Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

OS MISTÉRIOS DA VIDA EM VERSOS

RELIGIOSIDADE, COTIDIANO E MORTE ESTÃO EM NOVO LIVRO QUE ADÉLIA PRADO LANÇA HOJE EM BH PÁG. 13 BELO HORIZONTE Quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 sunny snow rain Edição nº 597, ano 3

partly sunny

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

MÍN: 20°C MÁX: 33°C hazy

showers

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh REPRODUÇÃO/TWITTER

Jovem foi resgatado por um comparsa no Santo Antônio

Onda de justiceiros chega à região Sul Reação. Vítima se revolta com ação de ladrão em BH, o amarra em poste e causa polêmica ao fazer justiça com as próprias mãos. Casos como esse já foram registrados em várias cidades e são temidos por especialistas PÁG. 04

Mensalão pode não ter crime de quadrilha Voto do ministro Teori Zavascki tende a ser favorável à absolvição dos réus para este tipo de crime PÁG. 06

Conheça as escolas de samba que irão fazer a festa de BH

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Fé até o fim!

Com simpatia e ousadia nos carros alegóricos, agremiações querem atrair multidão no Carnaval PÁG. 02

Atlético vira partida emocionante e segue 100% na Libertadores PÁG. 16 Jogadores alvinegros comemoram gol de Neto Berola na vitória alvinegra por 2 a 1 sobre o Santa Fé, pela segunda rodada

Região da Crimeia se transforma em barril de pólvora | CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS

No Sul da Ucrânia, território autônomo foi palco de grandes manifestações e confrontos PÁG. 09

w


1

|02|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

O desfile das escolas de samba de Belo Horizonte ganhou um astral renovado para a folia de 2014. Após anos, o samba voltará ao palco principal da capital: a avenida Afonso Pena. São esperadas 70 mil foliões na próxima terça-feira. FOTOS: EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

1

Acadêmicos de Venda Nova.

O Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova terá como título do enredo deste ano “Cinco sentidos numa mesma emoção”.

FOCO

2

Imperavi de Ouro.

1

Fundada em janeiro do ano passado, a escola pretende exaltar a força da mulher e promete alegria e descontração.

2

Carnaval e magia de volta à avenida

3

4

Assis do Couto

10 x 8

O deputado Assis do Couto (PT-PR) foi eleito ontem presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados. O petista venceu o deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) por 10 votos a 8. Ele irá substituir o deputado Marco Feliciano (PSC-SP)

Cotações Dólar + 0,46% (R$ 2,35) Bovespa - 0,25% (46.599 pts) Euro - 0,10% (R$ 3,20) Salário Selic (10,75% a.a.) mínimo (R$ 724)

5

3

Força Real.

Fundado em 2011, o Grêmio Recreativo Cultural Escola de Samba Força Real promete trazer o gostinho de junho com o enredo “De forró de Belô ao Arraial que me conquistou. Pula a fogueira iaia é nesta festa que eu vou”.

4

Estrela do Vale.

Da região do Barreiro, o Grêmio Recreativo Escola de Samba Estrela do Vale foi criado em 2009. A agremiação vai estrear na principal divisão de BH neste ano.

6

5

Cidade Jardim.

Criada em 1961, é a escola de samba mais tradicional da capital mineira e a mais vencedora, com 18 títulos. A agremiação do conjunto Santa Maria veste as cores vermelho, amarelo, preto e branco.

6

Canto da Alvorada.

Atual tricampeã, a escola veste as cores verde e branco e completa neste ano 35 anos de existência. O mascote é o galo.

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 031/3508.5720

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metro Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Juvercy Júnior (MTB: 12.331) Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


|04|

Análise

Atentado à convivência em sociedade As sociedades modernas delegam ao Estado o poder de mediar e intervir nos conflitos, dentro de parâmetros legais previamente estabelecidos. Para inibir a violência privada que destrói a possibilidade da convivência entre cidadãos, existem a lei e as instituições encarregadas de sua aplicação. Portanto, nenhum cidadão, em nenhuma circunstância, pode avocar para si o direito de fazer justiça com as próprias mãos. Quem se julga acima das instituições democráticas atenta contra as regras basilares da convivência social. Neste sentido, a sociedade deve repelir veementemente todo o sentimento de vingança que opera por detrás de atos brutais e insanos. E o Estado deve reagir contra a barbárie de qualquer natureza. É necessário que as instituições democráticas atuem firmemente. Para tanto, espera-se que o poder legalmente constituído processe a justiça de forma célere, eficiente e menos seletivamente, corroborando a diminuição da sensação de impunidade. ROBSON SÁVIO REIS

Coord. do Núcleo de Estudos Sociopolíticos da PUC Minas e membro do Fórum Brasileiro de Segurança e do Conselho Estadual de Direitos Humanos.

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Justiceiros reagem à violência na Zona Sul Santo Antônio. Após diversos episódios pelo país, onda de reação popular chega à cidade Depois de ganhar repercussão nas redes sociais e se alastrar por diversos Estados, o fenômeno dos “justiceiros” chegou a Belo Horizonte. No início da tarde de ontem, começou a circular pela internet a imagem de um adolescente amarrado a um poste no bairro Santo Antônio. A autora da fotografia feita com celular contou que estava indo almoçar quando se deparou com a cena na rua Marquês de Paranaguá. “O menino já estava preso, tinha muita gente na rua e uma mulher ligando para a polícia. Contaram que ele e mais um estavam quebrando os vidros dos carros, como é corriqueiro aqui na região. Daí conseguiram pegar um deles”, relatou a testemunha. Segundo ela, o suspeito ficou amarrado por cerca de meia hora até ser resgatado por um homem – possivelmente o comparsa – em uma moto. A 124ª Companhia da PM alegou que uma viatura foi enviada, mas o rapaz já tinha sido libertado. Por outro lado, a corporação informou que nenhuma vítima registrou ocorrência. O caso reflete a sensação de insegurança na região.

Jovem de 15 anos é agredido e preso nu a um poste. Dois dos “justiceiros” presos tinham passagem pela polícia. Caso ganha grande repercussão na mídia.

@jornal_metrobh @radiobandnewsbh Deixa ele aí queimando neste sol ao menos uns 30 dias. @Scadinhaa

5 de fevereiro

Bem feito. @Renato100caju

Rio de Janeiro

Se essa moda pega, já já não teremos ladrões nas ruas kkkkkk.

Jornal “Extra” divulga imagens da execução de um jovem de 20 anos acusado de praticar assaltos na Baixada Fluminense.

@altemararaujo

Olha só, isso é o Brasil da Copa. @flavianacostafa

21 de fevereiro

Isso não é vingança ou “justiça”. Amarrar um negro num poste é posicionamento político. #racismo

Teresina Vídeo é divulgado na web com imagens de um suspeito amarrado e atirado a um formigueiro no Piauí.

@galodoidumest

Quem tem que punir ele não são os justiceiros. Que façam justiça com quem realmente merece. @andres_knoll

“Menos de duas horas depois, um colega da empresa foi assaltado na mesma rua. Eu também já tive o carro arrombado duas vezes aqui. Colocamos até câmera de segurança, mas parece que não inibiu os bandidos”, disse. Desde que ganhou reper-

Farley Cardoso completou maioridade após o crime | FREDERICO HAIKAL/FOLHAPRESS

a polícia garante que eles admitiram a autoria do crime. No dia 7 deste mês, data na qual o estudante de engenharia foi morto, todos os três tinham menos de 18 anos. No entanto, um deles completou a maioridade no último dia 17. “Eu levei os meninos [outros dois comparsas] para assaltar um carro, mas não sabia que iam matar. Não era para matar o

Rio de Janeiro

Repercussão

Polícia apresenta outro trio Após apontar um trio como autor do chocante assassinato do jovem Matheus Salviano Botelho de Morais, 21 anos, de forma equivocada, a polícia apresentou outros três jovens ontem como os reais suspeitos do homicídio. Apesar de evitar falar sobre a falha da Polícia Militar, responsável pela informação precipitada, a Polícia Civil ressaltou que detém a responsabilidade pela investigação dos crimes. “A integração é importante, mas cada instituição na sua função. A Polícia Civil reafirma seu papel importante na sociedade de investigar os fatos criminosos buscando sobretudo a reprodução histórica daquilo que ficou evidenciado”, afirmou o superintendente de Investigação e Polícia Judiciária, Jefferson Botelho. Sobre os novos suspeitos,

31 de janeiro

cara, atira pro alto para assustar. Mas aconteceu, não posso ressuscitar o cara”, afirmou o suspeito, que será julgado como menor. Segundo as investigações da Polícia Civil, dois dos adolescentes abordaram Matheus no bairro Gutierrez. O jovem teria tentado se desvencilhar e os meninos atiraram nele. O estudante morreu em seguida. METRO BH

Jovem foi amarrado e resgatado por comparsa antes da chegada da PM | REPRODUÇÃO

cussão, o fenômeno já ocorreu no Rio de Janeiro, no Piauí, em Goiás, Santa Catarina, Pernambuco, Bahia e no Mato Grosso do Sul. Ontem, outro caso ganhou as manchetes no Rio, onde um menor foi amarrado e agredido após roubar um celular. Confins

Ônibus para o aeroporto é assaltado de novo O único ônibus que faz o transporte da capital ao Aeroporto Internacional Tancredo Neves, em Confins, foi alvo de assaltantes pela sétima vez em menos de dois meses. Para ser ter uma ideia, o veículo foi assaltado duas vezes durante todo o ano passado. O veículo da empresa Unir saiu do Terminal Rodoviário e foi invadido por três homens, um deles armado, quando passava pela rua das Gabirobas, que liga as avenidas Pedro I e Cristiano Machado, região Norte da capital. Foram levados cerca de R$ 3 mil em dinheiro, além pertences pessoais. METRO BH

A “justiça popular” é passível de pena de até um mês de detenção ou multa, além da punição correspondente à violência cometida. CRISTIANO MARTINS

22 de fevereiro

Goiás Em uma semana, três casos ocorridos no Estado caem na web. Entre eles, um rapaz de 16 anos agredido com barras de ferro.

COM BANDNEWS FM

Anel. Caminhão-tanque capota e trava trânsito No primeiro dia útil da semana sem a paralisação dos rodoviários, o belo-horizontino não conseguiu fugir dos congestionamentos. Um caminhão-tanque capotou por volta das 9h30 de ontem no Anel Rodoviário, entre os bairros Buritis e Betânia, e interditou a rodovia por aproximadamente duas horas.

O veículo, que seguia em direção ao Rio de Janeiro, levava 15 mil litros de combustível. Apesar de o caminhão ter tombado, o motorista saiu sem ferimentos. Ontem, motoristas e cobradores da Grande BH aceitaram 7,2% de aumento salarial e encerraram a greve. METRO BH

Rodovia ficou interditada por 2h | ANDRÉ FOSSATI/O TEMPO/FUTURA PRESS


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|05|◊◊

Dilma promete R$ 1,5 bilhão Marcando presença. Acompanhada do ex-ministro e pré-candidato Fernando Pimentel, presidente afaga prefeitos durante visita a Betim Em visita a Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, a presidente Dilma Rousseff se comprometeu ontem a efetuar, até abril, o repasse complementar de R$ 1,5 bilhão para diversas prefeituras de Minas Gerais e outros Estados. Ao todo, R$ 3 bilhões para investimento em áreas como segurança, saúde e educação haviam sido prometidos em 2012, e a outra metade do valor já foi repassada aos municípios. O anúncio foi realizado durante cerimônia de entrega de 226 veículos e máquinas agrícolas para diversas Análise

Viagens são estratégicas É a terceira vinda de Dilma a Minas neste ano. Pela estratégia do PT, a presidente deverá manter a média de uma visita por mês ao Estado em que nasceu. E não apenas porque ela nasceu aqui, mas porque Minas é um Estado estratégico para o seu projeto de reeleição. Segundo maior colégio eleitoral do país, com cerca de 15 milhões de eleitores, Dilma e o seu mais próximo concorrente, o senador Aécio Neves, disputarão esse mercado a voto a voto. Daí porque a presidente tem vindo tanto ao Estado e deverá vir muito mais. Essas visitas, no entanto, têm também outro objetivo: fortalecer a campanha do ex-ministro Fernando Pimentel ao governo do Estado. Tido como amigo dileto de Dilma, Pimentel terá a responsabilidade de levar o PT pela primeira vez ao Palácio da Liberdade, num Estado dominado pelo PSDB há quase 16 anos, e de onde sai agora o senador Aécio Neves como pretendente ao lugar que um dia seria ocupado pelo seu avô, Tancredo, não fosse a força do destino.

CARLOS LINDENBERG

Comentarista do Grupo Bandeirantes

209

prefeituras mineiras com menos de 50 mil habitantes serão contempladas com as máquinas e equipamentos entregues ontem pela presidente Dilma. prefeituras mineiras. Durante mais de uma hora, Dilma ficou em pé, entregando em mãos, a cada um dos prefeitos, as chaves de 64 motoniveladoras, 138 caminhões-caçamba e 24 caminhões-pipa. Curiosamente, a prefeitura de Betim não recebeu ne-

nhum equipamento. A escolha, porém, foi estratégica, uma vez que o município é um importante colégio eleitoral do Estado governado pelo PSDB, partido do senador mineiro Aécio Neves, principal adversário da petista na corrida presidencial. “Na minha juventude andei bastante por Betim. Participei de várias greves aqui. A vida é assim. Sou uma presidenta que já fez greve. E entendo quando as pessoas fazem greve”, disse, em resposta aos protestos realizados durante a cerimônia. METRO BH/COM BANDNEWS FM E TV BAND MINAS

Entre vaias e aplausos

1

1 E 3. WESLEY RODRIGUES/FUTURA PRESS. 2. ALBERTO WU/FUTURA PRESS

2

3

1- Em greve, agentes comunitários de saúde de Betim aproveitaram para protestar. Segundo eles, só R$ 718 dos R$ 1.050 mensais da União estariam sendo repassados à categoria. 2- Dilma estava acompanhada dos ministros do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, e da Agricultura, Antônio Andrade, além de Fernando Pimentel. 3- Militantes e apoiadores do PT também marcaram presença.


|06|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

STF deve extinguir o crime de quadrilha

Mensalão. Oito réus, entre os quais José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino, aguardam voto de Teori Zavascki, que tende a absolvê-los. Sessão teve bate-boca entre Joaquim Barbosa e Roberto Barroso, que criticou rigor das penas O STF (Supremo Tribunal Federal) deverá absolver hoje oito condenados no mensalão do crime de formação de quadrilha. O voto decisivo será do ministro Teori Zavascki, único que ainda não teve posição anunciada, mas tende a acatar a tese das defesas dos mensaleiros, que sustentam nos recursos a tese de coautoria de crimes, uma distinção jurídica que desmente a ação organizada para o cometimento de ilícitos -- mais grave. O julgamento será retomado hoje. A sessão de ontem foi suspensa com quatro votos favoráveis à absolvição e um contrário, exatamente do relator dos embargos infringentes, ministro Luiz Fux. “Não é crível aceitar que o uso de agências de publicidade e instituições financeiras, bem como a entrega de enormes quantias de dinheiro a parlamentares, represente algo desestruturado, efêmero”, declarou. Pela primeira vez julgando o caso, o ministro Roberto Barroso avaliou que as penas foram aplicadas de maneira inadequada, mas voltou a de-

Barroso fala em crime prescrito e irrita Barbosa

Teori não participou da primeira fase do julgamento | CARLOS HUMBERTO/STF

fender mudanças no sistema político. “Senão continuaremos a viver um abominável espetáculo de hipocrisia, em que todos apontam o dedo para todos, enquanto muitos tentam manter ocultos seus cadáveres”, declarou. Os ministros Carmem Lúcia, Ricardo Lewandowski e Dias Toffoli se anteciparam e mantiveram os votos favoráveis à absolvição. Além deles, Rosa Weber também é a favor, mas ainda não votou.

Beneficiados Confira os 8 condenados que entraram com recurso contra a condenação pelo crime, pois tiveram 4 votos favoráveis no julgamento: • Formação de quadrilha. Marcos Valério, José Dirceu, José Genoino, Delúbio Soares, Ramon Hollerbach, Cristiano Paz, Kátia Rabello e José Roberto Salgado.

METRO BRASÍLIA

Via correio, Itamaraty encaminha pedido de extradição de Pizzolato Tratado como prioridade pelo governo brasileiro, o pedido de extradição de Henrique Pizzolato foi encaminhado ontem pelo Itamaraty à embaixada do Brasil na Itália por meio de uma mala diplomática. Só após a chegada da documentação de 153 páginas será feita a abertura formal do processo junto ao Ministério da Justiça italiana. O governo reconhece a restrição da Constituição italiana, que proíbe que nacionais cumpram pena criminal em outros países, mas evoca tratados internacionais e considera a situação do ex-diretor do Banco do Brasil uma excepcionalidade. “É juridicamente viável a apresentação do requerimento de extradição à República Italiana, uma vez

Pizzolato vai aguardar a decisão preso na Itália | CAIO GUATELLI/FOLHAPRESS

que, além da base legal, há o notável fato de que a extradição desse cidadão ítalo-brasileiro far-se-ia para o Brasil, país do qual ele também é nacional, e não para uma nação estrangeira em relação a ele”, justificou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Pizzolato está preso no presídio de Sant’Anna, em Modena, desde 5 de fevereiro, após ser flagrado com documentos falsos. Ele foi condenado no Brasil a 12 anos de prisão. Não há prazo para que a Itália dê respostas sobre o pedido brasileiro. METRO BRASÍLIA

“O discurso jurídico não se confunde com o discurso político.Antes de ser exemplar e simbólica, a Justiça precisa ser justa.”

“Leniência é o que se está encaminhando. É discurso político e contribui para aquilo que se quer combater.”

ROBERTO BARROSO, MINISTRO DO STF

JOAQUIM BARBOSA, PRESIDENTE DO STF

Um bate-boca marcou a sessão de ontem do STF (Supremo Tribunal Federal). O ministro Roberto Barroso avaliou que, não fosse o rigor na aplicação das penas, o crime de formação de quadrilha já estaria prescrito. “São penas altas que levavam em conta o desvalor e as circunstâncias dos crimes, que no geral correspondem a uma ou mais condenações por homicídio”, afirmou. Relator da ação penal, o presidente da Corte, ministro Joaquim Barbosa, rebateu. “O tribunal não deliberou no vácuo, não exerceu

arbitrariedade. Os fatos são graves, gravíssimos”, afirmou. “Onde está escrito que o juiz tem que aplicar um aumento de 20%, 30% ou 40% numa pena? Sua posição é política, não técnica.” “O senhor pode ter a opinião que quiser”, refutou Barroso. Diante da discussão, o ministro Dias Toffoli inteveio. “Vossa Excelência não quer deixar o colega votar porque não concorda com Sua Excelência”, disse. Barbosa reagiu. “Não sejamos hipócritas.” Barroso então concluiu o voto acatando a tese de coautoria. METRO BRASÍLIA

Diretor de presídio sai após chegada de mensaleiros Um dia após o MP (Ministério Público) do Distrito Federal pedir o fim das regalias aos presos, o diretor do CPP (Centro de Progressão Penitenciária), Afonso Emílio Alvares Dourado, pediu demissão. O Diário Oficial da União revela apenas que a saída foi ‘a pedido’. O desgaste provocado por eventuais mudanças na rotina do local nos últimos meses teria motivado a decisão. No CPP, três condenados do mensalão cumprem pena no regime semiaberto: o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, o ex-tesoureiro do antigo PL Jacinto Lamas e o ex-deputado Carlos Rodrigues (PR-RJ). Há denúncias de que, desde a chegada dos mensaleiros, feijoadas tenham sido organizadas aos sábados.

Delúbio teria também direito a visitas fora de horário e até a um cardápio diferente dos demais presos. Os veículos das empresas para as quais os condenados foram contratados também teriam autorização para entrar no centro, para evitar o assédio da imprensa. No mês passado, o vice-diretor do CPP, Emerson Bernardes, foi exonerado após exigir que Delúbio retirasse a barba. O MP prepara nova inspeção na unidade e, caso as regalias não terminem irá exigir a transferência dos presos para um presídio federal. O ofício pedindo providências foi encaminhado anteontem ao governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz (PT). METRO BRASÍLIA

Justificativas

Borba depõe sobre fraude na pena alternativa ALAN MARQUES/FOLHAPRESS

Borba teve pena convertida em prestação de serviços

O ex-deputado José Borba terá cinco dias para justificar diferença de preços nos itens usados para pagar a pena alternativa no mensalão. Ele comprou 2,5 mil tijolos e 50 sacos de cimento por R$ 13, 6 mil. O MP (Ministério Público) do Distrito Federal encontrou os mesmos produtos pelo valor de R$ 3,6 mil. Borba também comprou 170 cestas básicas por R$ 80 cada, enquanto o mesmo item é encontrado a R$ 39 no mercado. A informação foi revelada ontem pelo ‘Correio Braziliense’ A defesa adiantou que que não havia material de construção suficiente na época da compra e foi preciso pagar um valor a mais pelos produtos. Disse ainda que foram adquiridas cestas de Natal, mais caras. Caso as suspeitas de irregularidades no cumprimento da pena do regime aberto se confirmem, Borba poderá ser preso. METRO BRASÍLIA Semiaberto

Empregado, Valdemar deixa a Papuda O ex-deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP) deixou ontem o presídio da Papuda depois de conseguir autorização para trabalhar. A VEP (Vara de Execuções Penais) não divulgou detalhes do contrato de trabalho. Condenado a 7 anos e 10 meses de prisão, no regime semiaberto, Valdemar foi transferido para o CPP (Centro de Progressão Penitenciária, onde será obrigado apenas a dormir. O ex-presidente do antigo PL terá o nome incluído na dívida ativa da União porque não pagou, dentro do prazo estipulado pela Justiça, a multa imposta pelo STF (Supremo Tribunal Federal), de R$ 1,6 milhão. Ele pedia o parcelamento em 24 meses. METRO BRASÍLIA


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

Ator preso. “Existem muitos outros Vinícius” Com o cabelo raspado, o rosto abatido e, segundo os amigos, mais magro, Vinícius Romão, de 26 anos, foi solto no início da tarde de ontem, depois de ficar 16 dias preso injustamente por um crime que não cometeu. Já em casa, no apartamento onde mora, no Méier, na zona norte, o ator e vendedor denunciou as condições precárias da Cadeia Pública Patrícia Acioli, em São Gonçalo, na região metropolitana, e taxou de desumanas as condições recebidas pelos detentos. Ele contou que dividiu a cela com outras 15 pessoas, acusados de tráfico de drogas e de agressão a mulheres. O ator criticou a palavra ressocialização, inscrição da Secretaria de Administração Penitenciária escrita no uniforme dos detentos: “Eu dormia no chão com papelão. A água cai quatro vezes por dia, quando nos davam oportunidade de tomar banho, por dez minutos. Eu bebia água nesses momentos. Não havia nada para fazer. Ficávamos

{BRASIL}

Câmara adia Caso Petrobras ‘Centrão’. Apesar de esforço de grupo de insatisfeitos, criação de comissão externa para ir à Holanda fica para depois do Carnaval

Vinícius deu entrevista coletiva | REPRODUÇÃO/BAND

apenas pronunciando a palavra de Deus. Não vejo como as pessoas podem sair de lá melhores do que entraram”, avaliou. Vinícius foi recebido com muito carinho. Cartazes com mensagens de apoio estavam pendurados nas janelas dos vizinhos. Ele se emocionou ao falar do apoio que recebeu: “Existem muitos outros Vinícius lá dentro...”, afirmou. Com a voz embargada, apontou para os amigos e emendou: “Eles que sabem. Eles que lutaram por mim aqui fora”, disse. METRO RIO COM BAND

O primeiro ato do chamado ‘Centrão’, bloco formado por 240 deputados de oito partidos que estão insatisfeitos com o governo, fracassou. A Câmara adiou para 11 de março a votação do requerimento que pede a criação de uma comissão externa para ir até a Holanda para acompanhar as investigações da denúncia de pagamento de propina a funcionários da Petrobras pela offshore SBM. O painel de votações ficou aberto por três horas, mas apenas 255 deputados registraram presença -- apenas dois a menos do que o número mínimo suficiente. A manobra de esvaziamento foi patrocinada pelo PT e pela liderança do governo.

|07|◊◊

Supersalários

Senado é proibido de pagar em juízo O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello proibiu ontem que o Senado pague em juízo o valor excedente dos salários dos servidores que recebem acima de R$ 29,4 mil. A decisão contraria avaliação da Mesa Diretora da Casa, que não pagou os chamados supersalários de fevereiro alegando aguardar decisão definitiva da Corte. A Câmara pagou os valores acima do teto normalmente. METRO

Reeleição

Candidato deve se licenciar, prevê PEC Falta de quórum derrubou a sessão | GABRIELA KOROSSY/AGÊNCIA CÂMARA

“A Petrobras já abriu sindicância. Não me parece eficiente que deputados brasileiros apurem esse caso na Holanda”, argumentou o líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP). Embora a votação tenha ficado para depois do Carnaval, os deputados deixaram

claro que a disposição de independência será mantida. “A vida não acaba hoje, e o PMDB não votará nenhuma matéria sem que esse requerimento seja analisado previamente”, afirmou o líder do partido na Câmara, deputado Eduardo Cunha (RJ). METRO BRASÍLIA

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado aprovou ontem, em votação simbólica, PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que obriga presidente da República, prefeitos e governadores a se licenciar dos cargos caso sejam candidatos à reeleição. METRO


|08|

ENTENDA O CASO O QUE OS POUPADORES PEDEM NA JUSTIÇA O ressarcimento das perdas provocadas nas aplicações por planos econômicos implantados pelo governo entre 1987 e 1991 para combater a inflação

PLANO

Quem teria direito

BRESSER (1987)

VERÃO COLLOR 1 COLLOR 2 (1989)

(1990)

(1991)

Poupança com Poupança com Poupança com Poupança com aniversário aniversário aniversário aniversário de 1º a de 1º a de 1º a de 1º a 15/4/1990 15/1/1991 15/6/1987 15/1/1989

(há outras datas)

Prazo para a ação

31/3/2007

31/11/2008

31/3/2010

31/1/2011

Poupança. STJ adia decisão sobre incidência de juros O STJ (Superior Tribunal de Justiça) adiou para 12 de março o julgamento do recurso que definirá o cálculo dos juros de mora que poderão ser pagos pelas perdas da poupança na implantação dos planos econômicos dos anos 1980 e 1990, em caso de decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) a favor dos investidores. O julgamento estava previsto para ontem, mas o relator do caso, ministro Sidnei Beneti, pediu mais tempo para estudar o assunto. O Banco Central e a Febraban (Federação Brasileira de Bancos) defendem que, no caso das ações civis públicas, os juros de mora devem começar a ser contados quando o poupador entrar com sua execução indi-

vidual. Para o Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), um dos autores das ações civis públicas, eles devem ser computados a partir da citação do réu na ação judicial na fase de conhecimento. Nas contas da consultoria LCA, contratada pela Febraban, a decisão do STJ pode reduzir a potencial conta das instituições de R$ 341,5 bilhões para R$ 128 bilhões. O valor pode cair ainda mais, para R$ 23 bilhões, se a Justiça também aceitar o pedido de que as ações coletivas valham apenas para os poupadores do local onde foram julgadas, e não para todo o país. Essa discussão depende do julgamento de um segundo caso que também está no STJ. METRO

FGTS. Trâmite de ações por correção maior é suspenso O ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça) Benedito Gonçalves suspendeu ontem o trâmite de todas as ações relativas à correção de saldos do FGTS por outros índices que não a TR (Taxa Referencial). A decisão alcança ações coletivas e individuais em todas as instâncias da Justiça Federal e da Justiça dos Estados, inclusive juizados especiais e turmas recursais. A Caixa Econômica Federal, que pediu a suspensão, estima serem mais de 50 mil ações sobre o tema em trâmite no Brasil. Dessas, quase 23 mil já tiveram sentença, sendo 22.697 favoráveis à CEF e 57 desfavoráveis. Ainda haveria em trâmite 180 ações coletivas, movidas por sindicatos, e uma ação civil

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

50 mil

ações pedem a correção do FGTS por outros índices que não a TR, segundo estimativa da Caixa pública, movida pela Defensoria Pública da União. O saldo do FGTS é atualizado todo dia 10 de cada mês, respeitando a fórmula de 3% ao ano mais Taxa Referencial. Só neste ano, R$ 6,8 bilhões deixaram de entrar no bolso dos trabalhadores até fevereiro pelo descolamento entre o atual modelo de reajuste e os índices de preços, segundo o Instituto FGTS Fácil. Em 2013, a cifra chegou a R$ 27 bilhões. METRO

BC reduz ritmo de alta da Selic

Fundos de renda fixa ficam mais 10,75 atrativos

Política monetária. Taxa de juros foi elevada ontem de 10,50% para 10,75% ao ano. Decisão foi unânime e já era esperada pelo mercado Diante dos sinais de desaceleração no nível de atividade da economia brasileira no fim do ano passado, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central reduziu ontem o ritmo de alta da taxa básica da economia brasileira. A taxa básica de juros da economia foi elevada em 0,25 ponto percentual, para 10,75% ao ano. Nos encontros anteriores do Copom, os juros haviam avançado 0,5 ponto percentual por seis vezes seguidas. A decisão de ontem, que representou a oitava alta seguida na taxa Selic, confirmou a expectativa da maior parte dos economistas do mercado. A nova elevação também leva a Selic ao maior patamar desde o fim de 2011. “Dando prosseguimento ao processo de ajuste da taxa básica de juros, iniciado na reunião de abril de 2013, o Copom decidiu, por unanimidade, elevar a taxa Selic em 0,25 p.p., para 10,75% a.a., sem viés”, diz o comunicado do Copom. A redução do aperto monetário reflete a percepção

EVOLUÇÃO

Selic ao ano, em % 10,5 9 7,5

7,25 7,25 7,5

8,5

8

16/JAN 06/MAR 17/ABR 29/MAI

10/JUL

9,5

9

10

10,50

28/AGO 09/OUT 27/NOV 15/JAN ONTEM

2013

2014

FUNDOS X POUPANÇA

Rendimento mensal líquido

POUPANÇA 0,55% AO MÊS OU 6,17% AO ANO + TR

TAXA DE ADMINISTRAÇÃO AO ANO PRAZO DE RESGATE            0,5%   1%    1,5% 2% ATÉ 6 MESES                   ENTRE 6 MESES E 1 ANO      ENTRE 1 ANO E 2 ANOS         ACIMA DE 2 ANOS               

  2,5%

3%

0,49%    0,45% 0,63% 0,59%       0,56%   0,52%      0,65% 0,62%     0,58%   0,54%      0,51%   0,47% 0,67% 0,64% 0,60%   0,57%      0,53%   0,49% 0,70%    0,66%       0,62%    0,59%      0,55%    0,52%

Fundo é melhor investimento

Poupança é melhor investimento

FONTE: ANEFAC E BANCO CENTRAL

da autoridade monetária de uma inflação ainda resistente, mas com sinais de desaceleração da atividade econômica, na avaliação de economistas. O resultado do PIB (Produto Interno Bruto) do quarto trimestre será divulgado

hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). As projeções dos analistas do mercado financeiro vão de queda de 0,2% na atividade econômica a 0,5% frente ao trimestre anterior. METRO

Petrobras vê fim de importação de derivados de petróleo em 2020 A Petrobras prevê o fim da importação de derivados de petróleo pelo Brasil em 2020. Segundo a presidente da estatal, Graça Foster, o país vai alcançar a autossuficiência em volume de petróleo produzido em 2015. Já a autossuficiência em derivados, com processamento totalmente adequado para atender demanda total, está prevista para 2020. O Brasil atingiu a autossuficiência em 2006, mas perdeu o posto em 2010, com o aumento das importações por conta da alta da demanda. As importações, a preços mais altos que os de venda no mercado interno, têm reduzido as margens de lucro da companhia. “O mercado de derivados no Brasil foi o que mais cres-

Graça Foster: equiparação de preços só em 2015 | WILSON DIAS/ABR

ceu no mundo”, disse a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, em conferência com investidores. O Brasil deverá processar 3 milhões de barris por dia em 2020, contra cerca de 2 milhões de barris em 2013. A Petrobras registrou lucro líquido de R$ 6,281 bi-

lhões no quarto trimestre de 2013, beneficiada pelo reajuste dos combustíveis. A divisão de Abastecimento continua, no entanto, apresentando prejuízo, uma vez que segue vendendo combustíveis no mercado interno a preços menores do que os de compra no exterior, segundo a “Reuters”. Segundo Graça Foster, o preço da gasolina só será equiparado ao do mercado externo em 2015. A executiva diz que o endividamento precisa ser controlado, o que levará dois anos para acontecer. “2014 é um ano dado, um ano posto, com investimentos já previstos”, afirmou. A estatal prevê investimentos de R$ 94,6 bilhões em 2014, queda de 9% em relação ao ano passado. METRO

Com o aumento da Selic, os fundos de renda fixa ganham mais atratividade e levam vantagem sobre a poupança na maioria das situações, segundo estudo realizado pela Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade). O rendimento da poupança perde, independentemente do prazo de resgate, para os fundos de renda fixa com taxas de administração entre 0,50% e 1,50% ao ano. Sobre aplicações com taxa 2%, a caderneta é mais vantajosa para prazos até 12 meses. A poupança vai continuar se destacando frente aos fundos com taxas superiores a 2% ao ano pelo fato não pagar imposto de renda nem taxas de administração. “Este fato deverá provocar reduções nos custos das taxas de administração para os bancos não perderem clientes”, diz o diretor executivo da entidade responsável pelo estudo, Miguel José Ribeiro de Oliveira. METRO

Bolsa

Ações atingem menor valor desde 2005 Mesmo com lucro acima das projeções, a Petrobras registrou queda em seus papéis, que atingiram níveis de 2005 e pressionaram a Bolsa para baixo mais uma vez. O Ibovespa encerrou ontem a sessão em baixa de 0,25%, aos 46.599,21 pontos. As preferenciais da petroleira (PETR4), que dão prioridade na distribuição de dividendos, caíram 3,53%, a R$ 13,68; é o menor valor de fechamento desde novembro de 2005. As ordinárias da estatal (PETR3), que dão direito a voto, perderam 2,86%, a R$ 12,90. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|09|◊◊

Correa anuncia reforma O presidente de Equador, Rafael Correa, anunciou que pedirá a renúncia de todo o ministério e que vai reestruturar seu grupo político, depois de ter perdido as três maiores prefeituras do país nas eleições do fim de semana. A oposição conquistou as prefeituras da capital Quito e da cidade industrial de Cuenca, além de ter mantido o controle da capital econômi-

Manifestantes se enfrentam em frente ao Parlamento da Crimeia, na capital Simferopol | BAZ RATNER/REUTERS

Crimeia se torna barril de pólvora Choques. Região autônoma, no sul da Ucrânia, foi palco de manifestações e confrontos violentos entre partidários da influência russa e das novas autoridades do governo O corpo de um homem foi encontrado perto do Parlamento da Crimeia, no sul da Ucrânia, onde houve choques entre manifestantes pró-russos e partidários das novas autoridades ucranianas. Segundo as primeiras informações, ele morreu de crise cardíaca. Mas esta morte colocou ainda mais lenha na fogueira. Confrontos foram registrados ontem em Simferopol, a capital da República Autônoma da Crimeia. Mais de 5 mil pessoas se reuniram em frente ao Parlamento, pró-russos de um lado, tártaros pró-europeus do outro. Estes últimos constituem 12% dos 2 milhões de habitantes da península, para onde retornaram em 1991, após terem

Bielorrússia Polônia

Rússia

Kiev

sido deportados para a Sibéria por Stálin. Membros de uma comunidade local de tradição muçulmana, os tártaros, carregavam bandeiras ucranianas e gritavam “Ucrânia, Ucrânia!”, enquanto os habitantes de língua russa exibiam bandeiras da Rússia e da Crimeia e gritavam “Rússia, Rússia!”. Houve algumas brigas, mas os manifestantes foram contidos pela polícia. Os pró-russos reclamam a realização de um referendo sobre o status da Crimeia, em meio às tensões separatistas que aumentaram com a destituição do presidente Viktor Yanukovitch. Eles querem ver a Crimeia independente do resto da Ucrânia. Uma hipótese

ÁREA DO CONFLITO

Nome oficial Línguas oficiais Área População

rejeitada pelo presidente do Parlamento local. A Crimeia, que fez parte da Rússia soviética, foi adicionada à Ucrânia em 1954, mas continuou a abrigar a frota russa no Mar Negro. Por isso, é uma região altamente estratégica para Moscou. O ministro russo da Defesa anunciou ontem o reforço da proteção da frota russa do Mar Negro, que tem sua base no porto de Sebastopol, na Crimeia. As tropas foram “colocadas sob alerta”. A operação deve durar até 3 de março e mobilizar 150 mil homens. MILTON BLAY

Correspondente das Rádios Bandeirantes e BandNews FM em Paris, na França

República Autônoma da Crimeia Ucraniano, russo, tártaro da Crimeia 26.081 km² cerca de 2 milhões de habitantes

UCRÂNIA

Eslováquia

Moldávia Romênia Bulgária

Mar de Azov

PENÍNSUL A DA CRIMEIA

Mar Negro

Kerch

Mar Negro

Simferopol Turquia

Sebastopol

Mar Mediterrâneo

Teodósia

(capital regional)

Ialta

Mar Negro

A Crimeia, que fez parte da Rússia soviética, foi adicionada à Ucrânia em 1954. Proclamou sua independência em 5 de Maio de 1992, mas concordou mais tarde permanecer parte do país como uma república autônoma. A cidade de Sebastopol está situada dentro da República, mas tem um status municipal especial no país por abrigar a frota russa no Mar Negro

ca e cidade portuária Guayaquil, impondo uma derrota ao governo. O resultado das eleições levou Correa a reconhecer os erros cometidos na campanha e na gestão de seu partido. Segundo o presidente, o partido caiu na intolerância, e por isso anunciou algumas mudanças. “Vai haver uma crise de gabinete”, disse o presiden-

te a jornalistas em Guayaquil na terça-feira, acrescentando que a medida já estava sendo analisada antes das eleições. “O problema não é o governo, conseguimos ganhar muito mais praças. Mas é a estrutura, é o Alianza País, não é o governo. Em todo caso, acreditamos que é necessária uma oxigenação”, completou ele. METRO

Tesouro. Casal desenterra moedas de ouro raras No ano passado, latas com moedas que datam da época da corrida do ouro nos Estados Unidos foram descobertas na Califórnia por um casal, enquanto caminhava com seu cão. Segundo a empresa que representa os dois, pode ser o maior tesouro enterrado já encontrado no país, no valor de mais de US$ 10 milhões. As peças de ouro, datadas de meados do século 19

e em ótimas condições, foram descobertas em oito latas de metal em decomposição em abril passado, disse o especialista em numismática David McCarthy. “Já vimos naufrágios em que milhares de moedas de ouro foram encontradas, mas um tesouro enterrado desse tipo é inédito”, disse McCarthy. “Eu nunca vi esse valor de face e nem moedas nessas condições.” METRO

Uma das latas encontradas pelo casal e uma das moedas | DIVULGAÇÃO/KRING


+

|10|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{DUAS RODAS}

F4 RR. Superesportiva altamente potente passa a ser montada no país e, mesmo mantendo características da última versão, tem queda de 27% no preço final

FOTOS: DIVULGAÇÃO

MOTOR

Moto traz controle de tração em oito níveis

21.400

reais foi o valor real de queda no preço da F4 RR depois da nacionalização da montagem

MV Agusta

‘abrasileirada’ Novo spoiler dianteiro integrado

Buscando competitividade no Brasil, a MV Agusta, tradicional montadora de motocicletas italiana, que por aqui é operada pela Dafra, nacionalizou a F4 RR, objetivando a redução no preço final da moto e, sucessivamente, um crescimento nas vendas – ainda irrisórias se comparadas com marcas consolidadas no país. Considerada um dos carros-chefes da empresa no mundo, a motocicleta, que era vendida por R$ 114 mil, agora, sairá das concessionárias por R$ 89.900 – queda de 27% –, mantendo as características potentes que a colocam em um patamar requintado no mercado. De acordo com a Dafra, nesta semana teve início o processo de nacionalização da F4 RR. Com isso, as peças da superesportiva seguem sendo trazidas da Itália, mas, agora, são montadas em Manaus, no Amazonas. “Na nova versão que passa a ser produzida no Brasil, o modelo apresenta as mais avançadas soluções de engenharia, reforçadas por uma série de elementos tecnológicos para oferecer controle total da motocicleta e máximo desempenho”, ressalta Sérgio Dias, diretor comercial da Dafra, que garante que as primeiras unidades da F4 RR chegarão às concessionárias ainda no fim de fevereiro. A redução de R$ 21.400 no preço final da superesportiUso de alta tecnologia

Sistema de acelerador Ride by Wire

va deve-se, sim, ser ressaltada. Afinal, as características falam por si só: motor ultrapotente de 998 cc de quatro cilindros – algo que gera incríveis 201 cv de potência a 13.600 rpm – , com torque máximo de 11,6 kgfm de torque a 9.600 rpm. Aliás, segundo a montadora, a F4 RR é uma das únicas motocicletas do mundo a ultrapassar a barreira dos 200 cv de potência. “A F4 RR continua a representar um importante papel na história do motociclismo de alta performance, reunindo emoção, desempenho e velocidade num design inigualável e inconfundível.” Disponível nas cores vermelha/branca e branca perolada/preta, a F4 RR ainda conta com freios ABS, atualização do controle de tração com oito níveis de regulagem e sensores nas rodas dianteira e traseira, sensor de inércia, novas rodas forjadas e novo spoiler dianteiro integrado. A nacionalização da F4 RR marca o início de uma série de lançamentos da montadora que serão montadas no Brasil neste ano. “Este é o produto que abre uma série de lançamentos da MV Agusta no mercado nacional. A partir de abril teremos a Brutale 800, em maio a F3 800 e em julho a Rivale 800. Todos com muitas novidades em design, atributos e pacotes tecnológicos muito interessantes para cada segmento”, finaliza Dias. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MANUTENÇÃO}

Filtros pedem atenção

Revisão. Motoristas deixam de lado análises dos filtros de combustível, ar, óleo e cabine e podem ter problemas na estrada A cada feriado que se aproxima a atitude se repete. Quem pode corre para cuidar de todos os preparativos para cair na estrada. E mais do que preparar a bagagem, checar o carro é fundamental. Mas além das conferências padrão, que incluem pneus, palhetas e faróis é muito importante também ficar atento aos filtros do veículo. A dica vale tanto para quem está pensando em manter a manutenção correta do carro, como para quem quer comprar um carro usado. Para ajudar o motorista, ouvimos o que os especialistas dizem sobre o assunto. O ideal é começar pelo filtro de combustível, alerta André Gonçalves, consultor técnico da Mann-Filter. Segundo ele, se o produto estiver saturado pode causar entupimento dos bicos injetores e até a queima da bomba de combustível. No mínimo, pode levar a perda de potência do veículo, fazendo com que o motor puxe mais ar que combustível, resultando num maior consumo. “O combustível no Brasil é muito adulterado e isso é um problema. Muitas vezes, além de ser misturado com água, o combustível vem com sujeira”, analisa Flávio Fujie, proprietário da mecânica Fujie Car. A manutenção deste item custa, em média, R$ 20 por troca. O filtro de óleo, por sua vez, quando utilizado além do período indicado (10 mil km), permite a passagem de impurezas. Assim, o óleo sujo utilizado além da quilometragem causa borra no motor e pode até fundi-lo. Além disso, o filtro saturado reduz a durabilidade do óleo novo no motor. O custo médio desta manutenção é de R$ 30. Por fim, o filtro de ca-

MANTENHA TUDO EM DIA COMBUSTÍVEL Vida útil: 10 mil km Preço médio: R$ 20 Problemas: Entupimento dos bicos injetores; queima da bomba; perda da potência e gasto excessivo de combustível

AR Vida útil: 10 mil km Preço médio: R$ 40 Problemas: Falta de retenção de partículas e permissão de entrada de ar sujo na câmara de combustão

ÓLEO Vida útil: 10 mil km Preço médio: R$ 30 Problemas: A saturação de óleo sujo gera impurezas e borra no motor, que podem levá-lo a se fundir

CABINE Vida útil: seis meses Preço médio: R$ 40 Problemas: Mau cheiro no interior do carro; perda de eficiência do ar-condicionado; e proliferação de fungos e ácaros bine é outro item de suma portância já que, em más condições de uso, desencadeia mau cheiro no interior de veículo, perda de eficiência do ar-condicionado e proliferação de ácaros e fungos. METRO

|11|◊◊

Manutenção deve ser períodica FOTO: DIVULGAÇÃO


2 CULTURA

Luto

Adeus, Arnesto

Ernesto Paulelli (foto), o homem que inspirou Adoniran Barbosa na composição de “Samba do Arnesto”, morreu ontem, aos 99 anos, de causas naturais, em São Paulo.

|12|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Piadas em família TV. Sucesso nos EUA, série faz graça com pais que se mudam para casa dos filhos após divórcio Não é nada raro ver filhos serem abrigados pelos pais após o fim de um casamento. O inverso, por sua vez, tem um quê de excepcional. O potencial cômico da situação inspirou o produtor Greg García a criar “Os Millers”, que acaba de estrear no canal pago TBS. Na série de humor, Will Arnet (de “Arrested Development”) vive Nathan Miller, um repórter recém-divorciado que começa a retomar à vida de solteiro. Quando comunica a separação aos pais, Tom (Beau Bridges) e Carol (Margo Martindale), acaba por instigá-los a também fazerem o mesmo. Não bastasse a surpresa da notícia, Tom decide se mudar para a casa da irmã de Nathan, enquanto o repórter se vê obrigado a abrigar a mãe. Boa parte das piadas se

Paco durante show em Madri, em 2010 | CARLOS ALVAREZ/GETTY IMAGES

Violonista. Paco de Lucía morre aos 66

Beau Bridges (esq.), Will Arnet e Margo Martindale vivem o trio protagonista de ‘Os Millers’ | DIVULGAÇÃO

sustenta no conflito de gerações e em personagens caricaturais, como a mãe desbocada e o pai bobão. Exibida nos Estados Unidos pela CBS na se-

quência do sucesso “The Big Bang Theory”, “Os Millers” obteve uma das maiores audiências entre as novas séries do outono americano, com 13,5 mi-

lhões de espectadores só para o episódio piloto. Os bons resultados credenciaram a sitcom a ter uma temporada inteira de 22 episódios. METRO

Morreu na manhã de ontem o violonista espanhol Paco de Lucía, vítima de um ataque cardíaco. Paco passava férias em sua casa em Cancún, no México, e morreu brincando com seus filhos, “ao lado do mar”, de acordo com comunicado divulgado pela família. O artista espanhol foi um dos principais nomes da música flamenca e revolucionou o estilo entre as décadas de 60 e 70, misturando ritmos do tradicional gênero espanhol com o jazz, blues, salsa, pop e até a bossa nova. Uma de suas gravações é a versão para “Oceano”, de Djavan. METRO


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊

ISADORA FARIA/FÓRUM DAS LETRAS DE OURO PRETO – 2013

Mostra. Mineiro retorna de Aproximação. Quarteirão do Paris com elogios e convites Soul inaugura

projeto no MMM

Sternick e a marchand Carmen Pousada na exposição francesa | DIVULGAÇÃO

ADÉLIA PRADO Poetisa bate papo com o público e declama os poemas inéditos de seu mais novo livro, ‘Miserere’, hoje à noite pelo ‘Sempre Um Papo’

‘A POESIA É SERVA DA ESPERANÇA’ Após três anos de silêncio literário, a mineira Adélia Prado, 78, está de volta às prateleiras com “Miserere”, conjunto de 38 poemas que abordam temas como religiosidade, a busca pelo divino, a efemeridade da vida e a fé na esperança. O livro já está à venda desde dezembro. Hoje à noite, Adélia declama textos de sua autoria e bate papo com o público na abertura da temporada 2014 do “Sempre Um Papo” – será às 19h30 no Teatro Sesiminas (r. Padre Marinho, 60 – Santa Efigênia), com entrada gratuita. Os poemas versam sobre a finitude da vida, a transcendência da alma, a busca pelo divino. O que te motivou a escrever esse novo livro? A motivação é a mesma desde “Bagagem” (livro de estreia, de 1975): a vida. Cotidiano, rotina, mistério, sofrimento, enfim, esse fenômeno inacreditável que chamamos de vida humana. É isso que me motiva sempre: as nossas vontades, frustrações, o desejo de vida eterna e, ao mesmo tempo, lidando com o fato de sermos mortais, de adoecermos, envelhecermos. “Miserere” foi título de um dos poemas de “Terra de Santa Cruz” (1981). Agora, batiza uma seleção inteira de textos. É uma súplica? “Miserere” (da expressão latina “Miserere Nobis”, traduzida “Tende Piedade de Nós”) é quando você se sente agudamente uma criatura sem ne-

“MISERERE” ADÉLIA PRADO RECORD, 96 PÁGS. R$ 25

“A alma se desespera, mas o corpo é humilde; ainda que demore, mesmo que não coma, dorme” TRECHO DO POEMA ‘HUMANO’

nhum poder, falível, mortal, pecadora e sente a profunda necessidade de se dirigir a alguém maior que você não pecador, infalível, imortal, poderoso, misericordioso. Alguém para quem você pode gritar: “Miserere Nobis”. Naquela época, a senhora tinha visões e reflexões sobre a vida que, anos mais tarde, foram se cristalizando? Quando escrevi “Bagagem”, eu tinha só 40 anos. Hoje, tudo aquilo que eu chamava de morte, sofrimento e velhice está mais próximo. O adolescente é imortal, tem a perene juventude, nada vai acontecer com ele. À medida que você vai vivendo, as realidades são diferentes. Não só a velhice e a morte, mas os problemas do país, as dificuldades enfrentadas com sua consciência, intimidade, com aqueles que você ama. Isso tudo tem uma crueza. A vida inteira eu pensei na morte. Mas agora é um pensar diferente. Morrer é de verdade, não só metáfora. Todo mun-

do está achando que meu livro é mais melancólico e triste. E, de fato, isso é verdade. A poesia seria uma forma encontrada pela senhora de se ligar com o divino? A religiosidade está presente desde meu primeiro livro. O sofrimento e a alegria continuam os mesmos, mas é uma poesia feita de uma experiência mais próxima da realidade. Apesar disso tudo, o livro está cheio de esperança. A poesia é serva da esperança, ela pousa na alegria e na dor, é um fenômeno divino e transcendental. Alguns autores dizem que poesia não vende, não atrai público. Será que a poesia ainda encontra seu lugar em um mundo tão cibernético, conectado e apressado? Mesmo que os jovens não estejam atentos, eles estão famintos. O computador que os distrai da vida é sinal de um buraco muito profundo que está sendo preenchido com essas atividades. A poesia é um alimento espiritual que precisa chegar a todos. A primeira responsável é a escola, nossa educação de baixíssima qualidade considera a literatura como matéria de vestibular. No dia que as artes forem consideradas essenciais, estaremos abrindo uma fenda para essa fome, que não é só da juventude, é de todos. GUSTAVO CUNHA METRO BELO HORIZONTE

O artista plástico, produtor e curador Luiz Sternick retornou de sua viagem a Paris com novos projetos em vista. Ele foi o único convidado mineiro a mostrar seu trabalho em um dos maiores salões de arte do mundo, o Société Nationale dês Beaux-Arts (SNBA), no Carroussel Du Louvre. Sternick expôs doze telas da sua recente exposição “Eu e o Mundo, o Mundo e Eu”, que já havia sido apresentada no Museu Inimá de Paula, no Centro da capital. Na mostra,

ele revela sua visão de mundo a partir da vivência e do contato com diferentes culturas. Além de elogios, Sternick voltou com novas propostas na bagagem. O artista foi convidado a participar do Gran Pallais em Paris e a voltar a expor suas esculturas no Louvre, além de galerias de Nova York, Berlim e Lisboa. Sternick atua nas artes plásticas há três décadas, tendo produzido mais de 100 exposições para artistas mineiros. METRO BH

O Museu das Minas e do Metal (Praça da Liberdade) estreia nesta noite um projeto que aproxima público e artistas por meio de shows e bate-papo com convidados. É o “Gente Daqui”, encontro mensal que nesta edição recebe o pessoal do Quarteirão do Soul. Formado por DJs e dançarinos, o grupo ficou conhecido por transformar o centro da capital em espaço de difusão da música. O trabalho começou há dez anos, resgatando os famosos bailes black que fizeram sucesso na cidade nos anos 1970 e depois caíram no esquecimento. A apresentação será às 19h30 com entrada gratuita. METRO BH

Grupo está comemorando dez anos | WALTER SILVA/DIVULGAÇÃO


|14|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

O rastro da Medusa no Belvedere

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

COMPRA PARCELADA: GANHO FINANCEIRO VALE A PENA?

Cruzadas

Comércio. Imagine um lojista que comercializa smartphones de um determinado modelo. Sua loja pagou ao fabricante R$ 500,00 por cada aparelho. Fazendo os cálculos na ponta do lápis, o lojista chega à conclusão de que, se vender por R$ 700,00 (com R$ 200,00 de margem sobre o custo da mercadoria), conseguirá ajudar a pagar seus custos de operação (que cabe àquele item bancar), e ainda obterá o lucro desejado (para aquela peça). Daí, então, ele anuncia o smartphone por R$ 700,00 à vista, certo? Errado. “Sem juros”. O lojista sabe que bem pouca gente tem R$ 700,00 prontos. Nem tanto porque o brasileiro ganhe pouco (até poderia ganhar mais) mas principalmente porque não tem cultura de poupança, e daí nunca tem dinheiro maior pronto para nada. Se pedir R$ 700,00 na lata por cada aparelho, ficará com estoque encalhado. Então ele anuncia o tal celular por 12 parcelas “sem juros” de R$ 69,90. Para que desembolsar R$ 700,00 se você pode pagar uma parcelinha de 10% deste valor?! Vendido! Ofertando este plano de parcelamento “sem juros”, o lojista acabará “rasgando de vender” o tal smartphone, pois viabilizou a venda tanto àqueles que não tinham o dinheiro pronto (nove a cada 10 potenciais compradores), como àquele (uma a cada 10) que tem a grana toda mas não tem “coragem” de torrar sete notinhas de cem num mero celular. De quebra, ampliou seu lucro: agora vai apurar R$ 838,80 no total, R$ 138,80 ou 20% a mais. Parte irá para o banco, mas outra ficará na loja, mesmo. Vantagem! Logo que surgiram os parcelamentos – em três, em seis, em 10 e mais recentemente em 12 vezes “sem juros” – ainda havia a pecha de que parcelar era coisa de pobre. Para evitar o preconceito do consumidor, nada como “racionalizar a vergonha”. Surgiu assim o argumento de que “ao parcelar, você manterá o dinheiro aplicado, e ele ficará rendendo juros, dando a você uma boa vantagem financeira!”.!

Reza a lenda que os cabelos da Deusa Medusa eram feitos de cobras. Há tantas cobras que nem a mitologia grega explicaria como os cabelos da Deusa foram parar no Belvedere. A invasão de animais peçonhentos num dos bairros mais nobres de BH é uma realidade. As cobras estão em busca de alimentos como ratos, pombos, aves ou quaisquer outros pedaços de carne que lhes apeteça no momento. Com isso, gatos, cachorros e periquitos já fazem parte do novo cardápio para os rastejantes. O fenômeno da invasão aos lares não é desconhecido dos moradores e muito menos do poder público que, por força de interesses comerciais, não divulga, mas também não resolve o problema. Já experimentaram ligar para o 156 e dizer que há incidência de cobra em sua casa? Não assustem se não receberam perguntas do tipo: alguém se machucou ou foi picado? Seis em cada dez perguntas do atendente serão sobre a segurança e a saúde – do animal, é claro. A morosidade e ineficiência demonstram um descaso com a vida das pessoas. O único equipamento de saúde habilitado para socorrer vítimas é o Hospital João XXIII, localizado a 13 km, em média 20 minutos do Belvedere, se o caótico trânsito da capital estiver menos intenso. E se alguém desejar adquirir o soro como medida preventiva é impossível. Em mais de dois anos de lutas e gritos de socorro, aos moradores restam apenas dois caminhos: contar com a sorte ou ajudar a Deusa Medusa a realizar um novo implante capilar. WAGNER EUSTÁQUIO – BELO HORIZONTE/MG

Metro Pergunta

Sudoku

Estradas mineiras terão menos policiais e bafômetros Siga o Metro no Twitter: no Carnaval. Você aprova a @jornal_metrobh diminuição do efetivo? @Marrrrcio

Sou contra! Vai ter um aumento dos acidentes, infelizmente há muitos motoristas que não respeitam a lei!

Vantagem? Quem tiver dinheiro aplicado e preferir pagar em três (não à vista), ganhará pífios 0,60% (de juros) sobre o valor da compra. Mesmo que o parcelamento seja em 12, o ganho será de 3%, ainda diminuto frente ao possível desconto à vista e ao risco de bagunçar o orçamento com tanta parcela pendurada, amargando os elevados juros das dívidas emergenciais. Quer saber? Distância das parcelas! Se tiver, compre; se não, junte! Daí compre à vista e com desconto, sem carnê e sem medo de ser feliz!

@Pereira2010Luiz

Na quarta-feira de cinzas vamos ver o saldo dessa incompetência.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Leitor fala

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Caso sinta a necessidade de mais autonomia e de se desprender de padrões, faça isso com paciência e sem ignorar lugares e pessoas.

É essencial saber se colocar no lugar das pessoas e valorizar suas experiências para compreender atitudes sem opinar precipitadamente.

Propensões para mais empenho a estudos e atividades culturais. Temas que funcionam como um elixir aos sagitarianos.

Não deixe que suas obrigações impeçam de aproveitar prazeres e momentos especiais com as pessoas que mais gosta.

Um pouco mais de disciplina será essencial no trabalho. Cuide para que seu senso crítico não deixe você exigente demais.

Dia mais propício para se desapegar do que não serve, sejam objetos ou mesmo relações. Algo que fará muito bem para novas prioridades.

O exercício da sua fé, a dedicação a temas espirituais e prazeres culturais serão bem-vindos para compensar desgastes da rotina.

Situações mais intensas e exposições de sentimentos marcarão o convívio com quem se relaciona ou se estiver em paquera.

Boa ocasião para expressar as emoções e surpreender quem gosta com atitudes prestativas. Tende a estar mais sentimental.

Fará muito bem dedicar atenção à temas que revitalizem o seu emocional, como terapias, temas espirituais, meditação e exercícios.

Fará bem uma dedicação extra ao seu habitat, família, vizinhança e tudo que faça parte da sua história para preservar bons sentimentos.

Momento para superar algumas cismas e receios ligados à vida amorosa. Nada de se culpar por algo que não deu certo ou situações antigas.


BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Os donos do Mineirão Cruzeiro. Borges, Ricardo Goulart e Dagoberto se igualam em número de gols e iniciam ‘briga’ por artilharia Reinaugurado no dia 21 de dezembro de 2012, o Gigante da Pampulha já começa a revelar os principais protagonistas nas partidas. E como não poderia deixar de ser, já que o clube é o único mandante que atua no estádio, os goleadores vestem a camisa do Cruzeiro. Ao anotar tentos na goleada por 5 a 1 em cima da Universidad de Chile, Ricardo Goulart e Dagoberto se igualaram a Borges na artilharia do novo Mineirão. Agora, os três celestes têm 11 gols feitos no estádio, o que inicia uma pequena ‘briga’ entre os atletas pela liderança no número de tentos. “Jogando aqui no Mineirão, acho que as equipes vão sofrer bastante, como eles (chilenos) sofreram. Temos grandes jogadores e golea-

“De peito é a primeira vez. Foi bacana, foi gostoso, pela situação da partida, foi um gol importante no jogo.”

3 ESPORTE

DAGOBERTO, ATACANTE DO CRUZEIRO

dores”, diz Dagoberto. Mas nessa concorrência quem está perdendo vantagem é Borges. Contundido, o atacante pode ser superado na artilharia já neste fim de semana, já que a Raposa irá receber o fraco Minas Futebol, no Mineirão, e, em grande fase, Dagoberto e Goulart devem jogar. A escalação só sairá na sexta. JUVERCY JUNIOR METRO BELO HORIZONTE

Dagoberto, Borges e Goulart são os artilheiros do novo estádio | WASHINGTON ALVES/LIGHT PRESS

Marcelo exalta apoio do torcedor

Torcida celeste agradou treinador celeste | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Copa. Arena Amazônia será inaugurada no dia 9 A Arena Amazônia, em Manaus, será o próximo estádio da Copa do Mundo a ser inaugurado. O estádio amazonense receberá o primeiro jogo no dia 9 de março. Será o confronto entre Nacional-AM e Remo-PA, válido pela volta da segunda fase da Copa Verde – competição da CBF com equipes das regiões

Estádio de Manaus está 97% pronto

Norte e Centro-Oeste (menos Goiás) e do Espírito Santo. A partida deve ter, no máximo, 20 mil torcedores. A capacidade total do estádio é de 42.374 pessoas. Com 97% das obras concluídas, a arena vai abrigar quatro partidas, todas pela fase de grupos. O confronto entre Inglaterra x Itália, inclusive, terá torcedores ilustres: os músicos Paul McCartney e Mick Jagger. METRO

| ARLESSON SICSU/FUTURA PRESS

Não foi só o excelente desempenho dos jogadores do Cruzeiro que agradou o treinador Marcelo Oliveira. Na goleada por 5 a 1 em cima da Universidad de Chile, 30 mil presentes apoiaram o time durante os 90 minutos e arrancaram aplausos do técnico celeste. “Foi extraordinária a participação do torcedor do Cruzeiro. Tenham certeza que ele foi o 12º jo-

gador efetivamente. O torcedor tem magia de trazer apoio, e isso reflete diretamente nos jogadores. O Cruzeiro tem essa parceria com a torcida, e a gente espera que seja ótima o ano todo. Os jogadores lutarão muito e é importante que eles estejam apoiando”, afirma. Empolgada com a torcida, a diretoria do Cruzeiro anunciou ontem que fará

promoção de ingressos para a partida de sábado contra o Minas Futebol. Associados da categoria ‘Cruzeiro Sempre’ poderão comprar dois ingressos para o confronto com desconto de 50%. Para os demais associados e torcedores comuns, os preços e quantidade de ingressos pode ser consultado no www.cruzeiro.com.br. METRO BH

Real Madrid atropela o Schalke 04 na Alemanha O Real Madrid praticamente assegurou ontem a vaga nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa. Em Gelsenkirchen, na Alemanha, o clube espanhol goleou o Schalke 04 por 6 a 1. Na Espanha, dia 18 de março, o Real pode perder por até quatro gols que, ainda assim, estará classificado. O trio ofensivo formado por Bale, Cristiano Ronaldo e Benzema funcionou à perfeição. Todos eles balançaram as redes duas vezes e comandaram o baile espanhol. Com a fatura quase liquidada – aos 45 minutos da etapa final, quando perdia por 6 a 0 –, o holandês Huntelaar descontou para o time da casa.

‘Oscar do esporte’ Cristiano Ronaldo anotou dois | INA FASSBENDER/REUTERS

Empate turco Em Istambul, na Turquia, Galatasaray e Chelsea empataram ontem por 1 a 1 no primeiro embate das oitavas de final. No dia 18 de março, as equipes decidem em Londres

quem avança às quartas. Fernando Torres abriu o placar para os ingleses aos 8 minutos do 1º tempo. Aos 20 minutos da etapa final, Chedjou empatou. METRO

Seleção

A equipe do técnico Luiz Felipe Scolari concorre ao prêmio Laureus na categoria de melhor time de 2013. A premiação acontece em 26 de março, na Malásia.


|16|

BELO HORIZONTE, QUINTA-FEIRA, 27 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Libertadores. Em partida eletrizante, Atlético vira sobre o Santa Fé com gol nos minutos finais e se isola no Grupo 4 O Atlético não se cansa de testar o coração da torcida na Libertadores. Assim como no primeiro jogo, um gol marcado nos minutos finais garantiu a vitória ao Galo, ontem, no Horto. Com a virada sobre o Santa Fé, o time mineiro assumiu a liderança isolada do Grupo 4, com seis pontos. A equipe de Paulo Autuori tentou sufocar os colombianos desde o primeiro minuto de jogo, como de costume no Independência. Com um Ronaldinho apagado, Tardelli e Fernandinho comandaram a pressão com muita movimentação e chutes venenosos. A melhor chance do primeiro tempo, no entanto, veio em cabeçada de Otamendi, aos 24 min, defendida no reflexo por Vargas. O Galo então diminuiu o ritmo e começou a dar espaço. Mas o jogo voltou a ficar desequilibrado a favor dos mineiros aos 44 min, com a

21

Santo banco

Neto Berola (centro) festeja gol da vitória com jogadores e comissão técnica do Atlético

expulsão de Medina após disputa desleal com Otamendi. O placar, porém, continuou zerado na primeira etapa. O Atlético voltou do intervalo com uma proposta um pouco diferente, com menos intensidade e mais paciência. E foi assim que, aos 7 minutos, a bola chegou até Jô, que girou bonito e finalizou com força na trave.

O susto veio aos 15 min, em vacilo da equipe alvinegra. Na saída da defesa, Tardelli errou passe e a bola sobrou para Pérez, que avançou com espaço e chutou no canto, sem chance para Victor. A reação, porém, foi imediata. Já no lance seguinte, Guilherme fez o que se esperava com sua entrada na vaga de Josué e deu passe açucarado, em profundidade,

Obina caminha a passos largos para fazer história A péssima campanha do América no Mineiro não reflete o bom momento vivido por Obina. O dono da camisa 10 – apesar de jogar como um autêntico 9 – vem se destacando no Estadual e é o artilheiro da competição, com cinco gols anotados em seis partidas. Se continuar com a boa média de gols, o atacante pode entrar para a história do Coelho como o sexto jogador do clube a conquistar a artilharia do Campeonato Mineiro. ‘Barack Obina’ pode se juntar ao seleto grupo que tem Jair Bala, em 1964 e 1971; Sílvio, em 1990; Hamilton, em 1993; Rinaldo, em 1997; e Fábio Júnior, em 2011, como os artilheiros. O América ganhou um reforço para o jogo no fim de semana. Recuperado, o lateral Elsinho está à disposição de Moacir Júnior. METRO BH

“Estou feliz no clube. Fazer gols é muito importante, mas o melhor é poder ajudar o grupo a vencer.” OBINA, ATACANTE DO AMÉRICA

Obina fez dois gols no clássico contra o Galo | CRISTIANE MATTOS/FUTURA PRESS

ATLÉTICO

SANTA FÉ

Victor; Marcos Rocha , Leonardo Silva, Otamendi e Dátolo; Pierre , Josué (Guilherme ), Ronaldinho Gaúcho (Leandro Donizete ), Diego Tardelli e Fernandinho (Neto Berola ); Jô.

Camilo Vargas; Anchico, De la Cuesta, Francisco Meza e Mosquera ; Daniel Torres, Juan Roa (Sérgio Herrera ), Édison Méndez e Omar Pérez; Medina e Cuero (Luis Arias ).

Téc.: Paulo Autuori

Téc: Wilson Gutierrez

• Gols. Pérez, aos 15, Jô, aos 17, e Neto Berola, aos 41 minutos da segunda etapa.

| ALISSON GONTIJO/FUTURA PRESS

para Jô empatar a partida. Otamendi e Tardelli ainda estiveram muito perto de virar o jogo, mas a emoção estava guardada para o fim. Quando o nervosismo já tomava conta da torcida e começa a provocar erros dentro do gramado, Marcos Rocha cobrou lateral da direita, a bola cruzou toda a área e Neto Berola – chamado por Autuori na etapa com-

plementar – mandou para a rede com um lindo voleio. Nos minutos finais, o Santa Fé foi para cima no desespero e ainda deu um novo susto, em bola desviada por cima do gol de Vitor. Mas não havia mais tempo para qualquer reação. CRISTIANO MARTINS METRO BELO HORIZONTE

“Fui feliz, mas o mais importante foi a vitória. Libertadores é raça, é vontade. O Autuori merecia. Ele tem sido criticado injustamente”. NETO BEROLA, HERÓI DA PARTIDA

20140227_br_metrobh  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you