Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

GABRIELA DI BELLA/METRO

Trabalho será refeito por causa de defeito

SOLOS DE FERNANDA VOCALISTA DO PATO FU LANÇA CD

Novo BRT já tem remendos DE COMPOSIÇÕES PRÓPRIAS PÁG. 08 Calor do verão causou rachaduras no concreto PÁG. 02

PORTO ALEGRE Segunda-feira, 7 de abril de 2014 Edição nº 602, ano 3 MÍN: 21°C MÁX: 29°C

www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa sunny

snow

rain

partly sunny

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

REENCONTRO EMOCIONANTE hazy

showers

Festa de reinauguração do Beira-Rio reúne gerações de colorados

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Show que contou história do Inter ao longo das décadas teve apresentações musicais e de jogadores que fizeram história; ontem, em amistoso, Colorado venceu o Peñarol por 2 a 1 | GABRIELA DI BELLA/METRO

Multa para lixo no Com encalhe de carros, chão começa hoje indústria amplia feirões Sujões poderão pagar de R$ 263 a R$ 4.221 por descarte irregular de resíduos na capital PÁG. 03

Estoques crescem 11% e têm maior volume desde 2008, representando 48 dias de vendas PÁG. 06

Amigos e fãs dão adeus a Wilker Ator e diretor, vítima de um infarto fulminante aos 66 anos, foi cremado ontem no Rio PÁG. 10

PÁG. 14 E 16

thun show


1 FOCO

Presidenciável

Aécio Neves

O pré-candidato do PSDB a presidente, o senador mineiro Aécio Neves, participa hoje à noite da abertura do 27º Fórum da Liberdade, no Centro de Eventos da PUC. Ele participa do primeiro painel do evento, a partir das 20h40, sobre competitividade. O debate será mediado pelo presidente do Instituto de Estudos Empresariais, Bruno Zaniol Zaffari, que organiza o fórum. O encerramento do evento é amanhã.

Cotações Dólar - 1,66% (R$ 2,24)

|02|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Antes da liberação, BRT já tem remendo

Culpa do calor. Parte do pavimento dos novos corredores de ônibus apresenta rachaduras e precisa ser refeito. Boa notícia, pelo menos, é que custo não será arcado pelos cofres públicos Quem observa o ritmo lento das obras do futuro BRT na capital ganhou nos últimos dias mais um motivo para se indignar. O pavimento de concreto apresentou defeito em pelo menos três pontos das avenidas Bento Gonçalves e João Pessoa e precisará ser refeito. E isso que ainda nem houve a liberação ao tráfego. A boa notícia, pelo menos, é que o custo da repavimentação não será bancado pelos cofres públicos. O apontamento dos problemas partiu da própria prefeitura, por meio dos fiscais das obras. Foram constatadas rachaduras no concreto, o que representa uma não conformidade aos padrões exigidos no contrato. “Essa é uma situação muito normal quando se faz a concretagem em dias de muito calor. O concreto é hidratado para essa condição climática, mas não está livre do que chamamos na engenharia de ‘retração’, que é a formação de fissuras no pavimento”, explica o engenheiro civil Rogério Baú, coordenador técnico das obras de mobilidade de Porto Alegre. Com a desaprovação, as construtoras precisam reTransporte

Trechos do pavimento de concreto da avenida Bento Gonçalves estão sendo substituídos | GABRIELA DI BELLA/METRO

fazer o trabalho para que o pagamento possa ser liberado. “O fundamental é que a fiscalização faz com que esses efeitos sejam sanados, sem custo adicional, já que é a empresa que tem de arcar com o reparo”, complementa Baú. Na Bento Gonçalves, a obra é feita pelo consórcio Contepa, formado pelas empresas Conpasul e Sultepa), ao custo de R$ 13,9 milhões. Crime

Os trabalhos começaram em março de 2012 e deveriam ter sido concluídos em agosto passado. Na João Pessoa, a obra está sob responsabilidade do consórcio Giovanella e Construtora Brasília-Guaíba. O valor da obra é o mesmo: R$ 13,9 milhões. A obra começou em setembro de 2012 e deveria ter terminado 12 meses depois. Agora, a expectativa de conclusão é maio. Música negada

BRT da Protásio é retomado Na semana passada, o BRT da Protásio Alves foi retomado, depois de quase um mês de paralisação. O retorno foi possível com o repasse de R$ 44 milhões do governo federal à prefeitura. A liberação da via para os ônibus deve ocorrer em maio. MAICON BOCK METRO PORTO ALEGRE

Prazo eleitoral

Pesquisa. Ana Amélia lidera corrida ao Piratini Uma pesquisa do Ibope divulgada no sábado mostra Ana Amélia Lemos (PP) com 38% das intenções de voto e Tarso Genro (PT) com 31% na corrida ao Palácio Piratini. José Ivo Sartori (PMDB) aparece com 5%, Vieira da Cunha (PDT) com 3% e Roberto Robaina (PSol) com 1%. José Cairoli (PSD) e Vicente Bogo (PSDB) não pontuaram na pesquisa. Os percentuais dos dois primeiros pré-candidatos repetem resultado de pesquisa divulgada pelo Grupo Bandeirantes em 4 de dezembro, realizada pelo Instituto Methodus. Num eventual segundo turno entre os dois candidatos melhor colocados, Ana Amélia faria 48% dos votos e Tarso, 34%. O atual governador lidera a rejeição, com 26%. Robaina aparece com 13%, Bogo e Vieira com 12%, Ana Amélia com 10% e Cairoli com 7%. Já na disputa pela vaga de senador, Lasier Martins (PDT) lidera em todas as simulações. O levantamento do Ibope, realizado entre 27 e 31 de março com 812 eleitores, foi contratado pela RBS Participações e registrado no TRE/RS sob o número RS-00003/2014. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. METRO POA Saúde

Passagem sobe hoje para R$ 2,95

Garoto esfaqueia irmão e é morto

Ouvinte ameaça locutor em Giruá

Novos secretários são empossados

Hospital São Lucas atende normal

A partir de hoje, a passagem de ônibus passa de R$ 2,80 para R$ 2,95 em Porto Alegre. Com o reajuste aprovado pelo Conselho Municipal de Transportes Urbanos e sancionado pelo prefeito José Fortunati, as lotações também aumentam: de R$ 4,20 para R$ 4,40. O reajuste corresponde a uma variação de 5,66%. A inflação no período foi de 5,91%.

Um adolescente de 15 anos apareceu morto com um tiro na cabeça, na madrugada de ontem, após acertar uma facada no peito do irmão de cinco anos. A polícia investiga as circunstâncias do ferimento a faca ocorrido na Vila Protásio Alves, na capital. A suspeita é de que o adolescente tenha sido morto por um vizinho revoltado pelo ataque. O guri de cinco anos estava internado no HPS ontem. BANDNEWS

O locutor Jair Wathier, da 104.1 FM, de Giruá, no noroeste do Estado, foi ameaçado por um ouvinte na tarde de sexta-feira quando estava ao vivo na rádio. O homem invadiu o estúdio com uma faca após ter um pedido de música negado pelo locutor. Ele queria ouvir “Corpo Esgualepado”, do Xirú Missioneiro. Outros ouvintes chamaram a BM, mas o homem não foi localizado.

Devido ao prazo de desincompatibilização da Justiça Eleitoral, três secretarias municipais da capital trocaram de comando. Nos Direitos Animais, saiu Regina Becker e entrou Maurício Silveira de Oliveira; no Trabalho e Emprego, saiu Pompeo de Mattos e entrou a vereadora Luiza Neves; e nas Obras e Viação saiu Mauro Zacher e entrou Rafael Leandro Fleck. METRO POA

Apesar da paralisação de funcionários em alguns hospitais de Porto Alegre, o São Lucas, da PUC, atende normalmente à população. Na manhã de quinta-feira, o Sindisaúde realizou um protesto na entrada do estacionamento da instituição, mas não aconteceu nenhum tipo de interrupção na jornada de trabalho dos funcionários nem prejuízo aos pacientes. METRO POA

METRO POA

BANDNEWS

Bovespa - 0,63% (51.083 pts) Euro - 1,74% (R$ 3,07) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 051/2101.0302

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Diagramação: Keila Casarin Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, CEP 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Sujões já estão sujeitos a multa Na mira. A partir de hoje, pessoa que jogar lixo no chão na capital poderá ser advertida e ter de pagar valor de R$ 263 ou até mais

R$

LEVE

Em caso de flagrante, o agente solicitará ao infrator RG e CPF e entregará a via para pagamento da multa

Jogar lixo no chão mul ta

R$

MÉDIA

Acondicionar incorretamente os resíduos em sacolas plásticas Não separar o resíduo orgânico do seco

527,65

Estabelecimentos comerciais que não ofereçam separação de resíduos

A PARTIR DE

Descartar resíduos sólidos em locais não licenciados

7 DE ABRIL

Descartar materiais cortantes ou pontiagudos sem a devida proteção Descartar na rua resíduos de decapagens, desmatamentos ou obras

R$

4.221,21

Lançar em arroios, córregos, lagos e rios ou às suas margens resíduos de qualquer natureza que prejudiquem o meio ambiente Danificar equipamentos da coleta automatizada

Usar sacos de mais de 100 litros para lixo orgânico

GRAVE

Feirantes, artesãos, agricultores ou expositores que não mantiverem limpos os locais de atuação

GRAVÍSSIMA

Coletar ou separar lixo descartado

mul ta

R$

2.110,60

Colocar o lixo fora dos prazos de recolhimento estabelecidos pelo DMLU

mul ta

início da aplicação da lei com multas

263,82

de

MAICON BOCK

mul ta

FISCALIZAÇÃO

de

A fiscalização Ao observar um ato de desrespeito ao Código de Limpeza Urbana, qualquer fiscal poderá emitir o auto. O agente poderá usar qualquer prova material, além de informações oriundas de equipamentos eletrônicos, de audiovisual ou outros meios, como as câmeras de monitoramento do Ceic (Centro In-

tegrado de Comando). Por meio de um formulário, os fiscais farão o registro formal, com a anexação de provas (fotos, vídeos), a identificação do autor, o local, a data e a hora da ocorrência, a descrição, o enquadramento legal e assinaturas do fiscal, autuado e testemunha. Os termos serão encaminhados ao DMLU em 10 dias para confirmação. Somente os fiscais do próprio departamento poderão autuar os infratores na hora do flagrante. Em caso de não pagamento da multa, o cidadão terá o valor incluído na dívida ativa da prefeitura e poderá ser cobrado judicialmente.

O que prevê o novo Código de Limpeza Urbana de Porto Alegre

de

explica o diretor-geral do departamento, André Carús. Apesar do foco inicial no Centro, pessoas que jogarem lixo no chão estarão sujeitas a multa em qualquer parte da cidade. Além dos 33 fiscais do DMLU, poderão emitir o chamado termo de constatação azuizinhos, guardas municipais e agentes de outras secretarias.

INFRAÇÕES E PUNIÇÕES

de

O cerco aos sujões entra em nova fase em Porto Alegre. A partir de hoje, fiscais da prefeitura começam a aplicar multas a quem jogar lixo no chão. O valor mais baixo é de R$ 263,82, mas a autuação pode chegar a até R$ 4.222,21, como no caso do lançamento de resíduos em arroios e rios. A regra faz parte do novo Código Municipal de Limpeza Urbana. Nos últimos 60 dias, o DMLU (Departamento Municipal de Limpeza Urbana) fez uma série de ações para conscientizar a população sobre a nova lei. “Agora, partimos para a aplicação efetiva. Por uma estratégia regional, vamos começar a fiscalização pelo Centro Histórico, onde há maior circulação de pessoas, e depois estender para as demais regiões da cidade”,

|03|◊◊

Colocar resíduos recicláveis dentro dos contêineres de coleta de resíduo orgânico Depositar resíduos sólidos de até 100 litros em áreas públicas ou terrenos de propriedade pública ou privada Varrer para a rua resíduos do interior de prédios, terrenos ou calçadas

METRO PORTO ALEGRE FOTO: RICARDO GIUSTI/PMPA


|04|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Câmara corre para colocar pauta em dia Legislativo. Após 5 meses sem votar nada, deputados preparam um esforço concentrado de votações. Campanha eleitoral é adversária do plano de reconciliação com as ruas

Câmara tenta impor ritmo de votações | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Imobilizada pelo Marco Civil da Internet -- que demorou cinco meses para ser votado --, a Câmara planeja tirar a produtividade do plenário este ano praticamente do zero e votar projetos com apelo popular. São, ao todo, 6 PECs (Propostas de Emenda à Constituição) e 42 projetos, incluídos na pauta pelos líderes partidários que receberão o carimbo de prioridade a partir desta semana. O ano eleitoral é a principal barreira para que dê certo a tentativa dos deputados de mostrarem serviço. O esforço concentrado foi antecipado para abril justamente para minimizar o risco iminente de esvaziamento da Casa a partir de junho, quando começam oficialmente as campanhas para as eleições de outubro. A pauta retira da paralisia projetos que saíram da gaveta em função das manifestações populares de junho do ano passado. É o caso, por exemplo, da lei que torna a corrupção um crime hediondo. Vistas como uma conquista histórica, as regras para garantir o acesso a direitos pelos trabalhado-

48

propostas em tramitação na Câmara foram incluídas na pauta do esforço concentrado para votação até as eleições. res domésticos aguardam análise dos deputados desde julho do ano passado, quando foram aprovadas pelo Senado. A paralisia dos trabalhos levou até a um descumprimento de uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que fixou dezembro de 2013 como prazo limite para que o Congresso aprovasse a lei de defesa dos usuários do serviço público. “Deixamos de cumprir nosso dever com a pauta da sociedade”, reconhece o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Polêmicas Se o esforço de fato vingar, a Câmara se debruçará sobre temas polêmicos, como a permissão de biografias não autorizadas e a revisão da lei da imprensa para incluir o direito de resposta.

Destaca-se no campo político a PEC que exige que políticos cumpram promessas de campanha e o projeto que pune as denúncias infundadas com o objetivo apenas de trazer prejuízos eleitorais. Na área econômica, estão na lista de prioridades a regra para a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço) e o projeto que aumenta a participação estrangeira em sociedades com companhias aéreas brasileiras. O governo só observa a intenção dos deputados, mas, de antemão, orientará a base aliada a votar favoravelmente aos projetos, desde que não haja despesas para os cofres públicos. Por isso, os projetos que tratam da criação do piso nacional para agentes de saúde, bombeiros e policiais militares, além da redução de jornada de trabalho dos enfermeiros -prontos para votação em plenário -- devem ficar fora da lista. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|05|◊◊

Manifestantes invadem edifícios na Ucrânia

Crise no leste europeu. Ativistas pró-Rússia ocupam sedes do governo em cidades no leste e hasteiam bandeiras do país vizinho. Presidente em exercício Oleksander Turchinov cancela viagem para lidar com protestos que tomam conta de ruas e avenidas

Manifestantes pró-russos acenam bandeiras em Donetsk | REUTERS

Manifestantes pró-Rússia invadiram ontem sedes do governo ucraniano em diversas cidades ao leste do país. Em Donetsk, a 80 km a oeste da fronteira com a Rússia, um grupo de pessoas invadiu um prédio do governo local e ergueu uma bandeira da Rússia. Em Luhansk, a nordeste de Donetsk, centenas de pessoas cercaram a sede local do serviço de segurança. Um grupo, inclusive, escalou a fachada do edifício para colocar uma bandeira russa no telhado. Protestos similares ocorreram ainda nos arredores de Kharkiv. Desde que a Crimeia aprovou um referendo de anexação à Rússia, em março, novos referendos similares surgem ao leste do país. No leste da Ucrânia está concentrado o suporte ao ex-presidente pró-Rússia Viktor Yanukovich. Cerca da metade dos moradores da região é russa étnica e acredita que

as autoridades ucranianas são nacionalistas, que irão oprimir os russos do país. Para lidar com os protestos, o presidente em exercício Oleksander Turchinov cancelou uma viagem à Lituânia. Ele participa de uma reunião de emergência com os chefes dos serviços de segurança. O ministro do interior, Arsen Avakov, escreveu, em sua conta no Facebook, que a Rússia é a culpada pela turbulência. “(Vladimir) Putin e Yanukovych ordenaram e financiaram outra série de agitação separatista no leste”, disse. Avakov acrescentou que a situação voltará ao controle sem sangue. O governo interino da Ucrânia nega que infringe os direitos da população russa étnica e acusa Moscou de tentar causar instabilidade. A Rússia moveu uma vasta tropa para áreas próximas da fronteira com a Ucrânia. METRO

Eleições. Costa Rica escolhe novo presidente em 2º turno No segundo turno das eleições ontem na Costa Rica, pesquisas apontam o favoritismo do candidato opositor, Luis Guillermo Solís. Terceiro nas pesquisas para o primeiro turno, realizado em fevereiro, Solís surpreendeu ao chegar em primeiro lugar, com 30,8% dos votos, à frente de Johnny Araya (29,6%), do Partido Liberação Nacional, da atual presidente Laura Chinchilla. Araya, ex-prefeito de San José, anunciou no começo de março que ele se retirava da disputa, diante de pesquisas

que prenunciavam uma derrota por até 45 pontos de diferença com Solis. Cerca de 3,1 milhões de eleitores foram convocados. Tanto o governo quanto os candidatos trabalharam para motivar os eleitores a comparecerem às urnas. “Vamos começar uma etapa importante para a democracia”, disse Solís, pedindo que os eleitores fossem votar “logo cedo”. No país, o voto é obrigatório, mas não há penalidades para quem não comparecer às urnas. No primeiro turno, a abstenção foi 31%. METRO


|06|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

TERCEIRIZAÇÃO DENTRO DA LEI A terceirização de mão de obra é um daqueles assuntos que, por envolver legislação, costuma suscitar dúvidas entre os donos de micro e pequenas empresas. É comum empreendedores procurarem o Sebrae-SP com perguntas sobre o tema. Por possibilitar a redução de custos com encargos trabalhistas, mostra-se uma opção interessante. Porém, não é válida em qualquer caso e é preciso atenção para não infringir as regras. Pela lei, só é possível recorrer a terceirizados para a atividade-meio (de suporte) e não para a atividade-fim da empresa, isto é, aquela para a qual o negócio foi criado. Um salão de beleza, por exemplo, não pode terceirizar os cabeleireiros.

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Além disso, a relação com o terceirizado é diferente da com o funcionário. O prestador de serviço tem independência total para executar suas tarefas; não está sujeito ao cumprimento de horários nem frequência e não pode receber ordens diretas do contratante. O Código Civil rege o relacionamento entre empresa tomadora e empresa fornecedora de mão de obra. Mas caso se constate vínculo empregatício, fica configurada fraude e a situação passa para a esfera trabalhista, submetida à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A terceirização traz a vantagem de simplificar a estrutura administrativa, permitindo ao dono do negócio e sua equipe cen-

trarem esforços apenas na atividade principal. Assim, abre-se espaço para aumentar produtividade e ganhar competitividade. No entanto, é primordial certificar-se de que o prestador de serviço tem capacidade para fornecer o que foi estabelecido. Não se deixe levar pelo preço e sempre busque empresas ou profissionais idôneos. Lembre-se: o contrato deve ser feito por escrito e a contratada tem de comprovar que está em situação regular. Tramita no Congresso projeto de lei que sugere mudanças nas normas. Não vamos discutir neste momento seu mérito. O fato é que, enquanto não há uma conclusão sobre a proposta, deve-se seguir a regra vigente. Informe-se, avalie as alternativas e adote o procedimento caso considere vantajoso. Se você tem alguma dúvida ou gostaria de contar sua história sobre empreendedorismo, escreva para mim (bcaetano@ sebraesp.com.br). Este espaço também é seu.

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

PUBLICIDADE

Indústria aposta em feirões para desencalhar carros Veículos. Estoques crescem 11% e atingem o maior nível desde 2008. Caixa promove salão com taxas de juros a partir de 0,93% ao mês Com estoques elevados nas concessionárias e fábricas, a indústria de automóveis aposta nos feirões para elevar as vendas no país. Em março, o número de veículos encalhados nas montadoras e concessionárias aumentou 11% em março, passando de 348,9 mil em fevereiro para 387,1 mil unidades. O volume representa 48 dias de vendas, contra 37 dias no mês anterior, segundo a Anfavea (associação das montadoras). É o maior número desde novembro de 2008, em meio à crise econômica global, quando os estoques somavam 56 dias. Além de tradicionais feirões das montadoras, a associação fechou pela primeira vez uma parceria com a Caixa Econômica Federal, para realização do Salão do Automóvel, que acontece entre a próxima quinta-feira e sábado. A ação, que tem como alvo 2,8 milhões de correntistas da Caixa com crédito pré-aprovado e também clientes que não têm relacio-

Estoques de lojas e fábricas chegam a 387 mil carros | MILA CORDEIRO/FUTURA PRESS

namento com o banco, será realizada em todos os Estados brasileiros, exceto Acre, e no Distrito Federal, totalizando 363 municípios, com participação de 1.470 concessionárias, de 34 marcas. Os financiamentos serão concedidos com taxas a partir de 0,93% ao mês e prazos que vão até 60 meses. Segundo o último levantamento do Banco Central, feito entre 17 e 21 de março, a taxa cobrada pelo banco estatal é de 1,52% ao mês, a menor entre os seis principais bancos

do país. Na sequência, aparecem Banco do Brasil (1,61%), Itaú (1,64%), HSBC (1,68%), Santander (1,70%) e Bradesco (1,76%). Os bancos de montadoras, em geral, oferecem juros menores, entre 0,63% e 1,46% ao mês, mas o CET (Custo Efetivo Total) costuma ficar maior. No mês passado, o setor automotivo comercializou apenas 240 mil veículos zero-quilômetro no mercado interno, retração de 7,1% em relação ao mês anterior. Frente a março de 2013, a queda chega a 15%. “No ano passado passamos por um momento de expectativa de aumento de IPI em março, que acabou sendo adiado no fim daquele mês. Além disso, tivemos neste ano aumento de preço em razão da elevação do IPI e da introdução de airbag e ABS nos veículos leves e, por último, tivemos ainda dois dias úteis a menos em função do feriado do Carnaval”, disse Luiz Moan, presidente da Anfavea. METRO

Preços no varejo virtual registram alta em março Os preços dos produtos vendidos no comércio eletrônico subiram 6,61% em março na comparação com o mês anterior. Segundo o índice e-Flation, calculado pelo Provar (Programa de Administração do Varejo) da FIA (Fundação Instituto de Administração), a alta foi puxada pela troca de estação, que fez os preços de vestuários registrarem alta de 29,98%. Segundo o coordenador de pesquisas do Provar, Nuno Fouto, a pesquisa considera os preços dos produtos mais comprados na internet. Com a mudança de estação, as lojas passaram a oferecer artigos de vestuário de maior valor agregado, o que explica a forte alta no mês. “São produtos com preços mais elevados”, explica.

6,6%

foi a alta dos gastos no comércio eletrônico registrada no mês passado, segundo o índice e-Flation. De qualquer forma, segundo Fouto, os preços também estão em alta no comércio eletrônico. Sem considerar a categoria “Moda e acessórios”, que representa 18% do indicador, a inflação registrada na internet foi de 1,21% em março, acumulando uma elevação de 4,12% nos últimos 12 meses. Em fevereiro, também sem considerar itens de vestuário, preços tiveram queda de 1,15% e uma alta de

2,51% em um ano. “A alta dos preços de internet reflete um pouco o ocorrido no varejo em lojas físicas, mas em menor proporção por conta da concorrência no espaço virtual”, diz Fouto. Os produtos de telefonia e celular, por exemplo, ficaram 4,44% em março, após registrar uma queda de 7% no mês anterior. Também apresentaram aumento de preços brinquedos (2,49%), medicamentos (2,3%), produtos de cine e fotos (1,60%), eletrodomésticos (1,34%), eletroeletrônicos (1,10%) e perfumes e cosméticos (1,19%). Já as categorias que tiveram deflação foram: livros (-0,19%), informática (-0,94%) e CDs e DVDS (-1,93%). METRO


2 CULTURA

No Sesc

Alemã

A cineasta Yasemin Samdereli fala sobre sua trajetória hoje, às 19h, no Teatro do Sesc (av. Alberto Bins, 665). O encontro abre a mostra “Encontro com o Cinema Alemão”, que começa amanhã e vai reunir dez produções recentes. Entrada franca.

|08|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Fernanda, a compositora Música. Cantora da banda Pato Fu assume de vez função de letrista no disco ‘Na Medida do Impossível’, O seu terceiro álbum solo Já se passaram mais de 20 anos de carreira e Fernanda Takai não conseguia ficar à vontade para compor fora do Pato Fu. Ela até tentou em seu segundo disco solo, “Luz Negra” (2009), com a gravação da canção “5 Discos”, mas a redenção chegou mesmo só agora, com o lançamento de “Na Medida do Impossível”. Das 13 músicas do álbum, cinco foram escritas por Fernanda – e quatro são em parceria. “Já que me aventurei a compor fora da banda, também não quis escrever com o John Ulhoa [marido e parceiro de Pato Fu]. Então resolvi chamar novos amigos.” As quatro parcerias são bem diversas: “De um Jeito ou de Outro”, com Marcelo Bonfá; “Seu Tipo”, com Pitty; “You and Me and the Bright Blue Sky”, com Charles Pinto; e “Quase Desatento”, com Marina Lima. “Gosto de ter a visão de outras pessoas na música para

trocar ideias”, diz Fernanda, que assina sozinha apenas a canção “Partida”. Outra parte do álbum inclui versões, sendo algumas bem curiosas. É o caso “Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme”, sucesso na voz de Reginaldo Rossi e gravada agora ao lado de Zélia Duncan. Outros que chamam a atenção são “Como Dizia o Mestre”, de Benito Di Paula, e “Amar como Jesus Amou”, de padre Zezinho, em que Fernanda divide os vocais com o padre Fábio de Melo e faz sons que lembram música para videogame. “Aprendi a tocar violão na época que estudava em escola católica, então essa música tem uma mensagem muito positiva para mim”, explica. O álbum, que teve financiamento do projeto Natura Musical, já está disponibilizado para streaming no iTunes e deve chegar às lojas ainda nesta semana. “O disco vai sair em vinil e em

“NA MEDIDA DO IMPOSSÍVEL” FERNANDA TAKAI DECK/NATURA MUSICAL US$ 10, NO ITUNES

CD, mas penso que ele precisa ser lançado para todos os tipos de pessoas, que gostam do material físico ou do virtual”, diz a cantora. Ela só planeja shows a partir de agosto. “Quero dar um tempo para que o público conheça o disco. Turnê só faz sentido assim.” Enquanto isso, durante a Copa do Mundo, ela volta ao estúdio para gravar, dessa vez com o Pato Fu. “Já temos muitas músicas prontas, mas por conta das nossas travessuras [os outros músicos também estão lançando discos solo], esse material vai ficar para depois”, finaliza. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

‘Na Medida do Impossível’ é o novo solo de Fernanda | BRUNO SENNA/DIVULGAÇÃO


|10|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Arte. Falta pouco para a reabertura do Capitólio

Adeus, José Wilker

DIVULGAÇÃO

Na comédia ‘Giovanni Improtta’, de 2013, último longa em que Wilker atuou e dirigiu

Luto. Amigos prestaram ontem última homenagem ao ator e diretor, que morreu de infarto, aos 66 anos

Antigo cinema está em reforma há quase uma década | LUCIANO LANES/PMPA

Depois de uma década, tudo indica que a novela Cine-Theatro Capitólio vai chegar ao fim em Porto Alegre. Na sexta-feira, o prefeito José Fortunati apresentou o local à imprensa e descerrou uma placa em homenagem aos patrocinadores e apoiadores do espaço, localizado na esquina da Borges de Medeiros com a Demétrio Ribeiro. A Encontros

cerimônia simbolizou que as obras de recuperação do prédio estão concluídas. Restam agora as adequações ao plano de prevenção a incêndios e acertos no sistema de projeção e sonorização da sala de cinema. O secretário da Cultura, Roque Jacoby, acredita que a abertura oficial será em “três ou quatro meses”.

Lorde Cigano de ‘Bye Bye Brasil’ (1979) REPRODUÇÃO

MARCELO SERRADO, ATOR

METRO POA

Intercâmbio

Meme traz dupla de residência artística

Festival de Teatro abre inscrições para cursos

A bailarina brasileira Mayra Becker e o ator e dramaturgo António M. Rodrigues (de Portugal) estreiam hoje, no Mene Santo de Casa (r. Lopo Gonçalves, 176), o programa “Solaris Arte”. É um projeto de residência artística de dez dias, tempo em que a dupla vai oferecer diversas atividades ao público de Porto Alegre, como cursos, oficinas, vivências, experiências, criação e performances. As inscrições estão abertas no site www.centromeme. com.br. Informações pelo tel.: 3019-2595.

O Festival Internacional de Teatro de Rua de Porto Alegre, marcado para o final deste mês, está recebendo inscrições para as ações complementares, como oficinas, workshops, palestra e bate-papos. A programação completa está no site www.ftrpa.com.br

METRO POA DIVULGAÇÃO

Performance de Mayra e Antonio

As atrizes Renata Sorrah e Susana Vieira se abraçam no velório | ALE SILVA/FUTURA PRESS

Foi Roque na novela ‘Roque Santeiro’ (1985) DIVULGAÇÃO/ TV GLOBO

METRO POA

Curso

Jornalista ensina dicas para apreciar cinema A crítica de cinema Ana Maria Bahiana volta a Porto Alegre com o curso “Como ver um Filme”, em que dá dicas sobre a construção de roteiro, as opções dos diretores e o trabalhos dos atores. Os encontros serão hoje e amanhã, às 19h, no Centro CEEE Erico Verissimo. Inscrições pelo tel.: 9320-2714. METRO POA

Vadinho em ‘Dona Flor e Seus Dois Maridos’ (1976) REPRODUÇÃO

Como Juscelino Kubitschek na minissérie ‘JK’ (2006) TV GLOBO/DIVULGAÇÃO

“Falei com ele ao telefone na sexta-feira, ao meiodia, para marcarmos um encontro na segunda [hoje]. Foi isso. Você fala com uma pessoa e ela não está mais aqui. Wilker não morreu, ele está no coração da gente.”

A morte de José Wilker, aos 66 anos, pegou amigos, parentes e fãs de surpresa. Ele sofreu um infarto fulminante enquanto dormia, na manhã de sábado, aos 66 anos, na casa de sua namorada, a jornalista Claudia Montenegro, no Rio de janeiro. Não houve tempo de ele ser socorrido. Consternados, amigos e familiares começaram a se despedir do artista no velório que teve início às 23h de sábado. A cerimônia foi aberta ao público no Teatro Ipanema, na zona sul, até o final da tarde de ontem. Às 18h, o corpo do ator e diretor foi cremado no Memorial do Carmo. No Rio Grande do Sul, o Festival de Cinema de Gramado lançou lamentando a morte de Wilker, que, desde 2012, integrava a curadoria do evento ao lado de Marcos Santuario e Rubens Ewald Filho. José Wilker de Almeida deixou duas filhas: Isabel (do casamento com a atriz Mônica Torres) e Mariana (do relacionamento com a atriz Renée de Vielmond). Paixão pelo cinema Seu coração parou, e a arte não perdeu apenas um ator, mas um homem múltiplo. O

cearense de Juazeiro do Norte, que começou a carreira como locutor, também se destacou, em seus mais de 40 anos de carreira, como diretor, autor e crítico de cinema. Nas novelas, a estreia foi em Bandeira 2 (1971). Mas o primeiro protagonista de sucesso foi Mundinho Falcão, em “Gabriela” (1975). Ele ainda ficou marcado pelo personagem Roque Santeiro (1985), entre tantos outros. A última aparição na TV foi em 2013, em “Amor à Vida”, na qual viveu o médico Herbert. Aficionado por cinema, Wilker fez cerca de 70 filmes e tipos inesquecíveis como o Vadinho de “Dona Flor e Seus dois Maridos” (1976, de Bruno Barreto), o Lorde Cigano de “Bye Bye Brasil” (1979, de Cacá Diegues) e o Tenório Cavalcanti de “O Homem da Capa Preta”(1985, de Sérgio Rezende”). O último longa, que ele dirigiu e atuou, foi “Giovanni Improtta” (2013) – do bordão “felomenal”–, personagem que ganhou popularidade na novela “Senhora do Destino”. Em sua homenagem, a Globo vai exibir o filme hoje, às 22h15, na Tela Quente, na Globo. METRO RIO E BAND

“Dias [Gomes] me disse, há 40 anos, que o Wilker seria uma das pessoas mais importantes da TV. E ele foi mais do que isso. Era um talento, nasceu para isso.” BONI, DIRETOR

“Ele era meu amigo há 50 anos. A única coisa que eu posso fazer é orar, pedir que ele não sofra e que entenda que fez a passagem.” MILTON GONÇALVES, ATOR

“Eu ainda não realizei que não terei mais esse amigo para conversar, telefonar. Foi uma surpresa. Ele deixa saudade da companhia, do humor, da risada, da cultura, de tudo.” BETTY FARIA, ATRIZ

“É um grande amigo, um artista em todos os níveis que a gente perde. Wilker era muito rico, culto. Sobrou muita coisa dele que vai ficar com a gente, com a nossa cultura.” STÊNIO GARCIA, ATOR


|12|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

O QUE ROLOU NAS COPAS

Os invasores

Chega de violência

SERGIO PATRICK

Parabéns pelo editorial do Metro de quinta. Este assunto de segurança tem de se manter falando. A coisa está demais.

DA RÁDIO BANDEIRANTES

PAULO REBELLO – PORTO ALEGRE, RS

AM 840 / FM 90,9

Obras do BRT

SEM PELÉ, MAS NÃO SEM CRAQUES

Cruzadas

A primeira Copa do Mundo sem Pelé desde 1958 viu o brilho de dois craques europeus: o holandês Johan Cruyff e o alemão Franz Beckenbauer. A Alemanha, aliás, eram dois países separados depois da Segunda Guerra Mundial. A parte Ocidental foi anfitriã em 74 e chegou a ser surpreendida pela Alemanha Oriental na primeira fase ao perder por 1x0, num jogo que teria perdido para evitar encontrar Holanda e Brasil antes da final. E deu certo. Na final, os alemães ocidentais prevaleceram novamente contra a sensação do torneio, como havia acontecido 20 anos antes contra a seleção da Hungria comandada pelo craque Ferenc Puskas.

Poucos meses se passaram desde que alguns trechos dos corredores de ônibus da Osvaldo Aranha e Protásio Alves viram máquinas e operários no local de forma intermitente. O recapeamento não está pronto, mas o pavimento novo já está danificado. Na altura da Corte Real há uma cratera. As perguntas são: quem faz a vistoria dessas obras? Qual o compromisso dessa equipe técnica com o legado que o nosso prefeito pretende deixar para os seus eleitores? O que se vê, leva-nos a crer que tal construção terá vida curtíssima, talvez de apenas um ano. MARIA REJANE DA COSTA – PORTO ALEGRE, RS

Trânsito na zona sul Sou morador de Ipanema e registro minha indignação a respeito da av. Coronel Marcos. Até quando teremos que suportar a terrível rotina de trânsito nessa via? Diariamente, um forte congestionamento se forma pela manhã e final de tarde, ocasionado principalmente, além do elevado número de veículos, pelo estrangulamento de pista que ocorre próximo à entrada da sede da AABB. Até quando as autoridades competentes vão ficar de braços cruzados frente a um problema que, a cada ano, piora cada vez mais?

NOVA TAÇA, NOVAS PREOCUPAÇÕES

Beckenbauer levantou em 74 um novo troféu, já que o Brasil havia conquistado com o tricampeonato em 70 a posse definitiva da Taça Jules Rimet, roubada da sede da CBF em 83. O artista italiano Silvio Gazzaniga ganhou concurso entre 53 designers de 7 países com uma peça de 36 centímetros e 6 quilos de ouro que tinha dois atletas em espiral, celebrando com os braços para cima e carregando uma representação do mundo. O ataque terrorista que ocorrera dois anos antes, nos Jogos Olímpicos de Munique, contra o alojamento de atletas israelenses, fez com que o governo alemão transformasse as concentrações da Copa de 74 em locais superprotegidos.

HAMILTON OLIVEIRA – PORTO ALEGRE, RS

Sudoku

FLECHA POLONESA A artilharia da Copa de 74 ficou com um polonês, carequinha e rápido. Lato corria 100 metros em menos de 11 segundos. O atacante marcou 7 vezes na Alemanha, uma delas na vitória por 1 x 0 sobre o Brasil, na disputa do terceiro lugar. A Seleção Brasileira comandada por Zagallo teve uma campanha pobre em números: foram 7 jogos, 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, com 6 gols a favor e 4 contra. Dentre os destaques positivos o goleiro Émerson Leão, reserva em 70, e que teve ótimas atuações. E outro remanescente do tri, o meia Rivellino, que marcou três gols na Copa.

Metro pergunta

Todos os táxis da capital Siga o Metro irão aceitar cartões até no Twitter: junho. De que forma isso @jornal_metropoa irá facilitar o seu dia a dia? @tercio

VIVA.

@Victor_Luz_

1) Troco incompleto nunca mais 2) Nada de sair correndo pra um caixa eletrônico antes de pegar táxi.

Colaboraram Leandro Quesada e Alexandre Praetzel, da Rádio Bandeirantes.

Metro web Para falar com a redação:

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Leitor fala

leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Mercúrio ingressa em seu signo, influência importante para esclarecimentos e conversas com suas relações. Favorece estudos e cultura.

Atividades culturais, estudos e viagens estão propícias para serem tratadas. Momento para exercitar sua fé, com ou sem religião.

Os contatos sociais são propensos a serem mais frequentes. Na vida amorosa, boa oportunidade para se expor de maneira mais afetuosa.

O momento é de reflexão para seus projetos e repensar quantos valem a pena. Atente-se para não se sacrificar demais por quem não merece.

Valorize as pesquisas e seja mais ponderado com finanças. Possibilidades para repensar despesas e lidar com algumas extras.

São maiores as possibilidades para retomar assuntos especiais junto a familiares. A organização do lar tomará sua atenção.

Tendências a se envolver com grupos e retomar amizades. Cuide para não intervir demais em assuntos de quem gosta.

O momento é especial para retomar assuntos ou expor mais seus pensamentos na vida afetiva. Atente-se para não se exceder em exigências.

Os estudos e interesses culturais despertarão mais motivação. Nos relacionamentos, seja mais cuidadoso com o que disser.

Período especial para contatos profissionais. Assuntos que envolvam documentos, e-mails ou comunicações marcarão negócios.

Os assuntos do trabalho tomarão empenho para algum ajuste. Tendências a incrementar atividades diferentes em sua rotina.

Questões financeiras envolverão sua semana com mais empenho para projetos. Boa ocasião para repensar gastos e interesses materiais. 


3

|14|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

ESPORTE

D’Ale, Beira-Rio!!! Ator voando pelo Beira-Rio, representando Dadá Maravilha, que pairava no ar como um Beija-Flor, foi um dos destaques da festa colorada no sábado | GABRIELA DI BELLA/METRO

Show vermelho. Inter festeja reinauguração do Beira-Rio com festa relembrando a história do estádio e com dois gols de D’Alessandro

Reconhecimento

“O maior ídolo de todos é o Índio. Se depender de mim, ele fica até o fim do ano.” ABEL BRAGA, SOBRE O ZAGUEIRO ÍNDIO

Assim como um jogo de futebol, os festejos de reabertura do Beira-Rio foram divididos em dois tempos. A primeira metade desta “partida” foi representada com o show, no sábado, capaz de trazer o sentimento colorado em cada uma das etapas vivida pelo time nos primeiros 45 anos do estádio. O segundo começou com o amistoso com o Peñarol, vencido por 2 a 1, com gols de D’Alessandro, representando o desejo de novas conquistas na casa colorada. Repleto de efeitos, shows musicais, projeções e depoimentos de quem ajudou a escrever dentro de campo os anos mais vitoriosos da história colorada, a festa de reabertura no sábado emocionou o torcedor como na cabeça de Figueroa em 1975, Rafael Sóbis em 2006 e Adriano Gabiru no Mundial, entre outros. O icônico gol de Gabiru, quando projetado, foi comemorado como se estivesse ocorrendo de verdade no gramado do Beira-Rio. Muitos torcedores não seguraram as lágrimas. Mas até as grandes conquistas dos últimos anos, muito se passou naquele palco e poucos ajudaram o clube a crescer como Paulo Roberto Falcão. Primeiro, ele levou tijolos para a construção do

novo estádio. Como jogador, foi o principal expoente colorado nos títulos nacionais dos anos 1970. O ex-camisa 5 foi um dos grandes destaques da festa, emocionado o torcedor ao aparecer no gramado com o uniforme de 1975 e, depois, em seu discurso. Figueroa, D’Alessandro e Fernandão também brilharam. Humilde, o presidente Giovanni Luigi abriu mão de discursar e apenas declarou o estádio como inaugurado. Momentos emblemáticos como o Gre-Nal do Século, a Copa do Brasil, as Libertadores, Recopas e Mundial também ganharam espaço e foram festejados. Mas Fabiano, emocionou o Beira-Rio ao recordar o Gre-Nal dos 5 a 2 e lamentar não ter dado um grande título ao clube. “Nós tentamos”, foi tudo o que

2 1 • • •

conseguiu dizer antes de ser interrompido pelas lágrimas. E se há alguém que o torcedor queria ver comemorando gol ontem, no amistoso, era D’Alessandro. De falta e de pênalti, o meia marcou os gols da vitória. O Penãrol com seu time reserva não teve força para manchar a de preto e amarelo a festa colorada, apesar de Fernandez ter marcado um gol. O Inter está de volta a sua casa. O Beira-Rio parte para os seus próximos 45 anos e espera que em seu gramado pisem novos Índios, D’Alessandros, Fernandões, Falcões, Valdomiros, Claudiomiros...

D’Alessandro vibrou muito no primeiro gol | VINÍCIUS COSTA/INTERNACIONAL

VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

INTER

Dida (Muriel); Gilberto (C. Winck), Paulão (Índio), Ernando (Alan) e Fabrício (A. Ruschel); Willians (Gladestony), Aránguiz (J. Henrique), A. Patrick (Ygor) (Thales), D’Alessandro (E. Sasha) e Valdívia (W. Paulista); Rafael Moura (Murilo). Técnico: Abel Braga Lerda (Gelpi); Macaluso , Bizera, MacEachen (Núñez) e Albín (Lima); Novick (Sandoval), Raguso (Silva ) e Nandez (Medina); Pacheco (Fernandez), Leyes (Píriz) e Toledo (J. Rodríguez). Técnico: Jorge Fossati

PEÑAROL

Local. Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre Gols. D’Alessandro, aos 5’ e aos 15’ do primeiro tempo; e Fernandez, aos 30’ do segundo tempo. Arbitragem. Jean Pierre Lima, auxiliado por Altemir Hausmann e Tatiana Freitas

Índio vai às lágrimas Índio foi o grande homenageado de ontem. Presente nas maiores conquistas do clube, o defensor chorou ao dar a volta olímpica com a taça da vitória. Ao entrar no 2o tempo, recebeu a faixa de capitão de D’Alessandro. “Estou muito feliz. Sempre fiz o meu trabalho, sempre fui um mero coadjuvante”, afirmou | GABRIELA DI BELLA/METRO


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Hamilton vence no Bahrein Fórmula 1. Mercedes sobra no circuito de Sakhir e piloto inglês fica com a vitória depois de duelo com Nico Rosberg. Massa foi o 7o Mesmo que não fosse o 900º GP da história da Fórmula 1, a etapa do Bahrein, disputada ontem no circuito de Sakhir, já estaria na lista das grandes corridas da categoria. Emocionante do início ao fim, a prova reafirmou o que se desenha desde o começo da temporada: o domínio da Mercedes, desbancando a Red Bull dos últimos quatro anos. O inglês Lewis Hamilton repetiu o resultado obtido na Malásia, domingo passado, e foi o mais rápido. Seu companheiro de time, o alemão Nico Rosberg, foi o segundo. O mexicano Sergio Pérez, da Force India, fechou o pódio. Felipe Massa foi o sétimo. O brasileiro afirmou ter sido atrapalhado pela entrada

do safety car após o acidente envolvendo o mexicano Esteban Gutiérrez e o venezuelano Pastor Maldonado. Rosberg lidera a classificação com 61 pontos, 11 a mais que Hamilton. O inglês, no entanto, com a 24a vitória na carreira, supera o brasileiro Nelson Piquet e iguala o feito do argentino Juan Manuel Fangio. Além da predominância da Mercedes, o GP do Bahrein marcou também a disputa de posições entre pilotos do mesmo time. Massa e Valtteri Bottas, que na Malásia se desentenderam, duelaram sem interferência da Williams; Hamilton e Rosberg fizeram o mesmo na Mercedes. Melhor para a Fórmula 1. METRO

{ESPORTE} Transferências

Copa Davis

Aos 35, Anelka vem ao Brasil para assinar com o Galo

Brasil vence Equador e vai à repescagem

O atacante francês Anelka, de 35 anos, chega ao Brasil nesta semana para assinar com o Atlético-MG. Ele estava sem contrato desde que deixou o West Bromwich (ING) e chega a custo zero, podendo ser inscrito na Libertadores. No Galo, Anelka reencontrará Ronaldinho, com quem atuou no PSG (FRA). Com 11 times no currículo, Anelka é o segundo jogador mais caro da história em transferências acumuladas, atrás apenas de Ibrahimovic. Apesar do histórico, sua última boa temporada foi no Chelsea (ING), em 2008/09.

O Brasil deu ontem o primeiro passo para voltar à elite da Copa Davis ao vencer por 3 a 1 o confronto contra o Equador, em Guayaquil, válido pelo zonal americano da competição. A equipe brasileira jogou desfalcada de Thomas Bellucci, 91º, que se recupera de um problema de desidratação. METRO

METRO

Lewis Hamilton comemora a 24ª vitória na carreira | CLIVE MASON/GETTY IMAGES

|15|◊◊

Volêi

Bernardinho ameaça deixar Seleção O técnico Bernardinho ameaçou deixar o comando da seleção brasileira masculina de vôlei, caso não haja mudanças de postura no comando da CBV, envolvida em um escândalo de corrupção. O desabafo ocorreu durante entrevista ao jornal “O Globo”. METRO


|16|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Encontro de gerações

Grêmio. Luan é dúvida para as oitavas da Homenagem. Festa colorada reuniu jogadores dos principais títulos conquistados durante a Era Beira-Rio Libertadores

“Que saudade eu estava de ti, Gigante”, gritou com a voz embargada o militar da reserva Plínio Luiz Tavares, 68 anos. Essa foi sua primeira reação ao entrar no reformado estádio. Acompanhado do filho, nora e neto, o sentimento de Plínio de volta à casa reflete o que se passou com os colorados. Quando ingressavam nas arquibancadas, os olhos brilhavam, um mostrava ao outro o arrepio que sentia por voltar a pisar no Beira-Rio. O encontro de gerações não ocorreu somente nas arquibancadas, mas também com pessoas que viram jogos nos Eucaliptos, ajudaram na construção do Beira-Rio e presenciarão a nova fase do estádio ao lado de pequenos que vivenciaram sua primeira experiência num campo de futebol. Ele também esteve presente com os jogadores de diferentes times que ajudaram a dar o peso ao gigante de concreto construído sobre um aterro no Guaíba. “Essa é a família colorada” resumiu Valdomiro, homem que mais vezes atuou com a camisa vermelha. “O Inter me deu tudo o que eu tenho”, complementou o ex-jogador, que revelou ter se emocionado dias antes quando foi ensaiar a sua participação no show. A emoção também esteve presente em Claudiomiro, autor do primeiro gol do estádio. “Isso aqui é um monumento. Foi um início em 69, agora é um reinício, que venham mais títulos”, desejou. À volta deles estavam companheiros dos anos 70 como Dario e Manga, um dos mais aplaudidos pelos torcedores, sejam eles mais vividos ou ainda imberbes. Na geração mais nova, Nilson retornava ao estádio

“Chorei no ensaio. O Inter me deu tudo. Espero que os jogadores nos deem muitas alegrias aqui. Temos que voltar a ganhar o Brasileiro.”

“É uma emoção muito grande. Estou impressionado, é um monumento. Em 1969 foi um início. Agora é um reinício.”

VALDOMIRO, JOGADOR QUE MAIS VEZES ATUOU PELO INTER

CLAUDIOMIRO, AUTOR DO PRIMEIRO GOL DO BEIRA-RIO

“O bom filho sempre volta para casa. E esta é a minha casa.” FIGUEROA, ZAGUEIRO DO INTER NOS ANOS 1970

“Estou muito contente. O Inter e a torcida estão no meu coração. Fiz muitas defesas aqui. Era difícil vazar o Manga.” MANGA, EX-GOLEIRO COLORADO

Falcão surgiu no gramado com o uniforme do título de 1975 | FOTOS: GABRIELA DI BELLA/METRO

onde marcou os dois gols do emblemático Gre-Nal do Século, em 1989. “Estou maravilhado”, resumiu. O ex-goleiro Fernandez veio do Paraguai para participar da festa. “É um estádio imponente. Lindo”, que coloca como seu grande momento no estádio as duas defesas de pênalti contra o Grêmio, na Copa do Brasil de 1992. O passado e o presente vitoriosos do Inter estiveram no Beira-Rio. O clube agora se prepara para escrever a primeiras páginas do seu futuro. VALTER JUNIOR METRO PORTO ALEGRE

Estruturas temporárias

TCE irá acompanhar instalação

Torcedores vibraram com momentos históricos do clube

O Tribunal de Contas do Estado acompanhará a contratação e instalação das estruturas temporárias no Beira Rio para a Copa. O trabalho de fiscalização inclui análise de documentos, como editais, e visitas periódicas aos canteiros de obras. O TCE também monitora as obras de pavimentação, drenagem e iluminação na área pública do entorno do estádio. METRO POA

Entorno e comunicação foram problemas Embora tenha passado bem pelos seus primeiros grandes testes, o Beira-Rio apresentou alguns problemas estruturais. O entorno do estádio, ainda em obras, é uma das questões a serem trabalhadas. Parte do pátio da casa colorada não está asfaltada, com o terreno coberto com brita. A chegada ao Beira-Rio foi lenta em alguns mo-

mentos, mas sem maiores problemas. Os torcedores chegaram de maneira diluída e não perderam muito tempo para ingressar. As rampas de acesso tinham uma pequena camada de poeira oriunda das obras, o mesmo ocorreu em algumas cadeiras na parte interna. A volta para casa gerou dores de cabeça. Com o es-

tacionamento coberto ainda fechado, os torcedores que foram de carro tiveram que estacionar seu veículo um pouco distante do estádio. Bares com valores altos Na saída, os táxis não deram conta da quantidade de torcedores. Muitos tiveram que caminhar bastante para conseguir um. Na

parte de dentro do estádio, os banheiros funcionaram normalmente, em alguns momentos faltou papel. Os bares não apresentaram maiores problemas, apesar dos valores elevados. Uma fatia de pizza custava R$ 10 e um refrigerante a metade deste valor. Havia poucas lixeiras para os resíduos nas áreas de alimentação do estádio.

O sistema de telefonia falhou em alguns momentos. Os torcedores tiveram dificuldade para postar fotos em redes sociais e utilizar os telefones celulares utilizando a tecnologia 3G. Nas cabines destinadas à imprensa, muitos cabos ficaram à mostra e não havia iluminação nos corredores internos. METRO POA

O meia-atacante Luan virou dúvida até para a segunda partida do Grêmio pelas oitavas de final da Libertadores. Na noite de sexta-feira, no Hospital Mãe de Deus, o jogador passou por uma cirurgia na mão direita em virtude da lesão ocorrida na partida contra o Atlético Nacional, na quarta-feira passada, em Medellín. A cirurgia foi considerada um sucesso pela equipe médica. No entanto, o período de recuperação é estimado em 30 dias. Dessa forma, Luan ficará fora da partida contra o Nacional do Uruguai, nesta quinta-feira, e da final do Gauchão, contra o Inter, no domingo. O jogador poderá ainda desfalcar a equipe de Enderson Moreira nas duas partidas pelas oitavas de final da Libertadores. O grupo gremista esteve de folga durante o final de semana e retorna hoje aos trabalhos. Quem deverá substituir Luan no período de recuperação é o argentino Alán Ruiz. Ingressos para quinta O Grêmio iniciou ontem, pela internet, a venda de ingressos para a última partida da fase de grupos da Libertadores, contra o Nacional, quinta, às 22h, na Arena. Nas bilheterias do estádio os ingressos estarão à venda a partir das 11h de amanhã. O Grêmio, com 11 pontos, precisa apenas de um empate para confirmar o primeiro lugar no grupo 6. Já para garantir a primeira colocação geral na Libertadores, será necessário vencer o Nacional e torcer pelo fracasso de Santos Laguna (13 pontos) e Vélez Sarsfield (12 pontos). METRO POA Estaduais

Ituano larga em vantagem Em vários Estados brasileiros ontem foi dia da primeira partida das finais dos estaduais de futebol. Em São Paulo, o Ituano largou na frente do Santos por 1 a 0 e joga por um empate domingo, na Vila. No Maracanã, Vasco e Flamengo ficaram no 1 a 1. O Rubro-Negro, pelo regulamento, joga agora por um empate. Mesmo caso do Cruzeiro, em Belo Horizonte, que ontem ficou no 0 a 0 com o Atlético-MG. METRO POA


PORTO ALEGRE - SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014



20140407_br_portoalegre