Brincar com intensidade em todo o mundo sem parar e amando cada minuto disso tem sido a minha inspiração”. Em seus seis discos, o artista tem passeado entre o rock e o blues. Antes de Sardinas subir ao palco, há a exposição de caricaturas “Blueseiros” a partir das 19h de hoje, na Estação Cultura. Criada por Bira Dantas e Fabrício Carriero, a mostra estará à disposição do público até o dia 27 deste mês. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 3324-2046. METRO CAMPINAS

Ascensão do músico no cenário musical vem desde a década de 90 | DIVULGAÇÃO


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|19|◊◊

MACY GRAY Em turnê pela América Latina, que passa hoje por São Paulo, cantora reflete sobre dificuldades da carreira e fala sobre novo álbum ‘The Way’, previsto para os próximos meses

‘QUANDO CANTO, SEI QUE DEUS EXISTE’ Uma das intérpretes de soul mais importantes dos últimos anos, Macy Gray se apresenta hoje em São Paulo dentro da turnê “Macy Gray 14th Anniversary Of How Life Star”. Ela canta no Cine Joia, com abertura de Wax Tailor. Em agosto de 2013, ela também esteve no Brasil para cantar no Festival de Jazz na Fábrica, no Sesc Pompeia. Sua carreira de sucesso já rendeu um Grammy de melhor artista pop em 2001 e hits como “I Try” e “Why Didn’t You Call Me?”. Seu primeiro álbum, “On How Life Is”, lançado em 1999, vendeu 2 milhões de cópias. Macy Gray nasceu no final dos anos 1960, em Ohio, nos Estados Unidos. Sua voz de R’n’B foi influenciada por artistas como James Brown, Marvin Gaye e Stevie Wonder, músicos preferidos de seu pai. Durante sua passagem pelo México, a cantora contou ao Metro Jornal que está animada para os próximos shows e revela o lado obscuro do sucesso. Qual foi a parte mais fácil e a mais difícil que você enfrentou em sua carreira? A mais fácil é, talvez, a de cantar e fazer shows... Isso é algo que acontece naturalmente na minha vida. A coisa mais difícil é manter um status... Sabe, manter a sua carreira atual, as coisas andando para frente. As coisas estão sempre mudando, há novos artistas e a música também muda constantemente. Qual balanço você faz de sua turnê aqui pela América do Sul? Sabe, tem havido definitivamente muito mais coisas boas do que ruins. Quando você é um artista de nível profissional, você tem muitas vantagens, vê o mundo, viaja, conhece pessoas, a fama... Você realmente não pode reclamar. Mas há coisas ruins como em qualquer outro trabalho. O que nós veremos e escutaremos na apresentação? Este vai ser um grande show ao vivo! Será uma grande festa no palco. Nós teremos músicos realmente incríveis,

vamos tocar algumas músicas do novo álbum (“The Way”), que estará pronto até o meio do ano, e algumas músicas antigas. Queremos que, como em shows anteriores, as pessoas dancem, cantem, riam, chorem. Que, em geral, se divirtam. Você já se decepcionou com a indústria e o mercado da música em geral? Claro! É um negócio muito passageiro. As coisas sempre têm altos e baixos constantemente. Tudo mudou muito, principalmente nos últimos cinco anos. Às vezes, as coisas parecem injustas, especialmente quando você já está há algum tempo nisso, assim como eu. Tivemos que de repente ajustar o que fazemos, o que nem sempre é fácil. Chega um momento em que a pior coisa que pode acontecer a alguém é começar a fazer algo que ela não gosta. No entanto, parece que as coisas estão se tornando novamente como antes. Fazemos a música que queremos e podemos até mesmo gravar e vender o que quisermos, o que eu acho maravilhoso. Vamos ver o que acontece ao longo dos próximos anos, seria uma pena voltar a cair em alguma situação de inconsistência de novo... O que a música, objeto de seu trabalho, a faz sentir? Oh! Deixe-me ver... Olha, quando eu faço a minha música ou a canto no palco, é quando sei que Deus existe. É quando sei que tudo é possível, que existem milagres e não há problema em acreditar naquilo que você não pode ver. Felicidade e realização são coisas que eu sinto... A música, na verdade, é uma parte enorme da minha vida! GABRIELA ACOSTA SILVA Serviço No Cine Joia (pça. Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel.: 31011305). Hoje, à 0h30. R$200. Veja cliques de Macy Gray em ação no site do Metro Jornal www.metrojornal.com.br

DI

L VU

O ÇÃ GA


|20|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Sanasa

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

NHOQUE DE FORNO RECHEADO COM PRESUNTO E QUEIJO

Cruzadas

Bom dia amigos leitores, para esta semana ofereço uma oportunidade indispensável de ser feliz fazendo uma receita de nhoque bem legal! Esta receita em especial não precisa modelar e nem cozinhar a massa, faz de uma só vez, recheia com o que quiser e finaliza com um molho bem gostoso e visualmente atraente! Bom fim de semana a todos!

Ainda não entra na minha cabeça a forma como é administrado o problema da falta de água em Campinas. O Jonas Donizette não precisaria dar desconto algum nas contas de água, apenas cobrar o que é realmente usado pelo consumidor. Diminui meu consumo, mas sigo pagando dez metros cúbicos na conta. Enquanto isso, o prefeito continua permissivo com os cargos de confiança e indicações políticas na Sanasa. O Jonas está conseguindo piorar o que já parecia que não podia ser pior. CARLOS BARREIRA – CAMPINAS, SP

Guarani Será que a diretoria sabia que, se o Guarani passasse de fase na Copa do Brasil, teria uma receita adicional para o clube? Pelo jeito, acho que não. Com todo respeito ao adversário, mas quem é Santa Rita para vir à nossa região e eliminar o Guarani na primeira fase da competição? Não houve um mínimo esforço para que isso não acontecesse. CARLOS BAPTISTELLA – CAMPINAS, SP

INGREDIENTES Nhoque: 2 kg de batatas tipo Asterix ½ xícara (chá) de margarina ½ xícara (chá) amido de milho 1 xícara (chá) de farinha de trigo 3 ovos 200g de creme de leite (1 cx) 1 colher (sopa) de fermento químico em pó 200g de queijo parmesão ralado grosso 1 colher (sopa) de sal

Metro Pergunta

Você tem sentido os reflexos da inflação?

Recheio: 300g de presunto fatiado 300g de mussarela Molho: 3 colheres (sopa) de azeite 1 dente de alho picado 1 cebola grande picada 1 kg de mini tomates cortados em 4 partes 2 folhas de louro fresco 1 ramo de folhas de manjericão Sal e pimenta do reino a gosto

Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @Jornal_MetroCPS

@vipurgato

E como! Os preços dos alimentos e as passagens aéreas (eu pretendia viajar no mês de julho) subiram consideravelmente. @MaranhaoAntonio

Seja pela seca ou não, como apontou o Mantega, está difícil acompanhar essa inflação.

Modo de Preparo: Para o nhoque coloque todos os ingredientes em uma vasilha, misture e coloque metade deste nhoque em uma assadeira untada com margarina. Distribua o recheio e coloque por cima o restante do nhoque. Alise, espalhe mais parmesão e leve ao forno quente (180º) por aproximadamente 30 minutos. Enquanto isso aqueça uma panela e refogue na margarina o alho e a cebola. Coloque os tomates, o louro, o manjericão e cozinhe em fogo moderado até que os tomates fiquem bem macios. Tempere e sirva sobre o nhoque.

@HoraLi1

Não é de hoje que os preços no Brasil são exorbitantes. Os aumentos têm atingido a todos.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.camp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Este é um momento especial para interesse por temas espirituais, crenças ou algo zen, especialmente que amenize eventual estresse do dia.

Este é um dia para mais cuidado com questões financeiras ou negociações para não ser surpreendido por detalhes que tragam equívocos.

Cuide para que nostalgias não impeçam você de aproveitar novidades afetivas. Assuntos profissionais pedem paciência com padrões.

Uma postura mais sentimental será frequente em você junto às relações. Valorize o romantismo e demonstrações afetuosas na vida amorosa.

A vida afetiva é propensa a um momento de definição e a uma compreensão maior do que é real ou ilusório.

A empolgação com atividades culturais e estudos tende a ser mais intensa. Algo que fará bem ao seu intelecto e amenizará desgastes.

Período para analisar melhor sobre as parcerias profissionais. Cuide para que as empolgações de outras pessoas não atrapalhem a sua.

Propensões a maior sensibilidade e empenho com causas especiais e coletivas. Porém não deixe tal postura fazer esquecer de si mesmo.

Seja atento para não exagerar com posturas consumistas. Momento para ponderar sobre o que realmente é essencial.

Atente-se para que a empolgação com negócios não faça se desligar de burocracias. Chances de ajustes em pendências jurídicas.

Algumas oportunidades para convívios sociais serão mais intensas. Momento especial para diversões com pessoas que mais gosta.

Com a conjunção de Vênus com seu regente Netuno, terá oportunidades para mediar relações entre amigos e lidar com novas convivências.


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|21|◊◊

LYA LUFT A escritora gaúcha volta aos ensaios em “O Tempo é um Rio que Corre”, seu novo livro. Com a intimidade que é sua marca registrada, ela reflete sobre o valor da vida e relaciona suas memórias com o passar do tempo

‘HÁ BELEZA EM TODAS AS IDADES’ A senhora publicou ensaios, em 2011, lançou o romance “O Tigre na Sombra”, em 2012, e agora volta às reflexões. Estas variações de gênero são planejadas? É completamente natural. Publiquei romances por vários anos, depois fiz poesia e comecei com os ensaios em “O Rio do Meio” (1996). As coisas vão se alternando conforme a minha vontade, escrevo sobre aquilo que me apaixona. Se eu tiver ideia para um romance, virá um romance, mas também podem ser poemas ou ensaios.

EDISON VARA/FOLHA PRESS

E por que esta opção em escrever sobre o tempo? Eu já escrevi várias vezes sobre o tempo. Na verdade,

este assunto me interessa desde criança, desde quando alguém me falou que o agora não existe. Ficava impressionada com a ideia que o tempo passa e a gente nunca é a mesma pessoa. E muitas vezes não sabemos o que fazer com o tempo... Exatamente. Hoje vivemos numa cultura muito engraçada, esta da futilidade. Podemos viver mais tempo, mas, ironicamente, temos horror a ele por causa deste endeusamento da juventude. As pessoas começam a ficar neuróticas aos 40 anos, preocupadas com as rugas e tratamentos estéticos.

A senhora fala sobre isso com muita serenidade. Acho legal a gente se cuidar para não ficar um farrapo, levar uma vida saudável e até fazer uns retoques no rosto (risos). Mas as pessoas se mutilam e ficam infelizes por causa disso. Como o tempo passa mesmo e não há o que fazer para evitar isso, é melhor enfrentar tudo com uma certa elegância e uma boa dose de humor. Em síntese, qual é a sua receita pessoal? Estudei um tempo em colégio de freiras e lá aprendi sobre a vida interior. Todo mundo, seja um gari ou um médico, precisa ter uma certa filosofia de vida, tra-

çar metas e pensar se é feliz ou não. A beleza não está só na juventude, cada fase tem seus dramas e suas doenças. A maturidade e a velhice têm um outro tipo de beleza e de curtição, ninguém precisa ficar rabugento ou mal-humorado porque está com 70 ou 80 anos. Tudo é uma questão de perspectiva, é preciso olhar os valores da vida de outra maneira. METRO POA COM BANDNEWS

“O TEMPO É UM RIO QUE CORRE” LYA LUFT ED. RECORD R$ 28


3 ESPORTE

|22|

SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Hora de justificar o melhor ataque Campeonato Paulista. Para sair do Pacaembu campeão, Santos precisa vencer Ituano por dois gols de diferença. Vitória por apenas um tento leva a decisão para os pênaltis

Cícero é o artilheiro do Peixe no estadual com 8 gols | GUILHERME DIONIZIO/FOLHAPRESS

“Graças a Deus tive a felicidade de conquistar todas as finais. Nada está perdido. Nós temos capacidade de vencer o Ituano no domingo”

Que o Santos tem o melhor ataque do Campeonato Paulista, os números mostram. São 46 gols anotados ao longo da competição. Mas, diante do Ituano, na primeira partida da decisão do estadual, a linha de frente do Peixe travou. Resultado: 1 a 0 para o clube do interior, domingo passado, no Pacaembu, com direito a pênalti perdido por Cícero. Neste domingo, às 16h, as equipes voltam a ficar frente à frente no Pacaembu. Ao Santos só a vitória interessa, já que o empate leva a taça para Itu. Para que o destino do troféu seja a Baixada Santista, o al-

LEANDRO DAMIÃO, ATACANTE DO SANTOS, QUE NUNCA PERDEU FINAIS

vinegro precisa vencer por dois gols de diferença. Caso o triunfo seja magro, por apenas um gol, o título será decidido nas penalidades. Um dos jogadores mais cobrados do Santos é o homem que veste a camisa 9: Leandro Damião. O centroavante ainda não conseguiu engrenar

Subindo

Seleção Brasileira

A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari (foto) subiu três posições no ranking da Fifa. Na lista divulgada ontem, o Brasil ocupa o 6º lugar, com os mesmos 1.174 pontos da Argentina. Na lista de março, a Seleção ocupava o 9º posto. Espanha e Alemanha seguem em 1º e 2º lugares, respectivamente. Portugal é o 3º.

Cristian fez o gol da vitória do Ituano na 1ª partida | RUBENS CAVALLARI/FOLHAPRESS

no Peixe e, por causa disso – e de apenas cinco gols no Paulista –, virou alvo das críticas da torcida alvinegra. “A cobrança vai existir em qualquer lugar. Independente do valor, em qualquer clube vai ter cobrança”, falou o atacante, comprado por R$ 42 milhões. “Não vamos desmerecer o Ituano, mas sabemos que é um jogo importante. Espero poder levantar mais uma taça”, afirmou. Para encarar a forte defesa do Ituano – a melhor do torneio, com apenas dez gols sofridos – e os contragolpes do rival, o técnico Oswaldo de Oliveira deve mexer no time.

“Não somos uma surpresa no Paulista. Esse é o resultado do trabalho que mostramos durante todo o torneio” DORIVA, TÉCNICO DO ITUANO

Ele trabalhou durante a semana com o volante Alison no lugar do meia-atacante Gabriel. A lateral direita tem o retorno de Cicinho, que estava suspenso. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

RAIO-X DO CONFRONTO SANTOS

ITUANO

Aranha David Braz

Neto

Alison

Josa

Arouca

Cicinho Cícero T: Oswaldo de Oliveira

Dick

Emerson

Geuvânio

46 gols

anotou o Santos ao longo do estadual. O time tem o melhor ataque do torneio

Thiago Ribeiro

• •

Paulinho

Cristian Rafael Silva

Leandro Damião

Anderson Salles

Estádio. Pacaembu, domingo, às 16h Transmissão. Rádio Bandeirantes, BandNews FM e Bradesco Esportes FM, Globo e Band

Jackson Caucaia

Esquerdinha

Vagner Alemão Dener T: Doriva

10 gols

sofreu o Ituano, equipe que tem a melhor defesa do Paulistão

Rio-16. COI fará intervenção contra atrasos Temendo atrasos como os registrados para a Copa do Mundo, o Comitê Olímpico Internacional (COI) anunciou ontem uma intervenção nas obras para as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A entidade nomeará Gilbert Felli, diretor executivo de Jogos Olímpicos, como interventor. Ele viajará ao Rio para lidar com os atrasos nas obras e com a “paralisia política” denunciada pelo COI. Também será criada uma consultoria especial para tomar decisões de alto nível que envolvam as esferas municipal, estadual e federal. As medidas foram apresentadas pelo presidente do COI, o alemão Thomas Bach, em Belek, na Turquia, onde ocorre um evento com 28 federações esportivas olímpicas. Recentemente, diretores de 27 federações (com exceção da de vôlei) criticaram o andamento da preparação para a competição. Bach prometeu ao COI que enviará funcionários para trabalhar nos projetos e que fará vistorias com mais frequência. METRO Fórmula Indy

Categoria acelera em Long Beach A segunda etapa da Indy acontece domingo, às 14h45 (de Brasília), no circuito de rua de Long Beach. O canal Bandsports e o portal da Band (www. band.com.br) transmitem a prova. METRO MMA

Minotauro encara Roy Nelson A luta principal do UFC em Abu Dhabi, hoje, a partir das 13h (de Brasília), traz o brasileiro Rodrigo Minotauro contra o gordinho da organização, o americano Roy Nelson, pelos pesados (até 120,2 kg). METRO Basquete

NBA desembarca no Rio de Janeiro A NBA confirmou que o Rio de Janeiro receberá o jogo entre Miami Heat e Cleveland Cavaliers, na Arena da Barra, no dia 11 de outubro. METRO


|24|

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{EDITORIA}

‘Cara, corpo e coração’ Reforço. Elias é apresentado no Corinthians e se declara ao clube. Volante só poderá entrar em campo depois da Copa do Mundo Elias voltou com status de ídolo ao Corinthians. O volante de 28 anos foi apresentado ontem como novo reforço, vestiu a camisa 7 e se disse apaixonado pelo time paulista. Logo de cara ele afirmou o que sente pelo novo time: “O Corinthians representa tudo para mim. Se sou jogador de futebol hoje, foi porque, na minha infância, eu tinha um clube e ele era o Corinthians.” Questionado se tem a cara do Timão, o atleta foi mais longe: “Tenho a cara, o corpo, o coração... Sou maloqueiro”, concluiu. Elias assinou com o Timão até 31 de dezembro de 2017, vindo do Sporting (POR), mas só poderá es-

trear depois do dia 14 de julho, quando reabre a janela de transferências do exterior para o Brasil. O novo jogador corintiano também avaliou o momento vivido pelo clube alvinegro após a série de conquistas em 2012 e 2013. “O Corinthians passa por um momento de reconstrução, é um tempo difícil, o torcedor também ficou mal acostumado vendo o time ganhar tudo. Mas a gente sabe que, trabalhando diariamente, se empenhando, as coisas vão melhorar e lá na frente a gente vai poder brigar por títulos.” Para finalizar, Elias comentou sobre a possibilidade de se aposentar no clube:

Macaca. Saída de Vadão abre as portas para Dado A provável saída do técnico Vadão da Ponte Preta para dirigir a Seleção Brasileira de Futebol Feminino abriu as portas do clube para Dado Cavalcanti, que fez grande trabalho no Mogi Mirim, no Paulista de 2012 e passou pelo Paraná. Segundo informações da “Rádio Bandeirantes, o treinador já estaria fechado com o clube. O Metro informou ontem que Vadão teria recebido uma proposta da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para dirigir a Seleção Feminina. Mesmo não

confirmando, o treinador se reúne no sábado com integrantes da CBF para definir detalhes e, na segunda-feira, Dado Cavalcanti pode pintar na Macaca. Reforço O meia Léo Cittadini pode ser o próximo reforço da Ponte. Ele foi liberado dos treinamentos na Vila Belmiro e deve chegar em Campinas para exames. Campeão da Copa São Paulo Júnior pelo Peixe, o jogador foi revelado pelo Guarani. METRO CAMPINAS

Superliga. Amil joga a vida amanhã, no Rio Amanhã, às 10h, o Vôlei Amil faz a segunda partida da semifinal da Superliga contra o Unilever/Rio de Janeiro, em busca de tentar forçar o terceiro e decisivo jogo em Campinas, na semana que vem. Caso as cariocas saiam vencedoras do jogo, as meninas de Campinas estarão eliminadas da compe-

tição, já que no primeiro jogo, na Arena Concórdia, o Rio fez 3 sets a 0 no time de Campinas. Caso consiga empatar a série vencendo fora de casa, a Amil tem a chance de decidir a vaga para a final em casa, e é nesse trunfo que apostam as meninas para se superarem no Rio de Janeiro. METRO CAMPINAS

“Tem de ver com o presidente. Se ele quiser, assinamos um contrato agora, por mais uns dez anos”. Rivalidade Sobre o excelente retrospecto que possui contra o São Paulo (seis vitórias e um empate) atuando pelo Corinthians, além dos gols que já marcou diante de Rogério Ceni (cinco, no total), Elias preferiu não entrar em polêmica. “Respeito muito o Ceni, é um grande jogador, mas para infelicidade dele eu fiz o milésimo gol [sofrido pelo são-paulino na carreira], se não me engano, e espero ter a mesma sorte que tive no passado agora.” METRO

Elias foi apresentado ontem no Corinthians | ROBSON VENTURA/FOLHAPRESS

Novo fiasco do Guarani estoura no técnico Márcio Fernandes A derrota imprevista na Copa do Brasil para o modesto Santa Rita e a eliminação da competição logo na primeira fase deixaram a situação insustentável para Márcio Fernandes. Em reunião realizada na tarde de ontem, conselheiros do clube pediram a saída do treinador e, de acordo com informações da “Rádio Bandeirantes”, o presidente Álvaro Negrão jantou na noite de ontem com o treinador para informá-lo da demissão. Carlinhos, treinador de base, é que deve comandar o time na última rodada da Série A-2, contra o Rio Branco. A assessoria de imprensa do clube não confirmou o desligamento do treinador e disse que Negrão se pronunciará na manhã de hoje sobre o que foi definido na reunião. Apesar de Márcio ter garantido que permaneceria no clube para a Série C do Campeonato Brasileiro após o time não ter mais condições de acesso na Série A-2 do Paulista, a desclassificação na Copa do Brasil deixou todos no clube descrentes.

27

de abril será a estreia do Guarani contra o São Caetano, pelo Campeonato Brasileiro da Série C. O Bugre tem apenas duas semanas para “remontar o time”. A derrota em casa por 2 a 1 para o Santa Rita mudou o cenário dentro do Brinco de Ouro. O clube começa a reformulação do elenco após início de ano decepcionante. Ainda nessa semana, o clube deve anunciar mudanças no elenco e um provável novo treinador.

Legenda | RUBENS CARDIA/FUTURAPRESS

Novidades Ontem também foram confirmadas as novas caras do comando futebol do Guarani. Sérgio Prado, que passou por Santo André, Palmeiras e Rio Claro, é o novo diretor de futebol. Valter Gama assume a função de diretor integrado e Leandro Spinola, que hoje é coordenador, será gerente de futebol. METRO CAMPINAS


CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Alerta vermelho ARENA SÃO PAULO

Proprietário: Corinthians

Status da obra

98%

concluído Previsão: R$ 820 mi Custo final: R$ 1 bilhão

Prazo de Inicial: 12/2013 entrega Inauguração: sem previsão

69.160 lugares 6 Jogos, incluindo a abertura

ARENA DA BAIXADA Proprietário: Atlético-PR Status da obra

95%

concluído

Previsão: R$ 135 mi Custo final: R$ 330 mi Prazo de Inicial: 12/2013 entrega Inauguração: sem previsão

41.482 lugares

Itaquerão vai receber seis jogos do Mundial

4 Jogos ANTONIO MIOTTO/FOTOARENA

{ESPORTE}

|25|◊◊

A imagem acima foi registrada no dia 4 de abril. Pode parecer difícil acreditar, mas o Itaquerão, palco de abertura da Copa do Mundo, será entregue à Fifa na próxima terça-feira. O estádio corintiano está atrasado, apesar do otimismo demonstrado por todas as partes, ao menos, no Brasil. O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, já disse que espera ver a casa corintiana pronta só no dia 15 de maio. Na última semana, as obras das arquibancadas provisórias foram paralisadas por conta da morte do operário Fabio Hamilton da Cruz, no último dia 29. Na segunda-feira, o Ministério do Trabalho liberou o retorno das atividades no setor sul do Itaquerão, local da morte de Cruz, e de parte do setor norte. Hoje, nova vistoria está agendada. Se as exigências forem cumpridas, toda a área deve ser liberada. A Fast Engenharia é a empresa que cuida da instalação dos 20 mil lugares extras – que, junto com as cadeiras “definitivas”, deixarão a arena com 68 mil lugares para a Copa do Mundo. METRO


26

ESPORTE

Na Seleção

101 23 jogos

gols

Jogador é um dos mais experientes da seleção alemã, que encantou o mundo na Copa de 2010. Desta vez ela estará encorpada com Götze, Kroos e Schürrle

Trava língua POUCOS DOMINAM O MEIO CAMPO COMO SCHWEINSTEIGER, E POUQUÍSSIMOS CONSEGUEM PRONUNCIAR SEU SOBRENOME

O novo

Se c usavá nevass a esq e, ui?

kaiser Se não fosse jogador, ele certamente teria ido longe no esqui, esporte para o qual o garoto tinha talento, segundo amigos de infância

Schwein....Sch...é...Schwei... Vamos com calma. Você sabe como se pronuncia Schweinsteiger? É “chivainstáiga”, repita aí. A maioria das pessoas – não alemãs – desiste antes mesmo de completar a palavra. Para escrever então, é necessário conferir várias vezes para saber se nenhuma letra ficou de fora. Ninguém nega que é difícil falar ou escrever o sobrenome do craque alemão que tem como nome inicial Bastian (bem mais simples) ou Basti, como dizem os amigos. Mas, o que ele tem de complicado no nome, tem de facilidade com a bola nos pés.

Autoridade! Bastian Schweinsteiger é peça fundamental no esquema da seleção tricampeã mundial

POPPERFOTO/GETTY IMAGES

Beckenbauer levanta a taça da Copa de 1974

O “Novo Kaiser” alemão comanda o meio-campo como ninguém, seguindo os passos de Beckenbauer (1974) e Lothar Matthäus (1990). Marcação efetiva, antecipação, alto índice de passes certos e chutes possantes. Apesar do estrelado elenco da Seleção da Alemanha, que chega ao Brasil em junho com Özil, Müller, Lahm e Klose, o pilar e o equilíbrio vem do rapaz de nome complicado. Nascido no dia 1º de agosto de 1984, em Kolbermoor, na Alemanha, filho de Alfred e Monika e irmão de Tobias, o garoto sempre foi lou-


SÃO PAULO, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.metrojornal.com.br

CAMPINAS, SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

ESPORTE {EDITORIA}

27 |26|◊◊

Schweinsteiger faz o papel de volante e de meia, ajudando nas roubadas de bola , acionando o ataque alemão e arrematando de fora da área

No Bayern

POPPERFOTO/GETTY IMAGES

Schweinsteiger e Bayern de Munique não se separam. Jogador viveu toda carreira profissional no clube. Registros oficiais de jogos e gols são a partir de 2002

Bayern levanta o caneco da Liga dos Campeões 2012/2013

444 jogos

57 gols

“No futebol moderno você precisa jogar com inteligência e saber resolver situações em espaços muito curtos. E por isso ele é um jogador de valor inestimável” JUPP HEYNCKES, EX-TÉCNICO DO BAYERN

“Além de ser o cérebro, é o líder absoluto da equipe” MATTHIAS SAMMER, DIRETOR DO BAYERN DE MUNIQUE

Títulos BONGARTS/GETTY IMAGES

Liga dos Campeões (2013) Campeonato Alemão (2003, 2005, 2006, 2008, 2010, 2013) Copa da Alemanha (2003, 2005, 2006, 2008, 2010, 2013) Copa da Liga Alemã (2004, 2007)

Francês Zinedine Zidane é o ídolo do alemão

co por esporte. Antes mesmo do futebol, o esqui o fascinava e já mostrava que seria dos pés que a fama viria. O talento apenas mudou de cenário. Saiu a neve e entrou a grama. “Eu passaria menos frio e teria de carregar menos equipamento”, disse o camisa 31 do Bayern e 7 da seleção durante a Euro de 2012. A primeira camisa oficial que teve da seleção foi emblemática: a clássica 10 de Lothar

Rihanna é uma das cantoras preferidas do jogador

Supercopa Alemã (2010, 2012) Jogador do Ano na Alemanha (2013) 3º lugar - Copa do Mundo (2006 e 2010) Campeonato Alemão sub-17 (2001) Campeonato Alemão sub-19 (2002) Matthäus, da seleção campeã da Copa de 1990, na Itália, diante da Argentina. Ele tinha apenas seis anos e não tinha nem ideia de que seria dono cativo de uma versão mais moderna da vestimenta, e muito menos que teria a popularidade de um craque, como tinha Matthäus há 24 anos. Na infância teve seus toques de rebeldia e atrevimento. Nas categorias de base do Bayern, por exemplo, foi flagrado em uma jacuzzi no vestiário da equipe principal com uma mulher. A desculpa? A mais esfarrapada pos-

BONGARTS/GETTY IMAGES

Schweinsteiger e a namorada Sarah Brandner na Oktoberfest

sível: “É a minha prima. Ela queria conhecer o local onde treino”. Ao ser multado, se conformou dizendo que a diversão compensou. Nada, porém, que afastassem seu brilho em campo. A estreia pelo maior time alemão foi aos 18 anos, no dia 7 de dezembro de 2002, no 3 a 0 sobre o Stuttgart. Antes, ele havia passado pela base do clube e também sido preparado pelo FV Oberaudorf (1990 - 1992) e pelo TSV 1860 Rosenheim (1992 - 1998). Mesmo iniciando sua caminhada no selecionado com 20 anos, apenas em 2009, aos

25, é que o rótulo de craque foi relacionado a ele. O grande nome na transformação do atleta foi o técnico holandês Louis Van Gaal, que o aprimorou como volante, já que antes Schweinsteiger tentava se dar bem como um meia, aberto pelos lados, como Robben, companheiro holandês do clube em que atua hoje. Nos dias atuais, é considerado “motor do time” no Bayern de Munique pelo técnico Josep Guardiola e “cérebro da seleção” pelo treinador da Alemanha, Joachim Löw. Entre os ídolos do jogador, símbolo bávaro, não está nenhum alemão – pelo menos é o que consta em sua página oficial. Ele admira um craque que fala francês: Zinedine Zidane, o camisa 10 da Seleção Francesa campeã do mundo em 1998 e referência por onde passou. A força física em campo também remete a outro atleta admirado por ele. O jogador norte-americano de basquete Lebron James, astro do Miami Heat e da Seleção dos Estados Unidos. Cinema também faz parte do roteiro do volante em suas folgas. Principalmente quando o filme tem Geor-

GETTY IMAGES

Louis Van Gaal ‘descobriu’ jogador como volante

ge Clooney. Nas viagens para as partidas, com o tradicional fone de ouvido, a música eletrônica ocupa lugar de destaque. Entre os favoritos estão Kanye West, Nelly, Rihanna e Chris Brown. Experiência, autenticidade e símbolo do futebol do país, Bastian Schweinsteiger chega ao Brasil com a Seleção Alemã como favorita, e eles sabem disso. O maestro será responsável por confirmar ao mundo que o futebol alemão deixou de ser rústico para se tornar surpreendente, como as jogadas que ele tira da cartola. METRO


CAMPINAS - SEXTA-FEIRA, 11 DE ABRIL DE 2014


20140411_br_metro campinas