Page 1

O Jornal Metro é impresso em papel certificado FSC, garantia de manejo florestal responsável.

QUERO SER

GRANDE AVRIL LAVIGNE FALA DE TEMAS ‘MADUROS’ EM NOVO ÁLBUM PÁG. 13

RIO DE JANEIRO sunny

Quinta-feira, 12 de dezembro de 2013 snow nº 786, rain ano 4partly Edição

cloudy

sleet

thunder

sunny

part sunny/ showers

thunder showers

MÍN: 21°C MÁX: 29°C hazy

showers

www.readmetro.com | leitor.rj@metrojornal.com.br | www.facebook.com/metrojornal | @jornal_metrorj

DOUGLAS VIANA/FUTURA PRESS

DE NOVO!

Erro da Lusa reaproxima Flu da Série A

CALAMIDADE

Temporal para o Rio e Baixada tem mais de duas mil famílias desalojadas PÁGS. 02 E 03

Julgamento no STJD sobre escalações irregulares da Portuguesa e do Flamengo, na última rodada do Brasileiro, será na segunda-feira PÁG. 14

Depois de 17 anos, Botafogo está de volta à Libertadores Glorioso foi beneficiado pela derrota da Ponte Preta, ontem, para o Lanús (ARG), na final da Sul-Americana PÁG. 15

IPTU terá desconto de 7% para quem quitar em cota única Moradores de Rodilândia, em Nova Iguaçu, tentam fazer a limpeza

Avenida Brasil ficou parada

Papa é o ‘cara’ do ano, diz ‘Time’

RECICLE A INFORMAÇÃO: PASSE ESTE JORNAL PARA OUTRO LEITOR

MAS, JÁ?

Binário só vai deixar de alagar em 2016, diz Paes Escoamento não funciona na recém-inaugurada via Binário DANIEL MARENCO/FOLHAPRESS

Av. Brasil e rodovia Pres. Dutra também pararam: houve saques e roubos

Pagamento será em fevereiro. Tabelão do imposto deve ser divulgado até o fim do mês PÁG. 08

REPRODUÇÃO BAND

Para a revista, Francisco ‘arrancou o papado do palácio’ PÁG. 10

windy


1 FOCO

Presos na chuva

Jango

A sessão solene de devolução do mandato ao presidente deposto pelo regime militar João Goulart que aconteceria ontem, em Brasília, foi adiada. A família do expresidente não conseguiu chegar à capital federal devido às chuvas no Rio.

|02|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Desastre. Chuva deixa região metropolitana paralisada mais uma vez. Bairros do Rio recebem mais do que todo o volume de água esperado para o mês de dezembro Deslizamentos de terra, desabrigados, alagamentos, sujeira e promessas ainda não cumpridas. Um filme antigo que volta a ser exibido às vésperas do verão. O Rio de Janeiro viveu novo dia de caos nas primeiras horas da manhã de ontem, depois que um temporal caiu na região metropolitana. Os principais acessos ao Centro ficaram interditados por causa dos bolsões d’água, como a Avenida Brasil, a Rodovia Presidente Dutra e a recém-inaugurada Via Binário. O prefeito Eduardo Paes recomendou aos moradores que ficassem em suas casas para evitar circular em ruas alagadas. As chuvas começaram às 2h e se intensificaram entre 5h e 6h, quando sirenes de alerta foram acionadas em 49 comunidades. Houve registro de deslizamento no Morro do Adeus, no Complexo do Alemão, sem feridos. “É melhor ficar em casa ou no escritório do que preso em algum alagamento ou congestionamento”, disse Paes, quando monitorava a situação no Centro de Operações Rio (COR). Segundo medições do Sistema Alerta Rio, da prefeitura, nas primeiras dez horas de ontem choveu quase 50% do esperado para todo o mês. A média mensal da cidade é de 164,6 milímetros, mas o número chegou a 73,8 entre meia-noite e 10h. Os bairros das zonas norte e oeste foram os mais atingidos. Entre 9h de terça-feira e 9h de ontem, choveu 192 milímetros em Madureira, 192 mm em Anchieta, 185 mm em Irajá e 181 mm em Piedade – todos acima da média acumulada esperada para o mês. De acordo com o Climatempo, a frente fria ainda deixa áreas de instabilidade sobre o Rio hoje, mas não há expectativa para chuva forte. Porém, o risco de alagamentos e deslizamento é muito grande. “Como o solo está muito encharcado e os rios já subiram bastante, a o Rio ainda fica em alerta”, explica o meteorologista Alexandre Nascimento. Baixada atingida A chuva também caiu com

2.050

famílias estão desalojadas na Baixada Fluminense. intensidade na Baixada Fluminense, onde está a maior parte dos desabrigados e desalojados. Segundo a presidente do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), Marilene Ramos, a precipitação de chuvas na região foi de 178 milímetros em 24 horas, um pouco abaixo da previsão para o mês, que é de 240 milímetros. Os municípios de Nova Iguaçu e Japeri declararam calamidade pública. Ontem à noite, foi encontrado um corpo que pode ser do pedreiro Martim Mesquita da Silva, levado pela enxurrada. Além dele, o PM Júlio Cesar Lima Barbosa, de 31 anos, teve um mal súbito durante um alagamento e morreu dentro do carro na Avenida Brasil. Quem ficou parado no congestionamento da Via Dutra teve que se proteger dos ataques de ladrões, que aproveitaram os carros parados na pista para praticar roubos. Um grupo chegou a retirar dezenas de caixas de um caminhão no início da tarde, próximo ao trevo com a Avenida Brasil. Os saques só foram interrompidos com a chegada de agentes da Polícia Rodoviária Federal. À tarde, o congestionamento aumentou na Via Dutra. Inconformados com a enchente, manifestantes fizeram barricadas na altura dos quilômetros 174 e 186, colocando fogo em pneus. A presidente Dilma Rousseff telefonou ontem para o governador Sérgio Cabral oferecendo ajuda para enfrentar o problema. O Governo Federal vai enviar cestas básicas, colchões, cobertores, água potável e kits de higiene pessoal para auxiliar as vítimas da chuva. Além disso, a pedido do governador, agentes da Polícia Rodoviária Federal serão enviados ao Rio para evitar saques na Via Dutra.

Tragédia repetida

ONDE CHOVEU MAIS

RIO DE JANEIRO (CAPITAL) NA BAIXADA FLUMINENSE

Entre 9h de terça-feira e 9h de ontem

BELFORD ROXO

QUEIMADOS

NOVA IGUAÇU

181 mm

SÃO JOÃO DO MERITI

MESQUITA

AEROPORTO TOM JOBIM

NILÓPOLIS

ANCHIETA BANGU

139 mm

ESTADO DO RIO DE JANEIRO

DUQUE DE CAXIAS

VARGEM GRANDE

RIO DE JANEIRO JACAREPAGUÁ

192 mm

94.4 mm

IRAJÁ

MARUREIRA CENTRO

TIJUCA

PIEDADE

185 mm LEBLON

BARRA DA TIJUCA

181 mm 192 mm

Oceano Atlântico

JULIO CALMON METRO RIO

FALE COM A REDAÇÃO

leitor.rj@metrojornal.com.br 021/2586-9565 COMERCIAL: 021/2586-9570

O jornal Metro circula em 24 países e tem alcance diário superior a 20 milhões de leitores. No Brasil, é uma joint venture do Grupo Bandeirantes de Comunicação e da Metro Internacional. É publicado e distribuído gratuitamente de segunda a sexta em São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, ABC, Santos e Campinas, somando mais de 480 mil exemplares diários.

EXPEDIENTE Metro Brasil. Presidente: Cláudio Costa Bianchini (MTB: 70.145) Editor Chefe: Luiz Rivoiro (MTB 21.162). Diretor Comercial e Marketing: Carlos Eduardo Scappini Diretora Financeira: Sara Velloso. Diretor de Tecnologia e Operações: Luiz Mendes Junior Gerente Executivo: Ricardo Adamo Coordenador de Redação: Irineu Masiero. Editor-Executivo de Arte: Vitor Iwasso Metro Rio de Janeiro. Editora-Executiva: Ana Lúcia do Vale. (MTB: 18.892) Editora de Arte: Cláudia Lorena. Gerente Comercial: Patrícia Capeluto Grupo Bandeirantes de Comunicação RJ. Diretor Geral: Daruiz Paranhos Diretor de Jornalismo: Rodolfo Schneider. Diretor Comercial: Tuffy Habib

Editado e distribuído por Metro Jornal S/A. Endereço: Rua Álvaro Ramos, 350, 4º andar, Botafogo, CEP 22280-110, Rio de Janeiro, RJ. Tel.: 021/2586-9570. O jornal Metro é impresso pela News Technology Gráfica e Editora Ltda.

Filiado ao


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

|02|◊◊ |03|◊◊

{FOCO} ERBS JR./FRAME/FOLHAPRESS

Imagens

“O Inea vai disponibilizar suas dragas e outros equipamentos para ajudar os municípios onde os rios sofreram maiores consequências. Todos estamos integrados para ajudar a população.” GOVERNADOR SÉRGIO CABRAL

Ajuda

Viva Rio recebe doações

Deslizamento de terra no morro de Adeus, no Alemão, deixou três pessoas feridas

Carro enfrenta um bolsão d’água na Via Binário, inaugurada há um mês | JADSON MARQUES / FIOLHAPRESS

Via Binário só estará livre de alagamentos em 2016 Muita gente não conseguiu chegar ao trabalho ontem. Com a derrubada do Elevado da Perimetral, a principal alternativa de acesso ao Centro e à zona portuária falhou. A Via Binário, inaugurada há cerca de um mês, não suportou o grande volume de água. O prefeito Eduardo Paes explicou que as obras de drenagem no local ainda estão em fase de conclusão e que o problema só será resolvido em 2016, quando todo o proje-

to do Porto Maravilha estiver concluído. “Obra dá sempre trabalho. Ali, ainda vamos sofrer um período de tempo”, declarou. Ele esclareceu que bombas vão ajudar no escoamento da água para liberar o trecho, que liga a zona norte ao Centro. Além de não conseguir se locomover de ônibus e carro, quem precisou utilizar trens e metrô também não pôde. A chuva deixou alagados os tri-

lhos de dois ramais da SuperVia e cinco estações da Linha 2 do metrô. Até o fim da noite de ontem, a Linha 2 só funcionava entre Botafogo e Irajá. Também houve problemas nos aeroportos. O Santos Dumont teve 28 voos cancelados e 26 atrasados devido à chuva. Já o Galeão/Tom Jobim teve movimentação normal, com 7 voos cancelados até o início da noite e 46 atrasos. METRO RIO

A organização não governamental (ONG) Viva Rio iniciou uma campanha para a arrecadação de donativos que serão entregues às famílias vítimas de desabamentos e alagamentos em consequência da forte chuva. As doações podem ser entregues na sede da entidade, na rua do Russel, 76, na Glória, zona sul. Também podem ser feitas doações em dinheiro para uma conta do Banco do Brasil. O número da agência é 0087-6 e o da conta-corrente 607736-6, no CNPJ 00343941/000128, em nome do Programa de Voluntariado do Viva Rio. As principais necessidades são de alimentos não perecíveis e de pronto consumo, água mineral, leite em pó, cesta básica, eletrodomésticos, colchões, roupa de cama, toalhas, cobertores, roupas infantis e de adulto, materiais de limpeza, kits de higiene pessoal, velas, fósforos e fraldas. METRO RIO COM AGÊNCIA BRASIL

Mais de 250 escolas são afetadas A chuva suspendeu as aulas de 257 escolas do Rio de Janeiro ontem. Na capital fluminense, foram 201 unidades, segundo a Secretaria Municipal de Educação. Algumas escolas alagaram e, em outras, funcionários e alunos não conseguiram chegar. Já a Secretaria de Estado de Educação informou que são 56 escolas sem funcionar na sua rede. Algumas foram atingidas pelas chuvas e outras servem de abrigo. METRO RIO

1

3

1 . DOUGLAS VIANA/FUTURA PRESS 2 . BRUNA PRADO/METRO RIO 3 . CELSO BARBOSA/FUTURA PRESS 4 . BRUNA PRADO/METRO RIO 5 . JADSON MARQUES/FOLHAPRESS

2 4

5

1

Baixada Fluminense. Sofrimento em Nova Iguaçu

Casa desaba após ser atingida por um deslizamento de um barranco no bairro de Austin. Dois homens ficaram levemente feridos.

2

Eletricidade. Chuva esconde perigo invisível

Morador de Manguinhos mostra que postes eletrificados repassavam energia para as casas. A tensão passava de 70 volts na sua residência.

3

Trancarioca. Ônibus no buraco

O coletivo caiu em uma cratera que se abriu no canteiro de obras do BRT, na Penha, durante o temporal de ontem. Apesar do susto, ninguém se feriu.

4

Sujeira. Lama por todos os lados

As barreiras feitas por moradores não evitaram a entrada da água em Manguinhos. Horas depois, uma mulher ainda fazia faxina para retirar a lama de sua residência.

5

Alagados. Salvo por um bote

Bombeiros do quartel de Campo Grande, na zona oeste, são acionados para resgatar moradores do bairro em barcos. METRO


|04|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{FOCO}

Servidores terão plano de saúde A partir de 1º de março. Empregados do Estado também terão assistência odontológica. Valores serão entre 20% e 40% mais baratos Os servidores públicos e militares do Estado do Rio, ativos, inativos e pensionistas, além de seus dependentes legais, terão planos de saúde e odontológico a partir do ano que vem. Ontem, o secretário de Planejamento e Gestão, Sérgio Ruy Barbosa, assinou o termo de acordo com a administradora de benefícios. A partir do dia 16 de janeiro, os servidores poderão

escolher um dos planos de saúde, com isenção de carência, oferecidos pela empresa Aliança Administradora de Benefícios de Saúde S/A. O prazo para aderir ao serviço termina em 15 de fevereiro. Na área de saúde, serão ofertados planos da Unimed Rio, Amil, Assim e Seguros Unimed. Já na área odontológica, as opções são planos

da Amil e da Uniodonto. O presidente da Aliança, Elon Gomes de Almeida, afirmou que os preços oferecidos aos servidores e seus dependentes serão entre 20% e 40% mais baixos do que os planos similares individuais vendidos no mercado. Além disso, o servidor que não ficar satisfeito com um plano, poderá mudar uma vez por ano, na data do

aniversário do contrato. Segundo a secretaria, a estimativa é de 531.546 potenciais beneficiários. Desse total, 403.507 pessoas, ou 75,91%, residem na capital e nas cidades da região metropolitana e Baixada Fluminense. “Estamos permitindo ao servidor do Estado acessar o mercado de planos de saúde e odontológico com preços

Arte pela cura no Inca O colorido dos desenhos de 19 grafiteiros deu vida aos tapumes sanfonados que cercam o terreno onde será construído o campus do Instituto Nacional do Câncer (Inca), na Cruz Vermelha, no Centro. A intervenção urbana mudou a paisagem do bairro e tem agradado a quem passa pela esquina das ruas Henrique Valadares e Tenente Possolo. “Sempre tinha um paciente ou um morador que passava e queria saber o que estava sendo feito. É uma intervenção também para quem mora no local. Teve uma troca muito legal com quem é paciente, quem trabalha no Inca e quem mora na região”, contou, em entrevista à Agência Brasil, o pintor e ilustrador Bruno Big, responsável pela escolha dos artistas. Os desenhos ficam no local por quatro anos, período previsto para a construção do prédio. Antes de começar os trabalhos, os artistas percorreram as instalações do hospital e tiveram contato com pacientes. “Muitos já tinham

Desenhos vão ficar nos tapumes por 4 anos, enquanto durarem as obras do campus do Inca | FERNANDO FRAZÃO / AGÊNCIA BRASIL

uma história da doença na família e toparam o trabalho por ser pró-Inca”, acrescentou, informando que cada um recebeu um cachê simbólico. O trabalho começou em 25 de novembro e faz parte da Primeira Semana de Arte e Cultura do Inca, que vai até sexta-feira. Ao mesmo tempo, outro grupo de artistas fez oficinas de aquarela e de ilustração em três unidades do instituto, com pacientes, parentes, voluntários e funcionários. AGÊNCIA BRASIL

Tapumes foram pintados por 19 artistas | FERNANDO FRAZÃO / AGÊNCIA BRASIL

Réveillon

Hotéis da cidade estão com 71% de ocupação Os hotéis do Rio estão, por enquanto, com 71% de seus quartos reservados para o período do Réveillon (de 27 de dezembro de 2013 a 1° de janeiro de 2014), segundo informação da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio (ABIH-RJ). No virado do ano anterior, os hotéis fecharam com 92% de ocupação. METRO RIO

mais competitivos. Esta é a entrega de uma antiga encomenda que o governador Sérgio Cabral havia feito para oferecer aos servidores”, garantiu o secretário. Os planos entram em vigência a partir de 1º de março. Os servidores se vincularão à administradora de benefícios de saúde e pagarão a ela suas mensalidades através de desconto em con-

ta corrente. A adesão poderá ser feita pela internet, através do endereço www.aliancaadm. com.br, onde também já estão disponíveis todas as informações sobre o plano. Mais detalhes poderão ser obtidos através de um 0800 da Central de Atendimento da Aliança, que estará em funcionamento a partir de 2 de janeiro. METRO RIO

Multa. Alerj derruba veto de Cabral e aprova ‘Lixo Zero’ para todo o Estado Em votação por unanimidade, a Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) derrubou ontem o veto do governador Sérgio Cabral e aprovou o projeto de lei 2.046/09, que institui o Rio Limpeza em todo o Estado. O programa é similar ao Lixo Zero, da Prefeitura do Rio, que há quatro meses fiscaliza e pune com aplicação de multas quem joga lixo nas vias públicas da cidade. O texto, de autoria do deputado Pedro Augusto (PMDB), punirá de forma gradual os infratores, tanto pedestres como motoristas que descartam lixo em lugares públicos. Nos primeiros dois meses após a publicação da lei, quem for pego jogando lixo na rua será apenas advertido. Passado esse prazo, serão aplicadas multas de meio salário mínimo (atualmente R$ 339) na primeira infração e um salário (R$ 678) em caso de reincidência. O desenvolvimento do cadastro dos infratores e

R$ 339

é o valor da multa para quem jogar lixo nas vias públicas das outras cidades do Estado. Em caso de reincidência, sobe para R$ 678. notificação das multas ficará a cargo do Detran, enquanto a fiscalização caberá à secretaria de Estado do Ambiente. Em plenário, o autor do projeto de lei citou o caos causado pelas chuvas da madrugada de ontem para defender a medida. “Hoje amanhecemos com a cidade completamente alagada, acompanhando o caos vivido pelos moradores da Baixada Fluminense. E, nas impressionantes imagens, vemos lixo por todo lado. O lixo é um problema sério, que traz graves consequências, e que pode ser minimizado com essa lei”, discursou o deputado. METRO RIO

Bonde. MP responsabiliza Júlio Lopes por acidente O Ministério Público do Rio (MP-RJ) ajuizou ontem uma ação civil pública, por improbidade administrativa, contra o secretário estadual de Transportes, Júlio Lopes, o presidente da Companhia Estadual de Engenharia de Transportes e Logística (Central), Carlos Eduardo Carneiro Macedo, e a diretora de Engenharia e Operação da empresa, Ana Carolina Vasconcelos. Para o MP, eles são responsáveis pelo acidente ocorrido com o bonde de Santa Teresa, em agosto de 2011, que resul-

tou na morte de seis pessoas e deixou mais de 50 feridos. Na ação, o promotor de Justiça Alberto Flores Camargo requer o ressarcimento integral do dano causado ao patrimônio público (estimado em mais de R$ 6,3 milhões), dos danos morais coletivos, além da perda da função pública dos acusados e a suspensão dos direitos políticos pelo período de cinco a oito anos. “Tal tragédia poderia e deveria ter sido evitada pelos requeridos, que nada fizeram para tanto”, diz o texto. METRO RIO


|06|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

Chefe de gabinete de Mantega é exonerado Propina. Marcelo Fiche é acusado de receber propina de empresa de comunicação que presta serviço ao Ministério da Fazenda. Polícia Federal abriu inquérito para investigar caso O Ministério da Fazenda publicou ontem, no Diário Oficial da União, portaria com a exoneração de Marcelo Estrela Fiche do cargo de chefe de gabinete do ministro da Fazenda, Guido Mantega. Ele e outro ex-assessor do gabinete, Humberto Barreto Alencar, são acusados de receber propina de R$ 60 mil da empresa que presta serviços de assessoria de imprensa ao Ministério, a Partnersnet Comunicação Empresarial. Alencar foi exonerado na última sexta-feira. Após a denúncia, revelada pela Revista Época, em novembro, os dois assessores pediram férias para, afastados, se defenderem das acusações. Os dois assessores e a empresa negam as acusações. Desde o início do ano, a

Marcelo Fiche nega acusações | DIVULGAÇÃO

Partnersnet presta serviço de assessoria de imprensa para o Ministério da Fazenda. Segundo Fiche, a licitação para a escolha da empresa ocorreu dentro da legalidade e gerou

economia aos cofres públicos por causa do método do pregão eletrônico, que oferece menor preço. Na mesma portaria, publicada ontem, o ministro no-

meou o jornalista Guilherme Barros para o cargo de assessor especial de Mantega. Antes da nomeação, Barros se desligou da Partnersnet, onde trabalhava. A Polícia Federal abriu inquérito para investigar o caso de Fiche e Alencar. A Comissão de Fiscalização e Controle do Senado aprovou na última terça um requerimento de convite para que Fiche e Alencar expliquem as denúncias. A Comissão também aprovou convite para ouvir a ex-funcionária da empresa Anne Paiva para prestar esclarecimentos sobre o ocorrido. Era ela quem, segundo a revista, fazia a intermediação dos repasses de dinheiro. Por ser convite, eles não são obrigados a comparecer. METRO

Condenado. Deputado se compara a Mandela Prestes a ser preso após o julgamento do mensalão pelo STF (Supremo Tribunal Federal), o deputado João Paulo Cunha (PT-SP) pôs ontem fim ao silêncio. Comparando seu caso com o do líder sul-africano Nelson Mandela, o petista foi à tribuna da Câmara e atacou o STF e seu presidente, o ministro Joaquim Barbosa. “É ou não é um ministro que trabalha com informações seletivas?”, questionou. João Paulo foi condenado a 9 anos e 4 meses de prisão em regime inicialmente fechado por lavagem de dinheiro, corrupção passiva e peculato, mas ainda aguarda julgamento de recursos. O petista seguiu por uma hora atacando Barbosa e o STF. “Juiz é alguém que guarda recato, figura quase cândida, tem neutralidade como marca, não se submete à opinião pública. Estamos vendo coisas diferentes”. Ele afirmou que cumprirá a pena, mas não ficará calado. “Se Mandela ficou 27 anos preso, eu posso suportar.” Cunha foi aplaudido pelos presentes. METRO BRASÍLIA

Política

CLÁUDIO HUMBERTO CLAUDIO.HUMBERTO @METROJORNAL.COM.BR

PRISÃO DE MENSALEIROS NÃO ALTERA OPÇÃO DO ELEITOR. O julgamento do

“SERIA UM GESTO RESPEITOSO ENTRE OS DOIS PODERES”

caso do mensalão, maior escândalo de corrupção da História do Brasil, e a prisão dos envolvidos, não alteraram a intenção de voto de 93,5% dos eleitores para as eleições presidenciais de 2014, segundo levantamento do Instituto Paraná Pesquisa em 158 municípios brasileiros, entrevistando 2.250 eleitores. Somente 6,50% dos entrevistados admitiram que a prisão dos meliantes mudou seu voto.

LADROAGEM

DEPUTADO HENRIQUE ALVES (PMDB) SOBRE A SANÇÃO DE DILMA AO ORÇAMENTO IMPOSITIVO

CONTINUA.

Para 57,17% dos eleitores, a prisão dos mensaleiros não contribui para “diminuição efetiva nos casos de corrupção entre os políticos do Brasil”. SURPREENDA-SE. Com os mensaleiros presos, 38,02% “acreditam mais” na Justiça, 39,32% acreditam “da mesma forma” e 20,21% “acreditam menos”.

madrugada de chuva. FUMAÇA HISTÓRICA. Presidente do primeiro país a legalizar plantação e venda de maconha, o presidente uruguaio Jose Mujica será conhecido como Jose “Larica”.

ESCADA PARA O CÉU. Ressurgem rumores em Cuba de que Fidel Castro piorou de saúde. Mandou representante receber por ele mais um prêmio do regime. REBELIÃO NO PMDB. Se o PT

insistir na substituição de Michel Temer por Josué Gomes (filho de José Alencar), na chapa de Dilma, haverá “uma rebelião” no PMDB, adverte o senador Valdir Raupp (RR), presidente do partido.

DE BRAÇADA. Profético o

slogan da reeleição do prefeito Eduardo Paes (PMDB), “Somos um Rio”: a cidade boiou com uma

Jose Mujica | JOHN VIZCAINO / REUTERS

VOANDO BAIXO. O presi-

dente francês François Hollande pretende “tocar de leve” na venda dos caças Rafalle, ao falar com Dilma nesta quinta. Nem trouxe o ministro Le Drian (Defesa), sinal de que o caça está no telhado.

PODER SEM PUDOR

O mínimo, pecado máximo Ao final da entrevista ao jornalista Giba Um, certa vez, na TVA de São Paulo, Paulo Maluf foi surpreendido por uma pergunta baseada no célebre questionário do francês Bernard Pivot: - Se o céu existe, o que gostaria que Deus lhe dis-

sesse quando você estivesse chegando lá? - Entra, Maluf – respondeu – você fez muitas coisas lá em baixo e os seus pecadinhos são menores que o salário mínimo do PT... De lá para cá, muitas coisas mudaram, e Maluf hoje é aliado petista.

COM ANA PAULA LEITÃO E TERESA BARROS WWW.CLAUDIOHUMBERTO.COM.BR


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{BRASIL}

|07|◊◊

Marco Civil agiliza retirada de imagens Luiz Fux apontou que doações feitas pelas empresas às campanhas cresceram 471% entre 2002 e 2012 | CARLOS HUMBERTO/STF

STF adia decisão sobre fim de doações de empresas O STF (Supremo Tribunal Federal) começou a julgar ontem uma ação que aponta ilegalidade nas doações feitas pelas empresas às campanhas eleitorais. Os ministros Luiz Fux, relator do caso, e Joaquim Barbosa votaram a favor do fim da prática. A sessão será retomada hoje, mas o ministro Teori Zavascki já adiantou

que pedirá mais tempo para analisar o caso. Uma definição sobre o tema deverá ficar para 2014. A ação foi proposta pela OAB em 2011. O argumento é o de que, da forma como as doações são feitas, há abuso do poder econômico. “O alto volume de contribuições das empresas de forma lícita impede a fiscalização ilícita do

caixa dois”, disse o presidente da OAB, Marcus Vinícius Coelho. A AGU (Advocacia Geral da União) afirmou que o local adequado para discussão do tema é o Congresso, não o STF. “Não se pode falar em financiamento sem se falar em despesa”, sustentou o advogado geral da União, Luís Inácio Adams. METRO BRASÍLIA

Proposta. Relator fez mudanças no texto, que só deve ser votado no ano que vem Travado há um mês no plenário da Câmara por falta de acordo, o Marco Civil da Internet sofreu mudanças para permitir a votação. O novo texto aumenta a privacidade dos usuários e facilita a retirada de conteúdos que têm imagens ou vídeos de sexo e nudez colocadas na internet sem autorização. Nesse caso, o material deverá ser retirado imediatamente. Nos demais casos, como ofensas, por exemplo, os prejudicados podem conseguir liminares no Juizado Especial. O relator da proposta,

deputado Alessandro Molon (PT-RJ) manteve a neutralidade da rede, mas atendeu também um pedido das empresas telefônicas e será permitida a venda de pacotes de dados com velocidades diferentes. “As teles vão continuar vendendo pacotes com velocidades de 1 mega, 2 megas, 10 megas, o que não pode é discriminar origem e destino e conteúdo”, afirmou o deputado. O Marco Civil da Internet aguarda votação desde 2011 e só deve ser votado no próximo ano. METRO BRASÍLIA

Mudanças O texto foi alterado para incluir duas alterações. • Planos. As teles poderão oferecer serviços de dados de acordo com a velocidade desde que sem restrição quanto ao conteúdo acessado. • Privacidade. Vítimas de divulgação indevida de conteúdo, em especial de cunho sexual, poderão pedir a imediata retirada do material. Caso os provedores se recusem a fazê-lo, serão punidos.


|08|

foi o reajuste que sofreu o IPTU de 2013. O de 2014 não está definido, porque o IPCA-E, índice que calcula o aumento, ainda não foi divulgado. Por enquanto, está em 5,93%.

Governo pretende adiar exigência de airbag e freios ABS

calculado pelo IBGE. Por enquanto, o acumulado em 12 meses, até setembro, é de 5,93%. O percentual que será aplicado no imposto do ano que vem será divulgado ainda este mês. No ano passado, o reajuste foi de 5,78%. Portanto, a secretaria confirmou que “não haverá mudança no IPTU para o exercício de 2014”, como o prefeito Eduardo Paes havia anunciado no fim do ano passado, quando afirmou que enviaria um projeto para a Câmara dos Vereadores que aumentaria a arrecadação. Pela proposta, 97% dos contribuintes passariam a pagar IPTU. Atualmente, apenas 40% pagam. METRO RIO

O governo deve decidir na próxima semana pelo adiamento da aplicação da regra que obriga as montadoras do país a instalar equipamentos de segurança em todos os veículos novos. A partir de 2014, todos os veículos produzidos do país têm que sair de fábrica com airbag e freios ABS. Hoje, 60% dos veículos que saem de fábrica já contam os itens de segurança. “Possivelmente, nós vamos adiar a entrada em vigor. Ainda não fechamos a proposta. Vamos fechar na terça-feira que vem”, disse ontem o ministro da Fazenda, Guido Mantega. Temendo efeitos sobre

IPTU. Desconto para quem pagar cota única será de 7% O contribuinte do Rio de Janeiro que pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2014 em cota única terá desconto de 7% no valor total do tributo, de acordo com a Secretaria Municipal de Fazenda (SMF). O percentual é o mesmo que foi praticado no imposto de 2013. O calendário tributário ainda não foi divulgado, mas a prefeitura já informou as datas para o pagamento da cota única ou da primeira parcela, para quem optar pelo parcelamento: 10 de fevereiro para os carnês com finais de 0 a 5 e no dia 11 do mesmo mês para as inscrições imobiliárias que terminam de 6 a 9. A planta de valores dos imóveis para o pagamento do imposto não será alterada. A SMF afirmou que será usada a mesma que vigora desde 1998. Mas, como acontece anualmente, os valores serão reajustados pela inflação. A alteração monetária será corrigida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E) de 2013,

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ECONOMIA}

5,78%

Carros. Obrigatoriedade de itens de segurança para 100% dos veículos novos entraria em vigor ano que vem. Segundo ministro da Fazenda, medida elevaria preço em até R$ 1,5 mil

Kombi sai de linha por não atender novas exigências | J. DURAN MACHFEE/FUTURA PRESS

os preços dos veículos e em uma possível queda de vendas, o governo está inclinado a dividir o percen-

tual restante em até dois anos.“Estamos preocupados com o impacto disso no preço dos carros. Isso eleva o

preço do carro de R$ 1 mil a R$ 1,5 mil”, disse Mantega. A indústria de veículos pode encerrar 2013 com a primeira queda de vendas em 10 anos. No acumulado de janeiro a novembro, os licenciamentos apontam para queda de 0,8%, diante de menor oferta de crédito pelos bancos e crescimento econômico fraco. A mudança pode dar sobrevida a modelos que teriam de sair de linha por não atender as exigências, como a Kombi. A Volkswagen diz que o modelo está com dias contados após 56 anos de sucesso no mercado brasileiro. METRO

Atividade. ‘Economia cresce 2013. ‘Forbes’ coloca Eike com duas pernas mancas’ A economia brasileira está crescendo com “duas pernas mancas” nos últimos anos por conta do “financiamento ao consumo escasso” e da crise financeira internacional. A avaliação é do ministro da Fazenda, Guido Mantega. “De um lado o financiamento ao consumo, que está escasso. De outro, a crise internacional, que nos rouba parte da nossa possibilidade de crescimento”, disse Mantega, durante o Enai (Durante o Encontro Nacional da Indústria). O ministro considerou que, nos últimos cinco anos, o Brasil enfrentou desafios grandes em decorrência da crise internacional, mas há sinais de recuperação dos Estados Unidos e União Europeia. “Temos uma luz no fim do túnel para os países avançados”, afirmou. No evento, Mantega anunciou o aumento das taxas de juros do BNDES nas linhas de crédito do Programa de Sustentação dos Investimentos para 2014. “As taxas crescerão um pouco acompanhando a Selic e a conjuntura”, declarou. Para aquisição de máquinas e equipamentos para produção, a taxa subirá de 4%

entre maiores desastres

“O crédito para o consumo está escasso”

Após deixar a lista de bilionários da ‘Forbes’, Eike Batista aparece como 7o na lista da revista americana de 20 personalidades com as carreiras mais desastrosas de 2013. O empresário brasileiro já foi o sétimo homem mais rico do mundo, com patrimônio estimado em US$ 30 bilhões, segundo ranking da publicação. METRO Ranking

MINISTRO DA FAZENDA, GUIDO MANTEGA

para 6% ao ano. Para linhas de inovação, os juros subirão de 3,5% para 4% ao ano e, para exportação, avançarão de 5,5% para 8%. Arrecadação recorde O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem que a arrecadação de impostos em novembro superou R$ 110 bilhões, maior cifra já registrada no mês. Ele rebateu críticas de que não estaria cumprindo a meta de superavit primário. Segundo Mantega, a dificuldade do governo reflete os cortes de impostos para reduzir os custos de produção no país e estimular os investimentos. METRO

1

Paula Deen (estrela do ramo de culinária da TV americana)

2 3 4

Rob Ford (prefeito de Toronto)

Lara Logan (correspondente da CBS)

Aaron Hernandez (jogador de futebol americano)

5

Ron Johnson (CEO das lojas de departamento J.C. Penney)

6

Howard Kurtz (crítico de mídia americano)


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

Memorial tem coleção de gafes Perdido. Intérprete de sinais que teria traduzido discursos não sabia a linguagem e inventou gestos, dizem especialistas Um falso intérprete da língua de sinais subiu ao palco durante o memorial em homenagem a Nelson Mandela na terça e gesticulou bobagens diante de uma audiência de milhões. Foi mais um capítulo na longa lista de gafes cometidas na cerimônia - a mais famosa, até agora, foi o autorretrato de Barack Obama, com a premiê dinamarquesa. A DeafSA, principal associação de surdos da África do Sul, condenou a presença do homem desconhecido no memorial de Mandela, em que estiveram presentes o presidente sul-africano Jacob Zuma e vários líderes mundiais, incluindo a presidente Dilma Rousseff e o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. Enquanto líderes discursavam no estádio Soccer City, com capacidade para 95 mil pessoas, o jovem de terno com uma credencial oficial no pescoço fez uma série de gestos com as mãos que os especialistas disseram não significar absolutamente nada. “Ele estava basicamen-

te gesticulando. Ele não seguiu nenhuma regra gramátical e estrutura da linguagem. Apenas inventou os sinais enquanto seguia adiante”, disse à Reuters Delphin Hlungwane, uma intérprete oficial da linguagem de sinais sul-africana na DeafSA. “Havia zero por cento de exatidão. Ele não conseguia acertar o básico.” Foi lançada uma caçada ao misterioso homem. “Ninguém sabe quem ele é. Até agora ainda não sabemos seu nome”, disse Hlungwane. Velório O corpo do ex-presidente Nelson Mandela chegou ontem de manhã ao edifício Union Buildings, sede do governo sul-africano, na capital Pretória, onde o herói da luta contra o apartheid será velado. Milhares de pessoas tomaram as ruas da cidade para acompanhar a procissão de motos da polícia, liderada pela carro fúnebre preto levando o caixão de Mandela envolto em uma bandeira da África do Sul. METRO

Falso intérprete gesticula enquanto o presidente da Índia, Pranab Mukherjee, faz seu discurso | KAI PFAFFENBACH/REUTERS

|09|◊◊

Drogas. Órgãos de combate criticam o Uruguai A legalização da maconha no Uruguai viola convenção internacional de controle de drogas e não considera o impacto negativo à saúde, disse um órgão criado para monitorar o cumprimento de tratado firmado há cinco décadas. O presidente da Jife (Junta Internacional de Fiscalização de Entorpecentes), Raymond Yans, afirmou que a mudança não vai proteger os jovens. Dando mais peso às críticas à medida aprovada na terça pelo Uruguai -- o primeiro país a adotá-la -- a agência da ONU antidrogas diz concordar com a Jipe e que os países deveriam trabalhar juntos para lidar com o problema. “É lamentável que, numa época em que o mundo está engajado em debate sobre o problema mundial das drogas, o Uruguai tome medida antes da sessão da Assembleia Geral da ONU planejada para 2016”, disse o porta-voz do Unodc (Escritório da ONU contra Drogas e o Crime), David Dadge. METRO


|10|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{MUNDO}

“Por arrancar o papado do palácio e o levar para as ruas, por forçar a maior Igreja do mundo a confrontar as suas necessidades mais profundas e por dosar julgamento e misericórdia, o papa Francisco é a ‘Personalidade do Ano’ eleita pela Time em 2013”, justifica a revista norte-americana, numa escolha em que o argentino Jorge Mario Bergoglio, 76 anos, concorreu com Edward Snowden e Bashar Assad, entre outros. METRO GIAMPIERO SPOSITO/AGÊNCIA REUTERS

1

Nove meses de papado

Eleito em 13 de março de 2013, Jorge Mario Bergoglio se tornou o 266o Papa da Igreja Católica, com o nome Francisco, e atual chefe de Estado do Vaticano, sucedendo o papa Bento XVI, que abdicou ao papado em 28 de fevereiro de 2013.

2

Na capa da revista

A capa da revista Time é do Jason Seiler, pintor de formação clássica que recentemente aprendeu a pintar digitalmente em um tablet de 21 polegadas. REPRODUÇÃO/REUTERS

1 3

3

GETTY IMAGES

VATICANO/REUTERS

4

2 Papa Francisco é o ‘cara’ do ano RICARDO MORAES/REUTERS

TOMAZ SILVA/AGÊNCIA BRASIL

Em Lampedusa, na Itália, Francisco pede compaixão

Em outubro, Francisco foi à ilha de Lampedusa, na Itália, onde uma embarcação com 500 pessoas naufragou. Na homilia, ele pediu compaixão pelos imigrantes. Foi a sua primeira viagem oficial fora do Vaticano.

4

O papa divulga exortação “Alegria do Evangelho”

Em novembro, o papa divulgou a Exortação Apostólica “Evagelii Gaudium”, em que defende descentralização e caráter missionário da Igreja Católica.

5

5

Junto do povo no Rio

Do papamóvel, o papa Francisco acena para uma multidão de fiéis no Centro do Rio de Janeiro, em julho, quando uma falha na segurança permitiu a aproximação das pessoas.

6

6

Francisco e a presidente

Dilma Rousseff recebe o papa na Base Aérea do Galeão, no Rio, em sua primeira visita ao Brasil, onde participou da Jornada Mundial da Juventude, em julho deste ano.


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|11|◊◊

Múltiplos tons na arte de Antonio Manuel

Exposição. Artista plástico português inaugura, hoje, individual no MAM. Acervo reúne 17 obras, produzidas desde a década de 80, e duas instalações montadas especialmente para a mostra Capa do livro “Para Que Servem As Paredes do Museu?” | DIVULGAÇÃO

Casa Daros. Artista Iole de Freitas lança livro Iole de Freitas lança hoje o livro “Para Que Servem as Paredes do Museu?”, que documenta sua atuação na Casa Daros, como artista residente, entre 2011 e 2013. Com 104 páginas, a obra contém desenhos, maquetes, esboços e protótipos que nunca foram exibidos na sua totalidade. METRO RIO Na Casa Daros – Auditório (rua General Severiano, 159, Botafogo. Tel.: 2138-0850). Às 18h30.

Nascido em Avelãs de Caminho, e radicado desde a infância no Rio de Janeiro, o artista plástico português Antonio Manuel tornou-se um grande nome da arte contemporânea. Com papel fundamental na produção brasileira dos últimos 50 anos, com obras que integram coleções de instituições no Brasil e no exterior, ele vai exibir, a partir de hoje, no Museu de Arte Moderna (MAM), um conjunto inédito de seus trabalhos. Esse recorte expressivo da arte de Antonio Manuel reúne 17 obras, produzidas desde a década de 80, e duas instalações: a inédita “Ocupações/ Descobrimentos” e a remontagem de “Fantasma”. “É um conjunto que nunca foi apresentado e que se comunica, uma instalação dialoga com a outra. Uma

2 CULTURA

Obra “Ocupações Descobrimentos” | RÔMULO FIALDINI/ DIVULGAÇÃO

Câncer no pulmão

característica em comum é que todas as instalações são participativas”, destaca Antonio Manuel.

Reginaldo Rossi

Internado em um hospital no Recife (PE), o cantor de 69 anos, que foi diagnosticado com um câncer maligno no pulmão, deu ontem início ao primeiro ciclo de quimioterapia.

No MAM (av. Infante Dom Henrique, 85, Aterro do Flamengo. Tel.: 3883-5600). Ter. a sex., 12h às 18h; sáb., dom. e fer., 12h às 19h. R$ 12. Até 16/02. Livre.

GISLANDIA GOVERNO METRO RIO

Tela “Valores Intrínsecos” | ELISA COHEN/ DIVULGAÇÃO


|12|

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{VARIEDADES} Os invasores

Na ponta do lápis

Leitor fala

Lapa

MARCOS SILVESTRE MARCOS.SILVESTRE@METROJORNAL.COM.BR

CONSUMIDORES DO BRASIL: O MUNDO NÃO VAI ACABAR!

Cruzadas

“Sem juros”. Na última coluna, apresentei uma situação como esta: um smartphone é anunciado em uma certa loja por 10 parcelas “sem juros” de R$ 99,90 (total de R$ 1 mil). Pesquisando o preço à vista, o potencial comprador descobre que é possível encontrar idêntico aparelho em outra loja por R$ 850,00 “em dinheiro vivo”. Pondo na ponta do lápis: R$ 1 mil (parcelados) – R$ 850,00 (à vista) = R$ 150,00 (juros embutidos). Assim, constatamos que 15% do valor total do bem parcelado são juros disfarçados.

Estava demorando para alguma tragédia acontecer na Lapa, como foi o caso do estudante Conrado Chaves, que morreu a golpes de facadas, e do dono de um bar que morreu em uma tentativa de assalto ao seu estabelecimento. Espero que agora as autoridades façam algo para aumentar a segurança dos moradores e frequentadores da Lapa, que é um dos símbolos dessa cidade linda e perigosa, mas ainda capaz de encantar tantos turistas. NELSON ABRAHÃO - RIO DE JANEIRO, RJ

Mandela Que grande homem foi Mandela! Se todos pensassem e agissem como ele, certamente esse mundo seria muito melhor. Mandela era sinônimo de paz, de igualdade entre brancos e negros, de humildade e de perdão, apesar do tanto que lhe fizeram sofrer ao longo da maior parte de sua vida. Que surjam outros Nelson Mandela nesse planeta!

Juros: melhor ganhar que pagar! Quem preferir investir os R$ 99,90 na poupança por oito meses, terá então juntado R$ 800,00 mais os “jurinhos” do período, praticamente inteirando os R$ 850,00 necessários para a compra à vista com desconto. Então, é esperar oito meses, levar o smarphone para casa sem carnê (quitado!) e se livrar da obrigação de pagar duas prestações de R$ 99,90 (a 9ª e a 10ª do crediário), numa economia total de R$ 200,00. Assim se pode ganhar um belo jantar para dois, que tal?

LEONARDO AMORIM – RIO DE JANEIRO, RJ

Metro Pergunta

Mas vai dar para comprar? O exemplo da coluna passada mencionava a compra, não de um celular, mas de uma geladeira parcelada em 10 mensais (com juros disfarçados) X à vista (com desconto). Em qualquer caso, o raciocínio é idêntico. Daí um amigo leitor me escreve e pergunta: “O senhor acha mesmo que, num país como o nosso, oito meses depois a mercadoria vai custar o mesmo preço?”

Para você, o governo e as Siga o Metro prefeituras da região no Twitter: metropolitana tomam @jornal_metroRJ as medidas corretas para diminuir os transtornos gerados pelas chuvas?

Nem tudo encarece assim, da noite para o dia! Penso que é grande a chance de o preço ser o mesmo, sim. Em um período de tempo relativamente curto como este (menos de um ano), bens de maior valor como uma geladeira, um computador, um celular destes mais sofisticados ou uma TV de LED não devem ficar mais caros, não. Há muita concorrência nestes mercados: o mais provável é que o preço até abaixe, ou então que se mantenha, mas já para um modelo mais novo e evoluído.

@xavieranapaula

Sudoku

Claro que não. As únicas medidas que eles tomam são para benefícios próprios. @castellobarbara

Não. É lamentável isso, porque todo ano a história se repete: desabamentos, mortes, tragédias... @MFminduim

Paranóia de consumo. Aliás, vale o alerta: dê um jeito de aliviar a pressão de compra que paira no ar, ainda mais nesta época do ano. O mundo não vai acabar. Sem neuras de que uma compra precisa ser feita imediatamente, senão o preço aumentará, o desconto cairá, o estoque zerará, e a “maravilhosa oportunidade de compra” deixará de existir! Como sempre me disse Seu Atilio, meu sábio pai: “Se você perde um boa oportunidade de compra mas continua preparado, logo outra melhor virá.” E vem!

Não, é um descaso. Após as tragédias acontecerem, as autoridades fazem mil promessas e planos de emergência que não vão para a frente.

Metro web Para falar com a redação:

leitor.rj@metrojornal.com.br

Economista com MBA em Finanças (USP), orientador de famílias e educador em empresas, é colunista da BANDNEWS FM e fundador da SOBREDinheiro. Diretor do site www.oplanodavirada.com.br, da EKNOWMIX Consultores Integrados e da TECHIS SA.

Horóscopo

Participe também no Facebook:

www.facebook.com/metrojornal

www.estrelaguia.com.br

Está escrito nas estrelas

Tendências para esclarecer assuntos familiares e problemas domésticos. Estará propenso a atitudes mais sentimentais e saudosistas.

Valorize os momentos sociais e a convivência com amizades, especialmente com quem não tem estado próximo há um bom tempo.

Júpiter - que rege seu signo – faz aspecto com Saturno, favorecendo consolidações de projetos. Tendências a reconsiderar alguns planos.  

A vontade de expor opiniões estará mais intensa. Reflita antes para não dizer coisas por impulso em qualquer grau de relacionamento.

Procure pensar de forma mais positiva diante de certos projetos. Muitas vezes é o que faz diferença para certas conquistas.

Regente de seu signo, Saturno faz bom aspecto com Júpiter, influência para novos aprendizados e para expandir objetivos profissionais.

Aproveite para relaxar mais e evite se desgastar com assuntos sem importância diante das relações mais próximas.

Atente-se para não exigir demais de quem se relaciona afetivamente, esteja comprometido ou mesmo em alguma paquera.

Algumas atitudes simples mudarão a forma de lidar com questões profissionais. Novas metas tomarão empenho e mais motivação.

Estará mais espontâneo para expor o que pensa e esclarecer sentimentos nas relações. Estará mais focado em metas a longo prazo.

Algumas descobertas mudarão sua postura na maneira de lidar com relações de maior vínculo. Reflita sobre alguns sentimentos.  

Aproveite para se divertir e aproveitar ocasiões que amenizem desgastes. Retomar momentos de lazer em família fará muito bem.


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{CULTURA}

|13|◊◊

Teatro CARLA PEREIRA/ DIVULGAÇÃO

Ivan Sugahara dirige a peça

‘Tudo Que Existe Entre Nós’ estreia em Copacabana Os atores Bruno Huca (moçambicano), Letícia Liesenfeld (brasileira) e Vítor d’Andrade (português) chegam ao Rio, sob a direção de Ivan Sugahara, com o espetáculo “Tudo Que Existe Entre Nós”, que foi apresentado em Oeiras, Portugal, em 2010. A montagem tem como base os temas da “aproximação” e “separação” entre pessoas e culturas. Estreia hoje. No Espaço Sesc (rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana. Tel.: 2547-0156). Qui. a sáb, às 21h; dom., às 19h30. R$ 20. Até 22/12. 14 anos. METRO RIO

Perto de completar 30 anos, a cantora canadense lança seu quinto álbum com músicas que transitam entre temas como a adolescência e o amadurecimento

‘GOSTO MESMO É DE FAZER CANÇÕES POP’

Literatura

Encontro entre poetas e artistas no Leblon O evento Ponte de Versos, que promove o encontro entre poetas e artistas, realiza hoje sua última edição do ano e recebe Leila Oli e Marcia Mendes. Também haverá os lançamentos dos livros “Mafuá do Maluco”, do psicólogo Agilberto Calaça, e “Poeticidade Maravilhosa” do jornalista Sérgio Gramático Júnior. Na livraria Sabor Literário (rua Conde de Bernadotte, 26, Leblon. Tel.: 25407935). A partir das 20h. Grátis. Livre. METRO RIO

Na capa do novo álbum de Avril Lavigne, a cantora aparece com uma expressão séria e uma maquiagem dark, mas a primeira coisa que ela canta é “Eu não ligo para a minha maquiagem”. Então, provavelmente, é melhor dar atenção ao conselho milenar e não julgar o livro pela capa. Material sofisticado? Não é o caso desse disco, que evidencia um aparente atrito da cantora entre o impulso de tentar preservar a juventude e ter que crescer. Diante do Metro Jornal, Avril se mostra descontraída e segura de si, como qualquer uma de suas canções levam a crer. Sinto nesse álbum um clima de verão. Não combina muito lançar em novem-

bro [outono no hemisfério norte] um disco com faixas como “Bitchin’ Summer” e “Slippin’ on Sunshine”. É engraçado, porque eu me perguntei se ele poderia se tornar um disco de verão. Nós fizemos muita coisa nessa época e eu queria ter uma música de verão, falar sobre dirigir um carro, sentir as boas vibrações, fazer coisas divertidas… Durante uma semana escrevi esse tipo de música. Já era para o disco ter sido lançado, mas mudaram as datas umas três vezes. Você parece presa entre o que canta em “Here’s to Never Growing Up” e o fato de ter que realmente crescer...

‘Orgulhosa Demais, Frágil Demais’ estreia hoje A atriz Samara Felippo vive a diva do cinema Marilyn Monroe, e Rita Elmor encarna a soprano Maria Callas na peça de Fernando Duarte, inspirada no romance de Alfonso Signorini. A trama se passa na noite em que as duas cantaram para o presidente John Kennedy, em Nova York. No Centro Cultural Correios (rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro. Tel.: 2253-1580). Qui. a dom., às 19h. R$ 20. Até 02/02. | DIVULGAÇÃO

“AVRIL LAVIGNE” AVRIL LAVIGNE SONY R$ 25

Isso não é tão profundo, musicalmente falando. Estou em um estágio em que gosto de escrever canções de poprock. Acho que é isso que esperam ouvir de mim e é com isso que meus fãs perdem a cabeça. Mas tenho lados diferentes. Gosto de sentar ao piano e escrever baladas e também gosto de rock, então faço coisas como “Bad Girl” e “Hello Kitty”, que é um grunge eletrônico. Logo, o disco é diversificado, pois procurei

escrever músicas de diferentes tipos e estilos. Você conhece gente que diz que suas músicas não podem tocar na rádio por causa do conteúdo das letras? Quando necessário, faço a versão limpa e a versão explícita. Isso é algo sobre o qual realmente penso, então ofereço a oportunidade de escutarem as duas opções sem qualquer incômodo. Seu marido, Chad Kroeger [vocalista da banda norteamericana Nickelback], colaborou muito neste seu novo álbum. Em que momentos, entre escrever e trabalhar juntos, vocês conseguem aproveitar o tempo a dois?

Nós trabalhamos no disco e ele saiu em turnê. Então ele voltou e mais uma vez trabalhamos juntos. Quando eu tive uma pausa após a turnê, mudei para a França e, então, ele foi me visitar. Aí sim tivemos nossos primeiros momentos lado a lado sem ter que trabalhar. Alguma música surgiu a partir desse romance? Nós temos um dueto nesse disco [“Let Me Go”] – é a primeira que trabalhamos juntos. Fizemos ainda “If I Said That I Loved You”, também um dueto, mas que acabou não sendo lançado. PAT HEALY METRO INTERNACIONAL


3 ESPORTE

|14|

Ainda não acabou... No Tribunal. Recurso do Vasco e escalação de jogador irregular por parte de Portuguesa e Flamengo podem mudar tanto a parte de cima quanto a de baixo do Brasileirão. Rubro-negro corre o risco de ser rebaixado. Flu pode escapar

O Brasileiro terminou domingo, mas muita coisa ainda pode acontecer, principalmente na parte de baixo da tabela. De certo, até agora, apenas os rebaixamentos de Náutico e Ponte Preta, o título do Cruzeiro, e a vaga na Libertadores do time mineiro e do Grêmio. Com o recurso que o Vasco entrou no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), ontem à tarde, pedindo os pontos da partida contra o Atlético-PR, na Arena Joinville (SC),domingo, e a esca-

“Vão falar muito de tapetão, mas a lei é para todos. Se os clubes não perderem os pontos, vai passar a ideia de um julgamento político.” PAULO SCHMITT, PROCURADOR DO STJD

“Se tiver jogador irregular e se os pontos que eles perderem levar ao rebaixamento, não tem jeito. É a legislação.” MARCO POLO DEL NERO, PRESIDENTE DA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL

“Não tenho dúvidas de que existe participação do Fluminense nisso. Quem está na segunda divisão são eles, e não é novidade. Já fizeram isso no passado e comemoraram com champanhe.” Mundial de Clubes

Raja Casablanca avança

O anfitrião Raja Casablanca derrotou o Auckland, da Nova Zelândia, por 2 a 1, ontem, no Marrocos, na abertura do Mundial de Clubes da Fifa. O time agora enfrenta o Monterrey (MEX), sábado, pelas quartas de final. O vencedor vai encarar o representante brasileiro no torneio, o Atlético-MG, quarta-feira, nas semifinais.

RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

ORLANDO CORDEIRO DE BARROS, VICE JURÍDICO DA PORTUGUESA

“Cabe às partes solicitar as providências junto à Justiça. Enquanto eu estiver à frente da CBF, jamais haverá virada de mesa. Não me meto, sou um cumpridor da lei.” JOSÉ MARIA MARÍN, PRESIDENTE DA CBF

“Nem sei como funciona isso de julgamento. Se aconteceu mesmo, mostra que o nosso jurídico é um pouco desorganizado.” HÉVERTON, MEIA DA PORTUGUESA, QUE ATUOU DE FORMA IRREGULAR

lação irregular de André San- mingo, no encerramento do tos, do Flamengo, e Héverton, Brasileiro. Ele cumpriu susda Portuguesa, tanto o rubro- pensão automática contra a -negro carioca quanto a Lusa Ponte Preta – pela expulsão podem perder quatro pontos contra o Bahia –, foi julgado na tabela e serem rebaixados. sexta-feira no STJD e levou Diante do imbróglio, Fla- duas partidas, mas só cummengo, Criciúma e Portugue- priu uma. Héverton entrou sa ainda correm risco de que- aos 32 minutos do 2º temda. Nessa história, o maior po, por uma confusão do debeneficiado seria o Fluminen- partamento jurídico da Lusa, se, que escapa em quase todas que entendeu que ele deveria apenas uma partida. as simulações possíveis. CLASSIFICAÇÃOcumprir O confronto terminou 0 a O meia Héverton foi escalado de forma irregular Pna V 0. GPPelo SG regulamento, nesses partida contra o Grêmio, do- casos, o time perde três pon-

1º 2º 3º 4º 5º 6º 7º 8º 9º 10º 11º 12º 13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 INTERNACIONAL 48 CRICIÚMA 46 FLUMINENSE 46 FLAMENGO 45 PORTUGUESA 44 VASCO 44 PONTE PRETA 37 NÁUTICO 20

1 CENÁRIO º

00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 11 13 12 12 12 11 9 5

00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 51 49 43 43 50 50 37 22

00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 00 -1 -14 -4 -3 4 -11 -18 -57

tos pela escalação irregular, além dos pontos do jogo – no caso, um –, totalizando quatro pontos de punição. André Santos Situação parecida vive o Flamengo, que também pode ter escalado André Santos de maneira irregular domingo, contra o Cruzeiro, no empate em 1 a 1. O lateral foi expulso contra o Atlético-PR na final da Copa do Brasil, dia 27 de novembro. Ele foi julgado na sexta-feira, pegou um jogo

POSSIBILIDADES

Rebaixados para a Série B

2 CENÁRIO º

13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

CORITIBA BAHIA INTERNACIONAL VASCO CRICIÚMA FLUMINENSE PONTE PRETA NÁUTICO

48 48 48 44 46 46 37 20

12 12 11 11 13 12 9 5

42 37 51 50 49 43 37 22

-3 -8 -1 -11 -14 -4 -18 -57

Rebaixados para a Série B

de suspensão, mas enfrentou o Cruzeiro no sábado. Como não haveria mais jogos pela Copa do Brasil, o regulamento diz que a suspensão tem de ser cumprida no outro campeonato que o jogador estiver disputando. A punição, no entanto, não é tida como automática e dá margem para dupla interpretação. PATRÍCIA TRINDADE METRO RIO

3 CENÁRIO º

13º 14º 15º 16º 17º 18º 19º 20º

CORITIBA VASCO CRICIÚMA FLUMINENSE FLAMENGO PORTUGUESA PONTE PRETA NÁUTICO

48 47 46 46 45 44 37 20

12 11 13 12 12 12 9 5

42 50 49 43 43 50 37 22

-5 -11 -14 -4 -3 4 -18 -57

Rebaixados para a Série B

Lusa e Flamengo perdem pontos

Vasco conseguir pontos do Furacão

Tudo acontece no Tribunal

Caso a Portuguesa seja punida com a perda de quatro pontos na tabela de classificação – independente da pena que possa ser imposta ao Flamengo –, ela será rebaixada para a Série B com Vasco, Ponte Preta e Náutico, resgatando o Fluminense da degola. Isso porque o time paulista iria aos 44 pontos, abaixo da pontuação suficiente para se salvar. Os dois clubes foram denunciados por escalar jogadores que estavam suspensos pela Comissão Disciplinar do STJD na última rodada do Campeonato Brasileiro. E alegam não terem sido comunicados. Na hipótese, mais remota, de o Flamengo ser punido isoladamente, é ele quem cai no lugar do Fluminense. Também perderia os mesmos quatro pontos e desceria para a 17a colocação da competição nacional.

A pancadaria que aconteceu entre as torcidas nas arquibancadas da Arena Joinville, durante a última rodada, pode ser a salvação do Vasco da Gama. O time da Colina perdeu o duelo para o Atlético-PR por 5 a 1, mas tenta os três pontos que ficaram com os paranaenses. A alegação vascaína é que a partida ficou paralisada por 73 minutos, 13 a mais do que o permitido pelo regulamento da CBF. Assim, caso o Vasco tenha deferido no Tribunal o recurso, passaria a ter 47 pontos e mandaria o Criciúma, que tem 46, para a “segundona”. De quebra, derrubaria o Furacão da 3a para a 4a colocação na tabela geral, fazendo com que o Furacão trocasse de posição com o Botafogo.

Se o Tribunal confirmar as punições com perda de quatro pontos para Portuguesa e Flamengo pela convocação de jogadores irregulares, e acatar o pedido do Vasco em obter os três pontos do jogo contra o Atlético-PR por conta da briga em Joinville, a zona do rebaixamento então terá dois novos participantes no ano que vem: Lusa e Flamengo. Nesse caso, o Vasco dispararia da atual 18a colocação para a 14a. E o Fluminense, que amargou a 17a posição do Brasileiro, ganharia um posto e sairia da zona da morte. O julgamento dos pontos de Portuguesa e Flamengo está previsto para segunda-feira da semana que vem. Já o caso de Vasco x Atlético-PR deve ter uma resolução amanhã.


RIO DE JANEIRO, QUINTA-FEIRA, 12 DE DEZEMBRO DE 2013 www.readmetro.com

{ESPORTE}

|15|◊◊

Vasco diz que Ponte perde e Botafogo se garante na Libertadores recurso não é 12 times virada de mesa No Tribunal. Clube pede os três pontos da partida contra o Atlético-PR, porque jogo ficou mais uma hora parada, indo contra o regulamento O Vasco entrou ontem com recurso no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), para tentar obter os três pontos da partida contra o Atlético-PR, domingo, na Arena Joinville (SC), pela última rodada do Brasileiro. Rebaixado para a Série B, após a goleada por 5 a 1 para o time paranaense, o cruzmaltino se apega ao artigo 19 do regulamento geral da CBF, que diz que uma partida só pode ser paralisada por, no máximo, 60 minutos. Por conta da briga generalizada entre torcedores de Vasco e Atlético-PR na arquibancada do estádio, o jogo ficou parado durante 73 minutos. Mesmo assim, o árbitro Ricardo Marques Ribeiro mandou que as duas equipes voltassem ao gramado e deu continuidade ao jogo. Quando a partida foi paralisada, aos 16 minutos do primeiro tempo, o Vasco já perdia por 1 a 0. A advogada do clube da Colina, Luciana Lopes, rechaçou que o Vasco esteja ten-

Briga paralisou o jogo por mais de uma hora | GERALDO BUBNIAK / FOTOARENA

O Vasco não está tentando virar a mesa. Mas acontece que o regulamento foi descumprido e algo tem de ser feito.” LUCIANA LOPES, ADVOGADA DO VASCO

tando escapar da Série B pelo “tapetão”. “Isso não é tentativa de virada de mesa, nem tapetão. O regulamento foi descumprido e algo tem de ser feito”, disse.

Interesses Segundo a advogada, o cruzmaltino entraria com ao recurso no STJD mesmo se o retorno para a Série A não estivesse em jogo. “É uma questão de ética, que ultrapassa interessas de Série A ou B. O que aconteceu em Joinville é um absurdo e não pode se repetir. Estamos lidando com vidas, isso é maior do que qualquer jogo de futebol. O Vasco entraria com o recurso mesmo se estivesse apenas uma multa em jogo”, garantiu Luciana. METRO RIO

Clube pode perder 20 mandos Ao contrário do que disse anteriormente, o STJD publicou novo texto, ontem, dizendo que tanto Vasco quanto Atlético-PR podem perder 20 mandos de campo pela briga generalizada protagonizada na Arena Joinville (SC), domingo. Até então, o Vasco perderia apenas 10, e o Furacão 20, por ser reincidente, além de terem de pagar multa de R$ 100 mil cada um. Os dois times, assim como a Federação Catarinense de futebol e o árbitro Rodri-

go Ricardo Marques Ribeiro – que autorizou o início da partida mesmo sem a presença da Polícia Militar na arquibancada – serão julgados amanhã, na sede do STJD, no Centro do Rio. Rodrigo Caetano Dispensado do Fluminense terça-feira, o diretor executivo Rodrigo Caetano está perto de voltar ao Vasco, clube que defendia antes de ir para o tricolor das Laranjeiras, ano passado. METRO RIO

Rodrigo Caetano perto de voltar | ARMANDO PAIVA/FOTOARENA

O Botafogo está de volta à Libertadores, depois de amargar um jejum de 17 anos sem disputar a competição continental. A vaga na fase preliminar do torneio foi garantida ontem, com a derrota da Ponte Preta para o Lanús (ARG), por 2 a 0, na Argentina, pela final da Sul-Americana. Ayala e Blanco fizeram os gols da partida. Se fosse campeão, o time de Campinas faria o G-4 do Campeonato Brasileiro virar G-3 e ficaria com a vaga do quarto colocado na competição nacional, que no caso é do alvinegro carioca. O adversário do Glorioso, sexto e último time brasileiro na competição, será conhecido hoje, no sorteio dos grupos, na sede da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), em Luque, no Paraguai, às 22h (de Brasília). Cabeças de chave Dois times mineiros Atlético-MG (atual campeão da competição) e Cruzeiro (campeão brasileiro) estão entre os cabeças de chave da

vão disputar a pré-Libertadores ano que vem, entre eles Botafogo e Atlético-PR. Os seis vencedores se juntarão aos 26 que têm vaga direta. Os brasileiros já garantidos na fase de grupo são Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio e Flamengo.

Blanco marcou o 2º gol do Lanús | ENRIQUE MARCARIAN/REUTERS

Libertadores. Além deles, encabeçam os oito grupos da competição continental os argentinos do Vélez Sarsfield e do Newell’s Old Boys; Bolivar (BOL), Unión Española (CHL), Cerro Porteño (PAR) e Peñarol (URU).

Flamengo (campeão da Copa do Brasil) e Grêmio (segundo colocado no Campeonato Brasileiro) entram na fase de grupos. Atlético-PR e Botafogo disputarão a pré-Libertadores. A formação dos grupos, bem com os confrontos da primeira fase, sairão no sorteio de hoje. Resta apenas a definição de três times nas chaves (um argentino, um boliviano e um chileno). A Libertadores será disputada entre os dias 29 de janeiro e 13 de agosto. Por conta da Copa do Mundo, a competição ficará paralisada entre os dias 12 de junho e 13 de julho. METRO RIO

Barça goleia com 3 de Neymar Com três gols de Neymar, o Barcelona goleou o Celtic, da Escócia, por 6 a 1, ontem, no Camp Nou, e foi às oitavas da Liga dos Campeões como líder do Grupo H. Piqué, Pedro e Tello completaram o placar. Samaras descontou. Os confrontos da próxima fase serão definidos em sorteio, segunda-feira, às 9h (de Brasília). O outro classificado no grupo é o Milan (ITA), que já havia garantido a vaga e só entrou em campo, ontem, no empate em 0 a 0 com o Ajax (HOL), para tentar o primeiro lugar na chave. Em jogo que começou terça-feira e só terminou ontem, por causa do mau tempo em Istambul, o Galatasaray (TUR) eliminou a Juventus (ITA) com a vitória por 1 a 0, e avançou na 2ª colocação do Grupo B, atrás do Real Madrid (ESP).

Neymar marcou pela 1ª vez na Liga | GUSTAU NACARINO/REUTERS

O Chelsea derrotou o Steaua Bucareste (ROM), por 1 a 0, em Londres, e se classificou na 1ª posição do grupo E, à frente do Schalke 04, que venceu o Basel (SUI), por 2 a 0.

Três times chegaram à última rodada da fase de grupos com chance de se classificar no grupo F, mas apenas o Borussia Dortmund (ALE) e Arsenal (ING) avançaram. O time alemão derrotou o Olympique por 2 a 1 e a equipe inglesa passou, apesar da derrota por 2 a 0 para o Napoli (ITA). No grupo G, o já classificado Atlético de Madrid (ESP) eliminou o Porto (POR) com a vitória por 2 a 0. A outra vaga ficou com o Zenit (RUS), que avançou, mesmo perdendo por 3 a 1 para o Austria Viena (AUS) por 4 a 1. Outros classificados Os outros times nas oitavas são: Bayer Leverkusen (ALE), Manchester United (ING), PSG (FRA), Olympiacos (GRE), Bayern de Munique (ALE) e Manchester City (ING). METRO RIO


20131212_br_metro rio  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you