Page 1

QUER SER UM MESTRE JEDI? MANUAL TRAZ TUDO QUE UM JOVEM PADAWAN PRECISA SABER PÁG. 11 CURITIBA Segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 Edição nº 699, ano 3 MÍN: 18°C MÁX: 33°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb sunny

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

Relação de Fruet com a base dá sinais de desgaste hazy

showers

Curitiba. Depois de aprovar todos os projetos em 2013, vereadores começam a dar votos contrários às propostas do município. Eles reclamam do segundo escalão da prefeitura e de vetos. Mas líder do prefeito na Casa diz que 30 dos 38 vereadores mantém apoio à prefeitura PÁG. 02

Donadon deve ser o 1º cassado com voto aberto Preso na Papuda, deputado de Rondônia terá a perda de mandato analisada na quarta-feira PÁG. 06

Preço de passagens aéreas na Copa sobe até R$ 1 mil

GOLEADA NO CLÁSSICO Atlético vence o Coritiba por 3 x 0 na Vila Capanema

PÁG. 16

Foi a primeira vitória dos garotos do Furacão no campeonato. Jogo marcou a despedida do time B do Coxa, que na próxima rodada volta com elenco principal | GERALDO BUBNIAK / FOTOARENA

Levantamento de site de comparação de valores revela as diferenças em dias de jogos PÁG. 08

Ucrânia alega ter recebido ‘inúmeras’ ameaças terroristas Serviço de segurança colocou unidades antiterroristas em alerta em instalações de todo o país PÁG. 10


1 FOCO

Estacionamento

Só para bicicletas

A Câmara vota hoje projeto para alterar a lei municipal que exige no mínimo 5% da área de estacionamento de veículos nos edifícios às motocicletas e bicicletas. Pela proposta de Bruno Pessuti (foto) (PSC) e Jonny Stica (PT), o espaço seria apenas aos ciclistas, como incentivo ao uso da bicicleta.

Cotações Dólar + 0,03% (R$ 2,38)

|02|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{FOCO}

Após lua-de-mel, base aliada passa por desgaste na Câmara Política. Vereadores se queixam de funcionários do segundo escalão da prefeitura e de vetos de Gustavo Fruet. Líder do prefeito na Casa afirma que desgaste é natural Depois de um ano em que conseguiu aprovar todos os seus projetos na Câmara Municipal, a prefeitura começa, em 2014, a sofrer alguma oposição na Casa. Na última semana, a votação de um veto do prefeito teve dez votos contrários. O número não chegou a ameaçar a maioria parlamentar, mas é visto como um início de desgaste na relação. “Esses votos foram um aviso que a Câmara deu de que alguns assessores do prefeito não estão ajudando e amanhã podem prejudicar a administração”, diz o vereador Valdemir Soares (PRB), que é da base aliada e teve parte de um projeto de lei seu vetado. Em geral, os vereadores elogiam a postura do prefeito Gustavo Fruet (PDT), tido como um negociador. “É muito aberto, conversa com todos como um amigo”, elogia Valdemir. Sobre o segundo escalão, no entanto, as críticas respingam. “Acho que às vezes falta habilidade política de chamar um vereador e buscar uma solução alternativa, antes de vetar”, avalia o vereador Helio Wirbiski (PPS), que também teve um projeto seu, sobre segurança em casas noturnas, vetado na última semana. Ainda neste mês, a decisão do prefeito será debatida. Wirbiski promete marcar posição contrária. “Vou lutar até o final das minhas forças porque acredito na lei, mas isso não será contra o prefeito, mas a favor da cidade”, justifica. Desgaste natural O líder do prefeito na Casa, vereador Pedro Paulo (PT), calcula que, dos 38 vereadores, 30 se mantêm firmes

Beto Richa | ANTONIO COSTA/ANPR

Educação. Richa abre ano letivo com inauguração O governador Beto Richa (PSDB) inaugura hoje o novo prédio do Colégio Estadual Jardim Universitário, em Sarandi, região Noroeste. A unidade recebeu R$ 3,2 milhões em investimentos do governo do Estado. A inauguração marca a abertura do ano letivo de 2014 nas 2,5 mil escolas estaduais, com 1,3 milhão de estudantes do ensino básico e ensino especial, de todo o Paraná. METRO CURITIBA

No começo do ano, prefeitura sofreu 10 votos contra | ANDERSON TOZZATO / CMC

“Já precisei de cinco encontros para ser recebido em uma secretaria. Mas não tenho rancor e hoje não tenho do que reclamar.”

“Faço as críticas até para alertar o prefeito. Acho que às vezes falta habilidade política para chamar o vereador e propor uma solução.”

“O prefeito tem alguns assessores que estão abaixo do potencial político dele. O problema é a falta de capacidade deles.”

CRISTIANO SANTOS (PV), VEREADOR

HELIO WIRBISKI (PPS), VEREADOR

VALDEMIR SOARES (PRTB), VEREADOR

no apoio à prefeitura. Apenas dois (Noemia Rocha, do PMDB, e Professor Galdino, do PSDB), se apresentam oficialmente como oposicionistas. Outros, como Chicarelli (PSDC) e Tico Kuzma (PROS), se definem como independentes. “Como critério para avaliar a posição, eu adoto as posturas nas questões ge-

rais da prefeitura, e nelas não há tanto questionamento”, diz Pedro Paulo. Segundo ele, o desgaste é natural entre os poderes. “Eu vejo com naturalidade uma crítica por um projeto particular que foi vetado”, completa. Segundo Pedro Paulo, no último ano a prefeitura não teve projeto perdi-

do na Câmara. “Tivemos casos em que retiramos da pauta para avaliar melhor e esclarecer (o projeto), mas não me lembro de nenhuma proposição que não tenha passado”, diz o vereador. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

Transporte. Número de ônibus volta ao normal Com a volta às aulas, hoje, o número de ônibus trafegando nas ruas de Curitiba volta ao normal, segundo a Urbs. Por causa das férias escolares, a Urbs havia reduzido a frota em algumas linhas que passam perto de escolas. Também voltam a operar hoje as linhas do Sistema Integrado de Transporte para o Ensino Especial. O Terminal Ângelo Dalegrave, de onde saem os ônibus especiais, fica no Cristo Rei, e atende 1.145 alunos matriculados em escolas especiais mantidas pela prefeitura. METRO CURITIBA

Bovespa + 0,70% (48.074 pts) Euro - 0,11% (R$ 3,24) Salário Selic (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 041/3069-9191

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{FOCO}

03|◊◊

Atendimento pelo telefone do Detran agora é 24 horas Horário ampliado. Serviço fornece informações sobre processos de veículos, habilitação e infrações pelo telefone 0800 643 7373 a qualquer hora do dia e da noite, sem custos Os motoristas que precisam de atendimento no Detran (Departamento de Trânsito do Paraná) agora contam com serviço telefônico gratuito 24 horas, inclusive aos sábados e domingos. Quem precisa de informações sobre processos de veículos, habilitação e infrações já pode ligar para o 0800 643 7373 a qualquer hora do dia e da noite. Antes, o serviço só estava disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além de ampliar o horário de funcionamento, o Detran aumentou a equipe para atender a demanda. O serviço recebeu 27.366 ligações em 2013 e neste ano tem registrado, em média 2 mil ligações por dia. “O número de atendentes mais que dobrou, passou de 20 para 50 funcionários”, conta o diretor-geral Marcos Traad. Com as mudanças, que estavam disponíveis para adaptação e testes, o número de ligações abandonadas pelo usuário caiu 75% em dezembro do ano

Pré-Carnaval lota avenida O Pré-Carnaval de Curitiba levou milhares de foliões para a Avenida Marechal Deodoro, no Centro, na tarde de ontem. A festa contou com apresentação de blocos, como o Garibaldis e Sacis, e trios elétricos. | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Atendimento nas agências é feito das 8h às 14h | PAULO ROSA / DETRAN

passado, na comparação com o mesmo mês de 2012. A queda acompanha a diminuição no tempo de espera por atendimento. Se antes o motorista ficava até 20 minutos aguardando na linha, hoje o prazo máximo nos horá-

rios de maior procura é de 30 segundos. Traad diz que “a ampliação do horário da central telefônica é uma demonstração de que o serviço de atendimento ao cidadão é, para o governo do Paraná, um instrumento estratégi-

co de relacionamento. Por isso, temos um compromisso com a qualidade e a atenção ao usuário.” Além do 0800 643 7373, o motorista pode encontrar informações no site do Departamento, no www.detran. pr.gov.br. METRO CURITIBA

Contorno tem trecho liberado Desde ontem, os usuários da BR-277 já podem trafegar pela nova duplicação da rodovia, que é parte do Contorno de Campo Largo, sentido Curitiba. Neste momento, a liberação beneficia principalmente o tráfego local e motoristas que precisam fazer o retorno à capital. Também foram abertos acessos por três viadutos. Uma trincheira já havia sido liberada. O contorno ficará totalmente pronto em junho deste ano. Conforme a concessionária CCR RodoNorte, que executa a obra, até o momento já foram concluídos mais de 80% dos trabalhos. O percurso restante inclui quatro quilômetros, uma nova ponte sobre o Rio Itaqui e mais uma trincheira – em fase adiantada. Através desta interliga-

R$ 70

O calor forte do fim de semana levou os curitibanos a descerem a serra e o tráfego na BR-277, na volta das praias do Paraná para Curitiba, chegou a ser o triplo do normal no início da noite de ontem. De acordo com a Ecovia, o fluxo era de 2,3 mil veículos por hora às 19h. A expectativa era que o movimento permanecesse alto até a madrugada, uma vez

que os veranistas aproveitaram o dia de sol para ficar mais tempo na praia e atrasaram o retorno. O tráfego começou a ficar intenso por volta das 16h. A concessionária também informou que, apesar do alto fluxo, não havia lentidão na rodovia, nem na chegada à capital, no início da noite. Também não foram registrados acidentes. METRO CURITIBA

Rio Barigui. Passarela começa a ser instalada

milhões estão sendo investidos no Contorno de Campo Largo, segundo a CCR Rodonorte, concessionária do trecho. ção, todo o tráfego pesado que hoje atravessa Campo Largo – onde há radares, lombadas, semáforos e um forte conflito com o tráfego urbano – será desviado para fora da cidade, através do Contorno pela BR-277. A duplicação liberada ontem fica entre a trincheira no Km 121+800, Bairro Itaqui de Cima (rua Luiz Rivabem) e o Km 115, Bairro Rondinha, na saída da cidade. As novas alças dos viadutos dos Kms 118, 116 e 115 também passam a dar

Praias. Volta à Curitiba teve fluxo 3 vezes maior

Sete quilômetros foram liberados ao tráfego ontem | RODRIGO CZEKALSKI

acesso à rodovia e à cidade, pelas ruas Caetano Munhoz da Rocha, Ema Taner e Natal Pigatto. A duplicação estava prevista no contrato

de concessão com a CCR RodoNorte e foi antecipada em acordo com o governo do Estado. METRO CURITIBA

Uma passarela sobre o rio Barigui, ligando o Santa Quitéria e o Campo Comprido, começou a ser instalada pela prefeitura no sábado. Ela tem 30 metros de extensão e vai permitir que moradores circulem entre os dois bairros. O trabalho começou pela manhã e precisou ser interrompido devido à chuva que caiu no meio da tarde. A previsão é que ela seja liberada no início desta semana. Segundo informações do município, a ponte para pedestres substitui uma antiga travessia que foi desa-

Travessia deve ficar pronta nesta semana | MAURILIO CHELI

tivada no ano passado por não apresentar condições de segurança. METRO CURITIBA


|04|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{FOCO}

DIVULGAÇÃO

OLYMPIO DE SÁ SOTTO Procurador de Justiça e coordenador do núcleo criado para tratar de questões do público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) conta ao Metro Jornal como o departamento vai funcionar, os objetivos e os resultados que se pretende alcançar

“O FUNDAMENTAL É RESPEITAR A DIVERSIDADE” Como vai funcionar o núcleo LGBT no MP-PR? O núcleo é um dos eixos de atuação do Centro de Apoio de Direitos Humanos do Ministério Público. O objetivo é fazer o acompanhamento da implementação do Plano Estadual de Políticas Públicas para a Promoção e Defesa dos Direitos de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais do Paraná. Desde 2013, existe um Plano Estadual em relação às políticas públicas para essa população. Uma das atividades do núcleo será acompanhar a implantação dele. De outro lado, a ideia também é a intervenção do Ministério Público para prevenir e enfrentar

toda forma de discriminação e violência contra a população LGBT. Como ele é formado? Conta com membros do Ministério Público, procurador de Justiça, promotores de Justiça e servidores do Ministério Público. Qual é a proposta? A ideia é que o Ministério Público do Paraná possa estabelecer contato com os órgãos da sociedade civil organizada que atuam em relação aos direitos da população LGBT. e que as comarcas possam ter ações de políticas públicas no enfrentamento da violência contra essa população.

167%

foi o aumento registrado no número de homicídios contra a população LGBT no Paraná, entre 2011 e 2012, de acordo com dados do “Relatório sobre Violência Homofóbica no Brasil: ano de 2012”. Na avaliação do núcleo do MP-PR, quais são os principais problemas que esse público enfrenta? A criação do núcleo se dá por um requerimento formulado pelas próprias entidades e também por uma deliberação do Grupo Nacional de Direitos Humanos do Ministério Público Brasileiro. Então, em

relação às entidades da sociedade civil, a proposta é o enfrentamento à homofobia praticada contra essas pessoas em razão da opção sexual delas. Infelizmente, vemos notícias de casos de agressões, lesões físicas e até homicídios. É o não respeito à diversidade, essa é a grande questão. Parafraseando Nelson Mandela, que disse que “ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor da pele, origem ou opção sexual”, ninguém nasce odiando outra pessoa em razão da opção sexual. Na verdade, as pessoas são ensinadas a odiar. E se elas aprendem a odiar, podem aprender a respeitar. É o respeito que deve se esta-

11º

lugar é a posição que o Paraná ocupa no ranking da violência LGBT no Brasil. belecer em razão da diversidade, de terem a opção sexual própria. De quem foi a ideia de criar o núcleo? Aconteceu essa dupla motivação. Uma do Grupo Nacional de Direitos Humanos, do qual faço parte, e também a reivindicação da sociedade civil organizada no sentido de poder contar de maneira sistemática com a intervenção

do Ministério Público. Que resultados pretendem alcançar? A ideia inicialmente é ter contato com a sociedade civil organizada para começar a verificar junto com as secretarias de Estado as medidas que já estão sendo tomadas para o cumprimento do Plano Estadual. O fundamental é a compreensão pela sociedade de respeitar a diversidade. Eles têm opção sexual diferente da nossa, mas também têm os mesmos direitos previstos na legislação. LINA HAMDAR METRO CURITIBA


|06|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{BRASIL}

Pela 1° vez, Câmara analisa cassação com voto aberto Inédito. Natan Donadon será o primeiro deputado julgado pelo plenário após o fim da votação secreta. Sessão será na quarta-feira

Desde 1988, 20 deputados já perderam o mandato

Natan Donadon voltará a ser julgado | FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

Condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a 13 anos e 4 meses de prisão, Natan Donadon (sem partido-RO) deixará, na quarta-feira, o Complexo Penitenciário da Papuda, onde está preso desde 28 de junho do ano passado, para acompanhar a sessão que deverá torná-lo o 21° deputado cassado desde a promulgação da Constituição de 1988. A novidade será que, de maneira inédita, os votos dos deputados serão públicos. Situação bem diferente de agosto de 2013 quando, em votação secreta, os parlamentares mantiveram o mandato de Donadon, crian-

do a figura do deputado preso. Eram necessários 257 votos pela cassação -- 233 votaram a favor da cassação, 131 contra, 41 se abstiveram, 54 decidiram não votar e outros 54 nem sequer apareceram. Donadon cumpre pena em regime fechado pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. O Ministério Público concluiu que o deputado comandou um esquema de desvio de recursos públicos na Assembleia Legislativa de Rondônia entre 1995 e 1998. João Paulo Cunha Decidido a não renunciar ao

cargo, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), preso desde terça-feira na Papuda, foi convencido pelo PT e abriu mão do mandato na sexta-feira. A Mesa Diretora se reuniria nesta quarta-feira para decidir sobre o processo de cassação. Com apenas dois petistas entre os sete integrantes do colegiado, o encaminhamento do caso para o Conselho de Ética era dado como praticamente certo. E aí tudo dependeria do plenário, arrastando a situação até pelo menos abril. MARCELO FREITAS METRO BRASÍLIA

Amigo de Cachoeira será julgado De maneira também inédita, a Câmara se debruçará, na quarta-feira, sobre a sugestão de pena mais branda ao deputado Carlos Alberto Leréia (PSDB-GO). O parlamentar teve um pedido de suspensão do mandato por 90 dias aprovado pela Comissão de Ética no ano passado, que agora será levado ao plenário, também em votação aberta. É a primeira vez que a pena é aplicada. Leréia foi flagrado em 72 conversas telefônicas com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, que comandou um esquema de jogos ilegais envolvendo políticos, empresários e agentes de se-

gurança pública de Goiás. O deputado teria usado um rádio Nextel emprestado pelo contraventor e recebido mais de R$ 600 mil da quadrilha, além de ter um avião em sociedade com o irmão de Cachoeira O tucano, porém, afirma manter apenas relações de amizade com o bicheiro, há mais de 20 anos e desconhecer a prática de crimes do amigo. O Conselho de Ética chegou a votar o pedido de cassação de Lereia, mas o parecer foi derrotado. O deputado ainda aguarda um parecer da Secretaria Geral da Mesa Diretora da Câmara para saber se perderá sa-

A cassação de mandato é um rotina no parlamento desde 1949. A punição é abrangida pela chamada quebra de decoro parlamentar, nomenclatura que encobre os reais motivos da perda de mandato. Há casos de corrupção, compra de votos, envolvimento com o crime organizado, responsabilidade por tragédias, oposição ao regime militar e até fatos curiosos, como o excesso de faltas. Por ironia, a primeira cassação registrada foi há 65 anos. O deputado Edmundo Barreto Pinto (PTB-RJ) perdeu o mandato depois de ter estampado as páginas da extinta revista “Cruzeiro” somente de cueca. Na sua defesa, o parlamentou alegou ter sido enganado pelo fotógrafo, mas a desculpa não colou. A ditadura (1964 a 1985) também retirou compulsoriamente o mandato de 173 deputados federais, que depois recuperaram o cargo de forma simbólica. Após o período da redemocratização, dois gazeteiros deixaram de ser deputados: Felipe Cheidde (PMDB-SP) e Mário Bouchardet (PMDB-MG) faltaram a mais de 30% das reuniões da Assembleia Nacional Constituinte. Foram as úni-

Congresso foi decorado com velas na sessão de Luiz Estevão | ICHIRO GUERRA/FOLHAPRESS

cas vítimas da regra para punir faltosos, que embora ainda exista no regimento, é mais maleável para possibilitar justificativas. A ficha corrida de alguns eleitos também provocou cassações. Hidelbrando Pascoal ficou conhecido como o ‘deputado da motosserra’ porque liderava um grupo de extermínio. Talvane Albuquerque foi acusado de mandar matar a deputada Ceci Cunha, adversária política. Há casos ligados a tragédias. Sérgio Naya foi expulso da Câmara dois meses após o desabamento do hotel Palace II, no Rio de Ja-

neiro, do qual era dono. Os escândalos políticos também motivaram a retirada dos cargos. Foi o que ocorreu, por exemplo, com três condenados do mensalão. No Senado, houve apenas duas cassações. Em 2000, Luiz Estevão foi o primeiro senador da história a perder o mandato, por envolvimento no desvio de recursos da construção do Fórum Trabalhista de São Paulo. Em 2012, foi a vez de Demóstenes Torres (DEM-GO) ser cassado, por auxiliar o bicheiro Carlinhos cachoeira em negócios escusos. METRO BRASÍLIA

Cassados Ao longo dos últimos 26 anos, a Câmara determinou a perda de mandato de 20 deputados: • Faltas. Felippe Cheidde (PMDB-SP) e Mário Bouchardet (PMDBMG), em 1989. • Falsificação de documentos. Jabes Rabelo (PTB-RO), em 1991. Leréia está em terceiro mandato | BRIZZA CAVALCANTE/AGÊNCIA CÂMARA

lários, verbas indenizatórias e benefícios do mandato durante o período em que estiver suspenso. METRO BRASÍLIA

• Compra de filiação partidária. Itsuo Takayama (PFL-MT), Nobel Moura (PTB-RO) e Onaireves Moura (PTB-PR), em 1993.

• CPI do Orçamento. Carlos Benevides (PMDBCE), Feres Nader (PTB-RJ), Fábio Raunheitti (PTB-RJ), Raquel Cândido (PTB-RO) e Ibsen Pinheiro (PMDB-RS), em 1994. • Tragédia do Palace II. Sérgio Naya (PMDB-MG), em 1998. • Envolvimento em assassinato. Talvane Albuquerque (PFLAL), em 1999. • Ligação com o crime organizado.

Hidelbrando Pascoal (PFLAC), em 1999. • Extorsão. André Luís (PMDB-RJ), em 2005. • Fraude na compra de ações. Paulo Marinho (PFL-MA), em 2005. • Mensalão. Roberto Jefferson (PTB-RJ), José Dirceu (PT-SP) e Pedro Corrêa (PP-PE), em 20005. • Crime eleitoral. Ronivon Santiago (PP-AC), em 2005


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|07|◊◊

Advogado quer acordo para que tatuador ajude a polícia Investigação. Jovem foi quem passou para outro manifestante o rojão que atingiu o cinegrafista da TV Bandeirantes na manifestação no Rio

Fábio Raposo chega à 17ª DP para prestar depoimento | REPRODUÇÃO/BAND

Preso na manhã de ontem por passar para outro manifestante o rojão que atingiu a cabeça do repórter cinematográfico da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, o tatuador Fábio Raposo, 23 anos, aceitou colaborar com a polícia. Segundo o delegado titular da 17ª DP (São Cristóvão), Maurício Luciano de Almeida, o rapaz vai ajudar no retrato falado do homem que acendeu o artefato explosivo. Após o depoimento do jovem, de mais de quatro horas, o delegado contou que Raposo disse já ter visto o responsável por disparar o artefato em outros atos e que vai tentar ajudar a fazer o retrato falado do suspeito. “Na questão da delação premiada, a princípio, ele concordou em colaborar e vai ver se há possibilidade de identificar a pessoa, porque ele diz não conhecer o nome do outro manifestante, mas pode reconhecer. Ele já viu o rapaz em outras manifestações, mas não faz parte do seu círculo de amizades”, explicou o delegado.

Quem tiver informações sobre o suspeito, pode ligar para o Disque-Denúncia (2253-1117). Já o advogado de Raposo, Jonas Tadeu Nunes, disse que vai pedir a revogação da prisão de seu cliente de 30 para cinco dias e disse que o jovem sofreu ameaças para assumir o crime sozinho: “Ele recebeu ligações e não sabe de onde veio. Ficou assustado. Já a delação premiada 100% não poderia ocorrer, porque ele não conhece o outro rapaz”. Na porta da delegacia, durante o depoimento de Raposo, quatro ativistas, que já foram vistos em protestos com black blocs, hostilizaram os jornalistas e fizeram ameaças. O tatuador foi preso na casa dos pais, no Recreio, na zona oeste, e, no fim da tarde, foi encaminhado a uma cadeia em São Gonçalo. Ele foi indiciado como coautor pelos crimes de tentativa de homicídio qualificado por uso de explosivos e crime de explosão, mas pode ter a pena aumentada em mais cinco anos, caso seja configurado o crime de organiza-

ção criminosa. Seu computador, aprendido em sua casa, no Méier, na zona norte, será periciado para saber se há mensagens ligadas ao grupo Black Bloc. Por enquanto, o cálculo da pena aponta para 35 anos. A polícia informou que encontrou pichações no prédio de Raposo com a mensagem “Black Bloc” e palavrões em inglês contra a polícia. Segundo um vizinho, ouvido pelos investigadores, as inscrições são de autoria do jovem. Estado grave O repórter cinematográfico Santiago Andrade permanece internado em estado muito grave no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro. Ele foi atingido por um rojão quando cobria o protesto contra o aumento da passagem de ônibus, na quinta-feira. O cinegrafista precisa de sangue do tipo O+. Quem puder doar, basta ir ao HemoRio, na rua Frei Caneca, número 8, das 7h às 18h, de domingo a domingo. METRO RIO E BAND


|08|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{ECONOMIA}

Empreendedorismo

BRUNO CAETANO BRUNO.CAETANO@METROJORNAL.COM.BR

NEGÓCIO DE PAI PARA FILHO No Brasil, mais de 90% das empresas são familiares, segundo o IBGE, o que significa que cada uma, a seu tempo, terá o comando transferido para um sucessor, na maioria dos casos, de pai para filho. Pesquisas mostram que de cada 100 empresas familiares abertas e bem sucedidas, 30 chegam à segunda geração e 15 à terceira. Tais números evidenciam quão importante é a passagem das rédeas das mãos do fundador para o herdeiro. Se mal feita, pode levar o empreendimento a uma administração equivocada e sucumbir por isso. A sucessão é um procedimento demorado, que exige planejamento e, portanto, precisa começar o quanto antes. Não vamos tratar aqui de conflitos internos da família em que existe uma disputa pelo comando. Nesses casos, os interessados acabam até “jogando contra o patrimônio”, truncando o processo apenas para evitar que o “concorrente” fique com o posto. Partamos do princípio em que a escolha está pacificada e o objetivo é fazer a passagem de bastão da melhor forma possível. O sucessor, antes de mais nada, deve mostrar aptidão para o negócio. Assumir uma empresa sem vocação para a tarefa é ligar uma bomba-relógio. Consideremos, então, o herdeiro apaixonado pelo empreendimento. O passo seguinte é se preparar para a missão. Isso requer conhecer bem a empresa toda, ou seja, trabalhar nas mais variadas funções numa imersão no negócio. O futuro comandante precisa ser testado em situações que exijam poder de decisão, pois será sua realidade quando assumir. O preparo teórico também é fundamental. Ele tem de estudar para entender das especificidades da empresa e de gestão. Além disso, é muito importante passar por experiências profissionais fora do empreendimento da família, assim vai adquirir uma maior vivência para levar para seu negócio. O herdeiro deve ainda possuir espírito inovador, já que enfrentará um mercado em constante transformação e se não acompanhar as mudanças, apostando só em repetir o pai, corre sério risco de perder o rumo e fracassar.  Não estamos falando de uma fórmula matemática. Mas é óbvio que quanto maior a preparação para a sucessão, feita de forma profissional, mais chances de dar certo. Arriscar o negócio da família por questões emocionais e afetivas não é uma boa opção.

Preço de voo para Copa pode custar R$ 1 mil a mais

Aviação. Diferença entre tarifas mínimas para dia de jogo do Brasil e para um dia comum foi encontrada para trecho Salvador-Fortaleza. Seis rotas tiveram queda, mas valor ainda é alto

QUANTO CUSTA Preços mínimos de passagem, em R$ Brasil X Croácia Abertura da Copa

São Paulo

IDA ENTRE 1O E 12 DE JUNHO BH

Brasil X México 2º jogo da Seleção

VOLTA ENTRE 12 E 15 DE JUNHO

PARTINDO DE RJ

RECIFE

VOLTA ENTRE 17 E 20 DE JUNHO

PARTINDO DE SALVADOR

1.000

533,94

500

JULHO

1.435,00

1.000

1.047,62

500

324,89

0

0

JANEIRO

JULHO

PREÇO EM DIA COMUM*

180

129

BH

23/6

Brasília

IDA ENTRE 21 E 23 DE JUNHO

JANEIRO

PREÇO EM DIA COMUM*

610

Brasil X Camarões 3º jogo da Seleção

278

350

Indefinido

1.500

13/7

IDA ENTRE 11 E 13 DE JULHO

PARTINDO DE SP SALVADOR

VOLTA ENTRE 13 E 16 DE JULHO

PARTINDO DE RECIFE BRASÍLIA

SP 1.500

1.000

684,00

1.000

500

420,36

500

302,94 PREÇO EM DIA COMUM*

216

140

1.075,46 504,09 519,93

0 JULHO

JANEIRO

668

Rio de Janeiro

Final

VOLTA ENTRE 23 E 26 DE JUNHO

0

SP

1.587,19

1.500

1.075,33

17/6

Fortaleza

IDA ENTRE 15 E 17 DE JUNHO

RECIFE

1.500

JULHO

Bruno Caetano é diretor superintendente do Sebrae-SP e mestre e doutorando em Ciência Política pela Universidade de São Paulo. O Sebrae-SP é uma instituição dedicada a ajudar micro e pequenas empresas a se desenvolverem e se tornarem fortes. Saiba mais em www.sebraesp.com.br

12/6

JANEIRO

PREÇO EM DIA COMUM*

355

129

478

215

*PASSAGEM COMPRADA EM JANEIRO PARA VIAGEM EM 30 DIAS

A diferença dos preços mínimos de passagens aéreas para os jogos da Copa do Mundo em relação à tarifa para um dia comum pode superar R$ 1 mil. A conclusão é de um levantamento do site de comparação de preços de viagens Mundi. Para a pesquisa, foi considerado o preço mínimo dos voos com origem nas três cidades que mais procuraram, entre julho de 2013 e janeiro de 2014, as sedes dos jogos da Seleção Brasileira na primeira fase e na final. De julho para cá, dos 12 trechos avaliados, metade registrou queda nos preços. É o caso do trecho entre Belo Horizonte e São Paulo, para a abertura da Copa. A tarifa que custava no mínimo R$ 635,70 em julho do ano passado, podia ser encontrado por R$ 324,89 no mês passado. Apesar da queda, o preço mínimo para um bilhete comprado em janeiro com 30 dias de antecedência da data viagem era de R$ 180. “Houve uma queda de preços em janeiro, mas eles continuam, em média, acima do cobrado em um dia comum e mesmo para um período de alta temporada [janeiro e

fevereiro]”, diz a gerente de marketing do Mundi, Juliana Venezian, ao Metro Jornal. A maior variação foi registrada no trecho Salvador-Fortaleza, para o segundo jogo do Brasil. O trecho pode ficar até R$ 1085 mais caro. Enquanto, as passagens para o período custavam a partir de R$ 1435 em janeiro, o mesmo trecho era encontrado por R$ 350 na pesquisa em um dia comum. Para a final, em 13 de julho, no Rio, o preço mínimo com saída de Recife atingiu R$ 1.075,46 em janeiro, enquanto o valor em um dia comum chegou a R$ 478. Bilhetes mais baratos Juliana Venezian lembra que os preços variam de acordo a oferta e demanda de assentos da companhias aéreas. “Quem quer economizar precisa comparar preços e fazer a compra com antecedência”, reforça. No caso dos voos para a Copa, avalia a gerente da Mundi, pode haver mais reduções de preços, com a liberação dos voos extras para o período e a estratégia de algumas aéreas de adotar um limite para a tarifa. METRO

Receita abre hoje consulta Lei agrícola dos EUA é ruim a lotes residuais de IR para algodão brasileiro A Receita Federal abre hoje, a partir das 9h, as consultas a lotes residuais do IR (Imposto de Renda). O lote englobará os exercícios de 2008 a 2013. As consultas poderão ser feitas por meio do site da Receita (www.receita.fazenda.gov.br), pelo telefone 146 (opção 3) ou via aplicativo para dispositivos móveis (smartphones e tablets). Os recursos estarão disponíveis para saque em 17 de fevereiro. Segundo o órgão, 89.237 contribuintes serão contemplados neste lote residual

do IR. Eles receberão R$ 199 milhões. Desse total, R$ 55 milhões referem-se a 12.561 contribuintes com prioridade no recebimento dos valores, como idosos, deficientes físicos ou mentais, ou com moléstias graves. Deste valor total, a maior parte é relativa ao exercício de 2013 (ano-base 2012), com 67.480 contribuintes, no valor de R$ 137 milhões. Esses contribuintes receberão 7,52% de correção. A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo,

deverá requerê-la por meio da internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais) e 0800-729-0001 (demais localidades) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco. METRO

Algodão brasileiro é ameaçado por lei dos EUA | SCOTT OLSON/GETTY IMAGES

Aprovada pelo Senado dos Estados Unidos na última semana, a nova lei agrícola do país pode ser mais lesiva ao algodão brasileiro do que a atual, dizem especialistas. No texto, os pagamentos federais diretos aos agricultores, considerados irregulares pela Organização Mundial do Comércio, são diminuídos, mas é criado um programa de seguro às lavouras, o Stacked Income Protection Plan. O sistema cobre de 70% a 90% das perdas dos agricultores. Além disso, o governo norte-americano pode sub-

sidiar 80% da contratação do seguro. A legislação só vale após ser promulgada pelo presidente Obama. Segundo Renata Amaral, consultora em comércio exterior da Barral M Jorge, a avaliação preliminar é que ele será “bem mais extorsivo” do que os subsídios foram. “Em uma situação extrema, [o seguro] pode garantir até 90% [das perdas do agricultor]”, destaca. Ela diz que a nova redação não eliminou os programas de subsídios da antiga Farm Bill, condenados pela OMC. METRO


PUBLICIDADE


|10|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{MUNDO}

Ucrânia coloca forças antiterror em alerta

Em risco. Unidades antiterrorismo estão de prontidão depois do aumento de ameaças de ataque contra instalações importantes O serviço de segurança da Ucrânia colocou ontem unidades antiterrorismo em alerta em resposta a um forte aumento nas ameaças não especificadas contra instalações importantes, como estações de energia atômicas, aeroportos, gasodutos e oleodutos. A ex-república soviética está envolvida em grandes protestos contra o governo e não estava claro se a rara medida anunciada pelo serviço de segurança ucraniano, publicada em seu site na internet, tinha alguma ligação com a agitação popular. O governo acrescenta: “O centro antiterrorismo do serviço de segurança, de acordo com a lei, é obrigado a colocar de prontidão unidades antiterrorismo no território do Estado.”

“O serviço de segurança é obrigado a colocar de prontidão unidades antiterrorismo no território do Estado” GOVERNO DA UCRÂNIA

De acordo com a medida, aeroportos internacionais, usinas de energia e estações de trem e ônibus nas grandes cidades estavam particularmente sob risco. A nova medida de segurança deve ser aplicada para impedir a aproximação de edifícios do Estado, bem como responder às ameaças de invasão a instalações onde armas estão armazenadas. O objetivo é conter os manifestantes radicais que estiveram em violentos con-

frontos com a polícia. “A decisão foi tomada de acordo com a lei da Ucrânia sobre a luta contra o terrorismo”, disse o SBU. “A ação realizada pelos serviços de segurança... pretende apenas garantir a segurança pública e conter atividades criminosas de objetivo terrorista. Estas medidas são transparentes e principalmente preventivas.” O presidente ucraniano, Viktor Yanukovich, alertou para o crescente radicalismo e atividades terroristas depois de mais de dois meses de agitação civil em que manifestantes críticos do governo ocuparam prédios na capital, Kiev, e em outras cidades pedindo reformas políticas e a sua renúncia. METRO

Os protestos conrta o governo continuam no centro da capital Kiev | GLEB GARANICH/REUTERS

Irã. Acordo nuclear avança mais

O comboio de ajuda humanitária ficou preso no centro da cidade velha de Homs

| THAER AL KHALIDIYA/REUTERS

Mais de 600 são resgatados em Homs Seiscentas pessoas deixaram ontem o centro antigo sitiado de Homs, controlado pelos rebeldes, disse uma autoridade local, após mais de um ano enfrentando a fome e a privação de liberdade causada por um dos bloqueios mais prolongados do conflito na Síria. Os desalojados, principalmente mulheres, crianças e velhos, foram retirados pela Organização das

Nações Unidas e o Crescente Vermelho sírio no terceiro dia de uma operação durante a qual os comboios de ajuda foram alvejados e ficaram brevemente retidos no centro velho de Homs. “O último veículo chegou e o total é de 611 pessoas”, disse o governador de Homs, Talal al-Barazi, ao canal regional de televisão árabe Al Mayadeen, em um ponto de encontro fo-

ra da cidade, acrescentando que mais ajuda foi enviada à área rebelde. O comboio foi atacado enquanto agentes humanitários entregavam alimentos e suprimentos médicos no distrito onde a ONU diz que 2.500 estão retidas por um cerco militar desde meados de 2012. A área é dominada por rebeldes, mas está cercada pelo Exército sírio. METRO

O Irã afirmou ontem que, em até três meses, tomará mais sete medidas previstas no acordo de cooperação com a agência nuclear da Organização das Nações Unidas, o que deverá contribuir para amenizar as preocupações internacionais sobre o programa nuclear do país. Uma fonte diplomática disse que uma das medidas é relacionada a uma investigação da Agência Internacional de Energia Atômica sobre as dimensões militares das atividades atômicas do Irã, que insiste no caráter pacífico de seu programa. Isso seria um passo significativo, já que a investigação sobre um suposto desenvolvimento de bomba atômica está num impasse. O Ocidente acredita que o Irã vem obstruindo a pesquisa da agência. O acordo também pode enviar um sinal positivo para as negociações entre o Irã e seis potências mundiais que começarão em 18 de fevereiro com o objetivo de chegar a uma solução para uma década de disputas. METRO

Bento 16, o papa emérito, não teria arrependimentos | FRANCO ORIGLIO/REUTERS

Ex-papa. Bento 16 não se

arrepende, diz assessor Um ano depois de sua surpreendente renúncia, o papa emérito Bento 16 não tem arrependimentos e acredita que a história vai reconhecer o seu papado tumultuado e muito criticado, disse à Reuters o homem mais próximo a ele. O arcebispo Georg Ganswein trabalha para o antigo papa, além de ser assessor do papa Francisco. “O papa Bento está em paz consigo e acho que ele até está em paz com Deus”, disse Ganswein, cujas funções o colocam em contato com o papa atual e

o emérito diariamente. Bento 16 anunciou a sua decisão de renunciar, o primeiro papa a fazê-lo em 600 anos, em 11 de fevereiro de 2013, citando problemas físicos e psicológicos. Ele deixou o cargo em 28 de fevereiro e Francisco foi eleito em 13 de março como o primeiro pontífice não-europeu em 1.300 anos. Ganswein, que esteve ao lado de Bento 16 desde a sua eleição, em 2005, disse que o papa emérito não tem arrependimentos e tampouco ressentimentos. METRO


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{CULTURA}

|11|◊◊

Que a Força esteja com você Lançamentos. Quer ser um Jedi? Ou um Sith? Chegam às livrarias dois guias da saga ‘Guerra nas Estrelas’, com hisórias, personagens, técnicas e dicas que ajudá-los vão a se tornar um herói – ou vilão – das galáxias Um Jedi pode usar a Força Unificadora, com o poder de sentir o passado e o futuro

Guardião Jedi com seu sabre de luz azul; criança com traje especial dos membros da Ordem; e uniforme de Padawam

A comunidade brasileira fã de “Guerra nas Estrelas” tem dois grandes motivos para comemorar. Acaba de chegar às livrarias “O Livro dos Sith”, produção do norte-americano Daniel Wallace, obra com os manifestos escritos pelos Lordes Sith, que registravam suas filosofias e táticas. Participam do volume Sorzus Syn (e suas explorações em alquimia), Darth Malgus (e seus métodos de guerra), Darth Bane (e seu treinamento Sith), Mãe Talzin (sobre as mercenárias na galáxia), Darth Plagueis (que discorre sobre manipulação e uso da Força) e Darth Sidious (em texto que fala da manipulação política fundamental na insurreição ao poder do Império). A obra do mal chega para ser contrapartida a “O Caminho Jedi”, também produzido por Wallace, lançado por aqui em novembro. Nele, Mestre Yoda, Con-

de Dookan, Obi-Wan Kenobi, Luke Skywalker, além da participação de Sidious e Anakin Skywalker – ainda novo, antes de se tornar Darth Vader –, apresentam os maiores mestres, a história dos clãs, os armamentos, o vestuário, os golpes de lutas, alguns monstros e como sobreviver a essa galáxia tão misteriosa, tudo com direito a comentários em cantos de páginas, muitos deles bem provocativos. Acompanhe algumas citações de ambos os livros e escolha de qual lado você quer estar. METRO PARTICIPARAM DESSA MATÉRIA:

2 CULTURA Zé Ramalho

Ingressos à venda para show

Já estão à venda os ingressos para o show de Zé Ramalho, dia 22 de março, às 21h, no Guairão. As entradas vão de R$ 96 a R$ 286, pelo Disk Ingressos (33150808). Na turnê, o cantor paraibano faz um passeio pelos clássicos de mais de 30 anos de carreira.

FAÇA PARTE DA FORÇA “Não há ignorância, há conhecimento. Aqueles que não entendem esse preceito básico logo sentem medo. E medo é o caminho para o lado negro.”

“Não usem truques mentais se forem levados até o chefe Hutt! Eles são conhecidos pela dificuldade em serem influenciados ou lidos através da Força.”

“A Força é uma montanha emergindo da água – o lado negro está apenas submerso, recolhido no fundo. Se vocês escolherem mergulhar, o lodo irá prendê-los e afogá-los.”

“O caminho de um Jedi é de harmonia, que se afasta da violência e busca a união dos seres vivos através da paz.”

Memorize o mantra: ‘O cristal é o coração da lâmina. O coração é o cristal do Jedi. O Jedi é o cristal da Força. A Força é a lâmina do coração. Todos estão ligados: o cristal, a lâmina, o Jedi. Somos um.’”

STAR WARS – O CAMINHO JEDI ED. BERTRAND BRASIL 158 PÁGS. R$ 50

Os três movimentos da Forma IV de combate Jedi


|12|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{CULTURA}

Mostra exibe a América do cineasta John Ford ‘No Tempo das Diligências’ (1939) é um dos clássicos apresentados | DIVULGAÇÃO

John Wayne em cena de ‘O Homem que Matou o Facínora’, filme que fecha a mostra no sábado | DIVULGAÇÃO

Cinema. Clássicos western do diretor norte-americano são exibidos a partir de amanhã no Sesc Paço da Liberdade, com entrada franca Sesc Paço da Liberdade exibe a partir de amanhã, até sábado. A entrada é gratuita. Ao longo de sua carreira, entre 1917 e 1976, Ford realizou 133 longas, entre eles alguns dos mais importantes do cinema americano, protagonizados por astros como John Wayne e Henry Fonda. A marca do cineasta é a clareza de opiniões sobre o homem, a história e a sociedade. METRO CURITIBA

Pintura. São Francisco é tema de mostra

XXXPerience. Confirmado o duo holandês Bassjackers

METRO CURITIBA

Autor do hit ‘Crackin’, o duo Bassjackers é a nova atração confirmada da XXXPerience Curitiba, que acontecerá na Fazenda Heimari (Piraquara) em 12 de abril. No fim de janeiro, a faixa de house alcançou o segundo lugar dos charts favoritos do site Beatport, apenas uma semana após o lançamento. O duo holandês se une à

No Sesc do Paço (Praça Generoso Marques) Às 19h. Entrada gratuita. • Amanhã: ‘A Mocidade de Lincoln’. • Quarta: ‘No Tempo das Diligências’. • Quinta: ‘Vinhas da Ira’. • Sexta: ‘Rastros de Ódio’. • Sábado: ‘O Homem que Matou o Facínora’ (às 15h).

lista de outros nomes da música eletrônica com presença confirmada no Festival, como Skazi, Kolombo, Visionquest, Liquid Soul e Boris Brejcha. Os ingressos estão à venda a partir de R$ 100 pelo site www.aloingressos.com.br. Mais informações e postos de venda podem ser consultados no www.xxxperience. com.br. METRO CURITIBA

Santo protetor dos animais | DIVULGAÇÃO

‘Pola X’, de Leos Carax, é exibido

Programe-se

O gênero western deve a alguns poucos cineastas o status que adquiriu no panteão da Sétima Arte, já que foram poucos os diretores que transformaram aquelas histórias de homens brutos, mulheres indefesas, índios selvagens e um Oeste a ser desbravado em obras de arte. John Ford foi um deles, considerado por muitos o maior do gênero. Essa é a premissa da mostra ‘A América de John Ford’, que o

O artista plástico gaúcho Oséias Leivas Silva está com obras em exposição no Espaço Cultural do Hospital Vita Batel. A mostra ‘São Francisco e as Araucárias’ traz 12 telas pintadas em acrílica, com imagens do santo. Com entrada franca, a mostra vai até o dia 23, das 8h às 18h.

Cine FAP

Responsável pelo hit ‘Crackin’, dupla é uma das atrações do festival | DIVULGAÇÃO

‘Vinhas da Ira’ (1940) será exibido nesta quinta | DIVULGAÇÃO

O longa ‘Pola X’ (1999 – 134 min.), do francês Leos Carax, com Catherine Deneuve, será exibido hoje, às 19h, no Auditório Antonio Melilo (R. dos Funcionários, 1.357) pelo Cine FAP. A entrada é gratuita. METRO CURITIBA

Inscrições para pós em jogos digitais A Universidade Positivo abriu dois novos cursos de pós-graduação para quem tem interesse em desenvolver aplicativos para as plataformas como smartphone, tablet e computa-

dor. Um dos cursos tem ênfase em arte e o outro foca em programação, ambos contemplam a área de Game Design, mercado de trabalho que vem despontado com oportunidades.

‘La Bohème’. Começa pré-venda de ingressos Está aberta a pré-venda de ingressos para a ópera ‘La Bohème’, de Giacomo Puccini, que estreia no sábado nos cinemas da rede Cinemark. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.cinemark.com.br/ royal-opera-house. Em Curitiba, as entradas custam R$ 50 e R$ 25 (meia), nos shoppings Barigui e Mueller.

Criada em 1896 e com quatro atos, a ópera gira em torno da história de amor de Rodolfo, um poeta sem dinheiro, e a costureira Mimi, que veem sua felicidade ameaçada quando ele descobre que a amada está gravemente doente. A obra se passa na época da boêmia Paris de 1830. A ópera dura 2h45, com dois intervalos. METRO CURITIBA

O processo de seleção começa no dia 15 de fevereiro. As vagas são limitadas. Mais informações podem ser obtidas pelo site da universidade: www. up.com.br. METRO CURITIBA

Cinema. Fnac exibe filmes franceses A Fnac traz amanhã, a partir das 19h30, a apresentação de três curta-metragens dentro do festival de cinema on-line My French Film Festival, que traz obras francesas. A entrada é franca. Todos os filmes são exibidos pela web, na rua Professor Pedro Viriato Parigot de Souza, 600, no Mossunguê. METRO CURITIBA


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{CULTURA}

|13|◊◊

Enquanto o novo disco do Pato Fu não vem... Lançamento. Baixista da banda mineira mistura sonoridades brasileiras com rock sem medo de rótulos em álbum solo

Koctus costuma escrever em ritmo de samba | RAFAELA MATIAS/BANDNEWS FM BH

Ricardo Koctus, baixista da banda mineira Pato Fu, está com disco novo na praça, misturando arranjos de samba, bossa nova e rock and roll. E, antes que perguntem, o grupo não decidiu dar um tempo e muito menos se separar. “O Pato Fu está numa trégua. Em 2013, fizemos poucos shows. Provavelmente lançaremos um novo disco no segundo semestre do ano que vem, mas ainda nem sentamos para conversar sobre isso”, avisa ele, que também integra um grupo cover de Elvis, o The Presley’s Band. A última vez que os integrantes se reuniram em estúdio foi em 2010 para gravar “Música de Brinquedo”. Com ele, o Pato Fu faturou

o prêmio de melhor música infantil no Grammy Latino do ano seguinte. “Samba Bossa Rock N’ Roll” é o segundo disco solo de Koctus. As faixas trazem sonoridades bem brasileiras e ecléticas, sem medo de assumir rótulos e buscando quebrar estereótipos. “Eu sei que esse disco assusta porque as pessoas me veem cantando Elvis, uma coisa completamente forte. Já neste disco eu canto bossa, samba, é mais descontraído, sem pretensões. Sou um músico brasileiro que não é fechado e toca de tudo. Não ter esse rótulo é uma herança do Pato Fu”, define Koctus. As 12 faixas autorais trazem letras românticas com pitadas de forró, resgatando até mesmo a personalidade

da Jovem Guarda. “O artista de hoje precisa se reinventar em tudo. No Pato Fu, nunca fizemos nada que não tivesse o nosso dedo. Quando decidimos não ser uma banda tão popular e não fazer playback, sabíamos que estaríamos brigando contra o sistema. Isso me deixa mais confortável para fazer estripulias. Se eu quiser fazer um disco de música sertaneja ou funk, irei fazer”, diz ele. O álbum está à venda pelo site ultramusic.com.br. METRO BH

“SAMBA BOSSA ROCK N ROLL” RICARDO KOCTUS ESTÚDIO ULTRA R$ 19

Parceria

Novo disco de Takai prestes a sair do forno A vocalista do Patu Fu lança em março seu quarto disco solo, “Na Medida do Impossível”. Primeiro a contar com composições próprias dela, o álbum terá participações do vocalista do Skank, Samuel Rosa (na foto), e da roqueira Pitty na já divulgada faixa “Seu Tipo”. METRO


|14|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{VARIEDADES} Os invasores

O QUE ROLOU NAS COPAS

Pistas no Parque Barigui

SERGIO PATRICK DA RÁDIO BANDEIRANTES

AM 840 / FM 90,9

GRINGOS

Cruzadas

Várias jogadores atuaram por duas seleções diferentes nos primeiros mundiais da Fifa. Luis Monti fez história ao disputar duas finais seguidas com camisas distintas , vice com a Argentina em 1930 e campeão pela Itália, onde jogava pela Juventus, quatro anos depois. A Copa do Chile, em 1962, foi a última vez em que se permitiu a naturalização de jogadores que já haviam atuado por outra seleção. Dentre os craques, o argentino Alfredo Di Stéfano e o húngaro Ferenc Puskas defenderam a Espanha, e o brasileiro José Altafini, o Mazzola, campeão em 58, atuou pela Itália.

Reajuste de combustíveis 2 Quero reforçar o comentário do leitor Carlos Solana (publicado na edição de ontem). Ao atravessar a região sul de Curitiba, observo que os dois postos da Av. João Bettega subiram o álcool de 1,739 para 1,999, entre segunda e quarta-feira desta semana. Reforço a necessidade de intervenção das autoridades, principalmente em cobrar esclarecimentos do sindicato dos combustíveis.

O ano de 1962 foi fantástico para o Santos Futebol Clube, que conquistou os títulos do Paulista, da Taça Brasil, da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes. Pelé chegou bem ao Chile e marcou um golaço na vitória por 2x0 sobre o México na estreia da seleção, driblando boa parte da defesa adversária. No segundo jogo, contra a Tchecoslováquia, uma lesão muscular tirou o craque do torneio e abriu caminho para um jovem talento brasileiro.

SÉRGIO E. HAIDUK JÚNIOR - CURITIBA

Metro pergunta

Sudoku

Muita gente se divertiu com discurso espontâneo e longo do ex-jogador Amarildo, que quebrou o protocolo no Prêmio Bola de Ouro Fifa deste ano. Para merecer o reconhecimento de estar ao lado de Cafu e Pelé na homenagem aos títulos mundiais do Brasil, ele foi um dos grandes destaques da Copa de 62. Parceiro de Garrincha no Botafogo, Amarildo entrou no time com personalidade e foi decisivo ao marcar duas vezes para virar o difícil jogo contra a Espanha. Também fez gol na final contra os tchecos. As atuações lhe renderam o apelido de ‘possesso’ e uma transferência para o Milan, onde fez muito sucesso. Ficou na Itália por uma década, com passagens também pela Fiorentina e pela Roma.

Você acha que o Paraná Clube conseguirá subir para a primeira divisão?

Siga o Metro no Twitter:

@jornal_metroCTB

@CamilahMartin

Muito provável.

@ViniHenrique__

Só se o time jogar com sangue no olho e rock na veia em todas as partidas.

Metro web

Colaboraram Alexandre Praetzel e Leandro Quesada, da Rádio Bandeirantes.

Para falar com a redação:

Sergio Patrick é apresentador e coordenador de esporte da Rádio Bandeirantes, que comanda a Cadeia Verde e Amarela das rádios do Grupo Bandeirantes nas transmissões da Copa do Mundo. A coluna O QUE ROLOU NAS COPAS traz histórias e personagens de todos os mundiais. Envie sua sugestão para spatrick@band.com.br .

Horóscopo

Quero expressar minha revolta e conscientizar os frequentadores do Parque Barigui para que andem, corram, pedalem nas pistas destinadas a cada uma dessas modalidades. Existem indicações. Pinturas no chão e placas indicativas, dizendo qual pista é para qual finalidade. Sábado à noite, estava correndo na pista de corrida e várias pessoas andando nesta mesma pista. Desviei como sempre faço, mas um gesticulador abriu os braços com toda força e velocidade, bem na hora que estava passando ao seu lado. Acertou meu nariz, quase desmaiei de dor, sangrou. E, pasmem, ninguém parou para ver se estava bem. Acho engraçado, porque nós, curitibanos, seguimos regras para tudo, fazemos filas para tudo, mas lá no parque, ninguém respeita as pistas. MERYANN HAAS - CURITIBA

PELÉ NO AUGE

POSSESSO

Leitor fala

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

O envolvimento com assuntos familiares tende a ser mais intenso, especialmente para esclarecer antigos assuntos.

Atente-se para não agir de forma intolerante com alguns rituais e costumes preservados por pessoas de sua convivência.

Momento para tratar assuntos financeiros com moderação, especialmente para evitar impulsos consumistas. Repense despesas que possui.  

Muitas vezes palavras simples, ditas com calma e tranquilidade, esclarecem confusões. Tal postura será essencial nas diversas relações.

Envolver-se de forma mais intensa com alguma causa especial amenizará desgastes e trará uma boa sensação de dever cumprido.

Com a Lua em Câncer, seu signo oposto, há tendências para definir assuntos que envolvam parcerias. Decisões marcarão a vida afetiva.

Cuide para que suas ambições não atrapalhem relacionamentos com pessoas que te dão atenção. Período para refletir sobre diferenças.  

Hoje a perseverança será chave para tratar assuntos e, principalmente, para lidar com algumas convivências. Use a diplomacia.

Tendências a tratar assuntos essenciais que antes estava desatento. A parte física, da saúde e temas do lar são os mais propensos.

A Lua em seu signo faz com que esteja mais propenso a agir de forma emocional diante das situações em sua rotina.

Valorize mais o exercício de sua fé pessoal, com ou sem religião. Os temas espirituais costumam ter grande impacto e fazer bem a você.

Aproveite para se divertir e aproveitar ocasiões que amenizem desgastes. Retomar momentos de lazer em família fará muito bem.


CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com.br

{ESPORTE}

|15|◊◊

Jaqueline Mourão estreia time do Brasil em Sochi Jaqueline Mourão marcou ontem a primeira participação do Brasil na prova de biatlo, na Olimpíada de Inverno de Sochi. Mas não conseguiu um bom desempenho. Competindo no sprint 7,5km, ela completou o percurso em 25min06s4, ficando na 77ª posição de um total de 84 atletas. O ouro e o bicampeonato foi para a eslovaca Anastasiya Kuzmina (21m06s08), seguida pela ucraniana Vita Semerenko, com 21min28s5. “Está ótimo para mim, não é posição. É a primeira vez que o Brasil tem um representante aqui. Fui bem no tiro e dei tudo o que podia no esqui. Então estou feliz”, declarou a brasileira de 38 anos. Ela ainda disputa a prova de Esqui Cross Country. Ao todo, são 13 brasileiros nas disputas. Acompanhe ao vivo a cobertura completa dos Jogos na tela da Band, do canal Bandsports e no portal da Band: band.com.br. METRO

Inverno. Primeira brasileira a disputar a prova de biatlo, atleta terminou apenas em 77o Time Brasil Acompanhe a participação dos atletas brasileiros nos Jogos Olímpicos de Inverno:

• 11/2, às 8h25. Leandro Ribela, Esqui Cross Country

• 18/2, às 3h, e 21/2, às 8h45. Maya Harrisson, Esqui Alpino

• 14/2, às 11h45. Josi Santos, Esqui Aéreo

• 19/2, às 3h, e 22/2, às 8h45. Jhonatan Longhi, Esqui Alpino

• 14/2, às 12h. Jaqueline Mourão, Esqui Cross Country • 16/2, às 3h. Isabel Clark, Snowboard Cross • 18/2, às 11h15. Dupla feminina de bobsled: Fabiana Santos e Sally Mayara Jaqueline foi a primeira brasileira a disputar biatlo nos Jogos | DIVULGAÇÃO/CBDN

• 19/2, às 11h. Isadora Williams, Patinação Artística no Gelo • 22/2, às 12h30. Quarteto masculino de bobsled: Edson Bindilatti, Edson Martins, Fabio Gonçalves e Odirlei Pessoni

3 ESPORTE Fim da saga

Túlio

O atacante Túlio Maravilha finalmente alcançou os mil gols na carreira. A marca histórica, pelas contas do atacante, veio logo na estreia do atacante de 44 anos pelo Araxá-MG contra o Mamoré, em jogo que acabou 1 a 1. “Estou feliz por colocar Araxá na história. A cidade que viu o gol mil do Túlio.”


|16|

CURITIBA, SEGUNDA-FEIRA, 10 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTES}

Paranaense. Jotinha empata e segue invicto No sábado, na abertura da quinta rodada do Campeonato Paranaense, o J.Malucelli empatou com o Rio Branco por 2 a 2, no Ecoestádio. O Jotinha marcou primeiro com Bruno Batata, logo aos 9’. Mas, no segundo tempo, acabou tomando a virada com dois gols de Jonatha Fumaça. O time da casa só conseguiu igualar o placar nos acréscimos, com Tomas. O resultado mantém a invencibilidade do J.Malucelli na competição. O time agora soma duas vitórias e três empates.

De goleada! Com o resultado, Rubro-Negro subiu para a 9ª posição. Já o Coritiba caiu para a 10ª colocação e agora está dentro do ‘Torneio da Morte’

Atletiba. Superior durante todo o jogo, Atlético venceu o Coritiba por 3 a 0. Foi a primeira vitória do Furacão neste campeonato No primeiro Atletiba deste ano, o time sub-23 do Atlético levou a melhor e goleou por 3 a 0 a equipe B do Coritiba, ontem à noite, na Vila Capanema. Foi a primeira vitória do Furacão neste Estadual. Na próxima rodada, o Coxa volta a jogar com o time principal. Já o Rubro-Negro vai atuar com os garotos até o final da competição. O jogo A Atlético foi superior durante toda a partida. Desde o início, teve mais domínio de bola e criou as melhores oportunidades. O Furacão criou a primeira boa chance logo aos

7’. Dráusio tocou de cabeça e o goleiro William defendeu. No rebote, Crislan teve a chance, mas chutou para fora. Aos 21, Douglas Coutinho também levou perigo, ao invadir a grande área e bater forte. Com maior volume de jogo, o Rubro-Negro abriu o placar aos 37’. Igor Leandro colocou a mão na bola dentro na área e o juiz marcou pênalti. Bruno Mendes foi para a cobrança e balançou as redes. Pelo lance, o jogador coxa-branca recebeu o segundo cartão amarelo no jogo e acabou expulso. Na sequência, o Atlético quase ampliou com Bruno Mendes, que mandou de bici-

cleta, mas o goleiro alviverde mais uma vez defendeu. Já o Coritiba não levou perigo. No único lance de ataque, que veio apenas aos 42’, o goleiro Rodolfo espalmou o cruzamento de Bomfim. Na segunda etapa, o Furacão continuou superior e ampliou com Marcos Guilherme, aos 10’, após uma boa jogada de Coutinho, que deixou o jogador na cara do gol. O terceiro gol veio aos 27’. Bruno Furlan recebeu livre na área do Coritiba e tocou na saída de William. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

3 0 • •

METRO CURITIBA

Paranaense 5ª rodada

| GERALDO BUBNIAK / FOTOARENA

Rodolfo; Carlos César, Dráusio, Lucas Alves e Olaza; Otávio ( Ricardo Silva), Hernani e Marcos Guilherme; Bruno Mendes ( Lucca ), Douglas Coutinho ( Bruno Furlan) e Crislan. Técnico: Petkovic

ATLÉTICO

J.MALUCELLI OPERÁRIO ARAPONGAS MARINGÁ TOLEDO ATLÉTICO

William; Rhuan, Igor Leandro , Bonfim e Paulo Otávio; Ícaro, Denner, Thiago Primão ( Anderson Bartola) e Dudu; Anderson Aquino ( Zé Rafael) e Keirrison ( Eltinho). Técnico: Zé Carlos

2X2 1X3 1X0 0X1 0X2 3X0

RIO BRANCO PARANÁ LONDRINA PRUDENTÓPOLIS CIANORTE CORITIBA

CORITIBA

Gols. Bruno Mendes, aos 37’ do 1º T , Marcos Guilherme aos 10’ do 2º T e Bruno Furlan, aos 27’ do 2ºT. Arbitragem. Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Rafael Trombeta e Sidmar dos Santos Meurer.

“O torcedor estava no seu direito de cobrar as vitórias que não estavam vindo. A partir de hoje, vão mudar as coisas.”

“É uma situação para ser esquecida. Tem muito campeonato pela frente. É levantar a cabeça.”

MARCOS GUILHERME, ATACANTE DO ATLÉTICO

BONFIM, ZAGUEIRO DO CORITIBA

CLASSIFICAÇÃO P V GP SG 1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º

MARINGÁ RIO BRANCO J. MALUCELLI LONDRINA CIANORTE PRUDENTÓPOLIS PARANÁ OPERÁRIO ATLÉTICO CORITIBA ARAPONGAS TOLEDO

10 10 9 7 7 7 6 6 5 5 5 4

3 3 2 2 2 2 2 1 1 1 1 1

6 9 9 5 6 4 5 6 5 4 4 3

4 1 3 2 0 -2 0 0 1 -2 -4 -3

Classificados para as quartas Torneio da morte

Paraná vence o Operário fora de casa

Giancarlo marcou duas vezes | JOSUÉ TEIXEIRA / AGP

Depois de três derrotas consecutivas, o Paraná conseguiu se reabilitar e voltou a vencer no Estadual. Jogando no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, o Tricolor bateu o Operário por 3 a 1, ontem à tarde. O time abriu o placar aos 32’ do primeiro tempo. Giancarlo recebeu o passe de Fernando Gabriel e bateu no canto esquerdo. Na segunda etapa, o Paraná marcou novamente com Giancarlo. Após co-

brança de escanteio, o atacante subiu mais que a zaga e fez de cabeça, aos 15’. Minutos depois, o meia Paulinho, que havia acabado de entrar na equipe, ampliou a vantagem. No primeiro toque dele na bola, o jogador tirou o goleiro Marcelo da jogada e balançou as redes. O Operário, que até então estava invicto no campeonato, ainda conseguiu descontar com Sandro. Aos 37’ da etapa final, ele chu-

1 3 • •

Marcelo; Alex ( Gustavo); ( Itallo, Vítor Hugo Sandro) e Basso; Sidnei, Richardson, Marquinhos e Andrezinho; Lucas Batatinha ( Ricardinho) e Tele. Técnico: Gilberto Pereira

OPERÁRIO

Marcos; Toty ( Keno), Brinner, Naylhor e Breno; Elyeser , Cambará ( Gerônimo) , Paulinho Oliveira, Lúcio Flávio e Fernando Gabriel ( Paulinho ); Giancarlo. Técnico: Milton Mendes

PARANÁ

Gols. Giancarlo, aos 32’ do 1º T e aos 15’ do 2ºT; Paulinho, aos 22’ do 2º T (Paraná). Sandro, aos 37’ do 2ºT (Operário). Arbitragem. Lucas Paulo Torezin, auxiliado por João Fábio Machado Brischiliari e Weber Felipe da Silva.

tou na entrada da área, a bola ainda desviou na zaga

paranista, antes de entrar. METRO CURITIBA

20140210_br_metro curitiba  
Advertisement