Page 1

‘EU NÃO SOU BREGA NÃO!’ ODAIR JOSÉ FAZ SHOW E LANÇA BOX COM 4 CDS

PÁG. 16

ABC Quinta-feira, 19 de dezembro de 2013 Edição nº 1.012, ano 5 MÍN: 16°C MÁX: 28°C sunny

snow

rain

partly

cloudy

sleet

thunder

part sunny/

thunder

www.metrojornal.com.br | leitor.abc@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metro showers sunny showers

hazy

showers

windy

POR US$ 4,5 BI, FAB TERÁ 36 CAÇAS SUECOS Saab venceu disputa com franceses e americanos

PÁG. 04

O Gripen NG que irá substituir a frota da Força Aérea

Cartão de benefícios terá de uniformes a remédios

São Caetano. Prefeitura anuncia que vai centralizar auxílios distribuídos em um único cartão. Créditos só serão descontados em locais e serviços cadastrados. Cidade concede hoje cerca de 5 mil benefícios. Recadastramento já está sendo feito, mas serviço deve começar em julho PÁG. 03

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

EMMANUEL PINHEIRO/METRO BH

Não deu pro Galo

Lembra do Mazembe? Então... Atlético-MG perde por 3 a 1 do marroquino Raja Casablanca e enterra o sonho do título mundial PÁG. 20

Câmara de SBC aprova concessão da Vera Cruz

Novo valor do Salário Mínimo deve ser de R$ 724

Plano é transformar o local em complexo cinematográfico com gestão compartilhada. Executivo deve lançar licitação em 20 dias PÁG. 02

Proposta prevista no Orçamento da União foi aprovada pelo Congresso Nacional e segue para sanção da presidente Dilma Rousseff PÁG. 08

Comissão da Câmara quer regime de cotas em concursos

Ronald Biggs, o ladrão, morre aos 84

Projeto de autoria do Executivo foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos. Texto diz que 20% das vagas devem ser destinadas a negros PÁG. 06

Ele ficou famoso pelo assalto ao trem pagador 1963 PÁG. 10


1 FOCO

|02|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Prepare-se: 4 mi de carros vão ao litoral Operação Verão. Ecovias dá início hoje a esquema especial de descida da serra para a Baixada. Operação vai até fevereiro e envolve Natal, Réveillon e o período de férias do começo de ano. Polícia também reforça efetivo A Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes, dá início hoje à Operação Verão com previsão de receber 4 milhões de veículos até o dia 24 de fevereiro. A expectativa é de que as estradas que ligam capital e litoral, passando pelo ABC, tenham aumento do tráfego, sobretudo nos finais de semana. Durante o período de funcionamento da operação, que inclui Natal, Réveillon e as férias do início do ano, a concessionária irá montar esquemas especiais para distribuir o trânsito e facilitar as viagens entre o planalto e a Baixada Santista. A projeção da Ecovias é de que o tráfego seguirá normal nas estradas até o

500

profissionais foram escalados pela Ecovias para trabalhar durante a Operação Verão próximo dia 25. A partir daí, a quantidade de veículos será maior e as operações Subida e Descida começarão a ser implantadas. Durante a Operação de Natal, realizada entre os dias 20 e 26, são esperados entre 340 e 490 mil veículos. No ano passado, as estradas receberam 471 mil usuários no feriado. Foram registrados 151 acidentes, sendo 114 sem vítimas e duas mortes. METRO ABC

Tráfego em direção às praias deverá ter aumento a partir do dia 25 | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

Preso em SCS falso médico acusado de abuso sexual Jango

Mandato é ‘devolvido’ O Congresso Nacional devolveu ontem, de maneira simbólica, o mandato de presidente da República a João Goulart, destituído do cargo em 1964, após o golpe que instaurou o regime militar no país.

Cotações Dólar + 0,38% (R$ 2,33) Bovespa + 1,08% (50.630 pts) Euro - 0,09% (R$ 3,19) Selic (10% a.a.)

Salário mínimo (R$ 678)

A polícia deteve na tarde de anteontem falso médico que abordou paciente em hospital público de São Caetano e é acusado pela vítima de ter praticado abuso sexual. As informações são da TV Bandeirantes. Segundo a reportagem, o corretor Israel Nóbrega Oliveira, 33 anos, se apresentou a uma mulher que esperava na recepção como o médico que iria atendê-la. “Ele pediu para eu tirar minha roupa. Aí ele começou me examinar, mas examinar acariciando e eu achei estranho”, disse à vítima. Em seguida, o acusado a convenceu de que o exame deveria continuar na casa da paciente e que esse era o novo método da prefeitura.

Desconfiada, a filha da vítima, que a acompanhava, fez vídeo do suspeito no trajeto até a residência. Já na casa da paciente, os dois foram para o quarto e o falso médico pediu que ela tirasse a roupa novamente. Depois que Oliveira foi embora, a vítima chamou a polícia, que localizou o suspeito – autuado por violação sexual mediante fraude. Segundo o delegado Sérgio de Lima, a polícia investiga se o acusado teve colaboração de funcionários e se fez outras vítimas. A Prefeitura de São Caetano informou que abriu processo administrativo interno para apurar os fatos e que reforçará a segurança nas unidades de saúde. BAND

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.abc@metrojornal.com.br 011/3528-8582 COMERCIAL: 011/4122-0501

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. Épublicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Israel Nóbrega Oliveira | REPRODUÇÃO

SBC. Vereadores aprovam concessão do Vera Cruz A Câmara de São Bernardo aprovou ontem, em sessão extraordinária, projeto do Executivo que concede à iniciativa privada a área dos antigos estúdios cinematográficos Vera Cruz. A proposta estava prevista para ser apreciada na semana passada, mas foi adiada com a justificativa de que os vereadores precisavam de mais tempo para discutir o projeto. As três emendas sugeridas pela oposição foram derrubadas. O plano da prefeitura é de compartilhar a gestão do espaço e transformar o local em complexo cinematográfico, com estúdios para produção de filmes, teatro e centro cultural com sala de cinema. O valor estimado de investimento no projeto é de R$ 156 milhões, com paga-

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB: 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor de Arte: Vitor Iwasso Metro ABC. Editor-Executivo: Marcelo Camargo (MTB: 33.618) Editor de Arte: Eli de Souza Filho. Gerentes Comerciais: Tânia Biagio e Elizabeth Silva

Estúdios foram fundados em 1949 | ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

mento de outorga à prefeitura de R$ 63 milhões. As obras deverão ficar prontas em cinco anos após a assinatura do contrato. A expectativa do governo é de lançar a licitação em até 20 dias. METRO ABC

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Tabapuã, 81, 14º andar, Itaim, CEP 04533-010, São Paulo, SP. Tel.: 011/3528-8500. O jornal Metro é impresso na Log&Print Gráfica e Logística S.A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 30.000 exemplares


ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

|03|◊◊

São Caetano dará créditos em cartão como benefício Social. Prefeitura vai centralizar auxílios sociais em único cartão com cotas a serem gastas em estabelecimentos da cidade. Proposta é que até uniforme escolar entre na conta e libere administração de editais. Novo sistema deve entrar em operação até o mês de julho A Prefeitura de São Caetano vai criar um único cartão para centralizar todos os benefícios sociais concedidos aos moradores. O projeto, apresentado ontem, prevê a junção de até 12 auxílios. Serão incluídos desde cesta básica e auxílio farmácia ao uniforme escolar dos estudantes. Os créditos só poderão ser gastos em estabelecimentos da cidade, que terão máquinas específicas para isso. Eles também serão separados por tipo de benefício. Quem tem apenas auxílio farmácia não terá como gastar o cartão nos mercados e açougues, por exemplo. Os 12 auxílios ainda não foram fechados pela administração. A promessa é que o cartão, que leva o nome de Vi-

ver Melhor, esteja em funcionamento até julho. A prefeitura já iniciou, porém, o cadastramento. “Vamos até a casa das pessoas checar as reais necessidades de receber o auxílio para que ele chegue a quem realmente precisa”, disse o secretário de Assistência e Inclusão Social, Mario Chekin. A prefeitura vem reduzindo o número de benefícios concedidos. No início do ano, eram 6.840. Atualmente são 5 mil, que podem passar a até 3.500 no próximo ano, de acordo com o secretário. A prefeitura desembolsa por mês R$ 940 mil com os auxílios de assistência social. VANESSA SELICANI METRO ABC ANDRÉ AMERICO/METRO ABC

PAULO PINHEIRO Prefeito de São Caetano faz balanço do primeiro ano de governo e diz que oposição atrapalha cidade

A prefeitura tinha dívida de R$ 264,5 milhões no início do ano. O que foi pago? Não esperava encontrar a cidade como encontrei. Pagamos R$ 90 milhões e agora vamos poder investir mais no próximo ano. Mas ainda dependemos bastante de repasses do Estado e União. O que está sendo feito para que o Hospital São Caetano volte a funcionar 100%? Dependemos dos governos federal e estadual. Eles se comprometeram a tocar o hospital. Vão refor-

mar, equipar e financiar o funcionamento também. A ideia é que a Fundação do ABC esteja na administração da unidade, como acontece em outas cidades. Algumas licitações acabaram paradas na Justiça. Isso tem atrapalhado o andamento dos projetos? Licitações dos uniformes, reforma das escolas e nova Zona Azul foram contestados por pessoas da oposição dispostas a atrapalhar. No final, a prejudicada é a população. METRO ABC


|04|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{FOCO}

Caça sueco é o escolhido Defesa. Aeronáutica põe fim a quase duas décadas de incertezas e comprará 36 aviões supersônicos da fabricante Saab. O Gripen NG venceu a disputa com o F-18 americano e o Rafale francês e custará R$ 10,4 bilhões até 2023 A sucateada frota de aviões supersônicos de combate da FAB (Força Aérea Brasileira) será renovada com a compra de 36 caças de fabricação sueca. O Gripen New Generation venceu a concorrência, que durava quase duas décadas, desbancando os modelos SuperHornet F-18, da Boeing dos Estados Unidos, e Rafale, da Dassault, da França. O negócio, anunciado ontem, foi fechado por US$ 4,5 bilhões. Os primeiros aviões devem entrar em operação 48 meses após a assinatura do contrato de financiamento, previsto para dezembro de 2014, ou seja, só em 2018. O contrato fixará os percentuais de transferência de tecnologia -- principal exigência do governo brasileiro. A conclusão da compra está prevista para 2023. Técnico-política A opção pela aeronave da Suécia considerou a avaliação de técnicos da Aeronáutica, que acreditam que o modelo ainda não está pronto e poderá ser desenvolvido em parceria, mas também teve um viés político. A presidente Dilma Rousseff capitaneou as negociações, mas divergências

Memória

COMO É O GRIPEN NG

VELOCIDADE

FABRICANTE

PAÍS

PESO

ALCANCE

SAAB

SUÉCIA

18,7 TONELADAS

4.000 MIL\KM

2.130 KM/H

(supersônica em todas as altitudes)

RA ALTU S TRO M ,5 E

4

ENTO PRIM S COM TRO ,1 ME

14

ENVERGADURA DAS ASAS (INCLUINDO LANÇADORES)

8,6 METROS

ARMAMENTO

1 CANHÃO DE 27 MILÍMETROS

CAPACIDADE PARA 6 TONELADAS DE BOMBAS E MÍSSEIS

FONTE: FONTE: SAAB SAAB

com os outros países pesaram na decisão. A França, que foi favorita durante o governo Lula, enfrenta dificuldades em acordo para fornecimento de equipamentos para a Marinha. A denúncia de espionagem foi um fator avaliado para excluir os americanos. O Gripen ainda é um protótipo, tem apenas 300 horas de voo, mas já foi adquirido

por República Tcheca, Hungria, Reino Unido, África do Sul e Tailândia. Ameaça A demora na renovação da frota fará com que a Aeronáutica use na defesa aérea do Brasil os F5-M, menos potentes e mais velhos, alguns comprados em 1976. Os mais modernos foram compra-

dos de segunda mão da Jordânia há três anos. Enquanto aguarda os novos caças, a Embraer fará uma modernização. Os seis Mirage ainda em funcionamento e que são usados hoje saem de operação este mês. MARCELO FREITAS

ram registrados. Após cerca de duas horas de chuva, alguns bairros ficaram isolados. A água chegou a atingir um metro e meio de altura em algumas residências de Celeste da Costa, um dos bairros mais afetados.

Morador registrou as ruas alagadas após o temporal | JOÃO PAULO MARINHO/LEITOR

Na praia Rasa, um grupo de pessoas fez um protesto pela manhã, cobrando melhorias e reclamando da situação de como o bairro fica sempre que chove forte. Durante a manifestação, os moradores fecha-

A renovação da frota da FAB encerra a mais duradoura negociação da área militar. O projeto FX foi criado em 1995 com investimento previsto de R$ 700 milhões para substituir 16 Mirage. Cinco países apresentaram proposta, mas a falta de recursos interrompeu a disputa. Em 2002, o ex-presidente Lula cancelou o projeto. Somente quatro anos mais tarde rebatizou o programa e lançou o FX2. Seriam desembolsados até R$ 3 bilhões para a compra dos 36 caças. Em 2009, modelos de França, Suécia e Estados Unidos foram selecionados, mas houve sucessivos cancelamentos do investimento. Em 7 de setembro daquele ano, Lula chegou a anunciar o frances Rafale como vencedor, mas teve que recuar e aguardar avaliação técnica da Aeronáutica. METRO BRASÍLIA

METRO BRASÍLIA

Búzios decreta emergência A prefeitura de Búzios, no Rio de Janeiro, decretou estado de emergência depois de um temporal que atingiu a cidade, durante a madrugada de ontem. Pelo menos 200 pessoas ficaram desalojadas e dois deslizamentos de terra fo-

Uma espera de 18 anos

ram um trecho da RJ-102. Parte da via já estava com a passagem de veículos dificultada com alagamentos. Equipes da prefeitura passaram a manhã retirando lama e entulho das ruas atingidas pelo temporal. METRO RIO COM BANDNEWS FM

ABC pode se beneficiar com escolha A escolha dos caças suecos pode trazer investimentos diretos para o ABC. A opção pela empresa Saab foi defendida oficialmente pelo Sindicato dos Metalúrgicos do ABC e tinha como aliado o prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho (PT). Declaração de apoio assinada em 2010 e entregue ao então presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela entidade e o prefeito afirmava que até 22 mil empregos diretos seriam criados no país com a escolha. Apenas em São Bernardo, 1.200. A relação entre a cidade e os suecos foi reforçada em 2011, com a inaguração Cisb (Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro). O centro trouxe US$ 50 milhões do Grupo Saab para São Bernardo. Em agosto deste ano, em visita da presidente Dilma Rousseff a São Bernardo, Marinho afirmou que a opção pelo caças suecos Gripen facilitaria o desenvolvimento do parque aeronáutico da cidade, que planeja construir aeroporto em parceria com a iniciativa privada. Segundo Marinho, a proposta sueca garante “transferência de tecnologia”, não prevista nas propostas da norte-americana Boeing e da francesa Dassault. METRO ABC

Band fecha parceria com instituto de pesquisas GFK O Grupo Bandeirantes assinou nesta semana contrato com o instituto de pesquisas alemão GFK para medir a audiência de TV paga e aberta no país. Pelo acordo, que tem validade de cinco anos, a empresa alemã fará a aferição em 15 regiões do Brasil, com um total de 6 mil domicílios - 1,6 mil apenas em São Paulo. O Ibope, que hoje é o único instituto a medir audiência, faz a medição em 4,5 mil residências em todo o país. Também fecharam contrato com o grupo as emissoras Record, SBT e RedeTV. Segundo a GFK, a amostragem será mais ampla do que a atualmente feita no país, incluindo transmissão via terrestre, cabo e por satélite. O serviço não considerará apenas o conteúdo ao vivo, como é feito atualmente, mas tam-

“É uma empresa que tem experiência internacional. Ela acabou de implantar o serviço com sucesso em Portugal” MARCELO MEIRA, VICE-PRESIDENTE DO GRUPO BANDEIRANTES

bém o gravado. De acordo com a GFK, outras demandas poderão ser atendidas, já que o monitoramento será feito de forma individual, contando o número de espectadores em cada domicílio. Além de uma medição maior, o novo serviço sairá cerca de 40% mais barato do que o do Ibope. Os primeiros dados oficiais da medição de audiência da GFK devem ser divulgados apenas no segundo semestre de 2014. METRO


|06|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{BRASIL}

Comissão da Câmara aprova cota para concurso Urgência. Proposta do Executivo destina 20% das vagas para negros. Uma emenda pretende estender o benefício para ocupantes de cargos comissionados. Projeto segue para a CCJ A Comissão de Direitos Humanos da Câmara aprovou ontem o projeto de lei que cria cotas para negros e pardos nos concursos públicos. A proposta, apresentada pela presidente Dilma Rousseff em 5 de novembro, tramita em regime de urgência e ainda precisa passar pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) e plenário, além do Senado, para virar lei. Um emenda foi incluída no texto original para permitir que ocupantes de cargos comissionados no funcionalismo público possam também ser beneficiados O projeto prevê a reserva de 20% das vagas em concursos da administração federal pelo prazo de 10 anos. “A proposta é man-

A cota valerá para concursos que ofereçam mais de três vagas | ELZA FIÚZA/ABR

termos, porque tenta trazer uma igualdade depois de 300 anos de escravidão”, defendeu o presidente da comissão, deputado Pastor Marco Feliciano (PSC-SP), relator da proposta. Feliciano também acatou um voto em separado do de-

putado Pastor Eurico (PSB-PE). Pela proposta, dentro da cota de 20%, 75% dos postos serão destinados a negros que concluíram seus estudos em escolas públicas; o restante (25%) ficará para os que estudaram em instituições privadas.

Papuda. MPF prepara ação em caso de rebelião

Metrô. Trecho da linha 6 é prometido para 2018 O governo estadual assinou ontem o contrato para construção e operação da linha 6-Laranja do Metrô, que ligará o centro à Brasilândia, na zona norte. Segundo o governador Geraldo Alckmin (PSDB), o primeiro trecho será entregue em 2018, entre as estações Brasilândia e Água Branca. A obra completa deve ser concluída em 2020. A linha vai fazer interligação com as estações Higienópolis-Mackenzie, da linha 4-Amarela, e São Joaquim, da linha 1-Azul. O projeto vai ser executado por meio de uma PPP (Parceria Público-Privada), ao custo previsto de R$ 9,6 bilhões, sendo R$ 8,9 bilhões divididos entre governo e o consórcio vencedor, e R$ 673 milhões para desapropriações. Pelo contrato, o grupo formado por Odebrecht, Queiroz Galvão, UTC Participações e Fundo Eco Ralty poderá explorar a linha até 2039. METRO

Critérios Será beneficiado todo candidato que se declarar negro ou pardo. O critério de raça será o usado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). A eventual prestação de informação incorreta acarretará em penalização que vão desde a eliminação automática do concurso até a proibição de trabalhar no serviço público. A regra é válida para concursos que ofereçam no mínimo três vagas. No caso de desistência do cotista aprovado, será dada a vaga ao candidato negro posteriormente mais bem colocado. Se não forem preenchidas, as vagas das cotas serão redistribuídas ao demais concorrentes. METRO BRASÍLIA

Alckmin e o secretário Jurandir Fernandes | MARCO AMBROSIO/FRAME/FOLHAPRESS

Alstom. Metrô exonera gerente de manutenção O Metrô exonerou o gerente de manutenção, Nelson Carvalho Scaglione, que era ligado à empresa Façon, entre 2008 e 2010, quando ela prestou serviços para a Alstom nas obras da linha 2-Verde do metrô. Na época, a Façon ganhou sete licitações do Metrô. Segundo o jornal “O Globo”, a empresa teria sido contratada por R$ 8,9 milhões, mas recebeu R$ 28,3 milhões diretamente do Metrô. A Façon executou servi-

ços de montagem e testes de sinalização. Durante a assinatura do contrato de construção da linha 6-Laranja, ontem, o secretário de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes (PSDB) afirmou que Scaglione achou “importante se afastar” para trabalhar na sua defesa. Scaglione afirmou que não tem relação com a Façon e que, entre 2008 e 2010, não ocupava o cargo de gerente no Metrô. METRO

A ameaça de uma rebelião e de fugas na penitenciária da Papuda às vésperas do Natal desperta preocupação no MPF (Ministério Público Federal). A possibilidade foi levantada por juízes substitutos da VEP (Vara de Execuções Penais), em documento encaminhado ao Tribunal de Justiça do Distrito Federal. Os presos estão insatisfeitos com o tratamento diferenciado dado aos condenados no julgamento do mensalão. Reclamam, principalmente, da permissão de visitas em horários diferenciados, decisão que só foi revogada na última semana. “O dado desperta atenção e preocupação do Ministério Público. Estamos atentos e pretendemos ter uma atuação pronta”, afirmou o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. O presidente do STF, Joaquim Barbosa, autorizou ontem a transferência da Papuda para presídios de Minas Gerais do ex-deputado Romeu Queiroz e do ex-executivo do Banco Rural José Roberto Salgado. METRO BRASÍLIA

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

MENSALEIROS DÃO CALOTE NA MULTA DE R$ 22 MILHÕES. Um mês depois

“SÓ O CONGRESSO PODE FAZER AS LEIS”

de expedidas as cartas de sentenças dos mensaleiros, condenados pelo Supremo Tribunal Federal no maior escândalo de corrupção da História, no governo Lula, até agora não se fala no pagamento das multas estimadas inicialmente em R$ 22 milhões. Elas ainda podem ser parceladas, mas será necessário corrigi-las. Pela lei, as multas deveriam ter sido pagas, dez dias após as prisões. MAIOR DEVEDOR. Dos mensaleiros presos, Marcos Valério vai arcar com a maior multa: R$ 3,06 milhões (no valor sem correção). VOTO DE POBREZA. José Genoino diz não ter como pagar sua multa de R$ 468 mil, apesar dos 25 anos de salários de deputado, hoje em R$ 26,7 mil mensais.

SENADOR RENAN CALHEIROS (PMDB-AL) MANDANDO RECADO EXPLÍCITO AO STF E AO TSE

sos de Lula, que em 7 de setembro de 2009 comunicou ao então presidente Nicolas Sarkozy a compra dos caças Rafale. JOAQUIM 2014. Brasileiros nos Estados Unidos já circulam em seus automóveis com um adesivo que os americanos ainda não entendem o significado: “Run, Joaquim, run” (Corra, Joaquim, corra). QUEM AVISA... Autor do

best-seller “Assassinato de reputações” com Romeu Tuma Jr., o jornalista Claudio Tognolli pôs no Twitter o recado do ex-delegado: “Não adianta ameaçar e ficar rondando minha casa, nada encontrarão”.

José Genoino | DIVULGAÇÃO

A RESPOSTA DE DILMA. A opção da presidenta Dilma pelos aviões de combate Gripen serviu para dar uma resposta política aos EUA, que a espionam, e ignorou os compromis-

O FAMOSO QUEM. Dilma lembrou que a oposição agora elogia, mas “por muito tempo chamou o Bolsa Família de esmola”, mas foi Lula, então presidente do PT, que num vídeo chamou de “esmola” a iniciativa do governo FHC.

PODER SEM PUDOR

Plantando vassoura Catarinense de Lages, Ary Souza Borges, já falecido, tinha presença de espírito e era fanático pela UDN. Em 1960, ele apoiou Jânio Quadros para presidente e Irineu Bornhausen, o “Velho Colono”, ao governo de Santa Catarina. Usando uma vassoura co-

mo símbolo, Jânio derrotou o marechal Lott. Um amigo tentou gozar seu Ary pela derrota de Bornhausen: - O que é feito do “Velho Colono”? - Está lavrando um Lott, vai plantar vassoura – devolveu ele, na bucha.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.DIARIODOPODER.COM.BR


|08|

Segurança. Contran não abre exceção para a Kombi O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) decidiu que a Kombi não será uma exceção à regra de que todos os veículos fabricados no país a partir de 2014 deverão ter airbags e freios ABS. Como é inviável o modelo receber os itens de segurança, a fabricação da Kombi deve ser encerrada. “Não tem exceção. Há uma preocupação em elevar o padrão de segurança dos carros brasileiros”, declarou o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. Representantes da Volkswagen e do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC participaram ontem de reunião do Contran para pedir a prorrogação do prazo para Kombi alegando o risco de demissão de trabalhadores. A aposentadoria da Kombi foi anunciada em outubro passado. As últimas unidades devem sair da fábrica de São Bernardo do Campo (SP) amanhã. METRO

Imposto. Novas desonerações são descartadas Depois de conceder benefícios fiscais para estimular o consumo e o emprego nos últimos anos, o governo vai deixar de conceder novos incentivos no próximo ano. Segundo o ministro da Fazenda, Guido Mantega, a recuperação da economia elimina a necessidade de reduções de tributos para estimular a produção e o consumo. Ele, no entanto, disse que

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ECONOMIA}

Mínimo pode subir para R$ 724 no ano que vem Reajuste. Valor está previsto no Orçamento aprovado pelo Congresso. Proposta segue para sanção presidencial O Congresso Nacional aprovou na madrugada desta quarta o Orçamento de 2014 com previsão de salário mí- SALÁRIO MÍNIMO, EM R$ nimo de R$ 724 a partir de 800.000000 1º de janeiro. O valor ficou 724 acima dos R$ 722,90 previs678 622 tos na proposta enviada pelo Executivo em agosto. 545 533.333333 510 O valor final, no entanto, 465 é definido por decreto da 415 Presidência. A presidente Dilma Rousseff afirmou ontem que o mínimo de 2014 266.666667 ficará entre R$ 722 e R$ 724. “Se estiver próximo de R$ 724, arredondamos, sempre arredondamos para cima o salário mínimo, mas0.000000 2008 09 10 11 12 13 14* o patamar é esse, entre R$ 722 e R$ 724, com esse viés FONTE: DIEESE, PLOA E FOCUS *PROJEÇÕES de alta”, disse Dilma. O reajuste do mínimo le- mais a inflação do ano anva em conta a variação do terior, medida pelo INPC PIB (Produto Interno Bru- (Índice Nacional de Preços to) de dois anos anteriores ao Consumidor).

2011. A medida terá um impacto de R$ 250 milhões na Previdência Social.

EVOLUÇÃO

a diminuição dos incentivos fiscais não significa o fim dos estímulos. Segundo ele, a desoneração da folha de pagamento para determinados setores da economia e o crédito para investimentos com juros subsidiados continuarão em 2014. Em relação à recomposição do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para veículos e produtos da linha branca, o ministro ressaltou que as alíquotas também começarão a subir no próximo ano. Ele, no entanto, evitou detalhar como se dará a recomposição gradual do imposto. METRO

REAJUSTE NOMINAL x INPC DO ANO ANTERIOR, EM % 18

14,13 12,05 12

9,68

9,21

9 6,86

6

4,98

6,47

5,92

6,78 6,08

6,10

5,55

3,45 0

2008

2009

2010

Segundo o deputado Miguel Corrêa (PT-MG), relator da Lei Orçamentária Anual, o incremento ocorreu para

2011

2012

2013

2014*

adequar o salário mínimo à revisão do PIB de 2012, de uma expansão de 0,9% para 1,0% na comparação com

Ganho real menor Se sancionado pela presidente Dilma Rousseff, o novo valor vai representar um reajuste nominal de 6,78% sobre o salário mínimo atual, que é de R$ 678,00. Com o novo valor, a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) estima um incremento de renda na economia no país de R$ 46 bilhões. O reajuste representa aumento real de 0,8%, o menor verificado em três anos. Só perde para o ganho real de 2011, de 0,37%. Em 2013, o salário mínimo teve aumento real de 2,7% e em 2012, de 7,6%. METRO

Fed começa a cortar estímulos O Fed (Federal Reserve), banco central norte-americano) decidiu ontem reduzir em US$ 10 bilhões seu programa mensal de compra de ativos, que serve para estimular a economia dos Estados Unidos. A partir de janeiro próximo, vai diminuir o montante de US$ 85 bilhões para US$ 75 bilhões. Uma definição do Fed sobre o seu programa de estímulo econômico era aguardada há meses pelos mercados. A mudança na política foi aprovada por 9 votos a 1. A expectativa de quando

“O Brasil nunca esteve tão preparado. Não estamos mais naquela fase: espirrou nos Estados Unidos, pneumonia no Brasil” PRESIDENTE DILMA ROUSSEFF

o Fed começaria a retirar os estímulos provocou o sobe e desce do dólar no mundo. O Fed informou ainda que provavelmente redu-

zirá mais compras de ativos em passos comedidos se dados mostrarem contínua melhora do mercado de trabalho e inflação rumo ao objetivo de longo prazo. O BC dos EUA manteve a taxa de juro próxima de zero e disse que ela deve permanecer nesse patamar enquanto o desemprego for superior a 6,5% e a inflação projetada não superar 2,5%. O Fed também ampliou a faixa de previsão de crescimento do PIB do país para 2014 para entre 2,8% e 3,2%. A previsão anterior era que o PIB ficasse entre 2,9% e 3,1%.

A presidente Dilma Rousseff afirmou que o Brasil está preparado para enfrentar mudanças na economia dos Estados Unidos. Segundo ela, não existe mais a imagem de “espirro nos Estados Unidos, pneumonia no Brasil”. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, avaliou mais cedo que a retirada de estímulos na economia dos Estados Unidos poderá causar “alguma volatilidade” no mercado cambial, com alta “momentânea” do dólar, mas Brasil está muito sólido e tem reservas. “Diria que estamos bem”, afirmou. METRO

Dilma diz que indexar preço da gasolina é uma temeridade A presidente Dilma Rousseff se pronunciou publicamente pela primeira vez contra a proposta que a Petrobras havia apresentado de instituir uma fórmula de aumento do preço da gasolina com base nos preços do produto no mercado internacional. “Indexar a economia brasileira ao câmbio ou a qualquer outra variável é uma temeridade”, disse ontem a presidente, em café da manhã com jornalistas. Para Dilma, o mecanismo talvez

seja a memória mais forte do processo inflacionário crônico que nós vivemos ao longo dos anos 80-90. “Indexação é algo extremamente perigoso”, disse. No início do mês, a Petrobras enviou um comunicado oficial à CVM (Comissão de Valores Mobiliários) para informar que os reajustes dos preços dos combustíveis não seriam automáticos. O aumento a partir de um gatilho era parte das novas regras que a estatal do petró-

leo estudava para a política de preços da companhia, divulgada em outubro. A nova “fórmula” para os reajustes, no entanto, não foi esclarecida. A estatal afirmou apenas que a nova metodologia contém “parâmetros baseados em variáveis como preço de referência dos derivados no mercado internacional, taxa de câmbio e ponderação associada à origem do derivado vendido, se refinado no Brasil ou importado”. METRO

Presidente rechaçou possibilidade de indexar gasolina | RENATO ARAÚJO/ABR


|10|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{MUNDO}

Morre Ronald Biggs 2 1 3 5 4 Ladrão do século. Debilitado por causa de vários problemas de saúde, ele foi solto e vivia em uma casa de saúde; tinha 84 anos

Ronald Biggs, o criminoso britânico que ficou famoso por ter participado do assalto ao trem pagador, em 1963, morreu ontem, aos 84 anos, na Inglaterra. Durante parte dos 36 anos que permaneceu em fuga, Biggs morou no Rio de Janeiro. Biggs ganhou notoriedade há 50 anos como um dos integrantes do bando que parou o trem noturno do real correio britânico e roubou 2,6 milhões de libras (US$ 4,2 milhões), o equivalente a cerca de 40 milhões de libras atualmente. A história inspirou vários filmes. Ele se tornou o integrante mais famoso do bando após fugir da prisão Wandsworth, em Londres, escalando o muro com uma escada de cordas. Biggs cumpria pena de 30 anos de prisão pelo assalto. Aproveitando-se da liber-

dade, ele chegou a gravar a canção “No One is Innocent” (ninguém é inocente), com a panda punk britânica Sex Pistols. Biggs se entregou e voltou para a prisão em 2001, levado pelo inspetor John Coles. Mas foi solto em 2009 por problemas de saúde. Ele disse que nunca se arrependeu do assalto, apesar de um ataque violento ao condutor do trem, Jack Mills. “Consegui um pequeno lugar na história”, disse em uma entrevista. Passou os últimos anos em uma residência para idosos no norte de Londres. Biggs foi visto em público pela última vez em agosto, numa cerimônia no cemitério de Highgateem em homenagem a Bruce Reynolds, o mentor do assalto, que morreu em fevereiro, aos 81 anos. METRO

Imagens

1 . SERGIO MORAES/REUTERS 2. RENAN CEPEDA/FOLHAPRESS 3 . PAUL HACKETT/REUTERS 4 . REPRODUÇÃO/YOU TUBE 5 . ANTÔNIO GAUDÉRIO/FOLHAPRESS

1 - Bem humorado e boa-vida, Biggs é fotografado em sua casa no Rio, em 1992. 2 - Com um Disco de Ouro, em 1996. 3 - Biggs em 2011, no relançamento de sua autobiografia, em Londres. 4 - Gravando “No One Is Innocent”, com o Sex Pistols. 5 - O avião que o levou de volta a Londres, em 2001

FRASES Mike Biggs

“Hoje o céu fica mais divertido. Tenho o triste dever de comunicar a todos a passagem de meu velho pai Ronald Biggs. O meu querido pai, Ronnie, Ron, Maikao... A hora chegou, meu mestre e meu guia... Obrigado por todo o amor que você me deu...” Barbara Mills

“Biggs não é um herói. Ele é apenas um completo vilão” John Coles

“Agora, eu vou prendê-lo formalmente” Ronald Biggs

“Consegui um pequeno lugar na História”

Barack Obama vai rever atribuições de agência espiã O presidente Barack Obama divulgou o resultado de um painel independente sobre as práticas de inteligência dos Estados Unidos, antecipando o anúncio de um amplo conjunto de novos procedimentos de políticas destinadas a conter a NSA (sigla em inglês de Agência de Segurança Nacional). Obama, que deve anunciar suas decisões sobre a NSA em janeiro, se reuniu com membros do painel de revisão independente na Casa Branca. As recomendações do relatório destinam-se a contribuir com a base de decisões de Obama sobre como

conter a NSA, após revelações do ex-técnico da agência de espionagem Edward Snowden sobre as amplas práticas de vigilância. O relatório de 300 páginas do painel consultivo independente irá proporcionar uma importante oportunidade para Obama pensar sobre como pretende impor algumas restrições à NSA. O texto inclui 46 recomendações. Obama se reuniu ontem na Sala de Situação da Casa Branca com os membros da comissão consultiva, incluindo Richard Clarke, ex-assessor de contraterro-

rismo nos governos Clinton e Bush; Michael Morell, o ex-vice-diretor da CIA, e Peter Swire, que trabalhou com problemas de tecnologia nas administrações Obama e Clinton. O grupo recomendou a Obama mudar a liderança da NSA de militar para civil, armazenar a vasta quantidade de dados sobre ligações telefônicas coletadas pela agência em uma organização de terceiros, e utilizar padrões mais rígidos para a busca os dados, de acrodo com reportagem do “Wall Street Journal” na semana passada. METRO

Unidade de coleta de dados da Agência Nacional de Segurança no Estado de Utah, nos EUA | JIM URQUHART/REUTERS


|12|

{MUNDO}

A brasileira Ana Paula Maciel, ao centro, acompanha a votação da anistia na Duma | DMITRI SHAROMOV/REUTERS

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

Anistia beneficia ativistas Rússia. Duma aprova projeto do presidente Vladimir Putin, que isenta os “30 do Ártico”, incuindo a brasileira Ana Paula Maciel, de acusações de vandalismo Os 30 ativistas do Greenpeace presos na Rússia por protestarem contra a instalação de uma plataforma petrolífera no Ártico podem ser absolvidos graças a uma anistia aprovada ontem por parlamentares russos. Emendas de última hora ao projeto proposto pelo presidente Vladimir Putin implicam no fim “quase certo” dos processos contra os ativistas, segundo o grupo ambientalista. Além disso, os 26 estrangeiros do grupo, incluindo uma brasileira, a bióloga Ana Paula Maciel, poderão deixar a Rússia imediatamente. A Duma, câmara baixa do Congresso, aprovou por unanimidade a anistia proposta por Putin para marcar o 20º aniversário da Constituição pós-soviética da Rússia. Ativistas de direitos humanos dizem que a anistia atinge apenas uma pequena fração dos mais de meio milhão de prisioneiros do país. A prisão dos “30 do Ártico”, como o Greenpeace chama o grupo de ativistas, motivou críticas do Ocidente e foi amplamente vista como um sinal de que Putin

Greenpeace faz ação em São Paulo em favor do Ártico| ANDRÉ PORTO/METRO

não vai tolerar tentativas de impedir a Rússia de explorar os recursos do Ártico. Duas integrantes da banda punk Pussy Riot -- atualmente cumprindo pena de dois anos por causa de um protesto numa catedral de Moscou em 2012 -- também deverão ser libertadas. A previsão inicial é de que elas sejam soltas em março, e não está claro em quanto a pena poderá ser abreviada após a aprovação da anistia. METRO

Dois ativistas comemoram a aprovação do projeto de Putin | D. SHAROMOV/REUTERS


2 CULTURA

|16|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{CULTURA}

RENATO RIBEIRO/DIVULGAÇÃO

ODAIR JOSÉ Às vésperas do lançamento da caixa ‘Quatro Tons’, com alguns de seus discos mais clássicos editados na década de 1970, cantor detona a expressão ‘brega’ e pede respeito por sua obra

‘NÃO SOU PERFEITO, MAS NÃO SOU TÃO RUIM’ Quatro discos fundamentais da discografia de Odair José foram resgatados do limbo e, enfim, chegam em CD na caixa “Quatro Tons”, que será lançada hoje e amanhã em shows no Sesc Pompeia (r. Clélia, 93, tel.: 3871-7700; às 21h; R$ 20). Em entrevista ao Metro Jornal, ele comenta os álbuns e fala da luta pelo reconhecimento de sua obra. O que você pode destacar nesses quatro discos que os tornam uma unidade? Sem querer ser prepotente, mas ele não é importante só para mim, mas para que todos conheçam melhor o que fiz na década de 1970. E esse meu trabalho foi único, bem pensado com relação às letras, que tocam em temas simples de maneira objetiva. Os discos são bem gravados, com os melho-

res músicos [a banda Azymuth, Hyldon e Luiz Cláudio Ramos, maestro de Chico Buarque]. O escritor Paulo César de Araújo o compara com o cronista que Noel Rosa foi. Eu acho legal, mas antes dessa declaração eu já dizia que era como um repórter musical. Por que não pode comparar Odair José a Bob Dylan e Paul McCartney? Pode sim. Você fala sobre a decepção de não ter o reconhecimento correto sobre sua música e não gosta de que te chamem de ‘brega’... Isso surgiu na década de 1990 e esse estilo [o brega] nem existe. A expressão me dá a impressão de mal feito, do cara mal vestido, da casa mal decorada… E minha música não é isso. Tudo o que faço é bem feito, com dedicação.

‘Quatro Tons’, por Odair José

“ASSIM SOU EU…” (1972) ODAIR JOSÉ

The Rock

O maioral

Dwayne Johnson foi eleito pela revista “Forbes” o ator mais lucrativo de Hollywood em 2013, arrecadando US$ 1,3 bilhão ao longo do ano para os filmes nos quais participou. Em segundo lugar ficou Robert Downey Jr., seguido por Steve Carell.

“QUATRO TONS” ODAIR JOSÉ UNIVERSAL R$ 78

“Saio da CBS para Polygram com o disco pronto, da capa aos arranjos. Ele foi influenciado por Crosby, Stills, Nash & Young, Cat Stevens, mas a gravadora antiga queria que eu fizesse no estilo de Roberto Carlos. Eu queria um folk rock.”

“LEMBRANÇAS” (1974) ODAIR JOSÉ

“É muito técnico. Fui para aula de canto e tudo. Nele tem a frase ‘Felicidade / Não existe / O que existe na vida são momentos felizes’. Meio filosófico. Nessa época, já começava a pensar no som que chegaria no [disco] ‘O Filho de Maria e José’.”

“ODAIR JOSÉ” (1973) ODAIR JOSÉ

“Talvez seja meu maior momento como compositor. As 12 faixas estouraram e todas ficaram conhecidas do público! É um disco muito alegre. Ele é meu grande auge, meu ápice, com certeza.”

“ODAIR” (1975) ODAIR JOSÉ

“Vi Paul [McCartney] lançando ‘Band on the Run’ e quis fazer igual. Tem ‘A Viagem’, na qual falo de maconha. Na época eu consumia e queria (e ainda quero) que ela fosse legalizada. Tem muita essência do pensador Odair José.”

Você se arrepende de algo? Eu usava aquela frase clichê, de que “não me arrependo de nada”, mas hoje em dia, eu digo: me arrependo de muita coisa. Uma das principais foi a de deixar que outras pessoas pensassem no disco para mim. Após “Coisas Simples” (1978), a gravadora passou a dizer que eu era maluco. Não queriam me deixar pensar. O disco não foi um erro, mas não foi aceito na época, e isso me decepcionou um pouco, então deixei que eles cuidassem de tudo. O que é Odair José? Um tocador de guitarra. Um cara que toca e canta sua música de uma forma simples e séria. O negócio é que não sou perfeito, mas não sou tão ruim assim. (risos) PAULO BORGIA METRO SÃO PAULO

DVD. Especial celebra os 60 anos de carreira de Inezita Lenda da música e da TV brasileira, Inezita Barroso ganha merecida homenagem às vésperas de seu 89º aniversário com o lançamento do DVD duplo “Cabocla Sou Eu”. O material revisita e celebra seis décadas de carreira da cantora, atriz e apresentadora desde suas primeiras aparições no cinema, em 1950, passando por trechos de apresentações em programas na TV Record e Cultura, na qual continua a fazer cantorias em seu programa de maior sucesso, o “Viola, Minha Viola”, exibido aos domingos, às 9h. “Cantei com orquestras, com viola, sozinha… A gente achou muita coisa da qual eu nem lembrava. Isso é muito emocionante”, conta uma sorridente Inezita.

“CABOCLA EU SOU” INEZITA BARROSO SUBSTANCIAL MUSIC R$ 32

Segundo o produtor Aloisio Milani, a pesquisa não foi fácil. “Assistimos a pelo menos 4.000 gravações com Inezita. Era muita coisa mesmo, mas ao mesmo tempo foi uma grande diversão.” Para a cantora, um dos destaques desses achados são imagens em preto e branco e em película de apresentações nos primórdios da TV Cultura, em 1969. “Era uma época muito gostosa”, recorda, puxando um de seus causos. “Pouco antes,

Inezita à frente do ‘Viola, Minha Viola’ | JAIR BERTOLUCCI/DIVULGAÇÃO

na Record, eu fazia um programa em que levávamos bichos de verdade para o palco. Era muito divertido ver cavalo, vaca... Até coruja a gente levou para a televisão. E tudo no improviso.” No segundo DVD, Inezita canta ao lado da Orquestra Fervorosa, numa edição especial do “Viola, Minha Viola”, com clássicos como “Ronda”, “Pingo D’Água” e “Viola Quebrada”. METRO


|18|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Obras São Bernardo

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

NÃO COMPROU OS PRESENTES DE NATAL? AINDA DÁ TEMPO!

Cruzadas

Trânsito Obras que atrapalham o trânsito vemos aos montes, seja para facilitar a vida dos donos de shoppings, seja para resolver um problema que já deveria ter sido resolvido. Agora, obras para melhorar o trânsito, essas ninguém sabe, ninguém viu. Quando vão fazer algo na Jurubatuba? E na Pereira Barreto? A cidade precisa andar.

Ordem... e progresso! Organize seus potenciais presenteáveis (ainda sem presentes) em três listas: 1ª) pessoas com quem você irá passar a noite de Natal; 2ª) outras pessoas importantes, gente que você deseja presentear, mas que não estarão em sua companhia para dividir o peru da ceia; 3ª) os colegas do trabalho, da faculdade, enfim, a galera em geral. Este tipo de ordenação irá agilizar muito o “processo”.

VALENTIM TERRA, SÃO BERNARDO

Metro Pergunta

Presentes gêmeos. Coloque as três listas lado a lado e procure identificar quem de uma lista poderá ganhar um presente idêntico a uma pessoa de outra lista, sem ficar sabendo que ganhou presente repetido. Agindo assim você irá reagrupar suas três listas originais em novas listas, agora rearranjadas por tipos de presentes a serem dados a tais e tais pessoas. Ao invés de ficar esquentando a cabeça com o que irá comprar para cada um, você abusará da praticidade montando “lotes de presentes”. Trigêmeos... ou mais! Comprando seus presentes em lotes tudo ficará mais fácil e poderá inclusive lhe sair mais barato. Assim, deverão ganhar exatamente o mesmo frasco de perfume: sua irmã, uma tia querida, a amigona vizinha de porta, aquela professora do coração e sua colega de trabalho mais achegada. Poderão ganhar a mesma camisa verde: seu pai, aquele seu primo predileto que mora no interior, seu chefe (se ele for um cara bacana, é lógico) e o zelador do prédio (que te quebra um galhão!).

As obras de drenagem no Paço de São Bernardo são necessárias há anos, poderiam ter sido feitas na época em que o impacto para a cidade seria menor. Não foram, agora o cidadão, sempre ele, paga a conta, vai ter que ficar mais horas parado no trânsito. Fazer o quê? Antes tarde do que nunca. ISADORA PINTO, SÃO BERNARDO

Aos 45 do segundo tempo! Estamos há poucos dias do Natal e você ainda não teve tempo de comprar todos os presentes... Muita calma nesta hora: você não foi o único que ainda não resolveu este assunto, mas a situação é reversível! Existe, sim, um jeito inteligente de realizar suas compras em cima da hora sem gastar muito tempo, nem empatar tanto dinheiro. Ao invés de pegar a carteira, a bolsa, e sair correndo para as lojas, invista meia hora em um bom planejamento das compras de última hora.

O salário mínimo pode subir para R$ 724 no ano que vem. Você acha que o valor é suficiente?

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metro

@arthurstabile

Não. Se pegarmos uma família com dois adultos e duas crianças como base, as perspectivas de qualidade de vida serão muito baixas.

Sudoku www.metrojornal.com.br

VOCÊ JÁ VISITOU O SITE DO METRO HOJE? Acesse metrojornal.com.br e confira as reportagens em andamento que estão na área “Faça o Metro de Amanhã” na nossa página inicial. 

Truque do bem. Nenhuma destas pessoas ficará sabendo que outra ganhou presente idêntico. Talvez esse não seja um jeito muito – digamos assim – “romântico” de presentear. Agora: é prático e irá salvar sua pele antes do apito final do Papai Noel! E o truque pode acabar lhe salvando também uma graninha. Como você irá comprar de quantidade, não terá de rodar por aí queimando combustível à toa, e poderá batalhar um descontinho, ou então chorar por algum brinde que também sirva como presentinho, oras!

Aqui, você irá além dos comentários. Sua participação vai nos ajudar no desenvolvimento de reportagens que também serão publicadas – com a sua assinatura – na versão impressa do Metro. Para falar com a redação:

leitor.abc@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Leitor fala

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Às vezes recuar um passo sempre ajuda a avançar mais passos futuramente. Não se sinta constrangido se precisar parar para resolver algo.

Período para não sobrecarregar energias físicas e emocionais. Dose o tempo para solucionar os assuntos com ponderação e sem alardes.

Ser atento às informações será essencial para não cometer equívocos ou precipitar decisões que envolvam negócios ou parcerias.

Momento mais propício para falar sobre costumes e desvendar pensamentos com quem se relaciona. Atente-se ao jeito de se expor.

Momento importante para conversas sobre objetivos em comum na relação e para descobrir afinidades se estiver em alguma paquera.

Com a Lua em seu signo oposto, Câncer, a compreensão dos pensamentos divergentes dos seus será um exercício diante das convivências.

Tenha atenção dobrada com assuntos financeiros e despesas, principalmente para evitar as desnecessárias.

Procure ponderar o quanto compensa envolver-se com responsabilidades ou mudar planos, seja sozinho ou com quem se relaciona.

Há propensões para mudar procedimentos com algum projeto que não apresenta o resultado desejado. Pondere antes de decisões.

Com a Lua em seu signo, estará mais sentimental do que de costume. Sua vontade de esclarecer assuntos do passado será mais intensa.

Mais envolvimento com atividades culturais, estudos e viagens são tendências a marcar seu dia. Poderá repensar planos nestes temas.

O contato com vivências sociais diferentes está favorecido e tende a marcar bons momentos que amenizem desgastes.


3

|20|

ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.metrojornal.com.br

{ESPORTE}

Acredite se quiser 1 Cenas

FOTOS: AMR ABDALLAH DALSH/ REUTERS

ESPORTE

2 3 A exemplo do que aconteceu com o Inter, derrotado pelo Mazembe em 2010, Atlético é eliminado na semifinal para o Raja Casablanca | AMR ABDALLAH DALSH/REUTERS

Zebraça. Declarado azarão na semifinal da Copa do Mundo de Clubes da Fifa, marroquinos do Raja Casablanca batem o Atlético-MG por 3 a 1 e vão fazer a final contra o Bayern de Munique

Handebol

Alexandra

A seleção feminina bateu a Hungria por 33 a 31 e, pela primeira vez na história, avançou para semifinal de um Mundial. O adversário sai na amanhã, do vencedor entre Dinamarca x Alemanha.

Para a torcida que se acostumou a gritar “Eu acredito”, parece inacreditável. O time mágico que levou a Libertadores conheceu o lado sombrio na Copa do Mundo de Clubes da Fifa, em Marrakeshm, no Marrocos. Muito nervoso em campo, o Atlético-MG perdeu por 3 a 1 para o Raja Casablanca, na semifinal. Uma tragédia. Das enormes. Talvez a maior dos 105 anos de vida do Galo. Quando a bola rolou, o Atlético-MG fez o que se esperava dele: partiu para cima e tentou sufocar o time da casa. Apesar da boa marcação em Ronaldinho, o jogo mineiro fluía pelas pontas. Foi pelos flancos que os atleticanos criaram a primeira boa chance. Aos 22 minutos, Lucas Cândido avançou pela esquerda e cruzou para Jô, um pouco desequilibrado, finalizar rente à trave. Se era perigoso na frente, o Galo também passava sufoco atrás. Aos 35, Victor teve que fazer uma defesa milagrosa em chute à queima-roupa de Karrouchy. Os marroquinos se empolgaram e quase chegaram lá no finalzinho, com Moutaouali, em chute rastei-

ro que passou perto da meta atleticana. Logo na volta do intervalo, porém, o Raja foi mais efetivo. Em rápido contra-ataque, a bola chegou até Iajour, que bateu cruzado na saída de Victor. Mas, aos 17 minutos, Ronaldinho mostrou todo seu talento na cobrança de falta e igualou o marcador. Só que o Galo não manteve o ritmo. Pelo contrário, esbarrava no nervosismo e pouco conseguia criar, dando espaço para correria dos adversários. Até que, aos 37, o caldo entornou. Em mais um contra-ataque do Raja Casablanca, o zagueiro Réver chegou atrasado e derrubou Iajour. Moutaouali cobrou com categoria para fazer 2 a 1. Ainda tinha mais. No último lance, Moutaouali recebeu em outro contra-ataque, tentou encobrir Victor e a bola bateu na trave. No rebote, Mabide mandou para as redes para dar números finais ao duelo e enterrar de vez o sonho do Galo. WILSON DELL’ISOLA METRO SÃO PAULO

1

Esse deu trabalho.

Além de organizar as ações ofensivas do Raja Casablanca, o meia marroquino Iajour mostrou habilidade e frieza para abrir o placar no jogo de ontem, em Marrakesh, contra o Atlético-MG.

“Considero que o time jogou bem, mas faltou um pouco de pegada. Futebol é assim, tem dias que não dá certo”

“Tentamos dar o melhor, mas na segunda etapa não deu certo. Fomos para cima e eles foram felizes no contra-ataque”

CUCA, TÉCNICO DO ATLÉTICO-MG

DIEGO TARDELLI, ATACANTE DO ATLÉTICO-MG

“Nós fizemos uma temporada histórica, mas é muito duro vir aqui e perder assim. Vamos levantar a cabeça” RONALDINHO GAÚCHO, MEIA DO ATLÉTICO-MG

1 3 •

Victor; Marcos Rocha (Luan), Leonardo Silva, Réver e Lucas Cândido (Alecsandro); Pierre, Josué (Leandro Donizete); Tardelli, Ronaldinho e Fernandinho; Jô. Técnico: Cuca

ATLÉTICO-MG

Askri; El Hachimi, Adil Karrouchy, Mohamed Oulhaj e Benlamalem; Erraki, Guehi, Chtibi (Vivien Mabide) e Moutaouali; Iajour (Coulibaly) e Hafidi (Déo Kanda). Técnico: Nabil Maaloul

RAJA CASABLANCA

Gols. Iajour, aos 5, Ronaldinho Gaúcho aos 17, Moutaouali, aos 37, e Mabide, aos 48 minutos do 2o tempo

2

Massa em Marrocos.

Se o Atlético-MG deixou a desejar em campo, nas arquibancadas a torcida representou bem o Galo, cantando durante todo o jogo e aplaudindo seu time após o apito final.

3

Talento de sempre.

Se não se destacou com a bola rolando, até pela forte marcação que sofreu, ao menos o meia Ronaldinho Gaúcho mostrou que ainda está com o pé calibrado nas cobranças de falta e deixou o jogo em 1 a 1. METRO


ABC, QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

Copa do Mundo

Seleção Russa vai ficar em Itu A Rússia anunciou ontem que vai ficar hospedada na cidade de Itu durante o período de concentração para a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. Quem também divulgou sua base foi Honduras, que ficará em Porto Feliz, no interior de São Paulo. METRO Nos estádios

Câmara aprova veto ao cigarro A Câmara de São Paulo aprovou ontem um projeto que proíbe o fumo em estádios municipais. Atualmente, só o Pacaembu é usado para a realização de grandes jogos, como os dos campeonatos Brasileiro e Paulista. O texto agora segue para análise do prefeito Fernando Haddad, que pode sancioná-lo ou vetá-lo. METRO

Disputa

Palmeiras entra na briga por Rafael Sóbis Sondado pelo São Paulo, Rafael Sóbis também entrou na mira do Palmeiras para reforçar a equipe na próxima temporada. Para tirar o atacante do Fluminense, no entanto, o interessado terá de negociar a multa rescisória – cerca de R$ 23 milhões. METRO

Santos

Peixe tenta zagueiro revelado no São Paulo O zagueiro Bruno Uvini, 22, do Napoli, pode defender o Santos na próxima temporada. O defensor, que foi revelado nas categorias de base do São Paulo, não vem sendo aproveitado pelo clube italiano, que pretende repassá-lo ao Peixe. METRO

{ESPORTE}

|21|◊◊

Lusa cogita usar camisa do Fluminense Protesto. Uma das ideias que circulam no Canindé, caso a queda para a Série B seja confirmada, é usar o uniforme similar ao dos cariocas A Portuguesa conseguiu, em campo, permanecer na elite do Brasileiro. Mas, no STJD, foi punida por escalar um jogador de maneira irregular e caiu para Série B, salvando o Fluminense. A Lusa ainda briga no Tribunal para reverter a situação, mas, caso não consiga, estuda algumas formas criativas de se manifestar. E uma das alternativas que chegaram para análise do gerente de marketing da Portuguesa, Fábio Porto, é a de utilizar o uniforme semelhante ao do clube carioca. “Os dois times têm cores iguais e poderíamos fazer um uniforme igual ao

deles, para lembrar sempre que eles é que deveriam estar na segundona. Temos outras sugestões na mesa e tudo, mas tudo só será decidido em janeiro”, disse ao Metro Jornal. Outra proposta é a de licenciar uma linha de tapetes, em referência ao “tapetão” – como as decisões do Tribunal são chamadas no futebol. “Tudo ainda será analisado se não conseguimos reverter a decisão. Essa punição fez as pessoas terem ódio do Fluminense e carinho pela gente. Mas acontece que só carinho não paga as contas. Teremos muito prejuízo na Série B”, concluiu Porto. METRO

Lusa ainda briga no Tribunal pela sua permanência | RAFAEL NEDDERMEYER/FOTOARENA


ABC - QUINTA-FEIRA, 19 DE DEZEMBRO DE 2013


20131219_br_metro abc