Issuu on Google+

GIL CANTA JOÃO

‘GILBERTOS SAMBAS’, PRESTA DELICADA HOMENAGEM A JOÃO GILBERTO PÁG. 10

CINEMA FRANCÊS

CURITIBA

16 FILMES SÃO EXIBIDOS PELO FESTIVAL VARILUX PÁG. 11

Segunda-feira, 7 de abril de 2014 Edição nº 736, ano 3

ADRIANO IMPERADOR

MÍN: 13°C MÁX: 28°C sunny

snow

rain

partly sunny

cloudy

www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb

sleet

ATLÉTICO VIAJA À BOLÍVIA thunder windy thunder part sunny/ showersPÁG. 15 showers COM O ATACANTE

Ações contra erro médico sobem 215% em 13 anos hazy

showers

Paraná. Levantamento de especialista aponta que 145 processos foram julgados entre os anos 2000 e 2013 no Tribunal de Justiça. Maior parte envolve mortes. Entre as razões para a alta estão maior conscientização dos pacientes e facilidade de acesso ao Judiciário PÁG. 03

EMPATE NO INTERIOR Primeiro jogo da final termina em 2x2 PÁG. 15

Feira do Largo tem 1,3 mil barracas | RODRIGO F. LEAL/METRO

Projeto quer itens da feirinha na internet Proposta na Câmara sugere que site seja criado e mantido pela prefeitura de Curitiba. Ideia divide comerciantes PÁG. 02

Uso e tráfico de drogas estão em 14 pontos no Centro Londrina e Maringá jogaram para público de 29 mil pessoas ontem. Ingressos para a decisão, no domingo, já estão esgotados | ROBERTO CUSTODIO/ JORNAL DE LONDRINA/AGP

Guardas municipais apontam áreas de circulação do crack. Polícia Civil pede leis mais rigorosas PÁG. 04


1 FOCO

Política

Fora das eleições

O ex-senador Osmar Dias (PDT) (foto) anunciou no sábado, no site do seu partido, que não será candidato a nenhum cargo nas eleições. Ele vinha sendo cotado como vicegovernador na chapa de Gleisi Hoffmann (PT), mas decidiu permanecer na vice-presidência de Agronegócio e Micro e Pequenas Empresas do Banco do Brasil. Também no sábado, o senador Roberto Requião (PMDB) disse que vai registrar nesta semana a pré-candidatura ao governo do Paraná.

Cotações Dólar - 1,66% (R$ 2,24) Bovespa - 0,63% (51.083 pts) Euro - 1,74% (R$ 3,07) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

|02|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Feira do Largo pode ter produtos na internet Comércio. Ideia é criar um portal para vender online os itens da feirinha A proposta de criação de um site para vender os produtos da feira do Largo da Ordem vem movimentando os comerciantes da região. A sugestão foi do vereador Cristiano Santos (PV), que protocolou, na semana passada, um requerimento na Câmara Municipal. Santos conta que a ideia veio de um cliente da feira, com quem conversou durante um evento. “Abraçamos na hora a sugestão. A feirinha já se tornou uma grande referência na cidade. Poderíamos usar essa boa imagem para ajudar os comerciantes a aumentar as suas vendas”, defendeu. Pelos números da prefeitura, todos os domingos a feira no o Centro Histórico tem 1,3 mil barracas, que vendem de artesanatos a antiguidades. A cada edição, o movimento médio de clientes supera 20 mil pessoas. Um dos comerciantes, Nilo Sérgio Pegoraro, diz que apoia a criação de um site, mas lembra que o primeiro obstáculo seria o de mobilizar os feirantes, que muitas vezes não são articulados. “Eu tenho um grupinho

“A feirinha se tornou uma grande referência na cidade. Poderíamos usar essa boa imagem para ajudar os comerciantes a aumentar as vendas.” CRISTIANO SANTOS (PV), VEREADOR

bom, mas a maioria das pessoas acaba trabalhando sozinhas e não podem nem sair das barracas. Alguns mal se cumprimentam”, conta. Além disso, ele diz que alguns produtos teriam problemas com transporte. “Trabalho com casa de bonecas e já tentei vender pela internet, mas, como o volume é grande, o frete acaba influindo em quase 50% do preço”. Algumas barracas, no entanto, já têm lojas online, conta Cleozir Martins Maier, que vende confecções. “Pessoas já passaram por lá e ofereceram para criar sites, mas é feito individualmente. Seria interessante um portal apenas para a feira, teria muito material bom para ex-

por”, opina. Pela proposta do vereador, a prefeitura seria a responsável por organizar os feirantes e montar o site. “Creio que poderia ser cobrada uma taxa de manutenção. Ainda tem várias Microempresas

Finanças. Governo quer R$ 250 mi para PPPs Os deputados estaduais votam hoje projeto de lei do governo do Paraná para autorizar o Executivo a emprestar até R$ 250 milhões do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Os recursos seriam aplicados em PPPs (Parcerias Públicos Privadas) que estão sendo planejadas pelo governo. Do total do valor, R$ 120 milhões seriam reservados para estradas, sendo que uma

São 1,3 mil comerciantes no local, especializado em artesanato |

Lei entra em vigor hoje

R$ 120

milhões de reais podem ser aplicados em rodovias, entre elas a duplicação de 220 quilômetros no Norte do Estado. das obras previstas é a duplicação da PR-323, entre Maringá e Francisco Alves, que tem 220 quilômetros de extensão.

O prefeito Gustavo Fruet (PDT) sanciona hoje a Lei Geral das Microempresas, Empresas de Pequeno Porte e Microempreendedores Individuais, que foi aprovada na Câmara Municipal em março. As novas regras prometem agilizar a abertura de empresas de pequeno porte, além de isentá-las de taxas nos primeiros 180 dias de funcionamento. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

CESAR BRUSITOLIN/SMCS

pessoas que estão na fila para conseguir uma barracas e elas poderiam ser contempladas”, afirmou. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Amanhã a Comissão de Economia da Câmara Municipal vai analisar projeto de lei do vereador Rogério Campos (PSC) que proíbe em definitivo os micro-ônibus de Curitiba de trafegar sem cobradores. No final de 2012, os vereadores já haviam aprovado uma regra municipal para tentar proibir a chamada dupla função dos motoristas, mas a Urbs encontrou uma brecha na legislação

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 041/3069-9191

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

pessoas, em média, passam aos domingos pela feira ao ar livre, segundo os dados da Prefeitura de Curitiba.

Micro-ônibus. Fim da dupla função volta a ser debatida

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189

20 mil

Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Diagramação: Luana Santana. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli

e continua utilizando apenas um funcionário nos micro-ônibus. A proposta de Campos suprime um artigo do texto de 2012. “Acabar com o cobrador não significa baixar a tarifa. É preciso pensar no bem-estar do passageiro, que viaja em um veículo pequeno, e também do profissional, que precisa prestar atenção em duas atividades distintas”, justificou. METRO CURITIBA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Processos por erro médico aumentam 215% em 13 anos Paraná. Foram 145 casos julgados no TJ. Conscientização da população e facilidade de acesso ao Judiciário estão entre as razões, diz especialista De 2000 a 2013, o número de processos por erro médico deu um salto de 215% no Paraná. Foram 145 julgados no TJ-PR (Tribunal de Justiça), sendo 90 com danos morais. Os dados são de levantamento feito em vários estados pelo advogado Raul Canal, que lança na quinta-feira, em Curitiba, o livro “Erro Médico e Judicialização da Medicina”. Entre as razões para a alta estão a conscientização da população e a maior facilidade de acesso ao Poder Judiciário, aponta Canal. “Não presumo que tenha aumento nos erros, mas o consumidor reclama mais. Além disso, com os juizados especiais sem custas, há maior facilidade de acesso ao Judiciário. Antigamente, o paciente ou perdoava o médico ou entendia como vontade de Deus”, argumenta o advo-

90 casos envolveram danos morais

| RENATO COBUCCI / FUTURA PRESS

gado, que é ex-presidente do IBDM (Instituto Brasileiro de Direito Médico e Bio-Direito) e da Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bio-Ética. O presidente do CRM-PR (Conselho Regional de Medicina), Maurício Ribas, diz que a alta também decorre do maior número de profissionais e, claro, de procedimentos, além do fato de ‘erro mé-

dico’ ser denominação para todo tipo de problema. “É, infelizmente, termo consagrado a todas as situações com deslize do ato em si, não significa que o médico errou, às vezes a enfermeira errou, mas é ‘erro médico’”, argumenta. Casos A 90 ações por danos morais resultaram em 33 conde-

nações (37%). A maior parte (23%) envolve morte. “O médico passa por processo ético-profissional no CRM e por processo penal, respondendo por homicídio doloso ou culposo”, explica o advogado. Duas ações foram anuladas e 55 foram julgadas improcedentes. “Em vários casos o paciente não tinha razão porque houve uma fatalidade. Mas há casos em que o paciente tem razão, mas não consegue provar”, diz Canal. Essa dificuldade, argumenta, se dá porque a perícia, em geral, é feita até cinco anos após o ocorrido “porque o Judiciário é lento”. “Outro fator é que é preciso médico perito, uma dificuldade porque há poucos capacitados para auxiliar a Justiça”, critica. O paciente pode fazer denúncias no CRM-PR. “A pro-

fissão médica não é isenta de falhas, mas a nossa função enquanto conselho é zelar pelo bom desempenho da profissão”, frisa Ribas. Na AMP (Associação Médica), há trabalho preventivo. “Trabalhamos com educação continuada, junto com as sociedades especializadas. São palestras sobre técnicas, congressos que tratam de avanços na área. A ideia é que o médico tenha cada vez mais qualidade para evitar erros”, comenta Fabiano Araújo, advogado do AMP. O TJ-PR foi procurado pelo Metro Jornal, mas não retornou com posicionamento sobre os dados. CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

Consequência do erro

Segundo levantamento: • Morte: 23% • Dor, sofrimento e constrangimento: 16,6% • Sequelas motoras: 13,5% • Sequelas neurológicas: 7,2% • Cegueira: 6,25% • Danos estéticos, perda de órgãos ou funções do organismo e disfunção erétil: 5,2%


|04|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Centro tem 14 pontos de uso e tráfico de drogas Curitiba. Guardas municipais apontam principais pontos especialmente de crack, e Polícia Civil reconhece. Prefeitura quer humanizar o tratamento

PASSEIO PÚBLICO R . PR E S

Baixo São Francisco

S C AVA

LC ANT

L CHA ARE

I

E MAIO

OU SÉ L

DEO

D OR

AV. MARECHAL DEODORO

O

Rua Conselheiro Laurindo

O REIR

ET A PE RN O AN IL I EM R.

ARR

OS

Terminal do Guadalupe

ES

DE B

R TOR

AR A E GU C. D

7D AV.

E SE

TEM

B RO

VA PUA

Pça. Eufrásio Correia

. FR R IG O A NC

A OT T

A JA SILV AV.

RDIM

AÇU IGU AV.

PR AV.

GE E S.

Av. Presidente Getúlio Vargas

inspetor Cláudio Frederico. A delegada Camila ainda comenta que, se a lei fosse mais rigorosa com os usuários, o problema seria menor. “A polícia prende dezenas de usuários e pequenos traficantes todas as semanas, mas (por causa da pouca quantidade de droga), eles assinam um termo e são liberados porque a Justiça não segura na prisão”, argumenta. Reintegração A pesquisa mais recente da

EN AV.

“Nós sabemos quem é o traficante fornecedor da rua Cruz Machado. Já o abordamos várias vezes, só que ele nunca se arrisca.” JOSÉ APARECIDO, SUPERVISOR DA GUARDA

Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) mostrou que Curitiba tem 12 mil usuários de crack. A prefeitura não tem um ma-

U EBO G. R

T ÚL

A RG IO V

AS

ÇAS

peamento oficial dos pontos de tráfico e consumo de crack, mas prepara uma ofensiva de tratamento móvel para usuários. “O projeto está em fase final e vamos percorrer os principais pontos da cidade para oferecer um tratamento mais humano aos viciados”, adiantou o novo diretor do Departamento de Políticas sobre Drogas de Curitiba, Bruno Litwinski. Dois ônibus equipados foram disponibilizados pelo governo federal para ofe-

Passeio Público. Homem RMC. Fim de semana teve 25 mortes violentas cai no lago e é socorrido No sábado e domingo, a Grande Curitiba registrou 25 mortes violentas, conforme balanço do IML até as 19h30 de ontem. Quase metade dos óbitos, 12, foram causados por arma de fogo. Além de Curitiba, os ho-

Rua Rua Doutor Faivre, ao lado do Mercado Municipal

NO

V IS AV.

EL

E S. M

T

R.

RÉ A ND

CHA FILHO

R. B

E SE

R. DIAS DA RO

ARIA

R . JO

Praça Rui Barbosa

7D AV.

S

R. M

Rua Cruz Machado

RO EMB

R RO

Rua Riachuelo

M AV.

BAT

M

E BA

Rua Tibagi, atrás do teatro Guaíra

Rua Saldanha Marinho, próximo à Praça Tiradentes

DO AV.

R. A

SD INTA

E AVR R. F

R. 1 3 D

A R. IT

A PU V

R. D

Largo da Ordem

. C ARLO

L

Jardim Ambiental, no bairro Alto da XV

ENCAR

HO

Contorno Sul

OR

R. ATÍLIO BÓRIO

E MAIO

Travessa Nestor de Castro

IN

NI

R. JOSÉ DE AL

R. 1 3 D

AG R.

T OS

TAMANDARÉ

Saiba quais são os principais locais de consumo e tráfico de drogas na região central, conforme relato de guardas municipais

O EÃ

R. ALMIRANTE

MAPA DAS DROGAS

R. D

O tráfico e o consumo de drogas, em especial, o crack, estão em pelo menos 14 pontos de da região central de Curitiba (veja ao lado). É o que apontam guardas municipais que trabalham na área. Segundo eles, é possível encontrar usuários em rodovias, bairros residenciais, becos, em marquises de áreas comerciais. “Eles estão por toda parte”, comenta o supervisor da Guarda, José Aparecido da Silva. A Polícia Civil reconhece os pontos, mas diz que não consegue acabar com o problema, mesmo depois de identificar os traficantes. A delegada Camila Cecconello, da Denarc (Divisão Estadual de Narcóticos), afirma que a polícia sabe quem são quatro fornecedores de drogas no Centro. “Nós já identificamos e estamos recolhendo provas para conseguir o flagrante e abrir inquérito”. Porém, a delegada não acredita que isso resolveria o problema. “Nós fizemos uma operação recente na Praça Eufrásio Correia, prendemos os traficantes, e, poucos dias depois, outros estavam no mesmo lugar”, lamenta. De acordo com Silva, as ações afastam os criminosos apenas temporariamente porque eles migram para outras regiões. “Quando as ações são intensificadas no Centro, o número de ocorrências de disputas por território aumentam na Vila Torres, por exemplo”, conta. Na última sexta-feira, a Guarda e a Polícia Militar fizeram operação à noite para prender traficantes no Jardim Ambiental, no Alto da XV. “Essas ações coíbem, mas não impedem a volta do tráfico”, comenta o diretor da Guarda,

micídios aconteceram em Contenda (2), Piraquara (3), São José dos Pinhais (1) e Campo Magro (1). Houve ainda uma morte por arma branca em Cerro Azul e três em acidentes de trânsito. METRO CURITIBA

Um homem que não teve a identidade revelada caiu ontem à tarde no lago do Passeio Público, no Centro. Após quatro minutos, ele foi socorrido por pessoas que estavam no local. Outros visitantes aciona-

ram o Siate, que fez o atendimento e encaminhou a vítima ao Hospital Evangélico. Testemunhas contaram à Banda B que o homem, de aproximadamente 30 anos, estava alcoolizado. METRO CURITIBA

6

viaturas da Guarda Municipal fazem rondas e abordagens no Centro de Curitiba. recer tratamento social e de saúde às pessoas em situação de risco. Segundo Litwinski, o município aposta na aproximação dos usuários do poder público como alternativa de reintegração social. METRO CURITIBA

Tráfico espalhado pela cidade O tráfico e o consumo de crack não se limitam aos locais apontados pelos guardas municipais. A PRF-PR (Polícia Rodoviária Federal) intensificou a fiscalização nas rodovias da região Sul de Curitiba por causa das denúncias de tráfico no canteiro central. A PRF-PR afirma que o tráfico cessou no Contorno, mas pode ter migrado para outras áreas. A delegada Camila Ceconello afirma que operações conseguem acabar com o tráfico em pontos como o Contorno, mas nos bairros e no Centro de Curitiba o trabalho é mais difícil. “Nos locais de grande circulação, os traficantes não são moradores, eles vêm de outros lugares”, diz. A Polícia Civil reconhece o tráfico em dezenas de pontos. “Enquanto os usuários não ficarem mais tempo detidos, ou em tratamento, isso nunca vai acabar”, garante a delegada. METRO CURITIBA RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

Polícia Civil acredita que saída passa por lei mais rigorosa

Maçarico. Furto à agência terminou em incêndio Bandidos invadiram, na manhã de ontem, uma agência do Banco do Brasil na Avenida Marechal Floriano Peixoto, no Boqueirão, em frente ao Quartel do Exército. Enquanto tentavam arrombar um caixa eletrô-

nico, provocaram um incêndio. De acordo com a Banda B, eles perderam o controle do equipamento e deixaram o fogo se espalhar. Viaturas da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros atenderam a ocorrência. METRO CURITIBA


|06|

{BRASIL}

Pesquisa. Dilma cai seis pontos, mas ainda vence no 1º turno das eleições Em um cenário de pessimismo econômico, a presidente Dilma Rousseff (PT) registrou queda de seis pontos percentuais na pesquisa Datafolha divulgada anteontem. Ela passou de 44% das intenções de voto, registrados em fevereiro, para 38% na sondagem realizada em abril. Mesmo com o revés, a presidente ainda seria reeleita no primeiro turno. Seus dois principais adversários, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), ficaram praticamente estagnados nas mesmas posições, com 16% e 10%, respectivamente. Nos cinco cenários apresentados, Dilma só não leva no primeiro turno quando a ex-senadora Marina Silva entra na disputa. Nessa projeção, a presidente aparece com 39% das intenções de voto, enquanto Marina tem 27%. A pesquisa Datafolha também revelou que para

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

Reconciliação com as ruas

Câmara. Após 5 meses sem votar nada, deputados preparam esforço concentrado de votações

Seria reeleita | ROBERTO STUCKERT FILHO/ PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA

38%

das intenções de voto teria a presidente, conforme pesquisa feita neste mês, ante os 44% registrados na sondagem de fevereiro. 63% dos entrevistados Dilma fez, até agora, bem menos do que o esperado. No ano passado, esse percentual era de 34%. METRO

Imobilizada pelo Marco Civil da Internet -- que demorou cinco meses para ser votado --, a Câmara planeja tirar a produtividade do plenário este ano praticamente do zero e votar projetos com apelo popular. São, ao todo, 6 PECs (Propostas de Emenda à Constituição) e 42 projetos, incluídos na pauta pelos líderes partidários que receberão o carimbo de prioridade a partir desta semana. O ano eleitoral é a principal barreira para que dê certo a tentativa dos deputados de mostrarem serviço. O esforço concentrado foi antecipado para abril justamente para minimizar o risco iminente de esvaziamento da Casa a partir de junho, quando começam as campanhas para as eleições de outubro. A paralisia dos trabalhos

Câmara tenta impor ritmo de votações | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

levou até a descumprimento de uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que fixou dezembro de 2013 como prazo para que o Congresso aprovasse a lei de defesa dos usuários do serviço público. “Deixamos de cumprir nosso dever com a pauta da sociedade”, reconhece o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Se o esforço de fato vingar, a Câmara se debruçará

sobre temas polêmicos, como a permissão de biografias não autorizadas e a revisão da lei da imprensa para incluir o direito de resposta. Destaca-se no campo político a PEC que exige que políticos cumpram promessas de campanha e o projeto que pune as denúncias infundadas com o objetivo apenas de trazer prejuízos eleitorais. Na área econômica, estão na lista de prioridades

a regra para a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço) e o projeto que aumenta a participação estrangeira em sociedades com companhias aéreas brasileiras. O governo só observa a intenção dos deputados, mas, de antemão, orientará a base aliada a votar favoravelmente aos projetos, desde que não haja despesas para os cofres públicos. Por isso, os projetos que tratam da criação do piso nacional para agentes de saúde, bombeiros e policiais militares, além da redução de jornada de trabalho dos enfermeiros -- prontos para votação em plenário -- devem ficar fora da lista. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA


|08|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

TERCEIRIZAÇÃO DENTRO DA LEI A terceirização de mão de obra é um daqueles assuntos que, por envolver legislação, costuma suscitar dúvidas entre os donos de micro e pequenas empresas. É comum empreendedores procurarem o Sebrae-SP com perguntas sobre o tema. Por possibilitar a redução de custos com encargos trabalhistas, mostra-se uma opção interessante. Porém, não é válida em qualquer caso e é preciso atenção para não infringir as regras. Pela lei, só é possível recorrer a terceirizados para a atividade-meio (de suporte) e não para a atividade-fim da empresa, isto é, aquela para a qual o negócio foi criado. Um salão de beleza, por exemplo, não pode terceirizar os cabeleireiros. Além disso, a relação com o terceirizado é diferente da com o funcionário. O prestador de serviço tem independência total para executar suas tarefas; não está sujeito ao cumprimento de horários nem frequência e não pode receber ordens diretas do contratante. O Código Civil rege o relacionamento entre empresa tomadora e empresa fornecedora de mão de obra. Mas caso se constate vínculo empregatício, fica configurada fraude e a situação passa para a esfera trabalhista, submetida à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A terceirização traz a vantagem de simplificar a estrutura administrativa, permitindo ao dono do negócio e sua equipe centrarem esforços apenas na atividade principal. Assim, abre-se espaço para aumentar produtividade e ganhar competitividade. No entanto, é primordial certificar-se de que o prestador de serviço tem capacidade para fornecer o que foi estabelecido. Não se deixe levar pelo preço e sempre busque empresas ou profissionais idôneos. Lembre-se: o contrato deve ser feito por escrito e a contratada tem de comprovar que está em situação regular. Tramita no Congresso projeto de lei que sugere mudanças nas normas. Não vamos discutir neste momento seu mérito. O fato é que, enquanto não há uma conclusão sobre a proposta, deve-se seguir a regra vigente. Informe-se, avalie as alternativas e adote o procedimento caso considere vantajoso. Se você tem alguma dúvida ou gostaria de contar sua história sobre empreendedorismo, escreva para mim (bcaetano@sebraesp.com.br). Este espaço também é seu. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Poupança. Captação cai 70% com perda de rentabilidade A alta da taxa básica de juros, que tem elevado a rentabilidade dos fundos de investimento, continuou a reduzir o interesse pela poupança. Segundo o Banco Central, os brasileiros depositaram R$ 1,79 bilhão a mais do que retiraram da caderneta em março. A captação líquida caiu 70% em relação ao mesmo mês de 2013 e atingiu o menor nível para os meses de março desde 2011. Os novos reajustes da taxa Selic, atualmente em 11% ao ano, tornaram os fundos

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

de investimento mais rentáveis, apesar de a poupança não pagar impostos nem taxa de administração. Segundo a Anefac (associação dos executivos de finanças), a poupança é mais vantajosa somente nos casos em que os fundos cobram taxas de administração a partir de 3% ao ano. Para taxas de 2,5% ao ano, a caderneta só rende mais que os fundos em aplicações de até um ano. Para taxas inferiores a 2,5%, os fundos são mais rentáveis em todas as situações. METRO

Indústria aposta em feirões para desencalhar carros Veículos. Estoques crescem 11% e atingem o maior nível desde 2008. Caixa promove a partir de da próxima quinta-feira salão com taxas de juros a partir de 0,93% ao mês Com estoques elevados nas concessionárias e fábricas, a indústria de automóveis aposta nos feirões para elevar as vendas no país. Em março, o número de veículos encalhados nas montadoras e concessionárias aumentou 11% em março, passando de 348,9 mil em fevereiro para 387,1 mil unidades. O volume representa 48 dias de vendas, contra 37 dias no mês anterior, segundo a Anfavea (associação das montadoras). É o maior número desde novembro de 2008, em meio à crise econômica global, quando os estoques somavam 56 dias. Além de tradicionais feirões das montadoras, a associação fechou pela primeira vez uma parceria com a Caixa Econômica Federal, para realização do Salão do Automóvel, que acontece entre a próxima quinta-feira e sábado. A ação, que tem como alvo 2,8 milhões de corren-

Estoques de lojas e fábricas chegam a 387 mil carros | MILA CORDEIRO/FUTURA PRESS

tistas da Caixa com crédito pré-aprovado e também clientes que não têm relacionamento com o banco, será realizada em todos os Estados brasileiros, exceto Acre, e no Distrito Federal, totalizando 363 municípios, com participação de 1.470 concessionárias, de 34 marcas. Os financiamentos se-

rão concedidos com taxas a partir de 0,93% ao mês e prazos que vão até 60 meses. Segundo o último levantamento do Banco Central, feito entre 17 e 21 de março, a taxa cobrada pelo banco estatal é de 1,52% ao mês, a menor entre os seis principais bancos do país. Na sequência, aparecem Banco do Brasil (1,61%),

Preços no varejo virtual registram alta em março Os preços dos produtos vendidos no comércio eletrônico subiram 6,61% em março na comparação com o mês anterior. Segundo o índice e-Flation, calculado pelo Provar (Programa de Administração do Varejo) da FIA (Fundação Instituto de Administração), a alta foi puxada pela troca de estação, que fez os preços de vestuários registrarem alta de 29,98%. Segundo o coordenador de pesquisas do Provar, Nuno Fouto, a pesquisa considera os preços dos produtos mais comprados na internet. Com a mudança de estação, as lojas passaram a oferecer artigos de vestuário de maior valor agregado, o que explica a forte alta no mês. “São produtos com preços mais elevados”, explica.

6,6%

foi a alta dos gastos no comércio eletrônico registrada no mês passado, segundo o índice e-Flation De qualquer forma, segundo Fouto, os preços também estão em alta no comércio eletrônico. Sem considerar a categoria “Moda e acessórios”, que representa 18% do indicador, a inflação registrada na internet foi de 1,21% em março, acumulando uma elevação de 4,12% nos últimos 12 meses. Em fevereiro, também sem considerar itens de vestuário, preços tiveram queda de 1,15% e uma alta de

2,51% em um ano. “A alta dos preços de internet reflete um pouco o ocorrido no varejo em lojas físicas, mas em menor proporção por conta da concorrência no espaço virtual”, diz Fouto. Os produtos de telefonia e celular, por exemplo, ficaram 4,44% em março, após registrar uma queda de 7% no mês anterior. Também apresentaram aumento de preços brinquedos (2,49%), medicamentos (2,3%), produtos de cine e fotos (1,60%), eletrodomésticos (1,34%), eletroeletrônicos (1,10%) e perfumes e cosméticos (1,19%). Já as categorias que tiveram deflação foram: livros (-0,19%), informática (-0,94%) e CDs e DVDS (-1,93%). METRO

Itaú (1,64%), HSBC (1,68%), Santander (1,70%) e Bradesco (1,76%). Os bancos de montadoras, em geral, oferecem juros menores, entre 0,63% e 1,46% ao mês, mas o CET (Custo Efetivo Total) costuma ficar maior. No mês passado, o setor automotivo comercializou apenas 240 mil veículos zero-quilômetro no mercado interno, retração de 7,1% em relação ao mês anterior. Frente a março de 2013, a queda chega a 15%. “No ano passado passamos por um momento de expectativa de aumento de IPI em março, que acabou sendo adiado no fim daquele mês. Além disso, tivemos neste ano aumento de preço em razão da elevação do IPI e da introdução de airbag e ABS nos veículos leves e, por último, tivemos ainda dois dias úteis a menos em função do feriado do Carnaval”, disse Luiz Moan, presidente da Anfavea. METRO

Cerveja. Ambev vai congelar preço até o fim da Copa A Ambev, fabricante das marcas Antarctica, Brahma e Skol, lançou uma campanha para manter congelados os preços de todas as suas cervejas até o fim da Copa do Mundo. A ideia é convencer donos de estabelecimentos comerciais a não subirem os preços no período. A campanha surge dias depois de o governo anunciar o aumento dos tributos sobre bebidas frias. Segundo estimativas da Fazenda, isso deve deixar a cerveja 0,4%, em média, mais cara para o consumidor. A Ambev diz que espera repetir a adesão de mais de 500 mil pontos de venda que conseguiu na campanha “Verão sem aumento”, quando optou por não elevar preços até depois do Carnaval. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO

|09|◊◊

Costa Rica escolhe Manifestantes invadem Eleições. novo presidente em 2º turno prédios na Ucrânia Crise. Ativistas pró-Rússia ocupam sedes do governo em cidades no leste do país. Presidente em exercício Oleksander Turchinov cancela viagem para lidar com protestos Manifestantes pró-Rússia invadiram ontem sedes do governo ucraniano em diversas cidades ao leste do país. Em Donetsk, a 80 quilômetros a oeste da fronteira com a Rússia, um grupo de pessoas invadiu um prédio do governo local e ergueu uma bandeira da Rússia. Em Luhansk, a nordeste de Donetsk, centenas de pessoas cercaram a sede local do serviço de segurança. Um grupo, inclusive, escalou a fachada do edifício para colocar uma bandeira russa no telhado. A mídia ucraniana informou que os manifestantes atiraram ovos e pedras no edifício. Protestos similares ocorreram ainda nos arredores de Kharkiv. Desde que a Crimeia aprovou um referendo de anexação à Rússia, em mar-

Manifestantes pró-russos acenam bandeiras em Donetsk | REUTERS

ço, novos referendos similares surgem ao leste do país. No leste da Ucrânia está concentrado o suporte ao ex-presidente pró-Rússia Viktor Yanukovich. Cerca da metade dos moradores da região são russos étnicos e acreditam que as autori-

dades ucranianas são nacionalistas, que irão oprimir os russos residentes no país. Para lidar com os protestos, o presidente em exercício Oleksander Turchinov cancelou uma viagem à Lituânia prevista para hoje. Ele participa de uma reunião de

emergência com os chefes dos serviços de segurança. O ministro do interior, Arsen Avakov, escreveu, em sua conta no Facebook, que a Rússia é a culpada pela turbulência. “(Vladimir) Putin e Yanukovych ordenaram e financiaram outra série de agitação separatista no leste”, disse. Avakov acrescentou que a situação voltará ao controle sem sangue. O governo interino da Ucrânia nega que infringe os direitos da população russa étnica e acusa Moscou de tentar causar instabilidade. A Rússia moveu uma vasta tropa para áreas próximas da fronteira com a Ucrânia e existem fortes temores de que o leste do país poderia ser usado como pretexto para uma incursão russa. METRO

No segundo turno das eleições ontem na Costa Rica, pesquisas apontam o favoritismo do candidato opositor, Luis Guillermo Solís. Terceiro nas pesquisas para o primeiro turno, realizado em fevereiro, Solís surpreendeu ao chegar em primeiro lugar, com 30,8% dos votos, à frente de Johnny Araya (29,6%), do Partido Liberação Nacional, da atual presidente Laura Chinchilla. Araya, ex-prefeito de San José, anunciou no começo

de março que ele se retirava da disputa, diante de pesquisas que prenunciavam uma derrota por até 45 pontos de diferença com Solis. Cerca de 3,1 milhões de eleitores foram convocados. Tanto o governo quanto os candidatos trabalharam para motivar os eleitores a comparecerem às urnas. No país, o voto é obrigatório, mas não há penalidades para quem não comparecer às urnas. No primeiro turno, a abstenção foi 31%. METRO

Afeganistão. Bomba queima urnas e mata 3 Uma bomba na beira da estrada matou ontem dois afegãos que trabalhavam nas eleições e um policial, além de destruir cédulas de votos, no distrito de Khanabad, ao norte de Kunduz. O atentado ocorreu um dia após um pleito que terminou sem grande violência apesar de ameaças

do Talibã. Cerca de 60% dos eleitores votaram em uma eleição presidencial planejada para ser a primeira transferência democrática de poder no Afegenistão. Atualmente no poder, Hamid Karzai é impedido pela constituição de se candidatar novamente, após 12 anos no cargo. METRO


2 CULTURA

Daniel

Ingressos à venda para show

Estão à venda os ingressos para o show do cantor Daniel no Teatro Positivo, dia 3 de maio, a partir de R$ 75 (www. diskingressos.com.br). No show, sucessos da carreira do sertanejo, além de músicas do DVD “Daniel 30 anos”, lançado em setembro do ano passado. Informações pelo 3315-0808.

|10|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Toque de mestre

DARYAN DORNELLES/DIVULGAÇÃO

Lançamento. Gilberto Gil se vale de influências contemporâneas para homenagear João Gilberto em seu novo álbum, ‘Gilbertos Samba’ Após exaltar o reggae de Bob Marley e o baião de Luiz Gonzaga, chegou a vez de Gilberto Gil homenagear outro pilar da música. ‘Gilbertos Sambas’, seu novo álbum, recria músicas que foram sucesso nas mãos e voz de seu conterrâneo baiano João Gilberto. São 12 composições, sendo 11 delas gravada por João ao longo de sua extensa e prolífica carreira. A única inédita e composta por Gil é ‘Gilbertos”’ uma reverência ao criador da bossa nova e a outro bom baiano, Dorival Caymmi. No álbum, Gil leva sua voz e violão a músicas como “Desafinado” (Tom Jobim e Newton Mendonça), “Milagre” (Dorival Caymmy), “Aos Pés da Cruz” (Marino Pinto e Zé da Zilda), “Eu Vim da Bahia” (Gilberto Gil) e “O Pato” (Jayme Silva e Neusa Teixeira), entre outras composições. Com voz delicada e dedilhados em sua perfeição,

A morte de José Wilker, aos 66 anos, pegou amigos, parentes e fãs de surpresa. Ele sofreu um infarto fulminante enquanto dormia, na manhã de sábado, aos 66 anos, na casa de sua namorada, a jornalista Claudia Montenegro, no Rio de janeiro. Não houve tempo de ele ser socorrido. Consternados, amigos e familiares começaram a se despedir do artista no velório que teve início às 23h de sábado. A cerimônia foi aberta ao público e realizada no Teatro Ipanema, na zona sul, até o final da tarde de ontem. Às 18h, o corpo do ator e diretor foi cremado no Memorial do Carmo, no Caju. José Wilker de Almeida deixou duas filhas: Isabel (do casamento com a atriz Mônica Torres) e Mariana (do relacionamento com a atriz Renée de Vielmond). Paixão pelo cinema Seu coração parou, e a ar-

Gil conseguiu ainda dar ares sutis, porém modernos, às músicas. Para isso, convidou seu filho, Bem Gil, e Moreno Veloso, filho de Caetano Veloso, para cuidarem da produção. Eles incluíram em muitas das faixas a percussão eletrônica de Domenico Lancelotti, abriram espaço para um novo arranjo de Rodrigo Amarante em “Você e Eu” (Carlos Lyra e Vinicius de Moraes) e ousaram colocando a guitarra de Pedro Sá em “Desafinado”. A família Caymmi também é parte fundamental no álbum. Além das homenagens a Dorival, Danilo toca flauta em “Eu Sambo Mesmo” (Janet de Almeida) e Dori vai ao violão em “Gilbertos”. Referência na música de Gil, João Gilberto agora é revisitado em versões que poucos ousariam gravar. E Gil tem cacife para isso. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

“GILBERTOS SAMBA” GILBERTO GIL SONY R$ 30

Adeus, José Wilker

Na comédia ‘Giovanni Improtta’, de 2013, último longa em que Wilker atuou e dirigiu

DIVULGAÇÃO

te não perdeu apenas um ator, mas um homem múltiplo. O cearense de Juazeiro do Norte, que começou a carreira como locutor, também se destacou, em seus mais de 40 anos de carreira, como diretor, autor e crítico de cinema. Nas novelas, a estreia foi em Bandeira 2 (1971). Mas o primeiro protagonista de sucesso foi Mundinho Falcão, em “Gabriela” (1975).

Ele ainda ficou marcado pelo personagem Roque Santeiro (1985), entre tantos outros. A última aparição na TV foi em 2013, em “Amor à Vida”, na qual viveu o médico Herbert. Aficionado por cinema, Wilker fez cerca de 70 filmes e tipos inesquecíveis como o Vadinho de “Dona Flor e Seus dois Maridos” (1976, de Bruno Barreto), o Lorde Cigano de “Bye Bye Brasil”

(1979, de Cacá Diegues) e o Tenório Cavalcanti de “O Homem da Capa Preta”(1985, de Sérgio Rezende”). O último longa, que ele dirigiu e atuou, foi “Giovanni Improtta” (2013) – do bordão “felomenal”–, personagem que ganhou popularidade na novela “Senhora do Destino”. Em sua homenagem, a Globo vai exibir o filme hoje, às 22h15, na Tela Quente. METRO RIO E BAND

“Falei com ele ao telefone na sextafeira, ao meio-dia, para marcarmos um encontro na segunda [hoje]. Foi isso. Você fala com uma pessoa e ela não está mais aqui. Wilker não morreu, ele está no coração da gente.” MARCELO SERRADO, ATOR

“Eu ainda não realizei que não terei mais esse amigo para conversar, telefonar. Foi uma surpresa. Ele deixa saudade da companhia, do humor, da risada, da cultura, de tudo.” BETTY FARIA, ATRIZ


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

É tempo de cinema francês Festival Varilux. 16 longas recentes da França, de gêneros variados, são exibidos a partir desta quarta em 45 cidades pelo país

|11|◊◊

Diretor do célebre ‘Amélie Poulain’, Jean-Pierre Jeunet está no festival com ‘Uma Viagem Extraordinária’ DIVULGAÇÃO

Começa nesta quarta-feira em 45 cidades pelo país a quinta edição do Festival Varilux de Cinema Francês, mostra que exibe os melhores filmes franceses da nova safra. Até o dia 16, serão exibidos 16 obras de gêneros variados nos cinemas UCI Estação e no Espaço Itaú (Shopping Crystal), com os preços habituais. A estimativa de público do festival é 100 mil espectadores, que poderão conferir a estreia nacional dos filmes ‘Yves Saint Laurent’, de Jalil Laspert, uma biografia sobre um dos mais famosos estilistas franceses, e ‘Uma Viagem Extraordinária’, de Jean-Pierre Jeunet, diretor do célebre ‘O Fabuloso Destino de Amélie Poulain’. Mais informações pelo www.variluxcinefrances.com. METRO CURITIBA

Os filmes Um Amor em Paris. Um casal entra em crise após a partida dos filhos. 2012 - Comédia - 1h54 O Amor e um Crime Perfeito. Professor tem caso com aluna que desaparece e é questionado. 2013 - Thriller - 1h51 Antes do Inverno. Um homem casado de 60 anos recebe uma jovem de 20 em sua vida de forma estranha. 2012 -Drama - 1h43 Um Belo Domingo. Professor se apaixona por mãe de aluno ameaçada por dívidas e tenta ajudar. 2013 - Comédia dramática - 1h35 Eu, Mamãe e os Meninos. Menina tem lembranças de sua mãe e vai atrás de assuntos não resolvidos. 2013 - Comédia - 1h25 A Grande Volta. Demitido e abandonado pela mulher, François decide realizar seu sonho e acaba chamando muita atenção. 2012 - Comédia - 1h38

Grandes Garotos. Thomas aceita a proposta de seu sogro e abandona a vida de casado para retomar sonhos adolescentes. 2012 - Comédia - 1h35 Os Incompreendidos – Homenagem a Truffaut. Um garoto de 14 anos se rebela contra a escola e os pais e passa a faltar aulas para se divertir em busca de atenção. 1959 - Drama - 1h39 Uma Juíza sem Juízo. Uma juíza jovem, rígida e solteira engravida de um criminoso perseguido por agressão e tenta entender o que lhe aguarda. 2012 - Comédia - 1h22 Lulu, Nua e Crua. Após uma péssima entrevista de emprego, Lulu deixa para trás marido e filhos para se reencontrar. 2013 - Comédia dramática - 1h27 O Passado. Em viagem para assinar o divórcio, Ahmad tenta ajudar nos conflitos entre a ex-mulher e sua filha e descobre segredos do passado. 2013 - Drama - 2h10

Um Plano Perfeito. Com medo de ter o casamento com o homem que ama destruído pela maldição de sua família, jovem decide se casar com um tolo e se divorciar depois. 2012 - Comédia - 1h44 Uma Relação Delicada. Cineasta fica hemiplégica e decide continuar a carreira. Após conhecer Viko, o chama para seu próximo filme. Apesar de tirar tudo o que ela tem, ele só lhe dá alegrias. 2012 - Drama - 1h44 Suzanne. Mãe adolescente deixa tudo para trás por seu grande amor, um ladrão. 2012 - Drama - 1h34 Uma Viagem Extraordinária. Menino de dez anos é premiado por invento científico e parte sozinho pelos Estados Unidos atrás de recompensa. 2013 - Aventura - 1h45 Yves Saint Laurent. Vida e obra do estilista francês que assume, aos 21 anos, a marca de alta costura fundada por Christian Dior. 2013 - Biografia - 1h46


|12|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

O QUE ROLOU NAS COPAS

Os invasores

Pesquisas eleitorais

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

SEM PELÉ, MAS NÃO SEM CRAQUES

Cruzadas

A primeira Copa do Mundo sem Pelé desde 1958 viu o brilho de dois craques europeus: o holandês Johan Cruyff e o alemão Franz Beckenbauer. A Alemanha, aliás, eram dois países separados depois da Segunda Guerra Mundial. A parte Ocidental foi anfitriã em 74 e chegou a ser surpreendida pela Alemanha Oriental na primeira fase ao perder por 1x0, num jogo que teria perdido para evitar encontrar Holanda e Brasil antes da final. E deu certo. Na final, os alemães ocidentais prevaleceram novamente contra a sensação do torneio, como havia acontecido 20 anos antes contra a seleção da Hungria comandada pelo craque Ferenc Puskas.

A excelência do humor expresso nos quadrinhos “Os Invasores” (edição de 4/4) nos remeteu a uma reflexão relacionada às entrevistas realizadas pelos Institutos de Pesquisa. Máxime no campo político, fica difícil – senão impossível para quaisquer pessoas – aceitar que um postulante à eleição ou reeleição, conhecida a sua atual e medíocre gestão, ou ainda uma fraca atuação legislativa, ao lado de um passado ético-moral pouco ou nada recomendável, seja o preferido para ocupar ou voltar a ocupar um cargo público em qualquer esfera de Poder. Entendemos que já passou da hora da população começar a questionar as pesquisas e, principalmente, não se influenciar por elas. RICARDO NOGUEIRA RAMOS - CURITIBA

Dilma no Galeão Enquanto a presidente Dilma, se emocionando no aeroporto do Galeão (RJ), chorava ao citar o ‘Samba do Avião’, de Tom Jobim, para lembrar a volta dos “exilados políticos”, eu, um brasileiro que preferiu ficar por aqui enfrentando a realidade, vou continuar chorando sempre que ouvir o Bezerra da Silva cantando o samba ‘Se Gritar Pega Ladrão’. Pobre, Brasil...

NOVA TAÇA, NOVAS PREOCUPAÇÕES

Beckenbauer levantou em 74 um novo troféu, já que o Brasil havia conquistado com o tricampeonato em 70 a posse definitiva da Taça Jules Rimet, roubada da sede da CBF em 83. O artista italiano Silvio Gazzaniga ganhou concurso entre 53 designers de 7 países com uma peça de 36 centímetros e 6 quilos de ouro que tinha dois atletas em espiral, celebrando com os braços para cima e carregando uma representação do mundo. O ataque terrorista que ocorrera dois anos antes, nos Jogos Olímpicos de Munique, contra o alojamento de atletas israelenses, fez com que o governo alemão transformasse as concentrações da Copa de 74 em locais superprotegidos.

LEÔNIDAS MARQUES - CURITIBA

Metro pergunta

Sudoku

FLECHA POLONESA A artilharia da Copa de 74 ficou com um polonês, carequinha e rápido. Lato corria 100 metros em menos de 11 segundos. O atacante marcou 7 vezes na Alemanha, uma delas na vitória por 1 x 0 sobre o Brasil, na disputa do terceiro lugar. A Seleção Brasileira comandada por Zagallo teve uma campanha pobre em números: foram 7 jogos, 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, com 6 gols a favor e 4 contra. Dentre os destaques positivos o goleiro Émerson Leão, reserva em 70, e que teve ótimas atuações. E outro remanescente do tri, o meia Rivellino, que marcou três gols na Copa.

Brasil é o 46º em Siga o Metro ranking que mede no Twitter: qualidade @jornal_metroCTB de vida em 132 países. Acha boa a colocação? Ou a situação poderia estar melhor? @maiconcotta

Se tivéssemos políticos mais comprometidos, estaríamos melhor. A alta carga tributária do Brasil vai para onde? @Geovanna_Souza

Poderia ser pior, já que são 132 países, mas ainda há muito o que melhorar.

Colaboraram Leandro Quesada e Alexandre Praetzel, da Rádio Bandeirantes.

Metro web Para falar com a redação:

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Leitor fala

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Mercúrio ingressa em seu signo, influência importante para esclarecimentos e conversas com suas relações. Favorece estudos e cultura.

Atividades culturais, estudos e viagens estão propícias para serem tratadas. Momento para exercitar sua fé, com ou sem religião.

Os contatos sociais são propensos a serem mais frequentes. Na vida amorosa, boa oportunidade para se expor de maneira mais afetuosa.

O momento é de reflexão para seus projetos e repensar quantos valem a pena. Atente-se para não se sacrificar demais por quem não merece.

Valorize as pesquisas e seja mais ponderado com finanças. Possibilidades para repensar despesas e lidar com algumas extras.

São maiores as possibilidades para retomar assuntos especiais junto a familiares. A organização do lar tomará sua atenção.

Tendências a se envolver com grupos e retomar amizades. Cuide para não intervir demais em assuntos de quem gosta.

O momento é especial para retomar assuntos ou expor mais seus pensamentos na vida afetiva. Atente-se para não se exceder em exigências.

Os estudos e interesses culturais despertarão mais motivação. Nos relacionamentos, seja mais cuidadoso com o que disser.

Período especial para contatos profissionais. Assuntos que envolvam documentos, e-mails ou comunicações marcarão negócios.

Os assuntos do trabalho tomarão empenho para algum ajuste. Tendências a incrementar atividades diferentes em sua rotina.

Questões financeiras envolverão sua semana com mais empenho para projetos. Boa ocasião para repensar gastos e interesses materiais. 


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{DIA MUNDIAL DA SAÚDE}

|13|◊◊

Controle a pressão arterial fazendo atividades físicas Prevenção Para não ter pressão alta: • Evite excesso de peso

+ ESPECIAL

• Reduza a quantidade de sal na alimentação • Pare de fumar • Tente lidar com seus problemas de forma tranquila, sem estresse • Pratique exercício físico regularmente • Tenha acompanhamento de um médico

Batimentos cardíacos

Como medir a pressão?

Exercícios devem ter acompanhamento de um médico | APU GOMES/FOLHAPRESS

Coração. Padronizar frequência e duração de exercícios ajuda a manter a pressão arterial. Caminhada é uma das atividades mais indicadas O Dia Mundial da Saúde é comemorado hoje, com o objetivo das pessoas se conscientizarem sobre a importância da saúde na sua vida e no dia-a-dia, além de alertar sobre os principais problemas que podem atingir a população. A hipertensão atinge homens e mulheres, de todos os níveis sociais ou idades, e

é um dos principais problemas de saúde pública no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a hipertensão arterial atinge cerca de 30% da população brasileira. Mas, com prevenção e simples cuidados, essa doença pode ser evitada. “A prática de atividades físicas e uma dieta saudável são algumas das melhores formas de prevenir e controlar a hipertensão”, afirma Fernando Alves da Costa, cardiologista pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Segundo o médico, os exercícios mais indicados para hipertensos são as caminhadas e natação, com frequência de cinco vezes por semana e

sessões de trinta a quarenta minutos. “Também pode-se trocar estas modalidades por dança de salão”, afirma o cardiologista. Padronizar a intensidade, frequência e duração das sessões de exercícios ajuda o paciente. Mas, é importante ter acompanhamento de um profissional para que os exercícios tragam benefícios à saúde. Outra boa opção para quem não tem tempo para praticar exercícios, é adaptar atividades cotidianas como subir escadas, passear com o cachorro e fazer passeios a pé.

latação do coração. Como consequência, o coração deixa de ser capaz de bombear o sangue necessário ao organismo. Por isso, o controle inadequado da pressão arterial contribui para aparecimento de lesões nos vasos, coração, rins e cérebro. Casos em que não há um monitoramento da pressão e tratamento po-

dem resultar em insuficiência cardíaca, lesões em vasos sanguíneos, infarto, AVC (acidente vascular cerebral), alterações no funcionamento dos rins, até perda de visão. “Todas essas situações são muito graves e podem ser evitadas com o tratamento adequado”, explica o cardiologista Fernando Alves da Costa. METRO

Sintomas Muitas vezes a hipertensão não mostra sintomas. No en-

Consequências

Quais são os efeitos da pressão alta? A hipertensão obriga o coração a exercer mais força para conseguir levar o sangue arterial a todo o corpo. Este maior esforço leva a um aumento do músculo cardíaco e à di-

CONTROLE SUA PRESSÃO Graus

Pressão Arterial (mm de Hg)

Hipotensão Ótima Normal Normal alta Hipertensão

Sistólica 100-120 120 120-130 130-140 >140

tanto palpitações, cansaço fácil, irritabilidade dores de cabeça forte e hemorragia nasal podem indicar alterações na

Diastólica 60-80 80 80-85 85-90 >90

pressão arterial. Por isso que o acompanhamento do estado do coração constante é tão importante. METRO

A medida da pressão arterial deve ser feita em repouso, por pelo menos dois minutos (idealmente cinco minutos), em posição sentada e de bexiga vazia.


3

|14|

Hamilton 2 x 1 Rosberg No Bahrein. Mercedes sobram de novo e Lewis Hamilton vence a 2ª na temporada

ESPORTE

Bernardinho

Ameaça

O técnico Bernardinho ameaça deixar o comando da seleção de vôlei, caso não haja mudança na CBV (Confederação Brasileira de Vôlei), envolvida em escândalo de corrupção. “Não serei conivente. Ou a gente muda o sistema ou não vou permanecer. É simples assim”, desabafou ao jornal “O Globo”.

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Hamilton comemora a 24ª vitória na carreira | CLIVE MASON/GETTY IMAGES

Mesmo que não fosse o 900º Grande Prêmio da história da Fórmula 1, a etapa do Bahrein, disputada ontem no circuito de Sakhir, já estaria na lista das grandes corridas da categoria. Emocionte do início ao fim, a prova reafirmou o que se desenha desde o começo da temporada: o domínio da Mercedes. Se, nos últimos quatro anos a Red Bull foi a equipe a ser batida, 2014 tem sido o ano das Flechas de Prata. O inglês Lewis Hamilton repetiu o resultado obtido na Malásia, domingo passado, e foi o mais rápido. Seu companheiro de time, o alemão Nico Rosberg, vencedor do GP da Austrália, prova que abriu a temporada, foi o segundo colocado. O mexicano Sergio Pérez, da Force India, fechou o pódio. Felipe Massa, da Williams, foi o sétimo. Rosberg, com uma vitória a menos que o Hamilton, lide-

“Nico foi melhor do que eu. Tenho que ver onde preciso melhorar. Foi muito duro segurá-lo” LEWIS HAMILTON, SOBRE O DUELO COM NICO ROSBERG NO GP DO BAHREIN

ra a classificação com 61 pontos, 11 a mais do que o inglês. Além da predominância da Mercedes, o GP do Bahrein marcou também a disputa franca de posições entre pilotos do mesmo time. Felipe Massa e o Valtteri Bottas, que na Malásia se desentenderam, duelaram sem interferência da Williams; Hamilton e Rosberg fizeram o mesmo na Mercedes. Melhor para a Fórmula 1. Até o acidente digno de cinema envolvendo o mexicano Esteban Gutiérrez, da Sauber, e o venezuelano Pastor Maldonado, da Lotus, não causou vítimas. METRO

Fórmula 1

Schumacher faz contato visual, informam jornais O heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher está respondendo a vozes e fazendo contatos visuais. A informação é dos jornais “La Gazzetta dello Sport”, da Itália, e “Bild”, da Alemanha. O ex-piloto alemão está internado na França desde dezembro, quando sofreu grave acidente enquanto esquiava. METRO Tênis

Brasil despacha Equador na Davis O Brasil venceu ontem a equipe do Equador, em Guayaquil, e garantiu a classificação para os playoffs da Copa Davis. Na quarta-feira, a equipe conhecerá o adversário com quem disputará, em setembro, uma vaga no Grupo Mundial do torneio. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Primeiro jogo da decisão do interior termina em empate Paranaense. Em jogo equilibrado, Maringá consegue empate por 2x2 e vai para a decisão do título em casa, no próximo domingo Foi marcado por muito equilíbrio o primeiro jogo da decisão do Campeonato Paranaense, ontem, entre Londrina e Maringá, no Estádio do Café. Por duas vezes o Tubarão conseguiu ficar à frente no placar, mas a Zebra conseguiu empatar e levou o 2x2 até o final. Ao término da partida, quem comemorou o resultado foram os visitantes, que vão poder decidir o título na próxima rodada, em Maringá. Assim como no jogo de ontem, o estádio deve lotar, já que os ingressos estão esgotados com uma semana de antecedência. A decisão O jogo foi movimento desde o começo. Logo aos 17’, o Tubarão saiu na frente com Joel, que completou bem uma cobrança de

escanteio. A vantagem do time da casa, no entanto, não durou muito. Aos 24’, após bate e rebate dentro da área, a bola sobrou para Gabriel Barcos, que empatou o jogo. No começo do segundo tempo o Londrina voltou a ficar na frente. Aos 7’, Arthur aproveitou um cruzamento e cabeceou bem. O goleiro Ednaldo deu o rebote e a bola sobrou para Celsinho que completou para as redes. Logo depois o Maringá teve forças de novo para empatar. Aos 21’, a zaga do Londrina afastou cobrança de escanteio e Baiano, de muito longe, chutou forte e fez um golaço. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

22 LONDRINA Vitor, Maicon Silva, Dirceu, Gilvan e Paulinho; Diogo Roque ( Silvio) , Bidia ( Alexandre Oliveira), Rone Dias e Celsinho ( Lucas); Joel e Arthur Técnico: Claúdio Tencati

MARINGÁ Ednaldo; Reginaldo, Fabiano, Juninho, Fernandinho ( Baiano); Zé Leandro, S. Paulista , Léo Maringá e Renan ( Fábio Gomes); Cristiano e G. Barcos ( Fábio Martins), Técnico: Sturion

Gols. Joel, 17’, e Barcos, 24’ do 1º T, Celsinho, 7’, e Baiano, 21’ do 2º T

Arbitragem. Adriano Milczvski, com Diego Grubba e João Cavalari

Público ontem foi de 29 mil pessoas. Ingressos para o próximo jogo já estão esgotados | ROBERTO CUSTODIO/ JORNAL DE LONDRINA/AGP

Adriano viaja com o Atlético

Imperador voltou a ser relacionado | DIVULGAÇÃO/ SITE OFICIAL DO CAP

O Atlético deixou Curitiba ontem rumo à Bolívia, onde vai enfrentar, amanhã, o The Strongest. Adriano Imperador voltou a entrar na lista dos 20 jogadores que compõem o grupo. Um empate já garante o Furacão na próxima fase da Libertadores. O técnico Miguel Angel Portugal faz mistério quanto à escalação do Atlético e o atacante não foi confirmado no time titular. Ele

jogou os noventa minutos na semifinal do Paranaense, contra o Londrina, mas teve atuação discreta. Já está garantido, no entanto, que o ataque Rubro-negro, terá modificações em relação ao último jogo pela Libertadores. Bruno Mendes e Douglas Coutinho, que começaram como titulares contra o Vélez, na Vila Capanema, nem viajaram com o time.

Já o atacante Crislan, que estava machucado, voltou a ter condições e disputa uma vaga. Os outros retornos ficam por conta do zagueiro Manoel e do atacante Mosquito, também recuperados de lesão. O meia Marcos Guilherme, destaque do time sub23 nas últimas rodadas do Paranaense, também ganhou uma vaga no grupoprincipal. METRO CURITIBA

Temporada. Clubes apresentam treinadores O Coritiba e o Paraná Cube apresentam oficialmente nesta semana seus novos técnicos. No Coxa, Celso Roth assume o comando amanhã, junto com o gerente de futebol Anderson Barros. No Tricolor, Ricardo Drubscky, ex-técnico do Atlético, começa hoje a trabalhar na Vila Capanema. METRO CURITIBA

Drubscky comandará o Tricolor | DIVULGAÇÃO/ PARANÁ CLUBE


|16|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

A Copa no Mundo da Qual você vai usar? Especialistas analisam os uniformes das seleções para 2014 Os motivos para sair usando uma camisa de seleção são vários: porque é o seu país, porque é o país dos seus pais, porque o time é muito bom, porque a camisa é lin-

A influência esportiva nas roupas chegou para ficar. Os mantos não poderiam estar mais na moda!

A gola em “V” do manto brasileiro está em alta. Aposte na tendência!

moda

da, porque a seleção é tradicional ou simpática... Ok, entendemos, mas queremos saber o quão fashion será a Copa do Mundo no Brasil. E para isso o Metro

AS CAMPEÃS

Jornal conversou com Ana Pasternak, consultora de moda e Thais Rossiter, estilista da Coca-Cola Jeans. Veja se a sua escolha está dentro dos padrões da moda. METRO

Verde e amarelo, por serem as cores da Seleção Brasileira, nunca saem da moda!

4

1

1. Rei fashion

O Japão ganha o troféu fashion por propor um uniforme em sintonia com as inovações vistas nas grifes japonesas e influência da arte, na pincelada vermelha nas costas da camisa. “O uniforme tem textura, além de uma proposta de cor totalmente inusitada em relação ao vermelho e preto, que representam o país”, analisa Thais.

2. Canarinho!

Verde e amarelo são as cores campeãs por serem os tons principais dos anfitriões. Nesse caso, sorte da Austrália, Colômbia, México, Camarões, Costa do Marfim, Equador, Nigéria e Argélia que também usam e abusam das cores canarinho!

3. Elegância

A Itália, Chile, Camarões, Argélia, Gana, Irã, Uruguai, Costa do Marfim, Camarões e Suiça marcaram um gol de placa com as camisetas slim, que valorizam ombros largos e quadris estreitos, características dos famosos ternos italianos. “Na vida real é difícil essa moda pegar, porque o homem gosta de conforto”, diz Thais.

2 4. Laranja Mecânica

O laranja invadiu as passarelas e vai continuar assim no Brasil, até ao menos o verão 2015, portanto a Holanda, está mais atual do que nunca e faz a volta da vitória entre os mantos, seja na primeira ou segunda opção de uniforme das concorrentes.

3 5. Total in!

Em tons de fúcsia e vermelho, o uniforme português segue a tendência das coleções do inverno internacional! “As portuguesas não terão dificuldade em se produzir”, afirma Ana. Não somente elas! As russas, coreanas do sul, belgas, ganesas, iranianas, suíças, costa-riquenhas e espanholas furam o bloqueio e se infiltram na tendência.

5

O branco total reinou soberano nas passarelas internacionais! Ponto para França, Alemanha, Estados Unidos, Chile, Uruguai, Grécia, Costa Rica, Inglaterra, Itália, Suiça, Honduras, Rússia, Gana, Bósnia e Irã.


20140407_br_metro curitiba