Issuu on Google+

‘SATURNO’ NO LITORAL CAPITAL INICIAL FAZ SHOW DO NOVO DISCO NESTE SÁBADO PÁG. 12 CURITIBA Quinta-feira, 30 de janeiro de 2014 Edição nº 692, ano 3 MÍN: 19°C MÁX: 33°C

www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb sunny sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/ showers

Dinho Ouro Preto, Flávio Lemos, Fê Lemos e Yves Passarell apresentam hits dos da banda thunder 30 anos windy

showers

Curitiba espera receber 4,5 milhões de turistas hazy

showers

Aquecimento. Na Copa do Mundo, 500 mil pessoas devem vir para a capital. Desses, 100 mil são estrangeiros, especialmente espanhóis, australianos e argentinos. Cidade terá novidades para atender os turistas. Por outro lado, deve haver queda nos eventos de negócios PÁG. 07

Contato com alagamento deve ser evitado |RODRIGO F. LEAL/METRO

Saúde alerta para casos de leptospirose Em Curitiba, 13 morreram no ano passado. Com calor e chuvas, transmissão da doença é facilitada PÁG. 04

Paraná já tem lista para transferir presos

ESTREIA COM DERROTA Atlético sai em desvantagem na fase preliminar da Libertadores Furacão perdeu por 2x1 para o Sporting Cristal. Partida de volta será no dia 5 de fevereiro, na Vila Capanema | ALBARI ROSA / AGP

PÁG. 16

Mudança de presídio tem sido principal razão para as rebeliões. Estado vai contratar 423 agentes até março PÁG. 03


1 FOCO

|02|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Obras da Linha Verde Norte são entregues Concluídas. Foram abertas ontem as novas trincheiras das ruas Governador Agamenon Magalhães e Roberto Cichon. Investimento é de R$ 13 milhões As novas trincheiras das ruas Governador Agamenon Magalhães e Roberto Cichon, sob a Linha Verde Norte, foram entregues ontem pelo prefeito Gustavo Fruet (PDT). Elas ficam nos bairros Jardim Botânico e Capão da Imbuia. “Estamos entregando as duas trincheiras e, nos próximos dias, será feita uma avaliação do comportamento do sistema viário da região. A abertura desse binário é fundamental para melhorar o fluxo de trânsito entre o Jardim Botânico e o Capão da Imbuia”, disse Fruet. A trincheira da Agamenon Magalhães tem 420 metros de extensão e, a da Roberto Cichon, 360 metros. No total, foram inves-

85%

das obras na Linha Verde Norte foram executadas até agora. A previsão é que tudo seja finalizado até maio. tidos R$ 13 milhões. As duas fazem parte de um conjunto de obras de 14,5 quilômetros que estão sendo realizadas pela prefeitura. Estão incluídas ainda a ampliação do viaduto sobre a Avenida Affonso Camargo e obras de infraestrutura do Programa de Recuperação Ambiental e ampliação da capacidade da RIT (Rede Integrada de Transporte). METRO CURITIBA

Dia mais quente em 8 anos A temperatura em Curitiba chegou ontem a 34,7°C, segundo o Simepar. O dia foi o mais quente dos últimos oito anos. O recorde de temperatura registrada no verão foi em 2006: 34,8°C. Obras foram iniciadas em junho de 2011 | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

Estação-tubo. Manta será Mudança. Trânsito no Alto usada para reduzir calor Boqueirão será alterado Audiência pública

Estacionar de graça

O projeto de lei que trata da gratuidade de estacionamento para as vagas exigidas em lei municipal será debatido pela Câmara de Curitiba em uma audiência pública no dia 25 de fevereiro, no plenário da Casa. A proposta é do vereador Mauro Ignácio (foto).

Uma manta termoacústica será colocada na estação-tubo Osternack, no Sítio Cercado, para impedir a passagem do calor da cobertura para dentro da estação. O projeto é piloto e, se for aprovado, será aplicado nas 359 estações-tubo da Rede Integrada de Transporte. A previsão é que a manta já esteja funcionando amanhã. O trabalho de ins-

talação está sendo feito à noite, em função do número menor de passageiros e também devido às altas temperaturas que dificultam o manuseio do material sobre as placas de aço que cobrem a estação. A manta também poderá ser usada nos dias frios, porque reduz a perda de calor interno.

Salário Selic (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

METRO CURITIBA

BR-376. Protesto fecha rodovia em Ortigueira

Dólar + 0,30% (R$ 2,43)

Euro + 0,91% (R$ 3,33)

tônio Pólito, Anne Frank e Pastor Carlos Frank. Também haverá bloqueio da pista lenta da Marechal Floriano no sentido bairro, a partir da rua Pastor Antônio Pólito. As obras devem ser finalizadas no dia 28 de fevereiro e fazem parte do PAC da Copa.

METRO CURITIBA

Cotações

Bovespa - 0,59% (47.556 pts)

Por causa do início da terceira fase da revitalização da Avenida Marechal Floriano Peixoto, no bairro Alto Boqueirão, o trânsito na região será alterado a partir de hoje. A pista lenta sentido Centro será totalmente bloqueada no trecho da obra. Os motoristas deverão fazer o desvio pelas ruas Pastor An-

São 2,1 mil passageiros por dia na estação Osternack | EVERSON BRESSAN/SMCS

Um protesto de moradores, índios e comerciantes bloqueou ontem a BR-376 em Ortigueira, na região central do Estado. Os participantes do denominado “Movimento

Ortigueira Livre” pedem pela isenção do pedágio cobrado pela RodoNorte. Até o final da tarde de ontem, eles ainda bloqueavam a via.

EXPEDIENTE

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Metrô

Licitação de impacto ambiental é aberta A Prefeitura de Curitiba anunciou ontem a abertura da licitação para contratar a empresa que fará o estudo de impacto ambiental do metrô. A licitação é na modalidade tomada de preços e tem valor estimado de R$ 480 mil. O vencedor será definido pelo menor preço. As propostas devem ser apresentadas até o dia 14 de fevereiro, às 14h30. Os envelopes serão abertos na mesma data, no auditório do Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano). O edital está disponível no site www.ippuc.org.br. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO COMERCIAL: 041/3069-9191

| RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A.

A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Governo faz lista de presos que querem transferência Segurança. Nos últimos dois meses, foram cinco rebeliões, sempre com pedidos de mudança de presídio. Sindicato pede mais 1,2 mil agentes O Depen (Departamento de Execução Penal) finalizou uma lista com os nomes de presos que querem transferências para outros presídios no Estado. Esta vem sendo a principal solicitação feita durante as rebeliões que têm se tornado frequentes no Paraná. Nos últimos dois meses, foram cinco só na Região Metropolitana de Curitiba, sendo que em quatro delas agentes penitenciários foram tomados como reféns. O Governo do Estado está agora consultando a Vara de Execuções Penais, responsável por determinar as transferências. Ainda não há número de quantos podem ser beneficiados, já que só serão aceitos os pedidos daqueles que tenham familiares nas cidades para as quais querem

“Os agentes viraram ‘vale-transporte’ para os presos conseguirem transferências.” ANTHONY JOHNSON, VICE-PRESIDENTE DO SINDARSPEN

mudar. As trocas podem começar no próximo mês. Mais profissionais As rebeliões têm gerado protestos do Sindarspen (Sindicato dos Agentes Penitenciários do Paraná), que pede que o governo contrate 1,2 mil profissionais para o complexo penal. Eles reclamam da falta de segurança. “Os agentes viraram ‘vale-transporte’ para os presos conseguirem transferências. É um barril de pólvo-

SJP. Homem sobe em torre de alta tensão e luz do bairro é cortada

Ele desistiu de se jogar após a chegada dos Bombeiros | BRUNO HENRIQUE / BANDAB

Um homem subiu ontem pela manhã em uma torre de alta tensão em São José do Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. A luz foi cortada e 45 mil casas ficaram sem energia elétrica. Segundo o Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, ele ameaçava se jogar, mas depois da chegada das viaturas decidiu descer da torre. Devido à ação do homem, a Copel optou por desligar a energia na área para possibilitar o resgate. Com isso, o aeroporto Afonso Pena também ficou sem luz, mas não

45 mil

residências ficaram sem luz devidos ao corte feito pela Copel, para possibilitar o resgate. houve interrupção nos serviços, já que foi ligado um gerador da Infraero. O homem, que segundo os bombeiros parecia sofrer de transtornos mentais, teve apenas ferimentos leves e foi levado para o Hospital São José. METRO COM RÁDIO BANDNEWS

ra,” reclama o vice-presidente do Anthony Johnson. Segundo o governo, trabalham 3.573 agentes nas penitenciárias do Estado, que têm 18 mil detentos. O efetivo estaria dentro do parâmetro do Conselho Nacional de Política Criminal Penitenciária, que orienta um agente para cada cinco presos. Em março, 423 novos agentes serão contratados. O sindicato, no entanto, aponta que devido aos turnos de trabalho, muitas vezes o número de pessoal trabalhando é baixo. “Abrimos sozinhos celas com mais de 10 presos, se eles quiserem fazer refém, fazem”, afirma Johnson. THIAGO MACHADO METRO CURITIBA

|03|◊◊

Fronteira. PF apreende 10 veículos e contrabando Em dois dias, desde terça-feira, a Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, apreendeu dez veículos que transportavam mercadorias contrabandeadas do Paraguai. A maioria era de contrabando de cigarro. Cinco homens foram presos, sendo um de nacionalidade paraguaia. As ações ocorreram em diversos pontos de Foz do Iguaçu. Entre as mercadorias apreendidas foram encontradas baterias de carros e aparelhos eletrônicos. METRO CURITIBA

Cinco foram presos Efetivo está defasado, dizem agentes | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

| DIVULGAÇÃO

Tráfico. Quatro policiais são Balanço. Polícia prendeu baleados em Campo Magro 8.495 pessoas no interior Quatro policias do Cope (Centro de Operações Policiais Especiais) foram baleados ontem durante uma operação em Campo Magro, na Região Metropolitana de Curitiba. Eles estavam em uma ação contra o tráfico de drogas no local. Pela manhã, foram atingidos o delegado operacional do Cope, Leonardo Carneiro, de 30 anos, e o investigador Roberto Batista Soares, de 35 anos. O caso teria ocorrido quando eles tentavam prender um suspeito. Em um segundo confronto, depois da chegada de reforços, foram atingidos os policiais Rafael Busch, de 26 anos, e Carlos Antonio de Souza, de 49 anos. O criminoso, até agora único suspeito pelos crimes, morreu durante o tiroteio. Segundo a Polícia Civil, o policial em estado mais grave é o delegado Carneiro. Ele levou um tiro que pode ter atingido a sua coluna cervical, e passou por uma cirurgia ontem. De acordo com o Hospital Evangélico, onde ele está

Delegado está internado na UTI | POLÍCIA CIVIL

sendo atendido, um exame vai constatar se houve danos à coluna. Já o investigador Roberto Soares teve ferimentos de menor gravidade, conforme informou a Polícia Civil. Os outros dois policiais do Cope foram encaminhados para o Hospital do Trabalhador. De acordo com a Polícia Civil, o quadro de saúde deles era estável até o final da tarde de ontem. METRO CURITIBA

De janeiro a dezembro de 2013, a Polícia Civil prendeu 8.495 suspeitos nas 376 cidades do Paraná que respondem à DPI (Divisão Policial do Interior). O número foi divulgado ontem pelo delegado-geral da corporação, Riad Braga Farhat. Além das prisões, foram apreendidas 26,4 toneladas de entorpecentes, somando os dados das delegacias do interior com as do litoral do Estado. A maioria das apreensões foi de maconha, com 25,3 toneladas. Também foram apreendidos 824 quilos de cocaína, 287 quilos de crack, 4,2 quilos de haxixe, além de 8,9 quilos de outras drogas. Ainda foram retiradas de circulação 2.151 armas, segundo a Polícia Civil. “Cada arma apreendida pode representar um crime evitado”, disse o delegado titular da DPI, Rogério Antonio Lopes. De acordo com o delegado-geral, a expectativa é que, com a contratação de novos agentes, o que deve acontecer no começo deste ano, os números de apreensões e presos aumentem em

“Com mais delegados vindos do último concurso, a tendência é que os resultados sejam ainda melhores em 2014.” RIAD BRAGA FARHAT, DELEGADO-GERAL

2014. “Com mais delegados vindos do último concurso, a tendência é que os resultados sejam ainda melhores”, disse Farhat. Carros Ainda segundo os dados da Polícia Civil, dos 6.271 veículos roubados ou furtados em 2013 nas 376 cidades onde há delegacias da DPI, 3.265 foram recuperados e devolvidos a seus donos. O índice de recuperação foi de 52%. METRO CURITIBA


|04|

Paraná. Estado quer buscar soro em MG A Secretaria de Estado da Saúde solicitou à Anvisa que o processamento de soro antiveneno de aranhas-marrons e alguns tipos de cobras seja adquirido da Fundação Ezequiel Dias (Funed), em Minas Gerais, normalizando a produção dos soros. Dois dos quatro institutos que produzem o material paralisaram as atividades porque o Instituto Butantan (SP) está com o processamento parado e, por causa do estoque reduzido, o Governo do Paraná está racionando o uso das doses. O problema acontece em todo o país. A secretaria faz um alerta aos médicos para que tenham mais cuidado na administração das doses. “Estamos pedindo aos médicos que usem de forma racional. Há casos que não necessitam da aplicação do soro. Mas não há falta de soro em caso de acidentes no Paraná”, afirmou o superintendente de Vigilância em Saúde do Estado, Sezifredo Paz. METRO CURITIBA COM BANDNEWS

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Casos de leptospirose aumentam no calor Atenção. Saúde alerta para a transmissão da doença ser mais comum nesta época do ano, quando há chuvas e a temperatura fica mais alta A Secretaria Municipal da Saúde faz um alerta para que a população redobre a atenção nesta época do ano para evitar a leptospirose. A doença, transmitida por uma bactéria presente na urina de rato, é mais comum nos primeiros três meses do ano por ser época de calor e de chuva. “A chuva pode provocar enxurrada, enchente e alagamento, o que facilita o contato da pessoa com a água que pode ter urina de rato”, explica a diretora do departamento de Epidemiologia, Juliane Oliveira. Como neste início de ano a condição meteorológica de Curitiba tem sido um pouco diferente, com altas

13

pessoas morreram por causa da leptospirose no ano passado em Curitiba e 113 casos foram confirmados. temperaturas e menos temporais, o número de casos está baixo. Até agora, foram 18 ocorrências notificadas e apenas duas confirmadas. Outras 11 ainda estão com exame em andamento. Mesmo assim, Juliane chama a atenção para os sintomas da doença, que podem se confundir com uma gripe. “Os sintomas leves são febre, dor no corpo e dor de cabeça.

Mas o caso pode se complicar e a pessoa pode ficar com cor amarela, ter dificuldade de respiração, falência do rim e hemorragia”, conta. A recomendação é procurar imediatamente uma unidade de saúde, já que há tratamento à base de antibióticos. Se não for tratada, a leptospirose pode levar à morte. Para se prevenir, as principais orientações são evitar a exposição em locais que podem ter urina de rato e situações que podem atrair esses animais, mantendo a casa limpa e livre de entulhos. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Água de enchente pode conter urina de rato

| RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|05|◊◊

Festival de infrações

Tragédia no Rio do Janeiro. Motorista do caminhão admite que falava ao celular no momento do acidente. Além disso, o condutor circulava na via expressa em horário proibido para veículos de carga e também estava acima da velocidade permitida na pista da direita O acidente na Linha Amarela que provocou uma tragédia na manhã de terça-feira poderia ter sido evitado se um festival de infrações de trânsito não tivesse sido cometido ou, pelo menos, coibido por uma fiscalização. Ontem, o motorista do caminhão basculante, Luís Fernando Costa, de 31 anos, depôs à polícia e admitiu que falava ao celular no momento em que a caçamba, que estava levantada, bateu na passarela. Segundo o delegado Fábio Asty, da 44ª DP (Inhaúma), que está a frente das investigações, o condutor, que ainda está internado e prestou depoimento no hospital, contou que conversava pelo celular desde o momento em que entrou na via, cerca de 3 km antes do acidente, entre os acessos 4 e 5, no sentido Fundão. “Isso pode comprovar crime culposo. Indica falta de cuidado, o que chamamos de negligência. Não estava atento e não observou os retrovisores laterais, o que pode ter ocasionado o fato de ele não ter visto a caçamba levantada”, afirmou o delegado. Além do celular, Luís Fernando trafegava na via expressa em horário proibido para veículos de transporte

“Se ele tiver levantado a caçamba de forma proposital, aí o crime é doloso (com intenção), pelo risco assumido.” FÁBIO ASTY, DELEGADO

de carga e também dirigia em velocidade acima da permitida na pista da direita, que é de 80 km/h. O motorista contou que estava a 85 km/h, mas testemunhas dizem que ele poderia estar mais rápido. “Eu vi que a caçamba estava levantada e tentei passar na frente dele, mas eu tive que acelerar muito para conseguir ultrapassá-lo. Arrisco dizer que ele estava perto de 100 km/h”, contou o representante de vendas José Luiz Aromatis. Antônio Thimotheo, motorista do ônibus que presenciou o acidente e tentou avisar o condutor do caminhão sobre a caçamba, depôs on-

tem e também contou que a velocidade era alta: “Eu só posso andar a 70 km/h e não consegui alcançá-lo”. O motorista do caminhão pode ser indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) e lesão corporal. O resultado da perícia que pode indicar se a alavanca para acionar a caçamba foi ou não acionada deve sair em dez dias. “Se for comprovado que ele acionou a alavanca [para levantar a caçamba] de forma proposital, para esconder a placa, o crime passa a ser doloso (com intenção), por ele ter assumido o risco de provocar o acidente”, explicou Asty. Luís Fernando também contou que a caixa de marcha passou por conserto na sexta-feira e, na segunda-feira, o veículo foi usado por um outro motorista. A polícia apura se o problema pode ter afetado o sistema que aciona a caçamba. No entanto, o Crea-RJ (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) suspeita que os pilares de sustentação da passarela não estavam bem afixados, porque, sem estivessem, o impacto da caçamba não seria suficiente para derrubar a estrutura. METRO RIO COM BAND

PM fez operação para coibir caminhões de carga que circulam no horário proibido | MARCIO CASSOL/ FUTURA PRESS

Um dia depois, 111 veículos multados No dia seguinte ao acidente que deixou cinco mortos e quatro feridos, a Polícia Militar fez uma grande operação na Linha Amarela para coibir o transporte de caminhões de carga fora do horário permitido. Das 6h às 10h, 111 veículos foram multados (valor de R$ 85). Eles também tiveram que esperar o horário de liberação do tráfego, depois das 10h, para seguir viagem. Pelo que se viu, porém, a lei é desconhecida pelas autoridades. De acordo com um decreto municipal de outubro de 2013, os únicos autorizados a transitar em qualquer horário são os veículos de emergência, de fiscalização de trânsi-

to e prestadores de serviço de utilidade pública, o que não justifica uma caminhonete da CET-Rio ter ficado presa na blitz. Sem ser muito claro, um policial, com a cópia do decreto na mão, tentava justificar, mas não conseguia esclarecer o porquê de ter parado o carro do órgão municipal. Os veículos de pequeno porte, que sempre rodaram sem problemas, também foram parados. “Faço essa rota há três anos. Sabia que paravam veículos grandes, com altura maior. Agora, com carro pequeno é a primeira vez que fui parado”, contou o motorista Naílson Vieira. A PM informou que faz diariamente a fiscalização com

Morre a quinta vítima. Quatro são enterradas

Taxistas fazem homenagem e protesto no local do acidente | ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

Projeto de lei prevê alerta Caso aprovado, o projeto de lei 5528/2013 pode aumentar a segurança de motoristas e pedestres. O texto, proposto pelo deputado Antônio Bulhões (PRB-SP), prevê um alerta nos caminhões para chamar a atenção dos motoristas quando as caçambas estiverem levantadas.

O dispositivo seria uma exigência. O PL, que tramita na Câmara Federal desde maio do ano passado, cita até o perigo de desastres, como o que aconteceu na terça-feira. “Com a caçamba-basculante inadvertidamente levantada, o motorista executa manobra de

movimento pela rua, acabando por abalroar ponte, passarela ou quaisquer obstáculos a certa altura que cruzem o caminho desse caminhão”, diz o texto. Procurada pelo Metro Rio, a Lamsa, responsável pela administração da via, preferiu não se manifestar. METRO RIO

Luiz Carlos Guimarães, de 60 anos, que estava internado em coma no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, morreu ontem de manhã, aumentando para cinco o número de vítimas da tragédia na Linha Amarela. Ele estava no banco traseiro do Fiat Palio, que foi esmagado pela passarela. Ontem, as outras quatro vítimas do acidente foram enterradas sob muita comoção. “Ele trabalhava como taxista há 20 anos, nunca sofreu um acidente e, por causa de uma negligência de um irresponsável, aconteceu tudo isso”, lamentou Juliana de Almeida, sobrinha de Alexandre Almeida, o outro carro esmagado na via. Outras três vítimas continuam internadas, todas com

15 PMS, mas a via possui 25 entradas e saídas, o que possibilita o desrespeito às regras. Bomba em protesto Taxistas fizeram, ontem, uma homenagem ao colega morto no acidente, Alexandre Almeida, que foi esmagado pela passarela. Após o enterro da vítima, o grupo foi para a Linha Amarela, onde também protestou contra a falta de fiscalização no trânsito. A via chegou a ser fechada por 15 minutos. Moradores da região reforçaram o ato, que teve uma bomba caseira lançada quando um policial tentou negociar a abertura da pista. METRO RIO

“Sentimento de revolta. Era filho único. Como pedreiro e analfabeto, eu batalhei para botar meu filho na faculdade para perdê-lo por causa de um montão de irresponsáveis. Moro em comunidade e a vontade dele era me tirar de lá. Tiraram o sonho do meu filho.” CLÁUDIO OLIVEIRA, PAI DE ADRIANO OLIVEIRA, 26 ANOS, QUE ESTAVA NA PASSARELA E FOI ARREMESSADO AO CÓRREGO

Comoção no enterro do taxista, uma das vítimas | CELSO BARBOSA/FUTURA PRESS

estado de saúde estável. Entre elas está o motorista do caminhão, Luís Fernando Costa, que ontem foi transferido do Salgado Filho para um hospital particular em Duque de Caxias. METRO RIO

“Eu só estava ouvindo pelo rádio que tinha uma pessoa presa nas ferragens e não sabia quem era. Ela nasceu de novo.” GENILSON ANDRADE, FILHO DE GLÁUCIA PEREIRA DE ANDRADE, DE 56 ANOS, ÚNICA SOBREVIVENTE DO FIAT PALIO


|06|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Protesto. Policiais que agrediram jovem em São Paulo são identificados

Brasil é 8º no mundo com mais analfabetos adultos Ranking da Unesco. São 13,2 milhões de pessoas com idade acima de 15 anos que não sabem ler e escrever. País figura na lista das 41 nações que investiram 6% do PIB em educação

Moradores flagraram atropelamento |REPRODUÇÃO

A PM (Polícia Militar) já sabe quem são os policiais que agrediram uma estudante, de 18 anos, após a manifestação contra a Copa no sábado, no centro. A jovem também foi atropelada por um PM em uma moto, Ele é o único que ainda não foi identificado. Ontem, o comandante-geral da PM, Benedito Roberto Meira, classificou a ação dos policiais como “conduta criminosa” e afirmou que os agentes serão punidos. Um vídeo feito por moradores mostra o momento do atropelamento. (veja no www.metrojornal.com.br.) A jovem voltava para casa com uma prima quando foi abordada por equipes da PM na rua Paim. “Ela falou que oito policiais deram pontapés e socos”, disse o pai da estudante. As imagens mostarm que, depois de apanhar, ela ficou jogada na calçada. Quando tentou se levantar, foi atropelada pelo policial. A prima conseguiu fugir.

“Espero que os policiais vejam as imagens e entendam que tem pessoas que se manifestam e não querem fazer baderna.” PAI DA JOVEM AGREDIDA

“Ela está bem, mais indignada que com medo. E eu também, muito indignado. Eles nem socorreram depois”, disse o pai. O socorro foi prestado pelas pessoas que filmaram a cena e pela prima, que voltou ao local. O pai não quis se identificar e preferiu não dizer o nome da filha por temer represálias. Segundo o pais, a jovem já havia participado de outros protestos e comentado que a polícia costuma agir de forma violenta. A ação dos PMs será investigada pela Corregedoria da Polícia. A Secretaria de Segurança classificou o caso como grave. BANDNEWS FM

Campinas. PMs suspeitos de matar 11 são presos Cinco PMs (Policiais Militares) foram detidos ontem suspeitos de participar da chacina que deixou pelo menos 11 mortos em Campinas entre a noite do dia 12 e a madrugada do dia 13. A principal suspeita é de que as mortes tenham sido motivadas pelo assassinato de um PM horas antes da chacina começar. A Polícia Civil e a Corregedoria da PM, que investigam o caso, acreditam que os policiais participaram do assassinato de Joab Gama

das Neves, de 17 anos, o primeiro crime da série. Pelo Boletim de Ocorrência, Joab teria sido ferido após tentar, junto com mais dois ladrões, assaltar um posto de combustíveis – a família nega que ele tivesse envolvimento com roubos. A ação dos policias no local foi filmada por câmera de segurança. A policia também acredita que os assassinatos possam ter sido feitos para chamar atenção dos ladrões da região. METRO CAMPINAS

Embora tenha um investimento de 6,4% do PIB em educação, aplicado R$ 106,6 bilhões na educação básica entre 2007 e 2012, o Brasil ainda ocupa a 8ª colocação no ranking mundial de analfabetos adultos, segundo levantamento da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) divulgado ontem. O relatório serve para alertar os 164 países que assinaram em 2000 um compromisso com seis metas que incluiem erradicar o analfabetismo; ampliar o acesso de crianças, jovens e adolescentes à escola; e melhorar a qualidade da educação. O prazo vence em 2015, mas nenhuma nação deverá cumprir 100% das metas. De um total de 774 mi-

“A baixa qualidade da educação significa que milhões de crianças não estão aprendendo sequer o básico. De 650 milhões de crianças em idade de frequentar a educação primária, pelo menos 250 milhões não estão aprendendo o básico de leitura e matemática” MARIA REBECA OTERO, COORDENADORA DE EDUCAÇÃO DA UNESCO NO BRASIL

lhões de pessoas que não sabem ler nem escrever, 72% estão concentrados em 10 países, incluindo o Brasil. No recorte regional, 38,5% dos analfabetos adultos na Amé-

rica Latina são brasileiros. A Unesco considera que o país ‘caminha lentamente’ no cumprimento da meta. São pelo menos 13,2 milhões de brasileiros com idade acima de 15 anos que não foram alfabetizadas. A meta do Brasil é ter um índice de analfabetismo de 6,7% até o ano que vem. O índice, porém, está em 8,7%. Esforço reconhecido O Brasil recebe elogio na política de financiamento da educação, pela exigência de frequência escolar como pré-requisito para rebecer o Bolsa-família, além da adoção de bônus para professores. O país também está na lista de 41 nações que investiram pelo menos 6% do PIB em educação. METRO BRASÍLIA

Ranking Confira países com o maior número de analfabetos com idade acima de 15 anos:

1º Índia 2º China 3º Paquistão 4º Bangadlesh 5º Nigéria 6º Etiópia 7º Egito 8º Brasil 9º Indonésia 10º República do Congo

Juiz diz que maconha é ‘recreativa’ e absolve réu Flagrado tentando entrar na penitenciária da Papuda, no Distrito Federal, em 30 de maio do ano passado, com 52 trouxas de maconha de estômago que seriam entregue a um detento, Marcus Vinicius Pereira Borges foi absolvido a partir de uma decisão inédita de um magistrado de Brasília. O juiz Frederico Ernesto Maciel, da 4ª Vara de Entorpecentes do Distrito Federal, considerou que o uso da substância tem função recreativa, de baixo poder nocivo. De acordo com ele, proibi-la seria inconstitucional por violar direitos de liberdade, igualdade e dignidade humana. O julgamento de Borges ocorreu em outubro do ano passado, mas voltou à discussão no último dia 16 quando o Ministério Público recorreu da decisão e o caso voltou a ser discutido no tribunal. Na sentença, o juiz considerou uma discrepância proibir o uso da maconha e, ao mesmo tempo, permitir o consumo de cigarro e bebids alcoólicas.

“A proibição de substâncias entorpecentes recreativas são fruto de uma cultura atrasada e de política equivocada.” “Proibir o consumo de substâncias químicas deve atender aos direitos da igualdade, da liberdade e da dignidade humana.” “Substâncias entorpecentes são reconhecidas como recreativas e baixo poder nocivo.” FREDERICO ERNESTO MACIEL, JUIZ

Omissão da lei O magistrado afirmou na sentença que a portaria 344 de 1998, que regulamentou a Lei de Drogas, é omissa quanto os tipos de entorpecentes que têm restrição de uso e de comércio. O ato administrativo do Ministério da Saúde inclui apenas o THC — princípio ativo en-

contrado na maconha — na categoria de drogas ilícitas. “Não justifica os motivos pelos quais incluem a restrição de uso e comércio de várias substâncias, em especial algumas contidas na lista F, como o THC, o que, de plano, demonstra a ilegalidade do ato administrativo”, defendeu. Frederico Ernesto Maciel usou como prerrogativa a liberação de uso de drogas em outros países. “O THC é reconhecido por vários outros países como substância entorpecente de caráter recreativo e medicinal”, afirmou o juiz, citando os estados americanos da Califórnia e Colorado, além de Holanda e Uruguai. O juiz citou ainda que diversas autoridades, como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, já se manifestaram publicamente sobre a falência da repressão ao tráfico e da proibição ao uso de substâncias recreativas e de baixo poder nocivo. A droga foi destruída. O julgamento do recurso pela Justiça Federal ainda não tem data marcada. METRO BRASÍLIA

Presidente Dilma Rousseff | PEDRO LADEIRA/FRAME/FOLHAPRES

Dilma em Portugal. Comissão arquiva ação Menos de 24 horas após apresentada, a Comissão de Ética Pública da Presidência arquivou ontem o pedido de investigação da viagem da comitiva presidencial para Lisboa, que não constava na agenda oficial. A denúncia foi feita pelo PSDB que pedia investigação de prática de improbidade administrativa da presidente Dilma Rousseff e ministros. Na justificativa para o arquivamento, o presidente do colegiado, Américo Lacombe, afirmou que a comissão não tem competência para investigar presidente da República. METRO BRASÍLIA


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

|07|◊◊

4,5 milhões de turistas são esperados em Curitiba Estimativa. Apenas em junho, na Copa do Mundo, 500 mil devem vir para a capital, especialmente espanhóis, australianos e argentinos Por causa da Copa do Mundo, Curitiba espera que haja um aumento de aproximadamente 12% no número de turistas circulando pela capital neste ano. A estimativa do Instituto Municipal do Turismo é receber 4,5 milhões de pessoas. Desse total, 500 mil devem estar na cidade no mês de junho, quando acontecem os jogos, sendo 100 mil estrangeiros e 400 mil brasileiros, conforme pesquisa do Ministério do Turismo. “Conversando com as agências que vendem os pacotes, identificamos que virão para cá principalmente espanhóis, australianos e argentinos. Mas teve agência que já contratou dez guias russos”, conta a diretora do instituto, Cristiane Santos.

Para incrementar os serviços oferecidos, a prefeitura elaborou projetos visando turismo de lazer e de negócios (veja no quadro), que serão desenvolvidos ao longo do ano, e não apenas no Mundial. “A ideia é sugerir roteiros temáticos e prestar informações ao turista”, comenta Cristiane. Para o CCVB (Curitiba, Região e Litoral Convention & Visitors Bureau), as ações atendem a demanda imposta pelo crescimento no turismo de lazer, percebido em todo o país, e principalmente no Sul. “Pesquisas mostram que os brasileiros têm vindo mais para cá. Ao mesmo tempo, vemos que cada vez mais as pessoas buscam

informações sozinhas sobre viagens, em diferentes ferramentas. Então, essas ações apresentam a cidade de maneiras diferentes, possibilitando aos turistas vivenciar a cidade de formas diversas e voltar para casa com uma experiência melhor na bagagem”, avalia Tatiana Turra, diretora-executiva do CCVB.

Vem por aí • Novo site do Instituto Municipal do Turismo. Terá tour em parques, roteiros e área técnica com informações para eventos. • Informações turísticas em restaurantes. Serão cadastrados 30 restaurantes. Pré-requisitos serão definidos em fevereiro.

Negócios Segundo Tatiana, o movimento do turismo de negócios deve ser menor em Curitiba neste ano em razão da Copa do Mundo e das eleições. CAMILA CASTRO METRO CURITIBA

Centro histórico entrará em roteiro autoguiado | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

• Roteiros autoguiados. Serão: Curta Curitiba a Pé, Curta Curitiba Pedalando, rota gastronômica, turismo religioso e de aventura, Paulo Leminksi e Bird Watching.


|08|

Crédito. Brasileiros reduzem o uso do cheque especial Mesmo com a elevação da Selic, a taxa média de juros cobrados do consumidor (com recursos livres, que excluem crédito habitacional e rural, entre outros) recuaram no mês passado. Entre novembro e dezembro, os juros médios caíram 0,5 ponto percentual, para 38% ao ano. Segundo o chefe do Departamento Econômico do Banco Central, Tulio Maciel, a queda ocorreu porque os brasileiros usaram o 13º salário para pagar crédito rotativo, como o cheque especial, que tem taxa de juros alta. Em dezembro, o saldo (R$ 20,154 bilhões) do cheque especial caiu 5,1%, em relação a novembro. Por se tratar de uma linha mais cara, o cheque tem peso importante na composição da taxa média. “É um efeito estatístico de composição. Você tira da sua amostra aquela parcela que tem a taxa de juros mais elevada”, explicou Maciel.

CONFIRA Cheque especial

Crédito pessoal consignado Financiamento de veículos Financiamento de outros bens Crédito pessoal TAXA MÉDIA FONTE: BANCO CENTRAL

Ao longo de 2013, a taxa média cobrada do consumidor subiu 4,1 pontos percentuais frente ao registrado no ano anterior, superando o aumento da Selic. No período, para conter pressões inflacionárias, o Banco Central elevou a taxa básica de juros de 7,25% para 10% ao ano, uma alta de 2,75 pontos percentuais. O destaque vai para o cheque especial, cuja taxa subiu de 146,4% em novembro para 147,9% no mês passado, a maior desde junho de 2012 (156,7%). Ao longo de 2013, as taxas da linha mais cara de crédito subiram 9,9 pontos porcentuais. Apesar da alta no custo dos empréstimos, a inadimplência recuou no período. O calote caiu de 8,0%, em dezembro de 2012, para 6,7%, em dezembro do ano passado. Sobre novembro, houve uma pequena alta de 0,1 ponto percentual. METRO

Taxas de juros ao ano, em %*

TIPO DE FINANCIAMENTO

$

DEZ/12

NOV/13

DEZ/13

138 24,5 19,8 74,4 66,3 33,9

146,4 24,5 21,3 72,6 86,4 38,5

147,9 24,4 21,3 78,1 86,1 38

*RECURSOS LIVRES

Tesouro. Dívida pública pode alcançar até R$ 2,32 trilhões Depois de encerrar 2013 acima da barreira de R$ 2 trilhões e em nível recorde, a dívida pública federal deverá chegar ao fim de 2014 entre R$ 2,17 trilhões e R$ 2,32 trilhões. Os números foram divulgados ontem pelo Tesouro Nacional. Segundo o Plano Anual de Financiamento, o governo pretende continuar a melhorar a composição da dívida pública em 2014, mantendo a fatia de títulos prefixados (com taxas de juros fixas e definidas antecipadamente), vinculados à inflação, e reduzindo levemente a parcela da dívida corrigida por taxas flutuantes como a Selic (juros básicos da economia) e pelo câmbio. A fatia dos títulos prefixados deverá encerrar o ano entre 40% e 44% da dívida pública. Atualmente,

R$ 2,12 tri foi a soma dos endividamentos interno e externo do governo, que bateu recorde em 2013 a participação está em 42%. A parcela corrigida por índices de preços deverá ficar entre 33% e 37%. Hoje, está em 34,5%, informou a “Agência Brasil”. A parcela da DPF vinculada a taxas flutuantes deverá encerrar 2014 entre 14% e 19%, contra os 19,1% registrados atualmente. Já a participação da dívida corrigida pelo câmbio, considerando a dívida pública externa, deverá encerrar o ano entre 3% e 5%. O percentual atual está em 4,3% METRO

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

BC dos EUA corta mais US$ 10 bi de estímulos Câmbio. Nova redução tende a pressionar dólar nos mercados emergentes. No Brasil, moeda norte-americana fechou em alta de 0,30% e renovou máxima em cinco meses O Fed, o banco central dos Estados Unidos, decidiu ontem reduzir em mais US$ 10 bilhões os estímulos à economia americana. A partir de fevereiro, o Fed vai comprar US$ 65 bilhões por mês em títulos americanos, de US$ 75 bilhões anteriormente. Com a redução, o dólar tende a subir em outros mercados, incluindo emergentes, como o Brasil. À espera da decisão do Fed, a moeda norte-americana avançou ontem 0,30%, a R$ 2,4338 na venda, mas chegou a bater R$ 2,4509 na máxima. É o maior valor de fechamento desde 21 de agosto de 2013, quando o dólar comercial fechou a R$ 2,451. Na semana, a moeda norte-americana tem alta acumulada de 1,49% e, no ano, já subiu 3,24%. “Com as notícias fracas que vêm vindo sobre o cenário interno e somando a ansiedade com o Fed, o pessoal já se prepara para o pior ce-

Bernanke passa amanhã o comando do Fed a Janet Yellen | GARY CAMERON/REUTERS

nário”, afirmou à “Reuters” o gerente de câmbio da corretora Treviso, Reginaldo Galhardo. A retirada dos estímulos dos EUA preocupa os países emergentes porque reduz a liquidez internacional. Para

tentar conter a fuga de capital, os BCs dos emergentes começaram a subir suas taxas de juros. Na terça, a Turquia promoveu um forte ajuste, elevando suas duas principais taxas de juros: de 4,5% ao ano

para 10% ao ano e de 7,75% ao ano para 12% ao ano. Ontem, foi a vez da África do Sul, que aumentou taxa de juros de 5% para 5,5%. A decisão foi unânime, por 10 a 0. Foi a primeira vez desde junho de 2011 que todos os membros da autoridade concordaram. Com os sinais de melhoras da economia dos EUA, o Fed começou a reduzir os estímulos em dezembro de 2013, quando cortou o programa mensal de compra de bônus de US$ 85 bilhões para US$ 75 bilhões. O presidente do Fed, Ben Bernanke, que passará amanhã o comando do banco central à atual vice da autoridade, Janet Yellen, encerrou sua última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) sem fazer qualquer mudança na outra grande política da autoridade monetária: o plano de manter os juros baixos por algum tempo. METRO

Moedas comemorativas da Copa começam a ser vendidas

Supermercado. Conta fica 5,43% mais cara em 2013

O Banco Central liberou ontem a venda das moedas comemorativas da Copa do Mundo de 2014. As moedas podem custar de R$ 30, a de cuproníquel, a R$ 1.180, a de ouro. São nove modelos: uma de ouro, duas de prata e seis de cuproníquel (liga metálica que mistura cobre e níquel). Uma das moedas de prata traz o mascote oficial da Copa de 2014, o Fuleco, enquanto a outra faz uma homenagem às doze cidades-sede. Também deverá ser comercializada, a partir de março, uma cartela com o conjunto das seis moedas de cuproníquel. Elas vão compor a série “Jogadas do Futebol”, retratando lances típicos do esporte: a defesa do goleiro, a cabeçada, a matada no peito, o passe, o drible e o gol.

A cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK a pedido da Associação Brasileira de Supermercados, apresentou alta de 0,14% em dezembro em comparação a novembro de 2013, passando de R$ 359,86 para R$ 360,35. Na comparação com dezembro de 2012, o indicador cresceu 5,43%. Os itens com as maiores altas em dezembro na comparação com novembro foram cebola (8,29%), tomate (7,07%) e farinha de mandioca (4,16%). Em 2013, esses itens variaram com queda de 16,91%, alta de 3,24% e aumento de 27,89%, respectivamente. Com as medidas do governo para conter a alta da inflação, a expectativa é de estabilidade nos preços neste ano. METRO

Com valor de face de R$ 10, moeda de ouro custa R$ 1.180 | REPRODUÇÃO/BC

As moedas poderão ser adquiridas no site do Banco do Brasil (www.bb.com.br) ou nas representações regionais do Banco Central. Nas regionais do BC o pagamento deve ser feito em dinheiro. Nas compras pela internet, através de boleto ou, se o comprador for correntista do BB,

por meio de débito em conta. A tiragem inicial da moeda de prata será de 12 mil unidades, podendo chegar a 20 mil. O Banco Central fará, no máximo, cinco mil unidades da moeda de ouro. No total, até 20 mil unidades da moeda cuproníquel devem ser feitas. METRO


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

Obama defende 1 seu legado

Superpapa

3

{MUNDO}

|09|◊◊

1 . ALESSANDRO BIANCHI/REUTERS 2 . OSSERVATORE ROMANO/REUTERS 3 . TONY GENTILE/REUTERS

2

1

Sai da frente Super-Homem

Uma edifício perto do Vaticano, na Itália, amanheceu ontem com um grafite do papa argentino levantando voo na clássica posição do Super-Homem.

2

Papagaio dá o pé para o papa

O papa Francisco segura um papagaio entregue a ele por fiéis durante durante a audiência geral na Praça São Pedro, no Vaticano.

Estado da União. Discurso do presidente norte-americano ao Congresso dos EUA centrou foco no ‘Obamacare’ e apontou caminho para eleições de novembro O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu a seus colegas do Partido Democrata um roteiro de campanha para as eleições parlamentares de novembro: desafiar os republicanos que criticam a lei de assistência médica a oferecer algo melhor. O presidente quase não mencionara a lei, conhecida como “Obamacare”, nos últimos dois discursos sobre o Estado da União. Desta vez, Obama defendeu sua política. Ele não mencionou os problemas do programa e a decepção

“Se Obama não falar sobre o Obamacare os republicanos falarão” ROBERT SHAPIRO, UNIVERSIDADE DE COLUMBIA

dos que descobriram que o custo dos seus seguros aumentaram. Em vez disso, retratou o programa, elaborado para dar cobertura a milhões de norte-americanos não assegurados, como uma rede de proteção fundamental para evitar o desastre financeiro e médi-

co das pessoas. Obama também se referiu ao ato que acaba com as injustiças de um sistema de saúde que permitia que as mulheres pagassem mais do que homens e negava cobertura a pessoas doentes. “Isso é reforma de seguro médico, saber que, se algo acontecer, você não precisa perder tudo”, disse. Essas disputas podem determinar quem controlará o Senado dos EUA nos dois últimos anos de Obama na Casa Branca. Os republicanos precisam levar seis assentos

para ganhar o controle da Casa. Eles devem manter o domínio na Câmara dos Deputados. Ao lidar diretamente com a lei, Obama ajuda mais os seus partidários do que se evitasse o tema, disse Robert Y. Shapiro, professor de ciência política da Universidade de Columbia. “Se ele não falar sobre isso, os republicanos de qualquer maneira vão. Ele não tem o poder de manter o assunto fora da pauta de discussões”, afirmou Shapiro. METRO

Celac termina com nota de apoio a Cuba Líderes latino-americanos se comprometeram ontem, em Havana, a respeitar o direito de todos os países da região a escolher os seus próprios sistemas políticos. Trata-se de uma declaração notável principalmente por aceitar Cuba como o único Estado de partido único no hemisfério ocidental. Cuba sedia a reunião de cúpula da Celac (Comunidade de Estados da América Latina e do Caribe), que reúne os 33 países da região que concordaram na declaração de “respeitar plenamente o direito inalienável de cada Estado para escolher seu sistema político”. Eles também

concordaram em “não intervir, direta ou indiretamente, nos assuntos internos de qualquer outro Estado e observar os princípios da soberania nacional”. A cúpula da Celac, que exclui os Estados Unidos e Canadá, foi uma ideia do falecido presidente da Venezuela, Hugo Chávez. E foi criada como um contraponto à OEA (Organização dos Estados Americanos), com sede em Washington e forte hegemonia norte-americana. O segundo encontro anual do organismo latino-americano e caribenho, que durou dois dias, foi concluído ontem na capital cubana. METRO

3

Um lenço para Francisco

Um dia depois de discurso, Obama sai em viagem pelo país | YURI GRIPAS/REUTERS

Um cachecol jogado por um fiel é visto no rosto do papa Francisco, ontem, durante a mesma audiência geral na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Frio. Tempestade de neve mata seis nos EUA Uma onda de frio instalou ontem o caos no sul dos EUA depois que uma rara tempestade de neve matou pelo menos seis pessoas, prendeu crianças em suas escolas, interrompeu estradas em vários estados e cancelou voos no aeroporto mais movimentado do mundo. Na terça e quarta, uma tempestade se abateu sobre uma região que se estende do Texas até a Geórgia, Ucrânia

Líderes regionais participam de uma sessão do encontro | A. ROQUE/REUTERS

passando pelas Carolinas, pouco acostumada ao gelo e à neve. Pelo menos cinco mortes no Alabama e uma na Geórgia foram resultantes da tempestade. Empresas aéreas cancelaram milhares de voos nos aeroportos de Houston até Atlanta, cerca de 500 destes só no Hartsfield-Jackson Atlanta International Airport, o mais movimentado do mundo. METRO Síria

País está à beira da guerra civil

Negociação de paz não avança

“Todo o mundo e toda a Ucrânia sabem que o país está à beira da guerra civil”, disse ontem no parlamento, em Kiev, o ex-presidente Leonid Kravchuv. Ele se referiu aos manifestantes que mantêm os protestos contra o governo e já tomaram os prédios de instituições administrativas no país. METRO

O mediador internacional Lakhdar Brahimi disse ontem que não espera resultado substancial na primeira rodada de negociações sobre a paz Síria, que termina amanhã. No entanto, Brahimi afirmou que tem expectativa de uma segunda rodada mais produtiva, na semana que vem. METRO


+

|10|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOTOGRAFIA}

Imortalizados em fotografias Cinco das 29 tribos fotografadas com primor por Jimmy Nelson em seu projeto fotográfico

1

PLUS

5

1

Kazakh

Por mais de dois séculos, os homens Kazakh, no oeste da Mongólia, caçaram a cavalos com águias douradas.

2

Chukchi

O povo do Ártico vive na península de Chukotka, extremo nordeste da Rússia.

3

Drokpa

2

Cerca de 2.500 Drokpas vivem em três vilarejos disputados pela Índia e Paquistão.

3

4

Mursi

A tribo nômade dos Mursi vive na região do Vale do Rift, na África.

4 JIMMY NELSON Documentação

“A fotografia é a decoração da história mais remota e equilibrada que essas culturas podem ser” JIMMY NELSON, FOTÓGRAFO

O fotógrafo britânico falou ao Metro Jornal direto de Amsterdã sobre as tribos mais remotas do mundo que estão em seu livro “Before They Pass Away” (Antes que eles morram)

“QUERO ROMANTIZÁ-LOS”

Qual é seu projeto? Gastei cerca de três ano visitando a cultura de 29 tribos remotas em 44 países, documentando seus rituais e fotografando roupas tradicionais, ornamentos e armas; tudo o que define a identidade dos indígenas. Me inspirei no etnólogo norte-mericano Edward S. Curtis, que no início do século 20 fotografou nativos americanos revelando sua cultura ao mundo. Por que decidiu romantizá-los? Queria um documento artístico. Acho que são as pessoas mais lindas do planeta. Queria que recebessem o romantismo que damos a nós mesmos nas capas das revistas. A fotografia é a decoração da história mais remota e equilibrada que essas culturas podem ser e, em muitas maneiras, mais felizes,

5

Huaorani

Até 1956, os Huaorani, na Floresta Amazônica equatoriana, não tinham tido contato com o mundo exterior.

Nelson fotografa tribo Huli, na Nova Guiné | DIVULGAÇÃO

porque estão em completa harmonia com eles mesmos e seu ambiente.

uma das partes mais frias do mundo, mas as pessoas, são as mais calorosas.

Que lição você aprendeu? Uma simples regra: quanto mais distantes as pessoas estão do mundo desenvolvido, mais facilmente conseguem se comunicar. Quanto mais perto ficam do mundo desenvolvido, mais acesso têm a telefones e Internet, e mais desconfiados ficam. O povo de Chukotka é, provavelmente, o mais receptivo. Um estranho paradoxo: essa é

“Before They Pass Away” parece um presságio O livro é uma mensagem para as tribos valorizarem sua cultura e identidade. Elas têm a liberdade de se modernizarem e terem um estilo de vida urbano, mas não necessariamente isso as deixará mais felizes. Não jogue tudo fora, só porque o mundo se massificou. METRO INTERNACIONAL


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

O ‘cartão de visitas’ da

Triumph Tiger 800. Depois de dois anos sem atuar no país, montadora inicia a vendas de sua adventure

{DUAS RODAS} Destaque no Salão Duas Rodas 2013, ocorrido em São Paulo, no mês passado, a britânica Triumph quer, de uma vez por todas, marcar seu nome no mercado brasileiro. Conhecida por suas motos potentes, a montadora, que mostrou a Triumph Tiger 800 na ocasião, iniciou as vendas da motocicleta no país nesta semana por R$ 35.900. Apenas montada em Manaus, no Amazonas, já que as peças são todas fabricadas na Inglaterra, a Triumph Tiger 800 é tratada pela britânica como o cartão de visitas da família Tiger no Brasil – além dela, há ainda a Tiger Sport, a Tiger 800 XC, a Tiger Explorer e a Tiger Explorer XC. “Queremos vender duas mil motos por ano (não apenas do modelo Tiger 800), e almejamos

que o Brasil seja nosso sexto mercado mundial”, ressalta Paul Stroud, diretor global de vendas e marketing da Triumph, deixando claro o quão importante é o início das vendas da moto no país. Mas para dar este start é preciso encarar a concorrência. Para isso, a Tiger 800 é equipada com um motor tricilíndrico de 799 cc, entregando uma potência de 95 cv e torque máximo de 8,06 kgfm. Além disso, a moto, que pesa 210 kg, conta com um resistente quadro de aço e rodas de liga leve, adequadas para deslocamentos off road. A segurança da Tiger 800 também foi muito bem pensada, já que a motocicleta possui freios ABS de série, com frenagem com discos duplos

|11|◊◊

flutuantes na dianteira e disco simples na traseira. O sistema dos freios ABS é tão moderno que pode ser desligado a qualquer momento, caso o motociclista deseje pilotar em terrenos complicados. E a lista de aspectos positivos não para por aí. Um ponto alto da Triumph Tiger 800 é a capacidade de seu tanque de combustível, que é de 19 litros, e garante poucas paradas para reabastecimento. Para quem não abre mão de acessórios, a lista inclui bagageiros, sensores de pressão dos pneus, cavalete central e protetores para as mãos. Além disso, a Tiger 800 conta com um painel de instrumentos sofisticado, com medidor de combustível, computador de bordo e gerador de 640 W. METRO

+ MOTOR

R$ 35.900 Modelo traz sofisticado sistema de freios ABS

É o preço anunciado do modelo que passa a ser vendido nesta semana no país


2 CULTURA

|12|

Capital Inicial volta às origens em show

Litoral. Quarteto brasiliense se apresenta neste sábado no Café Curaçao, em Guaratuba, trazendo as novidades do disco ‘Saturno’ ao lado de sucessos dos 30 anos de carreira. Ingressos à venda a partir de R$ 43 O Café Curaçao, em Guaratuba, recebe neste sábado show do Capital Inicial, que desembarca no litoral paranaense com a turnê de seu disco mais recente, ‘Saturno’, lançado no final de 2012. O quarteto faz única apresentação a partir das 22h, com ingressos que vão de R$ 43 a R$ 148. Com um repertório de 11 faixas, o 16º álbum da carreira de Dinho Ouro Preto, Flávio Lemos, Fê Lemos e Yves Passarell possui uma linha ainda mais pesada, com o baixo mais presente e a levada mais roqueira. Além disso, as letras voltam a falar sobre política, entre outros temas – o título do álbum faz referência à mitologia romana, uma hoComedy Club

Duvivier volta com comédia

Depois de passar pelo Festival de Curitiba no ano passado, o espetáculo ‘Uma Noite na Lua’, monólogo de comédia com Gregório Duvivier (foto), volta à capital para curta temporada na Caixa Cultural, de 7 a 9 de fevereiro. A venda de ingressos começa na terça, no local, por R$ 10 e R$ 20. Informações pelo 2118-5111.

menagem aos 30 anos de carreira da banda. Dessa forma, o disco faz menção ao início da carreira do grupo, nos anos 1980, com influências do lendário grupo Aborto Elétrico. “Saquear Brasília”, “Água e Vinho” e “O Lado Escuro da Lua” , inspirado em “The Dark Side of the Moon”, do Pink Floyd, são alguns dos destaques do repertório. Sucessos como “Natasha”, “Não olhe para trás” e “A sua maneira”, também fazem parte do setlist. METRO CURITIBA No Café Curaçao (R. Brejatuba, 600, em Guaratuba). Sábado, a partir das 22h. R$ 43 e R$ 78 (pista). R$ 78 e R$ 148 (área VIP). www.diskingressos.com.br.

Hoje

Zenni apresenta ‘Quinta da Firma’

‘VU Classics’ traz hits do indie

O comediante Marco Zenni apresenta hoje, às 21h30, seu stand-up corporativo ‘Quinta da Firma’, no Curitiba Comedy Club (R. Mateus Leme, 2.467). Ingressos a R$ 10.

Hoje é noite de ‘VU Classics’, com Manolo Neto e convidados tocando hits do indie dos anos 1990 e 2000, no VU (Av. Manoel Ribas, 146). A partir das 22h, com entrada a R$ 12. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

‘Uma Noite na Lua’

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Som mais pesado e letras críticas retomam o espírito do início da banda, nos anos 1980 | DIVULGAÇÃO

Dia Nacional das HQs é celebrado A Gibiteca de Curitiba (Solar do Barão) oferece uma programação especial para o Dia Nacional das Histórias em Quadrinhos, celebrado hoje. Entre as atividades estão oficinas, rinha de games e a exibição do documentário “Capitão Brasil e sua gangue”, de Eduardo Calvet.

A comemoração também terá mesa redonda com importantes autores locais de quadrinhos, que debatem a produção curitibana em 2013 e as perspectivas para este ano com a Gibicon (Convenção Internacional de Quadrinhos), em setembro. A data para o Dia Nacio-

nal foi escolhida em referência à publicação pioneira de Ângelo Agostini “As Aventuras de Nhô Quim”, de 1869, considerada a primeira história em quadrinhos brasileira. Confira a programação completa no site www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br. METRO CURITIBA

MON. ‘Domingo + Arte’ tem oficina artística Primeiro domingo do mês, no MON (Museu Oscar Niemeyer), é dia de ‘Domingo + Arte’, com atividades especiais e entrada gratuita, das 10h às 18h. Haverá visita mediada pela exposição “Jayme Bernardo, designer”, às 15h30, e oficina com a artista Maria Cheung. O ingresso precisa ser retirado na bilheteria do museu até as 17h30. A oficina de cerâmica com Maria Cheung tem como tema “Máscara em argila”. Será realizada em três horários: às 14h, 15h15 e 16h30. Com vagas limitadas, a oficina acontece no subsolo, no espaço da Ação Educativa.

Neste domingo, com a artista plástica Maria Cheung | DIVULGAÇÃO

O público também poderá conferir as nove exposições em cartaz, além do acervo do MON. Mais informações pelo 3350-4400. METRO CURITIBA

‘Brasil, Um País, Um Mundo’ vai até domingo A exposição ‘Brasil – Um País, Um Mundo’, no Memorial de Curitiba, termina neste domingo. A capital foi a segunda cidade a receber a mostra, que já teve mais de 15 mil visitantes desde 8 de janeiro e passará por todas as doze cidades-sede da Copa. Com entrada franca, a exposição revela um grandioso e exclusivo acervo de peças históricas do futebol brasileiro. | CESAR BRUSTOLIN/SMCS


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

KEVIN WINTER/GETTY IMAGES

Pharrell quem?

Perfil. Conheça Pharrell Williams, vencedor do Grammy de produtor do ano que, além de um dos responsáveis pelo hit ‘Get Lucky’, do Daft Punk, é ‘culpado’ por alguns dos sucessos da música americana na última década Quem é esse cara? Pharrell Williams tem 40 anos e nasceu em Virginia, nos Estados Unidos. Desde a época do colégio dedica-se à música, seja como artista ou produtor. Com o tempo, seus pitacos e sua voz aguda tornaram-se fundamentais no meio artístico. De uns anos para cá, a mão do artista/produtor vem sendo garantia de sucesso. Sabe o hit “Get Lucky”, do Daft Punk? Além de tê-lo produzido, ele também canta na música. Ele sempre fez sucesso? Nem sempre, mas foi rápido. Desde 1992 Pharrell dedicou seu trabalho à produção, sempre ao lado dos amigos Chad Hugo e Shay Haley, um grupo chamado Neptunes. O trio chegou a produzir nomes conhecidos, como Jay-Z, Ludacris e All Saints, mas foi em 2001 que estourou com “I’m a Slave 4 U”, lançado por Britney Spears. Desde então a lista de artistas produzidos pelos caras ficou gigantesca. Quais suas influências?

Principalmente Michael Jackson. Mas ele já mencionou outros grandes nomes, como Stevie Wonder, Marvin Gaye e A Tribe Called Quest. Ritmos como o hip hop, soul e o R&B são suas maiores referências em seus trabalhos. Você fala tudo isso, mas Pharrell só tem um disco. Sim, é verdade. “In My Mind” foi lançado em 2006 e chegou ao top 10 das paradas americanas. Porém não há hits tão grudentos como os que ele criou para outros artistas. Ao que tudo indica, neste ano ele tentará a sorte com um novo álbum solo. Então Pharrell é bom em ser um grande parceiro? Sim! Quer ter um hit? Chame Pharrell e comece a contar o dinheiro. Snoop Dogg aprendeu a lição. Em 2003 convocou o amigo para cantar “Beautiful” (com clipe gravado no Rio). Chegou no top 10 americano. No ano seguinte repetiram a dupla, em “Drop it Like it’s Hot”, e conseguiram o número um.

|13|◊◊

Pharrell na festa do Grammy, realizada domingo passado

“Get Lucky” é seu maior sucesso como convidado? Não exatamente. A música do duo francês Daft Punk ganhou prêmios e mais prêmios e não sai dos nossos ouvidos, mas em 2013 seu maior lucro veio da participação em “Blurred Lines”, de Robin Thicke, que foi núme-

ro um em diversas paradas. Quem mais já caiu em suas mãos? Como produtor, nomes de respeito cederam aos caprichos de Pharrell. E a lista é grande: Jay-Z, Beyoncé, Madonna, Kylie Minogue, Aloe Blacc, Mayer Hawthor-

ne, Kendric Lamar, Frank Ocean, Gloria Estefan, Maroon 5… E por aí vai. E a vida pessoal, como vai? Pharrell se casou no ano passado com sua namorada de longa data, a modelo e designer Helen Lasichanh. Juntos eles têm um filho, Rocket

Man Williams, de cinco anos. Boa pinta, no ano passado foi eleito Homem do Ano pela revista “GQ” e, em 2005, foi apontado como homem mais bem vestido do mundo pela “Esquire”. METRO Veja uma galeria de vídeos de Pharrell no site do Metro Jornal www.metrojornal.com.br

‘The Following’ retorna com Vencedor de Sundance explora novos seguidores de Joe Carroll último dia de vítima de crime real Muitas pontas soltas no final da primeira temporada de “The Following” começam a ser amarradas já no primeiro episódio do segundo ano da atração, que chega ao canal Warner amanhã, às 22h25. Nele, a série dá um salto de um ano e mostra Ryan Hardy (Kevin Bacon) longe da rotina policial e dedicado às salas de aula, às reuniões no Alcoólicos Anônimos e a uma vida saudável, com direito a corridas pelas ruas de Nova York. Porém, um ataque ao metrô deixa cinco mortos e uma mensagem direcionada a ele. Na verdade, a ação não chega a ser uma surpresa para Hardy. Sem esquecer das tragédias que vivenciou nos últimos tempos, ele tem se dedicado a entender ainda melhor o serial killer Joe Carroll (James Purefoy) e seus seguidores. E esse parece ser o novo ponto da trama, a de um cara ferido por suas perdas que procura vingança ao seu modo. Apesar da morte de Carroll no final da primeira temporada, sua permanência na série

Kevin Bacon volta ao papel de Ryan Hardy na 2ª temporada da série | DIVULGAÇÃO

parece um tanto óbvia, já que Purefoy tem um contrato de seis anos para o papel. O que fica no ar é a forma como o assassino volta à trama. Outro que continua na história é Mike Weston (Shawn Ashmore), que tenta recuperar a amizade e a parceria de Hardy, mas logo percebe que terá um longo trabalho pela frente. Uma das novidades de “The Following” é a chegada de um assustador

Sam Underwood (“Dexter” e “Homeland”) no papel dos gêmeos Luke e Mark, e Connie Nielsen, sobrevivente do ataque ao metrô por quem Hardy demonstra uma atração imediata. Para você que está se perguntando se Claire Matthews (Natalie Zea) morreu ou não morreu, a resposta também surge logo no começo da segunda temporada. Seja paciente. METRO SP

Para seu filme de estreia, o roteirista e diretor Ryan Coogler, 27, escolheu abordar a história verídica de Oscar Grant, um jovem pai da cidade de Oakland, na Califórnia, que foi morto por um policial nos primeiros minutos após a virada do ano de 2009. Capturada por câmeras de celular, a cena do tiro gerou uma onda de protestos e manifestações. Coogler, por sua vez, viu no episódio uma oportunidade de dividir a história de Grant com o mundo. O resultado está em “Fruitvale Station – A Última Parada”, que estreia amanhã no Brasil, com o qual ele conquistou os dois maiores prêmios do Festival de Sundance em 2013 – de melhor filme segundo o júri popular e o júri oficial –, além do prêmio Avenir na mostra Um Certo Olhar do Festival de Cannes. “Tive acesso aos documentos públicos do julgamento [do caso], que foi no que baseei meu primeiro rascunho do roteiro, perfilando os acontecimentos e os personagens sob esse ponto de vista. O aspecto seguinte a que tive acesso foi a família. Tinha

“Tinha que abrir uma porta com a família. Quis contar a história de Oscar Grant pelo viés das pessoas que o conheciam melhor.” RYAN COOGLER, DIRETOR

que abrir essa porta com ela. O que eu realmente queria fazer era contar a história pelo viés das pessoas que o conheciam melhor. No dia em que ele morreu, Oscar passou bastante tempo com a garota dele, sua filha e sua mãe. Eu queria chegar ao personagem (vivido por Michael B. Jordan) por meio dessas relações”, afirma Coogler. O diretor explica por que decidiu abrir o filme com as imagens reais do incidente. “Minha intenção nunca foi

mostrar esse vídeo, mas meus editores me fizeram exibi-lo. Estava apreensivo sobre isso porque achava que não seria necessário. Eles acharam que seria importante fazer o público saber o que aconteceu com Oscar. Ao fazê-lo, percebi que isso tocava em um monte de temas que me ocorreram durante as filmagens, sobre proximidade e como a leitura do filme mudava dependendo de você conhecer ou não a pessoa com a qual aquele fato acontece”, diz ele. Coogler também ressaltou a importância do contato com a família da vítima para a construção do longa, que narra o último dia do personagem. “Cada membro se culpa por ter colocado Oscar naquele trem [que o levou à estação onde acabou sendo morto]. [A mãe] Wanda (vivida por Octavia Spencer) falou sobre como recomendou que ele tomasse o trem em vez de dirigir e Sophina (interpretada por Melonie Diaz) falou sobre como ela o fez sair de casa mesmo com ele querendo ficar em casa naquela noite porque estava se sentindo pouco à vontade.” METRO INTERNACIONAL


|14|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Sete de Setembro ‘calma’

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

NÃO TE DÃO DESCONTO À VISTA? ENTÃO VÁ DE GENÉRICO, ORAS!

Cruzadas

Paixão na vida amorosa. Bem que a mãe de Mariazinha a alertou: “Quando for casar, minha filha, procure uma rapaz respeitoso, amoroso e trabalhador. Alto ou baixo, gordo ou magro, rico ou pobre, isto é o de menos.” Mas conselho de mãe existe para ser ignorado... Mariazinha encanou com o Juquinha. Tinha pretendentes bem melhores, mas ninguém servia para ela, só o Juquinha. Cioso disso, o rapaz se aproveitou desta irracional predileção e fez a moça sofrer um bocado até conseguir arrastá-lo ao altar. Paixão na vida de consumidor. Então você quer muito uma determinada calça da moda. Tudo bem, que mal há em andar bem vestido? Mas daí você diz que só vale se for especificamente daquele modelo assim-assado. E tem de ser preta. Ah, sim: também tem de ser exclusivamente daquela grife, comprada naquele shopping! Bem... você encanou com “aquela” calça! Só um probleminha: a loja está pedindo “os olhos da cara” e não dá desconto à vista. Você chora, ajoelha mas... “nesta aqui não dá para tirar nada!”. Então paga, uai! Em sua vida de consumo, a dinâmica da paixão é a mesma: encanou, pagou o preço! Sempre que encasquetar com um produto específico, de uma certa marca, comprado especificamente naquela loja, daquele centro de compras específico, terá de pagar o quanto lhe pedem. Pior: se não lhe derem desconto à vista, você terá de engolir o preço cheio, porque a vantagem financeira de parcelar é ridiculamente pequena, e várias “parcelinhas” amontoadas atrapalham muito o controle do orçamento. Quer desconto? Este jogo pode ser bem diferente para quem estiver disposto a comprar um produto “genérico”. Não estou falando de genérico de segunda categoria, não! Estou sugerindo que, antes de sair pesquisando preços, você defina em termos gerais o que realmente quer: uma calça mais ou menos assim, que pode ser de tais e tais cores, que também pode ser desta, daquela ou daquela outra grife (talvez até sem grife!), e que pode ser comprada onde for, desde de que lhe façam o menor preço à vista.

Sem dúvida nenhuma, o IPPUC já contribuiu com inovações e melhorias na nossa cidade, sendo motivo de orgulho para todos os curitibanos. Mas, pelo jeito, isso é passado. O que se procura criar (inventar) atualmente é preocupante. A experiência de instalar, na Av. Sete de Setembro, grandes lombadas a cada 60 metros (edição de terça) e, com isto, criar uma avenida compartilhando automóveis e bicicletas é simplesmente ridícula, além de onerosa. Melhor seria restaurar o asfalto existente, transformar uma via para veículos em uma só mão e deixar a outra marginal somente para bicicletas. Será que os nossos vereadores não estão atentos? Senhor presidente do IPPUC, vamos parar de brincadeira. LUIZ SOTTO MAIOR - CURITIBA

Metro pergunta

O Brasil caiu quatro posições em ranking global de velocidade de conexão. Você aprova os serviços de internet oferecidos no país?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metroCTB

@yamadactbageo

Sudoku

Não, parece que a qualidade ao acesso à internet rápida estagnou é até mesmo decaiu de cinco anos para cá. @m_criscris

Não mesmo! Entregam metade da velocidade e cobram o dobro do aceitável. Precisar de suporte técnico é teste de paciência. Além da prática ilegal de venda casada. @AlissonNorberto

Genérico! Toda vez que estiver procurando um produto genérico de qualidade, seu leque de opções de compra se ampliará, dando-lhe condições de comparar diferentes ofertas. Você fatalmente encontrará algo que lhe agradará bastante, pelo menor preço à vista! Em tempo: no segundo casamento Mariazinha soube ser flexível e escolheu-se “um bom genérico”: ela e Joãozinho estão casados (e felizes!) até hoje.

A velocidade da conexão brasileira é uma porcaria. Simples assim.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Leitor fala

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Vivências em grupo auxiliarão o trabalho. Período especial para mais envolvimento diante de convívios sociais e retomada de amizades.

Momento para esclarecimentos em algum tipo de sociedade que possua. Na vida amorosa, decisões esclarecerão assuntos antigos.

Há tendências para mudanças nas relações de trabalho e na maneira de lidar com elas. Estudos e temas culturais tomarão empenho extra.  

Há tendências para se preocupar de maneira mais intensa com projetos no longo prazo. Cuide para não apressar algo para antes da hora.

Uma atenção especial à saúde e ao corpo será bem-vinda, seja de maneira preventiva ou para amenizar desgastes recentes.

Este é um momento de mais atenção para não se exceder no consumo ou em ambições materiais. Fase benéfica para parcerias.

Os temas culturais, estudos e que despertam o intelecto sempre fazem bem aos geminianos e preencherão positivamente este momento.

As divulgações e a expansão de contatos estarão favorecidas no trabalho. Também são boas as tendências para obter reconhecimento.

Com a Lua Nova em seu signo, um momento diferente diante de grupos e situações sociais marcará este período e mesmo as amizades.

Boas chances para revelações de antigos assuntos com quem tem vínculo afetivo. Evite interferir demais nos problemas de certas pessoas.

Assuntos importantes diante de familiares tomarão sua dedicação para esclarecimentos. Tenha mais cuidado ao expor certas opiniões.

Uma atenção especial com crenças, espiritualidade, terapias ou atividades que revigorem suas energias fará muito bem.


CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Lais teve ‘pequeno progresso’, diz médico Estável. Ex-ginasta passará por mais duas cirurgias hoje. Ela segue respirando com auxílio de aparelhos e sem mexer braços e pernas O quadro da atleta Lais Souza melhorou ontem. Após ser submetida a cirurgia para realinhar a coluna vertebral – ela deslocou a 3ª vértebra em acidente sofrido na madrugada de terça-feira (horário de Brasília) em Salt Lake City, nos EUA –, a ex-ginasta conseguiu mover os ombros. Ela, porém, continua respirando com o auxílio de aparelhos e não mexe pernas e braços. “Lais esta acordada, interagindo com todos ao seu redor e mentalmente muito forte para enfrentar a longa recuperação que terá pela frente”, afirmou, em comunicado, o médico do Comitê Olímpico Brasileiro, Antonio Marttos Júnior. “Hoje [ontem] ela apresentou um pequeno pro-

“Ela ainda se encontra na fase aguda do trauma. Qualquer prognóstico definitivo necessita de tempo” ANTONIO MARTTOS JR., MÉDICO DO COB

gresso do quadro neurológico e conseguiu mexer e sustentar os ombros, o que não acontecia ontem (anteontem)”, afirmou. A ex-ginasta de 25 anos deve ser submetida hoje a duas outras cirurgias: uma traqueostomia (para facilitar a respiração) e uma gastrostomia (procedimento para fixação de sonda alimentar). “Estes procedimentos são simples e representam

rem, descobrimos um problema de integração entre eles e a bateria”, explicou ao Metro Jornal ao mesmo tempo em que Vettel voava para a sua casa na Suíça, sem esconder a sua frustração por não conseguir iniciar a avaliação da sua máquina para este ano. “O importante é que já sabemos de onde veio o defeito e como resolvê-lo”, completou o engenheiro. Segundo ele, nada de anormal tinha sido detectado no funcionamento das peças. O inesperado problema com os novos motores da Red Bull, Toro Rosso e Caterham mostra a que ponto a temporada da F-1 em 2014 será complexa. Com a mudança nos motores e na aerodinâmica, nos primeiros dois dias de teste muitos pilotos ficaram

ESPORTE

os passos iniciais em seu processo de recuperação”, disse Marttos Júnior. Quase em Sochi Fora da ginástica artística desde 2012, Lais começou a trajetória no esqui aéreo no ano passado. Ela foi convidada pela CBDN (Confederação Brasileira de Desportos na Neve) para conhecer a modalidade. E, com pouco mais de seis meses, quase chegou aos Jogos Olímpicos de Inverno, em Sochi, na Rússia. Josi Santos, também ex-ginasta e companheira de Lais no esqui aéreo, conseguiu garantir sua vaga. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

Vettel fica na mão em Jerez Esqueça pilotos talentosos, como o tetracampeão Sebastian Vettel. A estrela do dia no mundo da Fórmula 1 foi um engenheiro, o francês Rémi Taffin, responsável pelas atividades de pista da Renaut Sport, que fornece os motores para a equipe dos carros azuis e para sua coligada, a Toro Rosso, entre outras equipes. Depois de dois dias em que a Red Bull de Vettel mal deu onze voltas na pré-temporada, em 2014, na pista de Jerez de la Frontera (contra 174 realizadas em 2013, no mesmo período de testes), coube a Raffin fazer a mais concorrida entrevista do dia no autódromo espanhol. “Quando chegou a hora de os carros para quem fornecemos os motores acelera-

3

mais tempo nos boxes do que acelerando na pista. “Com a entrada de tantas novidades, os novos carros da F-1 ficaram complicadíssimos. Tudo isso precisará de algum tempo para ser bem entendido”, explicou o projetista inglês Adrian Newey, o homem que fez das máquinas da Red Bull os carros mais rápidos nas pistas dos últimos quatro anos. O fato é que até o próximo dia 14 de março, quando os motores da categoria voltarem a rugir, pilotos e engenheiros terão de quebrar a cabeça. Como se viu com o incidente com a Red Bull de Vettel, o tempo para encontrar uma solução é urgente. FERNANDO VALEIKA DE BARROS DA ESPANHA,PARA O METRO

Lais se machucou enquanto treinava nos Estados Unidos | DIVULGAÇÃO

Santos. Neymar podia negociar saída desde 2011 O atacante Neymar divulgou ontem, por meio de seu site oficial, que estava autorizado pelo Santos a negociar com outros clubes desde 2011. O documento foi assinado em 8 de novembro – um dia antes da renovação de contrato até a Copa do Mundo de 2014 ser oficializada – pelo então presidente do Peixe, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro. Isso praticamente elimina a hipótese de o atleta ter sido aliciado pelo Barcelona, no entender do advogado do jogador, Marcos Motta. “A tese de ‘aliciamento’ é fulminada quando todas as partes estavam autorizadas a negociar. Sem mais. A chance do Neymar (e/ou Barcelona) ser sancionado pela Fifa é Zero (com maiúscula)”, escreveu

Um mês internado

Schumacher

Justiça suspeita de transferência | DAVID RAMOS/GETTY IMAGES

Motta no Twitter. De acordo com o atual presidente, Odílio Rodrigues, o ofício foi uma exigência do próprio Neymar. METRO

Médicos do Hospital de Grenoble, na França, local em que o heptacampeão da Fórmula 1 Michael Schumacher está internado, iniciaram os procedimentos para remover o ex-piloto do coma induzido. A informação é do jornal “L’Equipe”. O alemão completou ontem um mês internado.


|16|

CURITIBA, QUINTA-FEIRA, 30 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Atlético estreia com derrota na Libertadores Em Lima. Furacão perdeu para o Sporting Cristal por 2 a 1 e vai decidir permanência na competição no dia 5 de fevereiro, na Vila Capanema Jogando em Lima, no Peru, o Atlético estreou com derrota na fase preliminar da Libertadores. O time perdeu por 2 a 1 para o Sporting Cristal, ontem à noite, no estádio Nacional. Com o resultado, o Furacão depende de uma vitória simples para continuar na competição. O jogo será no dia 5 de fevereiro, na Vila Capanema. O jogo O Sporting Cristal começou tendo o controle do jogo. Logo aos 4’, em uma falha da zaga atleticana, Yotún chutou duas vezes, mas o goleiro Weverton defendeu. O primeiro lance de perigo do Furacão foi aos 19’. Natanael finalizou e, na sobra, Ederson bateu e o goleiro Penny pegou. Com mais domínio, o

Sporting Cristal conseguiu fazer o gol. Ávila recebeu livre e bateu cruzado, aos 29’. O empate do Furacão veio aos 9’ da segunda etapa. Natanael foi puxado dentro da área e o juiz marcou pênalti. Ederson foi para cobrança e deixou tudo igual. O Atlético por pouco não levou o segundo gol, aos 12’. Cazulo tentou por cobertura e Cleberson tirou em cima da

2 1 • •

linha. Um minuto depois, foi a vez do juiz assinalar pênalti para o Sporting Cristal. Lobatón deixou a equipe peruana novamente em vantagem. A chance do Furacão empatar veio com Fran Mérida aos 22’, que chutou de fora da área, mas Penny evitou o gol. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Diego Penny; Cossio, Ortiz, Balbín e Delgado; Calcaterra , Carlos Lobatón (Maximiliano Núñez ), Yotún (Paolo de la Haza ) e Jorge Cazulo ; Leguizamón (Junior Ross ) e Ávila. Técnico: Daniel Ahmed

SPORTING CRISTAL

Weverton; Paulo Dias , Manoel , Cleberson e Natanael ; Deivid, João Paulo , Sueliton (Douglas Coutinho ) e Zezinho (Fran Mérida ); Ederson e Marcelo (Nathan ). Técnico: Miguel Ángel

ATLÉTICO

Gols. Ávila, aos 29’ do 1ºT e Lobatón aos 16’ do 2ºT (Sporting Cristal). Ederson, aos 9’ do 2º T (Atlético). Arbitragem. Enrique Osses, Carlos Astroza e Sergio Roman

Apagado, Botafogo joga mal e perde para o Deportivo Quito A expectativa era grande. O Botafogo não disputava um jogo de Libertadores havia 18 anos. Mas, em campo, o alvinegro não empolgou. Jogou mal e perdeu para o Deportivo Quito, ontem, no Equador, por 1 a 0, na partida de ida da pré-Libertadores. O atacante Estupiñán fez o gol da vitória aos 19 minutos do primeiro tempo. O confronto de volta será quarta-feira, às 22h, no Maracanã. O Botafogo precisa vencer por dois gols de diferença para seguir vivo na Libertadores. Se ganhar por 1 a 0, a decisão da vaga será nos pênaltis. O empate favorece o Deportivo Quito. Fisicamente, os jogadores do Botafogo não pareceram sentir os efeitos da altitude. Mas, tecnicamente, deixaram a desejar, dando chutões de fora da área sem o menor perigo para o goleiro Ramirez, errando passes e sem nenhum poder de criação no meio-campo. O goleiro Jefferson foi o grande nome do jogo, salvando o alvinegro pelo menos duas vezes. METRO RIO

Jorge Wagner foi bem marcado por Fuertes | GUILLERMO GRANJA /REUTERS

1 0 • •

Ramírez; Fuertes, Romero e González; Bravo (Lara), Vega, Andrade, Feraud, Calderón e Chinga; Estupiñán (Hansen). Técnico: Juan Carlos Garay

DEPORTIVO QUITO

Jefferson; Edílson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Rodrigo Souto, Gabriel (Wallyson), Lodeiro e Jorge Wagner (Renato); Tanque Ferreyra (Elias). Técnico: Eduardo Hungaro

BOTAFOGO

Gols. Estupiñán, aos 19’ do 1º tempo. Arbitragem. Wilmar Roldan (COL), auxiliado por Humberto Clavijo (COL) e Eduardo Díaz (COL)

Furacão chegou a empatar, mas não conseguiu segurar a pressão do time peruano | ALBARI ROSA / AGP

Coritiba. Artur e Djair têm lesões confirmadas O Coritiba não poderá contar com a sua dupla de volantes para o próximo jogo do time no Paranaense, contra o Cianorte, sábado, no Couto Pereira. Ontem o departamento médico do clube confirmou as lesões em Artur e Djair. Na rodada passada, Djair deixou o clássico diante do Paraná Clube na segunda etapa. O atleta foi poupado do treino de ontem e, após passar por exames, teve sua lesão muscular confirmada. Artur, que já havia ficado de fora do clássico, também tem um problema muscular. Ele já vinha fazendo trabalhos de fisioterapia no clube. O Coritiba não divulgou quando eles poderão voltar a campo, mas o departamento médico já vetou ambos para a próxima rodada. Já os laterais Timbó e Felipe Ramon começaram ontem as atividades físicas em campo, ainda em fase de progressão funcional. Eles ainda não jogaram neste ano e também devem ficar de fora da próxima rodada.

Volante passou ontem por exames | GERALDO BUBNIAK / FOTOARENA

Time principal Enquanto a equipe alternativa tem apenas mais dos jogos previstos no Campeonato Paranaense, o elenco principal vem em preparação para estrear daqui a 14 dias, contra o Rio Branco, pela sexta rodada do regional. Entre as novidades deste ano no Coxa está Zé Love, que no último jogo-treino, contra o Cerro Porteño de Presidente Franco, marcou um gol. O técnico Dado Cavalcanti, no entanto, diz que o atacante chegou “para disputar posição”, no setor ofensivo. METRO CURITIBA

Paraná

Giancarlo volta para o Tricolor O Paraná Clube confirmou ontem o retorno do atacante Giancarlo à Vila Capanema. Ele assinou contrato pelos próximos dois anos com o clube. O atleta fez parte do plantel paranista durante o Campeonato Brasileiro da Série B de 2011, no qual assinalou oito gols. Em 2012, foi o terceiro artilheiro do Campeonato Paulista de 2012, pelo Bragantino-SP, e campeão catarinense pelo Criciúma, em 2013. METRO CURITIBA Jotinha

Time abre a rodada amanhã Em 4º lugar no Paranaense, o elenco do J.Malucelli assistiu ontem ao vídeo do último jogo do time, contra o Maringá. A estratégia do técnico Sandro Forner busca preparar os jogadores para a próxima rodada, em que eles enfrentarão o Paraná, amanhã na Vila Capanema. METRO CURITIBA


20140130_br_metro curitiba