Page 1

A VIDA SEXUAL DAS FEIAS É EXPLORADA EM MONÓLOGO CÔMICO ESTRELADO PELO ATOR OTÁVIO MÜLLER PÁG. 12 CAMPINAS Quinta-feira, 6 de março de 2014 Edição nº 950, ano 4 MÍN: 21°C MÁX: 27°C

www.readmetro.com | leitor.camp@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrocps

Tarja usada pelos brasileiros trazia número da cela onde Mandela ficou preso durante apartheid

O CAMINHO

DO GOL

De camisa nova, Brasil faz 5 a 0 na África do Sul no último amistoso antes da lista definitiva da Copa

Violência. Vandalismo trará prejuízo a 35 mil passageiros. Em Barão Geraldo, houve tentativa de saquear o comércio local. Foliões e policiais entraram em confronto na Praça do Coco. Testemunhas denunciam excesso da polícia. PM nega acusação PÁG. 04

PÁG. 16

Morte no Vera Cruz gera indenização de R$ 1 mi à família

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Como foram os ‘outros’ Romênia

0

0

Argentina

Alemanha

1

0

Chile

França

2

0

Holanda

Portugal

5

1

Camarões

Espanha

1

0

Itália

Inglaterra

1

0

Dinamarca

Carnaval tem 30 ônibus depredados e confrontos

Justiça indenizou os pais de um dos três mortos após serem submetidos a exames em janeiro de 2013 PÁG. 02

Com a 10, Neymar marcou 3 vezes no Soccer City, em Johannesburgo

Time tem 21 pontos no Paulista | FILIPE GRANADO/FUTURAPRESS

Ponte Preta perde, Receita começa a receber declarações mas segue vice-líder MOWA PRESS

Prazo para envio do Imposto de Renda vai até o dia 30 de abril. Multa por atraso é de R$ 165,74 PÁG. 08

Derrota foi por 2 a 0 para o Bragantino. Empate de rival manteve o time como 2º do grupo C PÁG. 14


|02|

1 FOCO

Vera Cruz e clínica são condenados Indenização. A decisão, ainda em primeira instância, determina que os réus paguem juntos R$ 1 milhão à família de Pedro Porto, um dos três mortos após exame no hospital O Hospital Vera Cruz e a clínica Ressonância Magnética Campinas Ltda. foram condenados a pagar R$ 1 milhão de indenização por danos morais pela morte de uma das três pessoas que morreram após realizarem exames no local em janeiro do ano passado. A sentença foi dada pelo juiz Gustavo Pisarewski Moisés na última sexta-feira e ainda cabe recurso. Essa foi a primeira condenação na área cível. “Trata-se de falha imperdoável, injustificável, inescusável, vergonhosa e que de tão grotesca que é dispensa maiores qualificativos”, escreve o juiz na sentença. O pagamento será feito à família de Pedro Porto, uma das três vítimas do caso. O laudo da Unicamp e do

Justiça Eleitoral

Fora do ar A Justiça Eleitoral determinou ontem a retirada do ar de uma página no Facebook que fazia menção à candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), à Presidência da República. O ministro do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) Admar Gonzaga afirmou que houve propaganda antecipada.

Cotações Dólar - 1,08% (R$ 2,32) Bovespa - 1,07% (46.589 pts)

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

“Apesar da dimensão da tragédia, a sentença foi bem recebida porque pode ser um alerta para coibir erros como esses” CA RLOS PIMENTEL NETO, ADVOGADO

Instituto de Criminalística constatou o uso de perfluorocarbono na veia dos pacientes no lugar do soro, o que causou embolia gasosa e parada cardiorrespiratória nos pacientes. A equipe de reportagem do Metro tentou contato com o Hospital Vera Cruz e a clínica Ressonância Magnética Campinas, mas ninguém foi localizado para comentar a decisão até o fechamento desta edição. METRO CAMPINAS

Mário Gatti. Hospital estende prêmio a todos os médicos Depois do embate que resultou ameaça de greve dos médicos do Mário Gatti no ano passado, o hospital passa a pagar agora o prêmio-produtividade – até então uma exclusividade dos profissionais da urgência e emergência – a todos os médicos da instituição. Decreto foi publicado no “Diário Oficial” de ontem. A notícia será comunicada em reunião hoje, às 11h, aos profissionais. O quadro do hospital tem 411 profissionais. Segundo o presidente do hospital, Marcos Pimenta, será constituída uma equipe com representantes do hospital, da Secretaria de Saúde e dos médicos para definir os indicadores de produção. Essa formatação deve ser concluída em 40 dias. O prêmio-produtivi-

Hospital tem 411 médicos no quadro hoje | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

dade varia de R$ 1,06 mil a R$ 3,9 mil – a variação depende da carga horária. Os valores, segundo Pimenta, foram acordados anteriormente. Quando era concedido a apenas 267 médicos, o valor ia de R$ 3,5 mil a R$ 4,6 mil. METRO CAMPINAS

FALE COM A REDAÇÃO

Euro - 0,94% (R$ 3,19) Salário Selic (10,75% a.a.) mínimo (R$ 724)

leitor.camp@metrojornal.com.br 019/3779-7518 COMERCIAL:019/3779-7421

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Caso aconteceu em janeiro de 2013 | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Viracopos. Condepacc autoriza corte de mata O Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) aprovou que a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos faça a retirada de um fragmento de mata, que passava por estudo de tombamento, para a construção de um acesso viário na área ampliada. De acordo com a Prefeitura de Campinas, a área é resquício de cerrado já muito degradado e não há como recuperar. Por isso, foi autorizada a remoção. Em contrapartida, segundo a publicação do “Diário Oficial”, a concessionária “concordou e se compromissou a realizar a recomposição florestal com espécies nativas na faixa de 50 metros no entorno do fragmento que restará mediante assinatura de um TAC (Termo de Acordo e Compromisso)”. Esse entorno, por sua vez, é de área remanescente da Mata Atlântica, conforme informou o Executivo. METRO CAMPINAS

Prefeitura dá 30 dias para regularização de antenas Sem ter um diagnóstico preciso sobre quantas antenas de celulares de Campinas têm licenciamento ambiental e está com a documentação em dia com o Departamento de Urbanismo, a prefeitura deu 30 dias para que as operadoras de telefonia de celular provem que estão regularizadas junto ao poder público. Isso porque para o Executivo as 482 antenas estão irregulares, mas há um risco de alguns equipamentos terem licença ambiental antes de 2010, quando a responsabilidade da emissão passou para o município. Como estímulo para que as empresas informem a data de instalação das antenas, se compartilham a

Prefeitura promete multa menor para quem der informações | METRO CAMPINAS

torre, por exemplo, a prefeitura promete reduzir o número de multas. Caso contrário, todas as operadoras serão multadas. A convocação das empresas foi publicada ontem no “Diário Oficial”. METRO CAMPINAS

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente:Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe:Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing:Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira:Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações:Luiz Mendes Junior Gerente Executivo:Ricardo Adamo Coordenador de Redação:Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte:Vitor Iwasso Metro Campinas. Editora-Executiva:Zezé de Lima (MTB: 16.231) Editor de Arte:Gustavo Moura. Gerente Comercial: Simone Monfardini Grupo Bandeirantes de Comunicação Campinas -Diretor Geral:Rodrigo V. P. O. Neves

R$ 20,9 mil é o valor da multa por falta de licenciamento ambiental. Há ainda infrações por ausência de alvarás

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Engenheiro Antonio Francisco de Paula Souza, 2799, Jardim São Gabriel, CEP 13045-541, Campinas, SP. Tel.: 019/3779-7421. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A.

A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


|04|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

FOCO

30 ônibus são depredados e foliões e PM se confrontam Carnaval. Coletivos tiveram vidros quebrados e bancos danificados. Já em Barão Geraldo, Praça do Coco foi palco de tumultos O saldo do Carnaval de Campinas deste ano é de 30 ônibus depredados durante as noites de folia. Com isso, 35 mil pessoas ficarão no prejuízo, já que diversas linhas terão “escala de férias” pelo número reduzido de coletivos, segundo a Transurc (Associação das Empresas de Transporte Urbano de Campinas). Além disso, foi registrada confusão entre foliões e a PM com balas de borracha, em Barão Geraldo. Anteontem oito ônibus foram depredados. O prejuízo total somado aos 22 veículos das noites anteriores chega a R$ 80,55 mil. A maior parte dos veículos quebrados foi da VB Transportes – 25 do total de 30. Dentre os estragos estão

400% foi o crescimento no número de depredações no Carnaval. Em 2013, foram seis coletivos danificados no mesmo período, com prejuízo de R$ 7 mil vidros laterais quebrados, câmeras de segurança, luminárias internas, caixa do cobrador, janelas arrancadas, bancos rasgados, entre outros. Os principais pontos de vandalismo foram as avenidas John Boyd Dunlop, Brasil, Carlos Lacerda, Sales de Oliveira e as proximidades da rodoviária. Os veículos passaram por vistoria de perícia e

Ônibus quebrados na garagem da VB Transportes | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO

irão para conserto. Assim, as linhas que tiveram ônibus avariados terão funcionamento diferenciado. São elas: 316 (Parque Cidade), 317 (Jardim São José/São Marcos), 330 (Unicamp/Inclusivo), 331(Terminal Barão/Rodoviária), 332 (Termi-

nal Barão Geraldo/Inclusivo) e 333 (Terminal Barão Geraldo). A normalização do itinerário deve ocorrer na semana que vem. O número de atos de vandalismo é bem acima do registrado no ano passado, quando seis veícu-

los foram danificados. Em 2011, o número foi o dobro – 66 coletivos avariados por vandalismo. “É lamentável que isso volte a ocorrer. Isso macula a imagem da cidade e leva o Carnaval para as páginas policiais”, disse Paulo Barddal, diretor de comunicação da Transurc. A posição oficial da Secretaria de Segurança foi de que a Guarda Municipal reforçou a segurança nos terminais de ônibus da cidade, porém a depredação foi no trajeto e não nos terminais. Tumulto em Barão O distrito de Barão Geraldo também foi palco de tumulto com a Polícia Militar. Alguns estabelecimentos

comerciais na avenida Santa Izabel foram depredados na madrugada de terça-feira, enquanto passavam os blocos de carnaval. Uma agência bancária e uma loja tiveram portas e janelas atingidas. Cerca de 20 pessoas tentaram saquear um supermercado. Mais adiante, na Praça do Coco, houve ação mais efetiva da PM. Testemunhas dizem que policiais usaram bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, que teriam atingido inocentes. A Polícia Militar, em nota oficial, afirma que apenas reagiu ao excesso praticado pelo foliões, que, de acordo com a PM, não estavam apenas participando da festa. METRO CAMPINAS

Apuração das escolas de samba ocorre às 14h

Desfile em novo local atraiu 20 mil no primeiro dia e 15 mil pessoas no segundo dia | DIVULGAÇÃO/PMC

Hoje às 14h ocorre a apuração das notas das 11 agremiações que desfilaram no Carnaval de Campinas no domingo e na segunda-feira. A Prefeitura de Campinas arcará com R$ 24,2 mil pela contratação da Fesec (Federação das Escolas de Samba e Entidades Carnavalescas do Estado de São Paulo) para o fornecimento do corpo de jurados.

100 mil é o número de pessoas que estiveram no Carnaval Os dois dias de desfile registraram atrasos, de duas e uma hora, respectivamente. No domingo foram registradas 20 mil pessoas e na se-

gunda-feira o público foi de 15 mil. No total, o Carnaval da cidade reuniu 100 mil pessoas. Os desfiles foram realizado na estrada dos Amarais, saindo do local onde tradicionalmente era realizado, na avenida Ruy de Almeida – no túnel Joá Penteado. A mudança não agradou a Liga das Escolas de Samba. METRO CAMPINAS

Temporal na madrugada deixa Principais rodovias da região registram 2 mortes destruição no Jardim do Lago As rodovias Anhanguera, Bandeirantes e D. Pedro I registraram duas mortes no período entre a 0h de sexta-feira e a tarde de ontem, na Operação Carnaval. A AutoBAn, responsável pelo sistema Anhanguera-Bandeirantes, contabilizou 915 mil veículos, com 98 acidentes, 55 feridos e uma morte, número inferior a 2013, que teve quatro óbitos. A expectativa é que até hoje cerca de 970 mil motoristas passem pelo sistema. Já a Rota das Bandeiras

Movimento foi intenso no feriado | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

registrou tráfego de 572.921 veículos, com 42 acidentes, 16 vítimas leves e uma mor-

te até as 15h de ontem no Corredor Dom Pedro. METRO CAMPINAS

Um temporal atingiu nove casas na madrugada de ontem nos bairros Jardim do Lago 2, São José e Jardim Bandeiras. A chuva forte, de 44 mm segundo a Defesa Civil, destruiu móveis, eletrodomésticos, levou roupas e documentos dos moradores. Técnicos da Defesa Civil estiveram no local, mas nenhuma casa foi interditada e não houve desabrigados. De acordo com moradores, um empreendimento do CDHU – programa habitacional do governo pa-

44 mm foi o que choveu na região que apresentou problemas com a enxurrada. Segundo a Defesa Civil, o temporal que durou cerca de 20 minutos teve relação com a entrada de uma frente fria ra onde as famílias que residem no local irão logo após terminado – foi o responsável pelo grande volume

de água, que atingiu as residências – já que, segundo eles, os alagamentos passaram a acontecer após a chegada das obras. A enxurrada percorreu quase 300 metros. A prefeitura notificou a empresa responsável pela construção do empreendimento, que esteve no local pela tarde para providenciar medidas relativas à drenagem. Além da destruição nas casas, duas árvores caíram. METRO CAMPINAS


|06|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Lei antiprotestos terá urgência no Congresso Em elaboração. Governo trabalhará para a aprovação do projeto até a Copa. Proposta será enviada na próxima semana e deve sugerir uma punição maior aos vândalos Em fase final de elaboração na Casa Civil, o projeto de lei que tenta frear a onda de violência em manifestações deverá ser encaminhada ao Congresso na próxima semana com urgência constitucional. O governo trabalha para aprová-la antes da Copa do Mundo, em junho. “Teremos o mundo nos olhando, nos observando. Queremos uma Copa que esteja à altura do que nós representamos no mundo”, afirmou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. O texto foi elaborado pelo Executivo e deve sugerir uma punição maior para o vandalismo cometido durante manifestações e a proibição do anonimato nos protestos. Segundo Cardozo, o manifestante será obrigado a retirar máscaras ou panos caso a polícia exija. Os detalhes da proposta e as penas que serão impostas em caso de descumprimento das regras não foram detalhados porque o texto ainda sofrerá alterações antes de ser enviado ao Legislativo. A entrada em vigor das regras num curto prazo exigirá articulação com deputados e senadores da base aliada. Se não for aprovada em 90 dias – 45 na Câmara e 45 no Senado – o texto trancará a pauta. O governo nega que o projeto vá proibir manifestações. “O objetivo central é garantir a liberdade de manifestação em paz nas vias públicas.” Projetos trancados Seis projetos com urgência

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

HAVIA DINHEIRO, MAS INSS ATRASOU OS BENEFÍCIOS.

“AVISEM A DILMA QUE ELA ESTÁ DE AVISO PRÉVIO”

Desde os tempos do então ministro da Previdência Ricardo Berzoini, que em 2003 submeteu aposentados a constrangimento histórico, o INSS ainda atormenta os velhinhos. O dinheiro estava em caixa desde a sexta-feira, 28 de fevereiro, mas benefícios só começam a ser pagos a partir desta quinta-feira (6), quase uma semana depois. Por que? “Não há justificativa oficial”, deu de ombros a assessoria do INSS.

EDUARDO CAMPOS (PSB), CANDIDATO A PRESIDENTE, MOSTRANDO QUE A CAMPANHA COMEÇOU

União da Ilha, no carnaval do Rio. VOZ DE OPOSIÇÃO. Eduardo Campos (PSB) mostrou a face oposicionista, ao afirmar que a Dilma está “de aviso prévio”. Aécio Neves (PSDB) ainda pega leve.

Proposta quer coibir abusos nas manifestações | NACHO DOCE/REUTERS Ricardo Berzoini | DIVULGAÇÃO

trancam atualmente a pauta da Câmara. Entre eles o do marco civil da internet, que cria uma espécie de Constituição para o uso da rede no país. O carimbo de urgência em propostas vindas do Executivo tem gerado revolta de deputados da oposição e da base aliada. Sete partidos governistas insatisfeitos com o controle da pauta no legislativo formaram o chamado “blocão”. O objetivo é tentar ampliar o poder de negociação com o Palácio do Planalto.

Esboço Veja os principais pontos em discussão pelo governo: U de á ca a Será proibida a utilização de máscaras ou qualquer objeto que dificulte a identificação. A i a da i Mais rigor nas penas para manifestantes que cometerem atos de vandalismo ou lesão corporal.

P c de a açã As polícias de todos os Estados terão de adotar procedimentos uniformes para conter atos de violência durante as manifestações no período da Copa. Pa ea e As manifestações deverão ser comunicadas às autoridades com antecedência de pelo menos 48 horas.

“Quando falei em repensar, não falei ainda em romper e sim em rediscutir os termos desta aliança, na qual não somos respeitados.” EDUARDO CUNHA, LÍDER DO PMDB NA CÂMARA

independência na Câmara. O líder do PMDB na Casa, Eduardo Cunha (RJ), minimizou a declaração dada há dois dias defendendo o fim da aliança

com o PT. Ontem, o deputado falou em ‘repensá-la’. A posição não tem respaldo do partido. “Os bombeiros têm que entrar para apagar os incêndios e estou me colocando nesse papel”, disse o presidente do PMDB, senador Valdir Raupp (RO). Eleições Dilma recebeu ontem o ex-presidente Lula. A crise do PMDB foi tema secundário. A presidente começa a montar a equipe da campanha à reeleição. METRO BRASÍLIA

Violência. Cinegrafista leva 4 tiros no Maranhão O cinegrafista Hilton Costa Brito, de 36 anos, foi baleado anteontem em Pedreiras, no interior do Maranhão. De acordo com a Polícia Civil, ele estava em frente à sede da TV Atenas, afiliada da Bandeirantes, quando levou três tiros, dois na perna e um no abdômen. Segundo testemunhas, os disparos foram feitos por três homens em um veículo. Costa trabalhava na cobertura dos blocos da cidade. METRO

ESCAPOU. Aliados avaliam

se ampara no calendário, “fechado em 2013”, para justificar o pagamento dos benefícios e salários apenas a partir desta quinta-feira.

que Dilma fez bem ao evitar o carnaval em Salvador, onde a primeira-dama Fátima Mendonça fez gestos obscenos para multidão, em resposta às vaias ao governador Jaques Wagner (PT).

CHANTAGEM, NÃO. Dilma

DOENTES

não quer ceder às chantagens do PMDB da Câmara. E justifica: “Eles é que decidiram abrir mão de indicar nomes para ministérios...”

O governo do DF anda em pânico com faltas de professores abonadas por atestados médicos. “Doentes pré-datados” são acometidos de súbita enfermidade em ocasiões como o Carnaval. Em 2013, parte dos 28 mil professores da rede pública usaram 25 mil atestados em faltas.

É O ‘CALENDÁRIO’. O INSS

COISA DE LOUCO. Deveria

METRO BRASÍLIA

Governo quer ‘trégua’ com PMDB A crise na relação PT-PMDB deverá ter um trégua com a nomeação do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) como novo ministro do Turismo. A presidente Dilma Rousseff está disposta a ceder ao desejo da bancada do Senado na reforma ministerial. A missão mais ingrata, no entanto, ficará para o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, a quem caberá negociar com os deputados do partido, que se rebelaram e dão corpo ao ‘Centrão’, bloco de insatisfeitos que ameaçam votar com

Política

ser submetido a exame de sanidade os jurados que não deram nota 10 à comissão de frente da

PRÉ-DATADOS.

PODER SEM PUDOR

Maometano dissidente Os militares golpistas de 1964 prenderam Cláudio Tavares no Recife, e depois ainda o intimaram a prestar depoimento ao conhecido coronel Ibiapina, que comandou a maioria dos IPMs da 7ª Região Militar: - Como o senhor se define ideologicamente? – perguntou o milico.

- Sou um comunista maometano dissidente. O obtuso interrogador coçou a cabeça e ordenou ao datilógrafo: - Cabo, depoimento encerrado. Ele “tá” de gozação. Depois a gente retoma. E nunca mais se falou mais no assunto.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

Chuva não tira Cantareira do vermelho Água. Nível atingiu 16,1%. Especialista critica falta de planejamento do Estado O volume de água no sistema Cantareira, que abastece 47% da Grande São Paulo, voltou a cair e atingiu ontem a mínima recorde (16,1%). A chuva de sexta-feira fez o índice subir pela primeira vez após sucessivas quedas, passando de 16,4% para 16,6% no sábado. Mas, o reservatório voltou a registrar baixa no domingo, quando atingiu a marca de 16,5%. Até ontem, o mês de março acumulava 42 milímetros de chuvas. A média histórica é de 184,1 milímetros. O governo de São Paulo torce por um período longo de precipitações para evitar a adoção de um rodízio no fornecimento. Para hoje, o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê fortes pancadas de chuva na região das cabeceiras do sistema Cantareira, principalmente na região de Bragança Paulista.

Apesar do quadro crítico, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) segue afirmando que a entrada em vigor de um rodízio dependerá de uma decisão técnica da Sabesp. O Estado já aprovou o uso do chamado “volume morto” de água do Cantareira. Para tentar frear o consumo, o governo anunciou em fevereiro um desconto na conta para quem gastar menos água. Segundo a Sabesp, já foi obtida uma economia de 3 mil litros por segundo. Para o diretor do Centro Internacional em Reuso de Água da USP, Ivanildo Hespanhol, o Estado não planeja o abastecimento e fica dependente das chuvas. “O governo vai gastar R$ 2 bilhões com um aqueduto de 100 km. Isso é como na Roma antiga. Se investisse em reuso, a situação seria bem diferente.” METRO

Campeã! Unidos da Tijuca leva o Carnaval do Rio Em uma disputa acirrada, a Unidos da Tijuca foi eleita campeã do Carnaval do Rio. A escola fez 299,4 pontos, apenas 0,1 a mais que a vice-campeã Salgueiro. Tem sido assim desde 2010, e foi novamente em 2014. Em uma apuração emocionante que só foi definida no último quesito (bateria), a escola do carnavalesco Paulo Barros venceu. É o quarto título de sua história (1936, 2010, 2012 e 2014). A Unidos da Tijuca foi a última a desfilar anteontem e encantou o público com o samba-enredo “Acelera, Tijuca!”, em homenagem aos 20 anos da morte de Ayrton Senna. A escola trouxe para a avenida super-heróis, animais velozes e aviões supersônicos. Durante a evolução da comissão de frente, bailarinos “dirigiram” uma réplica da McLaren pilotada por

Senna de 1983 a 1993. A bateria surpreendeu ao trazer os seus integrantes vestidos de mecânicos, acompanhando a atriz Juliana Alves, rainha da bateria. Um dos carros que mais chamou a atenção representava um circuito oval, que era percorrido por componentes dirigindo um kart e vestidos como o piloto. “Vamos atrás do penta. Foi um Carnaval difícil, disputado. A Tijuca arrancou na frente. Mais uma vez o Senna foi campeão. No sábado, vou fazer chover champanhe na avenida”, disse Fernando Horta, presidente da escola de samba. A Portela ficou em terceiro lugar e manteve seu jejum de 30 anos. Outra escola do mesmo bairro da campeã, a Império da Tijuca, foi rebaixada para o grupo de acesso. O desfile das campeãs será no sábado. METRO

{BRASIL}

VOLUME DO CANTAREIRA 96% 88,8% 76,3% 57,1% 16,1%

situação em 5/3 de cada ano

|07|◊◊


|08|

PIB. Mercado eleva previsão de crescimento Analistas de mercado financeiro elevaram a previsão do PIB para 2014. Segundo o relatório Focus divulgado pelo Banco Central ontem, a economia do país neste ano crescerá 1,70%, ante previsão de 1,67% do boletim da semana anterior. A melhora nas projeções acontece após o anúncio do crescimento de 0,7% do PIB no quarto trimestre de 2013, que resultou num PIB de 2,3% no acumulado do ano passado. O resultado, divulgado no último dia 27, ficou acima do esperado pelo mercado. Até a pesquisa Focus anterior, divulgada no dia 24 de fevereiro, os economistas vinham reduzindo suas previsões para o PIB por três semanas seguidas, sendo a última de 1,79% para 1,67%.

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

1,70% é a projeção de expansão da economia em 2014, segundo analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central O mercado espera uma alta menor este ano para a Selic, referência para os juros praticados no mercado: a projeção é que a taxa encerre o ano em 11,13%, ante a mediana de 11,25% da última sondagem divulgada pelo BC, na semana passada. Já as projeções para a inflação continuam elevadas, com o IPCA devendo encerrar este ano a 6% e 2015 a 5,70%, também sem alterações. METRO

Câmbio

Dólar recua 1,08% e vale R$ 2,32

do ao Carnaval. Ontem, as negociações no mercado de câmbio começaram ao meio-dia. Os mercados financeiros globais foram pressioO dólar comercial fechou nados no início da semaontem em queda de 1,08%, na por preocupações sobre cotado a R$ 2,32 na vena possibilidade de um atada. É o menor valor desde que russo à Ucrânia. 10 de dezembro, quando O Banco Central brasia moeda norte-americana leiro não fez hoje leilão de encerrou o dia a R$ 2,309. swaps cambiais (equivalenA sessão foi de poucos tes à venda futura de dólanegócios, depois de dois res) e retoma suas intervendias sem operações devições diárias hoje. METRO

Prazo para envio do IR começa hoje Imposto de Renda 2014. Neste ano, contribuinte terá menos tempo para entregar a declaração. Multa mínima para quem perder o prazo é de R$ 165,74, segundo a Receita O prazo para enviar a declaração de Imposto de Renda 2014 à Receita Federal começa hoje e vai até 30 de abril. Neste ano, devido ao Carnaval, o contribuinte terá menos tempo para acertar as contas com o Leão. Nos anos anteriores, a declaração podia ser entregue entre 1º março e 30 de abril. Em 2014, o contribuinte terá 56 dias para enviar o documento, 5 dias a menos em relação ao ano passado. A multa mínima para quem perder o prazo é de R$ 165,74, podendo chegar a 20% do imposto devido. O contador Marcos Maia, diretor da Sacef Contabilidade, destaca que, como nos outros anos, o contribuinte que enviar a declaração no início do prazo deverá receber a restituição nos primeiros lotes, a menos que haja inconsistências, erros ou omissões no preenchimento. “Para evitar qualquer tipo de problema, seja na entrega da documentação ou no recebimento da restituição, o mais importante é manter a atenção e não deixar possibilidade de questionamento da Receita”, comenta o contador.

ACERTO DE CONTAS COM O LEÃO    C L A R A R :

LIMITES PARA DEDUÇÕES

Recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 25.661,70 Obteve na atividade rural receita bruta em valor superior a R$ 128.308,50 Recebeu rendimento isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente acima de R$ 40 mil Teve a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil Realizou operações na Bolsa de Valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas Obteve ganho de capital na venda de bens e direitos sujeito ao IR Passou, em qualquer mês, à condição de residente no país e estava nessa situação em 31/12/13 Optou pela isenção do IR do ganho de capital na venda de imóveis residenciais, por ter aplicado o dinheiro na compra de outro imóvel residencial, em até 180 dias a partir venda do imóvel original

DESCONTO SIMPLIFICADO R$ 15.197,02 DECLARAÇÃO COMPLETA Dedução por dependente >> R$ 2.063,64 Gasto com educação >> R$ 3.230,46 Despesas médicas >> sem limite máximo Contribuição à previdência oficial paga pelo empregador doméstico >> R$ 1.078,08 Despesas com previdência privada >> 12% da renda tributável

Este ano, os contribuintes que possuem certificado digital poderão utilizar a Declaração de Ajuste Anual Pré-preenchida. Para isso, devem ter apresentado a Declaração de Ajuste Anual referente ao exercício de 2013, ano-calendário

FIM DO PRAZO PARA ENTREGA 23h59min59s do dia 30 de abril

de 2012. Outra condição é que as fontes pagadoras tenham enviado para a Receita a Dirf (Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte) referente ao exercício de 2014, ano-calendário de 2013, de acordo com a Receita.

FONTE: RECEITA FEDERAL

O envio por meio de tablets e smartphones será permitido, exceto para quem teve rendimentos no exterior, acima de R$ 10 milhões, ou ganhos de capital com a alienação de bens e direitos. Os aplicativos estarão disponíveis a partir de hoje. METRO

Salão de Genebra

Reservatórios do Sudeste têm nova queda de energia Os reservatórios das hidrelétricas da região Sudeste/ Centro-Oeste do Brasil es-

tão com nível de armazenamento de 34,66%, segundo dados de terça-

-feira, numa leve queda ante o fechado em 27 de fevereiro. É praticamente

o mesmo nível da média de março de 2001, ano do racionamento, que foi de 34,5% e abaixo dos 37,1% verificados no dia 10 de fevereiro último. A expectativa do ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) é de que o nível das represas dessa região chegue a 35,9% ao final desta semana e a 38,3% em 4 de abril, segundo a “Reuters”. No Sul, as represas estão a 38,61%, já apresentando um aumento de 1,43 ponto percentual em relação ao registrado ao final da semana passada. Já no Nordeste, o nível passou de 42,19% na quinta-feira passada para 42,14% na terça-feira. No Norte, houve elevação de 80,92% para 81,79% atualmente. METRO

Evento abre as portas para o público Com a expectativa de atrair um público recorde, o Salão de Genebra, na Suíça, ficará aberto ao público entre hoje e 16 de março. O evento traz as novidades do setor automotivo para o mercado europeu. Algumas delas devem chegar ao Brasil no próximo ano. O CEO mundial da Fiat e da Chrysler, Sergio Marchionne confirmou que o primeiro automóvel a ser produzido na fábrica de Pernambuco, será o Jeep Renegade. A produção começa em 2015 no Brasil. Destaques da Audi no evento, a terceira geração do Audi TT e o S1, derivado do compacto, chegam ao país no mesmo ano. METRO

Jeep Renegade será produzido no Brasil

Audi TT chegará ao Brasil em 2015s

Nova geração do California, modelo mais acessível da Ferrari

Citroën mostra o C4 Cactus com porta “acolchoada” ARND WIEGMANN/REUTERS


|10|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Venezuela vai às ruas em festa e protestos Caracas. Com o país em crise, o presidente Nicolás Maduro homenageia Hugo Chávez com desfile e estudantes reeditam protestos contra o atual governo Hugo Chávez é relembrado nas comemorações| JORGE SILVA/REUTERS

Análise

A pequena Veneza Venezuela, ou “pequena Veneza”, foi o nome dado à região do lago Maracaibo pelos primeiros exploradores. Seria a fantasia de um Eldorado. Em 1922, os jornais venezuelanos falaram da “explosão do petróleo”. Iria financiar esperanças e maldades na política. Nos anos 40, foi criada a Ação Democrática, partido de centro-esquerda, mas continuaram mandando militares corruptos, latifundiários obstinados e grandes negociantes. O petróleo financiou a ditadura do general Perez Jimenez, derrubado em 1958. Desde então, se alternaram no

poder a AD e um partido de origem clerical, o democratacristão Copei, na mais longa “continuidade democrática” do continente. Surgiu Chávez. Golpista fracassado, elegeu-se e criou mecanismos arrasadores. Do ponto de vista legal, para perpetuar-se. Herdou-os seu sucessor. Para entender o chavismo radiografe-se a “continuidade”. Os pobres ultrapassaram a metade dos 23 milhões dos habitantes. Um abismo, na Venezuela, entre a opulência do Estado e a miséria da grande maioria. O Plano Marshall, que ajudou a Europa a recuperar-se da guerra, custou US$ 13 bilhões. A Venezuela, faturou no mesmo período algo como 20 Planos Marshall.

Seguidores do ex-líder venezuelano Hugo Chávez saíram às ruas do país ontem para lembrar o primeiro aniversário da sua morte, o que representa um alívio para seu sucessor, Nicolás Maduro, que há um mês tenta conter protestos violentos. Um ano depois de Chávez morrer em consequência de um câncer, um

desfile militar e outras homenagens foram para Maduro uma oportunidade de recuperar as ruas e mostrar aos adversários que ele também é capaz de mobilizar as massas. Milhares de chavistas se reuniram em comícios em Caracas e outras localidades em homenagem a Chavez, cujos 14 anos no poder lhe valeram a adoração dos

mais pobres no país. Os estudantes, porém, levantaram barricadas em várias ruas de Caracas e outras cidades em todo o país, desde antes do amanhecer. Um homem de 26 anos morreu no oeste do estado de Táchira, quando ele bateu com o carro ao desviar para evitar um bloqueio criado por manifestantes. Maduro comandou um

desfile na capital antes de ir para o museu militar no local onde Chávez liderou uma tentativa de golpe em 1992 que lançou a sua carreira política, e onde os seus restos mortais foram colocados para descansar em um sarcófago de mármore. “Hugo Chávez passou para a história como o redentor dos pobres”, disse Maduro. METRO

NEWTON CARLOS Jornalista

Nicolás Maduro, sucessor de Chávez, comandou uma parada em homenagem ao líder morto | CARLOS GARCIA/REUTERS

Conversas sobre Ucrânia empacam Uma reunião diplomática de alto nível para tentar resolver a crise na Ucrânia fez pouco progresso em Paris ontem, marcadas pelo desacordo entre Rússia e Estados Unidos e a recu-

sa do chanceler russo de se encontrar com seu colega ucraniano. O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, disse que as discussões continuarão e que de-

ve se reunir com o ministro do Exterior russo, Sergei Lavrov, novamente em Roma hoje. “Não pense que não tivemos conversas sérias que produziram ideias criativas e adequadas sobre a forma de resolver isso, temos uma série de ideias sobre a mesa”, disse Kerry após reunião com ministros de Ucrânia, Rússia, Grã-Bretanha e França. “Estamos todos preocupados com o que está acontecendo lá”, disse Lavrov a jornalistas ao deixar o Ministério das Relações Exteriores francês. “Nós concordamos em continuar essas discussões nos próximos dias para ver a melhor forma de ajudar a estabilizar e normalizar a situação e superar a crise.” A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte), em uma reunião em Bruxelas, anunciou a suspensão de sua cooperação com a Rússia para tentar pressioná-la a aliviar a ten-

são na Ucrânia e suspendeu planos de uma missão conjunta para acabar com as armas químicas da Síria. A Otan afirmou que irá intensificar seu envolvimento com a nova liderança da Ucrânia. A União Europeia ofereceu ao novo governo ucraniano, pró-ocidental, uma ajuda financeira no valor de US$ 15 bilhões nos dois próximos anos desde que o país chegue a um acordo com o Fundo Monetário Internacional. A Alemanha, maior economia da UE, prometeu ainda uma ajuda financeira bilateral. O novo ministro das Finanças ucraniano, Oleksander Shlapak, provocou a queda no valor dos títulos ucranianos e no mercado cambial ao dizer que a combalida economia do país poderá iniciar negociações com os credores para reestruturar sua dívida em moeda estrangeira. METRO

Ativistas pró-Rússia fazem manifestação em Yevpatoria | MAKS LEVIN/REUTERS


CULTURA

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

Rodrigo Santoro não para. O ator, de 34 anos, está prestes a estrear seis longas neste ano. E está filmando, no Chile, o drama “The 33”, sobre os 33 mineiros chilenos que ficaram 69 dias presos em uma mina no deserto do Atacama, em 2010. O longa também traz no elenco o espanhol Antonio Banderas e a francesa Juliette Binoche.

misturadas no corpo inteiro. Chegava no estúdio por volta das 4h, com dois maquiadores. E eu filmava até de noite.

|12|

2 CULTURA

Eddie Vedder

No Brasil O vocalista do Pearl Jam (foto) fará cinco apresentações solo no país em maio. Em São Paulo ele toca nos dias 7, 8 e 9, no Citibank Hall. O Rio de Janeiro recebe o músico dias 11 e 12 do mesmo mês. A pré-venda exclusiva para clientes Citibank acontece entre os dias 10 e 16 de março, mas não foram divulgados os valores nem quando acontece o início da venda para o público em geral.

Como foi revisitar o Xerxes sete anos depois? Teve alguma exigência física? Eu tinha feito ‘Heleno’ e baixado muito de peso. Isso sempre acontece, de um extremo ao outro, já estou acostumado. A sequência de “300” ficou uns 2, 3 anos para ter o sinal verde para ser feita. E quando ela realmente ficou concreta, eu estava 12 kg mais magro, mas tive tempo para retomar a forma. Foram quatro meses. É um personagem muito específico. Exige preparação física. Então pensei: o que vai ser interessante nessa história? E aí liguei para o Zack Snyder [roteirista do longa], e não tinha roteiro ainda. Tivemos uma conversa ótima e ele falou que queria tentar explicar um pouco mais o personagem que causou tantas reações. Porque o personagem, na verdade, quando eles o desenharam, tinha outro vilão, que maltratava a rainha... E o Xerxes, da forma como ele foi retratado e acabou virando, ganhou um espaço, e foi uma surpresa para todo mundo. O que achou mais interessante nesta sequência? Agora tentaremos explicar melhor quem é esse deus-rei persa, tentar humaniza-lo. Foi isso que eu achei interessante, trazer um pouco da vulnerabilidade dele, explicar quem é esse deus-rei, o que aconteceu, trazer mais dimensão para o personagem. Como foi trabalhar com o diretor Noan Murro?

Alguma coisa no seu corpo era computadorizada? Não, nada. A barriga era minha... Eu tenho provas [risos]. Porque tem todo o jogo aeróbico, ficar na esteira. A voz era minha também. Algumas coisas tive que gravar, pois tem que ficar no grave, para poder fazer o efeito. É um trabalho muito completo, nunca fiz nada parecido.

Um dos astros de ‘300: A Ascensão do Império’, que estreia nos cinemas amanhã, o ator brasileiro mais badalado em Hollywood conta ao Metro Jornal como foi revisitar o deus-rei do império persa Xerxes, sete anos após o primeiro longa da saga

‘300 FOI UM DIVISOR DE ÁGUAS’

O Noan é uma figura, é um diretor diferente do Zack [Snyder, que dirigiu “300”]. Mas ele é um cara que vem de uma formação muito clássica, eu acho que ele estudou música, dirigiu muitos comerciais e não tinha trabalhado muito com atores. Eu me entendi muito bem com ele. Fui o primeiro a filmar, eu comecei o processo. Eu tinha uma relação com muito diálogo. Eu vim pensando que se passaram 6 anos e com a tecnologia seria diferente, mais fácil. Com chroma, fundo azul, não ia falar com a fita crepe. E realmente não falei. Falei com a boli-

nha de tênis, na ponta de um bastão. Pensei: “De novo, não acredito!” [risos] A falta de interação com outros atores o incomodou? Não incomoda. Não tem uma troca, é um trabalho muito mais técnico. De certa forma, tem a ver com o teatro em uma forma apenas com a cadeira, foco e luz, projetando uma história para a plateia. Tem a ver com essa essência de imaginar tudo. Eu já sabia desse desafio, ao contrário do primeiro, que fui pego de surpresa. O primeiro foi uma loucura, mal conseguia dormir, filmava sozinho, na ne-

ve, no Canadá. Dessa vez estava preparado. Como foi a questão da maquiagem do Xerxes? Raspei o corpo todo, a não ser a sobrancelha, onde colocavam uma prótese em cima e depois a desenhavam. Tudo para seguir o desenho do Frank Miller (que criou o personagem), pela necessidade de ser fiel à HQ. Neste filme, a maquiagem foi mais curta. Foram 4h30. Começamos com os piercings [cerca de 12]. Para aplicá-los tem uma base de silicone. Depois tem a questão da cor do personagem. São três camadas de cor

Monólogo esmiuça a vida sexual das feias Inspirada no livro homônimo, a peça “A Vida Sexual da Mulher Feia” chega a Campinas para uma curta temporada, de 7 a 30 de março. As sessões serão no Teatro Amil, no Shopping Dom Pedro, às sextas-feiras, aos sábados e

domingos. No livro de Claudia Tajes, aventuras amorosas, primeiro beijo e primeira transa de Maricleide, uma mulher mal diagramada – termo criado pelo escritor Xico Sá –, são narrados sem grandes descrições físicas. O recurso, segundo a autora, facilita a identificação mais ampla do público – além de evitar uma associação de um determinado tipo físico ao rótulo da mulher feia. Para protagonizar Maricleide na montagem teatral, um homem foi chamado para o papel: Otávio Müller. O ator encena a protagonista da adolescência até a fase adulta. O sentimento de

Müller tira proveito de seu físico para tornar atuação convincente | DIVULGAÇÃO

inadequação de Maricleide dificulta os namoros e atrapalha a definição de sua personalidade no início da fase adulta. Tajes e Müller trabalham com a condição de que a mulher mal diagramada não é apenas uma deformação da estética, mas, sim, um estado de espírito. “Para mim, tudo tem uma finalidade científica: já faz algum tempo que estudo a sexualidade da mulher feia, assunto que, até onde posso lembrar, jamais foi abordado pelas revistas femininas, pelo programas para donas de casa no meio da tarde e pelos livros de autoajuda”, escreve a escritora.

O quanto o Xerxes influenciou sua carreira internacional? Eu acho que “300”, sem dúvida alguma, foi um divisor de águas. Esse ainda não estreou, mas o primeiro longa abriu as oportunidades. Eu não esperava, aliás, ninguém que participou do projeto esperava, que ia ser o sucesso que foi. Todo mundo sabia que era muito interessante, com a linguagem do Zack, que na época era novo. Acho que beneficiou a todos que participaram. E no mercado de Hollywood, um sucesso traz um peso. E fazer parte de um filme como esse faz isso. O interessante é que durante muitos anos, não me ligavam ao filme, por toda a caracterização do personagem. Pensaram que eu era o filho do capitão, que perde a cabeça! Como ficou sua vida Los Angeles-Rio? Estou indo para o Atacama, filmar o longa dos mineiros chilenos [“The 33”]. Estou com seis filmes para estrear – “300”, “Rio 2”, “Pelé”, “Rio Eu Te Amo”, “Jane Got a Gun” e “Focus”. [O ator concedeu a entrevista ao Metro Jornal, em janeiro, antes de embarcar para o Chile]. GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

Os preços dos ingressos para a montagem, que tem aproximadamente uma hora e quinze minutos, variam de R$ 40 a R$ 60. Já os ingressos para meia entrada vão de R$ 20 a R$ 30. Às sextas-feiras e sábados, a peça tem início às 21h; aos domingos, às 19h. As entradas podem ser adquiridas pela bilheteria do Teatro Amil ou pela internet (www.conteudoteatral.com. br/teatroparquedompedro). METRO CAMPINAS

“A sexualidade da mulher feia jamais foi abordada pelas revistas femininas e programas para donas de casa.” CLAUDIA TAJES, ESCRITORA


CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

|13|◊◊

Leito r fala

Na ponta do lápis Depredações

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

VIDA SOFRIDA PARA QUEM COMPRA CARRO NO BRASIL

Cruzadas

Grandeza X pequenez. O Brasil é hoje a sétima maior economia do mundo, e também o sétimo produtor de automóveis. A posição no ranking até enche os olhos mas, no que diz respeito aos preços dos veículos, no tocante à facilidade e custo de manutenção (inclusive seguro), e considerando o tratamento dado aos compradores, infelizmente ainda estamos há algumas décadas de distância da sexta posição.

ED I VALMIR MASSA – CAMPINAS, SP

Depredações II O problema com os ônibus no Carnaval era previsível. Cerca de R$ 2 milhões foram jogados pela Prefeitura de Campinas no lixo. O que esperar de uma administração que se preocupou somente com a segurança no interior do evento? Por que o Jonas não vem a público e dá a cara para bater para tentar explicar os motivos da insistência em promover o Carnaval na cidade? Afinal, foi ele que disse que a administração não tinha dinheiro para fazer a iluminação de Natal na cidade.

EUA X Brasil. Meu irmão americano acaba de comprar um carro zero. Trata-se de um sedã japonês de altíssimo luxo, que ele pagou US$ 43 mil na versão top, ou o equivalente a R$ 100 mil. O mesmo carro é oferecido no Brasil por R$ 215 mil. O seguro completo de um ano lhe custou US$ 560 ou R$ 1.300,00. Uau! O mais interessante foi a experiência de compra. Ele me ligou no sábado às 16h e disse que havia chegado na concessionária. Uma hora depois me liga dizendo que já havia escolhido o modelo, e então iria negociar o preço. Havia um “problema”: ele queria rodas aro 19, mas o carro na cor escolhida trazia originalmente aro 18. A loja trocaria, por um pequeno acréscimo. Às 20h ele me liga da sua garagem, felizaço ao volante do carro novo, inclusive já com as rodas maiores. Quatro horas após chegar na loja!! Baita decepção. Recentemente li sobre um novo modelo de carro que seria lançado aqui, e que talvez me agradaria. A revista afirmava, conforme declarações da montadora de origem americana, que o modelo top chegaria por R$ 73 mil. Semanas depois fui ver o carro. “Quanto custa?”, perguntei. “O top sai por R$ 86 mil, patrão (sic).” Portanto, R$ 13 mil de ágio. “Dá para fazer teste drive?”, arrisquei. “Ah, doutor (sic), este aqui não tem para teste. É lançamento, está vendendo bem!”. Virei e saí da loja. Não falei tchau.

Não é incompetência da Polícia Militar, mas, sim, da nossa legislação. Li uma notícia de um cidadão que tinha cometido 70 homicídios e estava livre. Ele não havia fugido da cadeia, saiu porque alguém o liberou. Querem mais o quê? Coloquem um policial em cada ônibus que, no dia seguinte, o noticiário abordará a morte de vários policiais que patrulhavam os ônibus que iam para a folia.

WAGNER MARCONDES – CAMPINAS, SP

M et ro Perg u nt a

Você notou a operação ‘Direção Segura’ durante o Carnaval?

Siga o Metro no Twitter: @Jornal_MetroCPS

@vipurgato

Sudoku

Sim. Vi várias viaturas espalhadas pela cidade durante o Carnaval. Desta vez, o governo paulista agiu de forma preventiva. @ma_libu

Baita pobreza. Nosso terceiro carro lá em casa (o “carro do rodízio”) é um popular 1.0. Pense no carro nacional mais comum e barato que existe, destes modelos que se vê aos montes nas ruas. A máquina é simples e o acabamento sofrível, mas nos custou US$ 10 mil. O difusor da saída de ar (aquela peça de plástico com aletas móveis), parece feito de manteiga: em um ano, dois quebraram. Nas duas vezes tivemos de esperar um mês pela nova peça, pois a concessionária não tinha no estoque. Já está à venda.

Não cheguei a ver nenhuma blitz na cidade porque viajei, mas escutei que a iniciativa funcionou. @MaranhaoAntonio

Não vi operação nenhuma nas ruas. Pelo contrário: só ouvi relatos sobre depredações e violência policial em Barão Geraldo.

Nããão! Quando é que a dinâmica do mercado de automóveis no Brasil vai mudar? Cadê a globalização pondo pilha para nivelar por cima? Por hora, resta ao consumidor se indignar. E, se possível, dizer não!

M et ro web Para falar com a redação:

leitor.camp@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Tendências para maior integração com grupos e amizades. Um bom momento para paqueras, se estiver sozinho.

O momento é importante para ajustes e novidades para quem lida com sociedades. Na vida amorosa, priorize o romantismo.

Cuide para que desejos de liberdade não deixem você distante de pessoas que gosta ou com postura antissocial.

Temas que envolvam parcerias serão frequentes no trabalho. Momento para repensar sociedades e mudar a forma de lidar com relações.

Período importante para repensar seu ritmo e o quanto tem valido a pena esforços por certos assuntos. Cuide mais do corpo e da saúde.

Momento importante para estabelecer negócios ou retomar assuntos financeiros que estavam mal acabados.

Os temas culturais serão foco de atenção. Terá oportunidade para ampliar conhecimentos. Contatos à distância também serão bem vindos.

Vênus – que rege seu signo – ingressou em Aquário, influência capaz de trazer um desprendimento de assuntos e relações.

Vênus ingressou em seu signo, influência positiva para mediar relações e que aumenta seu poder de persuasão.

Período para mais cautela com negócios. Será mais indicado pesquisas e revisões de pendências antes de se empenhar a novos projetos.

Tendências para se envolver com mais intensidade em assuntos familiares da vida doméstica. Nostalgias podem marcar a vida afetiva.

Período para refletir sobre relações. Momento também para revitalizar suas energias com espiritualidade, terapias e temas culturais.


|14|

3 ESPORTE

Ponte tropeça em Bragança Noite infeliz. Macaca joga mal e Bragantino vence por 2 a 0. Vice-liderança foi mantida, já que São Bernardo empatou Não foi nem de perto uma das melhores apresentações da Ponte Preta no Campeonato Paulista. Jogando em Bragança Paulista, o time comandado por Vadão viu o Bragantino ser superior e vencer a partida por 2 a 0. Mesmo com o resultado ruim, a Macaca continua como vice-líder do Grupo C do estadual, beneficiada pelo empate do São Bernardo com o Rio Claro por 5 a 5. O primeiro gol do time da casa saiu em uma jogada forte do Bragantino. Em escanteio, André Astorga desviou de cabeça para marcar, aos 28 minutos. Aos 42, Magno Cruz resolveu arriscar de fora da área. O chute não saiu forte, mas Roberto falhou e a bola entrou no canto direito rasteiro do goleiro pontepretano. O Massa Bruta aumentava a vantagem.

Guarani. Bugre treina em Paulínia e fica na dúvida Paulista

Palmeiras Hoje, às 19h30, o Verdão recebe a Portuguesa no Pacaembu. E, se vencer, garante a classificação antecipada para a próxima fase do Paulistão. A principal novidade será a entrada de Mendieta (foto) na vaga de Valdivia, que está com a Seleção do Chile. A Radio Bandeirantes e a Bradesco Esportes FM transmitem o duelo.

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Mudar o mando de jogo para Paulínia é uma vontade antiga da diretoria, mas no treinamento de ontem os problemas ficaram evidentes. Com chuva, o gramado mostrou que não será um bom aliado. Mesmo sem cair tanta água, o campo do estádio Municipal de Paulínia já travava os passes bugrinos. A bola não rolou. Do lado de fora, membros da diretoria mostravam preocupação. Ainda sem essa definição, o Bugre enfrenta o São Bento, em Sorocaba, no sábado, às 16h. A busca é para retomar uma vaga no G-4 da Série A-2. METRO CAMPINAS

Pronto. Timão atropela e já pensa no São Paulo

04 LINENSE

CORINTHIANS

Se o Corinthians conseguir repetir domingo, no Pacaembu, apenas uma parte do futebol apresentado ontem em Lins, o resultado no clássico contra o São Paulo tem tudo para ser promissor. O Timão goleou o Linense ontem por 4 a 0 e chegou à quarta vitória consecutiva no Campeonato Paulista. O resultado ainda não deixa o alvinegro na zona de classificação para as quartas de final. Com 20 pontos, a equipe é a 3ª no Grupo C. Foi a 5ª derrota da Macaca, que soma 21 pontos

Na etapa final, a Macaca tentou reagir, mas sem intensidade, mesmo após a entrada do lateral-esquerdo Carleto. O Braga também assustava, mas o goleiro Roberto se redimiu. No sábado, às 18h30, pela 13ª rodada, a Macaca recebe o Rio Claro, no Majestoso, em busca da reabilitação.

| FILIPE GRANADO/FUTURAPRESS

O jogo Jadson mostrou ontem que

chegou para ficar na equipe. O camisa 10 abriu o caminho da vitória com dois belos gols: com uma bomba de fora da área, aos 17 minutos do 1º tempo, e cobrando falta, aos 22. Apesar da atuação destacada, ele não poderá enfrentar o ex-clube no domingo por causa de uma questão contratual entre Corinthians e São Paulo. Com dois gols na conta, Jadson brilhou também como garçom: aos 32 minutos, ele encontrou o atacante Luciano, autor de dois gols contra o Comercial, na semana passada, na área. O atacante pegou de primeira e ampliou. Luciano deu números finais aos 18 do 2º tempo, de cabeça, após cruzamento de Fagner da direita. METRO

20 BRAGANTINO PONTE PRETA

CARLOS GIACOMELI METRO CAMPINAS

Passeio. No Morumbi, Tricolor goleia e agora encara o Corinthians

40 SÃO PAULO

AUDAX

O São Paulo fez muito bem o dever de casa. Jogando no Morumbi, o Tricolor bateu o Audax por 4 a 0, pela 12a rodada do Campeonato Paulista, e assumiu a liderança do Grupo A. Para isso, o time da casa se aproveitou de uma das principais virtudes da equipe de Osasco: evitar dar chutões da defesa para o ataque. Pressionando a saída de bola do adversário, o São Paulo forçou o erro. E a táti-

ca deu resultado na etapa final. Logo no primeiro minuto, André Castro vacilou na saída de bola, fez falta dura em Osvaldo e foi expulso. Cinco minutos depois, porém, o Tricolor chegou lá, com Luis Fabiano, de cabeça, após cruzamento de Pabon. O camisa 9 balançou as redes praticamente no lance seguinte, novamente após passe do colombiano. Em mais um erro de saída de Felipe Alves, a bola ficou de graça para Osvaldo, que tocou com uma cavadinha e marca o terceiro. Souza ainda marcou mais um, de novo após uma falha da defesa do Audax, para fechar o placar. METRO

Jadson comemora ao lado de Guilherme | JOSÉ LUIS SILVA/FOTOARENA/FOLHAPRESS

Santos

Oswaldo mantém time ofensivo Para o duelo contra o Mogi Mirim, hoje, às 21h, na cidade do interior, o téc-

nico Oswaldo de Oliveira manterá o trio de ataque no Santos: Thiago Ribeiro, Leandro Damião e Geuvânio. A partida é válida pela 12ª rodada do Campeonato Paulista. A Rádio Bandeirantes e o SporTV transmitem o jogo. METRO


|16|

CAMPINAS, QUINTA-FEIRA, 6 DE MARÇO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

FOTOS: JEFFERSON BERNARDES/VIPCOMM

0

África do Sul

Ramires com sua máscara protetora e a nova segunda camisa da Seleção

5

Brasil

Quase lá. No último jogo antes da convocação, Neymar faz três; Fernandinho deixa sua marca e deve estar no Mundial

Brasil

Quatro anos depois de dar fim ao sonho do hexa na África do Sul, a Seleção voltou a país que sediou a Copa do Mundo de 2010. E, diante dos anfitriões, em Johannesburgo, fez bonito no palco da decisão do último Mundial: goleou por 5 a 0. O amistoso foi o último antes da convocação dos atletas que disputarão a Copa no Brasil – os nomes serão divulgados em 7 de maio. Mesmo que a maior parte do grupo já esteja definida e que a África do Sul, sem vaga no Mundial, não fosse um adversário à altura, os comandados de Luiz Felipe Scolari tiveram boa atuação. Sobretudo Neymar, autor de três gols. Fernandinho também. O volante do Manchester City, aliás, foi quem mais aproveitou a partida no Soccer City: começou jogando e anotou um gol, o quarto do Brasil, em belo chute de fora da área. Oscar também foi bem. O camisa 11 abriu o placar da goleada. Já Fred, esperança do ataque, decepcionou: pouco foi notado em campo. METRO

LEFTY SHIVAMBU/GALLO IMAGES/GETTY IMAGES

aprovado! Fernandinho aproveitou a oportunidade no time de Felipão

AMISTOSOS Japão

4

2

N. Zelândia

Rússia

2

0

Armênia

Ucrânia

2

0

EUA

Irã

1

2 Guiné

Suíça

2

2

Croácia

Áustria

1

1

Alemanha

1

0

Espanha

1

0 Itália

Austrália França

Uruguai

Neymar anotou três no amistoso disputado no Soccer City, palco da final da Copa de 2010

Frango

Já os outros...

O duelo entre Espanha e Itália estava equilibrado. Até que o goleiro da Azzurra, Buffon, levou um frango após chute de Pedro e “garantiu” a derrota do seu time por 1 a 0.

Esquentando. As 32 Seleções que estarão na Copa fizeram jogos amistosos. Confira

Chile

3 4

Equador

Inglaterra

1

0

2

Holanda

Colômbia

1

1

0

Bacalhau de ouro

Dinamarca Tunísia

Cristiano Ronaldo anotou dois e comandou Portugal na vitória por 5 a 1 sobre Camarões. O melhor do mundo ainda se tornou o maior artilheiro da história da sua seleção, com 49 gols.

Ressaca de Carnaval? Lionel Messi não esteve bem no empate por 0 a 0 da Argentina com a Romênia. E não só na bola. O craque passou mal e vomitou durante o embate.

Bélgica

2

2

C. Marfim

Grécia

0

2

Coreia do Sul

Montenegro

1

0

Gana

Bósnia

0

2

Egito

Portugal

5

1

Camarões

Honduras

2

1

Venezuela

México

0

0 Nigéria

A edição foi encerrada antes do jogo entre Costa Rica e Paraguai.

Romênia

0

0 Argentina

Argélia

2

0

Eslovênia

Estarão na Copa do Mundo Confira a lista completa das partidas no site do Metro Jornal: www.metrojornal.com.br


20140306_br_metro campinas  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you