Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela gráfica Belo Horizonte Gráfica e Editora.

SE LIGA,

• UM BRO NUNCA USA ROSA. NEM SE ESTIVER NA EUROPA • GOSTANDO OU NÃO DE ESPORTES, UM BRO GOSTA DE ESPORTES • UM BRO SEMPRE TEM O DIREITO DE FAZER COISAS IDIOTAS, DESDE QUE SEUS BROS TAMBÉM ESTEJAM FAZENDO • AO EXECUTAR UM ‘HIGH FIVE’, UM BRO NÃO PODE ENTRELAÇAR OS DEDOS OU SEGURAR A MÃO DE OUTRO BRO • UM BRO NUNCA É VEGETARIANO AO LADO DE SEUS BROS • UM BRO NUNCA PEDE INFORMAÇÃO QUANDO ESTÁ PERDIDO • SE ‘DURO DE MATAR’ ESTIVER PASSANDO NA TEVÊ, UM BRO DEVE PARAR QUALQUER Barney Stinson (Neil Patrick), COISA QUE ESTIVER FAZENDO PARA ASSISTIR • DÃ • o criador do ‘bromance’

BRO!!!

PERSONAGEM DE ‘HOW I MET YOUR MOTHER’ LANÇA SEU CÓDIGO PÁG. 10

GALO DE AUTUORI

BELO HORIZONTE

ESTREIA SEM MUDAR ESQUEMA DE CUCA PÁG. 16

Terça-feira, 28 de janeiro de 2014 Edição nº 575, ano 3

CRUZEIRO

MÍN: 20°C MÁX: 32°C sunny

snow

rain

partly

www.readmetro.com | leitor.bh@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobh sunny

cloudy

sleet

thunder

TIME VOLTA AOS TREINOS thunder windy sunny/ Àpart PROCURA DE RITMO PÁG. 16 showers showers

Ufop compra briga das repúblicas pelo Carnaval hazy

showers

Ouro Preto. Universidade deve entrar hoje com ação na Justiça para tentar cassar a decisão que proibiu as 59 repúblicas vinculadas à instituição de venderem pacotes de hospedagem para o Carnaval da cidade, um dos mais concorridos do interior do Estado PÁG. 04

Suspeito é assassinado em delegacia de BH Depois de prestar depoimento, homem é baleado e morre na porta de unidade policial de Ribeirão das Neves PÁG. 02

Estrutura para conter protestos na Copa ganha reforço

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Delegacia de Eventos recebe 17 novas viaturas. 990 policiais serão mobilizados para o Mundial PÁG. 03

PARA NÃO ESQUECER Vigília, celebrações e protestos marcam um ano da tragédia na boate Kiss, em Santa Maria PÁG. 05

Familiares, amigos e sobreviventes do incêndio que resultou na morte de 242 jovens rezaram e pediram justiça | GABRIELA DI BELLA/METRO

Barbosa diz que ‘Condenados devem ficar no ostracismo’ Presidente do STF rebateu crítica feita por João Paulo Cunha de que estaria fazendo “pirotecnia” PÁG. 06


1

|02|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

BR-116. Corpo de vítima é encontrado Após 13 horas de buscas, os Bombeiros localizaram o corpo de uma mulher de 36 anos, única passageira que não havia sido encontrada após o grave acidente envolvendo um ônibus em Muriaé, na Zona da Mata. O veículo em que ela e outros 50 passageiros viajavam caiu no rio Glória, na altura da BR-116. O corpo foi encontrado a 2 km do local. Além dela, um bebê de 3 meses morreu no acidente. Os outros 49 passageiros foram encaminhados para hospitais com ferimentos, dois deles em estado grave. Em nota, a viação informou ter prestado toda a assistência aos acidentados. METRO BH

FOCO

Galpão de supermercado é consumido pelo fogo no Guarani O depósito de um supermercado na avenida Waldomiro Lobo, região Norte da capital, foi destruído por um incêndio que começou por volta de 1h da madrugada de ontem. Em poucos minutos, o fogo se alastrou pelo imóvel e acabou com diversos produtos que estavam estocados – as chamas, porém, não atingiram a loja. Cinco equipes do Corpo dos Bombeiros foram deslocados para a ocorrência, e uma retroescavadeira, utilizada para ajudar nos trabalhos. Não houve vítimas e, até ontem, as causas do incêndio eram desconhecidas. | ALEX DE JESUS/O TEMPO/FOLHAPRESS

Homem é executado na porta da delegacia Luto

Despedida

O corpo da mineira Anna Paula Starling, 26, deverá ser cremado hoje em Belo Horizonte. Ela morreu em um acidente de trânsito no dia 19, em Nova Jersey (EUA). Anna estava na garupa de uma motocicleta pilotada pelo namorado quando o veículo bateu em um furgão. Natural de BH, ela morava no Rio de Janeiro e aproveitava as férias para visitar o namorado no exterior.

Cotações Dólar + 1,17% (R$ 2,42) Bovespa - 0,18% (47.701 pts) Euro - 0,48% (R$ 3,28) Salário Selic (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

Violência. Após ser intimado e prestar depoimento, suspeito é assassinado quando ia embora de unidade policial. Segundo a polícia, vítima respondia por adulteração de carro Um homem foi assassinado ontem na porta da delegacia na qual havia prestado depoimento momentos antes, em Ribeirão das Neves, na região metropolitana de Belo Horizonte. A Polícia Civil investiga o caso – até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso e a motivação do homicídio permanecia desconhecida. Segundo a própria corporação, Welbert Junior Dias foi intimado a prestar depoimento na 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil – a antiga 10ª Seccional. O homem, cuja idade não foi revelada, estava sendo investigado em um inquérito referente ao artigo 311 (adulterar ou remarcar nú-

mero de chassi ou qualquer sinal identificador de veículo automotor, de seu componente ou equipamento). Assassinato Assim que saiu da unidade policial, durante a tarde de ontem, o investigado seguiu em direção a uma motocicleta. Antes de dar partida, porém, Welbert foi baleado por um homem que estava a pé. Os policiais não souberam informar se o criminoso fugiu sozinho ou se um comparsa dava cobertura com algum veículo. Welbert chegou a ser levado para o Hospital São Judas Tadeu, em Ribeirão das Neves, mas faleceu na unidade de saúde. METRO BH

A Polícia Civil prendeu em flagrante um homem apontado como o assassino do presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Juiz de Fora, na Zona da Mata. O acusado chegou à delegacia acompanhado de um advogado e alegou sofrer de doença mental. Segundo a Polícia, ele teria trabalhado com o empresário por curto tempo e estaria decidido a matá-lo. O presidente da CDL foi morto a tiros ontem de manhã, em um estacionamento da cidade. Betim

Morte de motorista provoca protestos

Homicídio ocorreu perto de unidade policial | GOOGLE MAPS/REPRODUÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 031/3508.5720

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Presidente da CDL é assassinado

METRO BH

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.bh@metrojornal.com.br 031/3508.5719

Juiz de Fora

Metro Belo Horizonte. Editor-Executivo: Luiz Fernando Rocha. Editor de Arte: Cláudio Machado Grupo Bandeirantes de Comunicação Minas Diretor Geral: José Saad Duailibi. Diretor de Jornalismo: Júlio Prado

Foi preso ontem o suspeito pelo assassinato de um motorista de ônibus em Betim, na Grande BH. Revoltados com o crime ocorrido anteontem, cerca de 150 rodoviários paralisaram 26 linhas da cidade. Segundo as investigações, o jovem disparou vários tiros contra o motorista após ter batido o carro que dirigia na traseira do coletivo. METRO BH

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: avenida Raja Gabáglia, 2221, São Bento, CEP 30350-453, Belo Horizonte, MG. Tel.: 031/3508.5720. O jornal Metro é impresso na Belo Horizonte Gráfica e Editora. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Grupos se articulam para mobilizar multidões antes e durante a Copa em protestos pacíficos; Manifestantes temem confronto com a Polícia Militar, que promete apoiar ato sem violência | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Armados para (e contra) a Copa Preparação. Governo mineiro anuncia investimentos e medidas para reforçar a segurança, enquanto grupos se mobilizam para protestar

Novas viaturas reforçarão segurança na Copa | JOSÉ CARLOS PAIVA/IMPRENSA MG

A pouco mais de três meses para o início do maior evento já recebido por Belo Horizonte e Minas Gerais, o governo mineiro entra na reta final de preparação para a Copa do Mundo. Ao mesmo tempo, grupos se mobilizam para protestar contra a forma como os investimentos estão sendo conduzidos. A Secretaria de Estado de Defesa Social anunciou ontem a aquisição de 17 novas viaturas para a Delegacia de Atuação em Grandes Eventos, estrutura que ficará responsável pelo atendimento no Mineirão durante a competição esportiva. “Teremos também o reforço, a partir de abril, dos 121 médicos legistas e 95 peritos criminais

que estão se formando. Isso, logicamente, vai potencializar nosso efetivo para a Copa”, afirmou o chefe da Polícia Civil, Cylton Brandão. A partir de março, o governo vai mobilizar 990 policiais civis para atuar em função do evento, que deve atrair 600 mil turistas a Minas. “Isso ocorrerá não somente na capital, mas também nas cidades turísticas de Ouro Preto, Tiradentes e Diamantina, para onde muitos turistas irão”, diz Brandão. Já a Polícia Militar começa a treinar, a partir da próxima semana, 2,5 mil homens para atuar especificamente no evento, no chamado Batalhão da Copa. Eles receberão cursos para

atender corretamente os turistas, que incluem formação básica de inglês e espanhol. “Vamos focar em seis áreas: estádios e centros de treinamento; locais das fan fests; pontos turísticos; hotéis e aeroportos; terminais de mobilidade urbana e uma equipe de apoio”, explica o comandante do Batalhão da Copa, tenente-coronel Hércules Freitas. Os 2,5 mil homens são policiais em formação, da Academia de Polícia Militar. O comando garante que eles já receberam a formação básica e estão aptos a atuar. THIAGO RICCI

Enquanto a segurança pública se organiza para receber a Copa do Mundo, grupos se articulam para repetir as manifestações de junho de 2013. Munidos de cartazes e alto-falantes, eles pretendem questionar os investimentos realizados para o evento. “Copa para quem? Este é o nosso mote. Somos contra a Copa como ela es-

tá sendo feita. Os gastos estão se multiplicando, tem muita gente ganhando dinheiro de forma indevida”, diz Fidélis Alcântara, do Comitê Popular dos Atingidos pela Copa 2014. Com reuniões semanais, os grupos planejam novos protestos e uma pauta de reivindicações. Mas há o temor pelos confrontos com a PM. “Quando se coloca uma barricada, é evidente a separação de dois lados”, diz Paulo Rocha, da Comissão de Comunicação da Assembleia Popular Horizontal. TR

Custo dos estádios triplica A última estimativa oficial do custo dos estádios para a Copa do Mundo já chega a R$ 8,9 bilhões. O valor é três vezes maior do que o previsto em 2007: um levantamento técnico da Fifa obtido pelo jornal O Estado de S. Paulo indica que as arenas estavam orçadas em R$ 2,6 bilhões. METRO BH

METRO BELO HORIZONTE

Após protestos, Dilma convoca reunião de emergência

Reação

Grupos se mobilizam e temem embate

R$ 8,9 bilhões

Fusca pegou fogo em São Paulo, no sábado, após passar em cima de um colchão em chamas | SELVA SP/FACEBOOK

A presidente Dilma Rousseff convocou uma reunião de emergência para amanhã, com os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, da Defesa, Celso Amorim, e do Esportes, Aldo Revelelo. O objetivo é discutir os protestos em São Paulo e Rio no último fim de semana. Na capital paulista, um jovem de 22 anos foi baleado por militares no sábado e continua internado em estado grave. METRO BH


|04|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Carnaval em repúblicas vira disputa na Justiça Polêmica. Ufop promete entrar hoje com recurso contra decisão judicial que proíbe a venda de pacotes de hospedagem para turistas Não são apenas o charme e a beleza do conjunto arquitetônico de Ouro Preto, na região Central de Minas Gerais, que atraem milhares de turistas de todo o Brasil. O Carnaval pelas ladeiras da cidade história também ganhou fama e virou um filão lucrativo para quem oferece hospedagem, como as tradicionais repúblicas estudantis. Mas, faltando apenas um mês para a folia, um impasse se arrasta na Justiça e pode complicar os planos de foliões e anfitriões. A Ufop (Universidade Federal de Ouro Preto) promete entrar hoje com recurso contra a decisão que proibiu a comercialização de pacotes pelas 59 repúblicas vinculadas à instituição. Após a ação proposta pela Abih (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), a Justiça determinou uma multa de R$ 1 mil para cada caso comprovado de venda irregular. “É uma tradição da cidade que precisa ser preservada. Não vemos nenhuma ilegalidade. Há controle por parte da Ufop e do Ministério Públi-

R$ 1 mil é o preço médio cobrado pelas repúblicas de Ouro Preto por um pacote de quatro dias de festa, incluindo alimentação.

co, além de alvará da prefeitura”, defende André Lana, assessor técnico da universidade. “A associação dos alunos já se reuniu com o juiz, nós vamos apresentar também o nosso pedido, e acredito que até sexta-feira teremos uma decisão”, concluiu. Apesar da proibição, muitos pacotes continuam à venda nos sites oficiais das moradias. “Está tudo muito claro, e o pessoal (moradores de repúblicas) está comprometido. Alguns anúncios e banners já haviam sido divulgados, mas as vendas estão suspensas”, garantiu Lana. Em média, eram cobrados R$ 1 mil por quatro dias, com direito a alimentação – uma concorrência desleal, de acordo com os donos de ho-

téis. “Só no Carnaval, temos um prejuízo acumulado de R$ 1 milhão. A nossa taxa de ocupação nesse período é de apenas 40%”, reclama Antônio Tavares dos Santos, presidente regional da Abih. Por outro lado, a verba arrecadada com as hospedagens ajuda a preservar o patrimônio histórico e a promover reformas nas moradias. Um casarão visitado pela reportagem, por exemplo, teve o telhado trocado e a fachada reconstruída. “Para nós, é um sentimento de dever cumprido. Estamos mantendo uma casa que será usada por muitas gerações”, argumenta Rômulo Freitas, diretor jurídico da Associação das Repúblicas Federais. Vale lembrar que, nas cerca de 300 repúblicas particulares de Ouro Preto, a folia está mantida, mas pode sair mais cara: cerca de R$ 1,6 mil. As reservas já estão praticamente esgotadas. CRISTIANO MARTINS COM TV BAND MINAS

Município é o mais procurado pelos foliões no Estado | LÉO FONTES/O TEMPO/FUTURA PRESS

Folia nas cidades históricas CARLOS RHIENCK/FUTURA PRESS

2 4 6

Diamantina

EDSON LOPES JR./FUTURA PRESS

Carnaval nas ladeiras tem diversas opções para o folião, das batucadas noturnas aos tradicionais blocos caricatos. A novidade em 2014 será o cerco aos bagunceiros: quem for flagrado fazendo xixi na rua ou com som muito alto vai pagar multa de até R$ 1 mil.

São João Del Rey

SAMUEL COSTA/ FUTURA PRESS

A farra começa mais cedo no município – já no dia 15 de fevereiro –, com concurso de marchinhas e desfiles das escolas de samba. Neste ano, a prefeitura estima que o público possa ultrapassar os 80 mil foliões.

1 3 5 Ouro Preto

Polêmica não deve ofuscar o principal Carnaval de Minas e quarto maior do país, que deve receber pelo menos 75 mil foliões entre os dias 27 de fevereiro e 4 de março, segundo estimativa da prefeitura.

FLÁVIO TAVARES/FUTURA PRESS

CARLOS ROBERTO/FUTURA PRESS

Tiradentes

Apesar de pacata, cidade possui uma das folias mais animadas do Estado, famosa pelos bloquinhos e marchinhas tradicionais de Carnaval. Pelo menos 24 blocos de rua vão desfilar nos quatro dias ‘oficiais’ de festa.

Mariana

Com o tema “futebol e folia”, cidade promoverá neste ano uma festa de caráter mais familiar, com marchinhas e blocos diurnos. Os shows voltados para o público jovem serão realizados em um espaço mais afastado do centro histórico.

Sabará

Cidade chega a receber entre 30 mil e 40 mil pessoas por dia durante a festa. Neste ano, prefeitura vai adotar catracas eletrônicas para aumentar a segurança no centro histórico e na Passarela do Samba.

LUIZ COSTA/FUTURA PRESS


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL} Corpos foram pintados por familiares

|05|◊◊

ADHERBAL FERREIRA Presidente da Associação de Vítimas e Sobreviventes da Tragédia de Santa Maria O presidente da AVTSM contou ao Metro Jornal as impressões que ficaram nestes dias de debates e homenagens às vítimas do incêndio na Kiss.

Para nunca mais esquecer

FOTOS: GABRIELA DI BELLA/METRO

Um ano depois. Manifestantes pintaram 242 corpos e colocaram velas acesas em frente à boate Kiss para relembrar as mortes A boate Kiss, em Santa Maria (RS) foi cercada por amigos e familiares das vítimas e sobreviventes na madrugada de ontem, na mesma hora que aconteceu o incêndio. Foram lidos e contados em voz alta o nome de cada um dos 242 jovens que perderam a vida na tragédia, há um ano. Com baldes de tinta branca e pinceis em mãos, eles pintaram 242 corpos no asfalto da rua dos Andradas, centro de Santa Maria. Foi a maneira de mostrar como eles encontraram seus filhos, irmãos, primos, amigos, namorados naquela madrugada. Lila Telles, representante da “Associação Família

242

corpos foram pintados com tinta branca, no asfalto da rua dos Andradas, em frente à Kiss, na madrugada desta segunda-feira. por La Vida, Cromañon nunca mais”, que reúne familiares dos jovens argentinos que perderam a vida em uma boate, em 2004, disse que os responsáveis precisam ser punidos: “Sem justiça não há paz”. As homenagens seguiram madrugada a dentro até que o silêncio tomou conta. Às 3h soou uma sirene. Um a um eles contaram até 242. Dos gritos de justiça se seguiu o si-

lêncio até que o grupo se dispersou às 4h. Pelas redes sociais, a presidente Dilma Rousseff relembrou a dor daqueles dias. “Passado um ano da tragédia em Santa Maria, a tristeza ainda está viva em nossos corações. Lembro de cada mãe, de cada pai que abracei”, registrou ela em sua conta do Twitter, ontem. O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT) não foi a Santa Maria, mas também usou a rede social: “Precisamos, a partir dessa tragédia, levando em consideração a sua gravidade, a dor dos familiares, dizer que vamos nos esforçar cada vez mais para que isso não mais ocorra.” METRO POA

Congresso

Protestos e pedidos de Justiça O último dia do 1º Congresso Internacional Novos Caminhos, que aconteceu anteontem, teve como convidados, os responsáveis pela condução das investigações e processo da Kiss. Participaram do debate o delegado regional de Santa Maria, Marcelo Arigony, o subprocurador institucional do Ministério Público, Marcelo Dornelles, e os advogados da Associação dos Familiares das Vítimas. Os discursos foram acalorados e incisivos. Para o subprocurador, não falta rapidez por par-

te do MP e não há questões políticas influenciando nas decisões. Os familiares discordaram. Em protesto, eles caminharam ontem da Kiss até a sede do Minsitério Público onde soltaram balões com pedidos de justiça. O subprocurador do MP, por sua vez, alegou que nada do que foi apontado responsabiliza servidores da prefeitura, principalmente o prefeito, como é o desejo dos familiares das vítimas. Conforme Dornelles, a partir do que foi apresentado, a prefeitura agiu regularmente. Em seu discurso, ele enfatizou que o Corpo de Bombeiros não fiscalizou o local. METRO POA

Como foram esses três dias de Congresso? Foi excelente. Muito bom. A gente sentiu até que faltou tempo e espaço para aprofundar mais as discussões. O último dia destinamos às homenagens. Houve a exibição do documentário “Janeiro 27”, depois mais homenagens na praça Saldanha Marinho e à noite foram ditos os nomes de cada um dos filhos. E os resultados? Foi algo diferente. Altamente relevante em assuntos tanto na parte psicológica, quanto social, questões de justiça e prevenção. Deixamos uma semente na terra que agora precisar germinar. E daqui para frente, quais os próximos passos? Depois do que nós tivemos aqui, da parte de justiça, acredito que terá um rumo diferente. Queremos a condenação plena dos envolvidos. Todos dentro da sua culpabilidade. METRO POA

Acidente na BR-110 deixa 12 mortos e 20 feridos na BA

Sisu. Matrícula começa na 6a

Mais Médicos. Oposição. 2 mil cubanos Ofensiva chegam hoje contra Chioro

Um acidente envolvendo uma carreta, um trator e um ônibus deixou 12 mortos e 20 feridos na BR-110, na cidade de Inhambupe, a 167 quilômetros de Salvador, na manhã de ontem. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o trator, que era transportado por uma carreta, soltou-se do veículo em uma curva e atingiu um ônibus da empresa Gontijo que trafegava no sentido oposto. No momento do acidente, o ônibus transportava 38 pessoas que estavam viajando de São Paulo para a cidade de Paulo Afonso (BA). Na noite de ontem, 17 pessoas seguiam internadas em hospitais da região. Entre os feridos estão duas crianças, que sofreram esco-

Os estudantes aprovados na 2a chamada do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) deverão fazer a matrícula na instituição de ensino superior a partir de sexta-feira. As inscrições vão até 4 de fevereiro. O MEC (Ministério da Educação) divulgou ontem a lista dos aprovados. Os candidatos que não foram convocados nas duas primeiras chamadas podem integrar a lista de espera. O prazo de adesão vai até 7 de fevereiro. Nesta edição, o Sisu oferece 171.401 vagas em 4.723 cursos de 115 instituições públicas de ensino superior. Segundo balanço do Ministério da Educação, 50% dos candidatos que fizeram o Enem se inscreveram no Sisu.

A terceira fase do programa Mais Médicos começa hoje, com a chegada de 2 mil médicos vindos de Cuba. Eles desembarcam em Brasília, Fortaleza e São Paulo para três semanas de treinamento, com início no domingo. Os novos médicos devem começar a trabalhar em março. Outros 891 profissionais selecionados a partir de inscrições individuais vão atuar no atendimento da população de 412 municípios e oito distritos sanitários indígenas. O destino dos cubanos ainda não foi definido. O programa já contratou 6.658 profissionais para trabalhar em 2.166 cidades e 28 distritos indígenas.

Ferido fica preso nas ferragens

| ARAGÃO NOTÍCIAS/FOLHAPRESS

riações pelo corpo. O motorista da carreta, que havia deixado o lugar do acidente, se apresentou à Polícia Civil de Alagoinhas

para prestar depoimento. Segundo perícia da polícia, o trator que era transportado estava solto na carroceria da carreta. METRO

METRO BRASÍLIA

METRO BRASÍLIA

Prestes a assumir o cargo de ministro da saúde, Arthur Chioro, secretário de Saúde de São Bernardo, no ABC (Grande São Paulo), terá que enfrentar uma marcação cerrada da oposição. O PPS anunciou ontem que pedirá à Comissão de Ética Pública da Presidência da República a abertura de uma investigação da empresa de consultoria, que mantém contratos que seriam ilegais com prefeituras. A Consaúde foi repassada na semana passada para o controle da mulher dele, Roseli Regis dos Reis. O PSDB afirmou que pedirá ao MP (Ministério Público) de São Paulo que agilize a conclusão da investigação dos contratos da consultoria. METRO BRASÍLIA


|06|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

“Condenados devem ficar no ostracismo”

Mensalão. Presidente do STF reagiu ontem às críticas de João Paulo Cunha, que disse que Joaquim Barbosa tem feito ‘pirotecnia’ O presidente do STF (Supremo Tibunal Federal), Joaquim Barbosa, reagiu ontem às críticas do deputado João Paulo Cunha (PT-SP), de que tem feito “pirotecnia” no andamento da ação penal do mensalão. Para Barbosa, “condenados por corrupção devem ficar no ostracismo e perder uma boa parte dos seus direitos”. O ex-presidente da Câmara dos Deputados teve o processo no mensalão encerrado sem a expedição do mandato de prisão, porque o presidente do STF saiu de férias sem assinar a decisão. Cunha classificou o ato como falta de ‘civilidade, humanidade e cortesia’. Os ministros Cármen Lúcia e Ricardo Lewandowski, que ocuparam a presidência do STF, também não assinaram o mandado por não considerarem a medida de acor-

“A pessoa quando é condenada criminalmente perde uma boa parte dos seus direitos, que ficam em hibernação até que ela cumpra a pena.” JOAQUIM BARBOSA, PRESIDENTE DO STF

do com o regimento interno do Supremo, e por não verem urgência no caso. A troca de farpas foi feita por meio de entrevistas. Barbosa disse que a mídia glorifica pessoas condenadas por corrupção quando abre suas páginas para declarações como as do deputado. “Esse senhor foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal, pelos 11 ministros do STF. Eu não tenho costume de dialogar com réu. Eu não

falo com réu”, reagiu o ministro que está em Londres para compromissos oficiais. Antes de chegar à Inglaterra, ele passou cinco dias em Paris, onde discursou no Conselho Constitucional Francês. No dia 24, o advogado de Cunha, Alberto Toron, também atacou Barbosa por ter saído de férias sem assinar o mandato de prisão: “É o fim da picada. Eu acho que não tem que dizer muito mais do que isso. E ele confortavelmente dando seu ‘rolezinho’ em Paris”. “Um advogado vir a público fazer grosserias preconceituosas contra um membro do Judiciário que julgou seu cliente é prova de um déficit civilizatório”, respondeu Barbosa. O presidente do STF deve determinar a prisão de João Paulo na próxima semana. METRO BRASÍLIA

Joaquim Barbosa está em Londres para compromissos oficiais | FELIPE SAMPAIO/STF

Facção ordena morte de PMs para vingar chacina

Operação foi feita para barrar mortes de PMs | THOMAZ MAROSTEGAN/METRO CAMPINAS

Cinco pessoas foram detidas ontem em uma operação desencadeada para evitar a morte de dois PMs (policiais militares) encomendada por uma facção criminosa para vingar as pessoas assassinadas na chacina ocorrida em Campinas entre a noite do dia 12 de janeiro e a madrugada do dia 13. Por meio de ligações, a facção, primeiro, disparou a ordem para que fosse ve-

rificado se algum dos mortos pertencia ao PCC. Uma lista com os nomes das 12 vítimas foi encontrada ontem com um dos presos. Nenhum foi identificado como sendo da facção, mas por pressão dos traficantes locais, foi ordenada a execução aleatória de dois PMs. Interceptações telefônicas autorizadas pela Justiça orientaram a ação conjunta do Gaeco – grupo

do Ministério Público que combate o crime organizado – e Baep – batalhão especial da PM – ontem em Campinas e Paulínia, para prender os cinco integrantes da facção criminosa que estariam planejando as mortes a partir da identificação da rotina dos PMs. Quatro mandados foram cumpridos. Um dos homens que teve a prisão decretada conseguiu fugir. METRO

Secretário defende ação contra estudante baleado O secretário da Segurança Pública de São Paulo, Fernando Grella, e o comandante-geral da PM, Benedito Meira, saíram ontem em defesa dos três policiais que balearam o estudante Fabrício Proteus Nunes, 22, sábado à noite. O caso ocorreu após um protesto contra a Copa do Mundo. Grella apresentou fotos do material que teria sido apreendido com o jovem: dois estiletes, uma chave de

“A polícia agiu corretamente. Ela tem que interceder quando há uma quebra da ordem” FERNANDO GRELLA, SECRETÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA DE SÃO PAULO

grifo e produtos supostamente utilizados para confecção de bombas caseiras. O comandante da PM disse

que os policiais agiram em legítima defesa. “Seria diferente se o policial tivesse efetuado dez, 12 disparos.” Segundo ele, Fabrício e um amigo foram perseguidos após usar um estilete contra um dos policiais e foi alvejado com dois tiros – um na virilha e outro no peito. Imagens de câmeras de segurança serão utilizadas no inquérito que apura o caso. O jovem continua internado na UTI. METRO


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

Argentina limita compra de dólar Crise cambial. Argentino poderá adquirir US$ 2 mil por mês para investimento. Cristina Kirchner diz que bancos fazem especulação Para impedir a fuga de divisas do país, o governo argentino decidiu pela flexibilização dos rigorosos controles cambiais que vem impondo desde outubro de 2011. A Casa Rosada anunciou ontem que os poupadores argentinos poderão comprar até US$ 2 mil por mês se estiverem em dia com seus impostos. Para fazer a transação é preciso ter renda mínima mensal de 7.200 pesos (US$ 900). Além disso, o valor adquirido deverá corresponder a até 20% do salário. Sobre as compras de dólares incidirá um imposto de 20%, a não ser que as divisas permaneçam depositadas em uma conta bancária por ao menos 365 dias, quando estarão liberadas do tributo. Após o anúncio da medida, o dólar fechou o dia cotada a 8,015 pesos na venda, uma leve alta de 0,15%. No paralelo, a moeda americana foi negociada a 12,20 pesos. Em sua primeira declaração desde a maior desvalorização do peso em 12 anos, ocorrida na última quinta-feira, quando ele havia caído 11%, Cristina Kirchner acusou os bancos, “com a

Após medidas, dólar se mantém em 8 pesos | ENRIQUE MARCARIAN/REUTERS

cumplicidade de grupos econômicos, exportadores e importadores”, de fazer especulação sobre o câmbio de países emergentes. “Parece que alguns querem nos fazer tomar sopa outra vez, mas agora com garfo. Quem? Os mesmos de sempre. Os que ficaram com suas economias em 2001 e que nós tivemos que pagar com o Boden 12 [Bônus do Estado Nacional]”, escreveu ontem a presidente no Twitter. Os supermercadistas já anunciaram que a alta do dólar vai repercutir nos preços dos produtos. “A inflação

por lá começou a aparecer e a sensação de descontrole é gigante”, diz Samy Dana, economista da FGV (Fundação Getulio Vargas). Turista brasileiro Segundo o economista, como há uma pouca credibilidade no governo, e por conseguinte, nos pesos, os argentinos estão pagando preços altíssimos em outras divisas. “O turista brasileiro tem grande poder de barganha com reais e dólares na mão, afinal, estão todos sedentos por qualquer coisa que não seja pesos”, diz Dana. METRO

Análise

Delfim: risco de contaminação é reduzido O ex-ministro da Fazenda Delfim Netto, colaborador da Rádio Bandeirantes, disse acreditar que é muito reduzida a chance de contaminação da economia brasileira pela crise na Argentina. Para ele, não há mais confusão de um país com o outro. “Todo mundo sabe que o nosso comportamento é de outra natureza. Quando fizemos o ‘default’, nunca dissemos que não iríamos pagar. Pelo contrário, negociamos. O Brasil fez o que tinha de fazer quando mexeu no câmbio e fez adequadamente”, disse. Delfim considerou ainda um “exagero” o Brasil ser incluído no grupo dos cinco países mais frágeis em relação ao câmbio, ao lado de África do Sul, Índia, Indonésia e Turquia. “A situação brasileira é muito melhor que a desses países.” METRO

{ECONOMIA}

|07|◊◊

No Brasil, moeda atinge o maior valor desde agosto A preocupação com a situação econômica de vários países emergentes continuou causando depreciações em suas moedas nacionais. E a expectativa é que a pressão continue nos próximos dias, com a expectativa da reunião do banco central dos EUA. No Brasil, o dólar comercial fechou em alta de 1,17% ontem, a R$ 2,426 na venda. É o maior valor de fechamento desde 22 de agosto de 2013, quando a moeda norte-americana fechou a R$ 2,432. No ano, o dólar acumula alta de 2,91% No exterior, as moedas de países emergentes, como a lira turca, o rand sul-africano e o peso mexicano, também se depreciaram frente ao dólar. O real, no entanto, teve uma baixa mais expressiva.

R$ 2,42

é a cotação do dólar comercial, que subiu 1,17% ontem. Alta foi influenciada pela aversão a economias emergentes A alta do dólar foi influenciada ainda pela expectativa sobre a reunião do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), que será realizada hoje e amanhã. Os investidores acreditam que o Fed deve anunciar mais um corte de US$ 10 bilhões no programa de compras mensais de títulos, hoje em US$ 75 bilhões. A decisão reduziria ainda mais a quantidade de dólares em circulação no mundo. METRO

Inflação

BC combate repasses, diz Tombini O presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, afirmou ontem que a autoridade monetária está combatendo o repasse do câmbio aos preços. Em palestra na London School of Economics, em Londres, ele disse que o BC se blindará da fuga de recursos dos emer-

gentes com uma política de aperto monetário para combater a inflação. Para Tombini, a inflação de alimentos, apesar de alta, está diminuindo. A expectativa é que ela fique em 5,7% em janeiro, segundo ele. A fala de Tombini ajuda a corroborar as avaliações de que o BC vai continuar com seu ciclo de aperto monetário, iniciado em abril e que levou a Selic aos atuais 10,50%. METRO

Celular 1

Mais 5 Estados terão o 9º dígito Os números de celular do Amazonas, Pará, Maranhão, Amapá e Roraima terão um dígito a mais a partir de 2 de novembro. O dígito 9 deve ser incluído antes dos números com DDD 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97, 98 e 99. METRO Celular 2

271 milhões de linhas no Brasil

Campus Party quer incentivar empreendedor O mais importante evento de tecnologia da América Latina, a Campus Party, começou ontem na capital paulista, com participação de 8 mil pessoas. A 7ª edição do evento, que vai até 2 de fevereiro, quer impulsionar os jovens empreendedores. Principal destaque, Bruce Dickinson, vocalista da banda Iron Maiden, falará hoje sobre suas experiências na área de aviação | FOLHAPRESS

O Brasil encerrou 2013 com 271.099.799 linhas ativas na telefonia móvel, informou a Agência Nacional de Telecomunicações. No ano, foram 9,92 milhões de novas adesões, ou seja, um crescimento de 3,55% ante o final de 2012. METRO

Itens de segurança se tornaram obrigatórios para todos os carros |RENATO ARAÚJO/ABR

Carro. Governo cortará imposto para insumos de airbag e ABS O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior informou ontem que vai realizar consulta pública para definir uma lista de componentes para dispositivos de segurança automotivos não fabricados no Brasil que poderão ter redução temporária do Imposto de Importação para 2%. A consulta pública terá duração de 30 dias. Serão beneficiados, principalmen-

te, itens para fabricação de dispositivos de segurança como airbag e freios ABS, que passaram a ser obrigatórios para todos os carros produzidos no Brasil desde o início de 2014. De acordo com cálculos preliminares da indústria automobilística, os preços dos veículos podem subir de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil coma inclusão dos dispositivos. METRO


|08|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

ARQUIVO PESSOAL/METRO INTERNACIONAL

Obama enfrenta hoje um Congresso dividido Discurso da União. Economia e emprego, além de meio ambiente, são os principais pontos da pauta que o presidente dos EUA preparou para expor hoje aos congressistas

VYACHESLAV LIKHACHEV “O governo ucraniano não está levando as negociações com a oposição a sério” Os protestos contra o governo na Ucrânia estão ficando mais violentos, com a ministra da Justiça Olena Lukash ameaçando um estado de emergência se os manifestantes não deixarem a sede do ministério. O Metro Jornal falou sobre o processo com Vyacheslav Likhachev, um ativista ucraniano de direitos humanos. A situação está mudando rapidamente. Os manifestantes estão sentindo que podem ganhar a disputa? O governo não está levando a sério a negociação com os manifestantes. A polícia e os bandidos estão atacando os manifestantes. Por isso, os manifestantes dispostos a aceitar a violência são os mais dispostos a sair para a rua. Eles têm armas caseiras e, por isso, estão na linha de frente. Estes manifestantes armados são uma minoria nos protestos, mas é bom para o governo mostrá-los na TV. E isso faz com que seja mais fácil passar a legislação que proíbe protestos pacíficos. O governo ucraniano precisa justificar aos ocidentais por que está batendo em manifestantes. E pode dizer: “Eles são fascistas. O que vamos fazer?”.

Como outros manifestantes veem esta minoria violenta? Há uma teoria da conspiração de que esses grupos de direita radical estão colaborando com o governo, e há uma justificativa para esses pensamentos. Por exemplo, logo após o início dos protestos, os manifestantes de direita radical se apresentaram com cartazes protestando contra a integração da Ucrânia à União Europeia. Mas os protestos são a favor da integração da Ucrânia à UE, então, por que estão participando? Claro, eles também estão protestando contra a violência policial, por isso é lógico que eles estão participando por esse motivo. Vitaly Klitschko é visto como líder pelos manifestantes? Pouco a pouco, ele se tornou o líder do protesto, mas não era. Políticos da oposição não faziam parte dos protestos. Muitos manifestantes ainda não o veem como líder. Se ele dissesse “Vamos acabar com este protesto e ir para casa”, metade não o ouviria. ELISABETH BRAW

Obama vai investir na economia e na redução da pobreza | YURI GRIPAS/REUTERS

Honduras

Colômbia

Conservador assume comando

Juan Manuel quer a reeleição

Frear a crescente violência do narcotráfico será um dos maiores desafios do novo presidente de Honduras, Juan Orlando Hernández. O político conservador assumiu ontem o país com a promessa de tolerância zero e um pedido para que os EUA reconheçam a sua responsabilidade no assunto. METRO

Quatro candidatos registraram a candidatura às eleições presidenciais na Colômbia, marcadas para 25 de maio. Estão inscritos o presidente Juan Manuel Santos, que busca a reeleição; Oscar Iván Zuluaga (Centro Democrático), Clara López (Pólo Democrático) e Aída Avella (União Patriótica). METRO

METRO INTERNACIONAL

No tradicional discurso que fará sobre o Estado da União, hoje, em Washington, Barack Obama vai expor uma pauta sobre emprego, economia e meio ambiente. O presidente dos Estados Unidos enfrentará um Congresso politicamente dividido que tem dado trabalho ao governo. De acordo com seus principais assessores, Obama vai trabalhar com o congresso quando for possível e passará por cima dele quando achar necessário. O objetivo, ao adotar decisões unilaterais, seria trabalhar para reduzir o abismo entre ricos e pobres nos EUA. Em 14 de janeiro, antes de uma reunião com seu gabinete, Obama disse: “Vamos tentar trabalhar com líderes empresariais para oferecer uma segunda chance aos americanos que

querem voltar ao trabalho e têm a capacidade de fazer isso, mas não estão tendo oportunidade”. Os esforços de Obama para apoiar norte-americanos desempregados fazem parte da estratégia econômica que constará de seu discurso anual e será explicada em viagem posterior que fará a quatro Estados. “Com um pouco de ação da parte de todos nós, podemos ajudar mais pessoas a encontrar emprego, e mais empregados americanos a encontrar segurança econômica”, disse no sábado Dan Pfeiffer, assessor do presidente. “Na semana seguinte ao discurso, o presidente Obama vai viajar para comunidades em todo o país (...) antes de voltar para a Casa Branca para delinear novos esforços para ajudar os desempregados.” METRO

Síria. Conversas de paz param e Homs espera ajuda Os Estados Unidos exigiram ontem que a Síria permita o envio de ajuda por via aérea à cidade de Homs, enquanto as conversações para encerrar três anos de guerra civil enfrentam mais problemas na questão do futuro do presidente Bashar al-Assad. O governo sírio disse que mulheres e crianças poderiam deixar a cidade de Homs, que está cercada, e os rebeldes deveriam entregar os nomes dos homens que perma-

neceriam. Um porta-voz do Departamento de Estado dos EUA disse que uma remoção de população não é uma alternativa à ajuda imediata. “Nós acreditamos firmemente que o regime sírio tem de aprovar os comboios de entrega de ajuda humanitária urgentemente necessária na Cidade Velha de Homs agora”, disse o porta-voz Edgar Vásquez. “A situação é desesperadora e as pessoas estão passando fome.” METRO

Cúpula em Cuba quer evitar influência dos EUA

Dilma e Cristina Kirchner se encontram em Havana | GOV. ARGENTINA/REUTERS

Governantes da América Latina e do Caribe estão reunidos desde ontem em Cuba para discutir comércio, paz e direitos humanos. A conferência que termina amanhã vai tratar de temas como as negociações de paz na Colômbia, pobreza no Haiti e direitos humanos. Ao todo, 33 países da região vão participar, incluindo o Brasil, representado pela presidente Dilma Rousseff. Os EUA e o Canadá não

900

milhões de dólares custaram as obras do Porto de Mariel, próximo a Havana, financiado pelo BNDES foram convidados. A Celac (Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos) teve a sua primeira cúpula no Chile em 2013. O grupo rivaliza com a Or-

ganização dos Estados Americanos e a Cúpula das Américas, dominadas pelos EUA, das quais Cuba não participa. Porto de Mariel Ontem, a presidente Dilma Rousseff e o líder cubano Raúl Castro inauguraram a primeira etapa do Porto de Mariel, a 45 quilômetros a leste de Havana. No valor de mais de US$ 900 milhões, o porto foi financiado principalmente pelo Banco Na-

cional de Desenvolvimento Econômico e Social e construído pela Odebrecht. Dilma afirmou também que há várias empresas brasileiras interessadas na segunda etapa do porto, que contará com investimentos de US$ 290 milhões. Segundo ela, quando começar a funcionar, o porto poderá aumentar “substancialmente” o volume de comércio da ilha, um dos três maiores do Caribe. METRO


2 CULTURA

|10|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

“Um Bro deixa a tampa da privada levantada para seus outros Bros” “Um Bro mantém seus casos de sexo sem compromisso a uma distância segura”

“Se um Bro pega um violão numa festa e começa a tocar, outro Bro deve dizer que ele é um idiota”

“Bros não usam bigode. Exceção: Tom Selleck”

“Um Bro nunca vai de jeans para um clube de striptease”

“Um Bro deve fazer todo esforço para ajudar outro Bro a fazer um ménage à trois, menos completar ele mesmo o ménage”

“Bros não ficam agarradinhos”

“Um Bro nunca revela a existência do Código Bro a uma mulher. É um documento sagrado que não deve ser compartilhado com garotas por nenhuma razão… Não, nem por essa”

“Um Bro nunca corrige o que escreve”

“Um Bro não poupa esforços para proteger seu Bro”

Ação entre

amigos Lançamento. Livro do personagem de Neil Patrick Harris em ‘How I Met Your Mother’, ‘O Código Bro’ traz dicas divertidas e politicamente incorretas “Bro” é mais do que um amigo, é aquele parceiro para todas as horas, um confidente, um verdadeiro irmão, ou melhor, um “brother”. A partir dessa premissa, o mulherengo personagem Barney Stinson, interpretado por Neil Patrick Harris na série “How I Met Your Mother”, lançou o livro “O Código Bro”, uma compilação que chega ao mundo real pela editora Intrínseca com dicas para que os Bros vivam em harmonia e consigam seu maior objetivo na vida: conquistar as mulheres que eles desejam. Figura carismática da série, Stinson é um expoente do “bromance” (mistura de “bro” e “romance”), como a TV e o cinema americanos

vêm descrevendo a amizade forte e incondicional entre dois caras dispostos a colocar a relação até mesmo à frente da família. No caso do personagem, isso se dá da forma mais politicamente incorreta e divertida possível, já que a misoginia exagerada dele só ajuda a ressaltar o absurdo de tudo o que fala. A primeira temporada da série vem sendo exibida pela Band às seg., ter., qui. e sex., às 21h35. O nono e último ano será exibido no país pelo canal Fox, ainda sem previsão. O episódio final vai ao ar nos EUA no dia 31 de março.

“O CÓDIGO BRO” BARNEY STINSON E MATT KUHN ED. INTRÍNSECA 208 PÁGS. R$ 20

PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

ARVID STRIDH/DIVULGAÇÃO

Guitarrada é do Pará

Hugh Jackman

Barba Negra O estúdio Warner Bros. confirmou que o ator interpretará o famoso pirata na nova versão de “Peter Pan”. O filme terá direção de Joe Wright e estreia prevista para 17 de julho de 2015.

Solano é referência na música paraense | BRUNNO REGIS/DIVULGAÇÃO

O sorriso simpático, a camisa florida e o jeitão tranquilo não entregam que Mestre Solano, aos 72 anos, é de fato um dos maiores músicos do país. Basta ouvir suas canções em ritmo de guitarrada para entender. Foi a partir dela que Solano lançou 17 discos, sendo o mais recente “O Som da Amazônia”, que acaba de sair pela Natura Musical e traz uma verdadeira volta às raízes, em 13 músicas – sete inéditas e apenas duas cantadas. A sua guitarrada é uma verdadeira aula de energia.

“O SOM DA AMAZÔNIA” MESTRE SOLANO NATURA MUSICAL R$ 25

Inspirado pela música caribenha, que vinda das ondas do rádio chegavam a Abaetetuba, Pará, sua cidade natal, o então jovem Solano começou a traçar suas primeiras notas musicais, misturando-as com o carimbó e a lambada. Dedicado, se tornou um dos maiores músicos daquele Estado. Em seu novo álbum, o Mes-

tre recupera alguns de seus sucessos da década de 1980, em mistura fácil das melodias pop com o virtuosismo dos solos. As músicas inéditas também ganham destaque, como “Rei Solano” e a vibrante “As Belezas do Marajó”. Dono do hit “Americana” – regravada recentemente por Arnaldo Antunes –, Solano enfim conseguiu produzir um trabalho com respaldo técnico e financeiro dignos para despejar sua sabedoria em notas de sua amada guitarra Gibson. PAULO BORGIA


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Imagens do Grammy 1, 2 E 4 . KEVORK DJANSEZIAN/ GETTY IMAGES 3 . JASON MERRITT/ GETTY IMAGES

1 Daft Punk domina 3 a noite do Grammy 1 Rodgers, Wonder e Pharrell, com o duo Daft Punk ao fundo, durante performance no Grammy | MARIO ANZUONI/REUTERS

4

2

Encontro histórico. Paul McCartney e Ringo Starr

56ª edição. Duo francês de música eletrônica conquistou os principais prêmios da festa da música, entre eles, o de álbum do ano. Jay Z, com nove indicações, levou apenas dois troféus A noite do último domingo definitivamente foi da dupla francesa de capacetes futuristas Daft Punk. Além da conquista dos principais prêmios, de álbum do ano para “Random Access Memories” e single do ano para “Get Lucky”, o duo francês ainda tocou a música ao vivo ao lado de Stevie Wonder, Pharell Williams e Nile Rodgers, levantando o público presente à premiação em Los Angeles, com direito a dancinhas de Yoko Ono e Steven Tyler. A festa do Daft Punk ain-

da ficou completa com os troféus de álbum de música eletrônica e performance pop de duo ou grupo pelo mega hit. A jovem Lorde, de apenas 17 anos, também foi um dos destaques da premiação, ao levar o título de canção do ano e performance pop solo, por “Royals” Com nove indicações, Jay-Z saiu apenas com duas vitórias, um tanto inexpressivas, por colaboração de rap, em sua parceria com Justin Timberlake na música “Holy Grail”, e melhor videocli-

pe, para sua participação na música “Suit & Tie”, de Timberlake. Não estamos na década de 1970, mas a parte curiosa da festa foi a premiação de melhor álbum de rock para “Celebration Day”, do Led Zeppelin, e melhor performance de metal, para “God is Dead?”, do Black Sabbath. A noite ainda teve shows de Taylor Swift, Pink, Metallica, e a parceria entre Nine Inch Nails, Queens of the Stone Age, Lindsay Buckingham e Dave Grohl, que fechou a festa. METRO

Os ex-Beatles subiram ao palco e cantaram “Queenie Eye”, do novo disco de Paul, “New”. METRO RIO

2

Beyoncé e Jay Z. Performance sexy para o marido

A cantora ‘causou’ com seu rebolado provocante para o marido Jay Z, na performance de abertura da premiação. METRO RIO

3 4

Madonna. Sorriso de ouro

A cantora chamou atenção pelo figurino a la Yoko Ono e pelo grill de ouro nos dentes. METRO RIO

Lorde: canção do ano e performance pop solo | KEVORK DJANSEZIAN/ GETTY IMAGES

Nine Inch Nails. Cortado pela TV

Interrompido pela TV antes do final de sua apresentação, o vocalista Trent Reznor criticou a cerimônia no Twitter: “A maior noite da música... deve ser desrespeitada. Um ‘FUCK YOU’ do fundo do coração, caras.” METRO RIO

Japonesa quer conquistar fãs brasileiros Ela é cantora, tem 28 anos e é japonesa. Mas faz sucesso com suas adaptações de músicas brasileiras famosas no YouTube. Com o aumento do número de fãs, Tsubasa Immamura abriu um canal no site para seus seguidores brasileiros, mostrando curiosidades da cultura nipônica. Em seu repertório, estão cantores e bandas brasileiras consagradas, como Barão Vermelho, Raul Seixas, Caetano Veloso, Marisa Monte e Legião Urbana. Sua versão para “Pra Ser Sincero”, do Engenheiros do Ha-

285 mil

visualizações tem a versão de Tsubasa Immamura para ‘Pais e Filhos’, clássica canção da banda Legião Urbana. waii, tem mais de 140 mil visualizações. A grande dificuldade para a cantora conseguir adaptar as músicas cantando em português, diz ela, é a pronúncia. “Minha maior dificuldade é falar a letra R corretamente.

No nosso idioma, não temos um jeito correto de pronunciar o ‘R’ e o ‘L’. Por isso, cada pessoa diz de uma maneira diferente”, explica. A dificuldade de pronunciar algumas palavras, mais o sotaque um pouco carregado, já renderam brincadeiras por parte de alguns internautas, comparando Tsubasa ao personagem Cebolinha, dos quadrinhos Turma da Mônica. “Costumam me chamar de Cebolinha, e eu particularmente acho ele muito bonitinho”, diverte-se. Os pro-

blemas com o idioma não impediram que Tsubasa Immamura fizesse shows em solo brasileiro. O primeiro foi em 2009, quando a cantora foi convidada para se apresentar no festival Tanabata Matsuri, que ocorre todos os anos no bairro da Liberdade, famoso reduto japonês em São Paulo. Desde então, retorna todos os anos. Só no ano passado, ela se apresentou em mais de 15 cidades no país, percorrendo desde o Rio Grande do Sul até o Amazonas. METRO RIO

Tsubasa Immamura criou canal na internet para se aproximar dos fãs | DIVULGAÇAO


|12|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Cooler gela a bebida e carrega celular

Os invasores

Passageiro sofre em Ibirité

Cruzadas

Dois em um. Invenção é movida a energia solar e pode até transportar vacinas na África Nos dias de hoje, o tempo está cada vez mais curto e as pessoas super apressadas. Fazer duas ou mais coisas ao mesmo tempo parece uma ideia cada vez mais atraente. Então, carregar o smartphone enquanto a cerveja gela, para muitas pessoas, é uma ótima solução. O SolarCooler, apresentado na CES 2014 (feira anual de tecnologia), em Las Vesgas, foi desenvolvido por Ryan McGann, um engenheiro norte-americano, e acomoda 60 latinhas ou 40 litros. Quem não gosta de bebido alcoólica, pode colocar refrigerante no lugar e ainda produzir cubos de gelo para

Leitor fala

um resfriamento extra. Com o auxílio de um plug USB de 12v, o cooler de 22 kg, pode ser conectado a outros eletrônicos além do celular, como caixas de som e tablets e funciona por meio de painéis de energia solar. Além do caráter recreativo, McGann declarou que sua invenção também tem um caráter humanitário uma vez que serve para armazenar e transportar vacinas na África. Se o inventor conseguir arrecadar os cerca de R$ 400 mil necessários para financiar sua ideia - atualmente aberta no site Indiegogo - seu sonho pode virar realidade. METRO

Vejo um total descaso e falta de respeito com a população do bairro Palmares B em Ibirité. As linhas 1230, 1300 e 1140 possuem um horário totalmente defasado para atender a demanda da população – quando cumprem o horário. As péssimas condições dos veículos, principalmente em época de chuvas, é algo deplorável. Além da excessiva normalidade de pane deixando os passageiros à servidão da precariedade. Por muitas vezes os condutores deixam os passageiros nos pontos de ônibus ou por vezes passam, como na estação de metrô Eldorado, em plataforma contrária de embarque para o bairro. Quando se entra em contato com a Saritur eles têm a “cara de pau” de responder “Senhora, nos nossos registros está tudo na normalidade”. Esperar um ônibus por mais de uma hora é normal? Considero que esperar um ônibus por 30 minutos já é bastante exagerado. Ou a culpa é do trânsito. Engraçado, só os ônibus que atendem a este bairro pegam trânsito? Dentre outros diversos acontecimentos estão presentes diariamente. A falta de respeito para com uma população que sofre pela realidade social do nosso país é constante e ninguém explica e nem resolve nada. Por vezes se encontram notícias sobre a fiscalização do DER/MG sobre o transporte clandestino. E quando teremos uma fiscalização pelo transporte pago caro pela população? JAEL SILVA OLIVEIRA – IBIRITÉ/MG

Metro Pergunta

Sudoku

Mais de 130 blocos se cadastraram para desfilar em Siga o Metro no Twitter: BH durante o Carnaval deste ano. Pretende ficar na cidade @jornal_metrobh para pular nos bloquinhos? @carlacafeBH

Moro em Santê. O Carnaval aqui ano passado foi ótimo, mas confesso que estou preocupada este ano. Policiamento e banheiro, isso tem que ter aos montes. @raffaelpimenta

Mesmo sendo mineiro, nascido em 1991, eu nem sabia que BH tinha bloco de Carnaval.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bh@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Geladeira portátil também carrega smartphone | DIVULGAÇÃO/SOLARCOOL

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

A persistência com projetos é necessária, mas deve ponderar para que a pressa em resolver tudo de uma só vez não ponha tudo a perder.

Cuide para que a ansiedade com algumas expectativas não tire sua concentração junto a assuntos mais simples.

Há tendências para posturas mais consumistas, momento indicado para reavaliar as despesas que são efetivamente essenciais.

Propensões para mais empenho com temas relacionados a viagens, contatos à distância e a novos conhecimentos.

Momento especial para divulgações. Também há tendências para se dedicar a novas habilidades que deseja desenvolver.

Com a Lua em seu signo, a disciplina com interesses profissionais e as obrigações diárias tendem a aumentar. Atente-se com exigências.

O momento é pouco indicado para se envolver em negócios ousados. É mais recomendável lidar com revisões de parcerias..

Tendências a organizar questões domésticas, mas com atenção para não se comportar de forma radical com familiares.  

Cuide para não se afastar de pessoas especiais por causa de irritações da rotina. Algumas delas poderão auxiliá-lo.

Um pouco mais de paciência com as diferenças de pensamento será fundamental para decisões na vida conjugal e relações familiares.

A comunicação será determinante no esclarecimento de assuntos. Nada de deixar passar batido mal entendidos nas relações.

Tendências a lidar com esclarecimentos diante de assuntos que envolvam suas amizades e conhecer melhor os pensamentos de algumas. 


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

CAMPANHA NÃO É SÓ COMÉDIA E REPETECO Confira os espetáculos de dança e música que estão em cartaz na capital pela 40ª Campanha de Popularização do Teatro e da Dança

1

METRO BH

‘Pó de Nuvens’

Criação do grupo Primeiro Ato, o espetáculo é inspirado na literatura de Guimarães Rosa e na melodia de Milton Nascimento. A plateia vai se identificar com a coreografia que presta uma verdadeira homenagem à mineiridade com bom humor e poesia. Sessão hoje, às 21h, no Teatro Bradesco (Lourdes). O espetáculo faz ainda nova temporada nos dias 4 e 5 de fevereiro no Sesc Pal-

2

Dança e emoção | GUTO MUNIZ/DIVULGAÇÃO

ladium (Centro). A Campanha segue até 2 de março com 151 peças. Informações pelo sinparc.com.br.

‘Samba, Amor e Malandragem’

Clássicos do samba dão o tom na história de uma turma que vive no morro. No repertório, sucessos de Bezerra da Silva, Chico Buarque, Martinho da Vila, Cartola, Pinxiguinha, Ary Barroso e Zé Kéti – selecionados entre duas mil músicas. As faixas são executadas ao vivo. O musical estreia na Campanha. A temporada termina neste fim de semana: de

3

Realidade ao som de samba | DIVULGAÇÃO

quinta a sábado, às 20h30, e no domingo, às 19h, no Teatro da Cidade (Centro).

‘Nas Ondas do Rádio’

O musical revive o luxo e o glamour da chamada era de ouro da Rádio Nacional, nos anos 1950. Uma época em que vedetes, atores, cantores e comediantes divertiam os ouvintes com música e descontração. O figurino imita as roupas desse período. Apresentação neste sábado, às 21h, no Sesc Palladium (Centro),

Era de Ouro | ADRIANA PORTO/DIVULGAÇÃO

e dia 11 de fevereiro no Cine Theatro Brasil (Praça Sete).

{CULTURA}

|13|◊◊

Perspectivas para o audiovisual “É um momento singular da produção audiovisual no país”, afirmou ontem o presidente da Ancine (Agência Nacional do Cinema), Manoel Rangel, no debate da 17ª Mostra de Cinema de Tiradentes que traçou as perspetivas para o setor em 2014. Rangel detalhou os novos projetos de incentivo lançados pela Ancine e ava-

liou o papel das distribuidoras brasileiras na difusão das produções rodadas no país. À noite, o público conferiu “A Vizinhança do Tigre”, o primeiro dos sete longas que disputam a competitiva Aurora, dedicada a diretores em início de carreira. A Mostra termina neste sábado. METRO BH

Público também vota em seu filme predileto | LEO LARA/UNIVERSO PRODUÇÃO


3

|14|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

LUCILÉIA

Eleita melhor jogadora de futsal do mundo, ala da Lazio fala ao Metro sobre a conquista e o esporte

‘PARECE UM SONHO’

ESPORTE

A ala Luciléia, que atua na Lazio (ITA), foi eleita a melhor jogadora de futsal do mundo, muito por conta da atuação no último Mundial Feminino da modalidade – vencido pelo Brasil, em dezembro – e a artilharia da competição, com 11 gols. Em entrevista exclusiva ao Metro, a atleta de 30 anos, natural de Santo Ângelo (RS), falou sobre sua paixão pelo esporte e a honra de ser a melhor do planeta. Como você reagiu à notícia sobre o prêmio? Fiquei muito surpresa. Ainda está difícil de acreditar, parece um sonho do qual não quero acordar!

DIVULGAÇÃO

Como o futsal surgiu na sua vida? Desde pequena, sempre estava com a bola, jogando com os meus primos. Na escola, essa paixão pelo futsal só

aumentou. Até que, aos 17 anos, comecei a jogar no time da minha cidade natal, o Santo Ângelo. E qual foi a sua trajetória até chegar ao futsal italiano? Joguei durante seis anos no Santo Ângelo, sempre em campeonatos regionais e estaduais. Em 2005, jogamos a Liga, que foi a primeira competição em nível nacional da equipe, e ficamos em terceiro lugar. No ano seguinte, fui para o Kindermann, de Caçador (RS), onde joguei por mais seis anos e conquistei meus maiores títulos e também cheguei a Seleção Brasileira. Há dois anos, jogo no futsal Italiano, defendendo as cores da Lazio. No Brasil, o futsal feminino não é muito difundido. O que mais faz falta?

Essa é uma das grandes dificuldades que encontramos em nossa modalidade: a falta de apoio, de incentivo, e principalmente de um calendário definido. A Liga, por exemplo, que é a principal competição no Brasil, dura somente dois meses. Como mudar esse cenário? O futsal feminino brasileiro atingiu um alto nível técnico e tático. Acredito que uma maior visibilidade por parte dos meios de comunicação, mas principalmente por parte da TV, transmitindo alguns jogos do feminino ou pelo menos a final da Liga, já seria um ponto de partida. Outro ponto importante seria a adoção de um calendário mais bem defino, do início ao fim da temporada, o que permitiria uma maior organização por parte das equipes e da mídia. METRO

Bellucci é o melhor brasileiro Vencedor do Aberto da Austrália após bater o favorito Rafael Nadal, o suíço Stanislas Wawrinka subiu cinco posições e assumiu a terceira colocação do ranking da ATP, atualizado ontem. O espanhol continua líder e aumentou ainda mais a distância para o segundo colocado, o sérvio Novak Djokovic, com 3.710 pontos de vantagem.

Antes, a diferença entre os dois era de 870 pontos. O argentino Juan Martín del Potro subiu uma colocação e agora é quarto. Eliminado por Nadal nas semifinais em Melbourne, Roger Federer caiu para a oitava posição. O brasileiro Thomaz Bellucci deu um salto no ranking, ganhou 13 posições e agora é o número 116 da lis-

Trocou

ta, com 490 pontos, voltando a ser o melhor tenista do Brasil, ultrapassando João Souza. Convidado Wawrinka foi convidado para disputar o Aberto do Brasil, entre os dias 24 de fevereiro e 2 de março, em São Paulo. Em 2013, o suíço cancelou a participação por exaustão física. METRO MMA

United

O Manchester United apresentou oficialmente ontem o meia Juan Mata. O clube pagou 44,7 milhões de euros (cerca de R$ 146,5 milhões) para contratar o espanhol junto ao Chelsea. Foi a maior contratação da história dos Red Devils.

Mensagem para Schumacher A Mercedes vai homenagear o heptacampeão Michael Schumacher durante a pré-temporada da Fórmula 1, que começa hoje, na Espanha. Os carros terão a mensagem “Continue lutando, Michael”. O time foi o último do alemão na categoria. | DIVULGAÇÃO

Wawrinka subiu cinco posições no ranking da ATP | JASON REED/REUTERS

Vôlei

Basquete

Rival de José Aldo afirma que ‘todo reinado acaba’

Seleção masculina conhece rivais do próximo Mundial

Vaga na Copa do Mundo será definida sábado

Adversário de José Aldo no UFC 169, que ocorre sábado, nos EUA, o americano Ricardo Lamas afirmou que a hegemonia do brasileiro entre os penas (até 66kg) está no fim: “Todo campeão uma hora cai. Isso vai acontecer cedo ou tarde, e eu quero ser o cara que fará isso”, disse ao site “Bleach Report”. METRO

A Seleção Masculina de Vôlei conheceu ontem os adversários da primeira fase do Mundial, disputado entre agosto e setembro na Polônia. Baseado na cidade de Katowice, o Grupo B terá, além do Brasil, Alemanha, Coreia do Sul e Finlândia, além de um país africano e um da América Central, ainda não definidos. METRO

A participação do Brasil na Copa do Mundo masculina de basquete, que acontecerá na Espanha entre agosto e setembro, será definida neste sábado. A seleção não tem vaga direta. Por isso, só disputará o torneio caso receba um dos quatro convites feitos pela Fiba (Federação Internacional de Basquete). METRO


BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

MP indica corrupção no ‘caso Portuguesa’ Investigação. Promotor do Ministério Público afirma ter indícios de que gente de dentro da Lusa prejudicou o time. Diretoria rubro-verde quer responsáveis expulsos do Canindé A diretoria da Portuguesa começou a apurar se alguém do clube teria omitido a informação de que o meia Héverton – pivô do caso que rebaixou a equipe para a Série B do Brasileirão de 2013 – estava suspenso e, por isso, não poderia ter entrado em campo na última rodada. O promotor do Ministério Público Roberto Senise Lisboa afirmou ter “fortes indícios” de que alguém da Lusa recebeu dinheiro com a escalação irregular. Ele isentou de culpa o técnico Guto Ferreira. “Questionei algumas pessoas do clube que tinham a obrigação de saber se o Héverton tinha condições de jogar, e uma delas, principalmente, não me convenceu”, disse o presidente da Lusa, Ilídio Lico, ao “Portal da Band”. “Não quero julgar ninguém. Não tenho prova de nada. Mas não digo que houve nem que não houve (corrupção). O promotor é um homem competente e deve estar chegando a uma conclusão”, completou o cartola. O vice-presidente jurídico do clube, Orlando Cordeiro de Barros, afirmou que, caso haja confirmação, o responsável será banido do Canindé. “Se for dirigente, tem de ser expulso. Não tem perdão. A se confirmar, as pessoas vão responder criminalmente e civilmente a uma ação indenizatória”, disse ao Metro. MATHEUS ADAMI METRO SÃO PAULO

Presidente da Lusa, Ilídio Lico, desconfia de uma pessoa | WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

Clube deve escapar de punição Especialistas em direito consultados pelo Metro afirmam que a tendência é que a Portuguesa não receba pena adicional caso a corrupção seja comprovada. “A punição ela já tem, que é ter perdido os pontos e ter sido rebaixada”, afirmou Domingos Sávio Zainaghi, presidente honorário do Instituto Iberoamericano de Direito Desportivo. “Via de regra, apenas a pessoa deve ser punida, a menos que seja comprovado

que o clube tenha participação”, completou João Henrique Chiminazzo, membro da comissão de direito desportivo da Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo. A situação enquadra-se nos artigos 237 e 238 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que englobam dar ou receber vantagens indevidas. Os responsáveis podem ser punidos com multa de até R$ 100 mil e suspensão do esporte por até 720 dias.

Últimas vagas em disputa

Ferreyra é uma das novidades do Botafogo | VITOR SILVA/SSPRESS

Começa hoje a Copa Libertadores, torneio de futebol mais importante das Américas. Serão seis confrontos de ida e volta que definirão os últimos classificados para a fase de grupos. Clubes com presença constante na competição, como o Nacional do Uruguai e a Universidad de Chile, brigam por uma vaga. Outras equipes estão se reencontrando com a Libertadores, caso dos brasileiros Botafogo e Atlético-PR. Após a surpreendente campanha no Brasileirão, o Furacão so-

freu um leve desmanche e perdeu o técnico Vagner Mancini e os meias Everton e Paulo Baier. O clube estreia amanhã contra o Sporting Cristal e terá atenção total à Libertadores, já que o time sub-23 disputará o Estadual. Já a equipe carioca não disputa o torneio desde 1996 e precisa passar pelo Deportivo Quito, amanhã, às 22h, para avançar. O clube perdeu o meia Seedorf e o atacante Rafael Marques, mas trouxe Jorge Wagner e Ferreyra, entre outros. METRO

Para isso, o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) teria de voltar ao caso. Questionado pela reportagem, o procurador-geral do tribunal, Paulo Schmitt, não descartou a hipótese de a entidade apresentar nova denúncia: “Se isso for comprovado, terá com certeza desdobramento na justiça desportiva, mas vamos aguardar o Ministério Público. Precisamos de provas.” METRO

|15|◊◊

Opinião

HELIO CASTRONEVES HELIO.CASTRONEVES @METROJORNAL.COM.BR

CHEVY COMEÇOU O ANO NA FRENTE Buongiorno! Estou aqui na Itália desde domingo, para onde vim acompanhado dos meus companheiros de equipe Will Power e Juan Pablo Montoya para uma série de atividades. Já fazia algum tempo que eu não vinha à Itália e gosto muito daqui. Quero começar mandando um forte abraço para o Christian Fittipaldi, que ao lado do Sebastien Bourdais e do João Barbosa venceu a edição de 2014 das 24 Horas de Daytona. A conquista ocorreu a bordo de um Corvette DP e essa é a forma melhor possível de a Chevrolet, nossa super parceira na IndyCar, começar o ano. Parabéns a todos! Eu até tive oportunidade de participar dessa edição, que foi encerrada anteontem por volta das 17h, no horário brasileiro, mas os compromissos não me permitiram levar adiante o projeto. Eu participei dessa prova duas vezes e numa delas terminei no pódio. A primeira experiência foi em 2007. Pilotei um Lexus Riley ao lado do Mark Patterson, Ozz Negri e Sam Hornish Jr., pela equipe Michael Shank Racing, a mesma onde o meu amigo Negri está até hoje e correu esse final de semana. Largamos em 22º e recebemos a bandeirada em 9º. Isso depois de 628 voltas. No ano seguinte foi mais legal ainda. Corri com um Pontiac Riley, da Penske, com o Ryan Briscoe e o Kurt Busch. Largamos em 13º e chegamos em 3º, no pódio, após 689 voltas. Olha, pessoal, vou ser sincero com vocês. Tem gente que não entende porque todo mundo festeja ao final de uma prova de 24 horas. É que, mesmo sem um resultado bom, completar uma prova tão difícil como essa é motivo de muito orgulho e satisfação. Ir ao pódio, então, nem se fala. Agora, imaginem vencer! Quem sabe eu não tenha novas oportunidades nos próximos anos, né? Já sei o que é vencer a Mil Milhas. Eu nunca digo nunca. Se pintar a chance, vou correndo fazer provas como Daytona e Le Mans. São provas de muita estratégia, de preocupação com o desgaste do equipamento e você fica o tempo todo naquela ansiedade, mesmo quando bate aquele cansaço natural. Mas ao mesmo tempo que é uma prova longa, que exige tudo o que for possível em termos de economia, é pauleira o tempo todo. É impressionante como os caras aceleram fundo de dia, de noite, qualquer hora. É uma experiência das mais legais. Amanhã já vou voltar para os Estados Unidos e ainda nesta semana terei compromissos promocionais na Califórnia. Quando fevereiro chegar, já temos testes programados para Fontana, Sonoma e Barber. É a continuidade daqueles trabalhos fundamentais para o início da temporada. É isso aí, pessoal, vamos que vamos e até a semana que vem! Helio Castroneves, 38, nasceu em São Paulo e foi criado em Ribeirão Preto. É o piloto brasileiro com mais vitórias na Indy, com 28 conquistas, e venceu três edições da Indy 500 (2001, 2002 e 2009). Disputará em 2013 sua 16ª temporada na categoria e 14ª pelo Team Penske.


|16|

BELO HORIZONTE, TERÇA-FEIRA, 28 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Fala, Brasil!

JUNIOR BRASIL LEITOR.BH@METROJORNAL.COM.BR

O AMANHÃ Um abraço meus amigos! Existe uma música famosa, chamada “O amanhã”, que foi muito bem interpretada pela cantora Simone. A letra deixa algumas perguntas no ar: O que será o amanhã? Como vai ser o meu destino? Indagações que cabem muito bem no caso do nosso futebol. Como vai ser o amanhã do Campeonato Brasileiro? Como Deus quiser, diz a resignada cantora. Mas, cai a Portuguesa? O Flamengo? Ou o “incaível” Fluminense? Perguntas que a justiça brasileira, a CBF e a FIFA vão responder. Tudo isso em ano de Copa. Porém, esse cenário conturbado não é exclusividade dos brasileiros, afinal, até o presidente do Barcelona, Sandro Rosell caiu e vai ser investigado. Falando de Copa, esta vai custar caro para nós e a dona FIFA não está nem um pouco preocupada. O dela tá garantido. Ela manda e nós nos curvamos diante de suas exigências. País em época de Copa é pátria sem autonomia e soberania. E vai o nosso dinheiro pelo ralo. Vejam só, agora, mais exigências e mais milhões vão ser gastos no Mineirão. Imposições que vão ter a minha e a sua contribuição. Sabe o que é pior? Todas essas obras depois da Copa sofrerão desmanches. Quer dizer, vamos ter os 30 dias mais caros da história de nosso país. A justificativa é: vai ser bom, já é bom. Balela! É o famoso me engana que eu gosto. Estádios com obras atrasadas e o gasto descontrolado do dinheiro público! Só que o brasileiro mudou e muito. E o futebol? Pode ter sua imagem muito arranhada, dependendo do que possa ser definido nos próximos dias, com essas brigas extra-campo e as possíveis viradas de mesa. Ainda bem que em Minas temos os dois melhores times do Brasil e tenho a certeza de que eles vão passar por cima de tudo isso. Além deles, eu não descarto o América neste Campeonato Mineiro. Obina e Guerreiro são nomes que podem fazer a diferença a favor do Coelho. Nossos campeões brigam por mais conquistas e o sucesso de 2013 pode ser repetido. O Atlético contratou pouco, mas tem uma base vitoriosa e a manteve. O time titular é muito forte e mesmo com a nova filosofia, que Paulo Autuori pode implantar, eu acredito em um bom ano. Pelo lado do Cruzeiro, o time se reforçou de forma objetiva e com qualidade. Marcelo Oliveira tem mais alternativas para brigar por mais títulos. O que era bom ficou melhor e a filosofia da qualidade e quantidade foi mantida. Enfim, apesar de tudo, que venham mais títulos! Junior Brasil é comentarista esportivo da rádio Itatiaia e da TV Band Minas, professor universitário, mestre em administração e cobriu a Copa do Mundo da África

Única novidade no time que entra em campo, Michel jogará improvisado na lateral esquerda | BRUNO CANTINI/ATLÉTICO

Com cara de 2013, Galo está pronto para estreia Mineiro. Paulo Autuori não fez grandes modificações e time terá mesma filosofia de Cuca A um dia da estreia pelo Campeonato Mineiro, o técnico Paulo Autuori sinalizou que deve mesmo manter o esquema vencedor utilizado pelo técnico Cuca em 2013. Com praticamente todos os titulares à disposição, a novidade do treino foi a entrada do lateral-direito Michel, jogando improvisado na esquerda. O meia Ronaldinho Gaúcho está suspenso e não jogará contra o Minas Boca, assim como Leandro Donizete, que está em tra-

“Temos procurado entender o que o Paulo tem pedido, que é na parte defensiva. E não se refere aos defensores, mas sim os jogadores do meio e os atacantes” FERNANDINHO, ATACANTE

tamento desde semana passada de uma lesão na panturrilha esquerda. Com o elenco e o esquema 4-2-3-1 mantidos, o atacante Fernandinho se mostrou “aliviado” e espera que o entrosamento prevaleça, mesmo sem contar 100%

com o condicionamento físico. “O entrosamento é muito importante. Quando o elenco muda, até um conhecer o outro, leva um tempo e, aqui no Brasil, a gente não tem tanto tempo para isso. Temos que melhorar a parte física, que é funda-

Cruzeiro volta aos treinos em busca de ritmo de jogo De volta aos treinos na Toca da Raposa após vitória sobre a URT, por 1 a 0, com direito a folga no dia de ontem, o Cruzeiro faz hoje mais um jogo-treino contra o Asa, da Angola, para aprimorar o ritmo de jogo. Entretanto, diferentemente do primeiro amistoso, que terminou em vitória celeste por 2 a 0, com gols de Souza e Marcelo Moreno, de cabeça, o

técnico Marcelo Oliveira deverá colocar em campo apenas os jogadores considerados reservas, enquanto os titulares passarão a manhã na academia. Novas vagas O Cruzeiro abriu novas vagas para adesão ao programa de Sócio Torcedor. A modalidade Campeão Brasileiro se esgotou rapidamente, restando mil vagas

América

Coelho continua reforçando o elenco de 2014

“O time precisará de jogos, rodagem, para adquirir a forma que vinha jogando” JÚLIO BAPTISTA, MEIA DO CRUZEIRO

divididas entre as modalidades Libertadores, Copa do Brasil e Tríplice Coroa METRO BH

mental, pois ainda estamos na pré-temporada”, afirmou o velocista. O volante Pierre enfatizou que o Galo também quer ganhar o Mineiro. “Quando se fala de título, não se pode escolher competição A ou B. É um tricampeonato que a gente vai disputar no Mineiro. Temos um calendário cheio, que ainda tem a Libertadores, depois a Recopa, Copa do Brasil e Brasileiro e isso nos deixa com aquele gostinho de quero mais”, concluiu Pierre. METRO BH

Julio Baptista diz que time precisará de tempo | EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

O América contratou o lateral-direito Artur, que estava na Ponte Preta. O jogador, que teve passagem recente pelo Palmeiras, era pretendido pelo técnico Silas de longa data. “Tentei levar o Artur para tudo quanto é lado, mas não consegui. Agora, após a contusão do Elsinho, nós conseguimos”, comentou Silas. METRO BH


20140128_br_metrobh