Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

CAÇADOR DA ARTE PERDIDA GEORGE CLOONEY VAI EM BUSCA DE OBRAS ROUBADAS PELOS NAZISTAS PÁG. 13

RIO DE JANEIRO Quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 Edição nº 826, ano 4 MÍN: 21°C MÁX: 40°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

cloudy

sleet

‘Acendi sim, não sabia que era rojão’ hazy

Prisão. Caio Silva de Souza foi encontrado na Bahia; à TV, admitiu ter acendido o artefato, mas depois disse que só falaria em juízo. Advogado de defesa afirma que jovem recebeu R$ 150 para participar de protesto PÁG. 03

showers

Caio foi apresentado ontem na Cidade da Polícia, antes de ser levado para o complexo de Gericinó

RUDY TRINDADE/FRAME/FOLHAPRESS/ 06-02-2014

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Sem-terra e PM se enfrentam em Brasília Integrantes do MST tentam invadir o Palácio do Planalto. Pelo menos 12 policiais ficaram feridos PÁG. 06

Lixo Zero não vai acompanhar folião Agentes vão começar a multar duas horas antes da saída dos 457 blocos, mas não seguirão os desfiles PÁG. 04

Ônibus esmaga táxi em São Paulo Duas pessoas morreram no acidente: veículo pode ter perdido o freio PÁG. 06

No dia da manifestação, Caio (E) se envolveu em confusão na Central do Brasil

CINEGRAFISTA

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

CORPO DE SANTIAGO ANDRADE SERÁ CREMADO HOJE NO MEMORIAL DO CARMO PÁG. 03

André Santos lutou, mas Fla perdeu

| REUTERS/JOSE MEDRANO

Com um a menos, Fla cai para o León na estreia da Liberta

BELTRAME PROPÕE

AO SENADO UMA LEI ‘ANTIBLACK BLOCS’ COM PENAS DE ATÉ 12 ANOS DE PRISÃO PÁG. 02 DANIEL MARENCO/FOLHAPRESS

Amaral é expulso aos 12 minutos do 1º tempo e rubro-negro perde para o atual campeão mexicano: 2 a 1 PÁG. 16


1 FOCO

|02|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Beltrame propõe lei ‘antiblack blocs’

Violência. Proposta foi apresentada no Senado pelo secretário de Segurança. Pena varia de 15 dias a 12 anos de prisão O Código Penal poderá ser alterado para incluir o crime de desordem, uma tentativa de inibir a onda de violência e depredação de patrimônio registrada em manifestações. A proposta foi apresentada ontem ao Senado pelo secretário de Segurança do Rio de Janeiro, José Mariano Beltrame, em resposta à morte do cinegrafista da Band, Santiago Andrade. A medida, apelidada de ‘antiblack blocs’, prevê pena que varia entre seis meses e 12 anos de prisão. O conjunto de regras pune com rigor quem vai às ruas mascarado, atrapalha a circulação em vias públicas, invade ou destrói prédios, faz uso de artefatos e for responsável por morte em manifestações. Prioridade O projeto será submetido à

O que diz a lei Confira as penas sugeridas: • 15 dias a seis meses. Uso de máscara ou porte de objetos lesivos.

Manifestante mascarado será retirado do protesto | FERNANDO FRAZÃO/ABR

análise da subcomissão de segurança pública, que terá 90 dias para apresentar a conclusão. O relator será o sena-

dor Pedro Taques (PDT-MT), que juntará à sugestão outros 44 projetos que tratam do mesmo assunto. Para en-

Polícia prende 16 pessoas em operação no Alemão

Desenvolvimento

Ministro interino

A presidente Dilma Rousseff nomeará hoje Mauro Borges como ministro interino do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O atual presidente da ABDI (Associação Brasileira de Desenvolvimento Industrial) substituirá Fernando Pimentel, que sai para concorrer ao governo de Minas Gerais. Dilma ainda procura um nome ligado ao setor industrial, mas a efetivação de Borges não está descartada.

A Coordenadoria de recursos Especiais (Core) entrou no Complexo do Alemão, na zona norte, ontem, com o mandado de prisão de 19 pessoas acusadas de ter envolvimento com os ataques contra sedes da Unidades da Polícia Pacificadora (UPPs) na região. O grupo é investigado por ter lançados coquetéis molotov contra a 45a DP (Complexo do Alemão). A 45a DP foi inaugurada em dezembro do ano passado. Dezesseis pessoas foram presas durante a operação. O chefe da quadrilha, conhecido como Piná, não foi encontrado. “O Piná é o nosso objetivo principal. Estamos dedicando nossas forças para encontrá-lo”, afirmou o delegado Re-

• 2 a 6 anos de prisão. Ameaça, violência física, destruição de bem público e causar perigo.

“Queremos organizar, garantir as manifestações, tornando-as efetivamente transparentes, com o rosto descoberto.”

Presos são acusados de atacar sede de UPP |

ginaldo Guilherme, do 22a DP (Penha). A ação contou com o apoio de agentes da UPP, da Delegacia de Roubos e Furtos FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

IDE GOMES/ METRO RIO

(DRF), Delegacia de Roubos e Furtos de Carga (DRFC) e da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD). METRO RIO

• 3 a 8 anos de prisão. Saques, uso de explosivos, incitação por meios eletrônicos.

JOSÉ MARIANO BELTRAME, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA DO RIO DE JANEIRO

• 4 a 10 anos. Lesão corporal grave.

trar em vigor, a proposta precisará também ser aprovada pelos plenários do Senado e da Câmara. METRO BRASÍLIA

• 6 a 12 anos. Provocar a morte de alguém.

Praça Seca. Uma pessoa morre após outro dia de manifestações Em mais um dia de confrontos na Praça Seca, zona oeste, uma pessoa morreu e outra ficou ferida na madrugada de ontem. A polícia afirma que ambos são envolvidos com o narcotráfico. Na terça-feira, uma retroescavadeira e um ônibus foram incendiados. Os dois protestos foram organizado por moradores da comunidade Bateau Mouche, na mesma região. Segundo o 9o BPM (Rocha Miranda), o ato e terminou em vandalismo e o Corpo de Bombeiros foi chamado para controlar a situação. A manifestação de terça teria começado às 20h. Cerca de 150 pessoas foram às ruas e interditaram a rua Cândido Bení-

Policiais entraram em confronto na Praça Seca | ARION MARINHO/FUTURA PRESS

cio. Ontem, os moradores voltaram a interditar os dois sentidos da rua para realizar um protesto. De acordo com relatos em redes sociais, alguns ônibus precisaram voltar na contramão. O comércio da região ficou fechado. METRO RIO

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Jovens recebem R$ 150 para ir a protestos, diz advogado Caso Santiago Andrade. Suspeito de ter acendido o rojão, Caio Silva de Souza foi preso na Bahia, na madrugada de ontem, e levado para Gericinó Preso na madrugada de ontem, em Feira de Santana, na Bahia, Caio Silva de Souza, de 23 anos, admitiu ter acendido o rojão que atingiu a cabeça do cinegrafista Santiago Andrade em entrevista à TV Globo. Ele, porém, acreditava que o artefato fosse um explosivo de menor alcance. Caio passou por exames no Instituto Médico Legal (IML) e foi encaminhado ao complexo de Gericinó, na zona oeste, onde também está Fabio Raposo, outro suspeito de acionar o rojão, que se entregou no fim de semana. À Polícia Civil, o suspeito afirmou que apenas falaria em juízo. Para o delegado Maurício Luciano, da 17a DP (São Cristóvão), a ausência da confissão não fará diferença. Ele garantiu ainda que há a prova testemunhal de Raposo, que teria confessado que

entregou o rojão para Caio. “A confissão é apenas mais um elemento. Temos prova técnica, de vídeo. Não tenho dúvida que foi ele, mas não temos a confissão”, disse o delegado, que vai encerrar o inquérito até amanhã. Os dois responderão por homicídio doloso – com intenção de matar e qualificado pelo uso de material explosivo – e pelo crime de explosão. A dupla pode pegar até 35 anos de prisão. Financiamento O chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, afirmou que já há inquéritos para apurar se organizações políticas promovem as manifestações. Monitoradas pela Coordenadoria de Informações e Inteligência Policiais (Cinpol), as investigações estão em várias delegacias em uma força-tarefa.

O advogado Jonas Tadeu, que defende os dois suspeitos, afirmou ontem que jovens são aliciados para participar nas manifestações. “Ele [Caio] recebia R$ 150 para ir a protestos”, denunciou o advogado em entrevista à Band, sem dizer quem efetuava os pagamentos. Tadeu, que afirmou não cobrar honorários dos suspeitos e estar trabalhando apenas “por amor ao ofício”, disse que os manifestantes são recrutados em um esquema de pirâmide. “Quanto mais jovens conquistarem, melhor condição financeiras vão tendo”, afirmou o advogado. O corpo de Santiago será velado hoje, entre 7h e 11h, no Memorial do Carmo, no Caju. Em seguida, será realizada a cerimônia de cremação apenas para a família. METRO RIO

Depois de fazer exames no IML, Caio foi levado para o complexo de Gericinó, na zona oeste

Familiares estão surpresos com prisão de manifestante A família de Caio Silva de Souza se mostrou surpresa com a participação dele no caso da morte do cinegrafista Santiago Andrade. No bairro onde mora, em Nilópolis, na Baixada Fluminense, o avô materno, João Gonçalves, estava perplexo ao saber que o neto estava preso.

Pelo perfil do comportamento de Caio, ele não previa que isso fosse acontecer: “Absolutamente”, resignou-se o avô. Já o primo Lucas Mendonça disse que sabia que Caio participava dos violentos protestos, mas que não acredita que seu parente faz parte do

movimento black bloc. “Eu não sabia que ele participava de quebra-quebra. Ele nunca falou para mim que era um black bloc. Ele não é um black bloc”, falou o jovem, um dos melhores amigos de Caio, em entrevista à Band. METRO RIO COM BAND

Sininho: ‘mal interpretada’

Avô de Caio ficou perplexo | REPRODUÇÃO / BAND

Suspeito teria vendido o celular para fugir Ao ser encontrado em uma pousada em Feira de Santana, na Bahia, a cerca de 100 km de Salvador, Caio Silva de Souza, principal suspeito de ter disparado o rojão que atingiu o cinegrafista Santiago Andrade, que trabalhava há 10 anos na Band, não aparentava ser a figura violenta que frequenta manifestações. Segundo policiais, ele estava acuado e com medo. “Ele estava extremamente assustado. Acalmei ele e garanti seus direitos”, explicou o delegado Maurício Luciano, que chegou ao paradeiro de Caio através do advogado Jonas Tadeu. O jovem estava seguindo para a casa dos avós paternos, em Ipu, no Ceará, quando foi convencido pela namorada a se entregar. Ele interrompeu a viagem e se hospedou com

“Na multidão, ele se transforma e passa a agir de forma violenta.” DELEGADO MAURÍCIO LUCIANO

Caio (E) em confusão no protesto da Central | RUDY TRINDADE/FRAME/FOLHAPRESS/ 06/02/2014

um nome falso em uma pousada próxima à rodoviária local até ser encontrado. A fuga começou na segunda-feira pela manhã, quando o suspeito tomou conhecimento de que tinha a imagem divulgada pela imprensa e também pelas redes sociais. Ele saiu de casa apenas com uma mochila nas costas e fi-

cou dois dias sem se alimentar. Ele teria vendido o celular para financiar a fuga. Segundo o delegado, Caio seria violento nos protestos. Perfil bem diferente do relatado por ex-companheiros de trabalho (ele era prestador de serviço no hospital Rocha Faria, em Campo Grande) e vizinhos. “Percebemos que,

| IDE GOMES / METRO RIO

nas relação pessoais, ele tem uma personalidade diferente da que ele apresentou nesse caso do Santiago”, diz Maurício Luciano. O delegado ainda pretende investigar se ele foi manipulado para agir dessa forma em manifestações. A Secretaria de Estado de Saúde afirmou que investiga se Caio fraudava o ponto eletrônico no hospital. Funcionários afirmam que ele não comparece ao emprego desde o ano passado. Porém, a unidade registra a presença dele até a semana passada. METRO RIO

A Band obteve a íntegra do depoimento da ativista Elisa Quadros, conhecida como Sininho, realizado na tarde de segunda-feira. Ela admitiu conhecer o tatuador Fábio Raposo desde os movimentos “Ocupa Câmara” e “Ocupa Cabral”. Ela, no entanto, disse não ter qualquer relação com Caio Silva de Souza. Sininho afirmou que foi em solidariedade a Fabio Raposo que ligou para a mãe dele, quando soube da prisão. Ela confirmou que estava no protesto contra o aumento das passagens na quinta-feira, mas que não viu o momento

CAIO SILVA DE SOUZA Por que você acendeu e lançou o rojão? Eu lamento, mas o povo sofre todo dia, né? As pessoas ficam cansadas. Eu sou trabalhador, pego o trem lotado todos os dias. Eu trabalho, estou cansado de pegar o trem cheio, de minha marmita azedar no trem, ficar com fome no trabalho. Mas nada disso. A gente não apoiamos [SIC] a violência. A gente quer saúde, educa-

em que o cinegrafista Santiago Andrade foi atingido pelo rojão. Elisa revelou que ligou para o deputado estadual Marcelo Freixo (Psol) pedindo ajuda para que os direitos de Fábio fossem garantidos, mas que teria sido mal interpretada quando falou ao telefone com o estagiário do advogado Jonas Tadeu. Ela teria informado que o deputado, por ser presidente da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, poderia dar assistência para garantir os direitos de Fábio, e não que estaria oferecendo assessoria jurídica. BAND ção. O povo necessita disso. O que você diria para os familiares do Santiago? Eu lamento, porque é um trabalhador igual a mim. Trabalha, pega trem... Mas o povo necessita de saúde, emprego, segurança... Mas isso justifica a violência de jogar bomba? Você acabou matando uma pessoa... Ninguém comprovou que fui eu. Eu não matei ninguém. Só quero o melhor para o meu país e mais nada. Você mirou no Santiago? Só falo com o meu advogado. MÔNICA PUGA (BAND)


|04|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Trânsito na Ilha do Lixo Zero só vai multar Obras. Governador será alterado 2 horas antes dos blocos

C

ARNAVAL

2014

Operação começa no sábado. Fiscais vão atuar na concentração e nas vias de acesso, mas não seguem os desfiles. Seop aumenta equipe para flagrar ‘mijões’

O Lixo Zero não vai dar trégua aos foliões no Carnaval deste ano. Porém, a fiscalização será mais branda. Ao todo, 235 equipes vão trabalhar para coibir o descarte de lixo nas vias públicas da cidade, mas a atuação delas ficará restrita a duas horas antes do início dos blocos. A operação começa no sábado e vai até o dia 9 de março, domingo, no desfile do Monobloco, que fecha a folia. Além de multar os “sujões”, os fiscais também irão fazer ações educativas, alertando os foliões sobre a importância de jogar o lixo no lugar certo. Os agentes não acompanharão os desfiles. O trabalho será feito na concentração e nas vias de acesso aos 457 blocos. Além de contar com a con-

Cerca de 5 milhões de foliões são esperados este ano | LUIZ GOMES/FUTURA PRESS/2013

tribuição da população e dos turistas para garantir a limpeza das ruas, a Comlurb vai colocar nas ruas, diariamente, até 1.080 garis, com apoio de 2,1 mil contêineres, o que representa uma ampliação de mais de 100% em relação à operação do ano passado.

Três grandes blocos – Cordão da Bola Preta, Simpatia É Quase Amor e Bloco da Preta – foram escolhidos para receber, pela primeira vez, uma ação de coleta seletiva. Serão montados ecopontos com tendas, contêineres e bolsas para recebimento de

materiais recicláveis, que serão entregues a cooperativas de catadores cadastradas. A equipe da Secretaria de Ordem Pública (Seop), que atua no combate aos “mijões”, fiscaliza estacionamento irregular e ambulantes, entre outras funções, também se inicia no sábado com aumento de 11,2% do efetivo. Ao todo, serão 8.644 agentes. Os ambulantes só poderão trabalhar no horário entre o início da concentração e o fim do desfile, sob pena de ter a mercadoria e a credencial confiscadas. “Eles deverão deixar o local para que a dispersão possa acontecer de forma mais amena”, explicou o secretário municipal de Turismo, Antonio Pedro Figueira de Mello. METRO RIO

Devido às obras do BRT Transcarioca (que vai ligar a Barra ao aeroporto do Galeão), o trânsito na Estrada do Galeão, na Ilha do Governador, zona norte, sofrerá interdições em alguns dias e horários específicos. Das 22h de hoje às 5h de amanhã, a via será interditada, no sentido Centro, entre a alça de acesso e a alça de saída da avenida Vinte de Janeiro. A partir das 22h de domingo, até as 5h de segundaLançamento

-feira, a faixa da direita da Estrada do Galeão será fechada no sentido Ilha do Governador, no trecho entre a alça de acesso do viaduto da avenida Vinte de Janeiro até a saída do retorno dos veículos procedentes do elevado. Das 22h do dia 24 até as 5h do dia seguinte, haverá interdição ao tráfego de veículos da alça de acesso do viaduto da avenida Vinte de Janeiro, sentido Galeão. METRO RIO BRT Transoeste

Guias de bens tombados

Jovem é detido por depredação

A 5ª edição do Guia dos Bens Tombados da Cidade do Rio de Janeiro será lançado hoje pela prefeitura. A publicação traz 3 mil bens tombados, com informações sobre cada um deles, que também está disponível em aplicativo para celular. METRO RIO

Gabriel Araújo dos Santos, de 20 anos, foi detido após destruir sete máquinas de recarga da Riocard, junto a uma das bilheterias do BRT Transoeste, no terminal Alvorada, na madrugada de ontem. O registro foi feito na 16ª DP (Barra). METRO RIO


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|05|◊◊

do Piraí. ‘Internacionalizar Praias. Procon vai multar Barra comerciantes por preços Manicure que criança a Igreja é o desejo abusivos a partir de sábado matou é condenada R$ 509 do papa Francisco’ Nova missão. Dom Orani será nomeado cardeal no próximo dia 22 Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que daqui a nove dias se tornará cardeal, afirmou que as nomeações do papa Francisco apontam para a “internacionalização” da Igreja Católica, já que os novos cardeais são, além do Brasil, dos seguintes países: Itália, Alemanha, Reino Unido, Nicarágua, Canadá, Costa do Marfim, Argentina, Coreia do Sul, Chile, Burkina Faso, Filipinas, Haiti, Espanha e Santa Lúcia. Ou seja, a maioria são nações em desenvolvimento e relacionadas à proposta de Igreja dos pobres e para os pobres promovida pelo papa. Em entrevista à agência Ansa, Dom Orani disse que “não esperava” receber o títu-

Arcebispo (D) diz que não esperava receber o título | GUSTAVO DE OLIVEIRA/DIVULGAÇÃO

lo e que o novo encargo não mudará seus trabalhos pastorais no Brasil: “Ninguém espera receber do papa o título de cardeal. Sei que ele procura nomear quem acha melhor, por isso, só tenho que agrade-

cer a oportunidade que chega com essa nova missão”. O arcebispo se reunirá em consistório com o papa Francisco no dia 22, ocasião em que será oficialmente intitulado cardeal. METRO RIO

Após muitos cariocas e moradores da cidade terem se insurgido contra os preços abusivos provocados no Rio, incluindo os altos valores praticados nas praias, a prefeitura resolveu fiscalizar. Ontem, publicou decreto no qual cria a Frente Municipal de Combate às Práticas Abusivas na cidade. A operação “Consumidor, essa é sua praia!” foi iniciada ontem por agentes das secretarias municipais de Defesa do Consumidor e Ordem Pública, que distribuíram, nas praias, panfletos com orientações sobre os direitos do consumidor. Essa etapa da ação, educacional, vai até amanhã. A partir de sábado, quem for flagrado na orla com práticas que prejudiquem o consumidor será notificado, multado ou, em casos mais graves, poderá perder a licença concedida pela prefeitura. “Pela primeira vez, o Código de Defesa do Consumi-

é o valor mínimo da multa que poderá ser aplicada, pelo Procon, a quiosqueiros, barraqueiros e ambulantes que estiverem cobrando preços abusivos nas praias do Rio.

dor vai à praia. Nosso objetivo é estimular uma melhor convivência entre consumidores e fornecedores”, explicou a secretária municipal de Defesa do Consumidor e coordenadora do Procon Carioca, Solange Amaral. Os panfletos entregues têm orientações aos comerciantes e consumidores sobre elevação de preços sem justa causa; cobrança abusiva; venda casada; valores diferenciados para consumidores locais e turistas, tabelas de preços rasuradas, dentre outras práticas. METRO RIO

A manicure Suzana do Carmo de Oliveira, acusada de matar o menino João Felipe Eiras Santana Bichara, de 6 anos, em março do ano passado, na cidade de Barra do Piraí, no Médio Paraíba, foi condenada pela Justiça a 32 anos de prisão, em regime fechado. As penas foram determinada por dois crimes: 30 anos por extorsão mediante sequestro com resultado de morte e dois anos por ocultação de cadáver. Suzana, que está presa no complexo penitenciário de Gericinó, no Rio, confessou os crimes. Ela contou que sequestrou a criança para pedir resgate de R$ 300 mil aos pais dela. No entanto, como o plano deu errado, ela matou o garoto para que ele não a reconhecesse, já que era manicure da mãe dele e frequentava a casa da família. O corpo do menino foi encontrado por PMs dentro de uma mala na casa de Suzana. METRO RIO


|06|

MST entra em confronto com a PM em Brasília

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

EMBAIXADA AJUDA CUBANOS A FUGIR PARA OS EUA.

“ELE FOI ALICIADO RECEBENDO R$ 150 PARA PROMOVER VANDALISMO.”

A Embaixada dos Estados Unidos concedeu vistos a quatro cubanos que abandonaram o programa Mais Médicos. Presidente da ONG Solidariedade Sem Fronteiras, Julio Cesar Alfonso informou que os profissionais que já estão em Miami receberam orientações da própria embaixada americana, que auxilia, desde 2006, cubanos que deixaram a ilha a obterem vistos especiais para trabalharem nos Estados Unidos. FUGA. Segundo Julio Alfonso, dois médicos cubanos fugiram para Miami no ano passado e os outros dois chegaram já este ano.

A verba destinada pelo governo federal ao programa Mais Médicos saltou de R$ 540 milhões em 2013 para R$ 1,9 bilhão, este ano.

ENGORDANDO.

AMOR DE PESSOA. Caio

Silva, assassino confesso do cinegrafista Santiago Andrade, disse não saber que estava acendendo um rojão, pensava ser um “cabeção de nego”, que apenas seria capaz de decepar dedos de uma mão. AMEAÇA DE APAGÃO. Se não chover substancialmente até a próxima semana, a hidrelétrica de Marimbondo, na divisa entre Minas e São Paulo, pode deixar de produzir energia: seu reservatório declina aceleradamente. Chegou a 14%, segundo dados do Operador Nacional de Energia Elétrica. ALFAFA. O PT vai preci-

JONAS TADEU, ADVOGADO DO ASSASSINO DE SANTIAGO ANDRADE, SOBRE O SEU CLIENTE

sar aumentar o pasto para dar conta de tanta vaquinha. Agora pede “doações” para João Paulo Cunha e Zé Dirceu, que, juntos, devem R$ 1,3 milhão. A origem das “doações” deve ser investigada.

João Paulo Cunha | DIVULGAÇÃO

É FADA. Primeiro casti-

go para a nova musa dos black bloc no Rio, conhecida como “Cininho”: ajoelhar no milho e escrever mil vezes “Sininho”.

PODER SEM PUDOR

Mau-humor pega? Certa vez o saudoso ex-embaixador José Aparecido de Oliveira encontrou no trânsito de Belo Horizonte, em plena campanha eleitoral de 1982, a então deputada Sandra Starling, que era candidata a governadora pelo PT.

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

- Veja só quem está aqui: é a governadora dos homens livres! – exclamou Aparecido, sempre gentil e generoso. - Já vi que perdi: Minas não tem homens livres! – respondeu Sandra, sempre com raiva.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

Protesto. Grupo derruba grades de proteção e tenta invadir Palácio do Planalto. Polícia reage com bombas de gás e prende um. Ministro Gilberto Carvalho diz que não houve violência relevante Uma manifestação do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem Terra) terminou em confusão ontem na praça dos Três Poderes, em Brasília. por volta das 17h30 de ontem. Após os manifestantes derrubarem as grades de segurança do Palácio do Planalto e seguirem em direção ao prédio, a PM (Polícia Militar) reagiu e deteve um dos integrantes do grupo. Os manifestantes então começaram a atirar pedaços de pau e pedras contra os policiais, que responderam com bombas de gás lacrimogêneo, spray de pimenta e teaser (arma de choque). Ao todo, eram aproximadamente 15 mil manifestantes, segundo a PM. O primeiro-tenente da

Policial tenta conter manifestantes | FABIO RODRIGUES POZZEBOM/AGÊNCIA BRASIL

PM, Mikhail Muniz afirmou que pelo menos 12 policiais ficaram feridos no confronto. Eles receberam atendimento médico e passam bem. Por volta das 18h, o mi-

nistro da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, recebeu uma carta-manifesto de líderes do MST com 12 pontos de reivindicação. De acordo com o minis-

tro, o ato foi válido e não houve violência relevante durante o ato. Com a confusão, o STF (Supremo Tribunal Federal) interrompeu a sessão de julgamentos marcada para ontem por 50 minutos, após ameaça de invasão de alguns integrantes do MST. Ricardo Lewandowski presidia o STF no momento da invasão, já que Joaquim Barbosa não estava no plenário. Os manifestantes envolvidos no tumulto de ontem estão em Brasília para participar do Congresso Nacional do MST, que começou na segunda-feira e vai até amanhã. O encontro tem como principal objetivo discutir a reforma agrária no Brasil, além de transformações sociais. METRO BRASÍLIA

Câmara. Com voto aberto, Natan Donadon é cassado A primeira sessão da história da Câmara destinada a analisar um processo disciplinar com votação aberta consumou ontem a cassação do mandato do deputado Natan Donadon (sem partido-RO). Com 467 votos a favor, nenhum contra e uma abstenção, o plenário determinou a perda do mandato, que havia sido mantido em agosto do ano passado com o voto secreto. Na época, o placar ficou em 233 a favor da cassação, 131 contra e 41 abstenções. Eram necessários 257 votos para cassar. Mesmo certo da cassação, Donadon foi à Câmara. Ele deixou, no início da noite, o presídio da Papuda, onde cumpre desde junho do ano passado pena de 13 anos e quatro meses de prisão por comandar um esquema de desvio de R$ 8 mi da Assembleia Legislativa de Rondônia. A defesa do deputado cassado adiantou que entrará com uma ação no STF (Supremo Tribunal Federal), alegando que houve duplo julgamento. Ao contrário do que alega a defesa, porém, Donadon não foi cassado pelo desvio de recursos públicos. A representação apontava que o deputado quebrou o decoro ao votar contra a própria cassação –prática proibida pelo

Guincho retira ônibus de cima de táxi | NELSON ANTOINE/FOTOARENA/FOLHAPRESS

Donadon foi cassado com 467 votos a favor | SÔNIA BAIOCCHI/AGÊNCIA CÂMARA

Regimento Interno– e saiu algemado da Câmara, o que teria afetado a imagem da Casa. Cassado, o deputado fica inelegível enquanto durarem os efeitos da condenação criminal e mais oito anos pela Lei da Ficha Limpa, ou seja, não poderá se candidatar antes de 2035. João Paulo quer trabalhar Condenado a 6 anos e 4 meses de prisão no processo do mensalão, João Paulo Cunha (PT-SP) pediu ontem à Justiça autorização para trabalhar num escritório de advocacia, como auxiliar jurídico e salário de R$ 1,3 mil. O ex-deputado teve a multa de R$ 250 mil, imposta pelo STF, recalculada e pagará R$ 373,5 mil. METRO BRASÍLIA

Em SP. Ônibus esmaga táxi e deixa dois mortos Um acidente envolvendo um ônibus e um táxi deixou dois mortos ontem, na zona sul de São Paulo. Oito passageiros do ônibus ficaram feridos. As vítimas estavam no táxi que trafegava pelo corredor de ônibus e foi esmagado pelo coletivo. O acidente aconteceu por volta das 7h. Uma das vítimas era um francês que morava no Brasil. Cyrille Fourny, 50, era vice-presidente financeiro da fabricante de helicópteros Helibras desde 2011. Ele estava no táxi atingido. Fourny era casado com uma brasileira e tinha dois filhos. No momento do acidente, estava a caminho da empresa. A mulher dele disse à polícia que ficou sabendo do

acidente pela televisão. O taxista Ronaldo Voltan, 45, que também morreu no local, trabalhava há um meses na empresa Cooper Luxo. O motorista do ônibus afirmou à técnicos da SPTrans, empresa que gerencia o transporte da cidade, que foi fechado pelo taxista. Em depoimento à polícia disse que estava a 40 km/h. A principal suspeita da PM (Polícia Militar) é que o ônibus teria perdido o freio após ser fechado. Testemunhas que estavam no local também afirmaram à PM que o motorista não estava em alta velocidade. A perícia vai analisar o a versão do motorista e a velocidade do veículo. METRO


|08|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Ação pede mudança imediata no índice de correção do FGTS Dívidas não bancárias puxaram alta dos calotes | ITAMAR AGUIAR/FUTURA PRESS

Serasa. Inadimplência aumenta 1,1% em janeiro A inadimplência do consumidor registrou alta de 1,1% na comparação com dezembro, segundo o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor. Esta foi a quarta alta mensal consecutiva. Na comparação com janeiro de 2013 foi registrada queda de 4%. As dívidas não bancárias (com cartões de crédito, financeiras, lojas em geral e prestadoras de serviços, como telefonia e fornecimento de energia elétrica) foram as principais responsáveis pela alta, com variação de 2,7% e contribuição de 1,1 ponto percentual. Os títulos protestados apresentaram crescimento de 23,8% e contribuição de 0,4 ponto percentual. A inadimplência com os

bancos registrou variação negativa de 0,7% e contribuição negativa de 0,3 ponto percentual. Os cheques sem fundos tiveram contribuição nula no índice de janeiro. Para os economistas da Serasa Experian, as recentes altas mensais da inadimplência estão enfraquecendo as quedas nas comparações interanuais nos últimos quatro meses. Com isso, a trajetória de declínio dos calotes pode estar se encaminhando para estabilidade. Contribuem para a desaceleração as altas das taxas de juros, crescimento mais fraco da economia, inflação próxima ao teto da meta e redução do ritmo de geração de vagas no mercado de trabalho. METRO

Reajuste maior. Partido Solidariedade acionou ontem o Supremo Tribunal Federal para substituição da TR por um índice de inflação. Relator será o ministro Luís Roberto Barroso O partido Solidariedade entrou ontem com uma ação direta de inconstitucionalidade no STF (Supremo Tribunal Federal) pedindo a mudança imediata do índice correção do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O partido quer a substituição da TR (Taxa Referencial) por um índice de inflação. O relator do processo é o ministro Luís Roberto Barroso. A questão sobre o índice de correção que deve ser adotado pela Caixa Econômica Federal tem gerado decisões conflitantes em todo o Judiciário. A decisão do STF poderá unificar o entendimento. A ação vai questionar a aplicação da TR a partir de 1999 na correção das contas. A estimativa é de que as perdas cheguem a 88,3% em cada conta. Alguém que tinha R$ 1 mil na conta do FGTS em 1999, hoje teria R$ 1.340,47 pela correção da TR. Com a

Trabalhadores deixaram de ganhar 88% do saldo com correção pela TR, diz partido | LETÍCIA MOREIRA/FOLHAPRESS

aplicação de um índice inflacionário na correção, o valor chegaria a R$ 2.586,44. “As diferenças de correção vêm gerando uma perda de bilhões de reais para os trabalhadores desde 1999”, afirma o presidente do partido, deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho

da Força. “É o maior roubo da história do país.” A ação pede uma liminar (decisão provisória) para que a correção seja alterada a partir de agora, enquanto se discute como pagar a correção do que ficou para trás. “Nós calculamos que passe de R$ 300 bilhões o rom-

Câmbio. Dólar fecha em alta e supera R$ 2,42 O dólar avançou ontem 0,83 %, a R$ 2,4225 na venda, após bater R$ 2,4245 na máxima. É o maior valor de fechamento desde 3 de fevereiro, quando atingiu R$ 2,437. A divisa norte-americana oscilou entre leves altas e baixas na primeira parte do pregão. Abriu o dia em queda em relação às principais moedas emergentes -- incluindo o real

-- em reação ao forte desempenho comercial da China em janeiro e bateu a mínima da sessão logo após a abertura. O otimismo durou pouco e cedeu o lugar para o mau humor com países em desenvolvimento que vem assombrando mercados emergentes nas últimas semanas, invertendo a trajetória das moedas desses países. METRO

bo por conta da correção. O valor é alto e acho que ninguém teria coragem de cobrar tudo”, diz o deputado. Para fundamentar a ação, o partido levou em conta uma decisão do STF, em março de 2013, que considerou a TR inapropriada para corrigir precatórios. METRO

Termelétricas. Geração é recorde em fevereiro

Bloqueio de negócios da Telexfree no ano passado gerou protestos | WILSON DIAS/ABR

Telexfree perde mais uma na Justiça A Primeira Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES) negou, por unanimidade, o pedido de recuperação judicial da Telexfree (Ympactus Comercial S/A). A recuperação judicial -- antiga concordata -- é uma opção para empresas que estão

em crise financeira, mas acreditam ter chances de sobreviver. A concessão já havia sido negada em primeiro grau pelo juiz titular da Vara de Recuperação Judicial e Falência de Vitória. A Telexfree, que vende planos de minutos de te-

lefonia pela internet, foi proibida de operar no final de junho por acusação de praticar pirâmide financeira. A operação do negócio está bloqueada, por tempo indeterminado, a pedido do Ministério Público do Acre (MP-AC). METRO

Em meio à alta no consumo de energia provocado pelo calor intenso e à queda no nível dos reservatórios, o Brasil bateu recorde na geração de energia pelas usinas termelétricas nos primeiros dez dias de fevereiro, quando atingiu uma média de 12.887 megawatts (MW). Segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), a energia atendeu 18,38% da demanda nacional. No mesmo período do ano passado, foram gerados, em média, 11.701 MW pelas termelétricas. Esse valor significou 19,28% da energia consumida no país na época. Os dados se referem a termelétricas convencionais, que funcionam por meio da queima de combustíveis, como óleo, gás, biomassa e carvão. METRO


|10|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

Protestos na Venezuela terminam em violência Contra e a favor de Maduro. No fim de um dia tomado por protestos, pelo menos um jovem é atingido por um tiro na cabeça. Governo diz que se trata de um apoiador da situação

Mulher no Congo, onde a violência atinge altas taxas | BRENT STIRTON/GETTY IMAGES

Mulher. Pesquisa mostra que violência sexual é endêmica no mundo Uma em cada 14 mulheres já foi, pelo menos uma vez, vítima de abuso sexual por parte de alguém que não o seu parceiro, mostra estudo feito em 56 países e publicado ontem pela revista científica “The Lancet”. De acordo com o levantamento, a situação varia muito de país para país. A taxa de mulheres vítimas de abusos chega a 20% na Região Central da África Subsaariana. Mas, em média, 7,2% das mulheres com 15 anos ou mais -- no mundo -dizem ter sido atacadas sexualmente pelo menos uma vez na vida. “Descobrimos que a violência sexual é uma experiência comum para as mulheres em todo o mundo, e em algumas regiões é endêmica, atingindo mais de 15% em quatro delas”, explicou Naeemah Abrahams, do Conselho de Investigação Médica da África do Sul, que coordenou o trabalho com colegas da Escola de Higie-

“Descobrimos que a violência sexual é uma experiência comum para as mulheres em todo o mundo.” NAEEMAH ABRAHAMS, CIMA

ne e Medicina Tropical de Londres e com a Organização Mundial da Saúde. “No entanto, as variações regionais precisam ser interpretadas com cautela.” Os autores do estudo lembram que os dados podem subestimar a verdadeira magnitude do problema por causa do estigma e da culpa associada à violência sexual, que leva as vítimas a não denunciar, prejudicando a qualidade dos números citados. Diminuir a violência contra mulheres e construir a igualdade sexual são importantes metas de desenvolvimento para os governos de todo o mundo, diz o estudo. METRO

Milhares de simpatizantes e opositores do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, saíram às ruas ontem, depois de protestos que deixaram pelo menos cinco feridos à bala no início da semana. Testemunhas da Reuters disseram que um manifestante morreu ontem em Caracas, supostamente após ser baleado na cabeça. O presidente da Assembleia Nacional afirmou que a vítima era pró-governo. Um líder da oposição disse que duas pessoas foram mortas. Houve manifestações oposicionistas em Caracas e nas cidades mais populosas do país, com queixas contra o elevado custo de vida, a escassez de produtos e a insegurança. Enquanto isso, em outro ponto de Caracas, milhares de simpatizantes de Maduro celebravam o dia da juventu-

de, em comemoração a uma batalha da independência no século 19 que contou com forte participação de estudantes. As marchas não se cruzaram e transcorreram em paz, até que cerca de 100 jovens oposicionistas começaram a queimar pneus nas ruas. A polícia respondeu com gás lacrimogêneo e balas de borracha. Maduro, um ex-motorista de ônibus e sindicalista, afirmou que as manifestações pretendem destituí-lo do poder, apenas dez meses depois de assumir o cargo. Em 2002, protestos da oposição levaram a um breve golpe de Estado que tirou do poder o então presidente Hugo Chávez por 36 horas, mas o líder voltou respaldado por um grupo leal do Exército e graças a partidários que pediram a sua permanência no cargo. METRO

Em dia de comemoração, venezuelanos protestam nas ruas | JORGE SILVA/REUTERS

Coreias. Países se reúnem na fronteira As Coreias do Norte e do Sul realizaram ontem na fronteira entre os países as primeiras conversações de alto nível em sete anos para explorar formas de melhorar os laços. Os dois lados se encontraram na aldeia Panmunjom sem agenda pré-aprovada e discutiram uma série de questões, incluindo reuniões de famílias separadas durante a Guerra da Coreia (1950-1953). METRO

Imagem da fronteira entre as duas Coreias na aldeia de Panmunjom, onde se realizou a reunião | HAN JAE-HO/REUTERS

Gene vincula inteligência à espessura do cérebro Pesquisadores encontraram um gene que vincula a inteligência à espessura da chamada “massa cinzenta” cerebral, e disseram que a descoberta poderá ajudar cientistas a entender como e por que algumas pessoas têm dificuldades de aprendizado. Uma equipe internacional analisou amostras do DNA e exames cerebrais de mais de 1,5 mil adolescentes saudáveis de 14 anos, que foram submetidos a testes de inteli-

Obra de arte que representa o cérebro | DAN KITWOOD/GETTY IMAGES

gência verbal e não verbal. Os pesquisadores examinaram o córtex cerebral, que

tem papel fundamental para a memória, a atenção, a percepção, a consciência, o raciocínio e a linguagem. Eles então analisaram mais de 54 mil variáveis genéticas envolvidas no desenvolvimento cerebral e descobriram que, em média, os adolescentes com uma variante genética específica tinham um córtex mais fino no hemisfério cerebral esquerdo – e se saíam pior nos testes de capacidade intelectual. METRO


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

GABRIELA CARNEIRO DA CUNHA Em entrevista ao Metro Jornal, atriz debate a posição da arte em tempos de crise

‘DISCURSO SEM CONCRETUDE’ O espetáculo ‘Maratona’ promete reviver a aflição dos anos de crise econômica nos EUA no fim da década de 1920. Em entrevista ao Metro Jornal, a atriz Gabriela Carneiro da Cunha, 31 anos, co-diretora da peça, comenta as relações entre arte e sociedade em momentos de instabilidade social. Os ensaios da Pangeia Cia. de Teatro já começaram e a atração entra em cartaz em maio. Para acompanhar as novidades, acesse: http:// migre.me/hOOxP. DARYAN DORNELLES/ DIVULGAÇÃO

A proposta do espetáculo

‘Maratona’ é chamar a atenção para os paralelos entre o Rio hoje e os Estados Unidos da Grande Depressão? Não creio. O espetáculo na verdade vai usar as maratonas de dança que aconteceram durante a recessão de 1929 como argumento. É um ponto de partida para a construção da dramaturgia e linguagem da peça. Vamos usar essa alegoria como uma dança da vida. Uma vida que se torna cada vez mais fatigante, desesperada e incansável. Você acha que o ambiente festivo do Rio, que receberá

a Copa e a Olimpíada, acaba por esconder as mazelas da cidade? Penso que o clima de euforia que tenta se estabelecer na cidade é algo que vem totalmente de cima para baixo. O discurso político de progresso não tem nenhuma concretude na vida real das pessoas. Pelo contrário. Percebo um clima de medo, de violência e de profunda insatisfação. Como moradora, vejo uma distância enorme entre a cidade vendida nas propagandas dos grandes eventos e aquela onde vivo. METRO RIO

2 CULTURA

Gilberto Gil

Novo álbum

Gilberto Gil começa a divulgar o novo trabalho, “Gilbertos Samba”, em pequenas partes. A primeira delas é com o vídeo de Gil cantando uma versão de “Você e Eu”, gravada em 1961 por João Gilberto, o homenageado do disco, que sai em março. Assista em: metrojornal.com.br.


|12|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Eles não têm raça definida, e daí? Mas, com eles, não falta amor e muito charme. E toda essa beleza animal, de cães e gatos acolhidos em diversas ONG’s, inspirou o fotógrafo argentino Lionel Falcon a retratá-los na exposição ‘Vira-Latas’, que entra em cartaz sábado, na Barra da Tijuca.

1

2

GISLANDIA GOVERNO/ METRO RIO “Que essa mostra sirva como uma mensagem à sociedade: os animais também têm seus direitos”, diz o fotógrafo argentino Lionel Falcon sobre a exposição “Vira-Latas”, que abre ao público neste sábado, na Pet Center Marginal. Em cartaz, 14 painéis com fotos de cães e gatos de ONG’s diversas, acompanhadas de artigos da Declaração Universal dos Direitos dos Animais.

1

Iguais. Artigo 1

Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência. METRO RIO

2

Proteção. Artigo 2

Todo animal tem o direito à atenção, aos cuidados e à proteção do homem. METRO RIO

Programa-se! Na Pet Center Marginal (av. Ayrton Senna, 3.437, Barra da Tijuca. Tel.: 3195-4041). Seg. a dom., das 9h às 22h. Grátis. Livre. Até 15/3.

Vira-latas, sim!

3

Maus-tratos. Artigo 3

3

Nenhum animal será submetido nem a maus-tratos nem a atos cruéis. Se for necessário matar um animal, ele deve ser morto instantaneamente, sem dor e de modo a não provocar-lhe angústia. METRO RIO

4

Livres. Artigo 4

4

Todo animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático e tem o direito de se reproduzir. METRO RIO

5

5

Vida. Artigo 5

Todo animal que o homem escolheu para seu companheiro tem direito a uma duração de vida conforme a sua longevidade natural. O abandono de animais é um ato cruel e degradante METRO RIO


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊

O lado B da Segunda Guerra Estreia amanhã. George Clooney volta à direção em ‘Caçadores de Obras-Primas’, sobre grupo dedicado a resgatar telas confiscadas por nazistas Você pode pensar que todas as histórias da Segunda Guerra Mundial já foram levadas ao cinema, mas George Clooney tem uma novidade. Seu último trabalho como diretor, “Caçadores de Obras-Primas”, que chega amanhã aos cinemas e é baseado no livro homônimo de Robert M. Edsel, mostra um grupo de experts selecionados para recuperar obras valiosas confiscadas pelos nazistas. “Gostamos da história e não estávamos familiarizados com ela, o que é raro quando se fala da Segunda Guerra”, diz Clooney. “Queríamos falar sobre um assunto muito sério, mas de um modo que divertisse o público. Foi uma conquista, pois um filme sobre a salvação de obras de arte não soa exatamente divertido, então precisamos lembrar o público de que não estamos falando apenas sobre pinturas na parede, mas sobre cultura”, complementa. A convicção com que Cloo-

“Precisamos lembrar o público de que não estamos falando apenas sobre pinturas na parede, mas sobre cultura.” GEORGE CLOONEY, ATOR E DIRETOR

“CAÇADORES DE OBRAS-PRIMAS – SALVANDO A ARTE OCIDENTAL DA PILHAGEM NAZISTA” ROBERT M. EDSEL ED. ROCCO 367 PÁGS. R$ 40

ney fala tem origem em experiências pessoais que o ajudaram na motivação para realizar o filme. “Passei muito tempo em vilarejos no Sudão, onde não só mataram o povo dali e seus filhos como ainda destruíram coisas que eles tinham construído e que vinham de muitas gerações”, ressalta Clooney. “Destruímos o que

tornava a comunidade como algo deles. Percebemos como não protegemos a arte durante o início da Guerra no Iraque. Agora um monte de arte foi perdida. Isso pode afetar um povo de um modo muito profundo”, completa. Seu quinto filme como diretor também é o primeiro atrás das câmeras desde “Tudo Pelo Poder” (2011). “Prefiro dirigir do que fazer outras coisas. Isso é infinitamente mais criativo”, analisa. “Não sei se melhorei, mas estou certamente evoluindo em diferentes direções. Tudo o que é preciso é tentar aprender com pessoas com quem já trabalhei. Eu já estive com os irmãos Coen, [Steven] Soderbergh, Alexander Payne. Eles são excelentes diretores. Você só precisa tentar ver o que eles fazem e então roubar suas ideias. Essa é a teoria.” NED EHRBAR METRO INTERNACIONAL

Resenha

Elenco de estrelas em filme morno

John Goodman (esq.), Clooney e Matt Damon estrelam a produção | DIVULGAÇÃO

Cinema

Plumas e paetês no adeus à Virgínia Lane Além das flores, muitas plumas e paetês. E nada de choro, mas muita cantoria, conforme era o desejo de Virgínia Lane. Esse clima marcou o velório e o sepultamento da ex-vedete, que morreu na segunda-feira, aos 93 anos. Pela manhã, parentes, amigos e fãs se despediram da artista em cerimônia realizada no Teatro João Caetano, no Centro. O enterro ocorreu à tarde, no cemitério do Caju. | PAULO CAMPOS/FUTURA PRESS

NBC

Um longa com George Clooney, Matt Damon, Cate Blanchett e um subaproveitado Bill Murray, entre outros grandes nomes, não é de se esnobar. E, justamente por esse elenco, espera-se mais de “Caçadores de Obras-Primas”. De importância e interesse mundial, a história é apresentada na telona com muitos recortes, sem aprofundar os meandros das buscas e usando muito bem a artimanha da exaltação ao exército americano – que, definitivamente, não trabalhou sozinho nesses resgates. METRO

Música

‘Faroeste Caboclo’ será exibido nos EUA e no Canadá

Diário de Hoffman mostra o ator em dúvida amorosa

30 Seconds to Mars anuncia três shows no Brasil

O longa de René Sampaio, baseado na música da banda Legião Urbana, será exibido no circuito comercial dos Estados Unidos e do Canadá, com o nome de “Brazilian Western”. Ainda não foi divulgada a data oficial de lançamento, mas sua apresentação foi confirmada na primeira Sessão de Gala o Festival Internacional de Miami, no dia 8 de março. METRO

A emissora americana NBC divulgou trechos de dois diários de Philip Seymour Hoffman, morto no último dia 2. No conteúdo, o ator fala sobre a luta contra as drogas e se revelava confuso entre a relação que tinha com a mãe de seus filhos, Mimi O’Donnell, e uma mulher que havia conhecido recentemente. METRO

A banda 30 Seconds to Mars confirmou shows em Brasília (13 de maio , no Opera Hall, ingressos entre R$ 400 a R$ 200), São Paulo (15 de maio, no Espaço das Américas, R$ 220 a R$ 360) e Rio de Janeiro (16 de maio, na Fundição Progresso, R$ 240 a R$ 140). Os ingressos estão à venda no site www.livepass.com.br. METRO


|14|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Passarela Eng. Aércio Sampaio

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

ASSANHAMENTO DA INFLAÇÃO: VOCÊ DIRÁ UM “SIM” OU “NÃO”?

Cruzadas

Apagão que merece explicação

É óbvio que não existe um sistema que seja 100% imune a defeitos, e a rede interligada de energia elétrica nacional, pela dimensão gigantesca que a caracteriza, não foge a essa regra. Mas os técnicos sabem que há fartos conhecimentos técnicos e recursos de equipamentos que permitem que se tenha a coordenação da proteção do sistema, que restringe os “curtos circuitos e/ou sobrecargas elétricas”. Necessário, portanto, que seja apurado, com rigor indispensável, o apagão que atingiu quatro regiões brasileiras.

E por que se assanha? O nível de emprego está elevado, o nível da renda até que anda razoável, daí as pessoas querem usar o dinheiro que tem no bolso para comprar, gastar e assim conquistar uma vida mais plena, confortável, prazerosa. Até aí, perfeito! Mas quem “faz os preços” percebe isso e, por vezes, abusa, propondo aumentos injustificáveis, muito acima do padrão da inflação corrente. Se a massa de consumidores vai ao mercado e diz “sim” a essas altas especulativas, danou-se: a inflação assanhou-se!

HILTON FERREIRA MAGALHÃES – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

Não! Ainda outro dia fui ao cabeleireiro. O corte, que tinha custado R$ 50,00 na minha última ida, estava agora anunciado por R$ 60,00, um aumento de “apenas” R$ 10,00. Acontece que, como proporção dos R$ 50,00 anteriores, os R$ 10,00 a mais representam 20%! “Ei, que raio de aumento é esse? Mais que o triplo da inflação?” O IPCA em 2013 foi de 5,91%. “Se quiserem, topo pagar R$ 53,00, o suficiente para repor a inflação do ano passado.” Não toparam. Troquei de salão. Sim, há outros. Vai levar? Uma grande montadora acaba de lançar um novo modelo de automóvel popular. O carro é até bonitinho, já existe na Europa há um tempo e agora é lançado no Brasil, o que é bom. Mas sofreu modificações simplificadoras para “baixar o custo de produção”, o que até seria bom, se fosse para diminuir o preço. No entanto o “carrinho” está sendo vendido – conforme a imprensa especializada – com ágio de até 15%. Vai querer? Se disse “sim”, acaba de contar ponto para a inflação especulativa!

A passarela sobre as pistas do Aterro, em frente ao Museu República, que liga a praia ao Parque do Flamengo, entre os campos de futebol e a cidade das crianças, está com sua proteção lateral progressivamente se desprendendo da base de concreto. Caso não haja providências, logo aqueles que passam por ali estarão expostos ao perigo de queda, em especial as crianças. SAULO DUTRA DE ANDRADE - RIO DE JANEIRO, RJ

Em que grau? Inflação é quando os preços de uma grande quantidade de produtos e serviços vão aumentando. Ao longo dos anos, todo país tem um pouco de inflação. Desde que ela se mantenha baixa (que não passe de 2% ou 3% ao ano) e sob controle (que não suba ou desça mais de 1/3 com relação ao período anterior), a sociedade pode conviver com ela, sem problemas. Mas quando ela se assanha provoca tanto desgaste no poder de compra do dinheiro que incomoda e tira qualidade de vida do povo.

O deputado estadual Siga o Metro Carlos Minc apresentou no Twitter: projeto de lei que proíbe a @jornal_metroRJ venda de rojões e artefatos explosivos. Você concorda com a proposta? Sudoku

@julio_cesar

Depois dos recentes episódios, ficou claro que esses artefatos precisam de mais fiscalização. @leeeeoalmeida

Acho errado, pois existem pessoas que usam apenas para se divertir em comemorações. Medida muito drástica. @juh_97

Nunca vi graça em soltar fogos, que são perigosos e podem machucar as pessoas. Medida apoiada!

Não, mesmo! Para não jogar mais fogo na lenha da inflação, a gente tem de saber dizer “não” para o que está subindo demais. Lá em casa temos ensinado a criançada a gostar de tudo o que é tipo de fruta e legume. Encareceu demais um tipo, a gente diz “não” e compra do substituto. Os preços vão continuar subindo mas, se todos agirem assim, os especuladores perdem força e a inflação sossega. Vale tentar.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Leitor fala

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Período para esclarecer assuntos diante de amizades ou vivenciá-las de modo mais especial. Atividades em grupo marcarão o trabalho.

Tendências a restabelecer contatos e retomar assuntos diante das relações que possui maior vínculo. Seja cuidadoso ao se expressar.

Momento em que novos conhecimentos e informações proporcionarão crescimento pessoal e profissional. Sempre tem prazer em aprender.  

O momento é de atenção com algumas especulações que envolvam o trabalho. Possibilidades maiores para retomar bons contatos.

O momento favorece inovações no trabalho e uma mudança de postura com algumas prioridades, ainda que sejam difíceis certas adaptações.

Temas relacionados a finanças e interesses materiais requisitarão atenção a detalhes para não cometer equívocos por mero capricho.

Regente de seu signo, Mercúrio ingressa em Aquário, boa influência para se dedicar a ideias diferentes e inovadoras em seus projetos.

O empenho a assuntos de quem tem vínculo afetivo tende a ser mais intenso. Momento especial para algum esclarecimento na vida amorosa.

Mercúrio – planeta associado às comunicações – ingressa em seu signo, influência especial para temas culturais e retomada de relações.  

O período é propício para confidências junto a amizades e na vida amorosa. Evite intervir demais nos assuntos de quem se relaciona.

Assuntos familiares estão propensos a esclarecimentos e a proporcionar responsabilidades diferentes. Tendências a retomar conversas.

Ações voluntárias e causas coletivas tomarão sua atenção de maneira mais intensa. Atente-se para não esquecer de si mesmo por isso.


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Jogos Olímpicos de Inverno. Dupla russa ganha segundo ouro na patinação artística ao som do musical “Jesus Cristo Superstar”. Eles já haviam sido campeões por equipes

DIVINOS Os russos Tatiana Volosozhar e Maxim Trankov se tornaram ontem a primeira dupla de patinação artística a ganhar dois ouros na mesma olimpíada. Depois de ajudar a Rússia a levar o título por equipes nos Jogos de Sochi, no domingo, eles voltaram ao gelo ontem para protagonizar uma sequência de movimentos perfeita ao som da trilha do musical “Jesus Cristo Superstar”. A apresentação impecável levou a plateia ao delírio e a dupla às lágrimas. A final também teve dobradinha russa: com uma divertida performance da trilha de “A Família Adams”, os colegas russos Ksenia Stolbova e Fedor Klimov levaram a prata.

ESPORTE

Mesmo com duas quedas (dele e dela), a dupla alemã, composta por Aliona Savchenko e Robin Szolkowy, levou o bronze.

Toque brasileiro A disputa da patinação artística, uma das mais belas dos jogos, continua. Este ano, pela primeira vez, o Brasil terá uma representante na pista de gelo: Isadora Williams competirá na semana que vem. Até o momento, dois brasileiros já estrearam em Sochi. Jaqueline Mourão participou das provas do biatlo e do esqui cross country. Leandro Ribela competiu também neste último. Apesar dos resultados inexpressivos, eles se disseram satisfeitos com a participação. METRO

3

Dois ouros A suíça Dominique Gisin (à esq.) e a eslovena Tina Maze protagonizaram uma disputa emocionante na final do esqui alpino downhill, ontem, nos Jogos Olímpicos de Sochi (RUS): terminaram suas descidas com o mesmo tempo e subiram, juntas, no lugar mais alto do pódio. | LEONHARD FOEGER/REUTERS

Animado

“Todas as Copas são especiais. Esta ainda mais porque acredito que vai estar cheio de argentinos e que muitas pessoas vão nos seguir.” LIONEL MESSI


|16| LIBERTADORES - 1ª RODADA GRUPO 1

GRUPO 5

TERÇA-FEIRA

0

1

X

UNIVERSITÁRIO

V. SÁRSFIELD

ONTEM

2

X

R. GARCILASO

HOJE

HOJE

20h

20h

X THE STRONGEST

U. DE CHILE

GRUPO 2

2

GRUPO 6 HOJE

X

SAN LORENZO

NACIONAL-URU SEXTA-FEIRA

23h

0h30

X

X A. NACIONAL

GRUPO 3

ONTEM

0h15

2

X DEPORTIVO CALI

N. OLD BOYS

GRUPO 7

HOJE

C. PORTEÑO

X

LEÓN (MEX)

1

FLAMENGO

HOJE

SEXTA-FEIRA

22h15

oh30

X

X LANÚS

O’HIGGINS

EMELEC

BOLÍVAR

GRUPO 4

GRUPO 8

TERÇA-FEIRA

TERÇA-FEIRA

0

X

1

ATLÉTICO-MG

S. LAGUNA

1

TERÇA-FEIRA

SANTA FÉ

GRÊMIO

18/02

U. ESPAÑOLA

3

X

1

NACIONAL-PAR

X

0

A. SARANDÍ

ONTEM

1

DEPORTIVO-VEN

X

Com 10 desde o 1º tempo, Fla cai para o León Libertadores. Amaral é expulso aos 12 minutos e rubro-negro perde por 2 a 1 no México. Domingo, tem clássico contra o Vasco

20h45

0

X

I. DEL VALLE

ZAMORA

CRUZEIRO

D. SPORTING

TERÇA-FEIRA

BOTAFOGO

1

X

ATLÉTICO-PR

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 13 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

1

PEÑAROL

Expulsão, gol de pênalti, pênalti perdido, arbitragem confusa, bolas na trave e grandes defesas do goleiro Felipe. Teve de tudo na estreia do Flamengo na Libertadores, ontem, no México. E, com um jogador a menos desde os 12 minutos do primeiro tempo, quando Amaral foi expulso, o rubro-negro foi guerreiro, mas cansou, e acabou derrotado pelo León (MEX), por 2 a 1. O próximo adversário rubro-negro na Libertadores é o Emelec (EQU), dia 26, às 23h, no Maracanã. Boselli abriu o placar aos 31 minutos do 1º tempo, de pênalti. Aos 42, Cáceres empatou, de cabeça. Boselli ainda teve chance de ampliar o placar aos 15 minutos da segunda etapa. Mas, tentou dar uma cavadinha e Felipe defendeu. No entanto, aos 22 minutos do 2º tempo, Arizala deu a vitória para os donos da casa. Carioca Pelo Carioca, o Flamengo tenta recuperar a liderança contra o Vasco, domingo, às 16h, no Maracanã. O rubro-negro é segundo colocado, com 16 pontos, empatado com o Fluminense. METRO RIO

Samir teve trabalho para marcar o bom time do León | REUTERS/JOSE MEDRANO

2 1 • •

Yarbrough; Magallón, Rafa Márquez, González (Arizala)e Hernández; Vazquez, Peña, Loboa (Navarro) e Montes; Mauro Boselli e Britos. Técnico: Gustavo Matosas

LEÓN (MEX)

Felipe ; Léo Moura, Wallace, Samir (Erazo) e André Santos ; Amaral , Elano, Cáceres, Everton (Paulinho) e Lucas Mugni (Alecsandro); Hernane. Técnico: Jayme de Almeida

FLAMENGO

Gols. Boselli aos 31’ e Cáceres aos 42’ do primeiro tempo, e Arizala aos 22’ do 2º Arbitragem. José Hernando Buitrago (COL)

Adriano vestirá a camisa 30 no Furacão | DIVULGAÇÃO

Com Adriano no banco, Atlético-PR estreia hoje Depois de conseguir uma classificação emocionante para a fase de grupos da Libertadores, o Atlético-PR enfrenta hoje o The Strongest, da Bolívia, às 20h, na Vila Capanema, confronto válido pelo Grupo 1. O atacante Adriano, que assinou contrato com o Furacão na terça-feira, já está inscrito na competição e ficará à disposição do técnico Miguel Ángel. O Imperador vai usar a camisa de número 30, mas ainda não será titular. A expectativa é que ele entre no decorrer da partida. O Grêmio também estreia hoje no torneio sul-americano, contra o Nacional-URU, às 20h45, no Uruguai, pelo Grupo 6. Cruzeiro Outro brasileiro na disputa, o Cruzeiro, atual campeão nacional, perdeu para o Real Garcilaso, do Peru, de virada, por 2 a 1, na estreia dos dois times, ontem. METRO

Flu. Fred e Sobis formam Fogão. Wallyson explica ataque em treino coletivo comemoração diferente

Vasco. Meia Douglas é apresentado na Colina

O atacante Fred curtiu a praia pela manhã, em Ipanema e, de tarde, foi praticamente confirmado na partida contra o Boavista, sábado, às 19h30, no Maracanã, pela oitava rodada do Campeonato Carioca. O tricolor é líder do Estadual, com 16 pontos, empatado com o Flamengo. O técnico Renato Gaúcho comandou o primeiro coletivo da semana, nas Laranjeiras, com Fred e Rafael Sobis no ataque. O time titular foi: Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Elivélton e Carlinhos (depois Chiquinho); Valencia, Diguinho, Jean e Conca; Rafael Sobis Fred recupera-

O meia Douglas, ex-Corinthians, foi apresentado ontem como novo reforço do Vasco. Ele tem vínculo com o clube da Colina até dezembro deste ano. O jogador foi em seguida para o campo, participou do seu primeiro treino e marcou até gol. O técnico Adilson Batista escalou um time ofensivo no coletivo de ontem, com três atacantes. A equipe que ele mandou em campo foi: Martín Silva; André Rocha, Luan, Rodrigo e Diego Renan; Guiñazu, Aranda e Bernardo; William Barbio, Everton Costa e Edmílson. Terceiro colocado no Campeonato Carioca com 15 pon-

Renato Gaúcho conversa com Walter | FERNANDO CAZAES/PHOTOCAMERA

-se de uma lesão na panturrilha direita, que o tirou do Fla x Flu do último sábado. METRO RIO

Artilheiro da Libertadores com quatro gols, o atacante Wallyson, do Botafogo, explicou ontem a comemoração do segundo gol alvinegro na vitória por 2 a 0 sobre o San Lorenzo (ARG), terça-feira, no Maracanã, pela primeira rodada da fase de grupos da competição. Ele tampou um olho com a mão na hora de festejar: “Foi uma homenagem para a minha mãe, que passou recentemente por uma cirurgia nos olhos”. O Botafogo volta a jogar, pela Libertadores, apenas no dia 26, contra o Unión Española (CHI), em Santiago, pelo Grupo 2. Pelo Campeona-

Wallyson homenageou a mãe | PEDRO MARTINS/AGIF /FOLHAPRESS

to Carioca, o time enfrenta o Duque de Caxias, domingo, às 18h30, no Raulino de Oliveira. METRO RIO

Douglas assinou contrato até o final do ano | MARCELO SADIO/DIVULGAÇÃO

tos, um a menos que o líder Fluminense, o Vasco enfrenta o Flamengo, domingo, às 16h, no Maracanã. METRO RIO


20140213_br_metro rio  
Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you