Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

DIVULGAÇÃO

FÚRIA DE TITÃS

Dani, Tas e Luqui: os apresentadores

GAME ‘TITANFALL’ COLOCA ROBÔS GIGANTES PARA BRIGAR PÁG. 10

CQC volta mais ‘apimentado’ Dani Calabresa assume lugar na bancada

PÁG 13

PORTO ALEGRE Segunda-feira, 17 de março de 2014 Edição nº 587, ano 3 MÍN: 23°C MÁX: 29°C

www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa

MALÁSIA INVESTIGA

TRIPULAÇÃO ATRÁS DE PISTAS DE SEQUESTRO PÁG.09

CRIADOR DO TWITTER

CONTA AO METRO JORNAL QUE AGORA APOSTA NO JELLY PÁG. 08

Sinal vermelho mais rápido nas madrugadas Espera menor. O projeto de instalação de caetanos em alguns cruzamentos da capital já reflete em uma medida prática: a EPTC testou e aprovou a redução do tempo do sinal fechado e a medida já atinge 85% das sinaleiras de Porto Alegre, entre as 23h e as 5h PÁG. 03

FERAS DO GRAFITE O túnel da Conceição está de cara nova depois que artistas do mundo inteiro passaram por lá no final de semana PÁG. 04

Braços cruzados antes das partidas | LUCIANO LEON/FUTURA PRESS

Última rodada tem protesto contra racismo Árbitros se unem em apoio a Márcio Chagas da Silva, vítima de racismo em jogo pelo Gauchão PÁG. 14

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Crimeia vota pela anexação à Rússia em referendo O alemão Tasso, especialista em fotorrealismo, foi um dos participantes da ação Meeting of Styles, na capital

| GABRIELA DI BELLA/METRO

Com 50% dos votos apurados, 95,5% dos eleitores já haviam aprovado cisão. EUA e EU condenam consulta PÁG. 09


|02|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

1 FOCO José Ivo Sartori foi o nome definido pelo PMDB em sua pré-convenção, sábado | PMDB/DIVULGAÇÃO

Festa de aniversário confirma pré-candidatura de Tarso, pelo PT

| PT/DIVULGAÇÃO

PT e PMDB definem seus pré-candidatos orrida eleitoral. Sábado à tarde, a executiva do PMDB definiu Sartori como o nome do partido. À noite, PT confirmou Tarso

Licitação dos ônibus

Sugestões on-line Termina hoje o prazo para encaminhar e-mails com sugestões sobre o edital de licitação do transporte coletivo. Depois que as duas audiências públicas foram frustradas pela ação de manifestantes, a prefeitura de Porto Alegre disponibilizou o e-mail licitacaodeonibus@ portoalegre.rs.gov.br para receber as manifestações populares a respeito do tema.

Cotações Dólar -0,54% (R$ 2,35) Bovespa - 1,05% (44.966 pts) Euro + 0,63% (R$ 3,29) Selic (10,75% a.a.)

Salário mínimo (R$ 724)

O final de semana foi marcado por definições na corrida eleitoral para o governo do Estado. Sábado à tarde, a executiva do PMDB apontou José Ivo Sartori como o pré-candidato do partido rumo ao Piratini. À noite, em uma festa organizada pelo PT para comemorar os 67 anos do governador Tarso Genro – completados no último dia 6 – se confirmou a pré-candidatura de Tarso, rumo à reeleição. Na festa que contou com a apresentação do músico Hique Gomez, na Casa do Gaúcho, era esperada a presença Eleições

do ex-senador Sérgio Zambiasi (PTB) – o preferido dos petistas para ser o vice da chapa –, mas ele não apareceu. Mais cedo, na convenção do PMDB, a expectativa estava por conta da disputa entre Sartori e Paulo Roberto Ziulkoski. Deu Sartori. Na corrida pela escolha do candidato peemedebista ao Piratini, o ex-prefeito de Caxias do Sul superou Ziulkoski por 615 votos de diferença. Por 994 votos contra 379, Sartori venceu na pré-convenção o atual presidente da Confederação Nacional dos MuProtestos

nicípios, alcançando 72% de apoio entre os 1.380 militantes presentes no evento, na Assembleia Legislativa. Na corrida A confirmação do nome que irá concorrer ao Piratini pelo PMDB será feita na convenção de junho. Se o resultado voltar a se repetir, Sartori deverá disputar as eleições ao governo do Estado com os “pré-candidatos”: Tarso Genro (PT), Ana Amélia Lemos (PP), José Paulo Cairoli (PSD), Roberto Robaina (PSol) e Vieira da Cunha (PDT). METRO POA Trensurb

TRE divulga ferramenta on-line

Relatório CPI da invasão da Câmara será votado hoje

Naming rigths tem apenas um interessado

Na tentativa de diminuir as filas em ano de eleição, o TRE desenvolveu um sistema on-line de agendamento. Assim, os eleitores poderão escolher o dia e a hora que desejam ser atendidos. O endereço é www.tre-rs.jus.br, no link agendamento de atendimento. METRO POA

O relatório final da CPI que investiga a invasão ocorrida na Câmara Municipal de Porto Alegre no ano passado será votado e apreciado hoje. A CPI foi instalada para apurar responsabilidades dos manifestantes que ocuparam durante sete dias o prédio da Câmara. BANDNEWS

Apenas uma das 22 estações da Trensurb oferecidas para o uso de marcas institucionais no nome, os chamados naming rights, despertou interesse. A Tintas Killing ficou com uma de R$ 9 mil mensais, localizada em Novo Hamburgo. Ela terá direito de uso por cinco anos. METRO POA

FALE COM A REDAÇÃO leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 COMERCIAL: 051/2101.0302

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Ana Amélia Lemos (PP)

Roberto Robaina (PSol)

José Paulo Cairoli (PSD)

Vieira da Cunha (PDT)

Sem aula. Professores da rede estadual param hoje Os professores da rede estadual aprovaram em assembleia geral realizada sexta-feira, em Porto Alegre, a participação na greve nacional marcada para hoje, amanhã e quarta-feira. A categoria reivindica a implementação do piso como vencimento básico da carreira, entre outras questões trabalhistas. A Secretaria Estadual

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Diagramação: Nathália Halcsik Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

da Educação orienta pais e responsáveis a levarem seus filhos às escolas, mesmo com o anúncio de paralisação dos professores. De acordo com a secretária adjunta, Maria Eulalia Nascimento, a divisão ocorrida na votação da assembleia e a quantidade de participantes indicam que a adesão poderá não será expressiva. METRO POA

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, CEP 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

85% dos sinais estão mais rápidos nas madrugadas Espera menor. EPTC reduz o tempo que os motoristas devem ficar parados nos cruzamentos para dar maior segurança, das 23h as 5h A partir do projeto que pretende instalar caetanos para reduzir a velocidade e evitar acidentes em determinados cruzamentos da capital, surgiu uma solução simples e eficaz para dar mais segurança a quem dirige pelas ruas da cidade tarde da noite ou de madrugada. Durante o verão, período de menor movimento na cidade, foi colocada em teste uma programação que reduziu o tempo do sinal vermelho à noite. A experiência foi bem sucedida e cerca de 85% dos semáforos de Porto Alegre passaram a ter seus ciclos de tempo reduzidos à noite. Em alguns pontos essa modificação ocorre a partir das 23h e vai até às 5h, em outros, ele

“Essa medida protege a população e acaba dando uma maior segurança no trânsito.” VANDERLEI CAPPELLARI, DIRETOR-PRESIDENTE DA EPTC

é iniciado a partir da meia-noite. A adaptação do tempo varia conforme o tempo de cada um dos semáforos. Bons resultados O projeto inicial era que esta modificação fosse adotada somente nos 16 cruzamentos em que os caetanos serão instalados. Os bons resultados fizeram com que ocorresse uma expansão. “Boa parte dos acidentes

ocorrem em cruzamentos por desrespeito à sinalização. Essa medida protege a população, porque o motorista fica menos tempo parado, e como tem de ficar esperando por um período menor acaba dando maior segurança no trânsito, pois não é mais necessário passar no vermelho”, considera o diretor-presidente da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Vanderlei Cappellari. Segundos dados levantados pela EPTC, dos mil acidentes que ocorreram nos últimos cinco anos na avenida Ipiranga, por exemplo, 90% foram nos cruzamentos. “Esse programa que adotamos é bastante eficaz”, garante Cappellari. METRO POA

Licitação de caetanos perto do fim O processo licitatório para a instalação dos 16 caetanos em Porto Alegre está perto de ser finalizado. A expectativa da EPTC é de que se não ocorrer nenhum problema, os envelopes com as propostas para a instalação dos aparelhos sejam abertos esta semana. Caso o vencedor já seja definido, projeta-se que em abril as instalações sejam iniciadas. Os caetanos servirão como controladores de avan-

ço de sinal e eles voltarão a funcionar a cidade após 15 anos. Em 1999, os equipamentos chegaram a ser utilizados nas equinas da cidade, mas foram retirados. Nas estradas Foi aberto sexta-feira o envelope da Fiscal Tecnologia e Automação Ltda., única empresa habilitada para participar da concorrência para a instalação de pardais e câmaras de

monitoramento em seis estradas gaúchas. Ela será contratada para equipar estradas com 11 pardais e seis câmeras de monitoramento. A outra concorrência em andamento está em fase de julgamento das propostas de preços para a implantação de 34 pardais e 14 câmeras em sete rodovias estaduais. Os processos devem ser concluídos até o final de abril. O investimento é de R$ 370 mil mensal. METRO POA

Motoristas ficam menos tempo parados nas sinaleiras durante a madrugada | GABRIELLA DI BELLA/METRO

Capital terá 85 novos táxis com acessibilidade

EPTC ainda estuda melhor maneira de identificar os carros diferenciados | GABRIELA DI BELLA/METRO

A Lei do Táxi Acessível será sancionada hoje pelo prefeito José Fortunati e, num primeiro momento, adicionará 85 táxis adaptados para a acessibilidade na frota de 3.920 veículos de Porto Alegre. A expectativa é que o edital de licitação para as novas permissões seja publicado em junho. Os veículos terão de ser adaptados de maneira que os deficientes físicos sejam transportados com segurança e conforto, embarcados ou não em cadeiras de rodas. Os carros adaptados também poderão ser utilizados por pessoas sem restrições físicas. “Isso começará a fazer

R$ 4 mil a mais na compra do carro garante ao taxista um carro adaptado. Vale que há cerca de dois anos atrás era de R$ 16 mil. a diferença, mas ainda temos que evoluir. Essa é apenas a primeira fase do processo. Estamos pagando uma dívida que a cidade tem”, argumenta o diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari. Ainda não há uma definição de como os usuários poderão identificar um táxi adaptado. A identidade visual ainda está sendo

analisada, mas uma possibilidade é colocar algum tipo de sinalização no lumioso que vai em cima do veículo. O barateamento do custo de um carro com acessibilidade anima a EPTC para que mais permissionários adquiram veículos com acesso universal. Até cerca de dois anos atrás, a adaptação, que contava com a instalação de um elevador hidráulico, custava em torno de R$ 16 mil. Atualmente, montadoras como GM e Fiat vendem carros já adaptados, que custam entre R$ 4 e 5 mil a mais que um modelo comum. METRO POA


|04|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

O público que passou pelo Túnel da Conceição durante o final de semana enfrentou certo congestionamento, mas não se arrependeu. Sessenta artistas do Brasil e do mundo participaram do Meeting of Styles, um projeto mundial que promove a arte urbana TEXTO E FOTOS: GABRIELA DI BELLA

Elis canta no túnel. Trabalho de Erick, do BecoRS.

1

1

O artista de Porto Alegre gosta de retratar ícones da cultura gaúcha. Desta vez, escolheu Elis.

Grafite alemão. Tasso, o fotorrealista

2

A partir de uma ideia, o alemão Tasso busca fotos para construir um forte realismo em seu grafite. Deixou no túnel a junção de imagens de lobos que impressionou quem passou e passará pelo local.

3

2 Final de semana de arte no túnel 5 4 6

Artistas locais. O porto-alegrense Trampo, seus pássaros e cores

3

Trampo, artista de Porto Alegre, já participou de outras ações como essa na cidade. Ontem, registrou no túnel da Conceição sua arte já bastante reconhecida pela capital: os pássaros.

Grupo francês. Burger.One, artista do grupo Eskis

4

O artista francês Burger.One representa a marca que apoia o evento pelo mundo criando camisetas para cada edição. Porto Alegre também tem a sua.

Além da parede. Trio Alvo, Monstro e Pijama

5

Grafiteiros locais tomaram um espaço na sexta à noite e foram além dos grafites colocando elementos tridimensionais junto à parede do túnel.

Precisão italiana. 514 Orion

6

O italiano 514 Orion trouxe de Veneza o traço preciso e geométrico para o túnel da Conceição, num estudo sobre o ângulo de 45 graus que surpreendeu. GABRIELA DI BELLA


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Câmara pode votar Marco Civil da Internet amanhã Rede. Votação do projeto de lei, que pode mudar o uso da internet no país, já sofreu vários adiamentos. Discussão acontece em meio a uma crise política entre o Palácio do Planalto e a base aliada no Congresso A votação do projeto que trata do Marco Civil da Internet deve voltar ao plenário da Câmara dos Deputados para discussão amanhã. O debate e a votação do projeto têm sofrido vários adiamentos. Na semana passada, o texto foi retirado da pauta a pedido do governo após desentendimentos com a base aliada, especialmente o PMDB. O projeto pode mudar os rumos e a maneira como os internautas se relacionam e utilizam a internet no país. O texto chegou à Casa há quase três anos. O principal ponto de crítica tem sido o princípio da neutralidade de rede, que assegura não haver discriminação ou privilégio no tráfego de dados. A neutralidade considera que to-

Votação do texto tem registrado adiamentos seguidos | PEDRO LADEIRA/FOLHAPRESS

das as pessoas com acesso à internet devem ter os mesmos direitos. O ponto passou a ser considerado questão de honra após as denúncias de espionagem do governo america-

no feitas pelo ex-consultor da NSA (Agência Nacional de Segurança) dos Estados Unidos, Edward Snowden. O relator do projeto, Alessandro Molon (PT-RJ), argumenta que a proposta

foi construída em conjunto com a sociedade civil e que a neutralidade pretende impedir que haja prioridade para tráfego de dados de empresas ligadas aos provedores de conteúdo ou de co-

nexão. Segundo Molon, se a mudança não for aprovada, resultará em uma exclusão digital para mais de 100 milhões de brasileiros. O artigo que prevê a obrigatoriedade do armazenamento de dados de navegação em datacenters localizados no Brasil também é um motivo de críticas por parte de empresas que atuam no setor. Elas alegam que haverá um aumento expressivo nos custos e, como consequência, repasse ao usuário final da conexão. A discussão do texto acontece em meio a uma crise entre o Planalto e o PMDB, principal partido da base de sustentação do governo no Congresso e, por isso, o governo teme que a proposta seja derrotada. METRO

|05|◊◊

Rio. Operação da polícia termina com dois mortos Uma troca de tiros entre policiais e criminosos na comunidade de Congonha, em Madureira, zona norte do Rio, terminou com duas pessoas mortas. Claudia da Silva Ferreira, de 38 anos, que passava pelo local no momento da ação, acabou atingida por uma bala perdida. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu ao ferimento. Segundo o comando da Polícia Militar, os policiais foram recebidos a tiros quando chegaram à comunidade. Um dos suspeitos foi alvejado e também morreu. Ontem, o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, afirmou que as UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) vivem um “momento crucial” e que podem ocorrer mais trocas de tiros em favelas ocupadas. À rede Globo, Beltrame disse que a escalada da violência pode prejudicar a imagem do governo. METRO


|06|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

OAB discute registro de Dirceu Mensalão. Entidade analisa onde será julgada a ação de advogado que entende que o ex-ministro deve perder o direito de exercer a profissão LUIZ ALVES/AGÊNCIA CÂMARA

Preso há quatro meses, só agora o ex-ministro José Dirceu começará a responder o processo disciplinar que poderá lhe custar a suspensão do registro profissional de advogado. Depois de um jogo de empurra entre seccionais, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) decidirá em sessão hoje de quem será a competência para analisar o caso: da OAB/DF, já que a condenação por corrupção passiva foi feita pelo STF (Supremo Tribunal Federal), ou da OAB/SP, onde Dirceu aparece com ‘situação regular’ e está inscrito sob o número 90.792. O pedido de suspensão do registro foi feito pelo advogado Paulo Fernando Melo da Costa, em 19 de novembro do ano passado -- quatro dias após a sentença transitar em julgado no STF e Dirceu ser preso para cumprir a pena de sete anos e 11 meses. Na representação, Paulo Fernando afirma que a condenação afeta a idoneidade moral, fere o código de ética e é uma situação incompatível com a carreira. Em 118 dias de tramitação, o processo causa constrangimento e não avança. Durante o período, já passou pela seccional de Brasília, foi encaminhado em janeiro para a seccional de São Paulo e somente agora foi levado para arbitragem da OAB nacional. Segunda tentativa Esta é a segunda vez que a OAB é acionada para debater a manutenção ou não do registro profissional de José Dir-

PAULO FERNANDO MELO DA COSTA ‘A entidade precursora da lei da Ficha Limpa não pode acobertar um ficha-suja’

O advogado, autor da ação contra o ex-ministro José Dirceu acusa a OAB de ter postura corporativista na análise do caso e descarta motivação política para pedir a cassação do registro.

Registro profissional segue ativo no Cadastro Nacional de Advogados | REPRODUÇÃO

Estatuto da advocacia A lei 8.906 de 1994 trata sobre postura ética exigidas aos advogados: A ig Para inscrição como advogado é necessário: Inciso VI. idoneidade moral; Dirceu é formado em direito pela PUC de São Paulo | ZANONE FRAISSAT/FOLHAPRESS

ceu. Em 2005, quando o petista foi cassado pelo plenário da Câmara, o Tribunal de Ética da entidade arquivou o pedido feito pelo advogado Claudio Castello de Campos Pereira. O argumento foi o de que a condenação política poderia ser revertida por decisão do Poder Judiciário. Não existe uma previsão para a conclusão do processo. A seccional escolhida vai instaurar o processo disciplinar, nomeará um relator

e dará prazo para que Dirceu apresente defesa. “É todo um procedimento disciplinado através de códigos, são artigos, várias hipóteses. Do início ao fim o processo é sigiloso”, salientou o presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da OAB/SP, José Maria Dias Neto A suspensão do registro profissional pode valer durante todo o período da condenação.

Jefferson Preso desde 24 de fevereiro, ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) também enfrentará processo semelhante. Advogado, inscrito na OAB do Rio de Janeiro com o número 36.165, o delator do mensalão também será alvo de processo de cassação do registro profissional. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Por que José Dirceu deve ter o registro cassado? O Estatuto da OAB diz que para ter inscrição profissional, além dos requisitos de formação e ser aprovado pelo Exame da Ordem, precisa ter idoneidade moral. Dirceu não é uma pessoa idônea, porque foi condenado por corrupção. Isso, por si só, bastaria para que a própria OAB, de ofício, já tivesse cassado o registro dele. Nem precisaria alguém ter pedido. A OAB deveria ter a obrigação de fazer. O que estimula a demora no caso? O presidente da OAB nacional, doutor Marcus (Vinícius Coelho) é filiado ao PT, então há uma ingerência política

em relação a esse caso. Num assunto que deveria ser tratado como um mero ato administrativo, a OAB se esconde e não faz sua obrigação. Qual é a consequência de manter o registro de Dirceu ativo? A OAB vive fazendo discurso sobre moralidade. Como precursosa da lei da Ficha Limpa, é inadmissível que possa acobertar um ficha-suja. É uma contradição de discurso. A defesa de Dirceu o acusa de uso político da causa por ser um filiado do PSDB. Não é crime ser filiado a um partido político. A argumentação do PT é essa, que sou filiado. Qual é o problema? Já fui do Prona, mas isso não tem nada a ver uma coisa com outra. O Dirceu pode torcer para o Corinthians e outro advogado ser palmeirense. Não é porque eu torço para um time diferente dele que o estou perseguindo. METRO BRASÍLIA

Delúbio depõe e espera voltar ao trabalho Delúbio Soares tentará voltar ao trabalho como assessor da CUT (Central Única dos Trabalhadores). O ex-tesoureiro do PT tem depoimento marcado para amanhã, por videoconferência, ao juiz Bruno Ribeiro da VEP (Vara de Execuções Penais) do Distrito Federal para esclarecer as denúncias de supostas re-

“Os presos comparam uma costela de porco em lata e misturaram na xepa. Foi isso o que aconteceu. Alguns chamaram isso de feijoada. Criaram uma ilusão.” ARNALDO MALHEIROS, ADVOGADO DE DELÚBIO SOARES

galias no CPP (Centro de Progressão Penitenciária), onde cumpria pena em regime semiaberto. Por causa da denúncia, Delúbio voltou a cumprir pena no complexo penitenciário da Papuda, há 17 dias. O petista trabalhou por oito dias.

Regalias Na lista de benefícios estão visitas fora do horário, direito do carro da CUT entrar no pátio das dependências do CPP e até alimentação diferente dos demais presos. O caso mais emblemático foi a denúncia de que o petista teve direito a

uma feijoada num sábado. A defesa nega que tenha havido regalias e pedirá o arquivamento do processo. Após concluir a investigação, a VEP encaminhará o caso para decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Joaquim Barbosa, que decidirá o futuro do preso. Condenado a 6 anos e 8 meses de prisão por corrupção ativa, Delúbio poderá retornar ao trabalho ou ter o benefício definitivamente suspenso. METRO BRASÍLIA


|08|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

AGATA NOWICKA/METRO INTERNACIONAL

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

UM DESAFIO PERMANENTE O engenheiro agrônomo Luís faz uma descrição bem apropriada para sua atividade como empreendedor. No e-mail que enviou, ele explica que tem de cuidar de tudo. “Sou um time inteiro; o goleiro e a defesa protegendo de qualquer ameaça, o meio-campista traçando a jogada para o atacante fazer o gol”, diz. Luís é dono de uma empresa de alimentos em conserva, criada após algumas decepções profissionais. Atua sozinho e está na luta para consolidar sua marca no mercado. Mesmo com as dificuldades, ressalta que tem sido uma experiência muito boa. “É pura liberdade e garra de vencer”, afirma. Luís conta que seu sonho sempre foi trabalhar com vinhos e “criar novos sabores e aromas”. Com esse objetivo, foi para a Califórnia, principal região produtora dos Estados Unidos, fazer estágio em uma vinícola. Na volta ao Brasil, encontrou as portas do setor fechadas para ele. Passou então por experiências de trabalho que tampouco supriram seus anseios. Foi quando surgiu a ideia de criar a própria marca de produtos. Ao estagiar nos EUA, ele literalmente tomou o rumo certo. Partiu em busca de capacitação, base para o empreender de qualidade. Estar preparado é a chave para gerir uma empresa com segurança e encurtar o caminho para o sucesso. É a diferença entre o dono do negócio que age na base da euforia, do “achismo” e o que age conscientemente. Por isso, o Sebrae-SP enfatiza tanto a importância da educação nesse sentido, oferece orientação de todo tipo e criou a Escola de Negócios, especializada no ensino formal do empreendedorismo. Apesar das desilusões, Luís não esmoreceu e manteve-se firme no propósito de montar um negócio próprio, ainda que fora do ramo originalmente desejado. Esse é o espírito do empreendedor. Acreditar, se preparar, visualizar uma oportunidade, planejar e realizar. E não se intimidar com o fato de ter de trabalhar duro, muitas vezes sozinho, para cavar seu espaço. Afinal, empreender é um desafio permanente. Escreva para mim e conte sua história. Seu exemplo ou dúvida pode representar um ótimo ponto de partida para falarmos de assuntos de interesse geral. Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

BIZ STONE Co-fundador do Twitter, ele lança agora o Jelly, um aplicativo que vai fazer as pessoas usarem as redes sociais para ajudar umas às outras

EM BUSCA DE RESPOSTAS Quando uma mensagem precisa ser divulgada, todo mundo, do presidente iraniano a um desempregado, usa o Twitter. Mas Biz Stone, seu co-fundador, tem uma ideia talvez ainda melhor. O Jelly permite que as pessoas usem as redes sociais para ajudar uns aos outros. “A premissa de uma sociedade conectada é que pessoas ajudem pessoas”, disse Stone ao Metro Jornal. O mundo precisa de outra rede social? Não. Mas não acho que o Jelly seja uma rede social. Pegamos as redes já existentes e as juntamos em uma só. Não achamos que o mundo precisa de outra rede, mas estamos conectados como nunca. Lembra a expressão “Seis graus de separação”, da qual todos falam? Estudos recentes apontam que eles já são quatro. É justamente em função dessa hiperconectividade supersaturada que algo como o Jelly pode existir. O Jelly permite que as pessoas se ajudem mutuamente. Segundo o site, “não se trata do que você sabe, mas de quem conhece”. O conhecimento não é a moeda da nossa sociedade? É claro que precisamos saber coisas, mas você e seu círculo de amigos sabem so-

Currículo N e Ch i Bi S e

he I aac a

Vi e F a de Sa F a ci c c a he Li e fi h Jac b Bagage E G g e c f dad da ede ciai Xa ga Ode e T i e

bre mais ou menos as mesmas coisas. E tem aquele amigo cujo conhecido é advogado, que está conectado a toda uma rede de amigos, que sabem coisas completamente diferentes e informativas para o seu grupo. O Jelly permite que seus amigos passem perguntas adiante, de forma que alcancem grupos inteiramente novos de pessoas. É assim que se consegue a resposta perfeita. Então vocês estão tentando tornar as redes sociais úteis em vez de apenas repositórios de status? Ao longo dos últimos dez anos temos adicionado amigos e colecionado seguidores. Isso é legal, mas as pessoas não têm uma estratégia de longo prazo quando seguem alguém no Instagram. Tenho a sensação de que quando muita gente começa a fazer uma coisa, não é coincidência. Parece que caminhamos de forma

Fa e g açad Ba i ad Ch i he I aac Bi é a f a ab e iada de cia a i fâ cia de Ch i he S e E che e de aga e e d c e ficiai S e a e de ba i I aac

inconsciente para um ponto em que algo mais pode acontecer, ao nos tornarmos a sociedade mais conectada que já fomos. Qual é o papel da sociedade, então? Quando deixei o Twitter, continuei pensando nisso. E quando finalmente criamos o Jelly, não pude deixar de pensar que a premissa verdadeira de uma sociedade conectada é ter pessoas ajudando pessoas. O Jelly é um brinquedo ou uma ferramenta? Os dois. Se for só uma ferramenta, você não vai se lembrar de usar quando tiver uma questão. Então há algo lúdico envolvido. Você pode fazer coisas que não necessariamente ajudarão a conseguir sua resposta, mas que vão te envolver. Como é seu processo de ter grandes ideias? Converso com outras pes-

soas inteligentes. Transformei em hábito algo que chamo de “walk-and-talks” (caminhar e conversar) com pessoas fantásticas como [os co-fundadores do Twitter] Jack Dorsey e Evan Williams. Semanalmente almoçamos ou caminhamos pela cidade. Às vezes falamos sobre coisas realmente importantes. Uma das pessoas com quem eu mais gosto de fazer isso é Ben Frinkel, que hoje é meu co-fundador no Jelly. Um dia, nem sei por que, eu estava pensando sobre Larry Page e Sergey Brin (do Google) desenvolvendo o primeiro mecanismo de busca realmente relevante. Eu disse para o Ben: “Já pensou se tivéssemos que fazer isso? Não sei nada de ciência da computação!” Eu levei o assunto a sério. Pensei comigo mesmo: “E se fôssemos obrigados a encontrar uma maneira de conseguir que as pessoas dessem respostas?” Como o senhor pretende que isso funcione? Não se trata apenas de um pressentimento. Sei disso porque depois de 15 anos criando redes colaborativas, notei que as pessoas querem ajudar mais do que querem ajuda. ELISABETH BRAW METRO INTERNACIONAL


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Crimeia vota para ser russa

Voo. Malásia investiga tripulação

Referendo. Com 50% dos votos apurados, mais de 95,5% dos eleitores aprovam cisão da Ucrânia e reunião com a Rússia O referendo na Crimeia, ao Sul da Ucrânia, ainda estava em processo de apuração ontem quando o chefe do comitê eleitoral, Mikhail Malishev, anunciou que, com 50% dos votos contados, mais de 95,5% dos eleitores aprovaram a cisão e a reunião com a Federação Russa. Os opositores da secessão escolheram não se manifestar, denunciando a manobra como um jogo de poder político. O parlamento da Crimeia se reunirá hoje para pedir formalmente a anexação a Moscou. O primeiro-ministro da região, pró-Rússia, disse no Twitter que vai para a capital russa no fim do dia para conversar. De acordo com o governo da região, o comparecimento às urnas superou os

Funcionários começam contagem de votos | VASILY FEDOSENKO/REUTERS

70% previstos antes do início das votações. Cerca de 1,5 milhão de eleitores puderam participar da consulta, que se iniciou às 8h (3h em Brasília) e se encerrou às 20h (15h em Brasí-

lia) em 1,2 mil locais. De acordo com resultados de uma pesquisa de boca de urna anunciados primeiro pelos meios de comunicação russos, 93% dos eleitores apoiaram a união com Moscou, 60 anos depois de o líder soviético Nikita Khrushchev, de origem ucraniana, ter presenteado a Crimeia à República Socialista Soviética da Ucrânia. A crise diplomática envolvendo a península com 2 milhões de habitantes é considerada a mais grave da região desde o fim da Guerra Fria, no início da década de 1990. Entre os habitantes da Crimeia, 58,32% são russos, 24,32% são ucranianos e 12,1% tártaros da própria península, o que indicava um favoritismo à vitória da anexação à Rússia. METRO

|09|◊◊

Manifestantes pró-Rússia se reúnem em Simferopol | THOMAS PETER/REUTERS

Ocidente

EUA e UE condenam consulta Estados Unidos e Europa condenaram o referendo na Crimeia chamando-o de ilegal. O presidente da Comissão Europeia, José Manuel Barroso, e o presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, disseram em declaração con-

junta que o referendo de secessão da Crimeia é ilegal e ilegítimo e seu resultado não será reconhecido. Eles também pediram à Rússia que diminua suas forças armadas para os números pré-crise e para áreas usuais de implantação. A Casa Branca também rejeitou o referendo na região ucraniana e disse que a Rússia pagaria um preço por sua intervenção militar na região por meio de sanções. METRO

Investigadores da Malásia estão vasculhando o perfil de pilotos, tripulação e funcionários em terra que trabalharam no avião desaparecido, atrás de pistas sobre por que alguém a bordo pilotou a aeronave, talvez por milhares de quilômetros, para fora da rota original, disse o chefe de polícia do país. As investigações sobre o passado de passageiros do voo MH370 da Malaysian Airlines não atingiram qualquer resultado, mas nem todos os países com cidadãos a bordo responderam aos pedidos de informação, disse o chefe de polícia, Khalid Abu Bakar, em uma conferência de imprensa neste domingo. Nenhum vestígio do Boeing 777-200ER foi encontrado desde que ele desapareceu em 8 de março com 239 pessoas a bordo, mas os investigadores acreditam que ele foi desviado por alguém que sabia como desligar os sistemas de comunicação e rastreamento. METRO


|10|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

2 robô

Invasão

CULTURA

Robôs gigantes e humanos no campo de batalha

Lançamento. Titãs robóticos entram em batalhas sangrentas contra humanos em ‘Titanfall’, um dos games de tiro mais aguardados do ano Responsável pela bem sucedida série “Call of Duty”, a dupla Jason West e Vince Zampella volta com sua nova cria. Chegou ontem às lojas on-line do Xbox One o jogo “Titanfall”, um dos games mais aguardados do ano e considerado por muitos um divisor de águas no modo jogos de tiro. Originalmente multiplayer, a ação ganha novos requintes no modo campanha, sendo mais elaborada, com animações complexas e detalhes sobre a batalha entre a corporação IMC e a facção rebelde Milícia. A ação vai acon-

“TITANFALL” RESPAWN ENTERTAINMENT R$ 100 (PC), R$ 250 (XBOX ONE)

tecer em, no máximo, 12 jogadores, em partidas de seis contra seis, mas a diversão mesmo se passa no controle de um robô Titan. Imponentes e poderosos, eles podem ser usados em três classes, a Atlas (básico), Ogre (resistente) e eStryder (leve e ágil), que poderão ser customizados. Além das armas tradicionais,

é possível usar em “Titanfall” canhões anti-Titans (caso você seja um humano, ou Piloto) e um item eletrônico que hackeia os robôs. Esses soldados possuem habilidades de parkour e podem correr pelas paredes e escalar muros mais altos, sendo a agilidade o grande diferencial entre eles, reles mortais, e os monstrengos. A notícia ruim para os ansiosos por “Titanfall” é que o jogo de tiro terá seu lançamento para Xbox 360 apenas no dia 25 deste mês. A versão física para Xbox One e PC chega dois dias depois. METRO

Renato Aragão

Internado O humorista, de 78 anos, sofreu um infarto agudo no miocárdio e foi internado sábado, no Hospital Barra D’Or, no Rio. De acordo com boletim médico divulgado na tarde de ontem, ele foi submetido a uma angioplastia e seu quadro é estável.

Dança

Graforreia toca na Segunda Maluca A Graforreia Xilarmônica faz o primeiro show do Segunda Maluca nesta temporada pós-Carnaval. O público confere a banda na sua formação original, retomada há três anos: Marcelo Birck e Carlo Pianta (guitarra e voz), Alexandre Birck (bateria) e Frank Jorge (baixo e voz). O quarteto vai mostrar os clássicos do grupo, como “Amigo Punk” e “Nunca Diga”, junto com temas dos primeiros anos de estrada e mais composições

Para ver No Opinião (r. José do Patrocínio, 834) Hoje, às 21h. R$ 35.

Banda está de volta com formação original | RAUL KREBS/DIVULGAÇÀO

inéditas. Um CD novo, aliás, é um dos projetos da banda para este ano, que

também está finalizando um DVD ao vivo. Formada em 1987, a

Graforreia até hoje ganha novos fãs com sua mistura de jovem guarda e rock sessentista, música brega e experimental e referências de cinema, literatura, histórias em quadrinhos e desenho animado. METRO POA

Ingressos para a maratona a partir de hoje Começam a ser distribuídos hoje os ingressos gratuitos para a 3a Maratona de Dança da Cidade, que será realizada no dia 22 de março, no Araújo Vianna, com os principais nomes da dança de Porto Alegre. As entradas estão disponíveis no Centro Municipal de Cultural (av. Erico Verissimo, 307), das 9h às 18h. METRO POA


|12|

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

O QUE ROLOU NAS COPAS

Mobilidade administrativa

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

DEPOIS DA GUERRA

Cruzadas

A taça Jules Rimet, levantada por uruguaios em 1930 e italianos em 1934 e 1938, ficou escondida dentro de uma caixa de sapatos debaixo da cama do vice-presidente da Fifa, o italiano Ottorino Barassi, durante a Segunda Guerra Mundial. O conflito fez que com o torneio não fosse disputado em 1942 e 1946. Para receber a Copa de 1950, o Brasil construiu um monumento ao futebol, o gigantesco estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Outras cinco cidades foram palcos de partidas do torneio: São Paulo (Pacaembu), Porto Alegre (Eucaliptos), Belo Horizonte (Independência), Curitiba (Durival de Brito) e Recife (Ilha do Retiro).

SÓ DE CHUTEIRAS Apenas 13 seleções participaram do torneio, já que a viagem era inviável para muitos países em meio ao processo de reconstrução depois da Segunda Guerra. Com isso, a Copa teve um formato estranho. Dois grupos de quatro times, um de três e um de apenas duas equipes. Na fase final, um quadrangular definiu o campeão, fato único na história dos Mundiais. Argentina, França, Escócia e Turquia desistiram de participar. A Índia não mandou sua seleção para o Brasil porque a Fifa não permitia que seus jogadores atuassem descalços. Inventora das regras do futebol moderno e com atletas profissionais desde o século XIX, a Inglaterra esteve pela primeira vez em um Mundial e protagonizou a maior zebra da competição, uma das maiores da história, na derrota para os EUA, em Belo Horizonte, por 1x0.

É importante uma análise criteriosa do atual quadro político administrativo brasileiro se queremos mudanças positivas para o futuro. Olhando a nação como uma empresa, vemos a grande diferença na administração do setor público para o privado. Nas empresas privadas adaptações e mudanças têm de ser feitas para atingir objetivos desejados. O setor privado deve ter autonomia para gerenciar com o mínimo de interferência do Estado, deixando espaço para a livre negociação e isto muitas vezes não acontece. Já o Estado, ao longo dos anos, foi criando empregos e cargos que hoje são obsoletos. Vejamos, a exemplo, os Correios. Ficou mais de dois meses em greve e pouca falta fez além do transtorno de termos de usar internet para obter o boleto de pagamento ou ir direto ao estabelecimento, pois o serviço não é mais o único modo de entregas de objetos ou mensagens. A empresa de Correio e Telégrafos exemplifica o inchaço da máquina administrativa que está sendo terceirizada nos serviços básicos sem ser enxugada ou reciclada, só aumentando com isso os gastos públicos. Planos de carreiras, acúmulos de cargos e leis criadas estão travando o Brasil. ROSANGELA MACEDO – PORTO ALEGRE, RS

Metro pergunta

Sudoku

O que você acha dos Siga o Metro no Twitter: consumidores terem de @jornal_metropoa pagar mais na conta da luz para o governo socorrer as distribuidoras de energia? @alexandre_gabbi

O FURACÃO E O CARRASCO

Mais uma prova de que o governo brasileiro adota a política de dar com uma mão para tirar com a outra.

Na coluna da semana passada, me esqueci de citar Alcides Gigghia como autor de gols em todos os jogos de sua seleção em um Mundial, o de 50. Antes de se tornar o carrasco brasileiro com o gol do título uruguaio na decisão, o atacante que atuou por Peñarol e Roma, da Itália, já tinha balançado as redes na goleada sobre a Bolívia por 8x0, no empate diante da Espanha por 2x2 e na vitória apertada sobre a Suécia por 3x2. Portanto, não foi só o ‘furacão’ Jairzinho. Agradeço a lembrança do jornalista Deni Menezes, que esteve em oito copas acompanhando a Seleção Brasileira.

@Anne_Di_Franco

Péssimo. Devemos pagar apenas pelo consumo, o governo já cobra ICMS alto na conta, tal verba deve ser destinada a este fim.

Metro web

Colaboraram Alexandre Praetzel e Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes.

Para falar com a redação:

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Leitor fala

leitor.poa@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Com a influência da Lua em Libra, seu signo oposto, há tendências para mais envolvimento com assuntos de quem tem vínculo afetivo.

O empenho a assuntos culturais, estudos e o que traga novos conhecimentos tomará dedicação. Tende a resolver burocracias materiais.

Hoje é um dia especial para refletir sobre o quanto precisamos nos afastar de caprichos e coisas supérfluas que os outros cultivam.  

Regente de seu signo, Vênus faz aspecto tenso com Júpiter, influência importante para ajustes em projetos materiais e nas finanças.

Cuide para que assuntos materiais e financeiros não façam se desligar de temas especiais do seu cotidiano e de relacionamentos.

Às vezes, disciplina demais com seus objetivos pode afastá-lo de pessoas especiais, ainda que por pequenos minutos.

Este é um bom momento para a sua criatividade ser expressada, seja no trabalho, nos estudos ou com hobbys, principalmente artísticos.

Com a Lua em seu signo é indicado mais atenção para não se exceder demais aos problemas de outras pessoas.

Cuide para não tirar conclusões precipitadas sobre pessoas e situações. No calor de algumas situações a ponderação fará diferença.

É essencial abandonar algumas manias para evitar que elas atrapalhem momentos da vida afetiva ou mesmo de paqueras.

Momento importante para recompor energias, valorizar crenças, espiritualidade e dedicar mais cuidados ao corpo e à mente.

Pesquisas e posturas sigilosas são mais recomendas no trabalho e com negócios. Momento para investigar informações.     


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊

Tem novidade no CQC TV. Sétima temporada do programa começa hoje com Dani Calabresa na bancada, nova repórter e cobertura intensa na Copa do Mundo e eleições Fôlego renovado, cenário repaginado e uma mulher na bancada. Essas são algumas novidades da sétima temporada do CQC, que estreia hoje, às 22h30, na Band, também com transmissão da Rádio Bandeirantes. “É muito significativo que esta seja nossa sétima coletiva”, disse Marcelo Tas em papo com a imprensa, realizada na última terça-feira. O comandante da “bagaça” teve ao seu lado na conversa Dani Calabresa e Marco Luque. “Nem precisa dizer o quanto é difícil [chegar até aqui]. São poucos os programas que têm essa longevidade na TV brasileira, dá para contar nos dedos de uma mão”, disse Tas. “Isso nos deixa com uma tarefa ainda maior de surpreender.” Uma das grandes novidades é a chegada de Dani à bancada. “Comprei um sutiã de bojo para a estreia. Aguardem”, brincou. “É um grande desafio estar ao vi-

“São poucos programas que tem essa longevidade na TV brasileira. Isso nos deixa com uma tarefa ainda maior de surpreender.” MARCELO TAS, APRESENTADOR

vo na bancada, assim como fazer matéria de rua. Mesmo sendo atriz, escrevendo humor e improvisando bastante, sempre dá um frio na barriga”, finalizou. Sobre a nova repórter, Tas e companhia só a chamavam de “Senhora X”– por questões contratuais –, mas a verdade é que a nova companheira de Felipe Andreoli, Maurícilo Meirelles, Guga Noblat, Ronald Rios e Oscar Filho já tem nome: Naty Graciano. “Nunca vi alguém que vai estrear com tanta qualidade. O entusiasmo dessa garota é algo que nos contagiou”, elogiou Tas.

Em 2014, dois novos quadros se juntam aos já consagrados “Olho por Olho”, “Documento da Semana”, “Sem Saída” e “Proteste Já”: são as atrações “50x50” e “Os Picaretas”. Segunda Tela Além de tudo isso, o CQC também vai estrear o “Segunda Tela”, um aplicativo desenvolvido pela Band para possibilitar mais interação com os espectadores. O programa estará disponível para as plataformas iOS, Android e Windows a partir do dia 24. Honrado com a escolha do CQC para colocar a inovação em prática, Tas lembrou que o humorístico tem tradição em dialogar com as novas tecnologias. “Fomos o primeiro programa da TV brasileira a usar o Twitter, com milhões de seguidores”, disse. “O aplicativo vai permitir que o programa seja visto ao vivo em mobile”, detalha. METRO, COM BAND.COM.BR

Dani Calabresa entra na bancada do programa, ao vivo | DIVULGAÇÀO

A arte de ser do mundo do circo Michel Viegas mostra números acrobáticos | GISELE MANSUR/DIVULGAÇÃO

Destaques do programa Os ingressos para as apresentações custam R$ 5. Alguns espetáculos têm entrada franca - confira no endereço http://festivaldecircopoa.blogspot.com.br

Edoson Silva e Leon Schlosser são veteranos na arte do circo | WALTER MESQUITA/DIVULGAÇÃO

O universo cômico e performático dos artistas circenses ganha destaque no 1º Festival de Circo de Porto Alegre, realizado pela Secretaria Municipal da Cultura e o Sindicato dos Artistas (Sated RS). De hoje até domingo, o público vai poder acompanhar espetáculos de grupos nacionais e internacionais

que se dedicam aos vários estilos que fazem sucesso no picadeiro, incluindo malabarismo, mágica, acrobacia, equilibrismo, ilusionismo e, claro, os sempre divertidos palhaços. Entre os convidados que prometem surpreender estão Edson Silva, de 50 anos, e Leon Schlosser, 80 anos,

dois equilibristas veteranos que fogem do convencional no espetáculo “Terra”. No elogiado “O que me Toca também é meu”, as intérpretes Julia Henning e Maíra Moraes, de Brasília, reinventam as acrobacias aéreas em uma trajetória cênica que inclui memória, reprodução,

imitação e criação. Já o palhaço Deodato garante os momentos de diversão com seu solo “Circologias de Rua”, em que busca entender o mundo a partir do contato com as pessoas nas ruas. Até o Globo da Morte tem espaço garantido, com a performance do Planet Circus. METRO POA

* “O Dono do Circo”, com Eduardo Toledo (magia) - hoje, às 18h, no Museu Joaquim Felizarto (r. João Alfredo, 582) * “Caixa Constelação”, com Carol Martins (malabarismo) - terça, às 18h, no hall do Centro Municipal de Cultura (av. Erico Verissimo, 307) * “O Homem do Gato, com Feliciano Lins” (clown) - quar-

ta, às 18h, no CMC * “ETC”, com o Circo Híbrido (técnicas diversas e palhaços) - quinta e sexta, às 21h, no Teatro de Câmara (r. da República, 575) “O que me Toca é meu Também”, com o Grupo Instrumento de Ver (acrobacia aérea) - de sexta a domingo, às 21h, no Teatro Renascença – Av. Erico Verissimo, 307) * “Inércias”, de Ivar Mangoni (malabarismo e manipulação) - de sexta a domingo, na Sala Álvaro Moreyra (av. Erico Verissimo, 307)


|14|

3 ESPORTE

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Por enquanto vai ficar assim Campeonato Gaúcho. Quartas de final serão disputadas no fim de semana, mas confrontos podem mudar no Tribunal

xx CAXIAS

VERANÓPOLIS

Da a Sexta-feira, às 19h30

xx INTER

BRASIL

N.HAMBURGO

Da a Sábado, às 19h

No campo, a fase classificatória do Campeonato Gaúcho terminou e as quartas de finais do torneio estão definidas. Mas o jogo seguirá no Tribunal. O Passo Fundo, punido com a perda de oito pontos pela escalação irregular de um jogador, está recorrendo da decisão. O clube tenta antecipar o julgamento do recurso para terça-feira. Caso os pontos sejam recuperados, o clube foge da zona de rebaixamento, entra na zona de classificação e enfrentará o Inter. Caso sofra nova derrota ainda será possível recorrer aos STJD, no Rio de Janeiro, e solicitar um efeito suspensivo, para a competição, até que o julgamento definitivo ocorra. A rodada de ontem defi-

xx GRÊMIO

15ª rodada ONTEM

CRUZEIRO

Da a Sábado, às 16h

xx

G auchão

JUVENTUDE

LAJEADENSE 0 X 1 ESPORTIVO 1 X 0 BRASIL 1 X 0 AIMORÉ 1 X 1 CAXIAS 2 X 1 PASSO FUNDO 3 X 1 CRUZEIRO 2 X 2 GRÊMIO 3 X 0

INTER SÃO JOSÉ VERANÓPOLIS JUVENTUDE N. HAMBURGO SÃO PAULO SÃO LUIZ PELOTAS Djokovic venceu 1o título no ano | JAYNE KAMIN/ONCEA/USA TODAY SPORTS/REUTERS

Da a Domingo, às 16h

CLASSIFICAÇÃO 1ª fase

6 gols sofreu o Brasil no Gauchão. Os pelotenses são donos da melhor defesa da competição. A pior é a do Pelotas, vazada 28 vezes. niu o rebaixamento do São Luiz, mas o Esportivo voltará a ser julgado pelos atos de racismo contra o árbitro Márcio Chagas da Silva. Os confrontos das quartas de final ocorrem em jogo único e começam na sexta-feira. O jogo entre Inter e Cruzeiro, no sábado, deve ser no Beira-Rio. Em caso de empate no tempo normal a definição do classificado será através das cobranças de pênalti. METRO POA

GRUPO A

P V GP SG

1º INTER 2º BRASIL 3º VERANÓPOLIS 4º JUVENTUDE 5º SÃO JOSÉ 6º AIMORÉ 7º LAJEADENSE 8º ESPORTIVO GRUPO B

38 29 22 20 17 17 16 16 P

12 28 19 8 18 12 5 16 3 5 16 0 4 13 -4 4 17 -6 4 14 -1 4 16 -8 V GP SG

29 27 20 19 17 11 11 8

8 8 6 4 4 5 2 2

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º

GRÊMIO CAXIAS N. HAMBURGO CRUZEIRO SÃO PAULO PASSO FUNDO* SÃO LUIZ PELOTAS

Classificados para 2ª fase Rebaixados *Punido com a perda de oito pontos

UFC

Hendricks O ci ã d ei édi d UFC é d a e ica J h He d ic e e ce c e â e R bbie La e I Te a E e he da ci ã e e a a ag a a a da d ca ade e Ge ge Sai Pie e

28 23 16 17 17 20 13 12

Colegas apoiam Márcio Chagas da Silva Antes do começo das partidas da última rodada da primeira fase do Gauchão, os quartetos de arbitragem cruzaram os braços no centro do gramado em apoio aos atos de racismo sofrido pelo árbitro Márcio Chagas da Silva | ITAMAR AGUIAR/FUTURA PRESS

15 7 -2 -5 -3 -3 -8 -16

Tênis. Em revanche, Djokovic vence Federer em Indial Wells na final Novak Djokovic se vingou. No começo do ano ele perdeu, de virada, para Roger Federer por 2 a 1, na semifinal de Dubai, no fim de fevereiro. Ontem, o roteiro foi semelhante, mas com vitória do sérvio por 2 a 1 (3/6, 6/3 e 7/6) na final do Master 1000 de Indian Wells. Esta foi a primeira taça levantada por Djokovic no ano, a 42a na carreira. Esta foi a 33a vez em que os dois tenistas se enfrentaram e, agora, Federer tem

42 títulos na carreira tem o sérvio Novak Djkovic. Ele também tem 21 vice-campeonatos. vantagem de 17 a 16. Apesar da derrota, o suíço pulará da oitava para a quinta colocação do ranking de entradas da ATP. Djokovic segue como o número 2 do mundo atrás de Rafael Nadal. METRO POA

Derrota. Voleisul perde em casa e fará jogo decisivo na terça-feira Mesmo jogando em casa após ter vencido como visitante, o Voleisul/Paquetá Esportes foi derrotado pelo Sada Contagem por 3 a 2 (11/21, 21/17, 21/18, 16/21 e 15/13), no sábado. A vitória dos mineiro empata o playoff da semifinal da Superliga B em 1 a 1. Na terça-feira, em Minas Gerais, as duas equipes fazem o jogo de desempate para ver quem vai à final do torneio que dá uma vaga na elite do vôlei brasileiro. “Precisamos fazer alguns ajustes, muito mais psicológico do que técnico”, comentou o técnico Gilson Bernardo. Na outra semifinal, o São

Bloqueio do Sada funcionou | DANIEL NUNES/DIVULGAÇÃO

José dos Campos venceu o segundo jogo sobre o Santo André e garantiu uma vaga na decisão da Superliga B. METRO POA


PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Poucas quebras e pouca ação Primeira corrida. Nico Rosberga vence GP da Austrália de Fórmula 1 em corrida com raras disputadas na pista A nova Fórmula 1 começou a ganhar sua cara. Durante as 19 corridas do ano é provável que ela passe por algumas “plásticas”. O Grande Prêmio da Austrália confirmou que a Mercedes começa a temporada em vantagem, mas a Red Bull evoluiu e pode reduzir a diferença nas próximas provas. Na pista muitos preocupados em terminar a prova e poucos em disputar posições deram um ar sonolento à corrida. Vencida por Nico Rosberg, da Mercedes, O GP terminou muito depois das 57 voltas terem sido completadas. Cerca de cinco horas após o término da prova, Daniel Ricciardo, da Red Bull, foi desclassificado e perdeu o seu segundo lugar. Os diretores da prova consideraram que seu carro excedeu consideravelmente o fluxo de consumo de combustível de 100 Kg, exigido pelo regulamento. A equipe recorrerá da decisão. Kevin Magnusen, em sua estreia na categoria, herdou a posição, e Jeson Button, em terceiro,

4 vitórias na Fórmula 1 tem Nico Rosberg em seu currículo. ambos da McLaren, completaram o pódio. Com cinco campeões mundiais no grid, Rosberg surge como o mais forte candidato a entrar no grupo. Após se classificar em terceiro, o alemão saltou para primeiro na largada e não teve trabalho para sustentar a posição. Os problemas de confiabilidade dos equipamentos foram menores do que os imaginados. Entre os grandes, pior para Hamilton, da Mercedes, e Sebastian Vettel, da Red Bull. Os dois foram chamados aos boxes no começo da prova e abandonaram. E a Ferrari seguiu sendo a Ferrari, ainda longe das primeiras posições. A próxima etapa, na Malásia, ocorre em 30 de março. METRO POA

NICO ROSBERG, PILOTO DA MERCEDES

“Será uma temporada longa. Viemos para cá para andar bem. O mais importante é que o carro é rápido.” SEBASTIAN VETTEL, PILOTO DA RED BULL

“Optamos pela cautela e por poupar o motor. Mas o Rosberg mostrou que temos um grande ritmo de corrida.” Rosberg confirmou a superioridade demonstrada pela Mercedes na pré-temporada |

CLIVE MASON/GETTY IMAGES

Massa abandona na 1a curva

Massa foi atingido e abandonou | MARK THOMPSON/REUTERS

“Tudo foi perfeito para mim, mas ainda há trabalho para ser feito. A durabilidade do equipamento ainda é um problema.”

A primeira curva do circuito de Melbourne é um tormento para Felipe Massa. Na sua estreia na categoria, em 2002, ele se envolveu em um acidente e abandonou. A história se repetiu em sua primeira corrida pela Williams. O brasileiro foi atingido pelo japonês Kamui Kobayashi, da Caterham, e teve de abandonar. “Temos que ir atrás da FIA para punir os pilotos que fazem algo assim. O que ele fez é até pe-

rigoso”, analisou o piloto. Kobayashi, que retorna à Fórmula 1 após um ano sem correr, admitiu o erro e pediu desculpas. A frustação de Massa fica pelo bom desempenho do carro da Williams neste começo de ano. Valtteri Bottas, seu companheiro, terminou em sexto lugar. O finlandês chegou a cair para 16o lugar após ter tocado o muro e furado o seu pneu traseiro direito. METRO POA

LEWIS HAMILTON, PILOTO DA MERCEDES

POSITIVO E NEGATIVO Oc e a eb a d

e e e a e e ad

A Wi ia b e di e e dá e e a ça de e Ma a a fa e a e ada dig a Pi e c Riccia d Mag e eK a aa e cia

A e e i e e ia d i b cá

c

açã ai da a c ida f i e eb a e a ai ia fe a c ida ica

Pa a e g a de i c d e a a d b f i dece ci a e e d ai abafad e fi d e


||16| 16|| 16

PORTO ALEGRE, SEGUNDA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{{ESPORTE} {ESPORTE ESPORTE}}

IAN URA PRE SS

ITAMAR AGUIAR/FUTURA PRESS

FUT

6 das 15 partidas do Inter no Gaúchão foram disputadas com a equipe titular de Abel Braga.

O N/

Sasha tem agradado quando entra

ram em oito oportunidades. Ensanduichado entre dois jogos diante do Newell’s, pelo torneio continental, o Grêmio optou por dar um descan descanso para quem atuou e atua atuará no meio de semana. Qua Quatro partidas seguidas com os titulares. Alán Ruiz deverá ser o substituto de Zé Roberto, lesionado, no meio da semana. Já Abel Braga vinha de uma cansativa viagem até o Pará para enfrenta o Paysandu pela Copa do Brasil. Nas últimas oito partidas ele revezou a escalação entre titulares e reservas. Recuperado de lesão, o zagueiro Juan foi o único titular em campo. Abel já avisou que seus principais atletas não serão mais poupados.

O LE

Rotina. Já classificados, Dupla Gre-Nal volta a poupar seus principais jogadores na última rodada da fase classificatória do Gaúchão Domingo, dia tradicional tido futebol. Dia de ver o ti prinme do coração e seus prin cipais jogadores em campo. prátiNa teoria é assim, na práti ca, nem sempre. Na última rodada da fase classificatória do Campeonato Gaúcho, já ficlassificada às quartas de fi nal, a Dupla Gre-Nal poupou os seus principais jogadores. Uma rotina neste Estadual. Dos 30 jogos disputados Gaupor Inter e Grêmio no Gau chão deste ano, os titulares veentraram em campo 14 ve zes, menos da metade das colorapartidas. Pelo lado colora condo foram somente seis con frontos com o time titular de mesAbel Braga. No Grêmio, mes Libertadomo disputando a Libertado res, os principais nomes do atuaelenco jogaram mais e atua

LU C

Domingo com reservas 8

Alán Ruiz deve entrar no lugar de Zé Roberto

dos 15 jogos do Grêmio no Campeonato Gaúcho foram disputados com o time titular.

METRO POA

Mais uma vez sem ser Jean Deretti muda o jogo em vitória gremista brilhante, Inter vence A solução do Grêmio para vencer o rebaixado Pelotas, em Novo Hamburgo, veio do banco de reservas. Jean Deretti entrou no segundo tempo no lugar do apagado Maxi Rodríguez para dar vitalidade ao ataque. Com dois gols do meia, o time gremista venceu por 3 a 0, com Everton fechando o placar. Maxi teve a primeira oportunidade do jogo, logo aos 2 minutos, quando perdeu chance na cara do gol. Depois passou desapercebido em campo. Quando Deretti entrou, o volume de oportunidades cresceu. Aos 16 minutos, Everaldo recebeu livre, o goleiro salvou e o meia abriu o placar, aos 33 minutos. Depois, tocou por cobertura sobre Diego para ampliar. Após bola na trave, dois minutos depois, Everton pegou o rebote para marca. “Estou muito feliz com esse momento que estou vivendo. Estou há um ano aqui e esperava muito por esse gol”, comemorou Deretti, o nome do jogo. METRO POA

Deretti marcou dois gols | CARLOS EDUARDO DE QUADROS/ FOTOARENA

3 0

GRÊMIO Tiago; Tinga, Bressan, Pedro Geromel e Breno ; Matheus Biteco (Everton), Léo Gago, Maxi Rodríguez (Jean Deretti), Alán Ruiz e Dudu; Everaldo. Técnico: Enderson Moreira Diego; Michel, Fred, Pedrão (Mikael ) e Alex; T. Gaúcho , Igor, Jefferson Costa, Mithyuê (Wágner Libano) e Carlos Alberto; Sandro Sotilli (Carlos Gatto Técnico: Luiz Carlos Barbieri

PELOTAS

L ca Estádio do Vale, em Novo Hamburgo G Jeand Deretti, aos 16’e aos 33’, e Everton, aos 35’ do segundo tempo A bi age Márcio Coruja, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Sedenir Martins

Wellington Paulista marcou de cabeça | ALEXANDRE LOPS/INTERNACIONAL

0 1

LAJEADENSE Eduardo Martini; Urnau , Oliveira , Éverton e Márcio Goiano (Higor); Rudiero , João Felipe, Fábio Rosa (Marabá) e Gustavo; Cléverson e Japa (Lima). Técnico: Fabiano Daitx Muriel; C. Winck , Thales, Juan e A. Ruschel ; João Afonso (Valdívia), Ygor, Gladestony, Caio (Murilo) e Eduardo Sasha (Aylon); Wellington Paulista. Técnico: Abel Braga

INTER

L ca Arena Alvizul, em Lajeado. G Wellington Paulista, aos 34’ do primeiro tempo A bi age Vinicius Costa, auxiliado por José Eduardo Calza e Leirson Peng Martins

Mais uma vez o Inter não precisou apresentar um grande futebol para vencer pelo Campeonato Gaúcho. Em mais uma atuação que não empolgou, os colorados, donos com folga da melhor campanha da primeira fase, venceram o Lajeadense, fora de casa. O gol da vitória saiu em cabeçada de Wellington Paulista, após cruzamento de Murilo, aos 34 minutos do segundo tempo. Mas até a bola ir para a rede, o Inter teve problemas, principalmente no setor ofensivo. Embora atacasse bastante, o time criava pouco. A melhor chance da etapa inicial foi do Lajeadense, em lance defendido por Muriel com os pés. Na etapa final, com Aylon, os visitantes conseguiram levar mais perigo, fazendo o goleiro Eduardo Martini aparecer. Após o Inter abrir vantagem, o Lajeadense chegou a empatar, quando Muriel soltou a bola e Everton aproveitou o rebote, porém, ele estava em posição de impedimento. METRO POA

20140317_br_portoalegre  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you