Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

BRUNA PRADO/ METRO RIO

Filas são constantes para a mostra

Mais de 20 mil no MAM Hiper-realidade de Ron Mueck atrai público

PÁG. 15

FANTASMAS DO PASSADO

PAULO MORELLI FALA DO DRAMA ‘ENTRE NÓS’, SOBRE REENCONTRO DE AMIGOS PÁG. 15

Carolina Dieckmann está no elenco, que tem ainda Caio Blat

RIO DE JANEIRO Sexta-feira, 28 de março de 2014 Edição nº 854, ano 4 MÍN: 20°C MÁX: 30°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

hazy

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

showers

Ipea faz retrato do machismo no país Para 65%, roupa curta justifica ataque sexual. Entre os 3.81o ouvidos pelo instituto, 58% dizem ainda que se as mulheres soubessem se comportar, haveria menos estupros PÁG. 06

SEM PARAR

VLT vai circular initerruptamente pelo Centro em 2015

PÁG. 02

Fred abriu o placar no Maracanã | RICARDO AYRES/PHOTOCAMERA

Vasco e Flu empatam e adiam decisão Clássico termina 1 a 1 e vaga na final será definida no domingo. Tricolor joga por novo empate no Maracanã PÁG. 19

Mais dois PMs têm prisão decretada por morte de Claudia Comandante e sargento de ação em Madureira são responsabilizados PÁG. 04

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Aprovação de Dilma cai de 43% para 36% Protótipo do Veículo Leve Sobre Trilhos está em exposição em galpão na Gamboa: novo meio de transporte terá 42 paradas e 28 km de trilhos | BRUNO POPPE/FRAME/FOLHAPRESS

Pesquisa do Ibope aponta queda da popularidade da presidente PÁG. 06

Indy dispara Tony Kanaan e Helio Castroneves no domingo correm em busca do título PÁG. 18


1 FOCO

|02|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Prefeitura apresenta modelo do VLT da cidade Mobilidade. A previsão é de que o Veículo Leve Sobre Trilhos esteja funcionando no segundo semestre de 2015. Custo é de R$ 1,2 bilhão O prefeito Eduardo Paes apresentou ontem um protótipo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que vai ligar a zona portuária ao outras partes do Centro e ao aeroporto Santos Dumont, além de integrar ônibus, metrô, trens e barcas. O sistema, previsto para entrar em funcionamento no segundo semestre do ano que vem, terá capacidade para transportar cerca de 300 mil pessoas por dia. A tecnologia é de uma empresa francesa que será res-

ponsável pela entrega das cinco primeiras composições. Outras 27 unidades serão produzidas no Brasil, com transferência de tecnologia. De acordo com o prefeito Eduardo Paes, o novo meio de transporte deverá circular ininterruptamente. O projeto prevê seis linhas e 42 paradas em 28 quilômetros de trilhos. A velocidade será de 17 km/h. O custo é de R$ 1,2 bilhão, divididos entre o Ministério das Cidades e o

grupo de empresas que tem a concessão da Prefeitura do Rio. “De tudo que a gente está fazendo, de intervenções de infraestrutura, ele é o mais simbólico para a recuperação do Centro”, disse Paes. O protótipo ficará aberto à visitação todos os dias da semana, entre 9h e 20h, nos galpões ferroviários da Gamboa, próximo ao Túnel Ferroviário do Morro da Providência. METRO RIO

Os primeiros cinco VLTs virão da França | BETH SANTOS / DIVULGAÇÃ0

Seconserva promete fazer Acidente. Colisão entre reparo na rua Jardim Botânico caminhão e ônibus

Mais Médicos

Ação do MPT

O procurador do MPT (Ministério Público do Trabalho), Sebastião Caixeta, ajuizou ontem uma ação na Justiça contra a União por descumprimento das leis trabalhistas nos contratos assinados com estrangeiros no programa Mais Médicos. No pedido, o procurador pede uma reparação de R$ 1,6 bilhão, referente a remuneração por um ano de 13.325 médicos participantes a partir do quarto ciclo do programa. No contrato, os médicos não tem direito à FGTS, 13º salário e férias.

Na primeira coluna “Direto ao Ponto”, publicada ontem no jornal Metro, Rodolfo Schneider mostrou que o asfalto da rua Jardim Botânico, no bairro homônimo da zona sul, está desnivelado poucos meses depois de a via ter recebido novo recapeamento. Em nota, a secretaria municipal de Conservação (Seconserva) disse que vistoriou o trecho da rua e que irá programar os reparos nos próximos dias. A secretaria afirmou que estuda repetir ali a substituição de asfalto por placas de concreto nos pontos de frenagem dos ônibus, técnica que já foi aplicada na Tijuca.

do BRT deixa 32 feridos

Seconserva estuda trocar asfalto por concreto | BRUNA PRADO / METRO RIO - 26/03/2014

“A experiência foi bastante positiva e deve ser expandida ao longo de 2014. As placas de concreto são implantadas nas paradas de ônibus para evitar que o asfalto sofra danos, já que o momento da freada,

Um acidente entre um caminhão e um ônibus do BRT deixou 32 pessoas feridas, na manhã de ontem, na Avenida das Américas, na saída do Túnel da Grota Funda, em Guaratiba, zona oeste. O Consórcio BRT afirmou, em nota, que o acidente ocorreu porque o caminhão fez o retorno irregularmente, ba-

tendo em seguida na lateral do coletivo, que fazia a linha Pingo D’Água-Salvador Allende. Ainda segundo o consórcio, o caminhão tinha placa de São José dos Campos, em São Paulo. Segundo o Corpo de Bombeiros, 32 pessoas ficaram feridas no acidente. A maioria das vítimas sofreu lesões leves. METRO RIO

associado ao calor, é um dos grandes causadores de imperfeições. Cabe salientar que o custo do concreto é de três a quatro vezes maior que o do asfalto utilizado nas vias”, disse a Seconserva. METRO RIO

Novo aplicativo do Procon-RJ O Procon Estadual lançou ontem um novo aplicativo para smartphones e Tablets que recebe reclamações de consumidores. O “Meu Procon-RJ” já está disponível gratuitamente para download no site: meuprocon. rj.gov.br. O sistema é compatível com iOS, Android e

Windows Phone. Até então, as reclamações só podiam ser feitas pelo telefone 151. Segundo o órgão, os dados armazenados a partir da ferramenta serão levados em conta pela Secretaria Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor em operações e políticas públicas. FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Cidinha deixa o cargo A secretária responsável pela pasta anunciou ontem que deixará a pasta no dia 3. Cidinha Campos tentará novo mandato na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Caso consiga se eleger, esse será o 7o mandato como deputada. METRO RIO

Grafite tomará muro do metrô Em comemoração ao Dia do Grafite, ontem, o EixoRio lançou, em Inhaúma, o projeto GaleRio, que será a maior galeria a céu aberto do mundo. Alunos de uma escola municipal atrás da estação do metrô terão seus rostos eternizados no muro da estação. | DIVULGAÇÃO

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


|04|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Santo. Metro Justiça decreta prisão Espírito chega à Grande Vitória de mais dois policiais por morte de Claudia Morro da Congonha. Agentes comandaram a ação no dia em que a auxiliar de serviços gerais foi baleada. Juiz determinou que os três PMs que a arrastaram não se aproximem da comunidade A Justiça do Rio decretou, ontem, a prisão temporária de mais dois PMs envolvidos na morte de Claudia Silva Ferreira, aos 38 anos, que foi baleada em uma operação policial no morro da Congonha, em Madureira, na zona norte, e depois arrastada por cerca de 350 metros em uma carro da PM. O 1º tenente Rodrigo Medeiros Boaventura, comandante da guarnição que fez a operação no dia 16 de março, e o 2º sargento Zaqueu de Jesus Pereira Bueno, segundo no comando da equipe, tiveram prisão de 30 dias decretada pelo juiz Murilo Kieling. O magistrado também revogou a prisão preventiva e decretou a prisão temporária de 30 dias para Ronald Felipe dos Santos, de 18 anos, que também foi baleado por policiais e, depois, preso. Ronald disse que viu o momento em que o disparo atingiu Claudia e, em depoimento, contou que a auxi-

inclusive por meio telefônico ou eletrônico. Eles estão trabalhando em funções administrativas da PM.

Claudia foi baleada e arrastada por carro da PM por 350 metros | REPRODUÇÃO/BAND

liar de serviços gerais estava em um local onde o PM podia vê-la. Ele admitiu que já teve ligação com o tráfico de drogas, mas disse que hoje trabalha vendendo balas. No entanto, os três PMs que estavam no carro que arrastou Claudia, depois de ela ter caído do porta-malas, continuam em liberdade. Em substituição à prisão preventiva dos agentes, a Justiça apli-

cou três medidas ao trio. Os subtenentes Adir Serrano Machado e Rodney Miguel Archanjo, e o sargento Alex Sandro da Silva Alves estão proibidos de realizar atividades voltadas ao trabalho externo de segurança em vias públicas; se aproximar a menos de 300 metros do morro da Congonha; e ter contato com qualquer testemunha do inquérito,

Laudo inconclusivo O laudo do IML (Instituto Médico Legal) sobre o caso de Cláudia ficou pronto na quarta-feira, mas não respondeu qual foi a causa da morte da auxiliar de serviços gerais: se ela morreu na hora em que foi baleada ou quando foi arrastada pelo carro da PM, a caminho do hospital. De acordo com os peritos, o tiro que atingiu Claudia provocou uma lesão grave e ela morreu em poucos minutos. O documento, porém, não especifica quantos minutos foram. Além disso, os peritos não responderam se a bala que a atingiu foi disparada por um fuzil. Para tentar tirar as dúvidas, os investigadores farão uma reconstituição do crime na próxima quinta-feira, no morro da Congonha. METRO RIO

O Metro Jornal estreia hoje sua 10ª edição no Brasil, com o início das operações em Vitória, Vila Velha, Serra e Cariacica, no Espírito Santo. Serão 30 mil exemplares distribuídos gratuitamente de segunda a sexta-feira por 40 pontos espalhados pela região metropolitana. Com o Metro Grande Vitória, o jornal passa a entregar 510 mil exemplares no total. O Metro Grande Vitória é resultado da parceria entre o Grupo Bandeirantes e a TV Capixaba (empresa do Grupo Sá Cavalcante) e abre o modelo de franquia da marca no Brasil. “O Metro chega para ajudar a realizar o nosso sonho de transformar o Espírito Santo”, afirma Waltinho Cavalcante, presidente da Sá Comunicação. O modelo de franquias é o mesmo que trouxe da Suécia ao Brasil o maior jornal do mundo em 2007. “A integração do jornal ao Grupo Bandeirantes em todas as praças é a base do sucesso do Metro no Brasil. O início da rede de franquias obedece à mesma lógica: aproveitar o conteúdo nacional e

510 mil é o número de exemplares distribuídos gratuitamente em 10 cidades do Brasil.

internacional já instalado, e se integrar ao grupo afiliado Band de cada praça”, diz Cláudio Bianchini, presidente do Metro Brasil. Praças Além de na Grande Vitória, o Metro Jornal circula em Brasília, São Paulo, Santos, Campinas, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre e no ABC paulista. METRO

Comandante do Batalhão de Avião não tripulado será Rocha Miranda é exonerado usado na ocupação da Maré Comandante do 9º BPM (Rocha Miranda), o tenente-coronel Wagner Moretzsohn foi exonerado do cargo no dia em que aconteceu mais um protesto violento contra a ação de policiais do batalhão, na quarta-feira. Ontem, o ex-comandante do 4º BPM (São Cristóvão), tenente coronel Luiz Octávio Lopes, assumiu a chefia do 9º BPM no lugar de Moretzsohn. Revoltados com a morte de um jovem do morro São José Operário, na Praça Seca, em Jacarepaguá, na zona oeste, durante uma operação policial do 9º BPM, cerca de cem moradores da comunidade interditaram a rua Cândido Benício, uma das mais movimentadas do bairro, em uma manifestação violenta. Três ônibus e um carro de passeio foram incendiados e

Carro foi queimado em ato contra ação do 9º BPM | ARION MARINHO/FUTURA PRESS

outros quatro coletivos foram apedrejados. O fogo atingiu a rede elétrica e parte da rua ficou às escuras. Algumas casas também ficaram sem luz. Moradores da comunidade dizem que João Mário Teixeira Francisco, de 20 anos, foi morto por policiais do 9º BPM. Já a PM informou que ele morreu de mal súbito, após sofrer um infarto. Os

policiais disseram que foram à casa onde João Mário e um outro homem estavam e, no local, apreenderam uma pistola 9 milímetros, munição e drogas. O morador não tinha passagem pela polícia. Os três agentes que arrastaram Claudia Silva Ferreira em um carro da PM, em Madureira, zona norte, também são do 9º BPM. METRO RIO

A Secretaria de Estado de Segurança pediu à Polícia Federal para que um veículo aéreo não tripulado (Vant) seja usado na ocupação do complexo da Maré, na zona norte, segundo informou a PF, ontem. O pequeno avião auxiliou os agentes nas investigações que levaram à prisão do chefe do tráfico da favela, Marcelo Santos das Dores, o Menor P. O veículo aéreo, de 17 m de envergadura e 9 m de comprimento, é controlado por controle remoto e registra imagens do território alvo da investigação. Após um ano usando o Vant, a PF conseguiu prender Menor P na noite de quarta-feira, em um apartamento em Jacarepaguá. “Durante esse ano, nós poderíamos tê-lo prendido em alguns momentos, mas evitamos fazer essa prisão de for-

Avião não tripulado consegue voar a 10 mil metros de altura | REPRODUÇÃO/BAND

ma que oferecesse risco para os moradores da comunidade que ele comandava”, explicou o delegado Fábio Andrade, da Delegacia de Repressão a Entorpecentes da PF. Andrade contou que, no momento da prisão, o traficante disse ser o “dono da Maré”: “Ele é extremamente vaidoso. Eu perguntei, no jargão dos bandidos: ‘Você é o frente

da comunidade?. Ele respondeu: ‘Não, eu sou o dono’”. Menor P não reagiu e pretendia fugir para o exterior. No apartamento, foi apreendida mochila com R$ 4 mil. Não havia armas, nem drogas. Ele foi levado para Bangu 1, mas, a pedido do secretário de Segurança, José Mariano Beltrame, deve ser transferido para presídio federal. METRO RIO


|06|

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

CERVERÓ, O HOMEM-BOMBA, AVISA QUE QUER FALAR. Acusado pelo Palácio

“AGORA NÃO HÁ MAIS O QUE FAZER.”

do Planalto de redigir um “parecer falho” que teria “induzido a erro” a presidenta Dilma Rousseff, no caso da compra superfaturada da velha refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, o ex-diretor Internacional da Petrobras Nestor Ceveró adicionou mais um elemento ao clima de pânico no governo: ele fez chegar a políticos de oposição que tem “todo interesse” de falar aos deputados federais.

RENAN CALHEIROS, PRESIDENTE DO SENADO, RENDENDO-SE À PRETENDIDA CPI DA PETROBRAS

O OPERADOR. Cerveró é

apontado como o operador do negócio em que a Petrobras pagou US$ 1,18 bilhão por uma refinaria que valia US$ 42,5 milhões.

PERGUNTA NA REFINARIA.

Se não indicou Nestor Ceveró para uma diretoria da Petrobras, como diz, por que o senador Delcídio Amaral (PT-MS) não assinou a CPI?

Delcídio Amaral | DIVULGAÇÃO

MEA MAXIMA CULPA. No Congresso, PT e PMDB se dividem entre os que rejeitam a CPI da Petrobrás por obediência ao Planalto e os que temem a investigação.

VINGANÇA. O PT prome-

teu dar o troco ao PSDB pela criação da CPI da Petrobras. O deputado Vicentinho (SP), líder da bancada, jurou que CPI da Alstom, abafada em São Paulo, será aberta na Câmara dos Deputados.

LANTERNAS PARA TODOS.

Com o país à beira do racionamento, Lula deu palestra na espanhola Iberdrola, no País Basco, elogiando o programa “Luz para todos”. PÂNICO NO PLANALTO. A pesquisa CNI/Ibope, mostrando queda vertiginosa de 7 pontos na avaliação de Dilma, representou uma ducha de água gelada. Além de nervosos, os petistas ficaram tão borocoxôs, ontem, que nem sequer tentaram convencer parlamentares a retirar apoio à CPI da Petrobras. PENSANDO BEM... ...pelo apego a lanchas e a viagens em jatinhos e helicópteros oficiais, a quase ex-ministra Ideli Salvatti deveria virar Secretária do Mar e Ar.

PODER SEM PUDOR

Completo controle Em agosto de 1961, o jornalista Newton Pedrosa trabalhava na Gazeta de Notícias, de Fortaleza, e foi pautado por Tarcísio Holanda para entrevistar o cearense Adahil Barreto, líder do Jânio Quadros na Câmara dos Deputados. Durante a entrevista, per-

guntou como ia o presidente Jânio Quadros, e o líder respondeu: - O presidente está muito bem, tem completo controle das Forças Armadas, e reina calma em todo o país. No dia seguinte, Jânio renunciaria.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Mulher de roupa curta ‘merece’ abuso para 65% Machismo. Pesquisa mostra que maioria dos brasileiros acha que haveria menos estupros no país se mulheres soubessem ‘se comportar’ Uma pesquisa divulgada ontem pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostra que a sociedade brasileira é intolerante com violência física contra a mulher -- desde que ela se vista ‘apropriadamente’. Para 65% dos brasileiros, mulheres que mostram o corpo ‘merecem’ ser atacadas. Ao mesmo tempo, 91% das pessoas acham que os agressores devem ser presos. A pesquisa ouviu 3.810 pessoas em todo país entre maio e junho do ano passado -- surpreendentemente, 66,5% das entrevistadas eram mulheres. Isso revela como o machismo está entranhado até na psique feminina. Dos entrevistados, 63% disseram concordar com a ideia de que casos de violência dentro de casa devem ser discutidos somente entre membros da família. Além disso, 64% dos entrevistados concordaram

“Avançamos em vários pontos, mas ainda está presente a ideia de que o estuprador é ‘vítima’ da sedução feminina.”

“Os dados revelam que, apesar dos avanços, a sociedade brasileira ainda é contraditória, machista e preconceituosa.”

RAFAEL OSÓRIO, DIRETOR DO IPEA

NINA MADEN, SOCIÓLOGA

total ou parcialmente com a ideia de que “homens devem ser a cabeça do lar”. A maioria (79%) também acha que toda mulher sonha em se casar. Na contramão, porém, segundo o levantamento, 54% discordam totalmente da ideia de que “a mulher casada deve satisfazer o marido na cama, mesmo quando não tem vontade”. Para a socióloga e representante do Cfemea (Centro Feminista de Estudos) Nina Maden, a sociedade brasileira tem avançado em vários aspectos, mas ainda há muito a ser trabalhado. “As tradições machistas da nossa

sociedade ainda estão presentes. Há muito o que se trabalhar, principalmente na aceitação da homossexualidade.” O coordenador do levantamento, Rafael Osório, do Ipea, concorda com Nina. “Fica evidente uma relação de que a mulher que é a dona de casa, mãe, é tratada como santa, e a mulher que se expõe é vista como uma prostituta”, diz. Um outro estudo divulgado simultaneamente pelo Ipea estima que haja anualmente 527 mil tentativas ou casos de estupros no país, dos quais somente 10% são reportados à polícia. METRO

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Se as mulheres soubessem como se comportar, haveria menos estupros?

Mulheres que usam roupas que mostram o corpo merecem ser atacadas?

Roupa suja deve ser lavada em casa?

24%

30,3%

6,3%

Discorda totalmente

Discorda totalmente

Discorda totalmente

8,4%

7,6%

3,3%

Discorda parcialmente

Discorda parcialmente

Discorda parcialmente

1,9%

2,6%

1,4%

Neutro

Neutro

Neutro

22,4%

23,2%

22,4%

Concorda parcialmente

Concorda parcialmente

Concorda parcialmente

42,7%

35,3%

66,6%

Concorda totalmente

Concorda totalmente

Concorda totalmente

Ibope. Cai popularidade da presidente Dilma A seis meses das eleições, a presidente Dilma Rousseff vê recuar, pela primeira vez desde setembro do ano passado, o índice de popularidade. É o que aponta a pesquisa Ibope encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) e divulgada ontem. A queda foi de sete pontos percentuais em relação a dezembro: de 43% para 36%. No mandato, o índice só é superior ao de julho, auge das manifestações que fizeram a popularidade da presidente despencar de 55% para 31%. Houve redução também na confiança em Dilma, de 52% para 48%, e na maneira de governar, de 56% para 51%. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 141 municípios no país entre 14 e 17 deste mês. A margem de erro é de dois pontos percentuais. Por setores A maioria dos entrevistados manifesto desaprovação com as políticas econômicas e sociais. Os impostos e a saúde têm os piores indicadores: 77% de reprovação -- seguidos de segurança pública, combate à inflação e educação. O combate à fome e à pobreza, que desde março de 2011 registrava avaliação positiva superior à negativa, ficou num empate técnico: 49%, desaprovam e 48%, aprovam. A pesquisa também demonstra um aumento do percentual de pessoas que consideram o atual governo pior na comparação ao governo Lula, que passou de 34% para 42%. Para 46%, os desempenhos são semelhantes. Para o governo, as oscilações são normais. “É uma motivação a mais para a gente trabalhar, trabalhar e trabalhar ainda mais duro para melhorar o Brasil e a vida do nosso povo”, minimizou o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante. METRO BRASÍLIA No Senado

Oposição cria CPI da Petrobras A criação de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar irregularidades na Petrobras depende somente da leitura do pedido no plenário do Senado. A oposição conseguiu 28 assinaturas de senadores. A CPI vai investigar a compra da refinaria de Pasadena (EUA). METRO


Bolsa tem maior alta em 7 meses

Mercados. Ações de estatais puxam valorização de 3,5% do Ibovespa. Movimento reflete piora da avaliação do governo Dilma Rousseff. Dólar comercial fechou em queda

Os investidores foram às compras com a queda da aprovação do governo Dilma Rousseff em março. Com isso, a Bovespa fechou ontem com a maior alta em quase sete meses, em um pregão de grande volume financeiro. O Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, encerrou em alta de 3,5%, a 49.646,79 pontos. É o maior ganho percentual diário desde 2 de setembro, quando o índice subiu 3,65%. A alta foi puxada, principalmente, pelo bom desempenho das ações das estatais Petrobras, Eletrobras e Banco do Brasil. Os investidores analisaram a divulgação de pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) em parceria com o Ibope, que mostrou que o índice de aprovação de Dilma Rousseff caiu

de 43% para 36%. O mercado tem desaprovado as interferências do governo na administração das estatais. E uma possível derrota de Dilma nas eleições deixou os investidores otimistas. Das 72 ações que compõem o índice, apenas duas fecharam em queda: Oi (-0,31%) e Dasa (-0,07%). No mercado de câmbio, o dólar comercial fechou em queda de 1,75%, cotado a R$ 2,268 na venda, menor patamar desde o início de novembro. Mas, ainda não está claro para os analistas se a moeda norte-americana deve se manter nesses níveis mais baixos. Os papéis preferenciais da Petrobras, mais negociados e sem direito a voto, avançaram 8,12%. Já as ações ordinárias da companhia, menos negociadas e com direito a voto, tiveram ganho de 7,55%.

Perspectiva é de menos intervenção em estatais

As ações ordinárias da Eletrobras subiram 9,84%, enquanto os papéis preferenciais da companhia avançavam 3,52%. Já o Banco do Brasil viu suas ações ganharem 6,63%. METRO

| DANILO VERPA/FOLHAPRESS

8,12%

foi a valorização dos papéis preferenciais da Petrobras, a maior alta desde 6/03/2013

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

Fast food. Burger King muda a batatinha no Brasil O Burger King, segunda maior cadeia de fast food de hambúrgueres do mundo, decidiu mudar a batata frita vendida no Brasil, após pesquisa com consumidores. A partir de hoje, as 427 lojas da rede no país começam a vender a nova batatinha, que promete ser mais crocante por fora e mais macia por dentro, além de 2 mm maior que os 7 mm oferecidos por fast foods. A mudança na batata faz parte da estratégia da companhia para avançar no Brasil. A meta da rede, que desembarcou no país em 2004, é atingir 1 mil lojas até 2016, ou seja mais do que dobrar de tamanho. Segundo Ariel Grunkraut, diretor de Marketing da marca no Brasil, as batatas estão empatadas com os hambúrgueres na preferências de 83% dos consumidores de fast food. “A batata é o acompanhamento mais vendido”, diz o executivo. Para divulgar a nova batata, vai promover o Dia da Batata de Graça em 9 e 10 de abril em todos os restaurantes do Brasil.

A expectativa da rede é distribuir 2 milhões de porções nos dois dias. Para participar, os consumidores devem acessar www.bigotata.com.br, se cadastrarem e imprimirem o seu cupom até o dia 7. Não será necessária a compra de itens adicionais. Um aplicativo permitirá aos consumidores tirarem fotos com diferentes tipos de bigode de batata e compartilhar com seus amigos nas redes sociais. Nesse caso, o consumidor ganhará um voucher para duas batatas. METRO

Rede promoverá ‘Dia da Batata de Graça’

MUNDO

ONU. Assembleia Geral da ONU considera referendo ilegal. Apenas 11 países votaram contra a resolução, como a Rússia, e outros 58, como o Brasil, preferiram a abstenção A Assembleia Geral da ONU aprovou ontem uma resolução declarando inválido o referendo da Crimeia sobre a secessão da Ucrânia e união com a Rússia. O referendo foi realizado no começo do mês entre moradores da Crimeia, com amplo apoio de Moscou. A resolução na ONU ainda defende “a soberania, a independência política, a unidade e a integridade territorial da Ucrânia” e invalida a anexação do território no Mar Negro. Segundo diplomatas, o número de votos favoráveis à resolução (100) foi mais alto do que o esperado, apesar do que eles chamaram de “esforços lobistas agressivos” de Moscou contra a medida. Houve ainda 58 absten-

ções, entre elas a do Brasil, e 11 países votaram contra (Rússia, Armênia, Bielorrússia, Bolívia, Coreia do Norte, Cuba, Nicarágua, Sudão, Síria, Venezuela e Zimbábue). Por ser não vinculante, a resolução tem apenas caráter simbólico. Também ontem, o primeiro-ministro ucraniano, Arseny Yatseniuk, disse que o preço que o país paga pelo gás russo sofrerá um aumento de 79% a partir de 1º de abril, para US$ 480 por cada mil metros cúbicos. Em discurso no Parlamento, Yatseniuk que a alta poderá levar o país a um “desastre econômico”. “A Ucrânia está à beira da falência econômica e financeira”, disse. Kiev assinou um acordo

com o Fundo Monetário Internacional (FMI) que prevê o empréstimo de US$ 18 bilhões. Yatseniuk disse que a inflação do país em 2014 será entre 12% e 14%. Segundo ele, a menos que leis sejam aprovadas para apoiar medidas de austeridade propostas pelo FMI, o PIB poderá cair 10% durante o ano. A ex-premiê Yulia Timoshenko anunciou ontem que será candidata às eleições presidenciais previstas para o dia 25 de maio na Ucrânia. “Nenhum dos políticos ucranianos que se preparam para ser candidatos à presidência se dá conta do alcance da anarquia e nem se dispõe a detê-la”, disse ela, em coletiva de imprensa em Kiev. METRO

Satélite acha novos objetos Imagens de satélite tailandês feitas na segunda-feira e entregues ao governo malaio revelaram mais de 300 objetos “de diversos tamanhos” flutuando no sul do Oceano Índico, a 2,7 mil km de Perth, na Austrália, região que concentra as buscas pelo Boeing 777-200ER da Malaysia Airlines desaparecido no começo de março. Ainda não se sabe, entretanto, se os objetos são do avião. METRO Deslizamento

EUA: número de mortos vai a 25

Yulia apresenta candidatura em Kiev | VALENTYN OGIRENKO/REUTERS

Ao menos 25 pessoas morreram, segundo as autoridades, após deslizamento de terra causado por fortes chuvas na semana passada. Moradores de Oso, no Estado de Washington, temem que os cerca de 90 desaparecidos jamais sejam encontrados. METRO

No Vaticano KEVIN LAMARQUE/REUTERS

Resolução rechaça anexação da Crimeia

Oceano Índico

O presidente dos EUA e o papa Francisco

Papa Francisco recebe Obama O presidente dos EUA, Barack Obama, foi recebido ontem pelo papa Francisco, no Vaticano. Em 50 minutos, eles trataram de temas como pobreza, imigração, tráfico humano e conflitos. O encontro foi o primeiro entre os dois chefes de Estado. METRO Denúncia

Mulheres dão à luz na rua no México Ativistas no México denunciaram o que dizem ser “padrão” entre índias. Hospitais estariam recusando atendimento às grávidas, forçando partos na rua. METRO

KING

{ECONOMIA}

| DIVULGAÇÃO /BURGER

10|


2 CULTURA

|12|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Sucesso nos palcos sem diploma para mostrar Prejudicado. Ex-aluno de Teatro da UniverCidade não consegue pegar o diploma após o descredenciamento da faculdade. Por outro lado, carioca vai estrear novo espetáculo semana que vem no Festival de Curitiba Prestes a estrear no Festival de Curitiba, o diretor de teatro Iuri Kruschewsky vive uma situação complicada no mundo acadêmico. Ele não consegue retirar o diploma, mesmo já formado no Centro Universitário da Cidade (UniverCidade), descredenciado pelo Ministério da Educação (MEC) no dia 14 de janeiro, por conta da precariedade dos serviços oferecidos. “A partir de 2013, as condições só foram piorando”, diz Iuri, de 27 anos. “Não tinha papel higiênico, não tinha água. Um verdadeiro descaso com os alunos”, revela. O Grupo Galileo, entidade mantenedora da UniverCidade, afirma que, entre os dias 25 de fevereiro e 14 de março, os certificados de conclusão de curso puderam ser retirados em postos nas unidades Centro e Ipanema. Ainda segundo o grupo, mais de 3 mil alunos foram atendidos. Os documentos também estão disponíveis através do e-mail contatoacademico@univercidade.br desde 15 de janeiro. Iuri garante que entrou em contato através do endereço eletrônico e que foi ao posto do Centro, mas

afirma que não conseguiu pegar sequer o certificado de conclusão. Para os estudantes e professores de Teatro, a solução encontrada após o fim do curso foi a transferência para a Universidade Cândido Mendes (UCAM), onde Iuri agora leciona cursos livres, sem necessidade de licenciatura. Além do trabalho na UCAM, Iuri é o criador da Companhia Sala Escura de Teatro, fundada dentro da UniverCidade. Com ela, o carioca montou duas peças no Rio de Janeiro, “É Culpa da Vida que Sonhei ou dos Sonhos que Vivi” e “Memória Inventada no Sonho de Alguém”, ambas parte da “Trilogia dos Sonhos”. Após o sucesso das obras, surgiu o convite para apresentá-las na 23a edição do Festival de Teatro de Curitiba, um dos principais do país, que teve início ontem e segue até o dia 6 de abril. Iuri também foi convidado para lançar a última parte da trilogia na capital paranaense. “Pesadelo” estreia no festival no próximo dia 5 e chega ao Rio de Janeiro em 2 de maio, no Teatro Sérgio Porto.

Iuri dirige espetáculo ‘Pesadelo’ DIVULGAÇÃO / DALTON VALERIO

R$ 39 mil foi o valor que Iuri pagou só de mensalidades à UniverCidade e até agora não pegou o diploma.

3 peças

do diretor carioca serão apresentadas no Festival de Teatro de Curitiba, em abril. Agora, o começo de toda essa história é, ao mesmo tempo, motivo de orgulho e frustração para o diretor: “As minhas primeiras peças surgiram dentro da UniverCidade e agora estão rodando o Brasil. Era ótimo, os professores eram muito legais. Acho que frustração é o principal sentimento.” METRO RIO

Crítica: ‘Se Eu Fosse Você – O Musical’

BRUNA PRADO/ METRO RIO

Amor e humor bem dosados Smashing Pumpkins

Novos discos Empolgado após assinar contrato com a gravadora BMG, Billy Corgan (foto), líder do Smashing Pumpkins, anunciou no site da banda que o grupo lançará dois discos em 2015. Os ábuns já têm nome, “Monuments to an Elegy” e “Day for Night”, e o primeiro single sai ainda este ano.

Diretor e coreógrafo, Alonso Barros (“Hair” e “Como Vencer na Vida Sem Fazer Força”) teve o desafio de levar aos palcos a adaptação musical de “Se Eu Fosse Você”, dos longas homônimos de Daniel Filho – que assina a supervisão artística do espetáculo em cartaz no Teatro Oi Casa Grande, no Leblon. Com uma atuação inspirada, os protagonistas Nelson Freitas e Claudia Netto vivem o casal Cláudio e Helena (nos filmes, interpretados por Tony Ramos e Glória Pires), um casal que vive às turras e, certo dia, por uma mágica do destino, trocam de corpos e enfrentam as agruras de estar na pele do sexo oposto. A dupla mostra sintonia e química perfeita. O texto, de Flavio Ma-

O diretor Iuri Kruschewsky estreia no Festival de Curitiba | DIVULGAÇÃO / ÍCARO SALEK

Teatro Confira algumas peças que estão em cartaz:

Nelson Freitas e Claudia Netto protagonizam o musical

rinho, explora mais a trama do primeiro filme, no qual a filha do casal, Bia (no musical, Lua Blanco), revela que está grávida do namorado, Olavinho). Mas, se nos longas os personagens acordam de corpos trocados, no teatro, a situação ocorre em um elevador, o que deu originalidade ao mote da história. No elenco, destaque para Fafy Siqueira, a mãe hippie de Helena, Osvaldo Mil como Nelsinho, o advogado malandrão, amigo de Cláudio, e Marya Bravo, que solta o vozeirão e arrasa como a psicóloga do casal.

Tudo flui com agilidade, apesar das 3h de espetáculo. As coreografias são criativas e bem executadas – porém, há uma desnecessária cena de homens com bumbum de fora, nada adequada à classificação de 12 anos. Lua Blanco dá umas desafinadas em algumas canções de Rita Lee, que embalam a trama. Mas, de modo geral, o elenco jovem tem boa atuação. Por fim, o musical cumpre bem seu papel de entreter. GISLANDIA GOVERNO

Editora de Cultura, METRO RIO

‘Novelas, o Musical’, no CCJF

• “Novelas, O Musical” O espetáculo faz um tributo à teledramaturgia e reinaugura o Teatro do Centro Cultural da Justiça Federal. (Na av. Rio Branco, 241, Centro. Tel: 3261-2550). Estreia hoje. sex. a dom., às 19h. R$ 30. 12 anos. Até 4/5. • “O Doente Imaginário. Com direção de Jacqueline Laurence, a comédia de Molière conta a história de uma jovem hipocondríaca

(Janaína Prado), cujo pai (Élcio Romar) quer que ela se case com um médico. No Sesc Tijuca (rua Barão de Mesquita, 539, Tijuca. Tel.: 3238-2100). Sex. a dom., às 20h. R$ 20. 10 anos. Únicas apresentações até domingo. • “Big Jato” Baseada no romance de Xixo Sá, a comédia traz o ator Diogo Camargos vivendo 13 personagens. No Teatro Sesc Ginástico (av. Graça Aranha, 187, Centro. Tel.: 2279-4027). Qui. a dom., às 19h. R$ 20. 12 anos. Até 13/4. • “Ana – Ensaios Sobre o Tempo e o Vento” O espetáculo de teatro e dança é inspirado na obra do escritor Erico Verissimo. No Teatro Sesc Ginástico (av. Graça Aranha, 187, Centro. Tel.: 2279-4027). Qui. a dom., às 19h. R$ 20. 12 anos. Até 13/4.


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|15|◊◊

Amargo reencontro

‘Entre Nós’. No longa de Paulo e Pedro Morelli, amigos lidam com fantasmas do passado

De um lado, sonhos e projetos. Do outro, amargor e frustração. Em “Entre Nós”, que está em cartaz nos cinemas, esses universos estão separados por uma diferença de dez anos. Eles definem dois momentos de um grupo de amigos loucos por literatura que, após uma década afastados, se reencontram. “A realidade é mais dura do que a gente gostaria que fosse. A vida não acontece do jeito que a gente planeja e isso traz certo sofrimento. Isso faz parte do amadurecimento”, afirma o diretor Paulo Morelli (“Cidade dos Homens”). Foi essa trama – sobre passagem do tempo e perspectivas de futuro – que ele encontrou como ideal para conduzir ao lado do filho Pedro, de 27 anos, responsável pela codireção. “Esse tema surgiu como um meio de caminho entre nós dois. Fazer [o filme] juntos trouxe certo equilíbrio”, diz ele, referindo-se às duas fases da turma. A primeira mostra os garo-

Carolina Dieckmann em cena do longa DIVULGAÇÃO

tos aos 20 e poucos anos repletos de expectativas quanto ao mundo literário. Um acidente com dois deles resulta em marcas profundas em Felipe (Caio Blat). Dez anos depois, em 2002, os amigos resolvem

ler cartas que eles mesmos depositaram em uma “cápsula do tempo” no sítio de Silvana (Maria Ribeiro). O reencontro com sonhos do passado e pessoas íntimas aprofunda as fragilidades deles, motivando

O Metro indica FOTOS: DIVULGAÇÃO

DiscoZeca. Release do evento. Na Maracatu Brasil (rua Ipiranga, 49, Laranjeiras. Tel.: 2557-4754). Hoje, das 19h às 22h. Grátis. Livre.

Festa

Dobradinha. Festa de pop e rock lança marca de cerveja artesanal em edição comemorativa. Na Cave (rua Francisco Otaviano, 20, Arpoador. Tel.: 3576-8024). Hoje, às 23h. R$50 (masc.) e R$40 (fem.). 18 anos.

Infantil

Obras da coleção de Fabian Marcaccio na Casa Daros

Exposição

“Fabian Marcaccio – Paintant Stories”. Mostra apresenta a obra do artista argentino, radicado em Nova York há quase 30 anos. Na Casa Daros (rua General Severiano, 159, Botafogo. Tel.: 2275-0246). Abertura amanhã. Qua. a sáb., das 11h às 19h; dom., das 11h às 18h. R$ 12. (Grátis às quartas e para crianças até 12 anos). Livre. Até 10/8. “A Inusitada Coleção de Sylvio Perlstein”. Reúne 150 obras, do surrealismo à pop art, da coleção de Sylvio Perlstein. No MAM (av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo. Tel.: 3883-56000. Ter. a sex., das 12h às 18h; sáb., dom., e fer., das 12h às 19h. R$ 14. (Grátis às quartas, a partir das 15h). Livre. Até 25/5.

“O Reino da Gataria”. Adaptação musical da animação da Disney “Aristogatas” (1970). No Teatro dos Grandes Atores (av. Princesa Isabel, 186, Copacabana. Tel.: 2275-3346). Sáb. e dom., 17h. R$ 40. Livre. Até 27/4.

Show

Cidade Negra. A banda mostra o repertório do novo álbum, “Hei, Afro!”. Na Sala Funarte Sidney Miller (rua da Imprensa, 16, Centro. Tel.: 2279 8601). Hoje, às 18h30. Grátis (senhas na bilheteria 30 min. antes). Livre. Ponto de Equilíbrio. O grupo apresentará o show “Juntos Somos Fortes”. No Circo Voador (rua dos Arcos, s/no, Lapa. Tel.: 2533-5873). Amanhã, à 0h. A partir de R$ 80 (1o lote). 18 anos.

Concerto

Orquestra Sinfônica Brasileira. A apresentação faz parte do evento “15 x Áustria”. Participação da pianista indiana Marialena Fernandes. Na Cidade das Artes (av. das Américas, 5.300, Barra da Tijuca. Tel.: 33250102). Amanhã, às 20h. Grátis. Livre.

Cidade Negra faz show na Funarte, hoje

um acerto de contas que pode alterar os rumos de cada um. O elenco traz ainda Carolina Dieckmann, Paulo Vilhena, Julio Andrade, Martha Nowill e Lee Taylor, todos com forte entrosamento em cena. “Ficamos dois longos fins de semana na locação ensaiando e convivendo. Isso ajudou o elenco a se apropriar muito da história”, diz Morelli, que, pela primeira vez, trabalhou o roteiro em um programa chamado Story Touch. “O software permite enxergar o filme, traduzindo o roteiro em imagens a partir de suas curvas dramáticas, a presença dos atores, as grandes viradas”, explica. Morelli torce para que o público das comédias nacionais descubra seu drama com toques de suspense psicológico. “[Essas bilheterias] são uma superconquista. Só acho que falta o drama crescer.” AMANDA QUEIRÓS METRO SÃO PAULO

Fila para mostra de Mueck Em cartaz desde o dia 20 de março, a mostra com esculturas hiperrealistas de Ron Mueck já atraiu 20 mil pessoas. No MAM (av. Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo). Ter. a sex, 12h às 18h; sáb. e dom., 12h às 19h. R$ 14. (Grátis qua.). | BRUNA PRAD.O/ METRO RIO


|16|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Violência contra crianças

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

BOLINHO DE ARROZ COM PRESUNTO

Cruzadas

Nesta semana pensei em oferecer um quitute bem brasileiro, é o bolinho de arroz, mas não é qualquer um; é um feito à nossa moda, do meu jeito. Espero que gostem. Grande fim de semana a todos.

Estou horrorizado com os últimos casos de violência conta as nossas crianças. Como pode uma menina de 20 anos tirar a vida de um bebê inocente porque não aguentava o choro do mesmo? É muita crueldade! E a procuradora que espancou a criança que pretendia adotar? Como pode ter sido solta? Um monstro desses precisa receber prisão perpétua. Se não cuidarmos bem das crianças, que são o futuro do nosso país, como esperamos viver em uma sociedade melhor? ALAOR CARNEIRO - RIO DE JANEIRO, RJ

Novo dia de estreias Não gostei da mudança de dia das estreias nos cinemas. Já estávamos tão habituados com a sexta-feira, esperávamos ansiosamente! Sem falar que agora, quem trabalha não vai ter mais o privilégio de ver um filme na estreia, porque não dá para sair toda quinta-feira, né? Enfim, acho que vamos ter que nos acostumar! LAÍS BRANDÃO – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

INGREDIENTES Massa: 200g de queijo minas padrão em cubos bem pequenos 100g de queijo parmesão ralado grosso 100g de presunto em cubos bem pequenos ½ xícara (chá) de salsa picada ½ xícara (chá) de farinha de trigo 1 ovo 4 xícaras (chá) de arroz cozido (tipo empapado, quen-

te ou frio) 1 colher (café) de fermento químico em pó

Prefeitura apresentou Siga o Metro o modelo do VLT que no Twitter: @jornal_metroRJ circulará pelo Centro, a partir de 2016. Para você, o transporte vai melhorar o trânsito na região? @batistas31

Sudoku

Molho rosê: 1 xícara (chá) de maionese ½ xícara (chá) de creme de leite batido 1 colher (sopa) de catchup 1 colher (café) de mostarda Sal a gosto

Se for feito direito, acredito que sim. O que não pode é atrasar as obras e entregar depois às coxas. @celsofaf

Enquanto não terminarem a Linha 2 do metrô (Estácio-Cruz VermelhaCarioca-Praça 15), certamente teremos muitos problemas. @martinhadopao

Outros ingredientes: Óleo para fritar

Finalmente teremos um transporte que ligue barcas, aeroporto e rodoviária. Que venha 2016!

Modo de Preparo: Para o molho rosê coloque todos os itens em uma vasilha, misture e reserve. Para a massa; coloque todos os itens em uma vasilha pela ordem, misture bem e com o auxilio de duas colheres de sopa faça bolinhos em formato de queneles e frite em óleo quente. Escorra em um papel absorvente e sirva com o molho rosê.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Hora para refletir sobre sacrifícios desnecessários que faz por outras pessoas e valorizar uma dedicação maior a si mesmo.

Reflita sobre sentimentos que não tenham feito bem diante de certas relações. Saber perdoar e esclarecer será fundamental.

Deixe de lado más lembranças que te façam perder tempo e te impeçam de aproveitar momentos especiais com familiares, amigos e na vida afetiva.

Aproveite o dia para retomar contato com pessoas especiais, sejam parentes ou amigos que há tempos não mantém vínculo.

Procure valorizar a ponderação para não se exceder em críticas e não agir de forma impulsiva com as pessoas que mais gosta.

A comunicação será trunfo para resolver problemas e esclarecer mal entendidos. Evite acumular o que precisa dizer.

Este é um momento propício para repensar projetos de longo prazo que envolvam familiares e finanças. Dê mais tempo ao lazer.

Momento para observar e ponderar antes de decidir sobre algo importante ligado a relacionamentos. Faça valer seu senso de justiça.

Cuide para não exagerar nas finanças em função de diversões ou interesses supérfluos. Dedique mais valor às coisas que possui.

Aperfeiçoar conhecimentos e trocar informações ajudará em projetos profissionais. Tende a lidar com ajustes burocráticos.

Este é um momento positivo para quem trabalha com eventos e para divulgar projetos autônomos. Ambientes sociais serão mais frequentes.

Aproveite este momento para exercitar sua criatividade, bem como hobbies artísticos que sirvam como terapia para suas emoções.


3

|18|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

ESPORTE

Com brasileiros em alta, Indy recomeça Vice-campeão no ano passado, Helio Castroneves segue na Penske nesta temporada | DIVULGAÇÃO

Atual vencedor das 500 Milhas, Tony Kanaan estará a bordo da Chip Ganassi | JEFF ZELEVANSKY/GETTY IMAGES

No domingo. Helio Castroneves e Tony Kanaan tentam justificar favoritismo na pista de St. Petesburg, nos EUA A temporada 2014 da Fórmula Indy começa neste domingo, em St. Petesburg, na Flórida – o Bandsports transmite a corrida a partir das 16h. E, a exemplo dos anos anteriores, o Brasil tem chances de título. Mas, se no ano passado o país ficou no quase com o vice-campeonato de Helio Castroneves, neste ano há motivos para acreditar no favoritismo. Um dos pilotos mais experientes do grid, Castroneves ganhou um novo companheiro na Penske: o colombiano Juan Pablo Montoya, velho coFórmula 1

Sebastian Vettel

Depois de um começo de temporada ruim no GP da Austrália, há 15 dias, o piloto alemão Sebastian Vettel tem nova chance de vencer. Domingo, às 5h (de Brasília) acontece o GP da Malásia. Na abertura da temporada, o tetracampeão correu por apenas cinco voltas antes de abandonar a pista australiana.

nhecido do público da Indy e também da Fórmula 1. Com o australiano Will Power mantido, a Penske segue como uma das equipes mais fortes da temporada. “Não tenho dúvidas de que será uma temporada muito disputada. Haverá um equilíbrio de forças muito grande e acho fundamental ser muito regular para almejar o título”, disse o piloto brasileiro do carro número 3. Vencedor da última edição das 500 Milhas de Indianápolis, Tony Kanaan tem nova ca-

Brasília entra no calendário em 2015 A Indy voltará a ter etapa no Brasil a partir do ano que vem. Depois de acelerar no Rio de Janeiro (entre 1996 e 2000, em um circuito oval) e em São Paulo (nas ruas da região do Anhembi, entre 2010 e 2013), a categoria chega a Brasília em 2015. A prova brasileira acontecerá no dia 8 de março, abrindo o calendário do ano. Até 2019, a capital federal será a sede da etapa brasileira da Indy. O contra-

to foi assinado no dia 21 de março durante a convenção anual do Grupo Bandeirantes. Diferentemente de São Paulo, onde a corrida acontecia em um circuito de rua, as provas do Distrito Federal ocorrerão no autódromo Nelson Piquet. Inaugurado há 40 anos, o local passará por reformas. Serão investidos R$ 150 milhões na modificação do traçado. As obras devem começar em maio. METRO

sa. Ele trocou a KV Racing pela Chip Ganassi e se firma como favorito. “Acredito que será um grande ano para mim e para a equipe”, afirmou o baiano, campeão da temporada 2004, e que, em 2014, guiará o carro número 10. METRO Serviço O Bandsports transmite a etapa de St. Petesburg ao vivo, a partir das 16h (de Brasília).

“Os principais adversários são os meus companheiros de equipe Juan Pablo Montoya e Will Power ”

“Estou muito ansioso para a estreia. Após os testes coletivos, ficamos bem animados”

HELIO CASTRONEVES, DA PENSKE

TONY KANAAN, DA CHIP GANASSI

Calendário Confira as datas das 18 etapas da Indy em 2014: • Domingo, 30/3. St. Petesburg (EUA).

Pontuação • 28 e 29/6. Houston (EUA).

Saiba mais sobre o sistema de pontos da Indy:

• 6/7. 500 Milhas de Pocono (EUA).

• 50 pontos. É o que o vencedor da prova leva. O 2º colocado leva 40, o 3º, 35 e assim sucessivamente. Todos pontuam. Pole position e liderança de voltas dão pontos extras.

• 12/7. Iowa (EUA). • 13/4. Long Beach (EUA). • 27/4. Alabama (EUA).

• 19 e 20/7. Toronto (Canadá).

• 10/5. Indianápolis (EUA).

• 3/8. Mid-Ohio (EUA).

• 25/5. 500 Milhas de Indianápolis (EUA).

• 17/8. Wisconsin (EUA). • 24/8. Sonoma (EUA).

• 31/5 e 1/6. Detroit (EUA). • 7/6. Fort Worth (EUA).

• 30/8. 500 Milhas de Fontana (EUA).

• Novidade. Para 2014, as três provas de 500 milhas (Indianápolis, Pocono e Fontana) darão o dobro de pontos. Assim, o vencedor vai faturar 100 em vez de 50 pontos.


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 28 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|19|◊◊

Decisão adiada Beira-Rio e Itaquerão ainda Carioca. Com gols de Fred e Thalles, Fluminense e Vasco ficam no 1 a 1, no Maracanã, no primeiro jogo do mata-mata da semifinal

Thalles saiu do banco de reservas para fazer o gol de empate do Vasco no segundo tempo

Diante de um Maracanã vazio (9.976 pagantes), Vasco e Fluminense empataram em 1 a 1, ontem, pelo primeiro jogo do mata-mata das semifinais do Campeonato Carioca. O resultado foi melhor para o tricolor que, por ter feito melhor campanha na fase classificatória, joga por dois empates para ir à final do Estadual. O segundo confronto será domingo, às 16h, novamente no Maracanã. Pela outra semifinal, o Flamengo goleou a Cabofriense por 3 a 0 e pode perder por até 2 a 0, amanhã, às 18h30, no jogo de volta. O clássico foi intenso, de muita pegada, mas tecnicamente deixou a desejar. No início do jogo, Gum fez pênalti em Rodrigo, que o juiz

não marcou. Fred abriu o placar aos 10 minutos do segundo tempo, quando chutou com o gol vazio, após bela tabela entre Conca e Jean. A resposta do Vasco aconteceu 11 minutos depois, com Thalles, que tinha acabado de entrar. Nos acréscimos, Jean foi expulso e vai desfalcar o tricolor domingo. METRO RIO

1 1 • •

| MARCELO MOREIRA/FUTURA PRESS

“A vantagem do empate é mínima, não temos de pensar nisso agora. Precisamos entrar no segundo jogo do mesmo jeito, para ganhar, sem pensar em empatar.” FRED, ATACANTE DO FLUMINENSE

Martín Silva; André Rocha (Fellipe Bastos), Luan, Rodrigo e Marlon (Diego Renan); Guiñazu , Pedro Ken e Douglas; Reginaldo (Thalles), Everton Costa e Edmilson. Técnico: Adilson Batista

VASCO

Diego Cavalieri; Bruno (Rafinha ), Gum , Elivelton e Conca; e Carlinhos; Valencia, Diguinho, Jean Walter (Marcos Junior, depois Wagner) e Fred. Técnico: Renato Gaúcho

FLUMINENSE

Gols. Fred aos 10’, Thalles aos 21’ do 2º tempo Arbitragem. Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Eduardo de Souza Couto e Silbert Faria Sisquim.

Fla só precisa de um empate contra o Emelec Após a vitória do Bolívar por 1 a 0 sobre o León (MEX), no México, quarta-feira à noite, o Flamengo passou a depender apenas de um empate contra o Emelec (EQU), quarta-feira, às 22h, em Quito, para se manter vivo na Libertadores. Lanterna do Grupo 7 com 4 pontos, o rubro-negro enfrenta os mexicanos na última rodada, em casa. O Bolívar lidera a chave com 8

pontos, seguido pelo León (7) e pelo Emelec (6). Pelo Campeonato Carioca, o Flamengo enfrenta a Cabofriense amanhã, às 18h30, no Maracanã, pelo segundo jogo do mata-mata da semifinal. O time do técnico Jayme de Almeida construiu uma ótima vantagem após golear o rival por 3 a 0, quarta-feira à noite e pode até perder por 2 a 0, que ainda assim avança à final do Estadual. METRO RIO

Alecsandro tem 10 gols no Estadual | ALEXANDRE VIDAL/FLA IMAGEM

preocupam dirigente da Fifa No Rio de Janeiro desde o início da semana para inspecionar o andamento das obras dos estádios da Copa do Mundo, o secretário-geral da Fifa, Jèrôme Valcke, concedeu entrevista ontem, no Maracanã, e mostrou-se preocupado com o impasse na construção das estruturas temporárias – que funcionarão no entorno do estádio – no Beira-Rio, em Porto Alegre, e no Itaquerão, em São Paulo. “Ainda não temos uma solução para São Paulo. Deveremos ter essa solução amanhã [hoje]. Estou confiante. Temos a Odebrecht, uma forte empresa, e confio neles. Ainda não posso falar qual é a solução, mas estou confiante”, disse Valcke.

Valcke visitou ontem o Maracanã | CADU ROLIM/ FOTOARENA

As obras temporárias no Itaquerão custarão R$ 60 milhões e até ontem ainda não se sabia quem iria arcar com os custos – Governo do Estado ou Corinthians.

Valcke cobrou uma decisão, lembrando que não há um “Plano B” para o Itaquerão: “Não podemos ter o jogo de abertura em outro lugar. Tem que ser em São Paulo”. Porto Alegre já conseguiu o dinheiro para construir as obras temporárias (R$ 25 milhões). Mas, o prazo apertado (menos de 80 dias para a Copa) preocupa: “Vão ter que correr contra o relógio”, avisou. Ameaçada de ficar fora da Copa, Curitiba recebeu elogios do dirigente: “Fizemos a decisão certa de manter Curitiba. Está fazendo um grande trabalho e o estádio será entregue”, garantiu Valcke. METRO RIO

Branco. Botafogo lança Superliga. uniforme do Brasileirão Unilever pode garantir A Puma, fornecedora de material esportivo do Botafogo, lançou ontem uma nova camisa, o uniforme 3 do alvinegro. O modelo será utilizado durante a disputa do Campeonato Brasileiro. A estreia será no dia 27 de abril, na partida contra o Internacional, pela segunda rodada. A nova camisa tem gola em “V” com detalhes dourados na borda. Fora das semifinais do Carioca, o Glorioso treina pensando no jogo contra o Unión Española (CHI), quarta-feira, às 19h45, no Maracanã, pela penúltima rodada do Grupo 2 da Libertadores. Sem Gabriel e Ferreyra, ambos suspensos, o técnico Eduardo Hungaro deve optar por Bolatti e Henrique no meio e no ataque,

vaga na semi

Nova camisa tem gola em “V” e detalhes dourados | DIVULGAÇÃO

respectivamente. O Botafogo lidera a chave com 7 pontos, um a mais que o rival chileno. O adversário da última rodada é o San Lorenzo, dia 9 de abril, na Argentina. METRO RIO

A segunda rodada das quartas de final Superliga feminina de vôlei 2013/14 pode ser decisiva. A Unilever (RJ) levou a melhor no primeiro jogo, semana passada, e venceu o Pinheiros, em São Paulo, em jogo disputado, decidido apenas no tie-break. As duas equipes voltam a se encontrar hoje, às 19h, no Maracanãzinho, pelo segundo confronto da série melhor de três. Caso o time carioca vença, estará classificado para a semifinal da Superliga. Se a equipe paulista conseguir o resultado positivo, a decisão vai para o dia 4 de abril, no ginásio do Tijuca, novamente no Rio. METRO RIO


20140328_br_metro rio  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you