Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

DIVULGAÇÃO

ANGRY

BIRDS

Roberta Sá, Diogo Nogueira Martinho e Alcione cantam na praia

De graça, em Copacabana Bambas do samba fazem show no domingo

‘OS PÁSSAROS’, DE HITCHCOCK, VOLTA EM CÓPIA RESTAURADA PÁG. 15

PÁG. 15

RIO DE JANEIRO Sexta-feira, 21 de março de 2014 Edição nº 849, ano 4 MÍN: 23°C MÁX: 34°C

www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj showers sunny showers sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

windy

Água do Rio não dá para dividir com SP Bandidos hazy

showers

Base do Parque Arará foi atacada | FOTO DO LEITOR

Na escassez. Agência Nacional de Águas admite que Estado terá problema. Cabral diz que não permite prejuízo no abastecimento. Projeto paulista de captação de água do Paraíba do Sul é criticado por especialistas PÁG. 02

CENTENÁRIO

atacam bases de três UPPs Comandante da UPP de Manguinhos foi baleado após confronto PÁG. 03

PMs que arrastaram Cláudia Silva têm liberdade provisória

Prédio histórico dos Correios em Niterói reabre e vai ganhar centro cultural PÁG. 14

Três policiais são acusados de a terem arrastado após ter sido baleada PÁG. 03

Ex-diretor da Petrobras é preso Paulo Roberto Costa teria destruído provas sobre lavagem de dinheiro PÁG. 04

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Morre Bellini, 83, capitão de 1958

Local vai abrigar novo Centro Cultural Correios, como o do Rio: reformas duraram mais de dois anos. Em 14 de novembro, o prédio completa 100 anos

| BRUNA PRADO/ METRO RIO

Jogador, que imortalizou o gesto de levantar a taça, sofria de Mal de Alzheimer PÁG. 18


1 FOCO

|02|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

‘Segurança hídrica do Estado depende do Paraíba do Sul’ Polêmica com São Paulo. Pelo Twitter, Cabral afirma que ‘jamais permitirá que se retire água que abastece o povo do Estado do Rio’ A captação de água na bacia do rio Paraíba do Sul, solução encontrada pelo governo paulista para resolver o problema de abastecimento da região metropolitana de São Paulo, pode comprometer a segurança hídrica fluminense, segundo informou, ontem, a Secretaria de Estado do Ambiente (SEA). Em nota, o órgão afirmou que o Rio “é fortemente dependente” da bacia, “responsável pelo abastecimento de mais de 11 milhões de habitantes e pela sustentação de parcela expressiva da atividade econômica do Estado”. Além disso, a SEA pondera que estudos preliminares apontam que a disponibilidade hídrica atual já apresenta problemas no período de estiagem e que a proposta paulista de captação de água pode agravar essa situação. “Em Santa Cecília (ponto de captação da água para o Rio Guandu e região metropolitana do Rio), a regra em vigor determina uma vazão mínima de 250 m3/s [metros cúbicos por segundo] que pela falta de água já não é atendida em

Em Campos, rio está mais de 2 m abaixo do nível normal | GERSON GONÇALO/FOLHAPRESS

8% do tempo (período de estiagem)”, afirma a nota. Pelo Twitter, o governador Sérgio Cabral se manifestou. “Jamais permitirei que se retire água que abastece o povo do Estado do Rio. O governador Alckmin, com quem tenho excelente relação, me enviou a proposta. Disse a ele que formalizasse a proposta e que eu enviaria aos órgãos técnicos. Mas já adianto: nada que prejudique o abastecimento das residências e das empresas do RJ será autorizado”, escreveu Cabral.

A ANA (Agência Nacional de Águas) estuda uma forma de promover o entendimento entre os governos do Rio e de São Paulo. “Entendo a preocupação do governador de São Paulo [Geraldo Alckmin] e, do outro lado, a preocupação do Rio. Em períodos normais de chuva não existe efeito no Rio. Mas, em situação extrema de escassez, pode efetivamente levar problemas adicionais para o Estado”, disse o diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo.

Análise

Não existe plano B O rio Paraíba do Sul corta 37 municípios e fornece água para 11 milhões de pessoas no Estado do Rio. Se essa proposta paulista for realizada [interligar um dos rios da bacia com o Sistema Cantareira, que abastece São Paulo], poderá implicar na redução do volume de água para o sistema Guandu. O problema é que o Rio e a Baixada Fluminense não têm plano B. Vivem exclusivamente da transposição do Paraíba do Sul para Guandu. Assim, os municípios terão problema de abastecimento e haverá um prejuízo enorme nas cidades litorâneas. Se continuar com a estiagem que está acontecendo em São Paulo, nas cabeceiras do rio, o volume do Paraíba do Sul também tende a diminuir. Quando isso acontece, o mar adentra o rio e, com isso, a água que era doce vira salobra. Além disso, o volume de

esgoto jogado será o mesmo. Teremos menos água para diluir o esgoto e ela vai ficar mais degradada. As empresas terão que gastar mais produtos químicos para tratá-la e haverá também um impacto econômico. As empresas e a agricultura vão sentir os impactos da redução. O resultado será o aumento dos alimentos e, em seguida, da inflação. Se os governos estaduais investissem em reflorestamento das nascentes, na preservação das florestas, na recuperação da mata ciliar, no tratamento do esgoto, no controle dos poluentes químicos das empresas e na perda da distribuição das águas – que no Rio é de 20% a 40% com vazamentos e ligações clandestinas –, São Paulo poderia tirar até 10 mil m3 por segundo. Mas essa solução é resultado de uma incapacidade do governo paulista de prever essa longa estiagem. Para quê tem meteorologista?

HÉLIO VANDERLEI

Gerente de políticas públicas da entidade ambientalista Onda Verde e ex-diretor do Comitê de Bacia Hidrográfica do Rio Guandu

METRO RIO COM AGÊNCIA BRASIL

Procon suspende vendas do leite Elegê em toda a cidade Pezão

Condenado

Por unanimidade, o TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio) condenou o vicegovernador Luiz Fernando Pezão (PMDB) ao pagamento de multa de R$ 25 mil por propaganda eleitoral antecipada. O fato ocorreu durante o lançamento do programa “Bairro Novo”, do Governo do Estado, em Magé, que reuniu cerca de mil pessoas em setembro de 2013. Em dois meses, já são R$ 210,6 mil de multas. Em janeiro, Pezão foi multado duas vezes em R$ 92,8 mil por propaganda antecipada no horário eleitoral partidário do PMDB na TV.

O Procon Carioca, órgão da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor, suspendeu, ontem, as vendas do leite Elegê (integral, desnatado e semidesnatado) em todo o município do Rio. Segundo o órgão, após receber inúmeras denúncias da população, os fiscais saíram em blitz pelos mercados da cidade e constataram que o produto está impróprio ao consumo. Pelo menos 15 consumidores passaram mal após tomar a bebida. Mais de 4 mil litros do produto, de três lotes (CD-

SA16:533; CDNZ23:553 e CDVP06:093), já foram recolhidos. A BRF (Brasil Foods), fabricante do leite Elegê, pode ser multada em até R$ 1,2 milhão se for comprovado que o produto está estragado. Em nota, a BRF informou que todas as linhas de produção “são submetidos a rígidas normas de inspeção” e que “a alegada impropriedade se trata de uma quebra da cadeia de proteína que gera sabor e cor alterada no produto, o que não causa danos à saúde ou à integridade física dos consumidores”. METRO RIO FALE COM A REDAÇÃO leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Verão mais quente em 53 anos

Fiscais do Procon apreenderam mais de 4 mil litros de leite | DIVULGAÇÃO

O verão mais quente desde 1961, quando o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) passou a fazer as medições climáticas, acabou ontem às 13h57. A temperatura média da estação foi de 36,4°C, um grau a mais que o antigo recorde, registrado há exatos 30 anos. Na despedida do verão, teve até topless na praia de Copacabana. | PAULO CAMPOS/FUTURA PRESS

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

‘Tenho certeza que ele deu a ordem’ Julgamento. Ex-investigador da DH diz que tenente-coronel mandou matar juíza Patrícia Acioli Durante o julgamento do tenente-coronel da Polícia Militar, Cláudio Luiz Silva Oliveira, acusado de ser o mentor do assassinato da juíza Patrícia Acioli, em 2011, o comissário José Carlos Guimarães, que era chefe de investigação da Divisão de Homicídos (DH) na época, disse não ter dúvidas de que o ex-comandante do 7o BPM (São Gonçalo) ordenou o ataque. Até as 22h de ontem, o julgamento ainda não havia terminado. “Tenho certeza de que foi ele quem deu a ordem para matar a doutora Patrícia. Sem o consentimento dele, os policiais não a teriam executado”, disse Guimarães. O julgamento começou às 9h30, no 3º Tribunal do Júri de Niterói, na região

Cláudio era comandante do 7o BPM (São Gonçalo) | REPRODUÇÃO / BAND

metropolitana. Na primeira fase, que se encerrou às 17h50, foram ouvidas seis testemunhas de acusação. Em seguida, começaram a

ser ouvidas cinco testemunhas de defesa. Cláudio era o comandante do Batalhão de São Gonçalo, município onde

PMs que arrastaram corpo de Cláudia Silva ganham liberdade A juíza Ana Paula Pena Barros, da Auditoria da Justiça Militar, acatou a recomendação do Ministério Público (MP) e concedeu liberdade provisória para os subtenentes Rodney Miguel Archanjo e Adir Serrano Machado e o sargento Alex Sandro da Silva Alves. Os PMs são acusados de arrastar o corpo de Cláudia Silva, de 38 anos. Os familiares de Cláudia foram chamados para prestar depoimento hoje na 29ª DP (Madureira). O objetivo é esclarecer a morte da auxiliar de serviços gerais, que aconteceu na manhã de domingo, durante uma operação policial na favela da Congonha, em Madureira, zona norte. Ontem, três policiais militares prestaram depoimento na mesma delegacia. Após ser baleada na operação, Cláudia foi arrastada pela avenida Intendente Magalhães, que liga as zonas norte e oeste, ao longo de 350 metros. Ela estava em uma viatura da PM quando a porta traseira do veículo se abriu. Um motorista que trafegava pela mesma via flagrou a cena e o vídeo está sendo utilizado nas investigações.

PMs já estão soltos novamente

| DANIEL MARENCO/FOLHAPRESS - 19/03/2014

Pai de outra vítima da operação policial no domingo, Wellington Possidonio disse ontem que pretende entrar na Justiça contra o Estado após a morte de William, de 16 anos. O jovem levou dois tiros na mesma ação da Polícia Militar, na manhã de domingo. Wellington defendia que ele estava sem mochila no momento em que foi morto. A versão é desmentida pela polícia, que garante que William levava quatro pistolas, quatro carregadores e R$ 31.800 dentro de uma bolsa,

que levava nas costas. O pai do jovem, porém, afirmou que sabia que o filho tinha envolvimento com o tráfico. Solidariedade Uma mobilização no Facebook reúne quase 700 pessoas que se sensibilizaram com o sofrimento da família de Cláudia. Na página batizada como “Alecrim Dourado”, um grupo reúne donativos para auxiliar a família da zona norte. As doações podem ser feitas até às 18h na rua Alfredo Chaves, 60, Humaitá, zona sul. METRO RIO

a juíza atuava como titular do Tribunal do Júri. A primeira testemunha de acusação a depor foi o delegado Felipe Ettore, que era diretor da DH e foi o responsável pelas investigações na época. O delegado afirmou que as investigações se basearam nos registros de ligações telefônicas, na perícia das munições encontradas no local do crime e nas delações premiadas. Seis policiais já foram condenados pelo assassinato: Carlos Adílio Maciel dos Santos, Jefferson de Araújo Miranda, Jovanis Falcão, Júnior Cezar de Medeiros, Sergio Costa Júnior e Daniel dos Santos Benitez Lopes. Mais quatro réus serão julgados em 3 de abril. METRO RIO

|03|◊◊

UPPs. Comandante é baleado em novo ataque de traficantes a unidades O comandante da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) de Manguinhos, capitão Gabriel Toleto, foi baleado na coxa direita no início da noite de ontem, durante uma operação para desocupar um prédio no local. Traficantes aproveitaram a confusão para atacar. Toleto foi levado para o Hospital da Polícia Militar, no Estácio, onde foi operado na noite de ontem. Seu estado de saúde não foi divulgado até o fechamento desta edição. Os agentes foram alvos de tiros e pedras. Quatro PMs ficaram feridos. Uma base da UPP na Coreia foi incendiada. O fogo atingiu a rede elétrica, deixando a comunidade sem energia. Bandidos também botaram fogo num contêiner da unidade que fica na avenida Carlos Matoso Correia, em Benfica, na comunidade do Parque Arará. O Batalhão de Choque também foi acionado e estava na área às 18h40. Mais tarde, um blindado da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil entrou

Ataque à base do Arará e Mandela | FOTO DO LEITOR

em Manguinhos, enquanto o Batalhão de Operações Especiais (Bope) entrou na comunidade do Arará. Por causa da confusão, a avenida Leopoldo Bulhões foi interditada. A operação policial também afetou a circulação de trens da SuperVia, que interrompeu as viagens no ramal de Saracuruna. Ataques também foram registrados contra a UPP da Camarista Méier. Em nota, o governador Sérgio Cabral declarou que o ataque “é mais uma tentativa da marginalidade de enfraquecer a política vitoriosa da pacificação”. METRO RIO

Quadrilha. Polícia prende estelionatários na Rocinha A delegacia de Repreesão ao Crime Organizado (Draco) desmantelou ontem uma quadrilha de estelionatários que agia há três anos e movimentava cerca de R$ 50 mil por mês. A maioria das vítimas era da zona sul. Oito pessoas foram presas. O objetivo da Operação Robin Hood era cumprir 16 mandados de prisão e 43 de busca e apreensão. O esquema tinha participação de motoboys de diferentes estabelecimentos comerciais, a maioria farmácias. De acordo com os policiais, quando o pagamento era feito em cheque, o entregador o repassava para outro integrante, que fazia as adulterações no valor a ser descontado. Depois, ele depositava em contas de terceiros. O produto adquirido pelo cliente era pago em dinheiro pelo motoboy para não levantar suspeitas. Morador da Rocinha, Hugo Leonardo Gama dos Santos é apontado como o chefe da quadrilha. Até a noite de ontem, ele continuava foragido. METRO RIO

Veículos foram incendiados no protesto | FOTO DE LEITOR

Comperj. Funcionários são feitos reféns em protesto Cerca de 30 funcionários do setor administrativo da empresa Alusa, terceirizada que presta serviços para o Comperj (Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro), em Itaboraí, na região metropolitana, foram feitos reféns, ontem, por funcionários que protestavam contra salários atrasados. Enquanto realizavam o ato, os manifestantes, aproximadamente 3,5 mil pessoas, não permitiram que os

reféns deixassem o local. Eles também invadiram o canteiro de obras e incendiaram três ônibus e três carros. Policiais do 35º BPM (Itaboraí) foram novamente chamados para conter os protestos. Ontem foi o segundo dia consecutivo de manifestação no local. Os atos continuam apesar de, na segunda-feira, cerca de 28 mil trabalhadores do complexo terem decretado o fim da greve, iniciada no dia 5 de fevereiro. METRO RIO


|04|

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

EM CASA COM FOME POR CARGOS, TODOS BRIGAM...

“NÃO VOU RENUNCIAR, PORQUE ESTOU COM A CONSCIÊNCIA TRANQUILA.”

...e ninguém tem razão. A troca de farpas entre os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Delcídio Amaral (PT-MS), um atribuindo ao outro a indicação do ex-diretor da Petrobras que operou a compra superfaturada da refinaria americana, expõe a falência do sistema de partilha de poder, nos últimos governos, que não tem perigo de dar certo, com a ocupação de cargos técnicos mediante critérios políticos.

DEPUTADO ASDRÚBAL BENTES (PMDB-PA), CUJA PRISÃO FOI DETERMINADA PELO SUPREMO

MÚLTIPLOS PADRINHOS. O

ex-diretor da Petrobras Nestor Ceveró, que deu no pé do País após estourar o escândalo, trabalhou com Delcídio e tem laços com o PMDB.

prar a refinaria foi do então presidente Lula.

MORRI, MEU REI. Também se finge de morto, à beira-mar da Bahia, no escândalo da refinaria superfaturada, o ex-presidente da estatal Sergio Gabrielli.

CHEFÕES SÃO OUTROS. Os verdadeiros responsáveis pela negociata da refinaria escapam de fininho da polêmica, enquanto se discute quem indicou Nestor Ceveró. NO DF, IMAGEM DE ARRUDA DIFICULTA CANDIDATURA. Se der uma olhada em

Sergio Gabrielli | JOSÉ CRUZ/ABR

EFEITO ‘TEFLON’, DE NOVO.

Dilma era ministra da Casa Civil e presidia o conselho da Petrobras, mas a decisão de com-

pesquisa qualitativa do Instituto Ver, no Distrito Federal, o ex-governador José Roberto Arruda (PR) ficaria preocupado com suas chances de voltar ao governo. A pesquisa apura a percepção do eleitor em relação a candidatos, utilizando associação de palavras. No caso de Arruda, a palavra mais associada ao seu nome é “rouba”. E as palavras “honesto” e “transparência” definem um “candidato “ideal”.

PODER SEM PUDOR

Erro de logística Hoje ministro do Tribunal de Contas da União, José Múcio Monteiro foi escalado pelo finado PFL para disputar o governo de Pernambuco com Miguel Arraes. Sabia que perderia, mas topou. O PFL botou um helicóptero à disposição e, certo dia, ele desceu em um distrito próximo a Palmares. Maior rebuliço. No palan-

que, ouviu a saudação: “E agora o candidato a governador de Pernambuco, que vem de helicóptero só para nos prestigiar!” Ele ficou surpreso com a expressão “nos prestigiar”, mas o locutor explicou onde ele chegara de verdade: - O senhor é candidato em Pernambuco. O nosso distrito é em Alagoas.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

PF prende ex-diretor da Petrobras suspeito de lavagem de dinheiro Rastro. Paulo Roberto Costa estaria destruindo documentos que comprovariam sua ligação com quadrilhas investigadas na operação Lava Jato. Ele teria recebido um Land Rover de um doleiro Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Refino e Abastecimento da Petrobras, foi preso ontem por agentes da Polícia Federal na capital fluminense. Ele foi preso por causa da tentativa de destruição e inutilização de documentos que poderiam servir de prova nas investigações da operação Lava Jato, deflagrada na segunda-feira. Na ocasião, Costa tinha sido conduzido coercitivamente para prestar informações sobre possível ligação com um dos líderes da organização criminosa. Na casa dele, foram apreendidos R$ 700 mil e US$ 200 mil durante a operação. Costa, que havia aberto uma consultoria cinco meses após deixar a Petrobras, é suspeito de envolvimento com integrantes de uma quadrilha de lavagem de dinheiro. Pelas informações da polícia, ele foi presenteado com um Land Rover pelo doleiro Alberto Youssef, o principal personagem do esquema. Youssef foi um dos per-

R$ 10 bi teriam sido movimentados pelas organizações de quatro doleiros investigadas na operação Lava Jato.

preso, localizados na Barra da Tijuca e na zona sul. Após fazer exame de corpo de delito no IML, Costa foi levado para o presídio Ary Franco, em Água Santa.

Ex-diretor da estatal também é investigado pelo MPF

sonagens da CPI do Banestado, em 2005, quando afirmou em depoimento que pagava propina para os diretores do banco do Estado do Paraná para ter facilidades na remessa de dinheiro para o exterior por meio das

| DANIEL MARENCO/FOLHAPRESS

extintas contas CC-5. Ele havia conseguido o benefício da delação premiada e, por isso, estava em liberdade. A PF ainda cumpriu ontem seis mandados de busca e apreensão em residências e endereços do

Quadrilha que distribuía armas e drogas do Paraguai no Rio é presa Oito pessoas foram presas ontem em uma operação da Polícia Federal para combater uma quadrilha especializada em tráfico internacional de drogas e armas, que atuava no Paraguai, na cidade de Pedro Juan Caballero, e no Brasil, em Ponta Porã (MS,) Catanduva (SP) e no Rio de Janeiro. A operação São Domingos, nome de um rio que corta a cidade paulista, fez uma prisão no Rio de Janeiro. O objetivo era cumprir 24 mandados de prisão de pessoas acusadas de trazer cocaína, maconha, armas e munição do Paraguai para as comunidades cariocas. Segundo a PF, as drogas, armas e munições ingressavam no Brasil em automóveis e caminhões. Via terres-

Drogas seriam levadas para morros do Rio | DIVULGAÇÃO / POLÍCIA FEDERAL

tre, seguiam até a cidade de Catanduva, onde eram armazenadas e posteriormente encaminhadas, de forma fracionada, para o Rio. Durante os 10 meses de investigação, foram realizados nove flagrantes, com a prisão de 21 pessoas, sendo apreendidos 6,45 toneladas de maconha, 436

quilos de cocaína e seus derivados, 360 munições de fuzil 7.62, quatro pistolas de uso restrito e uma escopeta calibre 12. De acordo com a PF, foi possível ainda efetuar a prisão de cinco traficantes foragidos das Justiças paulista e mineira. METRO RIO

Refinaria O ex-diretor da Petrobras é também investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) no Rio de Janeiro por irregularidades na compra da refinaria de Pasadena, no Texas, pela estatal brasileira. Ele chegou a ser intimado com o ex-diretor de Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, para esclarecer por que a estatal adquiriu em 2006 a refinaria, que causou prejuízos da ordem de US$ 1 bilhão. METRO RIO

Itália. Doze presos em ação conjunta A Polícia Federal (PF) deflagrou ontem a operação Monte Pollino, para desarticular uma organização criminosa especializada no envio de cocaína da América do Sul para a Europa. Cerca de 70 policiais federais participam da ação no Brasil. Doze pessoas foram presas, sendo dez no Brasil, uma na Espanha e uma na Itália. Oito acusados ainda estão foragidos no Brasil e no exterior. Foram aprendidos 1,3 tonelada de cocaína e US$ 760 mil dólares. A 2ª Vara da Justiça Federal de Santos, em São Paulo, a pedido da PF, determinou o sequestro de imóveis e veículos pertencentes à organização criminosa, no valor de R$ 3 milhões. METRO RIO


|08|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Cade investiga 18 empresas por cartel em trens e metrô O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), órgão ligado ao Ministério da Justiça, divulgou ontem que investigará 18 empresas suspeitas de formação de cartel em projetos metroferroviários em quatro Estados e no Distrito Federal. A medida foi publicada no “Diário Oficial” da União (veja lista ao lado). No total, 109 funcionários das empresas citadas foram intimados e têm 30 dias para apresentar a defesa. O órgão de fiscalização afirma que há fortes indícios de formação de cartel em licitações realizadas em São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Rio de Janeiro e no Distrito Federal. No total, os contratos somam R$ 9,4 bilhões, segundo portaria assinada pelo superintendente-geral do Cade, Carlos Emmanuel Joppert Ragazzo. De acordo com técnicos do Cade, as investigações apontam que as empresas atuam de forma orquestrada para acertar preços em concorrências públicas, fatiar o mercado e acertar condições em licitações. No caso do governo paulista, além de cinco projetos do Metrô e da CPTM, delatados pela empresa alemã Siemens, estão a reforma de 98 trens para a linhas 1-Azul e 3-Vermelha e a aquisição de trens para a CPTM. Realizadas entre os anos de 2008 e 2009, as concor-

Transporte. Órgão de fiscalização afirma que há fortes indícios de acertos em licitações. Ao todo, 109 funcionários serão ouvidos

QUEM ESTÁ NA MIRA DO CADE GO Licitações sob suspeita

SE

DISTRITO FEDERAL

BA

Contrato para manutenção de trens em 2005

BELO HORIZONTE

MG

Conluio entre as empresas Alstom e CAF em 2012

ES MS

RJ RIO DE JANEIRO

SP

Aquisição de 240 composições para a Supervias em 2012

PORTO ALEGRE Conluio entre as empresas Alstom e CAF em 2012

PR SC

SÃO PAULO Construção da linha 5-Lilás

RS

Expansão da linha 2-Verde Aquisição de 384 composições para a CPTM Reforma de trens das linhas 1-Azul e 3-Vermelha do Metrô

rências movimentaram R$ 1,7 bilhão e R$ 1,8 bilhão, respectivamente. A lista dos contratos sob suspeita corresponde aos governos Mario Covas, Geraldo Alckmin e José Serra, todos do PSDB. Em Belo Horizonte e Porto Alegre, o Cade investiga o conluio entre as empresas Alstom e Caf em licitações realizadas em 2012. No Rio, Alstom e T’Trans são sus-

peitas de um acordo em uma concorrência da Supervias, também em 2012. No DF, o alvo é o contrato firmado em 2005 com a Siemens para manutenção de trens. O Cade informa que todos os citados foram intimados a apresentar suas defesas em 30 dias. Por meio de notas, as empresas investigadas afirmaram que não cometeram irregularidades. METRO

EMPRESAS INVESTIGADAS Alstom Brasil Energia e Transporte Balfour Beatty Rail Power Systems Brazil Bombardier Transportation Brasil CAF Brasil Indústria e Comércio Caterpillar Brasil ConsTech Assessoria e Consultoria Internacional Empresa Tejofran de Saneamento e Serviços Hyundai-Rotem IESA Projetos Equipamentos e Montagens MGE Equipamentos e Serviços Ferroviários Mitsui MPE - Montagens e Projetos Especiais Procint - Projetos e Consultoria Internacional Serveng-Civilsan - Empresas Associadas de Engenharia Siemens TCBR Tecnologia e Consultoria Brasileira Temoinsa do Brasil Trans Sistemas de Transportes

“Os beneficiários confessaram a ocorrência de contatos entre concorrentes com o objetivo de eliminar a competição em licitações públicas relativas a projetos de metrô e/ou trens.” “Sob o manto de consórcio, os participantes do cartel teriam dividido as licitações entre eles e simulado a competição , por meio, por exemplo, da combinação dos valores das propostas comerciais.” TRECHOS DO INQUÉRITO ADMINISTRATIVO DO CADE SOBRE CARTEL NO SETOR DE TRENS

Dilma também segue favorita na disputa em segundo turno | AGENCIA BRASIL/EBC

Eleições. Dilma venceria em 1º turno, aponta Ibope A presidente Dilma Rousseff segue como favorita à reeleição, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem. A petista manteve os 43% registrados no levantamento anterior, feito em novembro do ano passado. Na segunda colocação, está o pré-candidato do PSDB, senador Aécio Neves (MG), com 15% da preferência do eleitorado -- um ponto acima da pesquisa anterior. O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do PSB, se mantém com os mesmos 7% de quatro meses atrás. A ex-senadora Marina Silva parece ter deixado a condição de fiel da balança na corrida eleitoral. No segundo cenário, considerado menos provável, ela aparece com 12% das intenções de voto, atrás, inclusive, do tucano Aécio Neves, que ficaria com 14%. Marina chegou a ter 21% em levantamentos anteriores. Nesta simulação, Dilma também lideraria, com 41%. Pela primeira vez, o IboCenário 1

43% DILMA (PT)

7% CAMPOS (PSB)

pe incluiu pré-candidatos de partidos considerados ‘nanicos’. Pastor Everaldo (PSC) é o que aparece em melhor condição, com 3%. Randolfe Rodrigues (Psol) tem 1%. Eymael (PSDC), Levy Fidélix (PRTB) e Mauro Iasi (PCB) ficaram com menos de 1% das intenções de votos. Somados, esses candidatos não atingiram 6% da preferência do eleitorado. A pesquisa ouviu 2.002 pessoas em 140 municípios entre 13 e 17 de março. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. Segundo turno Dilma também demonstra favoritismo na disputa em segundo turno. Quando o adversário é Aécio Neves, a petista vence com a margem de 27 pontos -- 47% contra 20%. Se a disputa fosse com Eduardo Campos, a vitória seria por vantagem de 31 pontos -- 47% a 16%. Marina também seria derrotada, mas por menor diferença, 45% a 21%. METRO BRASÍLIA Cenário 2

15% AÉCIO (PSDB)

24% BRANCOS E NULOS

41% DILMA (PT)

12% MARINA (PSB)

14% AÉCIO (PSDB)

23% BRANCOS E NULOS


|10|

Empresas. Governo adia prazo de adesão ao eSocial O governo atendeu a reivindicação de empresários e decidiu prorrogar, mais uma vez, o início da obrigatoriedade de adesão ao eSocial. O novo procedimento obriga o repasse de informações detalhadas das empresas, em tempo real, relatando folha de salários, impostos, contribuição para a previdência e informações dos trabalhadores. Agora, as empresas de lucro real, com receita anual acima de R$ 78 milhões, terão de iniciar a transmissão obrigatória de dados via eSocial a partir de outubro de 2014, com substituição definitiva das atuais guias de recolhimento a partir de janeiro de 2015 – mesma data em que as demais empresas começam a aderir ao projeto.

Em 17 julho do ano passado, o Ato Declaratório Executivo nº 5 aprovou o leiaute do eSocial, ou seja, as regras para funcionamento do novo sistema, e instituiu a data de janeiro de 2014 para início da obrigatoriedade de adesão ao procedimento. Esse prazo inicial foi adiado posteriormente, mas sem divulgação oficial, para abril deste ano. “Não consideramos essa mudança um adiamento, mas sim o resultado de um debate com a sociedade para finalizar a elaboração e publicar o ato normativo que vai instituir o eSocial no âmbito de todos os órgãos participantes”, afirma a nota enviada ontem pela Receita Federal. METRO

Governo aceita prazo maior para IR sobre lucros no exterior O líder do governo Arlindo Chinaglia (PT-SP) disse ontem que o Planalto cedeu na negociação do prazo para pagamento de Imposto de Renda sobre lucros no exterior previsto na MP (Medida Provisória) 627/2013. Chinaglia e outras lideranças da base do governo se reuniram ontem com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, para tratar do assunto. Pela proposta inicial do governo, as empresas teriam

cinco anos para recolher os impostos devidos sobre seus lucros obtidos fora do Brasil, sendo que 25% do lucro deveriam ser incorporados ao balanço no primeiro ano. O relator, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ampliou esse prazo para oito anos. O parecer deve ser apresentado e votado na comissão mista na próxima terça-feira, segundo informações da “Agência Câmara”. METRO

BC descarta bolha imobiliária no país Crédito. Banco brasileiro sobreviveria a uma crise imobiliária superior à dos EUA, segundo simulações do Banco Central. Em 12 meses, preços de imóveis subiram 13% Mesmo com a forte valorização dos imóveis nos últimos anos, o Banco Central descarta a possibilidade de o Brasil caminhar para uma crise semelhante à ocorrida nos Estados Unidos entre 2008 e 2009. Segundo relatório divulgado ontem pela autoridade monetária, os bancos brasileiros teriam ainda capacidade para resistir ao impacto de uma forte queda nos preços de imóveis. O preço anunciado do metro quadrado subiu 13,1% em 12 meses em 16 cidades do pa��s, segundo o índice Fipe Zap. Com uma alta de 15% no período, o Rio tem o m2 mais caro de país: R$ 10.361. “Com certeza pode-se dizer [que não há bolha]. Não tem elementos que possam caracterizar bolha”, afirmou, no entanto, o diretor de Fiscalização do BC, Anthero Meirelles. Segundo ele, há bolha quando os preços dos ativos sobem sem nenhuma justificativa econômica. No Brasil, diz Meirelles, a alta de preços de imóveis acompanha o aumento da renda, mas os valores vão se equilibrando à medida

Café vai ficar 35% mais caro neste ano A indústria brasileira planeja reajustar os preços do produto torrado e moído em cerca de 35%, segundo a Abic (Associação Brasilei-

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

ra da Indústria de Café). As altas devem ser diluídas ao longo dos próximos meses. A elevação de preços ao consumidor se deve à for-

te valorização do café arábica no mercado internacional nos últimos meses, que chegou a 70% neste ano na bolsa de Nova York. METRO

EVOLUÇÃO DE PREÇOS

Variação mensal em 16 locais

POR CIDADE FEV/14

12 MESES

PREÇO M2 R$ 10.361

Rio de Janeiro

1,08%

15,2%

Brasília

-0,33%

3,5%

R$ 8.118

São Paulo

0,62%

13,5%

R$ 7.887

Niteroi

0,82%

10,9%

Recife

0,89%

16,9%

R$ 5.673

Belo Horizonte

0,42%

7,7%

R$ 5.381

São Caetano do Sul

0,79%

12,4%

R$ 5.335

Florianópolis

0,45%

16,7%

R$ 5.201

Fortaleza

0,81%

8,7%

R$ 5.177

R$ 7.230

Curitiba

-0,07%

34,9%

R$ 5.079

Porto Alegre

-0,37%

12,2%

R$ 4.868

Santo André

0,76%

12,3%

R$ 4.621

Vitória

0,36%

17,1%

R$ 4.574

São Bernardo do Campo

0,67%

10,9%

R$ 4.371 R$ 4.287

Salvador

0,60%

9,1%

Vila Velha

0,56%

11,5%

Média nacional

0,57%

13,1%

em que a demanda por casas é atendida. Meirelles disse ainda não acreditar que após a Copa do Mundo haverá uma forte queda nos preços dos imóveis, como prevê parte dos analistas. “Não vejo nenhum sinal de ruptura nem

R$ 3.852 R$ 7.363

de crédito e nem de preço dos imóveis”, afirmou. Segundo simulações feitas pelo BC, mesmo com uma forte desvalorização dos imóveis residenciais, os bancos brasileiros estariam preparados. Uma queda de 33% nos preços em um único dia no

“Não há bolha imobiliária no Brasil. Não temos elementos que caracterizem bolha.” ANTHERO MEIRELLES, DIRETOR DO BC

Brasil, por exemplo, não deixaria nenhuma instituição com problema de capitalização. Esse percentual corresponde à desvalorização verificada nos EUA entre abril de 2006 e maio de 2009. Só uma queda nos preços de 55% levaria à insolvência bancária e, mesmo assim, de apenas um banco. Entre as características do sistema nacional que explicam esses resultados estão o valor médio de entrada de 30% do imóvel nas operações e o uso do sistema de amortização constante (SAC), que leva à redução mais rápida do saldo devedor. METRO COM AGÊNCIAS

Demanda por voo doméstico avança 11,2% em fevereiro A demanda doméstica das companhias aéreas cresceu 11,2% em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2013, somando 7 bilhões de passageiros-quilômetros transportados, segundo dados da Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas). Já a oferta teve leve recuo de 0,5%, para 8,7 bilhões de assentos-quilômetros oferecidos. Com isso, a taxa de ocupação subiu 8,5 pontos porcentuais, atingindo o patamar de 80,6%. O número total de passageiros transportados superou os 6 milhões de pessoas no mês, 11% acima do registrado em fevereiro de 2013. A associação destacou que as empresas estão mantendo a política de disciplina de oferta e, lidando

Mercado está aquecido, diz associação do setor | ELZA FIÚZA/ABR

com um mercado doméstico aquecido nesse início de 2014. “Esses são resultados muito positivos para o mês de fevereiro, normalmente um período mais fraco para a estatística da indústria, até porque tem menos

dias”, destacou o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz. Em termos de participação de mercado, a TAM seguiu na liderança, com 37,86%, seguida pela Gol (36,83%), Azul (16,91%) e Avianca (8,39%). METRO


|12|

Malásia. Buscas por avião têm nova pista As buscas pelo Boeing 777200ER, desaparecido desde 8 de março no sudeste asiático, foram intensificadas ontem em uma região a cerca de 2,5 mil km a sudoeste da cidade australiana de Perth, no sul do Oceano Índico. Horas antes, o premiê Tony Abbott tinha dito que satélites do país avistaram “grandes objetos” nos mares remotos da região. “Eu disse que queríamos reduzir a área de busca. Agora temos uma pista crível”, disse o ministro malaio dos Transportes, Hishammuddin Hussein, em Kuala Lumpur, capital do país. As buscas pelos objetos foram encerradas ontem no final do dia (horário local) em virtude do mau tempo, mas serão retomadas hoje. Um navio mercante norueguês conseguiu chegar ao ponto em que estariam ontem, mas autoridades dizem que pode levar dias até que seja possível confirmar se os objetos eram de fato parte da aeronave da Malaysia Airlines. METRO

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Obama amplia sanções contra Moscou, que reage Guerra diplomática. Com escalada da tensão na península da Crimeia, Marinha russa toma três embarcações ucranianas

Bandeira russa é hasteada em base naval ucraniana | SHAMIL ZHUMATOV/REUTERS

Em meio à crescente tensão após a anexação da Crimeia pela Rússia, o governo americano anunciou ontem um novo pacote de sanções contra aliados do presidente Vladimir Putin. No final do dia, a Marinha russa tomou três navios de guerra ucranianos na Crimeia, usando granadas de efeito moral. Em um discurso na Casa Branca, o presidente Barack Obama disse que mais pessoas passariam a sofrer sanções em função da ocupação. A nova lista tem o nome de 20 pessoas, algumas do círculo de confiança de Putin, como o chefe do Estado-maior, Sergei Ivanov. “Estamos impondo sanções a mais pessoas do alto escalão do governo russo”, disse Obama, que também

anunciou punições contra “uma série de outros indivíduos com recursos substanciais e influência que fornecem apoio material” para Moscou. O banco Rossiya e seu dono, Yuri Kovalchuk - tido como banqueiro pessoal de Putin - também foram incluídos na relação. Também ontem, a União Europeia declarou que ampliaria o número de pessoas sob mira das sanções. A UE ainda anunciou que poderia cancelar uma cúpula entre o bloco e a Rússia. No Parlamento alemão, a chanceler Angela Merkel disse que se a crise se intensificar, a UE está preparada para adotar sanções econômicas “mais amplas”, sem dar detalhes. Em resposta às sanções, Moscou proibiu a entrada

no país de nove funcionários do governo dos EUA, entre os quais o conselheiro-sênior da Casa Branca, Dan Pfeiffer. Após um referendo que indicou que 97% da população da Crimeia desejava que a região, uma península com importância estratégica, passasse a ser parte da Federação Russa, Moscou anexou formalmente o território. Os EUA consideram a incursão russa uma violação de leis internacionais e não reconhece a anexação. A Ucrânia anunciou que passaria a exigir vistos de turistas russos e anunciou a saída da Comunidade dos Estados Independentes (CEI), bloco que reúne países da antiga União Soviética. METRO E AGÊNCIAS


2 CULTURA

|14|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

De cara nova no ano do

centenário

Reinauguração. Prestes a completar 100 anos, prédio histórico dos Correios de Niterói reabre hoje com evento para convidados. Exposição de fotos começa na segunda-feira. Em novembro, local abrigará centro cultural

Mariene de Castro

Show

A cantora faz show de lançamento do seu quinto disco, “Colheita”. No Vivo Rio (av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo. Tel.: 22722901). Amanhã, às 21h. R$ 80 a R$ 160. 16 anos.

‘Sala histórica’ mantém projeto original do prédio, mas só deve abrir em novembro

Fachada do prédio recebe últimos retoques para a reinauguração de hoje | FOTOS: BRUNA PRADO / METRO RIO

R$ 15,3 milhões foi o custo da reforma e restauração do prédio, financiados pelos Correios.

Um palácio imponente e repleto de histórias. Inaugurado no dia 14 de novembro de 1914, pelo presidente da República Marechal Hermes da Fonseca, o monumental prédio dos Correios de Niterói celebra seu centenário e reabre hoje, após mais de dois anos de reformas da fachada, esquadrias e interior. “É uma preciosidade”, define José Carlos Julião, coordenador da implantação do Espaço dos Correios de Niterói. O processo de restauração, segundo conta, não foi fácil. “Na cúpula, por exemplo, foi

restaurada pétala por pétala”, revela. O prédio ainda dispõe de iluminação monumental, climatização e circuito interno e externo de câmeras. O segundo pavimento do prédio – que tem três andares –, onde funcionará um espaço cultural, segue fechado para reparos até o final do ano. “O espaço era vívido e belo, mas desde a década de 90 estava em decadência. A reinauguração será muito bem-vinda”, celebra Regina Costa, pesquisadora da UERJ e moradora de Niterói. METRO RIO

Mostra homenageia Niterói em uma série de fotografias Além de reativar o funcionamento dos Correios, o intuito da empresa é patrocinar atividades culturais no local, a exemplo do que ocorre no Centro Cultural Correios, no Centro do Rio, e em cidades como Brasília e São Paulo. O segundo pavimento do palácio em Niterói, previsto para abrir em novembro, terá quatro salas de exposição, bistrô, sala multicultural e uma “sala histórica”, restaurada exatamente como no projeto original, de 1914. Enquanto esse espaço é reformado, o primeiro pavimento receberá exposições, como a que será aberta ao público na segunda-feira. “Aqui mesmo – Niterói vista pelas lentes de Pedro Vazques” traz uma série de fotografias do artista carioca, morador

Exposição de Pedro Vazques retrata o olhar do fotógrafo sobre Niterói

Programe-se

de Niterói desde os dois anos de idade. A mostra é dividida em dois ambientes, com fotos coloridas e em preto e branco. METRO RIO

No prédio histórico dos Correios de Niterói (avenida Visconde do Rio Branco, 481, Centro). A partir de segunda. De seg. a sex., das 9h às 17h. Grátis. Livre.


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

‘Os Pássaros’ reestreia em cópia restaurada Cinema. Obra-prima do mestre do suspense Alfred Hitchcock está de volta às telonas. Longa-metragem do cineasta britânico foi lançado originalmente em 1963 Um dos maiores clássicos de Alfred Hitchcock (18991980), “Os Pássaros” volta às telas de cinema em cópias restauradas, que podem ser conferidas no Espaço Itaú de Cinema, em Botafogo (sessões hoje às 13h e 21h40). Lançado originalmente em 1963, o longa-metragem foi eleito o 7º thriller mais assustador do cinema americano pelo American Film Institute. E apresentou a atriz Tippi Hedren, que, no ano seguinte, foi premiada com o Globo de Ouro de atriz revelação. Na história de suspense, Melanie Daniels (Tippi Hedren) é uma jovem de São Francisco que vai até

uma pequena cidade atrás de um potencial namorado, Mitch Brenner (Rod Taylor). Porém, começam a acontecer fatos estranhos na cidade, como pássaros de todas as espécies que passam a atacar a população, de modo cada vez mais assustador. Na filmagem sobrou até para a atriz Tippi Hedren, que sofreu um corte no rosto por um dos animais. Remake à vista Recentemente foi anunciado que o diretor holandês Diederik Van Rooijen vai comandar o remake da obra de Hitchcock para o estúdio Universal. A produção será do diretor Michael Bay. METRO

Estreias no cinema

|15|◊◊

Conheça três filmes brasileiros que entraram em cartaz

1 2

‘S.O.S. Mulheres ao Mar’

Mais uma comédia, dessa vez com Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini, em histórias dentro de um cruzeiro. METRO

‘Minutos Atrás’

Vladimir Brichta, Otávio Muller, Paulinho Moska partilham histórias fantásticas e surreais no drama do diretor Caio Sóh. METRO

3

‘Jogo de Xadrez’

Mina (Priscila Fantin) está presa e, além de se defender das outras detentas, precisa escapar da vigilância do diretor da penitenciária (Tuca Andrada). METRO Tippi Hedren em cena do filme | DIVULGAÇÃO

Samba é celebrado na praia de Copacabana

‘Namoro ou Liberdade?’

‘Instinto Materno’

[EUA, 2014], de Tom Gormican. Com Zac Efron, Miles Teller e Michael B. Jordan. Três amigos se encontram em um momento da relação onde eles não sabem realmente se estão ou não namorando com suas parceiras.

[Romênia, 2013], de Calin Peter Netzer. Com Luminita Gheorghiu, Bogdan Dumitrache e Natasa Raab. Uma mulher tenta evitar que o filho seja indiciado por homicídio usando sua posição social e suas relações com a alta sociedade romena.

Diogo Nogueira, Roberta Sá, Alcione e Martinho da Vila | DIVULGAÇÃO/ LEO AVERSA

Um encontro de gerações do samba vai celebrar os 100 anos do ritmo. Diogo Nogueira, Roberta Sá, Martinho da Vila e Alcione são as atrações do projeto “Nivea Viva o Samba”. Eles sobem ao palco em um show gratuito no domingo, às 17h, na praia de Copacabana, altura da avenida Princesa Isabel. Com direção de Monique Gardenberg, o evento, que estreou no dia 16 em Porto Alegre, ainda passará por Brasília (6/4), Recife (13/4), Salvador (27/4) e São Paulo (25/5).

“O samba tem o poder de transformar as pessoas”, acredita o cantor Diogo Nogueira, que vai incluir, no repertório do show, a canção “Poder da Criação”, composta por seu pai, o sambista João Nogueira, e por Paulo César Pinheiro. Para Alcione, outra estrela da festa, o samba é agregador. “Cabem dentro do samba várias histórias de nosso país”, comenta a maranhense, que no palco vai cantar “Não Deixe o Samba Morrer”, entre outros sucessos. METRO RIO

O Metro indica

Exposição

“O Golpe – 50 Anos Depois”. Mostra busca estimular o público a revisitar os acontecimentos e ideais da da época através de imagens históricas, instalações interativas e intervenções cênicas. No Armazém da Utopia (av. Rodrigues Alves, Armazém 6, Cais do Porto. Tel.: 2253-8726). Qua. a dom., das 14h às 21h. Grátis. Livre. Até 13/4.

Evento

Visita guiada no telhado do MAR. A novidade acontece neste e no próximo final de semana, para celebrar 1 ano do MAR. O público poderá andar sobre a cobertura do prédio do museu, que tem forma de ondas. Serão seis visitas por dia, para grupos de até 12 pessoas. É preciso agendar. No Museu de Arte do Rio (Praça Mauá, 5, Centro. Tel.: 3031-2741). Exposições: ter. a

dom., das 10h às 17h. Ingressos R$ 8 (terças grátis). Livre.

Cinema

“Njinga, Rainha de Angola”. Longa conta a trajetória de Njinga, uma guerreira africana. No CCBB (rua Primeiro de Março, 66, Centro. Tel.: 3808-2007). Sessões gratuitas, às 13h (retirar senhas 1h antes). Até segunda-feira. Livre.

Infantil

“A Aventura de Pedro”. No espetáculo, personagens já conhecidos do universo infantil ganham novos contornos a partir das ideias fantasiosas de Pedro. No Teatro Municipal do Jockey (rua Bartolomeu Mitre, 1.110, Gávea. Tel: 3114-1286). Sáb. e dom., às 18h30. Grátis (retirar senhas 1h antes). Livre. Até 11/5.

Dança

“Sobre Ancas”. Com criação, interpretação e textos da bailarina e atriz Ana Guasque, o espetáculo faz uma reflexão poética sobre a trajetória das mulheres ao longo da história. No Centro Cultural Municipal Parque das Ruínas (rua Murtinho Nobre, 169,

Santa Teresa. Tel.: 2215-0621). Amanhã, às 16h. Grátis. Livre.

Show

Milton Nascimento. Apresentação do cantor celebra os dois anos da casa de espetáculos. Na Miranda (av. Borges de Medeiros, 1.424, Lagoa. Tel.: 2239-0305). Amanhã, às 21h30. R$ 200 a R$ 500. 16 anos. Moska. Cantor mostra repertório do CD e DVD “Muito Pouco Para Todos”. No Teatro Rival Petrobras (rua Álvaro Alvim, 33, Cinelândia. Tel.: 2240-4469). Hoje, às 19h30. R$ 80. 16 anos.

Concerto

Orquestra Petrobras Sinfônica. A orquestra abre a temporada de 2014, sob regência de Isaac Karabtchevsky. No Theatro Municipal (Praça Marechal Floriano, s/no, Cinelândia. Tel.: 2332-9191). Amanhã, às 16h. R$ 20 a R$ 576. Livre.


|16|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Receita Minuto

Leitor fala

Cadê?

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

PÃO DE FORMA SURPRESA

Cruzadas

Bom dia amigos leitores, vamos falar do famoso Bauru, sanduíche conhecido em todo Brasil, ele tem algumas releituras em diferentes regiões e hoje fizemos a nossa própria. Em um papo descontraída com Julio Cruz desenvolvemos uma receita que fosse simples, mas que agradasse a todos. Chegamos na receita que segue abaixo.

Cadê o Amarildo? E a Patrícia Amieiro? E a Priscila Belfort? E o funcionário desaparecido da Fiocruz? E a fiscalização na Linha Amarela? E as vigas da Perimetral? E os médicos nos plantões? E o fim dos alagamentos? E o transporte digno? E a Segurança Pública? E o controle dos celulares nas cadeias? E o funcionamento do celular na rua? E os restos mortais do Rubens Paiva? E a “justiça” para os mensaleiros? E a recuperação da poupança? Cadê... cadê... cadê? Socorrooo! TERESINHA GONÇALVES - RIO DE JANEIRO, RJ

Trânsito na Barra Está ficando insuportável o deslocamento para a Barra da Tijuca saindo de qualquer ponto da cidade! Levamos horas para percorrer um trajeto que deveria ser feito em meia hora, no máximo. Graças a Deus não preciso passar por isso todo dia, mas imagino o sofrimento de quem trabalha na região. PAULO FREITAS – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

INGREDIENTES 1 pacote de pão de forma com casca 2 tomates em rodelas 1 colher (sopa) de orégano seco 200g de queijo parmesão ralado 250g de presunto fatiado 250g de queijo mussarela fatiada

Creme Béchamel de Mostarda: 3 colheres (sopa) de manteiga 4 colheres (sopa) de farinha de trigo ½ litro de leite 1 copo de requeijão (200g) 3 colheres (sopa) mostarda 100g de parmesão ralado

Você é a favor de reserva de vagas para negros e índios em concurso público? Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroRJ

@selmatita

Não acho que seria certo. Precisamos de gente competente no serviço público, independentemente da cor. @andrePcarlos

Modo de Preparo: Para o Creme de mostarda: derreta a manteiga em uma panela, coloque a farinha, misture até que fique de cor amarronzada. Coloque o leite aos poucos mexendo sem parar. Misture muito bem até que fique bem cremoso. Acrescente o requeijão, misture, coloque a mostarda, o parmesão, misture novamente e reserve. Monte seu prato. Coloque um pouco de creme no fundo de uma travessa, disponha fatias de pão, uma ao lado das outras. Disponha fatias de queijo, de presunto, rodelas de tomate, polvilhe orégano e cubra com mais fatias de pão. Regue com mais creme, polvilhe mais queijo e leve ao forno moderado (160º) por 15 minutos ou até que tudo esteja derretido e gratinado. Retire com uma espátula e sirva com uma saladinha esperta de folhas verdes.

Se vale nas faculdades, tem que valer no serviço público também. @celsofaf

Seria o mesmo que chamá-los de incapazes. Preconceito absurdo e descarado. Não há como ser a favor.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período mais propenso para se dedicar a interesses culturais, estudos, planos para viagens e contatos à distância.

Período especial para exercitar sua autoexpressão, seja com atividades culturais, vivências em grupo ou hobbies que sirvam como terapia.    

A Lua rege as emoções e em seu signo torna você mais espontâneo do que já é. Evite exagerar em exigências e dramas.       

Há tendências para esclarecer segredos e assuntos pendentes com quem tem mais convivência e vínculo afetivo.

Momento especial para retomar assuntos que envolvam familiares. Algumas lembranças serão vividas de forma especial na vida afetiva.

Os temas que envolvam crenças, espiritualidade e outros apelidados de “zen” tomarão sua atenção e farão muito bem.

Propensões para tratar parcerias de maneira mais intensa. Mudanças serão mais frequentes com essas parcerias.   

Boa ocasião para conversas com pessoas que há tempos não convive ou deve uma visita. Librianos sabem agradar e surpreender socialmente.  

Dia positivo para projetos e contatos que envolvam inovações. Novas ideias estão favorecidas para serem colocadas em pratica.

Gestos prestativos e atitudes simples farão diferença em momentos de conquista ou para retomar hábitos especiais na vida afetiva.  

Momento propício para identificar gastos com o que não tem tanta utilidade e mesmo repensar objetivos materiais.

Os assuntos profissionais recomendam ponderação para que decisões não sejam tomadas por envolvimento emocional.  


3 ESPORTE

Despedida

“Depois de 16 anos, estou me retirando da Seleção de futsal! Saio de cabeça erguida, pois me entreguei de verdade ao meu esporte, e ao meu país! Mas jamais teve um ‘Muito Obrigado’, ou qualquer tipo de agradecimento com ninguém! Somos descartáveis, inúteis em todos os momentos! Assim que eu e meus companheiros campeões do mundo nos sentimos!” FALCÃO, EX-ALA DA SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTSAL, EM TEXTO PUBLICADO NO INSTAGRAM. CAMISA 12 ACUSA CONFEDERAÇÃO DE “LIMPAR” COMISSÃO TÉCNICA CAMPEÃ DO MUNDO, AFASTAR ATLETAS, OFERECER CONCENTRAÇÃO SEM TV E INTERNET E DÍVIDAS COM AS EQUIPES MASCULINA E FEMININA

|18|

RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Rodada final:

queda e semifinais Campeonato Carioca. Jogos de domingo definem os quatro semifinalistas, além dos confrontos do mata-mata. Na parte de baixo da tabela, três clubes brigam para não cair Com Flamengo, Fluminense e Vasco já classificados para as semifinais do Campeonato Carioca, as emoções da última rodada da Taça Guanabara, amanhã e domingo, ficam por conta da definição da última vaga entre os classificados, dos confrontos do mata-mata e da luta contra o rebaixamento, na parte de baixo da tabela. Domingo, contra a Cabofriense, às 16h, no Maracanã, o rubro-negro vai receber a Taça Bradesco Esportes FM – Taça Guanabara – pela conquista comemorada com duas rodadas de antecedência. O Fla, que tem o primeiro lugar garantido, aguarda a definição do seu adversário na semifinal, provavelmente a Cabofriense, quarta colocada. No entanto, o Boavista, quinto na tabela, também tem chance de terminar a rodada na zona de classificação. O adversário do time da Gávea pode ser ainda o Vasco, desde que o Fla perca para a Cabofriense e o cruzmaltino não pontue contra o Duque de Caxias, adversário de domingo, às 16h, em São Januário. O Flamengo pode até enfrentar o Fluminense, mas a situação é a menos provável, já que há um saldo de dez gols na equação.

O mais provável é que a outra semifinal seja disputada por Vasco e Fluminense. O que está em jogo é a posição dos dois times na tabela e, consequentemente, a vantagem de jogar por dois empates no mata-mata. O tricolor das Laranjeiras depende apenas de si para confirmar a segunda colocação. Basta vencer o Volta Redonda, domingo, às 16h, em Macaé. Já o time da Colina, tem de derrotar o lanterna Duque de Caxias, também domingo, no mesmo horário, em São Januário, e torcer por um tropeço do Flu no Moacyrzão. O problema é que o adversário vascaíno vai fazer o jogo da vida, já que luta contra o rebaixamento. Além do Duque de Caxias, outros dois clubes brigam para não cair para a Série B do Campeonato Carioca: Resende e Audax. A situação mais complicada é do Tricolor da Baixada. Botafogo O Botafogo é o único dos grandes que não tem chance de ir à semifinal. Com apenas 16 pontos e na 11ª colocação, o alvinegro enfrenta o Nova Iguaçu, amanhã, às 15h45, em Moça Bonita, só para cumprir tabela. METRO RIO

Gesto da taça ficou eternizado | DIVULGAÇÃO CBF

15ª rodada AMANHÃ 15h45

X BOTAFOGO

NOVA IGUAÇU DOMINGO 16h

X MADUREIRA

RESENDE 16h

X FLAMENGO

CABOFRIENSE 16h

X VASCO

D. DE CAXIAS 16h

X FLUMINENSE

V. REDONDA 16h

X FRIBURGUENSE

BONSUCESSO 16h

X AUDAX-RIO

MACAÉ 16h

X Flamengo, de Felipe, vai receber a Taça no domingo | ROBERTO FILHO / FOTOARENA

BOA VISTA

BANGU

Taça Guanabara CLASSIFICAÇÃO P V GP SG

Edmilson, do Vasco, é o artilheiro do Carioca, com 8 gols | ROBERTO FILHO / FOTOARENA

Morre Bellini, primeiro capitão brasileiro campeão do mundo Morreu ontem, em São Paulo, aos 83 anos, Hideraldo Luís Bellini, capitão da Seleção Brasileira na conquista da sua primeira Copa do Mundo, em 1958, na Suécia. O ex-zagueiro, que sofria de Mal de Alzheimer há cerca de 10 anos, estava internado no Hospital Nove de Julho, com complicações cardíacas ,desde terça-feira. O corpo de Bellini, que nasceu em 7 de junho de 1930, será velado hoje, no Morumbi. À noite, ele será levado para Itapira, sua cidade natal, no

Carioca - 2014

interior de São Paulo, onde será enterrado, amanhã. Ontem à noite, o Maracanã, que tem uma estátua em homenagem ao ídolo, se coloriu de verde e amarelo. Bicampeão mundial, Bellini esteve também na conquista da Copa do Chile, em 1962, e no Mundial de 1966, na Inglaterra. História no Vasco O ex-zagueiro jogou no Vasco por 11 anos, e conquistou três títulos estaduais (1952, 1956 e 1958). Ele também fez

história no São Paulo, defendendo no time do Morumbi de 1962 a 1967. No fim de carreira, vestiu a camisa do Atlético-PR, onde se aposentou, em 1969. “Há três anos que ele não reconhecia mais ninguém. É uma pena, porque era uma pessoa tão querida, simples e atenciosa. Ele já não estava bem antes de ser internado. Já não se comunicava e estava entubado”, disse Toninho Bellini, sobrinho do ex-zagueiro, em entrevista ao Uol. METRO RIO

1º FLAMENGO

35 11 31 18

2º FLUMINENSE

28 08 28 13

3º VASCO

26 07 27 16

4º CABOFRIENSE

25 07 18 03

5º BOAVISTA

22 06 19 -2

6º FRIBURGUENSE

19 05 16 -7

7º NOVA IGUAÇU

18 04 19 01

8º V. REDONDA

17 04 14 -2

9º BANGU

17 04 15 -3

10º MACAÉ

16 04 21 01

11º BOTAFOGO

16 04 15 -1

12º MADUREIRA

15 04 19 -4

13º BONSUCESSO

15 03 14 -2

14º RESENDE

12 02 19 -5

15º AUDAX-RIO

11 02 13 -13

16º D. DE CAXIAS

09 02 4 -13

Classificados para a Semifinal Rebaixados para a Série B

8 gols têm os atacantes Edmilson , do Vasco e Carlinhos, do Madureira, que dividem a artilharia do Campeonato Carioca. Apesar de reserva no Flamengo, Alecsandro (foto) é o artilheiro do rubro-negro no Estadual, com 7 gols.


RIO DE JANEIRO, SEXTA-FEIRA, 21 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Fluminense dá vexame e vê a vaga ameaçada Copa do Brasil. Tricolor perde no Ceará e terá de ganhar o jogo de volta, no Rio, por 2 a 0 A expectativa era de que o Fluminense vencesse o modesto Horizonte (CE) por dois gols de diferença na estreia dos dois times na Copa do Brasil e eliminasse o jogo de volta, dia 10 de abril, no Maracanã. Mas, quem venceu por dois gols de diferença foi o time cearense. O Horizonte não só carimbou sua passagem para o Rio, como estabeleceu uma boa vantagem no confronto de volta ao derrotar o tricolor por 3 a 1, ontem, no Estádio Domingão. E, por muito pouco, o time cearense quase marcou o 4º gol, com Franklin, no último minuto. Agora, o Flu, que abusou do direito de perder gols ontem, terá de derrotar o rival por 2 a 0, no Rio. Se vencer por 3 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis.

“Copa do Brasil é isso aí. Parabéns para o time deles que foi bem. E nós hoje [ontem] perdemos um caminhão de gols.” FRED, ATACANTE DO FLUMINENSE

Campeonato Carioca Antes de pensar novamente no Horizonte, o tricolor define sua posição na semifinal do Campeonato Carioca, domingo, contra o Volta Redonda, às 16h, em Macaé. Se vencer, o time garante o segundo lugar na classificação sem depender do resultado do Vasco, terceiro colocado na tabela e, com isso, a vantagem de jogar por dois empates no mata-mata. O adversário provavelmente será o cruzmaltino. METRO RIO

Conca fez o gol de empate do Fluminense | JARBAS OLIVEIRA/VIPCOMM

3 1 •

Jefferson; Diego (Franklin), Douglas, Ramon, Rick, Albano, Rafael, Fernando Sobral (Ariel Goiano), Diego Palhinha (jajá), Marciel e Dico. Técnico: Roberto Carlos

HORIZONTE-CE

Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivelton e Chiquinho; Valencia, Diguinho (Biro Biro), Jean e Conca (Wagner); Walter (Kenedy) e Fred. Técnico: Renato Gaúcho

FLUMINENSE

Gols. Dico, aos 12’, Conca aos 14’ do 1º tempo; Maciel aos 18’ e Jajá aos 45’ do 2º • Arbitragem. Caio Max Augusto Vieira (RN), auxiliado por Flávio Gomes Barroca (RN) e Vinicius Melo de Lima (RN)

|19|◊◊

Brasileiro-2014. 28 jogos ficam sem local definido A CBF terá de encontrar local para 28 partidas do Campeonato Brasileiro, programadas entre a 5ª e a 9ª rodada da competição – de 17 de maio e 1º de junho. O motivo é que os estádios possivelmente utilizados pelos mandantes serão utilizados na Copa do Mundo, seja como locais de jogo ou como centros de treinamento. O prazo exigido pela Fifa é de 15 dias úteis antes do primeiro jogo ou treino. “A Fifa impõe um prazo muito maior para ver se está tudo em ordem, acender tudo, apagar. Afinal, as coisas devem ser testadas”, afirmou o vice-presidente da CBF e presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero. Fifa Com a ordem da Fifa, locais como Maracanã, Mineirão, Beira-Rio, Arena da Baixada, Fonte Nova e Itaquerão não estarão disponíveis para o nacional. Além desses estádios, que sediarão jogos no Mundial, outros não poderão ser usados no período.

Maracanã não poderá receber jogos antes da Copa | BRUNA PRADO/METRO RIO

É o caso de Pacaembu, Arena do Grêmio, Barradão, Independência, Vila Belmiro, Couto Pereira e Barradão, estádios que serão COTs (Centros Oficiais de Treinamento) – locais utilizados pelas seleções para treinamento às vésperas das partidas nas cidades. A CBF vai pedir à Fifa para que os COTs sejam entregues foram do prazo regulamentar. “Temos de tentar. Às vezes, a gente cede, outras vezes eles [da Fifa] cedem”, afirmou Marco Polo del Nero. METRO



20140321_br_metro rio