Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

QUER SER UM MESTRE JEDI? MANUAL TRAZ TUDO O QUE UM JOVEM PADAWAN PRECISA SABER PÁG. 11 BELO HORIZONTE Segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 Edição nº 584, ano 3 MÍN: 19°C MÁX: 32°C sunny

snow

rain

partly

sunny www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

BH se prepara para maior Carnaval da sua história hazy

showers

Multidão nas ruas. Bloquinhos carnavalescos explodem na cidade, já são 148, e fazem a festa saltar de 50 mil foliões em 2012 para a expectativa de 1,5 milhão neste ano. Pontapé inicial dos eventos será dado neste sábado com programação variada na capital PÁG. 02

Conheça o mapa do perigo nas rodovias de MG Região metropolitana e Triângulo Mineiro concentram mais de 50% dos assaltos nas estradas PÁG. 03

Ucrânia alega ter recebido ‘inúmeras’ ameaças terroristas Serviço de segurança colocou unidades antiterroristas em alerta em instalações de todo o país PÁG. 10

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

CRUZEIRO LEVA A MELHOR

Com dois gols de cabeça do zagueiro Léo, equipe celeste vence o primeiro clássico da temporada contra o América PÁG. 16

Defensor jogou bem e, em menos de 10 minutos, anotou os dois tentos da partida | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Preços de passagens aéreas na Copa sobem até R$ 1 mil Levantamento de site de comparação de valores revela as diferenças em dias de jogos PÁG. 08


1

|02|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Segurança pública

Policiamento da capital terá reforço

FOCO

A Polícia Militar garantiu que terá reforço em Belo Horizonte durante o Carnaval. O CPC (Comando de Policiamento da Capital), no entanto, ainda está fazendo o planejamento para não prejudicar a segurança no restante da cidade. “Ainda estou discutindo com a prefeitura, identificando número de blocos, itinerário, entre outros fatores”, afirmou a comandante do CPC, coronel Cláudia Romualdo. Segundo a policial militar, o balanço oficial deverá ser divulgado na última semana deste mês. TR

Foliões prontos para maior Carnaval de BH Desfile de escolas de samba voltará a ser realizado na tradicional avenida Afonso Pena; prefeitura promete estrutura para bloquinhos | CARNAVAL DE BH/FACEBOOK

Folia! Blocos invadem ruas e cidade se prepara para receber 1,5 milhão de pessoas. Pontapé oficial é nesta semana

Colaboração

Pizzolato

As autoridades italianas vão compartilhar com a Polícia Federal os dados contidos em dois computadores e em um tablet apreendidos durante a prisão do exdiretor de marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado no processo do mensalão. Segundo a “Folha de S.Paulo”, o adido da PF em Roma, Disney Rosseti, vai se reunir hoje com a polícia italiana para discutir os detalhes da cooperação.

Cotações Dólar + 0,03% (R$ 2,38) Bovespa + 0,70% (48.074 pts) Euro - 0,11% (R$ 3,24) Salário Selic (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

Belo Horizonte resgatou de vez sua vocação para a folia, entrou no ritmo e já respira Carnaval. Blocos, escolas de samba, Belotur e polícia se preparam para a maior festa da história na capital mineira. Após o despertar no ano passado, são esperadas nas ruas 1,5 milhão de pessoas durante o período carnavalesco – uma multidão 30 vezes mais volumosa do que a de dois anos atrás. Os envolvidos prometem ter aprendido a lição de 2013, quando o salto de foliões (de 50 mil, em 2012, para 500 mil, segundo a Belotur) refletiu em sujeira e desorganização. Neste ano, ao que tudo indica o crescimento continuará: já são quase 150 blocos cadastrados, ante 72 no ano passado. A prefeitura decidiu acompanhar: aumentou o investimento em 40%, chegando a R$ 5 milhões, e fez um planejamento para integrar desfiles, shows e blocos.

Número de foliões subiu de 50 mil, em 2012, para 500 mil | CARNAVAL DE BH/FACEBOOK

“Toda a movimentação dá a entender que teremos o melhor Carnaval da história. O trabalho é árduo e envolve não só o poder público, mas todo mundo.” TOMÁS DIAS, PRODUTOR E CRIADOR DO MOVIMENTO CARNAVALIZA BH

#CarnavalizaBH Após seguidos pedidos das escolas, o desfile voltará para a tradicional Afonso Pena. O trecho entre a avenida Carandaí e a rua da Bahia será palco para os Blocos Caritos,

no dia 3 de março, e para as seis escolas de samba, no dia seguinte. “A via é propícia para isso, parece um sambódromo. Vamos montar toda a estrutura sem interferir no funcionamento da Feira de

Artesanato”, explica o diretor de Operações e Eventos da Belotur, Felipe Barreto. O belo-horizontino também terá a opção de 12 palcos com shows: um em cada regional e três estratégicos nas praças da Estação, Savassi e Pampulha, cujo objetivo é concentrar os foliões que seguem os bloquinhos. Quanto aos blocos, responsáveis pelo boom do Carnaval, a Belotur afirmou que o cadastro será fundamental para limpeza urbana, fechamento de ruas e fornecimento de banheiros químicos. Quem quer cair na folia, já deve separar a fantasia: a abertura oficial do período carnavalesco começa neste sábado. A maioria dos blocos estão no Facebook e ao menos duas páginas divulgam a programação: “Carnavaliza BH” e “Carnaval de BH”.

Repercussão facebook.com/metrojornal “Carnaval seu lindooooo, chega logooo!!!!.” Flavinha Mattioli

“Prontas para o carnaval logo mais? Colocar esse bloco pra trabalhar!!!!” Barbara Caires

“Carnaval é muito bom, é uma alegria ver o renascimento do carnaval em BH. Há alguns anos venho acompanhando e saindo nos blocos, mas acho que a alegria e diversão têm que vir acompanhadas de educação. Carnavalize e ajude a preservar a integridade dos bairros.” Monica Mata Machado

“Alouuuuuuuuuuuu santa terezaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!.” Isabela Lima

THIAGO RICCI

“Pelo amor de Deus, quero ir em todos [os blocos].”

METRO BELO HORIZONTE

Ivan Mont

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 031/3508.5720

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo. Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metro Belo Horizonte. Gerente executivo: Cássio Mota. Editor-Executivo: Luiz Fernando Rocha Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

03

O mapa do perigo em Minas Criminalidade. Estudo aponta os pontos com o maior índice de assaltos nas estradas. DER-MG pretende concentrar policiamento nesses locais A região metropolitana de Belo Horizonte e o Triângulo Mineiro concentram a grande maioria dos assaltos a ônibus nas estradas mineiras. As cinco rodovias com maior número de roubos atendem justamente as duas regiões e são palcos de 54% dos assaltos. Já a madrugada, das 23h às 5h, é quando os ladrões aproveitam para atacar: 66% dos crimes ocorrem no período. Essas são algumas das informações reveladas pelo Mapa da Violência, levantamento realizado pelo DER-MG em conjunto com o sindicato das empresas. “Com o estudo, conseguimos priorizar ações nos locais mais perigosos. Sempre em parceria com polícias rodoviárias, ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e Polícia Civil”, afirma o gerente de Fiscalização do DER, Luiz Macedo. A polícia orienta que os passageiros evitem transportar objetos valiosos. “É essencial que a pessoa viaje em ônibus regulamentado, já que o ilegal, mesmo em boas condições, foge do nosso acompanhamento”, diz o responsável pelo policiamento nas estradas estaduais, coronel Leonardo Linhares.

TRECHOS DE

TENSÃO

BA

Gerente de Fiscalização do DER-MG (Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais).

Conheça os pontos com maior concentração de assaltos a passageiros de ônibus Regiões com alta incidência de assaltos

BR-116

GO CATALÃO

TEÓFILO OTONI

MG

LAGOA GRANDE

ARAGUARI

BR-116

UBERLÂNDIA

BR-452 FRUTAL

MEDINA

BR-040

BR-262

NOVA PONTE

BELO HORIZONTE SETE

PATROCÍNIO

LAGOAS

BR-418

GOVERNADOR VALADARES

ES

MATEUS LEME

SP BR-381

PERDÕES

RJ

THIAGO RICCI

FONTE: DER-MG

METRO BELO HORIZONTE

As mais visadas

LUIZ MACEDO

• BR-365 (liga Uberlândia à divisa com Goiás). 17 assaltos. • BR-040 (liga Brasília a RJ, passando por BH). 14 assaltos. • MG-424 (liga Vespasiano a Pedro Leopoldo, na Grande BH). 12 assaltos. • BR-452 (localizada no Triângulo Mineiro). 11 assaltos. • BR-381 (liga Governador Valadares à capital e Contagem a São Paulo). 10 assaltos.

Se, por um lado, é unânime que os assaltos nas estradas precisam de uma atenção especial das autoridades, por outro, também é consenso entre os mesmos especialistas que o combate a violência passa pela instalação de câmeras nos ônibus e também nos pontos de embarque, desembarque e parada. Pensando nisso, o DER-MG iniciou as conversas com empresários neste ano. “A receptividade dos proprietários de viações está sendo muito boa. Até porque não é bom para eles deixar os passageiros inseguros. Estamos mostrando as vantagens aos empresários, como monitorar o motorista, além do óbvio aumento da segurança”, afirma o gerente de Fiscalização do DER-MG, Luiz Macedo.

SC

O governo pode obrigar a instalação do equipamento? Não estamos indo por esse caminho porque, se obrigadas, as empresas vão reverter o custo para o passageiro. E não é essa a ideia. Estamos mostrando as vantagens aos empresários. TR

Homicídio de engenheiro levantou discussões

“Todas as medidas são bem-vindas. O passageiro deve priorizar viajar de dia, é mais seguro.”

A segurança – ou falta dela – nos ônibus que atravessam as estradas mineiras ficou em foco especialmente após um assalto culminar na morte de um engenheiro de 25 anos. João Gabriel Camargos foi assassinado na madrugada do dia 9 de março de 2013, quando viaja de Poços de Caldas para Belo Horizonte, após comemorar o aniversário da jovem. Ele teria sido morto após o assaltante ter tropeçado no pé do engenheiro. O suspeito foi preso e condenado a 39 anos de prisão em regime fechado.

ARISTIDES JÚNIOR, PORTA-VOZ DA PRF

No fim do ano passado, foi realizada uma audiência na Assembleia Legislativa para discutir o assunto. Na ocasião, o representante da ANTT, Joaquim Fagundes da Silva, corroborou a tese de Macedo. Ele argumentou que os motoristas seriam mais prudentes sabendo que estariam sendo vigiados. O intuito é instalar câmeras também nas pontos, além do botão de pânico nos ônibus e registrar dados pessoais do passageiro no bilhete de viagem. TR

O que fazer então? Identificar as quadrilhas e prendê-las. A dificuldade é grande porque o cara entra no mato e some. Estamos procurando outros meios, como botão de emergência e instalação de câmeras...

Violência

Nos ônibus. Instalação PR de câmeras seria saída

O Mapa da Violência revelou o número de assaltos em cada uma das estradas que cortam Minas Gerais. Neste ano, houve 261 assaltos a ônibus, segundo a PRF, que conseguiu prender oito assaltantes.

Quais ações são feitas nos pontos mais perigosos? Podemos identificar quais órgãos podem nos auxiliar. Não podemos retirar os pontos de parada ou embarque nesses locais porque são definidos para atender as comunidades. Próximo a Itabira, há uma localidade chamada Bamba, onde o ponto de embarque fica num local ermo e escuro.

Morte de engenheiro gerou revolta | RICARDO BASTOS/HOJE EM DIA/FUTURA PRESS

TR


04

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Grupos ocupam viaduto em busca de informação

Santa Tereza. Manifestantes iniciaram acampamento no sábado. Estrutura, palco de eventos populares, está fechada desde o último dia 29

Ocupação da estrutura sob o viaduto ocorreu no sábado... | FOTOS: MÍDIA NINJA

Alerta

Cláudio van Balen

Crimes violentos crescem em Minas

Retorno de frei reúne multidão

Os crimes contra o patrimônio em Minas cresceram quase 27% em 2013 com relação a 2012. A Secretaria de Defesa Social divulgou os números da criminalidade no Estado na última sexta-feira. O número de homicídios (4,3 mil assassinados) também subiu em relação a 2012. Em BH, 878 foram mortas no ano passado. METRO BH

A volta de Frei Cláudio van Balen após dois domingos afastados atraiu uma multidão na igreja do Carmo, no bairro Sion, região Centro-Sul de Belo Horizonte. A paróquia, com capacidade para 1 mil pessoas ficou superlotada – ao todo, 1,3 mil compareceram. Frei Cláudio foi afastado após se envolver em uma polêmica. METRO BH

A estrutura sob o Viaduto Santa Tereza, no bairro Floresta, região Leste da capital, está ocupada por movimentos sociais desde sábado. O grupo, intitulado de “Viaduto Ocupado”, planeja conversar hoje com integrantes do Conselho Municipal do Patrimônio Histórico para, em seguida, se reunir com a prefeitura. Antes, os manifestantes pretendem dialogar com os trabalhadores da obra. “A primeira ação do dia será uma recepção aos operários da obra e abrir uma roda de conversa. Vamos ouvir as reivindicações, talvez eles tenham algo a acrescentar na nossa pauta”, disse uma integrante do movimento. O grupo retirou os tapumes e acampa no local. O objetivo é obter informações sobre a obra realizada sob o viaduto, iniciada no último dia 29. A intervenção faz parte da implantação do Circuito de Esportes Radicais de Santa Tereza e Recuperação Estrutural da construção. O local era ponto de eventos populares, como reuniões da Assembleia Popular Horizontal de BH e Duelo de

“O projeto inicialmente foi desenhado supostamente para atender as necessidades das pessoas que frequentavam o viaduto, mas esqueceram do óbvio: dar voz a elas” TRECHO DE CARTA DO “VIADUTO OCUPADO”

MCs. Os manifestantes alegam que o projeto da obra é desconhecido. Procurada, a assessoria da administração municipal afirmou que ainda não falaria sobre o ato. Obras A prefeitura pretende transformar a estrutura sob o viaduto em um espaço para a prática de skate e bicicletas, além de uma quadra de basquete, um palco e arquibancada. No anúncio da obra, a administração disse que as intervenções eram para incentivar a participação popular e não o inverso. THIAGO RICCI METRO BELO HORIZONTE

... Após o ato conhecido como Praia da Estação, na Praça da Estação

Estrutura na Pedro I será liberada hoje, garante PBH O viaduto na avenida Pedro I interditado na última sexta-feira será liberado hoje, garante a prefeitura de Belo Horizonte. A estrutura foi interditada após ocorrer um deslocamento lateral. A administração municipal, no entanto, rechaçou qualquer possibilidade de queda. O viaduto que fica entre as avenidas Pedro I e Montese está em obras. Segundo a prefeitura, a empresa responsável pela obra trabalhou todo o fim de semana para corrigir o problema. A causa do deslocamento de 27 centímetros da estrutura ainda é um mistério e está sendo estudada por especialistas em engenharia. O viaduto compõe o sistema Move (como é chamado o BRT em Belo Horizonte). METRO BH

Viaduto foi interditado na última sexta-feira | WESLEY RODRIGUES/HOJE EM DIA/FOLHAPRESS

Gutierrez. Jovem morto em assalto é homenageado O jovem de 21 anos assassinado em um assalto no bairro Gutierrez, região Oeste de Belo Horizonte, foi homenageado ontem. Familiares e amigos realizaram o gesto no Cemitério Parque da Colina e pediram justiça. Matheus Salviano Botelho de Morais era estudante de engenharia e foi morto quando tentava sair com o carro após visitar um amigo, que se recupera de cirurgia. Segundo testemunhas, o jovem foi abordado por dois assaltantes e, mesmo sem reagir, foi baleado. A dupla fugiu com o Fiat Punto do estudante. Ninguém foi preso e o carro não foi encontrado até o fechamento desta edição. METRO BH


06

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

BRASIL

Pela 1° vez, Câmara analisa cassação com voto aberto Inédito. Natan Donadon será o primeiro deputado julgado pelo plenário após o fim da votação secreta. Sessão será na quarta-feira

Desde 1988, 20 deputados já perderam o mandato

Natan Donadon voltará a ser julgado | FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

Condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a 13 anos e 4 meses de prisão, Natan Donadon (sem partido-RO) deixará, na quarta-feira, o Complexo Penitenciário da Papuda, onde está preso desde 28 de junho do ano passado, para acompanhar a sessão que deverá torná-lo o 21° deputado cassado desde a promulgação da Constituição de 1988. A novidade será que, de maneira inédita, os votos dos deputados serão públicos. Situação bem diferente de agosto de 2013 quando, em votação secreta, os parlamentares mantiveram o mandato de Donadon, crian-

do a figura do deputado preso. Eram necessários 257 votos pela cassação -- 233 votaram a favor da cassação, 131 contra, 41 se abstiveram, 54 decidiram não votar e outros 54 nem sequer apareceram. Donadon cumpre pena em regime fechado pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. O Ministério Público concluiu que o deputado comandou um esquema de desvio de recursos públicos na Assembleia Legislativa de Rondônia entre 1995 e 1998. João Paulo Cunha Decidido a não renunciar ao

cargo, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), preso desde terça-feira na Papuda, foi convencido pelo PT e abriu mão do mandato na sexta-feira. A Mesa Diretora se reuniria nesta quarta-feira para decidir sobre o processo de cassação. Com apenas dois petistas entre os sete integrantes do colegiado, o encaminhamento do caso para o Conselho de Ética era dado como praticamente certo. E aí tudo dependeria do plenário, arrastando a situação até pelo menos abril. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

A cassação de mandato é um rotina no parlamento desde 1949. A punição é abrangida pela chamada quebra de decoro parlamentar, nomenclatura que encobre os reais motivos da perda de mandato. Há casos de corrupção, compra de votos, envolvimento com o crime organizado, responsabilidade por tragédias, oposição ao regime militar e até fatos curiosos, como o excesso de faltas. Por ironia, a primeira cassação registrada foi há 65 anos. O deputado Edmundo Barreto Pinto (PTB-RJ) perdeu o mandato depois de ter estampado as páginas da extinta revista “Cruzeiro” somente de cueca. Na sua defesa, o parlamentou alegou ter sido enganado pelo fotógrafo, mas a desculpa não colou. A ditadura (1964 a 1985) também retirou compulsoriamente o mandato de 173 deputados federais, que depois recuperaram o cargo de forma simbólica. Após o período da redemocratização, dois gazeteiros deixaram de ser deputados: Felipe Cheidde (PMDB-SP) e Mário Bouchardet (PMDB-MG) faltaram a mais de 30% das reuniões da Assembleia Nacional Constituinte. Foram as úni-

Congresso foi decorado com velas na sessão de Luiz Estevão | ICHIRO GUERRA/FOLHAPRESS

cas vítimas da regra para punir faltosos, que embora ainda exista no regimento, é mais maleável para possibilitar justificativas. A ficha corrida de alguns eleitos também provocou cassações. Hidelbrando Pascoal ficou conhecido como o ‘deputado da motosserra’ porque liderava um grupo de extermínio. Talvane Albuquerque foi acusado de mandar matar a deputada Ceci Cunha, adversária política. Há casos ligados a tragédias. Sérgio Naya foi expulso da Câmara dois meses após o desabamento do hotel Palace II, no Rio de Ja-

neiro, do qual era dono. Os escândalos políticos também motivaram a retirada dos cargos. Foi o que ocorreu, por exemplo, com três condenados do mensalão.  No Senado, houve apenas duas cassações. Em 2000, Luiz Estevão foi o primeiro senador da história a perder o mandato, por envolvimento no desvio de recursos da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo. Em 2012, foi a vez de Demóstenes Torres (DEM-GO) ser cassado, por auxiliar o bicheiro Carlinhos cachoeira em negócios escusos. METRO BRASÍLIA

Cassados Ao longo dos últimos 26 anos, a Câmara determinou a perda de mandato de 20 deputados: • Faltas. Felippe Cheidde (PMDB-SP) e Mário Bouchardet (PMDBMG), em 1989. • Falsificação de documentos. Jabes Rabelo (PTB-RO), em 1991. • Compra de filiação partidária. Itsuo Takayama (PFL-MT), Nobel Moura (PTB-RO) e Onaireves Moura (PTB-PR), em 1993.

• CPI do Orçamento. Carlos Benevides (PMDBCE), Feres Nader (PTB-RJ), Fábio Raunheitti (PTB-RJ), Raquel Cândido (PTB-RO) e Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), em 1994. • Tragédia do Palace II. Sérgio Naya (PMDB-MG), em 1998. • Envolvimento em assassinato. Talvane Albuquerque (PFLAL), em 1999. • Ligação com o crime organizado.

Hidelbrando Pascoal (PFLAC), em 1999. • Extorsão. André Luís (PMDB-RJ), em 2005. • Fraude na compra de ações. Paulo Marinho (PFL-MA), em 2005. • Mensalão. Roberto Jefferson (PTB-RJ), José Dirceu (PT-SP) e Pedro Corrêa (PP-PE), em 20005. • Crime eleitoral. Ronivon Santiago (PP-AC), em 2005


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

|07|◊◊

Advogado quer acordo para que tatuador ajude a polícia Investigação. Jovem foi quem passou para outro manifestante o rojão que atingiu o cinegrafista da TV Bandeirantes na manifestação no Rio Preso na manhã de ontem por passar para outro manifestante o rojão que atingiu a cabeça do repórter cinematográfico da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, o tatuador Fábio Raposo, 23 anos, aceitou colaborar com a polícia. Segundo o delegado titular da 17ª DP (São Cristóvão), Maurício Luciano de Almeida, o rapaz vai ajudar no retrato falado do homem que acendeu o artefato explosivo. Após o depoimento do jovem, de mais de quatro horas, o delegado contou que Raposo disse já ter visto o responsável por disparar o artefato em outros atos e que vai tentar ajudar a fazer o retrato falado do suspeito.

“Na questão da delação premiada, a princípio, ele concordou em colaborar e vai ver se há possibilidade de identificar a pessoa, porque ele diz não conhecer o nome do outro manifestante, mas pode reconhecer. Ele já viu o rapaz em outras manifestações, mas não faz parte do seu círculo de amizades”, explicou o delegado. Quem tiver informações sobre o suspeito, pode ligar para o Disque-Denúncia (2253-1117). Já o advogado de Raposo, Jonas Tadeu Nunes, disse que vai pedir a revogação da prisão de seu cliente de 30 para cinco dias e disse que o jovem sofreu ameaças para assumir o crime sozinho: “Ele recebeu ligações

Fábio Raposo chega à 17ª DP para prestar depoimento | REPRODUÇÃO/BAND

e não sabe de onde veio. Ficou assustado. Já a delação premiada 100% não poderia ocorrer, porque ele não conhece o outro rapaz”. Na porta da delegacia, durante o depoimento de

Raposo, quatro ativistas, que já foram vistos em protestos com black blocs, hostilizaram os jornalistas e fizeram ameaças. O tatuador foi preso na casa dos pais, no Recreio, na

zona oeste, e, no fim da tarde, foi encaminhado a uma cadeia em São Gonçalo. Ele foi indiciado como coautor pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado por uso de explosivos e crime de explosão, mas pode ter a pena aumentada em mais cinco anos, caso seja configurado o crime de organização criminosa. Seu computador, aprendido em sua casa, no Méier, na zona norte, será periciado para saber se há mensagens ligadas ao grupo Black Bloc. Por enquanto, o cálculo da pena aponta para 35 anos. A polícia informou que encontrou pichações no prédio de Raposo com a mensagem “Black Bloc” e

palavrões em inglês contra a polícia. Segundo um vizinho, ouvido pelos investigadores, as inscrições são de autoria do jovem. Estado grave O repórter cinematográfico Santiago Andrade permanece internado em estado muito grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ele foi atingido por um rojão quando cobria o protesto contra o aumento da passagem de ônibus, na quinta-feira. O cinegrafista precisa de sangue do tipo O+. Quem puder doar, basta ir ao HemoRio, na rua Frei Caneca, número 8, das 7h às 18h, de domingo a domingo. METRO RIO E BAND


08

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

No Brasil, mais de 90% das empresas são familiares, segundo o IBGE, o que significa que cada uma, a seu tempo, terá o comando transferido para um sucessor, na maioria dos casos, de pai para filho. Pesquisas mostram que de cada 100 empresas familiares abertas e bem sucedidas, 30 chegam à segunda geração e 15 à terceira. Tais números evidenciam quão importante é a passagem das rédeas das mãos do fundador para o herdeiro. Se mal feita, pode levar o empreendimento a uma administração equivocada e sucumbir por isso. A sucessão é um procedimento demorado, que exige planejamento e, portanto, precisa começar o quanto antes. Não vamos tratar aqui de conflitos internos da família em que

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

ECONOMIA

existe uma disputa pelo comando. Nesses casos, os interessados acabam até “jogando contra o patrimônio”, truncando o processo apenas para evitar que o “concorrente” fique com o posto. Partamos do princípio em que a escolha está pacificada e o objetivo é fazer a passagem de bastão da melhor forma possível. O sucessor, antes de mais nada, deve mostrar aptidão para o negócio. Assumir uma empresa sem vocação para a tarefa é ligar uma bomba-relógio. Consideremos, então, o herdeiro apaixonado pelo empreendimento. O passo seguinte é se preparar para a missão. Isso requer conhecer bem a empresa toda, ou seja, trabalhar nas mais variadas funções numa imersão no negócio.

O futuro comandante precisa ser testado em situações que exijam poder de decisão, pois será sua realidade quando assumir. O preparo teórico também é fundamental. Ele tem de estudar para entender das especificidades da empresa e de gestão. Além disso, é muito importante passar por experiências profissionais fora do empreendimento da família, assim vai adquirir uma maior vivência para levar para seu negócio. O herdeiro deve ainda possuir espírito inovador, já que enfrentará um mercado em constante transformação e se não acompanhar as mudanças, apostando só em repetir o pai, corre sério risco de perder o rumo e fracassar.  Não estamos falando de uma fórmula matemática. Mas é óbvio que quanto maior a preparação para a sucessão, feita de forma profissional, mais chances de dar certo. Arriscar o negócio da família por questões emocionais e afetivas não é uma boa opção.

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

Preço de voo para Copa pode custar R$ 1 mil a mais Aviação. Diferença entre tarifas mínimas para dia de jogo do Brasil e para um dia comum foi encontrada para trecho SalvadorFortaleza. Seis rotas tiveram queda, mas valor ainda é alto A diferença dos preços mínimos de passagens aéreas para os jogos da Copa do Mundo em relação à tarifa para um dia comum pode superar R$ 1 mil. A conclusão é de um levantamento do site de comparação de preços de viagens Mundi. Para a pesquisa, foi considerado o preço mínimo dos voos com origem nas três cidades que mais procuraram, entre julho de 2013 e janeiro de 2014, as sedes dos jogos da Seleção Brasileira na primeira fase e na final. De julho para cá, dos 12 trechos avaliados, metade registrou queda nos preços. É o caso do trecho entre Belo Horizonte e São Paulo, para a abertura da Copa. A tarifa que custava no mínimo R$ 635,70 em julho do ano passado, podia ser encontrada por R$ 324,89 no mês passado. Apesar da queda, o preço mínimo para um bilhete comprado em janeiro com 30 dias de antecedência da data viagem era de R$ 180. “Houve uma queda de preços em janeiro, mas eles continuam, em média, acima do cobrado em um dia comum e mesmo para um período de alta temporada [janeiro e fevereiro]”, diz a gerente de marketing do Mundi, Juliana Venezian, ao Metro Jornal. A maior variação foi registrada no trecho Salvador-Fortaleza, para o segundo jogo do Brasil. O trecho pode ficar até R$ 1.085 mais caro. Enquanto, as passagens para o período custavam a partir de R$ 1.435 em janeiro, o

mesmo trecho era encontrado por R$ 350 na pesquisa em um dia comum. Para a final, em 13 de julho, no Rio, o preço mínimo com saída de Recife atingiu R$ 1.075,46 em janeiro, enquanto o valor em um dia comum chegou a R$ 478. Bilhetes mais baratos Juliana Venezian lembra que os preços variam de acordo com a ofer-

ta e demanda de assentos de companhias aéreas. “Quem quer economizar precisa comparar preços e fazer a compra com antecedência”, reforça. No caso dos voos para a Copa, avalia a gerente da Mundi, pode haver mais reduções de preços, com a liberação dos voos extras para o período e a estratégia de algumas aéreas de adotar um limite para a tarifa. METRO

QUANTO CUSTA Preços mínimos de passagem, em R$ Brasil X Croácia Abertura da Copa

São Paulo

IDA ENTRE 1O E 12 DE JUNHO BH

12/6

Brasil X México 2º jogo da Seleção

VOLTA ENTRE 12 E 15 DE JUNHO

PARTINDO DE RJ

Fortaleza

IDA ENTRE 15 E 17 DE JUNHO

RECIFE

RECIFE

VOLTA ENTRE 17 E 20 DE JUNHO

PARTINDO DE SALVADOR

1.075,33

1.000

533,94

500

JULHO

1.435,00

1.000

1.047,62

500

324,89

0

0

JANEIRO

JULHO

PREÇO EM DIA COMUM*

180

129

BH

23/6

Brasília

IDA ENTRE 21 E 23 DE JUNHO

JANEIRO

PREÇO EM DIA COMUM*

610

Brasil X Camarões 3º jogo da Seleção

278

350

Indefinido

1.500

13/7

IDA ENTRE 11 E 13 DE JULHO

PARTINDO DE SP SALVADOR

VOLTA ENTRE 13 E 16 DE JULHO

PARTINDO DE RECIFE BRASÍLIA

SP 1.500

1.000

684,00

1.000

500

420,36

500

302,94 JULHO

JANEIRO

PREÇO EM DIA COMUM*

216

140

668

Rio de Janeiro

Final

VOLTA ENTRE 23 E 26 DE JUNHO

0

SP

1.587,19

1.500

1.500

17/6

1.075,46 504,09 519,93

0 JULHO

JANEIRO

PREÇO EM DIA COMUM*

355

*PASSAGEM COMPRADA EM JANEIRO PARA VIAGEM EM 30 DIAS

129

478

215


10

MUNDO

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Ucrânia coloca forças antiterror em alerta Em risco. Unidades antiterrorismo estão de prontidão depois do aumento de ameaças de ataque contra instalações importantes

Os protestos conrta o governo continuam no centro da capital Kiev | GLEB GARANICH/REUTERS

O serviço de segurança da Ucrânia colocou ontem unidades antiterrorismo em alerta em resposta a um forte aumento nas ameaças não especificadas contra instalações importantes, como estações de energia atômicas, aeroportos, gasodutos e oleodutos. A ex-república soviética está envolvida em grandes protestos contra o governo e não estava claro se a rara medida anunciada pelo serviço de segurança ucraniano, publicada em seu site na internet, tinha alguma ligação com a agitação popular. O governo acrescenta: “O centro antiterrorismo do serviço de segurança, de acordo com a lei, é obrigado a colocar de prontidão unidades antiterrorismo no território do Estado.” De acordo com a medida, aeroportos internacionais, usinas de energia e estações de trem e ônibus nas grandes cidades estavam particularmente sob risco. A nova medida de segurança deve ser aplicada para impedir a aproximação de edifícios do Estado, bem como responder às ameaças de invasão a instalações on-

“O serviço de segurança é obrigado a colocar de prontidão unidades antiterrorismo no território do Estado” GOVERNO DA UCRÂNIA

de armas estão armazenadas. O objetivo é conter os manifestantes radicais que estiveram em violentos confrontos com a polícia. “A decisão foi tomada de acordo com a lei da Ucrânia sobre a luta contra o terrorismo”, disse o SBU. “A ação realizada pelos serviços de segurança... pretende apenas garantir a segurança pública e conter atividades criminosas de objetivo terrorista. Estas medidas são transparentes e principalmente preventivas.” O presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, alertou para o crescente radicalismo e atividades terroristas depois de mais de dois meses de agitação civil em que manifestantes críticos do governo ocuparam prédios na capital, Kiev, e em outras cidades pedindo reformas políticas e a sua renúncia. METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Que a Força esteja com você

Lançamentos. Quer ser um Jedi? Ou um Sith? Chegam às livrarias dois guias da saga ‘Guerra nas Estrelas’, com hisórias, personagens, técnicas e dicas que ajudá-los vão a se tornar um herói – ou vilão – das galáxias

{CULTURA}

11

Nave colonizadora Corelliana

2 CULTURA

Guardião Jedi com seu sabre de luz azul; criança com traje especial dos membros da Ordem; e uniforme de Padawam

Um Jedi pode usar a Força Unificadora, com o poder de sentir o passado e o futuro

Nico Nicolaiewsky

Despedida

IMAGENS: REPRODUÇÃO

A comunidade brasileira fã de “Guerra nas Estrelas” tem dois grandes motivos para comemorar. Acaba de chegar às livrarias “O Livro dos Sith”, produção do norte-americano Daniel Wallace, obra com os manifestos escritos pelos Lordes Sith, que registravam suas filosofias e táticas. Participam do volume Sorzus Syn (e suas explorações em alquimia), Darth Malgus (e seus métodos de guerra), Darth Bane (e seu treinamento Sith), Mãe Talzin (sobre as mercenárias na galáxia), Darth Plagueis (que discorre sobre manipulação e uso da Força) e Darth Si-

dious (em texto que fala da manipulação política fundamental na insurreição ao poder do Império). A obra do mal chega para ser contrapartida a “O Caminho Jedi”, também produzido por Wallace, lançado por aqui em novembro. Nele, Mestre Yoda, Conde Dookan, Obi-Wan Kenobi, Luke Skywalker, além da participação de Sidious e Anakin Skywalker – ainda novo, antes de se tornar Darth Vader –, apresentam os maiores mestres, a história dos clãs, os armamentos, o vestuário, os golpes de lutas, alguns monstros e como sobreviver a essa galáxia tão

misteriosa, tudo com direito a comentários em cantos de páginas, muitos deles bem provocativos. Acompanhe algumas citações de ambos os livros e escolha de qual lado você quer estar. METRO

Páginas de “O Livro dos Sith”

O músico, compositor e ator morreu na última sexta-feira, aos 56 anos. Nico estava internado no hospital Moinhos de Vento, em Porto Alegre, desde o dia 23 de janeiro devido a leucemia mielóide aguda. O artista fazia parte da peça “Tangos & Tragédias”, criada em 1984, onde interpretava o maestro Pletskaya.

PARTICIPARAM DESSA MATÉRIA:

Cão Akk, vistos como animais de estimação de Jedi


12

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

VARIEDADES Os invasores

Leitor fala

O QUE ROLOU NAS COPAS

SERGIO PATRICK

Descaso com ônibus

DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

GRINGOS

Cruzadas

Várias jogadores atuaram por duas seleções diferentes nos primeiros mundiais da Fifa. Luis Monti fez história ao disputar duas finais seguidas com camisas distintas, vice com a Argentina em 1930 e campeão pela Itália, onde jogava pela Juventus, quatro anos depois. A Copa do Chile, em 1962, foi a última vez em que se permitiu a naturalização de jogadores que já haviam atuado por outra seleção. Dentre os craques, o argentino Alfredo Di Stéfano e o húngaro Ferenc Puskas defenderam a Espanha, e o brasileiro José Altafini, o Mazzola, campeão em 58, atuou pela Itália.

PELÉ NO AUGE O ano de 1962 foi fantástico para o Santos Futebol Clube, que conquistou os títulos do Paulista, da Taça Brasil, da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes. Pelé chegou bem ao Chile e marcou um golaço na vitória por 2x0 sobre o México na estreia da seleção, driblando boa parte da defesa adversária. No segundo jogo, contra a Tchecoslováquia, uma lesão muscular tirou o craque do torneio e abriu caminho para um jovem talento brasileiro.

POSSESSO

JOSIMAR PAULO - BELO HORIZONTE - MG

Sudoku

Muita gente se divertiu com discurso espontâneo e longo do ex-jogador Amarildo, que quebrou o protocolo no Prêmio Bola de Ouro Fifa deste ano. Para merecer o reconhecimento de estar ao lado de Cafu e Pelé na homenagem aos títulos mundiais do Brasil, ele foi um dos grandes destaques da Copa de 62. Parceiro de Garrincha no Botafogo, Amarildo entrou no time com personalidade e foi decisivo ao marcar duas vezes para virar o difícil jogo contra a Espanha. Também fez gol na final contra os tchecos. As atuações lhe renderam o apelido de ‘possesso’ e uma transferência para o Milan, onde fez muito sucesso. Ficou na Itália por uma década, com passagens também pela Fiorentina e pela Roma.

Metro Pergunta

Você acha que as companhias aéreas estão abusando nos preços das passagens por causa da Copa?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metrobh

@receptor_ideias

Não apenas o setor aéreo, mas também o setor hoteleiro, os vendedores ambulantes... Todos querem uma lasquinha.

Metro web

Colaboraram Alexandre Praetzel e Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes.

Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Há dias, meses e anos que todos do bairro Jardim Vitória e Pousada Santo Antônio, que usam o serviço das linhas 5502A e 5502C, estão indiguinados com o transporte coletivo no bairro. A cada dia que passa fica pior. O bairro está crescendo cada dia mais e o transporte não mais suporta atender a todos! E além de tudo, os atrasos na escala do quadro de horários está sendo constante. Os ônibus da linha 5502A a qualquer horário do dia estão andando lotados, e não é por causa do horário de férias que estava em vigor. Uma trocadora comentou que antes na linha tinha 9 ônibus e agora tem somente 6! Sentimos a falta de cuidado com o nosso transporte. E isso se repete pela manhã, a tarde e também à noite. Sou estudante e depois do dia inteiro trabalhando e estudando, voltar pra casa é outro sacrifício. Observo também que os ônibus não estão tão assíduos como eram antes, tanto da linha 5502A e principalmente da linha 5502C. Pela manhã é colocado um ônibus sujo e sem condições de trafegar no itinerário. O ônibus é da marca Busscar Urbanuss. Este ônibus não consegue subir os morros do caminho e não suporta o montante que tem que utilizá-lo, ele é pequeno!

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

O envolvimento com assuntos familiares tende a ser mais intenso, especialmente para esclarecer antigos assuntos.

Atente-se para não agir de forma intolerante com alguns rituais e costumes preservados por pessoas de sua convivência.

Momento para tratar assuntos financeiros com moderação, especialmente para evitar impulsos consumistas. Repense despesas que possui.  

Muitas vezes palavras simples, ditas com calma e tranquilidade, esclarecem confusões. Tal postura será essencial nas diversas relações.

Envolver-se de forma mais intensa com alguma causa especial amenizará desgastes e trará uma boa sensação de dever cumprido.

Com a Lua em Câncer, seu signo oposto, há tendências para definir assuntos que envolvam parcerias. Decisões marcarão a vida afetiva.

Cuide para que suas ambições não atrapalhem relacionamentos com pessoas que te dão atenção. Período para refletir sobre diferenças.   

Hoje a perseverança será chave para tratar assuntos e, principalmente, para lidar com algumas convivências. Use a diplomacia.

Tendências a tratar assuntos essenciais que antes estava desatento. A parte física, da saúde e temas do lar são os mais propensos.

A Lua em seu signo faz com que esteja mais propenso a agir de forma emocional diante das situações em sua rotina.  

Valorize mais o exercício de sua fé pessoal, com ou sem religião. Os temas espirituais costumam ter grande impacto e fazer bem a você.

Aproveite para se divertir e aproveitar ocasiões que amenizem desgastes. Retomar momentos de lazer em família fará muito bem.


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

13

A volta do senhor sucesso Música. Autor de mais de 1.400 composições, Michael Sullivan lança novo disco, com releituras de dezessete de seus maiores hits em 40 anos Com certeza você já ouviu pelo menos dez hits compostos por Michael Sullivan. Raros os nomes da música popular brasileira (no sentido pop da palavra) que não cantaram suas letras, dos reis Roberto Carlos e Xuxa, a novos nomes da cena musical tupiniquim. E alguns deles, como Alice Caymmi, Negra Li, Fernanda Takai e Zeca Baleiro (não tão novos assim) ditam o tom de “Mais Forte que o Tempo”, disco de Sullivan com 17 dos seus maiores sucessos, mas cantados em uma ousada roupagem mais moderna. “Tive medo sim [de regravar essas músicas]. Não só eu, como os artistas também. Mas quem ouvir vai perceber que, mesmo 30, 40 anos depois, essas canções ressurgem, mas sem perder suas essências”, explica o autor. Fazer uma lista com 17 sucessos parece uma difícil tarefa. O processo começou com 100 escolhas, que depois caíram para 80. “Então comecei a pensar nas músicas compa-

“MAIS FORTE QUE O TEMPO” MICHAEL SULLIVAN SONY R$ 30

“Mesmo 30, 40 anos depois, essas canções ressurgem, mas sem perder suas essências” MICHAEL SULLIVAN, COMPOSITOR

rando quem eu gostaria que as cantasse, até chegar a um número razoável”, conta Sullivan. Entraram nessa toada Ney Matogrosso, em sua versão para “Amor Perfeito” (originalmente cantada por Roberto Carlos em 1986); Arnaldo Antunes com “Vou Fazer Você Mulher”, parceria de Michael com Paulo Coelho de 1979; e Fagner com Monique Kessous em “Talismã”. Aliás, o autor só empresta seu vozeirão em apenas uma música, “Entre Nós”, suces-

DIVULGAÇÃO

so na voz de Sandra de Sá em 1986 e que agora tem também a participação de Anayle Lima. “Apesar de convidá-los, considero o disco uma homenagem desses cantores para mim, por isso só participei dessa. E também, estou preparando um disco de inéditas, aí cantarei mais”, explica. Entre as músicas, apenas uma estranhamente não ganhou nova versão. Trata-se de “Um Dia de Domingo”, dueto entre Tim Maia e Gal Costa, que saiu no disco em sua gravação original. “São duas das maiores vozes do mundo cantando a música que foi um divisor de águas na minha carreira. Ela não poderia ficar de fora, então a relancei remasterizada”, diz Sullivan. O compositor pretende lançar um DVD do projeto, com shows que serão feitos em abril e maio, no Rio de Janeiro e por São Paulo. PAULO BORGIA

Sullivan misturou em seu disco a nova e a velha guarda da MPB | LEO AVERSA/DIVULGAÇÃO

METRO SÃO PAULO

DIVULGAÇÃO

Novas HQs trazem os vilões da Marvel

Quadrinhos. Panini lança HQs do Caveira Vermelha e de Loki, vilões da Marvel O implacável Loki, irmão adotivo do herói Thor, o deus do trovão, e o Caveira Vermelha, inimigo mortal do Capitão América chegam ao Brasil em dois lançamentos da Panini Comics, em edições de capa dura, já disponíveis nas bancas e livrarias. “Os Julgamentos de Loki” (R$ 19,90, 116 págs.) reúne as edições 1 a 4 da minissérie “Loki”, criada pelo

roteirista Roberto Aguirre-Sacasa e pelo desenhista Sebastian Fiumara, e publicada nos Estados Unidos entre outubro de 2010 e março de 2011. A trama explora as raízes do personagem e como Loki ostenta um ódio distorcido e implacável contra Asgard, onde ele foi criado junto do filho biológico de Odin, Thor. Já “Caveira Vermelha:

Encarnado” (R$ 21,90, 124 páginas), escrito por Greg Pak e ilustrado por Mirko Colak, reúne as edições 1 a 5 da minissérie “Red Skull: Incarnate.” Ambientada em 1923, quando o Partido Nazista ascende ao poder, reconta a história de Johann Schmidt – que vai se tornar o Caveira Vermelha –, desde a infância até seu terrível destino. METRO RIO


3 ESPORTE

Fim da saga

Túlio

O atacante Túlio Maravilha finalmente alcançou os mil gols na carreira. A marca histórica, pelas contas do atacante, veio logo na estreia do atacante de 44 anos pelo Araxá contra o Mamoré, em jogo que acabou 1 a 1. “Estou feliz por colocar Araxá na história. A cidade que viu o gol mil do Túlio.”

14

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Jaqueline estreia time 1 do Brasil em Sochi

Cenas 1 . BRIAN SNYDER/REUTERS 2 . DYLAN MARTINEZ/REUTERS

Inverno. Primeira brasileira a disputar a prova de biatlo, atleta terminou apenas em 77o Jaqueline Mourão marcou ontem a primeira participação do Brasil na prova de biatlo, na Olimpíada de Inverno de Sochi. Mas não conseguiu um bom desempenho. Competindo no sprint 7,5km, ela completou o percurso em 25min06s4, ficando na 77ª posição de um total de 84 atletas. O ouro e o bicampeonato foi para a eslovaca Anastasiya Kuzmina (21m06s08), seguida pela ucraniana Vita Semerenko, com 21min28s5. “Está ótimo para mim, não é posição. É a primeira vez que o Brasil tem um representante aqui. Fui bem no tiro e dei tudo o que podia no esqui. Então estou feliz”, declarou a brasileira de 38 anos. Ela ainda disputa a prova de Esqui Cross Country. Ao todo, são 13 brasileiros nas disputas. Acompanhe ao vivo a cobertura completa dos Jogos na tela da Band, do canal Bandsports e no portal da Band: band.com.br. METRO

1

Yulia Lipnitskaya

Jaqueline foi a primeira brasileira a disputar uma prova de biatlo em Olimpíadas | DIVULGAÇÃO/CBDN

Time Brasil Acompanhe a participação dos atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Inverno:

2

• 14/2, às 12h. Jaqueline Mourão, Esqui Cross Country

• 11/2, às 8h25. Leandro Ribela, Esqui Cross Country

• 16/2, às 3h. Isabel Clark, Snowboard Cross

• 14/2, às 11h45. Josi Santos, Esqui Aéreo

• 18/2, às 11h15. Dupla feminina de

bobsled: Fabiana Santos e Sally Mayara • 18/2, às 3h, e 21/2, às 8h45. Maya Harrisson, Esqui Alpino • 19/2, às 3h, e 22/2, às 8h45. Jhonatan Longhi, Esqui Alpino

Fórmula 1

• 19/2, às 11h. Isadora Williams, Patinação Artística no Gelo • 22/2, às 12h30. Quarteto masculino de bobsled: Edson Bindilatti, Edson Martins, Fabio Gonçalves e Odirlei Pessoni

Arena Amazônia

O primeiro ouro olímpico da Rússia saiu na patinação por equipes, mas a jovem de 15 anos foi o grande destaque, tanto pela idade quanto pelos movimentos difíceis.

2

Sarka Pancochova

Um susto na final feminina do snowboard slopestyle: a tcheca perdeu o equilíbrio, caiu feio e quebrou o capacete. Ela teve de ser amparada para conseguir levantar, mas não se feriu.

Bom Senso F.C.

Massa corneta novo barulho dos motores

Operários prometem greve após 4a morte

Movimento fará reunião hoje para discutir avanços

Felipe Massa, da Ferrari, admitiu desconforto com o novo motor da Fórmula 1. O piloto da Williams acha que o público que acompanha as corridas no autódromo irá estranhar a mudança do v6 para o v8: “O que poderia ser diferente é o barulho. O do turbo é bem pior do que a gente está acostumado”, disse à “Globo”. METRO

Os operários da Arena da Amazônia prometem uma greve por tempo indeterminado a partir de hoje para cobrar melhores condições. O motivo é a morte do trabalhador Antonio José Pita Martins, 55, sexta-feira, após ser atingido por uma peça de guindaste – ele foi o quarto operário vitimado por acidentes na Arena. METRO

O Bom Senso F.C. vai se reunir hoje em São Paulo para debater especialmente a segurança e os atrasos de salários de jogadores que atuam em clubes das Séries A, B e C. A intenção discutir os avanços com o Sindicato dos Atletas Profissionais de SP, a Secretaria de Segurança Pública e o Ministério Público do Trabalho. METRO


BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

Sorriso amarelo Paulistão. Corinthians estreia nova camisa no empate por 1 a 1 com o Mogi Mirim e, ao menos, evita 5a d

Se não foi dessa vez que a vitória veio, ao menos o Corinthians não “emplacou” a quinta derrota seguida no Campeonato Paulista. Pela 7a rodada, na estreia da terceira camisa, a amarela, o Timão ficou no empate por 1 a 1 com o Mogi Mirim, na casa do adversário. Diferente do que aconteceu nos últimos jogos, o Corinthians mostrou atitude desde o início do duelo. Pressionando a saída de bola dos donos da casa e com Emerson Sheik pedindo jogo, o Timão até ameaçou a meta do Mogi. Se não conseguiu anotar o seu gol, não foi capaz de evitar o gol do Sapão. Em cobrança de escanteio, o zagueiro Mirita subiu livre para cabecear para o fundo das redes aos 39 minutos. Mas a alegria do Mogi durou pouco. Três minutos depois, Mirita mandou contra o patrimônio ao tentar cortar

cruzamento de Uendel. Na volta do intervalo, o ritmo diminuiu, o jogo ficou mais truncado e as chances de gol ficaram mais escassas. Os goleiros pouco apareceram e o empate persistiu até o final. Mais um? Danilo pode ser o próximo a deixar o Corinthians. O jogador de 34 anos, que tem contrato até julho, foi procurado pelo Botafogo, que ainda procura um camisa 10 para disputa da Libertadores. Além disso, o Timão estaria disposto a liberar o meia antes do final do vínculo, já que o atleta tem perdido espaço com o técnico Mano Menezes. METRO

“Pelo menos a gente não perdeu. Melhoramos” GUERRERO, ATACANTE DO CORINTHIANS

Jogadores disputam jogada na área em jogo truncado | DENNY CESARE/FUTURA PRESS

{ESPORTE}

|15|◊◊

São Paulo. Ponte Preta vence por 2 a 1 Depois de quase um ano sem conseguir emplacar no São Paulo, Silvinho foi parar na Ponte Preta no início de 2014 em busca de dias melhores. E ontem, pela 7a rodada do Paulista, ele foi o responsável por fazer a Macaca bater seu ex-clube por 2 a 1 no Moises Lucarelli. Foi o atacante que fez o gol que abriu o marcador, no último minuto do 1o tempo. Ele aproveitou rebatida errada de Rodrigo Caio, se livrou de Douglas e bateu cruzado, sem chance para Rogério Ceni. Foi o próprio goleiro são-paulino quem igualou o placar, em cobrança de pênalti sofrido por Alvaro Pereira, logo aos 12 da etapa final. Souza e Pabon fizeram uma estreia bastante discreta. Mas Silvinho estava inspirado. Dois minutos depois, ele cobrou falta e encontrou Alemão no meio da área, livre de marcação, para cabecear para as redes e garantir a vitória. METRO


|16|

BELO HORIZONTE, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Léo usa a cabeça, faz 2 e Cruzeiro vence clássico No Mineirão. Reservas da Raposa jogam bem e faturam mais três pontos no Mineiro. Zagueiro celeste foi o destaque no confronto No primeiro clássico mineiro do ano, o Cruzeiro mostrou o motivo de ser citado como um dos melhores elencos do futebol brasileiro. Com os jogadores reservas e alguns que subiram há pouco tempo da base, a equipe estrelada se impôs em campo e venceu o América, com tranquilidade, por 2 a 0. Os gols foram feitos pelo zagueiro Léo, ambos de cabeça. Com o resultado, a equipe de Marcelo Oliveira se mantém na liderança com 10 pontos e o Coelho aparece na parte debaixo da tabela com apenas 2 pontos conquistados. O jogo O clássico começou como todos esperavam. O Cruzeiro, com a mistura de jovens e jogadores experientes, partiu pra cima do América, que pouco criou antes de sofrer o primeiro castigo. Aos 32 minutos, o Cruzeiro, que tanto pressionava, abriu o marcador. William cobrou falta com perfeição e o zagueiro Léo subiu no ‘segundo pau’ para cabecear no canto esquerdo de Matheus. Dois minutos depois, William mandou a bola na tra-

ve e o clássico mineiro esquentou ainda mais. O Cruzeiro ganhou confiança e abafou o Coelho nos minutos seguintes. E o time estrelado foi premiado com mais um gol do zagueiro Léo. Pouco antes do apito final, William novamente cobrou falta e o defensor balançou as redes. Na etapa complementar e precisando de anotar gols, o América se abriu um pouco mais e o Cruzeiro, tranquilo em campo por conta da vantagem no marcador, optou por jogadas de velocidade. Marlone, que entrou como titular pela primeira vez, jogou bem, criou lances de perigo e mostrou que tem futebol para brigar por titularidade no time azul. O jovem foi substituído aos 28 minutos e aplaudido de pé pelos torcedores presentes no Gigante da Pampulha. Com o resultado nas mãos, o Cruzeiro passou a administrar o jogo e o técnico Marcelo Oliveira aproveitou para promover as entradas de Eurico e Allison, jovens promessas da equipe, mas que não mudaram o placar. E fim de jogo. METRO BH

20 CRUZEIRO

AMÉRICA

Fábio; Mayke, Leo, Wallace e Luan; Rodrigo Souza, Henrique, Tinga (Eurico) Marlone (Alisson) Willian (Elber) Baptista. Técnico: Marcelo Oliveira

Matheus; Marcelo, Lula, César Lucena e Danilo; Leandro Guerreiro , Andrei Girotto (Marcelo Rosa) Willians (Lucas Silva), Elvis; Caio Dantas (Kaio),Obina . Técnico: Silas

• •

Estádio. Mineirão Gols. Léo, aos 32 e 43 minutos do primeiro tempo

“Os dois gols de bola parada pareceram replay e destruíram nosso esquema no jogo. Agora só a vitória nos interessa, caso contrário fica complicado”. SILAS, TÉCNICO DO AMÉRICA

Defensor celeste foi o nome do jogo ao anotar os dois tentos | PAULO FONSECA/FUTURA PRESS

Atlético A na Venezuela, e o B derrotado

Ronaldinho Gaúcho ao deixar BH | FERNANDA CARVALHO/O TEMPO/FOLHAPRESS

O elenco principal do Atlético já está em Barinas, na Venezuela, e treina hoje com o objetivo de estrear bem na busca pelo bicampeonato da Libertadores da América. O primeiro desafio do Galo será amanhã, às 22h15, contra o Zamora, e terá Ronaldinho Gaúcho para ditar o ritmo do time alvinegro em campo. Esse será o primeiro jogo do craque atleticano na temporada, já que ele estava suspenso e sem contrato assinado, o que o impossibilitou de atuar no Campeonato Mineiro. Outra novidade no confronto será a provável entrada de Lucas Cândido no time titular. A revelação atleticana se recuperou de uma pubalgia e Paulo Autuori já sinalizou que pretende escalar o jovem para

o jogo na Venezuela. O primeiro teste do ano para Lucas Cândido foi no último sábado, em Juiz de Fora. Na cidade da Zona da Mata, os reservas e juniores do Atlético não empolgaram e foram derrotados pelo Tupi por 2 a 0. É a segunda derrota seguida do Galo no estadual - em quatro jogos, o time tem uma vitória e um empate. Sobre a derrota fora de casa pelo Campeonato Mineiro, o volante foi enfático. “Foi o desentrosamento. Demos o máximo, agora é pensar no próximo jogo”, afirmou. O estreante Lee seguiu a linha de Cândido. “É um time que não vinha jogando. Os meninos da base foram guerreiros, mas foi complicado”, declara. METRO BH

Jogadores do Tupi comemoram a vitória em Juiz de Fora | AGÊNCIA ESTADO


20140210_br_metrobh