Page 1

PERNA, PRA QUE TE QUERO?!

ARCADE FIRE FECHA LOLLAPALOOZA MARCADO POR GRANDE DISTÂNCIA ENTRE OS PALCOS PÁG. 07 DESPEDIDA

CAMPINAS

O BRASIL DÁ ADEUS A JOSÉ WILKER PÁG. 07

Segunda-feira, 7 de abril de 2014 Edição nº 970, ano 4

PRÉDIOS NA UCRÂNIA

MÍN: 18°C MÁX: 31°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps sunny

sleet

SÃO INVADIDOS POR thunder windyPÁG. 05 thunder part sunny/ ATIVISTAS PRÓ-RÚSSIA showers

showers

Setor privado ficará com projeto de obras municipais hazy

showers

Celeridade. Prefeitura vai terceirizar projetos vinculados a obras públicas construídas com verba de convênios para não perder prazos de entrega das propostas. Hoje a tarefa é realizada por servidores. Para isso, Administração deve desembolsar R$ 15 milhões/ano PÁG. 02

Celso Pierro chega ao limite no PS Hospital priorizou o atendimento de emergência e, na sexta, suspendeu a internação na UTI Neonatal PÁG. 03

Prefeitura lança em uma semana edital de relógio-ponto

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Controle eletrônico da presença de servidores começa na Saúde. Custo será de R$ 1,3 milhão PÁG. 03

VITÓRIA GRANDE

Ituano vence Santos por 1 a 0 no Pacaembu e fica a um empate do título. Times se enfrentam de novo domingo PÁG. 16 Cícero perde pênalti que poderia ter dado o empate ao Peixe. Alvinegro precisa ganhar por dois gols de diferença para ser campeão | DAVI RIBEIRO/FOTOARENA

Feirões devem aliviar estoque das montadoras Volume de veículos encalhados representa 48 dias de vendas, o maior desde novembro de 2008 PÁG. 06


1 FOCO

E agora?

Dornelles recusa relatoria

O senador Francisco Dornelles (PP-RJ) não aceitou relatar, na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, os questionamentos dos governistas em relação à CPI da Petrobras. Agora, o presidente da comissão, Vital do Rêgo (PMDB-PB), terá que achar um novo nome para lidar com a questão espinhosa.

Cotações Dólar - 1,66% (R$ 2,24)

|02|

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Prefeitura terceirizará projetos de obras Convênios. Contratação de empresas é opção para evitar perder verba do governo federal por falta de prazo A Secretaria Municipal de Administração vai contratar empresas privadas para fazer projetos de obras públicas construídas com verbas de convênios. A medida é para dar celeridade aos processos e evitar que a Prefeitura de Campinas inviabilize o projeto em razão da perda de prazo para a entrega das propostas. Atualmente os projetos são executados por servidores municipais. A terceirização irá provocar um custo a mais de R$ 15 milhões ao ano. O gasto é estimado em 3% do montante das verbas de obras, o que para este ano são de R$ 500 milhões. “Não são gastos, mas sim, investimentos porque deixamos de perder projetos”, disse Silvio Bernardin, secretário de Administração. Segundo ele, há cerca de 20 projetos que estão com o prazo no gargalo. Entre eles está o do Cear (Centro Esportivo de Alto Rendimento). Bernardin disse que já irá abrir licitação

Olhar cidadão

JOSÉ LUIZ DATENA JOSE.DATENA @METROJORNAL.COM.BR

R$ 500

milhões é o valor estimado de obras que serão licitadas pela prefeitura de Campinas neste ano com verba de convênios

Cear é um dos projetos que serão desengavetados | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

para contratar empresa para o projeto que custará R$ 1,5 milhão. Porém, há uma estimativa de que seis deles serão engavetados porque não haverá tempo hábil pa-

ra terminar o processo. Estão neste grupo obras como, por exemplo, quadras esportivas. Bernardin garante que os grandes projetos como o do

CUIDADO Não quero acreditar (e se for verdade) que o SBT afastou a jornalista Rachel Sheherazade por aquela sua opinião no principal jornal da casa. Isso significa um ato brutal de censura contra o direito claro e democrático de livre opinião. Se o governo corta as verbas publicitárias da emissora comete a mesma brutalidade ocorrida durante o governo militar, quando a então presidente da república Dilma Rousseff pegava em armas para lutar contra o regime autoritário da época. Pois não há diferença da censura militar com essa censura disfarçada de ventos democráticos sob a tutela dos direitos humanos de que a jornalista, com sua opinião, estava incitando a violência. Pergunta: o Brasil, antes do argumento dela, era mais seguro? Claro que não. Nosso país vive uma autêntica guerra civil onde o Estado já perdeu a mão de como combater o tráfico de drogas, o crime organizado e os assassinatos do dia-a-dia. Milhares de brasileiros morrem todos os dias, deixando por aí órfãos dos direitos dos humanos-vítimas. Não concordo com a justiça feita com as próprias mãos, mas também não concordo com a falta de justiça em que

BRT (Bus Rapid Transport), obras de mobilidade urbana com corredores exclusivos para ônibus, sairão do papel. Atraso, porém, vai ter. A previsão do governo Jo-

nas Donizette (PSB) era de que as obras iniciassem em maio, porém, ainda não há projeto básico pronto. A pavimentação de ruas de terra de cerca de 20 bairros também será feita. “Não há o menor risco de os projetos não saírem”, disse Bernardin. Os recursos têm de ser liberados até o dia 7 de junho em razão das eleições . O risco de se perder projeto é um assunto que chegou à Câmara de Vereadores. Amanhã, Bernardin irá ao Legislativo para dar explicações sobre a demora na liberação de verbas dos convênios. ROSE GUGLIELMINETTI METRO CAMPINAS

políticos roubem o país e não têm, por exemplo, penas exemplares como cadeia em tempo integral. Não concordo, em hipótese nenhuma, que bandidos menores cometam atos violentos que vão desde estupros a assassinatos e sejam defendidos de maneira desigual pelo estatuto que protege o menor abandonado ou carente, como é claro merece ser defendido, da mesma forma que uma horda de pequenos marginais que matam protegidos por essa lei e ainda se vangloriam do direito de serem acobertados por ela para justificar seus crimes, às vezes hediondos. Não concordo também com a péssima distribuição de renda desse país, que tem uma concentração dela que coloca a maioria da população da sexta economia mundial numa classe quase que miserável, que só é dona praticamente da roupa do corpo. Talvez seja por isso que nas pesquisas para as eleições que vêm por aí, a presidente Dilma continue caindo da mesma forma que a oposição que não teria nos seus partidos alguém para ser eleito novo presidente. Moral da história: parecemos um gigante sem rumo num mar revolto, cheio de icebergs assassinos. A história prova que isso normalmente termina em tragédia. Lembra do Titanic?

Bovespa - 0,63% (51.083 pts) Euro - 1,74% (R$ 3,07) Selic (11% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 019/3779-7421

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos, Campinas e Grande Vitória, somando 510 mil exemplares diários.

Metro Campinas. Editora-Executiva: Zezé de Lima (MTB: 16.231) Editor de Arte: Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas - Diretor Geral: Rodrigo V. P. O. Neves

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, Jardim São Gabriel, CEP 13045-541, Campinas, SP. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é

impresso na Plural Editora e Gráfica Ltda. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

PS do Celso Pierro fica lotado e atendimento é limitado Mais um problema. Após anunciar, na sexta-feira, a suspensão de internação na UTI Neonatal por superlotação, ontem prontosocorro também atingiu a capacidade máxima de atendimento e apenas casos de urgência e emergência foram priorizados O Hospital e Maternidade Celso Pierro, da PUC-Campinas, desde ontem passou a priorizar os atendimentos de urgência e emergência em razão da unidade hospitalar ter chegado a sua capacidade máxima de atendimento. Ontem 46 pacientes estavam internados no PS (Pronto-Socorro) adulto, que tem capacidade para 20 leitos. Além disso, na última sexta-feira, o hospital suspendeu, por tempo indeterminado, internações na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal por também estar superlotada. O atendimento no pronto-socorro desde ontem passou a ser feito por classificação de risco: do mais grave

Números

130%

da capacidade está a UTI neonatal do Hospital Celso Pierro

18

horas pode demorar o atendimento no Pronto-Socorro Adulto do Celso Pierro para casos leves (cor vermelha) ao menos grave (cor azul). Isso significa que se o paciente chegar no local com uma lom-

balgia, por exemplo, pode ter de esperar até 18 horas para o atendimento – já que não é considerado um problema grave Em nota oficial divulgada ontem, a direção do hospital orientou a população a não procurar a unidade, deslocando-se assim para outros prontos-socorros da região. UTI Neonatal No caso da UTI Neonatal, a situação continua a mesma da última sexta-feira. Hoje, a ala está com 130% de sua capacidade – 19 recém-nascidos internados no intensivo e 3 em cuidado intermediário, totalizando 22, e a capacidade é para 18. METRO CAMPINAS

Pronto-Socorro do Hospital Celso Pierro chegou ao limite da capacidade de atendimento| METRO CAMPINAS

TJ-SP absolve funcionários da Prefeitura inicia projeto do Sanasa por crime de peculato cartão-ponto por R$ 1,3 mi O TJ-SP (Tirbunal de Justiça de São Paulo) absolveu Lauro Péricles Gonçalves, ex-presidente da Sanasa (Sociedade de Abastecimento de Água e Saneamento), e os funcionários Maria de Fátima Barreto Tolentino e Carlos Roberto Cavagioni Filho, por crime de peculato pela contratação de serviços de assessoria jurídica para defender servidores no Caso Sanasa – investigação do Ministério Público que denunciou um esquema de fraudes em licitações da Sanasa. O Gaeco, braço do Ministério Público que investiga o crime organizado, ofereceu denúncia contra os advogados e dirigentes da Sanasa após avaliar que a direção da empresa cometeu crime de peculato ao contratar o escritório de José Luiz de Oliveira Lima – advogado que atuou em vários casos, como na defesa do ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu (PT). A contratação do escritório criminal, segundo a direção da empresa pública, se deu em função da necessidade de se defender a empresa no Ca-

Prédio da empresa de saneamento | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

so Sanasa. Na época, o juiz da 3ª Vara Criminal Nelson Bernardes condenou Péricles, Maria de Fátima (então diretora Financeira) e Cavagioni (então diretor Jurídico) a dois anos e oito meses de reclusão, no regime aberto, pagamento de multas e prestação de serviços à comunidade. A defesa feita pelo advogado Ralph Tortima Stettinger Filho pediu a absolvição com “fundamento que na atipicidade da conduta por ausência da elementar pro-

veito próprio ou alheio.” E na semana passada, os desembargadores da 1ª Câmara Criminal do TJ-SP, por unanimidade, reformaram a decisão de primeira instância, absolvendo os três. Os desembargadores avaliaram que a contratação do escritório foi lícita. De acordo com Stettinger Filho, não há recurso sobre essa decisão. Ele ressaltou ainda que a ação de improbidade, movida contra todos, também foi julgada improcedente pelo TJ-SP. METRO CAMPINAS

A Prefeitura de Campinas prevê gastar R$ 1,3 milhão para implantação do ponto eletrônico para os servidores. O edital da licitação será publicado na semana que vem no ‘Diário Oficial’. O projeto, que começará pela Secretaria de Saúde, irá implantar 170 equipamentos em hospitais e postos de saúde da Pasta. O controle eletrônico deverá começar ainda no primeiro semestre. A medida atende ao MPF (Ministério Público Federal) que recomendou em agosto do ano passado que as prefeituras da região de Campinas instalassem, no prazo de 180 dias, um sistema de ponto eletrônico nas unidades de saúde do SUS (Sistema Único de Saúde) para acompanhar com maior rigor a frequência de profissionais da saúde. A recomendação estendida a outros 31 municípios ocorreu após reclamações de pacientes sobre problemas no atendimento durante feriados e finais de semana. E há duas semanas, uma blitz de vereadores de Cam-

Hospital Mário Gatti terá controle eletrônico | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

pinas no PA (Pronto-Atendimento) do Campo Grande, que atende urgência e emergência, revelou que alguns médicos saíram horas antes de finalizar o plantão e chegaram atrasados para trabalhar no dia seguinte. Segundo o vereador Gilberto Vermelho (PSDB), um médico saiu quatro horas antes de terminar a sua carga horária, mas assinou a folha ponto como se tivesse cumprido a jornada de trabalho completa.

Segundo o presidente da IMA (Informática dos Municípios Associados), Fábio Pagani, o sistema que será usado na prefeitura está sendo testado na IMA, que já está com cartão-ponto. Os equipamentos poderão ser de cartão ou biometria. As informações geradas pelo ponto eletrônico serão enviadas automaticamente para o software de gestão da Secretaria de Recursos Humanos. METRO CAMPINAS


|04|

Câmara corre para colocar pauta em dia

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

UNE JÁ ALUGA SALAS DE SEDE QUE NÃO SAI DO CHÃO. A União Nacional

dos Estudantes bota fé no mercado imobiliário para complementar seu lucrativo mercado de carteirinhas de meia-entrada: placa de “aluga” enfeita os tapumes da obra da nova sede, adiada de 2014 para o final de 2015. Serão salas comerciais na lâmina de vidro de emblemáticos 13 andares, no local incendiado há 50 anos pela ditadura. Com projeto doado por Oscar Niemeyer, terá museu, livraria cinemas e café, mas o terreno sequer foi escavado para a construção.

“É A DITADURA DAS LIDERANÇAS. ESTOU PERDENDO TEMPO AQUI”

Legislativo. Após 5 meses sem votar nada, deputados preparam um esforço concentrado de votações. Campanha eleitoral é adversária do plano de reconciliação com as ruas

DEPUTADO JÚLIO CAMPOS (DEM-MT) JOGANDO A TOALHA E ANUNCIANDO SUA APOSENTADORIA

propostas em tramitação na Câmara foram incluídas na pauta do esforço concentrado para votação até as eleições.

MILAGRE DA ENGENHARIA.

A “obra” da UNE abriga três operários, um vigia, algumas máquinas, caixa d´água elevada e contêineres de coleta seletiva de lixo. E só. BUSINESS. A UNE garan-

te que emprega na obra os R$ 50 milhões do contribuinte doados por Lula e Dilma, e que o aluguel das salas bancará o resto.

Neves (PSDB-MG) e Pastor Everaldo (PSC). DOBRADINHA. Sérgio Ca-

bral, que se mantém mal nas pesquisas, deve sair candidato a deputado federal, e lançar o filho Marco Antônio a deputado estadual.

ESTRANHO ERRO. A oposi-

ção já acha que foi proposital o vexame do Ipea, divulgando resultados invertidos de uma pesquisa sobre estupro. A minoria é que atribui culpa às mulheres. O resultado chocante fez a imprensa esquecer escândalos como o da Petrobras para repercutir a pesquisa.

PALANQUE MÚLTIPLO. Candidato do PMDB a suceder Sérgio Cabral no governo do Rio, Luiz Pezão autorizou o coordenador político da campanha, Jorge Picciani, a costurar um “palanque múltiplo”, que seria dividido entre Dilma e os adversários Aécio

Sérgio Cabral | FABIO RODRIGUES-POZZEBOM/ABR

LIVRE, LEVE. Irritado com

o PT-RJ, a quem atribui a rasteira que lhe tirou apoio do PROS e PCdoB, o deputado Anthony Garotinho (PR) disse ao ministro Aloizio Mercadante que se considera livre para apoiar “quem quiser”.

PODER SEM PUDOR

Rosinha na cadeia Certa vez, durante uma reunião do PMDB em Brasília, a então governadora do Rio Rosinha Matheus proporcionou um momento de descontração do senador José Sarney. Ela contou como acabou

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

na cadeia, nos anos 80: - Eu era “fiscal do Sarney”. Briguei no supermercado por causa do preço de um sabonete e fui parar na delegacia. O Garotinho teve de ir lá me tirar. Sarney adorou.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

Imobilizada pelo Marco Civil da Internet -- que demorou cinco meses para ser votado --, a Câmara planeja tirar a produtividade do plenário este ano praticamente do zero e votar projetos com apelo popular. São, ao todo, 6 PECs (Propostas de Emenda à Constituição) e 42 projetos, incluídos na pauta pelos líderes partidários que receberão o carimbo de prioridade a partir desta semana. O ano eleitoral é a principal barreira para que dê certo a tentativa dos deputados de mostrarem serviço. O esforço concentrado foi antecipado para abril justamente para minimizar o risco iminente de esvaziamento da Casa a partir de junho, quando começam oficialmente as campanhas para as eleições de outubro. A pauta retira da paralisia projetos que saíram da gaveta em função das manifestações populares de junho do ano passado. É o caso, por exemplo, da lei que torna a corrupção um crime hediondo. Vistas como uma conquista histórica, as regras para garantir o acesso a direitos pelos trabalhadores domésticos aguardam aná-

48

Câmara tenta impor ritmo de votações | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

lise dos deputados desde julho do ano passado, quando foram aprovadas pelo Senado. A paralisia dos trabalhos levou até a um descumprimento de uma decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que fixou dezembro de 2013 como prazo limite para que o Congresso aprovasse a lei de defesa dos usuários do serviço público. “Deixamos de cumprir nosso dever com a pauta da sociedade”, reconhece o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

Polêmicas Se o esforço de fato vingar, a Câmara se debruçará sobre temas polêmicos, como a permissão de biografias não autorizadas e a revisão da lei da imprensa para incluir o direito de resposta. Destaca-se no campo político a PEC que exige que políticos cumpram promessas de campanha e o projeto que pune as denúncias infundadas com o objetivo apenas de trazer prejuízos eleitorais. Na área econômica, estão na lista de priorida-

Dilma cai seis pontos, mas ainda vence no 1º turno Em um cenário de pessimismo econômico, a presidente Dilma Rousseff (PT) registrou uma queda de seis pontos percentuais na pesquisa Datafolha divulgada anteontem. Ela passou de 44% das intenções de voto, registrados em fevereiro, para 38% na sondagem realizada em abril. Mesmo com o revés, a presidente ainda seria reeleita no primeiro turno. Seus dois principais adversários, Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB), ficaram praticamente estagnados nas mesmas posições, com 16% e 10%, respectivamente. Nos cinco cenários apresentados, Dilma só não leva

INTENÇÃO DE VOTO DILMA ROUSSEF (PT) 50

44%

40

AÉCIO NEVES (PSDB) 50

Pesquisa Datafolha* para Presidente da República EDUARDO CAMPOS (PSB)

50

38%

30

16% 16%

20

9% 10%

10

0

FEV

ABR

0

FEV

0

ABR

FEV

ABR

*FORAM ENTREVISTADAS 2.637 PESSOAS EM 162 MUNICÍPIOS

no primeiro turno quando a ex-senadora Marina Silva entra na disputa. Nessa projeção, a presidente aparece com 39% das intenções de voto, enquanto Marina tem 27%.

A pesquisa Datafolha também revelou que para 63% dos entrevistados Dilma fez, até agora, bem menos do que o esperando. No ano passado, esse percentual era de 34%. METRO

des a regra para a cobrança de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviço) e o projeto que aumenta a participação estrangeira em sociedades com companhias aéreas brasileiras. O governo só observa a intenção dos deputados, mas, de antemão, orientará a base aliada a votar favoravelmente aos projetos, desde que não haja despesas para os cofres públicos. Por isso, os projetos que tratam da criação do piso nacional para agentes de saúde, bombeiros e policiais militares, além da redução de jornada de trabalho dos enfermeiros -prontos para votação em plenário -- devem ficar fora da lista. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

RJ. Exército é acusado de omissão por moradores Um jovem da favela de Nova Holanda foi espancado por moradores da Baixa do Sapateiro, no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, na manhã de ontem. Divididas por um valão de esgoto, as comunidades são dominadas por traficantes de facções distintas. Segundo familiares do estudante Cláudio dos Reis, de 22 anos, militares do Exército, que ocuparam a Maré no sábado, viram a vítima ser agredida por um grupo de adolescentes. Questionado por um dos parentes da vítima, um soldado teria afirmado que não pode interferir em brigas de facções. METRO


CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|05|◊◊

Manifestantes invadem Bomba queima urnas e mata 3 no Afeganistão prédios na Ucrânia Crise. Ativistas pró-Rússia ocupam sedes do governo em cidades no leste do país. Presidente em exercício Oleksander Turchinov cancela viagem para lidar com protestos Manifestantes pró-Rússia invadiram ontem sedes do governo ucraniano em diversas cidades ao leste do país. Em Donetsk, a 80 quilômetros a oeste da fronteira com a Rússia, um grupo de pessoas invadiu um prédio do governo local e ergueu uma bandeira da Rússia. Em Luhansk, a nordeste de Donetsk, centenas de pessoas cercaram a sede local do serviço de segurança. Um grupo, inclusive, escalou a fachada do edifício para colocar uma bandeira russa no telhado. A mídia ucraniana informou que os manifestantes atiraram ovos e pedras no edifício. Protestos similares ocorreram ainda nos arredores de Kharkiv. Desde que a Crimeia aprovou um referendo de

Manifestantes pró-russos acenam bandeiras em Donetsk | REUTERS

anexação à Rússia, em março, novos referendos similares surgem ao leste do país. No leste da Ucrânia está concentrado o suporte ao ex-presidente pró-Rússia Viktor Yanukovich. Cerca da metade dos moradores da região são russos étnicos e acreditam que as autori-

dades ucranianas são nacionalistas, que irão oprimir os russos residentes no país. Para lidar com os protestos, o presidente em exercício Oleksander Turchinov cancelou uma viagem à Lituânia prevista para hoje. Ele participa de uma reunião de emergência com os chefes

dos serviços de segurança. O ministro do interior, Arsen Avakov, escreveu, em sua conta no Facebook, que a Rússia é a culpada pela turbulência. “(Vladimir) Putin e Yanukovych ordenaram e financiaram outra série de agitação separatista no leste”, disse. Avakov acrescentou que a situação voltará ao controle sem sangue. O governo interino da Ucrânia nega que infringe os direitos da população russa étnica e acusa Moscou de tentar causar instabilidade. A Rússia moveu uma vasta tropa para áreas próximas da fronteira com a Ucrânia e existem fortes temores de que o leste do país poderia ser usado como pretexto para uma incursão russa. METRO

Uma bomba na beira da estrada matou ontem dois afegãos que trabalhavam nas eleições e um policial, além de destruir dúzias de cédulas de votos, no distrito de Khanabad, ao norte da província de Kunduz. O atentado ocorreu um dia após um pleito que terminou sem grande violência apesar de ameaças do Talibã. Cerca de 60% dos eleitores votaram ao redor do país em uma eleição presidencial planejada para ser a primeira transferência democrática de poder no Afegenistão. Atualmente no poder, Hamid Karzai é impedido pela constituição de se candidatar novamente, após 12 anos no cargo. Apesar de o Talibã não ter conseguido organizar nenhum grande ataque no dia da eleição, há o temor de que insurgentes tentem atrapalhar a contagem dos votos, que deve levar semanas. Denúncias de fraudes Os três principais candida-

Funcionários transportam urnas em centro de contagem de Cabul | REUTERS

tos são os ex-ministros do Exterior, Abdullah Abdullah e Zalmay Rassoul, e o ex-ministro de Finanças, Ashraf Ghani, denunciaram ainda irregularidades e fraudes nas eleições. A Comissão Eleitoral de Queixas indicou neste domingo ter recebido mais de 1.200 reclamações sobre votos fictícios, escassez de cédulas e inclusive de eleitores influenciados. METRO


|06|

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

TERCEIRIZAÇÃO DENTRO DA LEI A terceirização de mão de obra é um daqueles assuntos que, por envolver legislação, costuma suscitar dúvidas entre os donos de micro e pequenas empresas. É comum empreendedores procurarem o Sebrae-SP com perguntas sobre o tema. Por possibilitar a redução de custos com encargos trabalhistas, mostra-se uma opção interessante. Porém, não é válida em qualquer caso e é preciso atenção para não infringir as regras. Pela lei, só é possível recorrer a terceirizados para a atividade-meio (de suporte) e não para a atividade-fim da empresa, isto é, aquela para a qual o negócio foi criado. Um salão de beleza, por exemplo, não pode terceirizar os cabeleireiros. Além disso, a relação com o terceirizado é diferente da com o funcionário. O prestador de serviço tem independência total para executar suas tarefas; não está sujeito ao cumprimento de horários nem frequência e não pode receber ordens diretas do contratante. O Código Civil rege o relacionamento entre empresa tomadora e empresa fornecedora de mão de obra. Mas caso se constate vínculo empregatício, fica configurada fraude e a situação passa para a esfera trabalhista, submetida à CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). A terceirização traz a vantagem de simplificar a estrutura administrativa, permitindo ao dono do negócio e sua equipe centrarem esforços apenas na atividade principal. Assim, abre-se espaço para aumentar produtividade e ganhar competitividade. No entanto, é primordial certificar-se de que o prestador de serviço tem capacidade para fornecer o que foi estabelecido. Não se deixe levar pelo preço e sempre busque empresas ou profissionais idôneos. Lembre-se: o contrato deve ser feito por escrito e a contratada tem de comprovar que está em situação regular. Tramita no Congresso projeto de lei que sugere mudanças nas normas. Não vamos discutir neste momento seu mérito. O fato é que, enquanto não há uma conclusão sobre a proposta, deve-se seguir a regra vigente. Informe-se, avalie as alternativas e adote o procedimento caso considere vantajoso. Se você tem alguma dúvida ou gostaria de contar sua história sobre empreendedorismo, escreva para mim (bcaetano@sebraesp.com.br). Este espaço também é seu. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Poupança. Captação cai 70% com perda de rentabilidade A alta da taxa básica de juros, que tem elevado a rentabilidade dos fundos de investimento, continuou a reduzir o interesse pela poupança. Segundo o Banco Central, os brasileiros depositaram R$ 1,79 bilhão a mais do que retiraram da caderneta em março. A captação líquida caiu 70% em relação ao mesmo mês de 2013 e atingiu o menor nível para os meses de março desde 2011. Os novos reajustes da taxa Selic, atualmente em 11% ao ano, tornaram os fundos

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

de investimento mais rentáveis, apesar de a poupança não pagar impostos nem taxa de administração. Segundo a Anefac (associação dos executivos de finanças), a poupança é mais vantajosa somente nos casos em que os fundos cobram taxas de administração a partir de 3% ao ano. Para taxas de 2,5% ao ano, a caderneta só rende mais que os fundos em aplicações de até um ano. Para taxas inferiores a 2,5%, os fundos são mais rentáveis em todas as situações. METRO

Indústria aposta em feirões para desencalhar carros Veículos. Estoques crescem 11% e atingem o maior nível desde 2008. Caixa promove a partir de da próxima quinta-feira salão com taxas de juros a partir de 0,93% ao mês Com estoques elevados nas concessionárias e fábricas, a indústria de automóveis aposta nos feirões para elevar as vendas no país. Em março, o número de veículos encalhados nas montadoras e concessionárias aumentou 11% em março, passando de 348,9 mil em fevereiro para 387,1 mil unidades. O volume representa 48 dias de vendas, contra 37 dias no mês anterior, segundo a Anfavea (associação das montadoras). É o maior número desde novembro de 2008, em meio à crise econômica global, quando os estoques somavam 56 dias. Além de tradicionais feirões das montadoras, a associação fechou pela primeira vez uma parceria com a Caixa Econômica Federal, para realização do Salão do Automóvel, que acontece entre a próxima quinta-feira e sábado. A ação, que tem como alvo 2,8 milhões de corren-

Estoques de lojas e fábricas chegam a 387 mil carros | MILA CORDEIRO/FUTURA PRESS

tistas da Caixa com crédito pré-aprovado e também clientes que não têm relacionamento com o banco, será realizada em todos os Estados brasileiros, exceto Acre, e no Distrito Federal, totalizando 363 municípios, com participação de 1.470 concessionárias, de 34 marcas. Os financiamentos se-

rão concedidos com taxas a partir de 0,93% ao mês e prazos que vão até 60 meses. Segundo o último levantamento do Banco Central, feito entre 17 e 21 de março, a taxa cobrada pelo banco estatal é de 1,52% ao mês, a menor entre os seis principais bancos do país. Na sequência, aparecem Banco do Brasil (1,61%),

Preços no varejo virtual registram alta em março Os preços dos produtos vendidos no comércio eletrônico subiram 6,61% em março na comparação com o mês anterior. Segundo o índice e-Flation, calculado pelo Provar (Programa de Administração do Varejo) da FIA (Fundação Instituto de Administração), a alta foi puxada pela troca de estação, que fez os preços de vestuários registrarem alta de 29,98%. Segundo o coordenador de pesquisas do Provar, Nuno Fouto, a pesquisa considera os preços dos produtos mais comprados na internet. Com a mudança de estação, as lojas passaram a oferecer artigos de vestuário de maior valor agregado, o que explica a forte alta no mês. “São produtos com preços mais elevados”, explica.

6,6%

foi a alta dos gastos no comércio eletrônico registrada no mês passado, segundo o índice e-Flation De qualquer forma, segundo Fouto, os preços também estão em alta no comércio eletrônico. Sem considerar a categoria “Moda e acessórios”, que representa 18% do indicador, a inflação registrada na internet foi de 1,21% em março, acumulando uma elevação de 4,12% nos últimos 12 meses. Em fevereiro, também sem considerar itens de vestuário, preços tiveram queda de 1,15% e uma alta de

2,51% em um ano. “A alta dos preços de internet reflete um pouco o ocorrido no varejo em lojas físicas, mas em menor proporção por conta da concorrência no espaço virtual”, diz Fouto. Os produtos de telefonia e celular, por exemplo, ficaram 4,44% em março, após registrar uma queda de 7% no mês anterior. Também apresentaram aumento de preços brinquedos (2,49%), medicamentos (2,3%), produtos de cine e fotos (1,60%), eletrodomésticos (1,34%), eletroeletrônicos (1,10%) e perfumes e cosméticos (1,19%). Já as categorias que tiveram deflação foram: livros (-0,19%), informática (-0,94%) e CDs e DVDS (-1,93%). METRO

Itaú (1,64%), HSBC (1,68%), Santander (1,70%) e Bradesco (1,76%). Os bancos de montadoras, em geral, oferecem juros menores, entre 0,63% e 1,46% ao mês, mas o CET (Custo Efetivo Total) costuma ficar maior. No mês passado, o setor automotivo comercializou apenas 240 mil veículos zero-quilômetro no mercado interno, retração de 7,1% em relação ao mês anterior. Frente a março de 2013, a queda chega a 15%. “No ano passado passamos por um momento de expectativa de aumento de IPI em março, que acabou sendo adiado no fim daquele mês. Além disso, tivemos neste ano aumento de preço em razão da elevação do IPI e da introdução de airbag e ABS nos veículos leves e, por último, tivemos ainda dois dias úteis a menos em função do feriado do Carnaval”, disse Luiz Moan, presidente da Anfavea. METRO

Cerveja. Ambev vai congelar preço até o fim da Copa A Ambev, fabricante das marcas Antarctica, Brahma e Skol, lançou uma campanha para manter congelados os preços de todas as suas cervejas até o fim da Copa do Mundo. A ideia é convencer donos de estabelecimentos comerciais a não subirem os preços no período. A campanha surge dias depois de o governo anunciar o aumento dos tributos sobre bebidas frias. Segundo estimativas da Fazenda, isso deve deixar a cerveja 0,4%, em média, mais cara para o consumidor. A Ambev diz que espera repetir a adesão de mais de 500 mil pontos de venda que conseguiu na campanha “Verão sem aumento”, quando optou por não elevar preços até depois do Carnaval. METRO


CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|07|◊◊

Adeus, José Wilker

CULTURA

‘Giovanni Improtta’, de 2013, último longa de Wilker | DIVULGAÇÃO

A morte de José Wilker, aos 66 anos, pegou amigos, parentes e fãs de surpresa. Ele sofreu um infarto fulminante enquanto dormia, na manhã de sábado, aos 66 anos, na casa de sua namorada, a jornalista Claudia Montenegro, no Rio de janeiro. Não houve tempo de ele ser socorrido. Consternados, amigos e familiares começaram a se despedir do artista no velório que teve início às 23h de sábado. A cerimônia foi aberta ao público e realizada no Teatro Ipanema, na zona sul, até o final da tarde de ontem. Às 18h, o corpo do ator e diretor foi cremado no Memorial do Carmo, no Caju. José Wilker de Almeida deixou duas filhas: Isabel (do casamento com a atriz Mônica Torres) e Mariana (do relacionamento com a atriz Renée de Vielmond). Paixão pelo cinema Seu coração parou, e a arte não perdeu apenas um ator, mas um homem múltiplo. O cearense de Juazeiro do Norte, que começou a carreira como locutor, também se destacou, em seus mais de 40 anos de carreira, como diretor, autor e crítico de cinema. Nas novelas, a estreia foi

2

Arcade Fire fechou a edição 2014 do Lollapalooza na noite de ontem | ADRIANO VIZONE/FOLHAPRESS

Maratonapalooza As atrizes Renata Sorrah e Susana Vieira no velório | ALE SILVA/FUTURA PRESS

em Bandeira 2 (1971). Mas o primeiro protagonista de sucesso foi Mundinho Falcão, em “Gabriela” (1975). Ele ainda ficou marcado pelo personagem Roque Santeiro (1985), entre tantos outros. A última aparição na TV foi em 2013, em “Amor à Vida”, na qual viveu o médico Herbert. Aficionado por cinema, Wilker fez cerca de 70 filmes e tipos inesquecíveis como o Vadinho de “Dona Flor e Seus dois Maridos” (1976, de Bruno Barreto), o Lorde Cigano de “Bye Bye Brasil” (1979, de Cacá Diegues) e o Tenório Cavalcanti de “O Homem da Capa Preta”(1985, de Sérgio Rezende”). O último longa, que ele dirigiu e atuou, foi “Giovanni Improtta” (2013). METRO

Balanço. Com estrutura afinada, terceira edição brasileira do evento gringo agitou o público no Autódromo de Interlagos Foi preciso fôlego e disposição para ir ao Lollapalooza Brasil, no sábado e domingo, e conseguir ouvir... música. É que a longa distância entre os palcos montados no Autódromo de Interlagos dificultou a possibilidade do espectador colecionar vários shows memoráveis. Pode até ser que o essencial do festival de música tenha se perdido um pouco, mas o ganho em estrutura compensou. Houve boa distribuição de banheiros, quiosques de comida e caixas por todo o espaço e só pegou fila quem não quis procurar um ponto mais vago. A inclinação dos “morrinhos” do espaço possibili-

130 mil

pessoas conferiram os dois dias do Lollapalooza Brasil 2014 tou ainda uma boa visualização dos shows dos palcos Ônix, que teve ontem nomes como Johnny Marr e Vampire Weekend, e Skol, onde se apresentou um afônico Matt Bellamy com seu Muse, no sábado, e um Arcade Fire cheio de riqueza sonora, no domingo. Ponto positivo também para a rápida mobilização da produção, que consertou já ontem as falhas do primeiro

dia. Um exemplo foi o alargamento do caminho entre os palcos Skol e Interlagos, que ficou intransitável após o show da Lorde no sábado. A área Chef’Stage, que serviu pratos gourmet, fez sucesso na hora do almoço e serviu de refúgio para o calorão das 13h. Já o preço da cerveja, a R$ 9, estabeleceu novo recorde de valor máximo para a bebida em festival. Confira como foram os shows no site do Metro Jornal www.metrojornal.com.br

AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Concertos. Sinfônica da Unicamp em dose dupla

A noite de Wendy Escolhida Miss Campinas na última quinta-feira, a modelo e estudante de publicidade Wendy Meira retribuiu o carinho do público que compareceu ao Castro Mendes distribuindo beijinhos e espalhando simpatia. “Foi uma surpresa. Estou preparada para a próxima etapa”, disse a bela, que ganhou o direito de disputar a competição estadual com outras beldades. Além da coroa, a nova miss levou R$ 15 mil para casa. | DIVULGAÇÃO/PMC

João MacDowell é brasileiro, compositor e participa de um movimento que tem renovado as óperas de Nova York. Nesta semana, suas obras serão interpretadas em dose dupla pela Orquestra Sinfônica da Unicamp, que será regida por Cinthia Alireti, acostumada a comandar os músicos da universidade. O primeiro concerto está agendado para a quarta-feira, às 20h, no Teatro Castro Mendes. As entradas custam R$ 20 ou R$ 10 – meia entrada. Na quinta-feira, às 19h, os músicos vão à Casa do Lago, em Barão Geraldo. O concerto é gratuito. No repertório, além do trabalho de MacDowell –

MacDowell trabalha suas obras nos Estados Unidos | DIVULGAÇÃO

“Sinfonia nº 1”, estão peças de Gioachino Rossini e Felix Mendelssohn. METRO CAMPINAS

Jack White

Novo álbum

O cantor anunciou para o dia 10 de junho o lançamento de seu segundo álbum solo, “Lazaretto”. Para aguçar a curiosidade dos fãs, ele liberou no YouTube a primeira faixa do disco, “High Ball Stepper”. Confira no link migre.me/iE5q2.


|08|

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

VARIEDADES

O QUE ROLOU NAS COPAS

Os invasores

José de Anchieta

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

SEM PELÉ, MAS NÃO SEM CRAQUES

Cruzadas

Sou fã do papa Francisco por não se portar como um superstar. Abomina a pompa, prega a simplicidade. É o mais humano e terreno dos papas que já vi, porém, sabemos que a história extra-oficial dos padres jesuítas no Brasil não é tão abonadora. Padre Anchieta seria um santo “pero no mucho”? ZAQUEU OLIVEIRA – CAMPINAS, SP

A primeira Copa do Mundo sem Pelé desde 1958 viu o brilho de dois craques europeus: o holandês Johan Cruyff e o alemão Franz Beckenbauer. A Alemanha, aliás, eram dois países separados depois da Segunda Guerra Mundial. A parte Ocidental foi anfitriã em 74 e chegou a ser surpreendida pela Alemanha Oriental na primeira fase ao perder por 1x0, num jogo que teria perdido para evitar encontrar Holanda e Brasil antes da final. E deu certo. Na final, os alemães ocidentais prevaleceram novamente contra a sensação do torneio, como havia acontecido 20 anos antes contra a seleção da Hungria comandada pelo craque Ferenc Puskas.

Transporte público Precisam avisar o pessoal que possui as concessões dos ônibus que nós somos clientes do sistema. Eles precisam tratar bem os clientes – ou seja, a população –, colocando veículos bem equipados, por exemplo. Alguma alternativa melhor precisa ser estudada. A atual é a pior de todas. MÁRIO DIAS – CAMPINAS, SP

Dengue São preocupantes o índices de dengue em Campinas. Parte disso passa pela desatenção da população. É preciso reforçar que a epidemia deve ser evitada a partir da conscientização de cada um.

NOVA TAÇA, NOVAS PREOCUPAÇÕES

Beckenbauer levantou em 74 um novo troféu, já que o Brasil havia conquistado com o tricampeonato em 70 a posse definitiva da Taça Jules Rimet, roubada da sede da CBF em 83. O artista italiano Silvio Gazzaniga ganhou concurso entre 53 designers de 7 países com uma peça de 36 centímetros e 6 quilos de ouro que tinha dois atletas em espiral, celebrando com os braços para cima e carregando uma representação do mundo. O ataque terrorista que ocorrera dois anos antes, nos Jogos Olímpicos de Munique, contra o alojamento de atletas israelenses, fez com que o governo alemão transformasse as concentrações da Copa de 74 em locais superprotegidos.

ANA LÚCIA LIMA – CAMPINAS, SP

Metro Pergunta

Rogério Ceni poderia postergar a carreira Siga o Metro no Twitter: como goleiro? @Jornal_MetroCPS @vipurgato

Sudoku

FLECHA POLONESA A artilharia da Copa de 74 ficou com um polonês, carequinha e rápido. Lato corria 100 metros em menos de 11 segundos. O atacante marcou 7 vezes na Alemanha, uma delas na vitória por 1 x 0 sobre o Brasil, na disputa do terceiro lugar. A Seleção Brasileira comandada por Zagallo teve uma campanha pobre em números: foram 7 jogos, 3 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, com 6 gols a favor e 4 contra. Dentre os destaques positivos o goleiro Émerson Leão, reserva em 70, e que teve ótimas atuações. E outro remanescente do tri, o meia Rivellino, que marcou três gols na Copa.

Rogério Ceni tem uma grande carreira no futebol e já fez tudo que deveria no São Paulo. A aposentaria me parece um acerto. @MaranhaoAntonio

É difícil atuar profissionalmente depois dos 40 anos. Rogério Ceni já não é mais o mesmo. @HoraLi1

No ano passado, Rogério Ceni, apesar dos pênaltis perdidos, teve boas atuações. Gostaria de vê-lo campeão novamente.

Colaboraram Leandro Quesada e Alexandre Praetzel, da Rádio Bandeirantes.

Metro web Para falar com a redação:

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Leitor fala

leitor.camp@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Mercúrio ingressa em seu signo, influência importante para esclarecimentos e conversas com suas relações. Favorece estudos e cultura.

Atividades culturais, estudos e viagens estão propícias para serem tratadas. Momento para exercitar sua fé, com ou sem religião.

Os contatos sociais são propensos a serem mais frequentes. Na vida amorosa, boa oportunidade para se expor de maneira mais afetuosa.

O momento é de reflexão para seus projetos e repensar quantos valem a pena. Atente-se para não se sacrificar demais por quem não merece.

Valorize as pesquisas e seja mais ponderado com finanças. Possibilidades para repensar despesas e lidar com algumas extras.

São maiores as possibilidades para retomar assuntos especiais junto a familiares. A organização do lar tomará sua atenção.

Tendências a se envolver com grupos e retomar amizades. Cuide para não intervir demais em assuntos de quem gosta.

O momento é especial para retomar assuntos ou expor mais seus pensamentos na vida afetiva. Atente-se para não se exceder em exigências.

Os estudos e interesses culturais despertarão mais motivação. Nos relacionamentos, seja mais cuidadoso com o que disser.

Período especial para contatos profissionais. Assuntos que envolvam documentos, e-mails ou comunicações marcarão negócios.

Os assuntos do trabalho tomarão empenho para algum ajuste. Tendências a incrementar atividades diferentes em sua rotina.

Questões financeiras envolverão sua semana com mais empenho para projetos. Boa ocasião para repensar gastos e interesses materiais.


CAMPINAS Segunda-feira, 7 de abril de 2014

leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps

ESPECIAL

Delícias que só fazem bem Conheça os benefícios da dieta mediterrânea PÁG. 12

Aproveite o Dia Mundial da Saúde e avalie se você está cuidando bem da sua pressão arterial PÁG.10

Ajude o seu coração


+

|10|

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

DIA MUNDIAL DA SAÚDE

Controle a pressão arterial fazendo atividades físicas

ESPECIAL

Prevenção Para não ter pressão alta: • Evite o excesso de peso • Reduza a quantidade de sal na alimentação • Pare de fumar • Tente lidar com seus problemas de forma mais tranquila e não se estresse

Batimentos cardíacos

Como medir a pressão?

• Pratique exercício físico regularmente

A medida da pressão arterial deve ser feita em repouso, por pelo menos dois minutos (idealmente cinco minutos), em posição sentada e de bexiga vazia.

• Tenha acompanhamento de um médico

Exercícios devem ter acompanhamento de um médico | APU GOMES/FOLHAPRESS

PUBLICIDADE

CONTROLE SUA PRESSÃO Graus

Pressão Arterial (mm de Hg)

Hipotensão Ótima Normal Normal alta Hipertensão

Sistólica 100-120 120 120-130 130-140 >140

Diastólica 60-80 80 80-85 85-90 >90

Consequências

Quais são os efeitos da pressão alta? A hipertensão obriga o coração a exercer mais força para conseguir levar o sangue arterial a todo o corpo. Este maior esforço leva a um aumento do músculo cardíaco e à dilatação do coração. Como consequência, o coração deixa de ser capaz de bombear o sangue necessário ao organismo. Por isso, o controle inadequado da pressão arte-

rial contribui para aparecimento de lesões nos vasos, coração, rins e cérebro. Casos em que não há um monitoramento da pressão e tratamento podem resultar em insuficiência cardíaca, lesões em vasos sanguíneos, infarto, AVC (acidente vascular cerebral), alterações no funcionamento dos rins, até perda de visão. “Todas essas situações são muito graves e podem ser evitadas com o tratamento adequado”, explica o cardiologista Fernando Alves da Costa. METRO

Coração. Padronizar frequência e duração de exercícios ajuda a manter a pressão arterial. Caminhada é uma das atividades mais indicadas O Dia Mundial da Saúde é comemorado hoje, com o objetivo das pessoas se conscientizarem sobre a importância da saúde na sua vida e no dia-a-dia, além de alertar sobre os principais problemas que podem atingir a população. A hipertensão atinge homens e mulheres, de todos os níveis sociais ou idades, e é um dos principais problemas de saúde pública no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde, a hipertensão arterial atinge cerca de 30% da população brasileira. Mas, com prevenção e simples cuidados, essa doença pode ser evitada. “A prática de atividades físicas e uma dieta saudável são algumas das melhores formas de prevenir e controlar a hipertensão”, afirma Fernando Alves da Costa, cardiologista pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Segundo o médico, os exercícios mais indicados para hipertensos são as caminhadas e natação, com frequência de cinco vezes por semana e sessões de trinta a quarenta minutos. “Também pode-se trocar estas modalidades por dança de salão”, afirma o cardiologista. Padronizar a intensidade, frequência e duração das sessões de exercícios ajuda o paciente. Mas, é importante ter acompanhamento de um profissional para que os exercícios tragam benefícios à saúde. Outra boa opção para quem não tem tempo para praticar exercícios, é adaptar atividades cotidianas como subir escadas, passear com o cachorro e fazer passeios a pé. Sintomas Muitas vezes a hipertensão não mostra sintomas. No entanto palpitações, cansaço fácil, irritabilidade dores de cabeça forte e hemorragia nasal podem indicar alterações na pressão arterial. Por isso que o acompanhamento do estado do coração constante é tão importante. METRO


|12|

DIA MUNDIAL DA SAÚDE

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

As delícias que só fazem bem ao coração Dieta mediterrânea. Estudo diz que hábitos dos habitantes do sul da Europa podem reduzir em 30% mortes por doenças cardíacas

As saladas mediterrâneas, fartas em folhas verdes, legumes e queijo branco, são saborosas e fazem bem ao coração

A dieta mediterrânea é uma grande amiga da nossa saúde. Segundo pesquisa da Universidade de Barcelona, quem se alimenta regularmente com alguns ingredientes típicos da culinária da região à beira do mar Mediterrâneo tem até 30% menos chances de morrer vitimado por problemas cardiovasculares. “A dieta mediterrânea é boa por ser composta por alimentos de baixo teor de gordura total e saturada, garantir maior consumo de frutas, legumes e verduras, grãos integrais e conter baixo consumo de carne vermelha e de produtos com adição de açúcares”, diz Camila Leonel, nutricionista da Unifesp. As refeições mediterrâ-

IMAGE SOURCE/FOLHAPRESS

Azeites crus trazem benefícios ao coração e ao funcionamento dos intestinos

neas têm bastante potássio, magnésio e cálcio, nutriente com efeito hipotensor, ou seja: favorecem o controle e a diminuição dos riscos da hipertensão. Em geral, a dieta mediterrânea tem a carne de pei-

xe como principal fonte de proteína. “O peixes é rico em ômega 3, que protege a saúde cardiovascular por reduzir as concentrações do ‘colesterol ruim’ e de triglicerídeos no sangue”, explica a nutricionista. METRO

IMAGE SOURCE/FOLHAPRESS

Azeite deve ser usado cru e o melhor vinho é o tinto

Um dos ingredientes que garantem a qualidade da dieta mediterrânea é o azeite de oliva, comum no sul da Europa e norte da África, por serem regiões com farta produção de azeitonas. “Os azeites contêm compostos antioxidantes que beneficiam o coração e ajudam o funcionamento dos intestinos”, explica a nutricionista Camila Leonel. É comum no Mediterrâneo o consumo do azeite extravirgem, que se diferencia do virgem (ou comum) pelo menor teor de acidez. Segundo Camila, os azeites devem ser preferencialmente consumidos crus. “A gordura do azeite não suporta temperatura muito alta, então deve ser usado para refogar e assar, e não para fritar alimentos.” Também muito comuns nas refeições do sul da Europa são os vinhos. Os tintos são ricos em resveratrol, substância que faz bem ao coração. “Tem propriedades antioxidantes e cardioprotetoras”, diz a nutricionista. Mas nada de abuso: uma taça por dia já está bom. Quem não bebe álcool pode substituí-lo pelo suco natural de uva, que também tem resveratrol. METRO


3 ESPORTE

|14|

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Hamilton 2 x 1 Rosberg No Bahrein. Mercedes sobram de novo e Lewis Hamilton vence a 2ª na temporada Mesmo que não fosse o 900º Grande Prêmio da história da Fórmula 1, a etapa do Bahrein, disputada ontem no circuito de Sakhir, já estaria na lista das grandes corridas da categoria. Emocionte do início ao fim, a prova reafirmou o que se desenha desde o começo da temporada: o domínio da Mercedes. Se, nos últimos quatro anos a Red Bull foi a equipe a ser batida, 2014 tem sido o ano das Flechas de Prata. O inglês Lewis Hamilton repetiu o resultado obtido na Malásia, domingo passado, e foi o mais rápido. Seu companheiro de time, o alemão Nico Rosberg, vencedor do GP da Austrália, prova que abriu a temporada, foi o segundo colocado. O mexicano Sergio Pérez, da Force India, fechou o pódio. Felipe Massa, da Williams, foi o sétimo. Rosberg, com uma vitória a menos que o Hamil-

LEWIS HAMILTON, SOBRE O DUELO COM NICO ROSBERG NO GP DO BAHREIN

METRO

Schumacher faz contato visual, informam jornais O heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher está respondendo a vozes e fazendo contatos visuais. A informação é dos jornais “La Gazzetta dello Sport”, da Itália, e “Bild”, da Alemanha. O ex-piloto alemão está internado na França desde dezembro, quando sofreu grave acidente enquanto esquiava. METRO

“Nico foi melhor do que eu. Tenho que ver onde preciso melhorar. Foi muito duro segurá-lo”

ton, lidera a classificação com 61 pontos, 11 a mais do que o inglês. Além da predominância da Mercedes, o GP do Bahrein marcou também a disputa franca de posições entre pilotos do mesmo time. Felipe Massa e o Valtteri Bottas, que na Malásia se desentenderam, duelaram sem interferência da Williams; Hamilton e Rosberg fizeram o mesmo na Mercedes. Melhor para a Fórmula 1. Até o acidente digno de cinema envolvendo o mexicano Esteban Gutiérrez, da Sauber, e o venezuelano Pastor Maldonado, da Lotus, não causou vítimas.

Mais F1

Tênis

Brasil despacha Equador na Davis O Brasil venceu ontem a equipe do Equador, em Guayaquil, e garantiu a classificação para os playoffs da Copa Davis. Na quarta-feira, a equipe conhecerá o adversário com quem disputará, em setembro, uma vaga no Grupo Mundial do torneio. Hamilton comemora a 24ª vitória na carreira | CLIVE MASON/GETTY IMAGES

METRO

Superliga. Campinas perde e Heller dá adeus O meio de rede do Brasil Kirin, André Heller, agradeceu os aplausos após a eliminação da equipe campineira da Superliga para o Sesi, na derrota por 3 sets a 2 no ginásio do Taquaral, no último sábado. O jogador fez sua última partida como profissional e se emocionou. André Heller foi campeão olímpico em Atenas, em 2004, com a Seleção Brasileira de Vôlei e ainda duas vezes campeão mundial.

Ansiedade

“Meu lugar é no campo. Esse período sem jogos foi difícil. Mas agora quero ajudar e com gols” ALEXANDRE PATO, ATACANTE DO SÃO PAULO. CAMISA 11 DEVE VOLTAR AO TIME QUARTA-FEIRA, CONTRA O CSA-AL

METRO CAMPINAS

Toro Loko enfim chegou ao objetivo | DIVULGAÇÃO

Red Bull bate Osasco e está na elite do Paulista Depois de tanto bater na trave em anos anteriores, com grandes investimentos, o Red Bull conseguiu confirmar o acesso para a elite do Campeonato Paulista ao vencer, ontem, o Osasco por 3 a 1, na grande São Paulo. O Toro Loko iniciou a trajetória do acesso na partida com Raul, logo aos 17

minutos do primeiro tempo. A etapa inicial terminou com a vantagem do visitante, mas o segundo tempo veio e, logo aos sete minutos, Geninho empatou para os donos da casa. Só que dessa vez o Red Bull não queria saber de conversa. Foi para cima do adversário e retomou a liderança do placar dois mi-

nutos depois, com Anderson Marques. Aos 37 minutos da etapa final, Allan Dias fez o gol do alívio, ampliando a vantagem para 3 a 1. Em 2015, a equipe finalmente disputará o Paulistão, concretizando o sonho que já havia ficado perto de se tornar real por duas vezes. METRO CAMPINAS

Serginho, do Sesi, cumprimenta André Heller | DIVULGAÇÃO

Guarani. Clube evita queda e pensa na Série C O empate sem gols diante do Batatais no sábado evitou o vexame do rebaixamento do Bugre na campanha bem abaixo da esperada pela torcida bugrina na Série A2 do Paulista. Com 22 pontos, o time não tem mais chances de cair. Agora o Guarani inicia a reformulação pensando

na Série C do Campeonato Brasileiro, competição que o Guarani terá pelo menos 60% do elenco renovado após o fracasso do estadual. Essa semana, algumas peças já podem ser dispensadas e algumas situações definidas. No ano passado, o Bugre disputou a Série C, mas não avançou da primeira fase. METRO CAMPINAS


CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

A Copa no Mundo da Qual você vai usar? Especialistas analisam os uniformes das seleções para 2014 Os motivos para sair usando uma camisa de seleção são vários: porque é o seu país, porque é o país dos seus pais, porque o time é muito bom, porque a camisa é lin-

A influência esportiva nas roupas chegou para ficar. Os mantos não poderiam estar mais na moda!

A gola em “V” do manto brasileiro está em alta. Aposte na tendência!

moda

da, porque a seleção é tradicional ou simpática... Ok, entendemos, mas queremos saber o quão fashion será a Copa do Mundo no Brasil. E para isso o Metro

AS CAMPEÃS

Jornal conversou com Ana Pasternak, consultora de moda e Thais Rossiter, estilista da Coca-Cola Jeans. Veja se a sua escolha está dentro dos padrões da moda. METRO

Verde e amarelo, por serem as cores da Seleção Brasileira, nunca saem da moda!

4

1

1. Rei fashion

O Japão ganha o troféu fashion por propor um uniforme em sintonia com as inovações vistas nas grifes japonesas e influência da arte, na pincelada vermelha nas costas da camisa. “O uniforme tem textura, além de uma proposta de cor totalmente inusitada em relação ao vermelho e preto, que representam o país”, analisa Thais.

2. Canarinho!

Verde e amarelo são as cores campeãs por serem os tons principais dos anfitriões. Nesse caso, sorte da Austrália, Colômbia, México, Camarões, Costa do Marfim, Equador, Nigéria e Argélia que também usam e abusam das cores canarinho!

3. Elegância

A Itália, Chile, Camarões, Argélia, Gana, Irã, Uruguai, Costa do Marfim, Camarões e Suiça marcaram um gol de placa com as camisetas slim, que valorizam ombros largos e quadris estreitos, características dos famosos ternos italianos. “Na vida real é difícil essa moda pegar, porque o homem gosta de conforto”, diz Thais.

2 4. Laranja Mecânica

O laranja invadiu as passarelas e vai continuar assim no Brasil, até ao menos o verão 2015, portanto a Holanda, está mais atual do que nunca e faz a volta da vitória entre os mantos, seja na primeira ou segunda opção de uniforme das concorrentes.

3 5. Total in!

Em tons de fúcsia e vermelho, o uniforme português segue a tendência das coleções do inverno internacional! “As portuguesas não terão dificuldade em se produzir”, afirma Ana. Não somente elas! As russas, coreanas do sul, belgas, ganesas, iranianas, suíças, costa-riquenhas e espanholas furam o bloqueio e se infiltram na tendência.

5

O branco total reinou soberano nas passarelas internacionais! Ponto para França, Alemanha, Estados Unidos, Chile, Uruguai, Grécia, Costa Rica, Inglaterra, Itália, Suiça, Honduras, Rússia, Gana, Bósnia e Irã.

|15|◊◊


|16|

CAMPINAS, SEGUNDA-FEIRA, 7 DE ABRIL DE 2014 www.readmetro.com

ESPORTE

Vantagem de

Itu

• •

Alemão, do Ituano, comemora pênalti perdido pelo Cícero, do Santos, no Pacaembu | RODRIGO COCA/FOTOARENA

Decisão. Ituano joga melhor e vence o Santos. Peixe precisará ganhar por dois gols Melhor ataque do Campeonato Paulista, melhor campanha, favoritismo... nada disso adiantou ao Santos, ontem, diante do Ituano. No Pacaembu, o Peixe não resistiu à equipe do interior, dona da melhor defesa do estadual, e perdeu por 1 a 0. No próximo domingo, os clubes voltam ao Pacaembu. Para ficar com o título, o San-

tos tem de vencer por dois gols de diferença. Um empate dá a taça ao time de Itu. Vitória alvinegra por um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis. O jogo O Ituano mostrou ontem que não eliminou o Palmeiras por sorte na semifinal. Os comandados do técnico Doriva fo-

ram superiores ao Santos tanto na defesa – foram apenas dez gols sofridos em todo o Paulistão, o último, há seis partidas – e no ataque. O time rubro-negro não sentiu a pressão, muito menos foi intimidado pelo Santos. Trocou passes e dominou a posse de bola no início do jogo. Aos 20 minutos, fez um belo gol.

1 0

Rafael Silva passou para Esquerdinha que, de calcanhar, tocou para Cristian. O camisa 10 do clube de Itu soltou uma bomba, que estufou a rede do alvinegro e deixou o Ituano na frente. Embalado pela maior parte dos torcedores – foram 29.203 presentes no Pacaembu –, o Peixe tentava a reação. E quase chegou lá, não fosse

Vágner; Dick , Alemão, Anderson Salles e Dener; Josa, Paulinho (Marcelinho), Jackson Caucaia e Cristian (Claudinho); Rafael Silva (Gercimar) e Esquerdinha. Técnico: Doriva

ITUANO

Aranha; Bruno Peres, Neto , David Braz e Emerson; Arouca, Cícero e Gabriel (Rildo); Geuvânio (Stéfano Yuri), Leandro Damião e Thiago Ribeiro (Alan Santos). Técnico: Oswaldo de Oliveira

SANTOS

Gol. Cristian aos 20 minutos do 1º tempo. Arbitragem. Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, auxiliado por Anderson José de Moraes Coelho e Tatiane dos Santos Camargo (SP)

a falta de capricho de Cícero. Aos 32 minutos, Josa cortou a bola com a mão. Pênalti para o Santos. Cícero cobrou mal, isolou a bola e, aos 35 da etapa inicial, desperdiçou a chance do empate. O Santos pressionava, tentava evitar que o Ituano trocasse passes. Mas o efeito estava longe de ser o ideal. No intervalo de jogo, confusão entre o santista David Braz, que chutou a bola em cima de um atleta do Ituano. O nervosismo na saída de campo não ajudou o alvinegro no 2º tempo. O time seguiu pressionando o clube do interior, que mostrou o porquê de ter a melhor zaga do Paulistão. Aranha salvou o Peixe aos 14, em chute a queima roupa de Rafael Silva. O Ituano ficou perto de conquistar seu segundo título estadual, 12 anos depois de sua primeira conquista. METRO

“A gente não jogou o que está jogando. Está tudo em aberto, mas se quisermos conquistar esse título, temos de jogar muito mais do que isso” THIAGO RIBEIRO, ATACANTE DO PEIXE

“Treinamos muito essa jogada e acabou dando certo. Nosso time está com muita sintonia, coisa de campeão: todo mundo ajuda a marcar” CRISTIAN, AUTOR DO GOL DO ITUANO

20140407_br_metro campinas  
Advertisement