Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

VIGARICE CHARMOSA ‘TRAPAÇA’ ESTREIA HOJE NOS CINEMAS BRASILEIROS PÁG. 14

BRASÍLIA Sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014 Edição nº 439, ano 2 MÍN: 17°C MÁX: 28°C

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Adutora se rompe pela 2ª vez, mata um e fere quatro Tragédia. O encanamento ao lado da EPTG havia quebrado na 4ª feira e operários passaram a madrugada tentando consertá-lo. No meio da manhã, com o reparo terminado, a água foi liberada -- com 6 operários ainda na caixa de contenção. E a tubulação se rompeu novamente PÁG. 06 ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

REPRODUÇÃO/BAND

REPRODUÇÃO/BAND

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Da esquerda para a direita: técnicos analisam a tubulação da Caesb, que se rompeu novamente pouco antes das 10h de ontem; Bombeiros, em meio à água, atendem os operários sobreviventes (o corpo da vítima já havia sido removido por helicóptero)

Polícia do RJ identifica suspeito de execução

Troca de Pato por 20% das escolas não Jadson: quem ganha? aderem aos ciclos

Depois de jornal divulgar vídeo de assassinato, até o governador reagiu contra ‘justiceiros’ PÁG. 02

Negociação entre Corinthians e São Paulo cria dúvidas sobre os benefícios para cada equipe PÁG. 16

No ensino fundamental, 309 colégios da rede pública do DF agora não terão mais reprovação a cada ano PÁG. 08

Ciclos: reprovação só no 5º ano | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA


|02|

1 FOCO

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Suspeito de execução no Rio é identificado Baixada Fluminense. Imagens divulgadas ontem pelo jornal ‘Extra’ mostram assassinato em Belford Roxo. Polícia investiga se houve ação de justiceiros no crime A polícia de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, anunciou ontem que já identificou o suspeito de ter executado um homem no dia 23 de janeiro com três disparos. A vítima também foi identificada. Igor Veras de Oliveira Falcão é quem aparece nas imagens divulgadas pelo jornal “Extra” sendo assassinado por um homem que estava na garupa de uma moto em uma das ruas mais movimentadas da cidade. Falcão foi morto com três tiros na cabeça em 23 de janeiro. As imagens mostram um grupo de homens segurando a vítima antes do crime. A polícia investiga se a vítima do assassinato cometia roubos no bair-

ro. De acordo com o jornal “Extra”, a disputa entre traficantes e milicianos na região pode ser a causa da execução. O delegado que investiga o caso, Luiz Henrique Guimarães, informou que ainda está tentando identificar os outros homens que aparecem nas imagens. Uma outra execução, que aconteceu no mesmo dia e próximo ao local, está sendo investigada para saber se há relação entre os casos. Governo Em meio a novas denúncias de ações de justiceiros no Estado, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, condenou e repudiou ontem ações do “poder paralelo”. Ele prome-

Filho de Dirceu

Absolvido no STF O deputado Zeca Dirceu (PT-PR) foi absolvido ontem pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Ele foi acusado pelo Ministério Público do Paraná de fazer boca de urna nas eleições de 2010. Os ministros alegaram falta de provas. O parlamentar é filho do ex-ministro José Dirceu, condenado no processo do mensalão e que está preso na Papuda.

Kassab é contra indicar ministrotampão | FÁBIO RODRIGUES POZZEBOM/ABR

O PTB é outro que deve manter o apoio ao governo, mas sem ocupar um ministério. O presidente do partido, Benito Gama (BA), era o nome indicado, mas decidiu disputar um mandato de deputado federal. METRO BRASÍLIA FALE COM A REDAÇÃO leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

O executado era Igor Veras de Oliveira Falcão | REPRODUÇÃO/BAND

teu investigar e prender os responsáveis pelos crimes. “Não admitimos isso. Nós vamos, com certeza, investigar e prender essas pessoas que tentam fazer justiça com as próprias mãos. O poder paralelo, no

PAULO STORANI, ESPECIALISTA EM SEGURANÇA

meu governo, é inadmissível”, afirmou Cabral, que também se referia ao adolescente que foi espancado, despido e amarrado a um poste por uma trava de bicicleta, na semana passada, na avenida Rui Barbosa, no Flamengo. METRO RIO

Daniel Coutinho recebe alta Daniel Coutinho, que confessou ter matado o pai, o cineasta Eduardo Coutinho, a facadas, recebeu alta ontem do Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, no Rio de Janeiro. Ele foi levado para a Divisão de Homicídios, onde iria prestar depoimento. Coutinho já teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, mas ainda passará por um exame de sanidade mental. METRO RIO Chacina Campinas

Civis serão investigados Além do envolvimento de policiais militares com a chacina ocorrida em janeiro em Campinas (SP), a Polícia Civil investiga a participação de outras pessoas na série de crimes, que deixou 12 pessoas mortas e duas feridas. A suspeita recai sobre supostos colaboradores que teriam sido contratados para executar a ação. METRO CAMPINAS

Dilma e diretor do ONS divergem sobre apagão

Reforma. Dilma oferece Desenvolvimento ao PSD Diante do descompasso com o PMDB, a presidente Dilma Rousseff tenta levar adiante a reforma ministerial para atrair outros aliados à campanha para as eleições de outubro. O presidente do PSD, Gilberto Kassab, recebeu ontem a oferta de um segundo pasta no primeiro escalão: o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, que ficará vago com a saída de Fernando Pimentel, pré-candidato do PT ao governo de Minas Gerais. Kassab levará a proposta ao partido, mas a tendência é de recusá-la porque o PSD gostaria de assumir um outro ministério apenas no início de um eventual segundo mandato. Hoje, a legenda comanda a Secretaria de Micro e Pequenas Empresas.

“Quando a população toma para si esse direito de aplicar a lei, inclusive a sanção da lei, significa que nós estamos voltando a um estado de barbárie que vivíamos no início da condição humana.”

Assassinato

O apagão que deixou 9 milhões de pessoas em 13 Estados do país sem luz na terça-feira pode ter sido causado por um raio. O diretor-geral do ONS (Operador Nacional do Sistema), Hermes Chipp, afirmou ontem que uma das hipóteses para a pane é uma descarga elétrica. Segundo ele, o relatório sobre as causas da falha deve ficar pronto em 15 dias. Ele disse que não houve falha humana e também descartou uma sobrecarga ou falha no sistema de proteção da rede. Chipp negou que falta de investimentos, excesso de consumo ou mesmo um incêndio tenham gerado a queda no fornecimento. O ministro de Comuni-

Hermes Chipp, do ONS, negou falta de investimentos | AGÊNCIA BRASIL

cação Social, Thomas Traumann, disse ontem que a presidente Dilma Rousseff rejeita a versão de que um raio pode ser a causa do apagão de terça-feira.

Segundo a presidente, o sistema elétrico foi preparado para receber esse tipo de descarga. Dilma demonstrou irritação com as declarações. METRO BRASÍLIA

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Brasil e Itália vão investigar Pizzolato Mensalão. PF e polícia italiana abrem inquérito para apurar a falsificação de documentos feita pelo ex-diretor do Banco do Brasil. Governo brasileiro terá 40 dias para pedir a extradição Preso numa cela da penitenciária de Sant’Anna, em Modena, Henrique Pizzolato será investigado pelos crimes de falsidade ideológica e uso de documento falso e poderá receber novas condenações no Brasil e na Itália. As penas são distintas nos dois países: de seis meses a 3 anos de prisão, pelas leis italianas; e de 1 a 11 anos, pelo Código Penal brasileiro. O ex-diretor do Banco do Brasil usou o passaporte do irmão, morto há 35 anos, para fugir em setembro do ano passado do Brasil e evitar começar a cumprir a pena de 12 anos e sete meses de prisão, em regime fechado, por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Pizzolato passou por Argentina e Espanha antes de entrar em território italiano. A Polícia Federal também investigará a responsabilidade pela emissão dos documentos falsos usados na fuga. Há suspeita de que passaporte, CPF, carteira de identidade e título de eleitor em nome de Celso Pizzolato foram retirados em Lages (SC), em 2008.

Extradição O Brasil terá 40 dias para formalizar junto ao Ministério da Justiça da Itália o pedido de extradição de Pizzolato. A PGR (Procuradoria Geral da República) prepara a tradução da documentação necessária. Embora a possibilidade seja remota por causa da lei impedir que nacionais sejam extraditados, o governo brasileiro recorrerá a tratados internacionais que preveem a punição de criminosos com dupla cidadania. Pizzolato terá uma audiência hoje na Corte de Apelação de Bolonha, onde informará que não tem interesse em deixar o país. A defesa fará ainda um pedido de liberdade provisória, já que não haveria possibilidade de novas fugas, uma vez que ele seria imediatamente extraditado para o Brasil se deixasse a Itália. Vergonha Militante histórico do PT, Pizzolato teve a fuga criticada “Houve um sentimento de vergonha e constrangimento no PT”, afirmou o líder do partido na Câmara, Vicentinho (SP). METRO BRASÍLIA

Perfil das crianças ainda é barreira para a adoção | MARCELLO CASAL JR/ABR

ção, do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), somente no ano passado havia 5.426 crianças ou adolescentes aguardando em abrigos por pais adotivos. Por outro lado, havia 29.440 pretendentes cadastrados.

NABOR BULHÕES O criminalista, que já atuou para o governo da Itália, vê chance remota de extradição e ilegalidades na prisão de Pizzolato.

Qual a alternativa? A única chance seria pedir à Itália que processasse Pizzolato pelos atos que a ele são imputados no Brasil e que geraram o processo do mensalão, segundo as leis italianas, sem nenhuma vinculação ao que foi decidido no Brasil. Estaríamos diante da aplicação extraterritorial da lei penal.

Crianças com deficiência terão prioridade de adoção As crianças com deficiência ou doença crônica terão prioridade de adoção. Os interessados em adotá-las terão os trâmites jurídicos acelerados para a conclusão do processo. A lei 12.955 foi sancionada ontem pela presidente Dilma Rousseff. A nova regra foi incluída no artigo 47 do (Estatuto da Criança e do Adolescente) para incentivar a prática no país. A menor brevidade no processo, no entanto, não deverá interromper exigências feitas para autorizar a transferência do adotado para a nova família. O tempo médio para adoção varia entre seis meses e um ano. Segundo o Cadastro Nacional de Ado-

RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

A Polícia da Itália afirma ter brechas para a extradição de Pizzolato. A situação pode mudar? É uma tradição do direito italiano não extraditar nacionais. Eventual pedido de extradição é implausível. Existe a cláusula, mas nenhum tratado prevalece sobre as constituições.

Pizzolato sem barba e bigode em foto divulgada na Itália | POLÍCIA DE MODENA

As características físicas ainda são determinante para a escolha de adotivos. A preferência ainda é por criança do sexo feminino, de até 2 anos, de pele branca e sem problemas físicos. METRO BRASÍLIA

|03|◊◊

Qual a situação do preso Pizzolato? A prisão é ilegal, feita em razão do pedido de prisão da Interpol, decorrente da condenação do Brasil. Não houve flagrante da falsificação de documento e não existe pedido de extradição. METRO

Ramona foi ontem à delegacia de imigração | JOSÉ CRUZ/ABR

Desertora. Cubana pede ressarcimento do Mais Médicos A médica Ramona Rodriguez, 51, entrou ontem com uma ação na Justiça do Pará para reaver em torno de R$ 36 mil. O valor é equivalente a diferença não recebida por ela nos quatro meses em que trabalhou no Mais Médicos. A médica abandonou o programa acusando ter sido enganada ao saber que só receberia R$ 965 dos R$ 10 mil do salário oferecido. Ela foi desligada do programa, mas poderá circular livremente pelo país enquanto aguarda a análise do pedido de refúgio no Brasil. Ramona já tem novo emprego: começa a trabalhar na segunda-feira na área administrativa da AMB (Associação Médica Brasileira), entidade fortemente contrária ao Mais Médicos. METRO

MA. Presos ficam feridos 32 mil vagas. em rebelião em Pedrinhas Detentos A ordem para impedir que mães e mulheres entrassem com comida provocou um princípio de rebelião ontem no presídio de Pedrinhas, em São Luís (MA). Policiais foram acionados para atuar nos pavilhões I e II e utilizaram bombas de efeito moral e balas de borracha para conter a confusão. A Secretaria de Administração Penitenciária do Maranhão confirmou que pelo menos cinco detentos foram feridos na ação, mas sem gravidade. Eles foram levados para o ambulatório do presídio com ferimentos leves. Era dia de visita. Durante a revista, a polícia encontrou 22 celulares e uma enorme quantidade de armas brancas. “De acordo com a polícia, o movimento é uma

66 mortes foram registradas no sistema penitenciário do Maranhão nos últimos 12 meses - 63 somente em Pedrinhas reação ao trabalho de revista diário e mais criterioso que está sendo realizado nos estabelecimentos penais de São Luís”, afirmou a secretaria, em nota. O complexo penitenciário é dominado por facções criminosas e, desde o ano passado, a Polícia Militar recebeu o reforço da Força Nacional de Segurança. Somente este ano três mortes já foram registradas nas dependências da prisão. METRO BRASÍLIA

terão cursos técnicos

O Pronatec (Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego) oferecerá 32 mil vagas em 600 cursos profissionalizantes que serão oferecidos em presídios de todo o país. Os detentos inscritos poderão abater um dia de pena para cada 12 horas de estudo. O anúncio já havia sido feito no ano passado. A meta do governo é a de abrir 55 mil vagas até o fim deste ano. Haverá turmas de presos em regime fechado, semiaberto e provisório. “Investir na educação da população carcerária é fundamental para facilitar o retorno dessas pessoas à vida em sociedade”, escreveu a presidente Dilma Rousseff, no Twitter. METRO BRASÍLIA


|04|

Política

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

ROMBO NO BANCO DO NORDESTE SUPERA R$ 2 BILHÕES O Ministério Público Federal do Ceará suspeita que o rombo no Banco do Nordeste do Brasil, na gestão do ex-presidente Roberto Smith, entre 2003 e 2008, supere os R$ 2 bilhões. Auditores do Tribunal de Contas da União e da Controladoria-Geral da União estão em maratona de reuniões com procuradores para mapear empresas e beneficiários. O MPF-CE já acionou o ex-presidente e mais dez dirigentes pela fraude.

SIGA O DINHEIRO Relatório do TCU, de 2009, apontou supostas irregularidades na gestão do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Nordeste.

ESQUEMA Segundo a denúncia, os ex-gestores do BNB autorizaram ao menos 52 mil empréstimos milionários a empresários que nunca foram cobrados.

FICHA-SUJA

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

CHUMBO GROSSÍSSIMO A direção do PT nacional trata como “segredo de Estado” a iminência de um escândalo envolvendo a cúpula do governo do Distrito Federal, e suas famílias, numa investigação sobre crescimento patrimonial.

CUMPRINDO TAREFA Obediente ao líder do PMDB, o presidente da Câmara, Henrique Alves (RN), avisou à ministra Ideli Salvatti que vai colocar em votação o Marco Civil da Internet, de qualquer jeito, na próxima terça-feira (11).

“O PT vai ter de rebolar para tirar essa comissão de mim.” DEPUTADO JAIR BOLSONARO (PP-RJ), DE OLHO NA SUCESSÃO DE MARCOS FELICIANO (PSC-SP)

AMEAÇA Perambulando no Congresso, quinta, gaúcho Tarso Genro (PT) parecia uma ameaça à médica cubana que pediu asilo ao Brasil. Foi ele quem mandou prender e mandar de volta dois boxeadores cubanos que tentaram desertar para a liberdade, nos Jogos Panamericanos do Rio.

#EDUARDORESPONDE

Protegido do governador Cid Gomes, que chamou a ação do MPF de “exibicionismo”, Smith é hoje seu secretário de Desenvolvimento.

DENUNCIADOS Também foram acionados Paulo Rebouças Ferrado, ligado a Jaques Wagner (PT-BA), e Luiz de Farias, indicado por Wellington Dias (PT-PI).

PIZZOLATO: EXTRADIÇÃO IMPROVÁVEL DÁ ALÍVIO AO PT Levou alívio à direção do PT a notícia de que são remotas as chances de extradição de Henrique Pizzolato, banqueiro do mensalão condenado a 12 anos de cadeia pelo Supremo Tribunal Federal. Os petistas temem que, “abandonado”, como já se queixou a interlocutores do partido, Pizzolato conte a quem servia e quem chefiava o esquema de corrupção do qual foi protagonista, como diretor do Banco do Brasil.

O Twitter escolheu estrear sua sabatina virtual com Eduardo Campos e Marina Silva (PSB/Rede), considerados os políticos que melhor usam a internet. Será nesta sexta, a partir das 17h, no #EduardoResponde.

VERGONHA?

CHAVE DE CADEIA

Marina Silva e Eduardo Campos | ANTONIO CRUZ/ABR

Protagonista do escândalo de exploração sexual contra crianças e adolescentes em Coari, o prefeito amazonense Adail Pinheiro (PRP) está envolvido em 56 processos na Justiça do Estado. 

PODER SEM PUDOR CLANDESTINO NUMA FARRA

PAC NA CÂMARA DO DF Silenciosamente, em Brasília, os deputados distritais dobraram a verba indenizatória dos últimos quatro anos. O gasto subiu de R$ 1,8 milhão, em 2010, para R$ 3,8 milhões em 2013. Assim, ligeirinho. 

SEM AGENDA Vicentinho (PT-SP) | GUSTAVO LIMA/AGÊNCIA CÂMARA

O novo líder do PT na Câmara, deputado Vicentinho (SP), disse ontem que a fuga de Pizzolato levou “vergonha ao partido”. Difícil de acreditar.

FALTA A MULTA Pizzolato foi condenado pelo STF a pagar multa de R$ 2,1 milhões. Resta saber quando o PT iniciará a “vaquinha” para ajudar o meliante.

Mal retornou do recesso, o presidente do Senado, Renan Calheiros, já enforcou a primeira sexta-feira. Na agenda divulgada pela assessoria, o aviso: “Não temos agenda”... Mas trabalho acumulado há, certamente.

CASO DE POLÍCIA Funcionária da ONU guardou seu carro no estacionamento nº 2 do aeroporto de Brasília e pagou R$ 438. Ao voltar, 15 dias depois, o carro havia sido surrupiado. O delegado Miguel Lucena, da 10ª DP, suspeita da participação de empregado da Alfa Park, que explora o negócio.

ALGEMAS PENDURADAS

PENSANDO BEM...

Serão penduradas algemas na porta de superintendências regionais da Polícia Federal, hoje, às 12h, mostrando a desmotivação dos agentes.

...trocar a extradição de Cesare Battisti pela de Henrique Pizzolato é o mesmo que trocar zero por abaixo de zero.

História saborosa de Cleto Falcão no livro “Dez anos de silêncio” (LGE, Brasília, 375 pp), sobre o ex-deputado Eduardo Bomfim (PCdoB). Em 1980, perseguido pela repressão, ele ficou uma semana escondido no apartamento de Falcão. Combinou que se trancaria num quarto e ao ouvir um “Bomfim, é o Cleto”, era a senha: a Polícia Federal descobrira o esconderijo. Falcão orga-

nizara uma farra para celebrar o aniversário e não a cancelou, até para não levantar suspeitas. Alta madrugada, mulheres e bebidas no meio da canela, o anfitrião solidário bateu à porta do quarto levando uísque e gelo: - Bomfim, é o Cleto – sussurrou a senha combinada. Ele abriu a porta com as mãos ao alto, em rendição. Rendeu-se à farra.


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

|05|◊◊

Caminhada pela infância Protesto na Estrutural. Morte de menino de 5 anos, vítima de bala perdida, mobiliza a comunidade para cobrar presença maior do Estado na região

Crianças caminham onde Pedrinho foi assassinado | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Enquanto brincava na frente da casa da mãe, Pedro Henrique, 5, foi alvejado por uma bala perdida. A mãe fez questão de não se identificar ao falar sobre a tragédia por medo da insegurança em que vive, na favela de Santa Luzia, na Estrutural. “Me sinto desamparada por essa Justiça que não faz nada. Meu filho não é o primeiro e não será o último”, lamentou. Foi para quebrar este ciclo de violência que Aline Albernez, responsável por projetos sociais no local há dois anos, decidiu organizar uma caminhada pela segurança das crianças de Santa Luzia. O protesto cruzará a Estrutural amanhã, às 9h. Aline espera reunir cerca de 200 pessoas na marcha, que partirá da entrada da região administrativa, passando pelo local em que Pedrinho foi assassinado. A reivindicação é que as crianças da Estrutural deixem de ser invisíveis para o Estado. “Estas crianças vivem em uma situação de extrema vulnerabilidade, onde a violência é muito presente e o Estado muito desleixado”, avalia. “Queremos mudar isso.” Aline pensava em realizar a passeata em abril, mas a morte de Pedro Henrique adiantou a realização. “Os assassinatos de menores aqui são constantes, mas não cos-

“Nós pedimos o mínimo de infraestrutura para que se combata o desleixo e a invisibilidade em que essas crianças vivem.” ALINE ALBERNEZ, ORGANIZADORA

tumam acontecer com crianças tão pequenas. Temos que acabar com essa rotina e politizar a comunidade é uma saída”, sustenta. A passeata reivindicará a regularização da favela, a construção de uma creche e de um posto policial e a instalação de redes de água, luz e esgoto no local. “Às vezes a região fica quase uma semana sem luz porque o governo só aparece aqui para afastar as iniciativas de socialização que tomamos. Usam a ilegalidade da ocupação como desculpa para se eximir de dar o mínimo de condições de vida à população de Santa Luzia”, diz. Procurada, a Administração da Estrutural não quis comentar as acusações. Crime sem explicação Ainda não foi confirmada de que arma partiu o tiro que vitimou Pedrinho. Na quarta, os supostos assassinos se apresentaram à Polícia Civil com as armas, que estão sendo examinadas. METRO BRASÍLIA

PUBLICIDADE


|06|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

Operário morre durante conserto de adutora Tragédia. Novo vazamento no encanamento que se rompeu na noite de quarta-feira provocou morte de funcionário da Caesb ontem de manhã Um funcionário de uma empresa que presta serviços para a Caesb (Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal) morreu ontem durante o conserto da adutora que se rompeu na noite de quarta-feira na EPTG (Estrada Parque Taguatinga). O acidente aconteceu por volta das 9h50 de ontem, quando a equipe técnica da Caesb autorizou que o sistema de água fosse religado. Luciano Almeida da Silva, 37, e cinco colegas ainda estavam dentro da adutora quando o encanamento que havia sido reparado se desalinhou, provocando novamente um grande jorro de água. Alguns operários conseguiram pular para a parte de cima da EPTG, outros acabaram sendo arremessados ou se jogaram para a pista que corre debaixo do viaduto. Luciano, por sua vez, ficou preso dentro da caixa da adutora e só foi retirado de lá depois que o Corpo de Bombeiros chegou. “Tentamos reanimá-lo durante 15 minutos, mas, infelizmente, não conseguimos”, afirmou o major Eloízio Nascimento, que coordenou a equipe de 30 bombeiros que participou do salvamento. O operário foi encaminhado ao Hospital de Base de helicóptero, mas morreu durante o traslado. “O serviço já tinha sido terminado. Os funcionários estavam recolhendo os equipamentos, limpando a área e, infelizmente, aconteceu esta tragédia”, afirmou o presidente da companhia, Oto Silvério Guimarães JúSegurança

“Não era para ter acontecido na quarta. Não era para ter acontecido hoje. Vamos apurar as responsabilidades.” OTO SILVÉRIO GUIMARÃES JR, PRESIDENTE DA CAESB

Água inundou viaduto de acesso ao Jockey | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Rompimento deixa 120 mil pessoas sem água

nior, que esteve no local ontem de manhã para prestar as informações à imprensa. “Lamentamos a perda de Luciano, nos solidarizamos com a família dele e daremos o auxílio necessário”, garantiu Guimarães. As responsabilidades sobre o acidente serão apuradas por uma sindicância da Caesb e também por um inquérito da Polícia Civil do DF. Questionado sobre se o sistema de abastecimento deveria ter sido religado apesar de os funcionários continuarem na área que tinha sido reparada, o presidente da Caesb desconversou. “A equipe técnica estava aqui e autorizou o religamento”, afirmou Guimarães. O religamento foi feito a partir da sede da empresa. ÉRICA MONTENEGRO METRO BRASÍLIA

Incentivo

Força da água desencaixou o encanamento | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

Solidariedade

Campanha

Desde a noite de quarta-feira, quando aconteceu o primeiro vazamento naquele trecho da rede de abastecimento, 120 mil pessoas estão sem água. A Caesb acredita que o serviço será retomado às 6h de hoje, depois que o encanamento for novamente consertado. Os moradores do Guará 1 e 2, do Setor Habitacional Lucio Costa e da Superquadra Brasília estão sem água. A Caesb avisa que, por causa dos reparos, também pode faltar água em vários setores de Taguatinga. Os reparos da rede foram retomados às 17h de ontem depois que a Polícia Civil concluiu a perícia do local e a Defesa Civil declarou que a estrutura não sofreu danos. Doações

Operários Entre os cinco sobreviventes do acidente, apenas dois continuam internados. O operário Flávio Henrique Lopes de Matos está em estado grave por causa de um edema agudo de pulmão. Já o paciente Uberval Pereira da Silva se recupera de uma fratura no fêmur. Os outros dois sobreviventes socorridos pelos bombeiros tiveram apenas fraturas leves e foram liberados pelos médicos ainda na tarde de ontem. Um quinto funcionário não chegou nem a ser levado ao hospital porque conseguiu sair da caixa adutora antes que a inundação ocorresse. METRO

Transporte

Comércio do Jardim Botânico tem nova regras

FAP abre editais para financiar eventos científicos

Funcionários da administração doam sangue

Detran realiza concurso para escolher mascote

Vara da Infância do DF arrecada material escolar

Expresso DF vai operar em março com passageiros

Estabelecimentos em áreas comerciais do Jardim Botânico poderão funcionar de domingo a quinta-feira até meia-noite. Esse limite será ampliado às sextas, aos sábados e em vésperas de feriados até às 2h. As novas regras foram publicadas no Diário Oficial do DF ontem. METRO

A FAP-DF (Fundação de Apoio à Pesquisa do DF) está com dois editais abertos para financiar a realização de e a participação em eventos científicos. O volume total dos recursos chega a R$ 5 milhões, sendo que os pedidos podem chegar até R$ 60 mil. METRO

Os funcionários da Administração de Brasília fazem um gesto solidário hoje. Eles vão ao Hemocentro doar sangue para ajudar a reabastecer os estoques. O Hemocentro está pedindo doações de sangue para preparar os estoques para o Carnaval. METRO

O Detran lançou um concurso destinado a estudantes de escolas públicas e particulares para a escolha de um jingle e um mascote que serão usado em campanhas educativas. O edital com as regras do concurso foi publicado ontem no Diário Oficial do DF. METRO

A VIJ (Vara da Infância e da Juventude) está arrecadando doações de material escolar para para serem distribuídos a crianças e adolescentes de famílias de baixa renda. Os materiais podem ser entregues até 28 de fevereiro, das 10h às 18h, na VIJ. METRO

Técnicos do GDF fizeram, na tarde de ontem, o primeiro teste em um dos ônibus articulados que circularão no Expresso DF, ligando Gama e Santa Maria ao Plano Piloto. A previsão é de que os testes com passageiros (sem pagar tarifa) comecem no mês que vem. METRO


|08|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

BRASÍLIA}

GDF reformula ciclos, mas escolas ainda resistem Educação. Apenas um quarto dos colégios de ensino médio optaram pela semestralidade, mas ainda há prazo; ciclos têm adesão de 80% O desgaste causado pelas idas e vindas no processo de mudança do projeto pedagógico da educação pública no DF ainda não cicatrizou e a rede de escolas inicia o ano letivo de 2014 dividida em relação aos ciclos e a semestralidade. No ensino fundamental, 309 escolas -- 80% do total -- optaram por trocar o sistema de séries anuais por ciclos mais longos. Ano passado, quando a mudança chegou a ser considerada ilegal pela Justiça e o então secretário de Educação, Denilson Bento, caiu envolto em questionamentos, 245 escolas haviam optado pelos ciclos. Já no ensino médio, a adesão foi bem mais baixa, mas as escolas têm até hoje para trabalhar com a semestralidade, na qual os alunos estudam um grupo de disciplinas até o meio do ano e outro grupo depois das férias de julho. Das 87 escolas, apenas 25% haviam optado pelo sistema até ontem. “Salto qualitativo” As escolas que não aderiram ao principal projeto pedagógico da pasta, segundo Lima, deverão migrar naturalmente nos próximo anos. “Não é fácil mudar rapidamente uma cultura que já dura 300 anos, de que escola boa é a que reprova. Mas, quando conseguirmos, daremos um salto qualitativo no ensino.” Para o diretor jurídico

O que mudou Veja como funciona o sistema de ciclos e semestralidade Cic O ensino fundamental foi dividido em três ciclos: o primeiro é composto por educação infantil, creche e préescola; o segundo é composto pelo antigo Bloco Inicial de Alfabetização e pelo 4º e 5º anos; o terceiro vai até o 9º ano. A retenção do aluno só é possível ao final de cada ciclo..

No ensino fundamental, 80% das escolas optaram por trocar séries por ciclos mais longos | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

“O processo foi muito atabalhoado no início, com o governo tentando impor a mudança e a judicialização da questão.”

“O projeto começou de forma equivocada, mas com a reformulação as escolas estão se sentindo mais seguras.”

“As escolas não foram preparadas e as promessas não foram cumpridas. A desconfiança ainda é grande.”

REMI CASTIONI, PROFESSOR DA UNB

ERIZEVELTON LIMA, ASSESSOR DA SEDF

WASHINGTON DOURADO, DIRETOR DO SINPRO

do Sindicato dos Professores, Washington Dourado, porém, a migração pode não ser tão natural. “Tudo foi uma imposição feitas às pressas. As escolas não foram esclarecidas nem preparadas”, reclamou ele, que vê vantagens no novo projeto pedagógico.

“Mas é preciso cumprir as promessas que foram feitas, como repassar recursos extras para escolas que adotarem as mudanças. Só assim para acabar com a desconfiança.”

blicas em Educação da Universidade de Brasília Remi Castioni aprova a adoção dos ciclos. “Há vários estudos mostrando progressos de aprendizado em escolas cicladas”, avaliou. O especialista não tem tanta convic��ão, porém, das vantagens da semestralidade.

R$ 6,3 milhões. Elevadores novos no Hospital de Base Após 54 anos de uso, todos os elevadores do Hospital de Base serão trocados. As obras começam nesta segunda e serão feitas por etapas. A expectativa é de que tudo esteja pronto em seis meses, mas este prazo é prorrogável. Os novos elevadores são do mesmo tamanho dos anteriores, mas mais velozes. Os primeiros a serem substituídos serão os sociais da portaria central. Os outros três elevadores sociais

e os elevadores “monta-carga”, que carregam equipamentos, materiais e o lixo hospitalar, ainda não têm data definida para ser trocados. O valor total da reforma é de R$ 6,3 milhões. A direção do hospital afirmou que os transtornos no período serão inevitáveis e pediu paciência aos usuários. Estão previstas filas, principalmente na entrada, e horários de visitas aos pacientes internados. METRO BRASÍLIA

Avaliação O professor de Políticas Pú-

Se e a idade Ao invés de estudarem todas as disciplinas durante o ano inteiro, os alunos do ensino médio cursam metade delas no primeiro semestre e a outra metade no resto do ano. Quem não for aprovado em alguma disciplina do primeiro grupo faz uma recuperação ao longo do segundo semestre.

“Não dá para saber se é melhor, mas acredito que pior não fica; hoje o ensino médio expulsa os alunos. Qualquer mudança tem o potencial de trazer melhoras.” RAPHAEL VELEDA METRO BRASÍLIA

Entrega do Cartão Material Escolar atrasa A entrega do Cartão Material Escolar, que estava prevista para ocorrer ontem e hoje no Paranoá e no Recanto das Emas, foi desmarcada e ainda não tem data ou local para acontecer. O adiamento aconteceu, segundo nota da Secretaria de Educação “a fim de fazer adequações necessárias para melhorar a logística de entrega”. A Administração do Recanto das Emas, porém, afirmou que os atrasos se devem à demanda excessiva de trabalho na entrega do cartão em Ceilândia, que começou na quarta. Todas as famílias já cadastradas, porém, irão receber os cartões, ainda que tenham um prazo menor para utilização. Cerca de 10 mil famílias devem receber o benefício em todo o DF. Cada estudante terá um crédito de R$ 226 para compra de materiais como cadernos e mochilas. O gasto total do programa deve ser de R$ 30 milhões. A entrega dos cartões foi prometida para ser feita até 19 de fevereiro e o usuário tem até 16 de março para utilizar os créditos, apenas nas papelarias conveniadas ao sistema. Mais informações no telefone 156, opção 02. METRO BRASÍLIA

‘Morar Bem’ convoca mais 14 mil

4,4 mil unidades já foram entregues nos Jardins Mangueiral | DÊNIO SIMÕES/SEDHAB

A Secretaria de Habitação do DF convocou ontem 14 mil famílias a apresentarem documentos de habilitação para participação no programa habitacional Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem. A relação está no site www.morarbem.df.gov.br. Com a convocação, o GDF se aproxima do cumprimento da promessa de dar moradia subsidiada a 100 mil famílias, já que 84 mil inscritos já estão habilitados e pagando prestações de, no mínimo,

R$ 100 pela unidade. De acordo com a Sedhab, editais para a construção de 92.917 unidades habitacionais já foram lançados. As unidades já entregues são 4.462 no Jardins Mangueiral, em São Sebastião. As casas e os apartamentos são entregues, segundo o governo, em ruas asfaltadas, com água encanada, drenagem de águas pluviais, rede de esgoto sanitário, luz e escritura no nome do beneficiário. METRO BRASÍLIA


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|09|◊◊

ONU negocia entrada em Homs, na Síria Cidade sitiada. Embora esteja pronta para ajudar, a organização ainda não recebeu a liberação por parte do governo e da oposição na guerra civil para atuar na remoção de civis A Organização das Nações Unidas ficou satisfeita com o acordo para a remoção de civis da cidade sitiada de Homs, na Síria, e para a entrega de ajuda à população afetada, disse um porta-voz da entidade. A ONU deixou claro que não participou das negociações e, embora esteja pronta para ajudar, ainda não recebeu a liberação por parte do governo e da oposição sírios para pôr em prática o que foi definido no acordo. “As Nações Unidas e seus parceiros no âmbito humanitário já deixaram preparados, nos arredores de Homs, alimentos, suprimentos médicos e outros itens básicos para entrega imediata, tão logo seja dado o sinal verde por ambas as partes, permitindo uma passagem segura”, afirmou o porta-voz da Argentina

Crianças sírias transportam água em carrinho na cidade | T. AL KHALIDIYA/REUTERS

ONU, Farhan Haq, em um comunicado distribuído à imprensa. Equador

O sítio imposto à cidade velha de Homs já se estende por mais de um ano Bolívia

e ativistas dizem que 2.500 pessoas estão impossibilitadas de sair da área, enfrentando a fome e a desnutrição. Elas representam somente uma pequena fração dos sírios em áreas sob cerco espalhadas pelo país, também precisando desesperadamente de ajuda. Delegados de ambos os lados do conflito da Síria se encontraram cara a cara pela primeira vez na conferência de paz “Genebra 2”, na semana passada, mas foram incapazes de chegar a um acordo sobre qualquer item da pauta -- nem mesmo um acordo humanitário para Homs, que os diplomatas esperavam que seria um primeiro passo relativamente fácil. Uma segunda rodada de negociações está marcada para a próxima semana. METRO Turquia

Vice é chamado a depor pela Justiça

McDonald’s terá sabor local

Chuvas matam 38 pessoas no país

Lei autoriza bloqueio à rede

O promotor Jorge Di Lello intimou ontem o vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, a explicar seu suposto envolvimento no Caso Ciccone. Boudou é acusado de participar em “atividades incompatíveis” com seu cargo, quando era ministro da Economia de Cristina Kirchner (2009-2011). METRO

O governo do Equador firmou convênio com a rede americana de “fast food” McDonald’s, segundo o qual a empresa se compromete a preparar cardápio com produtos equatorianos. O acordo obedece à política de substituição de importações, que está em fase de implementação. METRO

Chuvas torrenciais e inundações na Bolívia mataram ontem 38 pessoas e deixaram muitos desabrigados, segundo o governo. O Ministério da Defesa disse que levou ajuda e que o Exército estava removendo as famílias das regiões mais afetadas, como o departamento de Beni, a nordeste de La Paz. METRO

O Parlamento turco aprovou na quarta uma lei que autoriza as autoridades a bloquearem o acesso a sites da internet, o que críticos interpretaram como uma violação à liberdade de expressão. As autoridades podem bloquear o material durante prazo de quatro horas sem mandado judicial. METRO

Os Monument Men em ação na Segunda Guerra Mundial

| REPRODUÇÃO/AGÊNCIA

2ª Guerra. Estados Unidos devolvem obra à Polônia Autoridades dos Estados Unidos anunciaram esta semana que planejam repatriar para a Polônia uma tela do pintor Johann Conrad Seekatz que havia sido roubada pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. “Caçadores de Obras-primas”, novo filme de George Clooney, sobre a busca por obras de arte roubadas durante o conflito, foi exibido ontem no Festival de Berlim e entra em cartaz hoje nos EUA -- no Brasil, a estreia está prevista para o dia 14. As autoridades se negaram a revelar mais detalhes sobre a obra pintada no século 18 pelo artista alemão, conhecido por retratar cenários naturais e cenas militares, mas disseram ter esperanças de que o filme de Clooney atraia mais atenção para as obras de arte roubadas durante a guerra. “Quando o filme estrear, vai haver mais pessoas olhando [as obras de arte] em sua casa, que um parente pode ter legado por gerações, e que pode na verdade não pertencer a eles”, disse

Cena do filme de George Clooney sobre o grupo | DIVULGAÇÃO/FOX

a porta-voz para o ICE (sigla em inglês de Departamento de Imigração e Alfândega dos EUA), Nicolas Navas. O novo filme é estrelado por George Clooney, Matt Damon, Bill Murray e John Goodman, assim como o francês Jean Dujardin. O longa reconta a história real de uma unidade militar norte-americana, os “Monument Men”, composta por historiadores de arte que recuperaram obras roubadas pelos nazistas e as devolveram aos seus donos originais. METRO


|10|

Veículos. Montadoras reduzem produção As montadoras instaladas no Brasil produziram 237,5 mil veículos em janeiro, queda de 18,7% sobre o recorde para o mês estabelecido em 2013. Enquanto isso, as vendas ficaram praticamente estáveis, consumindo estoques de modelos produzidos com incidência menor do IPI (Imposto Sobre Produtos Industrializados). Segundo a Anfavea, que representa o setor, o atraso do governo na definição das regras do PSI (Programa de Sustentação do Investimento), que concede financiamentos a juros reduzidos para compra de bens de capital, desestimulou vendas entre o final de 2013 e início deste ano e montadoras aproveitaram para conceder férias coletivas. Em janeiro, os licenciamentos de caminhões e ônibus, recuaram 10,9% e 19,6% sobre um ano antes, respectivamente.

29% foi a queda das exportações brasileiras de veículos para a Argentina, segundo a Anfavea No total, as vendas de veículos novos no país em janeiro tiveram alta anual de 0,4%, para 312,62 mil unidades, com carros e comerciais leves registrando avanço de 1%. Além das férias coletivas, restrições impostas pela Argentina à importação de veículos levaram as exportações brasileiras em janeiro a despencar 29% na comparação anual. A Argentina, que vive uma crise cambial, é destino de três quartos das exportações de veículos brasileiros. A Anfavea se reuniu na última quarta com o governo brasileiro para discutir o tema. METRO COM AGÊNCIAS

Convocação

GM fará recall de 5 mil Agile e Classic

to do cubo das rodas traseiras e aplicação do torque correto na sua porca de fixação. O recall inclui 2.405 unidades do Chevrolet Agile e 2.920 do Chevrolet A General Motors fará o re- Classic. Mais informações call de veículos Agile e Clas- sobre o recall e agendasic modelo 2014, fabricados mento do serviço podem entre outubro e novembro ser acessadas pelo 0800 702 do ano passado, para substi- 4200 ou no site www.chetuição gratuita do rolamen- vrolet.com.br. METRO

No Rio

Ex-BB

Apple inaugura primeira loja no Brasil no dia 15

Paulo Caffarelli será o número 2 da Fazenda

A Apple vai abrir no próximo dia 15 sua primeira loja na América Latina. Localizada no VillageMall, shopping de luxo da zona oeste do Rio, a Apple Store brasileira começa a funcionar às 11h. Segundo e-mail promocional da empresa, os primeiros 1.500 clientes vão ganhar uma camiseta. O Brasil é o 15º país no mundo a ter uma Apple Store. Atualmente, a empresa conta com 422 lojas próprias em Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Canadá, Itália, Austrália, China, Suíça, Alemanha, França, Espanha, Hong Kong, Holanda e Suécia.

O Ministério da Fazenda escolheu o economista Paulo Rogério Caffarelli para o cargo de secretário-executivo da pasta. A sua missão será melhorar a relação do governo com o setor empresarial e financeiro. Caffarelli, 48, é funcionário de carreira do Banco do Brasil, onde ocupa o cargo de vice-presidente de Atacado, Negócios Internacionais e Private Bank. Dyogo de Oliveira, interino no cargo, reassume a função de secretário-executivo adjunto. O cargo de secretário-executivo foi ocupado até junho do ano passado por Nelson Barbosa, que pediu exoneração. METRO

METRO

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Inadimplência no comércio avança 7,8% em janeiro V ar ej o . Alta em relação ao ano passado interrompe quatro meses seguidos de queda. Segundo os lojistas, juros elevados e crédito escasso devem manter taxa estável em 2014 A inadimplência dos consumidores subiu 7,84% em janeiro ante igual mês de 2013, interrompendo uma sequência de quatro meses consecutivos de queda. Na comparação com dezembro, a taxa caiu 2,28%, informou ontem a CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas). Os dados consideram dívidas em atraso há mais de 90 dias no banco de dados do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito). Segundo o presidente da CNDL, Roque Pelizzaro Junior, o mês é historicamente caracterizado pela alta inadimplência. Em janeiro do ano passado, a variação anual da inadimplência havia sido de 11,8%. No mesmo mês de 2012, ela havia crescido 12,31%. “O consumidor deixa de pagar muitas contas por causa do período de férias e por conta dos vários gastos que teve no final de dezembro”, afirmou.

Vendas a prazo subiram 5,07% em janeiro |ITAMAR AGUIAR/FUTURA PRESS

Para Pelizzaro Junior, a perspectiva para o ano é de “arrocho na oferta de empréstimos” diante da elevação da taxa básica de juros, maior seletividade por parte dos bancos e menor confiança dos comerciantes. Com isso, avalia o presidente da CNDL, a inadimplência em 2014 deve conti-

nuar estável, mas em níveis historicamente baixos. Em janeiro, o número de consultas ao banco do SPC para vendas a prazo subiu 5,07% sobre igual mês de 2013. A tendência, no entanto, é de uma desaceleração ao longo do ano em função do cenário macroeconômico, segundo a confederação.

“Por outro lado, o comércio de alimentos, bebidas, supermercados e produtos eletrônicos deve registrar altas pontuais, em função da Copa do Mundo”, acrescentou. A entidade estima que o setor varejista irá apresentar um crescimento médio de 4%, descontada a inflação. METRO

C aptação da caderneta de poupança tem queda de 24%

Cesta básica. Preço sobe em nove capitais

Com as despesas típicas do início de ano, como material escolar e impostos, os brasileiros pouparam menos em janeiro. No mês passado, os depósitos na poupança superaram as retiradas em R$ 1,74 bilhão, segundo o Banco Central. O volume representa uma queda de 24,2% em relação a igual mês de 2012, quando o ingresso líquido somou R$ 2,3 bilhões. Na comparação com dezembro, o valor é 84% menor. Janeiro registrou o 23º mês seguido de saldo positivo. Apesar da forte queda, o saldo da poupança atingiu R$ 602,794 bilhões e bateu recorde. Só no mês passado os correntistas receberam R$ 3,1 bilhões em rendimentos.

O valor da cesta básica subiu em metade das 18 capitais pesquisadas pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos em janeiro. Brasília (5,49%), Manaus (5,04%) e no Recife (2,21%) tiveram as maiores altas. Já as maiores baixas partiram de Campo Grande (-4,19%), Porto Alegre (-2,47%) e Curitiba (-2,41%). O maior preço de cesta encontrado pela pesquisa foi o de Vitória (R$ 327,13), seguido pelo de São Paulo (R$ 323,47). A carne bovina, item que tem maior peso na composição da cesta básica, ficou mais cara em 14 capitais, com destaque para Brasília (6,94%). Na contramão, o preço do leite caiu em todas as cidades pesquisadas. METRO

Captação líquida EM R$, BILHÕES

11,2

12

6

2,3

1,7

0

JAN/13 DEZ/13

JAN/14

Com a alta da taxa básica de juros desde abril do ano passado, atingindo o patamar de 10,50% em janeiro deste ano, os investimentos atrelados à Selic tendem a ficar mais atraentes. Ainda assim, segundo cálculos da Anefac (Associação Nacional dos Executivos

de Finanças, Administração e Contabilidade), a poupança continua ganhando dos fundos na maioria das situações. Quando a taxa de juros está acima de 8,5% (o que acontece desde agosto), é fixo em 6,17% ao ano mais a variação da TR (Taxa Referencial). Com a Selic em 10,5% ao ano, a poupança perde para os fundos cujas taxas de administração sejam inferiores a 1,50% ao ano, o que exige uma aplicação mínima entre R$ 25 mil e R$ 50 mil. Quanto menor o prazo de resgate da aplicação bem como quanto maior for a taxa de administração cobrada pelo banco, maior vai ser a vantagem da poupança frente aos fundos. METRO


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Já é carnaval no DF Celebrações adiantam a folia em um mês em Brasília. Tem para todo gosto: festa retrô, bloquinho, micarê - e até axé cristão METRO BRASÍLIA

2 4 De Salvador a Brasília: Timbalada

Cascadura

Se a Bahia é a terra do carnaval...

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Túnel do tempo com É o Tchan e Terra Samba

O grupo fundado por Carlinhos Brown estará na Associação Atlética do Banco do Brasil domingo, às 19h. Também participam do show a banda Camafeu e o cantor Daniel Duran. De R$50 a R$ 80.

DJs Cix e Yasmin

Fica Comigo traz bloquinho do Rio para Brasília

A programação é para viajar a um carnaval dos anos 1990. O show inclui É o Tchan, Terra Samba (“swing, swing, pra você, pra mim”) e Patrulha do Samba (“rala no pezinho pra ver se ela te beija”). Domingo, às 22h, no Capella Lounge Bar. Reservas em 3352-5282. Ingressos de R$ 40 a R$ 120.

CULTURA Polêmica Dominus

Folia também é coisa de religioso

3 5 1 ... Então quem ama a folia não pode perder o Invasão Baiana, evento que celebra a música contemporânea do estado neste mês no CCBB. O Cascadura, que faz shows amanhã, é influenciado pelos sons do candomblé. Já o show de domingo, do Dois em Um, investe em ritmos tranquilos.

Denny, do Timbalada

O tema do bloquinho é propagar o amor. O Fica Comigo nasceu no Rio e, há dois anos, chegou a Brasília. Diversos DJs resgatam músicas de pagode da década de 1990 em versões carnavalescas. A festa ocorre sábado, às 16h, na área externa do Bar do Alemão. De R$ 60 a R$ 140.

OAB entra na briga a favor de biografias não autorizadas As biografias não autorizadas ganharam mais uma aliada, a OAB (Organização dos Advogados do Brasil). A entidade foi aceita como “amicus curiae” (uma espécie de terceiro interessado) no processo que corre no Supremo Tribunal Federal. O status adquirido pela OAB é apenas consultivo, ou seja, a entidade se manifesta e colabora com

o processo mesmo sem ser parte da ação. Mesmo assim, deve ser um forte aliado no processo. No Brasil, hoje, se um escritor quiser produzir uma biografia de uma pessoa pública, precisa pedir autorização dela ou de sua família (caso seja falecida). Algumas celebridades já se posicionaram a favor das biografias livres. METRO BRASÍLIA

“Sempre fui contra o controle das biografias pelos biografados. Detesto a ideia de que meus filhos e netos venham a tomar conta do que se pode publicar sobre mim.” CAETANO VELOSO, EM ENTREVISTA À ‘FOLHA’

O Metro indica

Infantil

“Procurando Nemo”. A história de amor paternal da Disney ganha os palcos com a Cia Néia e Nando. De 8 a 23/2 – aos sábados e domingos, às 17h. Na Escola Parque 307/507 Sul. Entrada: R$ 40.

Teatro

William Shakespeare. Adaptada pelo diretor James Fensterseifer, “Conto de Inverno”, de William Shakespeare, ganha sua primeira montagem brasiliense. É uma história de ciúme incontido, crime e castigo, paixão, dor e morte; mas é também uma história de alegria e ressurreição com um final feliz. Sábado e Domingo, às 20h. No Departamento de Artes Cênicas da UnB (em frente ao Banco Santander). Grátis.

Festa

Balaio Café 7 anos. Filhos de Dona Maria, Buguinha Dub e Djs Barata, Nagô, Pati Merenda, Discotecários, Tamara Correia, Esdras Nogueira, Confronto Sound System, Megaton Dub, Negueedmundo e a festa Dyke-se se dividirão em duas pistas. No Acadêmicos da Asa Norte (Setor de Clubes Norte – L4 Norte). Sábado, às 21h. R$ 15 (antecipado, vendas no Balaio).

A nova formação do Tchan

2

Haverá ritmos carnavalescos, abadá, carro de som e clima de paquera, mas tudo dentro da filosofia católica. Ministério Shalom, Dominus e Banda Jaque estão escalados para animar com axé a 1ª Micarê Cristã, que ocorre amanhã, às 16h, no estacionamento do Serejão, em Taguatinga. A entrada custa R$ 20.

Allen deve publicar resposta O cineasta Woody Allen pediu ao jornal ‘The New York Times’ para publicar uma carta em resposta às acusações de pedofilia de sua filha Dylan Farrow. A informação foi confirmada pelo editor Andrew Rosenthal à revista ‘Vanity Fair’. Ele ressaltou, porém, que não sabe ainda se publicará o comunicado na íntegra.


|12|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Receita Minuto Respeito à mulher

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

HOT DOG DE FORNO COM QUEIJO A receita de hoje é uma variação do clássico imbatível das festinhas, o hot dog. É fácil de fazer, deliciosa e vai surpreender os convidados, sejam crianças ou adultos. Experimente!

Cruzadas

Eu estava andando em uma calçada ao lado do Eixo, com um vestido curto por causa do calor que tem feito. Fiquei muito surpresa quando três carros passaram por mim buzinando, como se eu fosse uma garota de programa, em menos de dez minutos. Senti-me extremamente ofendida. Toda mulher de roupa curta está à procura de clientes? É triste que a gente viva em um país que se diz moderno e ainda tenha um comportamento tão machista e tradicional. SUZANA CORDEIRO - SANTA MARIA (DF)

Aumento para quem merece Os PMs reclamam de que não ganham aumento real, acima da inflação, há anos. Salário maior é algo que se faz merecer, não com chantagens, mas cumprindo com o serviço. Operação tartaruga é uma afronta ao trabalhador. SIMÃO DIAS - GAMA (DF)

Que continue público Toda forma de tentar barrar a livre circulação de todo o povo em áreas nobres da cidade é fascismo mal disfarçado. INGREDIENTES Massa: 4 ovos inteiros 1 xícara (chá) de leite 1 xícara (chá) de óleo de girassol ou de milho 1 xícara (chá) de queijo parmesão ralado 1 colher (chá) de sal 1 xícara (chá) de amido de milho 1 xícara (chá) de farinha de trigo 1 colher (sopa) de fermento quimico em pó ½ xícara (chá) de salsa picadinha

ARIZTIZABAL MONTEIRO - BRASÍLIA (DF)

Recheio de Salsicha: 2 colheres (sopa) de margarina 1 cebola 1 pimentão verde pequeno picadinho 3 tomates maduros ½kg de salsicha Orégano a gosto Sal e pimenta do reino a gosto 200g de queijo mussarela em cubos

Metro Pergunta

O que motiva moradores o Metro a se insurgirem contra Siga no Twitter: @jornal_metrobsb obras públicas? @AraGuim

Sudoku

Não acho que a população deva ir contra, fiscalizar seria melhor. @camilachilelli

Isso é culpa da fama de que nossas obras são mal administradas ou eleitoreiras ou superfaturadas ou tudo isso. @jairmeireles

Modo de Preparo: Para a massa: bata no liquidificador os ovos junto com o leite, o óleo, o parmesão e o sal. Transfira para um bowl e coloque o restante dos ingredientes da massa. Misture bem com um fouet e reserve. Para o recheio aqueça a margarina e refogue a cebola junto com o pimentão Para o recheio: frite a cebola no óleo e junte a salsicha e o tomate. Refogue por 2 minutos e reserve. Montagem: Em uma forma untada com manteiga e enfarinhada, coloque uma camada da massa, outra de recheio e por cima o queijo, cubra com a massa e coloque para assar até que fique dourada.

Hedonismo. Egocentrismo. “Se achismo”. Plutocracia. @clebiojr

Egoismo e individualismo, não há outra explicação.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Este é um momento para reflexão sobre as coisas que acredita. Também será positiva a retomada de costumes que recomponham energias.

Possibilidades para desvendar situações importantes nas relações. Questões materiais recomendam ponderação e menos risco a se correr.

Assuntos da família tendem a ser retomados, especialmente diante de quem temos mais vínculo. Poderá refletir sobre padrões que cultiva.

Tendências a retomar convivências importantes e que há tempos não se dedica, tanto diante de amigos como junto a causas especiais.

Propensões para revisar sociedades em negócios ou no trabalho. Também será um momento importante para esclarecer conversas afetivas.

Temas que envolvam papéis, assinaturas e contratos são menos indicados a serem tratados, a não ser para revisões. Retomará estudos.

Mercúrio - planeta que rege seu signo – fica retrógrado, o que pode marcar contratempos e necessidade de revisões em temas cotidianos.

Boas tendências para retomar interesses que envolvam o trabalho e algum hábito que havia deixado de lado em seu dia a dia.

O dia recomenda mais cautela com temas ligados a negócios e finanças. Tendências a perceber diferenças de valores com pessoas próximas.

Assuntos burocráticos são propensos a ajustes e revisões, tanto em finanças como no trabalho. Tendências a retomar interesses culturais.

O momento é especial para retomar conversas importantes em relações de vínculo afetivo, seja na vida amorosa, com filhos ou parentes.

Mercúrio em seu signo fica retrógrado, influência capaz de fazer refletir sobre as convivências e o modo como se porta diante delas.


|14|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Mais cinema. Franquia ‘Jack Ryan’ renasce

Jeremy Renner (esq.), Bradley Cooper, Amy Adams e Christian Bale estão no centro da trama de ‘Trapaça’ | DIVULGAÇÃO

Quem engana quem? Estreia hoje. Líder de indicações ao Oscar, ‘Trapaça’ se inspira em caso real para narrar história de vigaristas que ajudaram o FBI a desbaratar uma máfia nos Estados Unidos nos anos 1970 Em “Trapaça”, que estreia hoje após vencer três Globos de Ouro e ser indicado a dez Oscars, todos os personagens estão em busca de ser algo que não são. É como atuar. Para Amy Adams, intérprete de uma vigarista que finge ser britânica, é mais que isso. “Sydney quer ser qualquer um que não ela mesma”, explica a atriz. A personagem se apaixona instantaneamente pelo igualmente dúbio Irving Rosenfeld (Christian Bale). “Ela o encontra e ele a apresenta ao que ela quer ser. Ele a vê como esperta, como inteligente e como uma lady. Ela encontra seu lugar. E aí ele a trai e isso não é legal.” A dupla é levada pelo FBI

a se envolver, nos anos 1970, em uma operação para desbaratar a máfia de Nova Jersey e sua conexão com políticos. Sydney acaba em conluio com um agente do FBI (Bradley Cooper). Para a atriz, a parceria é mais que apenas vingança. “Acho que há momentos em que ela não tem certeza do que sente por ele”, diz Adams. “Ela não está tão dividida entre dois caras como está dividida entre a verdade e a mentira. Ela vai acreditar em uma mentira que ajudou a criar ou vai acreditar na verdade? A verdade dói. A verdade é bem mais difícil.” Trajar os vestidos glamorosos da época a ajudou a entrar na personagem, mas tem

mais. “Eu treinei para ser bailarina, então tudo sempre se tratou de como contar histórias com o meu corpo”, diz. “Pensei em pessoas que carregam certa elegância e poder através da sexualidade. Pensei em Ann Margret e Cyd Charisse, dançarinas que estavam no controle pelo jeito como moviam seus corpos.” Chefe das polêmicas O diretor de “Trapaça”, David O. Russell, parece gostar de viver polêmicas com seus atores. George Clooney achou “Três Reis” (1999) tão difícil que jurou nunca mais trabalhar com o cineasta, que ficou escandalizado quando veio à tona a história de que ele ha-

via explodido com Lily Tomlin em “Huckabees – A Vida É uma Comédia” (2004). Ainda assim, atores voltam ao diretor, que levou três deles a conquistarem o Oscar (Bale, Jennifer Lawrence e Melissa Leo) e outros a receberem indicações, como Adams. A atriz vê de outro jeito a reputação de que o diretor gosta de levar os atores ao extremo. “Sinto que David não pressiona. Ele mostra a realidade. Nem tudo na realidade é sutil. É assim que somos enquanto humanos. Ele encontra os momentos nas vidas das pessoas em que esse extremo é a verdade daqueles personagens”, defende.

INDICADO A MELHOR Fi

e

A

a a Ch i ia Ba e

A i a a A

Ada

A c ad a e a a B ad e C e A i c ad a e a a Je ife La e ce Di eçã a a Da id O R e R ei igi a Fig i M

age

De ig de

d çã

Faz mais de 20 anos desde o fim da Guerra Fria, mas as mentes por trás das grandes franquias de espionagem ainda lutam para tornar o gênero bacana em uma era geopolítica um pouco mais complexa. Logo, quando surgiu a oportunidade de atualizar para o século 21 o personagem Jack Ryan, de Tom Clancy, em “Jack Ryan: Operação Sombra”, que estreia hoje, o diretor Kenneth Branagh (que também encarna o vilão) ficou feliz de injetar um pouco da energia da rivalidade entre Estados Unidos e Rússia. “Colocar Jack Ryan em uma época diferente entre esses dois países, com o mesmo princípio de boa moralidade e consciência, em um mundo muito mais sujo, me pareceu bem interessante”, diz ele. O jeito de fazer isso foi apostar no universo das finanças internacionais. “Operação Sombra” mostra Ryan (Chris Pine, o quarto ator no papel) como um recruta da CIA que identifica atividades financeiras envolvidas com o terrorismo e se vê obrigado a partir para o campo para combater os novos russos do mal. Dados financeiros à parte, o longa deu a Branagh a chance de viver velhas fantasias cinematográficas. “Quis fazer um filme no qual um homem passasse informação para outro em um cinema!”, brinca ele, que aprendeu russo para o papel. METRO INTERNACIONAL

METRO INTERNACIONAL

Muito além de uma propaganda

Emmet (esq.) é o João Ninguém que conduz a trama | DIVULGAÇÃO

Toda desconfiança é justificada quando se trata de produções como “Uma Aventura Lego”, inspiradas em produtos de alcance mundial e populares entre crianças e adultos. As chances são enormes de uma história com esses contornos cair na armadilha de se tornar um grande e chato comercial. E não é que o filme de Phil Lord e Christopher Miller (“Tá Chovendo Hamburguer”) afasta qualquer má expectativa? O herói da história é Em-

met, um típico João Ninguém. Ele é confundido com o construtor mestre, único que pode salvar o universo, segundo uma antiga profecia. Com a ajuda de um velho místico, o profeta Vitruvius; de uma mulher difícil, Mega Estilo; e do velho e rouco Batman, o operário vai lutar para impedir que o vilão, Senhor Negócios, imobilize os brinquedos com uma arma secreta e isole os diferentes mundos da brincadeira. Revelar mais do que is-

so é estragar as sucessivas surpresas que o filme reserva, inclusive uma breve e importante passagem pelo mundo real, onde as razões para tanta confusão são explicadas e o problema central da história é atacado. Lord e Miller são experientes em questões que importam para a criança, como ter liberdade para pensar, brincar e até mesmo errar. Essas são as questões propostas pela animação, sem prejuízo algum para a diversão. METRO

Chris Pine é o quarto ator a encarnar o protagonista | DIVULGAÇÃO


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Participação brasileira em Sochi começa no domingo Olimpíadas de Inverno. Algumas provas já foram realizadas ontem, mas a cerimônia de abertura será hoje, às 14h no horário de Brasília. A mineira Jaqueline Mourão será a primeira brasileira a competir, na disputa do biatlo Quando entrar carregando a bandeira verde-amarela hoje no estádio Fisht, em Sochi, na Rússia, durante a abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno, a mineira Jaqueline Mourão vai representar um país que, mesmo com pouco ou quase nenhum incentivo aos esportes de inverno, bate seu recorde de participantes nesta edição. Ela e os outros 12 atletas brasileiros integram a maior delegação já enviada a uma olimpíada de inverno. Embora algumas provas já tenham sido realizadas ontem, a cerimônia oficial de abertura da competição começa às 14h (horário de Brasília) de hoje. A participação brasileira nos jogos nunca foi expressiva. Antes de Sochi, o recorde havia sido em 2002, quando dez atletas foram a Salt Lake. Na edição de Vancouver, em 2010, apenas

ESPORTE

Calendário

Maya Harrisson, esqui alpino. 4h. Bobsled feminino, 12h15.

Jhonatan Longhi, esqui alpino. 4h. Bobsled feminino, 12h15. Isadora Williams, patinação artística. 12h.

Maya Harrisson, esqui alpino. 9h45.

Josi Santos, esqui aéreo. 11h45.

Bobsled masculino, 13h30.

Isabel Clark, snowboard. 4h.

Veja os dias e os horários (de Brasília) em que os brasileiros vão competir:

Jaqueline Mourão, biatlo. 12h30

Leandro Ribela, esqui cross country. 8h25 Jaqueline Mourão, esqui cross country. 8h.

3

Bobsled masculino, 6h30

Jaqueline Mourão será a porta-bandeira na cerimônia de hoje | DIVULGAÇÃO

cinco compareceram. Os 13, aliás, eram para ser 14: o Brasil sofreu uma baixa devido ao acidente da atleta Lais Souza, que competiria no esqui aéreo, mas sofreu uma lesão na coluna

durante os treinos e segue em estado grave, internada em Miami. A amiga de modalidade Josi Santos estreará em 14 de fevereiro. Jaqueline Mourão, a porta-bandeira, também será a

primeira brasileira a competir. Ela disputará a prova do biatlo, no domingo, às 12h30. Na terça-feira, disputa outra modalidade: o cross country, às 8h. Entre os competidores,

o único que ainda não chegou a Sochi é o atleta Jhonatan Longhi, que disputa o esqui alpino. Confira acima o calendário com a agenda de todos os brasileiros. METRO Vôlei

UniCeub estreia na Liga das Américas

Arthur está recuperado de sua lesão | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

O UniCeub/BRB faz, às 22h de hoje, sua primeira participação na Liga das Américas de basquete. O time brasiliense, campeão em 2009, busca o segundo título da competição. No primeiro quadrangular da competição, que ocorrerá em Xalapa, México, o Brasília enfrentará o Regatas Corrientes (ARG), o Halcones Xalapa

CBF prevê Série A sem Lusa A CBF divulgou ontem a tabela da Série A do Campeonato Brasileiro deste ano. A Portuguesa, cujo rebaixamento via STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) provocou um imbróglio que alimenta a expectativa de um torneio com mais de 20 clubes, está fora. Salvo da Série B graças à perda de quatro pontos da Lusa – por ter escalado o meia Héverton de forma irregular – o Fluminense foi confirmado. O prazo limite para que a CBF divulgasse a tabela era no dia 20 deste mês. Ontem,

a entidade informou que todas as liminares que anulavam a decisão do STJD, obtidas pela Lusa, foram cassadas, possibilitando o anúncio da tabela. A competição começará em 20 de abril. Nove rodadas depois, o campeonato para devido à Copa do Mundo – de 2 de junho a 15 de julho. A última rodada ocorre em 7 de dezembro. O vice-presidente jurídico da Lusa, Orlando Cordeiro de Barros, afirmou ao Metro Jornal que o clube pode ir à Justiça comum. METRO

A 1ª rodada F a e g G iá F

i e e Fig ei e e

Sã Pa Sa

B af g

S

A é ic PR G ê i A é ic MG C i hia Bahia C I e aci C ici

ei a Vi

a Pa

ia

ei a

Cha ec e e C i iba

(MEX) e o Marinos de Anzoátegui (VEN). O adversário de hoje é o time argentino. A boa notícia é que o técnico Sergio Hernandez poderá contar com o ala Arthur, que está de volta depois de três semanas fora. Ele se recuperou de uma lesão na coxa. O atleta avalia que a equipe está em um momento mui-

to bom, com oito vitórias em dez jogos no NBB (Novo Basquete Brasil), e tem tudo para levar o campeonato. Hernandez também terá à disposição o ala americano Jimmy Baxter, que foi contratado especialmente para esta competição, e o pivô Abner Moraes, o outro reforço recém-chegado ao time. METRO

Brasil encara Itália A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) divulgou ontem o calendário da Liga Mundial de Vôlei, competição da qual a Seleção Brasileira masculina foi campeã e e e O i e de Bernardinho (foto) vai e f e a a I á ia e de ai


|16|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 7 DE FEVEREIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Vai que

dá certo Mudança. Em má fase, Pato e Jadson trocam de camisa em busca da redenção Pato deve herdar a camisa 19 que era de Aloísio

Alexandre Pato

Apesar do aval de Muricy Ramalho, Pato terá de conquistar seu espaço. Mesmo que, em princípio, o jogador seja visto como reserva imediato para Luis Fabiano, a tendência é de que ele seja testado ao lado do camisa 9. Pato sabe fazer o pivô no comando de ataque e tem boa finalização, mas também sabe atuar bem pelos lados. Hoje, o Tricolor tem Ademilson e Osvaldo na função, em um esquema com três atacantes. Muricy pode

deixar apenas o novo reforço e Luis Fabiano, para que nenhum deles – além de Ganso – precise recuar para fechar a marcação no meio. O camisa 8 é outro que pode crescer com o esquema, com mais liberdade e perto do ataque, já que terá um a mais na cobertura. Pato também terá de se acertar com o goleiro Rogério Ceni, de quem zombou após marcar o gol na semifinal do estadual de 2013. METRO

Corinthians e São Paulo acertaram uma troca que deu o que falar: o atacante Alexandre Pato pelo meia Jadson. Com a moral baixa nos atuais clubes, os dois chegam para ocupar posições carentes nas novas equipes e têm a chance de dar a volta por cima. Pato foi emprestado por dois anos ao Tricolor e terá metade de seu salário pago pelo Timão. Como tem contrato com o Corinthians até o fim de 2016, quando voltar de empréstimo, terá só mais seis meses antes de poder assinar um pré-contrato com qualquer outro clube. Já no São Paulo, só poderá estrear na Copa do Brasil – em 12 de março, contra o CSA-AL, em Maceió. Isso porque já fez mais de três jogos com a camisa corintiana no

Campeonato Paulista e, por conta do regulamento, não poderá defender outro time. O Corinthians pode negociar Pato sem interferência do São Paulo, desde que seja uma proposta igual ou superior ao valor pago pelo Timão na sua aquisição – cerca de R$ 40 milhões. Enquanto isso, Jadson rescindiu o seu contrato com o São Paulo e assinou com o time alvinegro até o final de 2015. O jogador, que foi comprado do Shakhtar Donetsk (UCR) por R$ 12 milhões em 2012, tinha contrato até o fim de 2014 e seus rendimentos serão pagos pelo time do Parque São Jorge. Ele ficará à disposição já no estadual. Também ficou acordado que nenhum dos dois poderá atuar no clássico. METRO

Jadson deve ganhar posto de titular logo de cara

Jadson

Jadson pode ser o meia que Mano Menezes precisava para armar seu esquema do Corinthians. Com Renato Augusto enfrentando uma série de lesões e Danilo em má fase técnica e física – além de Douglas, que vai para o Vasco –, Jadson deve ser testado primeiro de forma centralizada à frente da dupla Guilherme/ Ralf, para distribuir o jogo para os três atacantes que Mano costuma utili-

zar: Guerrero, Emerson e Romarinho. Nesse esquema, Romarinho costuma voltar para compor a marcação. E pode ser sacrificado se o técnico optar por uma formação com dois meias e/ou três volantes. Desta forma, Emerson poderia fazer dupla de ataque com o peruano, enquanto Jadson organiza as jogadas: ou sozinho, ou com Renato. Danilo deve ficar como opção. METRO

São Paulo vence o Paulista Jacaré e Brasília poupam jogadores A “bronca” do técnico Muricy Ramalho nos atletas do São Paulo, após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, no domingo, deu resultado. O Tricolor enfrentou o Paulista, ontem, no Morumbi, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, e saiu com a vitória por 2 a 0. O São Paulo entrou em campo mais ofensivo, tentando finalizar mais, mas só saiu para o intervalo com a vantagem de 1 a 0 devido à presença sempre pontual do zagueiro-artilheiro Antonio Carlos, que marcou aos 30 minutos, após cruzamento na área.

pontos tem o São Paulo agora, na liderança do Grupo A do Campeonato Paulista

O resultado deixou o São Paulo na liderança do Grupo A do Campeonato Paulista, com 12 pontos conquistados em seis partidas. Domingo, o duelo é contra a Ponte Preta, em Campinas, às 17h.

No segundo tempo, o time de Muricy Ramalho voltou diferente, se movimentando melhor e explorando mais as laterais de campo. O segundo gol não demorou a sair, nos pés de Luis Fabiano, após linda jogada feita por Osvaldo.

Protestos A torcida organizada do São Paulo não engoliu muito bem a troca de Jadson por Pato (leia mais acima). Nas arquibancadas do Morumbi, os torcedores protestaram contra a decisão da diretoria com gritos e cartazes. METRO

12

O Brasília e o Brasiliense voltam a jogar amanhã, pela quarta rodada do Candangão, três dias depois de empatarem em partida antecipada pela quinta rodada, na quarta-feira. A maratona de jogos ocorreu porque os dois times estão na Copa Verde, que começa nesta semana. Enquanto o Brasiliense enfrenta o Sobradinho, o Brasília encara o Gama. Alguns jogadores de ambos os times, no entanto, devem ser poupados. “Vamos promovendo um revezamento, para que eles não fiquem muito cansados”,

explica o técnico do Jacaré, Reinaldo Gueldini. O treinador faz mistério sobre a nova escalação, que contou com Luquinhas no ataque, no empate em 0 a 0 contra o Legião. O Brasília também promete novidades no time. “A prioridade é ganhar do Gama, amanhã, mas também estamos de olho na Copa Verde”, diz o treinador Marcos Soares. No torneio nacional, o Jacaré pegará o Interporto, às 21h50 da quarta, na casa do adversário. O Brasília encarará o Cene, no Bezerrão, às 20h. METRO BRASÍLIA

Candangão 4ª rodada AMANHÃ 16h SOBRADINHO X BRASILIENSE CEILÂNDIA X UNAÍ/PARACATU BRASÍLIA X GAMA DOMINGO 10H30 LEGIÃO CAPITAL AT. CEILANDENSE

X LUZIÂNIA X SANTA MARIA 16H X FORMOSA

Carioca. Oito quilos mais Paulista. Possível greve magro, Walter pega o Fla deixa jogos em aberto

Gaúcho. Inter e Grêmio fazem 1º clássico do ano

Depois de 21 dias de treinos nas Laranjeiras, o atacante Walter -- contratado pelo Fluminense no início do ano, após ter se destacado no Brasileiro com a camisa do Goiás -- está pronto para estrear pelo tricolor. E vai fazê-lo em grande estilo: no clássico de amanhã, contra o Flamengo, às 19h30, no Maracanã, pela sétima roda-

A Arena do Grêmio será palco, às 19h30 do domingo, do primeiro Gre-Nal do ano, pela sétima rodada do Campeonato Gaúcho. Será o clássico de número 399. As equipes vivem momentos distintos neste início de temporada. O Inter vem de uma sequência empolgante de seis vitórias em seis jogos. No Grêmio, o momento

da do Campeonato Carioca. Segundo Walter, ele está oito quilos mais magro. Chegou ao Rio, há três semanas, com 107 kg, e agora está com 99 kg. O atacante garante que há muito tempo não está em tão boa forma. “Nunca joguei com 93kg, como dizem. Ná época do Goiás, sempre atuei entre 100kg e 102kg”, afirmou. METRO

A paralisação dos atletas no Campeonato Paulista será definida até o início da tarde de hoje. Uma assembleia está agendada para as 10h. Nela, os atletas vão decidir se a greve vai ou não acontecer. Caso a greve não ocorra, o Palmeiras enfrenta o Audax, no domingo, às 17h; e o Corinthians pega o Mogi Mirim às 19h30. METRO

Invasão a CT do Corinthians motiva greve | RODRIGO GAZZANEL/FUTURA PRESS

é de tensão. O time tem o primeiro duelo pela Libertadores na quinta-feira que vem, contra o Nacional do Uruguai, e não tem atuado bem, apesar das vitórias. O time ainda corre o risco de ficar sem Gladiador, que saiu de campo com dores no joelho direito na última rodada. Ele será avaliado hoje. METRO


20140207_br_brasilia