Issuu on Google+

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, com garantia de manejo florestal responsável, pelo Grupo Sinos S/A.

VELOZES, FURIOSOS E

PENOSOS

NOVO ‘ANGRY BIRDS GO!’ PÕE PASSARINHOS NUMA CORRIDA DE ROLIMÃ PÁG. 12

PORTO ALEGRE Quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 Edição nº 527, ano 3 MÍN: 19°C MÁX: 24°C

www.readmetro.com | leitor.poa@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metropoa

Trensurb circula só em horário de pico amanhã Quem sofre é o passageiro. Devido a divergência no valor do plano de saúde, metroviários prometem greve por tempo indeterminado. Ministério Público do Trabalho obriga operação dos trens entre 5h30 e 8h30 e das 17h30 às 20h30. Haverá ônibus extras na região PÁG. 02

ÍDOLOS REUNIDOS Grêmio faz festa para celebrar os 30 anos da conquista do Mundial

Damião é vendido para investidores Atacante colorado será repassado ao Santos a partir do ano que vem PÁG. 15 PÁG. 16

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

Paulo César Magalhães, Jardel, César, China e Osvaldo ergueram taça do torneio de 1983 na Arena | GABRIELA DI BELLA/METRO

Papa é o ‘cara’ do ano, diz revista Time Para a publicação, Francisco ‘arrancou o papado do palácio’ PÁG. 06

Hã?!?!

Intérprete misterioso fingiu linguagem de sinais em memorial de Mandela PÁG. 08


|02|

1 FOCO

Novo secretário

Jorge Branco é anunciado

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO

Trens apenas nos horários de pico Greve. Metroviários paralisam serviços a partir da 0h de amanhã. Nos horários de pico, porém, circulação será mantida. Paralisação deve seguir até que a Trensurb faça uma nova proposta Como ainda não houve acordo entre a Trensurb e o Sindimetrô (Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários e Conexas do Estado), servidores da estatal decidiram entrar em greve a partir das 0h de amanhã. No entanto, um acordo foi firmado na tarde de ontem entre empresa, metroviários e o Ministério Público do Trabalho para que o serviço seja mantido nos horários de pico. O funcionamento será apenas das 5h30 às 8h30 e das 17h30 às 20h30, com a totalidade dos trens em operação neste período. Caso a Trensurb não faça uma nova proposta aos trabalhadores, a greve deve seguir pelos próximos dias. “Nosso objetivo não é seguir com greve. Se ao meiodia a Trensurb apresentar uma proposta que interesse a categoria, a greve acaba. Se não houver proposta, a greve continua por tem-

po indeterminado”, explica o secretário-geral do Sindimetrô, Clóvis Pinheiro. Entre as reivindicações do sindicato estão a revogação no aumento de 45% no plano de saúde e problemas de efetivo. A Trensurb colocou-se a disposição para continuar negociando com o sindicato e comprometeu-se a apresentar estudos em que sejam oferecidos descontos nos valores conforme a faixa salarial do funcionário. Reforço da Metroplan Para amenizar o caos no transporte entre a capital e região metropolitana, amanhã, a Metroplan aumentará a frota, colocando mais 120 ônibus em circulação durante todo o dia. “Serão 450 ônibus disponibilizados pelas empresas para fazer o atendimento em todo o eixo da região metropolitana”, explica o diretor de transportes da Metroplan, Marcus Damiani. METRO POA

Tratamento de esgoto

Cratera se abre no Centro

Dólar + 1,29% (R$ 2,33) Bovespa - 1,81% (50.067 pts)

O asfalto cedeu e abriu um buraco ontem na esquina da av. Júlio de Castilhos com a rua Carlos Chagas, na capital. O DEP iniciou ainda ontem os reparos no local, mas a previsão de liberação da via deve ocorrer apenas amanhã | GABRIELA DI BELLA/METRO

FALE COM A REDAÇÃO

Euro + 0,70% (R$ 3,20) Selic (10% a.a.)

Salário mínimo (R$ 678)

Mandela

A Assembleia Legislativa aprovou ontem, por unanimidade, novas exigências para autorização do PPCI (Plano de Prevenção Contra Incêndios). Se sancionada pelo governador Tarso Genro, a nova lei proibirá que órgãos municipais emitam licenças ou autorizações, mesmo provisórias, para o funcionamento de locais que não contam com o alvará expedido pelo Corpo de Bombeiros. Em caso de renovação do documento, o pedido deverá ser encaminhado aos bombeiros com, no mínimo, dois meses de antecedência do vencimento. Estabelecimentos que ofereçam riscos à população poderão ser interditados a qualquer momento. Em meio às modificações está a classificação das edificações por meio de quesitos. Além de área e altura, foram incluídos parâmetros como a capacidade de lotação, tipo de uso e finalidade. Antes, era exigido praticamente o mesmo de uma fábrica de gelo e de uma indústria de fogos de artifício. O projeto de lei foi elaborado depois do incêndio que em janeiro atingiu a boate Kiss, em Santa Maria, resultando em 242 mortes. BANDNEWS Veneno na comida

ARQUIVO PESSOAL

O governador Tarso Genro anunciou ontem o primeiro nome para as três secretarias deixadas pelo PDT desde que o partido decidiu ter Vieira da Cunha como candidato ao governo do Estado. O presidente da FDRH, Jorge Branco (foto), substituirá Afonso Motta como secretário do Gabinete dos Prefeitos e Relações Federativas. A Secretaria de Esportes deve ficar a cargo do PC do B e a da Saúde ainda não possui futuro definido.

Cotações

Funcionários da Trensurb planejam greve para sexta | GABRIELA DI BELLA/ARQUIVO/METRO

Efeito Kiss. Deputados aprovam novo PPCI

leitor.poa@metrojornal.com.br 051/2101.0471 COMERCIAL: 051/2101.0302

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

Pisa deve ter liberação logo

Merendeira pode ir a júri popular

A Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) deve autorizar na semana que vem o início da operação do Pisa (Projeto Integrado Socioambiental), por meio de um acordo com o Dmae (Departamento Municipal de Água e Esgotos) mediado pelo Ministério Público. O Dmae deverá providenciar a instalação dos equipamentos de monitoramento do Guaíba, implantar uma unidade de desinfecção para funcionar até que a estação de tratamento se estabilize, entre outras coisas.

A 2ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça recebeu ontem denúncia do Ministério Público contra a merendeira Wanuzi Mendes Machado, que responderá por 39 tentativas de homicídio. A servidora é suspeita de ter colocado veneno de rato na merenda da Escola de Ensino Fundamental Doutor Pacheco Prates, na zona sul de Porto Alegre, em agosto de 2011. Ao todo, 39 pessoas, entre alunos e professores, comeram o estrogonofe envenenado. Caso seja pronunciada, a acusada poderá ir a júri popular. METRO POA

METRO POA

Capa virou quadro

Leitor reproduz capa do Metro A capa do Metro Jornal de 6 de dezembro, em homenagem ao líder sul-africano Nelson Mandela, virou obra de arte na capital. O pintor Claudio Pagno, do projeto Vó Chica, reproduziu com tinta acrílica a homenagem em um quadro de papelão. METRO POA

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini. (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro. (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Porto Alegre. Gerente Executivo: Luís Grisólio Editor Executivo: Maicon Bock (11.813 DRT/RS). Diagramação: Nathália Halcsik Grupo Bandeirantes de Comunicação RS. Diretor-Geral: Leonardo Meneghetti

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: rua Delfino Riet, 183, Santo Antônio, CEP 90660-120, Porto Alegre, RS. Tel.: (051) 2101-0302 O jornal Metro é impresso no Grupo Sinos S/A. A tiragem e distribuição desta edição são auditadas pela BDO. 40.000 exemplares


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

|03|◊◊

Temporal no Rio deixa 2 mil famílias desalojadas Caos. Nas primeiras dez horas de ontem, choveu quase 50% do esperado para todo o mês. Santos Dumont teve 28 voos cancelados Deslizamentos de terra, desabrigados, alagamentos, sujeira e promessas ainda não cumpridas. O Rio de Janeiro viveu novo dia de caos nas primeiras horas da manhã de ontem, após um temporal atingir a região metropolitana da capital fluminense. Segundo a Defesa Civil, 2 mil famílias ficaram desalojadas. Os principais acessos ao centro ficaram interditados por causa dos alagamentos, como os registrados na avenida Brasil e na recém-inaugurada Via Binário. O prefeito Eduardo Paes (PMDB) recomendou à população que ficasse em casa. As chuvas começaram às 2h e se intensificaram entre 5h e 6h, quando sirenes de alerta foram acionadas em 49 comunidades. Segundo medições do Sistema Alerta Rio, nas primeiras dez horas de ontem, choveu quase 50% do esperado para todo o

Saúde. Consumo de cigarro cai20% em seis anos Levantamento divulgado ontem mostra que o consumo de cigarro no país caiu 20% entre 2006 e 2012. Os dados são do 2º Levantamento Nacional de Álcool e Drogas, realizado pela Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Segundo a pesquisa, 19,3% da população brasileira se declarou fumante em 2006. No ano passado, esse índice caiu para 15,6%, o equivalente a 19,4 milhões de pessoas. De acordo com o levantamento, a redução entre os adolescentes foi maior. No período, o percentual de jovens com idade entre 14 e 18 que fumam passou de 6,2% para 3,4%. A região Sul do país registrou a queda mais expressiva: de 25,9% para 20,2%. Apesar da retração no número de consumidores, houve um aumento no índice de dependência do fumo. O número médio de cigarros consumidos pelos brasileiros passou de 12,9 para 14,1. METRO

mês de dezembro. O temporal paralisou todo o sistema de transporte público da capital fluminense. Trafegar de carro também ficou inviável. A chuva deixou alagados os trilhos de dois ramais da SuperVia e cinco estações da Linha 2 do metrô. Também houve problemas nos aeroportos. O Santos Dumont teve 28 voos cancelados e 26 atrasados devido à chuva. Já o Galeão (Tom Jobim) teve movimentação normal, com 7 voos cancelados até o início da noite e 46 atrasos. Baixada atingida A chuva também atingiu a Baixada Fluminense, onde está a maior parte dos desabrigados. Segundo a presidente do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), Marilene Ramos, a precipitação na região foi de 178 milímetros em 24 horas, um pouco abai-

xo da previsão para o mês, que é de 240 milímetros. Os municípios de Nova Iguaçu e Japeri declararam calamidade pública. Uma pessoa levada pela enxurrada está desaparecida. Além dos alagamentos, quem ficou parado no congestionamento da Via Dutra teve que se proteger dos ataques de ladrões, que aproveitaram os carros parados para praticar roubos. Os saques só foram interrompidos com a chegada de agentes da Polícia Rodoviária Federal. A presidente Dilma Rousseff ofereceu ontem ajuda para reduzir os impactos dos estragos. O governo federal enviará cestas básicas, colchões, cobertores, água potável e kits de higiene para auxiliar as vítimas da chuva. Além disso, agentes da Polícia Federal serão enviados ao Rio para evitar saques em rodovias federais. METRO RIO

Bombeiros utilizam botes para socorrer desabrigados | JADSON MARQUES/FOLHAPRESS

Chefe de gabinete de Guido Mantega acaba exonerado O Ministério da Fazenda publicou ontem, no “Diário Oficial da União”, portaria com a exoneração de Marcelo Estrela Fiche do cargo de chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Fiche e outro ex-assessor do gabinete de Mantega, Humberto Barreto Alencar, são acusados de receber propina de R$ 60 mil da empresa que presta serviços de assessoria de imprensa ao Ministério, a Partnersnet Comunicação Empresarial. Alencar foi exonerado na última sexta-feira. Após a denúncia, revelada pela Revista Época, em novembro, os dois assessores pediram férias para, afastados, se defenderem das acusações. Os dois assessores e a empresa negam as acusações. Desde o início do ano, a Partnersnet presta serviço de assessoria de im-

Marcelo Ficher nega acusações | DIVULGAÇÃO

prensa para o Ministério da Fazenda. Segundo Fiche, a licitação para a escolha da empresa ocorreu dentro da legalidade e ge-

rou economia aos cofres públicos por causa do método do pregão eletrônico, que oferece menor preço. Na mesma portaria pu-

blicada, ontem, o ministro nomeou o jornalista Guilherme Barros para o cargo de assessor especial de Mantega. Antes da nomeação, Barros se desligou da Partnersnet, onde trabalhava. A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o caso de Fiche e Alencar. A Comissão de Fiscalização e Controle do Senado aprovou na última terça um requerimento de convite para que Fiche e Alencar expliquem as denúncias. A Comissão também aprovou convite para ouvir a ex-funcionária da empresa de comunicação Anne Paiva para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. Era ela quem, segundo a revista, fazia a intermediação dos repasses de dinheiro. Por se tratar de convite, eles não são obrigados a comparecer ao Senado. METRO

Mensalão. Cunha se compara a Mandela Prestes a ser preso após o julgamento do mensalão, o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) pôs ontem fim ao silêncio. Comparando seu caso com o do líder sul-africano Nelson Mandela, o petista foi à tribuna da Câmara e atacou o STF e seu presidente, o ministro Joaquim Barbosa. “É ou não é um ministro que trabalha com informações seletivas?”, questionou. Cunha foi condenado a 9 anos e 4 meses de prisão em regime fechado por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e peculato, mas ainda aguarda julgamento de recursos. O petista seguiu por uma hora atacando Barbosa e o STF. “Juiz é alguém que guarda recato, figura quase cândida, tem neutralidade como marca, não se submete à opinião pública. Estamos vendo coisas diferentes”. Ele afirmou que cumprirá a pena, mas não ficará calado. “Se Mandela ficou 27 anos preso, eu posso suportar”. METRO BRASÍLIA


|04|

Atividade. ‘Economia cresce com duas pernas mancas’ A economia brasileira está crescendo com “duas pernas mancas” nos últimos anos por conta do “financiamento ao consumo escasso” e da crise financeira internacional. A avaliação é do ministro da Fazenda, Guido Mantega. “De um lado o financiamento ao consumo, que está escasso. De outro, a crise internacional, que nos rouba parte da nossa possibilidade de crescimento”, disse Mantega, durante o Enai (Durante o Encontro Nacional da Indústria). O ministro considerou que, nos últimos cinco anos, o Brasil enfrentou desafios grandes em decorrência da crise internacional, mas há sinais de recuperação dos Estados Unidos e União Europeia. “Temos uma luz no fim do túnel para os países avançados”, afirmou.

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

“O crédito para o consumo está escasso” MINISTRO DA FAZENDA, GUIDO MANTEGA

No evento, Mantega anunciou o aumento das taxas de juros do BNDES nas linhas de crédito do Programa de Sustentação dos Investimentos para 2014. “As taxas crescerão um pouco acompanhando a Selic e a conjuntura”, declarou. Para aquisição de máquinas e equipamentos para produção, a taxa subirá de 4% para 6% ao ano. Para linhas de inovação, os juros subirão de 3,5% para 4% ao ano e, para exportação, avançarão de 5,5% para 8%. METRO

Governo deve adiar exigência de airbag e freios ABS Carros. Obrigatoriedade de itens de segurança para 100% dos veículos novos entraria em vigor ano que vem. Segundo ministro da Fazenda, medida elevaria preço em até R$ 1.500

Mais de R$ 110 bi

Arrecadação foi recorde em novembro O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem que a arrecadação de impostos em novembro superou R$ 110 bilhões,

maior cifra já registrada no mês. Ele rebateu críticas de que não estaria cumprindo a meta de superavit primário. Segundo Mantega, a dificuldade do governo reflete os cortes de impostos para reduzir os custos de produção no país e estimular os investimentos. METRO

Kombi deve sair de linha por não atender exigências | J. DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS

O governo deve decidir na próxima semana pelo adiamento da aplicação da regra que obriga as montadoras do país a instalar equipamentos de segurança em todos os veículos novos. A partir de 2014, todos os veículos produzidos do país têm que sair de fábrica com airbag e freios ABS. Atualmente, 60% dos veículos que saem de fábrica já contam os itens de segurança. “Possivelmente, nós vamos adiar a entrada em vigor. Ainda não fechamos a proposta. Vamos fechar na terça-feira que vem”, disse ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Temendo efeitos sobre os preços dos veículos e em uma possível queda de vendas, o governo está inclinado a dividir o percentual restante em até dois anos.

“Estamos preocupados com o impacto disso no preço dos carros. Isso eleva o preço do carro de R$ 1.000 a R$ 1.500”, disse Mantega. A indústria de veículos pode encerrar 2013 com a primeira queda de vendas em 10 anos. No acumulado de vendas de janeiro a novembro, os licenciamentos apontam para queda de 0,8%, diante de menor oferta de crédito pelos bancos e crescimento econômico fraco. Sobrevida à Kombi A mudança pode dar uma sobrevida a modelos que teriam de sair de linha por não atender as novas exigências, como a Kombi. A Volkswagen anunciou que o modelo está com os dias contados após 56 anos de sucesso no país. METRO

‘Forbes’ coloca Eike entre os maiores desastres do ano Depois de deixar a lista de bilionários da ‘Forbes’, o Eike Batista agora aparece como sétimo na lista da revista americana de 20 personalidades com as carreiras mais desastrosas de 2013. O empresário brasileiro já foi o sétimo ho-

mem mais rico do mundo, com patrimônio estimado em US$ 30 bilhões, segundo ranking da publicação. O pedido de recuperação judicial da OGX, petroleira do empresário, em outubro, foi uma das razões para Eike fazer par-

te do ranking deste ano, de acordo com a ‘Forbes’. Além disso, o empresário teria reduzido também seu patrimônio para menos de US$ 1 bilhão. Nesta semana, o empresário brasileiro protagonizou mais um episódio que

confirmou seu mau momento: seu nome incluído na lista de inadimplentes por uma dívida de R$ 840. A revista ressalta que não está dizendo que as carreiras das pessoas citadas estão encerradas, mas que elas tiveram um grande impacto

negativo este ano. No topo da lista está a celebridade no ramo de culinária Paula Deen. Em maio de 2013, a estrela da TV americana foi acusada de discriminação e assumiu “provavelmente” já ter cometido insultos raciais no passado.

A lista inclui o ator Alec Baldwin, na 9a posição, que teve um talk show suspenso na rede MSNBC após fazer comentários homofóbicos em uma discussão com um fotógrafo filmada pelo site de celebridades TMZ. METRO


|06|

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

“Por arrancar o papado do palácio e o levar para as ruas, por forçar a maior Igreja do mundo a confrontar as suas necessidades mais profundas e por dosar julgamento e misericórdia, o papa Francisco é a ‘Personalidade do Ano’ eleita pela Time em 2013”, justiica a revista norte-americana, numa escolha em que o argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, concorreu com Edward Snowden e Bashar Assad, entre outros. METRO GIAMPIERO SPOSITO/REUTERS

Nove meses de papado

1

Eleito em 13 de março de 2013, Jorge Mario Bergoglio se tornou o 266o papa da Igreja Católica, com o nome Francisco, e atual chefe de Estado do Vaticano, sucedendo o papa Bento 16, que abdicou ao papado em 28 de fevereiro de 2013.

Na capa da revista

2

A capa da revista Time é do Jason Seiler, pintor de formação clássica que recentemente aprendeu a pintar digitalmente em um tablet de 21 polegadas. REPRODUÇÃO/REUTERS

1 GETTY IMAGES

VATICANO/REUTERS

2 Papa Francisco é o ‘cara’ do ano RICARDO MORAES/REUTERS

3

TOMAZ SILVA/AGÊNCIA BRASIL

4

6

Em Lampedusa, na Itália, Francisco pede compaixão

3

Em outubro, Francisco foi à ilha de Lampedusa, na Itália, onde uma embarcação com 500 pessoas naufragou. Na homilia, ele pediu compaixão pelos imigrantes. Foi a sua primeira viagem oficial fora do Vaticano.

O papa divulga exortação “Alegria do Evangelho”

4

Em novembro, o papa divulgou a Exortação Apostólica “Evangelii Gaudium”, em que defende descentralização e caráter missionário da Igreja Católica.

Junto do povo no Rio

5

Francisco e a presidente

5

6

Do papamóvel, o papa Francisco acena para uma multidão de fiéis no centro do Rio de Janeiro, em julho, quando uma falha na segurança permitiu a aproximação das pessoas.

Dilma Rousseff recebe o papa na Base Aérea do Galeão, no Rio, em sua primeira visita ao Brasil, onde participou da Jornada Mundial da Juventude, em julho deste ano.


|08|

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Memorial de Mandela tem coleção de gafes Perdido. Intérprete de sinais que teria traduzido discursos no evento realizado na terça-feira, em Johannesburgo, não sabia a linguagem e inventou gestos, segundo especialistas no assunto. Situação gerou críticas e revolta de surdos em todo o mundo Um falso intérprete da língua de sinais subiu ao palco durante o memorial em homenagem a Nelson Mandela na terça e gesticulou bobagens diante de uma audiência de milhões, revoltando surdos em todo mundo. Foi mais um capítulo na longa lista de gafes cometidas na cerimônia - a mais famosa, até agora, foi o autorretrato de Barack Obama, com a primeira-ministra dinamarquesa. A DeafSA, principal associação de surdos da África do Sul, condenou a presença do homem desconhecido no memorial de Mandela, em que estiveram presentes o presidente sul-africano Jacob Zuma e vários líderes mundiais, incluindo a presidente Dilma Rousseff e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Enquanto líderes discursavam no estádio Soccer City, com capacidade para 95 mil pessoas, o jovem de terno com uma credencial oficial no pescoço fez uma série de gestos com as mãos que os especialistas disseram não significar absolutamente nada. “Ele estava basicamen-

te gesticulando. Ele não seguiu nenhuma regra gramátical e estrutura da linguagem. Apenas inventou os sinais enquanto seguia adiante”, disse à Reuters Delphin Hlungwane, uma intérprete oficial da linguagem de sinais sul-africana na DeafSA. “Havia zero por cento de exatidão. Ele não conseguia acertar o básico.” Foi lançada uma caçada ao misterioso homem. “Ninguém sabe quem ele é. Até agora ainda não sabemos seu nome”, disse Hlungwane. Velório O corpo do ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela chegou ontem de manhã ao edifício Union Buildings, sede do governo sul-africano, na capital Pretória, onde o herói da luta contra o apartheid será velado. Milhares de pessoas tomaram as ruas da cidade para acompanhar a procissão de motos da polícia, liderada pela carro fúnebre preto levando o caixão de Mandela envolto em uma bandeira da África do Sul. METRO

Falso intérprete gesticula enquanto o presidente da Índia faz seu discurso | KAI PFAFFENBACH/REUTERS

Corpo de Mandela percorre as ruas de Pretória | SIPHIWE SIBEKO/REUTERS

Casa de Tutu é invadida na Cidade do Cabo A casa de Desmond Tutu, ganhador do Prêmio Nobel da Paz, foi arrombada na Cidade do Cabo, enquanto ele estava em Johannesburgo para a cerimônia em homenagem a Nelson Mandela, disse um porta-voz da famí-

lia Tutu nesta quarta-feira. Tutu, o aposentado bispo anglicano contemporâneo de Mandela, usou o púlpito para pregar contra o apartheid. “Eu confirmo que a casa foi arrombada. Ninguém

estava na casa quando isso aconteceu”, disse Roger Friedman, porta-voz de Tutu. A polícia afirmou que fazia patrulha de rotina na noite de terça-feira, quanto notaram algo errado na casa de Tutu, em Milnerton, a 20 qui-

lômetros da Cidade do Cabo. A polícia ainda não determinou se algo foi roubado, e até agora não houve prisões, segundo comunicado policial. Essa é a segunda vez que a casa de Tutu foi arrombada neste ano. METRO

Família de brasileiros é encontrada morta Uma família de brasileiros que vivia em um condomínio de luxo na Flórida foi encontrada morta no sábado dentro de um carro na garagem da casa em que vivia em Lake Nona, em Orlando, nos EUA. O casal e a filha de dez anos foram descobertos quando o dono do imóvel onde a família morava decidiu verificar porque o pagamento do aluguel estava atrasado. O funcionário enviado até o local pelo proprietário da casa sentiu um cheiro

Condomínio de luxo onde morava a família de Amaral, no detalhe | REPRODUÇÃO

muito forte e chamou a polícia, que derrubou a porta. Os corpos de Marcio Ferraz do Amaral, 45 anos, sua mulher, Cledione, 34, e a filha de 10 estavam em decomposição há pelo menos três semanas, segundo a polícia. “Não havia sinais de arrombamento na

residência ou de ferimentos nas vítimas”, afirmou o porta-voz do Orange County Sheriffs, Angelo Nieves, ao jornal “The Orlando Sentinel”. Segundo a imprensa americana, a polícia trabalha com a hipótese de que as mortes tenham sido resultado de du-

plo homicídio seguido de suicídio. Cledione nasceu no Paraná e Amaral era de São Paulo, onde eles se conheceram e tiveram uma filha. Há cinco anos a família vivia no condomínio Eagle Creek, que tem casas de alto padrão e campo de golfe. Amaral era piloto de uma companhia aérea e sua mulher trabalhava em um parque temático da Disney em Orlando. O locador da casa e amigo da família, Gerald Mastro, disse que eles sempre foram muito bons. Ele contou também que o casal enfrentava problemas financeiros. Amaral não estava mais ganhando dinheiro e a família ficou três meses sem pagar o aluguel. METRO


|10|

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

2 CULTURA

Ontem, a equipe do Margs acertava os últimos detalhes da exposição, que abre hoje para convidados | FOTOS GABRIELA DI BELLA/METRO

A morte como tema Exposição. Margs inaugura hoje sua última grande mostra de 2013, ‘A Bela Morte: Confrontos com a Natureza-Morta no Século XXI’. São 126 obras do acervo e convidados

Show

Nico popular Nico Nicolaiewsky volta hoje ao StudioClio (r. José d Pa c i c show “Música de Camelô”, e e i e e a ca ç e populares. Temporada até sábado, sempre às 21h. Reservas pelo tel.: 3254-7200.

Apesar do tema, nada é tão mórbido assim na nova exposição do Margs, o Museu de Arte do Rio Grande do Sul. O título tenta dar conta da proposta: “A Bela Morte: Confrontos com a NaturezaMorta no Século XXI”. Segundo a curadora do museu, Ana Zavadil, o objetivo da mostra é ampliar o conceito de natureza-morta, que perpassa toda a história da arte. “Este é um tema muito querido entre público e estudiosos, uma prática que vem desde o século 16. Mas quis pensar, com a exposição, como os artistas contemporâneos se apropriaram deste conceito”, revela Ana. Se quatro séculos atrás

93 artistas participam da exposição, que reúne obras representativas de várias épocas e estilos. os artistas pintavam frutas e garrafas para testar composições e buscar uma alternativa aos tradicionais retratos e paisagens, atualmente há muitas outras possibilidades de representação, como a fotografia e a instalação. Além disso, segundo a curadora, tudo que se torna inanimado passa a integrar o conceito de natureza-morta. “Por isso resolvemos expandir o tema, mos-

trar também como a morte e seus símbolos são representados na nossa produção artística”, acrescenta. Mesa central Para compor a exposição de 126 peças, Ana Zavadil buscou obras no próprio acervo do Margs, chegando a uma relação de 56 artistas que inclui Lasar Segall, Iberê Camargo e Nelson Jungbluth. “São quadros considerados mais clássicos, com a representação de frutas e garrafas típicas do gênero”, diz. Mas foi nos estúdios de artistas gaúchos que a curadora encontrou peças que devem instigar a imaginação do público, como a composição de folhas de la-

Uma grande mesa está no centro da mostra, como se fosse uma natureza-morta

tas de Bina Monteiro, o interior da geladeira assinada por Maria Eunice Araújo e o grupo de jovens fotógrafos coordenados por Fabio Del Ré. “São 37 artistas convidados, com obras surpreendentes”, acrescenta. A exposição não segue uma linha cronológica, mas propõe que o próprio espectador construa seu olhar por meio de uma combinação conceitual das obras. O ponto central é uma mesa enorme, com várias peças. “Esta é a minha natureza-morta, que apresenta inclusive o suporte onde os objetos são retratados”, diz Ana. MÔNICA KANITZ

Para ver A exposição “A Bela Morte: Confrontos com a Natureza-Morta no Século XXI” abre hoje, às 19h, para convidados Vi i açã a a i de amanhã, sempre de terças a domingos, das 10h às 19h. Entrada franca A a e a ece em cartaz até o dia 16 de março de 2014 O Ma g fica a P aça da Alfândega, s/no Centro Histórico I f aç e e e 3227-2311 e no site www.margs.rs.gov.br

METRO PORTO ALEGRE

Obra de Bina Monteiro


|12|

Games. Empresa responsável por ‘Angry Birds’ inova linha de jogos ao colocar passarinhos furiosos para disputar corridas em carrinhos de rolimã. Qualquer cabeça de vento é capaz subir em um carrinho de rolimã, mas vai demorar um bocado até ele conseguir completar toda a saga do app ‘Angry Birds Go!’, disponibilizado ontem para download gratuito pela Rovio. Nele, a ilha dos porquinhos serve de cenário para pistas de corrida que recebem os personagem clássicos Red, Chuck, Stella e King Pig em desafios malucos à la Mario Kart, em que é possível controlar o personagem com toque na tela ou com o simples movimento do dispositivo. Desde o lançamento da série, em 2009, a finlandesa Rovio viu sua franquia crescer como fenômeno cultural e se desdobrar em animações, parques temáticos, merchandise e até um longa-metra-

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

Alados e motorizados Cena do app do jogo ‘Angry Birds Go!’

DIVULGAÇÃO

gem planejado para 2016. À primeira vista, o jogo parece ter uma interface mais amigável em relação à franquia. “Nosso público cresceu e nós queremos tornar o jogo o mais acessível possível. É fácil entrar nele, mas é difícil dominar a jogabilidade e vencer. É preciso descascar as camadas para progredir”, diz Jami Laes, vice-presiden-

te executivo da Rovio. As camadas as quais ele se refere dizem respeito a controle de velocidade, aceleração, poderes especiais e desafios cronometrados. “Mais diversidade é a melhor maneira de fazer os jogadores passarem mais tempo com o jogo e se envolverem na experiência”, explica. Ele rechaça qualquer com-

paração com ‘Mario Kart’, uma febre do console Nintendo 64. “Os controles de inclinação e de toque de tela criam uma experiência muito diferente. Fizemos algo para a geração touchscreen.” O executivo também diz não temer ter dado um passo fora da curva com um jogo tão diferente dos demais. “Estamos tranquilos ao produzir

o que consideramos ser o jogo certo para o público de hoje, em vez de apenas reproduzir algo que já fizemos.” Laes também não teme a concorrência com “Candy Crush”. “Não miramos mulheres de meia-idade. Estamos atrás de préadolescentes para cima – a geração gamer”, completa. METRO INTERNACIONAL

“É fácil entrar no jogo, mas é difícil vencer. É preciso descascar as camadas para progredir.” JAMI LAES, VP EXECUTIVO DA ROVIO


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA} Música

Wagner Tiso tem 40 anos de carreira | EDUARDO ENOMOTO/DIVULGAÇÃO

O piano de um mestre Instrumental. Wagner Tiso se une ao violoncelista Márcio Malard para mostrar sua produção autoral. Show será hoje, no Teatro do Shopping Bourbon Country Depois das apresentações emocionadas com Milton Nascimento, em março, o pianista Wagner Tiso volta a Porto Alegre para um concerto com sua produção autoral e instrumental. O espetáculo, que repassa quase 50 anos de carreira, terá a participação do violoncelista Márcio Malard. Mineiro de Três Pontas, Tiso tem uma longa carreira de bons serviços prestados à música brasileira. Além de ser o compositor, junto com Milton Nascimento, de um dos hinos nacionais – a canção “Coração de Estudante” – é arranjador, maestro e parceiro de outros grandes artistas. Aos 67 anos de idade e uma carreira que se iniciou na década de 1960, Tiso faz parte de um seleto time de músicos brasileiros que transita com a mesma desenvoltura pelo universo popular e erudito. “Não sou extremamente popular, mas sou bem reconhecido”, diz ele, que confessa ser um grande entusiasta das composições para o ci-

36 discos gravados têm Wagner Tiso. O primeiro foi ‘Som Imaginário’, em 1970. Para ver No Teatro do Shopping Bourbon Country Hoje, às 21h Ingressos de R$ 45 a R$ 160, à venda na bilheteria do teatro e pelo tele-entrega 8401-8455

nema. “As trilhas de filmes me dão a chance de fazer coisas que sempre sonhei, uma música que só está na minha cabeça”, explica. Uma boa amostra da sua obra está na coleção de CDs “Da sanfona à Sinfônica - Wagner Tiso 40 anos”, lançado em 2007, que reúne as gravações originais de apresentações e orquestrações realizadas nas últimas quatro décadas. METRO POA

Autógrafos

Show

|13|◊◊

Recital

Guitarristas reunidos em CD

O Brasil atual em textos e fotos

O ‘Espaço’ dos Darma Lóvers

Letras nacionais no palco

Os principais guitarristas gaúchos autografam hoje o CD “Guitar Friends”, que terá renda revertida para projetos de inclusão musical. O lançamento será às 19h30 na Fnac do BarraShoppingSul, com um pocket show dos músicos participantes. METRO POA

O fotógrafo Valdemir Cunha e o escritor Rafael Guimaraens autografam hoje o livro “Os Filhos deste Solo - Olhares sobre o Povo Brasileiro” (ed. Libretos, R$ 70). O encontro será na Palavraria (r. Vasco da Gama, 165), às 19h.

Os Darma Lóvers, dos músicos Nenung e Irinia, fazem hoje o show de lançamento do seu novo disco, “Espaço”, com direito a novos e antigos sucessos. A apresentação começa às 21h, no Teatro do Sesc (av. Alberto Bins, 665). R$ 20.

Os alunos da Escola Cordas e Cordas apresentam, em formações de duos e trios, o recital “Letras Brasileiras”, com obras de Villa-Lobos, Zé Ramalho e Cartola. No Teatro Carlos Carvalho da CCMQ (r. dos Andradas, 736), a partir das 20h. R$ 20. METRO POA

METRO POA

METRO POA


|14|

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Leitor fala

Na ponta do lápis Mais Médicos

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

CONSUMIDORES DO BRASIL: O MUNDO NÃO VAI ACABAR!

Cruzadas

“Sem juros”. Na última coluna, apresentei uma situação como esta: um smartphone é anunciado em uma certa loja por 10 parcelas “sem juros” de R$ 99,90 (total de R$ 1 mil). Pesquisando o preço à vista, o potencial comprador descobre que é possível encontrar idêntico aparelho em outra loja por R$ 850,00 “em dinheiro vivo”. Pondo na ponta do lápis: R$ 1 mil (parcelados) – R$ 850,00 (à vista) = R$ 150,00 (juros embutidos). Assim, constatamos que 15% do valor total do bem parcelado são juros disfarçados. Juros: melhor ganhar que pagar! Quem preferir investir os R$ 99,90 na poupança por oito meses, terá então juntado R$ 800,00 mais os “jurinhos” do período, praticamente inteirando os R$ 850,00 necessários para a compra à vista com desconto. Então, é esperar oito meses, levar o smarphone para casa sem carnê (quitado!) e se livrar da obrigação de pagar duas prestações de R$ 99,90 (a 9ª e a 10ª do crediário), numa economia total de R$ 200,00. Assim se pode ganhar um belo jantar para dois, que tal?

FÁBIO RUSCHEL – PORTO ALEGRE, RS

Mas vai dar para comprar? O exemplo da coluna passada mencionava a compra, não de um celular, mas de uma geladeira parcelada em 10 mensais (com juros disfarçados) X à vista (com desconto). Em qualquer caso, o raciocínio é idêntico. Daí um amigo leitor me escreve e pergunta: “O senhor acha mesmo que, num país como o nosso, oito meses depois a mercadoria vai custar o mesmo preço?” Nem tudo encarece assim, da noite para o dia! Penso que é grande a chance de o preço ser o mesmo, sim. Em um período de tempo relativamente curto como este (menos de um ano), bens de maior valor como uma geladeira, um computador, um celular destes mais sofisticados ou uma TV de LED não devem ficar mais caros, não. Há muita concorrência nestes mercados: o mais provável é que o preço até abaixe, ou então que se mantenha, mas já para um modelo mais novo e evoluído.

Lançado há pouco mais de cinco meses, o programa Mais Médicos, do governo federal, recebeu críticas de entidades médicas como conselhos, associações e sindicatos. Como médico e apoiador do programa, sou criticado e até julgado por nove entre dez colegas. Desde a sua efetiva implantação, tivemos notícias desde supostos erros médicos até situações onde os colegas foram recebidos de joelhos ou com foguetório pelas comunidades. Recente pesquisa mostrou um aumento da aprovação (de 40 para 80%) por parte da população ao programa. Com o foco voltado sempre para o paciente, temos muito chão a trilhar. Penso que muito mais importante e salutar que apenas criticar por criticar, seria contribuir com ideias, opiniões, soluções e principalmente discussões. Não são com ações na Justiça ou usando a imprensa para colocar os pacientes contra os médicos que aderiram ao projeto que se vai melhorar a saúde pública no Brasil. É o momento de deixarmos o cooperativismo de lado e principalmente as birras político-partidárias e pensarmos apenas em aprimorar essa grande iniciativa.

Metro pergunta

A liberação da venda de maconha no Uruguai terá algum reflexo aqui no RS? Sudoku

Siga o Metro no Twitter: @jornal_metropoa

@DanielRamosBR

Senti um cheiro, mas pensei que era do vizinho. @FMFX

Tudo depende da direção do vento... @infosGrenal

Claro... Salgado Filho lotado de pessoas procurando aviões para Montevidéu

Paranóia de consumo. Aliás, vale o alerta: dê um jeito de aliviar a pressão de compra que paira no ar, ainda mais nesta época do ano. O mundo não vai acabar. Sem neuras de que uma compra precisa ser feita imediatamente, senão o preço aumentará, o desconto cairá, o estoque zerará, e a “maravilhosa oportunidade de compra” deixará de existir! Como sempre me disse Seu Atilio, meu sábio pai: “Se você perde um boa oportunidade de compra mas continua preparado, logo outra melhor virá.” E vem!

@realarandrade

Acho que vai aumentar as viagens para Punta.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.poa@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Tendências para esclarecer assuntos familiares e problemas domésticos. Estará propenso a atitudes mais sentimentais e saudosistas.

Valorize os momentos sociais e a convivência com amizades, especialmente com quem não tem estado próximo há um bom tempo.

Júpiter - que rege seu signo – faz aspecto com Saturno, favorecendo consolidações de projetos. Tendências a reconsiderar alguns planos.  

A vontade de expor opiniões estará mais intensa. Reflita antes para não dizer coisas por impulso em qualquer grau de relacionamento.

Procure pensar de forma mais positiva diante de certos projetos. Muitas vezes é o que faz diferença para certas conquistas.  

Regente de seu signo, Saturno faz bom aspecto com Júpiter, influência para novos aprendizados e para expandir objetivos profissionais.

Aproveite para relaxar mais e evite se desgastar com assuntos sem importância diante das relações mais próximas.

Atente-se para não exigir demais de quem se relaciona afetivamente, esteja comprometido ou mesmo em alguma paquera.

Algumas atitudes simples mudarão a forma de lidar com questões profissionais. Novas metas tomarão empenho e mais motivação.

Estará mais espontâneo para expor o que pensa e esclarecer sentimentos nas relações. Estará mais focado em metas a longo prazo.  

Algumas descobertas mudarão sua postura na maneira de lidar com relações de maior vínculo. Reflita sobre alguns sentimentos.   

Aproveite para se divertir e aproveitar ocasiões que amenizem desgastes. Retomar momentos de lazer em família fará muito bem.


PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

A 9 está sem dono Centroavante. Inter negocia Leandro Damião com grupo de investidores. Destino do atacante será o Santos Não foi como o Inter imaginou. Foi por menos do que o clube queria, mas Leandro Damião foi vendido. O jogador foi negociado com o grupo de investimento Doyen por 13 milhões de euros. Seu futuro será no Santos. Clubes da Inglaterra e Itália fizeram investidas no passado para contratar o camisa 9 colorado. Na metade

deste ano, uma proposta de 20 milhões de euros foi recusada. A cúpula de futebol colorada queria receber 25 milhões pelo atacante, que tem 30% de seus direitos econômicos ligados ao Atlético de Ibirama. Após um ano ruim de Damião e com o baixo fluxo no caixa do Inter, o clube negocia o jogador por metade do que gostaria há poucos

90 gols foram marcados por Damião com a camisa do Inter. meses. Ainda não se sabe se outro atleta será contratado para ser o centroavante do time ou se algum jogador como Forlán, Scocco ou Rafael

Moura irá ocupar o espaço de Damião. A venda será oficializada antes do anúncio do novo vice de futebol. O Doyen foi criado este ano por Simon Oliveira e Matthew Kay, que faziam parte do staff de David Beckham e Cristiano Ronaldo. Entre outros clientes, estão em seu portfólio jogadores como Falcao Garcia, Neymar e Xavi.

Gilberto no Canadá O Inter fechou a venda do atacante Gilberto, que disputou o Campeonato Brasileiro emprestado à Portuguesa. O jogador atuará no Toronto FC, clube canadense que disputa a liga americana de futebol. A transação gira em torno dos R$ 7 milhões.

3 ESPORTE

METRO POA

Os substitutos Mundial de Clubes

Se não contratar ninguém, Inter tem no elenco jogadores capazes de cumprir a função de Leandro Damião. Confira quem são eles

FORLÁN

SCOCCO

R. MOURA

Ai da ã c eg i e a e e a e e i agi a a a d f ic a ad Se ã f eg ciad e a ei de a a c ce a a e f çã e g a de ga e de e e h c ce f eb e e

A c eç e ga e c a ca i a d I e f eb e g de Sc cc de a a ece a O a ge i e de e aç e e i a e ada e i ad Te e ca idade c ce aa e a f çã fa i a

Raja Casablanca

F ic a ad a a ad a e de a f aca a e a i a de a e Ni a d d á abe E ca ã e eb de e e h e a c c g Se a á i é a a á aba h c éc ic Abe B aga e de faci i a a a e a ê cia c be

O anfitrião Raja Casablanca derrotou o Auckland, da Nova Zelândia, por 2 a 1, ontem, no Marrocos, na abertura do Mundial de Clubes da Fifa. O time agora enfrenta o Monterrey (MEX), sábado, pelas quartas de final. FOTOS: ALEXANDRE LOPS/INTERNACIONAL


|16|

PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

Dia de sorte ou azar? Libertadores. Sorteio que define confrontos ocorre hoje à noite O destino do Grêmio na Libertadores começa a ser traçado esta noite, no Paraguai, onde ocorre o sorteio que definirá os confrontos da primeira fase e os grupos da etapa seguinte. Os mistérios do caminho tricolor na competição começam a ser desvendados a partir das 22h (de Brasília). O clube gaúcho será representado pelo presidente Fábio Koff e o diretor executivo Rui Costa. A Conmebol não divulgou os critérios para o sorteio da competição. Nem mesmo os cabeças de chave estão definidos. A tendência é que os clubes sejam divididos em quatro potes com oito equipes cada. Das 38 equipes que participarão da principal disputa das Américas, 35 estão definidas. Ainda resta uma vaga aberta na Argentina, uma na Bolívia e outra no Chile. Clubes tradicionais como Olimpia e Nacional, do Uruguai, terão de disputar a primeira fase. METRO POA

Ponte perde e Botafogo agradece

Sorteio Confira os clubes classificados para a Libertadores P i ei a fa e Atlético-PR, Botafogo, Santa Fe (COL), Guaraní (PAR), Oriente Petrolero* (BOL), Deportivo Quito (EQU), Morélia (México), Sporting Cristal (PER), Nacional (URU) e Caracas (VEN), Lanús* e mais um clube chileno Fa e de g A ge i a Vélez Sasrfield, Newell’s Old boy, Arsenal e Lanús B ia Bolivar e mais um B a i Atlético-MG, Cruzeiro, Flamengo e Grêmio

Chi e Unión Española e O’Hinggis C bia Atlético Nacional e Deportivo Cali E ad Emelec e Independiente Mé ic Santos Laguna e León Pa ag ai Cerro Porteño e Nacional Pe Real Garcilaso e Universitario U g ai Peñarol e Defensor Sporting Ve e e a Deportivo Anzoátegui e Zamora

Não foi na noite de ontem que a Ponte Preta conquistou o primeiro grande título da sua história. Jogando na Argentina, a equipe paulista não resistiu à pressão e perdeu para o Lanús por 2 a 0, no segundo jogo da final da Copa Sul-Americana. Como o primeiro confronto terminou empatado por 1 a 1, os argentinos ficaram com o título. O resultado manteve o Botafogo como classificado à Libertadores. Caso a Ponte fosse campeã, ela ficaria com a vaga dos cariocas. Ineficaz ofensivamente, a Macaca levou pouco perigo à meta dos donos da casa. O primeiro gol argentino saiu aos 24 minutos, com Ayala, que tocou para as redes após jogada de Blanco. Nos acréscimo da etapa inicial, Blanco ampliou. Apesar da vontade, a Ponte não teve qualidade para reverter a situação no segundo tempo. METRO POA

* Lanús, da Argentina, e Oriente Petrolero, da Bolívia, ainda podem conseguir vaga direta na fase de grupos

Os 30 anos do Mundial

35

22

clubes já estão classificados para a disputa da Libertadores de 2014.

Títulos de Libertadores conquistou o futebol argentino. O brasileiro tem 17.

A Arena recebeu uma festa, ontem para comemorar os 30 anos da conquista do título Mundial. A partida contou com ídolos de várias gerações do clube. Entre os mais assediados estava o ex-goleiro Mazaropi | GABRIELA DI BELLA/METRO

De novo, Brasileirão terminará no tribunal A última rodada ocorreu no domingo, mas o Campeonato Brasileiro ainda não terminou. De certo, até agora, apenas os rebaixamentos de Náutico e Ponte Preta, o título do Cruzeiro, e a vaga na Libertadores do time mineiro e do Grêmio – que terminou a competição em segundo lugar. O grande pivô da discussão é a Portuguesa, que escalou Héverton no empate em 0 a 0 contra o Grêmio. Expulso contra o Bahia, o meia cumpriu suspensão diante da Ponte Preta e foi julgado na última sexta-feira pela Comissão Disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Pegou dois jogos e não poderia ter atuado contra os gaúchos. A Lusa tenta provar que não foi comunicada da decisão. Mas, se for punida, perderá 4 pontos – três mais o número de pontos conquistado no jogo. Situação similar vive o Flamengo, que teria escalado o lateral-esquerdo André Santos de forma irregular no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro. Diante do imbróglio, Portuguesa, Flamengo e Criciúma ainda correm risco de queda. Nessa história, o

1999 foi a última edição em que o Brasileiro foi decidido nos tribunais. Devido ao caso Sandro Hiroshi, o Gama entrou na Justiça e nenhum clube foi rebaixado. maior beneficiado seria o Fluminense, que escaparia do rebaixamento em quase todas as simulações possíveis. O STJD já está ciente do caso e, segundo o procurador-geral Paulo Schmitt, a CBF enviou ao Tribunal uma notificação de infração e o julgamento deve acontecer na semana que vem. Ainda existe mais uma pitada de indefinição nessa história. Com o recurso que o Vasco entrou no STJD ontem à tarde, pedindo os pontos da partida contra o Atlético-PR, por conta da pancadaria generalizada entre as torcidas na Arena Joinville (SC), a reviravolta pode ser ainda maior e tendo reflexo na classificação à Libertadores. O campeonato já acabou, mas as torcidas ainda seguem roendo as unhas. METRO

POSSIBILIDADES º

º

1 CENÁRIO 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

INTERNACIONAL CRICIÚMA FLUMINENSE FLAMENGO PORTUGUESA VASCO PONTE PRETA NÁUTICO

48 46 46 45 44 44 37 20

º

2 CENÁRIO 11 13 12 12 12 11 9 5

51 49 43 43 50 50 37 22

-1 -14 -4 -3 4 -11 -18 -57

Rebaixados para a Série B

Lusa e Flamengo perdem pontos

13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

CORITIBA BAHIA INTERNACIONAL VASCO CRICIÚMA FLUMINENSE PONTE PRETA NÁUTICO

48 48 48 44 46 46 37 20

3 CENÁRIO 12 12 11 11 13 12 9 5

42 37 51 50 49 43 37 22

-3 -8 -1 -11 -14 -4 -18 -57

Rebaixados para a Série B

Vasco conseguir pontos do Furacão

13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

CORITIBA VASCO CRICIÚMA FLUMINENSE FLAMENGO PORTUGUESA PONTE PRETA NÁUTICO

48 47 46 46 45 44 37 20

12 11 13 12 12 12 9 5

42 50 49 43 43 50 37 22

Rebaixados para a Série B

Tudo acontece no Tribunal

-5 -11 -14 -4 -3 4 -18 -57


PORTO ALEGRE - QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013



20131212_br_portoalegre