Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pela Gráfica Moura Ltda.

DIVULGAÇÃO

Anitta dividirá o palco com o MC Sapão

Anitta e sua máquina de hits A funkeira faz show amanhã no Minas Tênis

PÁG. 10

É O LOBO! É O LOBO!

DICAPRIO E SCORSESE LEVAM OS EXCESSOS DE WALL STREET AO CINEMA PÁG. 13 BRASÍLIA Sexta-feira, 24 de janeiro de 2014 Edição nº 429, ano 2 MÍN: 18°C MÁX: 26°C

www.readmetro.com | leitor.bsb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrobsb

Há risco de tragédias nas tesourinhas, diz secretário Inundações. Titular da pasta de Obras, Davi de Matos, admitiu ontem que o sistema de drenagem no Plano Piloto está em estado tão precário que é possível a repetição de desgraças como as mortes de duas pessoas sob um viaduto em Ceilândia PÁG. 07

Bolívia precisa desenvolver energia nuclear, diz Morales Calçadão na berlinda | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA Ronald virou xodó da torcida brasiliense

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

FORÇA NO GARRAFÃO Pivô Ronald, 22 anos e 2m10, deixa de ser aposta e se firma no UniCeub PÁG. 14

Calçadão da Asa Norte imerso em polêmica

Em discurso, presidente boliviano afirma que quer reator no país, apenas para fins pacíficos PÁG. 09

Ação da Polícia Civil de SP na cracolândia acaba em confronto

Abaixo-assinado pedindo cercamento do Operação, feita sem aviso à PM e à prefeitura da capital, teve uso de balas espaço, fim dos eventos e ação policial de borracha e bombas de gás PÁG. 02 divide moradores da cidade PÁG. 06


|02|

1 FOCO

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

Confronto na cracolândia deixa três pessoas feridas Violência. De surpresa, policiais civis foram ao local prender um traficante e atiraram balas de borracha nos dependentes Em uma operação sem o conhecimento da prefeitura e da PM, policiais civis do Denarc (Departamento Estadual de Prevenção e Repressão ao Narcotráfico) entraram em confronto com dependentes de drogas na região da cracolândia, em São Paulo na tarde de ontem. Pelo menos três pessoas ficaram feridas, entre elas uma criança. Cinco foram presas. Em cerca de dez viaturas, os policiais cercaram os dependentes químicos, jogaram bombas de gás e atiraram com balas de borrachas. Os viciados revidaram jogando pedras. Agentes da Secretaria de Saúde e de Assistência Social, que atuam no programa “Braços Abertos”, não sabiam da ação e ficaram sob fogo cruzado.

O programa paga R$ 15 por dia aos dependentes químicos, além de moradia e alimentação. Em troca, eles prestam serviços de zeladoria e manutenção à prefeitura. Pouco tempo antes da operação, um dependente havia sido preso por policiais civis no local. Segundo o Denarc, a operação foi feita na tentativa de prender um traficante, mas ele conseguiu fugir. Agentes da prefeitura temem que a ação policial possa prejudicar o programa “Braços Abertos”, que tem entre seus fundamentos não reprimir os usuários. O ouvidor da Polícia do Estado de São Paulo, Júlio Cesar Fernandes Neves, abriu um procedimento para investigar a ação do Denarc. METRO

Transtorno. Empresa de trens do Rio poderá ser multada em até R$ 300 mil

Caso Elisa Samúdio

Dias em vão O ex-goleiro Bruno Fernandes perdeu ontem o direito à redução de pena por dias trabalhados no complexo penitenciário Nelson Hungria, em Contagem (MG). Ao todo, Bruno perdeu 113 dias de remissão depois de ter feito ameaça a dois presos e um agente penitenciário no ano passado. Ele cumpre pena de 22 anos e 3 meses de prisão pelo desaparecimento da examante Elisa Samúdio, mas migrará para o regime semiaberto em janeiro de 2020.

O MP (Ministério Público) do Rio de Janeiro enviará à Justiça Estadual um dossiê sobre o descumprimento, por parte da SuperVia, de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), com multas previstas de até R$ 300 mil. Serão reunidos vários documentos, contendo imagens e fotos. As irregularidades teriam sido cometidas na pane do sistema ferroviário fluminense que durou 13 horas anteontem. “Os fatos denotam descumprimento de liminar, obtida pela Promotoria de Defesa do Consumidor, exigindo solução para a má qualidade dos serviços de trens, principalmente no que diz respeito a atrasos, tumultos, acidentes e paralisação”, dis-

Número de mortos ainda cresce dois anos após desabamento

R$ 5 mi é o valor aproximado das multas que a SuperVia recebeu, em um período de apenas cinco anos. se, em nota, o MP. Os órgãos do governo do Rio de Janeiro organizam uma ação conjunta entre as concessionárias que controlam as barcas, o metrô e os ônibus para agir em casos de interrupção de circulação. O serviço da SuperVia trouxe mais transtornos para os usuários ontem. Uma composição ficou enguiçada na estação Deodoro por pelo menos 20 minutos. METRO RIO FALE COM A REDAÇÃO leitor.bsb@metrojornal.com.br 061/3966-4607 COMERCIAL: 061/3966-4615

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Usuários continuam nas ruas da cracolândia | RAQUEL CUNHA/FOLHAPRESS

O desabamento dos edifícios Liberdade e de dois menores, na rua 13 de Maio, no Centro do Rio de Janeiro, completa amanhã dois anos. Na ocasião, 16 pessoas foram declaradas mortas por causa do acidente. Segundo a Polícia Civil, porém, o número de vítimas é maior. A pedido da rádio BandNews FM, a Polícia Civil voltou a analisar os dados do episódio e constatou que outras nove pessoas entraram no cálculo dos mortos. A conclusão foi baseada em análise de restos mortais encontrados nos escombros. Por meio de exames de DNA, foi constatado que as informações genéticas não eram semelhantes às dos corpos já encontrados ou às

Informações genéticas podem indicar novos mortos | BRUNA PRADO/METRO RIO

de parentes que tiveram familiares desaparecidos naquela noite. Para a Polícia Civil, os restos mortais podem ser de moradores de rua que estavam na calçada durante a tragédia.

De acordo com o Ministério Público, uma obra realizada pela empresa TO Tecnologia Organizacional, no 9º andar do edifício Liberdade, teria ocasionado a tragédia. METRO RIO COM BAND NEWS

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Brasília. Diretor-editor: Cláudio Humberto. Editor-Executivo: Lourenço Flores (MTB: 8075) Diagramação: Natalia Xavier. Gerente Executivo: Vandler Paiva Grupo Bandeirantes de Comunicação Brasília. Diretor Geral: Flávio Lara Resende

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: SBS Quadra.02 - Bloco "Q" - Ed. João Carlos Saad - 15º andar, CEP 70070-120, Brasília, DF, Tel.: 061/3966-4615. O jornal Metro é impresso na Gráfica Moura.

Filiado ao


|04|

Política

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

CLÁUDIO HUMBERTO WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR

MANIFESTANTES ATACAM VAN DE MINISTROS EM NATAL O presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB-RN), e o ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento Industrial) levaram um susto na inauguração do estádio Arena das Dunas, em Natal. Acompanhados de ministros, eles seguiam para o estádio quando foram surpreendidos por um grupo de manifestantes que apedrejaram, picharam e tentaram derrubar a van em que estavam. O veículo teve o vidro quebrado.

CONTRA COPA O Arena das Dunas foi o primeiro a ser inaugurado após a Copa da Confederações. O Planalto teme mais protestos nos 12 estádios.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS

ÓLEO IDENTIFICADO Tem gente suspeitando que óleo de Peroba é tão abundante, no Palácio do Planalto, que vazou e escorreu até poluir o lago Paranoá.

NA PISTA Ex-prefeito de Belo Horizonte, o engenheiro Aloisio Vasconcelos é cotado entre dirigentes do PMDB de Minas para substituir o deputado Antônio Andrade no comando do Ministério da Agricultura.

“Vocês serão recebidos de braços abertos pelo povo brasileiro.” PRESIDENTA DILMA ROUSSEFF, EM VISITA À SEDE DA FIFA, CONFIANTE NUMA COPA HISTÓRICA

TELHADO DE VIDRO

MAIS UMA DOSE Apesar do incidente, seguranças de Dilma e do governo saíram para comemorar “sucesso” da operação. Acabaram pegos pela Lei Seca.

SE DEU MAL Flagrado na blitz, Victor Ciarlini tentou dar carteirada ao se identificar como sobrinho da governadora Rosalba (DEM-RN). Teve a CNH retida.

LOBBY

Ricardo Berzoini (PT-SP) | LEONARDO PRADO/AGÊNCIA CÂMARA

O ex-ministro Ricardo Berzoini criticou Fernando Henrique no Twitter, por dizer que o mensalão tucano foi “apenas caixa 2”. Lula disse exatamente o mesmo em 2005, em Paris, sobre o mensalão do PT.

QUEIJO DO REINO Presidente do PT em Recife, Oscar Barreto foi apelidado por petistas de “queijo do reino”: vermelho por fora e amarelo por dentro. Ele é secretario-executivo de Agricultura na gestão Eduardo Campos (PSB).

CONTROLE ABSOLUTO No esforço do Planalto para evitar vaias, até deputados foram obrigados a enviar o número do RG para se participar da inauguração da Arena das Dunas com a presença da presidenta Dilma, em Natal.

DUAS VERSÕES José Guimarães (PT-CE) | LUÍS MACEDO/AGÊNCIA CÂMARA

Petista pressionam Dilma a substituir o chatíssimo Arlindo Chinaglia (SP) por José Guimarães (CE), na liderança do governo na Câmara.

ITAMARATY COMEÇA A PUNIR ASSÉDIO EM CONSULADO O Ministério das Relações Exteriores indeferiu pedido de aposentadoria antecipada do diplomata César Cidade, ex-adjunto do consulado-geral do Brasil em Sidney (Austrália), acusado com o então titular do posto, embaixador Americo Fontenelle, de abuso moral e sexual. O caso foi revelado nesta coluna há quase um ano, mas até agora a sindicância não foi concluída. Ambos estão em Brasília tentando “saída honrosa”.

DIA DO CAÇADOR O Itamaraty seguiu a letra da lei que impede a manobra, antes da concluir o processo disciplinar e, se for o caso, cumprimento da pena.

PMDB aposta que Cid Gomes (Pros-CE) pode apoiar Eunício Oliveira à sua sucessão, após faturar a Integração, mas o Pros espalha que o senador pemedebista quer mesmo é ser presidente do Senado.

PODER SEM PUDOR O DOMÍNIO PAULISTA

INELEGIBILIDADE Com a representação do PSDB junto à Justiça Eleitoral, o presidente da Fiesp, Paulo Skaf (PMDB), pode ser declarado inelegível. Ele é acusado de abuso de poder e de fazer campanha antecipada.

CORRERIA O governo Dilma ligou as turbinas e colocou a equipe de plantão para garantir que todas as emendas parlamentares estejam cadastradas em 120 dias, e com a execução do Orçamento Impositivo a pleno vapor.

ALÔ, ALÔ MARCIANO Aviso aos “rolezinhos” nos shoppings: ninguém é obrigado a comer o McDonald’s mais caro e pagar a mais alta carga tributária do planeta, num país de “classe média” que tem renda de R$ 720 por mês.

A HISTÓRIA SE REPETE

NEM FREUD EXPLICA

Fontenelle tenta culpar as vítimas para escapar de punição. Ele foi cônsul-geral em Toronto (Canadá) e respondeu pela mesma acusação.

Deve dar nó na cabeça de Dilma juntar-se aos “globalizados” em Davos, na Suíça, e depois encontrar os “fossilizados” de Cuba.

Certa vez, forças produtivas de Minas Gerais resolveram se rebelar contra o “domínio paulista na economia”. Mas tudo caiu por terra, numa reunião, quando deram a palavra ao representante do Banco Nacional, destacado pelo ex-governador Magalhães

Pinto. Achando aquilo meio ridículo, José Aparecido de Oliveira ponderou, irônico: - Deveríamos ser gratos: afinal, quando chegamos em São Paulo, eles não nos pedem passaporte, aceitam nossa moeda e até falam a nossa língua...


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

|05|◊◊

Chioro deixará consultoria antes de assumir ministério Investigado. Secretário de Saúde de São Bernardo deixará para a esposa o comando de empresa, que, segundo o Ministério Público, manteve irregularmente contratos com prefeituras. Prestes a assumir o cargo, novo ministro afirmou ‘ter juízo’ e evitou confirmar indicação Convidado para o Ministério da Saúde, Arthur Chioro, anunciou ontem que deixará sua empresa de consultoria, prestadora de serviços para os setores público e privado. O desligamento formal da Consaúde Consultoria, Auditoria e Planejamento Ltda., da qual era sócio majoritário com 99% das cotas, abre caminho para a transferência do secretário de Saúde de São Bernardo (SP) para o governo federal, no lugar de Alexandre Padilha, pré-candidato ao governo de São Paulo. Chioro justificou que está transferindo sua participação para a esposa, que será sócia majoritária, porque não trabalha efetivamente na empresa desde 2009 – quando assumiu o cargo na prefeitura – e porque “a consultoria está praticamente desativada”. O secretário declarou ‘ter juízo’ e evitou confirmar o convite da presidente Dilma Rousseff (PT), mas o desligamento atende exigência da União, que veda a participação de servidores em empresas. Chioro afirmou ontem que não há problema legal em aliar a consultoria ao

cargo na prefeitura. O caso, no entanto, está sendo investigado pelo Ministério Público, que aponta possível infração à Lei Orgânica do município. “No entendimento da Prefeitura de São Bernardo, fundamentada na legislação vigente, não há nenhuma irregularidade no fato de, como secretário de Saúde, eu ser sócio de uma empresa que presta consultoria na área da saúde”, disse. Para evitar questionamento, Chioro entregará na próxima semana explicações à Comissão de Ética Pública da Presidência. Primeira missão O secretário participará da comitiva com Dilma e Padilha que visitará Cuba semana que vem para tratar do Programa Mais Médicos. Outros secretários municipais e estudais também viajarão. Chioro deve deixar o cargo em São Bernardo no dia 3 e assumir o ministério ainda na primeira semana do mês que vem. ANDRÉ VIEIRA METRO ABC

Trabalho técnico

“Por seu caráter técnico, a Consaúde não tem nenhuma vinculação político-partidária. A carteira de clientes, na esfera pública, é das mais variadas forças políticas.”

‘Empresa não tem vínculo político’

“Desde que assumi (em São Bernardo), em 2009, a empresa teve uma atividade muito pequena. Em cinco anos, prestou serviço de consultoria para quatro prefeituras. E sem nenhuma participação de minha parte .” “Qualquer tema tratado com a presidenta da República, compete a manifestação sobre seu conteúdo à presidência da República. Da minha parte, só posso dizer que estive em audiência com a presidenta.”

Dilma, Padilha e Chioro em inauguração de hospital | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Uso de cobaias é proibido em São Paulo Após o caso de sequestro de 178 cães da raça beagle, em São Roque (SP), em outubro do ano passado, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), sancionou ontem uma lei que proíbe a utilização de animais em testes para desenvolvimento de cosméticos. O uso de animais em testes para desenvolvimento de remédios não foi incluído no projeto. A medida deve ser regulamentada em até três meses, mas deve ser publicada hoje no “Diário Oficial”. O projeto, de autoria do deputado estadual Feliciano Filho (PEN), havia sido aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo em dezembro do ano passado. Ele argumentou que a União Eu-

Cães eram usados em laboratório, em São Roque | AVENER PRADO/FOLHAPRESS

ropeia proibiu testes em animais para o desenvolvimento de cosméticos em 2009. De acordo com a nova lei, a multa para a instituição que desrespeitar a nova re-

gra é de R$ 1 milhão por cada animal usado como cobaia. O profissional que estiver usando algum animal como cobaia, como um veterinário, também será multado, em

aproximadamente R$ 40 mil. A Secretaria Estadual da Saúde será a responsável por fiscalizar os laboratórios. A inspeção deve começar a ser feita ainda neste semestre, de acordo com o governador. “Ouvimos a entidade defensora dos animais, a indústria cientista, pesquisadores da Fapesp, veterinários, médicos, biólogos, enfim, ouvimos todo o setor e decidimos pela promulgação da lei”, afirmou Alckmin, ontem pela manhã, no Palácio dos Bandeirantes. As empresas que desenvolvem produtos cosméticos para animais têm outras alternativas à disposição, como testes in vitro, simulações de computador e peles artificiais. METRO

Segurança

Filiado ao PT desde os 18 anos, quando ainda era estudante de medicina, o secretário de Saúde de São Bernardo, Arthur Chioro, negou que a Consaúde, fundada em 1997, tivesse qualquer benefício partidário e afirmou que tinha clientes “das mais variadas forças políticas”. Entre os quatro últimos serviços para o setor público, apenas um foi para prefeitura petista. A empresa também teve um contrato com o governo federal. Por dois anos, durante a gestão de José Serra (PSDB) no Ministério da Saúde, a Consaúde prestou consultoria para Goiás e Mato Grosso, à época também administrados por tucanos. “Se fosse uma empresa vinculada ao PT, nunca ganharia essa licitação.” METRO ABC

Mensalão

Inquérito apura 4ª morte do ano em prisão do MA

Em dois dias, Delúbio arrecada 15% da multa

A polícia do Maranhão abriu ontem inquérito para apurar a morte do detento Cledeilson de Jesus Cunha, 29, também conhecido como “Verruga”. Ele estava preso no Centro Penitenciário de Pedrinhas (MA) por roubo e homicídio. O corpo dele teria sido esquartejado e colocado numa lixeira. Foi a quarta morte registrada no presídio este ano, a 64ª nos últimos doze meses. Os agentes penitenciários cancelaram a greve prevista para terça-feira, mas farão uma manifestação. METRO BRASÍLIA

A campanha de doação organizada pela família do ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares conseguiu arrecadar em 48 horas a quantia de R$ 70,4 mil. O valor das doações é equivalente a 15% da multa de R$ 446,8 mil imposta pelo STF (Supremo Tribunal Federal). Os depósitos eatastão sendo feitos na conta pessoal do petista, que cumpre pena de 6 anos e 8 meses por formação de quadrilha no CPP (Centro de Progressão Provisória). Durante o dia, ele trabalha como assessor da CUT. METRO BRASÍLIA


|06|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

Moradores geram polêmica ao querer cercar o Calçadão Fim das festas. Abaixo-assinado pede o fim dos eventos no local, mas os organizadores afirmam que a medida é puramente preconceituosa. Debate foi parar na Administração O debate para restringir o uso do Calçadão da Asa Norte gera reações acaloradas tanto de quem é a favor como de quem é contra a normatização. Para o presidente da Aplol (Associação dos Proprietários e Moradores da Orla do Lago Norte), Benedito de Sousa, o barulho que os frequentadores de eventos no local fazem durante a madrugada é enlouquecedor. Na contramão, o organizador do maior evento do local, o Picnik no Calçadão, Miguel Galvão, nega as acusações e diz que os moradores estão tendo uma posição elitista e preconceituosa em relação ao píer. “Eles já privatizaram boa parte dos acessos ao lago e agora querem cercar o pouco do que restou de público”, afirma Thiago Muzzi, organizador do Deguste!, outro evento realizado no local. Sousa diz que sua causa não é a do silêncio, mas a da ordem. Para ele, só o cercamento do Calçadão poderia garantir o sossego e a manutenção do espaço. “O Calçadão é frequentado durante a madrugada por pessoas que fazem verdadeiras algazarras nos estacionamentos. O que queremos é um bom uso do espaço”, sustenta. Ele organizou um abaixo-assinado que já conta com cerca de 2 mil assinaturas para regulamentar o uso do local. No documento, além do cercamento, ele pede a instalação de um posto policial e a proibição de eventos no local. Fiscalização

Morte ocorreu no prédio do Parque da Cidade | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

Acidente. Perito da Polícia Civil do DF morre em teste de balística

Cerca de dois mil moradores pedem a proibição de qualquer evento no local | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

“O Calçadão deveria ser um espaço de prática esportiva, contemplação da natureza, não uma arena de shows.”

“Isso é um absurdo. O local é público e temos autorização para fazer os eventos lá. Cercar seria um retrocesso.”

BENEDITO DE SOUZA, PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DE MORADORES DA ORLA

THIAGO MUZZI, ORGANIZADOR DO DEGUSTE!, EVENTO MAIS CRITICADO POR BENEDITO

Para Galvão, do Picnik, a presença dos eventos faz muito mais bem do que mal para o espaço. “Fomos convidados pela própria Administração de Brasília para ocupar o Calçadão, que antes era dominado pelo tráfico de drogas”, diz. Muzzi complementa dizendo que jamais recebeu nenhuma reclama-

ção de morador durante seus eventos. “Estamos totalmente regularizados, não há por que nos proibirem de usar o espaço público”, conclui.

Legislação

Detran faz mutirão para regularizar motofretistas

Audiência pública discute o Código de Posturas

Com a fiscalização começando já na segunda, o Detran faz neste final de semana um mutirão para que motoboys recebam a autorização para transitar. A operação será no depósito do Detran do Plano Piloto e tem 108 vagas. Agendamentos: 3905-5731. METRO BRASÍLIA

O código que prevê, entre outras, a proibição de lavagem de carros em locais públicos, será debatida no auditório da Câmara Legislativa amanhã, às 9h. A lei que está sendo preparada desde junho e já contou com audiências públicas nas 31 RAs. METRO BRASÍLIA

Falta infraestrutura Os organizadores concordam com apenas um dos pontos do abaixo-assinado, o que pede maior presen-

ça policial na região. O locador de pedalinhos Romero de Oliveira preferiu não defender nenhuma das causas, mas reclama da ausência de infraestrutura. “Antes de cercar seria muito melhor investir na iluminação pública, na instalação de banheiros, quiosques. Isso aqui está um abandono! Se não fossem os comerciantes para fazer a manutenção, já estava tudo detonado”, afirma. A criação de normas para uso do Calçadão geraram tanta polêmica que um debate público será realizado pela Administração de Brasília na próxima terça, às 19h30, na Funarte, para discutir a questão. METRO BRASÍLIA

O perito criminal da Polícia Civil Paulo Pereira de Carvalho, 53, morreu em serviço por volta das 14h30 de ontem, em uma sala do Instituto de Criminalística, enquanto fazia um teste de balística em um revolver calibre .38. Informações preliminares dão conta de que a arma explodiu, ferindo o profissional com estilhaços. O caso está sendo tratado como acidente, mas a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul) iniciou uma investigação para apurar as circunstâncias do ocorrido. A vítima tinha 28 anos de experiência na função e estava há dois anos da aposentadoria. De acordo com o relato de colegas, Carvalho estava testando a eficiência de uma arma apreendida e a trajetória dos tiros disparados por ela em uma sala reservada a esse fim na Seção de Balística Forense; um trabalho rotineiro para os peritos. Demora O profissional sempre realiza sozinho esse tipo de perícia, mas, como o tra-

“Era um profissional muito experiente, que, ao que tudo indica, foi vítima de uma lamentável fatalidade.” CIRO DE FREITAS, PRESIDENTE DO SINPOL

balho estava demorando mais do que de costume, colegas foram checar o que havia acontecido e encontraram Carvalho no chão, desacordado. “O serviço de emergência foi chamado rapidamente, mas já não havia o que fazer, lamentavelmente”, conta o presidente do Sindicato dos Policiais Civis do DF, Ciro de Freitas. A Polícia Civil divulgou uma nota de pesar em que classifica o desempenho do profissional como “excelente”. Carvalho vivia em Taguatinga com a esposa. Ele deixou dois filhos. Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre horário e local de sepultamento do policial. METRO BRASÍLIA

Segurança. Hospitais serão Conplan. GDF vai recorrer vigiados por 900 câmeras de suspensão judicial A Secretaria de Saúde lançou licitação para a compra de 900 câmeras de monitoramentos para serem instaladas nos hospitais públicos do DF até o meio do ano. A prioridade é instalar os equipamentos, cujas imagens serão monitoradas em uma central única, em berçários, prontos-socorros e portarias das unidades. Atualmente existem 200

câmeras nos hospitais. O investimento previsto é de R$ 5,5 milhões. “Algumas câmeras terão capacidade para filmar em um ângulo de 180º/360º. Pelo menos 200 câmeras nos permitirão ter um alto grau de precisão das imagens”, explica o subsecretário de Tecnologia da Informação em Saúde do DF, José Carlos Esteves. METRO BRASÍLIA

A Secretaria de Habitação reclamou, por nota, da decisão da 3ª Vara de Fazenda Pública do DF, que suspendeu, a pedido do Ministério Público, todas as decisões do Conplan (Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do DF desde dezembro de 2012. Segundo a pasta, a suspensão coloca em ‘risco jurídico’ o programa de

habitação Morar Bem e a regularização de áreas como Vicente Pires. De acordo com a avaliação da Justiça, todos os membros do Conplan, inclusive os da sociedade civil, são indicados pelo GDF, e isso comprometeria a legitimidade do colegiado. A Procuradoria do DF vai recorrer da decisão. METRO BRASÍLIA


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASÍLIA}

“Risco nas tesourinhas é semelhante”, diz secretário Alagamentos. Davi de Matos, da Secretaria de Obras, afirma que problemas de drenagem podem causar tragédias como as de Ceilândia O secretário de Obras do DF, Davi de Matos, afirmou que as tesourinhas do Plano Piloto apresentam risco para a população semelhante ao do viaduto de Ceilândia onde duas pessoas morreram desde outubro do ano passado. “Nas tesourinhas da Asa Norte podem acontecer casos semelhantes”, reconheceu. O sistema de drenagem da Asa Norte está à beira do colapso e, caso ocorram chuvas rápidas e intensas, é possível que ocorram tragédias também no Plano Piloto. “Faço um apelo aos motoristas para que não transitem nas tesourinhas caso o nível de água esteja acima do meio-fio”, afirmou Davi de Matos. O problema maior está nos acessos das quadras 1/2

e 10/11 do lado norte, onde os alagamentos têm sido constantes. “A rede de drenagem ainda consegue dar vazão para chuvas razoáveis, mas, quando há chuvas rápidas e intensas, ela já não dá escoamento imediato”, completa. Segundo Davi de Matos, o governador Agnelo Queiroz está ciente da gravidade da situação. Águas do DF O programa Águas do DF prevê obras de redimensionamento da rede de captação de águas pluviais do Plano Piloto e de Taguatinga, mas a concorrência pública para a contratação das obras está parada na Justiça desde maio de 2013. “O governo está de mãos e

pés atados, aguardando a decisão da Justiça.” A concorrência pública de R$ 312,3 milhões foi lançada em novembro de 2012, mas a Construtora RV, que não foi pré-qualificada, entrou na Justiça para suspender a disputa. De lá para cá, o GDF trava uma batalha jurídica para destravar o processo, que hoje está na segunda instância do TJ. “Nossos advogados estão lá diuturnamente, mas a Justiça tem seu tempo”, pondera Davi de Matos. A assessoria de imprensa do TJDF informa que só falta a apreciação do revisor para que o processo entre na pauta de julgamentos da 4ª Turma Cível do TJDF.

|07|◊◊

20 detidos

GDF combate invasão de terras A Seops (Secretaria da Ordem Pública e Social (Seops) e a Dema (Delegacia Especializada do Meio Ambiente) realizaram ontem uma operação para combater invasões de área pública no Itapoã. Vinte pessoas foram detidas e levadas à delegacia para prestar depoimento. Havia cerca de 200 edificações erguidas no local. METRO Feira dos Goianos

Ação apreende R$ 150 mil em roupas falsificadas

ÉRICA MONTENEGRO

Cena rotineira: alagamento em tesourinhas | RICARDO MARQUES/METRO BRASÍLIA

O Comitê de Combate à Pirataria apreendeu ontem cerca de 5 mil peças de roupas falsificadas na Feira dos Goianos, em Taguatinga. Nove vendedores foram autuados na lei de proteção às marcas. A mercadoria recolhida tem valor estimado de R$ 150 mil. METRO BRASÍLIA


|08|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Prévia da inflação desacelera em janeiro Custo de vida. Queda de 16,32% nos preços das passagens aéreas faz alta do IPCA-15 recuar para 0,67% neste mês. O índice ficou abaixo das expectativas do mercado

Dólar atinge maior valor em cinco meses | IMAGE SOURCE/RICHARD LEWISOHN

Câmbio. Dólar sobe 1,27% e supera R$ 2,40 O dólar fechou em alta de mais de 1% em relação ao real e ultrapassou R$ 2,40 pela primeira vez em cinco meses, reagindo ao mau humor do mercado em relação ao Brasil e outros mercados emergentes, depois de relatório da Pimco, maior gestora de bônus emergentes do mundo, ter criticado a política econômica brasileira. A moeda norte-americana subiu ontem 1,27%, para R$ 2,4026, o maior valor desde 22 de agosto, quando fechou em R$ 2,4320. Para analistas, o dólar tende a trabalhar dentro desse nível, indo a R$ 2,35 quando tem expectativa de entrada (de

recursos) e a R$ 2,40 quando vem notícia ruim. O relatório da Pimco que colaborou para o pessimismo dos investidores no mercado doméstico trazia uma avaliação de que o clima para investimentos no Brasil foi caracterizado em 2013 por qualquer coisa menos “Ordem e Progresso”, numa alusão à inscrição da bandeira brasileira. “É um movimento no mundo inteiro. A cesta de moedas de mercados emergentes está perdendo valor. É um mal estar como um todo”, afirmou à “Reuters” um operador de banco estrangeiro citando o relatório. METRO

Peso argentino fecha em desvalorização de 11% A taxa de câmbio da Argentina sofreu ontem o maior declínio diário desde a devastadora crise financeira de 2002, ampliando as perdas do dia anterior, na medida em que o Banco Central local já sinais de ter desistido da batalha contra a desvalorização do peso, destaca a “Reuters”. O peso argentino, no mercado interbancário, fechou em queda de 11%, a 8 por 1 dólar, após ter recuado 3% na última quarta, quando rompeu a barreira de 7 pesos por 1 dólar. No mercado paralelo, a moeda americana era negociada por cerca de 13 pesos. “Ontem (quarta) o Banco Central não comprou nem vendeu dólares, e isso mostra qual é a posição dele com relação à taxa de câmbio”, afirmou ontem o chefe de gabinete, Jorge Capita-

30% foi a perda das reservas argentinas no ano passado. A autoridade monetária desistiu de realizar intervenções nich, a repórteres. Após perder mais de 30% de suas reservas no ano passado, o BC argentino desistiu nesta semana de sua política de amparar o peso realizando intervenções no mercado de câmbio. O governo da presidente Cristina Kirchner impulsiona a desvalorização monetária diante das pressões de grandes empresas argentinas, que têm observado uma perda de competitividade de seus produtos diante uma inflação anual de 28%. METRO

Com um forte recuo no preço das passagens aéreas, a prévia da inflação oficial desacelerou em janeiro. O IPCA-15 (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 subiu 0,67% neste mês, após uma alta de 0,75% em dezembro. Em 12 meses, o indicador tem alta de 5,63%, segundo informou ontem o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O destaque para o resultado de janeiro foi o grupo Transportes, cuja alta desacelerou para 0,43%, ante 1,17% no mês anterior, com impacto de 0,08 ponto percentual no índice. A alta menor refletiu a queda de 16,32% nos preços das passagens aéreas. Por outro lado, o preço da gasolina representou o maior impacto individual no IPCA-15. O combustível ficou 2,90% mais caro em janeiro. Também pesaram mais no bolso do consumidor em janeiro o etanol, que subiu 4,34%, e o óleo diesel, que aumentou 3,52%. O grupo que exerceu o maior impacto no índice do mês foi Alimentação e Bebidas, após aceleração da al-

Combustíveis pesaram mais no bolso do consumidor em janeiro | ALE SILVA/FUTURA PRESS

ta a 0,96% em janeiro, ante 0,59% em dezembro. O IPCA-15 ficou abaixo das expectativas do mercado, que projetava uma alta de 0,80%. Para a LCA, o IPCA deve fechar o mês abaixo da taxa registrada pelo IPCA-15, influenciado pela perda de fôlego dos preços dos alimentos no atacado. A projeção da consultoria aponta para uma alta de 0,60% em janeiro.

Para conter a alta de preços, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central elevou na última semana a Selic em 0,5 ponto percentual, para 10,5% ao ano. Foi a sétima elevação seguida. E, apesar do resultado do IPCA-15, a LCA prevê uma nova alta de 0,5 ponto percentual na taxa básica de juros na reunião de fevereiro .

Campus Party vai receber caixa eletrônico de Bitcoin O primeiro caixa eletrônico de bitcoins (moedas digitais) da América Latina começa a operar na próxima semana em São Paulo. A estreia da máquina está programada para o primeiro dia da Campus Party, evento de tecnologia que acontece entre 27 de janeiro e 2 de fevereiro, em São Paulo. O caixa eletrônico foi criado e fabricado em Portugal pela empresa Lamassu. A ATM (Automatic Teller Machine) será gerenciada pelo Mercado Bitcoin, órgão que realiza compra e venda da moeda digital no país. Este ano, a Campus Party ocorrerá no Anhembi Parque, em São Paulo e contará com mais de 500 horas

Campus Party será realizado na próxima semana | FUTURAPRESS

de palestras e oficinas, 18 temáticas e 13 cenários. O aparelho será o primeiro da área em toda a América Latina. O caixa só aceita transações de real para bitcoin e a Mercado Bitcoin vai faturar 2,5% de ca-

da operação. O Mercado Bitcoin, espera que a máquina se pague até o final do ano, mas ainda não há nenhuma estimativa em torno do número de transações que ela irá gerar. METRO

A expectativa de uma nova elevação nos juros é reforçada pela ata da última reunião do Copom, divulgada ontem. No documento, o BC destacou que a inflação ainda mostra resistência ligeiramente acima do que se antecipava, e repetiu que a política monetária tem de se manter “especialmente vigilante”. METRO

Sem estímulos. Governo descarta desonerações O ministro da Fazenda, Guido Mantega, adiantou ontem que o governo não fará novas desonerações tributárias, mas reiterou que será mantida a desoneração sobre a folha de pagamentos das empresas. “Neste momento não vemos necessidade de reeditarmos desonerações”, afirmou, durante entrevista a jornalistas no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. As desonerações adotadas pelo governo foram responsáveis pelo volume recorde de R$ 77,8 bilhões de renúncia tributária em 2014. Sobre a política fiscal, Mantega disse que o novo alvo de meta de superávit primário a ser perseguido pelo governo será definida em fevereiro. METRO


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|09|◊◊

Morales quer energia atômica Polêmica. O presidente boliviano defendeu ontem o desenvolvimento pacífico da energia nuclear, com a construção de um reator no país O presidente da Bolívia, Evo Morales, iniciou ontem o nono ano no cargo com um discurso em que defendeu o desenvolvimento pacífico da energia nuclear, o que inclui a construção de um reator. Ao falar durante quase cinco horas, Morales destacou que o desenvolvimento nuclear converteu-se em “prioridade estratégica” do Estado boliviano. Em outubro, Morales havia declarado que tinha o apoio da Argentina e da França, além do Irã. O anúncio ocorreu dois dias depois de o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros iraniano para Assuntos Europeus e Americanos, Mayid Tajt Ravanchi, ter visitado La Paz. Ravanchi declarou em Teerã, antes de viajar, que o tema energia nuclear estava na agenda de sua visita à América Latina, que incluiu também a Venezuela e Cuba. Em outubro, Morales deve concorrer a um terceiro mandato. METRO

Presidente Evo Morales discursa no Congresso | J. MAMANI/REUTERS

Irã quer melhorar imagem O Irã está em negociações com os Estados Unidos como parte de um “engajamento construtivo” com a comunidade internacional e busca ações do governo norte-americano que apoiem suas palavras, disse ontem o presidente iraniano, Hassan Rouhani, em Davos, na Suíça. Rouhani, que participa do Fórum Econômico Mundial, disse também que os laços com a Europa serão normalizados com a imple-

O presidente iraniano Hassan Rouhani | RUBEN SPRICH/REUTERS

mentação de um acordo nuclear provisório. Um acordo com seis potên-

cias mundiais, incluindo os EUA, com o objetivo de frear o polêmico programa nuclear em troca de um alívios nas sanções impostas ao Irã, entrou em vigor nesta semana. A retórica de Rouhani mostra um esforço no sentido de melhorar a imagem do país. “Tenho a honra de anunciar que uma das prioridades teóricas e práticas do meu governo é o engajamento construtivo com o mundo”, disse ele. METRO

ONU ainda tenta salvar negociações de paz na Síria Um representante da Organização das Nações Unidas se reuniu ontem com delegações do governo sírio e de seus opositores no Lago Genebra, numa tentativa de resgatar as negociações de paz. O primeiro dia de negociações, na quarta-feira, foi dominado pela retórica vio-

lenta do governo do presidente Bashar al-Assad e de seus opositores. As autoridades ainda mantêm a esperança de salvar o processo com medidas para aliviar o sofrimento de milhões de pessoas no território sírio. “Tivemos indicações claras de que as par-

tes estão dispostas a discutir questões de acesso a pessoas necessitadas e a liberação de prisioneiros e cessar-fogo locais”, disse Lakhdar Brahimi, representante da ONU. Hoje, as negociações serão em Genebra, onde Brahimi irá se revezar entre as duas delegações. METRO


|10|

2 CULTURA

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Em show, Anitta e Sapão trazem coletânea de hits Festa da poderosa. Com suas letras provocantes e ritmo contagiante, a ‘ex-funkeira’ agita o Minas Tênis amanhã A poderosa volta a Brasília neste sábado com um parceiro que, como ela, é especialista em emplacar hits. Autor de músicas como “Tranquilão” e “Red Label ou Ice”, MC Sapão acompanha Anitta em show no Minas Tênis Clube. A Anitta que volta a Brasília, porém, chega mais distante do funk e cada vez mais imersa no pop. De funkeira resta, talvez, a embalagem. O conteúdo, não podia ser mais distante. Último clipe que ela emplacou na web, no final do ano passado, “Zen” é uma baladinha que fala de amor, com letra pueril bem distante da linguagem rasgada e sem filtro dos funks brasileiros. Os figurinos de shows e clipes são acusados de imitar os de Beyoncé e não os de Tati Quebra-Barraco. A cantora ganhou a simpatia do público com um feminismo pouco usual. Suas músicas falam de uma mulher autossuficiente, segura, sexualmente liberta, que não se curva aos abusos masculinos. Defende o direito de as garotas serem sensuais sem sofrerem assédio. “Gosto de

atiçar/Mas não vá pensando/Que eu tô te chamando, não/Eu já to avisando: Fica só olhando/Não jogue ideia pra mim/Beijo tu manda pra Xuxa”. Ao mesmo tempo, instiga a competição entre as mulheres. “Afrontam as fogosas/ Só as que incomodam /Expulsam as invejosas/Que ficam de cara quando toca”. A receita funcionou: no ano passado, Anitta ficou em sexto lugar na lista de mais tocadas das Casas de Diversão da Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) e em 12º na das rádios em geral. No YouTube, “Show das Poderosas” superou os 72 milhões de visualizações. Os hits prometem estar no setlist de improviso que ela fará no show. Sucessos do MC Sapão também devem ser cantados em dueto. Amanhã, às 22h. No Minas Tênis Clube (SCEN, trecho 3, lote 3). De R$ 50 a R$ 160. Meia para quem doar um quilo de alimento.

NANA QUEIROZ METRO BRASÍLIA

Anitta: mais perto do pop, distante do funk | DIVULGAÇÃO

O Metro indica

Exposição “Além de um lugar”. A mostra revela olhares distintos sobre várias cidades e temas vistos por fotógrafos que moram no Pará. De terça-feira a domingo, de 9h às 21h. Na Caixa Cultural (SBS, Quadra 4, Lotes 3/4). Grátis.

Show

Obituário

Sambão da Dhi Ribeiro. A velha conhecida dos brasilienses promete trazer convidados e animar as tardes de sábado. Amanhã, às 17h. No Santa Teresa Social Clube -Taguatinga, Pistão Sul (em Frente ao Carrefour). Mulheres pagam R$ 10 e homens, R$ 15.

Roy Cicala Engenheiro de som de John Lennon, Roy Cicala morreu na noite de terçafeira, em São Paulo, aos 74 anos. Ele lutava contra um câncer de fêrmur. Ele foi sócio do estúdio Record Plant, de Nova York, e participou de gravações de sete álbuns de John Lennon, além de artistas como Jimi Hendrix, Tom Jobim, Miles Davis e Elton John.

Últimos dias para conhecer a arte indígena Formas, cores e ideias dos povos originários da América do Sul compõem a exposição “¡Mira! – Artes Visuais Contemporâneas dos Povos Indígenas”, que entra em sua última semana em cartaz nas galerias da Casa da Cultura da América Latina (SCS Quadra 4, Edifício Anápolis). Grátis | OBRA: REMANACUY - CABILDO COMUNAL, ARTISTA PRIMITIVO EVANÁN RÔMULO - FOTO: JURACY/DIVULGAÇÃO

Alex Queiroz Trio. Jazz do bom. Alex é contrabaixista da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional desde 1985. Iniciou seus estudos na Escola de Música de Brasília, formou- se bacharel em música pela Universidade de Brasília (UnB) e obteve o master na Messiane Academie, Holanda. Hoje, às 21h. No Jazz Pub 10 0 13 ( 408 Sul, Bl. C, Lj. 13) . Entrada: R$ 20.

Infantil “João e o Pé de Feijão” e “Os Três Porquinhos”. Chance para a criançada conhecer os clássicos no teatro. Sábado e domingo, às 16h. No Shopping Pátio Brasil. Grátis.


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

PAOLO SORRENTINO Indicado ao Oscar de melhor ilme estrangeiro e forte candidato ao prêmio, ‘A Grande Beleza’ é um dos destaques desta semana nos cinemas de Brasília. O diretor fala o Metro Jornal sobre o tom crítico da obra

‘QUIS FALAR DA FADIGA DE VIVER’ DAVID BUCHAN/STRINGER/ GETTY IMAGES

“A Grande Beleza” acompanha Jep Gambardella (o ator Toni Servillo) numa jornada de reflexão sobre a sua vida e a cultura italiana. Ele é um escritor que fez muito sucesso no passado, mas agora vive de elaborar crônicas sociais. Nesta vida mundana e vazia, o reencontro com um grande amor pode ser a inspiração que falta. “A Grande Beleza” é fascinante, mas perturbador. Mais que uma história, é uma jornada. Qual era seu objetivo ao fazê-lo?

Esse é um filme muito aberto, que toca na condição humana. Espero que o público se identifique com algum dos personagens. Sempre quis falar sobre a fadiga de viver. Fico contente de saber que houve quem achasse meu filme tedioso. O tédio faz parte da vida.

ses mundos e costura todas as histórias. É o olhar dele que determina as coisas. É sempre um prazer trabalhar com Toni. Nós nos entendemos muito bem. Jep é um homem complexo, com muitas camadas. Precisava de um ator que eu conhecesse bem e com quem tivesse afinidade.

Há muitas linhas narrativas no filme. Uma delas envolve Jep (Toni Servillo). É ele quem liga todos os outros? Sim. Jep testemunha es-

Você foi a inspiração para o personagem Jep? Na verdade, não, mesmo que eu partilhe um certo desencantamento por trás do qual há sentimentos.

“‘La Dolce Vita’ é uma obra de arte. ‘A Grande Beleza é apenas um filme. Amo Fellini porque ele é único, ninguém é capaz de copiá-lo.” Seu filme é considerado um “La Dolce Vita” moderno. Você concorda com isso? Acho uma comparação embaraçosa. “La Dolce Vita” é uma obra de arte. “A Grande Beleza” é apenas um filme. Amo Fellini porque ele é único, ninguém é capaz de copiá-lo. Mas concordo que há semelhanças em ter-

mos de temática e clima. “A Grande Beleza” é mais uma ode à indústria do cinema ou uma declaração de amor a Roma? É mais uma declaração de amor à liberdade de expressão. Gosto de passar longe da narrativa tradicional. Sinto que hoje há uma sobrecarga de história, espe-

cialmente na televisão. A indústria cinematográfica ainda se dá ao luxo de contar histórias sobre a natureza humana. A Igreja é um aspecto dominante do filme… É difícil falar de Roma sem falar da Igreja. É um mundo misterioso, que desperta a curiosidade das pessoas, mas o filme não faz graça da Igreja. Ele faz graça de tudo, porque as pessoas são ao mesmo tempo sublimes e patéticas. METRO INTERNACIONAL


|12|

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Receita Minuto Ônibus que não para

DANIEL BORK DANIEL.BORK@METROJORNAL.COM.BR

LOMBO RECHEADO COM AMEIXA, BACON E MAÇA VERDE

Cruzadas

Este é um prato delicioso e fácil de fazer. O toque doce é dado pela ameixa  e a geléia de abacaxi com pimenta dedo-de-moça. É uma excelente opção para um dia festivo.

Alguns motoristas da empresa Pioneira estão ignorando a parada de ônibus que fica na Galeria dos Estados. Eles alegam que receberam ordens, mas não dizem de quem, que não devem parar no local por que podem se envolver em acidentes quando precisam pegar a via de acesso à Rodoviária. Na última terça, eu sofri mais uma vez com a linha 291, que vai do Sítio do Gama à Esplanada. O pior é que não adianta reclamar ao DFTrans, é um órgão totalmente morto. O DFTrans não solta nenhuma nota de esclarecimento sobre o assunto e os usuários acabam sendo feitos de palhaços. É dessa forma que o GDF quer que a gente deixe o carro em casa? RONALDO NASCIMENTO - SANTA MARIA (DF)

Correção Ao contrário do publicado na página 19 da edição de ontem, Roger Federer e Rafael Nadal farão uma semifinal do Aberto da Austrália, não a final.

Metro Pergunta

INGREDIENTES 1,5 quilo de lombo suíno em manta Para o Tempero: 1 colher (sopa) de páprica picante 1 colher (sopa) de sal 3 dentes de alho picados ½ litro de suco de laranja Para o Recheio: 350 gramas de bacon em fa-

tias e assado 200 gramas de ameixa seca sem caroço 3 maçãs verdes em lâminas Para a Geléia de Abacaxi com Dedo de Moça: 1 abacaxi picado 400 gramas de açúcar 1 pimenta dedo de moça grande sem sementes e picada

Sudoku

63% das famílias o Metro brasileiras começaram Siga no Twitter: o ano endividadas. @jornal_metrobsb Você está nesta situação? Como faz para manter as contas em dia? @Rodrigo_Merazzi

Reduzi em mais de 40% meu gasto com supermercado. Boa parte do seu dinheiro vai embora ali desnecessariamente.

Modo de Preparo: Coloque o lombo em uma assadeira e espalhe os ingredientes do tempero. Em seguida, disponha a carne sobre uma tábua e espalhe os ingredientes do recheio de maneira harmoniosa. Enrole, amarre com um barbante, deixe marinar na geladeira por aproximadamente 2 horas e doure de todos os lados. Em seguida, coloque em uma assadeira, cubra com papel alumínio e asse por aproximadamente 1 hora a 180°C. Para a geléia de pimenta, coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe até reduzir bem. Sirva.

@facruas

Estou com a corda no pescoço. Empréstimos, cheque especial, cartão de crédito. Praticamente vendendo o almoço para pagar a janta.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.bsb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Daniel Bork apresenta o programa Dia Dia de segunda a sexta às 8h, na Band

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Um bom aspecto entre Marte – que rege Áries – e Mercúrio favorece novos aprendizados. Boa influência para conversas e novas amizades.

O empenho a assuntos domésticos será mais frequente, tanto para ajustes do lar ou de questões junto a familiares.

Tenha mais atenção com seu ritmo para não sobrecarregar a mente, o corpo e a saúde. Terapia, temas espirituais e exercícios farão bem.

Cuide para que a atenção aos problemas de quem gosta não atrapalhe a atenção com os seus. Solidariedade é importante, mas com bom senso.

O envolvimento com estudos, leitura, atividades culturais e temas diferentes que façam bem ao intelecto fará muito bem ao seu dia.

A dedicação a novos círculos sociais tende a ser mais intensa. Ocasiões que envolvam amizades e grupos farão bem ao dia.

Período de atenção dobrada para evitar críticas e esclarecer equívocos nas relações. Gestos prestativos são sempre bem-vindos.

Momento para valorizar o que tem e evitar consumismo com interesses apenas pela aparência ou por falsa impressão de eficiência.

Atente-se para que a dedicação com suas obrigações cotidianas não impeçam os momentos especiais da vida afetiva.

Às vezes expressar sentimentos é necessário para que a pessoa amada não tenha que adivinhar tudo o que você gosta.

Estará propenso a resgatar lembranças especiais e a retomar assuntos, esteja solteiro ou mesmo se for comprometido.

Momento é propício para esclarecer pendências jurídicas, assim como burocracias que envolvam temas materiais e negociações.


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Excessos não diminuem novo longa de Scorsese Estreia. Baseado em fatos reais, ‘O Lobo de Wall Street’ traz Leonardo DiCaprio como um inconsequente corretor da Bolsa

|13|◊◊

Música 1

Nasi e Scandurra retomam o Ira! Os irmãos, que haviam se desentendido e posto fim à banda em 2007, vão retomar o Ira! para uma turnê que começa em maio. A reconciliação teve origem em um show beneficente em que os dois tocaram juntos em outubro do ano passado. METRO Música 2 PETER KRAMER/ GETTY IMAGES

Neil Young

Neil Young lança novo CD em março O músico de 68 anos anunciou que “A Letter Home”, a ser lançado pela gravadora de Jack White, será o álbum com menos uso de tecnologia de sua carreira. METRO TV

HBO exibe fim da série ‘The Big C’ DiCaprio na pele de Jordan Belfort | DIVULGAÇÃO

Em “O Lobo de Wall Street”, que estreia hoje no Brasil, Jordan Belfort fala sobre sua ascensão e queda no mundo dos negócios, mais precisamente na Bolsa de Valores, em um período rentável para quem conhecia o sistema e suas brechas. Martin Scorsese não escolheu adaptar as memórias do corretor por acaso. Depois de documentar em seus filmes a máfia em suas várias encarnações ao longo de décadas, o cineasta es-

colheu fazer a crônica dos anos 1980 por meio de um universo que também tinha o seu próprio código. Com três horas de duração e um elenco privilegiado, encabeçado por Leonardo DiCaprio, “O Lobo de Wall Street” é um filme repleto de excessos e de uma quantidade considerável de gorduras. Os excessos são amplamente justificados pelo modo de vida do protagonista e seus sócios no crime. As gorduras, visíveis em

DIVULGAÇÃO

algumas sequências mais extensas do que o necessário, não se justificam, mas também não atrapalham. O filme mostra a escalada de Belfort no mundo dos negócios desde a ingênua infância até a maturidade mais perversa. O modo como se excede em festas e orgias, como passa por cima dos associados e como se sente imune aos perigos só reforça a ideia amplamente difundida na época de que não havia limites.

Adam Sandler pode levar terceiro Framboesa de Ouro Adam Sandler conseguiu de novo. A comédia “Gente Grande 2”, da qual fez parte como protagonista e roteirista, lidera com oito menções a lista de indicações ao Framboesa de Ouro, contraponto ao Oscar que aponta os piores do ano no cinema. Com isso, o comediante está prestes a levar seu terceiro troféu consecutivo como pior ator. Os anteriores foram por “Este É o Meu Garoto”, em 2013, e “Cada um Tem a Gêmea que Merece”, em 2012.

Na ocasião, o longa venceu em todas as dez categorias nas quais concorria, com Sandler recebendo dupla premiação de pior ator e atriz pela interpretação de um casal de gêmeos. Curiosamente, ele foi agraciado na semana passada com seu quarto troféu seguido de melhor ator de comédia pelo People’s Choice Awards, no qual o público escolhe os vencedores. Além de “Gente Grande 2”, disputam o prêmio de pior fil-

me “Depois da Terra” (também indicado a pior elenco, direção, roteiro, ator e ator coadjuvante para Jaden e Will Smith), “A Madea Christmas” (sem lançamento no Brasil), “O Cavaleiro Solitário” (que concorre ainda a pior remake, direção, roteiro e ator para Johnny Depp) e o filme coletivo “Para Maiores”, o segundo mais indicado da lista, apontado em seis categorias. Os eleitos serão revelados em 1º de março, um dia antes do resultado do Oscar. METRO

Scorsese é um cronista fazendo cinema. Por meio de seus filmes, ele monta retratos bem recortados de diversas épocas. Julgá-lo ou a seus filmes pelos excessos é fechar os olhos para o que realmente se passou. E como tudo o que viveram Belfort e seus companheiros ajudou a nos colocar onde estamos hoje. ALESSANDRO GIANNINI METRO SÃO PAULO

INDICADO A MELHOR Fi

e

R ei ada ad Di e a a Ma i Sc e e A Le

a a a d DiCa i

A c ad a e a a J ah Hi

‘The Big C’ se despede das telas

Na quarta e última temporada, que estreia hoje às 21h, a personagem de Laura Linney se prepara para enfrentar a morte. METRO


|14|

3 ESPORTE

BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

O garoto cresceu UniCeub. Pivô Ronald, de apenas 22 anos, ganha oportunidade com lesões de jogadores titulares e já é um dos destaques do NBB. Amanhã, contra o Flamengo, ele deve substituir o americano Marcus Goree no garrafão Nos jogos mais recentes do UniCeub/BRB em casa, um nome se destaca entre os gritos dos torcedores. Das arquibancadas, pedem por ele. Em vez de devolver com acenos, no entanto, quando entra em quadra o pivô Ronald só tem olhos para a cesta. “Não é que eu seja marrento, é que eu não escuto mesmo”, justifica. O semblante fechado engana. Do alto de seus 2,10m, o jogador mais jovem do time e um dos maiores destaques da temporada é todo sorrisos -- e um bom moço por inteiro. Aos 22 anos, o caçulinha da equipe foi “promovido” ao time principal na temporada passada. Somente nesta, porém, deixou de vez o banco de reservas para encantar com roubadas de bola e enterradas espetaculares. Já até bateu recordes: no jogo contra o Limeira ele obteve 20 rebotes, a melhor do NBB 6 até agora e a segunda maior marca das fases de classificação na história do campeonato -- em 2009, o pivô Shilton, na época no Joinville (SC), havia cravado 21 recuperações, também em uma partida contra o Limeira. Ontem, contra o Macaé,

Com a bola em mãos, Ronald exibe um de seus tímidos sorrisos | ANDRESSA ANHOLETE/METRO BRASÍLIA

não foi diferente. Chamado de “monstro” e “gigante”, Ronald foi fundamental na vitória do Brasília por 96 a 71. Fez 27 pontos e 13 rebotes -- um double-double. Oportunidade Ronald começou a entrar em quadra com mais frequência depois das consequentes lesões que começaram a assombrar o garrafão do Brasília. O primeiro a ficar afastado foi o também pivô Alírio.

Agora, prestes a encarar o maior arquirrival, o Flamengo, o UniCeub perdeu mais um da função: o americano Marcus Goree, que tem um pequeno estiramento no joelho. O jovem pivô é o provável substituto de Goree na partida contra o rubro-negro, amanhã, no Ginásio Nilson Nelson. O treinador Sérgio Hernandez prega que o pupilo ainda precisa amadurecer, mas admite o talento que

Orçamento da Olimpíada do Rio tem reajuste de R$ 1,4 bi

Copa do Mundo

Claudia Leitte A música oficial da Copa do Mundo de 2014 será cantada por Claudia Leitte, Jennifer Lopez e o rapper Pitbull. O anúncio foi feito pela Fifa ontem. A música se chamará “We are One (Ole Ola)” -- “Somos um”. No último Mundial, a colombiana Shakira foi a responsável por entoar o hit “Waka Waka (This time for Africa)”.

O diretor-geral do Comitê Organizador Rio 2016, Sidney Levy, divulgou ontem que o orçamento da Olimpíada do Rio, sofreu reajuste no valor de R$ 1,4 bilhão. A previsão das despesas, que na época da candidatura da cidade, em 2008, era de R$ 5,6 bilhões, foi reajustada para R$ 7 bilhões (cerca de US$ 2,95 bi). Esse montante refere-se apenas às despesas do Comitê com as cerimônias de abertura e encerramento e com o pessoal da organização. Estima-se que o custo total da Olimpíada, na verdade, supere os R$ 28 bilhões (US$ 12,2 bilhões), já que ainda não foram computados gastos com infraestrutura, equipamentos esportivos e segurança, que são de responsabilidade das três esferas do governo. Segundo Levy, as causas do aumento foram o reajus-

Levy divulgou o orçamento dos Jogos | MARCELO FONSECA/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

te dos salários acima da inflação e as despesas maiores do que o planejado com tecnologia e segurança. O dirigente divulgou também a inclusão de quatro novos esportes nos jogos: golfe e rúgbi nos Jogos Olímpicos, e paracanoagem e paratriatlo, nos Paralímpicos. METRO RIO

12 bilhões de reais foi o custo total da Olimpíada de Londres, em 2012. Esse valor é menos da metade da estimativa do que será gasto nos Jogos de 2016, no Rio [cerca de R$ 28 bilhões].

tem à disposição. “Encontrar um jogador de 20 anos com a habilidade que ele tem é muito difícil”, diz. O próprio técnico da Seleção Brasileira, Rubén Magnano, está de olho no jogador, tanto é que Ronald foi convidado a treinar com a seleção em 2012, durante os Jogos Olímpicos de Londres. Do gol para o garrafão Natural de Brazlândia, o pivô Ronald nem pensava em ser

jogador de basquete. Queria ser um astro de futebol. “Ficava jogando, sem camisa, com o sol rachando”, relembra. Foi a convite de alguns primos que começou a se interessar pelas cestas. Estabelecido no basquete, Ronald tem uma rotina que nem de longe lembra a vida de alguns badalados jogadores de futebol. Evangélico, ele gosta de ouvir música gospel para se concentrar e se considera “muito caseiro”. O maior sonho do pivô é chegar até a tão sonhada liga americana, a NBA, qualquer que seja a equipe. “Só ir para lá, jogar lá, está bom”, confessa, com humildade. Clássico O horário do clássico de amanhã entre UniCeub e Flamengo foi alterado. Antes havia sido informado que seria às 17h, agora a partida será às 12h, no Ginásio Nilson Nelson. Os ingressos para a partida podem ser adquiridos pelo site www.ingressorapido.com.br. FABIANE GUIMARÃES METRO BRASÍLIA

Renunciou. Caso Neymar derruba presidente do Barça O presidente do Barcelona, Sandro Rosell, decidiu renunciar ao cargo depois da avalanche de denúncias envolvendo a compra do atacante Neymar, em 2013. O dirigente é acusado de maquiar os valores informados para desviar dinheiro do clube. “Eu e minha família sofremos ameaças que me fizeram pensar que ser presidente significa colocar em risco a minha família. Sofri uma denúncia injusta, que chegou à Justiça. Creio que minha etapa aqui terminou”, disse Rosell, em pronunciamento oficial. Existe a suspeita de que, sob o comando do dirigente, o Barça tenha desembolsado 95 milhões de euros (cerca de R$ 303 milhões) para levar o camisa 11 do Santos e da Seleção Brasileira, e não 57 milhões (R$ 182 milhões), como anunciado oficialmente. Por conta da suspeita e

Mandato de Rosell iria até 2016 | MANUEL QUEIMADELOS ALONSO/GETTY IMAGES

das denúncias feitas pela imprensa do país, a Justiça Espanhola investiga onde foram parar os possíveis 38 milhões de euros (R$ 120 milhões) que teriam sido gastos a mais na contratação do atacante. METRO


BRASÍLIA, SEXTA-FEIRA, 24 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

|15|◊◊

{ESPORTE}

Fogão usa titulares e ganha a primeira Campeonato Carioca. O Botafogo superou o Madureira por 2 a 1. A partida foi adiantada da quarta rodada devido ao jogo da Libertadores, na quarta-feira, contra o Desportivo Quito

21 BOTAFOGO

MADUREIRA

E ádi São Januário G Jorge Wagner, aos 27’ do 1º tempo; Henrique, a 1’ e Carlinhos aos 36’ do 2º tempo.

O Botafogo, finalmente, desencantou no Campeonato Carioca de 2014. Com titulares em campo, o alvinegro conquistou sua primeira vitória no Estadual, por 2 a 1, sobre o Madureira, ontem, em jogo válido pela quarta rodada. A partida foi adiantada porque o Glorioso vai enfrentar o Deportivo Quito, quarta-feira, às 22h, no Equador, na

estreia da Libertadores. O estreante Jorge Wagner -- grande nome do jogo -- marcou de falta e abriu o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. O atacante Henrique, que passou ao ano de 2013 inteiro sem balançar as redes e não marcava havia 26 jogos, fez o segundo gol alvinegro no primeiro minuto da segunda etapa. Aos 36 minutos, no entanto, Carlinhos diminuiu para o Madureira, que pressionou e teve a chance até de empatar na sequência, obrigando o goleiro Jefferson a fazer uma grande defesa. Domingo, o Botafogo enfrenta a Cabofriense, às 17h, no Moacyrzão, pela terceira rodada. METRO RIO

Carlinhos abriu o placar e comemorou com Conca

| WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

Torcida faz festa para Conca, mas Flu só empata

Jorge Wagner fez uma grande partida de estreia | VITOR SILVA/SS PRESS

O clima da noite era de festa, com o reencontro de Conca com a torcida do Fluminense e a volta de Fred, após quase cinco meses afastado por lesão, mas o tricolor deixou o Maracanã frustrado. O time das Laranjeiras só empatou como Bonsucesso, ontem, em 1 a 1, pela segunda rodada do Campeonato Carioca. Com o resultado, o Fluminense segue sem vencer na competição. Na estreia, no último domingo, a equipe comandada pelo técnico

Renato Gaúcho perdeu para o Madureira por 3 a 2. Ontem, Carlinhos abriu o placar aos nove minutos do segundo tempo e Nil igualou o marcador aos 35. Domingo, o Fluminense enfrenta o Nova Iguaçu, às 17h, em Volta Redonda, pela terceira rodada. Antes de a bola rolar, Conca subiu ao gramado com o filho Benjamin no colo. Ele declarou estar emocionado por voltar a vestir a camisa 11 tricolor. METRO RIO

Grêmio supera o Lajeadense Lúcio estreia e Verdão vence O ambiente de jogar num estádio do tamanho da Arena ainda é uma novidade. A pressão de jogar representando o time principal do Grêmio também. Ainda se adaptando, o time Sub-23 do Tricolor superou o Lajeadense por 2 a 1, conquistando a primeira vitória gremista no Campeonato Gaúcho. Mesmo que não tenha sido uma atuação consisten-

te, os jovens mostraram persistência. O primeiro gol veio após veloz contra-ataque puxado por Breno, que cruzou para Everton fazer, aos 36 minutos. Em bola aérea, Gabriel Atz empatou para o Lajeadense. O gol da vitória da garotada veio no fim do segundo tempo, em pênalti cobrado por Leandro Canhoto, após falta sofrida por Luan. METRO

Everton abriu o placar para o Grêmio | LUCAS UEBEL/GRÊMIO FBPA

Na estreia do zagueiro pentacampeão do mundo Lúcio na zaga alviverde, o Palmeiras passou no teste defensivo. Atacando, também foi eficiente. Resultado: vitória por 2 a 0 sobre o Comercial, ontem, em Ribeirão Preto, pela segunda rodada do Campeonato Paulista. Os comandados de Gilson Kleina precisaram de apenas 13 minutos para

abrir o placar. Alan Kardec desviou cobrança de lateral para a área e a bola sobrou para Juninho, após disputa de bola entre Serginho e a zaga alvinegra. O camisa 6 aproveitou e chutou rasteiro para anotar o gol. Aos 20, o alviverde fez o segundo, com Serginho após escanteio. A arbitragem, incorretamente, assinalou impedimento.

Bem superior na partida, o Verdão ampliou, agora para valer, aos 37 minutos, com Wesley, em belo chute de fora da área, após falha na saída de bola do Comercial. Na volta do intervalo, o Palmeiras continuou com desempenho melhor, mas não conseguiu acertar a meta, apesar das chances perdidas. METRO

De ônibus novo, Formosa enfrenta Brasiliense

Sumiço do ônibus deixou jogadores traumatizados | BAND

Depois da derrota por W.O na estreia, devido ao alegado sequestro do motorista do ônibus onde estavam as chuteiras dos jogadores, o time do Formosa terá a chance de fazer o seu primeiro jogo do Candangão na segunda rodada. O adversário será o Brasiliense, no Estádio Serra do Lago, em Luziânia -- o Diogão, casa do clube goiano, não ficou pronto a tempo. Para levar os jogadores (e as chuteiras), o clube tratou de arranjar um ônibus novo. “Agora é outra empresa, apesar de o proprietário daquela outra não ter nenhuma culpa do que o motorista fez”,

explica o presidente do Formosa, Cacildo Cassiano. “O time também ficou com trauma daquele ônibus.” Cassiano teve acesso ao depoimento do motorista Charles Amâncio, no qual o funcionário mudou toda a primeira versão. À polícia, o motorista confessou ter usado crack e agora a suspeita é de que ele tenha participado do crime. O presidente do clube declarou que os jogadores estão “revoltados” com a mudança de atitude do motorista. “Até agora não estamos acreditando. Aquilo não sai da nossa cabeça.”

Os jogadores do Formosa ainda têm outro problema para o jogo contra o Jacaré. As chuteiras novas do time deixaram os atletas com bolhas nos pés. Outros 15 pares de calçados melhores foram adquiridos -- mas ainda não estão macios o suficiente. Falta de ritmo O Brasília também se sentiu prejudicado pela vitória por W.O. O time enfrenta o Legião no domingo. “Nossos jogadores estão sem ritmo de jogo enquanto o Legião vem de uma vitória (contra o Ceilândia)”, reclama o técnico Marcos Soares. METRO BRASÍLIA

Candangão 2ª rodada SÁBADO 16h SANTA MARIA X CEILÂNDIA CAPITAL X SOBRADINHO FORMOSA X BRASILIENSE DOMINGO 10H30 LEGIÃO

X BRASÍLIA

DOMINGO 16h UNAÍ AT. CEILANDENSE

X GAMA LUZIÂNIA


20140124_br_brasilia  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you