Issuu on Google+

EMOÇÃO E FANTASIA

A ANIMAÇÃO ‘O MENINO E O MUNDO’ MOSTRA TALENTO DE ALÊ ABREU PÁG. 15 CURITIBA Quarta-feira, 22 de janeiro de 2014 Edição nº 686, ano 3 MÍN: 18°C MÁX: 31°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sunny www.readmetro.com | leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroctb

hazy

sleet

thunder

part sunny/ showers

thunder showers

windy

showers

Operário analisa danos | LEVY RIBEIRO/FOLHAPRESS

Cristo Redentor começa a ser restaurado Estátua no Rio foi atingida por raios e ficou danificada na mão direita. Visitação não será interrompida PÁG. 06

Curitiba terá reserva ambiental de 800 hectares Unidade urbana de conservação será instalada na região Sul. Ela abriga espécies ameaçadas de extinção PÁG. 02

COPA EM RISCO

Fifa dá até 18 de fevereiro para Curitiba continuar no Mundial

PÁG. 18

“Não só está muito atrasado como foge de qualquer bom cronograma”, afirmou ontem o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, depois de vistoria na Arena da Baixada | RODRIGO F. LEAL/METRO CURITIBA

Paraná confirma 1ª morte por dengue Óbito foi em Paranavaí. Regiões Norte, Noroeste e Oeste estão em alerta PÁG. 04

Contra rolezinhos, segurança reforçada Shoppings não recorrem à Justiça, mas investem em segurança privada PÁG. 03


1 FOCO

Diretas

Richa vai ao PMDB

go rnador to Ri ha parti ipou do n ontro organi ado p lo na s d do partido uriti a para o orar os anos das ir tas á no rasil A pr s n a oi ista o o u a apro i a ão para qu os partidos a a u a alian a nas l i s d st ano a part do nosso go rno sp ro s pr ontar o apoio do partido diss Ri ha Atual nt o stá di idido árias alas algu as d las d nd a andidatura pr pria s nador tu ano l aro ias ta é oi ao n ontro

Cotações Dólar + 0,96% (R$ 2,36) Bovespa - 0,34% (48.542 pts) Euro + 0,65% (R$ 3,19) Selic Salário (10,50% a.a.) mínimo (R$ 724)

|02|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Curitiba terá mega reserva ambiental Meio Ambiente. Unidade urbana de conservação com 800 hectares será a maior do Brasil, segundo a prefeitura A Prefeitura de Curitiba vai implantar ainda neste semestre uma unidade de conservação ambiental de 800 hectares na região Sul da cidade. Segundo o secretário municipal do Meio Ambiente, Renato Lima, será a maior reserva ambiental urbana do País. De acordo com a secretaria, hoje a cidade tem 23,9 milhões de metros quadrados de áreas verdes – entre parques, reversas particulares e outros. Somente a nova unidade, que vem sendo chamada de Reserva Parque do Bugio, terá 8 milhões de metros quadrados, representando um aumento de 33% do total. Algumas pessoas que moravam na futura reserva (em áreas de risco para residências) já foram transferidas no ano passado. “Temos ali bem poucas moradias. Aqueles que já estão no local e respeitarem as regras de preservação poderão ficar, mas boa parte do terreno já é pública”, diz Renato. A área a ser preservada margeia os rios Barigui e Iguaçu até a sua confluência, no extremo Sul do município. A reserva começará próxima à rodovia do Xisto, no bairro Tatuquara, após a ponte que

“A reserva vai dar mais segurança contra os alagamentos, pois protege os afluentes.” RENATO LIMA, SECRETÁRIO DO MEIO AMBIENTE

passa sobre o rio Barigui. Ela seguirá pelo rio Iguaçu até a sua divisa com a BR-116, na Caximba. Após a reserva ser implantada, será proibida ali qualquer atividade com dano ambiental. Os moradores também terão que respeitar um plano de manejo, que será elaborado pela prefeitura. Na região vivem 112 espécies de aves e 20 de mamíferos, das quais vários estão em extinção. Também é a maior floresta de araucária de Curitiba. THIAGO MACHADO

METRO CURITIBA

Áreas verdes Veja os maiores locais de preservação da cidade. •

arqu Igua u No total, tem 8 milhões de metros quadrados, mesmo tamanho da nova unidade, mas abriga o Zoológico, o Parque Náutico (com

2 milhões de metros quadrados) e áreas de lazer e esporte. •

arqu assaúna Conta com 6,5 milhões de metros quadrados e protege o abastecimento de água da cidade.

arqu arigui Mais visitado da cidade, tem 1,4 milhão de metros quadrados.

arqu da I igra ão apon sa Ainda em implantação, terá 406 mil metros quadrados.

METRO CURITIBA

Eleições. Salamuni diz que vai punir quem faltar O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Paulo Salamuni (PV), disse que vai punir os vereadores que, em campanha eleitoral, faltarem às sessões da Casa. “Aqueles que não cumprirem suas responsabilidades serão descontados (no salário)”, disse à rádio BandNews Curitiba. Dos 38 parlamentares, 20 devem disputar as eleições neste ano.

Reserva aumentará em um terço as áreas preservadas na cidade | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

20 vereadores devem disputar pleito neste ano | ANDERSON TOZATO/CMC

Violência

TCE-PR

Armas de brinquedo podem ser proibidas

Multa contra gestores aumenta 418%

Vereador pede informação sobre comerciantes

O vereador Chico do Uberaba (PMN), propôs um projeto de lei que proíbe a venda e a fabricação de armas de brinquedo em Curitiba. Segundo ele, a justificativa é de que elas são usadas em crimes na capital. A proposta deve começar a ser debatida em fevereiro na Câmara.

O TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) reajustou em até 418% as multas aplicadas contra gestores punidos durante as fiscalizações da Corte. Com o aumento, a menor multa aplicada pelo órgão de controle externo foi para R$ 752,80 e, a maior, para R$ 3.764.

O vereador Cristiano Santos (PV) pediu ontem informações à prefeitura sobre o uso de casas populares da Cohab como comércios. Ele recebeu denúncias de moradores que se incomodam com o uso das residências como ponto de vendas de alimentos, bebidas alcoólicas ou até como pontos de jogos de azar. METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

METRO CURITIBA

FALE COM A REDAÇÃO

EXPEDIENTE

COMERCIAL: 041/3069-9191

Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso

leitor.ctb@metrojornal.com.br 041/3069-9189

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Cohab

Metro Curitiba. Gerente Executivo: Rodrigo Afonso. Editora-Executiva: Martha Feldens (MTB: 071) Editor de Arte: Antonio Virgili. Grupo Bandeirantes de Comunicação Curitiba - Diretor Geral: André Aguera. Grupo J. Malucelli - Presidente: Joel Malucelli

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Santa Cecília, 802, Pilarzinho, CEP 80820-070, Curitiba, PR. Tel.: 041/3069-9191 O jornal Metro é impresso na Gráfica RBS – Zero Hora Editora Jornalística S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

|03|◊◊

Shoppings não vão entrar na Justiça contra ‘rolezinhos’ Curitiba. Sindicato que representa a categoria pretende realizar campanha com a Associação Comercial do Paraná para mostrar a importância da preservação do patrimônio e da liberdade de atuação do comércio. Estabelecimentos também vão reforçar a segurança privada Os onze maiores shoppings de Curitiba decidiram não entrar com ações na Justiça contra os ‘rolezinhos’, que são os encontros marcados pela internet por adolescentes. A decisão foi tomada ontem após uma reunião com o Sindishopping (Sindicato dos Lojistas de Shoppings). “Nenhum shopping de Curitiba vai impedir a entrada das pessoas, seja quem for. Todos os estabelecimentos preferem adotar o bom senso para resolver qualquer situação que envolva a presença de grupos, desde que de forma pacífica. Claro que, se houver qualquer abuso ou risco para os clientes e patrimônio, iremos tomar providências”, disse o presidente do sindicato, Érico Morbis.

“Nenhum shopping vai impedir a entrada das pessoas, seja quem for.” ÉRICO MORBIS, PRESIDENTE DO SINDISHOPPING

Uma das ideias do Sindishopping é realizar uma campanha em conjunto com a ACP (Associação Comercial do Paraná) para mostrar a importância da preservação do patrimônio e da liberdade de atuação do comércio, o que inclui o direito de ir e vir dos clientes. “O objetivo é esclarecer a população sobre valores importantes que envolvem a garantia tanto dos lojistas quanto dos consumidores”, explica Morbis.

DFRV. ‘Rei das Peças’ é preso por receptação e furto de veículos Policiais da DFRV (Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos) apresentaram ontem um grande empresário de autopeças em Curitiba, preso na última sexta-feira. Conhecido como “Japonês”, ele é dono da loja ‘Rei das Peças’, no bairro Novo Mundo, e teve o mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da Lapa por envolvimento em um grande esquema de furto, roubo e receptação de veículos. Segundo o delegado Fábio

Lopes Pereira, o empresário foi denunciado por cúmplices numa investigação que começou em novembro do ano passado, quando a polícia encontrou um desmanche de carros em Contenda. O empresário e os outros cinco suspeitos permanecem presos na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos e vão responder pelos crimes de formação de quadrilha, receptação e alteração de sinais de veículo automotor. METRO COM BANDNEWS FM

Todos os estabelecimentos também informaram que vão fortalecer a segurança privada, mas sem ações de caráter policial. Alguns ‘rolezinhos’ foram marcados na capital pelas redes sociais, mas não chegaram a ser realizados. O sindicato também anunciou que vai pedir uma reunião com o secretário de Estado da Segurança Pública, Cid Vasques. “A segurança será reforçada em caráter preventivo. Os funcionários que atuam neste setor dos shoppings são orientados a ter ações operacionais de proteção ao patrimônio, trabalhadores e clientes. Para qualquer ação que exija repressão, a polícia será acionada”, frisou Morbis. METRO CURITIBA

‘Rolezinhos’ estão acontecendo em todo o país, como no Shopping Itaquera, em São Paulo | ROBSON VENTURA/FOLHAPRESS

Batalhões fazem vistorias e apreensões em penitenciárias Na manhã de ontem, o BPGd (Batalhão de Polícia de Guarda) e o Bope (Batalhão de Operações Especiais) apoiaram os agentes da Penitenciária Central do Estado e da PEP1 (Penitenciária Estadual de Piraquara) durante uma vistoria estrutural nas galerias e celas. Na ação, celulares, algemas e drogas foram apreendidas. As ações foram desencadeadas simultaneamente nas duas penitenciárias, onde foi encontrado maconha e crack, quatro algemas, dois aparelhos celulares, chaves mixas e estoques, que são materiais cortantes criados pelos presos, segundo o cabo Gilmar Coelho

Empresário é conhecido como “Japonês” | ALIOCHA MAURÍCIO/ TRIBUNA DO PARANÁ

Suspeito de chacina é preso com drogas Foram presos com drogas, na noite desta segunda-feira, dois jovens, um de 23 anos e outro de 18. O mais velho já tinha um mandado de prisão por homicídio, acusado de participar da Chacina do Arvoredo, em março do ano passado, que terminou na morte de quatro homens quando iam para o trabalho. METRO CURITIBA

Drogas, celulares e algemas foram apreendidas | BPGD

Duarte, auxiliar de comunicação do BPGd. Na madrugada de ontem, um policial do BPGd avistou um detento tentando fugir

por um buraco na PEP1. O preso foi capturado no momento em que saía, de acordo com o cabo Duarte.

49 anos de idade, morreu na hora. Segundo a polícia, duas pessoas ficaram presas nas ferragens da Kombi. Uma delas foi encaminhada ao Hospital Angelina Caron pe-

Boqueirão

Jovem é atropelado por biarticulado

METRO CURITIBA

Caminhoneiro morre em acidente Um caminhão bateu de frente com uma Kombi ontem, por volta das 15h30, na rodovia Contorno Norte, próximo ao trevo de entrada do bairro Barreirinha. O caminhoneiro, de

Araucária

lo helicóptero da Polícia Rodoviária Estadual. Procurado pelo Metro Jornal, o hospital não soube dar detalhes sobre o estado de saúde da vítima. METRO COM BANDNEWS FM

Um jovem de 18 anos foi atropelado por um ônibus biarticulado na tarde de ontem, na av. Marechal Floriano, no Boqueirão. Ele havia acabado de se alistar no serviço militar, e seguia em direção à estação-tubo, segundo a Polícia Militar. O jovem foi encaminhado em estado grave ao Hospital do Trabalhador. METRO CURITIBA


|04|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{FOCO}

Paraná confirma primeira morte por dengue no ano Saúde. Óbito aconteceu em Paranavaí. Três cidades estão em alerta por situação epidêmica. Até agora, são 501 casos no Estado O Paraná registrou sua primeira morte por dengue este ano. A paciente de Nova Londrina veio a óbito na Santa Casa da cidade de Paranavaí, no dia 3 de janeiro. A confirmação foi divulgada ontem no boletim da Secretaria de Estado da Saúde. De acordo com a Saúde, a paciente apresentou os primeiros sintomas da doença em Nova Londrina, no dia 21 de dezembro. Apesar disso, ela viajou a Curitiba e procurou atendimento médico somente no dia 25, em um hospital da capital. O governo explica que a equipe médica recomendou internação imediata “para hidratação, visto que já apresentava sinais de alarme. Contudo, horas depois a paciente solicitou alta para retornar a Nova Londrina, contrariando indicação médica”, diz a secretaria. O caso dela teria apresentado piora, e a paciente

“Atualmente, o principal problema é com o lixo reciclável, que muitas vezes é descartado de maneira inadequada e pode se tornar criadouro do mosquito.” SEZIFREDO PAZ, SUPERINTENDENTE DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE

te esses sintomas, ela deve procurar atendimento e seguir integralmente as recomendações médicas”, alerta o médico do Comitê Estadual de Mortalidade da Dengue, Enéas Cordeiro. Outra morte, dessa vez de uma moradora de Flórida, no Norte do Paraná, está em investigação pelo Estado. Alerta foi emitido pelo Estado para as regiões Noroeste, Norte e Oeste | DEFESA CIVIL

buscou atendimento, sendo medicada e liberada. No dia 28, ela foi novamente internada, primeiro no hospital municipal de Marilena e de-

pois na UTI da Santa Casa de Paranavaí, onde morreu seis dias depois. “É importante ficar atento aos sintomas clássicos

Ucranianos. Festa do Trigo será no domingo Acontece neste domingo a tradicional Festa do Trigo de São José dos Pinhais, na Colônia Marcelino. A expectativa é que 10 mil pessoas circulem pelo evento, que valoriza e divulga a cultura ucraniana. A programação começa às 10h com a missa. Haverá ainda churrasco, jogos de roleta e bingo, show de prêmios e apresentação de grupos folclóricos, além de uma variedade de comidas típicas ucranianas, como o perohê cozido ou assado e o kutiá, um doce a base de trigo. METRO CURITIBA

Tradicional churrasco será servido às 12h | DIVULGAÇÃO

da dengue, como febre alta, dor abdominal, cansaço, enjoo e dor nas articulações. Dengue mata e por isso, caso a pessoa apresen-

Alerta Desde agosto de 2013, início do novo ano epidemiológico, o Paraná registrou 501 casos de dengue. Três cidades estão em alerta porque apresentam situação epidêmica, com mais de 300 ca-

sos por 100 mil habitantes: Nova Londrina, Marilena e Alvorada do Sul. Juntas, elas registraram 165 casos, quase um terço do total. No entanto, a situação é de alerta em toda a região Noroeste, Norte e Oeste, “que concentram o maior número de casos e também registram condições climáticas favoráveis para o desenvolvimento do mosquito”, diz a Saúde. “Todos devemos fazer a nossa parte e eliminar recipientes que possam acumular água”, frisa o superintendente de Vigilância em Saúde, Sezifredo Paz. METRO CURITIBA

Prefeitura dá 30 dias para retirada de postes clandestinos

Muro da rua Quari será substituído | JAELSON LUCAS/SMCS

Estrutura. Cemitério Municipal está em obra O Cemitério Municipal São Francisco de Paula, o mais antigo de Curitiba, está passando por reforma. As obras incluem substituição de 25 metros de muros e melhorias no setor de atendimento. Tudo deve ficar pronto em 60 dias. De acordo com a prefeitura, o muro na rua Quari estava comprometido. Na parte interna, novas mar-

quises, que seguem as características do projeto arquitetônico original do cemitério, irão substituir os atuais toldos, que estão fora do padrão. Haverá ainda pintura nas edificações e plantio de grama. A obra tem custo de R$ 130,3 mil e será executada pela H.W. Empreiteira de Obras, vencedora da licitação. METRO CURITIBA

A prefeitura publicou ontem edital com os autos de infração contra os responsáveis dos 77 postes clandestinos instalados na região central. As empresas têm 30 dias para retirar os postes, caso contrário, o material será declarado abandonado e será retirado pela prefeitura. Os responsáveis não respeitaram notificações emitidas pela Copel. “Como as empresas não se organizaram e estão desrespeitando a cidade, a Prefeitura vai exercer o seu legítimo direito. Estamos publicando os autos de infração e se isso não tiver efeito, haverá a retirada dos postes clandestinos”, afirmou o secretário de Governo, Ricardo MacDonald. Além disso, as secretarias de Urbanismo e de Trânsito farão estudos para determinar os prazos para regularização das fiações irregulares de postes instalados com auto-

Há 77 postes irregulares | RODRIGO FÉLIX LEAL/METRO CURITIBA

R$ 1.614 é o valor da multa que será aplicada às empresas que não regularizarem as fiações, que também serão alvo de fiscalização da prefeitura.

rização. As empresas que não fizerem a regularização poderão ser multadas

a partir de fevereiro “por usurpação de bem público e por falta de licença de utilização”, diz a prefeitura. Cabos que estiveram abaixo de 5 metros de altura, cabos soltos ou abandonados, além dos não identificados, serão alvo da ação. A multa prevista é de R$ 1.614 por poste usado indevidamente. O valor dobra em caso de reincidência. METRO CURITIBA


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

Dilma convida novo ministro da Saúde

Mensalão

‘Vaquinha’ de Genoino chega aos R$ 761 mil A campanha de doações para o ex-deputado José Genoino arrecadou R$ 94,4 mil a mais do que a multa imposta pelo STF. A família do petista divulgou ontem na internet o comprovante de pagamento no valor de R$ 667,5 mil.

Reforma ministerial. Presidente formaliza indicação de Arthur Chioro para substituir Alexandre Padilha, pré-candidato ao governo de SP Com as gavetas vazias para disputar o governo de São Paulo, o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, conheceu ontem o seu substituto: Arthur Chioro (PT). Apadrinhado do prefeito de de São Bernardo do Campo (SP), Luiz Marinho, o atual secretário de saúde do município foi convidado ontem para o cargo em reunião com a presidente Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto. Após o convite, Chioro teve encontro com Padilha para acertar detalhes da transição. A posse no cargo está prevista para fevereiro. A presidente resistiu a pressões de aliados como o PMDB e o Pros, que queriam fazer indicações para o cargo, mantido sobre o guarda-chuva petista. A decisão, contudo, de-

flagrou uma disputa interna no PT. Os nomes mais cotados passaram a ser do secretário de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde, Mozart Salles, e do secretário de Atenção à Saúde, Helvécio Magalhães. Preteridos, ambos deixarão os cargos para concorrer a deputado federal nas eleições de outubro. A indicação de Chioro ganhou força depois que Dilma avaliou o empenho do médico da implantação de programas Saúde da Família e Mais Médicos na cidade da região metropolitana de São Paulo. É a segunda vez que Chioro ocupará um cargo no governo federal. Entre 2003 e 2005, ele foi diretor do Departamento de Atenção Especializada do Ministério da Saúde. METRO BRASÍLIA

Sob suspeita

METRO

Arthur Chioro é investigado pelo MP/SP Arthur Chioro é acusado de desrepeitar a Lei Orgânica do município, que veda ocupantes de cargos público de manter contratos com governos estaduais. Ele é sócio majoritário da Consaúde Consultoria, Auditoria e Planejamento LTDA.Entre 2008 e 2013, a empresa recebeu R$ 245 mil das prefeituras de Botucatu e Ubatuba. A investigação do MP (Ministério Público) de São Paulo foi aberta em setembro de 2013. METRO

|05|◊◊

{BRASIL}

Improbidade

Tarso Genro é condenado por contratações O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), foi condenado em primeira instância por improbidade administrativa. Ele é acusado de fazer contratações ilegais de servidores temporários para a área de saúde do Estado. Se a condenação for mantida pela Justiça Federal, Tarso terá os direitos políticos suspensos por cinco anos. METRO CURITIBA

Chioro está no primeiro escalão de São Bernardo desde 2003 | DIVULGAÇÃO

Solto, João Paulo tem 51% estão insatisfeitos com sua vida sexual sobrevida na Câmara Com o trânsito em julgado da ação penal do mensalão, mas sem a ordem de prisão expedida pelo STF (Supremo Tribunal Federal), o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) não terá a abertura do processo de cassação tratada com prioridade na volta do recesso. A Mesa Diretora da Câmara adiou a reunião marcada para 4 de fevereiro, cuja pauta seria o caso do parlamentar, que se recusa a renunciar ao mandato. A justificativa do presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), é que a Casa não foi notificada pelo STF. João Paulo Cunha teve os recursos negados em 6 de janeiro e começaria a cumprir a pena de 6 anos e 4 meses de prisão em regime semiaberto pelos crimes de corrupção passiva e peculato. O presidente do STF, ministro Joaquim Barbosa, no entanto, não assinou a ordem de prisão e entrou em férias. Os mi-

João Paulo aguarda ordem de prisão em Osasco | LALO DE ALMEIDA/FOLHAPRESS

nistros plantonistas Carmen Lúcia e Ricardo Lewandowski também não assinaram o pedido. Com isso, o deputado, que aguarda a decisão em casa, em Osasco (SP), só deverá ser preso em fevereiro, na volta do recesso.

Parcelamento O ex-tesoureiro do antigo PL Jacinto Lamas pediu ontem à Vara de Execuções Penais para dividir em 180 vezes a multa de R$ 370,8 mil imposta pelo STF. Ainda não houve resposta. METRO BRASÍLIA

Pesquisa aponta que metade dos brasileiros (51%) está insatisfeita com a vida sexual. O levantamento, divulgado ontem pela psiquiatra Carmita Abda, coordenadora do ProSex (Programa de Estudos em Sexualidade do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo), analisou as respostas de 1.004 homens e mulheres com idades entre 18 e 65 anos. De acordo com a psiquiatra, o problema do brasileiro é a falta de comunicação. A consequência pode ser uma relação sexual muito rápida. A maioria, cerca de 40%, diz dedicar no máximo 15 minutos para as preliminares. E 13% finalizam o ato em no máximo cinco minutos. Além disso, a falta de comunicação e a rapidez dificultam o prazer da mulher. Apenas 22% dizem chegar ao orgasmo em todas as relações sexuais. Não admitir quando se tem algum problema também pode colaborar para insatisfação. Cerca de 60% dos

EDUARDO KNAPP/FOLHAPRESS

O BRASILEIRO E O SEXO 62%

22%

40%

dos homens relatam dificuldades em manter a ereção

das mulheres conseguem chegar ao orgasmo sempre que tem relações sexuais.

dedicam no máximo 15 minutos às preliminares

FONTE: DUREX GLOBAL SEX SURVEY

brasileiros apresentam essa característica. Os entrevistados também relataram melhora no humor e autoestima após o sexo. Para 59% dos homens e 67% das mulheres, o ato ajuda evitar o estresse. Do total de entrevistados, 880 se declararam heterossexuais. A maioria, cerca de 89%, estava em uma

união estável no momento da pesquisa. Em comparação a outros 36 países, os brasileiros são os que mais variam. Metade diz utilizar do sexo oral o resultado global chegou a apenas 33%. Por outro lado, os estrangeiros usam mais artigos para incrementar o ato: 22% ante 17% entre os brasileiros. METRO


|06|

Mensalão tucano. Crimes de Mares Guia prescrevem Acusado de peculato e lavagem de dinheiro no mensalão mineiro, o ex-ministro Walfrido Mares Guia teve o processo extinto pela Justiça de Minas Gerais. Em 1998, o então candidato a vice-governador teria participado do esquema de desvio de dinheiro público na campanha, que ficou conhecido como mensalão tucano. Os crimes prescreveriam em 16 anos, mas a lei penal estabelece que o prazo caia pela metade após o acusado completar 70 anos. Walfrido completou a idade em 24 de novembro de 2012. A denúncia do mensalão mineiro foi aceita pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2009. O julgamento está

Walfrido foi ministro do governo do ex-presidente Lula | LINDOMAR CRUZ/ABR

previsto para o primeiro semestre deste ano. Entre os réus que serão julgados estão o deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) e o senador Clésio Andrade (PMDB-MG). METRO

MA. Pedrinhas registra terceira morte neste mês

A tortura policial foi classificada como um problema crônico no Brasil, em relatório da ONG HRW (Human Rights Watch), divulgado ontem, em Berlim. A entidade lista, anualmente, os desafios relacionados a direitos humanos em 90 países. Segundo o levantamento, em cinco anos as taxas de encarceramento no país cresceram mais de 30%. Com isso, a população carcerária superou meio milhão de pessoas, número 43% acima da capacidade. Sem citar a situação caótica no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís (MA), o relatório destaca as péssimas condições dos presídios, a proliferação de doenças por causa da superlotação e a dificuldade dos médicos em conseguir atender aos presidiários. “A lotação e a carência de infraestrutura facilitam a proliferação de doenças”, afirma o relatório. Também foi levantado que os casos de intimidação por meio de abusos e outros meios de tortura por policiais são “corriqueiros e constantes” no país. Em entrevista à BBC Brasil, a diretori da HRW, Maria Laura Canineu, afirmou que os

Problemas no sistema carcerário brasileiro têm capítulo específico na publicação | AGÊNCIA CNJ

500 mil

ONG destaca crise na Síria e critica NSA

problemas no país foram “potencializados por eventos do ano passado, como a ação violenta da polícia nos protestos e a morte do Amarildo”. Ainda foi lembrado pelo relatório, entre outros casos, o de maus tratos a menores infratores dentro da Fundação Casa da Vila Maria, zona norte, em agosto do ano passado. METRO

A crise na Síria, onde um confronto entre forças do regime do presidente Bashar al-Assad e rebeldes matam civis desde 2011, foi o principal destaque do relatório da ONG WRW (Human Rights Watch). Segundo o diretor-executivo da WRH na Síria, Kenneth Roth afirmou à AFP, a situação no país deve levar autoridades do mundo a responder às “atrocidades em massa” que ocorrem na Síria. Ele afirmou que as “bar-

é o número da população carcerária no Brasil. O número é 43% maior do que a capacidade dos presídios brasileiros.

cela, mas o governo afirmou não saber as circunstâncias da morte. Uma equipe do Instituto de Criminalística foi até a prisão ontem, mas o relatório das investigações não foi divulgado até a noite de ontem. Os casos de assassinatos com decapitações tornam esta a pior crise do sistema carcerário brasileiro dos últimos anos. METRO

PGR discute intervenção Federal no Maranhão Disposto a pedir uma intervenção federal no Maranhão por causa da crise no sistema penitenciário estadual, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, recebeu apoio ontem de entidades ligadas aos direitos humanos. A conclusão é de que as medidas anunciadas pela governadora do Estado, Roseana Sarney (PMDB), não

‘Tortura é problema crônico no Brasil’ Human Rights Watch. ONG aponta em relatório problemas de superlotação das unidades prisionais e afirma que abusos de policiais são “corriqueiros e constantes”

Polícia investiga relação do crime com transferência de presos | HANSON CHAGAS/REUTERS

Mais um preso foi encontrado morto no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, no Maranhão, na manhã de ontem. É a terceira morte no presídio neste ano e a 63a desde o ano passado. De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária, o detento Jô Nojosa morreu por enforcamento. Uma corda foi encontrada na

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{BRASIL}

impedem a violação dos direitos dos presos. “O Maranhão sozinho não tem condição nem de prevenir novas violações nem de prestar contas do que foi feito até agora”, diz o diretor da ONG Conectas, Rafael Custódio. Janot deve pedir em fevereiro ao STF (Supremo Tribunal Federal) a intervenção. METRO BRASÍLIA

baridades cometidas” não foram suficientes para que potências mundiais tomem ações para interromper as mortes em massa. A NSA (agência de segurança nacional dos Estados Unidos) foi duramente criticada. Segundo a ONG, a ação de espionar países, divulgada por Edward Snowden, impõe restrições na liberdade de expressão. “Muitos países vão criar redes de internet locais para manter os dados de seus usuários em seu país”, acredita Roth. METRO

Gama Filho. Estudantes protestam no DF e no RJ

Estátua de 38 metros teve a mão danificada | LEVY RIBEIRO/BRAZIL PHOTO PRESS/FOLHAPRESS

Monumento. Cristo Redentor começa a ser restaurado O Cristo Redentor, principal ponto turístico do Rio de Janeiro, começou a receber obras de reparação ontem, após ser atingido por pelo menos dois raios na semana passada. Um danificou a pontas de um dos dedos da mão direita, e outro, a cabeça da estátua. Técnicos fazendo rapel e alpinismo ampliarão a proteção

contra raios, que já existia no Cristo, instalando para-raios em cada uma das extremidades do monumento. A reforma exigirá R$ 1,9 milhão de investimento, financiado pela iniciativa privada e pela Arquidiocese do Rio. Apesar das obras, as visitas ao Cristo não foram interrompidas. METRO

Durante a noite de segunda-feira, 13 estudantes que estavam acampados no gramado atrás do Congresso Nacional, em Brasília, foram detidos pela Polícia Militar do Distrito Federal. Depois de prestarem depoimentos na Delegacia do Senado e assinarem um documento no qual se comprometem a comparecer à Justiça, eles foram liberados. Segundo o Diretório da Central dos Estudantes (DCE) da Gama Filho, os estudantes pretendem buscar um respaldo legal para acampar novamente no local. Na tarde de ontem, no Centro do Rio, cerca de 300 pessoas, entre alunos, professores e funcionários

Estudantes foram às ruas do centro do Rio | ARIEL SUBIRÁ/FUTURA PRESS

da Gama Filho e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade) fizeram um protesto para pedir uma solução para o descredenciamento das instituições pelo MEC. METRO RIO


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{MUNDO}

|07|◊◊

Frio ártico volta aos EUA Tempestade de neve. Frente fria derruba temperaturas no nordeste do país, fecha escolas, cancela voos e antecipa caos Uma frente fria do Ártico deve despejar até 30 cm de neve na costa leste dos Estados Unidos até a manhã de hoje. Ontem, a tempestade levou as autoridades a fechar escolas e muitos escritórios do governo federal em Washington, onde cerca de 2,5 centímetros de neve haviam caído até o início da tarde. Os alertas cancelaram ou desviaram viagens aéreas no caminho. As temperaturas na metade oriental dos Estados Unidos deverão ser de 6 a 14 graus Celsius abaixo da média. Rajadas de vento devem levar até 30 centímetros de neve ao sul da Nova Inglaterra quando a frente fria absorver a umidade do Oceano Atlântico. “Nós ainda esperamos grandes impactos sobre o rush da tarde tanto para Baltimore quanto para Washington”, disse Carl

2.900

voos foram cancelados ontem nos EUA por causa da tempestade, segundo um serviço de rastreamento Barnes, do Serviço Meteorológico Nacional. Cerca de 2.900 voos foram cancelados ontem, de acordo com a FlightAware, um serviço de rastreamento. Os aeroportos mais afetados foram Philadelphia International e LaGuardia, em Nova York. O ar polar é uma espécie de repetição da onda de frio que tomou conta de grande parte dos EUA no início do ano. O frio e a neve desviaram viagens aéreas e bloquearam estradas, quebraram recordes de temperatura e contribuíram para pelo menos nove mortes.

No Brasil, a TAM informou que alterou o horário de saída de seus voos para Nova York, partindo de São Paulo e Rio, de ontem para hoje. A companhia está entrando em contato com seus clientes para informar sobre os novos horários dos voos. METRO

0

AS MÍNIMAS DURANTE O ‘VÓRTICE POLAR”, EM JANEIRO, E A PREVISTA PARA A NOVA ONDA

-37ºC

-22ºC

50

100

-89.4ºC

A menor temperatura registrada na Terra foi na Estação de Pesquisa Vostok, na Antártica (21/07/1983)

Um homem varre a neve do lado de fora do Teatro Patriots, em Trenton, Nova Jersey | LUCAS JACKSON/REUTERS


|08|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

Criação de vagas com carteira é a menor em 10 anos Mais de 500 mil imóveis foram financiados | TÉRCIO TEIXEIRA/FUTURA PRESS

Imóveis. Financiamentos batem recorde em 2013 Os financiamentos imobiliários com recursos das cadernetas de poupança atingiram R$ 109,2 bilhões em 2013 e bateram um novo recorde histórico. Em relação ao ano anterior (R$ 82,8 bilhões), o aumento é de 32%, segundo dados divulgados ontem pela Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança). A maior parte dos desembolsos (R$ 76,9 bilhões) destinou-se à compra da casa própria, cuja demanda aumentou 41%. O número de unidades financiadas cresceu 17%, somando 529,8 mil, ante 453,2 mil, em 2012. O presidente da entidade, Octávio de Lazari Júnior, atribuiu o bom desempenho à manutenção do emprego e renda associada à queda na inadimplência e à oferta de crédito com juros mais baixos em relação às demais modalidades de empréstimos.

Para 2014, a entidade prevê alta 15% nos desembolsos. Segundo Lazari, em 2014, a valorização deve acompanhar a inflação. Além da lei da oferta e procura, diz, os preços tiveram impacto de valores agregados como áreas de convivência, com piscinas, quadras de esportes entre outras benfeitorias. “Os preços ficarão estáveis, a não ser em uma ou outra zona de instabilidade. O que percebemos é que o valor financiado está coerente com a valorização que acontece na região”, disse Lazari. De 2005 para 2013, a participação do crédito imobiliário no endividamento das famílias passou de 3% para 15%. Para Lazari, essa alta é sustentável, uma vez que boa parte dos tomadores de crédito deixou de arcar com o aluguel. Além disso, a inadimplência no setor é baixa, de 1,8% dos contratos. METRO

Análise

Bolha ou especulação? Dados da Abecip divulgados ontem mostram que os financiamentos imobiliários no Brasil bateram recorde em 2013, avançando 32% sobre o ano anterior, e a expectativa é que em 2014 haja um crescimento de 15%. Ante esse cenário, será que 2014 será um bom ano para o brasileiro comprar um imóvel? Ou, se a tal bolha imobiliária irá finalmente estourar e os preços dos imóveis irão despencar no Brasil? Muitos confundem bolha com especulação. A tal da bolha é uma asso-

ciação com a brincadeira de criança, de soprar bolinha de sabão até ela estourar. Pela analogia, com o que aconteceu nos EUA em 2008, os preços dos imóveis no Brasil cairão vertiginosamente. Entretanto, o mercado imobiliário brasileiro é diferente, tem especulação, mas não tem bolha. Pode haver acomodação de preços, mas não deve haver uma redução drástica. Por isso, quem pode, deve aproveitar 2014 para comprar ou trocar de imóvel que fará um bom negócio. GILBERTO BRAGA

Professor de finanças do Ibmec

Mercado de trabalho. País gerou 1,1 milhão de empregos formais no ano passado, uma queda de 14% em relação a 2012 O Brasil criou 1.117.171 novas vagas de trabalho com carteira assinada em 2013 na série com ajuste até novembro. Esse resultado é o pior desde 2003, quando o saldo entre contratações e demissões foi de 821.704 vagas, segundo dado do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho. O resultado de 2013 é 14,2% inferior ao de 2012, quando foram gerados 1,301 milhão de empregos. “Tivemos um crescimento do PIB que não foi alto. Não pode a geração de emprego contrariar a realidade”, afirmou o ministro do Trabalho, Manoel Dias. Em 2014, o governo prevê a criação entre 1,4 milhão e 1,5 milhão de novos empregos. Segundo o ministro, há “indicativos de aquecimento do emprego”. Dias citou que dezembro foi o quinto mês consecuti-

EVOLUÇÃO

Geração de empregos com carteira, em milhões* 3.0

2,543 2.0

1.0

1,747

1,893 1,514 1,485

1,944 1,669 1,296

0,821

1,301

1,117

2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 FONTE: CAGED

*SEM AJUSTE

vo, desde agosto de 2013, em que o resultado é melhor do que nos mesmos meses de 2012. “Foi o melhor dezembro em três anos”, disse o ministro. No mês passado, a economia brasileira perdeu 449.444 postos com carteira assinada. Segundo economistas, a geração de empregos também é influenciado pela crise financeira internacional. “Estamos conseguindo ain-

da o milagre de não sermos afetados por esta onda de desemprego no mundo inteiro”, afirmou o ministro. O setor de serviços apresentou o maior aumento no número de empregos, com abertura líquida de 546.917 postos. No comércio, foram abertas 301.095 vagas e, na indústria de transformação, 126.359. A construção civil, por sua vez, abriu 107.024 postos de trabalho. METRO

‘123456’ desbanca ‘password’ como pior senha na internet Uma pesquisa da consultoria SplashData revela que a maioria das pessoas continua colocando em risco a sua segurança na internet com senhas fáceis de serem descobertas por hackers. Pela primeira vez, o código “password” (senha, em inglês) perdeu a liderança do ranking para a sequência numérica “123456” em 2013. A empresa lista todos os anos as 25 senhas mais comuns encontradas na internet. O ranking é compilado conforme o número de senhas que vazaram na web. “Um aspecto interessante na lista de 2013 é o aparecimento de mais senhas numéricas, mesmo com os sites reforçando a política de criação de senhas fortes”, diz Morgan Slain, CEO da companhia.

O levantamento de 2013 foi também influenciado principalmente por um vazamento em outubro nos serviços da Adobe, que expôs as contas de 38 milhões de usuários. Este é o motivo pelo qual a lista inclui pela primeira vez as senhas “adobe123” e “photoshop”, na 10ª e 15ª posições, respectivamente. A consultoria aconselha a criar código com base em palavras combinadas, que são fáceis de lembrar e difíceis de serem hackeadas, por exemplo “bolo_anos_ aniversario”. Segundo a SplashData, os softwares para decifrar senhas já estão cada vez mais aptos a encontrar códigos que substituem números em palavras, como s3nh4. METRO

As piores senhas

1 2 3 4 5 6 7 8

‘123456’ (subiu uma posição) ’password’ (caiu uma posição) ‘12345678’ (não mudou de posição) ‘qwerty’ (subiu uma posição)

‘abc123’ (caiu uma posição) ‘123456789’ (nova)

‘111111’ (subiu duas posições) ‘1234567’ (subiu cinco posições)

PIB

FMI corta projeção de crescimento O FMI (Fundo Monetário Internacional) reduziu ontem sua projeção de crescimento econômico para o Brasil em 2014 a 2,3%, sobre 2,5%, estimados anteriormente. A estimativa para 2015 também sofreu corte, a 2,8%, ante 3,2% em outubro. Para o FMI, a economia brasileira deve sentir os efeito da alta de juros, promovida para controlar a inflação. “O Banco Central elevou a taxa de juros com força, o que achamos que vai pesar sobre o investimento”, avaliou o chefe da divisão de estudos econômicos mundiais do FMI, Thomas Helbling. METRO

Copa. Demanda por voos deve cair, diz Abear A demanda por voos domésticos deverá cair durante o período da Copa do Mundo, projeta a Abear (Associação Brasileira das Empresas Aéreas), que levou em consideração análises nos mercados aéreos da Alemanha, África do Sul e Reino Unido durante das Copas de 2006, 2010 e Jogos Olímpicos de 2012. Para a entidade, os passageiros corporativos, que hoje representam 75% do total, não devem viajar neste período. “Esses passageiros serão em parte substituídos pelo público da Copa”, explicou o presidente da Abear, Eduardo Sanovicz. Na última semana a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) autorizou cerca de 2 mil voos extras durante o evento. METRO


STOCK.XCHNG

CURITIBA Quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

leitor.ctb@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metroCTB

EDUCAÇÃO

Organizar a rotina com um cronograma anual ajuda muito nos estudos PÁG. 10

VOLTA ÀS AULAS SEM CORRERIA


+ EDUCAÇÃO Orientação!

Meu 1º dia de aula Quando ir para a escola é novidade, as crianças tendem a criar expectativas e a ficar com um pouco de medo. Nesse momento, os pais precisam saber como tranquilizá-las e incentivá-las a encarar o desafio. “É papel dos pais dar carinho e transmitir segurança para os filhos”, diz Maria Teresa Messeder Andion, psicopedagoga e mestre em psicologia do desenvolvimento humano, do ensino e da aprendizagem.

|10|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPECIAL}

Hora de reorganizar a rotina escolar Novo ano letivo. Chame seu filho para arrumar os materiais e criar um cronograma de estudos que garanta boas notas em 2014 Na época da volta às aulas, a correria de pais e filhos envolve, entre outras coisas, reorganizar mochila e materiais escolares. É hora também de reforçar para o filho a importância de montar e seguir um plano de estudo, pois isso vai ajudá-lo a encarar melhor as provas e atividades. Outra providência fundamental nesse período é organizar o cantinho de estudo da criança em casa, local em que devem estar os materiais necessários para que ela faça a lição e as pesquisas em paz. “É imprescindível que o aluno tenha um espaço próprio para estudar”, defende a pedagoga Liliana Francischini. “É ali que ele vai se sentir confortável e motivado para realizar as tarefas”. No cuidado com os novos materiais, a palavra de ordem é responsabilidade. “Mostrar

para a criança qual é o valor do material é muito importante porque a ajuda a ter mais cuidado com o que usa em casa e na escola”, ressalta a coordenadora de Educação Infantil Marcela Castro. Organização e pontualidade É recomendado que, tanto o pai quanto o filho, criem um cronograma que deve ser seguido até o fim do ano. Isso porque, durante a vida escolar, as lições de casa e provas se tornam cada vez mais frequentes, exigindo dos alunos organização e planejamento. A falta de uma rotina pré-estabelecida muitas vezes compromete o aproveitamento da criança. “E o auxílio dos adultos na organização é crucial”, alerta Rita de Cassia Gallego, professora doutora da Faculdade de Educação da USP. Mas não adianta querer

implantar uma rotina que massacre e canse; é preciso que ela seja vantajosa para os envolvidos. “O plano de estudo deve focar a fragilidades e potencialidades das crianças, assim os pais podem ajudá-las a melhorar nas matérias”, completa a educadora. Eles também devem ter o hábito de conversar sobre o cotidiano da escola e saber mais sobre as atividades. A pontualidade deve ser uma regra desde a pré-escola. “Chegar no horário, ou com antecedência, é importante por várias razões”, diz a psicopedagoga Marcia Zebini. “Acho que a principal delas é a contribuição para a formação de um indivíduo capaz de respeitar regras e normas e de conviver adequadamente em Com o sociedade.”

Dicas para ajudar seu filho no volta às aulas! Atitudes simples colaboram para iniciar uma vida estudantil mais saudável. 1. Monte um calendário em parceria com o seu filho 2. Faça o acompanhamento das aulas em casa 3. Garanta boas noites de sono às crianças 4. Não deixe que ele falte sem necessidade

5. Ajude na lição de casa 6. Leia e incentive a leitura em casa, em família 7. Estimule a escrita de cartas, bilhetes e notas 8. Aproxime-se da escola do seu filho e participe das reuniões de pais 9. Mantenha a escola informada sobre o que acontece com ele

Mochila cheia é sinal de sobrecarga nas costas Colocar menos livros e cadernos dentro da mochila é a melhor alternativa para as crianças em idade escolar. De acordo com a orientação da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, a Sbot, essa é uma das grandes causas de problemas nas costas em jovens. “Quando a mochila tem mais de 10% do peso corporal da criança, torna-se prejudicial à saúde e pode causar problemas graves”, alerta o ortopedista Luiz Carlos Lopes. METRO

Excesso de livros e materiais podem prejudicar a saúde | SXC.XCHNG


|12|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{EDUCAÇÃO}

Material escolar é mesmo o vilão do orçamento?

Consumo. Os pais não precisam comprar tudo o que as escolas estipulam nas listas. É possível aproveitar o que sobrou do ano anterior

Antes de comprar o material escolar vale pesquisar na internet e nas lojas populares | OSLAIM BRITO/FUTURA PRESS

A hora de comprar o material escolar pode ser uma festa para os estudantes. Mas os pais vêm na situação mais uma conta que pode desiquilibrar o orçamento apertado de janeiro, uma vez que, segundo o Data Popular, os gastos com materiais e livros teve um aumento de 7,7% em 2013. O primeiro passo é reaproveitar tudo o que sobrou do ano anterior, uma vez que, em geral, as famílias já têm de 10% a 30% do que está na lista, afirma o educador financeiro Reinaldo Domingos. Comprar somente o que está faltando ajuda os jovens a formar uma consciência sustentável e evita o consumo excessivo e desnecessário, indica a pedagoga Liliana Francischini.

Pesquise antes Após pesquisar na internet e nas lojas, principalmente nas populares, é possível avaliar onde a compra será mais vantajosa. Mas, é preciso levar em conta o prazo de entrega e o valor cobrado pelo frete nas lojas on-line. Outra desvantagem da internet é a impossibilidade de pechinchar, que é uma arma poderosa na hora de conseguir o melhor preço, indica Domingos. Com ou sem os filhos? Enfrentar a maratona de compras sem os filhos é a dica de Daniele Vilela Leite, orientadora educacional, para evitar sucumbir aos desejos nem sempre baratos das Com o crianças.

Análise

Cuidado com os exageros No final de 2013, entrou em vigor a lei que proíbe a exigência de itens de uso coletivo em listas de material escolar (produtos de limpeza e escritório). Se necessário, pais devem consultar a escola. Em caso negativo, devem procurar órgãos de proteção ao direito do consumidor.

GIOVANI DUARTE OLIVEIRA Consultor jurídico


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

Garanta a segurança do seu filho no transporte escolar Orientação. Guia para atentar os pais sobre a segurança e a qualidade dos transportes dos estudantes

Pais devem orientar seus filhos na hora de ir para a escola DANIELA SOUZA/FOLHAPRESS

Uma das principais preocupações das famílias em relação à volta as aulas é o transporte escolar. A partir de certa idade, muitas crianças passam a ir para a escola sem a companhia dos pais. Seja de van, de ônibus ou a pé, algumas recomendações são essenciais para garantir a segurança e a tranquilidade dos estudantes na hora de ir para a aula. A coordenadora da ONG Criança Segura, Alessandra Françoia, lembra que crianças com menos de 10 anos

não devem andar sozinhas na rua. “Crianças com essa idade têm dificuldades de julgamento da velocidade e distância dos carros, e limitação na habilidade motora, visual e auditiva para entender o trânsito”, explica. Portanto é preciso observar se seu filho está apto para enfrentar o trânsito sozinho. Uma das melhores maneiras de garantir que a criança está pronta para a ir para a escola sozinha é fazer o trajeto com ela algumas vezes. Mesmo que o cami-

nho seja curto, essa atitude é importante para apontar os locais onde ela deve prestar mais atenção, como um grande cruzamento. No caso do ônibus, certifique-se de que seu filho está ciente do ponto em que deve pegá-lo e em qual irá descer. Para os estudantes que utilizam a van escolar, a primeira orientação para os pais é verificar se o motorista tem autorização e cadastro do município, além da carteira de habilitação categoria D. Essas informa-

ções podem ser consultadas na Secretaria Municipal de Transportes da sua cidade. Oriente seu filho Especialmente no caso de crianças pequenas, converse com ela sobre como se comportar durante o transporte: ficar sentado, usar cinto de segurança e não tirar a atenção do motorista, por exemplo. Lembre-se de alertá-la de que ela deve sempre descer na calçada, em frente Com o à escola.

{EDUCAÇÃO}

|13|◊◊

Gratuitas. ISAE/FGV realiza Ciclo de Palestras

Espanhol. Cervantes oferece cursos especiais

Começa no dia 3 de fevereiro, às 19h30, o Ciclo de Palestras Ponto e Contraponto ISAE/FGV, com objetivo de discutir temas atuais e promover o conhecimento das práticas de gestão. “O ciclo busca sempre unir o ponto de vista acadêmico com uma interface do mercado. Nosso objetivo é gerar discussões de novas ideias e soluções, além do networking que o ciclo sempre gera a cada ano”, afirma o diretor de Educação, Antonio Raimundo dos Santos. Os encontros são abertos à comunidade e ministrados por professores do ISAE/FGV (Av. Visconde de Guarapuava, 2.943, no Centro) e profissionais com amplo conhecimento mercadológico nas áreas de Finanças, Sustentabilidade, Gestão e Projetos. Informações pelo 33887811 e www.isaebrasil.com. br/eventos.aspx.

Um dos primeiros passos para quem pretende trabalhar durante a Copa do Mundo é estudar uma língua estrangeira. Com a seleção da Espanha jogando em Curitiba, uma boa opção é aprender a língua espanhola, uma das mais faladas no mundo, com quase 600 milhões de nativos e estudantes. Criado para difundir a cultura dos países de língua espanhola, o Instituto Cervantes oferece diversas atividades artísticas, culturais e cursos para quem quer aprender a falar espanhol. O instituto oferece uma ampla grade de cursos de espanhol em módulos para iniciantes, intermediários ou para quem já domina a língua, incluindo o Diploma Espanhol de Língua Estrangeira. O Cervantes também oferece cursos para que empresas atendam suas necessidades específicas. Mais informações pelo site www. curitiba.cervantes.es.

METRO CURITIBA

METRO CURITIBA


2 CULTURA

|14|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

Mescla de talentos, ritmos e canções no palco da Oficina Lançamentos. Léa Freire e Amilton Godoy fazem show do novo CD no Teatro da Reitoria. Com apresentação no Teatro Paiol, curitibana Rogéria Holtz lança disco “Na Tocaia”, fruto de seu trabalho com o grupo musical A programação de hoje na 32ª Oficina de Música de Curitiba traz dois importantes lançamentos. No Teatro da Reitoria da UFPR, às 21h, o pianista Amilton Godoy e a flautista e compositora Léa Freire comandam o show de lançamento do CD que registra o talento desses dois grandes nomes da MPB. Em “Amilton Godoy e a Música de Léa Freire”, Godoy interpreta 11 peças para piano escritas por Léa, em execuções que privilegiam tanto o rigor quanto a improvisação. A afinidade musical entre Léa e Amilton tornou realidade o disco. A versatilidade do pianista, que transita com desenvoltura por vários gêneros musicais, foi fundamental pa-

ra a interpretação da obra de Léa, que guarda influências de rock, jazz, bossa nova, choro e baião. Mistura de ritmos O segundo lançamento da noite, às 19h, no Teatro Paiol, é o do CD “Rogéria Holtz na Tocaia”, resultado da união da cantora curitibana com o grupo formado por Glauco Sölter, Mario Conde, Endrigo Bettega e Jeff Sabbag. O trabalho traz uma mistura de ritmos e canções com uma sonoridade ímpar. No repertório, músicas de autores paranaenses como Paulo Leminski, Marcelo Sandmann, Benito Rodrigues, Alice Ruiz e Zé Miguel Wisnik. METRO CURITIBA

Show remarcado

Serenô lança disco nesta sexta no Paiol Devido a uma queda de energia na região do Teatro Paiol na última segunda, o grupo curitibano Serenô ficou impedido de realizar o show de lançamento do seu primeiro disco. Contudo, o público terá a oportunidade de conferir o talento dos músicos no ‘Blue Moon’

Beck cansou da solidão

Beck divulgou a primeira faixa do disco “Morning Phase”, que será lançado no dia 25 de fevereiro. Na balada pop “Blue Moon”, o cantor resgata seu estilo melancólico e se diz cansado da solidão. Confira o áudio no link: http://migre.me/hxv1E.

Show de Amilton Godoy e Léa Freire. No Teatro da Reitoria (R. 15 de Novembro, 1.299). Hoje, às 21h. R$ 15 e R$ 30. A flautista Léa Freire une o popular ao erudito em novo disco | ALICE RODRIGUES

Na Fesp

espetáculo que acontece nesta sexta, às 19h, no Paiol, com todo o samba e os batuques que marcam a trajetória do Serenô. Os ingressos vão de R$ 15 a R$ 30. O álbum, que tem o mesmo nome do grupo, registra 12 músicas autorais já conhecidas pelo público que acompanha o “Baile do Serenô”, realizado pelo grupo há seis anos na Sociedade Treze de Maio. METRO CURITIBA

‘Feirinha’ da Oficina reúne histórias Ao som de flautas e violas, pequenos estandes exibem livros de música e LPs antigos. Como em um pequeno “mercado persa”, os corredores da Fesp, que sedia a 2ª fase da Oficina de Música, revelam as histórias de vendedores que são parte da história do evento, como Revelindo Komavczwshi, que

Conservatório abre inscrições Sanches Neto. Estão abertas as inscrições para os cursos do 1º semestre do Conservatório de MPB de Curitiba. As inscrições para os cursos de Prática de Conjunto de Choro e Prática de Conjunto de MPB (para candidatos que já tocam

Para os cursos do primeiro semestre | CIDO MARQUES/ FCC

algum instrumento) podem ser feitas até esta sexta. O período de inscrições está dividido por núcleo de instrumentos. As inscrições devem ser feitas pela internet, sendo que para os núcleos de instrumentos, o período vai das 9h às 17h. A seleção dos candidatos será feita em duas etapas. As matrículas dos candidatos selecionados acontecem de 3 a 7 de fevereiro, com início das aulas no dia 17 de fevereiro. A taxa de matrícula é de R$ 50, e o valor da mensalidade varia conforme o curso. Informações pelo 3321-3315. METRO CURITIBA

veio de São Paulo para vender seus artigos na Oficina. Curitibano, ele conta que há seis anos participa do festival. “O mais legal é o contato com o pessoal da música, os estudantes que tocam por aqui’’, diz.

Show “Rogéria Holtz na Tocaia”: No Teatro Paiol Hoje, às 19h. R$ 15 e R$ 30 www.oficinademusica.org.br

METRO CURITIBA

Komavczshi vende artigos há seis anos na Oficina

Rogéria Holtz se junta ao grupo Na Tocaia em CD| DIVULGAÇÃO

‘Diretas Já’

MPB

Escritor inicia viagem pelo PR

Exposição sobre comício vai para o Parque Barigui

Robertinho Silva lança livro hoje na Aldeia do Beto

O escritor Miguel Sanches Neto começou ontem uma viagem para coletar histórias junto aos personagens da Rodovia do Café (BR-376), no trecho que liga o Norte do Paraná (Apucarana) aos Campos Gerais e à Curitiba. No projeto “Residência Literária na Rodovia”, Neto fará o trajeto de 358 km em uma semana, em uma van adaptada como escritório literário. Com novos olhares e em uma outra velocidade, o escritor vai reviver o percurso que o levou da pequena Peabiru até Curitiba, 30 anos atrás. METRO CURITIBA

A exposição ‘30 anos 1º Comício Diretas Já – Curitiba’ pode ser vista na Boca Maldita até às 13h de hoje. A partir de amanhã e até 10 de fevereiro, o ônibus com a mostra itinerante ficará aberto ao público no Parque Barigui, estacionado ao lado do heliponto. Depois, a mostra segue para as outras regionais da cidade. A exposição já teve mais de 2,5 mil visitas de 12 de janeiro até ontem. METRO CURITIBA

O baterista e percussionista Robertinho Silva lança o livro “Se a minha bateria falasse…” hoje, a partir das 19h, na Aldeia do Beto (R. Prof. Brandão, 678). A entrada é gratuita. O livro, escrito em parceria com o jornalista Miguel Sá, reúne fatos da vida e a trajetória de Robertinho, músico que acompanhou e protagonizou a história da MPB nos últimos 50 anos. METRO CURITIBA


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{CULTURA}

|15|◊◊

No embalo das garatujas FOTOS :DIVULGAÇÃO

Nos cinemas. Traços delicados, técnicas diversas de animação e ambientações sonoras embalam a emocionante história de ‘O Menino e o Mundo’, nova produção do brasileiro Alê Abreu

‘O Menino e o Mundo’ tem traços simples, como desenhos de criança

Os traços abstratos de pintores como Juan Miró, Paul Klee e Alfredo Volpi, o jeito de fazer cinema de Andrei Tarkóvski, a música do grupo irlandês Sigur Rós. Essas são algumas das referências que o cineasta Alê Abreu reuniu para montar “O Menino e o Mundo”, animação em cartaz nos cinemas. A história mostra um menino que vive feliz em uma

aldeia, mas passa a sofrer com a saudade do pai, que precisa sair do campo e para ir trabalhar na cidade grande. O garoto decide então sair em busca dele apenas com uma maleta e uma foto da família, mas acaba descobrindo um mundo fantástico e às vezes assustador, cheio de máquinas opressoras e seres cada vez mais esgotados. Em um meio saturado

por superproduções em 3D, “O Menino e o Mundo” é um respiro ao valorizar a arte do desenho em seu modo mais puro e simples. “O próprio filme foi conduzindo sua estética e forma. Ele foi pedindo misturas, a liberdade, o desejo de ser completamente livre. É o olhar do menino que pontuou o processo de produção”, enfatiza Alê. Essa liberdade

na produção pode ser vista também no misto de técnicas de desenho, como lápis de cor, giz de cera, aquarela, guache, caneta esferográfica e colagem, além de garatujas feitas por crianças. Assim como seu primeiro longa, “Garoto Cósmico” (2008), a nova empreitada passou por um longo tempo de produção. Foram cerca de cinco anos desde a concepção

até a primeira exibição. “Só o animatic [storyboard] levou um ano e meio, mas o que tomou mais tempo foi a descoberta da história”, conta o diretor, que paralelamente fazia suas experimentações. “O filme surgiu na ilha de edição. Assim, a força da imagem se impôs e fomos cada vez mais para o universo do abstrato.” “O Menino e o Mundo” já foi exibido em alguns

festivais com êxito, tendo recebido o prêmio de longa-metragem do Festival Internacional de Animação de Ottawa e  melhor filme brasileiro segundo o Prêmio da Juventude da 37ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo. PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO


|16|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{VARIEDADES}

Gramofone sim! E via bluetooth

Os invasores

Obras na Arena

Cruzadas

High-tech. Que tal ouvir música de maneira clássica, mas com um toque moderno? Um gadget vintage. É assim que o Gramovox tem conquistado o coração, e o bolso, dos interessados em fazer produtos que mesclam tecnologia e estilo clássico. Inspirado no gramofone Magnavox R3, que era uma sensação na década de 1920, esse novo aparelho funciona nada mais nada menos que via bluetooth. Desacreditou? Pois é verdade. Para testar, basta se posicionar a uma distância de até 10 metros com um dispositivo bluetooth na mão. Escolha sua música e aguarde. Em segundos vai dar para ouvir e sentir o som vibrando pelo alto-falante desse gramofone inovador e cheio de estilo. Projetado e produzido

Leitor fala

nos Estados Unidos, o Gramovox vai além da estética idêntica ao antigo. Ele também tem as mesmas dimensões e especificações do Magnavox R3, só que traz como brinde um belo módulo bluetooth 3.0. Para garantir a qualidade do aparelho, foram contratados fabricantes especialistas em madeira e metal que, além de manter o design, deram um upgrade no alto-falante para que funcionasse como as caixas de som que temos hoje em dia. O mais legal é que a ideia desse aparelho foi aprovada e financiada pelo Kickstarter. Para quem gostou, veja a história do Gramovox nesse vídeo: http://migre.me/ hxMs8 METRO

Após vistoriar as obras da Arena da Baixada, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, fez um discurso claro e realista no secante à morosidade da obra. Além de medidas de urgência – como a possibilidade de se criar um terceiro turno de trabalho – o governo estadual liberou o empréstimo de mais R$ 39 milhões, os quais não se sabe se serão pagos algum dia pelo clube – para finalizar a obra. O custo estava estimado em R$ 180 milhões, e agora já ultrapassa a casa dos R$ 300 milhões! A propósito, o presidente do Atlético, Mário Celso Petraglia, sequer deu as caras na coletiva de imprensa (realizada ontem)! O dinheiro público se esvai pelas mãos dos caciques do futebol. E ainda há quem diga que essa Copa será frutífera para o Brasil. Haja paciência! YASMIN BREHMER - CURITIBA

‘Rolezinhos’ Espero que os ‘rolezinhos’ que estão para começar nos shoppings de Curitiba não virem casos de polícia como tem acontecido pelo país. É preciso ter bom senso. RAFAEL QUEIROZ - CURITIBA

Metro pergunta

Sudoku

Levantamento revela que juro do cheque especial chega a 256% ao ano (uma dívida de R$ 500 saltaria para R$ 1,7 mil). Você usa o cheque especial?

Siga o Metro no Twitter:

@jornal_metroCTB

@brunolcfreitas

Tive que me endividar muito até perceber que não sabia usar o cheque especial. Por isso, hoje não uso mais! @WTarcisio

Sim. Eu usei muito no ano passado. Só não me joguei de um prédio porque vou trabalhar bastante para pagar.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.ctb@metrojornal.com.br Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

Entretenimento de hoje, mas com cara de passado | GRAMOVOX/DIVULGAÇÃO

Horóscopo

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Com a influência da Lua em Libra, seu signo oposto, há tendências para mais envolvimento com assuntos de quem tem vínculo afetivo.

O empenho a assuntos culturais, estudos e o que traga novos conhecimentos tomará dedicação. Tende a resolver burocracias materiais.

Período especial para observar se a dedicação por certas pessoas é proporcional ao que recebe. Seja justo com os reais amigos.

A organização de assuntos domésticos, temas familiares e finanças do lar tendem a ocupar sua atenção de forma mais intensa.

Seja atento para que assuntos materiais e financeiros não façam se desligar de temas especiais do seu cotidiano e de relacionamentos.

Procure levar mais a sério interesses que tem em parcerias. Às vezes, disciplina demais com assuntos traz dispersão de outros.

Este é um bom momento para a sua criatividade ser expressada, seja no trabalho, nos estudos ou com hobbies, principalmente artísticos.

Com a Lua em seu signo é indicado mais atenção para não se exceder na dedicação aos problemas de outras pessoas.

Cuide para não tirar conclusões precipitadas sobre pessoas e situações. No calor de algumas situações a ponderação fará diferença.

É essencial abandonar algumas manias para evitar que elas atrapalhem momentos da vida afetiva ou mesmo de paqueras.

Momento importante para recompor energias, valorizar crenças, espiritualidade e dedicar mais cuidados ao corpo e a mente.

Pesquisas e posturas sigilosas são mais recomendas no trabalho e com negócios. Momento para investigar informações.


CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Coritiba deve ter mudanças no segundo jogo

|17|◊◊

Atlético. Furlan destaca retrospecto no Ecoestádio

ESPORTE

Arapongas. Thiago Primão e Zé Rafael treinam entre os reservas e podem dar lugar para Maycon e Denner. Time pega o Arapongas O técnico Zé Carlos, do time reserva do Coritiba, ensaiou ontem mudanças na equipe para o jogo de hoje contra o Arapongas, pela segunda rodada do Paranaense. No coletivo de ontem, os meias Thiago Primão e Zé Rafael ficaram entre os reservas, dando lugar para o atacante Maycon e o meia Denner. A mudança já havia sido feita no jogo contra o Maringá, em que a dupla saiu no segundo tempo. O time foi derrotado por 2x1. Os passes no meio campo foram o maior problema no jogo, na avaliação do técnico. Ontem, Zé Carlos convocou uma conversa para tentar motivar os atletas. “Nós cobramos porque conhecemos esse grupo e sabemos que eles podem mostrar mais, que têm mais qualidade para apresentar. O que procuramos passar é que eles vestem a camisa de um clube grande, tradicional e que se chegaram até aqui é porque há um reconhecimento e precisam mostrar isso”, contou. METRO CURITIBA

Furacão estreia em Curitiba contra o Toledo | DIVULGAÇÃO

Coxa faz seu segundo jogo fora de casa hoje | DIVULGAÇÃO / CORITIBA

ARAPONGAS Edson Mardden; Marcos Vinicius, Leomar, Murilo e Manin; Augusto, Bruno Martins, Rafa Mineiro e Maicon Souza; Vinícius e Ruy Técnico: Lio Evaristo

CORITIBA William; Rhuan, Bonfim, Wallison e Paulo Otávio; Artur, Djair, Denner (Primão) e Dudu; Maykon (Zé Rafael) e Keirrison. Técnico: Zé Carlos

o al Estádio dos Pássaros, às 21h50

rans issão RPC TV, Transamérica, 98 FM

O time sub-23 do Atlético enfrenta hoje o Toledo no Ecoestádio, pelo Paranaense, e conta como trunfo o bom retrospecto do Furacão na casa do Jotinha. “Dos quatro jogos que participei ali fiz três gols. Então, com certeza, será um prazer jogar de novo” comenta o atacante Bruno Furlan. “É um estádio que tem um gramado bom e com boas dimensões, em que é possível tocar a bola, no qual a torcida fica mais perto de nós, presente e vibrando”, espera. Depois de uma estreia morna, em que ficou no empate em 0 x 0 contra o Prudentópolis, o Atlético busca a recuperação. “Todo mundo sentiu um pouco o nervosismo por ser o primeiro jogo. Mas agora já estamos mais tranquilos. Temos que procurar tocar bem a bola, ter tranquilidade para poder chegar ao gol com frieza para marcar”, receitou.

“Dos quatro jogos ali eu fiz três gols. É um estádio que tem um gramado bom e em boas dimensões.” BRUNO FURLAN, ATACANTE DO ATLÉTICO

ATLÉTICO Rodolfo; Jean Felipe, Renato Chaves, Tárik e Léo Pereira; Juninho, Otávio e Marquinhos e Sidcley; Douglas Coutinho (Furlan) e Dominic Técnico: Petkovic

TOLEDO Goivani; Diogo, Duda, Henrique, Marcão e George; Marcel, André Luiz e Diego Luiz; Éric e Vinícius Técnico: Paulo Foiani

• •

Estádio Janguito Malucelli, às 19h30 rans issão Banda B, CBN

METRO CURITIBA

Regional. MP Paraná. Time cobra laudos faz segundo em estádios jogo na Vila O MP-PR (Ministério Públi- Capanema co do Paraná) mandou ofício para a FPF (Federação Paranaense de Futebol) cobrando que os laudos dos estádios para o Campeonato Paranaense sejam entregues mais rapidamente. Segundo o MP, neste ano, quatro dos 11 laudos não haviam sido apresentados uma semana antes do início da competição. A demora prejudica a fiscalização. Em 2014, dois estádios estão com problemas, mas que não impedem a realização dos jogos, de acordo com o MP. No Estádio Albino Turbay, de Cianorte, há necessidade de reparos preventivos, na arquibancada. No Couto Pereira, falta um projeto de prevenção a incêndios. METRO CURITIBA

3

Depois de vencer o Cianorte por 2x0 na estreia, o Paraná Clube volta a campo amanhã para o jogo contra o Maringá. Será o segundo jogo do time na Vila Capanema, que recebeu na estreia do Tricolor 4,1 mil torcedores. METRO CURITIBA

4,1 mil torcedores foram ao jogo de estreia | DIVULGAÇÃO

COI aprova preparação do Rio para os Jogos de 2016 O presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional), Thomas Bach, disse ontem, após reunião com a presidente Dilma Roussef, no Palácio do Planalto, que o Rio de Janeiro está seguindo os prazos das obras para a realização dos Jogos de 2016. “Estamos bastante confiantes com o grande progresso visto nos últimos meses. É claro que o tempo é chave e que não temos nenhum a perder, mas a presidenta me deixou confiante na organização dos jogos”, disse Bach em entrevista à Agência Brasil. A maior preocupação do dirigente é com a segurança. Ele deixou Brasília, no entanto, com a palavra da presidente de que o governo federal vai ajudar a cuidar do policiamento do Rio durante

Ausência

“Eu vou para o Rio de Janeiro em 2016, mas como espectador. Talvez eu vá assistir o Pau Gasol ficar com outra medalha de prata”

Presidente do COI conversa com Dilma Roussef | UESLEI MARCELINO/REUTERS

o evento. O presidente do COI ainda avaliou que receber os Jogos Olímpicos será uma experiência transformadora para o Rio de Janeiro e que a população será capaz de comprovar que a cidade passará por melhorias. Participaram também da

reunião o ministro do Esporte, Aldo Rebelo; o governador do Rio, Sérgio Cabral; o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Artur Nuzman; a presidente da Autoridade Pública Olímpica, Fernando Azevedo Silva; e o vice-presidente do Rio 2016, Bernard Rajzman. METRO RIO

KOBE BRYANT, ASTRO DA SELEÇÃO AMERICANA DE BASQUETE, PROVOCANDO O ATLETA ESPANHOL, COMPANHEIRO DE LOS ANGELES LAKERS


|18|

CURITIBA, QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Fifa dá prazo até 18 de fevereiro para Curitiba sediar a Copa Alerta vermelho. Secretário-geral, Jérôme Valcke, confirma que a situação é preocupante. Três medidas de urgência serão adotadas. Entre elas está a participação do Estado e da prefeitura na gestão das obras na Arena da Baixada. Não há data para reinaugurar o estádio

“A questão é delicada. A situação atual não é do nosso agrado. Não só está muito atrasado como foge de qualquer bom cronograma. É preciso ser positivo e pragmático para que se possa achar uma solução”. Essa foi a avaliação do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, após vistoria à Arena da Baixada ontem. A Fifa estipulou a data limite de 18 de fevereiro para definir se a capital terá condições de sediar a Copa do Mundo. Nesse dia, será realizado um congresso técnico em Florianópolis (SC), com a presença dos técnicos das 32 seleções, onde Curitiba terá que apresentar avanços nas obras, que estão bastante atrasadas. Para tentar acelerar as obras, foram anunciadas ontem três medidas de urgência. A primeira é a criação de um comitê gestor com a participação, pela primeira vez, do Governo do Estado e da prefeitura junto ao Atlético para tocar a obra com a velocidade necessária. “O comitê vai apontar os melhores caminhos para intensificar o ritmo”, comentou o secretário-executivo do Ministério do Esporte, Luis Fernandes. Um representante do COL (Comitê Organizador Local) vai passar a emitir relatórios diários sobre o andamento dos trabalhos. Também foi definido que serão contratados mais operários para a Arena da Baixada. De acordo com o coordenador da Copa no Paraná, Mário Celso Cunha, atualmente são 1.084 funcionários, mas alguns estão parados. O objetivo é, de imediato, aumentar de 50% a 70%. Se estuda ainda instituir um terceiro turno de trabalho.

Arena está 88,8% concluída De acordo com a CAP/SA, empresa que gerencia as obras na Arena da Baixada, o estádio está 88,8% finalizado. O dado é da última atualização divulgada, em novembro do ano passado. | DIVULGAÇÃO / CAP

Plano B ainda não é divulgado pela Fifa

Autoridades confirmaram ontem que as obras estão muito atrasadas | RODRIGO FÉLIX LEAL / METRO CURITIBA

Por fim, haverá a garantia do fluxo financeiro necessário para o término do estádio. Uma auditoria independente será contratada para avaliar o quanto de dinheiro é necessário para dar agilidade à obra. Ontem de manhã, o Governo do Estado, por meio da Fomento Paraná, que é a agência financiadora, liberou mais R$ 39 milhões. Como garantia do empréstimo, o Atlético deu cotas de televisão. Em outros financiamentos já feitos, o clube deu o CT do Caju como garantia. “Esses pontos são fundamentais, desde que sejam cumpridos de imediato”, disse Mário Celso Cunha. Reinauguração Depois de vários adiamentos, a reinauguração do estádio estava prevista para março. Mas, diante do cenário atual, não é mais possível definir quando e nem se o estádio ficará pronto

“A constatação de todos é de que, mantido o ritmo das obras, elas não ficarão prontas com a qualidade e os requisitos necessários para a Copa.”

“Todos os envolvidos concordam. A confirmação de Curitiba como sede será dia 18/02, antes do Seminário das Equipes, em Santa Catarina.”

LUIS FERNANDES, SECRETÁRIO-EXECUTIVO DO MINISTÉRIO DO ESPORTE

JÉRÔME VALCKE, SECRETÁRIO-GERAL DA FIFA, PELO TWITTER

a tempo. No entanto, o secretário municipal da Copa, Reginaldo Cordeiro, se mostrou otimista. “O compromisso assumido por Curitiba, governo e Atlético deve ser cumprido”, garantiu. Ele também disse que não será colocado dinheiro público para a conclusão do estádio. Jérôme Valcke preferiu não estabelecer prazo para o término da reforma, mas disse que acredita que há condições de a Baixada ser finalizada antes do Mundial. “Vamos fazer o possível para

que Curitiba continue sendo sede”, comentou. O valor da obra também não está definido. Antes, era estimado em R$ 180 milhões. Depois, subiu para quase R$ 269 milhões, e agora não é possível saber quanto será o custo total. Nenhum representante do Atlético compareceu à entrevista para comentar o assunto. LINA HAMDAR METRO CURITIBA

Caso a Arena da Baixada não fique pronta para a Copa do Mundo, os quatro jogos da primeira fase do torneio (veja mais no quadro) terão que ser disputados em outra cidade. Mas, por enquanto, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, prefere não adiantar qual seria o ‘plano B’. “Não comento o que pode acontecer, antes da decisão ser tomada”, afirmou. “Todos os técnicos (do governo estadual, da prefeitura e do Comitê Organizador Local) vão trabalhar e, com base nisso, nós acreditamos que o estádio estará pronto. Haverá relatório todos os dias”, disse Jérôme Valcke. O jogo-teste no estádio, que estava previsto para o mês que vem, será adiado. METRO CURITIBA

“Não é possível ter jogo sem estádio. É uma situação de emergência. Não queremos o estádio pronto em 18 de fevereiro, mas nas próximas três semanas queremos um progresso para saber onde vamos chegar.” JÉRÔME VALCKE, SECRETÁRIO-GERAL DA FIFA

Jogos em Curitiba A capital paranaense foi escolhida para sediar quatro jogos da primeira fase do Mundial.

• Honduras X Equador Data: 20 de junho

• Irã X Nigéria Data: 16 de junho

• Argélia X Rússia Data: 26 de junho

• Austrália X Espanha Data: 23 de junho


CURITIBA - QUARTA-FEIRA, 22 DE JANEIRO DE 2014



20140122_br_metro curitiba